PROJETO FUMCAD 2011 RODA DE CONVERSA: O QUE EU QUERO SER QUANDO CRESCER? COMO DOAR

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO FUMCAD 2011 RODA DE CONVERSA: O QUE EU QUERO SER QUANDO CRESCER? COMO DOAR"

Transcrição

1 PROJETO FUMCAD 2011 RODA DE CONVERSA: O QUE EU QUERO SER QUANDO CRESCER? COMO DOAR O projeto pretende atingir alunos, professores, dirigentes e familiares por meio de atividades lúdicas, artísticas e informativas que abordam os mitos e preconceitos relacionados às pessoas com deficiência.

2 RODA DE CONVERSA: O QUE EU QUERO SER QUANDO CRESCER? São Paulo, outubro Prezado Senhor A SORRI-BRASIL, organização sem fins econômicos, de caráter filantrópico e cultural, que tem como missão promover os direitos humanos, com ênfase nos direitos das pessoas com deficiência, está dando início a uma campanha junto aos seus parceiros, visando à captação de recursos financeiros, conforme autorizado pelo CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE - CMDCA. Esta campanha tem como objetivo o levantamento de fundos para desenvolvimento do projeto cultural RODA DE CONVERSA: O QUE EU QUERO SER QUANDO CRESCER? O projeto pretende atingir alunos, professores, dirigentes e familiares por meio de através de atividades lúdicas, artísticas e informativas que abordam os mitos e preconceitos relacionados às pessoas com deficiência. Anexo, sumário executivo do projeto. O Fundo Municipal da Criança e do Adolescente - FUMCAD é o mecanismo instituído para reservar recursos voltados a programas e projetos de atenção aos direitos da criança e do adolescente em situação especial. De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, as políticas de atendimento devem ser implementadas por meio de um conjunto articulado de ações governamentais e não-

3 governamentais, seguindo as medidas de proteção dispostas nos artigos 98 a 102 do Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA. O seu Imposto de Renda é a principal fonte de captação de recursos do FUMCAD da Cidade de São Paulo, e sua utilização não traz ônus a quem contribui. O Fundo, criado em São Paulo pela Lei nº , busca congregar esforços, mediante a participação voluntária no desenvolvimento de programas aprovados pelos Fundos. A participação através de contribuições em valores poderá ser, ao seu critério, na forma de múltiplas contribuições durante o ano ou contribuição única anual. O valor captado será depositado na conta corrente nº X, na Agência 1897-X, do Banco do Brasil - Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, com indicação da SORRI-BRASIL como beneficiária. E, de acordo com o Parágrafo 3º; Inciso IV, do Artigo 3º do Decreto /03 e Parágrafo 1º, do Artigo 5º da Resolução 77 do CMDCA, 10% do valor captado será reservado para financiamento de outros projetos aprovados pelo CMDCA/SP. É fácil doar. Por meio desse mecanismo de renúncia fiscal, as empresas (PJ) podem destinar 1% e as pessoas (PF) 6% do Imposto de Renda devido, seguindo as instruções passo a passo e o modelo de documento, anexo.

4 ESPAÇO DE DIVULGAÇÃO A sua participação no projeto poderá ser divulgada nas ações de Responsabilidade Social / Balanço Social da empresa. O projeto compreende : 1) Apresentação de teatro de bonecos interativo, desenvolvendo um roteiro, com duração de 45 minutos, a respeito do mundo do trabalho, com os principais atores e relações, promovendo reflexão sobre o tema proposto. 2) Os alunos ouvirão uma música relacionada ao mundo do trabalho com duração de 5 minutos concomitante a projeção de imagens relacionadas ao mundo do trabalho. 3) Será entregue para cada participante a letra da música para a leitura. Será solicitado que escrevam uma palavra que resuma o significado para eles sobre o trabalho. No mesmo instrumento poderão expressar graficamente sua reflexão.) Este projeto visa promover um espaço de reflexão sobre o mundo do trabalho, e as reais possibilidades de realização profissional para adolescentes, resgatando a possibilidade de pensar sobre o assunto para além do senso comum, retomando a construção da crítica coletiva. Serão desenvolvidas oficinas de reflexão e troca de informações, por meio de apresentações de um teatro interativo de bonecos, música e registro gráfico.

5 O projeto atenderá Alunos do 8 e 9 ano do Ensino fundamental II, da Rede Pública de Educação do Município de São Paulo. Gostaríamos de participar a nossa alegria e emoção junto às empresas enviando fotos e imagens e reforçar a necessidade do apoio ao mesmo para que possamos atingir uma maior número de crianças, adolescentes, familiares e educadores. Desde já agradecemos a sua atenção e colocamo-nos à inteira disposição para quaisquer informações. Aguardando um retorno para breve, nos despedimos. Atenciosamente, Marcos Rímoli Próspero Presidente SORRI-BRASIL

6 COMO DOAR Prezado(a) usuário(a), Veja como é simples fazer sua doação ao FUMCAD da Cidade de São Paulo e contribuir para o desenvolvimento de crianças e adolescentes carentes.

7 Na seção Simulador você pode calcular o valor máximo a ser abatido do Imposto de Renda. Após uma simulação de valores será disponibilizado nesta tela o botão "Fazer Doação" que levará você diretamente à página de escolha de entidades. A seguir confirme a geração do boleto. Também é possível fazer sua doação através da seção Clique e Doe - Neste item você já é direcionado para a escolha das entidades. Neste caso, é importante que já saiba qual o valor a ser doado. Caso, primeiramente, queira maiores informações sobre a SORRI-BRASIL e o projeto Roda de Conversa: O que eu quero ser quando crescer? acesse a seção Entidades e Projetos -

8 Passo 1: Selecione pesquisar por projeto (digite: roda de conversa) ou entidade (digite: sorri) e clique no botão Pesquisar. Passo 2: Irá aparecer o nome da SORRI-BRASIL e o projeto. Clique no nome projeto para visualizar os detalhes da instituição.

9 Passo 3: A partir da tela de detalhes da instituição, clicando no botão "Efetuar Doação" o sistema irá solicitar seus dados. Nesta tela você também poderá fazer a simulação de sua doação, clicando no botão Simular.

10 Passo 4: Preencha os campos e clique no botão "Confirmar". A seguir confirme a geração do boleto. O sistema o levará à tela do banco arrecadador de doações para a entidade selecionada. Nesta tela, você terá disponível a linha digitável para fazer o pagamento on-line ou a opção de impressão para pagamento em uma agência bancária.

11 IMPORTANTE 1) É necessário encaminhar correspondência, com cópia do comprovante de depósito, para o Conselho, para que providencie o recebimento dos valores junto ao respectivo fundo. Você pode imprimir modelo de carta a enviar clicando no botão "Imprimir Aviso Entidade". 2) É importante salientar que na sua Declaração de Ajuste Anual, no anexo de pagamentos e doações efetuadas, seja utilizado o Código 08 e seja informada a doação para o Conselho ou Fundo da Criança e do Adolescente e respectivo CNPJ, ao qual a Instituição de sua escolha esteja devidamente inscrita e apta a receber doações. Lembre-se: você não deverá informar o nome da instituição beneficiada com sua doação, mas sim o Conselho ou Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente, identificados no comprovante de doação. 3) No caso de pessoas físicas as doações somente poderão ser abatidas no Imposto de Renda caso o contribuinte faça a declaração no modelo completo. INCENTIVE SEUS AMIGOS para que participem e divulguem este projeto. As crianças e adolescentes agradecem. Contamos com o apoio de todos. SEGUEM MAIORES INFORMAÇÕES: Base Legal Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990, art Decreto nº 3.000, de 26 de março de 1999, art A pessoa jurídica poderá deduzir do imposto de renda devido, em cada período de apuração, o total das contribuições efetuados aos fundos do Direito da Criança e do Adolescente. Limite de dedução

12 O valor limite de dedução direta do imposto de renda devido é de 1%, aplicável sobre o valor devido à alíquota de 15%, não sendo permitida qualquer dedução sobre o adicional de 10%. A legislação somente permite a dedução do imposto para as pessoas jurídicas que apurem o imposto de renda com base no lucro real. Indedutibilidade da doação O valor da doação é considerado indedutível como despesa operacional, para a pessoa jurídica doadora. Prazo de pagamento da doação O valor deverá ser pago até o último dia útil de cada período de apuração do imposto, trimestral ou anual. Como doar Apurado o valor da doação, passível do benefício, deverá ser realizada a doação on-line ou preenchido o comprovante de depósito bancário com os seguintes dados: Identificação da conta de depósito: Banco: Banco do Brasil Agência: nº 1897-X Conta corrente: n.º 5738-X. Identificação do Fundo: Prefeitura Municipal de São Paulo - FUMCAD CNPJ: n.º / Identificação da pessoa jurídica doadora; Razão Social; CNPJ. Procedimentos pós-doação

13 Encaminhar correspondência (modelo anexo) e cópia do comprovante de depósito, para o FUMCAD - Rua Líbero Badaró, 119-4º Andar, , São Paulo - SP - telefone fax , com as seguintes informações do beneficiário: Identificação: SORRI-BRASIL; CNPJ: nº / ; Registro no CMDCA: n.º 774/CMDCA/1998; Utilidade Pública Federal: Processo Ministério da Justiça /92-11, de ; Encaminhar cópia do comprovante de depósito, para a SORRI-BRASIL, para que providencie o recebimento dos valores junto ao respectivo Fundo: Endereço: Rua Benito Juarez, 70 - Vila Mariana São Paulo - SP. Telefone/fax: Pessoa para contato: Maria Aparecida Carvalho e Acompanhar a aplicação dos valores; Solicitar a respectiva prestação de contas. Extraído do site:

14 IMPRIMIR EM PAPEL TIMBRADO DA EMPRESA AO FUMCAD Rua: Líbero Badaró, 119-2º andar Centro São Paulo - SP Ilustríssimo (a) Senhor (a) Presidente do CMDCA/SP (Qualificação de pessoa Jurídica ou Física - Nome/CNPJ ou CPF/Endereço/ Representante Legal, caso pessoa Jurídica) vem à presença de Vossa Senhoria informar que analisamos e avaliamos o projeto RODA DE CONVERSA: O QUE EU QUERO SER QUANDO CRESCER? apresentado pela organização SORRI-BRASIL, entidade de caráter filantrópico, inscrita no CNPJ / , registrada no CMDCA sob o nº. 774/CMDCA/1998, Utilidade Pública Federal Processo MJ /92-11, de , situada à Rua Benito Juarez, 70 - Vila Mariana, nesta Capital, e declarar que firmamos a intenção e o compromisso quanto ao financiamento do projeto supra, aprovado por este Egrégio Conselho, no valor de, que será deduzido do Imposto sobre a Renda, de acordo com a Legislação Vigente. Nestes termos Aguardo. São Paulo, de de 2011.

Direcione parte do Imposto de Renda devido à uma instituição séria s e comprometida com objetivos sociais e desenvolvimento humano;

Direcione parte do Imposto de Renda devido à uma instituição séria s e comprometida com objetivos sociais e desenvolvimento humano; FUMCAD - FUNDO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA A E DO ADOLESCENTE. Associação Benção de Paz Projeto José de Anchieta. Saiba como fazer doações com incentivos de redução d0 Imposto de Renda Devido; Direcione

Leia mais

ParticiPar SEMGaStar

ParticiPar SEMGaStar Participar SEMGASTAR Parte do seu imposto de renda pode transformar sonhos em realidade Você sabia que seu Imposto de Renda pode ajudar muitas crianças e jovens? Foi pensando neste mecanismo que a Rede

Leia mais

Manual do adestrador de leões: Transforme a fera Em um gatinho

Manual do adestrador de leões: Transforme a fera Em um gatinho Manual do adestrador de leões: Transforme a fera Em um gatinho Veja no rosto do irmão, a Face de Deus! 1. Renúncia fiscal Em 1990, sob a inspiração democrática da Constituição de 1988, foi elaborado o

Leia mais

projeto educa para o futuro

projeto educa para o futuro projeto educa para o futuro 15,7% das crianças, nas ruas, têm até 6 anos de idade? 54,7%, tem entre 12 e 17 e quase 30% entre 7 e 11 anos? as crianças estão nas ruas há cerca de 3 anos e meio? 82,6% permanecem

Leia mais

Como destinar parte do seu Imposto de Renda Devido a Instituições de Apoio à Criança e ao Adolescente

Como destinar parte do seu Imposto de Renda Devido a Instituições de Apoio à Criança e ao Adolescente Como destinar parte do seu Imposto de Renda Devido a Instituições de Apoio à Criança e ao Adolescente VOCÊ PODE DOAR SEM GASTAR O SEU DINHEIRO! Você tem perfil para contribuir nesta ação? Se você tem o

Leia mais

Como destinar parte do seu Imposto de Renda devido para investimento social

Como destinar parte do seu Imposto de Renda devido para investimento social Instituto CSHG Como destinar parte do seu Imposto de Renda devido para investimento social Você sabia que pode destinar parte do seu Imposto de Renda devido para investimento social? A legislação brasileira

Leia mais

É possível colaborar financeiramente com os projetos do Instituto Brasil Solidário* doando parte do imposto de renda.

É possível colaborar financeiramente com os projetos do Instituto Brasil Solidário* doando parte do imposto de renda. Pessoa Física III Encontro Nacional Brasil Solidário É possível colaborar financeiramente com os projetos do Instituto Brasil Solidário* doando parte do imposto de renda. Existe um benefício fiscal que

Leia mais

FIA O QUE É O FIA. Os Fundos da Infância e da Adolescência FIA. Como sua empresa pode fazer uma doação. Como as pessoas físicas podem fazer uma doação

FIA O QUE É O FIA. Os Fundos da Infância e da Adolescência FIA. Como sua empresa pode fazer uma doação. Como as pessoas físicas podem fazer uma doação FIA O QUE É O FIA De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente ECA, os Conselhos Municipais, Estaduais ou Federal são órgãos ou instâncias colegiadas de caráter deliberativo, de composição paritária

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM ADMINISTRAÇÃO Núcleo de Estudos Avançados em Terceiro Setor

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM ADMINISTRAÇÃO Núcleo de Estudos Avançados em Terceiro Setor Eu rabisco o sol que a chuva apagou Renato Russo PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO PROGRAMA DE ESTUDOS PÓS-GRADUADOS EM ADMINISTRAÇÃO Núcleo de Estudos Avançados em Terceiro Setor Incentivos

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Missão Educar para a cidadania ativa, solidária e responsável, em parceria com a escola, a família e a comunidade.

APRESENTAÇÃO. Missão Educar para a cidadania ativa, solidária e responsável, em parceria com a escola, a família e a comunidade. APRESENTAÇÃO O propósito deste folheto é orientar indivíduos e empresas sobre os incentivos fiscais existentes, para que façam doações para projetos de cunho social, contribuindo, assim, para o desenvolvimento

Leia mais

AABB. Esportes. Manual de Captação. Captação de Recursos. Recursos

AABB. Esportes. Manual de Captação. Captação de Recursos. Recursos AABB Esportes Manual Manual de de Captação Captação de de Recursos Recursos Parabéns! Seu projeto foi aprovado pelo Ministério do Esporte. O próximo passo é a captação de recursos. AABB Esportes COMO

Leia mais

CAPTAÇÃO DE RECURSOS OS INCENTIVOS FISCAIS

CAPTAÇÃO DE RECURSOS OS INCENTIVOS FISCAIS CAPTAÇÃO DE RECURSOS OS INCENTIVOS FISCAIS OS INCENTIVOS FISCAIS Incentivos fiscais são instrumentos utilizados pelo governo para estimular atividades específicas, por prazo determinado (projetos). Existem

Leia mais

Passo a Passo Destinação de 6% IR Devido - CMDCA

Passo a Passo Destinação de 6% IR Devido - CMDCA Passo a Passo Destinação de 6% IR Devido - CMDCA Procedimentos para o CMDCA de Campinas Atualizado até 10-nov-2011 PNEF Programa Nacional de Educação Fiscal GDIR - Grupo de Destinação do Imposto de Renda

Leia mais

Incentivo Fiscal Imposto de Renda sobre Pessoa Física IMPOSTO DE RENDA

Incentivo Fiscal Imposto de Renda sobre Pessoa Física IMPOSTO DE RENDA Incentivo Fiscal Imposto de Renda sobre Pessoa Física IMPOSTO DE RENDA O Imposto de Renda sobre Pessoa Física - IRPF é um tributo federal obrigatório a todos os trabalhadores brasileiros que obtiveram

Leia mais

Cartilha de Informações: Doações e Patrocínios.

Cartilha de Informações: Doações e Patrocínios. Cartilha de Informações: Doações e Patrocínios. O Instituto Abramundo é uma OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) e com isso pode receber doações e incentivos para a execução de seus

Leia mais

Como utilizar Leis de Incentivo

Como utilizar Leis de Incentivo Como utilizar Leis de Incentivo Por que doar o seu imposto? É de extrema importância que a sociedade brasileira se posicione, escolhendo e apoiando projetos que julga importantes, por meio da renúncia

Leia mais

Lei Federal de Incentivo ao Esporte Lei n 11.438, de 29/12/2006 Decreto Lei n 6.180, de 3/8/2007 Portaria n 177, de 11/9/2007.

Lei Federal de Incentivo ao Esporte Lei n 11.438, de 29/12/2006 Decreto Lei n 6.180, de 3/8/2007 Portaria n 177, de 11/9/2007. Lei Federal de Incentivo ao Esporte Lei n 11.438, de 29/12/2006 Decreto Lei n 6.180, de 3/8/2007 Portaria n 177, de 11/9/2007. O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE? Instrumento que permite o financiamento,

Leia mais

Lei Federal de Incentivo ao Esporte Lei n 11.438, de 29/12/2006 Decreto Lei n 6.180, de 3/8/2007 Portaria n 177, de 11/9/2007.

Lei Federal de Incentivo ao Esporte Lei n 11.438, de 29/12/2006 Decreto Lei n 6.180, de 3/8/2007 Portaria n 177, de 11/9/2007. Lei Federal de Incentivo ao Esporte Lei n 11.438, de 29/12/2006 Decreto Lei n 6.180, de 3/8/2007 Portaria n 177, de 11/9/2007. O QUE É A LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE? Instrumento que permite o financiamento,

Leia mais

ESCLARECIMENTO SOBRE INCENTIVO FISCAL VIA LEI DA OSCIP

ESCLARECIMENTO SOBRE INCENTIVO FISCAL VIA LEI DA OSCIP ESCLARECIMENTO SOBRE INCENTIVO FISCAL VIA LEI DA OSCIP O que é uma OSCIP Uma OSCIP está situada no Terceiro Setor (considerando-se que o Primeiro Setor é formado pelo Estado e o Segundo Setor pelo Mercado,

Leia mais

Aquisição de Créditos Eletrônicos. lojavirtual@sptrans.com.br

Aquisição de Créditos Eletrônicos. lojavirtual@sptrans.com.br Loja Virtual Aquisição de Créditos Eletrônicos 1 lojavirtual@sptrans.com.br O que é a Loja Virtual Ferramenta que possibilita a aquisição de créditos eletrônicos diretamente pelo site da SPTrans. 2 Quem

Leia mais

Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - FUMCAD

Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - FUMCAD Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente - FUMCAD O Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FUMCAD) aprovou três projetos do Instituto Saúde e Sustentabilidade para serem

Leia mais

Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L

Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei nº 8.069/90): Artigos 260 a 260-L Art. 260. Os contribuintes poderão efetuar doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente nacional, distrital, estaduais

Leia mais

COMO SE TORNAR UM PARCEIRO DO CORPO CIDADÃO? Junte-se a nós!

COMO SE TORNAR UM PARCEIRO DO CORPO CIDADÃO? Junte-se a nós! COMO SE TORNAR UM PARCEIRO DO CORPO CIDADÃO? O Corpo Cidadão utiliza diversos mecanismos de incentivo fiscal, fontes de financiamento, parcerias, doações, programas de voluntariado e cria ações de marketing

Leia mais

CARTILHA DE INCENTIVOS FISCAIS* Nesta Cartilha, preparada a pedido da AMARRIBO, abordamos os seguintes incentivos fiscais:

CARTILHA DE INCENTIVOS FISCAIS* Nesta Cartilha, preparada a pedido da AMARRIBO, abordamos os seguintes incentivos fiscais: CARTILHA DE INCENTIVOS FISCAIS* Nesta Cartilha, preparada a pedido da AMARRIBO, abordamos os seguintes incentivos fiscais: A. Doação à AMARRIBO, que possui o título de OSCIP; B. Doação/Patrocínio de Projeto

Leia mais

Programa Nacional de Educação Fiscal. Superintendência da Receita Federal do Brasil em São Paulo. Novembro de 2011.

Programa Nacional de Educação Fiscal. Superintendência da Receita Federal do Brasil em São Paulo. Novembro de 2011. DESTINAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PARA CRIANÇA E ADOLESCENTE: UMA FORMA DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL Programa Nacional de Educação Fiscal Superintendência da Receita Federal do Brasil em São Paulo Novembro de 2011.

Leia mais

A PROPOSTA: QUEM PODE DEDUZIR A DOAÇÃO DO IR APURADO?

A PROPOSTA: QUEM PODE DEDUZIR A DOAÇÃO DO IR APURADO? PROMOVER A DOAÇÃO/DESTINAÇÃO DE PARTE DO IMPOSTO DE RENDA DAS PESSOAS FÍSICAS: UMA ÓTIMA OPORTUNIDADE PARA O IEPTB-MG AGIR, TAMBÉM, NO CONTEXTO SOCIAL! Dando continuidade a proposta apresentada no III

Leia mais

IMPOSTO DE RENDA Que tal doar, em vez de pagar?

IMPOSTO DE RENDA Que tal doar, em vez de pagar? IMPOSTO DE RENDA Que tal doar, em vez de pagar? A ACIS-SL está incentivando as empresas, associadas ou não, a informar seu quadro funcional a destinar parte do seu Imposto de Renda para instituições beneficentes

Leia mais

FUMCAD. Como investir na educação de crianças e adolescentes usando seu Imposto de Renda

FUMCAD. Como investir na educação de crianças e adolescentes usando seu Imposto de Renda FUMCAD Como investir na educação de crianças e adolescentes usando seu Imposto de Renda Esta cartilha foi elaborada pela Associação Arte Despertar Fevereiro de 2014 Já imaginou se em vez de pagar seu imposto

Leia mais

Destinação de recursos para os Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente

Destinação de recursos para os Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente Destinação de recursos para os Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente Fernando Elias Gerente de Projetos Sociais Instituto Telemig Celular 2007 TÓPICOS: Visão geral dos Conselhos e FIA em MG.

Leia mais

O seu imposto de renda agora tem um destino certo

O seu imposto de renda agora tem um destino certo O seu imposto de renda agora tem um destino certo Cartilha de Incentivo à Doação com dedutibilidade do Imposto de Renda Banco de imagens Grupo Orsa/ Luiz Prado Projeto Bandeira - Fundação Orsa 1 Heider

Leia mais

CARTILHA DE INCENTIVOS FISCAIS* Nesta Cartilha, preparada a pedido da AMARRIBO, abordamos os seguintes incentivos fiscais:

CARTILHA DE INCENTIVOS FISCAIS* Nesta Cartilha, preparada a pedido da AMARRIBO, abordamos os seguintes incentivos fiscais: CARTILHA DE INCENTIVOS FISCAIS* Nesta Cartilha, preparada a pedido da AMARRIBO, abordamos os seguintes incentivos fiscais: A. Doação à AMARRIBO, que possui o título de OSCIP; B. Doação/Patrocínio de Projeto

Leia mais

Brasília, 27 de maio de 2013.

Brasília, 27 de maio de 2013. NOTA TÉCNICA N o 20 /2013 Brasília, 27 de maio de 2013. ÁREA: Desenvolvimento Social TÍTULO: Fundo para Infância e Adolescência (FIA) REFERÊNCIAS: Lei Federal n o 4.320, de 17 de março de 1964 Constituição

Leia mais

Edital 02/2015 Saldo Remanescente

Edital 02/2015 Saldo Remanescente Edital 02/2015 Saldo Remanescente EDITAL Nº 02/2015 CMDCA EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS PARA FINANCIAMENTO NO ANO DE 2015 O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente CMDCA, no

Leia mais

MODALIDADES PARTICIPATIVAS DE CONTRIBUIÇÃO AO INSTITUTO COI. 1. Doação ao ICOI, que possui o título de OSCIP

MODALIDADES PARTICIPATIVAS DE CONTRIBUIÇÃO AO INSTITUTO COI. 1. Doação ao ICOI, que possui o título de OSCIP MODALIDADES PARTICIPATIVAS DE CONTRIBUIÇÃO AO INSTITUTO COI 1. Doação ao ICOI, que possui o título de OSCIP 2. Doação/Patrocínio de Projeto Cultural por pessoa jurídica (art. 18 da Lei Rouanet) e 3. Doação/Patrocínio

Leia mais

PROGRAMA COMUNITÁRIO DE BOLSA DE ESTUDO: BOLSA EMPRESA O QUE FAZER PARA SER UM ESTUDANTE BOLSISTA:

PROGRAMA COMUNITÁRIO DE BOLSA DE ESTUDO: BOLSA EMPRESA O QUE FAZER PARA SER UM ESTUDANTE BOLSISTA: UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS - UCG PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO E APOIO ESTUDANTIL - PROEX COORDENAÇÃO DE ASSUNTOS ESTUDANTIS - CAE PROGRAMA COMUNITÁRIO DE BOLSA DE ESTUDO: BOLSA EMPRESA O QUE FAZER PARA

Leia mais

Avenida Arlindo Joaquim de Lemos, 693 Vila Lemos Campinas SP CEP 13100-450 Fone (19) 9114-9922 ivva-campinas@ivva-campinas.org.br

Avenida Arlindo Joaquim de Lemos, 693 Vila Lemos Campinas SP CEP 13100-450 Fone (19) 9114-9922 ivva-campinas@ivva-campinas.org.br Lei 9.790/99 Incentivo Fiscal: contribuindo para ações de responsabilidade social Elaborado por: Miriane de Almeida Fernandes CRA 1.65.348-9 e CRC 1SP229778-P-3 Iara Hernandes Barciella, CRC 1SP184189/P-6

Leia mais

Doar Faz Bem. Capa. Ações que reverberam. Manual de Doações. nazareuniluz.org.br. Nazaré Uniluz

Doar Faz Bem. Capa. Ações que reverberam. Manual de Doações. nazareuniluz.org.br. Nazaré Uniluz Capa Doar Faz Bem Ações que reverberam Manual de Doações www. - (11) 4597-7109 / 4597-7103 / 96473-2851 www. - (11) 4597-7109 / 4597-7103 / 96473-2851 Este Manual foi criado com o intuito de inspirar,

Leia mais

Indice. O que é NFSe?... 5

Indice. O que é NFSe?... 5 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

ESTOU NESSA! Equipe de Educação Fiscal Alfândega da Receita Federal do Brasil do Porto de Santos Delegacia da Receita Federal do Brasil em Santos

ESTOU NESSA! Equipe de Educação Fiscal Alfândega da Receita Federal do Brasil do Porto de Santos Delegacia da Receita Federal do Brasil em Santos Incentivos fiscais do Imposto de Renda em benefício de Crianças e Adolescentes ESTOU NESSA! Equipe de Educação Fiscal Alfândega da Receita Federal do Brasil do Porto de Santos Delegacia da Receita Federal

Leia mais

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

DOAÇÕES DE PESSOA JURÍDICA

DOAÇÕES DE PESSOA JURÍDICA Assunto DOAÇÕES DE PESSOA JURÍDICA Vigência 01/10/2011 Departamento Jurídico Documento MAN-01 Página 01/10 1. INTRODUÇÃO 1.1 OBJETIVOS Procuraremos descrever aqui as possibilidades de uma pessoa jurídica

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

Toda criança é, potencialmente, a luz do mundo

Toda criança é, potencialmente, a luz do mundo Toda criança é, potencialmente, a luz do mundo QUEM SOMOS Somos a Associação Monte Carmelo (AMC), uma organização não-governamental de desenvolvimento sócio-econômico, localizada na cidade de Porto Feliz

Leia mais

Doações e Incentivos Fiscais Federais (DOAÇÃO SEM DOR)

Doações e Incentivos Fiscais Federais (DOAÇÃO SEM DOR) Doações e Incentivos Fiscais Federais (DOAÇÃO SEM DOR) Fundamento Legal: Lei 8069/90, art. 260 Estatuto da Criança e do Adolescente Nos próximos slides você encontrará o passo a passo de como destinar

Leia mais

IRPF IR2013. Chegou a hora de declarar o. Especial

IRPF IR2013. Chegou a hora de declarar o. Especial Boletim Informativo dirigido a participantes de planos de previdência da Bradesco Vida e Previdência Março de 2013 Especial IRPF 2013 Chegou a hora de declarar o IR2013 >> Fique por dentro >> Onde informar

Leia mais

DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE?

DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE? 1. O que são os FUNDOS DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE? São recursos públicos mantidos em contas bancárias específicas. Essas contas têm a finalidade de receber repasses orçamentários e depósitos

Leia mais

BOTE FÉ NO FUTURO. Colabore com o FECRIANÇA. Sua doação deduzida do imposto de renda.

BOTE FÉ NO FUTURO. Colabore com o FECRIANÇA. Sua doação deduzida do imposto de renda. BOTE FÉ NO FUTURO Colabore com o FECRIANÇA. Sua doação deduzida do imposto de renda. O Fecriança convida você a colaborar para a construção de um futuro de paz e justiça social. Destine parte do seu Imposto

Leia mais

PASSO A PASSO DOAÇÃO AO PROJETO AABB ESPORTES E REGISTRO DA DOAÇÃO NA DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA

PASSO A PASSO DOAÇÃO AO PROJETO AABB ESPORTES E REGISTRO DA DOAÇÃO NA DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PASSO A PASSO DOAÇÃO AO PROJETO AABB ESPORTES E REGISTRO DA DOAÇÃO NA DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA É simples contribuir para a promoção do esporte dentro do Sistema AABB, com o Projeto AABB Esportes.

Leia mais

Introdução... 3 Certificações da FFM... 4

Introdução... 3 Certificações da FFM... 4 MANUAL DE BENEFÍCIOS FISCAIS DOAÇÕES EFETUADAS À FFM São Paulo SP 2014 Índice Introdução... 3 Certificações da FFM... 4 1. Doações a Entidades sem Fins Lucrativos... 5 1.1. Imposto de Renda e Contribuições

Leia mais

Copyright 2004/2015 - VLC

Copyright 2004/2015 - VLC Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Perguntas Frequentes Versão 8.1 Atualizado em 26/08/2015 Copyright 2004/2015 - VLC As informações contidas neste caderno de Perguntas e Respostas são de propriedade da

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

INCENTIVOS FISCAIS, UMA VISÃO GERAL

INCENTIVOS FISCAIS, UMA VISÃO GERAL INCENTIVOS FISCAIS, UMA VISÃO GERAL Danilo Brandani Tiisel danilo@socialprofit.com.br MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS Características da Atividade Atividade planejada e complexa: envolve marketing, comunicação,

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO AO INCENTIVO: P.A.I ( Lei Rouanet) Informações Importantes para o Empresário Patrocinador

PROGRAMA DE APOIO AO INCENTIVO: P.A.I ( Lei Rouanet) Informações Importantes para o Empresário Patrocinador Informações Importantes para o Empresário Patrocinador Se sua empresa deseja Patrocinar um dos projeto culturais, aprovados pelo Ministério da Cultura por meio por da Lei Rouanet. Isso significa que como

Leia mais

Secretaria da Receita Federal do Brasil. Missão. Valores

Secretaria da Receita Federal do Brasil. Missão. Valores Secretaria da Receita Federal do Brasil Missão Exercer a administração tributária e o controle aduaneiro, com justiça fiscal e respeito ao cidadão, em benefício da sociedade. Respeito ao cidadão Integridade

Leia mais

CLUBE ATLÉTICO METROPOLITANO BLUMENAU SC

CLUBE ATLÉTICO METROPOLITANO BLUMENAU SC BLUMENAU SC PÁGINA 2 APRESENTAÇÃO É difícil de imaginar um clube com apenas 09 anos de existência conseguir seu espaço no coração dos blumenauenses e expandir suas raízes a toda uma região. Mas o Clube

Leia mais

Transforme seu imposto em música

Transforme seu imposto em música FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA Transforme seu imposto em música Associação Cultural Casa de Música de Ouro Branco O QUE É O FUNDO DA INFÂNCIA E DA ADOLESCÊNCIA O Fundo da Infância e da Adolescência

Leia mais

FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO DE PIRACICABA Centro de Pós-Graduação

FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ENSINO DE PIRACICABA Centro de Pós-Graduação MANUAL DE INSCRIÇÃO Nesta primeira tela observar a inscrição referente ao CPG, que é o no primeiro quadro com descrição Abertos. Neste link é possível baixar o edital de inscrição antes de realiza-la.

Leia mais

A THOMSON COMPANY. INCENTIVOS FISCAIS Doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente

A THOMSON COMPANY. INCENTIVOS FISCAIS Doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente A THOMSON COMPANY INCENTIVOS FISCAIS Doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente INCENTIVOS FISCAIS Doações aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente Direitos autorais cedidos

Leia mais

Cartilha de Incentivo Fiscal via Lei da Oscip

Cartilha de Incentivo Fiscal via Lei da Oscip INCENTIVO FISCAL VIA LEI DA OSCIP O idestra Instituto para o Desenvolvimento dos Sistemas de Transportes é uma organização civil de direito privado, sem fins lucrativos, fundada em maio de 2012, com efetivo

Leia mais

Tutorial do Sistema Comunidade, Presente!

Tutorial do Sistema Comunidade, Presente! Tutorial do Sistema Comunidade, Presente! 1 Sumário Etapas do processo de apoio... 3 Cadastro... 5 Cadastro da Organização... 5 Cadastro do projeto e do pedido de apoio... 12 Atividades... 22 Editar Perfil...

Leia mais

TUTORIAL PORTAL EMPRESA

TUTORIAL PORTAL EMPRESA TUTORIAL PORTAL EMPRESA Prezado cliente, O NatalCard trabalha pensando em soluções para facilitar o seu dia a dia. Por isso, o sistema para solicitação do cartão Vale-Transporte Eletrônico, o Portal Empresa,

Leia mais

PORQUE SORRIR FAZ PARTE VIDA

PORQUE SORRIR FAZ PARTE VIDA PORQUE SORRIR FAZ PARTE DA VIDA PROCEDIMENTOS PARA CONSULTAS E CADASTROS DE ORÇAMENTOS VIA INTERNET Com mais de 10 anos e com profundo conhecimento sobre saúde bucal, a DENTALPAR destaca-se no mercado

Leia mais

Participe! vamos decolar o futuro!

Participe! vamos decolar o futuro! Participe! vamos decolar o futuro! Caro(a) colega, Estamos iniciando mais uma edição do programa Cidadãos do Amanhã, uma iniciativa de sucesso, empreendida há 15 anos pela ArcelorMittal junto aos seus

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL. Sistema de Depósito Judicial

PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL. Sistema de Depósito Judicial PODER JUDICIÁRIO DO PARÁ Secretaria de Informática MANUAL Sistema de Depósito Judicial Sistema desenvolvido pela Secretária de Informática- TJE/PA Belém/PA Agosto de 2012 SUMÁRIO: 1- Apresentação... 3

Leia mais

LEI 11.438, DE 29 DE DEZEMBRO DE

LEI 11.438, DE 29 DE DEZEMBRO DE LEI 11.438, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006 Dispõe sobre incentivos e benefícios para fomentar as atividades de caráter desportivo e dá outras providências. * V. Dec. 6.180/2007 (Regulamenta a Lei 11.438/2006).

Leia mais

PROJETO FUMCAD 2014 VIVER E SORRIR GRUPO DE APOIO AO PREMATURO PROJETO: Implantação de Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de Alta Complexidade no

PROJETO FUMCAD 2014 VIVER E SORRIR GRUPO DE APOIO AO PREMATURO PROJETO: Implantação de Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de Alta Complexidade no Alta Complexidade no Hospital São Paulo Hospital Universitário da UNIFESP A prematuridade é um problema mundial e crescente de saúde pública, sendo considerada hoje uma das principais causas de morbidade

Leia mais

Projetos alinhados com pelo menos um dos eixos de atuação abaixo:

Projetos alinhados com pelo menos um dos eixos de atuação abaixo: PROGRAMA VOLUNTARIADO BB APOIO A PROJETOS COM RECURSOS DO FIA EDITAL INTERNO DO PROJETO VOLUNTÁRIOS BB FIA 2015 UNIDADE NEGÓCIOS SOCIAIS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL - UNS APRESENTAÇÃO O Projeto Voluntários

Leia mais

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV Sistema de de Eletrônica SETRANSP DOTFLEX MANUAL MÓDULO PDV REGIÃO MANUAL METROPOLITANA MÓDULO PESSOA Revisão JURÍDICA 02 / Setembro SBE de 2008 - DOTFLEX Revisão 00 / Março de 2009 MANUAL MÓDULO EMPRESA

Leia mais

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1

NFSE - Nota Fiscal de Serviços Eletrônica 1 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de direitos autorais, contanto que as cópias sejam feitas

Leia mais

Associação Síndrome de Down, Piracicaba (SP) VOCÊ MUDA O DESTINO DE PARTE DO SEU IMPOSTO E ACABA MUDANDO MUITOS OUTROS.

Associação Síndrome de Down, Piracicaba (SP) VOCÊ MUDA O DESTINO DE PARTE DO SEU IMPOSTO E ACABA MUDANDO MUITOS OUTROS. Associação Síndrome de Down, Piracicaba (SP) VOCÊ MUDA O DESTINO DE PARTE DO SEU IMPOSTO E ACABA MUDANDO MUITOS OUTROS. Caro(a) colega, É com muito orgulho que anunciamos uma nova edição do programa Cidadãos

Leia mais

CARTILHA DE DOAÇÃO PARA O FUMCAD

CARTILHA DE DOAÇÃO PARA O FUMCAD CARTILHA DE DOAÇÃO PARA O FUMCAD ÍNDICE O que é o FUMCAD 2 Conceito e Natureza Jurídica 2 Doações 3 Dedução das Doações Realizadas no Próprio Exercício Financeiro 4 Passo a Passo para a Doação 5 Principais

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual do Consumidor

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual do Consumidor GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA Nota Fiscal Paulista Manual do Consumidor Versão 2.2 20/08/2009 Índice Analítico 1. Considerações Gerais 3 1.1 Definição 3 1.2

Leia mais

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012)

NFE Nota Fiscal eletrônica. Versão 2.0 (07/2012) NFE Nota Fiscal eletrônica Versão 2.0 (07/2012) Sumário INTRODUÇÃO... 2 COMO OBTER AUTORIZAÇÃO PARA EMISSÃO DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA... 3 2º VIA DE SOLICITAÇÃO/AUTORIZAÇÃO DE IMPRESSÃO DE DOCUMENTOS FISCAIS...

Leia mais

PROGRAMA EMPRESA CIDADÃ

PROGRAMA EMPRESA CIDADÃ PROGRAMA EMPRESA CIDADÃ São utilizados neste documento as abreviaturas abaixo, com as seguintes definições: ROTARY INTERNATIONAL: Organização de líderes de negócios e profissionais, unidos no mundo inteiro,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual da Entidade Social

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA. Nota Fiscal Paulista. Manual da Entidade Social GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA FAZENDA Nota Fiscal Paulista Manual da Entidade Social V.2 28.07.2009 Índice Analítico 1. Considerações Gerais 3 1.1 Definição 3 1.2

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.438, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006. Texto compilado Dispõe sobre incentivos e benefícios para fomentar as atividades de caráter

Leia mais

Manual do Usuário Versão 01. Ficha de Oportunidade

Manual do Usuário Versão 01. Ficha de Oportunidade Versão 01 Ficha de Oportunidade HISTÓRICO DE REVISÕES Data Versão Descrição Autor 24/11/2011 01 Desenvolvimento do manual do usuário baseado nas informações do sistema junto com apoio dos técnicos de implantação.

Leia mais

Solicitando o Cartão BNDES

Solicitando o Cartão BNDES Solicitando o Cartão BNDES Atualizado em 03/03/2010 Pág.: 1/18 Introdução Este manual destina-se a orientar as micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) na solicitação do Cartão BNDES no Portal de Operações

Leia mais

PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO CONTEÚDO

PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO CONTEÚDO PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO CONTEÚDO Sobre o site... 2 Segurança -Trocar Senha... 3 Pedidos -Solicitar Cartão... 4 Pedidos - Instrução de preenchimento de formulários... 5 Pedidos -Reimprimir Formulário...

Leia mais

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL PARTE I - INTRODUÇÃO I Requisitos do Sistema. Para utilização do Sistema de Informações Gerenciais SIG, deve-se ter os seguintes requisitos: Acesso a Internet: Discado ou Banda Larga. Navegador de Internet:

Leia mais

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES.

Material de apoio. Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Material de apoio Disponível no site: : www.justica.gov.br, no link: Entidades Sociais >> CNES. Portaria

Leia mais

SIM Sistema de Informação Monitorada Ltda. Vise Boletos

SIM Sistema de Informação Monitorada Ltda. Vise Boletos Vise Boletos O Vise Boletos é um aplicativo que gera o arquivo de remessa e lê o arquivo de retorno de títulos que foram enviados e retornados pelo Banco. Esses processos são todos vinculados ao sistema

Leia mais

INCENTIVOS FISCAIS DO IR DEVIDO

INCENTIVOS FISCAIS DO IR DEVIDO INCENTIVOS FISCAIS DO IR DEVIDO IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA IMPOSTO DE RENDA PESSOA JURÍDICA INTRODUÇÃO: Poderão utilizar os INCENTIVOS FISCAIS objetos desta apresentação: As pessoas físicas que entregarem

Leia mais

DOAÇÕES ao FIA. TODOS PODEM DOAR, porém...

DOAÇÕES ao FIA. TODOS PODEM DOAR, porém... DOAÇÕES ao FIA TODOS PODEM DOAR, porém... Somente AS DOAÇÕES que atendem ao disposto no artigo 260 do ECRIAD, poderão ser deduzidas na DECLARAÇÃO ANUAL DA PESSOA FÍSICA OU JURÍDICA Art. 260. Os contribuintes

Leia mais

PROGRAMA DE APOIO AO INCENTIVO: P.A.I ( Lei Rouanet) Informações importantes para o Contador da Empresa

PROGRAMA DE APOIO AO INCENTIVO: P.A.I ( Lei Rouanet) Informações importantes para o Contador da Empresa Informações importantes para o Contador da Empresa É a lei que institui o Programa Nacional de Apoio à Cultura PRONAC, visando à captação de recursos para investimentos em projetos culturais. As pessoas

Leia mais

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo.

Material de apoio. Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Material de apoio Material de apoio Portaria SNJ nº 252, de 27/ 12/ 12, publicada no D.O.U. de 31/ 12 /12. Manual do usuário. Manual da nova comprovação de vínculo. Informações Gerais O sistema CNES/MJ

Leia mais

EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE PROJETOS ESPORTIVOS SOCIAIS 2007-2008

EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE PROJETOS ESPORTIVOS SOCIAIS 2007-2008 EDITAL PARA INSCRIÇÃO DE PROJETOS ESPORTIVOS SOCIAIS 2007-2008 Ministério do Esporte Secretaria Especial dos Direitos Humanos Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente Comissão de Chancela

Leia mais

Manual de Nota Fiscal Eletrônica e Declaração Mensal de Serviços Prefeitura Municipal de Morrinhos Estado de Goiás

Manual de Nota Fiscal Eletrônica e Declaração Mensal de Serviços Prefeitura Municipal de Morrinhos Estado de Goiás Manual de Nota Fiscal Eletrônica e Declaração Mensal de Serviços Prefeitura Municipal de Morrinhos Estado de Goiás Secretaria Municipal de Finanças Gerência de Arrecadação 1 Prefeitura Municipal de Morrinhos

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO AO SISTEMA BOLETO - PESSOA JURÍDICA - DEZEMBRO 2009 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 3 2. CADASTRO 3 3. VINCULAR ENTIDADE 6 4. ACESSO ÀS FUNCIONALIDADES DO SISTEMA 9 4.1. NADA CONSTA

Leia mais

REQUERIMENTO DE CARTEIRA DE IDENTIDADE PROFISSIONAL

REQUERIMENTO DE CARTEIRA DE IDENTIDADE PROFISSIONAL REQUERIMENTO DE CARTEIRA DE IDENTIDADE PROFISSIONAL PEDIDOS WEB MANUAL DO USUÁRIO CONTEÚDO Sobre o site... 2 Segurança -Trocar Senha... 3 Pedidos -Solicitar Cartão... 4 Pedidos - Instrução de preenchimento

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.438, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006. Dispõe sobre incentivos e benefícios para fomentar as atividades de caráter desportivo e

Leia mais

PORTAL DE SERVIÇOS AUTOMATIZADOS À PREFEITURA

PORTAL DE SERVIÇOS AUTOMATIZADOS À PREFEITURA O Portal de Serviços Automatizados à Prefeitura disponibiliza ao contribuinte a emissão de faturas referente os débitos do IPTU, ISSQN e DÍVIDAS DIVERSAS, do exercício e dívida ativa, tanto negociada (parcelamentos)

Leia mais

DESTINAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PARA CRIANÇA E ADOLESCENTE E IDOSO: UMA FORMA DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL. Programa Nacional de Educação Fiscal

DESTINAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PARA CRIANÇA E ADOLESCENTE E IDOSO: UMA FORMA DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL. Programa Nacional de Educação Fiscal DESTINAÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA PARA CRIANÇA E ADOLESCENTE E IDOSO: UMA FORMA DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL Programa Nacional de Educação Fiscal Superintendência da Receita Federal do Brasil em São Paulo Outubro

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA CARTILHA E TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA SUMÁRIO

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA CARTILHA E TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA SUMÁRIO NFS-e NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA CARTILHA E TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA SUMÁRIO 1. NFS-e 1.1 Considerações Iniciais 1.2 Definição 1.3 Regras de uso 1.3.1 Quem está obrigado a emitir a NFS-e?

Leia mais

Acessar em tempo real seus boletos de cobrança, extratos financeiros e demonstrativos do IRPF;

Acessar em tempo real seus boletos de cobrança, extratos financeiros e demonstrativos do IRPF; PARA VOCÊ CLIENTE www.plaenge.com.vc 2 Prezado Cliente, Seja bem-vindo ao Para Você Cliente, um portal digital desenvolvido para que você tenha informações sobre o seu empreendimento com mais facilidade

Leia mais

Digitação e pesquisa de contas via site Mediservice (www.mediservice.com.br).

Digitação e pesquisa de contas via site Mediservice (www.mediservice.com.br). 1 Objetivo: Digitação e pesquisa de contas via site Mediservice (www.mediservice.com.br). Acesso ao site Na página inicial do site da Mediservice, o prestador deve selecionar a opção Credenciado. 2 Caso

Leia mais

DÚVIDAS FREQUENTES. 3. Como é acompanhada a evolução do processo de apoio?

DÚVIDAS FREQUENTES. 3. Como é acompanhada a evolução do processo de apoio? DÚVIDAS FREQUENTES 1. O que é o Programa Amigo de Valor? R: O Amigo de Valor pretende fortalecer programas de atendimento à criança e ao adolecente em situação de vulnerabilidade, e, em alguns casos, às

Leia mais

Como realizar doações e contribuições através da internet Instruções

Como realizar doações e contribuições através da internet Instruções Como realizar doações e contribuições através da internet Instruções www.pvision2020.org Interessados Esta instrução é projetada para aqueles que estão interessados em fazer uma contribuição ou doação

Leia mais

Sistema de Eventos - Usuário

Sistema de Eventos - Usuário 2013 Sistema de Eventos - Usuário Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 06/06/2013 Sumário 1- Sistema de eventos... 3 1.1 Eventos... 3 1.2 Eventos que participo... 4 1.3 Trabalhos...

Leia mais