SISCOSERV. Marcia Hashimoto

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SISCOSERV. Marcia Hashimoto"

Transcrição

1 SISCOSERV Marcia Hashimoto

2 Como detectar se sua empresa está enquadrada nesta obrigatoriedade?

3 O que é Quem Onde Quando Como Porquê

4 Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que produzam Variações no Patrimônio. Sistema Informatizado de Registro de informações de transações entre domiciliados no Brasil x Domiciliados no Exterior. Idealizado e desenvolvido pela Secretaria da Receita Federal do Brasil do Ministério da Fazenda (RFB/MF) e a Secretaria de Comércio e Serviços do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (SC/MDIC).

5 Lei nr /2011 Artigos 24 e 27, institui a obrigação de prestar informações ao MDIC das transações de serviços (*) entre residentes ou domiciliados no País com residentes ou domiciliados no exterior. Decreto 7.708/2012 Institui a Nomenclatura Brasileira de Serviços NBS e suas Notas Explicativas NEBS Portaria MDIC 113/2012 Defini prazos, limites e condições do registro Portaria Conjunta RFB/SCS 43/2015 Aprova a 9ª Edição dos Manuais Informatizados dos módulos Venda e Aquisição do SISCOSERV * Serviços, Intangíveis e Outras Operações que produzam Variação no Patrimônio

6 É responsável pelo Registro o residente ou domiciliado no Brasil que mantém relação contratual com residente ou domiciliado no exterior de compra ou venda de serviços, intangíveis e outras operações que produzam variação no Patrimônio. Pessoa física, jurídica ou ente despersonalizado Presta serviço para um domiciliado no Exterior Contrata serviços de um domiciliado no Exterior Observação: O registro independe do câmbio contratado, do meio escolhido para o pagamento ou existência de contrato formal entre as partes.

7 Estão dispensados da obrigatoriedade do Registro: Pessoa Jurídica optante pelo Simples Nacional Os Microempreendedores individuais (MEI) Pessoa Física desde que não realize operações em valor superior a US$ ,00 no mês. Observação: Caso em uma das situações acima, o domiciliado no Brasil faça uso de algum programa governamental de fomento ao Comércio Exterior, o registro no SISCOSERV deverá ser feito.

8 Importador Exportador Armador Cia Aérea Transportador Agentes de Carga Agente Embarcador (NVOCC) Consolidador / Desconsolidador

9

10

11 Os registros devem ser realizados de acordo com o cronograma abaixo: 01 de Agosto de 2012 Serviços postais, serviços de coleta, remessa ou entrega de documentos ou de pequenos objetos, serviços de remessa expressa (courier) Serviços de construção Serviços de manutenção, reparação e instalação 01 de Outubro de 2012 Fornecimento de alimentação e bebida e serviços de hospedagem Serviços Jurídicos e contábeis Outros serviços profissionais Serviços de publicação, impressão e reprodução Serviços pessoais

12 01 de Dezembro de 2012 Serviços de distribuição de mercadorias, serviços de despachante aduaneiro Serviços imobiliários Serviços de apoio as atividades empresariais 01 de Fevereiro de 2013 Serviços financeiros e relacionados Securitização de recebíveis e fomento comercial Serviço de tecnologia da informação 01 de Abril de 2013 Serviços de Transporte de passageiros Serviços de Transporte de Cargas Serviços de apoio aos Transportes

13 01 de Julho de 2013 Arrendamento mercantil operacional, propriedade intelectual, franquias empresariais e exploração de outros direitos Serviços de pesquisa e desenvolvimento Serviços recreativos, culturais e desportivos Cessão de direitos de propriedade intelectual 01 de Outubro de 2013 Serviço de transmissão e distribuição de eletricidade, gás e água Serviços de telecomunicação, difusão e fornecimento de informações Serviços de apoio ás atividades agropecuárias, silvicultura, pesca, aquicultura, extração mineral, eletricidade, gás e água Serviços educacionais Serviços relacionados á saúde humana e de assistência social Serviço de tratamento, eliminação e coleta de resíduos sólidos, saneamento, remediação e serviços ambientais

14 REGISTRO DE VENDA DE SERVIÇOS (RVS) REGISTRO DE AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS (RAS) As operações devidas até dia 31 de Dezembro de 2013: Até o último dia útil do 6º mês subsequente a data de início da prestação de serviço De 01 de Janeiro de 2014 até 31 de Dezembro de 2015: Até o último dia útil do 3º mês subsequente a data de início da prestação de serviço A partir de 01 de janeiro de 2016: Até o último dia útil do mês subsequente a data do inicio da prestação de serviço Comentários: A partir de 2016 possivelmente teremos casos em que o lançamento se dará antes da chegada da mercadoria da origem, nos casos de Importação Marítima.

15 REGISTRO DE FATURAMENTO (RF) Quanto a NF ou documento equivalente for emitido depois do início da prestação do serviço ou da realização da operação: Até o último dia útil do mês subsequente ao da emissão da NF ou documento equivalente Quanto a NF ou documento equivalente for emitido antes do início da prestação do serviço ou da realização da operação: Até o último dia útil do mês subsequente ao da inclusão do RVS REGISTRO DE PAGAMENTO (RP) Quando o pagamento ocorrer depois do início da prestação de serviço: Até o último dia útil do mês subsequente ao do pagamento Quando o pagamento ocorrer antes do início da prestação de serviço: Até o último dia útil do mês subsequente ao de inclusão do RAS.

16 Módulo Venda 1. Comércio Transfronteiriço 2. Consumo no Brasil 3. Presença Comercial no Exterior 4. Movimento temporário de pessoas físicas Módulo Aquisição 1. Comércio Transfronteiriço 2. Consumo no Exterior 3. Presença Comercial no Brasil 4. Movimento temporário de pessoas físicas

17 PARA OPERAÇÕES DE VENDA DE SERVIÇOS REGISTRO DE VENDA DE SERVIÇOS (RVS) REGISTRO DE FATURAMENTO (RF) PARA OPERAÇÕES DE AQUISIÇÕES DE SERVIÇOS REGISTRO DE AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS (RAS) REGISTRO DE PAGAMENTO (RP)

18 As multas são aplicadas por operação e por mês-calendário Por atraso: R$ 500,00 (quinhentos reais): Pessoas jurídicas que em sua última declaração tenham apurado Lucro Presumido ou pelo Simples Nacional R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) : Demais pessoas jurídicas R$ 100,00 (cem reais): Pessoas físicas Por não atendimento a intimação da Receita Federal: R$ 500,00 (quinhentos reais): Pessoas Juridicas Por informação inexata: 3% (três por cento) não inferior a R$ 100,00, do valor das transações comerciais ou das operações financeiras, próprias da pessoa jurídica ou de terceiros 1,5% (um e meio por cento) não inferior a R$ 50,00, do valor das transações comerciais ou das operações financeiras, própria da pessoa física ou de terceiros

19

20 Acordo de Prestação de serviços (proposta/ ) Conhecimento de Embarque (Master/House) Faturas (invoices entre agentes) Contrato de câmbio Nota Fiscal de Serviços

21 Nome do Vendedor/Comprador (Contratado/Contratante) Endereço do Vendedor/Comprador Pais do Vendedor/Comprador NIF do Vendedor/Comprador Tipo de Serviço Pais de destino Moeda Valor total do serviço Data de início da operação Data de conclusão da operação Importação ou Exportação Número do Conhecimento Condição de pagamento (parcelamento/pp/cc) Referência do processo

22 Data do pagamento (da remessa no caso de RP)/Faturamento (no caso de RF) Valor pago/faturado Valor pago com recursos no exterior (Qdo aplicável) Número do documento (invoice/nf)

23 Somos uma empresa de consultoria especializada na Área Aduaneira e SISCOSERV. Perfil de nossos clientes: - Agentes de Cargas Internacionais - Importadores - Exportadores

24 Mapeamento das operações. Auditoria documental dos processos de Importação e Exportação (Mercadorias e Serviços). Identificação de eventos que se enquadram no Sistema. Classificação NBS das operações. Treinamento de equipes. Suporte na parametrização do sistema para atendimento as exigências do Sistema.

25 Nosso conhecimento e vivência em todas as áreas da empresa, nos habilita a analisar o projeto de forma corporativa, podemos identificar os impactos em todas as áreas da empresa: Comercial, Operacional, Administrativa, Financeira, Fiscal, Contábil, Jurídica e Sistemas. Dependendo das necessidades dos cliente, podemos atuar de forma interina nas empresas com objetivo de agilizar os resultados esperados.

26 Marcia Hashimoto Tel: (11)

Encontro Nacional de Comércio Exterior de Serviços - ENAServ. Dinâmica 1: Siscoserv e NBS Dúvidas e Propostas. São Paulo, 25 de junho de 2013

Encontro Nacional de Comércio Exterior de Serviços - ENAServ. Dinâmica 1: Siscoserv e NBS Dúvidas e Propostas. São Paulo, 25 de junho de 2013 Encontro Nacional de Comércio Exterior de Serviços - ENAServ Dinâmica 1: Siscoserv e NBS Dúvidas e Propostas São Paulo, 25 de junho de 2013 SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS, INTANGÍVEIS

Leia mais

SISCOSERV. Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e de Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio

SISCOSERV. Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e de Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio SISCOSERV Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e de Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio Origem e Finalidade Temas a serem analisados: Obrigatoriedade e Dispensa

Leia mais

Prezado Cliente, 1. FINALIDADE DO SISCOSERV

Prezado Cliente, 1. FINALIDADE DO SISCOSERV Prezado Cliente, Tem o presente, a finalidade de informa-los e orienta-los quanto à nova obrigação criada pela Receita Federal do Brasil o SISCOSERV (Portaria Conjunta RFB/SCS nº 1.908, de 19.07.2012).

Leia mais

Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio (SISCOSERV)

Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio (SISCOSERV) Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio (SISCOSERV) Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior O Brasil

Leia mais

A IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS (SISCOSERV) O Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços (Siscoserv)

A IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS (SISCOSERV) O Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços (Siscoserv) A IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS (SISCOSERV) O Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços (Siscoserv) Com implantação realizada o primeiro dia de agosto do corrente

Leia mais

Empresas de Diversos Segmentos

Empresas de Diversos Segmentos Empresas de Diversos Segmentos Empresas da Cadeia Logística de Comércio Exterior Empresas Importadoras e Exportadoras Base legal: IN RFB Nº 1.277, de 28 de Junho de 2012 Lei nº 12.546, de 14 de Dezembro

Leia mais

SISCOSERV LEGISLAÇÃO. Que operações deverão ser registradas no Siscoserv?

SISCOSERV LEGISLAÇÃO. Que operações deverão ser registradas no Siscoserv? SISCOSERV Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e outras Operações que produzam Variações ao Patrimônio. Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento, da Indústria e do Comércio

Leia mais

Como adequar a área fiscal e contábil aos aspectos do SISCOSERV.

Como adequar a área fiscal e contábil aos aspectos do SISCOSERV. Como adequar a área fiscal e contábil aos aspectos do SISCOSERV. Como adequar a área fiscal e contábil de sua empresa aos aspectos legais e operacionais do SISCOSERV. Para saber mais sobre o tema www.mdic.gov.br

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS (SISCOSERV) Daniel de Oliveira Braga 08 de outubro de 2012

SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS (SISCOSERV) Daniel de Oliveira Braga 08 de outubro de 2012 SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS (SISCOSERV) Daniel de Oliveira Braga 08 de outubro de 2012 SISCOSERV Base Legal Lei nº 12.546 de 14/12/2011, em seus artigos 25 a 27, institui a obrigação

Leia mais

NEW SOFT INTELLIGENCE

NEW SOFT INTELLIGENCE NEW SOFT INTELLIGENCE Tecnologia e informação aplicadas ao comércio exterior Apresenta: S I S C O S E R V Apresentações 1 2 3 NSI New Soft Intelligence WTM do Brasil Apresentador 4 Dúvidas e Expectativas

Leia mais

OPORTUNIDADES E DESAFIOS DO SISCOSERV Agosto/2013

OPORTUNIDADES E DESAFIOS DO SISCOSERV Agosto/2013 OPORTUNIDADES E DESAFIOS DO SISCOSERV Agosto/2013 O QUE É O SISCOSERV? O Siscoserv é um sistema informatizado, desenvolvido pelo Governo Federal como ferramenta para o aprimoramento das ações de estímulo,

Leia mais

Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio SISCOSERV

Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio SISCOSERV Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio SISCOSERV Origem Acordo de cooperação técnica firmado entre a Secretaria de Comércio

Leia mais

Area : Fiscal Data: 11/08/2015 Autor : Sueli Sousa Revisor : Sueli Sousa

Area : Fiscal Data: 11/08/2015 Autor : Sueli Sousa Revisor : Sueli Sousa 2015-08/02 - Boletim Informativo SISCOSERV Area : Fiscal Data: 11/08/2015 Autor : Sueli Sousa Revisor : Sueli Sousa IRKO Organização Contábil Ltda. Rua Dom Jose de Barros, 177 2º andar São Paulo - Fone:

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS, INTANGÍVEIS E OUTRAS OPERAÇÕES QUE PRODUZAM VARIAÇÕES NO PATRIMÔNIO - SISCOSERV

SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS, INTANGÍVEIS E OUTRAS OPERAÇÕES QUE PRODUZAM VARIAÇÕES NO PATRIMÔNIO - SISCOSERV SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS, INTANGÍVEIS E OUTRAS OPERAÇÕES QUE PRODUZAM VARIAÇÕES NO PATRIMÔNIO - SISCOSERV (versão 2, em 29/10/2013) 1. O QUE É O SISCOSERV? O Sistema Integrado

Leia mais

MARIA ILENE IMLAU WINTER Palestrante

MARIA ILENE IMLAU WINTER Palestrante MARIA ILENE IMLAU WINTER Palestrante 1. Definição 2. Obrigatoriedade 3. Dispensa 4. Forma de Apresentação 5. Prazo de Entrega 6. Módulos do Siscoserv 6.1. Módulo Venda 6.2. Módulo Aquisição 7. Penalidades

Leia mais

O Canal Aduaneiro é uma empresa de consultoria, auditoria e treinamentos, nas áreas de comércio exterior, fiscal e tributária.

O Canal Aduaneiro é uma empresa de consultoria, auditoria e treinamentos, nas áreas de comércio exterior, fiscal e tributária. Quem somos O Canal Aduaneiro é uma empresa de consultoria, auditoria e treinamentos, nas áreas de comércio exterior, fiscal e tributária. Contando com profissionais de diversos segmentos (contadores, advogados,

Leia mais

SISCOSERV. Workshop. Diretoria & Auditoria CLM Controller

SISCOSERV. Workshop. Diretoria & Auditoria CLM Controller SISCOSERV Workshop Diretoria & Auditoria CLM Controller É o Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que produzem Variações no Patrimônio das Entidades. Esse sistema

Leia mais

WTM do Brasil. Facilitador. 4 Dúvidas e Expectativas

WTM do Brasil. Facilitador. 4 Dúvidas e Expectativas 1 2 3 WTM do Brasil Facilitador Participantes/Empresa/Função 4 Dúvidas e Expectativas É um novo sistema criado pela RFB e pelo MDIC no qual os contribuintes residentes no Brasil precisam informar todas

Leia mais

Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Presidente: Claudio Avelino Mac-Knight Filippi Gestão: 2014-2015

Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Presidente: Claudio Avelino Mac-Knight Filippi Gestão: 2014-2015 Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo Presidente: Claudio Avelino Mac-Knight Filippi Gestão: 2014-2015 Resenha de Matérias Técnicas Nº. 856, de 10 12 2015 Matéria Especial: SISCOSERV:

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR (SISCOSERV) SERVIÇOS (1), INTANGÍVEIS (2) E OUTRAS OPERAÇÕES QUE PRODUZAM VARIAÇÕES NO PATRIMÔNIO SISCOSERV

SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR (SISCOSERV) SERVIÇOS (1), INTANGÍVEIS (2) E OUTRAS OPERAÇÕES QUE PRODUZAM VARIAÇÕES NO PATRIMÔNIO SISCOSERV SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR (SISCOSERV) SERVIÇOS (1), INTANGÍVEIS (2) E OUTRAS OPERAÇÕES QUE PRODUZAM VARIAÇÕES NO PATRIMÔNIO SISCOSERV Domingos de Torre 20.12.2012 BASE LEGISLATIVA E FONTE

Leia mais

SISCOSERV A experiência da KPMG. Abril de 2013

SISCOSERV A experiência da KPMG. Abril de 2013 A experiência da KPMG Abril de 2013 Histórico no Brasil 1) Acordo Geral sobre Comércio de Serviços GATS ( General Agreement on Trade in Services OMC/1994) 2) Acordo de Cooperação Técnica n 13/2008 SRF

Leia mais

III Mesa de Debates ABEAD

III Mesa de Debates ABEAD III Mesa de Debates ABEAD SISCOSERV Principais aspectos e desafios Roberta Folgueral roberta@canaladuaneiro.com.br 11-3419-1737 Skype: r.folgueral Twitter: @folgueral SOBRE A INSTRUTORA Contato: roberta@canaladuaneiro.com.br

Leia mais

ANO XXIV - 2013-4ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 39/2013

ANO XXIV - 2013-4ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 39/2013 ANO XXIV - 2013-4ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 39/2013 IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA DECLARAÇÃO DE ESPÓLIO - CONSIDERAÇÕES GERAIS... Pág. 537 IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA SISCOSERV

Leia mais

IV ENAServ - Encontro Nacional de Comércio Exterior de Serviços. São Paulo, 25 de junho de 2013

IV ENAServ - Encontro Nacional de Comércio Exterior de Serviços. São Paulo, 25 de junho de 2013 2013 IV ENAServ - Encontro Nacional de Comércio Exterior de Serviços São Paulo, 25 de junho de 2013 BALANÇA BRASILEIRA DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS* - US$ Bilhões 2011 2012 Δ% 2012/2011 Exportações

Leia mais

SWISSCAM - Câmara de Comércio Suíço-Brasileira Maio 13

SWISSCAM - Câmara de Comércio Suíço-Brasileira Maio 13 SWISSCAM - Câmara de Comércio Suíço-Brasileira Maio 13 Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio João Simonette Sirlene Silva

Leia mais

Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e de outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio

Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e de outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e de outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio Legislação PwC (DC0) Informação Pública Legislação Lei Federal nº 12.546/2011:

Leia mais

IV ENAServ - Encontro Nacional de Comércio Exterior de Serviços. São Paulo, 25 de junho de 2013

IV ENAServ - Encontro Nacional de Comércio Exterior de Serviços. São Paulo, 25 de junho de 2013 2013 IV ENAServ - Encontro Nacional de Comércio Exterior de Serviços São Paulo, 25 de junho de 2013 BALANÇA BRASILEIRA DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS* - US$ Bilhões 2011 2012 Δ% 2012/2011 Exportações

Leia mais

5. Nomenclatura Brasileira de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio (NBS)... 66. 6. Glossário...

5. Nomenclatura Brasileira de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio (NBS)... 66. 6. Glossário... Sumário 1. Sobre o Siscoserv... 3 1.1 Introdução... 3 1.2 Base Legal do Siscoserv... 3 1.3 Módulos Venda e Aquisição do Siscoserv... 3 1.4 Registros no Módulo Venda... 4 1.5 Registros no Módulo Aquisição...

Leia mais

SISCOSERV MANUAL INFORMATIZADO MÓDULO VENDA

SISCOSERV MANUAL INFORMATIZADO MÓDULO VENDA SISCOSERV MANUAL INFORMATIZADO MÓDULO VENDA 3 Acesse o site: www.siscoserv.mdic.gov.br 3 Vá até Escolha um dos serviços disponíveis; 3 Em Sistemas, escolha a opção SISCOSERV - Módulo Venda; 3 Em seguida

Leia mais

Orientadoras. Objetivo CURSO. Andréa Giungi

Orientadoras. Objetivo CURSO. Andréa Giungi CURSO Siscoserv (Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio) Atualizado com a 9ª versão dos Manuais Informatizados Orientadoras

Leia mais

3. Procedimentos relativos ao registro no Módulo Aquisição... 10

3. Procedimentos relativos ao registro no Módulo Aquisição... 10 Sumário 1. Sobre o Siscoserv... 3 1.1 Introdução... 3 1.2 Base Legal do Siscoserv... 3 1.3 Módulos Venda e Aquisição do Siscoserv... 3 1.4 Registros no Módulo Venda... 3 1.5 Registros no Módulo Aquisição...

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 257 - Data 26 de setembro de 2014 Processo ***** Interessado ***** CNPJ/CPF ***** Assunto: OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS SISCOSERV. SERVIÇO DE TRANSPORTE

Leia mais

e o Comércio Exterior de Serviços Banco do Brasil S/A Vinicius Oliveira Abril / 2017 * Para uso interno e exclusivo do Banco do Brasil S.A.

e o Comércio Exterior de Serviços Banco do Brasil S/A Vinicius Oliveira Abril / 2017 * Para uso interno e exclusivo do Banco do Brasil S.A. e o Comércio Exterior de Serviços Banco do Brasil S/A Vinicius Oliveira Abril / 2017 * Para uso interno e exclusivo do Banco do Brasil S.A. SISCOSERV Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços,

Leia mais

SISCOSERV Sistema Integrado do Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio

SISCOSERV Sistema Integrado do Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio SISCOSERV Sistema Integrado do Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio Atos Normativos Os principais atos que regem o registro no Siscoserv estão

Leia mais

3. Procedimentos relativos ao registro no Módulo Venda... 13

3. Procedimentos relativos ao registro no Módulo Venda... 13 Sumário 1. Sobre o Siscoserv... 4 1.1 Introdução... 4 1.2 Base Legal do Siscoserv... 4 1.3 Módulos Venda e Aquisição do Siscoserv... 4 1.4 Registros no Módulo Venda... 4 1.5 Registros no Módulo Aquisição...

Leia mais

No dia 01/08/2012 entrará em operação o Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços (SISCOSERV).

No dia 01/08/2012 entrará em operação o Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços (SISCOSERV). Prezados Senhores, No dia 01/08/2012 entrará em operação o Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços (SISCOSERV). Vale lembrar que o projeto foi iniciado em 17 de dezembro de 2008, com a assinatura

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 2 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 226 - Data 29 de outubro de 2015 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS SISCOSERV. AQUISIÇÃO DE SERVIÇO DE TRANSPORTE

Leia mais

SISCOSERV. Professor: Lisandro Vieira WTM do Brasil

SISCOSERV. Professor: Lisandro Vieira WTM do Brasil SISCOSERV Professor: Lisandro Vieira WTM do Brasil Serviços no Brasil e no Mundo Exportação Serviços Brasil 2014: US$ 39,8 Bilhões > 6,3% x 2013 (15% das exportações de mercadoria) Importação Serviços

Leia mais

Coordenação-Geral de Tributação

Coordenação-Geral de Tributação Fls. 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 66 - Data 14 de março de 2014 Processo Interessado CNPJ/CPF XXXX.XXXXXX/XXXX-XX XXXXXXXXXXXXXXXX XX.XXX.XXX/XXXX-XX Assunto: OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS

Leia mais

3. Procedimentos relativos ao registro no Módulo Venda... 12

3. Procedimentos relativos ao registro no Módulo Venda... 12 Sumário 1. Sobre o Siscoserv... 3 1.1 Introdução... 3 1.2 Base Legal do Siscoserv... 3 1.3 Módulos Venda e Aquisição do Siscoserv... 3 1.4 Registros no Módulo Venda... 3 1.5 Registros no Módulo Aquisição...

Leia mais

Informa vo Dascam 008-16 de abril de 2014

Informa vo Dascam 008-16 de abril de 2014 Para alguns a Informa zação da Burocracia para outros Excesso de informações ao Governo mas o fato é que o Siscoserv já está em funcionamento há aproximadamente 20 meses, com mais de 5 milhões de registros

Leia mais

Encontros Técnicos SISCOSERV. Novembro de 2009. Secretaria de Comércio e Serviços

Encontros Técnicos SISCOSERV. Novembro de 2009. Secretaria de Comércio e Serviços Encontros Técnicos SISCOSERV Novembro de 2009 SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS, INTANGÍVEIS E OUTRAS OPERAÇÕES QUE PRODUZEM VARIAÇÕES NO PATRIMÔNIO DAS ENTIDADES Sistema que possibilitará

Leia mais

www.pwc.com SISCOSERV Apresentação em 28 e 29.08.2013 (DC0) Informação Pública

www.pwc.com SISCOSERV Apresentação em 28 e 29.08.2013 (DC0) Informação Pública www.pwc.com SISCOSERV Apresentação em 28 e 29.08.2013 Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e de outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio Principais desafios Principais

Leia mais

SOLUÇÃO DE CONSULTA COSIT (COORDENAÇÃO-GERAL DE TREIBUTAÇÃO DA RECEITA FEDERAL) Nº 226, DE 2015 COMENTÁRIOS

SOLUÇÃO DE CONSULTA COSIT (COORDENAÇÃO-GERAL DE TREIBUTAÇÃO DA RECEITA FEDERAL) Nº 226, DE 2015 COMENTÁRIOS SOLUÇÃO DE CONSULTA COSIT (COORDENAÇÃO-GERAL DE TREIBUTAÇÃO DA RECEITA FEDERAL) Nº 226, DE 2015 COMENTÁRIOS Os comentários feitos aqui dizem respeitos aos tópicos: AQUISIÇÃO DE SERVIÇO DE TRANSPORTE INTERNACIONAL

Leia mais

46 KPMG Business Magazine. Siscoserv inspira cuidados

46 KPMG Business Magazine. Siscoserv inspira cuidados 46 KPMG Business Magazine Siscoserv inspira cuidados Novo sistema eletrônico demanda dados até então não sistematizados pelas empresas, elevando os riscos ao compliance da norma Em meio a um emaranhado

Leia mais

MANUAL SISCOSERV. SISCOSERV Importação e Exportação de Serviços

MANUAL SISCOSERV. SISCOSERV Importação e Exportação de Serviços MANUAL SISCOSERV SISCOSERV Importação e Exportação de Serviços 1. INTRODUÇÃO O Siscoserv é um Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, intangíveis e outras operações que produzam variações no

Leia mais

Fiscal Exercício Legislação Aduaneira Exercício Fábio Lobo

Fiscal Exercício Legislação Aduaneira Exercício Fábio Lobo Fiscal Exercício Legislação Aduaneira Exercício Fábio Lobo 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 1. (ESAF/AFTN/1989 - ADAPTADA) Apurando-se o dano ou avaria: a)

Leia mais

3. Procedimentos relativos ao registro no Módulo Aquisição... 11

3. Procedimentos relativos ao registro no Módulo Aquisição... 11 Sumário 1. Sobre o Siscoserv... 3 1.1 Introdução... 3 1.2 Base Legal do Siscoserv... 3 1.3 Módulos Venda e Aquisição do Siscoserv... 3 1.4 Registros no Módulo Venda... 3 1.5 Registros no Módulo Aquisição...

Leia mais

Reunião do Grupo Técnico do Siscoserv com setores de serviços

Reunião do Grupo Técnico do Siscoserv com setores de serviços Reunião do Grupo Técnico do Siscoserv com setores de serviços Cenário do comércio exterior de serviços: Déficits crescentes na conta de serviços do balanço de pagamentos Carência de informações detalhadas

Leia mais

SISCOMEX, DOCUMENTOS e FORMAS DE PAGAMENTOS

SISCOMEX, DOCUMENTOS e FORMAS DE PAGAMENTOS CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DO ESPÍRITO SANTO SISCOMEX, DOCUMENTOS e FORMAS DE PAGAMENTOS Prof.: Leonardo Ribeiro 1 Siscomex O Sistema Integrado de Comércio Exterior - SISCOMEX, é um instrumento

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS CONSULTA PÚBLICA RFB Nº 01 /2015. Brasília, 03 de março de 2015. Assunto: Melhoria no ambiente de negócios com a alteração da Instrução Normativa SRF nº 1.291, de 19 de setembro de 2012, que dispõe sobre

Leia mais

ANO XXIV - 2013-2ª SEMANA DE JULHO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 28/2013

ANO XXIV - 2013-2ª SEMANA DE JULHO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 28/2013 ANO XXIV - 2013-2ª SEMANA DE JULHO DE 2013 BOLETIM INFORMARE Nº 28/2013 IMPORTAÇÃO/EXPORTAÇÃO SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS - SISCOSERV III - MODOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - MÓDULO

Leia mais

3. Procedimentos relativos ao registro no Módulo Aquisição... 10

3. Procedimentos relativos ao registro no Módulo Aquisição... 10 Sumário 1. Sobre o Siscoserv... 3 1.1 Introdução... 3 1.2 Base Legal do Siscoserv... 3 1.3 Módulos Venda e Aquisição do Siscoserv... 3 1.4 Registros no Módulo Venda... 4 1.5 Registros no Módulo Aquisição...

Leia mais

Mesa de Debates CRC/RJ Lei 12.973/2014 e o novo regime tributário pós RTT. Claudio Yano 20 de maio de 2014

Mesa de Debates CRC/RJ Lei 12.973/2014 e o novo regime tributário pós RTT. Claudio Yano 20 de maio de 2014 Mesa de Debates CRC/RJ Lei 12.973/2014 e o novo regime tributário pós RTT Claudio Yano 20 de maio de 2014 DIPJ 2014 Prazo de entrega Programa Gerador aprovado pela IN RFB 1.463/14; Prazo para entrega:

Leia mais

3. Procedimentos relativos ao registro no Módulo Aquisição... 11

3. Procedimentos relativos ao registro no Módulo Aquisição... 11 Sumário 1. Sobre o Siscoserv... 3 1.1 Introdução... 3 1.2 Base Legal do Siscoserv... 3 1.3 Módulos Venda e Aquisição do Siscoserv... 3 1.4 Registros no Módulo Venda... 4 1.5 Registros no Módulo Aquisição...

Leia mais

SISCOSERV: UMA VISÃO SOBRE O SISTEMA E SUA IMPLANTAÇÃO NAS EMPRESAS Setembro/2013

SISCOSERV: UMA VISÃO SOBRE O SISTEMA E SUA IMPLANTAÇÃO NAS EMPRESAS Setembro/2013 SISCOSERV: UMA VISÃO SOBRE O SISTEMA E SUA IMPLANTAÇÃO NAS EMPRESAS Setembro/2013 O QUE É O SISCOSERV? O Siscoserv é um sistema informatizado, desenvolvido pelo Governo Federal como ferramenta para o aprimoramento

Leia mais

Importaçãoe Exportaçãode Serviçose o SISCOSERV

Importaçãoe Exportaçãode Serviçose o SISCOSERV Importaçãoe Exportaçãode Serviçose o SISCOSERV O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta no desenvolvimento de seu negócio de forma estratégica

Leia mais

A NOVA REGULAMENTAÇÃO DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS

A NOVA REGULAMENTAÇÃO DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS REVISTA JURÍDICA CONSULEX ONLINE Conjuntura Walter Douglas Stuber WALTER DOUGLAS STUBER é sócio do escritório Stuber Advogados Associados, especializado em Direito Bancário, Mercado de Capitais e Negociações

Leia mais

Relatório. Data 22 de abril de 2015 Processo *** Interessado *** CNPJ/CPF ***

Relatório. Data 22 de abril de 2015 Processo *** Interessado *** CNPJ/CPF *** 1 Coordenação-Geral de Tributação Solução de Consulta nº 105 - Cosit Data 22 de abril de 2015 Processo *** Interessado *** CNPJ/CPF *** ASSUNTO: OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS SUBSCRIÇÃO E INTEGRALIZAÇÃO DE CAPITAL

Leia mais

26ª Reunião do Conselho Nacional de Turismo SISCOSERV. Brasília, 24 de setembro de 2009.

26ª Reunião do Conselho Nacional de Turismo SISCOSERV. Brasília, 24 de setembro de 2009. 26ª Reunião do Conselho Nacional de Turismo SISCOSERV Brasília, 24 de setembro de 2009. 1 SISTEMA INTEGRADO DE COMÉRCIO EXTERIOR DE SERVIÇOS, INTANGÍVEIS E OUTRAS OPERAÇÕES QUE PRODUZEM VARIAÇÕES NO PATRIMÔNIO

Leia mais

SISCOSERV Sistema Integrado de Comércio e Exterior de Serviços, Intangíveis e de Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio

SISCOSERV Sistema Integrado de Comércio e Exterior de Serviços, Intangíveis e de Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio CIRCULAR Nº 28/2012 São Paulo, 30 de Julho de 2012. SISCOSERV Sistema Integrado de Comércio e Exterior de Serviços, Intangíveis e de Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio Prezado Cliente,

Leia mais

NIEx. 30º AgroEx Manaus. 26 de novembro de 2009

NIEx. 30º AgroEx Manaus. 26 de novembro de 2009 NIEx NÚCLEO DE INTEGRAÇÃO PARA EXPORTAÇÃO Caminhos para Exportar 30º AgroEx Manaus 26 de novembro de 2009 FASES DO PROCESSO EXPORTADOR Fase Mercadológica Fase Comercial Fase Administrativa Fase Aduaneira

Leia mais

CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 29/10 a 07/11/2013 LEGISLAÇÃO

CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 29/10 a 07/11/2013 LEGISLAÇÃO CLIPPING INFORMATIVO DESTAQUES 29/10 a 07/11/2013 LEGISLAÇÃO Decreto nº 8.138, de 06.11.2013 DOU de 07.11.2013 - Dispõe sobre os bens destinados à pesquisa e à lavra de jazidas de petróleo e gás natural

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos DEREX Declaração decorrentes a recursos mantidos no exterior.

Parecer Consultoria Tributária Segmentos DEREX Declaração decorrentes a recursos mantidos no exterior. DEREX Declaração decorrentes a recursos mantidos no exterior. 18/03/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 4 3.1 Conceito...

Leia mais

d) participação em competições esportivas, incluídos gastos com treinamento;

d) participação em competições esportivas, incluídos gastos com treinamento; CAPÍTULO : 10 - Viagens Internacionais, Cartões de Uso Internacional e Transferências Postais SEÇÃO : 1 - Viagens Internacionais 1. Esta seção trata das compras e das vendas de moeda estrangeira, inclusive

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Comparativo leiaute DIPJ 2014 x ECF

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Comparativo leiaute DIPJ 2014 x ECF Comparativo leiaute DIPJ 2014 x ECF 05/05/2014 Título do documento Sumário Sumário... 2 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas Pelo Time da Eficiência Comercial... 3 3. Análise da Legislação... 4 3.1 Comparativo

Leia mais

Dúvidas - Perguntas e Respostas - Remessa Expressa Secretaria da... e Respostas. O que é uma Remessa Expressa? Como ocorre a tributação nas Remessas

Dúvidas - Perguntas e Respostas - Remessa Expressa Secretaria da... e Respostas. O que é uma Remessa Expressa? Como ocorre a tributação nas Remessas 1 de 7 13/07/2015 12:00 Menu Dúvidas - Perguntas e Respostas - Remessa Expressa por Subsecretaria de Aduana e Relações Internacionais publicado 22/05/2015 16h36, última modificação 18/06/2015 15h00 Remessas

Leia mais

SERVIÇOS PERFIS DOS NEGÓCIOS BILATERAIS - ALADI

SERVIÇOS PERFIS DOS NEGÓCIOS BILATERAIS - ALADI SERVIÇOS PERFIS DOS NEGÓCIOS BILATERAIS ALADI 2014 Secretaria de Comércio e Serviços Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Vendas do Brasil (US$ mil) 2.172.864 Aquisições pelo Brasil

Leia mais

Caminhos para Exportar

Caminhos para Exportar NIEx NÚCLEO DE INTEGRAÇÃO PARA EXPORTAÇÃO Caminhos para Exportar 33º AgroEx Marco-CE ADILSON OLIVEIRA FARIAS Assessor técnico JULIANA CAETANO JALES Assistente técnico FASES DO PROCESSO EXPORTADOR Fase

Leia mais

Passos na Importação Roteiro Básico. Eduardo Leoni Machado Fevereiro/2012

Passos na Importação Roteiro Básico. Eduardo Leoni Machado Fevereiro/2012 Roteiro Básico Eduardo Leoni Machado Fevereiro/2012 1º Passo Efetuar contatos com fornecedor (exportador). 2º Passo Formalizar as negociações com fornecedor (exportador). 3º Passo Negociar a condição de

Leia mais

Professor José Sérgio Fernandes de Mattos

Professor José Sérgio Fernandes de Mattos Professor Apresentação: 1. Instituído pelo Decreto nº 6.022, de 22 de janeiro de 2007, o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped) faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal

Leia mais

Data 10 de junho de 2013 Processo Interessado CNPJ/CPF

Data 10 de junho de 2013 Processo Interessado CNPJ/CPF 1 Superintendência Regional da Receita Federal do Brasil da 9ª RF Solução de Consulta nº 106 - SRRF09/Disit Data 10 de junho de 2013 Processo Interessado CNPJ/CPF ASSUNTO: OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS SISCOSERV.

Leia mais

1. O que é ECF? 2. Obrigatoriedade; 3. Prazo de Entrega; 4. Informações e Estrutura; 5. Penalidades; 6. Considerações Finais.

1. O que é ECF? 2. Obrigatoriedade; 3. Prazo de Entrega; 4. Informações e Estrutura; 5. Penalidades; 6. Considerações Finais. ECF Escrituração Contábil Fiscal Aspectos gerais. Por: Luana Romaniuk. Em junho de 2015. SUMÁRIO 1. O que é ECF? 2. Obrigatoriedade; 3. Prazo de Entrega; 4. Informações e Estrutura; 5. Penalidades; 6.

Leia mais

CONTROLE DE CÂMBIO. Laercio Pellegrino, Jr. Veirano & Advogados Associados Março 2002

CONTROLE DE CÂMBIO. Laercio Pellegrino, Jr. Veirano & Advogados Associados Março 2002 CONTROLE DE CÂMBIO Laercio Pellegrino, Jr. Veirano & Advogados Associados Março 2002 Por Que o Brasil Controla o Câmbio? Moeda forte é um item escasso no Brasil. Tanto o Governo Brasileiro como as empresas

Leia mais

SISCOSERV. Devout Auditoria e Consultoria Empresarial S/S Ltda. ões Contábeis; ria; Auditoria nas Demonstrações Cont.

SISCOSERV. Devout Auditoria e Consultoria Empresarial S/S Ltda. ões Contábeis; ria; Auditoria nas Demonstrações Cont. SISCOSERV (INSS, PIS / COFINS, CSLL, IRPJ); ões Contábeis; ria; rio; Devout Auditoria e Consultoria Empresarial S/S Ltda. (INSS, Produtos: Auditoria nas Demonstrações Cont Revisão Contábil e Tributária;

Leia mais

Escrituração Fiscal Digital EFD ICMS/IPI. Dulcineia L. D. Santos

Escrituração Fiscal Digital EFD ICMS/IPI. Dulcineia L. D. Santos Escrituração Fiscal Digital EFD ICMS/IPI Dulcineia L. D. Santos Sistema Público de Escrituração Digital SPED Decreto n. 6.022, de 22/01/2007. Objetivos do SPED: unificar as atividades de recepção, validação,

Leia mais

EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO INFORMAÇÕES E PROCEDIMENTOS BÁSICOS. CM Claudia Mainardi ccmainardi@cmcomex.com.br ccmainardi@gmail.com

EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO INFORMAÇÕES E PROCEDIMENTOS BÁSICOS. CM Claudia Mainardi ccmainardi@cmcomex.com.br ccmainardi@gmail.com EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO INFORMAÇÕES E PROCEDIMENTOS BÁSICOS Providências básicas para iniciar atividades no comércio exterior Ser registrado no RADAR Registro de Exportadores e importadores na Receita Federal;

Leia mais

OBS: o que está grifado em amarelo foi suprimido da resolução na versão do dia 29/02.

OBS: o que está grifado em amarelo foi suprimido da resolução na versão do dia 29/02. NORMA QUE ESTABELECE PARÂMETROS REGULATÓRIOS A SEREM OBSERVADOS NA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS DE MOVIMENTAÇÃO E ARMAZENAGEM DE CONTÊINERES E VOLUMES, EM INSTALAÇÕES DE USO PÚBLICO, NOS PORTOS ORGANIZADOS -

Leia mais

CONSULTORIA EM NEGÓCIOS EXTERIORES

CONSULTORIA EM NEGÓCIOS EXTERIORES CONSULTORIA EM NEGÓCIOS EXTERIORES Ser Júnior é ser gigante pela própria natureza. Brasil Júnior Mensagem do presidente Capacitar membros, promover o Movimento Empresa Júnior e causar impacto da sociedade,

Leia mais

2. COMO IMPORTAR 1 PLANEJAMENTO 2 CONTATOS COM POTENCIAIS FORNECEDORES 3 IDENTIFICAR NCM, TRATAMENTO ADMINISTRATIVO E TRIBUTÁRIO.

2. COMO IMPORTAR 1 PLANEJAMENTO 2 CONTATOS COM POTENCIAIS FORNECEDORES 3 IDENTIFICAR NCM, TRATAMENTO ADMINISTRATIVO E TRIBUTÁRIO. 1 2 2. COMO IMPORTAR 2.1. FLUXOGRAMA DE IMPORTAÇÃO 1 PLANEJAMENTO A fase de planejamento das importações é geralmente parte integrante do planejamento geral da empresa para atender sua necessidade de máquinas,

Leia mais

Alavancagem do Comércio Exterior de Serviços

Alavancagem do Comércio Exterior de Serviços Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Secretaria de Comércio e Serviços Alavancagem do Comércio Exterior de Serviços Brasília, 08 de abril de 2015 O Setor de Serviços no Brasil O

Leia mais

ADUANA FRAUDE EM IMPORTAÇÃO 1 SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL AUDITOR FISCAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

ADUANA FRAUDE EM IMPORTAÇÃO 1 SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL AUDITOR FISCAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL ADUANA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL APRESENTAÇÃO: DANIEL BEZERRA DOS SANTOS AUDITOR FISCAL DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL FRAUDE EM IMPORTAÇÃO 1 OBJETIVO Abordar, de forma sucinta, as atividades

Leia mais

Em que casos não se aplica a alíquota de 4% nas operações interestaduais com bens e mercadorias importadas ou com conteúdo de importação?

Em que casos não se aplica a alíquota de 4% nas operações interestaduais com bens e mercadorias importadas ou com conteúdo de importação? PERGUNTAS Em que casos se aplica a alíquota de 4%? Em que casos não se aplica a alíquota de 4% nas operações interestaduais com bens e mercadorias importadas ou com conteúdo de importação? RESPOSTAS A

Leia mais

O arquivo da EFD-Contribuições deverá ser validado, assinado digitalmente e transmitido, via Internet, ao ambiente Sped.

O arquivo da EFD-Contribuições deverá ser validado, assinado digitalmente e transmitido, via Internet, ao ambiente Sped. 001 O que é a EFD-Contribuições? A EFD-Contribuições é a Escrituração Fiscal Digital da Contribuição para o PIS/Pasep, da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e da Contribuição

Leia mais

SISCOSERV. A nova obrigação acessória da Receita Federal do Brasil

SISCOSERV. A nova obrigação acessória da Receita Federal do Brasil SISCOSERV SISCOSERV A nova obrigação acessória da Receita Federal do Brasil É o Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzem Variações no Patrimônio das

Leia mais

- Imposto com função regulatória, também chamado de imposto aduaneiro de importação.

- Imposto com função regulatória, também chamado de imposto aduaneiro de importação. 1. DIREITO TRIBUTÁRIO 1.5. Imunidade Tributária - Nenhum ente federativo pode criar impostos sobre: a) Patrimônio, renda ou serviços uns dos outros; b) Templos de qualquer culto; c) Partidos políticos,

Leia mais

IMPORTAÇÃO FÁCIL: CÂMBIO PASSO A PASSO SAIBA COMO SER UM IMPORTADOR

IMPORTAÇÃO FÁCIL: CÂMBIO PASSO A PASSO SAIBA COMO SER UM IMPORTADOR IMPORTAÇÃO FÁCIL: CÂMBIO PASSO A PASSO SAIBA COMO SER UM IMPORTADOR 1º Passo: Registro da empresa Atualizar o objeto social da empresa incluindo a atividade de importação e os tipos de produtos que serão

Leia mais

d) participação em competições esportivas, incluídos gastos com treinamento;

d) participação em competições esportivas, incluídos gastos com treinamento; CAPÍTULO : 10 - Viagens Internacionais, Cartões de Uso Internacional e Transferências Postais SEÇÃO : 1 - Viagens Internacionais 1. Esta seção trata das compras e das vendas de moeda estrangeira, inclusive

Leia mais

ECF Considerações Iniciais

ECF Considerações Iniciais Outubro de 2014 ECF Considerações Iniciais A ECF é mais um dos projetos da RFB que integrará o SPED (Disciplinada pela Instrução Normativa RFB 1.422/2013). O layout da ECF pode ser encontrado no website

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.667, DE 11 DE SETEMBRO DE 2013

CIRCULAR Nº 3.667, DE 11 DE SETEMBRO DE 2013 CIRCULAR Nº 3.667, DE 11 DE SETEMBRO DE 2013 Documento normativo revogado, a partir de 3/2/2014, pela Circular nº 3.691, de 16/12/2013. Altera a Circular nº 3.626, de 19 de fevereiro de 2013, que altera

Leia mais

Introdução. Capitais Internacionais

Introdução. Capitais Internacionais Capitais Internacionais e Mercado de Câmbio no Brasil Atualizado em fevereiro de 2009 1 Introdução O tratamento aplicável aos fluxos de capitais e às operações de câmbio acompanhou as conjunturas econômicas

Leia mais

FLUXOGRAMA DE EXPORTAÇÃO

FLUXOGRAMA DE EXPORTAÇÃO FLUXOGRAMA DE EXPORTAÇÃO 1. PLANEJAMENTO Novos mercados; Mais lucros; Mais empregos Separar uma parte da produção para o mercado interno e outra para o mercado externo, pois a exportação é um processo

Leia mais

Cartilha. Perguntas e respostas Decreto regulamentando a Lei n 12.741

Cartilha. Perguntas e respostas Decreto regulamentando a Lei n 12.741 Cartilha A SMPE preparou uma cartilha para esclarecer as principais dúvidas referentes ao Decreto nº 8264/14. Ela pode também ser acessada no site da secretaria (www.smpe.gov.br). Perguntas e respostas

Leia mais

REGULAMENTO DO MERCADO DE CÂMBIO E CAPITAIS INTERNACIONAIS TÍTULO : 1 - Mercado de Câmbio CAPÍTULO : 12 - Importação SEÇÃO : 1 - Disposições Gerais

REGULAMENTO DO MERCADO DE CÂMBIO E CAPITAIS INTERNACIONAIS TÍTULO : 1 - Mercado de Câmbio CAPÍTULO : 12 - Importação SEÇÃO : 1 - Disposições Gerais SEÇÃO : 1 - Disposições Gerais 1. Este capítulo dispõe sobre: a) o pagamento de importações brasileiras a prazo de até 360 dias; b) a multa de que trata a Lei n 10.755, de 03.11.2003, tratada na seção

Leia mais

SISCOSERV Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações

SISCOSERV Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações SISCOSERV Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações Premissas Básicas do SISCOSERV Estruturado em conformidade com os conceitos previstos na legislação tributária.

Leia mais

Instrução Normativa RFB n 1.353/13 MAIO DE 2.013

Instrução Normativa RFB n 1.353/13 MAIO DE 2.013 Instrução Normativa RFB n 1.353/13 MAIO DE 2.013 PRINCIPAIS CONSIDERAÇÕES O Art. 1 da IN RFB n 1353/13 instituiu a Escrituração Fiscal Digital do Imposto sobre a Renda e da Contribuição Social sobre o

Leia mais

Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de dezembro de 2012

Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de dezembro de 2012 Relatório sobre as demonstrações financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de constituição da Companhia) a 31 de dezembro de 2012 Demonstrações Financeiras Período de 13 de abril de 2012 (Data de

Leia mais

ANEXO 18 ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD

ANEXO 18 ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD ANEXO 18 REVOGADO OS ARTIGOS 1º, 2º, 3º, 4º, 5º, 6º, 7º, 8º e 8º-A pela RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA 10/11 de 14.12.11. Alteração: Resolução Administrativa nº 03/2015 ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL - EFD Acrescentado

Leia mais

Despachante Aduaneiro - Seu parceiro nas atividades de Comércio Exterior.

Despachante Aduaneiro - Seu parceiro nas atividades de Comércio Exterior. SINDICATO DOS DESPACHANTES ADUANEIROS DE SÃO PAULO Despachante Aduaneiro - Seu parceiro nas atividades de Comércio Exterior. SINDICATO DOS DESPACHANTES ADUANEIROS DE SÃO PAULO MISSÃO EMPRESARIAL DO PORTO

Leia mais

Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014

Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014 Pergunte à CPA Serviço de transporte considerações gerais 28/04/2014 Apresentador: José Alves F. Neto Transporte - conceito ICMS X ISS Como determinar a competência Fato gerador RICMS/SP Artigo 2º - Ocorre

Leia mais