Política de Compliance

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Política de Compliance"

Transcrição

1 Política de Compliance 1 Objetivo O objetivo desta Política é estabelecer diretrizes e procedimentos que assegurem o cumprimento das normas de Compliance definidas pelo Grupo VEOLIA e, que essas normas integrem os procedimentos de operação e desenvolvimento das atividades do Grupo no Brasil, definindo conceitos e aplicações em conformidade com os princípios e regras dispostos pela legislação vigente no país. 2 Abrangência Esta Política aplica-se a todos os administradores, funcionários, estagiários, aprendizes e prestadores de serviços alocados ou não em nossas dependências, que estiverem atuando em nome da Companhia. Todos os prestadores de serviços deverão ser informados sobre o conteúdo e a abrangência desta Política e deverão comprometer- se a cumprir integralmente. 3 Conceito e Definições Compliance: deriva do verbo inglês to comply, que significa dever de cumprir, adequar, executar e realizar o que foi estabelecido, isto é, estar em conformidade e fazer cumprir leis, decretos, regulamentos e instruções aplicáveis à atividade da Companhia, além da legalidade, a transparência, a ética e o atendimento as melhores práticas do Mercado e de Governança Corporativa, que, na hipótese de não cumprimento, podem gerar sanções, perda financeira e danos à imagem da companhia. Estrutura Normativa Interna: Conjunto de normas e procedimentos emitido pela Cia que servem de base para o desenvolvimento de suas atividades de acordo com estratégia previamente estabelecida, garantindo o cumprimento

2 das normas globais do Grupo e a legislação vigente nos diversos locais de atuação. Programa de Integridade: Conjunto de mecanismos e procedimentos internos de integridade que garantam a aplicação da Estrutura Normativa, tais como: - Auditoria Interna; - Incentivo à denúncia de irregularidades e aplicação do Código de Conduta; - Diretrizes de Governança Corporativa; - Políticas e Normas com o objetivo de detectar e sanar desvios, fraudes, irregularidades e atos ilícitos praticados contra a administração pública, nacional ou estrangeira; - Programa de Formação e Informação aos atores. 4 Diretrizes Constituem diretrizes e princípios norteadores das atividades de compliance: a) Acompanhar as alterações ocorridas no ambiente regulatório, proporcionando condições de aderência às áreas envolvidas, a quem compete o cumprimento das determinações legais; b) Verificar o cumprimento das normas emitidas pelos órgãos reguladores e da estrutura normativa interna pela Companhia, disseminando a importância do conhecimento das obrigações, bem como a de cada colaborador em cumpri-las; c) Atuar de forma independente e autônoma, de modo a garantir a imparcialidade em todas as suas operações; d) Revisar, periodicamente, o Programa de Integridade, visando ao seu aperfeiçoamento na prevenção, detecção e combate à ocorrência de violações; e) Acompanhar as demandas com os órgãos reguladores, facilitando o compartilhamento das informações e garantindo a devida execução e o cumprimento tempestivo do posicionamento institucional; e f) Reportar as informações relacionadas às atividades de compliance, promovendo transparência à Alta Administração. g) Treinar e conscientizar continuamente todos os colaboradores e parceiros, nas atividades e práticas deste programa de integridade,

3 estimulando uma cultura organizacional norteadora dos princípios éticos, de boas práticas e com atividades transparentes e justas que demonstram ao mesmo tempo a confiança mútua e respeito entre as relações pessoais e empresariais. Monitorar e avaliar o desempenho de todos, de modo a garantir a eficácia do programa, bem como a melhoria continua dos treinamentos. 5 Responsabilidades Alta Direção a) Conduzir práticas de negócio que atendam às leis nacionais e estrangeiras e à estrutura normativas internas aplicáveis à Companhia; e b) Constituir, Apoiar e Promover a área Controles Internos, Risco e Compliance e todas as ações pertinentes ao Programa de Integridade, provendo recursos e garantindo sua eficiência; c) Comprometer-se ao fiel cumprimento e disseminação em todos os níveis da companhia o atendimento às politicas, procedimentos e normas observadas no Programa de Integridade, sem prejuízo ao estabelecido em lei. d) Patrocinar a investigação de toda e qualquer manifestação recebida através do canal de denuncia aceita pela Comissão Interna de Apuração, bem como garantir o anonimato do denunciante. Departamento de Controles Internos, Risco e Compliance a) Supervisionar a concepção e a implementação dos procedimentos descritos no Programa de Integridade Veolia; b) Estruturar, implementar e disseminar o Programa de Integridade aos administradores, funcionários, estagiários, consultores internos e prestadores de serviços alocados ou não nas dependências da Companhia, fiscalizando o seu cumprimento e coordenando o desenvolvimento e a atualização dos treinamentos periódicos obrigatórios; c) Auxiliar as áreas de negócio na análise de suas estruturas, a fim de alinhá-los às normas emitidas pelos órgãos reguladores e à estrutura normativa interna;

4 d) Acompanhar a execução dos planos de ação, quando verificar conduta ou ato em desacordo com as normas emitidas pelos órgãos reguladores, aplicáveis à Companhia; e) Relatar a ocorrência de ato que constitua ilícito administrativo, civil ou penal a Alta Direção, ao Departamento de Controles Internos e ao Secretário Geral do grupo; f) Participar de discussões a respeito de projetos ou alterações normativas; e g) Coordenar os processos referentes ao Código de Conduta; h) Prover aconselhamento e orientação para o pessoal sobre o Programa de Integridade; i) Auxiliar no desenvolvimento e na atualização de treinamentos obrigatórios relacionados ao Programa de Integridade, aplicáveis aos funcionários, estagiários e prestadores de serviços; j) No desempenho de sua função, o compliance pode ter acesso a documentos, sistemas de informação e pessoas, podendo solicitar o compartilhamento de relatórios, correspondências e demais informações necessárias ao exercício de sua atividade. Departamento Jurídico a) Orientar a Companhia em relação às normas emitidas pelos órgãos reguladores e às alterações legislativas, tanto federais, estaduais, como municipais; b) Coordenar projetos ou alterações normativas. c) Participar e acompanhar da implementação e condução, do atendimento as leis aplicáveis ao Programa de Integridade, bem como a maneira de sua difusão e conscientização. Departamento de Recursos Humanos a) Certificar-se a inclusão dos treinamentos obrigatórios relacionados ao Programa de Integridade, aplicáveis aos administradores, funcionários, estagiários, consultores internos e prestadores de serviços no Treinamento de Integração. b) Apoiar e promover a divulgação e conscientização dos empregados diretos e terceiros ao objeto do programa.

5 6 Referências Lei nº 10406/2002 Código Civil Brasileiro Lei Federal nº /2013 Lei Anticorrupção, de 01 de agosto de Lei nº 8.429/1992 Lei de Improbidade Administrativa Pacto Global da ONU - 10 Princípios do Pacto Global DSC Diretrizes para o Sistema de Compliance Decreto-Lei de 07 de dezembro de 1940 (Código Penal Brasileiro) Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção (CNUCC) da ONU Organização das Nações Unidas. Convenção Interamericana contra a Corrupção da OEA Organização dos Estados Americanos Convenção sobre o Suborno de Funcionários Públicos Estrangeiros em Transações Comerciais Internacionais da OCDE Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

POLÍTICA DE CONFORMIDADE

POLÍTICA DE CONFORMIDADE Sumário 1. OBJETIVO... 1 2. ABRANGÊNCIA... 1 3. DEFINIÇÕES... 1 3.1 Conformidade... 1 3.2 Estrutura Normativa Interna... 1 3.3 Programa de Integridade... 1 4. PRINCÍPIOS E DIRETRIZES... 1 4.1 Princípios

Leia mais

MINASFAR AR COMÉRCIO, CIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE MATERIAIS HOSPITALARES LTDA POLÍTICA DE COMPLIANCE

MINASFAR AR COMÉRCIO, CIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE MATERIAIS HOSPITALARES LTDA POLÍTICA DE COMPLIANCE MINASFAR AR COMÉRCIO, CIO, IMPORTAÇÃO E EXPORTAÇÃO DE MATERIAIS HOSPITALARES LTDA POLÍTICA DE COMPLIANCE SUMÁRIO I Introdução...5 II O que é compliance...5 III Abrangência...6 IV Estrutura de compliance...6

Leia mais

Política de Compliance Elaborado em: 11/2017 Revisado em: 07/2018 Código Documento: CO-002 Versão: 001

Política de Compliance Elaborado em: 11/2017 Revisado em: 07/2018 Código Documento: CO-002 Versão: 001 Política de Compliance Código Documento: CO-002 1. OBJETIVO A presente Política visa a orientar a função de compliance do Grupo Mascarello por meio de diretrizes, princípios e responsabilidades observados

Leia mais

POLÍTICA DE CONFORMIDADE CORPORATIVA DA TRANSPETRO

POLÍTICA DE CONFORMIDADE CORPORATIVA DA TRANSPETRO POLÍTICA DE CONFORMIDADE CORPORATIVA DA TRANSPETRO SUMÁRIO 1. OBJETIVO 2. APLICAÇÃO E ABRANGÊNCIA 3. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA E COMPLEMENTARES 3.1. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA 3.2. DOCUMENTOS COMPLEMENTARES

Leia mais

COMPANHIA RIOGRANDENSE DE SANEAMENTO A Vida Tratada Com Respeito

COMPANHIA RIOGRANDENSE DE SANEAMENTO A Vida Tratada Com Respeito FOLHA DE CONTROLE Título Política de Conformidade e Integridade Número de versão 1 Status Lançamento Autoria Superintendência de Controles Internos e Gestão de Riscos - SUCIR Pré-aprovação Diretoria Colegiada

Leia mais

POLÍTICA DE COMPLIANCE

POLÍTICA DE COMPLIANCE Classificação das Informações 5/5/2015 Confidencial [ ] Uso Interno [ X ] Uso Público ÍNDICE 1 OBJETIVO... 3 2 ABRANGÊNCIA... 3 3 REFERÊNCIAS... 3 4 DEFINIÇÕES... 4 5 DIRETRIZES... 4 6 RESPONSABILIDADES...

Leia mais

Instrução Normativa IN CO Política de Compliance da CIP

Instrução Normativa IN CO Política de Compliance da CIP Instrução Normativa IN CO011 2017 Política de Objetivo: Estabelecer as diretrizes que regem o funcionamento da estrutura de Compliance, em consonância com a Visão, a Missão, os Valores e Princípios da

Leia mais

Política de Compliance

Política de Compliance Política de Compliance SUMÁRIO 1- INTRODUÇÃO... 3 2- ABRANGÊNCIA... 3 3- OBJETIVO... 4 4- TERMOS E DEFINIÇÕES... 4 5- DIRETRIZES... 6 6- ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES... 8 7- DOCUMENTOS RELACIONADOS...

Leia mais

COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE MINAS GERAIS

COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE MINAS GERAIS SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. LEGISLAÇÃO... 3 3. ABRAGÊNCIA... 4 4. DEFINIÇÕES... 4 4.1... 4 4.2 CONFORMIDADE... 5 4.3 INTEGRIDADE... 5 5. DIRETRIZES GERAIS... 5 6. RESPONSABILIDADES... 6 6.1 ADMINISTRAÇÃO/DIRETORIA...

Leia mais

Política de Compliance Corporativo da Lojas Renner S.A.

Política de Compliance Corporativo da Lojas Renner S.A. Política de Compliance Corporativo da Lojas Renner S.A. SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 3 2 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL... 3 3 PREMISSAS... 3 4 MISSÃO... 4 5 ATUAÇÃO... 4 6 DIRETRIZES - RESPONSABILIDADE POR ÁREA, CARGOS

Leia mais

Instrução Normativa IN CO Política de Conformidade da CIP

Instrução Normativa IN CO Política de Conformidade da CIP Instrução Normativa IN CO011 2017 Política de Objetivo: Formalizar as diretrizes da função de Compliance da CIP, em consonância com a Visão, a Missão, os Valores e Princípios da CIP. Autor do documento:

Leia mais

POLÍTICA DE COMPLIANCE

POLÍTICA DE COMPLIANCE POLÍTICA DE COMPLIANCE SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 1 2. APLICAÇÃO... 2 3. DEFINIÇÕES... 2 4. DO PROGRAMA DE INTEGRIDADE MRV... 2 5. ESTRUTURA DA ÁREA DE COMPLIANCE... 3 5.1. Funções da Área de Compliance...

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO, INTEGRIDADE, RISCOS E CONTROLES INTERNOS MGI MINAS GERAIS PARTICIPAÇÕES S.A.

POLÍTICA DE GESTÃO, INTEGRIDADE, RISCOS E CONTROLES INTERNOS MGI MINAS GERAIS PARTICIPAÇÕES S.A. POLÍTICA DE GESTÃO, INTEGRIDADE, RISCOS E CONTROLES INTERNOS MGI MINAS GERAIS PARTICIPAÇÕES S.A. 1 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. ABRANGÊNCIA... 4 3. DEFINIÇÕES... 4 4. FUNDAMENTAÇÃO... 5 5. REVISÃO DESTA

Leia mais

POLÍTICA ORGANIZACIONAL

POLÍTICA ORGANIZACIONAL Diretoria Responsável: Diretoria de Controles Internos, Riscos e Compliance Normas vinculadas: CODEC Publicado em: 11/12/2017 Revisão: 11/12/2019 1. Objetivo O compromisso da TOTVS com a integridade tem

Leia mais

Política de Prevenção a Fraudes

Política de Prevenção a Fraudes Política de Prevenção a Fraudes Maio/2018 1. Apresentação da Política Esta Política tem como objetivo ser um dos pilares que visam assegurar a adequação, o fortalecimento e o funcionamento eficiente do

Leia mais

POLÍTICA PARA A PREVENÇÃO DE DELITOS 19 de julho de 2018.

POLÍTICA PARA A PREVENÇÃO DE DELITOS 19 de julho de 2018. 1 POLÍTICA PARA A PREVENÇÃO DE DELITOS 19 de julho de 2018. O Conselho de Administração da NEOENERGIA S.A. ("NEOENERGIA" ou Companhia ) tem a responsabilidade de formular a estratégia e aprovar as Políticas

Leia mais

Programa de Integridade/ Compliance

Programa de Integridade/ Compliance Programa de Integridade/ Compliance Sumário Programa de Integridade... 3 Estrutura Organizacional... 4 Estrutura do Programa de Integridade... 6 1. Diretrizes Institucionais... 7 2. Governança Corporativa...

Leia mais

Política de Compliance

Política de Compliance Política de Compliance Maio/2018 1. Apresentação da Política A tem como objetivo assegurar a adequação, o fortalecimento e o funcionamento eficiente do Sistema de Controles Internos da TAESA e suas subsidiárias

Leia mais

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E À FRAUDE

POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E À FRAUDE POLÍTICA DE PREVENÇÃO E COMBATE À CORRUPÇÃO E À FRAUDE 11/08/2017 INFORMAÇÃO PÚBLICA SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 3 2 ABRANGÊNCIA... 3 3 REFERÊNCIAS... 3 4 CONCEITOS... 4 5 DIRETRIZES... 5 6 ORIENTAÇÕES GERAIS...

Leia mais

PBTI. Programa de Integridade. Maio 2018

PBTI. Programa de Integridade. Maio 2018 PBTI Programa de Integridade Maio 2018 Introdução A PBTI Soluções tem o compromisso de conduzir seus negócios de acordo com os mais elevados padrões de ética e integridade empresarial. Em 2012 a PBTI lançou

Leia mais

Política de Compliance

Política de Compliance Política de Compliance Elaborado Por: Tipo do Documento: Área: Código: AVIANCA: Salatiane Lima; AZUL: Joanna Portella e Rachel Fischer; GOL: Flavia Guine de Sá e Guilherme Trevisan; LATAM: Livia Abilio

Leia mais

Política de Compliance

Política de Compliance Política de Compliance Capítulo 1 Objetivo do documento A Política de Conformidade (Compliance) da cooperativa estabelece princípios e diretrizes de conduta corporativa, para que todos os dirigentes, empregados

Leia mais

Programa de. Integridade REDE D OR SÃO LUIZ

Programa de. Integridade REDE D OR SÃO LUIZ Programa de Integridade REDE D OR SÃO LUIZ Introdução...03 O Programa de Integridade...04 Pilares do Programa...05 Principais Benefícios...09 Nosso Compromisso...10 Introdução O combate à corrupção depende

Leia mais

Política de Conformidade (Compliance)

Política de Conformidade (Compliance) Política de Conformidade (Compliance) Versão 1.0 Elaborado em outubro de 2017 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. CONCEITO DE COMPLIANCE... 3 3. DIRETRIZES... 3 4. ATRIBUIÇÕES DOS ÓRGÃOS ESTATUTÁRIOS... 4 4.1

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO Sumário 1. OBJETIVO... 1 2. ABRANGÊNCIA... 1 3. DEFINIÇÕES... 1 3.1 Fraude... 1 3.2 Corrupção... 1 3.3 Programa de Integridade... 2 4. PRINCÍPIOS... 2 4.1 Repúdio a ações de fraude e corrupção direta ou

Leia mais

PROGRAMA DE COMPLIANCE

PROGRAMA DE COMPLIANCE PROGRAMA DE COMPLIANCE VERSÃO 1.0 SETEMBRO/2016 1. NOME DO PROGRAMA Programa de Compliance criado em 30.09.2015 2. OBJETIVO Mitigar os riscos das operações e os negócios atuais e futuros, sempre em conformidade

Leia mais

POLÍTICA DE COMPLIANCE E CONTROLES INTERNOS

POLÍTICA DE COMPLIANCE E CONTROLES INTERNOS POLÍTICA DE COMPLIANCE E CONTROLES INTERNOS 11/08/2017 INFORMAÇÃO INTERNA SUMÁRIO 1 OBJETIVO... 3 2 ABRANGÊNCIA... 3 3 REFERÊNCIAS... 3 4 CONCEITOS... 4 5 REGRAS GERAIS... ERRO! INDICADOR NÃO DEFINIDO.

Leia mais

Políticas Corporativas

Políticas Corporativas 1 IDENTIFICAÇÃO Título: Restrições para Uso: POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS Acesso Controle Livre Reservado Confidencial Controlada Não Controlada Em Revisão 2 - RESPONSÁVEIS Etapa Área Responsável Cargo

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE ASK GESTORA DE RECURSOS LTDA. Brasil Portugal - Angola

MANUAL DE COMPLIANCE ASK GESTORA DE RECURSOS LTDA. Brasil Portugal - Angola MANUAL DE COMPLIANCE DA ASK GESTORA DE RECURSOS LTDA. JUNHO DE 2016 ÍNDICE GERAL 1. INTRODUÇÃO... 3 2. AMPLITUDE... 3 3. COMPLIANCE... 3 4. ESTRUTURA DE COMPLIANCE DA GESTORA... 5 5. DISPOSIÇÕES GERAIS...

Leia mais

Dezembro de 2015 Versão 1.1. Código de Compliance

Dezembro de 2015 Versão 1.1. Código de Compliance Dezembro de 2015 Versão 1.1 Código de Compliance 1. Finalidade 2 2. Amplitude 2 3. Compliance 2 3.1. Definição de Compliance 2 3.2. Risco de Compliance 3 3.3. Atribuições da estrutura de compliance 3 3.4.

Leia mais

MANUAL DE INTEGRIDADE

MANUAL DE INTEGRIDADE MANUAL DE Controle de alterações Revisão Data Local da Revisão Descrição 1 - Emissão inicial Lista de Distribuição Diretoria Executiva Diretoria de Integridade Diretores das áreas Gestores de Integridade

Leia mais

Compliance. Nosso Compromisso

Compliance. Nosso Compromisso Compliance Nosso Compromisso CARTA DO PRESIDENTE Prezados, Diante dos desafios atuais dos negócios e em linha com os Valores e Crenças, iniciamos a implementação do Programa de Compliance Votorantim. Para

Leia mais

Programa de Transparência Mais integridade e credibilidade à sua Empresa

Programa de Transparência Mais integridade e credibilidade à sua Empresa Programa de Transparência Mais integridade e credibilidade à sua Empresa Lei anticorrupção Com a Lei Anticorrupção, todas as empresas brasileiras e seus dirigentes estão sujeitos a penalidades por práticas

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO. Aprovado pela Resolução de Diretoria nº , em 28/12/2016 e homologado pelo CONAD em, 14/12/2016.

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO. Aprovado pela Resolução de Diretoria nº , em 28/12/2016 e homologado pelo CONAD em, 14/12/2016. POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO Unidades Gestoras: Diretoria de Gestão Estratégica e Controladoria - DIGEC Superintendência de Controladoria - SUCON Área de Controles Internos e Compliance - ARCIC Aprovado pela

Leia mais

MENSAGEM DA ALTA ADMINISTRAÇÃO

MENSAGEM DA ALTA ADMINISTRAÇÃO MENSAGEM DA ALTA ADMINISTRAÇÃO Caros colaboradores, clientes e demais públicos relacionados com a nossa empresa. Percebendo uma mudança na moderna governança coorporativa e diante de um cenário complexo

Leia mais

POLÍTICA CONTROLES INTERNOS E CONFORMIDADE SICOOB COCRED COOPERATIVA DE CRÉDITO

POLÍTICA CONTROLES INTERNOS E CONFORMIDADE SICOOB COCRED COOPERATIVA DE CRÉDITO 1 POLÍTICA CONTROLES INTERNOS E CONFORMIDADE SICOOB COCRED COOPERATIVA DE CRÉDITO 1. APRESENTAÇÃO Esta Política estabelece diretrizes de monitoramento do Sistema de Controles Internos e Conformidade da

Leia mais

POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO

POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO Esta Política é parte integrante do Código de Alinhamento de Conduta aprovado em 30/01/2015 pelo Conselho de Administração da Positivo Tecnologia S.A.. 1.

Leia mais

MENSAGEM DA ALTA ADMINISTRAÇÃO

MENSAGEM DA ALTA ADMINISTRAÇÃO MENSAGEM DA ALTA ADMINISTRAÇÃO Caros colaboradores, clientes e demais públicos relacionados com a nosso Grupo. Percebendo uma mudança na moderna governança corporativa e diante de um cenário complexo com

Leia mais

Política Anticorrupção

Política Anticorrupção Política Anticorrupção BRASILPREV SEGUROS E PREVIDÊNCIA S/A 1 Sumário 1. OBJETIVO... 3 2. ABRANGÊNCIA... 4 3. DEFINIÇÕES... 5 4. PAPÉIS E RESPONSABILIDADES... 7 5. DIRETRIZES... 8 6. DISPOSIÇÕES GERAIS...

Leia mais

POLÍTICA DE COMPLIANCE E INTEGRIDADE DA CAIXA SEGURIDADE PARTICIPAÇÕES S.A.

POLÍTICA DE COMPLIANCE E INTEGRIDADE DA CAIXA SEGURIDADE PARTICIPAÇÕES S.A. POLÍTICA DE COMPLIANCE E INTEGRIDADE DA CAIXA SEGURIDADE PARTICIPAÇÕES S.A. - 1 - ÁREA RESPONSÁVEL ABRANGÊNCIA SN Riscos, Controles Internos e Compliance Todos os Administradores, membros de comitês, Empregados

Leia mais

Política de Conformidade (Compliance) do Sistema CECRED

Política de Conformidade (Compliance) do Sistema CECRED Aprovado por: Conselho de Administração Data aprovação reunião: 23/ SUMÁRIO Capítulo 1 Objetivo do documento... 2 Capítulo 2 Responsabilidades... 3 Capítulo 3 Glossário / Definições... 8 Capítulo 4 Regras...

Leia mais

POLÍTICA Anticorrupção

POLÍTICA Anticorrupção POLÍTICA Escritório de Projetos e Processos Política Código VV-GCO-RCI-PL-2 1. OBJETIVO O objetivo deste documento é estabelecer diretrizes gerais sobre práticas anticorrupção contribuindo no atendimento

Leia mais

Manual de Conformidade

Manual de Conformidade Manual de Conformidade Divisão de Conformidade BB Gestão de Recursos DTVM S.A. SUMÁRIO Introdução... 2 Definições... 3 1. Capítulo 1 - Segregação na Administração de Recursos de Terceiros... 4 2. Capítulo

Leia mais

Manual de Ética e Compliance

Manual de Ética e Compliance Manual de Ética e Compliance Histórico O Grupo Sifra possui 25 anos de experiência no mercado de crédito corporativo, atuando com antecipação de recebíveis e atividades correlatas. Para tanto, o grupo

Leia mais

Política de Compliance

Política de Compliance Política de Compliance Junho 2017 POLÍTICA DE COMPLIANCE 1. OBJETIVO Esta Política estabelece princípios, diretrizes e funções de compliance em todos os níveis da FALCONI Consultores de Resultados, bem

Leia mais

GERENCIAMENTO INTEGRADO DE RISCOS CORPORATIVOS, CONTROLES INTERNOS E COMPLIANCE. Histórico de Revisões. Elaboração do Documento.

GERENCIAMENTO INTEGRADO DE RISCOS CORPORATIVOS, CONTROLES INTERNOS E COMPLIANCE. Histórico de Revisões. Elaboração do Documento. Histórico de Revisões Versão: 01 Data de Revisão: Histórico: Elaboração do Documento. Índice I. Objetivo... 1 II. Abrangência... 1 III. Documentação Complementar... 1 IV. Conceitos e Siglas... 2 V. Responsabilidades...

Leia mais

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL VISTA INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. DEZEMBRO 2016

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL VISTA INVESTIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA. DEZEMBRO 2016 POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL DA DEZEMBRO 2016 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 2 2. CONCEITO... 2 3. DIRETRIZES... 2 4. ATUALIZAÇÕES... 5 1 1. OBJETIVO Esta política estabelece diretrizes e responsabilidades

Leia mais

POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO

POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO POLÍTICA CORPORATIVA DE PREVENÇÃO À CORRUPÇÃO 1.OBJETIVO A Política Corporativa de Prevenção à Corrupção tem o objetivo de reforçar o compromisso da MULTILOG

Leia mais

PROGRAMA DE COMPLIANCE

PROGRAMA DE COMPLIANCE Sumário Introdução Público Os elementos do Programa de Compliance da Marfrig Governança e Cultura Análise de riscos de Compliance Papéis e Responsabilidades Normas e Diretrizes Internas Comunicação e Treinamento

Leia mais

POLIÍTICA DE GERENCIAMENTO DO SISTEMA DE CONTROLES INTERNOS

POLIÍTICA DE GERENCIAMENTO DO SISTEMA DE CONTROLES INTERNOS Junho/2016. POLIÍTICA DE GERENCIAMENTO DO SISTEMA DE CONTROLES INTERNOS Versão: 01 Revisada: Compliance Aprovação: Mario Celso Coutinho de Souza Dias Presidente 30/06/2016 1 APRESENTAÇÃO O Banco Central

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA FORNECEDOR/ PARCEIRO DE NEGÓCIO OR. Janeiro 2018

CÓDIGO DE CONDUTA FORNECEDOR/ PARCEIRO DE NEGÓCIO OR. Janeiro 2018 CÓDIGO DE CONDUTA FORNECEDOR/ PARCEIRO DE NEGÓCIO OR Janeiro 2018 Sumário 1. Considerações Iniciais 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS 3 2. DIRETRIZES 4 2.1 QUANTO À INTEGRIDADE NOS NEGÓCIOS 5 2.2 QUANTO À CORRUPÇÃO

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO VERSÃO NOV/2014 SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. DEFINIÇÕES... 3 3. PÚBLICO-ALVO... 5 4. VEDAÇÕES... 5 5. ATOS PREVENTIVOS... 6 6. CANAL DE DENÚNCIAS... 7 7. PROTEÇÃO A DENUNCIANTES...

Leia mais

Cartilha LEI RIO DE JANEIRO

Cartilha LEI RIO DE JANEIRO Cartilha LEI 7.753 RIO DE JANEIRO 2 INTRODUÇÃO Em outubro de 2017, entrou em vigência a Lei 7.753, dispondo sobre a obrigatoriedade da implementação de Programa de Integridade no estado do Rio de Janeiro,

Leia mais

Cartilha de Compliance

Cartilha de Compliance Cartilha de Compliance CARTA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Prezados, Diante dos desafios atuais dos negócios e em linha com os Valores e Crenças, iniciamos a implementação do Programa de Compliance Votorantim.

Leia mais

NORMA CORPORATIVA Código CO-GRC-NC-002. Anticorrupção

NORMA CORPORATIVA Código CO-GRC-NC-002. Anticorrupção 1. OBJETIVO Estabelecer as diretrizes gerais sobre práticas anticorrupção contribuindo no atendimento aos requisitos da legislação anticorrupção existente, em especial a Lei Brasileira n 12.846/13, o Decreto

Leia mais

Responsabilização Administrativa de Pessoas Jurídicas A Lei nº /2013

Responsabilização Administrativa de Pessoas Jurídicas A Lei nº /2013 Belo Horizonte 16 de março de 2017 Responsabilização Administrativa de Pessoas Jurídicas A Lei nº 12.846/2013 Seminário de Procuradores, Controladores e Ouvidores Municipais Roteiro A Lei nº 12.846/2013

Leia mais

POLÍTICA CORPORATIVA

POLÍTICA CORPORATIVA POLÍTICA CORPORATIVA POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO CÓDIGO: MAPC-P-008 VERSÃO: 03 EMISSÃO: 03/2015 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 03/2018 INDICE OBJETIVO... 2 ALCANCE... 2 VIGÊNCIA... 2 ÁREA GESTORA... 2 ÁREAS INTERVENIENTES...

Leia mais

PROGRAMA DE INTEGRIDADE DA RAIA DROGASIL S.A. Minuta para apreciação de Diretores e aprovação pelo Conselho de Administração

PROGRAMA DE INTEGRIDADE DA RAIA DROGASIL S.A. Minuta para apreciação de Diretores e aprovação pelo Conselho de Administração PROGRAMA DE INTEGRIDADE DA RAIA DROGASIL S.A. Minuta para apreciação de Diretores e aprovação pelo Conselho de Administração outubro 2018 PROGRAMA DE INTEGRIDADE DA RAIA DROGASIL S.A. 1. INTRODUÇÃO A RD

Leia mais

Manual de Compliance, Regras, Procedimentos e Controles Internos

Manual de Compliance, Regras, Procedimentos e Controles Internos MANUAL - ECO GESTÃO DE ATIVOS PAG.: 1 de 7 Manual de Compliance, Regras, Procedimentos e MANUAL - ECO GESTÃO DE ATIVOS PAG.: 2 de 7 ÍNDICE 1) Introdução...3 2) Responsabilidade da Área...3 3) Monitoramento

Leia mais

Compliance Tributário: Contexto, atualidades, riscos e aplicação nas empresas

Compliance Tributário: Contexto, atualidades, riscos e aplicação nas empresas Compliance Tributário: Contexto, atualidades, riscos e aplicação nas empresas 1 Meu nome é Claudia Marchetti. Sou Santista de nascimento e de time, mas moro em Sorocaba há 15 anos. Me formei em 2000 pela

Leia mais

RIV-02 Data da publicação: 02/jun/2017

RIV-02 Data da publicação: 02/jun/2017 Resumo Descreve os componentes do SCI Sistema de Controles Internos da Riviera Investimentos e estabelece as responsabilidades e procedimentos para a sua gestão. Sumário 1. Objetivo...2 2. Público-alvo...2

Leia mais

Política de Controles Interno

Política de Controles Interno Política de Controles Interno 1 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. PRINCÍPIOS... 2 4. RESPONSABILIDADES... 3 5. ESTRUTURA ORGANIZACIONAL... 4 6. SEGREGAÇÃO DAS ATIVIDADES... 5 7. DISPOSIÇÕES

Leia mais

LEI DISTRITO FEDERAL

LEI DISTRITO FEDERAL Cartilha LEI 6.112 DISTRITO FEDERAL 2 INTRODUÇÃO Em fevereiro de 2018 entra em vigência a Lei 6.112, dispondo sobre a obrigatoriedade da implementação de Programa de Integridade no Distrito Federal, estabelecendo

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE

MANUAL DE COMPLIANCE MQ.04 rev.00 Pagina 1 MANUAL DE COMPLIANCE MQ.04 rev.00 Pagina 2 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DEFINIÇÕES BÁSICAS E OBJETIVO DOS CONTROLES NOS PROCESSOS INTERNOS... 4 3. RESPONSABILIDADES E ATRIBUIÇÕES

Leia mais

Investigações Corporativas e Compliance

Investigações Corporativas e Compliance Investigações Corporativas e Compliance Fundamentos Legais e Aspectos Jurídicos Rodrigo de Grandis Thiago Jabor Pinheiro 11 de setembro de 2017 Professores Rodrigo de Grandis Thiago Jabor Pinheiro Procurador

Leia mais

Programa de Integridade. Fevereiro de 2019

Programa de Integridade. Fevereiro de 2019 Programa de Integridade Fevereiro de 2019 Índice 10. Canais de denúncia de irregularidades 13 1. Objetivo 3 11. Medidas disciplinares em caso de violação do Programa de Integridade 14 2. Introdução 3.

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental Sumário 1. OBJETIVOS... 3 2. PRINCÍPIOS... 3 3. DIRETRIZES... 4 4. GOVERNANÇA CORPORATIVA... 5 4.1. Diretor Executivo... 5 4.2. Departamento de Crédito e Risco...

Leia mais

Política Anticorrupção

Política Anticorrupção CONMEBOL DE FUTEBOL Página: 2 de 7 Conteúdo... 3 Introdução... Error! Marcador no definido. 1. Propósito... 3 2. Alcance... 3 3. Glossário... 3 4. Normativas e princípios orientadores... 4 5. Órgãos e

Leia mais

Governança e Compliance: novo paradigma no ambiente de negócios

Governança e Compliance: novo paradigma no ambiente de negócios Programa de Compliance do Cooperativismo Paranaense Governança e Compliance: Governança e Compliance: novo paradigma no ambiente de negócios Curitiba, 29 de abril de 2019 .: Programa de Compliance Do que

Leia mais

POLÍTICA CONTROLES INTERNOS

POLÍTICA CONTROLES INTERNOS Pág.: 1 / 6 CONTROLES INTERNOS REVISÃO PÁGINAS ÁREA Nº DATA ALTERADAS RESPONSÁVEL DESCRIÇÃO DA ALTERAÇÃO 01 22/03/17 - Criação 02 07/08/18 - Revisão Periódica 03 18/04/19 - Revisão para atendimento à ICVM

Leia mais

REGRAS, PROCEDIMENTOS E CONTROLES INTERNOS

REGRAS, PROCEDIMENTOS E CONTROLES INTERNOS Junho/2016. REGRAS, PROCEDIMENTOS E CONTROLES INTERNOS Versão: 01 Revisada: Compliance Aprovação: Mario Celso Coutinho de Souza Dias Presidente 30/06/2016 Em atendimento ao disposto no art. 19 da ICVM

Leia mais

IT-SC-007 CODIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE

IT-SC-007 CODIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE IT-SC-007 CODIGO DE CONDUTA E INTEGRIDADE CONTROLE DE ALTERAÇÕES Revisão Data Página Descrição Responsável 00 05/03/18 -- Emissão inicial Fernando Torres 1. Introdução A Smart Control foi constituída com

Leia mais

POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS

POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS JUNHO DE 2016 Sumário POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS... 3 1 Objetivo... 3 2 Abrangência... 3 3 Princípios Norteadores... 3 4 Diretrizes... 4 5 Responsabilidades... 4 6 Endereço

Leia mais

POLÍTICA DE ANTICORRUPÇÃO E SUBORNO

POLÍTICA DE ANTICORRUPÇÃO E SUBORNO POLÍTICA DE ANTICORRUPÇÃO E SUBORNO 1. OBJETIVO Estabelecer os princípios de combate à corrupção no relacionamento da Cantoplex com seus Fornecedores, Clientes e Órgãos Públicos. 2. ABRANGÊNCIA Aplica-se

Leia mais

QUEM SOMOS. global compliance

QUEM SOMOS. global compliance QUEM SOMOS Somos uma empresa de compliance com exper ses diversas cons tuida com o fim de disseminar a cultura da integridade e é ca no âmbito corpora vo. Prestamos consultoria jurídica, estratégica, contábil,

Leia mais

POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS

POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS Atualização Junho de 2016 Índice POLITICA DE CONTROLES INTERNOS... 3 Objetivo... 3 Abrangência... 3 Princípios Norteadores... 3 Diretrizes... 4 Responsabilidades... 4 Vigência

Leia mais

POLÍTICA DE CONFORMIDADE (COMPLIANCE)

POLÍTICA DE CONFORMIDADE (COMPLIANCE) (COMPLIANCE) EXERCÍCIO 2017 (COMPLIANCE) 1. OBJETIVO A Política de Conformidade (Compliance) estabelece princípios, diretrizes e funções de conformidade em todos os níveis da CRECE, considerando estes

Leia mais

Seminário Nacional NTU Lei Anticorrupção e Programa de Compliance. Lélis Marcos Teixeira

Seminário Nacional NTU Lei Anticorrupção e Programa de Compliance. Lélis Marcos Teixeira Seminário Nacional NTU - 2014 Lei Anticorrupção e Programa de Compliance Lélis Marcos Teixeira 28/agosto/2014 Iniciativas FETRANSPOR Lei 12.846/2013 Agenda Abertura Histórico Iniciativas Dúvidas Encerramento

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE INTEGRIDADE

QUESTIONÁRIO DE INTEGRIDADE QUESTIONÁRIO DE INTEGRIDADE A Copel busca continuamente a excelência em suas atividades e a promoção de ambiente corporativo íntegro, ético e transparente. A Copel tem desenvolvido ações para inserção

Leia mais

POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS

POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS JUNHO / 2016 SUMÁRIO POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS... Erro! Indicador não definido. 1.1. Objetivo...1 1.2. Abrangência...2 1.3. Princípios...2 1.4. Diretrizes...2 1.5. Responsabilidades...3

Leia mais

MANUAL DE COMPLIANCE

MANUAL DE COMPLIANCE MANUAL DE COMPLIANCE (Resolução nº 4.595/BACEN, de 28/08/2017) Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Empregados do Banrisul SUMÁRIO: 1 DEFINIÇÃO... 2 2 OBJETIVO... 3 3 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL...

Leia mais

SOCIOAMBIENTAL VERSÃO 01 CÓDIGO PC-016. As informações contidas neste documento são de propriedade do C6 Bank

SOCIOAMBIENTAL VERSÃO 01 CÓDIGO PC-016. As informações contidas neste documento são de propriedade do C6 Bank SOCIOAMBIENTAL VERSÃO 01 CÓDIGO PC-016 06.07.2018 As informações contidas neste documento são de propriedade do C6 Bank SUMÁRIO PARTE I - IDENTIFICAÇÃO 2 1. OBJETIVO 2 2. ABRANGÊNCIA 2 3. ALÇADA DE APROVAÇÃO

Leia mais

ANEXO 4 DO PROGRAMA DE INTEGRIDADE POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO

ANEXO 4 DO PROGRAMA DE INTEGRIDADE POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO ANEXO 4 DO PROGRAMA DE INTEGRIDADE POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO 1. OBJETIVO: O objetivo principal é disseminar, no âmbito da ENGECOM, as diretrizes da Lei Anticorrupção brasileira, de modo a afastar e combater

Leia mais

Política de Gestão de Riscos Operacionais. 14 de fevereiro

Política de Gestão de Riscos Operacionais. 14 de fevereiro Política de Gestão de Riscos Operacionais 14 de fevereiro 2017 Define os objetivos, as responsabilidades e as diretrizes que orientam a Gestão de Riscos Operacionais na Cetip S.A. Versão da Política: 1ª

Leia mais

Política de Prevenção à. Corrupção

Política de Prevenção à. Corrupção Política de Prevenção à Corrupção Versão atualizada 22.04.2015 Page 1 of 5 1. OBJETIVOS A Política de Prevenção à Corrupção ( Política ) tem o objetivo de estabelecer as diretrizes para detectar e sanar

Leia mais

CONFORMIDADE (COMPLIANCE)

CONFORMIDADE (COMPLIANCE) CONFORMIDADE (COMPLIANCE) 1. OBJETIVO Zelar para que as instituições obtenham os níveis de Governança Corporativa adequados para suas operações, sendo instituições éticas e sustentáveis, bem como em consonância

Leia mais

MÓDULO CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA. Política de Controles Internos

MÓDULO CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA. Política de Controles Internos MÓDULO CAPITAL GESTÃO DE RECURSOS LTDA. Política de Controles Internos Junho de 2016 ÍNDICE POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS... 2 (A) Objetivo... 2 (B) Abrangência... 2 (C) Princípios Gerais... 2 (D) Diretrizes...

Leia mais

Página 2 de 9 SISTEMA DE COMPLIANCE INDICE

Página 2 de 9 SISTEMA DE COMPLIANCE INDICE Página 2 de 9 INDICE 1. INTRODUÇÃO 2. ORGANIZAÇÃO, RESPONSABILIDADES E AUTORIDADES DO 3. POLÍTICA DE GESTÃO DE COMPLIANCE 4. CÓDIGO DE ÉTICA 5. ANÁLISE DE RISCOS E MEDIDAS DE CONTROLE 6. POLÍTICAS E PROCEDIMENTOS

Leia mais

Dispõe sobre a política de conformidade (compliance) das administradoras de consórcio e das instituições de pagamento.

Dispõe sobre a política de conformidade (compliance) das administradoras de consórcio e das instituições de pagamento. CIRCULAR BACEN Nº 3.865, DE 07.12.2017 Dispõe sobre a política de conformidade (compliance) das administradoras de consórcio e das instituições de pagamento. A Diretoria Colegiada do Banco Central do Brasil,

Leia mais

MANUAL INSTITUCIONAL CANAL DE DENÚNCIAS

MANUAL INSTITUCIONAL CANAL DE DENÚNCIAS CANAL DE DENÚNCIAS Versão n 00, de julho de 2018 HYGEA GESTÃO E SAÚDE LTDA. ÍNDICE INTRODUÇÃO... 2 1 OBJETIVO... 3 2 QUEM PODE REPORTAR... 4 3 O QUE REPORTAR... 5 4 TRATAMENTO DADO AS DENÚNCIAS... 7 5

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DE FORNECEDORES

CÓDIGO DE CONDUTA DE FORNECEDORES O Banco PSA e PSA Corretora realizam a condução de seus negócios em plena conformidade com a legislação vigente, pautado por princípios éticos, de Direitos Humanos, de respeito ao meio ambiente e promovendo

Leia mais

Missão, Visão e Valores

Missão, Visão e Valores Apresentação A CELESC Centrais Elétricas de Santa Catarina e suas Controladas, além de seus empregados próprios, executivos, conselheiros, fornecedores e colaboradores terceirizados direta ou indiretamente

Leia mais

ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A.

ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. ITAÚ UNIBANCO HOLDING S.A. CNPJ 60.872.504/0001-23 Companhia Aberta NIRE 35300010230 RELATÓRIO DE ACESSO PÚBLICO GESTÃO INTEGRADA DE RISCO OPERACIONAL, CONTROLES INTERNOS E COMPLIANCE Objetivo Este documento

Leia mais

POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS KAPITALO INVESTIMENTOS LTDA. KAPITALO CICLO GESTORA DE RECURSOS LTDA.

POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS KAPITALO INVESTIMENTOS LTDA. KAPITALO CICLO GESTORA DE RECURSOS LTDA. POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS KAPITALO INVESTIMENTOS LTDA. KAPITALO CICLO GESTORA DE RECURSOS LTDA. Julho de 2017 Sumário POLÍTICA DE CONTROLES INTERNOS... 3 1.1. Objetivo... 3 1.2. Abrangência... 3 1.3.

Leia mais

RELATÓRIO DA ESTRUTURA DO GERENCIAMENTO RISCO OPERACIONAL

RELATÓRIO DA ESTRUTURA DO GERENCIAMENTO RISCO OPERACIONAL RELATÓRIO DA ESTRUTURA DO GERENCIAMENTO RISCO OPERACIONAL EXERCÍCIO 2015 A Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Empregados, Aposentados e Pensionistas da Companhia Estadual de Energia Elétrica e

Leia mais

SOCIOAMBIENTAL CODIGO POL-0001

SOCIOAMBIENTAL CODIGO POL-0001 SOCIOAMBIENTAL 2/8 SUMÁRIO PARTE I - IDENTIFICAÇÃO 3 1. OBJETIVO 3 2. ABRANGÊNCIA 3 3. ALÇADA DE APROVAÇÃO 3 4. RESUMO DA REVISÃO 3 5. GLOSSÁRIO 3 PARTE II CONTEÚDO 5 1. INTRODUÇÃO 5 2. DIRETRIZES 5 3/8

Leia mais

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO

POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO POLÍTICA ANTICORRUPÇÃO Sumário 1 Objetivo... 3 2 Conceitos... 3 3 Referências... 4 4 Princípios... 5 5 Diretrizes... 6 6 Responsabilidades... 7 7 Disposições Gerais... 8 2 1 Objetivo Reforçar o comprometimento

Leia mais