Estado de Pernambuco. Aquisição de equipamentos otimiza serviço no Data Center

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Estado de Pernambuco. Aquisição de equipamentos otimiza serviço no Data Center"

Transcrição

1 Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano LXXXIX N O 116 Ministério Público Estadual Recife, sexta-feira, 22 de junho de 2012 Aquisição de equipamentos otimiza serviço no Data Center A renovação veio para atender novas demandas de funcionamento no Ministério Público Acoordenadoria ministerial de Tecnologia da Informação (CMTI) do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), localizada na sede da Rua do Sol, adquiriu novos equipamentos para o Centro de Processamento de Dados (Data Center). As novas aquisições irão otimizar o funcionamento dos serviços de TI como as redes, intranet, sistema Arquimedes e a página oficial do MPPE. A renovação veio para atender a demanda dos usuários, já que os os equipamentos antigos estavam defasados. Para o Data Center foram adquiridos servidores de rede, unidades de armazenamento, biblioteca de fitas (equipamento para backups da produção) e racks (para acomodar os servidores). Nobreaks e um grupo gerador estão reforçando o setor de energia. Em relação a segurança serão usados os serviços de um Gerenciamento Unificado de Segurança (UTM) que traz programas como o Firewall, bloqueio de conteúdos, redes locais virtuais, entre outros serviços. Também foram implantadas redes Intranet, Arquimedes e página oficial serão beneficiados sem fio nos prédios da capital: rua do Sol, Suassuna, Imperador e Primeiro de Março. Outras sedes beneficiadas com o investimento foram as promotorias do interior do Estado, com a aquisição de computadores e 40 UTMs. Dessa forma, agora é possível controlar todas as sedes do MPPE a partir do Data Center da capital. De acordo com o gerente do departamento de produção, Évisson Fernandes, existe um projeto em andamento para a criação de outro Data Center, na Suassuna, caso uma unidade apresente problemas, a outra pode assumir os serviços. A compra dos equipamentos que possibilitam este site backup custou cerca de R$ 900 mil e o projeto da nova sala está em fase de licitação. Além de maior confiabilidade nos serviços prestados pela CMTI, os novos equipamentos vão conferir mais tempo de disponibilidade para os usuários e aumentar o espaço para armazenamento de arquivos em sistemas. Tudo será feito com velocidade e segurança, destacou Évisson Fernandes. O Procurador-Geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon de Barros, informa que o expediente no Ministério Público de Pernambuco (MPPE) nesta sexta-feira (22), será das 8h às 14h, conforme publicação no Diário Oficial da quarta-feira (20). Em virtude do início do recesso, que entrará em vigor na tarde desta sexta-feira, membros e servidores do Ministério Público retomarão os trabalhos na segunda-feira 2 de julho, nos respectivos horários concernentes às suas funções. BELO JARDIM MP cobra cumprimento de leis para a educação A Prefeitura do Município de Belo Jardim (na região Agreste do Estado) recebeu recomendação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para cumprir a Lei Municipal de Plano de Cargos e Carreiras dos Profissionais do Magistério Público e a Lei do Piso Nacional do Professor Municipal. Mesmo estando em vigor, as leis vêm sendo desrespeitadas desde 2009 pelo gestor, que não cumpriu as tabelas de progressão salarial. A recomendação neste sentido foi feita pelo promotor de Justiça Marcelo Tebet Halfeld. Segundo a recomendação, a Prefeitura de Belo Jardim deve adotar a tabela salarial e corrigir a grade curricular dos professores da rede pública municipal. Para isso, é preciso fazer valer as leis municipais que tratam do plano de cargos e carreiras e do piso salarial, já que elas estão Recomendação visa reajuste do piso salarial do professor adequadas com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação. O promotor de Justiça anexou à recomendação modelos das Tabelas de Progressão com 150 e 200 horas aula, expondo o salário correspondente para cada categoria profissional. Elas são divididas em formação normal em nível médio, licenciatura plena, com especialização, mestrado e com doutorado. Foi recomendado que a tabela seja aplicada a partir do mês de julho. O documento ainda lembra que os valores salariais devem ser atualizados em 22,22%, de acordo com o novo piso do magistério público. O retroativo referente ao período de janeiro até junho de 2012 também é cobrado na recomendação, podendo ser pago em até seis parcelas consecutivas de igual valor a partir deste mês. AFOGADOS DA INGAZEIRA Garantida internação de grávida em Caps Atendendo ao pedido do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), a Justiça determinou, em decisão liminar, que o município de Afogados da Ingazeira (Sertão) providencie a internação de uma adolescente no Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e Drogas (Caps - AD) de Serra Talhada, já que o município não dispõe de uma unidade. Ela é dependente química, gestante e vítima de violência física estando, assim, em situação de risco emergencial. O pedido do MPPE foi levado à Justiça através da promotora Ana Clézia Ferreira Nunes. Em sua decisão, a juíza da 2ª vara Cível de Afogados da Ingazeira, Ana Marques Véras, também estabeleceu que, após a estada no Caps, a adolescente seja encaminhada a um hospital ou clínica especializada, mesmo particular, para tratamento de toxicômanos com tudo custeado pelo município. A decisão ainda prevê que a jovem continue na clínica até seu completo restabelecimento e que seja garantido o a- companhamento médico da sua gravidez para preservar o desenvolvimento da gestação, observando assim o direito à saúde, à vida e à dignidade humana. Caso a decisão não seja acatada, será aplicada multa diária de R$ 1 mil ao município. 21/06/ :54: COMPANHIA EDITORA DE PERNAMBUCO CNPJ: Documento eletrônico assinado digitalmente conforme MP n /2001, que instituiu a Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil por: Certificado ICP-Brasil - AC Certisign RFB G3: COMPANHIA EDITORA DE PERNAMBUCO N de Série do Certificado: Hora Legal Brasileira: 21/06/ :54 Autoridade de Carimbo do Tempo (ACT): Comprova.com O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe oferece o art. 62 da Constituição, adota a seguinte Medida Provisória, com força de lei: Art 1º - Fica instituída a Infra-Estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP Brasil, para garantir a autenticidade, a integridade e a validade jurídica de documentos em forma eletrônica, das aplicações de suporte e das aplicações habilitadas que utilizem certificados digitais, bem como a realização de transações eletrônicas seguras.

2 2 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual Recife, 22 de junho de 2012 Procurador Geral: Procuradoria Geral da Justiça PORTARIA POR-PGJ N.º 1.112/2012 O, no uso das suas atribuições legais, CONSIDERANDO a necessidade e a conveniência do serviço, Suspender o gozo das férias do Bel. LUIZ GUILHERME DA FONSECA LAPENDA, 2º de São Lourenço da Mata, de 2ª Entrância, que estão programadas para o mês de julho do corrente, para gozo oportuno. PORTARIA POR-PGJ N.º 1.113/2012 O, no uso das suas atribuições legais, CONSIDERANDO a Resolução nº 30, do Conselho Nacional do Ministério Público, de 19 de maio de 2008; CONSIDERANDO a realização de Eleições Majoritárias e Proporcionais no mês de outubro do corrente ano; CONSIDERANDO que o 2º do art. 5º da Resolução do Conselho Nacional do Ministério Público n.º 30, de 19 de maio de 2008, veda a fruição de férias ou licença voluntária do promotor eleitoral no período de noventa dias que antecede o pleito até quinze dias após a diplomação dos eleitos; CONSIDERANDO, por fi m, a necessidade e conveniência do serviço, I - Suspender as férias de todos os Promotores de Justiça com atuação eleitoral, no período compreendido entre e II - Os Promotores de Justiça com atuação eleitoral deverão indicar novo período para gozo das férias suspensas. III - Remeta-se relação dos Promotores de Justiça com atuação eleitoral à Coordenadoria Ministerial de Gestão de Pessoas para as providências necessárias. PORTARIA POR-PGJ N.º 1.114/2012 O, no uso das suas atribuições legais, CONSIDERANDO a necessidade e a conveniência do serviço, Suspender o gozo das férias da Bela. CRISTIANE DE GUSMÃO MEDEIROS, 30º Criminal da Capital, de 3ª Entrância, nos dias 22 e 24 de maio do corrente ano, para gozo oportuno. PORTARIA POR-PGJ N.º 1.115/2012 O, no uso das suas atribuições legais, CONSIDERANDO a indicação da Coordenação da Procuradoria de Justiça Criminal, I Designar o Bel. JOSÉ AUGUSTO DOS SANTOS NETO, 3º Cível da Capital, de 3ª Entrância, para responder pelo cargo de 15º Procurador de Justiça Criminal, de 2ª Instância, no mês de julho de 2012, dispensando-o de suas atuais atribuições. II - Atribuir-lhe a diferença de entrância correspondente, com base no Art. 45 da Lei Orgânica Nacional do Ministério Público, Lei n.º 8.625/93. PORTARIA POR-PGJ Nº 1.116/2012 O, no uso de suas atribuições legais; CONSIDERANDO o disposto na Lei nº , de 19 de dezembro de 2005, publicada em 20 de dezembro de 2005; CONSIDERANDO que o servidor relacionado solicitou averbação em fi cha funcional do curso de pós-graduação em conformidade com os Artigos 50 e 51 da Lei nº , de 19 de dezembro de 2005, publicada em 20 de dezembro de 2005; CONSIDERANDO que o servidor preencheu os requisitos para obtenção da promoção por elevação de nível profi ssional previstos na Lei /2005, entre os quais: ser ativo e ter cumprido o estágio probatório; CONSIDERANDO que o curso de pós-graduação atende aos requisitos previstos na Lei /2005, ser reconhecido através de Portaria do MEC e ser relacionado com as atribuições do cargo; CONSIDERANDO, ainda, o Parecer da Assessoria Jurídica Ministerial nº 13/2012; PROMOVER POR ELEVAÇÃO DE NÍVEL PROFISSIONAL o servidor do Quadro Permanente de Pessoal de Apoio Técnico- Administrativo do Ministério Público de Pernambuco no cargo, classe e referência, conforme tabela a seguir e obedecendo ao disposto na Lei nº /2005, retroagindo os efeitos fi nanceiros ao dia 25/05/2012. Nome matrícula Nelson Ferreira Pereira de Barros Júnior Cargo/área/ especialidade Técnico Ministerial Área Administrativa QUADRO PERMANENTE ATIVO Data de admissão Classe Referência Observação 08/08/2006 C 06 PORTARIA POR-PGJ N.º 1.117/2012 O, no uso das suas atribuições legais, CONSIDERANDO a indicação da Coordenação da Procuradoria de Justiça Criminal, CONSIDERANDO a necessidade e conveniência do serviço; Pós Graduação Lato Sensu Especialização em Direito Público Processo nº /2012. Tornar sem efeito, em todos os seus termos, a Portaria PGJ nº 1.088/2012, que Designou o Bel. CARLOS ALBERTO PEREIRA VITÓRIO, 17º Criminal da Capital, de 3ª Entrância, para responder pelo cargo de 15º Procurador de Justiça Criminal, de 2ª Instância. PORTARIA POR-PGJ N.º 1.118/2.012 O, no uso das suas atribuições legais, CONSIDERANDO a necessidade e a conveniência do serviço, Designar o, abaixo elencado, para atuar, em exercício cumulativo, no Mutirão do Júri na Comarca de Jaboatão dos Guararapes, a partir de , até ª VARA DO JÚRI DA COMARCA DE JABOATÃO DOS GUARARAPES PROMOTOR DE JUSTIÇA Eli Gomes dos Santos PORTARIA POR-PGJ N.º 1.119/2012 O, no uso das suas atribuições legais, CONSIDERANDO a necessidade e a conveniência do serviço, Suspender o gozo das férias do Bel. CARLOS ALBERTO PEREIRA VITÓRIO, 17º Criminal da Capital, de 3ª Entrância, que estão programadas para o mês de julho do corrente, a partir de , fi cando o saldo remanescente para gozo oportuno. SUBPROCURADORA-GERAL EM ASSUNTOS INSTITUCIONAIS Maria Helena Nunes Lyra SUBPROCURADORA-GERAL EM ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS Laís Coelho Teixeira Cavalcanti SUBPROCURADORA-GERAL EM ASSUNTOS JURÍDICOS Lais Coelho Teixeira Cavalcanti CORREGEDORA-GERAL Luciana Marinho Martins Mota e Albuquerque CORREGEDORA-GERAL SUBSTITUTA Maria Bernadete Martins de Azevedo Figueiroa OUVIDOR Gilson Roberto de Melo Barbosa SECRETÁRIO-GERAL Carlos Augusto Arruda Guerra de Holanda CHEFE DE GABINETE Ulisses de Araújo e Sá Júnior ASSESSOR DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Jaques Cerqueira JORNALISTAS Giselly Veras, Jaques Cerqueira, Gilvan Oliveira, Madalena França ESTAGIÁRIOS Aline Lima, Bruna Montenegro, Mayra Rodrigues, Samila Melo (Jornalismo), Rebeca Vitorino (Publicidade) RELAÇÕES PÚBLICAS Evângela Andrade PUBLICITÁRIOS Leonardo Martins e Andréa Corradini DIAGRAMAÇÃO Giselly Veras Rua do Imperador D. Pedro II, 473, Ed. Roberto Lyra, Santo Antônio, Recife-PE CEP fone / fax Ouvidoria (81) PORTARIA POR-PGJ N.º 1.120/2.012 O, no uso das suas atribuições legais, CONSIDERANDO a necessidade e a conveniência do serviço, Designar o, abaixo elencado, para atuar, em exercício cumulativo, no Mutirão do Júri na Comarca de Jaboatão dos Guararapes, a partir de , até ª VARA DO JÚRI DA COMARCA DE JABOATÃO DOS GUARARAPES PROMOTOR DE JUSTIÇA Carlos Alberto Pereira Vitório PORTARIA POR-PGJ Nº 1.108/2012 O, no uso de suas atribuições legais; CONSIDERANDO a Portaria POR-PGJ nº 899/2012, de 17/05/2012, publicada no D.O.E. de 19/05/2012; CONSIDERANDO, ainda, a necessidade e a conveniência do serviço;

3 Recife, 22 de junho de 2012 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual 3 I Dispensar o servidor FELIPE ASSUNÇÃO PADILHA DE FREITAS, Técnico Ministerial Área Administrativa, matrícula nº , do Grupo de Trabalho instituído pela Portaria POR-PGJ nº 827/2011, de 04/05/2012, publicada em 05/05/2011 e prorrogado pela Portaria POR-PGJ nº 1.055/2012, de 11/06/2012, publicada em 12/06/2012; II Esta Portaria entrará em vigor na data de sua publicação. Recife, 20 de junho de (Republicado por haver saído com incorreção no original) O EXCELENTÍSSIMO, DR. AGUINALDO FENELON DE BARROS, exarou os seguintes despachos: Dia Expediente n.º: s/n/12 Processo n.º: /2012 Requerente: REGINALDO ANSELMO DE OLIVEIRA Assunto: Comunicações Despacho: À SGMP. Expediente n.º: s/n/12 Processo n.º: /2012 Requerente: EDUARDO GOMES DA SILVA Assunto: Requerimento Despacho: Com o retorno do fi ca prejudicado o pedido. Arquive-se. Expediente n.º: 125/12 Processo n.º: /2012 Requerente: SECRETARIA DE ASSUNTOS JURÍDICOS DA PREFEITURA DO RECIFE Assunto: Comunicações Despacho: Remeta-se ao CAOP de Combate à Sonegação Fiscal. Expediente n.º: s/n/12 Processo n.º: /2012 Requerente: ADRIANE MARTINS DE MORAIS Despacho: Remeta-se à 21ª Promotoria de Justiça Criminal da Capital. Expediente n.º: 4350/12 Processo n.º: /2012 Requerente: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Despacho: Ciente. Arquive-se. Expediente n.º: 489/12 Processo n.º: /2012 Requerente: TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO Despacho: Remeta-se à 1ª Promotoria de Justiça de Serra Telha. Expediente n.º: 123/12 Processo n.º: /2012 Requerente: MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS Assunto: Comunicações Despacho: Encaminhe-se ao NIRCO para conhecimento. Expediente n.º: 1944/12 Processo n.º: /2012 Requerente: SECRETARIA DE TRANSPORTES DE PERNAMBUCO Despacho: Remeta-se à Central de Inquéritos. Expediente n.º: 1750/12 Processo n.º: /2012 Requerente: TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO Assunto: Comunicações Despacho: Encaminhe-se à 3ª Promotoria de Justiça Cível de Camaragibe em face de Expediente correlato SIIG nº /2012. Expediente n.º: 4592/12 Processo n.º: /2012 Requerente: PROCURADORIA DA REPÚBLICA EM PERNAMBUCO Despacho: Encaminhe-se à 3ª Promotoria de Justiça de Abreu e Lima em face de Expediente correlato SIIG nº /2012. Expediente n.º: 706/12 Processo n.º: /2012 Requerente: TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 6ª REGIÃO Assunto: Comunicações Despacho: Remeta-se à Assessoria Técnica em Matéria Administrativa em atenção ao Ofício GPG/ATMA nº 12/2012. Expediente n.º: 4456/12 Processo n.º: /2012 Requerente: CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DE PERNAMBUCO Despacho: Remeta-se à Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Garanhuns. Expediente n.º: 013/12 Processo n.º: /2012 Requerente: CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO Despacho: Defiro o pedido. À Chefi a de Gabinete para providências. Expediente n.º: s/n/2012 Processo n.º: /2012 Requerente: 31ª VARA CÍVEL DA CAPITAL Despacho: Encaminhe-se às Promotorias de Justiça com atuação na Defesa dos Direitos do Consumidor da Capital. Expediente n.º: 152/2012 Processo n.º: /2012 Requerente: AMPPE Despacho: Encaminhe-se à Subprocuradoria Geral para assuntos Administrativos para providências necessárias. Procuradoria Geral de Justiça, 21 de junho de SEVERINA LÚCIA DE ASSIS Promotora de Justiça Coordenadora do Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça O EXMO. SR. CHEFE DE GABINETE, DR. ULISSES DE ARAÚJO E SÁ JÚNIOR, exarou os seguintes despachos: Dia Expediente n.º: CGMP 1148/2012 Processo n.º: /2012 Requerente: CORREGEDORIA GERAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO Despacho: Ao Conselho Superior do Ministério Público. Expediente n.º: CGMP 1147/2012 Processo n.º: /2012 Requerente: CORREGEDORIA GERAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO Despacho: Ao Conselho Superior do Ministério Público. Expediente n.º: CGMP 1145/2012 Processo n.º: /2012 Requerente: CORREGEDORIA GERAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO Despacho: Ao Conselho Superior do Ministério Público. Expediente n.º: 164/11 Processo n.º: /2012 Requerente: HIPOLITO CAVALCANTI GUEDES E SILVA Despacho: Com base na documentação apresentada e considerando o disposto no art. 6º, 3º, da Instrução Normativa PGJ nº 003/06 e conforme despacho da CGMP de fl s. 43, encaminho à CMFC para fi ns de pagamento Expediente n.º: 127/2012 Processo n.º: /2012 Requerente: MARCELO TEBET HALFELDMARCELO TEBET HALFELD Despacho: Com base na documentação apresentada e considerando o disposto no art. 6º, 3º, da Instrução Normativa PGJ nº 003/06 e conforme despacho da CGMP de fl s. 15, encaminho à CMFC para fi ns de pagamento. Expediente n.º: 165/12 Processo n.º: /2012 Requerente: IRENE CARDOSO SOUSA Assunto: Requerimento Despacho: À Corregedoria-Geral do Ministério Público para que se manifeste sobre o requerimento, nos termos do 2º do art. 3º da Resolução RES-PGJ Nº 002/2008, que disciplina a residência na Comarca pelos membros do Ministério Público. Em seguida, encaminhem-se os autos diretamente à ATMA-constitucional para elaboração de parecer. Expediente n.º: 024/12 Processo n.º: /2012 Requerente: LILIANE JUBERT DA CRUZ GOUVEIA Despacho: À CMGP para anotar e arquivar. Expediente n.º: 272/12 Processo n.º: /2012 Requerente: ELEONORA DE SOUZA LUNA Despacho: Ciente, arquive-se. Expediente n.º: 036/12 Processo n.º: /2012 Requerente: JULIO CESAR SOARES LIRA Despacho: Ciente, arquive-se. Expediente n.º: 036/12 Processo n.º: /2012 Requerente: RICARDO GUERRA GABINIO Despacho: Ciente, arquive-se. Expediente n.º: 004/12 Processo n.º: /2012 Requerente: ROSANGELA FURTADO PADELA ALVARENGA Assunto: Comunicações Despacho: Em face do atestado médico acostado aos autos, concedo 03 (três) dias de licença-médica à requerente, a partir do dia , nos termos do artigo 64, I, da Lei Orgânica Estadual do Ministério Público. À CMGP para anotar e arquivar. Expediente n.º: Processo n.º: /2012 Requerente: MAVIAEL DE SOUZA SILVA Despacho: Encaminhe-se à Promotoria de Justiça de Itapissuma. (Republicado por haver saído com incorreção no original) Procuradoria-Geral de Justiça, 21 de junho de ULISSES DE ARAÚJO E SÁ JÚNIOR Chefe de Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça Assessoria Técnica em Matéria Administrativo-Constitucional A Excelentíssima Senhora Subprocuradora-Geral de Justiça em Assuntos Administrativos, Doutora LAIS COELHO TEIXEIRA CAVALCANTI, na Assessoria Técnica em Matéria Administrativo-Constitucional, exarou os seguintes despachos: Dia: 19/06/2012 Procedimento Administrativo SIIG nº: /2010 Interessado: Hodir Flávio Guerra Leitão de Melo,. Assunto: Análise da constitucionalidade do Decreto nº010/2010. Diante da revogação do Decreto Municipal nº 10/10 de Jataúba, torna-se prejudicado o objeto do procedimento em epígrafe, não havendo que se falar na suscitada inconstitucionalidade. Sendo assim, determino que seja o procedimento arquivado no âmbito da Assessoria Técnica em Matéria Administrativo-constitucional. Encaminhe-se cópia do despacho e parecer ao Interessado. Publique-se. Recife, 21 de junho de BETTINA ESTANISLAU GUEDES Promotora de Justiça e Assessora Técnica em Matéria Administrativa A Excelentíssima Senhora Subprocuradora-Geral de Justiça em Assuntos Administrativos, Doutora LAIS COELHO TEIXEIRA CAVALCANTI, na Assessoria Técnica em Matéria Administrativo-Constitucional, exarou o seguinte despacho: Dia: 20/06/2012 Procedimento Administrativo nº /2012. Interessada: Cíntia Micaella Granja, Promotora de Justiça. Assunto: Averbação de tempo de serviço. Acolho integralmente, pelos seus próprios fundamentos, o parecer da Assessoria Técnica em Matéria Administrativa para deferir o pedido da requerente e determinar a averbação do tempo de serviço prestados ao Ministério Público da Bahia, no cargo de Promotor de Justiça, entre e , bem como ao Tribunal de Justiça da Bahia, no cargo de Subescrivão I - Terceira entrância, entre e , para fi ns de aposentadoria, disponibilidade e desempate na antiguidade. Já para efeitos de licençaprêmio, só se deve contar o tempo prestado ao Ministério Público da Bahia, entre e , desconsiderando-se, pois, o tempo prestado ao Tribunal de Justiça da Bahia entre e Publique-se. Após, à CMGP para anotação e arquivamento. Procedimento Administrativo nº /2012 Interessada: Juliana Pazinato, Promotora de Justiça. Assunto: Averbação de tempo de serviço. Acolho integralmente, pelos seus próprios fundamentos, o parecer da Assessoria Técnica em Matéria Administrativa para deferir o pleito da Bela. Juliana Pazinato, para que seja determinada a averbação do tempo de serviço prestado ao empregador Elisa Pazinato & Cia Ltda. apenas para fi ns de aposentadoria e disponibilidade, não surtindo efeitos em relação à antiguidade e licença-prêmio, com fundamento nas normas acima apontadas. Publique-se. Após, envie-se à CMGP para anotação e arquivamento. Recife, 21 de junho de MARIA IVANA BOTELHO VIEIRA DA SILVA Promotora de Justiça e Assessora Técnica em Matéria Administrativa

4 4 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual Recife, 22 de junho de 2012 Assessoria Técnica em Matéria Criminal A Excelentíssima Senhora Subprocuradora-Geral de Justiça Doutora LAÍS COELHO TEIXEIRA CAVALCANTI, na Assessoria Técnica em Matéria Criminal, exarou as seguintes Decisões: Em : Processo nº (Conflito de Atribuições nº 2012/120574) Suscitante: 40ª Promotoria de Justiça Criminal da Capital com exercício na Central de Inquéritos Suscitado: Promotoria de Justiça Criminal com exercício no 1º Juizado Especial Criminal da Capital ( ) Desse modo, diante dos mais recentes pronunciamentos do Superior Tribunal de Justiça e comungando, in totum, das lições e argumentos esposados pelo ilustre Professor Luiz Flávio Gomes, os quais tomei de empréstimo, visando repetições inócuas, dirimindo o confl ito ora instalado, determino a remessa dos autos à Promotoria de Justiça com atuação na Central de Inquéritos, a qual entendo deter atribuição para análise da matéria, que na nossa ótica, como já consignado, envolve violência doméstica e familiar. Dê-se ciência da presente decisão ao Representante Ministerial com exercício no 1º Juizado Especial Criminal. Processo nº (Arquimedes nº 2012/611882) Comarca: Timbaúba Indiciado: Adriano Francisco dos Santos Vítima: Sociedade Vara de Origem: 2ª vara da comarca de Timbaúba Art. 28 do CPP. ( ) Desse modo, converto o presente em diligências, requisitando o encaminhamento do referente processo à 11ª Delegacia de Polícia de Plantão sede Nazaré da Mata, para que seja juntado o laudo provisório (de constatação) e/ou o laudo defi nitivo, relativos ao material descrito no auto de apresentação e apreensão de fl.11. Na hipótese de não ter sido efetuado o laudo, que seja o material apreendido, conforme Auto de fl. 11, enviado ao Instituto de Criminalística para realização do aludido exame pericial, designando, para cumprimento da diligência, o prazo de 30 (trinta) dias, fi ndo o qual, deverá o presente processo ser remetido, incontinenti, a esta PGJ, para nova análise dos fatos. Recife, 21 de junho de CLÊNIO VALENÇA AVELINO DE ANDRADE Assessor Técnico em Matéria Criminal Conselho Superior do Ministério Público ATA DA 14ª SESSÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO. Data: 25 de abril de 2012 Horário: 14:30h Local: Salão dos Órgãos Colegiados da Procuradoria Geral de Justiça, localizado na Rua do Imperador D. Pedro II, n.º 473, Bairro de Santo Antônio, Recife/PE. Presidência: Dr. Conselheiros Presentes: Drs., Renato da Silva Filho, Antônio Carlos de Oliveira Cavalcanti, Eleonora de Souza Luna (substituindo o Conselheiro Mário Germano Palha Ramos), Janeide Oliveira de Lima, Izabel Cristina de Novaes Santos e Sueli Gonçalves de Almeida. Representante(s) da AMPPE: Norma Sales. Secretária: Drª. Severina Lucia de Assis. Dando início aos trabalhos o Presidente do Conselho, Dr. Aguinaldo Fenelon, cumprimentou todos os presentes e, em seguida, solicitou a Secretária do Conselho que desse prosseguimento com a verificação da constituição do quórum regimental. Tendo o Secretário constatado o comparecimento dos Conselheiros presentes, ausência justificada das Conselheiras Luciana Marinho Martins Mota e Albuquerque e Maria Bernadete Martins de Azevedo Figueiroa que se encontram em reunião de estágio probatório em Arcoverde e do Conselheiro Mário Germano Palha Ramos que está de férias, com a correspondente constituição do quórum regimental foi passada a palavra ao Presidente, o qual decretou aberta a sessão. Passando a tratar dos assuntos previstos em pauta: O Conselho decidiu inverter a ordem da pauta. II - Aprovação de ata: Colocada em apreciação as Atas da 9ª, 10ª e 13ª Sessões Ordinárias/2012 do Conselho Superior do Ministério Público. Pelo Presidente do Conselho, foi aberta à discussão. Feita a alteração solicitada, as atas foram colocadas em votação e aprovadas por unanimidade; I Comunicações: O Presidente do Conselho, Dr. Aguinaldo Fenelon, trouxe requerimento (SIIG /2011) da Circunscrição de Garanhuns quanto à alteração na tabela de substituição automática, pelo qual acordou com o Colegiado encaminhá-lo à Corregedoria Geral. Continuando, solicitou que o Chefe de Gabinete Dr. Ulisses lesse comunicação dos Promotores de Justiça, Drs. José Bispo e Antônio Fernandes, sobre a atuação destes no Juizado do Torcedor ante os recentes acontecimentos. O Conselheiro Dr. Renato da Silva Filho elogiou a iniciativa dos ditos membros, mas disse entender que estes deveriam investigar, também, os Dirigentes dos Clubes, pois é de conhecimento público que alguns prestam apoio a estas posturas ilegítimas de alguns membros das torcidas organizadas. O Presidente do Conselho Dr. Aguinaldo Fenelon determinou que fosse encaminhada cópia da presente ata aos indigitados membros para conhecimento e adoção de providências ante a sugestão do Conselheiro. A Representante da AMPPE Drª. Norma Sales informou que não compareceu a Sessão Extraordinária do CSMP da última segunda feira, 23/04/2012, por uma falha da secretaria da Associação que não lhe cientificou da pauta. Continuando, solicitou a inversão da ordem da pauta para apreciação do requerimento da AMPPE. O Presidente do Conselho Dr. Aguinaldo Fenelon disse que o dito requerimento foi encaminhado à Assessoria do PGJ para ser colocado em discussão no Colégio de Procuradores de Justiça, inclusive, com sugestão para inclusão na Lei Orgânica. III - Comunicações diversas: Colocadas em apreciação pelo Presidente do Conselho os itens: III.I-Instaurações de Inquéritos Civis, PIP s e Procedimentos Preparatórios: 1)SIIG nº /2012 e /2012. Interessada: 21ª Promotoria de Justiça Criminal. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 001/2012 de instauração do PIP nº 001/ )SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Buique. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 002/2012 de instauração do PP nº 002/2012. III.II Conversão de PIP s, IC s e PA: 1) SIIG nº /2012. Interessada: 3ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de São Lourenço da Mata. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 001/2012 referente à conversão do PIP nº 015/11 em IC nº 001/2012. III.III Recomendação: 1) SIIG nº /2012. Interessada: 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Bezerros. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 001/2012 referente ao piso salarial dos profissionais do magistério público da educação básica. 2) SIIG nº /2012. Interessada: 1ª e 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Bezerros. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 001/2012 Conjunto referente ao piso salarial dos profissionais do magistério público da educação básica. 3) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Itapissuma. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 001/2012 referente ao reajusto do piso salarial dos professores. 4) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Petrolina. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 001/2012 ao Prefeito Municipal e à Gerencia da Caixa Econômica Federal deste município para que se abstenham em cobrar a tarifa por emissão do Documento de Arrecadação Municipal DAM, no IPTU de ) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Afrânio. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 001/2012 referente à elaboração da Escala de Férias dos Conselheiros Tutelares desse Município. 6) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania Promoção e Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 001/2012 ao Secretário Estadual das Cidades e ao Presidente do Grande Recife Consórcio Transporte que façam incluir, no Edital de Licitação, a gratuidade aos maiores de 65 anos e a necessidade de treinamentos periódicos dos funcionários das empresas acerca do tratamento com as pessoas idosas. 7) SIIG nº /2012. Interessada: 3ª Promotoria de Justiça de Carpina. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 002/2012 aos gestores das escolas municipais e estaduais, sediadas nesta cidade que deem cumprimento à legislação correlata, abstendo-se de aplicar punições disciplinares aos alunos, ao arrepio notadamente, do teor do art. 13 da Lei 12911/05. 8) SIIG nº /2012. Interessada: 4ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Paulista. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 001/2012 referente ao IC nº 103/2010 que trata do transporte para locomoção dos pacientes que realizam tratamentos de hemodiálise. 9) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Palmeirina. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 001/2012 referente ao piso salarial dos profissionais da educação. 10) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Caetés. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 001/2012 referente ao pagamento do piso salarial dos profissionais do magistério. 11) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Taquaritinga do Norte. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 001/2012 referente ao reajuste do piso salarial dos profissionais do magistério público da educação básica. 12) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Gravatá. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 002/2012 referente à proibição da circulação de quadriciclos nas vias públicas deste município conforme regulamentado através da Resolução nº 008/2010 do CETRAN-PE. III.IV- Ação Civil Pública: 1) SIIG nº /2012. Interessada: 4ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania do Jaboatão dos Guararapes Curadoria do Patrimônio Público e Social. Encaminha a V. Exa. cópia da Ação Civil Pública a partir do PIP nº 104/2009 4ª PJDC. 2) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Itapissuma. Encaminha a V. Exa. cópia da Ação Civil Pública ajuizada em face da COMPESA. 3) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Barreiros. Encaminha a V. Exa. cópia da petição inicial de Ação Civil Pública oriunda do PIP nº 010/2010. III.V Termo de Ajustamento de Conduta: 1) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Lagoa do Ouro. Encaminha a V. Exa. cópia do Termo de Ajustamento de Conduta nº 002/2012 sobre Festividade no Município de Lagoa do Ouro, em comemoração ao aniversário de emancipação política. 2) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Feira Nova. Encaminha a V. Exa. cópia do Termo de Ajustamento de Conduta visando contribuir para uma melhor organização e funcionamento do Conselho Tutelar. 3) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Feira Nova. Encaminha a V. Exa. cópia do Termo de Ajustamento de Conduta nº 001/2012 sobre Festividade no Município de Feira Nova, em comemoração do Padroeiro de Feira Nova e São José. III.VI Diversos: 1) SIIG nº /2012. Interessada: 2ª Promotoria de Justiça de Timbaúba. Encaminha a V. Exa. cópia do Termo de Compromisso firmado, no dia 13/03/2012, pela Curadoria da Infância e Juventude desta cidade com diversos Poderes Municipais e Instituições Governamentais e Não-Governamentais, a respeito da incrementação, durante o ano de 2012, de ações de enfrentamento à violação sexual infanto-juvenil no município de Timbaúba. III.VII Suspeição de Membros: 1)SIIG nº /2012. Interessada: 1ª Promotoria de Justiça de Pesqueira. Informa a V. Exa. que se declarou impedida de atuar nos autos do expediente OF. Nº 052/2011-CDH/OAB-PE, no qual seu cônjuge figura como advogado dos acusados. Informa ainda que pugnou pela abertura de vista ao substituto automático. 2)SIIG nº /2012. Interessada: 1ª Promotoria de Justiça de Pesqueira. Informa a V. Exa. que se declarou impedida de atuar nos autos do IP / ( Crime Contra a Ordem Tributária), no qual seu cônjuge atua como advogado do indiciado em vários processos judiciais (Cíveis). Informa ainda que pugnou pela abertura de vista ao substituto automático. 3)SIIG nº /2012. Interessada: 1ª Promotoria de Justiça de Pesqueira. Informa a V. Exa. que se declarou impedida de atuar nos autos nº (TCO)do expediente OF. Nº 052/2011-CDH/OAB-PE, no qual seu cônjuge figura como advogado da autora do fato/vitima. Informa ainda que pugnou pela abertura de vista ao substituto automático. III.VIII Comunicações de cumprimento de Recomendações: 1)SIIG nº /2011. Interessada: 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Pesqueira. Informa a V. Exa. que referente à Recomendação nº 01/2011, foi expedido um ofício à Prefeitura do Município, bem como à Secretária Municipal de Educação, solicitando informações quanto ao disposto da Recomendação. 2)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Nazaré da Mata. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 005/2011 está sendo atendida pelo Gestor Municipal. 3)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Calçado. Informa a V. Exa. que referente a Recomendação nº 002/2011 o Prefeito Municipal de Calçado alegou a ausência de recursos orçamentários para suportar as despesas com a implantação do PROCON Municipal. 4)SIIG nº /2012. Interessada: 4ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Olinda Promoção e Defesa do Patrimônio Público. Informa a V. Exa. que a Recomendação Conjunta nº 001/2011 foi devidamente acatada pelo Município de Olinda. 5)SIIG nº /2012. Interessada: 4ª Promotoria de Justiça de Camaragibe. Informa a V. Exa. que a Recomendação Conjunta nº 001/2011 foi devidamente cumprida. 6)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Catende. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 001/2011 vem sendo cumprida. 7)SIIG nº /2012. Interessada: 4ª Promotoria de Justiça de defesa da Cidadania de Olinda Promoção e Defesa do Patrimônio Público. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 004/2011 foi devidamente acatada pelo Município de Olinda. 8)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Vicência. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 003/2011 está sendo efetivamente cumprida. 9)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Palmeirina. Informa a V. Exa., que as Recomendações nºs 01 e 02/2011 foram cumpridas. 10)SIIG nº /2011. Interessada: Promotoria de Justiça de Petrolina. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 05/2011 foi cumprida. 11)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Petrolina. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 06/2011 foi cumprida. 12)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Petrolina. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 002/2011 foi cumprida. 13)SIIG nº /2012. Interessada: 2ª Promotoria de Justiça de Abreu e Lima. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 001/2011 foi cumprida, visto que o PROCON já foi instalado e encontra-se em funcionamento. 14)SIIG nº /2012. Interessada: 3ª Promotoria de Justiça de Abreu e Lima. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 005/2011 está sem cumprida. 15)SIIG nº /2012. Interessada: Central de Inquéritos de Garanhuns. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 001/2011 está sendo cumprida rigorosamente. 16)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Itapissuma. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 005/2011 foi cumprida. 17)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Itapissuma. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 003/2011 vem sendo devidamente acompanhada, uma vez que foi encaminhado o Projeto de Lei, estando no aguardo de apreciação pela Câmara Municipal. 18)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Macaparana. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 001/2011 foi cumprida. 19)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Sertânia. Informa a V. Exa. que a Recomendação Eleitoral nº 001/2011 está sendo cumprida na íntegra. 20)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Floresta. Informa a V. Exa. que a Recomendação nº 001/2011 foi cumprida. Aberta à discussão e, não havendo questionamentos, o Conselho Superior, por unanimidade, decidiu conhecê-los e determinar que a Secretaria: a) oficie os Promotores de Justiça que encaminharam Recomendações para que informem as medidas efetivas no sentido de serem cumpridas as recomendações expedidas; b) oficie os Promotores de Justiça que encaminharam Termo de Ajustamento de Conduta para que acompanhem o cumprimento e caso não seja cumprido tomem as providências necessárias; c) arquive e encaminhe cópia dos subitens 1, 2 e 3 do item III.VII à Corregedoria Geral do MP; d) proceda às devidas anotações para efeito de contagem de prazo; e e) arquive os demais; além de proceder com os encaminhamentos na forma estabelecida pelas Resoluções deste Conselho. A Conselheira Drª. Sueli Gonçalves indagou o Presidente do Conselho se irá convocar o Colégio de Procuradores de Justiça e sugeriu que já fosse publicado um cronograma com as reuniões do dito Colegiado. O Presidente do Conselho Dr. Aguinaldo Fenelon disse que estará publicando uma convocação e aproveitará para divulgar já outras datas. A Conselheira Drª. Sueli Gonçalves registrou que o Presidente do Conselho tem escutado bastante os Órgãos Colegiados. IV- Processos de Distribuições anteriores: A Conselheira Drª. Sueli Gonçalves trouxe o(s) processo(s): SIIG /2007, SIIG /2006, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2008, SIIG /2007, SIIG /2003, SIIG /2011, SIIG /2011, SIIG /2011, SIIG /2011 e SIIG /2011, relatando e votando pela homologação do arquivamento. Colocado(s) em votação foi determinado, por unanimidade, o arquivamento nos termos do voto da relatora. A Conselheira Drª. Izabel Cristina trouxe o(s) processo(s): SIIG /2011, SIIG /2005, SIIG /2008, SIIG /2008, SIIG /2011, SIIG /2011, SIIG /2008, SIIG /2008, SIIG /2008 e SIIG /2008, relatando e votando pela homologação do arquivamento. Colocado(s) em votação foi determinado, por unanimidade, o arquivamento nos termos do voto da relatora. A Conselheira Drª. Izabel Cristina informou ao Colegiado que estará de férias nos primeiros 15 (quinze) dias de maio. A Conselheira Drª. Janeide Oliveira trouxe o(s) processo(s): SIIG /2007 SIIG /2010, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2008, SIIG /2008, SIIG /2008, SIIG /2009 e SIIG /2009, relatando e votando pela homologação do arquivamento. Colocado(s) em votação foi determinado, por unanimidade, o arquivamento nos termos do voto da relatora. A Conselheira Drª. Eleonora Luna trouxe o(s) processo(s): SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2008, SIIG /2008, SIIG /2008, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2007 e SIIG /2007, relatando e votando pela homologação do arquivamento. Colocado(s) em votação foi determinado, por unanimidade, o arquivamento nos termos do voto da relatora. O Conselheiro Dr. Antônio Carlos trouxe o(s) processo(s): SIIG /2009, devolvendo a secretaria para que encaminhe à Central de Inquérito o mais rápido possível. SIIG /2005, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2010, SIIG /2010, SIIG /2005, SIIG /2006, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2010, SIIG /2009, SIIG /2007, SIIG /2007 e SIIG /2007, relatando e votando pela homologação do arquivamento. Colocado(s) em votação foi determinado, por unanimidade, o arquivamento nos termos do voto do relator, à exceção do primeiro que deve ser encaminhado à Central de Inquéritos. O Conselheiro Dr. Renato da Silva Filho trouxe o(s) processo(s): SIIG /2012, estágio probatório, Drs. Almir Oliveira de Amorim Junior, Daniel de Ataide Martins, Marcelo Tebet Halfeld, Felipe Akel Pereira de Araujo e Liana Menezes Santos, relatando e votando pelo arquivamento. SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2006, SIIG /2006, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2007, SIIG /2006, SIIG /2006 e SIIG /2006, relatando e votando pela homologação do arquivamento. Colocado(s) em votação foi determinado, por unanimidade, o arquivamento nos termos do voto do relator. Não tendo sido trazido outro processo para ser relatado, o Presidente do Conselho, agradeceu a todos e declarou encerrada a sessão. Observação: Esta ata foi elaborada com base em áudio (Formato MP3). ATA DA 21ª SESSÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO. Data: 13 de junho de 2012 Horário: 14:30h Local: Salão dos Órgãos Colegiados da Procuradoria Geral de Justiça, localizado na Rua do Imperador D. Pedro II, n.º 473, Bairro de Santo Antônio, Recife/PE. Presidência: Dr. Renato da Silva Filho Conselheiros Presentes: Drs. Renato da Silva Filho, Antônio Carlos de Oliveira Cavalcanti, Janeide Oliveira de Lima, Maria Bernadete Martins de Azevedo Figueiroa, Izabel Cristina de Novaes Santos e Sueli Gonçalves de Almeida. Representante(s) da AMPPE: Drª. Norma Sales. Secretária: Drª. Severina Lucia de Assis. Dando início aos trabalhos o Presidente do Conselho, em exercício, Dr. Renato da Silva Filho, cumprimentou todos os presentes e, em seguida, solicitou a Secretária do Conselho que desse prosseguimento com a verificação da constituição do quórum regimental. Tendo a Secretária constatado o comparecimento dos Conselheiros presentes, ausência justificada do Presidente do Conselho, Dr., que se encontra em trânsito, procedente de evento em Garanhuns, do Conselheiro Dr. Mário Germano Palha Ramos que se encontra de licença e da Conselheira Drª. Luciana Marinho Martins Mota e Albuquerque que está em correição. Com a correspondente constituição do quórum regimental foi passada a palavra ao Presidente, o qual decretou aberta a sessão. Passando a tratar dos assuntos previstos em pauta: I Comunicações: O Presidente do Conselho, em exercício, Dr. Renato da Silva Filho, atendendo requerimento passou a palavra ao Procurador de Justiça Dr. Francisco Sales, o qual externou sua preocupação em relação a Projeto de Lei de autoria do Tribunal de Contas, publicado nesta data no Diário Oficial e no qual, a seu ver, está maculado de inconstitucionalidade, além de invadir a autonomia do Ministério Público. Após debate, o CSMP decidiu, à unanimidade, encaminhar ofício ao PGJ, com cópia do Projeto de Lei, solicitando a inclusão na pauta da próxima reunião do Colégio de Procuradores de Justiça. II - Aprovação de atas: Colocadas em apreciação as Atas da 15ª, 18ª e 20ª Sessão Ordinária/2012 do Conselho Superior do Ministério Público, foi aberta à discussão. Feita a alteração solicitada, foram colocadas em votação e aprovadas por unanimidade; O Presidente do Conselho, em exercício, Dr. Renato da Silva Filho, trouxe matéria publicada no Jornal do Commercio de hoje, na qual traz pesquisa de intenção de votos no município de Toritama, desta feita determina o encaminhamento à Promotoria de Justiça daquela Comarca para apreciação e providências que entender cabíveis. III- Projeto de Resolução que disciplina o Inquérito Civil, o Procedimento Preparatório e outros instrumentos destinados à Tutela Extrajudicial. Colocado em apreciação pelo Presidente do Conselho, em exercício, foi aberta a discussão. Após debate, o CSMP decidiu, à unanimidade, aprovar e determinar a numeração e publicação. A Representante da AMPPE, Drª. Norma Sales, lembrou aos colegas que, atendendo ao pleito da Associação, o PGJ antecipou o período de sugestão de programação de férias, portanto, tem os membros até 30 de junho do corrente para fazê-lo. IV - Comunicações diversas: Colocadas em apreciação pelo Presidente do Conselho, em exercício, os itens: IV.I Instaurações de Inquéritos Civis e PIP s : 1)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça do Jaboatão dos Guararapes. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 007/2012 de instauração do ICP s/n. 2)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça do Jaboatão dos Guararapes. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 007/2012 de instauração do ICP s/nº. 3)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça do Jaboatão dos Guararapes. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria

5 Recife, 22 de junho de 2012 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual 5 nº 008/2012 de instauração do ICP s/n. 4)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça do Jaboatão dos Guararapes. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria n 008/2012 que instaurou o ICP s/n. 5)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Paudalho. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria s/nº de instauração do PIP nº009/ )SIIG nº /2012. Interessada: 1ª Promotoria de Justiça do Limoeiro Promoção e Defesa do Patrimônio Público. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 003/2012 de instauração do IC nº 003/2012. IV.II Conversão de PIP s, IC s e PA: 1)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania - Promoção e Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 041/2012 referente à conversão do PIP nº em IC s/nº. 2)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania Promoção e Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 020/2012 referente à conversão do PIP nº em IC s/n. 3)SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania Promoção e Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 033/2012 referente à conversão do PIP nº em IC s/nº. 4)SIIG nº /2012. Interessada: 1ª Promotoria de Justiça de Carpina. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 001/2012 referente à conversão do PIP nº 001/2010 em IC n 001/ )SIIG nº /2012. Interessada: 29ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania Promoção e Defesa do Direito Humano à Educação. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 022/2012 referente à conversão do PIP nº 91/2005 em IC nº 91/ )SIIG nº /2012. Interessada: 3º Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania do Paulista. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 013/2012 referente à conversão do PIP nº 069/2011 em IC s/nº. 7)SIIG nº /2012. Interessada: 22ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania Promoção e Defesa do Direito Humano à Educação. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 013/2012 referente à conversão do Procedimento Preparatório nº 027/2011 em IC n 027/ )SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Paudalho. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 033/11 referente à conversão do PIP nº 033/11 em IC s/n. 9)SIIG nº /2012. Interessada: 4ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania do Paulista. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 004/2012 referente à conversão do Procedimento Preparatório nº 078/2010 em ICP n 136/ )SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania Promoção e Defesa dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa. Encaminha a V. Exa. cópia da portaria nº 057/2012 referente à conversão do PIP nº em IC s/n. IV.III - Prorrogação de Prazos: 1)SIIG nº /2012. Interessada: 29ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital - Promoção e Defesa do Direito Humano à Educação. Comunica a V. Exa. a prorrogação do prazo para a conclusão do IC nº 008/ ) SIIG nº /2012. Interessada: 29ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital - Promoção e Defesa do Direito Humano à Educação. Comunica a V. Exa. a prorrogação do prazo para a conclusão do IC nº 25/ ) SIIG nº /2012. Interessada: 29ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital Promoção e Defesa do Direito Humano à Educação. Comunica a V. Exa. a prorrogação do prazo para a conclusão do IC nº 49/ ) SIIG nº /2012. Interessada: 29ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital Promoção e Defesa do Direito Humano à Educação. Comunica a V. Exa. a prorrogação do prazo para a conclusão do IC nº 01/ ) SIIG nº /2012. Interessada: 29ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital Promoção e Defesa do Direito Humano à Educação. Comunica a V. Exa. a prorrogação do prazo para a conclusão do IC nº 11/ ) SIIG nº /2012. Interessada: 29ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital Promoção e Defesa do Direito Humano à Educação. Comunica a V. Exa. a prorrogação do prazo para a conclusão do IC nº 22/ ) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital Promoção e Defesa do Direito Humano à Educação. Comunica a V. Exa. a prorrogação do prazo para a conclusão do IC CONJ nº 75/ ) SIIG nº /2012. Interessada: 36ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital Promoção e Defesa do Direito Humano ao Transporte na Região Metropolitana do Recife. Comunica a V. Exa. a prorrogação do prazo para a conclusão do IC nº 03/ ) SIIG n /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital Promoção e Defesa do Direito Humano à Educação. Comunica a V. Exa. a prorrogação do prazo para a conclusão do IC CONJ nº 19/2004. IV.IV Diversos: 1) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Angelim. Requer a V. Exa. a concessão de licença, em caráter especial, nos termos do art. 64, inc.viii, alínea c da Lei Complementar n 12/94, com as alterações da Lei Complementar n 57/04, para participação do Intercâmbio de Atualização em Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Nova York (Fordham School Of Law), a ser realizado naquela cidade, no período de 18 a 25/06/2012, promovido pela ESMAPE, conforme aviso da ESMP/PE, publicado no DOE em 15/03/ ) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Escada. Solicito a V. Exa. providências quanto ao imóvel de propriedade desta Instituição (casa oficial), situada à Rua Dr. Ezequiel de Barros, s/n, bairro Maracujá, nesta cidade, que se encontra em estado de abandono. IV.V Suspeição de Membros: 1) SIIG nº /2012. Interessada: Procuradoria de Justiça em Matéria Criminal. Comunica a V. Exa. que, tendo assumido o exercício do cargo de 17º Procurador Criminal, por convocação, foram distribuídos para a minha pessoa os autos do HC n , no qual me considero suspeito para atuar no mesmo, por motivo de foro íntimo. 2) SIIG n /2012. Interessada: 2ª Promotoria de Justiça Criminal de Vitória de Santo Antão. Informo a V.Exa. que essa subscritora averbou sua suspeição, para atuar nos autos do Inquérito Policial de n , por motivo de foro íntimo. 3) SIIG n /2012. Interessada: 3ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Garanhuns. Comunico a V.Exa. que me averbei suspeita para funcionar no processo n , por motivo de foro íntimo. 4) SIIG n /2012. Interessada: 3ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Garanhuns. Comunico a V.Exa. que me averbei suspeita para funcionar nos Boletins de Ocorrência BOC n / ; / ; / ; / , / ; / ; / , lavrados em desfavor do adolescente em conflito com a lei, Fabrício Soares Pereira. 5) SIIG n /2012. Interessada: 1ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Garanhuns. Comunico a V. Exa. que me averbei suspeita para funcionar no autos da Ação de Recuperação Judicial nº , por motivo de foro íntimo. Informo, ainda, que já foi feita a necessária comunicação ao substituto automático desta Promotoria de Justiça. 6) SIIG n /2012. Interessada: 9ª Promotoria de Justiça Criminal da Capital. Comunico a V. Exa. que me averbei suspeita para funcionar no processo n Informo, ainda, que já foi comunicado ao substituto legal para atuar no feito. 7) SIIG n /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Venturosa. Comunica a V. Exa. que se averbou impedida para atuar nos autos da Ação de Mandado de Segurança nº Informa, ainda, que esta Representante pugnou pela remessa da referida ação ao substituto automático desta Promotoria de Justiça. 8) SIIG n /2012. Interessada: 12ª Procuradoria de Justiça em Matéria Cível. Comunico a V. Exa. que me averbei suspeito para funcionar nos autos do processo, Apelação n ) SIIG n /2012. Interessada: 1ª Promotoria de Justiça de Pesqueira. Comunico a V. Exa. que me declarei impedida de atuar nos autos n e n , considerando que meu cônjuge atua como advogado das partes. Informo também por motivo de foro íntimo, averbei-me suspeita nos autos dos processos crime n e n IV.VI Recomendação: 1) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça Águas Belas. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 01/2012 que visa reajustar o piso salarial dos profissionais do magistério desse município. 2) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Ouricuri. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 03/2012, cujo objetivo é garantir o direito ao abastecimento de água à sociedade de Santa Filomena. 3) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Tuparetama. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 005/2012 que trata da utilização da água da Barragem Francisco Perazzo. 4) SIIG nº /2012. Interessada: 5ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania do Jaboatão dos Guararapes com atuação na tutela das Fundações e Entidades de Interesse Social. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 01/2012 referente ao Procedimento Preparatório 06/2011 sobre a Fundação Relicária das Comunidades de Pernambuco. 5) SIIG nº /2012. Interessada: 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Ouricuri. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 02/2012, cujo objetivo é garantir as medidas socioeducativas, previstas no art. 112 da Lei n 8.069, de 13 de julho de ) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Agrestina. Encaminha a V. Exa. cópia da Recomendação nº 001 e 02/2012 que trata do piso salarial nacional do magistério e ao SINASE (Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo). IV.VII Termo de Ajustamento de Conduta: 1) SIIG nº /2012. Interessada: 3ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Olinda Meio Ambiente e Patrimônio Histórico e Cultural. Encaminha a V. Exa. cópia do Termo de Ajustamento de Conduta, firmado entre o Ministério Público de Pernambuco e o Bloco Virgens de Verdade, para conhecimento. 2) SIIG nº /2012. Interessada: 3ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Olinda Meio Ambiente e Patrimônio Histórico e Cultural. Encaminha a V. Exa. cópia do Termo de Ajustamento de Conduta, firmado entre o Ministério Público de Pernambuco e o Bloco Carnavalesco Virgens de Bairro Novo, para conhecimento. 3) SIIG nº /2012. Interessada: 3ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Olinda Meio Ambiente e Patrimônio Histórico e Cultural. Encaminha a V. Exa. cópia do Termo de Ajustamento de Conduta, firmado entre o Ministério Público de Pernambuco e o Bloco Carnavalesco O Cachorro Que Lambeu o Seu, para conhecimento. 4) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Trindade. Encaminha a V. Exa. cópia do Termo de Ajustamento de Conduta, celebrado entre esta Promotoria de Justiça e a empresa M.S FACUNDE ME, para conhecimento. 5) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Floresta. Encaminha a V. Exa. cópia do Termo de Ajustamento de Conduta, celebrado entre esta Promotoria de Justiça e os representantes dos Postos de Abastecimentos de Floresta - PE, para conhecimento. 6) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Jupi. Encaminha a V. Exa. cópia do Termo de Ajustamento de Conduta, para conhecimento. IV.VIII Ação Civil Pública: 1) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça da Comarca de Palmeirina. Encaminha a V. Exa. cópia da petição inicial de propositura de Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa proposta com arrimo no IC nº 008/ ) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Paudalho. Encaminha a V. Exa. cópia da Ação Civil Pública com pedido de liminar contra o Município de Paudalho. 3) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de João Alfredo. Encaminha a V. Exa. cópia da Ação Civil Pública de Obrigação de Fazer com Pedido de Antecipação de Tutela contra o Município de João Alfredo, encerrando-se assim, o PIP nº 001/ ) SIIG nº /2012. Interessada: Promotoria de Justiça de Barreiros. Encaminha a V. Exa. cópia da petição inicial de Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa decorrente do IC nº 003/2012. Tendo sido retirado o subitem 4 do item III.IV para ser relatado pela Conselheira Drª. Sueli, foi aberta à discussão e, não havendo questionamentos, o Conselho Superior, à unanimidade, decidiu conhecê-los e autorizar o afastamento dos membros, sem ônus para a Instituição, em relação ao requerido no subitem 1 do item IV.IV e o do SIIG /2012, este que foi incluso em pauta por identidade de objeto com o primeiro, bem como determinar que a Secretaria: a) oficie os Promotores de Justiça que encaminharam Recomendações para que informem as medidas efetivas no sentido de serem cumpridas as recomendações expedidas; b) oficie os Promotores de Justiça que encaminharam Termo de Ajustamento de Conduta para que acompanhem o cumprimento e caso não seja cumprido tomem as providências necessárias; c) arquive e encaminhe cópia dos subitem 9 do item IV.IV a Corregedoria Geral do MP; d) oficie a Promotoria de Justiça a que se refere o subitem 2 do item IV.V chamando atenção para necessidade legal de comunicação ao substituto automático; e) encaminhe ao PGJ o subitem 2 do item IV.IV; e f) proceda às devidas anotações para efeito de contagem de prazo; e f) arquive os demais; além de proceder com os encaminhamentos na forma estabelecida pelas Resoluções deste Conselho. V- Processos de Distribuições anteriores: A Conselheira Drª. Sueli Gonçalves trouxe o(s) processo(s): SIIG /2012, 4º Período de Estágio Probatório, Drs. Leôncio Tavares Dias, Tayjane Cabral de Almeida, Edeilson Lins de Souza Júnior, Marcelo Greenhalgh de Cerqueira Lima e Moraes Penalva Santos e Eduardo Henrique Gil Messias de Melo, relatando e votando pelo arquivamento, sem anotação na ficha funcional da Drª. Tayjane Cabral de Almeida por acatar a justificativa pelo atraso na entrega do relatório à Corregedoria Geral. Colocado(s) em votação foi determinado, por maioria, o arquivamento nos termos do voto da relatora, enquanto a Conselheira Drª. Janeide Oliveira entendia pela manutenção da anotação na ficha funcional. Não tendo sido trazido outro processo para ser relatado o Presidente do Conselho, em exercício, agradeceu a todos e declarou encerrada a sessão. Observação: Esta ata foi elaborada com base em áudio (Formato MP3). Secretaria Geral PORTARIA POR - SGMP- 281/2012 O SECRETÁRIO GERAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO, no uso de suas atribuições, por delegação do Exmo. Sr. Procurador-Geral de Justiça, na Portaria nº 396/99, de , publicada no Diário Ofi cial do Estado de 23/06/1999, Considerando a necessidade dos Plantões Ministeriais serem providos de apoio técnico e/ou administrativo necessários ao desempenho das atividades dos Promotores de Justiça plantonistas, conforme previsão contida nos itens e 3.5 da Instrução Normativa PGJ- 005/2002, publicada no Diário Ofi cial em 23/02/2002, e disciplinados pela Resolução CPJ nº 003/2005 de Considerando o teor das Portarias PGJ nº 628 e 629, ambas datadas em 29/03/2011, publicadas respectivamente no Diário Ofi cial do Estado de Pernambuco de 30/03/2011. I Publicar a Escala de Plantão dos servidores do Ministério Público, do mês de JULHO DE 2012, conforme discriminado a seguir: ESCALA DE PLANTÃO MINISTERIAL DA CAPITAL DATA DIA HORARIO LOCAL SERVIDORES (Titular e Substituto) Domingo Severina G. Soares da Silva Hamilton Felix dos Santos Aristhon José C. dos Santos Maria de Fátima de Sá Ferreira Sábado Ana Luiza de Moura Oliveira Marli Menezes de C. Teckhausen Adolfo Vilanova de Assis Alexsandro Romão B. da Silva Domingo Celina Angélica de Almeida Cruz Ronilson Araújo B. Figueiredo Fred Vasconcelos da Silva Regina Maria Queiroz de Lima Sábado Humberto B. Soares Filho Mucio Marcio Miranda Marinho Ismênia dos Santos Silva Roberto Aires B. Junior Domingo Gidelson Manoel dos Santos Josenildo Melquiades de Lima Alessandro Barbosa Leal Francisco de Souza Bonifácio Segunda Felipe Assunção P. de Freitas Maria Auxiliadora V. de Oliveira Gláucio Perdigão de S. Leão Aliane Maria R. Vilanova Sábado Adalberto Muzzio de Paiva Neto Jorge Alexandre S. de Alcântara Maria Luiza Duarte Araujo Márcia de Morais N. Machado Domingo Benjamin da Silva Junior Daniella Cordeiro C. S. Santos Maria Juliana de A. Moraes Francisco Jackson R. Santos Sábado Roberto Alves Gomes Junior Nelson Ferreira P. de Barros Jr Lucielly Cavalcante de Oliveira Carlos Eduardo de A. Arôxa Domingo Mylenna Cruz Arcoverde Pedro Henrique dos S. Mesquita Erik de Sousa Oliveira Franceclaudio T. da Silva MOTORISTA (Titular e Substituto) Pedro Fidelis N. Filho José Pedro Soares Silva Ivanildo Nunes Soares José Carlos dos Santos Jasson Luiz Gonzaga Josivan Silva Evangelista José de Sá Araújo Wellington José de Almeida Samuel Ferreira Silva Filho João Reinaldo Ramos José Carlos dos Santos Stevison Máximo Costa Josivan Silva Evangelista Severino José dos Santos Wellington José de Almeida Almir Douglas de Freitas João Cordeiro Sobrinho Edson Hugo de Amorim João Reinaldo Ramos Ivanildo Nunes Soares Heraldo Assis Rosa Lima Samuel Ferreira Silva Filho Almir Douglas de Freitas José de Sá Araújo Ivanildo Nunes Soares José Carlos dos Santos Edson Hugo de Amorim Sostenes Pedrosa Soares Jasson Luiz Gonzaga Josivan Silva Evangelista José de Sá Araújo Nelson Pedro de Lima Samuel Ferreira Silva Filho João Cordeiro Sobrinho Carlos Luiz de França Stevison Máximo Costa Josivan Silva Evangelista Heraldo Assis Rosa Lima Wellington José de Almeida Almir Douglas de Freitas II- Autorizar a Coordenadoria Ministerial de Gestão de Pessoas a promover a implantação do pagamento das horas-extras e ainda a concessão do auxílio-refeição dos servidores plantonistas, com base no Relatório de Plantão Ministerial. Recife, 21 de junho de 2012 CARLOS AUGUSTO ARRUDA GUERRA DE HOLANDA SECRETÁRIO - GERAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO O Exmo. Sr. Secretário Geral do Ministério Público de Pernambuco, Dr. Carlos Augusto Arruda Guerra de Holanda, exarou os seguintes despachos: No dia:20/06/2012 Expediente: OF. 681/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dra. Lucila Varejão Dias Martins Despacho: Publique-se. Após, devolva-se à CMGP para as necessárias providências. Expediente: Processo de Compras nº 065/2012 Processo: nº /2012 Requerente: DMCM Despacho: À CMFC para, cumpridas as formalidades legais, providenciar a realização da despesa. Expediente: Processo de Compras nº 066/2012 Processo: nº /2012 Requerente: DMCM Despacho: À CMFC para, cumpridas as formalidades legais, providenciar a realização da despesa. Expediente: Processo de Compras nº 050/2012 Processo: nº /2012 Requerente: DMCM Despacho: À CMFC para, cumpridas as formalidades legais, providenciar a realização da despesa. Expediente: OF. 221/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dr. Genivaldo Fausto de Oliveira Filho Despacho: À Chefia de Gabinete por competência. Processo: nº /2012 Requerente: Leandra Gomes Barbosa e Márcia de Morais Nunes Machado Despacho: À AJM. Para pronunciamento. Expediente: Of. 029/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Artur Guerra Despacho: Ao DEMAPA. Autorizo. Segue para providências necessárias.

6 6 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual Recife, 22 de junho de 2012 Expediente: Of.Coord. 281/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dra. Cristiane de Gusmão Medeiros Despacho: À CMGP. Para que informe o impacto financeiro e, em seguida, seja o mesmo encaminhado à AMPEO para dotação. Volte-me para finalização. Expediente: OF. 681/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dra. Lucila Varejão Dias Martins Despacho: À CPPAD. Para abertura de PAD. Expediente: OF. 015/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Corregedoria Nacional do MP/CNMP Despacho: À CPPAD. Para urgentes providências, com retorno a esta SMGP do andamento do processo. Expediente: OF. 003/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dr. Marco Aurélio Farias da Silva Despacho: À CMATI. Autorizo. Segue para providências necessárias. Expediente: OF. 371/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dr. Ricardo Van Der Linden de V. Coelho Despacho: À CPL-SRP. Autorizo. Segue para providências necessárias. Expediente: OF. 090/2011 Processo: nº /2011 Requerente: Lab. De Genética Molecular Humana Despacho: encaminhe-se ao Gabinete do Exmo. PGJ para colhimento da assinatura. Expediente: Req. /2012 Processo: nº /2012 e /2012 Requerente: Suzana Maria Caldas Machado Despacho: Com base na cota de nº 046/2012, em data de 15/06/2012, da AJM, opino pelo INDEFERIMENTO do pedido da servidora SUZANA MARIA CALDAS MACHADO, baseado nos motivos ali expostos. À CMGP para que dê ciência à Requerente e tome as providências cabíveis. Expediente: CI. 012/2012 Processo: nº /2012 Requerente: AMSI Despacho: À AJM. Para fazer juntada ao processo de igual teor. Expediente: OF. 173/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dr. Luis Guilherme da Fonseca Lapenda Despacho:À CMGP para que se dê conhecimento ao requerente do despacho da Assessoria Jurídica Ministerial, em 12/06/2012. Segue para providências. Processo: nº /2012 Requerente: Erika da Rocha Von Sohsten Despacho: Encaminhe-se ao Gabinete do Exmo Procurador-Geral para consideração. Processo: nº /2012 Requerente: Andrezza Jovelina de Lima Despacho: Publique-se. Após, devolva-se à CMGP para as necessárias providências. Expediente: Of. Coord. 261/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dra. Cristiane de Gusmão Medeiros Despacho: Publique-se. Após, devolva-se à CMGP para as necessárias providências. Expediente: CI. 063/2012 Processo: nº /2012 Requerente: DEMPAM Despacho: Publique-se. Após, devolva-se à CMGP para as necessárias providências. Processo: nº /2012 Requerente: Rosangela Maria Alves Lira Despacho: Publique-se. Após, devolva-se à CMGP para as necessárias providências. Expediente: OF. 040/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Biblioteca Despacho: Publique-se. Após, devolva-se à CMGP para as necessárias providências. Expediente: Of. 524/2012-OUV.MP Processo: nº /2012 Requerente: Ouvidoria do MPPE Despacho: À CMTI. Para pronunciamento com vistas a responder a presente solicitação. Expediente: CI. 205/2012-DEMIE Processo: nº /2012 Requerente: Hallan Marques Cavalcante Despacho: À AMPEO para informar dotação orçamentária. Expediente: CI. 206/2012-DEMIE Processo: nº /2012 Requerente: Hallan Marques Cavalcante Despacho: À AMPEO para informar dotação orçamentária. Secretaria Geral do Ministério Público, 20 de junho de CARLOS AUGUSTO ARRUDA GUERRA DE HOLANDA Secretário Geral do Ministério Público O Exmo. Sr. Secretário Geral do Ministério Público de Pernambuco, Dr. Carlos Augusto Arruda Guerra de Holanda, seguintes despachos: No dia: 21/06/2012 exarou os Expediente: OF. CAOP 0219/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dr. José Lopes de Oliveira Filho Despacho: À CMGP. Para que informe o impacto financeiro. Em seguida, encaminhe-se à AMPEO para a devida dotação orçamentária. Após, volte-me para conclusão. Expediente: S/N/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Roberto Avellar Baptista Cavalcanti Despacho: À CMFC. 1) Autorizo o prévio empenhamento; 2) Encaminhe-se, após, à AJM para providenciar o T.A.C. Expediente: OF. 042/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dra. Mariana Lamenha Gomes de Barros Despacho: À CMGP. 1) Para que informe o impacto financeiro, e em seguida, encaminhe-se à AMPEO para a devida dotação. 2) Volte-me para conclusão. Expediente: OF. S/N/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dra. Izabel Cristina de Novaes de Souza Santos Despacho: À CMGP. Autorizo. Segue para providências necessárias. Expediente: OF. 020/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dr. André Mucio Rabelo de Vasconcelos Despacho: À CMFC. Para pronunciamento. Processo: nº /2012 Requerente: Iris de Mel Trindade Dias Despacho: À CMGP. Para análise e pronunciamento. Expediente: CI. 105/2012 Processo: nº /2012 Requerente: ESMP Despacho: Ao Cerimonial. Autorizo. Segue para providências. Expediente: OF. 105/2012-PJP Processo: nº /2012 Requerente: Dr. Daniel Gustavo Meneguz Moreno Despacho: À Chefia de Gabinete. Por competência. Expediente: OF. 221/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dr. Genivaldo Fausto de Oliveira fi lho Despacho: À Chefia de Gabinete. Por competência. Expediente: CI. 325/2012 Processo: nº /2012 Requerente: DMTR Despacho: À CMFC. 1) Autorizo o prévio empenhamento; 2) Em seguida encaminha-se à AJM. Autorizo a formalização do contrato. Expediente: CI. 324/2012 Processo: nº /2012 Requerente: DMTR Despacho: À CMFC. 1) Autorizo o prévio empenhamento; 2) Em seguida, autorizo à AJM formalizar contrato. Expediente: CI. 205/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Hallan marques Cavalcante Despacho: À CMFC. 1) Segue para providenciar o prévio empenho; 2) Em seguida, encaminhar à AJM para formalizar o contrato. Expediente: S/N/2012 Processo: nº 00/ Requerente: Geraldo Edson Magalhães Simões Despacho: À AMPEO. Segue para análise e parecer. Expediente: CI.329/2012 Processo: nº /2012 Requerente: DMTR Despacho: À CMAD. Autorizo. Segue para providências. Expediente: OF. 178/2012 Processo: nº /2011 Requerente: Central de Inquéritos Despacho: À CMGP. Autorizo o pagamento em 01 (uma) parcela. Expediente: CI. 323/2012 Processo: nº /2012 Requerente: DMTR Despacho: À CMFC. Par que informe se o N.E. é estimativo, conforme solicita a cota 049/2012, da AJM. Expediente: OF. 319/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Jacy de Oliveira Silva Despacho: À AJM. Autorizo. Segue para providências. Expediente: OF. 041/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Dr. José Raimundo Gonçalves de Carvalho Despacho: À CMAD. Para pronunciamento, com a urgência necessárias a solucionar o pleito. Processo: nº /2012 Requerente: CPL-CPL/SRP Despacho: À CMGP. Indefiro, com base no despacho exarado pela AJM, em data de Arquive-se. Processo: nº /2012 Requerente: Érika da Rocha Von Sohsten Despacho: Encaminhe-se ao Gabinete do Exmo. PGJ para consideração. Expediente: OF. 098/2012 Processo: nº /2012 Requerente: Társis Gomes da Silva Despacho: À CMFC. 1) Para providenciar o prévio empenhamento; 2) Após, encaminhe-se à AJM para que Secretaria Geral do Ministério Público, 21 de junho de CARLOS AUGUSTO ARRUDA GUERRA DE HOLANDA Secretário Geral do Ministério Público

7 Recife, 22 de junho de 2012 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual 7 O Exmo. Sr. Secretário-Geral Adjunto do Ministério Público de Pernambuco, Valdir Francisco de Oliveira, exarou os seguintes despachos: No dia Expediente: OF nº 402/2012 Processo nº /2012 Requerente: Dra. Tayjane Cabral de Almeida Despacho: À CMTI, para pronunciamento quanto à solicitação do desktop. Expediente: OF PJ Criminais Capital nº 28/2012 Processo nº /2012 Requerente: Dr. Sérgio Roberto da Silva Pereira Despacho: À CMAD, segue para as providências. Expediente: OF Nº 913/2012 PJDCC - DHPI Processo nº /2012 Requerente: Dra. Luciana Maciel Dantas Figueiredo Despacho: À CMAD, para pronunciamento quanto à possibilidade de atender ao pleito. Expediente: OF nº 62/2012 Processo nº /2012 Requerente: Dr. Alexandre Augusto Bezerra Despacho: À CMAD, solicito atender no que for possível. Expediente: CI Nº 53/2012 Processo nº /2012 Requerente: Leonardo Lúcio de Menezes Despacho: À CMAD, para pronunciamento quanto à possibilidade de atender ao pleito. Expediente: OF nº 126/2012 Processo nº /2012 Requerente: Dra. Joana Cavalcanti de Lima Muniz Despacho: À CMAD, de acordo com informações do Supervisor, o pleito só poderá ser atendido em agosto. Expediente: OF nº 116/2012 PJ Petrolândia Processo nº /2012 Requerente: Dr. Daniel Gustavo Meneguz Moreno Despacho: À CMAD, solicito atender no que for possível. Expediente: OF nº 26/ SECPJCC Processo nº /2012 Requerente: Alerrandro Cavalcante de Oliveira Despacho: À Gerência de Compras, para atendimento. Expediente: OF nº 19/2012 Processo nº /2012 Requerente: Dra. Rosemary Souto Maior de Almeida Expediente: OF Nº 76/2012 Processo nº /2012 Requerente: Dr. Luís Sávio Loureiro da Silveira Expediente: OF nº 101/2012 Processo nº /2012 Requerente: Dr. Geovany de Sá Leite Expediente: OF nº 519/2012 Processo nº /2012 Requerente: Dr. Carlos Eduardo Domingos Seabra Expediente: OF Nº 28/2012 Processo nº /2012 Requerente: Dr. Stanley Araújo Corrêa Expediente: OF nº 367/2012 Processo nº /2012 Requerente: Dr. Alexandre Augusto Bezerra Expediente: OF nº 23/2012 Processo nº /2012 Requerente: Dr. Francisco Dirceu Barros Expediente: OF nº 53/2012 Processo nº /2012 Requerente: Dr. Hodir Flávio Guerra Leitão de Melo Expediente: OF nº 268/2012 Processo nº /2012 Requerente: Dra. Eleonora Souza de Luna Despacho: À CMGP, segue para as providências. Expediente: Formulário Geral Processo nº /2012 Requerente: Victor de Albuquerque Lima Despacho: À CMGP, para pronunciamento. Expediente: Formulário Geral Processo nº /2012 Requerente: Wagner Alves Matias de Souza Despacho: À CMGP, para pronunciamento. Secretaria Geral do Ministério Público - Recife, 20 de Junho de 2012 Valdir Francisco de Oliveira Secretário-Geral Adjunto do Ministério Público Promotorias de Justiça 7ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital Direitos Humanos 36ª Promotoria de Justiça Criminal da Capital PORTARIA CONJUNTA Nº 001/2012 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, por seus representantes que esta subscrevem, com exercício na 7ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital, com atuação na Defesa e Promoção dos Direitos Humanos, e na 36ª Promotoria de Justiça Criminal da Capital, respectivamente, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 129, II e III, da Constituição Federal, e pelos arts. 1º, IV, e 8º, 1º, da Lei n /85, art. 26, I, c/c o art. 27, parágrafo único, ambos da Lei 8.625/93 e art. 5º, incisos I e II, c/c art. 6º, todos da Lei Complementar nº12/94 e alterações posteriores; CONSIDERANDO que o direito à segurança pública e à defesa civil deve, por parte do Estado de Pernambuco, ser assegurado à população - com qualidade - consoante dispõe o Art.144 da Constituição Federal; CONSIDERANDO que é função institucional do Ministério Público zelar pelo efetivo respeito dos Poderes Públicos e dos serviços de relevância pública aos direitos assegurados nesta Constituição, promovendo as medidas necessárias a sua garantia (art. 129, II); CONSIDERANDO que a lei disciplinará a organização e o funcionamento dos órgãos responsáveis pela segurança pública, de maneira a garantir a efi ciência de suas atividades (art. 144, 7º, da Constituição Federal); CONSIDERANDO os fatos relatados nas Sindicâncias nº... e nº... Cor. Geral da SDS são indicativos de comprometimento na efi ciência e segurança dos serviços a cargo de órgão vinculado à Secretaria de Defesa Social; RESOLVE instaurar o presente INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO com o objetivo de apurar os fatos e circunstâncias reveladores de possíveis irregularidades/inadequações em órgão da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco de que tratam as sindicâncias supramencionadas, determinando as seguintes providências: I autuem-se as cópias dos relatórios das Sindicâncias nº... e nº... Cor. Geral da SDS; II forme-se o anexo I do inquérito civil, com o CD encaminhado, por meio do ofício nº..., contendo a cópia da Sindicância nº... Cor. Geral da SDS; III forme-se o anexo II do inquérito civil, com a cópia da Sindicância nº... Cor. Geral da SDS; IV observe-se, por ora, o sigilo das investigações, com base nos arts. 3º, 1º, e 16 da Resolução RES-CSMP nº 001/2012, e nas razões constantes do despacho incluso nos autos; V - encaminhe-se a presente Portaria, por meio magnético, ao Secretário Geral do Ministério Público para publicação no Diário Ofi cial, bem como ao CAOP-Cidadania; VI - encaminhem-se ao Conselho Superior e à Corregedoria Geral do Ministério Público cópias da presente Portaria acompanhadas do despacho que decretou o sigilo, com as cautelas devidas. VII - registre-se no sistema de gestão de autos Arquimedes. Recife, 21 de junho de WESTEI CONDE Y MARTIN JÚNIOR 7ª PJDCC JOSÉ ROBERTO DA SILVA -36ª PJC 35ª, 7ª e 32ª Promotorias de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital Habitação e Urbanismo/Direitos Humanos/Infância e Juventude Garantias constitucionais: Moradia (11846) Direito da Criança e do Adolescente (9633) Direitos e garantias fundamentais (900007) PORTARIA CONJUNTA Nº 002/2012 (920037) O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, através das 35ª Promotoria Justiça de Defesa da Cidadania da Capital (Habitação e Urbanismo), 7ª Promotoria Justiça de Defesa da Cidadania da Capital (Direitos Humanos) e 32ª Promotoria Justiça de Defesa da Cidadania da Capital (Infância e Juventude) no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 129, III, da Constituição Federal, pelo art. 8º, 1º, da Lei n /85, art. 26, I, c/c o art. 27, parágrafo único, ambos da Lei 8.625/93, e pelos art. 5º, incisos I e II, e art. 6º, da Lei Complementar nº12/94 e alterações posteriores; CONSIDERANDO que após a operação de desocupação da área pública localizada no entorno e em cima do túnel Augusto Lucena, bairro de Boa Viagem, realizada pela DIRCON no dia 23 de maio de 2012, fi cou evidenciado que cerca 25 pessoas, inclusive crianças, não contavam com nenhuma condição de abrigamento ou moradia, mesmo em caráter emergencial; CONSIDERANDO o teor do documento produzido no dia 24 de maio de 2012, no Gabinete da Secretaria de Governo da Prefeitura do Recife, com a contribuição de Promotores de Justiça, pelo qual foi constituída comissão para acompanhamento do processo de cadastramento das pessoas no auxílio moradia e no cadastramento para eventual recebimento de unidade residencial com participação de representantes do Ministério Público; CONSIDERANDO o despacho exarado pelo Exmo. Sr. Procurador Geral de Justiça no expediente s/nº, de 2012, designando os signatários para acompanhar o confl ito relatado, consoante publicação no Diário Ofi cial de 26 de maio de 2012 Ministério Público, página 4; CONSIDERANDO que, nos termos do art. 6º da Constituição Federal, são direitos sociais (...) a moradia ( ), a proteção à infância e a assistência aos desamparados ; CONSIDERANDO a necessidade de acompanhar o processo de inclusão das famílias envolvidas nos fatos nas políticas públicas oferecidas pela Município do Recife; CONSIDERANDO ser atribuição do Ministério Público a tutela dos interesses difusos e coletivos e individuais homogêneos relativos às funções urbanísticas de habitação, assim como a defesa dos direitos sociais ligados à infância e juventude e às demais pessoas em situação de vulnerabilidade social; INSTAURAM o presente INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO para investigar, no âmbito de suas atribuições, os fatos relatados com a fi nalidade de acompanhar as medidas adotadas pelo poder público em relação às famílias em questão e promover as diligências necessárias para posterior promoção de compromisso de ajustamento de conduta, ação civil pública ou arquivamento das peças de informação, nos termos da lei, determinando as seguintes providências: I autuem-se as atas da reuniões ocorridas, respectivamente nos dias 24 de maio e 13 de junho de 2012, na Secretaria de Governo e Secretaria de Controle e Desenvolvimento e Obras da Prefeitura da Cidade do Recife; a página do Diário Ofi cial em que consta a designação dos subscritores para funcionar no caso; notícias sobre a ocorrência divulgadas pela imprensa local; II encaminhe-se a presente Portaria, por meio magnético, ao Secretário Geral do Ministério Público para publicação no Diário Ofi cial e comunique-se ao Conselho Superior, à Corregedoria Geral do Ministério Público e ao CAOP de Defesa da Cidadania; III registre-se a presente Portaria no Sistema de Gestão de autos Arquimedes. Recife, 21 de junho de JOSÉ ROBERTO DA SILVA -36ª PJC WESTEI CONDE Y MARTIN JÚNIOR 7ª PJDH JECQUELINE GUILHERME AYMAR ELIHIMAS Promotora de Justiça 32ª PJIJ 20ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE DEFESA DA CIDADANIA DA CAPITAL HABITAÇÃO E URBANISMO RECOMENDAÇÃO Nº 01/ ªPJHU O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, por sua representante infra-assinada, com exercício na 20ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital, com atuação em Habitação e Urbanismo, com fundamento no art. 129, inciso II, da Constituição Federal, no art. 27, parágrafo único, inciso IV, da Lei Orgânica Nacional do Ministério Público (Lei nº 8.625, de ) e art. 5º, parágrafo único, inciso IV, da Lei Orgânica Estadual (Lei Complementar nº 12, de , alterada pela Lei Complementar nº 21, de 28 de dezembro de 1998), e, CONSIDERANDO que a Carta Magna de 1988 emergiu o direito ao meio ambiente à categoria de direito fundamental, dispondo no seu artigo 225 que todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações ; CONSIDERANDO que o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado diz respeito, também à proteção dos espaços urbanos (meio ambiente artifi cial) onde vive a maioria da população, a qual sofre de grave degradação da qualidade de vida, causado por todas as formas de poluição; CONSIDERANDO que a política de desenvolvimento urbano está sob a responsabilidade dos Municípios e deverá ser instituída por diretrizes gerais fi xadas por lei com a fi nalidade precípua de ordenar a ocupação dos espaços urbanos e o desenvolvimento das funções sociais da cidade e garantir o bem-estar da comunidade (art. 182, caput, da CF/88); CONSIDERANDO que a propriedade urbana cumpre sua função social quando atende às exigências fundamentais de ordenação da cidade expressas no plano diretor; CONSIDERANDO que o plano diretor da cidade não poderá se afastar dos princípios constitucionais atinentes à defesa e preservação do meio ambiente e da ordem econômica, a fi m de evitar que a atividade urbanística seja lesiva aos interesses da coletividade; CONSIDERANDO a instauração, nesta Promotoria de Justiça, do Inquérito Civil nº 39/ ªPJHU para apurar denúncia de tramitação de projeto para construção de edifícios residenciais em terreno com aterramento de trecho do Canal Lemos Torres, na Rua Jerônimo de Albuquerque, onde existiu a casa de nº 130, no bairro de Casa Forte, inviabilizando a solução dos graves problemas de drenagem das ruas Estradas da Ubaias e Jerônimo de Albuquerque; CONSIDERANDO que as informações e documentos carreados aos autos noticiam o curso do Canal Lemos Torres (Canal Santana/ Parnamirim) no mencionado terreno, inclusive com projeto viário prevendo o prolongamento do canal, tendo a EMLUB se posicionado pela impossibilidade de continuação do projeto, em face do custo das desapropriações necessárias para sua implantação; CONSIDREANDO que os problemas de drenagem na área objeto da representação são provenientes do aterramento do Canal Lemos Torres desde a sua montante, conforme se depreende da cota lançada pela EMLURB às fl s. 04 do processo de aprovação do projeto inicial, informando que o terreno a ser edifi cado trata-se da montante do Canal Lemos Torres ou Santana/Parnamirim que drena as águas pluviais provenientes da Estrada das Ubaias e rua adjacente ; CONSIDERANDO o teor do Relatório Técnico da URB/Recife apontando como soluções técnicas para o problema de drenagem na Estrada das Ubaias, Rua Jerônimo de Albuquerque e adjacências a desapropriação do lote de nº 65 da rua Jerônimo de Albuquerque para implantação de caixa de areia, visando a redução do impacto ao longo do Canal e da contribuição de sedimentos; desapropriação de mais dois imóveis para abertura do Canal no trecho entre as ruas Jerônimo de Albuquerque e da Harmonia, facilitando futuras manutenções; passagem de drenagem de galeria de águas pluviais em direção ao Canal, através do Condomínio Casa Grande das Ubaias e do terreno onde existiu a casa de nº 130, na rua Jerônimo de Albuquerque e; requalifi cação do Canal Lemos Torres no fi nal da rua João Barbalho; CONSIDERANDO que, em audiência realizada nesta Promotoria de Justiça em 18/06/2012, a representante da URB/Recife requereu a concessão do prazo de noventa dias para apresentação de estudo preliminar sobre as intervenções necessárias no sistema de drenagem das ruas Jerônimo de Albuquerque, Estrada das Ubaias e adjacências, esclarecendo que somente após a conclusão desse estudo poderá decidir sobre a necessidade ou não de desapropriação do terreno onde existiu a casa de nº 130, da rua Jerônimo de Albuquerque; CONSIDERANDO as informações prestadas pela construtora, noticiando que o projeto, em tramitação perante à 3ª Gerência Regional da DICON, sob o nº , referente ao imóvel a ser edifi cado no terreno objeto da investigação, encontra-se em fase fi nal de aprovação, aguardando tão somente a manifestação do Colegiado Técnico da DIRCON e da CCU; CONSIDERANDO que a aprovação do projeto em questão pode inviabilizar a solução técnica a ser apresentada pela URB/Recife para resolução dos graves problemas de drenagem das ruas Estradas das Ubaias, Jerônimo de Albuquerque e adjacentes; RESOLVE RECOMENDAR AO MUNICÍPIO DO RECIFE, ATRAVÉS DA SECRETARIA DE CONTROLE E DESENVOLVIMENTO URBANO E OBRAS: I - que se abstenha de aprovar projetos ou conceder licenças para quaisquer intervenções ou obras no terreno onde existiu o imóvel de nº 130 da Rua Jerônimo de Albuquerque, no bairro de Casa Forte, nesta cidade, até a manifestação da URB/Recife sobre a necessidade de utilização do referido terreno para implementação das melhorias necessárias ao sistema de drenagem das ruas Estrada das Ubaias, Jerônimo de Albuquerque e outras, no bairro de Casa Forte; II - informe a esta Promotoria de Justiça, no prazo de 10 (dez) dias, sobre o acatamento ou não da presente recomendação, apresentando razões formais, num ou noutro caso, fi cando desde já advertida que o não acolhimento dos termos desta Recomendação ensejará a adoção das medidas legais cabíveis. Ante o acima exposto, DETERMINO à Secretaria da 20ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital, com atuação em Habitação e Urbanismo, as seguintes providências: I oficie-se à Secretária de Controle e Desenvolvimento Urbano e Obras do Município do Recife, dando conhecimento da presente Recomendação e requisitando, na ocasião, que informe, no prazo assinalado, se aceita os seus termos; II encaminhe-se a presente Recomendação, por meio magnético, à Secretaria Geral do Ministério Público para publicação no Diário Ofi cial do Estado e ao Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente para conhecimento. Comunique-se ao Conselho Superior do Ministério Público.

8 8 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual Recife, 22 de junho de 2012 III - Dê-se ciência da presente Recomendação à URB/Recife e à construtora interessada. Recife, 20 de junho de 2012 ÁUREA ROSANE VIEIRA 20ª Promotora de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital Habitação e Urbanismo PORTARIA Nº 048/2012 Assunto: Segurança em Edificações (900019) Auto nº 2012/ Documento nº O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, por seus representantes que esta subscrevem, com exercício nas 20ª e 13ª Promotorias de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital, com atuação em Habitação e Urbanismo e Defesa do Meio Ambiente e do Patrimônio Histórico-cultural, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 129, III, da Constituição Federal, e pelo art. 8º, 1º, da Lei n /85, e art. 26, I, c/c o art. 27, parágrafo único, ambos da Lei 8.625/93, e: CONSIDERANDO o notório estado de abandono em que se encontra o imóvel sede do Arquivo Público Estadual Jordão Emerenciano, localizado na Rua do Imperador, número 371, no bairro de Santo Antonio, nesta cidade, que em razão do precário estado de conservação apresenta desprendimento do material da fachada com risco à integridade física dos transeuntes; CONSIDERANDO que o imóvel em questão encontra-se em processo de tombamento sob a responsabilidade da FUNDARPE, sendo que para todos os efeitos legais, a abertura do processo de tombamento confere ao bem o mesmo regime de preservação, consoante dispõe o art. 10, parágrafo único do Decreto 25, de 30/11/97 e o art. 2º, 5º da Lei Estadual nº. 7970/79; CONSIDERANDO que a proteção do patrimônio cultural é uma obrigação imposta ao Poder Público, com a colaboração da comunidade, por força do que dispõe o art. 216, 1º e 23, III e IV da Constituição Federal Brasileira; CONSIDERANDO que, segundo a Constituição Federal Brasileira, constituem patrimônio cultural brasileiro os bens de natureza material e imaterial, tomados individualmente ou em conjunto, portadores de referência à identidade, à ação, à memória dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira; CONSIDERANDO que o tombamento constitui uma das formas de proteção e acautelamento do patrimônio cultural e signifi ca a conservação da integridade de bens acerca dos quais haja um interesse público pela proteção em razão de suas características especiais; CONSIDERANDO, ainda, que a Lei de Edifi cações e Instalações da Cidade do Recife Lei Municipal nº /97, com as alterações introduzidas pela Lei nº /2003, determina que os passeios públicos ou calçadas devem garantir acessibilidade e segurança aos pedestres, atribuindo ao proprietário ou ocupante do imóvel a responsabilidade pela sua construção, manutenção e recuperação; CONSIDERANDO ser responsabilidade do Município exigir manutenção preventiva e permanente das edifi cações em geral, para assegurar à população as condições satisfatórias de segurança e habitabilidade, bem como promover a responsabilidade do proprietário das edifi cações e instalações e/ou executores dos respectivos serviços, pelo descumprimento das normas legais e regulamentares; CONSIDERANDO ser atribuição do Ministério Público nos termos do art. 129, inciso III da Constituição Federal promover a defesa dos interesses difusos da sociedade, em especial a defesa do direito humano ao patrimônio histórico-cultural e às funções urbanísticas de habitação, trabalho, circulação e recreação; INSTAURA o presente INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO para investigar a falta de preservação/manutenção do imóvel sede do Arquivo Público Estadual Jordão Emerenciano, com a fi nalidade de apurar as responsabilidades para adoção das medidas legais cabíveis; RESOLVE, assim, promover as diligências necessárias para posterior promoção de compromisso de ajustamento de conduta, ação civil pública ou arquivamento das peças de informação, nos termos da lei, determinando as seguintes providências: I autue-se a presente portaria e fotografi as do imóvel sede do Arquivo Público Jordão Emerenciano, registrando-se em seguida esta portaria em sistema informatizado de controle; II fi ca designada audiência para o dia 12/07/2012, às 14 horas. Notifi que-se o Diretor do Arquivo Público Estadual Jordão Emerenciano; III ofi cie-se a Coordenadoria de Defesa Civil do Recife CODECIR solicitando a elaboração, no prazo de 20 dias, de Parecer Técnico indicando as patologias apresentadas pelo imóvel onde funciona a sede do Arquivo Público Estadual Jordão Emerenciano, localizado na Rua do Imperador, número 371, no bairro de Santo Antonio, nesta cidade, esclarecendo sobre a existência de risco à segurança dos transeuntes e daqueles que trabalham e frequentam o local; IV ofi cie-se a FUNDARPE solicitando que, no prazo de vinte dias, informe a esta Promotoria de Justiça a fase de andamento do processo de tombamento do imóvel sede do Arquivo Público Estadual Jordão Emerenciano, localizado na Rua do Imperador, número 371, no bairro de Santo Antonio, nesta cidade, bem como promova vistoria no bem encaminhando relatório circunstanciado que ateste a situação da edifi cação e as providências necessárias à sua conservação/restauração; V - ofi cie-se a 1ª Gerência Regional da DIRCON solicitando a adoção das providências necessárias a compelir o responsável pelo imóvel em questão a promover a recuperação da edifi cação e calçada, encaminhando relatório a esta Promotoria de Justiça no prazo de trinta dias; VI encaminhe-se a presente Portaria, por meio magnético, ao Secretário Geral do Ministério Público para publicação no Diário Ofi cial e ao CAOP de Defesa do Meio Ambiente e comunique-se ao Conselho Superior e à Corregedoria Geral do Ministério Público. 10ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE DEFESA DA CIDADANIA DA CAPITAL TUTELA DE FUNDAÇÕES E ENTIDADES DE INTERESSE SOCIAL RESOLUÇÃO Nº 023/2012 A 10ª Promotoria de Justiça da Cidadania com Atuação na Tutela de Fundações, Entidades e Organizações Sociais desta Capital, no uso de suas atribuições legais e prerrogativas funcionais, com fundamento nos arts. 66 do Código Civil, art. 37, da RES- PGJ Nº 08/2010, em face do que consta nos autos nº 022/2007-ARQ. 2012/601087, desta Promotoria, e tendo em vista o relatório técnico nº 031/2012, elaborado pelo Técnico Ministerial Roberto Teles de Siqueira por este ATO, RESOLVE MANTER A REJEIÇÃO DAS PRESTAÇÕES DE CONTAS apresentadas pela Fundação Comissão de Turismo Integrado do Nordeste CTI/NE, referente ao exercício financeiro de 2004, quanto aos seus aspectos contábeis, formais e técnicos. Recife, 20 de junho de MARIA DA GLORIA GONÇALVES SANTOS Promotora de Justiça Promotoria de Justiça de Aliança DEFESA DO PATRIMÔNIO PÚBLICO E SOCIAL RECOMENDAÇÃO Nº 005/2012 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, por sua representante legal, em exercício nesta Promotoria de Justiça de Aliança, com atribuições, respectivamente, na Promoção e Defesa do Patrimônio Público, no uso das atribuições que lhes são conferidas pelo art. 129, III, da Constituição Federal; art. 27, parágrafo único, IV, da Lei Federal n.º 8.625/93 e, art. 5º, parágrafo único, IV, da Lei Complementar Estadual n.º 12/94, com suas posteriores alterações; CONSIDERANDO a incumbência constitucional atribuída ao da Defesa da Ordem Jurídica, do Regime Democrático e dos Interesses coletivos e individuais indisponíveis, prevista no Art. 127 da C.F. e Art. 67 da Constituição do Estado de Pernambuco; CONSIDERANDO que o combate à corrupção, tanto sob a forma de atos de improbidade administrativa defi nidos na Lei nº 8.429/92 ou sob aspecto de conduta tipifi cada como infração penal, está entre as atribuições constitucionais do Ministério Público, inclusive inserido no Planejamento Estratégico do Ministério Público Nacional e Estadual; CONSIDERANDO que a observância dos Princípios Constitucionais da Legalidade, Moralidade, Impessoalidade e Efi ciência da Administração Pública positivados no Arts. 37 da C.F. devem ser observados por todos os entes e Poderes Públicos, inclusive no âmbito municipal, e em especial pelos que possuem a missão constitucional de exercer o controle externo do Município, conforme Art. 31 da Constituição Federal e Art. 86 da Constituição do Estado de Pernambuco, os quais determinam que a fi scalização do Município será realizada pelo Poder Legislativo Municipal a quem cabe apreciar e julgar o parecer prévio emitido pelo Tribunal de Contas do Estado; CONSIDERANDO determinação Constitucional, conforme o parágrafo 2º do Art. 86 da Constituição do Estado de Pernambuco, estabelecendo o prazo de 60 (sessenta) dias para pronunciamento do Poder Legislativo Municipal sobre o parecer prévio emitido pelo Tribunal de Contas nas prestações de contas anualmente prestadas pelos Prefeitos Municipais; CONSIDERANDO que a função fi scalizatória da Administração Pública municipal exercida pela Câmara de Vereadores, em muitos casos, resta prejudicada em face da ocorrência de desvios procedimentais, decisões não fundamentadas ou não apreciação das contas do município no prazo estabelecido pela Constituição do Estado de Pernambuco; CONSIDERANDO a existência de esforços do Ministério Público de Contas, Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco e do Ministério Público do Estado de Pernambuco para que as prestações de contas dos municípios sejam analisadas pelas Câmaras de Vereadores no prazo determinado pela Constituição do Estado de Pernambuco, bem como que as decisões das Casas legislativas municipais sejam devidamente fundamentadas, cumprindo, assim, o seu nobre papel na defesa do regime democrático, inclusive para fi ns da produção dos efeitos legais previstos na Lei Complementar nº 64/1990 (Lei das Inelegibilidades), com alterações promovidas pela Lei Complementar nº 135/2010 (Lei da Ficha Limpa); CONSIDERANDO o Princípio Federativo que se manifesta na autonomia político-administrativa dos entes da Federação positivado no Art. 18 da Constituição da República e na repartição das competências legislativas, cabendo à Câmara Municipal, quando da apreciação do parecer prévio emitido pelo Tribunal de Contas do Estado relativo ao julgamento da prestação de contas do Prefeito Municipal, observar o devido processo legal e fundamentar suas decisões, em especial, quando houver a aprovação em detrimento da recomendação de rejeição do Tribunal de Contas do Estado. RECOMENDAR à Excelentíssima Senhora Presidente da Câmara Municipal de Aliança/PE para que observe o prazo máximo de 60 (sessenta) dias para análise e votação do parecer prévio do Tribunal de Contas do Estado emitido nos processos de prestação de contas do município, conforme Art. 86 da Constituição Estadual, bem como assim observe a necessidade da devida fundamentação das respectivas decisões, a publicidade dos atos e com as comunicações, IMEDIATAMENTE, ao Tribunal de Contas do Estado e à Promotoria de Justiça local instruídas com pareceres das comissões, votos dos vereadores, ata das sessões e respectivas RESOLUÇÕES LEGISLATIVAS, alertando-a quanto à incidência das sanções da 8.429/92 (Lei de Improbidade Administrativa) em face da não observância das disposições constitucionais. REMETA-SE a presente RECOMENDAÇÃO: à Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Aliança/PE, para adoção das medidas a seu cargo; Ao Conselho Superior do Ministério Público, ao CAOP Patrimônio Público, ao CAOP Cidadania, à Corregedoria-Geral e à Secretaria- Geral do Ministério Público, para fi ns de publicação. Designe-se a servidora MICHELE CRISTINA DE ARAÚJO BASTOS, técnica ministerial, como secretária escrevente, nos termos do art. 3 º, inciso V, da RES-CSMP nº 001/2012 publicada no Diário Ofi cial do Estado de 15 de junho do ano de Publique-se. Cumpra-se. Aliança, 20 de junho de Recife, 19 de junho de ÁUREA ROSANE VIEIRA 20ª Promotora de Justiça de Defesa da Cidadania da Capital Habitação e Urbanismo GERALDO MARGELA CORREIA 13º de Defesa da Cidadania da Capital Defesa do Meio Ambiente e do Patrimônio Histórico-Cultural 9ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE DEFESA DA CIDADANIA DA CAPITAL TUTELA DE FUNDAÇÕES E ENTIDADES DE INTERESSE SOCIAL RESOLUÇÃO Nº 040/2012 A 9ª Promotoria de Justiça da Cidadania com Atuação na Tutela de Fundações, Entidades e Organizações Sociais desta Capital, no uso de suas atribuições legais e prerrogativas funcionais, com fundamento nos arts. 66 do Código Civil, art. 37, da RES-PGJ Nº 08/2010, em face do que consta nos autos nº 009/05-ARQ. 2012/683514, desta Promotoria, e tendo em vista o relatório técnico nº 037/2012, elaborado pelo Técnico Ministerial Enéas Casé da Silva por este ATO, e em REANÁLISE, RESOLVE APROVAR AS CONTAS apresentadas pela Fundação Alice Figueira referente ao exercício financeiro de 2004, quanto aos seus aspectos contábeis, formais e técnicos. Recife, 20 de junho de Maria da Gloria Gonçalves Santos Promotora de Justiça Exercício Cumulativo RESOLUÇÃO Nº 041/2012 A 9ª Promotoria de Justiça da Cidadania com Atuação na Tutela de Fundações, Entidades e Organizações Sociais desta Capital, no uso de suas atribuições legais e prerrogativas funcionais, com fundamento nos arts. 66 do Código Civil, art. 37, da RES-PGJ Nº 08/2010, em face do que consta nos autos nº 009/04-ARQ. 2012/688582, desta Promotoria, e tendo em vista o relatório técnico nº 018/2012, elaborado pelo Técnico Ministerial Enéas Casé da Silva por este ATO, e em REANÁLISE, RESOLVE APROVAR AS CONTAS apresentadas pela Fundação Alice Figueira referente ao exercício financeiro de 2003, quanto aos seus aspectos contábeis, formais e técnicos. Recife, 20 de junho de Maria da Gloria Gonçalves Santos Promotora de Justiça Exercício Cumulativo Sylvia Câmara de Andrade Promotora de Justiça 3ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE SERRA TALHADA-PE TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Nº 02/2012. Pelo presente instrumento, o MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, doravante pelo denominado de Compromitente, representado pelo Bel. VANDECI SOUSA LEITE,, Curador da Infância e Juventude, e de outro lado, o MUNICÍPIO DE SERRA TALHADA-PE, representado pelo Sr. Prefeito CARLOS EVANDRO PEREIRA DE MENESES, brasileiro, casado, inscrito no RG nº , SSP-PE, e CPF nº , doravante denominado Compromissário, com esteio no comando normativo constante do art. 5º, 6º, da Lei nº de 24 de julho de Considerando que a Constituição da República estabelece em seu art. 129, III, que se insere entre as funções institucionais do Ministério Público a proteção dos interesses difusos e coletivos; Considerando que por meio das atribuições ministeriais na Curadoria da Infância e Juventude, obtivemos informações que dão conta de que comerciantes locais, donos de bares e similares, situados no perímetro de segurança escolar, que compreende o diâmetro de cem metros do epicentro dos estabelecimentos de ensino da rede municipal, estadual e particular de ensino espalhados nesta cidade, estão vendendo bebidas alcoólicas e outras substâncias nocivas à saúde (cigarros, etc), deliberadamente, inclusive, às crianças e aos adolescentes; Considerando o disposto no art. 81, inciso II, do Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei nº /90, o qual estabelece que é crime a venda à criança e ao adolescente de: I omissis; II bebidas alcoólicas ; Considerando que o ato acima exposto e praticado rotineiramente é crime a teor do art. 243 do referido diploma legal, in verbis: vender, ainda que gratuitamente, ministrar ou entregar, de qualquer forma sem justa causa, produtos cujos componentes possam causar dependência física e psíquica, ainda que por utilização indevida. Pena de dois anos, e multa, se o fato não constituir crime mais grave. Considerando a necessidade de se prevenir e coibir essa prática delitiva que compromete o desenvolvimento social e psicológico, bem como o crescimento digno e sadio das crianças e dos adolescentes deste município; Considerando o elevado número de adolescentes em situações de risco, como também envolvidos na prática de atos infracionais neste município, sobretudo, em decorrência de consumo de álcool e outras drogas proibidas, que são adquiridas, principalmente nos arredores e no interior dos estabelecimentos comerciais, situados no chamado perímetro de segurança escolar ; Considerando as reclamações feitas por pais de alunos, diretores, e professores das escolas, como também da própria sociedade em geral, dando conta de que seus fi lhos/alunos estão sendo prejudicados no processo ensino-aprendizagem pela insegurança provocada por algumas pessoas que circulam nas proximidades, com a intenção de praticar infrações de toda ordem, estimuladas pelo consumo de bebida alcoólica e outras substâncias nocivas, que são comercializadas nos arredores;

9 Recife, 22 de junho de 2012 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual 9 Considerando o teor da moção apresentada na plenária da VI Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Serra Talhada, exigindo o cumprimento da lei Estadual que estabelece o perímetro de segurança escolar, a ata de audiência pública para discutir o perímetro de segurança escolar em Serra Talhada, exigindo o seu cumprimento e que a preocupação de pais e professores é com a segurança dos adolescentes, que têm adquirido drogas em bares e estabelecimentos comerciais desta cidade; Considerando o disposto no inciso VIII, do art. 30 da Constituição Federal de 1988, no sentido de que incube ao Município promover, no que couber, adequado ordenamento territorial, mediante planejamento e controle do uso, do parcelamento e da ocupação do solo urbano. Daí, a compreensão de que cabe ao município estabelecer regras para concessão de alvarás de funcionamento de bares, restaurantes, dentre outros, no perímetro de segurança escolar, como também, fi xar sanções administrativas àqueles que descumprirem tais regras; Considerando o disposto na Lei Estadual nº /90, que fi xou como perímetro de segurança escolar, a área contígua à cada escola, compreendida num diâmetro de cem metros do seu epicentro, a fi m de que se preserve o alunado, funcionários e professorado de ameaças diversas de pessoas capazes de causar qualquer tipo de violência, tráfi co e venda de quaisquer substâncias e produtos nocivos à saúde e, qualquer forma de corrupção, tudo conforme previsão dos artigos 1º e 2º do referido diploma legal; Considerando que a segurança pública é dever do Estado e direito e responsabilidade de todos (art.144, da CF/88), inclusive, dos gestores municipais, devendo ser exercida para a preservação da ordem pública e social e da incolumidade das pessoas; Considerando, ainda, que também incumbe ao Poder Executivo Municipal zelar pelo cumprimento da legislação que trata da proibição de venda e o consumo de bebidas alcoólicas e outras substâncias nocivas à saúde das crianças e adolescentes, no perímetro de segurança escolar, defi nindo por meio de lei as regras para concessão de alvará de funcionamento aos estabelecimentos comerciais e sua cassação, sob pena de incorrer em improbidade administrativa, na forma do art. 11, II da Lei nº /92; Considerando, fi nalmente, que os arts. 1º, I e 5º, ambos da Lei nº /85, em conjunto com o art. 25, IV, a, da Lei nº /93 (Lei Orgânica Nacional do Ministério Público), e art. 4º, inciso IV, a, da Lei Complementar Estadual nº. 12, de 27/12/1994 (Lei Orgânica Estadual do Ministério Público), com as alterações introduzidas pela Lei Complementar nº. 12, de 28/12/1998, autorizam ao Ministério Público a proteção, prevenção e equiparação dos danos causados aos interesses difusos, coletivos e individuais homogêneos, entre os quais, se encontram aqueles relacionados ao meio ambiente e aos direitos das crianças e adolescentes; RESOLVEM celebrar o presente TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA, de conformidade com as cláusulas e condições seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA: DO PROJETO DE LEI MUNICIPAL O compromissário, no prazo máximo de 90 (noventa) dias, encaminhará à Câmara Municipal, caso não exista previsão em lei específi ca ou código de postura, Projeto de Lei destinado a estabelecer a expedição de alvarás de funcionamento para estabelecimentos comerciais, tais como: bares, restaurantes, churrascarias, ou similares, prevendo, dentre outros, os seguintes termos: a observância ao perímetro de segurança escolar, na forma preconizada na lei estadual; proibir a concessão de alvarás de funcionamento a bares, carrocinhas, barracas, trailers e similares, no perímetro de segurança escolar; regularizar a concessão de alvarás de funcionamento para os imóveis localizados no perímetro de segurança escolar, onde funcionem bares, restaurantes, lanchonetes e similares, constando a vedação de venda e consumo de bebidas alcoólicas, dentre outras substâncias nocivas à saúde das crianças e adolescentes (cigarros, dentre outras defi nidas por equipe técnica da secretaria de saúde municipal), durante o funcionamento das atividades escolares normais (segunda a sexta-feira) ou feriados/fi nais de semana (quando houver atividade escolar); (iv) defi nir o órgão da estrutura administrativa municipal responsável pela fi scalização das regras relacionadas ao perímetro escolar e ao processamento do procedimento administrativo para aplicação das sanções; (v) fi xar as sanções e penalidades administrativas a serem aplicadas, inserindo o pagamento de multas e a cassação do alvará de funcionamento; CLÁUSULA SEGUNDA : Até a vigência da norma municipal, deverão ser consideradas para todos os efeitos, as regras dispostas na Lei Estadual nº /90, que fi xou como perímetro de segurança escolar, a fi m de preservar o alunado, os funcionários e os professores de ameaças diversas de pessoas capazes de causar qualquer tipo de violência, tráfi co e venda de quaisquer substâncias e produtos nocivos à saúde e, qualquer forma de corrupção, tudo conforme previsão dos artigos 1º e 2º do referido diploma legal. Nesse sentido, doravante, deverá o compromissário notifi car os bares, restaurantes e similares, existentes no referido perímetro, quer possuam ou não alvará de funcionamento, sobre a total proibição de venda de bebida alcoólica e outras substâncias nocivas à saúde das crianças e adolescentes, durante funcionamento das escolas; Além disso, no exercício do poder de polícia, deverá providenciar a notifi cação e imediata retirada das barracas (fi xas ou móveis), carrocinhas, trailers e ambulantes existentes no referido perímetro escolar, de todas as escolas existentes no município; CLÁUSULA TERCEIRA: DO CADASTRAMENTO DOS ESTABELECIMENTOS QUE DESENVOLVAM ATIVIDADES COMERCIAIS, SOCIAIS, RECREATIVAS E DE PROPAGANDA O compromissário, no prazo de 30 (trinta) dias realizará um cadastro de todos os estabelecimentos que desenvolvam atividades comerciais, sociais, recreativas e de propaganda no Município de Serra Talhada-PE, regularizando a concessão do alvará de funcionamento, com as restrições defi nidas na lei do perímetro de segurança escolar; CLÁUSULA QUARTA: DA CAMPANHA EDUCATIVA O Compromissário promoverá, no prazo máximo de 30 (trinta) dias, ampla Campanha Educativa, veiculada através de material escrito, rádios e demais meios de comunicação disponíveis, destinada aos responsáveis por estabelecimentos comerciais, recreativos, sociais, bem assim aos ambulantes, quanto às vedações e regras contidas na lei do perímetro de segurança escolar; CLÁUSULA QUINTA: DA FISCALIZAÇÃO DAS REGRAS A fi scalização das regras e posturas inerentes à proibição de venda de bebidas alcoólicas e outras substâncias nocivas à saúde das crianças e adolescentes, no perímetro escolar, será feita, concomitantemente, pelos órgãos competentes do Município, pela Polícia Militar e pelo Conselho Tutelar, devendo o Poder Executivo Municipal disponibilizar os meios para concentração das denúncias e formalização do procedimento administrativo; O controle a ser realizado diretamente pelos órgãos Municipais dar-se-á através da atuação de servidores capacitados e designados para tal fi nalidade, dentre integrantes do quadro efetivo do Poder Público local. CLÁUSULA SEXTA: DO DESCUMPRIMENTO O descumprimento de qualquer das obrigações assumidas sujeitará o Compromissário ao pagamento de multa diária no valor de R$ 3.000,00 (três mil reais), montante este que reverterá para o Fundo Municipal do Direito da Criança e do Adolescente; CLÁUSULA SÉTIMA: DA FISCALIZAÇÃO DO TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Caberá ao compromitente fi scalizar o cumprimento do presente compromisso, tomando as medidas legais cabíveis, sempre que necessário. CLÁUSULA OITAVA: DOS EFEITOS Este compromisso produzirá efeitos legais a partir de sua celebração e terá efi cácia de título executivo extrajudicial, na forma do art. 5º, 6º da Lei nº , de 24 de julho de 1985, e art. 585, inciso VIII, do Código de Processo Civil. E, por estarem de acordo, firmam o presente. Serra Talhada - PE, 15 de junho de Bel. Vandeci Sousa Leite Carlos Evandro Pereira de Meneses Prefeito do Município RECOMENDAÇÃO Nº 001/2012 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, por intermédio de seu Representante legal, em exercício na Promotoria de Justiça da COMARCA DE JOAQUIM NABUCO-PE, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, com fulcro nas disposições contidas no art. 127, caput e art. 129, III, da Constituição Federal; na Lei 8.625/93, art. 26, incisos I e II e art. 27, incisos I e II, parágrafo único, inciso IV; combinados, ainda, com o arts. 4, IV e 5, parágrafo único, IV, da Lei Complementar Estadual nº 12/94, atualizada pela Lei Complementar nº 21/98; CONSIDERANDO que cabe ao Ministério Público o zelo pelo efetivo respeito dos Poderes Públicos e dos serviços de relevância pública assegurados na Constituição Federal, promovendo as medidas necessárias à sua garantia; CONSIDERANDO ser dever institucional do Ministério Público a defesa da Moralidade Administrativa e do Patrimônio Público, bem como a prevenção e repressão à prática de atos que contrariem o interesse público; CONSIDERANDO o princípio da Supremacia do Interesse Público e a vinculação da atividade administrativa à Lei, submetendo os agentes públicos à devida responsabilização, em caso de desvio; CONSIDERANDO que o sistema constitucional vigente prevê como regra que a investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego, na forma prevista em lei, ressalvada as nomeações para cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração, nos exatos termos do art. 37, II, da Constituição Federal; CONSIDERANDO que a existência de concurso público do ano de 2010 para provimento de diversos cargos junto à Prefeitura Municipal Joaquim Nabuco - PE, já devidamente homologado pela Portaria 437/2010, desse Município; CONSIDERANDO que esta Promotoria de Justiça tem recebido denúncias no sentido de que a Prefeitura Municipal vem realizando contratações excepcionais/temporárias de servidores para cargos objeto do concurso público do ano de 2010, a exemplo de cargos de auxíliar de serviços gerais, telefonista, carpinteiro, cozinheira, vigia, professores, assistente social, motorista, dentre outros, conforme informado no Ofício 056/2012 oriundo do próprio Município de Joaquim Nabuco-PE, não obstante ainda restem candidatos aprovados no certame aguardando nomeação; CONSIDERANDO a proximidade do encerramento do prazo de validade do concurso realizado em 2010, ainda havendo candidatos aprovados, cujo acesso ao cargo público está sendo indevidamente obstado em razão da contratação temporária ilegal, circunstância que demanda imediata e urgente providência por parte do Poder Público Municipal; CONSIDERANDO que a contratação temporária de pessoal, prevista no art. 37, IX, da Constituição Federal, deverá ser levada a efeito tão somente para atender situações excepcionais, incomuns, que exigem satisfação imediata e temporária, não se enquadrando nessas hipóteses a contratação de servidores para cargos de natureza permanente e em relação aos quais já existe concurso público válido e com candidatos aprovados; CONSIDERANDO que a administração pública detém o poder de fi scalizar e corrigir os próprios atos sob os aspectos de legalidade e mérito, por iniciativa própria ou mediante provocação de terceiro, que decorre do poder de autotutela; CONSIDERANDO, por fim, que constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da Administração Pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de legalidade, honestidade, imparcialidade e lealdade às instituições, nos termos do art. 11, da Lei Federal nº /92, cominando ao agente público ímprobo as penalidades previstas no art. 12, III, da retromencionada legislação federal; CONSIDERANDO, fi nalmente, que cabe ao Ministério Público expedir Recomendações para que os poderes públicos promovam as medidas necessárias a garantia e o respeito a Constituição e normas infra-constitucionais; RECOMENDA ao Excelentíssimo Senhor Prefeito do Município de Joaquim Nabuco-PE, Sr. JOÃO NASCIMENTO DE CARVALHO e ao Secretário de Administração desse Município, Sr. Fábio Santos do Nascimento, com base no art. 5º, parágrafo único, IV, da Lei Complementar Estadual nº. 12/94, com suas posteriores alterações e, art. 27, parágrafo único, IV, da Lei Federal nº /93 e, sob pena de incorrerem na prática de ato de improbidade administrativa acima mencionado, sob a égide da Lei nº 8429/92, que: PROMOVAM a convocação, NO PRAZO DE 10 (DEZ) DIAS, e posterior nomeação, ATÉ O PRAZO DE VALIDADE do concurso homologado pela Portaria 437/2010, dos candidatos remanescentes do concurso público realizado no ano de 2010 no âmbito do Município de Joaquim Nabuco-PE, e aprovados dentro das vagas do certame, para substituição dos contratados em caráter excepcional/ temporários para os respectivos cargos de natureza permanente, observando-se rigorosamente a lista e ordem de classifi cação para cada cargo e a convocação/nomeação de candidatos em número sufi ciente para o preenchimento dos claros de lotação; Sejam rescindidos, NO PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS, os contratos temporários dos servidores da Prefeitura Municipal de Joaquim Nabuco-PE, fi rmados para admissão de pessoal que exerçam funções próprias das vagas contempladas no concurso realizado no ano de 2010, em relação aos quais ainda existam candidatos aprovados (dentro ou não das vagas previstas em edital) e aguardando nomeação; Na hipótese de eventuais candidatos aprovados e convocados manifestarem desinteresse em assumir os cargos, PROMOVAM a imediata convocação dos remanescentes, no sentido de suprir as vagas acima mencionadas, com as respectivas nomeações e rescisão dos contratos excepcionais/temporários, dentro do prazo de validade do concurso público de 2010; ABSTENHAM-SE de promover novas contratações temporárias para cargos contemplados no concurso público realizado no ano de 2010, bem como para funções análogas aos cargos existentes no concurso homologado pela Portaria 437/2010, em relação aos quais ainda existam candidatos aprovados (dentro ou não das vagas previstas em edital) aguardando nomeação; COMUNIQUEM a esta Promotoria de Justiça, no prazo 05 (cinco) dias, as providências adotadas em face desta Recomendação, bem como informem até o dia 10/07/2012 a situação pertinente às nomeações e novas convocações de candidatos; ENCAMINHEM a esta Promotoria de Justiça, no prazo de 10 (dez) dias, relação atualizada contendo os nomes de todos os aprovados no concurso público de 2010 para os diversos cargos, com indicação daqueles que já foram nomeados, exonerados e que aguardam nomeação, além de relação atualizada de contratos temporários para os mesmos cargos, com as respectivas datas de contratação; ENCAMINHEM a esta Promotoria de Justiça, no prazo de 10 (dez) dias úteis, relação atualizada contendo os nomes de todos os aprovados no concurso público de 2010 para os diversos cargos, com indicação daqueles que já foram nomeados, exonerados, que manifestaram desinteresse, e igualmente os que aguardam nomeação, além de relação atualizada de contratos temporários para os mesmos cargos, caso existentes, com as respectivas datas de contratação. Para ciência e cumprimento da presente Recomendação, ofi cie-se, enviando cópia: ao Exmo. Sr. Prefeito do Município de Joaquim Nabuco, determinando seja afi xada cópia desta Recomendação em local visível, na sede da Prefeitura Municipal, e dada ciência aos Secretários do Município de Joaquim Nabuco; ao Exmo. Sr. Dr. Procurador-Geral de Justiça, à Exma. Sra. Dra. Corregedora-Geral do Ministério Público, ao Conselho Superior do Ministério Público, ao Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Patrimônio Público, e a Exma. Sra. Juíza de Direito da Comarca de Joaquim Nabuco-PE, para conhecimento; Autue-se e registre-se em livro próprio, afi xando-se exemplar no quadro de avisos da sede da Promotoria de Justiça Joaquim Nabuco. Joaquim Nabuco - PE, 21 de junho de Eduardo Leal dos Santos PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE JOAQUIM NABUCO - PE RECOMENDAÇÃO Nº 001/2012 O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, por intermédio de seu Representante legal, em exercício na Promotoria de Justiça da COMARCA DE JOAQUIM NABUCO-PE, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, com fulcro nas disposições contidas no art. 127, caput e art. 129, III, da Constituição Federal; na Lei 8.625/93, art. 26, incisos I e II e art. 27, incisos I e II, parágrafo único, inciso IV; combinados, ainda, com o arts. 4, IV e 5, parágrafo único, IV, da Lei Complementar Estadual nº 12/94, atualizada pela Lei Complementar nº 21/98; CONSIDERANDO que cabe ao Ministério Público o zelo pelo efetivo respeito dos Poderes Públicos e dos serviços de relevância pública assegurados na Constituição Federal, promovendo as medidas necessárias à sua garantia; CONSIDERANDO ser dever institucional do Ministério Público a defesa da Moralidade Administrativa e do Patrimônio Público, bem como a prevenção e repressão à prática de atos que contrariem o interesse público; CONSIDERANDO o princípio da Supremacia do Interesse Público e a vinculação da atividade administrativa à Lei, submetendo os agentes públicos à devida responsabilização, em caso de desvio; CONSIDERANDO que o sistema constitucional vigente prevê como regra que a investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego, na forma prevista em lei, ressalvada as nomeações para cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração, nos exatos termos do art. 37, II, da Constituição Federal; CONSIDERANDO que a existência de concurso público do ano de 2010 para provimento de diversos cargos junto à Prefeitura Municipal Joaquim Nabuco - PE, já devidamente homologado pela Portaria 437/2010, desse Município;

10 10 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual Recife, 22 de junho de 2012 CONSIDERANDO que esta Promotoria de Justiça tem recebido denúncias no sentido de que a Prefeitura Municipal vem realizando contratações excepcionais/temporárias de servidores para cargos objeto do concurso público do ano de 2010, a exemplo de cargos de auxíliar de serviços gerais, telefonista, carpinteiro, cozinheira, vigia, professores, assistente social, motorista, dentre outros, conforme informado no Ofício 056/2012 oriundo do próprio Município de Joaquim Nabuco-PE, não obstante ainda restem candidatos aprovados no certame aguardando nomeação; CONSIDERANDO a proximidade do encerramento do prazo de validade do concurso realizado em 2010, ainda havendo candidatos aprovados, cujo acesso ao cargo público está sendo indevidamente obstado em razão da contratação temporária ilegal, circunstância que demanda imediata e urgente providência por parte do Poder Público Municipal; CONSIDERANDO que a contratação temporária de pessoal, prevista no art. 37, IX, da Constituição Federal, deverá ser levada a efeito tão somente para atender situações excepcionais, incomuns, que exigem satisfação imediata e temporária, não se enquadrando nessas hipóteses a contratação de servidores para cargos de natureza permanente e em relação aos quais já existe concurso público válido e com candidatos aprovados; CONSIDERANDO que a administração pública detém o poder de fi scalizar e corrigir os próprios atos sob os aspectos de legalidade e mérito, por iniciativa própria ou mediante provocação de terceiro, que decorre do poder de autotutela; CONSIDERANDO, por fim, que constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da Administração Pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de legalidade, honestidade, imparcialidade e lealdade às instituições, nos termos do art. 11, da Lei Federal nº /92, cominando ao agente público ímprobo as penalidades previstas no art. 12, III, da retromencionada legislação federal; CONSIDERANDO, fi nalmente, que cabe ao Ministério Público expedir Recomendações para que os poderes públicos promovam as medidas necessárias a garantia e o respeito a Constituição e normas infra-constitucionais; RECOMENDA ao Excelentíssimo Senhor Prefeito do Município de Joaquim Nabuco-PE, Sr. JOÃO NASCIMENTO DE CARVALHO e ao Secretário de Administração desse Município, Sr. Fábio Santos do Nascimento, com base no art. 5º, parágrafo único, IV, da Lei Complementar Estadual nº. 12/94, com suas posteriores alterações e, art. 27, parágrafo único, IV, da Lei Federal nº /93 e, sob pena de incorrerem na prática de ato de improbidade administrativa acima mencionado, sob a égide da Lei nº 8429/92, que: PROMOVAM a convocação, NO PRAZO DE 10 (DEZ) DIAS, e posterior nomeação, ATÉ O PRAZO DE VALIDADE do concurso homologado pela Portaria 437/2010, dos candidatos remanescentes do concurso público realizado no ano de 2010 no âmbito do Município de Joaquim Nabuco-PE, e aprovados dentro das vagas do certame, para substituição dos contratados em caráter excepcional/ temporários para os respectivos cargos de natureza permanente, observando-se rigorosamente a lista e ordem de classifi cação para cada cargo e a convocação/nomeação de candidatos em número sufi ciente para o preenchimento dos claros de lotação; Sejam rescindidos, NO PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS, os contratos temporários dos servidores da Prefeitura Municipal de Joaquim Nabuco-PE, fi rmados para admissão de pessoal que exerçam funções próprias das vagas contempladas no concurso realizado no ano de 2010, em relação aos quais ainda existam candidatos aprovados (dentro ou não das vagas previstas em edital) e aguardando nomeação; Na hipótese de eventuais candidatos aprovados e convocados manifestarem desinteresse em assumir os cargos, PROMOVAM a imediata convocação dos remanescentes, no sentido de suprir as vagas acima mencionadas, com as respectivas nomeações e rescisão dos contratos excepcionais/temporários, dentro do prazo de validade do concurso público de 2010; ABSTENHAM-SE de promover novas contratações temporárias para cargos contemplados no concurso público realizado no ano de 2010, bem como para funções análogas aos cargos existentes no concurso homologado pela Portaria 437/2010, em relação aos quais ainda existam candidatos aprovados (dentro ou não das vagas previstas em edital) aguardando nomeação; COMUNIQUEM a esta Promotoria de Justiça, no prazo 05 (cinco) dias, as providências adotadas em face desta Recomendação, bem como informem até o dia 10/07/2012 a situação pertinente às nomeações e novas convocações de candidatos; ENCAMINHEM a esta Promotoria de Justiça, no prazo de 10 (dez) dias, relação atualizada contendo os nomes de todos os aprovados no concurso público de 2010 para os diversos cargos, com indicação daqueles que já foram nomeados, exonerados e que aguardam nomeação, além de relação atualizada de contratos temporários para os mesmos cargos, com as respectivas datas de contratação; ENCAMINHEM a esta Promotoria de Justiça, no prazo de 10 (dez) dias úteis, relação atualizada contendo os nomes de todos os aprovados no concurso público de 2010 para os diversos cargos, com indicação daqueles que já foram nomeados, exonerados, que manifestaram desinteresse, e igualmente os que aguardam nomeação, além de relação atualizada de contratos temporários para os mesmos cargos, caso existentes, com as respectivas datas de contratação. APROVAR com ressalva as contas apresentadas pelo CENTRO CATÓLICO DE EVANGELIZAÇÃO - NABI, referente às prestações de contas do Primeiro Termo Aditivo ao Convênio nº 023/2004 SPS/COMDACO e Convênio nº 003/2005 SPS/COMDACO, exercícios fi nanceiros de 2005 e 2006, quanto aos seus aspectos contábeis, formais e técnicos. Olinda, 18 de Junho de SERGIO GADELHA SOUTO Notícia de Fato nº 003/2011. Arquimedes nº RESOLUÇÃO Nº 029/ Rejeição de Contas - O Ministério Público de Pernambuco, através da 5ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Olinda, com atribuição na Tutela das Fundações e Entidades de Interesse Social, por meio do seu Representante infrafi rmado, no uso de suas atribuições legais e prerrogativas funcionais. Considerando o disposto no artigo 66 do Código Civil e na RES-PGJ nº 008/2010; Considerando que a ASSOCIAÇÃO DOS DEFICIENTES DE PEIXINHOS não encaminhou a documentação necessária para análise das prestações de contas embora, a sua representante legal, tenha sido notifi cada pessoalmente para tanto; Considerando o Parecer Técnico nº 025/2012 da CMATI - Gerência de Contabilidade; Considerando que a inércia injustifi cada da entidade impossibilita a aprovação das contas. REJEITAR a prestação das contas da ASSOCIAÇÃO DOS DEFICIENTES DE PEIXINHOS, referente ao exercício fi nanceiro de 2010, do Convênio nº 052/2010 COMDACO. Olinda, 21 de junho de SERGIO GADELHA SOUTO Notícia de Fato nº 003/2011. Arquimedes nº RESOLUÇÃO Nº 030/ Aprovação de Contas - O Ministério Público de Pernambuco, através da 5ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Olinda, com atribuição na Tutela das Fundações e Entidades de Interesse Social, por meio do seu Representante infrafi rmado, no uso de suas atribuições legais e prerrogativas funcionais, com fundamento nos artigos 66 do Código Civil e RES-PGJ nº 008/2010, em face da documentação apresentada pela ASSOCIAÇÃO DOS DEFICIENTES DE PEIXINHOS, e tendo em vista o Parecer Técnico nº 025/2012, elaborado pela Coordenação Ministerial de Apoio Técnico e Infraestrutura (CMATI) Contabilidade do Ministério Público do Estado de Pernambuco, APROVAR com ressalva as contas apresentadas pela ASSOCIAÇÃO DOS DEFICIENTES DE PEIXINHOS, referente à prestação de contas do Convênio nº 124/2009 SDSCDH/CMASO e Convênio nº 019/ COMDACO, exercícios fi nanceiros de 2009 e 2010, quanto aos seus aspectos contábeis, formais e técnicos. Olinda, 21 de junho de SERGIO GADELHA SOUTO Para ciência e cumprimento da presente Recomendação, ofi cie-se, enviando cópia: ao Exmo. Sr. Prefeito do Município de Joaquim Nabuco, determinando seja afi xada cópia desta Recomendação em local visível, na sede da Prefeitura Municipal, e dada ciência aos Secretários do Município de Joaquim Nabuco; ao Exmo. Sr. Dr. Procurador-Geral de Justiça, à Exma. Sra. Dra. Corregedora-Geral do Ministério Público, ao Conselho Superior do Ministério Público, ao Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Patrimônio Público, e a Exma. Sra. Juíza de Direito da Comarca de Joaquim Nabuco-PE, para conhecimento; Autue-se e registre-se em livro próprio, afi xando-se exemplar no quadro de avisos da sede da Promotoria de Justiça Joaquim Nabuco. Joaquim Nabuco - PE, 21 de junho de Eduardo Leal dos Santos 5ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA DE DEFESA DA CIDADANIA DE OLINDA TUTELA DE FUNDAÇÕES, ENTIDADES E ORGANIZAÇÕES SOCIAIS I.C nº 001/2004. Anexo 39.2 Arquimedes nº RESOLUÇÃO Nº027/ Rejeição de Contas - O Ministério Público de Pernambuco, através da 5ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Olinda, com atribuição na Tutela das Fundações e Entidades de Interesse Social, por meio do seu Representante infrafi rmado, no uso de suas atribuições legais e prerrogativas funcionais. Considerando o disposto no artigo 66 do Código Civil e na RES-PGJ nº 008/2010; Considerando a análise realizada da documentação apresentada pela ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA LAR TRANSITÓRIO DE CHRISTIE; Considerando o parecer técnico nº 027/2012 da CMATI - Gerência de Contabilidade; REJEITAR a prestação das contas da ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA LAR TRANSITÓRIO DE CHRISTIE, referente ao exercício fi nanceiro de 2004, Convênio nº 022/2004 SPSH/COMDACO. Olinda, 18 de Junho de SERGIO GADELHA SOUTO I.C nº 001/2004. Anexos 50.2; Arquimedes nº ; PROCURADORES DE JUSTIÇA 01ª - Zulene Santana de Lima Norberto 02ª - Luciana Marinho Martins M. Albuquerque Convocados: José Elias Dubard de Moura Rocha Procuradoria de Justiça em Matéria Cível RELATÓRIO DA PROCURADORIA DE JUSTIÇA CÍVEL ABRIL/2012 PROCESSOS REFERENTES AO MÊS DE ABRIL/12 DATA DE REFERÊNCIA: 07/05/2012 SALDO ANTERIOR PROCESSOS RECEBIDOS PROCESSOS DEVOLVIDOS SALDO ATUAL OBSERVAÇÕES Corregedora-Geral do MPPE ª - Maria Helena Nunes Lyra Convocada: Deluse do Amaral Rolim Florentino ª - Maria Betânia Silva ª Maria Bernadete Martins de Azevedo Figueirôa Convocado: Solon Ivo da Silva Filho Subprocuradora-Geral para Assuntos Institucionais Subcorregedora-Geral do MPPE ª Ivan Wilson Porto Saldo referente aos meses de janeiro, fevereiro, março e abril/12. 07ª Nelma Ramos Maciel Quaiotti Saldo referente ao mês de abril/12. 08ª Itamar Dias Noronha Saldo referente ao mês de abril/12. 09ª Laís Coelho Teixeira Cavalcanti Convocada: Érica Lopes Cezar de Almeida 10ª Izabel Cristina de Novaes de Souza Santos 11ª Daisy Maria de Andrade Costa Pereira 12ª Paulo Bartolomeu Rodrigues Varejão Convocados: Roberto Burlamaque Catunda Sobrinho Subprocuradora-Geral Assuntos Administrativos Saldo referente ao mês de abril/ em Coordenadora da Procuradoria de Justiça em Matéria Cível. Subprocurador-Geral em Assuntos Jurídicos. RESOLUÇÃO Nº 028/ Aprovação de Contas - O Ministério Público de Pernambuco, através da 5ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Olinda, com atribuição na Tutela das Fundações e Entidades de Interesse Social, por meio do seu Representante infrafi rmado, no uso de suas atribuições legais e prerrogativas funcionais, com fundamento nos artigos 66 do Código Civil e RES-PGJ nº 008/2010, em face da documentação apresentada pelo CENTRO CATÓLICO DE EVANGELIZAÇÃO - NABI, e tendo em vista o Parecer Técnico nº 002/2012, elaborado pela Coordenação Ministerial de Apoio Técnico e Infraestrutura (CMATI) Contabilidade do Ministério Público do Estado de Pernambuco, Eleonora Marise Silva Rodrigues ª Ana de Fátima Queiroz de Siqueira Santos Valdir Barbosa Júnior ª - Theresa Cláudia de Moura Souto Férias.Saldo referente aos meses de novembro/11, fevereiro e março/12.

11 Recife, 22 de junho de 2012 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual 11 16ª - João Antônio de Araújo Freitas Henriques 17ª - Maria Aparecida Caetano dos Santos Convocada: Ana Maria do Amaral Marinho 18ª Francisco Sales de Albuquerque Licença médica. Saldo referente aos meses de março e abril/ Diretora da ESMP * ª Alda Virgínia de Moura Licença médica. TOTAL PROCURADORES DE JUSTIÇA 01ª - Zulene Santana de Lima Norberto 02ª - Luciana Marinho Martins M. Albuquerque Convocados: José Elias Dubard de Moura Rocha Recife, 17 junho de IZABEL CRISTINA DE NOVAES DE SOUZA SANTOS Procuradora de Justiça Coordenadora da Procuradoria de Justiça em Matéria Cível NISMEIRE DIAS FALCÃO Técnica Ministerial Distribuição da Procuradoria de Justiça em Matéria Cível RELATÓRIO DA PROCURADORIA DE JUSTIÇA CÍVEL MAIO/2012 PROCESSOS REFERENTES AO MÊS DE MAIO/12 DATA DE REFERÊNCIA: 05/06/2012 SALDO ANTERIOR PROCESSOS RECEBIDOS PROCESSOS DEVOLVIDOS SALDO ATUAL Férias. *O processo está aguardando pronunciamento do Estado por intermédio do Dr. Henrique Lucena. OBSERVAÇÕES Corregedora-Geral do MPPE ª - Maria Helena Nunes Lyra Convocada: Deluse do Amaral Rolim Florentino ª - Maria Betânia Silva ª Maria Bernadete Martins de Azevedo Figueirôa Convocado: Solon Ivo da Silva Filho ª Ivan Wilson Porto ª Nelma Ramos Maciel Quaiotti ª Itamar Dias Noronha Saldo referente ao mês de Subprocuradora-Geral para Assuntos Institucionais. Saldo referente ao mês de Subcorregedora-Geral do MPPE. Saldo referente aos meses de janeiro, fevereiro, março, abril e Saldo referente ao mês de Férias.Saldo referente ao mês de abril/12. Saldo referente ao mês de abril e 09ª Laís Coelho Teixeira Cavalcanti Convocada: Érica Lopes Cezar de Almeida 10ª Izabel Cristina de Novaes de Souza Santos 11ª Daisy Maria de Andrade Costa Pereira 12ª Paulo Bartolomeu Rodrigues Varejão Convocado: Roberto Burlamaque Catunda Sobrinho 13ª Ana de Fátima Queiroz de Siqueira Santos Valdir Barbosa Júnior Férias. 15ª - Theresa Cláudia de Moura Souto 16ª - João Antônio de Araújo Freitas Henriques 17ª - Maria Aparecida Caetano dos Santos Convocada: Ana Maria do Amaral Marinho 18ª Francisco Sales de Albuquerque Subprocuradora-Geral em Assuntos Administrativos. Saldo referente ao mês de abril e Coordenadora da Procuradoria de Justiça em Matéria Cível. Férias de 01/05/12 a 15/05/12. Saldo referente ao mês de Saldo referente ao mês de Subprocurador-Geral em Assuntos Jurídicos. Saldo referente aos meses de novembro/11, fevereiro e março/12. Licença médica. Saldo referente aos meses de março e abril/ Diretora da ESMP * *Um dos processos pendentes está aguardando pronunciamento do Estado por intermédio do Dr. Henrique Lucena. Saldo referente ao mês de abril e 19ª Alda Virgínia de Moura Licença médica. Convocada: Eleonora Marise Silva Rodrigues TOTAL Recife, 17 junho de IZABEL CRISTINA DE NOVAES DE SOUZA SANTOS Procuradora de Justiça Coordenadora da Procuradoria de Justiça em Matéria Cível NISMEIRE DIAS FALCÃO Técnica Ministerial Distribuição da Procuradoria de Justiça em Matéria Cível Saldo referente ao mês de

12 12 Diário Oficial do Estado de Pernambuco - Ministério Público Estadual Recife, 22 de junho de 2012

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO ATA DA 10ª SESSÃO ORDINÁRIA DO Data: 19 de março de 2014 Horário: 14h Local: Salão dos Órgãos Colegiados da Procuradoria Geral de Justiça, localizado na Rua do Imperador D. Pedro II, n.º 473, Bairro de

Leia mais

Qual o limite entre o

Qual o limite entre o Diário Ano XCIII N 0 57 Estado de Pernambuco Oficial Ministério Público Estadual Recife, quinta-feira, 31 de março de 2016 ESMP realiza eventos sobre gestão de redes sociais dentro da esfera pública Integrantes

Leia mais

Resumo Ata da 30ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2013

Resumo Ata da 30ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2013 Resumo Ata da 30ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2013 Aos vinte e um dias do mês de outubro do ano dois mil e treze, às dez horas, no Auditório da Procuradoria-Geral de Justiça,

Leia mais

MPPE lança campanha É hora de expulsar o bullying da escola

MPPE lança campanha É hora de expulsar o bullying da escola Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano LXXXVIII N O 195 Ministério Público Estadual Recife, terça-feira, 25 de outubro de 2011 MPPE lança campanha É hora de expulsar o bullying da escola O objetivo da

Leia mais

Resumo Ata da 21ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2013

Resumo Ata da 21ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2013 Resumo Ata da 21ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2013 Aos cinco dias do mês de agosto do ano dois mil e treze, às dez horas e cinquenta minutos, no Auditório da Procuradoria-Geral

Leia mais

Com a finalidade de organizar

Com a finalidade de organizar Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano LXXXIX N O 165 Ministério Público Estadual Recife, quinta-feira, 6 de setembro de 2012 MPPE cobra fiscalização em clube noturno do Sertão Entrada de menores no Salão

Leia mais

Resumo Ata da 12ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2014

Resumo Ata da 12ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2014 Resumo Ata da 12ª sessão do Conselho Superior do Ministério Público no ano de 2014 Aos quatro dias do mês de agosto do ano dois mil e catorze, às doze horas e trinta e cinco minutos, no Auditório da Procuradoria-Geral

Leia mais

O Ministério Público de Pernambuco

O Ministério Público de Pernambuco Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano XCI N O 172 Ministério Público Estadual Recife, quinta-feira, 25 de setembro de 2014 Cursos educacionais devem adequar contratos Medida do MPPE visa atender garantia

Leia mais

Núcleo de Justiça de Casa Amarela lança vídeo institucional

Núcleo de Justiça de Casa Amarela lança vídeo institucional Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano XC N O 211 Ministério Público Estadual Recife, terça-feira, 26 de novembro de 2013 Núcleo de Justiça de Casa Amarela lança vídeo institucional O vídeo mostra em

Leia mais

Semana do Ministério Público começa nesta segunda-feira

Semana do Ministério Público começa nesta segunda-feira Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano LXXXVIII N O 225 Ministério Público Estadual Recife, sábado, 10 de dezembro de 2011 Semana do Ministério Público começa nesta segunda-feira Palestra com o professor

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DE RORAIMA COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DE RORAIMA COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA EXTRATO DA ATA DA SÉTIMA SESSÃO ORDINÁRIA DO EGRÉGIO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RORAIMA 2014. Data: 24/11/2014 Horário: 9h Local: Sala de reuniões dos Órgãos

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO Edição nº 471/2015 São Luís, 23 de junho de 2015

ESTADO DO MARANHÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO Edição nº 471/2015 São Luís, 23 de junho de 2015 ESTADO DO MARANHÃO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DIÁRIO OFICIAL ELETRÔNICO Edição nº 471/2015 São Luís, 23 de junho de 2015 COMPOSIÇÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS Pleno Conselheiro João Jorge Jinkings Pavão -

Leia mais

O Ministério Público de Pernambuco

O Ministério Público de Pernambuco Diário Ano XCIII N 0 90 Estado de Pernambuco Oficial Ministério Público Estadual Recife, quinta-feira, 19 de maio de 2016 MP e Consulado dos EUA firmam convênio para troca de informações SIAF Oficina para

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DE RORAIMA CONSELHO SUPERIOR

MINISTÉRIO PÚBLICO DE RORAIMA CONSELHO SUPERIOR EXTRATO DA ATA DA SEGUNDA SESSÃO ORDINÁRIA DO EGRÉGIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RORAIMA 2013. Data: 06/05/2013 Horário: 9h 30min Local: Sala de reuniões dos Órgãos Colegiados, no edifício sede

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 16/10/2009, Seção 1, Pág. 16. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 16/10/2009, Seção 1, Pág. 16. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 16/10/2009, Seção 1, Pág. 16. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: André Martins Santana UF: MG ASSUNTO: Solicita

Leia mais

DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE VARA CÍVEL DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE PORTARIA N 001/2010

DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE VARA CÍVEL DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE PORTARIA N 001/2010 DJe de 17/06/2010 (cópia sem assinatura digital) DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE VARA CÍVEL DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE PORTARIA N 001/2010 Dispõe quanto ao procedimento de habilitação de pretendentes

Leia mais

Estado de Pernambuco. PGJ recebe moradores do Conjunto Eldorado e MP pode acionar Caixa

Estado de Pernambuco. PGJ recebe moradores do Conjunto Eldorado e MP pode acionar Caixa Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano XC N O 98 Ministério Público Estadual Recife, terça-feira, 4 de junho de 2013 PGJ recebe moradores do Conjunto Eldorado e MP pode acionar Caixa Encontro contou com

Leia mais

Diante do assassinato

Diante do assassinato Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano XC N O 186 Ministério Público Estadual Recife, sexta-feira, 18 de outubro de 2013 MPPE cria força-tarefa para atuar no Agreste PGJ designa o promotor de Justiça

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO EM EXERCÍCIO, DES. FERNANDO EDUARDO DE MIRANDA FERREIRA,

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO EM EXERCÍCIO, DES. FERNANDO EDUARDO DE MIRANDA FERREIRA, CONVOCAÇÃO O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO EM EXERCÍCIO, DES. FERNANDO EDUARDO DE MIRANDA FERREIRA, no uso de suas atribuições, CONVOCA os seguintes servidores para participarem da Oficina

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 09 /2008

RESOLUÇÃO Nº. 09 /2008 1 RESOLUÇÃO Nº. 09 /2008 Dispõe sobre o Regimento Interno da Junta Recursal do Programa Estadual de Proteção e Defesa ao Consumidor JURDECON e dá outras providências. O Colégio de Procuradores de Justiça

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31277 de 16/10/2008

DIÁRIO OFICIAL Nº. 31277 de 16/10/2008 DIÁRIO OFICIAL Nº. 31277 de 16/10/2008 MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARÁ EXTRATO DA ATA DA 18ª SESSÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO SUPERIOR 2008 (Lei nº 8.625, de 12.02.1993 art. 15, 1º) DATA E HORA 14.10.2008,

Leia mais

Ato Normativo nº. 473-CPJ, de 27 de julho de 2006. (pt. nº. 3.556/06)

Ato Normativo nº. 473-CPJ, de 27 de julho de 2006. (pt. nº. 3.556/06) Ato Normativo nº. 473-CPJ, de 27 de julho de 2006 (pt. nº. 3.556/06) Constitui, na comarca da Capital, o Grupo de Atuação Especial de Inclusão Social, e dá providências correlatas. O Colégio de Procuradores

Leia mais

CNPG adere no Recife ao programa Pacto Pela Vida

CNPG adere no Recife ao programa Pacto Pela Vida Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano LXXXVIII N O 180 Ministério Público Estadual Recife, sexta-feira, 30 de setembro de 2011 CNPG adere no Recife ao programa Pacto Pela Vida Governador fez uma exposição

Leia mais

Procuradoria de Justiça em Matéria Criminal. 4ª Procuradoria de Justiça em Matéria Criminal

Procuradoria de Justiça em Matéria Criminal. 4ª Procuradoria de Justiça em Matéria Criminal REQUERIMENTOS DOS ÓRGÃOS POR ESTAGIÁRIOS PARA O EXERÍCIO DE 2015 Aviso nº 043/2014-ESMP publicado no D.O.E em 17/09/2014 encerrando o prazo em 17/10/2014 CAPITAL Orientador Atuação/Órgão Endereço Área

Leia mais

Cadastro Organizacional/PMS CMI/SETAD CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO - CMI

Cadastro Organizacional/PMS CMI/SETAD CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO - CMI CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO Órgão/Sigla: Natureza Jurídica: Vinculação: Finalidade: CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO - CMI ÓRGÃO COLEGIADO SECRETARIA MUNICIPAL DO TRABALHO, ASSISTÊNCIA SOCIAL E DIREITOS DO

Leia mais

Águas Belas deve criar entidade para acolhimento Infanto-juvenil

Águas Belas deve criar entidade para acolhimento Infanto-juvenil Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano XC N O 144 Ministério Público Estadual Recife, sábado, 17 de agosto de 2013 Águas Belas deve criar entidade para acolhimento Infanto-juvenil O atendimento aos jovens

Leia mais

Estado de Pernambuco. Ano XC N O 3 Ministério Público Estadual. Promotor recorre das diplomações do prefeito e vice de Abreu e Lima

Estado de Pernambuco. Ano XC N O 3 Ministério Público Estadual. Promotor recorre das diplomações do prefeito e vice de Abreu e Lima Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano XC N O 3 Ministério Público Estadual Recife, sábado, 5 de janeiro de 2013 Promotor recorre das diplomações do prefeito e vice de Abreu e Lima Há indícios de uso

Leia mais

CARREIRA DOS SERVIDORES DO QUADRO DO MAGISTÉRIO

CARREIRA DOS SERVIDORES DO QUADRO DO MAGISTÉRIO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR 3º Encontro de Integração dos Servidores da Educação CARREIRA DOS SERVIDORES DO QUADRO DO MAGISTÉRIO 29 de junho de 2011 Para mais informações consulte http://www.pmf.sc.gov.br/entidades/educa

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 8/9/2009, Seção 1, Pág. 27. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 8/9/2009, Seção 1, Pág. 27. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 8/9/2009, Seção 1, Pág. 27. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Roque Andrei Curimbaba UF: MG ASSUNTO: Solicitação

Leia mais

MPPE acompanha situação do Parque do Janga em Paulista

MPPE acompanha situação do Parque do Janga em Paulista Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano XCI N O 36 Ministério Público Estadual Recife, sábado, 22 de fevereiro de 2014 MPPE acompanha situação do Parque do Janga em Paulista Grupo procurou o Ministério

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO

ESTADO DO CEARÁ TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO PROCESSO N 2004.QXD.TCE.03953/07 ENTIDADE: PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ INTERESSADO: ANA KARINE SERRA LEOPÉRCIO PROMOTORA DE JUSTIÇA DA COMARCA DE QUIXADÁ RESPONSÁVEIS: ANTÔNIO ALMEIDA VIANA PRESIDENTE

Leia mais

* DECRETO Nº 21.459, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2009. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais,

* DECRETO Nº 21.459, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2009. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, no uso de suas atribuições legais, Governo do Estado do Rio Grande do Norte Gabinete Civil Coordenadoria de Controle dos Atos Governamentais * DECRETO Nº 21.459, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2009. Institui o Programa Estadual de Proteção a Vitimas

Leia mais

FENAJ - FEDERAÇÃO NACIONAL DOS JORNALISTAS COMISSÃO NACIONAL DE ÉTICA

FENAJ - FEDERAÇÃO NACIONAL DOS JORNALISTAS COMISSÃO NACIONAL DE ÉTICA FENAJ - FEDERAÇÃO NACIONAL DOS JORNALISTAS COMISSÃO NACIONAL DE ÉTICA RESOLUÇÃO CNE Nº 01/2008, REPUBLICADA (*), DE 07/07/2008 Artigo 1º Este Regimento Interno contém as normas que regulam o funcionamento

Leia mais

Estado de Pernambuco. Recomendações alertam sobre propaganda eleitoral antecipada

Estado de Pernambuco. Recomendações alertam sobre propaganda eleitoral antecipada Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano LXXXIX N O 38 Ministério Público Estadual Recife, quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 Recomendações alertam sobre propaganda eleitoral antecipada Promotores de

Leia mais

ATO CONJUNTO PGJ-CGMP N. 02/2014

ATO CONJUNTO PGJ-CGMP N. 02/2014 ATO CONJUNTO PGJ-CGMP N. 02/2014 Dispõe sobre a regulamentação e a metodologia da inteligência de sinais a ser utilizada no âmbito do Ministério Público do Estado de Goiás. O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA

Leia mais

FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS E DA SAÚDE DE JUIZ DE FORA. SUPREMA. Regimento Interno da Comissão de Ética no Uso de Animais CEUA CAPÍTULO I

FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS E DA SAÚDE DE JUIZ DE FORA. SUPREMA. Regimento Interno da Comissão de Ética no Uso de Animais CEUA CAPÍTULO I FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS E DA SAÚDE DE JUIZ DE FORA. SUPREMA Regimento Interno da Comissão de Ética no Uso de Animais CEUA CAPÍTULO I Da Natureza e Finalidade Art.1º A Comissão de Ética no Uso de

Leia mais

REGULAMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE PRERROGATIVAS DA AMATRA XV

REGULAMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE PRERROGATIVAS DA AMATRA XV REGULAMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE PRERROGATIVAS DA AMATRA XV CAPÍTULO I DAS ATRIBUIÇÕES Art. 1º. Compete à Comissão de Prerrogativas a efetivação prática do disposto no inciso III do artigo 2º do Estatuto

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA Secretaria do Conselho Superior do Ministério Público

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PIAUÍ PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA Secretaria do Conselho Superior do Ministério Público EXTRATO DA ATA DA 1071ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO, REALIZADA NO DIA 8 DE AGOSTO DE 2012. O Conselho Superior do Ministério Público, no uso de suas atribuições legais

Leia mais

FUNCASAL REGIMENTO INTERNO CONSELHO FISCAL

FUNCASAL REGIMENTO INTERNO CONSELHO FISCAL FUNCASAL REGIMENTO INTERNO CONSELHO FISCAL dezembro/2008 Capítulo I Da competência do Conselho Fiscal Art. 1º Como órgão de controle interno da EFPC, compete ao Conselho Fiscal, na forma estabelecida no

Leia mais

Estado de Pernambuco. Ministra da Igualdade Racial abre encontro nacional sobre racismo

Estado de Pernambuco. Ministra da Igualdade Racial abre encontro nacional sobre racismo Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano XCI N O 81 Ministério Público Estadual Recife, quarta-feira, 7 de maio de 2014 Ministra da Igualdade Racial abre encontro nacional sobre racismo A abertura do evento

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO N.º 062/12-CSMP

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO N.º 062/12-CSMP 1 MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO N.º 062/12-CSMP O PRESIDENTE DO COLENDO CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO AMAZONAS, no uso

Leia mais

CONSIDERANDO o que disciplina o artigo 93, incisos II, letras a, b, c e e, e VIII-A, da Constituição Federal, por força do seu artigo 129, 4º.

CONSIDERANDO o que disciplina o artigo 93, incisos II, letras a, b, c e e, e VIII-A, da Constituição Federal, por força do seu artigo 129, 4º. Resolução n 002/2006 Dispõe sobre os critérios de promoções e remoções por merecimento no âmbito do Ministério Público do Estado do Tocantins. O Conselho Superior do Ministério Público, neste Ato representado

Leia mais

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA CAPÍTULO I DA RESIDÊNCIA MÉDICA E SEUS OBJETIVOS Art. 1º - O Curso de Residência Médica da Faculdade de Medicina de Marília constitui modalidade de ensino de pós-graduação, lato sensu, caracterizado por

Leia mais

Considerando que incumbe ao Ministério Público a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses socias (art.

Considerando que incumbe ao Ministério Público a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses socias (art. TERMO DE AJUSTAMENTO DE CONDUTA Na data de na data de 12 de maio de 2011, no gabinete da Promotoria de Justiça de Crixás, o MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE GOIÁS, por intermédio do Promotor de Justiça

Leia mais

Regimento Interno do Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI Capitulo I Da Natureza e Finalidade

Regimento Interno do Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI Capitulo I Da Natureza e Finalidade Regimento Interno do Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI Capitulo I Da Natureza e Finalidade Art. 1º - O Conselho Municipal do Idoso de Passo Fundo COMUI- possui atribuições de caráter propositivo

Leia mais

AVISO Nº 003/2014 RESOLUÇÃO Nº002/2013 CTP-ESMP/PE

AVISO Nº 003/2014 RESOLUÇÃO Nº002/2013 CTP-ESMP/PE AVISO Nº 003/2014 A Diretora da ESMP/PE, Dra. Deluse do Amaral Rolim Florentino, nos termos do Art.8º, VII, da Resolução RES-CSMP-001/00, de 31.03.2000, torna público o Regulamento da terceira turma do

Leia mais

PODER EXECUTIVO LUIZ FABRÍCIO DO RÊGO TORQUATO Prefeito Municipal ZÉLIA MARIA LEITE Vice-Prefeito

PODER EXECUTIVO LUIZ FABRÍCIO DO RÊGO TORQUATO Prefeito Municipal ZÉLIA MARIA LEITE Vice-Prefeito DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO Instituído pela Lei Municipal n 901, de 02 de julh o de 2002. ADMINISTRAÇÃO DO EXMO. SR. LUIZ FABRÍCIO DO REGO TORQUATO ANO XI N 1100 PAU DOS FERROS/RN, Sexta-feira, 20 de Dezembro

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso Procuradoria Geral de Justiça Conselho Superior do Ministério Público

Ministério Público do Estado de Mato Grosso Procuradoria Geral de Justiça Conselho Superior do Ministério Público ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO Aos 6 dias do mês de julho do ano de dois mil e quinze, às 09 horas e 15 minutos, na Sala de Reuniões da do

Leia mais

Cabo de Sto Agostinho deve regularizar o serviço de táxi

Cabo de Sto Agostinho deve regularizar o serviço de táxi Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano XC N O 159 Ministério Público Estadual Recife, terça-feira, 10 de setembro de 2013 Cabo de Sto Agostinho deve regularizar o serviço de táxi Gestores têm 15 dias

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO (Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial de 03/11/2011) DECRETO Nº 2888-R, DE 01 DE NOVEMBRO DE 2011 Regulamenta o Art. 57, III, da Lei Complementar nº 46, de 31 de janeiro de 1994. O GOVERNADOR

Leia mais

ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO EGRÉGIO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA, REALIZADA NO DIA 3/4/2014 às 10h. Aos três dias do mês de abril do ano de dois

ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO EGRÉGIO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA, REALIZADA NO DIA 3/4/2014 às 10h. Aos três dias do mês de abril do ano de dois 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO EGRÉGIO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA, REALIZADA NO DIA 3/4/2014

Leia mais

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO AGUARDANDO HOMOLOGAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADA: Associação da Igreja Metodista UF: SP ASSUNTO: Descredenciamento voluntário da Faculdade de Ciências Humanas do

Leia mais

Estado de Pernambuco. Público e Políticas

Estado de Pernambuco. Público e Políticas Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano LXXXVIII N O 125 Ministério Público Estadual Recife, quarta-feira, 13 de julho de 2011 MPPE capacita conselheiros municipais e servidores da Sedest Parceria facilita

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 943/2009 TCE/TO Pleno

RESOLUÇÃO Nº 943/2009 TCE/TO Pleno RESOLUÇÃO Nº 943/2009 TCE/TO Pleno 1. Processo nº: 03760/2009 2. Classe de Assunto: (III Plenário) Consulta 3. Entidade: Prefeitura de Arraias TO 4. Responsável: Antônio Wagner Barbosa Gentil - Prefeito

Leia mais

Minuta de Decreto nº (XXX), de (dia) de (mês) de (ano).

Minuta de Decreto nº (XXX), de (dia) de (mês) de (ano). Minuta de Decreto nº (XXX), de (dia) de (mês) de (ano). Aprova o Regimento Interno das Juntas Administrativas de Recursos de Infrações- JARI (nome do prefeito municipal), Prefeito Municipal de (nome do

Leia mais

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 17/9/2009, Seção 1, Pág. 26. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO

PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 17/9/2009, Seção 1, Pág. 26. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO PARECER HOMOLOGADO Despacho do Ministro, publicado no D.O.U. de 17/9/2009, Seção 1, Pág. 26. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO INTERESSADO: Ministério Público Federal/Procuradoria da

Leia mais

O Ministério Público de Pernambuco

O Ministério Público de Pernambuco Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano LXXXIX N O 53 Ministério Público Estadual Recife, quarta-feira, 21 de março de 2012 Atuação em bloco cobra piso do professor em 13 municípios Promotores de Justiça

Leia mais

Havendo número legal, o senhor Presidente declarou aberta a Sessão. Deu as boas vindas aos presentes, registrou com alegria a presença dos

Havendo número legal, o senhor Presidente declarou aberta a Sessão. Deu as boas vindas aos presentes, registrou com alegria a presença dos 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO, REALIZADA NO

Leia mais

Secretária da Criança faz palestra em reunião do CNPG

Secretária da Criança faz palestra em reunião do CNPG Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano LXXXVIII N O 181 Ministério Público Estadual Recife, sábado, 1 0 de outubro de 2011 Secretária da Criança faz palestra em reunião do CNPG Foi a primeira vez que

Leia mais

EDIFÍCIO-SEDE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA GABINETES DE PROCURADORES DE JUSTIÇA

EDIFÍCIO-SEDE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA GABINETES DE PROCURADORES DE JUSTIÇA MINISTÉRIO PÚBLICO DA PARAÍBA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA TELEFONES E ENDEREÇOS DA SEDE E ANEXOS EDIFÍCIO-SEDE DA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA (Av. Dom Pedro II, s/n Centro João Pessoa/PB CEP: 58.013-030)

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE DO ESTADO DO TOCANTINS COEMA CAPÍTULO I DAS COMPETÊNCIAS

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE DO ESTADO DO TOCANTINS COEMA CAPÍTULO I DAS COMPETÊNCIAS REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO ESTADUAL DO MEIO AMBIENTE DO ESTADO DO TOCANTINS COEMA CAPÍTULO I DAS COMPETÊNCIAS Art. 1 - O Conselho Estadual do Meio Ambiente do Estado do Tocantins COEMA, órgão colegiado

Leia mais

PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA

PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA Publicação: quarta-feira, 20 de abril de 2016 Ano: 7 Edição nº 071 página 1 PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA GABINETE DA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA PORTARIA N 134/2016 - GAB/PGJ, de 11 de abril de 2016.

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA PARAÍBA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DA PARAÍBA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA MINISTÉRIO PÚBLICO DA PARAÍBA PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA APGJ n. 025/2014. Dispõe sobre o gerenciamento das solicitações de perícias e demais trabalhos técnicos ou científicos, contemplados por cooperações

Leia mais

ATA DA SESSÃO ORDINARIA DO EGRÉGIO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA REALIZADA NO DIA 21/01/2015 às 10h.

ATA DA SESSÃO ORDINARIA DO EGRÉGIO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA REALIZADA NO DIA 21/01/2015 às 10h. 1 2 3 ATA DA SESSÃO ORDINARIA DO EGRÉGIO COLÉGIO DE PROCURADORES DE JUSTIÇA REALIZADA NO DIA 21/01/2015 às 10h. 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 Aos vinte

Leia mais

Regimento Interno de Atuação do Conselho Fiscal da Fundação das Escolas Unidas do Planalto Catarinense Fundação UNIPLAC

Regimento Interno de Atuação do Conselho Fiscal da Fundação das Escolas Unidas do Planalto Catarinense Fundação UNIPLAC 1 Regimento Interno de Atuação do Conselho Fiscal da Fundação das Escolas Unidas do Planalto Catarinense Fundação UNIPLAC Capítulo I Da Natureza, Finalidade e Composição Art. 1 - O Conselho Fiscal é o

Leia mais

Vara Regional da Infância e Juventude da 1ª Circunscrição Judiciária

Vara Regional da Infância e Juventude da 1ª Circunscrição Judiciária Vara Regional da Infância e Juventude da 1ª Circunscrição Judiciária PORTARIA Nº 06/2011 Diário de Justiça Eletrônico Disciplina o procedimento para a entrada e permanência de crianças e adolescentes em

Leia mais

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO

CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I DO CONSELHO, ATRIBUIÇÕES E SUA COMPOSIÇÃO Art. 1.º- O Conselho Municipal de Educação de Carlos Barbosa, criado pela Lei Municipal nº1.176 de

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 448, DE 22 DE ABRIL DE 2015 Documento nº 00000.022337/2015-62

RESOLUÇÃO N o 448, DE 22 DE ABRIL DE 2015 Documento nº 00000.022337/2015-62 RESOLUÇÃO N o 448, DE 22 DE ABRIL DE 2015 Documento nº 00000.022337/2015-62 Dispõe sobre os procedimentos e critérios para concessão de Licença para Capacitação no âmbito da Agência Nacional de Águas ANA

Leia mais

UNIVERSIDADE DO VALE DO SAPUCAÍ REGULAMENTO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE/CAMPUS CENTRAL

UNIVERSIDADE DO VALE DO SAPUCAÍ REGULAMENTO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE/CAMPUS CENTRAL PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA UNIVERSIDADE DO VALE DO SAPUCAÍ REGULAMENTO DO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS DA SAÚDE/CAMPUS CENTRAL Pouso Alegre Minas Gerais 2011 SUMÁRIO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO EM MANDADO DE SEGURANÇA Nº 26.044 - MS (2008/0000154-1) RELATORA RECORRENTE ADVOGADO RECORRIDO PROCURADOR : MINISTRA MARIA THEREZA DE ASSIS MOURA : MÁRCIA ARAÚJO LIMA : IGOR NAVARRO RODRIGUES CLAURE

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 128/2013/TCE-RO

RESOLUÇÃO N. 128/2013/TCE-RO RESOLUÇÃO N. 128/2013/TCE-RO Dispõe sobre a concessão de folgas compensatórias e o gozo de Licença-Prêmio por Assiduidade dos servidores do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL

Leia mais

E-mail: pgj@mp.ba.gov.br. E-mail: colegio@mp.ba.gov.br. E-mail: conselho@mp.ba.gov.br. E-mail: corregedoria@mp.ba.gov.br

E-mail: pgj@mp.ba.gov.br. E-mail: colegio@mp.ba.gov.br. E-mail: conselho@mp.ba.gov.br. E-mail: corregedoria@mp.ba.gov.br PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA 33 PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA Gabinete - prédio sede principal do MP - s/302........................... 3103-6581/6583 Secretária - s/301......................................................

Leia mais

EDITAL DE INSCRIÇÃO N 001/2006-ESMP

EDITAL DE INSCRIÇÃO N 001/2006-ESMP EDITAL DE INSCRIÇÃO N 001/2006-ESMP O Diretor da Escola Superior do Ministério Público do Estado de Pernambuco, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo artigo 20, inciso I, do Regulamento aprovado

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO URBANO CAPÍTULO I DA NATUREZA, COMPOSIÇÃO E ORGANIZAÇÃO

REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO URBANO CAPÍTULO I DA NATUREZA, COMPOSIÇÃO E ORGANIZAÇÃO REGIMENTO INTERNO DO CONSELHO MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO URBANO CAPÍTULO I DA NATUREZA, COMPOSIÇÃO E ORGANIZAÇÃO Art. 1º - O Conselho Municipal de Planejamento Urbano, criado pela Lei Complementar nº 510,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DE RORAIMA CONSELHO SUPERIOR

MINISTÉRIO PÚBLICO DE RORAIMA CONSELHO SUPERIOR 1 VIGÉSIMA SESSÃO ORDINÁRIA DO EGRÉGIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RORAIMA 2012. Data: 03/12/2012 Horário: 9:30h PAUTA: Leitura discussão e aprovação das Atas da 19ª Sessão ordinária em 19NOV2012.

Leia mais

DOAÇÃO DE MATERIAIS ADQUIRIDOS PELAS ASSOCIAÇÕES DE PAIS E MESTRES - APMS, ATRAVÉS DE CONVÊNIOS.

DOAÇÃO DE MATERIAIS ADQUIRIDOS PELAS ASSOCIAÇÕES DE PAIS E MESTRES - APMS, ATRAVÉS DE CONVÊNIOS. DOAÇÃO DE MATERIAIS ADQUIRIDOS PELAS ASSOCIAÇÕES DE PAIS E MESTRES - APMS, ATRAVÉS DE CONVÊNIOS. Capa: Francisco Mesquita DA/CEPAT JUL/2012 Página 1 ÍNDICE Apresentação Pág. 03 Encaminhamento de ofício

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 Aos quatorze dias do mês de fevereiro de dois mil e quatorze, quatorze horas e quinze minutos, reuniu-se o corpo docente do na

Leia mais

PORTARIA Nº 486, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2012

PORTARIA Nº 486, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2012 Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Gabinete da Presidência PORTARIA Nº 486, DE 29 DE NOVEMBRO DE 2012 Aprova o Regimento Interno do Conselho Consultivo do Patrimônio

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS CONSELHO SUPERIOR

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS CONSELHO SUPERIOR MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO MINISTÉRIO PÚBLICO DO DISTRITO FEDERAL E TERRITÓRIOS CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 71, DE 12 DE JUNHO DE 2006 DOU nº 104, Seção 1, pág. 59, de 1º/JUN/06 (Revoga a Resolução

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO Origem: Interessado(s) 1: Interessado(s) 2: PRT 15ª Região Ribeirão Preto/SP Josiane Baldo Lucia Helena Lamberte Molinar Gazetti Sandra Regina Barbosa Cuba Cortez Município de Franca Assunto(s): Trabalho

Leia mais

Processo Legislativo

Processo Legislativo Processo Legislativo Os Projetos de Lei Ordinária e de Lei Complementar são proposições que visam regular toda a matéria legislativa de competência da Câmara e devem ser submetidos à sanção do prefeito

Leia mais

É a ausência ao trabalho e pode ser justificada nas seguintes situações:

É a ausência ao trabalho e pode ser justificada nas seguintes situações: Frequência Conceito O comparecimento do servidor na unidade organizacional (local de trabalho) onde tem exercício, para o desempenho das atribuições do seu cargo caracteriza a frequência. A ausência do

Leia mais

CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO

CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO Origem: PRT 2ª Região Interessado(s) 1: Sigiloso Interessado(s) 2: Prefeitura de São Paulo Secretaria Municipal de Planejamento Orçamento e Gestão Coordenadoria de Gestão

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO Nº 42, DE 16 DE JUNHO DE 2009

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO Nº 42, DE 16 DE JUNHO DE 2009 CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO Nº 42, DE 16 DE JUNHO DE 2009 (Alterada pelas Resoluções nºs 52, de 11 de maio de 2010 e 62, de 31 de agosto de 2010) Dispõe sobre a concessão de estágio

Leia mais

DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE PORTARIA N 001/2011

DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE PORTARIA N 001/2011 DJe de 29/09/2011 (cópia sem assinatura digital) DIREÇÃO DO FORO DA COMARCA DE BELO HORIZONTE PORTARIA N 001/2011 Esclarece quanto ao procedimento de ajuizamento da ação de adoção, diretamente pelos requerentes

Leia mais

RESULTADOS DO LEVANTAMENTO ESTATÍSTICO JUNTO AOS CONSELHOS MUNICIPAIS DE DIREITOS DO IDOSO

RESULTADOS DO LEVANTAMENTO ESTATÍSTICO JUNTO AOS CONSELHOS MUNICIPAIS DE DIREITOS DO IDOSO RESULTADOS DO LEVANTAMENTO ESTATÍSTICO JUNTO AOS CONSELHOS MUNICIPAIS DE DIREITOS DO IDOSO RECIFE, 2011 Participação O levantamento foi dirigido aos 130 municípios do Estado de Pernambuco com Conselho

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 530, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2014.

RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 530, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2014. RIO GRANDE DO NORTE LEI COMPLEMENTAR Nº 530, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2014. Dispõe sobre a criação de estágio para estudantes de pós-graduação, denominado PGE Residência, no âmbito da Procuradoria-Geral do

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO TRABALHO. Regimento Interno CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO DO CONSELHO NACIONAL DO TRABALHO

CONSELHO NACIONAL DO TRABALHO. Regimento Interno CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO DO CONSELHO NACIONAL DO TRABALHO CONSELHO NACIONAL DO TRABALHO Regimento Interno CAPÍTULO I DA ORGANIZAÇÃO DO CONSELHO NACIONAL DO TRABALHO Art. 1.º O Conselho Nacional do Trabalho, com sede na Capital da República e jurisdição em todo

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 016/2015 DE 05 DE MARÇO DE 2015

RESOLUÇÃO Nº 016/2015 DE 05 DE MARÇO DE 2015 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 016/2015 DE 05

Leia mais

RESOLUCAO TJ/OE Nº 16, de 30/11/2009 (ESTADUAL) DJERJ, ADM 60 (8) - 01/12/2009

RESOLUCAO TJ/OE Nº 16, de 30/11/2009 (ESTADUAL) DJERJ, ADM 60 (8) - 01/12/2009 RESOLUCAO TJ/OE Nº 16, de 30/11/2009 (ESTADUAL) DJERJ, ADM 60 (8) - 01/12/2009 RESOLUÇÃO Nº. 16/2009 Autoriza a implantação do Processo Eletrônico no âmbito do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro

Leia mais

DECRETO Nº 39.842, DE 19 DE SETEMBRO DE 2013. CONSIDERANDO o disposto no inciso XII do art. 91 da Lei nº 6.123, de 20 de julho de 1968, e alterações;

DECRETO Nº 39.842, DE 19 DE SETEMBRO DE 2013. CONSIDERANDO o disposto no inciso XII do art. 91 da Lei nº 6.123, de 20 de julho de 1968, e alterações; DECRETO Nº 39.842, DE 19 DE SETEMBRO DE 2013. Regulamenta a participação dos servidores efetivos, civis e militares, e empregados públicos em cursos de capacitação e eventos de natureza científi ca e técnica,

Leia mais

RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 82/2007 Dispõe sobre o afastamento de magistrados para participar de cursos ou seminários de aperfeiçoamento e estudos.

RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 82/2007 Dispõe sobre o afastamento de magistrados para participar de cursos ou seminários de aperfeiçoamento e estudos. RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 82/2007 Dispõe sobre o afastamento de magistrados para participar de cursos ou seminários de aperfeiçoamento e estudos. CERTIFICO E DOU FÉ que o Pleno do Egrégio Tribunal Regional

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 1.870 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2005.

PROJETO DE LEI Nº 1.870 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2005. PROJETO DE LEI Nº 1.870 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2005. Dispõe sobre a organização do Sistema Municipal de Defesa do Consumidor, institui o Departamento de Defesa do Consumidor e o Fundo Municipal de Defesa

Leia mais

ATO REGULAMENTAR N. 18/2012-GPGJ

ATO REGULAMENTAR N. 18/2012-GPGJ ATO REGULAMENTAR N. 18/2012-GPGJ Dispõe sobre a regulamentação de registro e controle biométrico, por meio de impressão digital, de frequência dos servidores do Ministério Público do Estado do Maranhão.

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O Nº 002/88

R E S O L U Ç Ã O Nº 002/88 R E S O L U Ç Ã O Nº 002/88 CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA UFPI Aprova o Regimento do Conselho de Administração da UFPI. O Reitor da Universidade Federal do Piauí e Presidente do Conselho de Administração,

Leia mais

P refeitu ra d o M u n icíp io d e L o n d rin a E stad o d o P araná

P refeitu ra d o M u n icíp io d e L o n d rin a E stad o d o P araná P refeitu ra d o M u n icíp io d e L o n d rin a E stad o d o P araná DECRETO N 526 DE 30 DE MAIO DE 2011 SÚMULA: Dispõe sobre a concessão de licença para tratamento de saúde do servidor e para o acompanhamento

Leia mais

O Ministério Público de Pernambuco

O Ministério Público de Pernambuco Diário Ano XCII N 0 173 Estado de Pernambuco Oficial Ministério Público Estadual Recife, sexta-feira, 25 de setembro de 2015 MP ajuíza ação civil contra cobrança de taxa no Colégio da Polícia Militar Cobrança

Leia mais

Estado de Pernambuco. deve elaborar o Plano de Manejo, para recuperar. desmatamento irregular. A promotora orienta para que o manguezal seja cercado

Estado de Pernambuco. deve elaborar o Plano de Manejo, para recuperar. desmatamento irregular. A promotora orienta para que o manguezal seja cercado Diário Estado de Pernambuco Oficial Ano LXXXIX N O 92 Ministério Público Estadual Recife, sexta-feira, 18 de maio de 2012 MPPE: Recomendação busca preservar manguezal Imóveis instalados em área do manguezal

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA N.08 /2014 O PLENO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

Manaus, sexta-feira, 13 de março de 2015

Manaus, sexta-feira, 13 de março de 2015 PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA P O R T A R I A N.º 0353/2015/PGJ 932833.2015, datado de 26.01.2015, onde figura, como interessado, o Exmo. Sr. Dr. CARLOS JOSÉ ALVES DE ARAÚJO, Promotor de Justiça de Entrância

Leia mais