Gestão de Equipes, Liderança e Coaching

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gestão de Equipes, Liderança e Coaching"

Transcrição

1 Gestão de Equipes, Liderança e Coaching Facilitador: Jorgi Matias Lima

2 GESTÃO DE EQUIPES, LIDERANÇA E COACHING Com Jorgi Matias Lima Sem a oposição do vento, a pipa não consegue subir. Provérbio Chinês JO LIMA TREINAMENTOS E CONSULTORIA (51) OU (51)

3 Pesquisa feita entre 2005 e 2007, com 1500 Executivos de média gerência, mostra que: 50% dos Gestores reconhecem que não estão preparados para tomar decisões e liderar pessoas. Fonte: Consultoria Bridge. A Revista Exame avaliou em pesquisa: Por que as empresas fracassam? 78% dos funcionários brasileiros não estão engajados em seu trabalho. O que pode causar um custo de 88 bilhões de reais anualmente as empresas do nosso país. 84% dos trabalhadores que pedem demissão, o fazem por não conseguirem manter um bom relacionamento com o seu gerente direto. 69% do comprometimento dos colaboradores nas empresas é atribuído às qualidades e ao comportamento do gestor. Pesquisa da Fundação Dom Cabral mostra como as organizações vêm trabalhando a formação de líderes e qual o impacto disso em seus resultados. O estudo foi feito pelo Núcleo de Desenvolvimento de Liderança, e apresentado no Fórum Internacional da Liderança, em maio de Foram ouvidos 242 gestores de 161 empresas. Confira:

4 QUAL O IMPACTO DOS PROGRAMAS DE DESENVOLVIMENTO DA LIDERANÇA NA EMPRESA? Melhoria de produtividade 87% Melhoria do clima 79% Redução de custos 74% Melhoria da imagem externa 56% Melhoria na rentabilidade 57% Maior geração de inovações 56% Aumento de receita 50% Outros 8% Liderança: CONCEITO É a habilidade de levar pessoas a alcançar resultados acima do que elas conseguiriam sozinhas. É saber lidar com as diferenças individuais. É praticar a arte do possível. É saber ouvir para compreender. REQUISITOS DA FUNÇÃO Ética; Gostar de trabalhar em equipe; Equilíbrio emocional; Visão empreendedora; Potencial de liderança; Conhecimento específico do cargo; Pró-atividade; Dedicação e Confiabilidade; Atitude Positiva; Senso de justiça; Assertividade; Observação Resiliência Saber ouvir Boa Comunicação

5 ATRIBUIÇÕES FUNDAMENTAIS Apoiar, treinar e desenvolver a sua equipe; Monitorar a prestação de serviços dos Colaboradores, com o propósito de garantir a qualidade e consistência do trabalho; Acompanhar o desempenho individual e da sua equipe através de feedbacks (informal e formal); Encaminhar treinamentos para os Colaboradores; Fiscalizar o cumprimento das escalas de trabalho, metas e indicadores definidos pela empresa; Compromisso em assegurar que as reclamações dos clientes internos e externos da empresa sejam resolvidas em tempo hábil e que sejam respeitados os padrões de trabalho definidos pela empresa; Permitir que a equipe tenha autonomia para tomar decisões durante o trabalho, sem necessitar de autorização ou pedido de consulta ao Gestor; Incentivar a participação dos Colaboradores nos programas de incentivo e mobilização da equipe; Informar aos Colaboradores as práticas necessárias relativas aos procedimentos e políticas da empresa em relação às equipes de trabalho; Aplicação de Processo de Coaching individual, com vistas ao desenvolvimento da equipe; ATIVIDADES E FUNÇÕES DO GESTOR(A) Aferição da Performance da Equipe: fazer acompanhamento da performance dos colaboradores, dar feedbacks, análise de relatórios de desempenho individual, monitoria; Reuniões de Equipe com prazo quinzenal, mensal ou até five minute meeting (preleção);

6 Fornecer Relatórios; Fiscalizar Procedimentos, promoções e divulgações de serviços para manter a qualidade do trabalho e assegurar a oferta de informações precisas; Participação e Comprometimento nos processos de contratação e desligamento dos Colaboradores de sua equipe; Avaliação e Acompanhamento mensal dos Colaboradores (com descrição dos critérios usados); Preparar Plano de Sucessão; Desenvolver Pessoas (manter um interesse permanente no crescimento do seu Colaborador, não apenas para o desempenho do cargo que ele esta exercendo, mas para a sua vida profissional); Refletir sobre os resultados: saber o quanto a sua equipe está se dedicando ao trabalho. Fazer Gestão, por Exemplo, : em regra a equipe adota o perfil de comportamento do seu gestor (tanto na execução de tarefas como na maneira de vestir, falar, etc). Criar Vínculos com toda a Equipe: entender as necessidades, nível de ambição, dificuldades, habilidades, conquistas, derrotas, estabelecer uma relação de confiança com cada Colaborador.

7 PREPARAÇÃO PARA SER O NOVO GESTOR(A): Você vive em um aquário; Você é um termostato; As opiniões da sua equipe são como um bumerangue; O respeito tem um preço; Estabilidade emocional propicia credibilidade e confiança; Aprender a liderar é um paradoxo. PONTOS MAIS IMPORTANTES PARA A GESTÃO DE PESSOAS: Não pense que existe somente um jeito para desenvolver as atividades; Não se isole; Não espere que todos sejam os mesmos e não procure cópias de você mesmo; Não faça muitas críticas, pois poucas pessoas as aceitam bem; Não espere até o final do projeto para dar seu retorno; Diga a seu pessoal sobre as suas expectativas, prioridades e prazos;

8 Não espere um mal desempenho de sua equipe; Não faça avaliação de desempenho uma vez ao ano; Não seja um líder autocrático; Não espere que as pessoas realizem atividades além dos seus limites todos os dias. A ALTA PERFORMANCE Ela não é fruto de um talento ou traço inato qualquer. As pessoas de alta performance, são orientadas para resultados em virtude de um senso de missão pessoal. Elas trabalham mais com suas forças do que com suas fraquezas para poderem maximizar seus talentos. EM REGRA, AS PESSOAS DE ALTA PERFORMANCE SÃO: Totalmente engajadas e imersas em suas atividades; Trabalham com hipersensibilidade e consciência da atividade durante seu desenrolar (Exemplo: atleta olímpico, comandante de avião, cirurgião); Capacidade de desfrutar da experiência imediata, em tempo real; Pessoas que detêm a sensação de controle e domínio pessoais sobre os fatores situacionais (possibilita a obtenção de prazer nos menores aspectos da atividade e experiência, quer as circunstâncias sejam as ideais ou as piores possíveis).

9 APLICAÇÃO DO COACHING Coaching = É uma parceria focada na realização de suas metas. É um processo de desenvolvimento comportamental, estruturado e focado em ações, para ajudar as pessoas a se dedicarem e a ter entusiasmo no cumprimento de suas metas mais importantes, conquistar seus objetivos e criar sua versão de vida e carreira ideal. Coach = Treinador. O Coach é o profissional que conduz o processo equipando o cliente com ferramentas, conhecimento e oportunidades para expandir e, principalmente, agir em direção a seus objetivos. O Coach orienta o cliente na expansão de suas crenças, de seu poder interno e o treina para novos comportamentos e habilidades que o apóiam na conquista de seus objetivos. Coachee = Indivíduo que passa pelo processo de Coaching. FORMAS DE TRABALHO TÍPICAS DO PROCESSO DE COACHING Perguntas, tarefas, avaliação e feedback; Definição de metas; Treinamento e desenvolvimento de competências; Simulação, encenação, desempenho de papel(role play).

10 COMPETÊNCIAS QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS POR MEIO DO COACHING Capacidade de administrar mudanças; Aumento da capacidade de liderança; Aumento de produtividade e lucros; Aumento de qualidade de vida no ambiente de trabalho; Habilidade de controlar e usar o estresse de maneira positiva; Capacidade de trabalhar eficientemente em equipes; Melhor capacidade de resolução de conflitos; Descobrir capacidades e desenvolver competências; Capacidade de comunicar-se com mais eficiência; Expansão da assertividade; Expansão da capacidade de lidar com as emoções dos outros; Reorientação da atitude profissional, para que estejam alinhados com seus talentos, preferências, objetivos, valores e missão de vida, visando um maior equilíbrio entre vida pessoal e profissional. RELAÇÃO DE PERGUNTAS EFICAZES PARA A APLICAÇÃO DE COACHING Qual o seu objetivo? (Nunca começamos o processo de Coaching falando sobre problemas); Como você avalia se está agindo de forma acertada? Que fatores não vinculados ao seu trabalho repercutem no seu desempenho? Como tem sido o seu crescimento na empresa?

11 Esta situação/problema é uma grande oportunidade de você desenvolver o quê? Como saberemos que o processo de Coaching teve sucesso? O que você terá conseguido? O que terá mudado? Qual o aprendizado ou competência nova você terá expandido? Na aplicação do Coaching é fundamental que o Coach faça uma escuta ativa (é preciso aceitar o que está sendo dito mesmo não concordando com o Coachee). APLICAÇÃO DE FEEDBACK Interação em via de mão dupla. Quando proporcionado de forma efetiva e constante, é usado para gerar melhoria e alternativas de comportamento para que ajustes constantes sejam feitos sem que as pessoas personalizem os erros. O Feedback quando utilizado com seriedade é capaz de influenciar positivamente no comportamento do Colaborador, aumentando sua autoestima. INDICAÇÕES DE COMO ENCAMINHAR O FEEDBACK Faça afirmações positivas: destaque os acertos e não somente os erros cometidos pelo Colaborador; A sua comunicação deve ater-se a fatos concretos e não julgamentos: destaque o comportamento e não a pessoa que cometeu o ato equivocado; Não acuse: é fundamental não censurar o Colaborador que fez alguma coisa errada ou sem resultado;

12 Considere as particularidades do Colaborador: comente de forma descritiva o comportamento do Colaborador sem julgar. Jamais demonstre estar corrigindo o outro; Escute atentamente o que o Colaborador fala (prestando atenção também a forma como ele se comporta narrando os fatos); Peça ao Colaborador a solução para o problema (não ofereça a solução). Seja direto, não faça uso de estratégias ou manipulações; Crie um plano de ações (com início, meio e fim); Informe ao Colaborador como está a sua performance; É fundamental que o Feedback ocorra periodicamente e com o objetivo único de desenvolver o Colaborador. TIPOS DE PROFISSIONAIS (de acordo com o efeito que a adversidade gerou na sua escalada profissional) Paul Stoltz: Desistente: a sua tendência é de fazer das adversidades situações catastróficas e ele vive entre culpar os outros e se vitimizar. Costuma questionar as idéias dos outros com o único propósito de provar que elas não vão funcionar. É essencialmente pessimista, não fazendo nada para contribuir para que as coisas dêem certo. Evita responsabilidades. Campista: é o profissional médio, que funciona dentro de sua zona de conforto e quer se sentir seguro, então não ousa muito. Ele se considera realista e aparentemente parece eficiente, mas, quando as adversidades acumulam, pode desequilibrar-se, desgastando sua relação com os outros.

13 Alpinista: é o profissional que adora desafios e continua escalando, pois acredita que consegue realizar o que se propôs. Aprende com as derrotas, levanta-se e vai em frente. É possível que o desistente e o campista não se sintam muito confortáveis com ele, porque o alpinista se envolve em projetos que tiram as pessoas da zona de conforto. Observação: esta separação em três categorias tem apenas o intuito de conscientizar as pessoas que, independentemente de seu conhecimento técnico, a sua capacidade de responder às adversidades vai ser um dos fatores primordiais de seu sucesso profissional. HABILIDADES DE COMUNICAÇÃO DO GESTOR(A) Não interrompa o Colaborador ou mude de assunto até ter a certeza que ele terminou seu raciocínio; Tenha consciência de que todos os Colaboradores são importantes e por isso devem ser ouvidos; Dedique mais de 50% do seu tempo ouvindo; Observe atentamente as idéias, não só os fatos; Procure não avaliar ou julgar imediatamente o que foi dito; Procure manter-se interessado no que o Colaborador está lhe dizendo, mesmo que seja cansativo e prolixo.

14 ATRIBUTOS DA PESSOA RESILIENTE: Um forte sentido de autoestima; Independência de pensamento e ação; Um alto grau de disciplina pessoal e um sentimento de responsabilidade; Mente aberta e receptiva a novas idéias; Criatividade; Concentração; Habilidade de dar e receber nas relações com os outros; Apurado senso de humor; Reconhecimento e desenvolvimento dos seus próprios talentos; Capacidade de suportar pressão psicológica; Percepção de seus próprios sentimentos e dos sentimentos dos outros e capacidade de comunicar esses sentimentos adequadamente; Uma perspectiva de vida evolutiva. ESTÁGIOS NECESSÁRIOS PARA ADQUIRIRMOS NOVOS HÁBITOS OU HABILIDADES: Inconsciente e sem habilidade; Consciente e sem habilidade; Consciente e habilidoso; Inconsciente e habilidoso.

15 BIBLIOGRAFIA: ARAÚJO, A. Coach: um parceiro para o sucesso. São Paulo: Editora Gente, BARNES, James G. Segredos da Gestão pelo relacionamento com clientes: é tudo uma questão de como você faz com que eles se sintam. Rio de de Janeiro: Qualitymark, BOWDITCH, James L. & BUONO, Anthony F. Elementos de Comportamento Organizacional. São Paulo: Editora Pioneira, 1992 BRANDÃO, H. P. e GUIMARÃES, T. A. Gestão de competências e gestão de desempenho: tecnologias distintas ou instrumentos de um mesmo construto? São Paulo: Revista de Administração de Empresas ERA, Vol. 41, n 1,Jan/Mar.8 15, CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração: edição compacta. Rio de Janeiro: Campus, COVEY, Stephen R. Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes. São Paulo: Editora Best Seller, DI STÉFANO, Rhandy. O líder-coach: Líderes criando líderes. Rio de Janeiro: Qualitymark, DRUCKER, P. Desafios Gerenciais para o Século XXI. São Paulo: Pioneira, DUTRA, Joel, S. Gestão de pessoas, modelo, processos, tendências e perspectivas. São Paulo: Atlas, 2002.

16 DUTRA, Joel, S. Gestão por competências. São Paulo: Gente, ERVILHA, A.J. Limão. Liderando equipes para otimizar resultados. São Paulo: Nobel, FLACH, Frederic F. Resiliência: a arte de ser flexível. Tradução de Wladir Dupot. 1. ed. São Paulo: Saraiva, FLEURY, Maria T. L. As pessoas na organização. São Paulo: Editora Gente, FLEURY, Maria T. L. e OLIVEIRA, M.M Gestão estratégica do conhecimento. Integrando aprendizagens, conhecimento e competências. São Paulo: Atlas, 2001 HERMANN, Walther. Mapas Mentais: enriquecendo inteligências: captação, seleção, organização, síntese, criação e gerenciamento de informação. Campinas, HUNTER, James C. Como se tornar um lider servidor. Tradução de A B. Pinheiro Lemos. Rio de Janeiro: Sextante, HUNTER, James C. O Monge e o Executivo: uma história sobre a essência da liderança. Rio de Janeiro: Sextante, ano LACOMBE, F.J.M.; Heilborn, G.L.J. Administração: princípios e Tendências. São Paulo: Saraiva, LANG, Doe. Os segredos do carisma: novas maneiras de captar as habilidades mágicas dos líderes e dos amantes. Tradução de Claúdia Gerpe Duarte. Rio de Janeiro: Record, 1997.

17 LE BOTERF, Guy. Desenvolvendo Competências dos profissionais. Porto Alegre. Ed Bookmann, MARCON, Leoclides. Autoconfiança e Entusiasmo. Porto Alegre: CDP, MOTOMURA, O. Coaching. Copyright AMANA. São Paulo, MOTOMURA, O. Sete princípios em coaching. Copyright AMANA. São Paulo, ROBBINS, Anthony. Poder sem Limites. Tradução de Muriel Alves Brasil. São Paulo: Best Seller, QUINN, Robert E. [et al.]; Competências Gerenciais: princípios e aplicações. Tradução de Cristiana de Assis Serra. Rio de Janeiro: Elsevier, SHINYASHIKI, Roberto. Tudo ou nada. São Paulo: Editora Gente, SITORA, David. [et al.]; O Empregado Entusiasmado: como companhias lucram dando aos empregados o que eles querem. Wharton School Publishing, STOLTZ, Paul Gordon. As Vantagens da Adversidade: como transformar as batalhas diárias em grandeza cotidiana. São Paulo: WMF Martins Fontes, ZARIFIAN, P. O modelo da competência trajetória histórica, desafios atuais e propostas. Editora SENAC-SP. São Paulo, Ed Bookmann, 2004.

18 VOCÊ É UM BOM OUVINTE? Uma importantíssima habilidade de um bom Gestor de Equipes é saber ouvir. A seguir, apresentamos um pequeno questionário onde o leitor poderá testar seu posicionamento diante dessa questão. QUESTIONÁRIO INSTRUÇÕES Bons Gestores normalmente são bons ouvintes. Leia as questões, avalie-se em relação a cada uma das características a seguir, usando a escala ao lado de cada pergunta. Entregue este questionário à outra pessoa com quem negocia habitualmente para que ela responda sobre você. De preferência deve ser usado o mesmo exemplar do questionário ainda sem as respostas. Responda as questões em termos de realidade atual; não procure acertar ou buscar alternativas ideais. A resposta condensada em cada item é que deve ser utilizada para efeito da interpretação após o questionário. NUNCA RARAMENTE QUESTIONÁRIO QUASE SEMPRE SEMPRE 01. Você permite que o outro se expresse sem interrompê-lo? Você escuta nas entrelinhas, procurando o sentido oculto das palavras especialmente quando a pessoa usa linguagem de significado não claro? 03. Você se esforça para desenvolver sua habilidade para reter informações importantes? 04. Você registra os detalhes mais importantes de uma conversação? 05. Ao rememorar um acontecimento qualquer, você se preocupa em localizar e registrar fatos mais importantes e as palavras-chave? 06. Você repete para o seu interlocutor os detalhes essenciais de uma conversa, antes que ela chegue ao fim, visando a confirmar o que foi entendido? 07. Quando em conversa com outra pessoa você começa a imaginar a resposta a qualquer colocação apenas quando o outro já expressou suas idéias? 08. Você evita tornar-se hostil ou excitado quando o ponto de vista do seu interlocutor difere do seu? 09. Você ignora outros fatos paralelos à conversa quando está ouvindo. 10. Você sente e transmite um interesse genuíno no que o outro está dizendo? INTERPRETAÇÃO QUAL SUA PERFORMANCE COMO OUVINTE? 32 ou mais pontos: você é um bom ouvinte alguém que desperta confiança e que sabe captar as idéias dos seus interlocutores. 27 a 31 pontos: colocam você entre os ouvintes médios. 22 a 26 pontos: mostram a necessidade de uma prática consciente da arte de bem ouvir, a fim de superar algumas deficiências. Menos de 21 pontos: significa que provavelmente, boa parte das mensagens que você escuta são deturpadas e retransmitidas com interferência. Você poderá melhorar. Eficazmente, sua capacidade de escutar, e a de seus companheiros, se puser em prática as seguintes técnicas, esforçando-se para que seu pessoal faça o mesmo: Aprenda a permitir que os outros expressem seus pensamentos sem interrompê-los. Aprenda a ouvir as entrelinhas, pois nem sempre o outro diz tudo só com palavras. Concentre-se em desenvolver a sua capacidade de retenção no que ouve.

19 AVALIAÇÃO DO COLABORADOR: FOCO NO CONHECIMENTO (SABER) Nota Comentários Conhecimento dos Clientes da Empresa Conhecimento dos Produtos - Serviços Conhecimento da Empresa Conhecimento do Ramo Conhecimento da Concorrência Conhecimentos Gerais Total

20 AVALIAÇÃO DO COLABORADOR FOCO NAS ATITUDES (QUERER FAZER) Nota Comentários Iniciativa Criatividade Ética Persistência Ambição Total

21 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO INDIVIDUAL Cargos Administrativos e Técnicos Auto Avaliação ( ) Chefia ( ) Colega ( ) Subordinado ( ) Nome: Cargo: Superior: Área/Setor: Admissão: Data Base da Avaliação: Avaliação das Competências Pontuação Justifique se a nota for superior a Conhecimento do Trabalho: Engloba a capacidade funcional evidenciada a partir da aquisição de conhecimentos específicos e experiência adquirida no trabalho. 2 - Iniciativa: Desembaraço para resolver problemas que surjam no seu trabalho. 3 - Interesse: Avalia a forma pela qual o funcionário se dedica ao trabalho, tendo em vista os resultados obtidos por sua eficiência e seu esforço pessoal em progredir profissionalmente. 4 - Planejamento e Organização: Trata da capacidade que tem o profissional de planejar e organizar as suas atividades. 5 - Produtividade: Envolve o nível de produção que consegue atingir tendo em vista as expectativas para o cargo. 6 - Qualidade do Trabalho: Analisa o nível de qualidade que o funcionário dispensa aos trabalhos que faz, levando em conta o resultado final. 7 - Colaboração com a Equipe: Avalia a disponibilidade e boa vontade para com o supervisor e os colegas. 8 - Comportamento e Disciplina: Analisa o cumprimento das normas da Empresa. 9 - Comunicação: Habilidade em saber ouvir e fazer-se entender. 10 -Criatividade: Capacidade de inovação a partir dos recursos disponíveis, enriquecendo a rotina de trabalho. 11 -Responsabilidade: Maneira pela qual assume o cargo, respondendo pelas consequências das atitudes que toma.

22 12 -Relacionamento Interpessoal: Avalia o profissional levando em conta suas características de sociabilidade e facilidade de comunicação com as pessoas em geral. 13 -Formação Esperada para o Cargo: 14 -Treinamentos Definidos para o Cargo: Pontuação Final / Número de Competências = 41 à à à 100 Acima de 101 Não atende as necessidades para o cargo. Atende parcialmente as necessidades para o cargo em relação a remuneração total que recebe. Atende integralmente as necessidades para o cargo em relação a remuneração total que recebe. Sua competência atual está superior à necessidade requerida ao caro em relação a sua remuneração geral.

23 AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO INDIVIDUAL Cargos Administrativos e Técnicos Plano de Ação Atividades Prazo Prazo Data/Assinatura do Avaliador Data/Assinatura do Avaliado Data/Recursos Humanos Revisão do Plano de Ação

24 JÔ LIMA TREINAMENTOS E CONSULTORIA RELAÇÃO DE PERGUNTAS EFICAZES PARA A APLICAÇÃO DE COACHING 1. Qual o seu objetivo? (nunca começamos o processo de Coaching falando sobre problemas). 2. Como você avalia se está agindo de forma acertada? 3. Que fatores vinculados ou não ao seu trabalho poderão repercutir no seu desempenho? 4. Esta situação/problema é uma grande oportunidade de você desenvolver o quê? 5. Numa escala de 0-100%, quanto você se compromete em desenvolver isso? 6. Como você saberá que desenvolveu isso? 7. Qual o aprendizado ou competência nova você terá expandido?

25 RELAÇÃO DE PALAVRAS VISUAIS AUDITIVAS CINESTÉSICAS V A K Mostrar Argumentar Doer Demonstrar Perguntar Morder Perspectiva Harmonia Andar Ponto Responder Mover Vista Questionar Mole Visão Alarme Amargo Claro/Escuro Dizer Azedo Ângulo Gritar Comer Longe/Perto Silêncio Cheirar Pequeno/Grande Sintonia Coçar Admirar Cantar Contato Enxergar Ouvir Chocar Cena Berrar Tocar Horizonte Soar Pintar Luz Click Sentir Prever Predizer Pressentir Olho Gordo Maldizer Macio Quadro Palavra Aprender Sombra Estática Agarrar Imagem Eco Quente Brilho Ressoar Maquinar Obscuro Discurso Pegar Observar Linguagem Correr

Aula 1 Liderança Profa. Ms. Daniela Cartoni daniela.cartoni@veris.edu.br

Aula 1 Liderança Profa. Ms. Daniela Cartoni daniela.cartoni@veris.edu.br Aula 1 Liderança Profa. Ms. Daniela Cartoni daniela.cartoni@veris.edu.br Contrato Pedagógico Presença e horários Bibliografia e material de apoio Avaliações e trabalhos Metodologia das aulas - Aulas expositivas

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

Quais são os objetivos dessa Política?

Quais são os objetivos dessa Política? A Conab possui uma Política de Gestão de Desempenho que define procedimentos e regulamenta a prática de avaliação de desempenho dos seus empregados, baseada num Sistema de Gestão de Competências. Esse

Leia mais

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes

www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes www.marcelodeelias.com.br Palestras Inteligentes Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. Outra característica marcante: Cada palestra é um projeto

Leia mais

31 descobertas sobre liderança

31 descobertas sobre liderança ALTA GERÊNCIA 31 descobertas sobre liderança Estudo Leadership Forecast 2005-2006, realizado pela firma de consultoria Development Dimensions International (DDI), buscou analisar como são percebidas em

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

Coaching Executivo: Coaching como instrumento fundamental do Líder

Coaching Executivo: Coaching como instrumento fundamental do Líder Coaching Executivo: Coaching como instrumento fundamental do Líder I Simpósio Coaching - Arte e Ciência CRA-SP 28 de maio de 2013 1 COACH Sentido original da palavra: veículo para transporte de pessoas.

Leia mais

Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional,

Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional, Neurotreinamentos Coaching Executivo, Pessoal e Equipes Consultoria Organizacional, Planejamento Estratégico e Governança Corporativa Palestras Temáticas e Motivacionais v.03/15 Neurotreinamentos Neurobusiness

Leia mais

Caros amigos e alunos, este espaço destaquei para que vocês possam perceber alguns testes em relação ao autoconhecimento, inteligência, autoestima,

Caros amigos e alunos, este espaço destaquei para que vocês possam perceber alguns testes em relação ao autoconhecimento, inteligência, autoestima, Testes em Geral Caros amigos e alunos, este espaço destaquei para que vocês possam perceber alguns testes em relação ao autoconhecimento, inteligência, autoestima, raciocínio lógico, empatia entre outros.

Leia mais

Mário Rocha. A contribuição do Coaching no desenvolvimento das competências

Mário Rocha. A contribuição do Coaching no desenvolvimento das competências Mário Rocha A contribuição do Coaching no desenvolvimento das competências Missão Visão Objetivos estratégicos Competências Organizacionais Competências Conhecimento o que saber Habilidades - saber fazer

Leia mais

LIDERANÇA, SER OU NÃO SER UM LÍDER?

LIDERANÇA, SER OU NÃO SER UM LÍDER? LIDERANÇA, SER OU NÃO SER UM LÍDER? AILA MORAIS V. DE CARVALHO ALAN CÁSSIO G. EVERTON BENFICA DOS SANTOS MARAISA DE LIMA BARCELOS SHÁDYA AMÁBILLE RAMOS LOPES FACULDADES INTEGRADAS DE TRÊS LAGOAS - AEMS

Leia mais

Aperf r e f iço ç a o m a ent n o t o Ge G re r nci c al a para Supermercados

Aperf r e f iço ç a o m a ent n o t o Ge G re r nci c al a para Supermercados Aperfeiçoamento Gerencial para Supermercados Liderança Liderança é a habilidade de influenciar pessoas, por meio da comunicação, canalizando seus esforços para a consecução de um determinado objetivo.

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

Prof. Gustavo Nascimento. Unidade I MODELOS DE LIDERANÇA

Prof. Gustavo Nascimento. Unidade I MODELOS DE LIDERANÇA Prof. Gustavo Nascimento Unidade I MODELOS DE LIDERANÇA A liderança e seus conceitos Liderança é a capacidade de influenciar um grupo para que as metas sejam alcançadas Stephen Robbins A definição de liderança

Leia mais

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE

RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE RECONHECIDO INTERNACIONALMENTE COACHING EDUCATION By José Roberto Marques Diretor Presidente - Instituto Brasileiro de Coaching Denominamos de Coaching Education a explicação, orientação e aproximação

Leia mais

REFLEXÃO. (Warren Bennis)

REFLEXÃO. (Warren Bennis) RÉSUMÉ Consultora nas áreas de Desenvolvimento Organizacional e Gestão de Pessoas; Docente de Pós- Graduação; Coaching Experiência de mais de 31 anos na iniciativa privada e pública; Doutorado em Administração;

Leia mais

COACHING. Imagem Evolução do Coaching por Coach Douglas Ferreira. Veja um pouco de sua evolução.

COACHING. Imagem Evolução do Coaching por Coach Douglas Ferreira. Veja um pouco de sua evolução. Faculdade Tecnologia Senac. Goiania,29 de maio de 2014. Nome: Thiago Pereira Profº Itair Pereira da Silva GTI 1 - Matutino COACHING O Coaching é um processo, com início, meio e fim, definido em comum acordo

Leia mais

Liderança Motivação e Criatividade Palestrante Tatiane Franklin Coach, Palestrante e Consultora Organizacional

Liderança Motivação e Criatividade Palestrante Tatiane Franklin Coach, Palestrante e Consultora Organizacional Liderança Motivação e Criatividade Palestrante 80% das pessoas não se sentem motivadas para trabalhar. 92% dos lideres não sabem aplicar feedback. 66% das pessoas se demitem dos lideres. Líder é aquele

Leia mais

Educação Corporativa. Liderança Estratégia Gestão. KM Partners Educação Corporativa

Educação Corporativa. Liderança Estratégia Gestão. KM Partners Educação Corporativa Educação Corporativa Liderança Estratégia Gestão O que é Educação corporativa? Educação corporativa pode ser definida como uma prática coordenada de gestão de pessoas e de gestão do conhecimento tendo

Leia mais

O Exercício da Liderança por meio do Estilo Coaching na Gestão de Equipes KÁTIA DE ARAÚJO

O Exercício da Liderança por meio do Estilo Coaching na Gestão de Equipes KÁTIA DE ARAÚJO O Exercício da Liderança por meio do Estilo Coaching na Gestão de Equipes KÁTIA DE ARAÚJO TÉCNICO GESTOR/COORNDENADOR LÍDER DE NOME Hoover (2006) PODER LÍDER FORMAL Montana (1998) CUMPRIMENTO DAS TAREFAS

Leia mais

SUMÁRIO O QUE É COACH? 2

SUMÁRIO O QUE É COACH? 2 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO...3 O COACHING...4 ORIGENS...5 DEFINIÇÕES DE COACHING...6 TERMOS ESPECÍFICOS E SUAS DEFINIÇÕES...7 O QUE FAZ UM COACH?...8 NICHOS DE ATUAÇÃO DO COACHING...9 OBJETIVOS DO COACHING...10

Leia mais

PAP (Perfil de Avanço Profissional)

PAP (Perfil de Avanço Profissional) PAP (Perfil de Avanço Profissional) Relatório para: Suzanne Example Data concluida: 14 de junho de 2012 14:03:23 2012 PsychTests AIM Inc. Índice analítico Índice analítico 1/10 Índice analítico Índice

Leia mais

SESSÃO TÉCNICA ESPECIAL EDUCAÇÃO E GESTÃO DA TECNOLOGIA (STE)

SESSÃO TÉCNICA ESPECIAL EDUCAÇÃO E GESTÃO DA TECNOLOGIA (STE) STE/02 17 à 22 de outubro de 1999 Foz do Iguaçu Paraná - Brasil SESSÃO TÉCNICA ESPECIAL EDUCAÇÃO E GESTÃO DA TECNOLOGIA (STE) AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO E POTENCIAL EM 360º NYDIA GUIMARÃES E ROCHA ABB RESUMO

Leia mais

O SECRETARIADO EXECUTIVO E A FUNÇÃO DE GESTÃO 1

O SECRETARIADO EXECUTIVO E A FUNÇÃO DE GESTÃO 1 O SECRETARIADO EXECUTIVO E A FUNÇÃO DE GESTÃO 1 Adriane Lasta Alexandra da Silva 2 1 Considerações Iniciais A área secretarial está conhecendo um novo profissional, o secretário gestor, que é capaz de

Leia mais

PRATICANDO A LIDERANÇA COACHING

PRATICANDO A LIDERANÇA COACHING 8 ENCREPI - PRATICANDO A LIDERANÇA COACHING SARAH MUNHOZ 23/11/09 LIDERANÇA Kotler(1988): processo de movimentar um grupo ou grupos em alguma direção por meios não coercitivos. Robbins (1991): é o processo

Leia mais

COMPETÊNCIAS E COMPORTAMENTO DOS LÍDERES NO CENÁRIO ATUAL

COMPETÊNCIAS E COMPORTAMENTO DOS LÍDERES NO CENÁRIO ATUAL COMPETÊNCIAS E COMPORTAMENTO DOS LÍDERES NO CENÁRIO ATUAL 1.Osnei FranciscoAlves 2. Jéssica Barros 1. Professor das Faculdades Integradas Santa Cruz. Administrador, MBA Executivo em Gestão de Pessoas e

Leia mais

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014

Fulano de Tal. Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 FINXS 09.12.2014 Relatório Combinado Extended DISC : Análise Comportamental x Feedback 360 Este relatório baseia-se nas respostas apresentadas no Inventário de Análise Pessoal comportamentos observados através questionário

Leia mais

Mobilização de Equipes para Alta Performance

Mobilização de Equipes para Alta Performance Mobilização de Equipes para Alta Performance Mobilização de Pessoas liderar é influenciar pessoas para que desenvolvam motivação para fazer o que "deve" ser feito com vontade e com o máximo de seu potencial

Leia mais

SEJAM BEM-VINDOS! GESTÃO DE MUDANÇAS EM 3 ESTRATÉGIAS DE COACHING

SEJAM BEM-VINDOS! GESTÃO DE MUDANÇAS EM 3 ESTRATÉGIAS DE COACHING SEJAM BEM-VINDOS! GESTÃO DE MUDANÇAS EM 3 ESTRATÉGIAS DE COACHING OBJETIVOS DESTE WORKSHOP Experimentar o processo de coaching e aplicar as técnicas em seu cotidiano. ASSUNTOS 1. Por que é difícil mudar?

Leia mais

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Avaliação de: Sr. José Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: 11/06/2014 Perfil Caliper Gerencial e Vendas

Leia mais

COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÕES GERENCIAIS UM ESTUDO DE CASO

COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÕES GERENCIAIS UM ESTUDO DE CASO COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÕES GERENCIAIS UM ESTUDO DE CASO Fábio William da Silva Granado 1 Marluci Silva Botelho 2 William Rodrigues da Silva 3 Prof Ms. Edson Leite Lopes Gimenez 4 RESUMO O presente trabalho

Leia mais

Avaliação Confidencial

Avaliação Confidencial Avaliação Confidencial AVALIAÇÃO 360 2 ÍNDICE Introdução 3 A Roda da Liderança 4 Indicadores das Maiores e Menores Notas 7 GAPs 8 Pilares da Estratégia 9 Pilares do Comprometimento 11 Pilares do Coaching

Leia mais

O TRABALHO EM EQUIPE: a multiplicação do talento humano

O TRABALHO EM EQUIPE: a multiplicação do talento humano UNIVERSIDADE PAULISTA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM O TRABALHO EM EQUIPE: a multiplicação do talento humano Prof. Cassimiro Nogueira Jr Hoje, as lideranças que querem obter sucesso, formam equipes de trabalho

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Liderança, Coaching e Gestão de Pessoas

Gerenciamento de Projetos Liderança, Coaching e Gestão de Pessoas Gerenciamento de Projetos Liderança, Coaching e Gestão de Pessoas Aula 05 Prof. Esp. Gladimir Ceroni Catarino gccatarino@senacrs.edu.br gladimir@gmail.com SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE

Leia mais

10 lições de um mestre da liderança e uma chave para ser UM LEADER COACH. www.diogohudson.com.br

10 lições de um mestre da liderança e uma chave para ser UM LEADER COACH. www.diogohudson.com.br 10 lições de um mestre da liderança e uma chave para ser UM LEADER COACH www.diogohudson.com.br ATENÇÃO! POR FAVOR DESLIGUE 1. FACEBOOK 2. SKYPE 3. CELULAR ESTE WORKSHOP PODE MUDAR SUA CARREIRA! APRESENTAÇÃO

Leia mais

Gestão de Pessoas Diversidade e Competências

Gestão de Pessoas Diversidade e Competências Gestão de Pessoas Diversidade e Competências Gestão de Pessoas ESTRATEGICA 1985 a hoje Aumentar o envolvimento dos colaboradores e integrar sistemas de suporte ADMINISTRATIVA 1965 a 1985 Foco: indivíduos

Leia mais

LÍDERES DO SECULO XXI RESUMO

LÍDERES DO SECULO XXI RESUMO 1 LÍDERES DO SECULO XXI André Oliveira Angela Brasil (Docente Esp. das Faculdades Integradas de Três Lagoas-AEMS) Flávio Lopes Halex Mercante Kleber Alcantara Thiago Souza RESUMO A liderança é um processo

Leia mais

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs

Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Segredos e Estratégias para Equipes Campeãs Ultrapassando barreiras e superando adversidades. Ser um gestor de pessoas não é tarefa fácil. Existem vários perfis de gestores espalhados pelas organizações,

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 5 - PERSPECTIVA DE APRENDIZADO E CRESCIMENTO Abertura da Aula Uma empresa é formada

Leia mais

CollaborativeBook. número 4. Feedback

CollaborativeBook. número 4. Feedback CollaborativeBook número 4 Feedback Feedback 2 www.apoenarh.com.br Nesta nova publicação abordaremos o tema feedback, usando com o objetivo de instrumentalizar o indivíduo para ação e desenvolvimento.

Leia mais

Coaching como metodologia de desenvolvimento de lideranças

Coaching como metodologia de desenvolvimento de lideranças Coaching como metodologia de desenvolvimento de lideranças Lilian Langer Cleiane Weinmann 1 LILIAN LANGER lilian@vielmolanger.com.br Executive Coach e Consultora Organizacional. Especialização em Administração

Leia mais

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor

Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Conteúdo de qualidade com leveza e bom humor Sólidos conteúdos com alegria - essas são algumas características das palestras de Marcelo de Elias. A maioria absoluta das avaliações obtêm excelentes resultados,

Leia mais

Prof Elly Astrid Vedam

Prof Elly Astrid Vedam Prof Elly Astrid Vedam Despertar e saber lidar com os mecanismos de liderança e se preparar para a gestão de pequenos e médios negócios; Identificar conflitos no ambiente de seu negócio, calculando e avaliando

Leia mais

Inteligência. Emocional

Inteligência. Emocional Inteligência Emocional Inteligência Emocional O que querem os empregadores?? Atualmente, as habilitações técnicas específicas são menos importantes do que a capacidade implícita de aprender no trabalho

Leia mais

Competências avaliadas pela ICF

Competências avaliadas pela ICF Competências avaliadas pela ICF ð Estabelecendo a Base: 1. Atendendo as Orientações Éticas e aos Padrões Profissionais Compreensão da ética e dos padrões do Coaching e capacidade de aplicá- los adequadamente

Leia mais

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Avaliação de: Sr. Mario Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Leia mais

SEJAM BEM-VINDOS! WORKSHOP DE COACHING PROFISSIONAIS DE RH

SEJAM BEM-VINDOS! WORKSHOP DE COACHING PROFISSIONAIS DE RH SEJAM BEM-VINDOS! WORKSHOP DE COACHING PROFISSIONAIS DE RH APRESENTAÇÃO & EXPECTATIVAS Quais os desafios do profissional de RH? OBJETIVOS DESTE WORKSHOP Experimentar o processo de coaching e aplicar as

Leia mais

Líderes do Coração. A prática do amor no desenvolvimento de pessoas e equipes

Líderes do Coração. A prática do amor no desenvolvimento de pessoas e equipes Líderes do Coração A prática do amor no desenvolvimento de pessoas e equipes O que é? Líderes do Coração é um programa que cria espaços de estudo, reflexão e prática da arte da liderança, partindo do pressuposto

Leia mais

Seminários Públicos Hay Group 2010

Seminários Públicos Hay Group 2010 Seminários Públicos Hay Group 2010 São Paulo, outubro de 2009 É com grande satisfação que estamos lhe apresentando nosso portfólio de seminários abertos Hay Group 2010. Esclarecemos que todos os seminários

Leia mais

Seminário CCSA/UFRN. Potencialize sua carreira com o Coaching

Seminário CCSA/UFRN. Potencialize sua carreira com o Coaching Seminário CCSA/UFRN Potencialize sua carreira com o Coaching Objetivos O que é Coaching? Como funciona e para que serve? Como surgiu? Como está hoje? Como usar na minha profissão? Como será no futuro?

Leia mais

Formulário de Avaliação de Desempenho

Formulário de Avaliação de Desempenho Formulário de Avaliação de Desempenho Objetivos da Avaliação de Desempenho: A avaliação de desempenho será um processo anual e sistemático que, enquanto processo de aferição individual do mérito do funcionário

Leia mais

Perfil e Competências do Coach

Perfil e Competências do Coach Perfil e Competências do Coach CÉLULA DE TRABALHO Adriana Levy Isabel Cristina de Aquino Folli José Pascoal Muniz - Líder da Célula Marcia Madureira Ricardino Wilson Gonzales Gambirazi 1. Formação Acadêmica

Leia mais

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus!

Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência. Instituto Crer & Ser. A excelência honra a Deus! Palestras, Treinamentos e Consultoria para Gestão Ministerial Desenvolvendo Pessoas para Servirem com Excelência Instituto Crer & Ser A excelência honra a Deus! Quem somos O Instituto Crer & Ser nasceu

Leia mais

Auto-formação para colaboradores

Auto-formação para colaboradores Formação e familiarização directa com o posto de trabalho é, muitas vezes, da responsabilidade da organização. Para uma organização eficaz desta tarefa, o instrutor/tutor necessita não só do conhecimento

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Como motivar e liderar uma equipe de alta performance no agronegócio?

Como motivar e liderar uma equipe de alta performance no agronegócio? Como motivar e liderar uma equipe de alta performance no agronegócio? Matheus Kfouri Marino Camila Dias de Sá* A competitividade do agronegócio brasileiro é incontestável e resulta em taxas expressivas

Leia mais

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização NOSSO OBJETIVO GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização RHUMO CONSULTORIA EMPRESARIAL Oferecer soluções viáveis em tempo hábil e com qualidade. Essa é a receita que a

Leia mais

MBA Executivo FranklinCovey

MBA Executivo FranklinCovey MBA Executivo FranklinCovey LIDERANÇA E GESTÃO ORGANIZACIONAL PRODUTIVIDADE E EXECUÇÃO FranklinCovey Internacional A FranklinCovey é líder global no treinamento em eficácia, em ferramentas de produtividade

Leia mais

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING

PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING 11 PORTFÓLIO DE CURSOS E COACHING W W W. C O M U N I C A C A O E M F O C O. C O M. BR SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO QUEM SOMOS... 3 2. CURSOS IN COMPANY 2.1. ORATÓRIA E TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO EM PÚBLICO...

Leia mais

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL INTERNA UM ESTUDO DE CASO RESUMO

COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL INTERNA UM ESTUDO DE CASO RESUMO COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL INTERNA UM ESTUDO DE CASO Fábio William da Silva Granado 1 Marluci Silva Botelho 2 William Rodrigues da Silva 3 Prof Ms. Edson Leite Lopes Gimenez 4 RESUMO Realizou-se uma análise

Leia mais

khala@khalanet.com AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento e desenvolvimento corporativos.

khala@khalanet.com AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento e desenvolvimento corporativos. Apresentação AVS Training Telefone: 11 3637 3139 Web site: Emails: http:// avst@khalanet.com khala@khalanet.com CNPJ: 12.808.691/0001-33 AVS Training tem por objetivo a excelência em processos de treinamento

Leia mais

Título de apresentação principal em Calibri tamanho 18

Título de apresentação principal em Calibri tamanho 18 COACHING Título de apresentação principal em Calibri tamanho 18 O novo caminho para o sucesso e a realização pessoal! Todos sabem que para ser médico, advogado, dentista ou engenheiro são necessários anos

Leia mais

A MOTIVAÇÃO COMO FATOR DE SUCESSO NA ORGANIZAÇÃO UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MARF

A MOTIVAÇÃO COMO FATOR DE SUCESSO NA ORGANIZAÇÃO UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MARF A MOTIVAÇÃO COMO FATOR DE SUCESSO NA ORGANIZAÇÃO UM ESTUDO DE CASO NA EMPRESA MARF Danilo Domingos Gonzales Simão 1 Fábio Augusto Martins Pereira 2 Gisele Maciel de Lima 3 Jaqueline de Oliveira Rocha 4

Leia mais

BEST WORK PORQUE O MELHOR TRABALHO É SÓ UM. O SEU!

BEST WORK PORQUE O MELHOR TRABALHO É SÓ UM. O SEU! BEST WORK PORQUE O MELHOR TRABALHO É SÓ UM. O SEU! ENQUANTO UNS ESTÃO CONFUSOS, VOCÊ DEMONSTRA CLAREZA ENQUANTO UNS ESTÃO CONSTRANGIDOS, VOCÊ É FLEXÍVEL ENQUANTO UNS VEEM ADVERSIDADE, VOCÊ DESCOBRE OPORTUNIDADES

Leia mais

PRO PERFORMANCE EMPRESAS

PRO PERFORMANCE EMPRESAS Uma proposta cultural única aprimore o seu potencial Crie um versão melhor de is mesmo Conheça, pratique, supere-se, aprimore-se PRO PERFORMANCE EMPRESAS Programa de Excelência e Alta Performance para

Leia mais

C A R R E I R A H O G A N D E S E N V O L V E R DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA. Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264

C A R R E I R A H O G A N D E S E N V O L V E R DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA. Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 S E L E C I O N A R D E S E N V O L V E R L I D E R A R H O G A N D E S E N V O L V E R C A R R E I R A DICAS DE DESENVOLVIMENTO PARA GESTÃO DE CARREIRA Relatório para: Tal Fulano ID: HC748264 Data: 12,

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Objetivo. Apresentar uma síntese das principais teorias sobre liderança e suas implicações para a gestão.

Objetivo. Apresentar uma síntese das principais teorias sobre liderança e suas implicações para a gestão. Liderança Objetivo Apresentar uma síntese das principais teorias sobre liderança e suas implicações para a gestão. 2 Introdução O que significa ser líder? Todo gestor é um líder? E o contrário? Liderança

Leia mais

U N I V E R S A L APERFEIÇOADA. Vários avaliadores SOCIAL STYLE. Perfil. Preparado para: Por: Sessão: Isabella Ruiz. Sample Organization

U N I V E R S A L APERFEIÇOADA. Vários avaliadores SOCIAL STYLE. Perfil. Preparado para: Por: Sessão: Isabella Ruiz. Sample Organization Vários avaliadores SOCIAL STYLE Perfil Preparado para: Isabella Ruiz Por: Sample Organization Sessão: Improving Interpersonal Effectiveness U N I V E R S A L APERFEIÇOADA 09 Abr 2014 SOCIAL STYLE, A empresa

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS. Como Atrair e Reter Talentos Humanos nas Empresas

GESTÃO DE PESSOAS. Como Atrair e Reter Talentos Humanos nas Empresas FACULDADE MACHADO DE ASSIS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS GESTÃO DE PESSOAS Como Atrair e Reter Talentos Humanos nas Empresas Rio de Janeiro 2003 1 COMO ATRAIR E RETER TALENTOS HUMANOS NAS EMPRESAS

Leia mais

ESCOLA DE DESENVOLVIMENTO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL

ESCOLA DE DESENVOLVIMENTO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL ESCOLA DE DESENVOLVIMENTO E APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL MBA EXECUTIVO EM LIDERANÇA E GESTÃO ORGANIZACIONAL ESCOLA SUPERIOR DE PROPAGANDA E MARKETING POS GRADUAÇÃO EM: GESTÃO ESTRATÉGICA DE NEGÓCIOS CIÊNCIAS

Leia mais

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br

TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Cursos para Melhoria do desempenho & Gestão de RH TEOREMA CONSULTORIA Rua Roma, 620 Sala 81-B,Lapa Capital- SP CEP: 05050-090 www.teoremaconsult.com.br Administração do Tempo Ampliar a compreensão da importância

Leia mais

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE Por que se importar 3 O melhor representante de atendimento 4 SUMÁRIO Escrevendo um anúncio de vaga de emprego Carta de apresentação

Leia mais

Perfil Caliper de Liderança Premium The Inner Leader Report

Perfil Caliper de Liderança Premium The Inner Leader Report Perfil Caliper de Liderança Premium The Inner Leader Report Avaliação de: Sr. Jose Exemplo Preparada por: Consultor Caliper consultor@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Liderança Premium The

Leia mais

Resiliência. Ana Paula Alcantara Maio de 2013. 4º CAFÉ DA GESTÃO Seplag/TJCE

Resiliência. Ana Paula Alcantara Maio de 2013. 4º CAFÉ DA GESTÃO Seplag/TJCE Resiliência Conceito Emprestado pela física à psicologia do trabalho, a resiliência é a capacidade de resistir às adversidades e reagir diante de uma nova situação. O conceito de resiliência tem origem

Leia mais

Apresentação do Programa Professional Coaching Practitioner

Apresentação do Programa Professional Coaching Practitioner Apresentação do Programa Professional Coaching Practitioner Este programa de Coaching foi elaborado pela Abracoaching e será ministrado pela Vittacoaching. Em Dezembro de 2014 a Vittacoaching representada

Leia mais

Perfil de estilos de personalidade

Perfil de estilos de personalidade Relatório confidencial de Maria D. Apresentando Estilos de venda Administrador: Juan P., (Sample) de conclusão do teste: 2014 Versão do teste: Perfil de estilos de personalidade caracterizando estilos

Leia mais

Um dos melhores Programas de Capacitação de Líderes do Mundo

Um dos melhores Programas de Capacitação de Líderes do Mundo Um dos melhores Programas de Capacitação de Líderes do Mundo O Leader Coaching Traning é um programa de treinamento em Coaching para Líderes, licenciado pela World Federation of Coaching (WFC), entidade

Leia mais

Fórum Empresarial ACAPS - ES Gestão Com Pessoas: mobilizando o comprometimento Prof. Eustáquio Penido 2014

Fórum Empresarial ACAPS - ES Gestão Com Pessoas: mobilizando o comprometimento Prof. Eustáquio Penido 2014 Fórum Empresarial ACAPS - ES Gestão Com Pessoas: mobilizando o comprometimento Prof. Eustáquio Penido 2014 Gente não nasce pronta e vai se gastando; gente nasce não-pronta e vai se fazendo (CORTELLA) DESENVOLVIMENTO

Leia mais

DEMANDAS PARA QUE A EMPRESA BUSQUE O CEE:

DEMANDAS PARA QUE A EMPRESA BUSQUE O CEE: O Processo de Contratação do Coach Executivo e Empresarial como Fator de Sucesso. DEMANDAS PARA QUE A EMPRESA BUSQUE O CEE: Desenvolvimento de Liderança parte do programa de desenvolvimento da Empresa

Leia mais

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES

APÊNDICE A QUESTIONÁRIO APLICADO AOS GESTORES 202 INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ALGUNS COMENTÁRIOS ANTES DE INICIAR O PREENCHIMENTO DO QUESTIONÁRIO: a) Os blocos a seguir visam obter as impressões do ENTREVISTADO quanto aos processos de gestão da Policarbonatos,

Leia mais

Personal and Professional Coaching

Personal and Professional Coaching Personal and Professional Coaching Seu salto para a excelência pessoal e profissional 1 O novo caminho para o sucesso e a realização pessoal! Todos sabem que para ser médico, advogado, dentista ou engenheiro

Leia mais

SEJAM BEM-VINDOS! COACHING PARA PROFISSIONAIS DE RH

SEJAM BEM-VINDOS! COACHING PARA PROFISSIONAIS DE RH SEJAM BEM-VINDOS! COACHING PARA PROFISSIONAIS DE RH APRESENTAÇÃO Quais os maiores desafios do profissional de RH? OBJETIVOS DESTE WORKSHOP Experimentar o processo de coaching e aplicar as técnicas em seu

Leia mais

A importância do treinamento em grandes corporações: Um estudo de caso na empresa Schincariol

A importância do treinamento em grandes corporações: Um estudo de caso na empresa Schincariol 1 A importância do treinamento em grandes corporações: Um estudo de caso na empresa Schincariol RESUMO Bruna Aparecida Pereira RAYMUNDO 1 Cristiane Aparecida RABELO 2 Emerson Pallotta RIBEIRO 3 Humberto

Leia mais

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra INTRODUÇÃO As organizações vivem em um ambiente em constante transformação que exige respostas rápidas e efetivas, respostas dadas em função das especificidades

Leia mais

Evento técnico mensal

Evento técnico mensal Evento técnico mensal GERENCIAMENTO DE CARREIRA PARA O SUCESSO DO GESTOR DE PROJETOS Fernanda Schröder Gonçalves Organização Apoio 1 de xx APRESENTAÇÃO Fernanda Schröder Gonçalves Coordenadora do Ibmec

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Nisto poderemos perguntar, por que pensar em liderança: Vejamos alguns pontos de vital importância:

Nisto poderemos perguntar, por que pensar em liderança: Vejamos alguns pontos de vital importância: LIDERANÇA EMPRESARIAL EVIDÊNCIAS DO COACHING COMO ESTRATÉGIA DE SUCESSO Prof. Dr. Edson Marques Oliveira, Doutor em Serviço Social pela Unesp-Franca-SP, mestre em Serviço Social pela PUC-SP e bacharel

Leia mais

Perguntas Frequentes de Coaching Tire suas dúvidas sobre

Perguntas Frequentes de Coaching Tire suas dúvidas sobre Perguntas Frequentes de Coaching Tire suas dúvidas sobre coaching www.vocevencedor.com.br // www.flaviosouza.com.br Conheça nossos Cursos: Curso para Certificação Internacional em Coaching pela International

Leia mais

sucesso Formado em Economia pela PUC do Rio de Janeiro Receita de ENTREVISTA POR GUSTAVO KLEIN / FOTO MARCELO JUSTO

sucesso Formado em Economia pela PUC do Rio de Janeiro Receita de ENTREVISTA POR GUSTAVO KLEIN / FOTO MARCELO JUSTO ed19entrev.qxp 4/7/2005 10:32 PM Page 1 ENTREVISTA POR GUSTAVO KLEIN / FOTO MARCELO JUSTO sucesso Receita de O termo é bem conhecido no mundo esportivo e agora começa a ficar comum também em outras áreas

Leia mais

II. NOSSA MISSÃO, VISÃO E VALORES

II. NOSSA MISSÃO, VISÃO E VALORES I. NOSSA HISTÓRIA A história da Crescimentum começou em 2003, quando o então executivo do Grupo Santander, Arthur Diniz, decidiu jogar tudo para o alto e investir em uma nova carreira. Ele optou por se

Leia mais

LIDERAR UMA FORÇA DE TRABALHO MULTIGERACIONAL:UM GUIA PARA O COACHING & O ENGAJAMENTO DO COLABORADOR

LIDERAR UMA FORÇA DE TRABALHO MULTIGERACIONAL:UM GUIA PARA O COACHING & O ENGAJAMENTO DO COLABORADOR LIDERAR UMA FORÇA DE TRABALHO MULTIGERACIONAL:UM GUIA PARA O COACHING & O ENGAJAMENTO DO COLABORADOR LIDERAR UMA FORÇA DE TRABALHO MULTIGERACIONAL:UM GUIA PARA O COACHING & O ENGAJAMENTO DO COLABORADOR

Leia mais

Os Sete Níveis de Consciência da Liderança

Os Sete Níveis de Consciência da Liderança Os Sete Níveis de Consciência da Liderança Existem sete níveis bem definidos de liderança, que correspondem aos sete níveis de consciência organizacional. Cada nível de liderança se relaciona com a satisfação

Leia mais

LÍDER COACH X COACHING DEFINIÇÃO DE CONCEITOS E APLICABILIDADE

LÍDER COACH X COACHING DEFINIÇÃO DE CONCEITOS E APLICABILIDADE LÍDER COACH X COACHING DEFINIÇÃO DE CONCEITOS E APLICABILIDADE ANA PATRÍCIA VELLOSO Consultora, Psicóloga Especialista na Área Organizacional. Proprietária da MP Consultoria em RH. Coach Executivo - Formada

Leia mais

Gestão por Competências

Gestão por Competências Gestão por Competências 2 Professora: Zeila Susan Keli Silva 2º semestre 2012 1 Contexto Economia globalizada; Mudanças contextuais; Alto nível de complexidade do ambiente; Descoberta da ineficiência dos

Leia mais

Falando a mesma língua

Falando a mesma língua por Mauricio Duarte Falando a mesma língua Gestão de relacionamentos: A comunicação como ferramenta no mundo corporativo GETTY IMAGE 10 Relações humanas se dão por meio da comunicação. Em todas as esferas

Leia mais

COACHING. Parceria para o sucesso! Coordenação Técnica e Instrutoria : Teorema Consultoria e Assessoria - São Paulo

COACHING. Parceria para o sucesso! Coordenação Técnica e Instrutoria : Teorema Consultoria e Assessoria - São Paulo COACHING Parceria para o sucesso! Coordenação Técnica e Instrutoria : Teorema Consultoria e Assessoria - São Paulo www.teoremaconsult.com.br teorema@teoremaconsult.com.br Coach É o papel que você assume

Leia mais

Inteligência Emocional. A importância de ser emocionalmente inteligente

Inteligência Emocional. A importância de ser emocionalmente inteligente Inteligência Emocional A importância de ser emocionalmente inteligente Dulce Sabino, 2008 Conceito: Inteligência Emocional Capacidade de identificar os nossos próprios sentimentos e os dos outros, de nos

Leia mais

FEG - UNESP MBA GESTÃO DA PRODUÇÃO GESTÃO DE RH. Gestão de carreiras. Roberto Carvalho robertjc@uol.com.br

FEG - UNESP MBA GESTÃO DA PRODUÇÃO GESTÃO DE RH. Gestão de carreiras. Roberto Carvalho robertjc@uol.com.br FEG - UNESP MBA GESTÃO DA PRODUÇÃO GESTÃO DE RH Gestão de carreiras Roberto Carvalho robertjc@uol.com.br Trabalho Prazer Paixão Escolha um emprego que lhe dê prazer, e nunca mais terá que trabalhar em

Leia mais