Seminário Disciplina de Fotointepretação. Bruno Beust - João Paulo

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Seminário Disciplina de Fotointepretação. Bruno Beust - João Paulo"

Transcrição

1 Seminário Disciplina de Fotointepretação Bruno Beust - João Paulo Prof. Dr. Getulio T. Batista 2 o Bimestre de 2004

2 Histórico Julho de 1988 um acordo de parceria envolvendo o INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) e a CAST (Academia Chinesa de Tecnologia Espacial) para o desenvolvimento de dois satélites avançados de sensoriamento remoto, denominado Programa CBERS (China-Brazil Earth Resources Satellite), Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres.

3 O CBERS 1 foi lançado pelo foguete chinês Longa Marcha 4B, do Centro de Lançamento de Taiyuan em 14 de outubro de 1999 O CBERS 2 foi lançado com sucesso no dia 21 de outubro de 2003, partindo do Centro de Lançamento de Taiyuan, na China. O CBERS-3 está previsto para ser lançado em 2005 O CBERS-4 previsto para 2008

4 CBERS 1

5 CBERS 2

6

7 CARACTERÍSTICAS DA SÉRIE CBERS Características Massa total Potência gerada Baterias Dimensões do corpo Dimensões do painel Altura da órbita hélio-síncrona Propulsão a hidrazina Estabilização Supervisão de bordo Comunicação de Serviço (TT&C) Tempo de vida (confiabilidade de 0,6) 1450 kg 1100 W 2 x 30 Ah NiCd (1,8 x 2,0 x 2,2) m 6,3 x 2,6 m 778 km 16 x 1 N; 2 x 20 N 3 eixos distribuída UHF e banda S 2 anos

8 Altitude de Órbita: 778 km Inclinação: º

9 O satélite demora 26 dias para retornar ao mesmo ponto de cobertura da Terra. Este é o tempo necessário para se ter imagens de todo o globo terrestre com suas câmeras CCD e IRMSS que possuem campos de visada de 113 Km a 120 Km, respectivamente. WFI - consegue imagear uma faixa de 890 km de largura, cobertura global é de 5 dias. A capacidade de apontamento lateral da câmera CCD de alta resolução aliada ao tipo de órbita do satélite torna possível obter-se pares estereoscópicos de uma região com um intervalo de 3 dias entre duas imagens.

10 Os diferentes campos de visada do CBERS Visão estereoscópica

11 RECURSOS O satélite CBERS possui um conjunto de sensores ou instrumentos CCD (Câmera Imageadora de Alta Resolução) Vegetação Agricultura Meio ambiente Água Cartografia Geologia e solos Educação

12 Sensor: CCD Órbita_Ponto: 157_117 Data: 31/07/20000

13 IRMSS (Imageador por Varredura de Média Resolução) Análise de fenômenos que apresentem alterações de temperatura da superfície. Geração de mosaicos estaduais. Geração de cartas-imagens.

14 Sensor: IRMSS Órbita_Ponto: 152_126 Angra dos Reis

15 WFI (Câmera de Amplo Campo de Visada) Geração de mosaicos nacionais ou estaduais. Geração de índices de vegetação para fins de monitoramento. Monitoramento de fenômenos dinâmicos, como safras agrícolas, queimadas persistentes. Sistema de alerta, em que a imagem WFI serve como indicativo para a aquisição de imagens de mais alta resolução da CCD ou do IRMSS. Acoplamento a outros sistemas mundiais de coleta de dados de baixa a média resolução

16 Sensor: WFI - Legenda: Região de Buenos Aires. As águas dos rios Paraná e Uruguai se dispersam ao largo de Buenos Aires, formando a grande pluma azul mais claro que avança para o Oceano Atlântico.

17 Os quadrantes de monitoramento da órbita

18 Controle dos satélites do programa CBERS, incluindo as manobras de ajuste de órbita para manter a fase apropriada - são efetuados ora pelo Brasil, ora pela China, em períodos alternados, de acordo com um programa unificado do Centro de Controle de Xian. Centro de Controle de Satélites de Xian Centro de Controle de Satélites do INPE, em SJCampos - SP

19 O Segmento de Solo do CBERS apóia as atividades necessárias ao controle dos satélites e ao cumprimento dos objetivos de suas missões de sensoriamento remoto. Inclui meios para rastreio, comando e controle dos satélites e para recepção, armazenamento, processamento e distribuição de imagens.

20 A estação TT&C de Cuiabá Platafoma de Coleta de Dados Típica

21 Característica da transmissão de dados Tipo de acesso ao sistema Aleatório Transmissão da PCD Freqüência da portadora Potência Efetiva Isotrópica Irradiada Transmissão do Repetidor Freqüência das portadoras Potência Efetiva Isotrópica Irradiada 401,635 MHz ± 30 khz 33 dbm 2267,52 MHz (Banda S) 462,5 MHz (UHF) 20 dbm (Banda S) 35 dbm (UHF)

22 OBRIGADO!!! João Paulo Pedroso da Silva Bruno Beust Guimarães

Programa de Cooperação com a China para desenvolvimento de satélites

Programa de Cooperação com a China para desenvolvimento de satélites Programa de Cooperação com a China para desenvolvimento de satélites CBERS China Brazil Earth Resources Satellite INPE CAST Sumário Histórico Características dos Satélites e Cargas Úteis Status do Programa

Leia mais

044.ASR.SRE.16 - Princípios Físicos do Sensoriamento Remoto

044.ASR.SRE.16 - Princípios Físicos do Sensoriamento Remoto Texto: PRODUTOS DE SENSORIAMENTO REMOTO Autor: BERNARDO F. T. RUDORFF Divisão de Sensoriamento Remoto - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais São José dos Campos-SP - bernardo@ltid.inpe.br Sensoriamento

Leia mais

IMAGENS INPE. Manaus. São Luís 66 AGOSTO DE 2007 PESQUISA FAPESP 138

IMAGENS INPE. Manaus. São Luís 66 AGOSTO DE 2007 PESQUISA FAPESP 138 IMAGENS INPE Brasília Pequim Manaus São Luís Rio Paraná Porto Alegre 66 AGOSTO DE 2007 PESQUISA FAPESP 138 > TECNOLOGIA ESPAÇO Visão privilegiada Brasileiros e chineses preparam-se para lançar o terceiro

Leia mais

Para que um sensor possa coletar e registrar a energia refletida ou emitida por um objeto ou superfície, ele tem que estar instalado em uma

Para que um sensor possa coletar e registrar a energia refletida ou emitida por um objeto ou superfície, ele tem que estar instalado em uma Sensores e Satélites Para que um sensor possa coletar e registrar a energia refletida ou emitida por um objeto ou superfície, ele tem que estar instalado em uma plataforma estável à distância do objeto

Leia mais

TERRA / ASTER (Advanced Spaceborne Thermal Emission and Reflection Radiometer)

TERRA / ASTER (Advanced Spaceborne Thermal Emission and Reflection Radiometer) TERRA / ASTER (Advanced Spaceborne Thermal Emission and Reflection Radiometer) http://terra.nasa.gov/ Orbita: Heliosíncrona, quase circular. Inclinação: 98,2º Passagem pelo Equador: 10:30 a.m. (N-S) y

Leia mais

Sensoriamento Remoto. Características das Imagens Orbitais

Sensoriamento Remoto. Características das Imagens Orbitais Sensoriamento Remoto Características das Imagens Orbitais 1 - RESOLUÇÃO: O termo resolução em sensoriamento remoto pode ser atribuído a quatro diferentes parâmetros: resolução espacial resolução espectral

Leia mais

ASPECTOS GERAIS DO SATÉLITE SINO-BRASILEIRO DE RECURSOS TERRESTRES

ASPECTOS GERAIS DO SATÉLITE SINO-BRASILEIRO DE RECURSOS TERRESTRES UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA 4ª Semana do Servidor e 5ª Semana Acadêmica 2008 UFU 30 anos ASPECTOS GERAIS DO SATÉLITE SINO-BRASILEIRO DE RECURSOS TERRESTRES 1 Emerson Jhammes Francisco Alves emersonjhammes@yahoo.com.br

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE SENSORIAMENTO REMOTO

NOÇÕES BÁSICAS DE SENSORIAMENTO REMOTO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE TECNOLOGIA E RECURSOS HUMANOS UNIDADE ACADÊMICA DE ENGENHARIA CIVIL NOÇÕES BÁSICAS DE SENSORIAMENTO REMOTO PROF. MAURO NORMANDO M. BARROS FILHO Sumário

Leia mais

COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA. REQUERIMENTO N. DE 2013 (Do Sr. Antonio Imbassahy)

COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA. REQUERIMENTO N. DE 2013 (Do Sr. Antonio Imbassahy) COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA REQUERIMENTO N. DE 2013 (Do Sr. Antonio Imbassahy) Senhor Presidente, Solicita seja convidado o Ministro de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação,

Leia mais

Modelo de Formulário

Modelo de Formulário Formulário Pessoa Jurídica: Organização / Empresa 1. Identificação da Organização CNPJ.. / - Razão Social Nome Fantasia Endereço Número Complemento Bairro Cidade UF CEP País Telefones ou Fax E-mail Página

Leia mais

Introdução ao Sensoriamento Remoto. Sensoriamento Remoto

Introdução ao Sensoriamento Remoto. Sensoriamento Remoto Introdução ao Sensoriamento Remoto Sensoriamento Remoto Definição; Breve Histórico; Princípios do SR; Espectro Eletromagnético; Interação Energia com a Terra; Sensores & Satélites; O que é Sensoriamento

Leia mais

Análise de pares estereoscópicos obtidos pelo CBERS II Primeiros testes utilizando fotogrametria digital

Análise de pares estereoscópicos obtidos pelo CBERS II Primeiros testes utilizando fotogrametria digital Análise de pares estereoscópicos obtidos pelo CBERS II Primeiros testes utilizando fotogrametria digital Marcelo Rodrigues de Albuquerque Maranhão, Eng. Cartógrafo¹ ² João Paulo Carvalho Raivel, Eng. Cartógrafo²

Leia mais

Sensoriamento Remoto aplicado ao Monitoramento Ambiental

Sensoriamento Remoto aplicado ao Monitoramento Ambiental Disciplina: Monitoramento e Controle Ambiental Prof.: Oscar Luiz Monteiro de Farias Sensoriamento Remoto aplicado ao Monitoramento Ambiental Andrei Olak Alves 2 espectro visível ultravioleta Sol infravermelho

Leia mais

USO DO GEOPROCESSAMENTO NO MONITORAMENTO DO SETOR AGRÍCOLA PARA FINS TRIBUTÁRIOS NA SEFAZ-GO. Geoprocessamento

USO DO GEOPROCESSAMENTO NO MONITORAMENTO DO SETOR AGRÍCOLA PARA FINS TRIBUTÁRIOS NA SEFAZ-GO. Geoprocessamento USO DO GEOPROCESSAMENTO NO MONITORAMENTO DO SETOR AGRÍCOLA PARA FINS TRIBUTÁRIOS NA SEFAZ-GO Geog.Ms. Maria G. da Silva Barbalho maria-gsb@sefaz.go.gov.br Conceito Disciplina do conhecimento que utiliza

Leia mais

MAPEAMENTO DIGITAL DE AMBIENTES COSTEIROS COM APOIO DE IMAGENS DE SATÉLITES E DADOS GNSS

MAPEAMENTO DIGITAL DE AMBIENTES COSTEIROS COM APOIO DE IMAGENS DE SATÉLITES E DADOS GNSS MAPEAMENTO DIGITAL DE AMBIENTES COSTEIROS COM APOIO DE IMAGENS DE SATÉLITES E DADOS GNSS Gilberto Pessanha Ribeiro ¹, ², ³ gilberto@globalgeo.com.br ¹ Globalgeo Geotecnologias www.globalgeo.com.br ² Faculdade

Leia mais

IMAGENS DE SATÉLITE PROF. MAURO NORMANDO M. BARROS FILHO

IMAGENS DE SATÉLITE PROF. MAURO NORMANDO M. BARROS FILHO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE TECNOLOGIA E RECURSOS HUMANOS UNIDADE ACADÊMICA DE ENGENHARIA CIVIL IMAGENS DE SATÉLITE PROF. MAURO NORMANDO M. BARROS FILHO Sumário 1. Conceitos básicos

Leia mais

Análise de Imagens CBERS da Bacia do Rio São Francisco utilizando Mapas Auto-Organizados de Kohonen e Classificadores K-Médias e Fuzzy C-Médias

Análise de Imagens CBERS da Bacia do Rio São Francisco utilizando Mapas Auto-Organizados de Kohonen e Classificadores K-Médias e Fuzzy C-Médias Análise de Imagens CBERS da Bacia do Rio São Francisco utilizando Mapas Auto-Organizados de Kohonen e Classificadores K-Médias e Fuzzy C-Médias Cecília Cordeiro da Silva 1 Wellington Pinheiro dos Santos

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DE IMAGENS CBERS DA BACIA DO SÃO FRANCISCO USANDO MAPAS AUTO-ORGANIZADOS DE KOHONEN E CLASSIFICADORES FUZZY C-MÉDIAS

CLASSIFICAÇÃO DE IMAGENS CBERS DA BACIA DO SÃO FRANCISCO USANDO MAPAS AUTO-ORGANIZADOS DE KOHONEN E CLASSIFICADORES FUZZY C-MÉDIAS CLASSIFICAÇÃO DE IMAGENS CBERS DA BACIA DO SÃO FRANCISCO USANDO MAPAS AUTO-ORGANIZADOS DE KOHONEN E CLASSIFICADORES FUZZY C-MÉDIAS CECÍLIA CORDEIRO DA SILVA 1 WELLINGTON PINHEIRO DOS SANTOS 2 1 Universidade

Leia mais

Sistema de Processamento de Imagens CBERS. III EUsISSeR. 22 a 24 de outubro de 2003

Sistema de Processamento de Imagens CBERS. III EUsISSeR. 22 a 24 de outubro de 2003 Sistema de Processamento de Imagens CBERS III EUsISSeR 22 a 24 de outubro de 2003 Paulo Eduardo Neves neves@gisplan.com.br GISPLAN Tecnologia da Geoinformação www.gisplan.com.br Histórico Histórico 1973

Leia mais

www.omnisys.com.br Importância da FAPESP na história da Omnisys

www.omnisys.com.br Importância da FAPESP na história da Omnisys www.omnisys.com.br Importância da FAPESP na história da Omnisys 1 / Sumário 1. Quem somos nós? 2. Nossas instalações 3. Distribuição de receita 4. Áreas de atuação 5. A importância da FAPESP 6. Conclusão

Leia mais

Modelo de Formulário

Modelo de Formulário Formulário Pessoa Física ou Autônomo / Profissional Liberal 1. Identificação Pessoal CPF.. -- Nome Completo Sexo Masculino Feminino Data de Nascimento / / Endereço Número Complemento Bairro Cidade UF CEP

Leia mais

Aplicações CBERS na Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Aplicações CBERS na Universidade Federal do Rio Grande do Sul Aplicações CBERS na Universidade Federal do Rio Grande do Sul Pesquisas CBERS - UFRGS 2001: Início do projeto Participantes: - PPG-SR / CEPSRM - Instituto de Geociências Geodésia Geografia Geologia - Faculdade

Leia mais

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Telecomunicações Prof. André Y. Kusumoto andre_unip@kusumoto.com.br Satélites Satélite é o elemento comum de interligação das estações terrenas, atuando como estação repetidora. Devido a sua altitude,

Leia mais

1. Identificação da Organização

1. Identificação da Organização Formulário Pessoa Jurídica: Organização / Empresa Este formulário é idêntico ao eletrônico! Se sua opção for pelo preenchimento manual desta pesquisa, sugerimos que imprima este formulário e envie-o para

Leia mais

Características dos Sensores. Aula 3 Professor Waterloo Pereira Filho Docentes orientados: Daniela Barbieri Felipe Correa

Características dos Sensores. Aula 3 Professor Waterloo Pereira Filho Docentes orientados: Daniela Barbieri Felipe Correa Características dos Sensores Aula 3 Professor Waterloo Pereira Filho Docentes orientados: Daniela Barbieri Felipe Correa TAMANHO DO PIXEL Alta Resolução Média Resolução Cobertura Sinótica Meteorológicos

Leia mais

Sensoriamento Remoto I. José Antonio Pacheco de Almeida Paulo José de Oliveira

Sensoriamento Remoto I. José Antonio Pacheco de Almeida Paulo José de Oliveira José Antonio Pacheco de Almeida Paulo José de Oliveira São Cristóvão/SE 2010 Elaboração de Conteúdo José Antonio Pacheco de Almeida Paulo José de Oliveira Projeto Gráfico e Capa Hermeson Alves de Menezes

Leia mais

Sistemas de Comunicações por Satélites

Sistemas de Comunicações por Satélites Sistemas de Comunicações por Satélites INATEL - Instituto Nacional de Telecomunicações Carlos Nazareth Motta Marins. Capítulo 1 Introdução Conceitos Básicos 1 Importância 40 anos de evolução tecnológica

Leia mais

Após 3 anos de atraso, Brasil lança satélite na China

Após 3 anos de atraso, Brasil lança satélite na China Após 3 anos de atraso, Brasil lança satélite na China Equipamento foi construído em parceria com país asiático e vai entrar em órbita no dia 9; projeto custou US$ 250 milhões Dia 9 de dezembro, 11h26 no

Leia mais

ORIGEM E EVOLUÇÃO DA VIDA

ORIGEM E EVOLUÇÃO DA VIDA ORIGEM E EVOLUÇÃO DA VIDA A ORIGEM DO SER HUMANO E A EVOLUÇÃO CULTURAL EXPERIMENTO A redução de cobertura vegetal registrada em fotografias de satélite Aula 1 1. Resumo Esta aula tem o objetivo de identificar

Leia mais

OBA Conteúdos das Avaliações Data: 15/5/2015 (6ª feira)

OBA Conteúdos das Avaliações Data: 15/5/2015 (6ª feira) OBA Conteúdos das Avaliações Data: 15/5/2015 (6ª feira) Constituição da Avaliação 5 perguntas de Astronomia; 3 perguntas de Astronáutica; 2 perguntas sobre Energia. Perguntas Práticas e/ou Observacionais

Leia mais

Posicionamento por Satélite. Tecnologia em Mecanização em Agricultura de Precisão Prof. Esp. Fernando Nicolau Mendonça

Posicionamento por Satélite. Tecnologia em Mecanização em Agricultura de Precisão Prof. Esp. Fernando Nicolau Mendonça Posicionamento por Satélite Tecnologia em Mecanização em Agricultura de Precisão Prof. Esp. Fernando Nicolau Mendonça O Sistema GPS - Características Básicas O sistema GPS é composto por três segmentos:

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL CRISTO REI GUARAPUAVA 2012

ESCOLA ESTADUAL CRISTO REI GUARAPUAVA 2012 ESCOLA ESTADUAL CRISTO REI GUARAPUAVA 2012 Olimpíadas Brasileira de Astronomia OBA Palestrante: Lohane Tech A CORRIDA ESPACIAL E A GUERRA FRIA EUA X URSS No ano de 1957, a URSS lança o foguete Sputnik

Leia mais

Programa CBERS. Infra-estrutura de Dados & Benefícios Sociais

Programa CBERS. Infra-estrutura de Dados & Benefícios Sociais Programa CBERS Infra-estrutura de Dados & Benefícios Sociais Observação da Terra e benefícios sociais NASA Conhecimento em Observação da Terra John McDonald (MDA) A questão fundamental Como garantir capacitação

Leia mais

3 años. Programa CBERS (Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres) Luis Geraldo Ferreira Paulo Roberto Martini INPE/OBT

3 años. Programa CBERS (Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres) Luis Geraldo Ferreira Paulo Roberto Martini INPE/OBT Programa CBERS (Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres) Luis Geraldo Ferreira Paulo Roberto Martini INPE/OBT SOCIEDAD LATINOAMERICANA DE PERCEPCIÓN REMOTA Y SISTEMAS DE INFORMACIÓN ESPACIAL SELPER

Leia mais

PROJETO MONITORAMENTO ESPACIAL HIDROLÓGICO EM GRANDE BACIAS MEG-HIBAM. Fase II : 2012-2015

PROJETO MONITORAMENTO ESPACIAL HIDROLÓGICO EM GRANDE BACIAS MEG-HIBAM. Fase II : 2012-2015 PROJETO MONITORAMENTO ESPACIAL HIDROLÓGICO EM GRANDE BACIAS MEG-HIBAM Fase II : 2012-2015 Contexto O alto custo envolvido na instalação e na manutenção de redes hidrométricas dificulta um nível de monitoramento

Leia mais

15- Representação Cartográfica - Estudos Temáticos a partir de imagens de Sensoriamento Remoto

15- Representação Cartográfica - Estudos Temáticos a partir de imagens de Sensoriamento Remoto 15- Representação Cartográfica - Estudos Temáticos a partir de imagens de Sensoriamento Remoto O Sensoriamento Remoto é uma técnica que utiliza sensores, na captação e registro da energia refletida e emitida

Leia mais

DECRETO Nº 6.560, DE 8 DE SETEMBRO DE

DECRETO Nº 6.560, DE 8 DE SETEMBRO DE DECRETO Nº 6.560, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008: Promulga o Protocolo Complementar ao Acordo Quadro entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República Popular da China sobre Cooperação

Leia mais

Sistema GNSS. (Global Navigation Satellite System)

Sistema GNSS. (Global Navigation Satellite System) Sistema GNSS (Global Navigation Satellite System) POSICIONAR UM OBJETO NADA MAIS É DO QUE LHE ATRIBUIR COORDENADAS O Sol, os planetas e as estrelas foram excelentes fontes de orientação, por muito tempo.

Leia mais

A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS

A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS Descrição As necessidades de telemedição (ou telemetria) e telecomando têm sido cada vez mais utilizadas nas mais variadas aplicações, principalmente onde o volume

Leia mais

Aplicações de Dados de Satélites com Ênfase em Imagens CBERS

Aplicações de Dados de Satélites com Ênfase em Imagens CBERS Aplicações de Dados de Satélites com Ênfase em Imagens CBERS Paulo Roberto Martini Sessão Especial sobre Produtos e Política de Distribuição de Imagens do INPE XI Simpósio Brasileiro

Leia mais

MAPEAMENTO FLORESTAL

MAPEAMENTO FLORESTAL MAPEAMENTO FLORESTAL ELISEU ROSSATO TONIOLO Eng. Florestal Especialista em Geoprocessamento OBJETIVO Mapear e caracterizar a vegetação visando subsidiar o diagnóstico florestal FUNDAMENTOS É uma ferramenta

Leia mais

Andrei Olak Alves. Descrição de três tipos de sistemas ambientais

Andrei Olak Alves. Descrição de três tipos de sistemas ambientais Universidade do Estado do Rio de Janeiro Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente Doutorado Multidisciplinar Andrei Olak Alves Descrição de três tipos de sistemas ambientais Linha de Pesquisa: Construção

Leia mais

Uso de Imagens do Satélite MODIS para o estudo Desastres Naturais

Uso de Imagens do Satélite MODIS para o estudo Desastres Naturais Uso de Imagens do Satélite MODIS para o estudo Desastres Naturais 5 Encontro com Usuários de Imagens de Satélites de Sensoriamento Remoto Manoel de Araújo Sousa Jr. manoel.sousa@crs.inpe.br 5 Encontro

Leia mais

CENTRO DE DADOS DE SENSORIAMENTO REMOTO - CDSR -

CENTRO DE DADOS DE SENSORIAMENTO REMOTO - CDSR - CENTRO DE DADOS DE SENSORIAMENTO REMOTO - CDSR - MIGUEL ZANIC CUELLAR miguel@dgi.inpe.br OBJETIVOS INTERNOS EXTERNOS OBJETIVOS INTERNOS Garantir a segurança no armazenamento dos dados de Sem. Rem. e seu

Leia mais

Comunicações móveis por Satélite. slide 1

Comunicações móveis por Satélite. slide 1 Comunicações móveis por Satélite slide 1 Satélite de Comunicações São satélites colocados em órbita da terra com a missão de transportarem repetidores de sinais de telecomunicações. Os satélites podem

Leia mais

Grupo: Irmandade Bruna Hinojosa de Sousa Marina Schiave Rodrigues Raquel Bressanini Thaís Foffano Rocha

Grupo: Irmandade Bruna Hinojosa de Sousa Marina Schiave Rodrigues Raquel Bressanini Thaís Foffano Rocha Projeto de Engenharia Ambiental Sensoriamento remoto e Sistema de Informação Geográfica Grupo: Irmandade Bruna Hinojosa de Sousa Marina Schiave Rodrigues Raquel Bressanini Thaís Foffano Rocha Sensoriamento

Leia mais

Sistemas de Comunicação Via Satélite

Sistemas de Comunicação Via Satélite Sistemas de Comunicação Via Satélite Seminário ministrado na disciplina. Pós-Graduação em Engenharia Elétrica, Mestrado em Ciência da Computação. Universidade Federal do Maranhão. Setembro / 2003. SUMÁRIO

Leia mais

Aplicações de Dados de Satélites com Ênfase em Imagens CBERS-1.

Aplicações de Dados de Satélites com Ênfase em Imagens CBERS-1. Aplicações de Dados de Satélites com Ênfase em Imagens CBERS-1. Paulo Roberto Martin ATUS-Atendimento a Usuários de Imagens Divisão de Sensoriamento Remoto-DSR/OBT III Encontro com

Leia mais

INPE - Estrutura Organizacional

INPE - Estrutura Organizacional INPE - Estrutura Organizacional O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais INPE é uma unidade de pesquisa integrante da estrutura do Ministério da Ciência e Tecnologia MCT. O INPE tem por finalidade promover

Leia mais

Geomática Aplicada à Engenharia Civil. 1 Fotogrametria

Geomática Aplicada à Engenharia Civil. 1 Fotogrametria Geomática Aplicada à Engenharia Civil 1 Fotogrametria Conceitos 2 Segundo Wolf (1983), a Fotogrametria pode ser definida como sendo a arte, a ciência e a tecnologia de se obter informações confiáveis de

Leia mais

Tópicos em Meio Ambiente e Ciências Atmosféricas

Tópicos em Meio Ambiente e Ciências Atmosféricas INPE-13139-PRE/8398 SENSORIAMENTO REMOTO Tania Sausen Tópicos em Meio Ambiente e Ciências Atmosféricas INPE São José dos Campos 2005 MEIO AMBIENTE E CIÊNCIAS ATMOSFÉRICAS 8 Sensoriamento Remoto Tania Sauzen

Leia mais

Aqui u sição ã d e e ima m g a en e s n de sat a él é ite Suely Franco S. Lima

Aqui u sição ã d e e ima m g a en e s n de sat a él é ite Suely Franco S. Lima Aquisição de imagens de satélite Suely Franco S. Lima http://www.dsr.inpe.br/vcsr http://www.dsr.inpe.br/vcsr/ /apresentacoes.html apresentacoes.html Formatos JPEG e TIF Dois formatos mais comuns: JPEG

Leia mais

Avaliação da qualidade radiométrica das imagens do satélite CBERS-2B. Érica Josiane Coelho Gouvêa Leila Maria Garcia Fonseca

Avaliação da qualidade radiométrica das imagens do satélite CBERS-2B. Érica Josiane Coelho Gouvêa Leila Maria Garcia Fonseca Avaliação da qualidade radiométrica das imagens do satélite CBERS-2B Érica Josiane Coelho Gouvêa Leila Maria Garcia Fonseca Instituto acional de Pesquisas Espaciais - IPE Caixa Postal 515-12245-970 - São

Leia mais

Introdução ao Sensoriamento Remoto

Introdução ao Sensoriamento Remoto Introdução ao Sensoriamento Remoto Cachoeira Paulista, 24 a 28 novembro de 2008 Bernardo Rudorff Pesquisador da Divisão de Sensoriamento Remoto Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE Sensoriamento

Leia mais

Imagens de Satélite (características):

Imagens de Satélite (características): Imagens de Satélite (características): São captadas por sensores electro ópticos que registam a radiação electromagnética reflectida e emitida pelos objectos que se encontram à superfície da terra através

Leia mais

Introdução aos Sistemas de Informação Geográfica

Introdução aos Sistemas de Informação Geográfica Introdução aos Sistemas de Informação Geográfica Mestrado Profissionalizante 2015 Karla Donato Fook karladf@ifma.edu.br IFMA / DAI Motivação Alguns princípios físicos dão suporte ao Sensoriamento Remoto...

Leia mais

SENSORIAMENTO REMOTO APLICADO AO CADASTRO URBANO

SENSORIAMENTO REMOTO APLICADO AO CADASTRO URBANO SENSORIAMENTO REMOTO APLICADO AO CADASTRO URBANO 04/04/2013 Leonardo Scharth Loureiro Silva Sumário 1 Fundamentos básicos de Sensoriamento Remoto 2 Levantamento aerofotogramétrico para fins de cadastro

Leia mais

Observação da Terra no INPE: Fonte de Informação para Monitoramento Ambiental

Observação da Terra no INPE: Fonte de Informação para Monitoramento Ambiental Observação da Terra no INPE: Fonte de Informação para Monitoramento Ambiental Leila Fonseca Chefe da Coordenação-Geral de Observação da Terra (OBT) Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais leila.fonseca@inpe.br

Leia mais

AS MISSÕES MODERNAS. Denizar Blitzkow EPUSP PTR. Laboratório de Topografia e Geodésia - LTG IV CONFEGE - IBGE Rio de Janeiro - 21 de agosto de 2006

AS MISSÕES MODERNAS. Denizar Blitzkow EPUSP PTR. Laboratório de Topografia e Geodésia - LTG IV CONFEGE - IBGE Rio de Janeiro - 21 de agosto de 2006 AS MISSÕES MODERNAS Denizar Blitzkow EPUSP PTR Laboratório de Topografia e Geodésia - LTG IV CONFEGE - IBGE Rio de Janeiro - 21 de agosto de 2006 Era Espacial Foi responsável por inúmeras mudanças na geodésia

Leia mais

Audiência Pública Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática CCT

Audiência Pública Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática CCT Audiência Pública Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática CCT Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais 53 anos de atividades ligadas ao Espaço Brasília, 18

Leia mais

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão

MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão MÓDULO 4 Meios físicos de transmissão Os meios físicos de transmissão são compostos pelos cabos coaxiais, par trançado, fibra óptica, transmissão a rádio, transmissão via satélite e são divididos em duas

Leia mais

Sistemas Sensores. Introdução

Sistemas Sensores. Introdução Sistemas Sensores 5ª Aulas Introdução O sol foi citado como sendo uma fonte de energia ou radiação. O sol é uma fonte muito consistente de energia para o sensoriamento remoto (REM). REM interage com os

Leia mais

Produto 1. Mapas e figuras georreferenciadas contendo cicatrizes de queimadas para as regiões de interesse no Cerrado

Produto 1. Mapas e figuras georreferenciadas contendo cicatrizes de queimadas para as regiões de interesse no Cerrado Produto 1. Mapas e figuras georreferenciadas contendo cicatrizes de queimadas para as regiões de interesse no Cerrado Outubro de 2014 0 ARTURO EMILIANO MELCHIORI MAPAS E FIGURAS GEORREFERENCIADOS CONTENDO

Leia mais

SOLUÇÃO DE TELEMETRIA PARA SANEAMENTO

SOLUÇÃO DE TELEMETRIA PARA SANEAMENTO SOLUÇÃO DE TELEMETRIA PARA SANEAMENTO Marcelo Pessoa Engenheiro de soluções para saneamento Introdução As indústrias buscam eficiência, aumento da qualidade e a redução de custos. Para alcançar isto investem

Leia mais

RGB - Poeiras Departamento de Física 2011 Detecção Remota Pratica 1. Joao Gonçalo Ricardo Rodrigues - 45365

RGB - Poeiras Departamento de Física 2011 Detecção Remota Pratica 1. Joao Gonçalo Ricardo Rodrigues - 45365 RGB - Poeiras Departamento de Física 2011 Detecção Remota Pratica 1 Joao Gonçalo Ricardo Rodrigues - 45365 Índice Determinar o objectivo do realce Escolher do canal apropriado Pré-processamento de imagem

Leia mais

CENTRO DE DADOS DE SENSORIAMENTO REMOTO - CDSR -

CENTRO DE DADOS DE SENSORIAMENTO REMOTO - CDSR - CENTRO DE DADOS DE SENSORIAMENTO REMOTO - CDSR - MIGUEL ZANIC CUELLAR miguel@dgi.inpe.br OBJETIVOS INTERNOS EXTERNOS OBJETIVOS INTERNOS Garantir a segurança no armazenamento dos dados de Sem. Rem. e seu

Leia mais

UFSM-CTISM. Comunicação de Dados Meios de transmissão - Exemplos práticos Aula-05. Professor: Andrei Piccinini Legg.

UFSM-CTISM. Comunicação de Dados Meios de transmissão - Exemplos práticos Aula-05. Professor: Andrei Piccinini Legg. UFSM-CTISM Comunicação de Dados - Exemplos práticos Aula-05 Professor: Andrei Piccinini Legg Santa Maria, 2012 Meio de é o caminho físico entre o transmissor e o receptor. Como visto numa aula anterior

Leia mais

OS ESTUÁRIOS NA MARGEM CONTINENTAL SUL dialética do acontecimento sedimentar

OS ESTUÁRIOS NA MARGEM CONTINENTAL SUL dialética do acontecimento sedimentar OS ESTUÁRIOS NA MARGEM CONTINENTAL SUL dialética do acontecimento sedimentar Publicado no site em 13/11/2014 Euripedes Falcão Vieira*/** Na margem continental sul-brasileira a presença de dois estuários

Leia mais

Painel 3 - Sustentabilidade: o produtor rural como gestor do território

Painel 3 - Sustentabilidade: o produtor rural como gestor do território SEMINÁRIO VALOR ECONÔMICO AGRICULTURA COMO INSTRUMENTO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO Painel 3 - Sustentabilidade: o produtor rural como gestor do território Gestão da propriedade e governança do território

Leia mais

1. Identificação Pessoal

1. Identificação Pessoal Formulário Pessoa Física ou Autônomo / Profissional Liberal Este formulário é idêntico ao eletrônico! Se sua opção for pelo preenchimento manual desta pesquisa, sugerimos que imprima este formulário e

Leia mais

AVALIAÇÃO DAS IMAGENS IRS-P6 EM RELAÇÃO AO PADRÃO DE EXATIDÃO CARTOGRÁFICA. Danielly Garcia Santos¹, Elaine Reis Costa Lima²

AVALIAÇÃO DAS IMAGENS IRS-P6 EM RELAÇÃO AO PADRÃO DE EXATIDÃO CARTOGRÁFICA. Danielly Garcia Santos¹, Elaine Reis Costa Lima² AVALIAÇÃO DAS IMAGENS IRS-P6 EM RELAÇÃO AO PADRÃO DE EXATIDÃO CARTOGRÁFICA Danielly Garcia Santos¹, Elaine Reis Costa Lima² ¹Tecnóloga em Geoprocessamento, Assistente em Geoprocessamento, Primegeo, Goiânia-GO,

Leia mais

10GK - Implantação de Infraestrutura para o Sistema Científico Brasileiro de Previsão do Clima Espacial. Unidade de Medida:

10GK - Implantação de Infraestrutura para o Sistema Científico Brasileiro de Previsão do Clima Espacial. Unidade de Medida: Programa 2056 - Política Espacial 0B18 - Participação da União no Capital - Alcântara Cyclone Space - ACS Tipo: Operações Especiais Número de Ações 29 UO: 24101 - Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Leia mais

044.ASR.SRE.16 - Princípios Físicos do Sensoriamento Remoto

044.ASR.SRE.16 - Princípios Físicos do Sensoriamento Remoto Texto: INTRODUÇÃO AO SENSORIAMENTO REMOTO Autor: CARLOS ALBERTO STEFFEN Instituto Nacional de pesquisas Espaciais Divisão de Sensoriamento Remoto steffen@ltid.inpe.br RADIAÇÃO SOLAR O Sol é a principal

Leia mais

Sistemas de RADAR. Natural Resources Ressources naturelles Centro Canadiense de Sensoriamento Remoto, Ministerio de Recursos Naturales de Canadá

Sistemas de RADAR. Natural Resources Ressources naturelles Centro Canadiense de Sensoriamento Remoto, Ministerio de Recursos Naturales de Canadá Sistemas de RADAR Natural Resources Ressources naturelles Canada Canada Aplicações de SAR Medição de movimentos da superfície terrestre, visando uma melhor compreensão de terremotos e vulcões e o apoio

Leia mais

A Importância dos Sistemas de Informação Geográfica na Caracterização e Gestão das Vinhas

A Importância dos Sistemas de Informação Geográfica na Caracterização e Gestão das Vinhas A Importância dos Sistemas de Informação Geográfica na Caracterização e Gestão das Vinhas José Aranha CITAB j_aranha@utad.pt Juliana Salvação bolseira EcoVitis jlsalvacao@hotmail.com Colóquio Ecovitis:

Leia mais

A Física por trás da Tecnologia RFID. Profa. Renata Rampim de Freitas Dias, RFIDSCM

A Física por trás da Tecnologia RFID. Profa. Renata Rampim de Freitas Dias, RFIDSCM A Física por trás da Tecnologia RFID Profa. Renata Rampim de Freitas Dias, RFIDSCM 2 Espectro electromagnético 3 Espectro de frequência para o sistema RFID Tamanho da antena Existe uma razão de proporção

Leia mais

SISTEMA DE RASTREIO ÓPTICO

SISTEMA DE RASTREIO ÓPTICO SISTEMA DE RASTREIO ÓPTICO 1 SISTEMA DE RASTREIO ÓPTICO VISÃO GERAL O Sistema de Rastreio Óptico, ou simplesmente SISROT, foi desenvolvido com o objetivo de rastrear foguetes nos primeiros instantes de

Leia mais

PROGRAMA ESPACIAL BRASILEIRO. Camila Maria Sitko (ICV-UNICENTRO), Eduardo Vicentini (Orientador), e- mail: camilasitko@yahoo.com.br.

PROGRAMA ESPACIAL BRASILEIRO. Camila Maria Sitko (ICV-UNICENTRO), Eduardo Vicentini (Orientador), e- mail: camilasitko@yahoo.com.br. PROGRAMA ESPACIAL BRASILEIRO Camila Maria Sitko (ICV-UNICENTRO), Eduardo Vicentini (Orientador), e- mail: camilasitko@yahoo.com.br. Universidade Estadual do Centro-Oeste, Setor de Ciências Exatas e de

Leia mais

Geomática e SIGDR aula teórica 23 17/05/11. Sistemas de Detecção Remota Resolução de imagens

Geomática e SIGDR aula teórica 23 17/05/11. Sistemas de Detecção Remota Resolução de imagens Geomática e SIGDR aula teórica 23 17/05/11 Sistemas de Detecção Remota Resolução de imagens Manuel Campagnolo ISA Manuel Campagnolo (ISA) Geomática e SIGDR 2010-2011 17/05/11 1 / 16 Tipos de resolução

Leia mais

Letícia Oliveira Freitas Avaliação da Utilização de Imagens CBERS em Estudos de Uso e Cobertura do Solo

Letícia Oliveira Freitas Avaliação da Utilização de Imagens CBERS em Estudos de Uso e Cobertura do Solo Letícia Oliveira Freitas Avaliação da Utilização de Imagens CBERS em Estudos de Uso e Cobertura do Solo XII Curso de Especialização em Geoprocessamento 2010 UFMG Instituto de Geociências Departamento de

Leia mais

Camada Física: Meios de transmissão não guiados

Camada Física: Meios de transmissão não guiados Alan Menk Santos alanmenk@hotmail.com www.sistemasul.com.br/menk Camada Física: Meios de transmissão não guiados Em 1945 o escritor Arthur Clarke calculou que um satélite em 35.800 km em órbita circular

Leia mais

SENSORES REMOTOS. Daniel C. Zanotta 28/03/2015

SENSORES REMOTOS. Daniel C. Zanotta 28/03/2015 SENSORES REMOTOS Daniel C. Zanotta 28/03/2015 ESTRUTURA DE UM SATÉLITE Exemplo: Landsat 5 COMPONENTES DE UM SATÉLITE Exemplo: Landsat 5 LANÇAMENTO FOGUETES DE LANÇAMENTO SISTEMA SENSOR TIPOS DE SENSORES

Leia mais

RBMC-IP. Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS em Tempo Real. Diretoria de Geociências DGC Coordenação de Geodésia - CGED

RBMC-IP. Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS em Tempo Real. Diretoria de Geociências DGC Coordenação de Geodésia - CGED RBMC-IP Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS em Tempo Real Diretoria de Geociências DGC Coordenação de Geodésia - CGED 06 de Maio de 2009 Sumário Sistema GPS Técnica de Posicionamento

Leia mais

CONTEÚDOS DE GEOGRAFIA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CONTEÚDOS DE GEOGRAFIA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO DE GEOGRAFIA PARA O ENSINO FUNDAMENTAL COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES Ricardo Dantas SECRETÁRIA EXECUTIVA

Leia mais

Aula 1 Professor Waterloo Pereira Filho Docentes orientados: Daniela Barbieri Felipe Correa

Aula 1 Professor Waterloo Pereira Filho Docentes orientados: Daniela Barbieri Felipe Correa Princípios Físicos do Sensoriamento Remoto Aula 1 Professor Waterloo Pereira Filho Docentes orientados: Daniela Barbieri Felipe Correa O que é Sensoriamento Remoto? Utilização conjunta de sensores, equipamentos

Leia mais

Rastreio e controle de satélites do INPE

Rastreio e controle de satélites do INPE CAPÍTULO 6 Rastreio e controle de satélites do INPE Valcir Orlando e Hélio Koiti Kuga Neste capítulo serão focalizadas as atividades de rastreio e controle de satélites do INPE. Serão apresentadas ainda

Leia mais

PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO DOCUMENTAL DO INPE: DESAFIOS E SOLUÇÕES ENCONTRADAS

PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO DOCUMENTAL DO INPE: DESAFIOS E SOLUÇÕES ENCONTRADAS PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO DOCUMENTAL DO INPE: DESAFIOS E SOLUÇÕES ENCONTRADAS Marciana Leite Ribeiro Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais SubSIGA/INPE I Ciclo de Palestras sobre Gestão Arquivística

Leia mais

Flavio Marcelo CONEGLIAN, Rodrigo Antonio LA SCALEA e Selma Regina Aranha RIBEIRO. Universidade Estadual de Ponta Grossa

Flavio Marcelo CONEGLIAN, Rodrigo Antonio LA SCALEA e Selma Regina Aranha RIBEIRO. Universidade Estadual de Ponta Grossa Comparação entre Classificações Supervisionadas em uma Imagem CBERS CCD com Bandas Multiespectrais e em uma Imagem Fusão da Mesma Imagem CBERS CCD Com uma Banda Pancromática HRC Flavio Marcelo CONEGLIAN,

Leia mais

GEOPROCESSAMENTO COMO INSTRUMENTO DE ANÁLISE NOS IMPACTOS AMBIENTAIS: MINERADORA CAMPO GRANDE TERENOS/MS.

GEOPROCESSAMENTO COMO INSTRUMENTO DE ANÁLISE NOS IMPACTOS AMBIENTAIS: MINERADORA CAMPO GRANDE TERENOS/MS. GEOPROCESSAMENTO COMO INSTRUMENTO DE ANÁLISE NOS IMPACTOS AMBIENTAIS: MINERADORA CAMPO GRANDE TERENOS/MS. CÁSSIO SILVEIRA BARUFFI(1) Acadêmico de Engenharia Sanitária e Ambiental, Universidade Católica

Leia mais

Ensino Aprendizagem de Processamento de Imagens CBERS na modalidade a Distância

Ensino Aprendizagem de Processamento de Imagens CBERS na modalidade a Distância 1. Introdução. I Jornada de Educación em Percepción Remota en el ámbito de Centro América y el Caribe Título da Palestra: Ensino Aprendizagem de Processamento de Imagens CBERS na modalidade a Distância

Leia mais

Engenharia Espacial e Sensoriamento Remoto

Engenharia Espacial e Sensoriamento Remoto lâmina 1 FRENTE Engenharia Espacial e Sensoriamento Remoto SEGMENTO SOLO A AMS Kepler trabalha há 15 anos no Programa Espacial Brasileiro. Iniciamos em 1998 no Programa CBERS (China Brazil Earth Resources

Leia mais

Conheça todas as opções de satélites à disposição. Wilson Holler. Embrapa Monitoramento por Satélite Gestão Territorial Estratégica

Conheça todas as opções de satélites à disposição. Wilson Holler. Embrapa Monitoramento por Satélite Gestão Territorial Estratégica Conheça todas as opções de satélites à disposição Wilson Holler Embrapa Monitoramento por Satélite Gestão Territorial Estratégica Conheça todas as opções de satélites à disposição Em todo o mundo, dezenas

Leia mais

Uso de Imagens de Satélite e VANT como Ferramenta de Gestão na Cultura da Cana de Açúcar

Uso de Imagens de Satélite e VANT como Ferramenta de Gestão na Cultura da Cana de Açúcar Uso de Imagens de Satélite e VANT como Ferramenta de Gestão na Cultura da Cana de Açúcar Luciano Rosolem Gerente Regional de Vendas luciano.rosolem@geoagri.com.br (65) 9683-9102 Julho de 2015 Necessidade

Leia mais

EXPLICITAÇÃO DE FUNCIONALIDADES DO SISTEMA

EXPLICITAÇÃO DE FUNCIONALIDADES DO SISTEMA EXPLICITAÇÃO DE FUNCIONALIDADES DO SISTEMA NOTA INTRODUTÓRIA... 2 SISTEMA - INTRODUÇÃO... 3 I LEITURA DO CAUDAL... 3 II AUTÓMATO... 4 III TECNOLOGIA GSM... 5 IV BASE DE DADOS... 6 V SINÓPTICO... 7 Especificação

Leia mais

Satélites e Sensores. Profa. Ligia Flávia Antunes Batista

Satélites e Sensores. Profa. Ligia Flávia Antunes Batista Satélites e Sensores Profa. Ligia Flávia Antunes Batista Referências Slides baseados em: Geomática Aplicada à Gestão de Recursos Hídricos. PROF. ALEXANDRE ROSA DOS SANTOS. UNIVERSIDADE FEDERAL DOS ESPÍRITO

Leia mais

Dr. Nelson Veissid (nelson.veissid@gmail.com) Laboratório Associado de Sensores e Materiais Centro de Tecnologias Especiais - LAS/CTE/INPE São José

Dr. Nelson Veissid (nelson.veissid@gmail.com) Laboratório Associado de Sensores e Materiais Centro de Tecnologias Especiais - LAS/CTE/INPE São José ANOMALIA DA REFLETIVIDADE PLANETÁRIA DA AMÉRICA DO SUL MEDIDO PELO EXPERIMENTO ALBEDO DO SATÉLITE SCD2 DO INPE Dr. Nelson Veissid (nelson.veissid@gmail.com) Laboratório Associado de Sensores e Materiais

Leia mais

Sensoriamento Remoto aplicado ao Monitoramento Ambiental

Sensoriamento Remoto aplicado ao Monitoramento Ambiental Disciplina: Monitoramento e Controle Ambiental Prof.: Oscar Luiz Monteiro de Farias Sensoriamento Remoto aplicado ao Monitoramento Ambiental Andrei Olak Alves 1 2 PROCESSAMENTO DE IMAGENS espectro visível

Leia mais

Convivência Banda C Satélite e WiMAX

Convivência Banda C Satélite e WiMAX Convivência Banda C Satélite e WiMAX 16 de agosto de 2011 Interferência na Banda C Sinal satélite ( transmitido a 36.000 km de distância) recebido com potência muito menor que sinal WiMAX (transmitido

Leia mais

Para realizar a avaliação do impacto da aplicação da legislação ambiental nos municípios foram realizadas as seguintes atividades:

Para realizar a avaliação do impacto da aplicação da legislação ambiental nos municípios foram realizadas as seguintes atividades: Objetivo do Projeto: O trabalho possui como objetivo analisar o impacto da aplicação da legislação ambiental sobre a área de produção agrícola dos municípios, em especial, das áreas de preservação permanente

Leia mais

PROJETO EDUCA SeRe - ENSINO DE GEOGRAFIA NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO USANDO SENSORIAMENTO REMOTO. Tania Maria Sausen 1 Osmar Gustavo Wöhl Coelho 2

PROJETO EDUCA SeRe - ENSINO DE GEOGRAFIA NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO USANDO SENSORIAMENTO REMOTO. Tania Maria Sausen 1 Osmar Gustavo Wöhl Coelho 2 PROJETO EDUCA SeRe - ENSINO DE GEOGRAFIA NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO USANDO SENSORIAMENTO REMOTO Tania Maria Sausen 1 Osmar Gustavo Wöhl Coelho 2 1 Ministério da Ciência e Tecnologia, Instituto Nacional

Leia mais