GesToc Gestão de Transferências entre Estoques Versão 7.1 Roteiro: Programação Diária

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GesToc Gestão de Transferências entre Estoques Versão 7.1 Roteiro: Programação Diária"

Transcrição

1 GesToc Gestão de Transferências entre Estoques Versão 7.1 Roteiro: Programação Diária

2 Roteiro: Programação Diária GesToc - Gestão de Transferências entre Estoques Versão 7.1 ilab Sistemas Especialistas

3 Sumário I Sumário Parte I Introdução 2 Parte II 4 1 Data Escalas Posição... 7 Produção Controle Pedidos Retirada Balanço Viagens Cadastro de Viagem... Reserva de Vagas... Composição de... Movimentos Fechamento de... Viagem Projeção Índice 0 I

4 Parte I

5 Introdução 1 2 Introdução Esse documento apresenta uma lista simplificada dos procedimentos básicos para elaboração de uma programação de transferência diária de produtos entre as unidades da empresa. Determina uma seqüência simplificada das rotinas a serem efetuadas, mas não contempla situações específicas que por ventura venham a ocorrer. A condição inicial para execução desse roteiro parte do pressuposto de que os dados cadastrais encontram-se atualizados. Ou seja, particularmente as informações sobre tipo de e peso dos paletes de produtos, condição da frota, com a composição de carros e carretas, e capacidade de carga dessas últimas, além dos tempos de deslocamento entre as unidades, encontram-se corretamente alimentados no sistema.

6 Parte II

7 2 4 A lista de procedimentos abaixo compreende um roteiro padrão da atividade diária de programação de transferências, utilizando o sistema GesToc. Obviamente, dependendo de condições específicas de uma determinada data, outras operações complementares podem se mostrar necessárias. Abaixo temos uma representação da ordem básica de procedimentos a serem seguidos: Datas Escalas Posição Controle Pedidos Balanço Viagens Projeção

8 2.1 5 Data Acessar o cadastro de datas, clicando sobre o calendário principal do sistema. Caso não haja a definição do dia de hoje, cadastrá-lo no sistema. Após isso, ativar esse dia como a data atual, efetuando um duplo-clique no registro, ou acionando o menu botão Selecionar.

9 2.2 6 Escalas Acessando a função de escalas, definir os horários de trabalho e os carros possíveis para alocação para cada motorista. Caso a programação siga uma escala já existente, como, por exemplo, do dia anterior, pode-se simplesmente copiar essa programação a partir do menu botão Copiar. Após essa operação, revisar possíveis alterações que possam existir nesse dia específico.

10 2.3 7 Posição Acionar a função posição, acessando o menu botão Importar. Ao executar essa função, será solicitada a seleção do arquivo de posição correspondente ao dia de hoje. Após executar a importação, serão exibidos os dados correspondentes à posição de estoque de cada unidade. Caso ocorra um erro ou mensagem indicando a existência de códigos de produtos não cadastrados no arquivo de posição, deve-se antes de efetuar a importação da posição, atualizar o cadastro de produtos.

11 8 A atualização da lista de produtos é feita na função de produtos, acionando o menu botão Importar, e selecionando-se o mesmo arquivo correspondente ao dia de hoje. Após esse processo, não esquecer de identificar os novos produtos (possivelmente sendo apresentados como grupo e família DESCONHECIDO), e atualizar os atributos dos produtos, como grupo, família, tipo de palete e vasilhame.

12 Produção Ainda no formulário de posição, filtrar a listagem para apenas a unidade de fábricação e apontar, na coluna Produção da guia Entradas, a quantidade de caixas programadas para produção de cada produto. Caso seja necessária alguma correção de valores, pode-se utilizar a coluna Extra da planilha principal, que aceita tanto valores positivos como negativos para apontamento.

13 Controle Após analisar os dados importados e o apontamento de produção, é interessante revisar os dados de controle de transferência. Particularmente os dados de dias mínimos de cobertura de estoque dos produtos, onde podemos apontar casos especiais de períodos de promoção ou correções para a programação, modificando os dias atualmente considerados.

14 Pedidos Acessando a função de pedidos da tela principal, cadastrar diretamente as solicitações extras de produtos, em caixas, efetuadas pelas unidades para o dia atual. Pode já existir no cadastro de pedidos, apontamentos já efetuados com base em uma programação de retirada anteriormente cadastrada deve-se confirmar e revisar esses dados.

15 Retirada Ainda na função de pedidos, pode-se também efetuar a programação de retirada de produtos dos fornecedores (Água Prata, Kaiser, etc...). Primeiro deve-se indicar qual a família de produtos será analisada (p.e. Cerveja) e para qual unidade será programada a retirada. Após isso acionar o menu botão Programar que exibe uma planilha para programação da retirada nos próximos dias do calendário. Um detalhe importante nessa programação é o de que são planilhados apenas os dias já cadastrados no calendário de datas. Por isso, caso haja necessidade de mais dias, efetuar anteriormente o cadastro dessas datas. A planilha tem como base a posição atual de estoque e a demanda prevista. Para essa posição, exibe-se a projeção de dias de cobertura, acompanhada dos valores de dias mínimos configurados e da coluna Vezes. O produto dos dias mínimos pelo valor da coluna vezes é que determina qual a demanda de solicitação de retirada. Por exemplo, para um produto que tenha a necessidade de um estoque de cobertura de 3 dias, ao se definir o valor vezes como sendo 5, será indicada uma demanda de solicitação equivalente a 15 vezes (3 x 5) a demanda de vendas diárias do produto. Isso pode ser encarado como a programação de retirada para formar estoque de maneira a cobrir 5 dias úteis de vendas. Após esse apontamento, deve-se, manualmente, apontar para cada um dos dias seguintes, a programação de quantos paletes solicitar em cada dia, analisando o total de paletes do dia de forma a compor a carga de uma ou mais carretas.

16 Balanço Após definir os dados de posição e entrada de pedidos, deve-se acessar a função de balanço do sistema. Essa função é um dos mecanismos principais de otimização do sistema, devendo sempre ser reprocessado no caso de alterações nos dados de posição, produção, controle e pedidos do dia atual. Sua execução é simples, bastando acionar o menu botão Otimizar. Após um procedimento de cálculos, será exibida a lista de movimentações propostas, ordenada, a princípio da maior movimentação para a menor. Essa prioridade será seguida no sistema para auxiliar a compor as viagens e transferências do dia.

17 14 É importante analisar também a planilha 'Alertas', onde são listados os produtos que não foi possível propor movimentação de produtos por falta de excedente nos estoques totais que cobrissem os valores mínimos necessários em determinados estoques. Esses registros devem ser checados, particularmente os que apresentem baixos valores (muito negativos) de excedente. Deve-se verificar a programação de produção desses produtos, as demandas de venda e posições de estoque em todas as unidades, revisando valores ou alterando a cobertura mínima de dias. Após isso, efetuar novamente o processo de otimização do balanço.

18 Viagens Após preparar todos os dados de projeção, iniciar o processo de programação de viagens e composição de movimentos. Isso envolve a utilização das funções de viagens, movimentos, e reservas. Detalharemos o ciclo de programação completo de uma viagem, que deve ser repetido até preenchermos as escalas de trabalho dos motoristas segundo a necessidade operacional do dia. Cadastro da viagem Reserva de vagas Composição de movimentos Fechamento da viagem

19 Cadastro de Viagem Acessar a função de viagens, onde estão listadas todas as viagens apontadas para o dia, com a identificação da rota, motorista, carro e horários a serem seguidos. Importante notar que o conceito de viagem no sistema é o deslocamento entre duas unidades, e não o ciclo completo de ida e volta. O sistema trabalha idealmente com o encadeamento de viagens, amarrando a localização de cada motorista e carro em determinado horário. Para cadastrar a viagem acionar o menu botão Incluir, sendo exibido um formulário de cadastro.

20 17 Primeiro devemos indicar a rota a ser seguida. Clicando-se no botão Sugestão Rota, é aberto um formulário com as rotas e lista de produtos em ordem decrescente de prioridade. Deve-se analisar essa lista, e ir cobrindo as demandas de preferência seguindo a ordem estabelecida. Ao selecionar um registro, estamos selecionando a rota.

21 18 Após selecionar a rota, deve-se indicar qual o motorista/carro, segundo a escala de alocações do dia, que efetuará essa viagem. Isso é facilitado clicando-se no botão Sugestão Alocação, que exibe uma lista com os motoristas/carros na origem da viagem, e com o horário mínimo para partida da viagem. Note que, caso essa lista não indique um motorista/carro desejado, pode ser necessário enviá-lo antes para esse destino. Ou seja, devemos selecionar uma rota de ida ou volta correspondente, alterando-se a rota da viagem com o botão Rota, e posteriormente selecionar o motorista/carro desejado. Esse procedimento obriga o cadastramento de todas as viagens, mesmo aquelas que possivelmente não envolvam movimentação de produtos, mas que, porém, possibilitam o controle de quilometragem e deslocamentos efetuados pelos motoristas e carros.

22 19 Após apontar os dados de rota, motorista e carro, deve-se confirmar os horários de partida, duração e chegada da viagem. A duração padrão da viagem pode ser obtida clicando-se sobre o botão Duração, que efetua o cálculo do intervalo de tempo da viagem. Todos esses dados podem ser revisados e alterados.

23 Reserva de Vagas Antes de compor os produtos e quantidades movimentados na viagem, deve-se apontar as reservas de vagas nas carretas para outros produtos, caso haja necessidade. Essas reserva de vagas é feita pelo formulário de reservas, devendo-se selecionar a correspondente viagem e cadastrar os itens desejados, não se esquecendo de estimar os peso e ocupação em paletes dos mesmos para desconto da capacidade de carga da viagem.

24 Composição de Movimentos Após cadastrar a viagem, deve-se indicar quais os produtos a serem movimentados na mesma. Isso é feito através do formulário de movimentos acessado na tela principal do sistema ou no menu botão Movimentos do formulário de viagens. A seleção de produtos e quantidades a serem transferidas pode ser feita produto a produto, cadastrando-se um a um, e utilizando o botão Sugestão Produto como orientação para os produtos de maior demanda, ou acionando-se o menu botão Sugestão do formulário de movimentos. Essa última opção irá compor a viagem completa, indicando os produtos e quantidades necessárias para transferência, além de respeitar os limites de peso e capacidade das carretas. Essa programação pode, depois, ser refeita, de maneira a atender alguma necessidade específica.

25 Fechamento de Viagem O último processo do cadastro da viagem é o fechamento da mesma. Esse processo irá garantir na não possibilidade de alteração dos dados cadastrados, além de liberar a opção de impressão das ordens de carregamento. O fechamento e reabertura de uma viagem são feitos através de dois menus botões no formulário de viagens, identificados como Abrir e Fechar Viagem. A impressão das ordens de carregamento pode ser filtrada para apenas determinadas rotas, motoristas ou carros, utilizando as opções de filtro do formulário.

26 Projeção Após o cadastramento das viagens, ou mesmo durante qualquer fase da programação, é possível avaliar a projeção de posição final dos estoques através da função projeção do sistema. Por ela, são listados os produtos por unidades, permitindo-se a aplicação de diferentes filtros para análise de posições específicas, calculando os dias de cobertura e déficits de caixas/paletes que por ventura estejam ocorrendo. Atentar para os casos em que não está ocorrendo cobertura de estoque dentro dos níveis de demanda mínima ou estoque de segurança definido. Para essas condições pode ser necessária alguma reprogramação, alteração de metas ou mesmo atuação junto a outros setores da empresa indicando o problema e programando o fechamento das vendas dos produtos com volume insuficiente para cobertura de demanda.

Sumário do Plano de Testes

Sumário do Plano de Testes GESTOC Versão 9.1 Plano de Testes Sumário do Plano de Testes 1. Introdução... 2 2. Escopo... 2 3. Implementações... 2 0002061: Emissão de notas de remessa com vasilhames e embalagens... 3 0002062: Emissão

Leia mais

Menu Utilitários. Atualização do Banco de Dados Atualização e organização dos arquivos existentes

Menu Utilitários. Atualização do Banco de Dados Atualização e organização dos arquivos existentes Atualização do Banco de Dados Atualização e organização dos arquivos existentes Rotina responsável pelo rastreamento de possíveis arquivos não indexados, danificados ou inexistentes. Este processo poderá

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA CADASTRO DE PEDIDO DE COMPRA

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA CADASTRO DE PEDIDO DE COMPRA MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA CADASTRO DE PEDIDO DE COMPRA PEDIDO DE COMPRAS Este manual tem como objetivo apresentar os passos necessários para inserir um pedido de compras no ERP-FURB. Com a implantação

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA MÓDULO PROTOCOLO MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO: SETEMBRO/2010 SUMÁRIO Introdução...

Leia mais

Associação Educacional Dom Bosco Curso de Engenharia 1º ano

Associação Educacional Dom Bosco Curso de Engenharia 1º ano Formatação condicional utilizando o valor da célula O que é? Algumas vezes é preciso destacar os valores, ou seja, como colocar em vermelho ou entre parênteses, os negativos, e de outra cor os positivos,

Leia mais

DPAlmox - Windows MANUAL DO USUÁRIO

DPAlmox - Windows MANUAL DO USUÁRIO - Windows MANUAL DO USUÁRIO DPSISTEMAS www.dpsistemas.com.br 1. Registrando o programa... 3 2. Entrando no programa Login... 5 3. Tela Principal do Sistema... 6 4. Utilizando os botões de navegação...

Leia mais

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S

MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S MANUAL DE REFERÊNCIA DO CLIENTE S SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 CADASTRANDO-SE NO SISTEMA... 4 CADASTRANDO UM FAMILIAR... 7 ACESSANDO O SISTEMA já sou cadastrado... 8 COMO AGENDAR UMA CONSULTA pesquisar horários...

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

Configurações Básicas

Configurações Básicas Compras Avançadas Este módulo auxilia na verificação da demanda dos produtos e com isso permite ajustar os estoques fazendo transferência entre as filiais e também definir a quantidade de estoque dos produtos

Leia mais

Projeto SIGA-EPT. Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA

Projeto SIGA-EPT. Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Projeto SIGA-EPT Manual do usuário Módulo Requisição de Almoxarifado SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO ACADÊMICA Versão setembro/2010 Requisição de Almoxarifado Introdução Requisição é uma solicitação feita

Leia mais

Manual NOV - PDV. Versão 1.0

Manual NOV - PDV. Versão 1.0 Manual NOV - PDV Versão 1.0 Sumário 01 Captura de Nota Fiscal...3 02 Remessa de Entrada...6 03 Remessa de Saída......9 04 Pedido Normal...12 05 Pedido Especial...16 06 Nota Fiscal Avulsa...18 07 Controle

Leia mais

Guia Site Empresarial

Guia Site Empresarial Guia Site Empresarial Índice 1 - Fazer Fatura... 2 1.1 - Fazer uma nova fatura por valores de crédito... 2 1.2 - Fazer fatura alterando limites dos cartões... 6 1.3 - Fazer fatura repetindo última solicitação

Leia mais

Software. Gerenciamento de Manutenção

Software. Gerenciamento de Manutenção Software Gerenciamento de Manutenção Tutorial Passo a Passo Do Cadastro de Serviço à Consulta de Serviços Realizados Tutorial Recomendações AsinformaçõesutilizadasnestetutorialsãoasmesmasquevocêtemnoseuBancodeDados

Leia mais

E&L Controle de Frotas. Perguntas Frequentes

E&L Controle de Frotas. Perguntas Frequentes E&L Controle de Frotas Perguntas Frequentes 1. Quando ocorre a integração com o patrimônio e no cadastro de veículos na aba patrimônio o veículo não aparece, qual o procedimento a ser feito para que o

Leia mais

Processo de Controle das Reposições da loja

Processo de Controle das Reposições da loja Processo de Controle das Reposições da loja Getway 2015 Processo de Reposição de Mercadorias Manual Processo de Reposição de Mercadorias. O processo de reposição de mercadorias para o Profit foi definido

Leia mais

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples)

Movimento. Financeiro. Bancário. Contas a Pagar. Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber. Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento Financeiro Contas a Pagar Lançamento de Contas a Pagar (simples) Contas a Receber Lançamento de Contas a Receber (simples) Movimento de Caixa Fechamento Caixa Bancos Apropriações de Centros de

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

SISBEX WEB. Manual do Usuário. Treinamento Fase 1 (TRN 01)

SISBEX WEB. Manual do Usuário. Treinamento Fase 1 (TRN 01) SISBEX WEB Manual do Usuário Treinamento Fase 1 (TRN 01) Índice 1. Apresentação... 3 2. Funções... 4 2.1. Menu Principal... 4 2.2. Registro de Operações... 6 2.2.1. Registrar Operações...6 2.2.2. Incluir

Leia mais

Tutorial contas a pagar

Tutorial contas a pagar Tutorial contas a pagar Conteúdo 1. Cadastro de contas contábeis... 2 2. Cadastro de conta corrente... 4 3. Cadastro de fornecedores... 5 4. Efetuar lançamento de Contas à pagar... 6 5. Pesquisar Lançamento...

Leia mais

Lição 1 - Criação de campos calculados em consultas

Lição 1 - Criação de campos calculados em consultas 1 de 5 21-08-2011 22:15 Lição 1 - Criação de campos calculados em consultas Adição de Colunas com Valores Calculados: Vamos, inicialmente, relembrar, rapidamente alguns conceitos básicos sobre Consultas

Leia mais

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...3 2 REALIZANDO UMA ARRECADAÇÃO...4 2.1 IMPORTAÇÃO TRIBUTOS COM A CONTABILIDADE...4 2.2 BOLETIM DE ARRECADAÇÃO...4 2.1.1

Leia mais

Manual Geral do OASIS

Manual Geral do OASIS Manual Geral do OASIS SISTEMA DE GESTÃO DE DEMANDA, PROJETO E SERVIÇO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO OASIS Introdução Esse manual tem como objetivo auxiliar aos usuários nos procedimentos de execução do sistema

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.04 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.04 Inventário Manual...2 Relatório de contagem...2 Contagem...3 Digitação...3 Inventário Programado...6 Gerando o lote...7 Inserindo produtos manualmente no lote...8 Consultando

Leia mais

CARTILHA. Solicitação de Produtos - Almoxarifado -

CARTILHA. Solicitação de Produtos - Almoxarifado - CARTILHA Solicitação de Produtos - Almoxarifado - Elaborada por: DIRETORIA DE PROCESSAMENTO DE DADOS - DIRPD UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA JUNHO/2007 SOLICITAÇÃO DE PRODUTOS Este procedimento tem

Leia mais

Guia Simplificada de Rotina PCP versão 2038 dicionário 2299 Planejamento e Controle de Produção

Guia Simplificada de Rotina PCP versão 2038 dicionário 2299 Planejamento e Controle de Produção Guia Simplificada de Rotina PCP versão 2038 dicionário 2299 Planejamento e Controle de Produção Opções Selecionar Empresa Selecionar a empresa que o usuário vai trabalhar. Empresa Dados cadastrais da empresa.

Leia mais

Importação de Itens através de Planilha de Dados

Importação de Itens através de Planilha de Dados Importação de Itens através de Planilha de Dados Introdução Ao possuir uma planilha com dados de itens que podem ser cadastrados ou atualizados no sistema, é possível efetuar a importação da mesma após

Leia mais

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (ABRIL 2009)

Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (ABRIL 2009) Manual Operacional do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens - SCDP Solicitante (ABRIL 2009) Índice 1. Incluir uma Proposta de Concessão de Diárias e Passagens PCDP...3 1.1.Viagem Nacional...6 1.2.

Leia mais

Controle de Almoxarifado

Controle de Almoxarifado Controle de Almoxarifado Introdução O módulo de Controle de Almoxarifado traz as opções para que a empresa efetue os cadastros necessários referentes a ferramentas de almoxarifado, além do controle de

Leia mais

CONTABILIDADE COM MÚLTIPLOS PLANOS DE CONTAS

CONTABILIDADE COM MÚLTIPLOS PLANOS DE CONTAS CONTABILIDADE COM MÚLTIPLOS PLANOS DE CONTAS As mudanças ocorridas com a publicação da lei 11.638/07 e alterações da lei 11.941/09 exigiram das empresas uma adequação em sua estrutura de balanços e demonstrações

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01)

Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Manual SAGe Versão 1.2 (a partir da versão 12.08.01) Submissão de Relatórios Científicos Sumário Introdução... 2 Elaboração do Relatório Científico... 3 Submissão do Relatório Científico... 14 Operação

Leia mais

ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente

ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente Conceito ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente O Sagres Diário é uma ferramenta que disponibiliza rotinas que facilitam a comunicação entre a comunidade Docente e Discente de uma instituição,

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Módulo de operação Ativo Bem vindo à Vorage CRM! Nas próximas paginas apresentaremos o funcionamento da plataforma e ensinaremos como iniciar uma operação básica através do nosso sistema,

Leia mais

MÓDULO PROTOCOLO Manual do Usuário

MÓDULO PROTOCOLO Manual do Usuário MÓDULO PROTOCOLO Manual do Usuário Sumário 1. OBJETIVO... 3 2. TÓPICOS ABORDADOS...3 3. PARA ENTRAR NO SIM...3 4. PARA ALTERAR SENHA...3 5. ACESSO AOS MÓDULOS... 4 6. APRESENTANDO A TELA INICIAL...4 7.

Leia mais

CADASTRAMENTO ÚNICO VERSÃO 7.3 INCLUSÃO E MANUTENÇÃO DE USUÁRIOS

CADASTRAMENTO ÚNICO VERSÃO 7.3 INCLUSÃO E MANUTENÇÃO DE USUÁRIOS CADASTRAMENTO ÚNICO VERSÃO 7.3 INCLUSÃO E MANUTENÇÃO DE USUÁRIOS Para a prefeitura foi definido dois tipos de usuários: Usuário máster e Usuário Final. O cadastramento para acesso ao CadÚnico V7 é feita

Leia mais

Integração ADMRH com AGROSYS

Integração ADMRH com AGROSYS Treinamentos no produto AdmRH CGI - Consultoria Gaúcha de Informática Ltda - Divisão de treinamentos Guia do Aluno Versão 1.0 Integração ADMRH com AGROSYS Empresa: Participante: Data: Os produtos da CGI

Leia mais

Análise de Dados do Financeiro

Análise de Dados do Financeiro Análise de Dados do Financeiro Introdução Para reunir em um só local as informações de contas a pagar e receber cadastradas e/ou geradas no sistema TTransp existe a interface de análise de dados do financeiro.

Leia mais

Em 2012, a Prosoft planejou o lançamento da Versão 5 dos seus produtos.

Em 2012, a Prosoft planejou o lançamento da Versão 5 dos seus produtos. VERSÃO 5 Outubro/2012 Release Notes Não deixe de atualizar o seu sistema Planejamos a entrega ao longo do exercício de 2012 com mais de 140 melhorias. Mais segurança, agilidade e facilidade de uso, atendendo

Leia mais

e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Controladoria-Geral da União

e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Controladoria-Geral da União e-ouv Passo-a-passo Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal Junho, 2015 Sumário 1. Acesso ao sistema... 3 2. Funcionalidades do sistema... 5 3. Como tratar manifestações... 14 3.1 Detalhar...

Leia mais

E&L Controle de Estoque e Materiais. Perguntas Frequentes

E&L Controle de Estoque e Materiais. Perguntas Frequentes E&L Controle de Estoque e Materiais Perguntas Frequentes 1. Qual relatório deve ser tirado para fazer a prestação de contas? Balancete de Materiais por detalhado. Esse relatório está disponível no menu

Leia mais

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO OCORRÊNCIA GERAL

SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO OCORRÊNCIA GERAL SIE - SISTEMA DE INFORMAÇÕES PARA O ENSINO OCORRÊNCIA GERAL SANTA MARIA FATECIENS 2008 Este manual tem por finalidade apresentar as especificações detalhadas da aplicação de Ocorrência Geral, componente

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MASTER VENDAS

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MASTER VENDAS MANUAL DE UTILIZAÇÃO MASTER VENDAS 1. CONCEITO Master Vendas não é somente um sistema, e sim, um novo conceito de gestão para sua empresa. Foi desenvolvido por profissionais de informática juntamente com

Leia mais

Manual do Atendente. Treinamento OTRS Help Desk

Manual do Atendente. Treinamento OTRS Help Desk Manual do Atendente Treinamento OTRS Help Desk Sumário Apresentação... 4 Efetuando login... 5 Conhecendo a interface de atendimento...5 Painel de Controle... 5 Chamados... 6 Visão de Filas... 6 Pesquisas...

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Financeiro) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 LANÇAMENTO DE CONTAS

Leia mais

Dicas Logycware Como utilizar o módulo de Estoques. Copyright Logycware Sistemas de Informática 2008 Todos os Direitos Reservados

Dicas Logycware Como utilizar o módulo de Estoques. Copyright Logycware Sistemas de Informática 2008 Todos os Direitos Reservados Dicas Logycware Como utilizar o módulo de Estoques Copyright Logycware Sistemas de Informática 2008 Todos os Direitos Reservados 1. INTRODUÇÃO Este tutorial tem por objetivo ajudar a realizar as configurações

Leia mais

Manual do Visualizador NF e KEY BEST

Manual do Visualizador NF e KEY BEST Manual do Visualizador NF e KEY BEST Versão 1.0 Maio/2011 INDICE SOBRE O VISUALIZADOR...................................................... 02 RISCOS POSSÍVEIS PARA O EMITENTE DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA.................

Leia mais

Sistema de Autorização Unimed

Sistema de Autorização Unimed Diretoria de Gestão Estratégica Departamento de Tecnologia da Informação Divisão de Serviços em TI Sistema de Autorização Unimed MANUAL DO USUÁRIO DIVISÃO DE SERVIÇOS EM TI A Divisão de Serviços em TI

Leia mais

Manual Ilustrado Repasse de Honorários Médicos

Manual Ilustrado Repasse de Honorários Médicos Junho - 2014 Índice Título do documento 1. Objetivos... 3 2. Introdução... 3 3. Cadastros... 4 3.1. Cadastro de Desconto em Repasse... 4 3.2. Cadastro de Critério Geral de Repasse... 4 3.3. Cadastro de

Leia mais

para outro) 23 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04

para outro) 23 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04 1 2 ÍNDICE ERP 1- Cadastro de Produtos (Implantação no Almoxarifado) 04 2- Notas de Compra (Incluindo Quantidades no Almoxarifado) 07 2.1 - Notas complementares 12 2.2 - Desmembramento de bens 13 3- Requisições

Leia mais

Foram criadas três empresas padrões que podem ser importadas na criação de novas siglas no SIGER, sendo uma para cada forma de tributação.

Foram criadas três empresas padrões que podem ser importadas na criação de novas siglas no SIGER, sendo uma para cada forma de tributação. Foram implementadas no módulo de Contabilidade do ERP SIGER, a partir da versão 15.30a, melhorias que visam agilizar e facilitar principalmente o trabalho dos Escritórios Contábeis e também poderá ser

Leia mais

NOVAS FUNCIONALIDADES DO SICONV ORIENTAÇÕES PARA O USUÁRIO

NOVAS FUNCIONALIDADES DO SICONV ORIENTAÇÕES PARA O USUÁRIO Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação NOVAS FUNCIONALIDADES DO SICONV ORIENTAÇÕES PARA O USUÁRIO Abril/2010 ALTERAÇÕES NA FUNCIONALIDADE CADASTRAMENTO

Leia mais

Operações de Caixa. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais

Operações de Caixa. Versão 2.0. Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Operações de Caixa Versão 2.0 Manual destinado à implantadores, técnicos do suporte e usuários finais Sumário Introdução... 3 Suprimento... 3 Sangria... 4 Abertura de Caixa... 6 Fechamento de Caixa...

Leia mais

Boletim Técnico. O objetivo desse documento é apresentar de forma macro, todas as alterações efetuadas no módulo do Patrimônio

Boletim Técnico. O objetivo desse documento é apresentar de forma macro, todas as alterações efetuadas no módulo do Patrimônio SPED CIAP Produto : LOGIX 05.10/10.01/10.02 Chamado : AABV09 Data da criação : 09/08/2011 Data da revisão : 24/08/11 País(es) : Brasil : O objetivo desse documento é apresentar de forma macro, todas as

Leia mais

REITORA Ulrika Arns. VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto. DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho

REITORA Ulrika Arns. VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto. DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho 2014 Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação - NTIC 04/04/2014 REITORA Ulrika Arns VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho COORDENADOR DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Modulo 05 ESTOQUE CGAINFOMÁTICA. Retwin

Modulo 05 ESTOQUE CGAINFOMÁTICA. Retwin Modulo 05 0 CGAINFOMÁTICA Retwin ESTOQUE 2 Estoque Sumário 5.1 Configuração Geral... 3 5.2 Entradas... 4 5.2.1 Manutenção... 4 5.2.2 Consulta... 6 5.2.3 Produção... 6 5.2.4 Relatórios... 8 5.3 Saídas...

Leia mais

Guia do usuário para utilização do sistema WCRC3 Central de Informações do Registro Civil da Arpen SP Gravação e envio dos registros

Guia do usuário para utilização do sistema WCRC3 Central de Informações do Registro Civil da Arpen SP Gravação e envio dos registros Guia do usuário para utilização do sistema WCRC3 Central de Informações do Registro Civil da Arpen SP Gravação e envio dos registros Página 1 de 12 1 Introdução 2 Procedimentos e padronização dos dados

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA GT WEB CALL. Teledata

MANUAL DO SISTEMA GT WEB CALL. Teledata MANUAL DO SISTEMA GT WEB CALL Teledata Indíce analítico 1. Prefácio...3 2. Funcionalidades...3 3. Abrir chamados...7 4. Atribuir chamados...9 5. Consultar chamados...10 6. Fechar chamados...12 7. Relatórios...15

Leia mais

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New 1 Roteiro passo a passo Módulo Vendas Balcão Sistema Gestor New Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão com uso de Impressora fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa......3

Leia mais

Mantis Sistema de controle de chamados Versão 1.2.1 Roteiros

Mantis Sistema de controle de chamados Versão 1.2.1 Roteiros Mantis Sistema de controle de chamados Versão 1.2.1 Roteiros Roteiros Versão 1.2.1 by ilab Sistemas Especialistas Sumário I Sumário Roteiros I Introdução 2 Roteiros II Verificar posição dos chamados 4

Leia mais

ÍNDICE. ERP ( Controle de Frotas ) 1 - Bens Móveis - Frota. 2 - Cadastros da Frota. 3 - Abastecimento de Bens. 4 - Cadastro de Bombas

ÍNDICE. ERP ( Controle de Frotas ) 1 - Bens Móveis - Frota. 2 - Cadastros da Frota. 3 - Abastecimento de Bens. 4 - Cadastro de Bombas 1 2 ÍNDICE ERP ( Controle de Frotas ) 1 - Bens Móveis - Frota 04 2 - Cadastros da Frota 07 3 - Abastecimento de Bens 11 4 - Cadastro de Bombas 14 5 - Abastecimento de Bombas 15 6 - Abertura de Chamados

Leia mais

Manual Verba Conceito de verba. Funcionamento Básico

Manual Verba Conceito de verba. Funcionamento Básico Manual Verba 1 Sumário Conceito de verba... 3 Funcionamento básico... 3 Outros Pontos a Serem Considerados... 5 Parâmetros relacionados à verba... 8 Tela Parâmetros de Configuração... 8 Tela Parâmetros

Leia mais

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8. março de 2015. Versão: 2.0

TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8. março de 2015. Versão: 2.0 TOTVS Gestão Hospitalar Manual Ilustrado - Unidades de Diagnóstico 11.8 março de 2015 Versão: 2.0 1 Sumário 1 Objetivos... 4 2 Introdução... 4 3 Cadastros... 5 3.1 Cadastro de Departamentos do Laboratório...

Leia mais

CPS FINANÇAS PESSOAIS MANUAL DO USUÁRIO

CPS FINANÇAS PESSOAIS MANUAL DO USUÁRIO APRESENTAÇÃO O CPS FINANÇAS PESSOAIS é um software desenvolvido para gerenciar a movimentação financeira de forma pessoal, rápida e simplificada fornecendo relatórios e demonstrativos. Este manual é parte

Leia mais

Elaborado por SIGA-EPT. Projeto SIGA-EPT: Manual do Usuário Almoxarifado

Elaborado por SIGA-EPT. Projeto SIGA-EPT: Manual do Usuário Almoxarifado Elaborado por SIGA-EPT Projeto SIGA-EPT: Manual do Usuário Almoxarifado Versão Dezembro - 2009 Sumário 1 Introdução 5 1.1 Entrando no sistema e repassando as opções................... 5 1.2 Administração......................................

Leia mais

ATUALIZAÇÃO DA VERSAO 05.07.01. Abaixo constam as alterações referentes a versão 05.07.01 do dia 28/09/2012:

ATUALIZAÇÃO DA VERSAO 05.07.01. Abaixo constam as alterações referentes a versão 05.07.01 do dia 28/09/2012: ATUALIZAÇÃO DA VERSAO 05.07.01 Abaixo constam as alterações referentes a versão 05.07.01 do dia 28/09/2012: ATENÇÃO: Versões intermediarias não são de atualização obrigatório para todos os clientes, apenas

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO CONFERÊNCIA DE ESTOQUE Aplicativo Controle de Estoque Desktop

MANUAL DE UTILIZAÇÃO CONFERÊNCIA DE ESTOQUE Aplicativo Controle de Estoque Desktop MANUAL DE UTILIZAÇÃO CONFERÊNCIA DE ESTOQUE Aplicativo Controle de Estoque Desktop 1 1 CONFERÊNCIA DE INVENTÁRIO... 3 2 LEITURAS REALIZADAS... 4 3 LEITURAS ENCADEADAS... 6 4 COMPARAÇÃO DE ESTOQUE... 8

Leia mais

APOSTILA WORD BÁSICO

APOSTILA WORD BÁSICO APOSTILA WORD BÁSICO Apresentação O WORD é um editor de textos, que pertence ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de textos, cartas, memorandos, documentos, mala

Leia mais

PEDIDO DE COMPRAS AUTOPEÇAS

PEDIDO DE COMPRAS AUTOPEÇAS Apresentação As rotinas de Pedido de Compra do WinThor são utilizadas pelas empresas com objetivo de realizar: o pedido de compra baseado, ou não, em uma sugestão de compra, a cotação de compra entre fornecedores,

Leia mais

Manual das planilhas de Obras

Manual das planilhas de Obras Manual das planilhas de Obras Detalhamento dos principais tópicos para uso das planilhas de obra Elaborado pela Equipe Planilhas de Obra.com Conteúdo 01. Pedidos... 3 Pedido de material detalhado;... 3

Leia mais

Manual do sistema Versão 1.0

Manual do sistema Versão 1.0 SIACON SISTEMA INTEGRADO DE CONVÊNIO Manual do sistema Versão 1.0 1. Introdução O SIACON é um sistema de convênio-empresa, baseado na plataforma de internet, aonde os funcionários de empresas conveniadas

Leia mais

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL

TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL TUTORIAL UTILIZAÇÃO DE FUNCIONALIDADES AUDITOR FISCAL VERSÃO DO SISTEMA 3.0/2015 VERSÃO DO DOCUMENTO 1.0 Índice 1. OBJETIVO GERAL... 2 2. ACESSO AO SISTEMA AUDITOR FISCAL... 3 3. SISTEMA AUDITOR FISCAL

Leia mais

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com

Material de Apoio. SEB - Contas a Pagar. Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Material de Apoio SEB - Contas a Pagar Versão Data Responsável Contato 1 05/12/2011 Paula Fidalgo paulaf@systemsadvisers.com Conteúdo CONFIGURAÇÃO... 3 Cadastro de Fornecedores... 3 Métodos de Pagamento...

Leia mais

CADASTRO GERAL ( CLIENTES E FORNECEDORES)

CADASTRO GERAL ( CLIENTES E FORNECEDORES) CADASTRO GERAL ( CLIENTES E FORNECEDORES) CADASTRO DE PRODUTOS (Valores, preós de venda, tipos (especiais, varejo atacado) ESTOQUE, etc) FATURAMENTO Para inclusão de pgto, faturamento, e impressão de NF

Leia mais

Recebimento, Armazenagem, Movimentação e Expediçao de Produtos à Granel

Recebimento, Armazenagem, Movimentação e Expediçao de Produtos à Granel Recebimento, Armazenagem, Movimentação e Expediçao de Produtos à Granel Produto : Logix, WMS, 12 Chamado : PCREQ-1926 Data da criação : 03/07/2015 Data da revisão : 24/07/15 País(es) : Todos Banco(s) de

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

MÓDULO 5 Movimentações

MÓDULO 5 Movimentações MÓDULO 5 Movimentações Bem-vindo(a) ao quinto módulo do curso. Agora que você já conhece as entradas no HÓRUS, aprenderá como são feitas as movimentações. As movimentações do HÓRUS são: Requisição ao Almoxarifado:

Leia mais

Manual Programa SOSView 4.0

Manual Programa SOSView 4.0 2012 Manual Programa SOSView 4.0 Laboratório SOS Sotreq Versão Manual 1.0 01/03/2012 Página 1 de 52 Manual Programa SOSView 4 Instalação do Programa Utilização em Rede Importação de Amostras Consulta de

Leia mais

Novidades da Versão 3.0.0.29 do Sistema OnixNet / TrucksNet

Novidades da Versão 3.0.0.29 do Sistema OnixNet / TrucksNet Comercial Novidades da Versão 3.0.0.29 do Sistema OnixNet / TrucksNet Consulta Pedido/Nota Fiscal A consulta passou a diferenciar o número da nota fiscal por filial, ou seja, caso exista uma nota fiscal

Leia mais

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe

PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe PROCESSO JUDICIAL ELETRÔNICO PJe TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO MANUAL DO SERVIDOR 1ºGRAU MÓDULO 3 Sumário 1 Cadastros Básicos3 11 Documento3 111 Modelo3 112 Tipo6 12 Pessoa10 121 Conciliador10

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO - VISÃO DE EMPRESAS. Todos os direitos reservados à Softbox

MANUAL DE UTILIZAÇÃO - VISÃO DE EMPRESAS. Todos os direitos reservados à Softbox MANUAL DE UTILIZAÇÃO - VISÃO DE EMPRESAS 2012 Todos os direitos reservados à Softbox 1101001112211110000212451 Seja bem vindo! Você está recebendo o MANUAL DE UTILIZAÇÃO VISÃO DE EMPRESAS. Este manual

Leia mais

Cia de Tecidos Cedro Cachoeira, 2008. Pedido de Compra pela

Cia de Tecidos Cedro Cachoeira, 2008. Pedido de Compra pela Pedido de Compra pela Internet 1 Índice Introdução 3 Sistema de Pedido de Compra via Internet 3 Iniciando a Aplicação 4 Iniciando o Java Web Starting 4 Login de Acesso 5 Tela Principal 6 Funções 7 Fazendo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE DA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

MANUAL SOLICITAÇÃO DE COMPRAS IMPLANTAÇÃO COMPRAS

MANUAL SOLICITAÇÃO DE COMPRAS IMPLANTAÇÃO COMPRAS MANUAL SOLICITAÇÃO DE COMPRAS IMPLANTAÇÃO COMPRAS Manual de Solicitação de Compras 1 SUMÁRIO Acesso ao SIE:... 2 1. Acesso à tela de Solicitação de Compras... 3 2. Abrir nova Solicitação de Compras...

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos O objetivo deste Manual é permitir a reunião de informações dispostas de forma sistematizada, criteriosa e segmentada

Leia mais

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB

SISTEMA PATRIMÔNIO WEB UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Subcomissão de Patrimônio - GEFIM REITORIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO COMPATRIM/GEFIM SISTEMA PATRIMÔNIO WEB Manual do usuário v.1.1 Sumário Introdução... 4 Fluxo das Principais

Leia mais

Agendamento de Produtos de Uso Contínuo

Agendamento de Produtos de Uso Contínuo Agendamento de Produtos de Uso Contínuo Os usuários do Call Center do ASAsys agora podem agendar ligações para os clientes de produtos de uso contínuo para oferecer o produto do cliente antes que ele acabe.

Leia mais

Manual de utilização do sistema OTRS (Atendimento) Cliente Externo

Manual de utilização do sistema OTRS (Atendimento) Cliente Externo Manual de utilização do sistema OTRS (Atendimento) Cliente Externo 1 LISTA DE ILUSTRAÇÕES FIGURA 1 - TELA DE LOGIN... 5 FIGURA 2 - TELA INICIAL... 6 FIGURA 3 PREFERÊNCIAS DO USUÁRIO... 6 FIGURA 4 NOVO

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO Diretoria de Vigilância Epidemiológica/SES/SC 2006 1 Módulo 04 - Exportação e Importação de Dados Manual do SINASC Módulo Exportador Importador Introdução O Sistema SINASC

Leia mais

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email]

MANUAL COTAÇAO WEB MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA. [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL COTAÇAO WEB [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para a Célula Materiais Autor: Equipe

Leia mais

Processo de Envio de email

Processo de Envio de email Processo de Envio de email Introdução O envio de documentos de forma eletrônica vem sendo muito utilizado, assim o envio de arquivos, relatórios, avisos, informações é realizado via e-mail. O sistema disponibiliza

Leia mais

Esse produto é um produto composto e tem subprodutos

Esse produto é um produto composto e tem subprodutos Indústria - Cadastro de produtos O módulo indústria permite controlar a produção dos produtos fabricados pela empresa. É possível criar um produto final e definir as matérias-primas que fazem parte de

Leia mais

MANUAL PARA ACESSO AO SISTEMA AOS REPRESENTANTES

MANUAL PARA ACESSO AO SISTEMA AOS REPRESENTANTES MANUAL PARA ACESSO AO SISTEMA AOS REPRESENTANTES Índice 1 Acesso ao Sistema... 3 2 Inclusão de Novos Pedidos... 5 3 Carteira de Pedidos... 13 4 Consulta à clientes... 15 5 Consulta a Informações dos Clientes...

Leia mais

Controle de Estoque. Apresentação. Cadastro de Grupos de Produtos. Cadastro de Produtos

Controle de Estoque. Apresentação. Cadastro de Grupos de Produtos. Cadastro de Produtos Controle de Estoque Apresentação O módulo de Controle de Estoque do LegalManager consiste em três partes principais: Manutenção do Estoque, Solicitações e Atendimento a Solicitações. Destes módulos, tradicionalmente

Leia mais

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo

O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo O Oficina Integrada é um sistema completo para o controle e gerenciamento de oficinas mecânicas. É o primeiro e único software que controla o fluxo em sua oficina. O sistema foi desenvolvido para ser utilizado

Leia mais