PROBABILIDADE: TABELAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROBABILIDADE: TABELAS"

Transcrição

1 PROBABILIDADE: TABELAS Enunciados dos problemas Ana Maria Lima de Farias Departamento de Estatística (GET/UFF) 1. Entre os pacientes de um endocrinologista, há 35 homens e 45 mulheres. 25 desses pacientes são obesos, sendo 15 mulheres. Sorteia-se um paciente desse médico. Qual é a probabilidade de que seja uma mulher obesa? Qual é a probabilidade de que seja uma mulher não obesa? Qual é a probabilidade de que seja um homem Qual é a probabilidade de que seja um homem não Qual é a probabilidade de que seja uma mulher? Qual é a probabilidade de que seja um homem? Qual é a probabilidade de que seja um paciente Qual é a probabilidade de que seja um paciente não Qual é a probabilidade de que seja mulher ou um paciente Qual é a probabilidade de que seja mulher ou um paciente não Qual é a probabilidade de que seja homem ou um paciente Qual é a probabilidade de que seja homem ou um paciente não Qual é a probabilidade de que seja mulher, sabendo-se que é um paciente Qual é a probabilidade de que seja mulher, sabendo-se que é um paciente não Qual é a probabilidade de que seja homem, sabendo-se que é um paciente Qual é a probabilidade de que seja homem, sabendo-se que é um paciente não Qual é a probabilidade de que seja um paciente obeso, sabendo-se que é mulher? Qual é a probabilidade de que seja um paciente não obeso, sabendo-se que é mulher? Qual é a probabilidade de que seja um paciente obeso, sabendo-se que é homem? Qual é a probabilidade de que seja um paciente não obeso, sabendo-se que é homem? 2. Em uma gincana, há 260 meninos e 240 meninas oriundos de escolas públicas e particulares. Das meninas 160 estudam em escolas públicas, e dos meninos 135 estudam em escolas particulares. Sorteia-se uma pessoa desse grupo. Qual é a probabilidade de que seja uma menina de escola pública? Qual é a probabilidade de que seja uma menina de escola particular? Qual é a probabilidade de que seja um menino de escola pública? Qual é a probabilidade de que seja um menino de escola particular? Qual é a probabilidade de que seja uma menina? Qual é a probabilidade de que seja um menino? Qual é a probabilidade de que seja de escola particular? Qual é a probabilidade de que seja de escola pública? Qual é a probabilidade de que seja uma menina ou de escola particular? Qual é a probabilidade de que seja uma menina ou de escola pública? Qual é a probabilidade de que seja um menino ou de escola particular? Qual é a probabilidade de que seja um menino ou de escola pública? Qual é a probabilidade de que seja uma menina dado que é de escola particular? Qual é a probabilidade de que seja uma menina dado que é de escola pública? Qual é a probabilidade de que seja um menino dado que é de escola particular?

2 Qual é a probabilidade de que seja um menino dado que é de escola pública? 3. Numa gincana há 260 meninas e 240 meninos. Desses participantes, 110 são do primeiro ano, 290 do segundo ano e 100 do terceiro ano. Sabe-se também que há 60 meninos no primeiro ano e 50 meninas no terceiro ano. Qual é a probabilidade de que seja uma menina do primeiro ano? Qual é a probabilidade de que seja uma menina do segundo ano? Qual é a probabilidade de que seja uma menina do terceiro ano? Qual é a probabilidade de que seja um menino do primeiro ano? Qual é a probabilidade de que seja um menino do segundo ano? Qual é a probabilidade de que seja um menino do terceiro ano? Qual é a probabilidade de que seja uma menina? Qual é a probabilidade de que seja de segundo ano? Qual é a probabilidade de que seja do terceiro ano? Qual é a probabilidade de que seja do primeiro ano? Qual é a probabilidade de que seja um menino? Qual é a probabilidade de que seja uma menina, dado que é do primeiro ano? Qual é a probabilidade de que seja uma menina, dado que é do segundo ano? Qual é a probabilidade de que seja uma menina, dado que é do terceiro ano? Qual é a probabilidade de que seja um menino, dado que é do primeiro ano? Qual é a probabilidade de que seja um menino, dado que é do segundo ano? Qual é a probabilidade de que seja um menino, dado que é do terceiro ano? Qual é a probabilidade de que seja menina ou que curse o primeiro ano? Qual é a probabilidade de que seja menina ou que curse o segundo ano? Qual é a probabilidade de que seja menina ou que curse o terceiro ano? Qual é a probabilidade de que seja menino ou que curse o primeiro ano? Qual é a probabilidade de que seja menino ou que curse o segundo ano? Qual é a probabilidade de que seja menino ou que curse o terceiro ano? 4. Num trabalho de final de curso, alunos de Medicina Veterinária fizeram uma pesquisa por amostragem entre os alunos da sua universidade com o objetivo de saber a opinião sobre o uso de animais em testes clínicos. Cada entrevistado deveria escolher uma dentre as seguintes possibilidades: (1) totalmente favorável; (2) indiferente; (3) totalmente contra. Dentre os entrevistados, havia 318 homens e 258 mulheres; 215 pessoas se declararam contra e 122 se declararam favoráveis ao uso de animais em testes clínicos. Dentre os homens, 38 se declararam contra e 81 a favor. Sorteia-se um questionário dessa pesquisa. Qual é a probabilidade de que seja de uma mulher contra o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de uma mulher indiferente sobre o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de uma mulher a favor do uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de um homem contra o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de um homem indiferente sobre o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de um homem a favor do uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de uma mulher? Qual é a probabilidade de que seja de um homem? Qual é a probabilidade de que seja de uma pessoa contra o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de uma pessoa indiferente sobre o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de uma pessoa a favor do uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de uma mulher ou uma pessoa contra o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de uma mulher ou uma pessoa indiferente sobre o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de uma mulher ou uma pessoa a favor do uso de animais?

3 Qual é a probabilidade de que seja de um homem ou uma pessoa contra o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de um homem ou uma pessoa indiferente sobre o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de um homem ou uma pessoa a favor do uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de uma mulher dado que é de uma pessoa contra o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de uma mulher dado que é de uma pessoa indiferente sobre o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de uma mulher dado que é de uma pessoa a favor do uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de um homem dado que é de uma pessoa contra o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de um homem dado que é de uma pessoa indiferente sobre o uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de um homem dado que é de uma pessoa a favor do uso de animais? Qual é a probabilidade de que seja de uma pessoa contra o uso de animais dado que é de uma mulher? Qual é a probabilidade de que seja de uma pessoa contra o uso de animais dado que é de um homem? Qual é a probabilidade de que seja de uma pessoa indiferente sobre o uso de animais dado que é de uma mulher? Qual é a probabilidade de que seja de uma pessoa indiferente sobre o uso de animais dado que é de um homem? Qual é a probabilidade de que seja de uma pessoa a favor do uso de animais dado que é de uma mulher? Qual é a probabilidade de que seja de uma pessoa a favor do uso de animais dado que é de um homem? 5. Em um estudo clínico, sujeitos foram submetidos a dois tipos de tratamento para uma determinada doença. Depois de 6 meses de tratamento, dentre os sujeitos submetidos ao tratamento 1, 58 apresentaram cura total, 20 apresentaram cura parcial e 93, nenhuma melhora. Para o tratamento 2, esses números foram 134, 83 e 12. Sorteia-se uma pessoa desse grupo. Qual é a probabilidade de que seja uma menina do primeiro ano? Qual é a probabilidade de que seja uma menina do segundo ano? Qual é a probabilidade de que seja uma menina do terceiro ano? Qual é a probabilidade de que seja um menino do primeiro ano? Qual é a probabilidade de que seja um menino do segundo ano? Qual é a probabilidade de que seja um menino do terceiro ano? Qual é a probabilidade de que seja do primeiro ano? Qual é a probabilidade de que seja do segundo ano? Qual é a probabilidade de que seja do terceiro ano? Qual é a probabilidade de que seja uma menina, dado que é do primeiro ano? Qual é a probabilidade de que seja uma menina, dado que é do segundo ano? Qual é a probabilidade de que seja uma menina, dado que é do terceiro ano? Qual é a probabilidade de que seja um menino, dado que é do primeiro ano? Qual é a probabilidade de que seja um menino, dado que é do segundo ano? Qual é a probabilidade de que seja um menino, dado que é do terceiro ano? 6. Em uma pesquisa realizada com um grupo de 250 alunos de uma universidade, constatou-se que 75 não utilizam transporte público para ir às aulas e 192 fazem as refeições no restaurante universitário (bandejão), dos quais 143 utilizam transporte público. Um aluno desse grupo é sorteado aleatoriamente. Qual é a probabilidade de que o aluno utilize o transporte público e o bandejão?

4 Qual é a probabilidade de que o aluno utilize o transporte público, mas não o bandejão? Qual é a probabilidade de que o aluno utilize o bandejão, mas não o transporte público? Qual é a probabilidade de que o aluno não utilize nem o transporte público nem o bandejão? Qual é a probabilidade de o aluno usar o bandejão? Qual é a probabilidade de o aluno não usar o bandejão? Qual é a probabilidade de o aluno usar transporte público? Qual é a probabilidade de o aluno não usar transporte público? Sabendo-se que o aluno usa o bandejão, qual é a probabilidade de que ele também use o transporte público? Sabendo-se que o aluno usa o bandejão, qual é a probabilidade de que ele não use o transporte público? Sabendo-se que o aluno não usa o bandejão, qual é a probabilidade de que ele use o transporte público? Sabendo-se que o aluno não usa o bandejão, qual é a probabilidade de que ele também não use o transporte público? Sabendo-se que o aluno usa o transporte público, qual é a probabilidade de que ele também use o bandejão? Sabendo-se que o aluno usa o transporte público, qual é a probabilidade de que ele não use o bandejão? Sabendo-se que o aluno não usa o transporte público, qual é a probabilidade de que ele use o bandejão? Sabendo-se que o aluno não usa o transporte público, qual é a probabilidade de que ele também não use o bandejão? Qual é a probabilidade de o aluno utilizar transporte público ou o bandejão? Qual é a probabilidade de o aluno utilizar transporte público ou fazer refeições fora do bandejão? Qual é a probabilidade de o aluno utilizar transporte particular ou o bandejão? Qual é a probabilidade de o aluno utilizar transporte particular ou fazer refeições fora do bandejão? 7. Numa pesquisa entre funcionários de uma empresa, perguntou-se qual era o principal fator na escolha de um curso de especialização. Foram entrevistados 68 funcionários com curso superior, 48 com mestrado e 18 com doutorado. Com relação ao principal fator na escolha do curso, 57 apontaram o custo, 24 a distância e 53 a qualidade, sendo que todos os funcionários com doutorado apontaram a qualidade como fator determinante. Dentre os graduados, 32 apontaram o custo e 14, a distância. Sorteia-se uma pessoa da pesquisa. Qual é a probabilidade de que seja apenas graduado e que indicou o custo como fator Qual é a probabilidade de que seja apenas mestre e que indicou o custo como fator Qual é a probabilidade de que seja doutor e que indicou o custo como fator Qual é a probabilidade de que seja apenas graduado e que indicou a distância Qual é a probabilidade de que seja apenas mestre e que indicou a distância Qual é a probabilidade de que seja doutor e que indicou a distância como fator Qual é a probabilidade de que seja apenas graduado e que indicou a qualidade Qual é a probabilidade de que seja apenas mestre e que indicou a qualidade

5 Qual é a probabilidade de que seja doutor e que indicou a qualidade como fator Qual é a probabilidade de que seja apenas graduado? Qual é a probabilidade de que seja apenas mestre? Qual é a probabilidade de que seja doutor? Qual é a probabilidade de que tenha indicado o custo Qual é a probabilidade de que seja apenas graduado, sabendo-se que indicou o custo Qual é a probabilidade de que seja apenas mestre, sabendo-se que indicou o custo Qual é a probabilidade de que seja doutor, sabendo-se que indicou o custo como fator Qual é a probabilidade de que seja apenas graduado, sabendo-se que indicou a distância Qual é a probabilidade de que seja apenas mestre, sabendo-se que indicou a distância Qual é a probabilidade de que seja doutor, sabendo-se que indicou a distância Qual é a probabilidade de que seja apenas graduado, sabendo-se que indicou a qualidade Qual é a probabilidade de que seja apenas mestre, sabendo-se que indicou a qualidade Qual é a probabilidade de que seja doutor, sabendo-se que indicou a qualidade Qual é a probabilidade de que tenha indicado o custo como fator determinante, sabendo-se que é apenas graduado? Qual é a probabilidade de que tenha indicado o custo como fator determinante, sabendo-se que é apenas mestre? Qual é a probabilidade de que tenha indicado o custo como fator determinante, sabendo-se que é doutor? determinante, sabendo-se que é apenas graduado? determinante, sabendo-se que é apenas mestre? determinante, sabendo-se que é doutor? determinante, sabendo-se que é apenas graduado? determinante, sabendo-se que é apenas mestre? determinante, sabendo-se que é doutor? Qual é a probabilidade de que seja apenas graduado ou que tenha indicado o custo Qual é a probabilidade de que seja apenas mestre ou que tenha indicado o custo Qual é a probabilidade de que seja doutor ou que tenha indicado o custo como fator Qual é a probabilidade de que seja apenas graduado ou que tenha indicado a distância Qual é a probabilidade de que seja apenas mestre ou que tenha indicado a distância

6 Qual é a probabilidade de que seja doutor ou que tenha indicado a distância Qual é a probabilidade de que seja apenas graduado ou que tenha indicado a qualidade Qual é a probabilidade de que seja apenas mestre ou que tenha indicado a qualidade Qual é a probabilidade de que seja doutor ou que tenha indicado a qualidade 8. Em uma sala, há 21 pessoas de cabelos ruivos, 48 de cabelos castanhos e 45 de cabelos louros. 70 dessas pessoas têm olhos azuis e restantes, olhos verdes. Dentre as ruivas, 12 têm olhos azuis e dentre as louras, 25 têm olhos verdes. Sorteia-se uma pessoa dessa sala. Qual é a probabilidade de que seja loura com olhos verdes? Qual é a probabilidade de que seja loura com olhos azuis? Qual é a probabilidade de que seja ruiva com olhos verdes? Qual é a probabilidade de que seja ruiva com olhos azuis? Qual é a probabilidade de que tenha cabelos castanhos e olhos verdes? Qual é a probabilidade de que tenha cabelos castanhos e olhos azuis? Qual é a probabilidade de que seja loura? Qual é a probabilidade de que seja ruiva? Qual é a probabilidade de que tenha cabelos castanhos? Qual é a probabilidade de que tenha olhos verdes? Qual é a probabilidade de que tenha olhos azuis? Qual é a probabilidade de que seja loura ou tenha olhos verdes? Qual é a probabilidade de que seja loura ou tenha olhos azuis? Qual é a probabilidade de que seja ruiva ou tenha olhos verdes? Qual é a probabilidade de que seja ruiva ou tenha olhos azuis? Qual é a probabilidade de que tenha cabelos castanhos ou olhos verdes? Qual é a probabilidade de que tenha cabelos castanhos ou olhos azuis? Qual é a probabilidade de que seja loura, sabendo-se que tem olhos verdes? Qual é a probabilidade de que seja loura, sabendo-se que tem olhos azuis? Qual é a probabilidade de que seja ruiva, sabendo-se que tem olhos verdes? Qual é a probabilidade de que seja ruiva, sabendo-se que tem olhos azuis? Qual é a probabilidade de que tenha cabelos castanhos, sabendo-se que tem olhos verdes? Qual é a probabilidade de que tenha cabelos castanhos, sabendo-se que tem olhos azuis? Qual é a probabilidade de que tenha olhos verdes, sabendo-se que tem cabelos castanhos? Qual é a probabilidade de que tenha olhos azuis, sabendo-se que tem cabelos castanhos? Qual é a probabilidade de que tenha olhos verdes, sabendo-se que tem cabelos ruivos? Qual é a probabilidade de que tenha olhos azuis, sabendo-se que tem cabelos ruivos? Qual é a probabilidade de que tenha olhos verdes, sabendo-se que tem cabelos louros? Qual é a probabilidade de que tenha olhos azuis, sabendo-se que tem cabelos louros? 9. Em um estudo sobre hábitos alimentares e pressão arterial, foram analisadas 126 pessoas da raça negra e 131 da raça branca. No grupo de estudo havia 93 pessoas vegetarianas, das quais 37 eram da raça negra. Sorteia-se uma pessoa desse grupo. Qual é a probabilidade de que seja da raça negra e vegetariana? Qual é a probabilidade de que seja da raça branca e vegetariana? Qual é a probabilidade de que seja da raça negra e não vegetariana? Qual é a probabilidade de que seja da raça branca e não vegetariana?

7 Qual é a probabilidade de que seja da raça negra? Qual é a probabilidade de que seja da raça branca? Qual é a probabilidade de que seja vegetariana? Qual é a probabilidade de que seja não vegetariana? Sabendo-se que a pessoa é da raça negra, qual é a probabilidade de que seja vegetariana? Sabendo-se que a pessoa é da raça negra, qual é a probabilidade de que não seja vegetariana? Sabendo-se que a pessoa é da raça branca, qual é a probabilidade de que seja vegetariana? Sabendo-se que a pessoa é da raça branca, qual é a probabilidade de que não seja vegetariana? Sabendo-se que a pessoa é vegetariana, qual é a probabilidade de que seja da raça negra? Sabendo-se que a pessoa é vegetariana, qual é a probabilidade de que seja da raça branca? Sabendo-se que a pessoa não é vegetariana, qual é a probabilidade de que seja da raça negra? Sabendo-se que a pessoa não é vegetariana, qual é a probabilidade de que seja da raça branca?

PROBLEMAS COM DIAGRAMAS

PROBLEMAS COM DIAGRAMAS PROBLEMAS COM DIAGRAMAS 1) (FISCAL DO TRABALHO 2010 ESAF) Em um grupo de pessoas, há 20 mulheres e 30 homens, sendo que 20 pessoas estão usando óculos e 36 pessoas estão usando calça jeans. Sabe-se que,

Leia mais

elementos. Caso teremos: elementos. Também pode ocorrer o seguinte fato:. Falsa. Justificativa: Caso, elementos.

elementos. Caso teremos: elementos. Também pode ocorrer o seguinte fato:. Falsa. Justificativa: Caso, elementos. Soluções dos Exercícios de Vestibular referentes ao Capítulo 1: 1) (UERJ, 2011) Uma máquina contém pequenas bolas de borracha de 10 cores diferentes, sendo 10 bolas de cada cor. Ao inserir uma moeda na

Leia mais

2ª Lista de Exercícios

2ª Lista de Exercícios Faculdade Novo Milênio Engenharia da Computação Engenharia de Telecomunicações Processamento de Dados 2006/1 2ª Lista de Exercícios Obs.: Os programas devem ser implementados em C++. 1. Escrever um algoritmo

Leia mais

Atividade à Distância Avaliativa - Probabilidade. 1 Probabilidade - Operações e Propriedades

Atividade à Distância Avaliativa - Probabilidade. 1 Probabilidade - Operações e Propriedades Universidade Estadual de Santa Cruz UESC Professora: Camila M. L Nagamine Bioestatística Atividade à Distância Avaliativa - Probabilidade Se ouço, esqueço; se vejo, recordo; se faço, aprendo. (Provérbio

Leia mais

Programas C com Repetição

Programas C com Repetição Programas C com Repetição 1. Escrever um programa C que lê 5 valores para a, um de cada vez, e conta quantos destes valores são negativos, escrevendo esta informação. 2. Escrever um programa C que lê um

Leia mais

PESQUISA 1 PESQUISA 2 PESQUISA 3 PESQUISA 4 PESQUISA 5 PESQUISA 6

PESQUISA 1 PESQUISA 2 PESQUISA 3 PESQUISA 4 PESQUISA 5 PESQUISA 6 Monique e Rita PESQUISA 1 PESQUISA 2 PESQUISA 3 PESQUISA 4 PESQUISA 5 PESQUISA 6 TÍTULO DA PESQUISA AUTORES/ANO Uso de tabaco por estudantes adolescentes portugueses e fatores associados. Fraga, S., Ramos,

Leia mais

PROVA DO BANCO DO BRASIL - 2010 - MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO RESOLVIDA E COMENTADA Professor Joselias joselias@uol.com.

PROVA DO BANCO DO BRASIL - 2010 - MATEMÁTICA E RACIOCÍNIO LÓGICO RESOLVIDA E COMENTADA Professor Joselias joselias@uol.com. Professor Joselias Abril de2010 MATEMÁTICA 11- Um investidor aplicou certa quantia em um fundo de ações. Nesse fundo, das ações eram da empresa A, eram da empresa B e as restantes, da empresa C. Em um

Leia mais

a) C D. b) C D. c) (A B) (C D). d) (A B) (C D).

a) C D. b) C D. c) (A B) (C D). d) (A B) (C D). Conjuntos e Conjuntos Numéricos Exercícios 1. Uma pesquisa de mercado foi realizada, para verificar a preferência sobre três produtos, A, B e C. 1.00 pessoas foram entrevistadas. Os resultados foram os

Leia mais

EXERCÍCIOS DE REVISÃO MATEMÁTICA CONTEÚDO: PROBABILIDADE 3 a SÉRIE ENSINO MÉDIO

EXERCÍCIOS DE REVISÃO MATEMÁTICA CONTEÚDO: PROBABILIDADE 3 a SÉRIE ENSINO MÉDIO EXERCÍCIOS DE REVISÃO MATEMÁTICA CONTEÚDO: PROBABILIDADE a SÉRIE ENSINO MÉDIO ======================================================================= ) (UF SC) Em uma caixa há 8 bombons, todos com forma,

Leia mais

PLANO DE AULA Autores: Ana Paula Farias Waltrick, Stephanie Caroline Schubert

PLANO DE AULA Autores: Ana Paula Farias Waltrick, Stephanie Caroline Schubert PLANO DE AULA Autores: Ana Paula Farias Waltrick, Stephanie Caroline Schubert 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Nível de Ensino: Ensino Médio Ano/Série: 3º ano Disciplina: Biologia Quantidade de aulas: 2 2. TEMA

Leia mais

Resolução da prova de Raciocínio Lógico APO 2010 (ESAF)

Resolução da prova de Raciocínio Lógico APO 2010 (ESAF) Resolução da prova de Raciocínio Lógico APO 2010 (ESAF) Questão 01) Um viajante, a caminho de determinada cidade, deparou-se com uma bifurcação onde estão três meninos e não sabe que caminho tomar. Admita

Leia mais

Valor Prático da Distribuição Amostral de

Valor Prático da Distribuição Amostral de DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL DA MÉDIA DA AMOSTRA OU DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL DE Antes de falarmos como calcular a margem de erro de uma pesquisa, vamos conhecer alguns resultados importantes da inferência estatística.

Leia mais

Matemática (UENF Grupo I)

Matemática (UENF Grupo I) 2 a fase exame discursivo 01/12/2002 Matemática (UENF Grupo I) Neste caderno você encontrará um conjunto de 05 (cinco) páginas numeradas seqüencialmente, contendo 10 (dez) questões de Matemática. Leia

Leia mais

Professor Mauricio Lutz PROBABILIDADE

Professor Mauricio Lutz PROBABILIDADE PROBABILIDADE Todas as vezes que se estudam fenômenos de observação, cumpre-se distinguir o próprio fenômeno e o modelo matemático (determinístico ou probabilístico) que melhor o explique. Os fenômenos

Leia mais

Leia o texto abaixo para resolver as questões sobre população e amostra.

Leia o texto abaixo para resolver as questões sobre população e amostra. Leia o texto abaixo para resolver as questões sobre população e amostra. População e amostra População e amostra referem-se ao conjunto de entes cujas propriedades desejamos averiguar. População estatística

Leia mais

Um estudante de 23 anos, doador de sangue tipo universal, é moreno, tem estatura mediana e pesa 85 kg. Todas as alternativas apresentam

Um estudante de 23 anos, doador de sangue tipo universal, é moreno, tem estatura mediana e pesa 85 kg. Todas as alternativas apresentam Um estudante de 23 anos, doador de sangue tipo universal, é moreno, tem estatura mediana e pesa 85 kg. Todas as alternativas apresentam características hereditárias desse estudante que são influenciadas

Leia mais

Ser humano, sociedade e cultura

Ser humano, sociedade e cultura Ser humano, sociedade e cultura O ser humano somente vive em sociedade! Isolado nenhuma pessoa é capaz de sobreviver. Somos dependentes uns dos outros,e por isso, o ser humano se organiza em sociedade

Leia mais

Efeitos das ações educativas do Curso de Qualificação Profissional Formação de Jardineiros na vida dos participantes.

Efeitos das ações educativas do Curso de Qualificação Profissional Formação de Jardineiros na vida dos participantes. Efeitos das ações educativas do Curso de Qualificação Profissional Formação de Jardineiros na vida dos participantes. Katiúcia Dias Fernandes 1 Silvério José Coelho 2 Introdução Entre os grandes temas

Leia mais

O retrato do comportamento sexual do brasileiro

O retrato do comportamento sexual do brasileiro O retrato do comportamento sexual do brasileiro O Ministério da Saúde acaba de concluir a maior pesquisa já realizada sobre comportamento sexual do brasileiro. Entre os meses de setembro e novembro de

Leia mais

Módulo X. Querido aluno(a)!!!

Módulo X. Querido aluno(a)!!! 1 Módulo X Querido aluno(a)!!! É o que deseja a equipe www.somaticaeducar.com.br 2 Exercícios 1) Um grupo de 15 elementos apresenta a seguinte composição: Um elemento é escolhido as acaso. Pergunta-se:

Leia mais

CAPÍTULO 9 Exercícios Resolvidos

CAPÍTULO 9 Exercícios Resolvidos CAPÍTULO 9 Exercícios Resolvidos R9.1) Diâmetro de esferas de rolamento Os dados a seguir correspondem ao diâmetro, em mm, de 30 esferas de rolamento produzidas por uma máquina. 137 154 159 155 167 159

Leia mais

PORCENTAGEM. A percentagem ou porcentagem vem do latim per centum, significando "por cento", "a cada centena".

PORCENTAGEM. A percentagem ou porcentagem vem do latim per centum, significando por cento, a cada centena. PORCENTAGEM A percentagem ou porcentagem vem do latim per centum, significando "por cento", "a cada centena". O cálculo de porcentagens, seja para fins de desconto, seja para fins de acréscimo será iniciado

Leia mais

AULA SETE: Associação Lógica

AULA SETE: Associação Lógica 1 AULA SETE: Associação Lógica Olá, amigos! Conforme combinado na aula passada, nosso assunto de hoje será Associação Lógica. Com isso, doravante nossa programação voltará ao normal, conforme estabelecido

Leia mais

PROVA DO BANCO DO BRASIL CESGRANRIO - 2010

PROVA DO BANCO DO BRASIL CESGRANRIO - 2010 PROVA DO BANCO DO BRASIL CESGRANRIO - 2010 Prof. Pacher Ordem da prova amarela 11. Um investidor aplicou certa quantia em um fundo de ações. Nesse fundo, 1/ das ações eram da empresa A, ½ eram da empresa

Leia mais

Exercícios resolvidos sobre Função de probabilidade e densidade de probabilidade

Exercícios resolvidos sobre Função de probabilidade e densidade de probabilidade Exercícios resolvidos sobre Função de probabilidade e densidade de probabilidade Você aprendeu o que é função probabilidade e função densidade de probabilidade e viu como esses conceitos são importantes

Leia mais

SIGNIFICADO DAS PORCENTAGENS Dizer que 10% (lê-se: dez por cento) dos brasileiros são analfabetos é igual a dizer

SIGNIFICADO DAS PORCENTAGENS Dizer que 10% (lê-se: dez por cento) dos brasileiros são analfabetos é igual a dizer Olá pessoal! Este é o nosso segundo encontro. Nele faremos uma revisão de porcentagem. Assunto muito querido pela banca FCC, Vamos começar. PORCENTAGEM TEORIA A expressão por cento significa por cada cem,

Leia mais

UNITAU APOSTILA PROBABILIDADES PROF. CARLINHOS

UNITAU APOSTILA PROBABILIDADES PROF. CARLINHOS ESCOLA DE APLICAÇÃO DR. ALFREDO JOSÉ ALI UNITAU APOSTILA PROAILIDADES ibliografia: Curso de Matemática Volume Único Autores: ianchini&paccola Ed. Moderna Matemática Fundamental - Volume Único Autores:

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA REABILITAÇÃO PROCESSO SELETIVO 2013 Nome: PARTE 1 BIOESTATÍSTICA, BIOÉTICA E METODOLOGIA

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA REABILITAÇÃO PROCESSO SELETIVO 2013 Nome: PARTE 1 BIOESTATÍSTICA, BIOÉTICA E METODOLOGIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA REABILITAÇÃO PROCESSO SELETIVO 2013 Nome: PARTE 1 BIOESTATÍSTICA, BIOÉTICA E METODOLOGIA 1) Um histograma construído a partir de informações amostrais de uma variável

Leia mais

RETA FINAL TÉCNICO JUDICIÁRIO TRF 2ª Região Disciplina: Matemática e Raciocínio lógico Prof.: Joselias da Silva Data: 17/06/07

RETA FINAL TÉCNICO JUDICIÁRIO TRF 2ª Região Disciplina: Matemática e Raciocínio lógico Prof.: Joselias da Silva Data: 17/06/07 01) Três dados idênticos, nos quais a soma das faces opostas é 7, são colocados em uma mesa, conforme a figura abaixo, de modo que cada par de faces coladas tenha o mesmo número. Sabendo-se que a soma

Leia mais

MATEMÁTICA LISTA 1 - CONJUNTOS PROBLEMAS

MATEMÁTICA LISTA 1 - CONJUNTOS PROBLEMAS MATEMÁTICA Prof. Sabará LISTA 1 - CONJUNTOS PROBLEMAS 1. Numa pesquisa sobre preferência de detergentes realiada numa população de 100 pessoas, constatou-se que 62 consomem o produto A; 47 consomem o produto

Leia mais

Noções de Probabilidade e Estatística CAPÍTULO 2

Noções de Probabilidade e Estatística CAPÍTULO 2 Noções de Probabilidade e Estatística Resolução dos Exercícios Ímpares CAPÍTULO 2 Felipe E. Barletta Mendes 8 de outubro de 2007 Exercícios da seção 2.1 1 Para cada um dos casos abaixo, escreva o espaço

Leia mais

Aulão da Revisão. Aulão de Revisão

Aulão da Revisão. Aulão de Revisão Aulão da Revisão TOP Dica01 Bicondicional na moda Seja Dum conjunto de pontos da reta. Sejam K, FeL categorias possíveis para classificar D. Uma expressão que equivale logicamente à afirmação D é K se

Leia mais

Património Genético. Genética - estuda a transmissão de características de uma geração para a outra

Património Genético. Genética - estuda a transmissão de características de uma geração para a outra Património Genético Genética - estuda a transmissão de características de uma geração para a outra E o que acontece quando os pais se cruzam com outros de caracteres opostos? Por que pais altos geram

Leia mais

Pesquisa Restaurante Universitário

Pesquisa Restaurante Universitário Pesquisa Restaurante Universitário Apresentação A pesquisa foi realizada entre os dias 09 de maio e 10 de junho de 2.011, com o auxílio da Seção Técnica de Informática STI. 1.019 pessoas responderam o

Leia mais

o hemofílico. Meu filho também será?

o hemofílico. Meu filho também será? A U A UL LA Sou hemofílico. Meu filho também será? Nas aulas anteriores, você estudou alguns casos de herança genética, tanto no homem quanto em outros animais. Nesta aula, analisaremos a herança da hemofilia.

Leia mais

Raciocínio Lógico-Quantitativo Correção da Prova APO 2010 Gabarito 1 Prof. Moraes Junior RACIOCÍNIO LÓGICO-QUANTITATIVO

Raciocínio Lógico-Quantitativo Correção da Prova APO 2010 Gabarito 1 Prof. Moraes Junior RACIOCÍNIO LÓGICO-QUANTITATIVO RACIOCÍNIO LÓGICO-QUANTITATIVO 1 - Um viajante, a caminho de determinada cidade, deparou-se com uma bifurcação onde estão três meninos e não sabe que caminho tomar. Admita que estes três meninos, ao se

Leia mais

7- Probabilidade da união de dois eventos

7- Probabilidade da união de dois eventos . 7- Probabilidade da união de dois eventos Sejam A e B eventos de um mesmo espaço amostral Ω. Vamos encontrar uma expressão para a probabilidade de ocorrer o evento A ou o evento B, isto é, a probabilidade

Leia mais

FCHS - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS PRIAD PROGRAMA DE REVISÃO INTENSIVA EM ADMINISTRAÇÃO

FCHS - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS PRIAD PROGRAMA DE REVISÃO INTENSIVA EM ADMINISTRAÇÃO FCHS - FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS PRIAD PROGRAMA DE REVISÃO INTENSIVA EM ADMINISTRAÇÃO TEMA PRIAD PROBABILIDADES E APLICAÇÕES PRÁTICAS DATA / / ALUNO RA TURMA 1) Num levantamento realizado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AMBIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS 3

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AMBIENTAL LISTA DE EXERCÍCIOS 3 UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA CAMPUS DE JI-PARANÁ DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AMBIENTAL Disciplina: Estatística II LISTA DE EXERCÍCIOS 3 1. Testes de resistência à tensão foram feitas em duas estruturas

Leia mais

PESQUISA DE MERCADO AMOSTRAGEM

PESQUISA DE MERCADO AMOSTRAGEM PESQUISA DE MERCADO Universo, população e amostra Coleta de dados: é impossível adquirir informações de um todo (universo ou população); Por essa razão escolhe-se uma parte do todo (amostra) representação

Leia mais

Genética III: Genética Humana

Genética III: Genética Humana Genética III: Genética Humana 1. Genética Humana As árvores genealógicas são usadas para mostrar a herança de doenças genéticas humanas. Uma árvore genealógica na qual é possível rastrear o padrão de herança

Leia mais

AS DISTORÇÕES DA SAÚDE NO BRASIL. Senhor Presidente, notícias UOL publicou uma reportagem evidenciando as

AS DISTORÇÕES DA SAÚDE NO BRASIL. Senhor Presidente, notícias UOL publicou uma reportagem evidenciando as ** Discurso proferido pelo deputado GERALDO RESENDE (PMDB/MS), em sessão no dia 23/10/2013. AS DISTORÇÕES DA SAÚDE NO BRASIL Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, No último dia 17, quinta-feira,

Leia mais

1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo.

1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo. 1) A distribuição dos alunos nas 3 turmas de um curso é mostrada na tabela abaixo. A B C Homens 42 36 26 Mulheres 28 24 32 Escolhendo-se uma aluna desse curso, a probabilidade de ela ser da turma A é:

Leia mais

Cálculo das Probabilidades e Estatística I

Cálculo das Probabilidades e Estatística I Cálculo das Probabilidades e Estatística I Prof a. Juliana Freitas Pires Departamento de Estatística Universidade Federal da Paraíba - UFPB juliana@de.ufpb.br Introdução a Probabilidade Existem dois tipos

Leia mais

MATEMÁTICA IV PROBABILIDADE DISCURSIVAS SÉRIE AULA AULA 03

MATEMÁTICA IV PROBABILIDADE DISCURSIVAS SÉRIE AULA AULA 03 MATEMÁTICA IV PROBABILIDADE DISCURSIVAS SÉRIE AULA AULA 03 1 1) (FGV-SP 2008) Há apenas dois modos de Cláudia ir para o trabalho: de ônibus ou de moto. A probabilidade de ela ir de ônibus é 30% e, de moto,

Leia mais

Noções de Lógica - Teoria e Exercícios

Noções de Lógica - Teoria e Exercícios ALUNO(A) C O L É G I O PROFESSOR (A) Alan Jefferson Série 1º ano Noções de Lógica - Teoria e Exercícios PROPOSIÇÃO Chama-se proposição ou sentença toda oração declarativa que pode ser classificada em verdadeira

Leia mais

Relatório Estatístico da Pesquisa Realizada no 23º Congresso Estadual da APEOESP

Relatório Estatístico da Pesquisa Realizada no 23º Congresso Estadual da APEOESP Relatório Estatístico da Pesquisa Realizada no 23º Congresso Estadual da APEOESP (1 a 3 de dezembro de 2010) Objetivos da Pesquisa: 1) Gerais: Conhecer mais profundamente a saúde e condições de trabalho

Leia mais

CONJUNTOS. PROBABILIDADES Professora Rosana Relva Números Inteiros e Racionais. Uma breve história. Alguns conceitos primitivos CONJUNTOS ELEMENTOS

CONJUNTOS. PROBABILIDADES Professora Rosana Relva Números Inteiros e Racionais. Uma breve história. Alguns conceitos primitivos CONJUNTOS ELEMENTOS PROBABILIDADES Professora Rosana Relva Números Inteiros e Racionais rrelva@globo.com 1 Uma breve história e administrar os seus bens de forma a não ser enganado. O homem sempre teve a necessidade de se

Leia mais

WWW.CPCCONCURSOS.COM.BR

WWW.CPCCONCURSOS.COM.BR REVISÃO PRÉ-PROVA QUESTÕES DA FCC 1. (TRT 15ª região 2015 Analista Judiciário) O cadastro dos pacientes que se consultaram em uma clínica odontológica, em janeiro, indica que apenas 5 2 eram homens. Desses

Leia mais

3 Método 3.1. Entrevistas iniciais

3 Método 3.1. Entrevistas iniciais 3 Método 3.1. Entrevistas iniciais Os primeiros passos para elaboração do questionário foram entrevistas semiestruturadas feitas pelo telefone com o objetivo de descobrir o tempo máximo de lembrança das

Leia mais

RELATÓRIO DE PESQUISA INSTITUCIONAL: Avaliação dos alunos egressos de Direito

RELATÓRIO DE PESQUISA INSTITUCIONAL: Avaliação dos alunos egressos de Direito RELATÓRIO DE PESQUISA INSTITUCIONAL: Avaliação dos alunos egressos de Direito CARIACICA-ES ABRIL DE 2011 FACULDADE ESPÍRITO SANTENSE DE CIÊNCIAS JURÍDICAS Pesquisa direcionada a alunos egressos dos cursos

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde

Pesquisa Nacional de Saúde Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Pesquisa Nacional de Saúde 21/08/15 Histórico INVESTIGAÇÃO DO TEMA SAÚDE... 1998 2003 2008 2013 PNAD Características da PNS Pesquisa Domiciliar

Leia mais

Raciocínio Lógico Exercícios. Prof. Pacher A B P(A B) P(A/B) = P(B) n(a) P(A) = n(s) PROBABILIDADE DECORRÊNCIA DA DEFINIÇÃO

Raciocínio Lógico Exercícios. Prof. Pacher A B P(A B) P(A/B) = P(B) n(a) P(A) = n(s) PROBABILIDADE DECORRÊNCIA DA DEFINIÇÃO PROBBILIDDE Introdução teoria da probabilidade é o ramo da matemática que cria, desenvolve e em geral pesquisa modelos que podem ser utilizados para estudar experimentos aleatórios ou não determinísticos.

Leia mais

PERFIL DO PROCURADOR DO ESTADO DE PERNAMBUCO

PERFIL DO PROCURADOR DO ESTADO DE PERNAMBUCO PROCURADORIA GERAL 8% 8% 8% CORREGEDORIA SECRETARIA GERAL 4% CENTRO DE ESTUDOS 12% PROCURADORIA DE APOIO PROCURADORIA CONSULTIVA 23% PROCURADORIA CONTENCIOSO 37% PROCURADORIA DA FAZENDA PROCURADORIA REGIONAL

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ALGARVE

UNIVERSIDADE DO ALGARVE UNIVERSIDADE DO ALGARVE ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA C.E.T. EM TOPOGRAFIA E CADASTRO REGIME DIURNO - 2º SEMESTRE - 1º ANO - 2007 / 2008 DISCIPLINA DE NOÇÕES DE PROBABILIDADES E ESTATÍSTICA Ficha nº2 -

Leia mais

1ª Lista de Exercícios - 2009.2 Lógica Informal - Gabarito

1ª Lista de Exercícios - 2009.2 Lógica Informal - Gabarito Universidade Federal de Campina Grande Centro de Engenharia Elétrica e Informática Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação Disciplina: Lógica Matemática Professora: Joseluce de Farias Cunha Monitor:

Leia mais

Relatório de Pesquisa 2012. Perfil Sócio econômico do Turista de Eventos Apoiados / Captados pelo RCVB

Relatório de Pesquisa 2012. Perfil Sócio econômico do Turista de Eventos Apoiados / Captados pelo RCVB Relatório de Pesquisa 2012 Perfil Sócio econômico do Turista de Eventos Apoiados / Captados pelo RCVB PERFIL DO TURISTA GÊNERO E FAIXA ETÁRIA Gênero Neste ano, ao contrário do registrado no ano Mulher

Leia mais

Revisão ENEM. Conjuntos

Revisão ENEM. Conjuntos Revisão ENEM Conjuntos CONJUNTO DOS NÚMEROS NATURAIS N Números naturais são aqueles utilizados na contagem dos elementos de um conjunto. N = {0,1,2,3,...} N* = {1,2,3,4,...} CONJUNTO DOS NÚMEROS INTEIROS

Leia mais

Probabilidades Duds. A probabilidade de que este último lápis retirado não tenha ponta é igual a: a) 0,64 b) 0,57 c) 0,52 d) 0,42

Probabilidades Duds. A probabilidade de que este último lápis retirado não tenha ponta é igual a: a) 0,64 b) 0,57 c) 0,52 d) 0,42 Probabilidades Duds 1. (Upe 2013) Em uma turma de um curso de espanhol, três pessoas pretendem fazer intercâmbio no Chile, e sete na Espanha. Dentre essas dez pessoas, foram escolhidas duas para uma entrevista

Leia mais

CAPÍTULO 04 NOÇÕES DE PROBABILIDADE

CAPÍTULO 04 NOÇÕES DE PROBABILIDADE CAPÍTULO 0 NOÇÕES DE PROBABILIDADE. ESPAÇO AMOSTRAL É o conjunto de todos os possíveis resultados de um experimento aleatório. No lançamento de uma moeda perfeita (não viciada) o espaço amostral é S =

Leia mais

Genética Conceitos Básicos

Genética Conceitos Básicos Genética Conceitos Básicos O que é genética? É o estudo dos genes e de sua transmissão para as gerações futuras. É dividida em: Genética Clássica Mendel (1856 1865) Genética Moderna Watson e Crick (1953).

Leia mais

GENÉTICA. a) 180 b) 240 c) 90 d) 120 e) 360

GENÉTICA. a) 180 b) 240 c) 90 d) 120 e) 360 GENÉTICA 1. O gene autossômico que condiciona pêlos curtos no coelho é dominante em relação ao gene que determina pêlos longos. Do cruzamento entre coelhos heterozigotos nasceram 480 filhotes, dos quais

Leia mais

26-03-2014. Resultado do Inquérito aos Estudantes do MIMV. Validade Estatística. Caracterização: Idade. Estudo: Total de respostas = 532

26-03-2014. Resultado do Inquérito aos Estudantes do MIMV. Validade Estatística. Caracterização: Idade. Estudo: Total de respostas = 532 6-- Validade Estatística Amostragem por conveniência Resultado do Inquérito aos Estudantes do MIMV Total de respostas = 5 Departamento de Educação Médico-Veterinária demv@famvet.pt Amostra necessária:

Leia mais

a) ½ b) 1/3 c) 14 d) 1/5 e) 1/6

a) ½ b) 1/3 c) 14 d) 1/5 e) 1/6 PROBABILIDADE 1) (ANEEL) Ana tem o estranho costume de somente usar blusas brancas ou pretas. Por ocasião de seu aniversário, Ana ganhou de sua mãe quatro blusas pretas e cinco brancas. Na mesma ocasião,

Leia mais

PERFIL DE EGRESSOS DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DA FEA.FUMEC

PERFIL DE EGRESSOS DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DA FEA.FUMEC PERFIL DE EGRESSOS DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DA FEA.FUMEC Lúcio Flávio Nunes Moreira luciof@fumec.br Faculdade de Engenharia e Arquitetura da Universidade FUMEC Rua Cobre, 200 Cruzeiro 30.310-190 -

Leia mais

PROVA RESOLVIDA E COMENTADA DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL(PRF) - Professor Joselias Out- 2009.

PROVA RESOLVIDA E COMENTADA DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL(PRF) - Professor Joselias Out- 2009. PROVA RESOLVIDA E COMENTADA DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL(PRF) - Oi Amigos, Como estou recebendo muitos pedidos da resolução da prova a PRF-2009. Elaborei os comentários das questões. Observe que foram

Leia mais

Opinião N15 ANÁLISE DO DESEMPENHO ACADÊMICO DOS COTISTAS DOS CURSOS DE MEDICINA E DIREITO NO BRASIL

Opinião N15 ANÁLISE DO DESEMPENHO ACADÊMICO DOS COTISTAS DOS CURSOS DE MEDICINA E DIREITO NO BRASIL Opinião N15 ANÁLISE DO DESEMPENHO ACADÊMICO DOS COTISTAS DOS CURSOS DE MEDICINA E DIREITO NO BRASIL MÁRCIA MARQUES DE CARVALHO 1 E GRAZIELE DOS SANTOS CERQUEIRA 2 As políticas de ação afirmativa no acesso

Leia mais

Um carro do modelo B foi comprado nessa concessionária. Dado que esse carro é de cor prata, qual a probabilidade que seu motor seja 1.0?

Um carro do modelo B foi comprado nessa concessionária. Dado que esse carro é de cor prata, qual a probabilidade que seu motor seja 1.0? PROVA DE MATEMÁTICA - TURMAS DO o ANO DO ENSINO MÉDIO COLÉGIO ANCHIETA-BA - ABRIL DE 0. ELABORAÇÃO: PROFESSORES ADRIANO CARIBÉ E WALTER PORTO. PROFESSORA MARIA ANTÔNIA C. GOUVEIA QUESTÃO 0) - (UEMS) Uma

Leia mais

DISCURSIVAS SÉRIE AULA AULA 02

DISCURSIVAS SÉRIE AULA AULA 02 A MATEMÁTICA V MATEMÁTICA BÁSICA DISCURSIVAS SÉRIE AULA AULA 02 1) (FAVA 2012) Considere os conjuntos A, B e C, representados ao lado, e sabendo que n( B ) 24 n( A B ) 4 n( B C ) 16 n( A C ) 11 n( B C

Leia mais

Estatística Aplicada ao Serviço Social Módulo 1:

Estatística Aplicada ao Serviço Social Módulo 1: Estatística Aplicada ao Serviço Social Módulo 1: Introdução à Estatística Importância da Estatística Fases do Método Estatístico Variáveis estatísticas. Formas Iniciais de Tratamento dos Dados Séries Estatísticas.

Leia mais

1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3.

1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3. 1 1. Avaliação de impacto de programas sociais: por que, para que e quando fazer? (Cap. 1 do livro) 2. Estatística e Planilhas Eletrônicas 3. Modelo de Resultados Potenciais e Aleatorização (Cap. 2 e 3

Leia mais

Noções de Probabilidade

Noções de Probabilidade Noções de Probabilidade Bacharelado em Economia - FEA - Noturno 1 o Semestre 2015 Gilberto A. Paula G. A. Paula - MAE0219 (IME-USP) Noções de Probabilidade 1 o Semestre 2015 1 / 59 Objetivos da Aula Sumário

Leia mais

ESC. EST. PROF. ANTÔNIO ALADIM DE ARAÚJO

ESC. EST. PROF. ANTÔNIO ALADIM DE ARAÚJO ESC. EST. PROF. ANTÔNIO ALADIM DE ARAÚJO SIMULADO DE MATEMÁTICA ENEM 2015 1) Os povos egípcios foram um dos primeiros a criar um sistema de numeração. A figura mostra a representação de alguns números

Leia mais

CURSO ON-LINE PROFESSOR GUILHERME NEVES

CURSO ON-LINE PROFESSOR GUILHERME NEVES Olá pessoal! Resolverei neste ponto mais uma prova da FUNIVERSA. Desta vez é a prova para Economista do CEB Distribuição S/A realizada em fevereiro de 2010. Aproveito a oportunidade para falar dos cursos

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS. CONTEÚDO: LÓGICA E TEORIA DOS CONJUNTOS PROFESSORES: João Mendes e Alexandrino

LISTA DE EXERCÍCIOS. CONTEÚDO: LÓGICA E TEORIA DOS CONJUNTOS PROFESSORES: João Mendes e Alexandrino CONTEÚDO: LÓGICA E TEORIA DOS CONJUNTOS PROFESSORES: João Mendes e Alexandrino LISTA DE EXERCÍCIOS 01. Roberto, Sérgio, Carlos, Joselias e Aldo estão trabalhando em um projeto, onde cada um exerce uma

Leia mais

Porcentagem Coletânea ENEM

Porcentagem Coletânea ENEM Porcentagem Coletânea ENEM 1. (Enem 2011) Um jovem investidor precisa escolher qual investimento lhe trará maior retomo financeiro em uma aplicação de R$ 500,00. Para isso, pesquisa o rendimento e o imposto

Leia mais

MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro

MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro MS divulga retrato do comportamento sexual do brasileiro Notícias - 18/06/2009, às 13h08 Foram realizadas 8 mil entrevistas com homens e mulheres entre 15 e 64 anos. A análise das informações auxiliará

Leia mais

CORRELAÇÃO ENTRE CONSUMIDORES DE DROGAS LICITAS E ILICITAS EM UM CAPS II

CORRELAÇÃO ENTRE CONSUMIDORES DE DROGAS LICITAS E ILICITAS EM UM CAPS II 929 CORRELAÇÃO ENTRE CONSUMIDORES DE DROGAS LICITAS E ILICITAS EM UM CAPS II Ana Paula Fernandes de Lima Demarcina Weinheimer Jussara Terres Larissa Medeiros Tarlise Jardim Vanessa Campos Camila Jacques

Leia mais

PREVENÇÃO ÀS LER/DORT

PREVENÇÃO ÀS LER/DORT PREVENÇÃO ÀS LER/DORT Introdução Durante os dias 19, 20 e 23 de julho o Datafolha ouviu os trabalhadores paulistanos sobre sua vida no trabalho (atividades desempenhadas, carga horária, realização de horas

Leia mais

Administração em Enfermagem Teorias da Administração - Aula 3

Administração em Enfermagem Teorias da Administração - Aula 3 Administração em Enfermagem Teorias da Administração - Aula 3 Teorias da Administração Aula 3 Teoria Científica Taylorismo (Continuação) Taylor observou que, ao realizar a divisão de tarefas, os operários

Leia mais

PROBABILIDADE: DIAGRAMAS DE ÁRVORES

PROBABILIDADE: DIAGRAMAS DE ÁRVORES PROBABILIDADE: DIAGRAMAS DE ÁRVORES Enunciados dos problemas Ana Maria Lima de Farias Departamento de Estatística (GET/UFF) 1. Na gincana anual do Colégio Universitário, 60% dos alunos presentes são do

Leia mais

Bom serviço dentro da garantia Serviço deficiente dentro da garantia Vendedores de determinada marca de pneus 64 16

Bom serviço dentro da garantia Serviço deficiente dentro da garantia Vendedores de determinada marca de pneus 64 16 Lista de Probabilidade Básica com gabarito 1. Considere a experiência que consiste em pesquisar famílias com três crianças, em relação ao sexo das mesmas, segundo a ordem de nascimento. (a)determine o

Leia mais

Universidade Federal Fluminense

Universidade Federal Fluminense Universidade Federal Fluminense INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA ESTATÍSTICA V Lista 9: Intervalo de Confiança. 1. Um pesquisador está estudando a resistência de um determinado

Leia mais

O conceito de probabilidade

O conceito de probabilidade A UA UL LA O conceito de probabilidade Introdução Nesta aula daremos início ao estudo da probabilidades. Quando usamos probabilidades? Ouvimos falar desse assunto em situações como: a probabilidade de

Leia mais

PROJETO DE BANCO DE DADOS LISTA 002 Projeto Conceitual

PROJETO DE BANCO DE DADOS LISTA 002 Projeto Conceitual LISTA DE EXERCÍCIOS 002 6. AGÊNCIA DE TURISMO Faça a modelagem de dados de uma agência de turismo, que tenha: controle de clientes, com todas as informações detalhadas; controle de companhias aéreas que

Leia mais

Quando dois eventos devem acontecer simultaneamente as probabilidades individuais devem ser MULTIPLICADAS.

Quando dois eventos devem acontecer simultaneamente as probabilidades individuais devem ser MULTIPLICADAS. Regra do E Quando dois eventos devem acontecer simultaneamente as probabilidades individuais devem ser MULTIPLICADAS. Regra do OU Quando deve acontecer um evento ou outro, as probabilidades devem ser SOMADAS.

Leia mais

AULA OITO: Verdades e Mentiras

AULA OITO: Verdades e Mentiras CURSO ONLIN RACIOCÍNIO LÓGICO 1 AULA OITO: Verdades e Mentiras Olá, amigos! aremos hoje seguimento ao nosso curso, estudando um assunto deveras interessante, e freqüentemente cobrado em provas de raciocínio

Leia mais

Matemática. Resolução das atividades complementares. M16 Probabilidade

Matemática. Resolução das atividades complementares. M16 Probabilidade Resolução das atividades complementares Matemática M Probabilidade p. 7 (FGV-SP) Uma urna contém quinze bolinhas numeradas de a. a) Se uma bolinha for sorteada, qual a probabilidade de que o número observado

Leia mais

TUDO BEM SER DIFERENTE?!? A PRÁTICA CURRICULAR COMO ESPELHO DA CULTURA.

TUDO BEM SER DIFERENTE?!? A PRÁTICA CURRICULAR COMO ESPELHO DA CULTURA. Culturas e Conhecimentos Disciplinares Débora Barreiros TUDO BEM SER DIFERENTE?!? A PRÁTICA CURRICULAR COMO ESPELHO DA CULTURA. Numa sociedade em que o discurso sobre o respeito à diferença ganha cada

Leia mais

MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 18 PROBABILIDADE DE MAIS DE UM EVENTO

MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 18 PROBABILIDADE DE MAIS DE UM EVENTO MATEMÁTICA - 3 o ANO MÓDULO 18 PROBABILIDADE DE MAIS DE UM EVENTO Como pode cair no enem (ENEM) Em um jogo disputado em uma mesa de sinuca, há 16 bolas: 1 branca e 15 coloridas, as quais, de acordo com

Leia mais

Descrição bibliográfica de Série Periódica

Descrição bibliográfica de Série Periódica Descrição bibliográfica de Série Periódica Objetivo: Aplicar o conhecimento adquirido para descrição bibliográfica de uma série periódica (artigos) usando o LILDBI-Web. Conteúdos desta aula Descrição bibliográfica

Leia mais

Exercícios resolvidos sobre Definição de Probabilidade

Exercícios resolvidos sobre Definição de Probabilidade Exercícios resolvidos sobre Definição de Probabilidade Nesta Unidade de estudo, até este ponto você aprendeu definições de probabilidade e viu como os conceitos se aplicam a várias situações. Observe agora

Leia mais

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1

42º Congresso Bras. de Medicina Veterinária e 1º Congresso Sul-Brasileiro da ANCLIVEPA - 31/10 a 02/11 de 2015 - Curitiba - PR 1 1 ESTIMATIVA DA POPULAÇÃO CANINA E FELINA NOS ANOS 2010 E 2013 E PERCEPÇÃO DAS PESSOAS QUANTO A GUARDA RESPONSÁVEL NO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DOS PINHAIS - BAIRRO GUATUPÊ LUCAS GALDIOLI 1, RAFAELA FURIOSO

Leia mais

Formação Social e Humana O voluntariado como modalidade pedagógica

Formação Social e Humana O voluntariado como modalidade pedagógica Formação Social e Humana O voluntariado como modalidade pedagógica Congresso Nacional de Práticas Pedagógicas no Ensino Superior Formação Social e Humana Unidade optativa do Mestrado Integrado em Medicina

Leia mais

Projeto O maravilhoso nos contos de origem africana

Projeto O maravilhoso nos contos de origem africana Colégio Pedro II Unidade Escolar Realengo II Informática Educativa 2012 6º ano Professores: Simone Lima e Alex Rodrigues (Informática Educativa) Raquel Cristina e Eliane Moreira (Língua Portuguesa) Projeto

Leia mais

Unidade 7. Reprodução e hereditariedade

Unidade 7. Reprodução e hereditariedade Unidade 7 Reprodução e hereditariedade O ESTUDO DA HEREDITARIEDADE Teoria da pré-formação ou Progênese: dentro de cada semente (gameta) existiam miniaturas de seres humanos, chamados homúnculos. Gregor

Leia mais

Exercícios sobre Jess

Exercícios sobre Jess Exercícios sobre Jess Na página da cadeira, anexo a esta lista de exercícios, encontra ficheiros com código Jess que corresponde à resolução das alíneas aqui assinaladas com **. Deverá estender esse código

Leia mais

abaixo, onde a é o dividendo, d é o divisor, q é o quociente e r é o resto.

abaixo, onde a é o dividendo, d é o divisor, q é o quociente e r é o resto. Conjuntos numéricos 1) Naturais N = {0,1,2,3, } 2) Inteiros Z = { -3, -2, -1, 0, 1, 2, } Z + {1, 2, 3, } a) Divisão inteira Na divisão inteira de um número a por d, obtém se quociente q e resto r, segundo

Leia mais