13. Já tiveste de ir a Conselho de Turma por teres tido mau comportamento? Não

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "13. Já tiveste de ir a Conselho de Turma por teres tido mau comportamento? Não"

Transcrição

1 (não preencher) N.º DO QUESTIONÁRIO 1. Escola 5º ano 6º ano Turma 2. N.º do aluno 3. Rapaz Rapariga 4. Ano de nascimento 5. Nasceste em Portugal? Sim Não Em que país nasceste? Vivo em Portugal há anos 6. O teu pai ou a tua mãe vieram de um país estrangeiro? Não Sim O meu pai veio de e a minha mãe veio de 7. No final do 2º período (Páscoa) tiveste alguma nota negativa? Não Sim A que disciplinas? 8. Diz-nos qual é a disciplina de que gostas mais e aquela de que gostas menos: Gosto mais de e gosto menos de 9. Já chumbaste algum ano? Não Sim Quantas vezes? vezes. Em que anos? 2º 3º 4º 5º 6º 10. Tens aulas de apoio na escola? (marca só 1 resposta) Não tenho e nunca tive Não tenho agora mas já tive A que disciplinas? Tenho agora pela 1ª vez A que disciplinas? Tenho agora e já tive mais vezes A que disciplinas? 11. Costumas faltar às aulas? (marca só 1 resposta) Não, só falto quando estou doente ou vou ao médico Sim, já tenho faltado por vários motivos 12. Diz-nos se este ano já tiveste este tipo de faltas: Falta de material Não Sim Quantas vezes? Falta de comportamento Não Sim Quantas vezes? 13. Já tiveste de ir a Conselho de Turma por teres tido mau comportamento? Não Sim Quantas vezes? 14. Antes de entrar para a escola primária, onde estiveste? Andei no jardim de infância, na creche ou no colégio Fiquei com a família Fiquei com outra pessoa (ama, empregada, )

2 15. Com quem vives? Pai Padrasto Mãe Madrasta Irmãos ou irmãs Outras pessoas Quantos? Quais? 16. Agora, responde só se tiveres irmãos mais velhos (ou irmãs): (se não tens passa para a pergunta seguinte): Irmão 1 Idade Irmão 2 Idade Irmão 3 Idade O que faz? Estuda Em que ano? Trabalha Até que ano estudou? O que faz? Está desempregado Até que ano estudou? O que fazia? O que faz? Estuda Em que ano? Trabalha Até que ano estudou? O que faz? Está desempregado Até que ano estudou? O que fazia? O que faz? Estuda Em que ano? Trabalha Até que ano estudou? O que faz? Está desempregado Até que ano estudou? O que fazia? 17. Sobre a tua mãe, diz-nos: (marca só 1 resposta) Até quando estudou Não acabou o 1º ciclo (4ª classe) Tem o 1º ciclo (4ª classe) Tem o 2º ciclo (6ª ano) Tem o 3º ciclo (9º ano) Tem o secundário (12º ano) Tem um curso superior Em relação ao trabalho É doméstica Trabalha fora de casa Está desempregada Está reformada Que profissão tem? Que profissão tinha antes? Que profissão tinha antes? Se a tua mãe está a trabalhar diz se: Trabalha para um patrão Trabalha por conta dela Tem empregados Quantos?

3 18. Sobre o teu pai, diz-nos: (marca só 1 resposta) Até quando estudou Não acabou o 1º ciclo (4ª classe) Tem o 1º ciclo (4ª classe) Tem o 2º ciclo (6ª ano) Tem o 3º ciclo (9º ano) Tem o secundário (12º ano) Tem um curso superior Em relação ao trabalho Trabalha fora de casa Está desempregado Está reformado Se está a trabalhar, diz se: Trabalha para um patrão Trabalha por conta dele Tem empregados Que profissão tem? Que profissão tinha antes? Que profissão tinha antes? Quantos? 19. A tua mãe sabe ler Português? Sim Não Mais ou menos E escrever?... Sim Não Mais ou menos 20. O teu pai sabe ler Português?.. Sim Não Mais ou menos E escrever?... Sim Não Mais ou menos 21. Em casa, que língua costumas falar? Português Com quem? Crioulo Com quem? Gujarati Com quem? Hindi Com quem? Urdu Com quem? Inglês Com quem? Outra Qual? Com quem? 22. A tua família tem uma religião (por ex: vai à igreja/templo/mesquita, reza, )? Sim Não Qual? Católica Hindu Sunita Muçulmana Xiita Ismaelita Outra Qual?

4 23. Até quando é que a tua família quer que tu estudes? (marca só 1 resposta) Até ao 6º ano Até ao 9º ano Até ao 12º ano Até à Universidade Até eu querer 24. Que profissão é que a tua família gostava que tu tivesses? 25. A palavra ESCOLA faz-te pensar em quê? 26. Diz qual é a melhor coisa que tem a tua escola: 27. Diz a pior coisa que tem a tua escola: 28. Gostas dos teus professores ou não? Não gosto de nenhum Gosto de alguns Gosto de quase todos Gosto de todos 29. O que achas da maioria dos teus professores? (responde a todas as perguntas) Todos Quase todos Alguns Nenhuns Explicam-me bem as matérias São meus amigos Querem que eu participe Respeitam-me 30. Quando dás uma resposta errada, o que é que os professores costumam fazer? (marca só 1 resposta ) Ralham-te Passam a pergunta a outro aluno Pedem a outro colega para te ajudar Ajudam-te a chegar à resposta certa Outra coisa Qual? 31. Quando não percebes bem uma matéria, o que costumas fazer? 32. Como é que os funcionários tratam os alunos? (marca só 1 resposta) Tratam todos por igual Tratam uns melhor do que os outros 33. E os professores? (marca só 1 resposta) Tratam todos por igual Tratam uns melhor do que os outros

5 34. Os colegas da escola costumam gozar-te por algum motivo? Não Sim Qual a razão? 35. Se te dessem uma varinha mágica, o que mudavas na tua escola? 36. Quando estás na escola, diz-nos a frequência com que sentes: (responde a todas as perguntas) Muitas vezes Algumas vezes Nunca Alegria Raiva Medo Tristeza Aborrecimento Vergonha 37. E quando estás com a tua família? (responde a todas as perguntas) Muitas vezes Algumas vezes Nunca Alegria Raiva Medo Tristeza Aborrecimento Vergonha 38. Alguém da tua família já veio a reuniões nesta escola? Não Sim, a algumas Sim, a todas 39. Em casa, costumas falar sobre a escola? Não Sim De que falam mais? 40. Quando estás fora da escola e tens dificuldades nos trabalhos, costumas pedir ajuda a: Ninguém À mãe ou ao pai Aos irmãos A amigos ou vizinhos Ao explicador 41. Em relação aos trabalhos de casa, a tua família costuma perguntar se já os fizeste? Sim Não 42. Depois da escola, costumas ficar em casa: Sozinho(a) Acompanhado(a) Uns dias sozinho(a) outros acompanhado(a) 43. A tua família deixa-te escolher os amigos que queres? Sim, posso escolher quem quiser Não, não querem que tenha certos amigos Porquê? Com quem? Com quem?

6 44. Pensa nos teus 2 maiores amigos e diz-nos: Amigo(a) 1 Amigo(a) 2 1. É da tua escola? Sim Não Sim Não 2. A família do teu amigo(a) veio de um país estrangeiro? Sim Não Sim Não 3. Que língua falas com ele(a)? Diz o país Diz o país 45. Que actividades costumas fazer fora da escola? Natação Futebol num clube ou associação Catequese Madrassa Outras Quais? Nenhumas 46. Até quando é que tu gostarias de estudar? Até ao 6º ano Até ao 9º ano Até ao 12º ano Até à Universidade Até poder 47. Achas que vais conseguir? Sim Não Porquê? 48. Que profissão é que tu queres ter? 49. Achas que vais conseguir ter essa profissão? Sim Não Porquê? 50. O que achas que é mais importante para o teu futuro? 51. Como te consideras? (marca 1 resposta) Um(a) aluno(a) bom(a) Um(a) aluno(a) médio(a) Um(a) aluno(a) fraco(a) 52. E quanto ao comportamento? (marca 1 resposta) Porto-me sempre bem Porto-me quase sempre bem Varia muito, depende dos dias Costumo ter problemas

Inquérito por questionário Alunos

Inquérito por questionário Alunos Inquérito por questionário Alunos INSTRUÇÕES A seguir apresentamos-te um conjunto de perguntas sobre as tuas aulas. Não há respostas certas nem erradas, por isso pedimos-te que respondas com verdade. Obrigado

Leia mais

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO

BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO BALANÇO DA OCUPAÇÃO DO TEMPO DURANTE A SEMANA DE PREENCHIMENTO DA GRELHA - 1º ANO PROFESSORA Bom dia meninos, estão bons? TODOS Sim. PROFESSORA Então a primeira pergunta que eu vou fazer é se vocês gostam

Leia mais

KIDSCREEN-52. Questionário de Saúde para Crianças e Adolescentes. Versão para Crianças e Adolescentes Dos 8 aos 18 anos

KIDSCREEN-52. Questionário de Saúde para Crianças e Adolescentes. Versão para Crianças e Adolescentes Dos 8 aos 18 anos KIDSCREEN-52 Questionário de Saúde para Crianças e Adolescentes Versão para Crianças e Adolescentes Dos 8 aos 18 anos Page 1 of 8 Olá, Data: mês ano Como és? Como te sentes? É isso que queremos que tu

Leia mais

Anexo Entrevista G2.5

Anexo Entrevista G2.5 Entrevista G2.4 Entrevistado: E2.5 Idade: 38 anos Sexo: País de origem: Tempo de permanência em Portugal: Feminino Ucrânia 13 anos Escolaridade: Imigrações prévias: --- Ensino superior (professora) Língua

Leia mais

Aexo 3 Dados das entrevistas do grupo 1

Aexo 3 Dados das entrevistas do grupo 1 Aexo 3 Dados das entrevistas do grupo 1 Grupo I Informantes idade Sexo profissão Escolarida de Tempo de imigração em Portugal Língua materna E1.1 51 anos Masc. -- 6ª classe 40 anos Crioulo cv E1.2 53 anos

Leia mais

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde

TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde TRANSCRIÇÃO PRÉVIA PROJETO PROFALA TRANSCRITOR(A): Késsia Araújo 65ª ENTREVISTA (J.D.T.S) Cabo Verde PERGUNTAS METALINGUÍSTICAS Doc.: J. quais são as línguas que você fala " Inf.: eu " (+) inglês né falo

Leia mais

Guião de Entrevista Semi-Estruturada A crianças/jovens sobredotados

Guião de Entrevista Semi-Estruturada A crianças/jovens sobredotados Guião de Entrevista Semi-Estruturada A crianças/jovens sobredotados Entrevista nº Data: / / Código: 1. Nome: 2. Idade: 1ª PARTE Questionário Caracterização do Percurso Individual Os dados recolhidos contribuirão

Leia mais

Suelen e Sua História

Suelen e Sua História Suelen e Sua História Nasci em Mogi da Cruzes, no maternidade Santa Casa de Misericórdia no dia 23 de outubro de 1992 às 18 horas. Quando eu tinha 3 anos de idade fui adotada pela tia da minha irmã, foi

Leia mais

Questionário. Parte I. Solteira Casada Separada/divorciada Viúva. Avó materna Avó paterna. Sim Não

Questionário. Parte I. Solteira Casada Separada/divorciada Viúva. Avó materna Avó paterna. Sim Não Questionário Parte I 1- Quantos anos tem? anos 2- Qual é o seu estado civil? Solteira Casada Separada/divorciada Viúva 3- Qual a sua condição? Avó materna Avó paterna 4- Os pais do seu neto/a vivem consigo?

Leia mais

A PREENCHER PELO ALUNO

A PREENCHER PELO ALUNO Prova Final do 1.º e do 2.º Ciclos do Ensino Básico PLNM (B1) Prova 44 64/2.ª Fase/2015 Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho A PREENCHER PELO ALUNO Nome completo Documento de identificação Assinatura

Leia mais

Anexo 4- Dados das entrevistas do Grupo II

Anexo 4- Dados das entrevistas do Grupo II Anexo 4- Dados das entrevistas do Grupo II Grupo II Informantes idade Sexo profissão escolaridade Tempo de imigração em Portugal Língua materna E2.1 42 Masc. Jardineiro 12º 12 anos Ucraniano E2.2 62 Fem.

Leia mais

Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa

Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa Nº 23 C 6º Domingo da Páscoa - 1.5.2016 A paz de Cristo A paz de Cristo Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Tu nos dás a tua paz, Senhor Jesus, mas também nos convidas ao esforço de fazer a paz. Para

Leia mais

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI

BONS Dias. Ano Pastoral Educativo Colégio de Nossa Senhora do Alto. Com Maria Desperta a. Luz. que há em TI BONS Dias Com Maria Desperta a Luz que há em TI 2ª feira, dia 12 de dezembro de 2016 III Semana (11 de dezembro): ALEGRAR Ontem, a Igreja celebrou o domingo da alegria: Jesus está para chegar e só Ele

Leia mais

...9º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher.

...9º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher. ...9º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher. http://aecc.ccems.pt/index.php/spo spo@aecoelhocastro.pt http://www.facebook.com/spo.fiaes Atualizado em 28.10.2016 9º ano

Leia mais

Anexo 2.2- Entrevista G1.2

Anexo 2.2- Entrevista G1.2 Entrevistado: E1.2 Idade: Sexo: País de origem: Tempo de permanência 53 anos Masculino Cabo-Verde 40 anos em Portugal: Escolaridade: 4ª classe Imigrações prévias : -- Língua materna: Outras línguas: Agregado

Leia mais

Anexo 1. Questionário de caracterização da turma. Nome Data de Nascimento: / / Nome do pai: Idade: Nome da mãe: Idade:

Anexo 1. Questionário de caracterização da turma. Nome Data de Nascimento: / / Nome do pai: Idade: Nome da mãe: Idade: Anexos Avaliação do valor educativo de um software de elaboração de partituras: um estudo de caso com o programa Finale no 1º ciclo Anexo 1 Questionário de caracterização da turma Nome Data de Nascimento:

Leia mais

E6- mais ou menos. Correu uma beca pó torto. E- Eu sei, a Laura disse-me, eu não tava nesse dia não puder ir. Gostavas que tivesse corrido melhor?

E6- mais ou menos. Correu uma beca pó torto. E- Eu sei, a Laura disse-me, eu não tava nesse dia não puder ir. Gostavas que tivesse corrido melhor? E- Vá, então eu queria-te perguntar sobre o teatro, o que é que tu achas do teatro. E6- Bué fixe. E- Ya e quando soubeste que ias fazer teatro ficaste contente ou triste? E6- Bué contente. E- Porquê? E6-

Leia mais

QUESTIONÁRIO 1º CICLO

QUESTIONÁRIO 1º CICLO QUESTIONÁRIO 1º CICLO Numeração do Questionário Caro(a) aluno(a) Venho convidar-te a participar num estudo sobre Gestão de tempo e Desempenho escolar no Ensino Básico. Peço-te por este motivo, que respondas

Leia mais

A fé. Deus. acredita em. Porque é que. Se algumas pessoas não acreditam. nem toda a gente

A fé. Deus. acredita em. Porque é que. Se algumas pessoas não acreditam. nem toda a gente A fé Porque é que nem toda a gente acredita em Deus? A fé Se algumas pessoas não acreditam em Deus, é talvez porque ainda não encontraram crentes felizes que tivessem vontade de dar testemunho da sua fé.

Leia mais

ZA5968. Flash Eurobarometer 408 (European Youth) Country Questionnaire Portugal

ZA5968. Flash Eurobarometer 408 (European Youth) Country Questionnaire Portugal ZA98 Flash Eurobarometer 08 (European Youth) Country Questionnaire Portugal FL08 European Youth PT D Poderia dizer-me a sua idade? (ESCREVER - SE "RECUSA" CÓDIGO '99') D Sexo Masculino Feminino D Que idade

Leia mais

Porque só entendo o que o meu professor de Inglês diz?

Porque só entendo o que o meu professor de Inglês diz? Porque só entendo o que o meu professor de Inglês diz? Você já se perguntou porque é mais complicando entender estrangeiros falando Inglês do que o seu professor? Ou seja, ao ter contato com outras pessoas

Leia mais

Curso: 1ºciclo Disciplina: Inglês Ano(s): 4º

Curso: 1ºciclo Disciplina: Inglês Ano(s): 4º Domínios Objetivos Instrumentos de avaliação Peso Domínio Intercultural Compreensão / Listening Interação Leitura / Reading e Escrita / Writing - Conhecer-se a si e ao outro. - Conhecer o dia a dia na

Leia mais

Direitos da Criança. Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Vizela. Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Vizela 1

Direitos da Criança. Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Vizela. Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Vizela 1 Direitos da Criança Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Vizela Jovens de Vizela 1 Convenção Internacional dos Direitos das Crianças Jovens de Vizela 2 Artigo 1.º Todas as pessoas com menos de

Leia mais

Nº 14 B - Domingo VII do Tempo Comum Levanta-te e anda

Nº 14 B - Domingo VII do Tempo Comum Levanta-te e anda Nº 14 B - Domingo VII do Tempo Comum -19.2.2012 Levanta-te e anda No Evangelho de hoje ouvimos como os amigos de um paralítico tiveram que esforçar-se muito para pedir a Jesus que curasse o seu amigo,

Leia mais

Dimensões. Institucionalização. Entrevistado

Dimensões. Institucionalização. Entrevistado Dimensões Institucionalização Entrevistado F 2 Imagem sobre a velhice Entristece-me muito chegar aqui e olhar para determinados idosos que estão aqui, venho cá três vezes por semana no mínimo e nunca vejo

Leia mais

Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa A Universidade de Lisboa está a fazer um estudo que procura saber como é que as crianças e os jovens portugueses utilizam a internet e o que pensam

Leia mais

Ficha de Apoio Ser um Aluno Exemplar. Disciplina de Formação Pessoal e Social (FPS)

Ficha de Apoio Ser um Aluno Exemplar. Disciplina de Formação Pessoal e Social (FPS) Ficha de Apoio Ser um Aluno Exemplar Disciplina de Formação Pessoal e Social (FPS) Professor Humberto Santos Ano-lectivo 2007/08 Escola Secundária de Achada Grande Praia/Cabo Verde Atitudes e comportamentos

Leia mais

TAREFA 1 (INTERAÇÃO) - FICHA 1A

TAREFA 1 (INTERAÇÃO) - FICHA 1A TAREFA 1 (INTERAÇÃO) - FICHA 1A Tempo de preparação: 1 minuto Tempo de intervenção conjunta: de 4 a 5 minutos PESSOA CANDIDATA A FIM DE SEMANA Mora com o seu colega e no próximo fim de semana vão receber

Leia mais

Textos e ilustrações dos alunos do 3º ano 1 de junho de 2017 Dia da Criança

Textos e ilustrações dos alunos do 3º ano 1 de junho de 2017 Dia da Criança Tempo para ser criança e ser feliz Textos e ilustrações dos alunos do 3º ano 1 de junho de 2017 Dia da Criança Ser criança e ser feliz Ser criança é uma das virtudes do homem Podem fazer-se coisas que

Leia mais

Novos possíveis: estratégias identitárias de Mulheres Oriundas da Guiné-Bissau em Portugal...

Novos possíveis: estratégias identitárias de Mulheres Oriundas da Guiné-Bissau em Portugal... Novos possíveis: estratégias identitárias de Mulheres Oriundas da Guiné-Bissau em Portugal... Guião de Entrevista Semidirectiva 0. Dados de Caracterização Nome Nome Fictício Idade Naturalidade Nacionalidade

Leia mais

Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências de Desporto e Educação Física

Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências de Desporto e Educação Física Anexo 16 - Questionário Universidade de Coimbra Faculdade de Ciências de Desporto e Educação Física Caro(a) colega: Sou um aluno do 4º ano da FCDEF-UC, que estou a realizar um trabalho de Seminário, sob

Leia mais

VOCÊ ESTÁ REALMENTE EVOLUINDO NO INGLÊS PARA NEGÓCIOS?

VOCÊ ESTÁ REALMENTE EVOLUINDO NO INGLÊS PARA NEGÓCIOS? VOCÊ ESTÁ REALMENTE EVOLUINDO NO INGLÊS PARA NEGÓCIOS? Você sente que está patinando em seu conhecimento de inglês? Essa sensação é bastante comum. Na verdade, no começo do curso sentimos que estamos tendo

Leia mais

INQ Como é que surgiu a decisão de vir para França? Foi assim de um dia para o outro? Como é que decidiu vir para cá?

INQ Como é que surgiu a decisão de vir para França? Foi assim de um dia para o outro? Como é que decidiu vir para cá? Transcrição da entrevista: Informante: nº9 Célula: 3 Data da gravação: Agosto de 2009 Geração: 1ª Idade: 63 Sexo: Feminino Tempo de gravação: 11.58 minutos INQ Como é que surgiu a decisão de vir para França?

Leia mais

Transcrição da Entrevista

Transcrição da Entrevista Transcrição da Entrevista Entrevistadora: Valéria de Assumpção Silva Entrevistada: Praticante Fabrício Local: Núcleo de Arte do Neblon Data: 26.11.2013 Horário: 14h30 Duração da entrevista: 20min COR PRETA

Leia mais

ANEXO I: QUESTIONÁRIO

ANEXO I: QUESTIONÁRIO ANEXO I: QUESTIONÁRIO - 1 - - 2 - QUESTIONÁRIO Os dados recolhidos são totalmente confidenciais 1. Idade: Escola: Ano de Escolaridade: Sexo: 1. Qual a distância da tua casa à escola? 1) Até 1 km 4) Entre

Leia mais

Escala de Autodeterminação (versão para adolescentes e adultos)

Escala de Autodeterminação (versão para adolescentes e adultos) Escala de Autodeterminação (versão para adolescentes e adultos) Original de Wehmeyer & Kelchner (1995) e adaptado por Torres e Santos (2014) Nome: Género: F M Data de nascimento: / / Idade: anos Data de

Leia mais

SUMÁRIO. Formação pessoal, Social, Identidade e Autonomia Conhecimento de mundo, Natureza e Sociedade. Matemática

SUMÁRIO. Formação pessoal, Social, Identidade e Autonomia Conhecimento de mundo, Natureza e Sociedade. Matemática SUMÁRIO Formação pessoal, Social, Identidade e Autonomia Conhecimento de mundo, Natureza e Sociedade Quem sou eu? 09 Escrita do Nome 11 A Família 12 Coordenação Motora 14 Meninos e Meninas 18 As plantas

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO. (A preencher pelo aluno) (A preencher pelo professor) Nível:

ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO. (A preencher pelo aluno) (A preencher pelo professor) Nível: ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO Teste de Diagnóstico PPT (Português para Todos) 8 Páginas Duração: 90 minutos janeiro de 2016 (A preencher pelo aluno) Nome: (Indique o seu nome e apelido) Data:

Leia mais

PESQUISA DIAGNÓSTICA

PESQUISA DIAGNÓSTICA ESCOLA MUNICIPAL JOEL MARCELINO DE OLIVEIRA Goiânia, junho de 2013. Orientador Formador Rafael Vieira de Araújo PESQUISA DIAGNÓSTICA Em 2013 a nossa escola está organizada de forma diferente. Passou a

Leia mais

Pronomes. Podem substituir ou acompanhar um nome ou substantivo. Ele esteve aqui ontem. Ele esteve aqui e criticou o seu projeto.

Pronomes. Podem substituir ou acompanhar um nome ou substantivo. Ele esteve aqui ontem. Ele esteve aqui e criticou o seu projeto. Pronomes Podem substituir ou acompanhar um nome ou substantivo. Ele esteve aqui ontem. Ele esteve aqui e criticou o seu projeto. Pessoais Possessivos Demonstrativos Relativos Indefinidos Interrogativos

Leia mais

A partir de mim. nós. Com quem? A HISTÓRIA

A partir de mim. nós. Com quem? A HISTÓRIA A partir de mim nós Com quem? A HISTÓRIA ESTE SOU EU!!! Como todo mês de julho, a associação na paróquia Santa Maria do Caminho organiza seus acampamentos de verão nas montanhas da Europa, no conhecido

Leia mais

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão.

REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS. Idade na admissão. REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DA GRAVIDEZ: A EXPERIÊNCIA DA MATERNIDADE EM INSTITUIÇÃO Código Entrevista: 3 Data: 18/10/2010 Hora: 19h00 Duração: 22:25 Local: Casa de Santa Isabel DADOS SÓCIO-DEMOGRÁFICOS Idade

Leia mais

Agradecimento. Entidades que colaboraram no projeto:

Agradecimento. Entidades que colaboraram no projeto: Agradecimento Esta história foi enriquecida com os contributos de mais de 100 crianças que, com as suas palavras sábias, nos transmitiram o que era para elas uma Família. Chegámos até estas crianças com

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Tema Transversal: Cultivar e guardar a Criação Disciplina: Língua Portuguesa / ESTUDOS AUTÔNOMOS Ano: 2º - Ensino Fundamental Aluno(a): N o : Turma: Professora: Data: 14 / 6 / 2017

Leia mais

Os Principais Tipos de Objeções

Os Principais Tipos de Objeções Os Principais Tipos de Objeções Eu não sou como você" Você tem razão, eu não estou procurando por pessoas que sejam como eu. Sou boa no que faço porque gosto de mim como eu sou. Você vai ser boa no que

Leia mais

ZA6282. Flash Eurobarometer 403 (Citizens Perception about Competition Policy, wave 2) Country Questionnaire Portugal

ZA6282. Flash Eurobarometer 403 (Citizens Perception about Competition Policy, wave 2) Country Questionnaire Portugal ZA68 Flash Eurobarometer 0 (Citizens Perception about Competition Policy, wave ) Country Questionnaire Portugal FL 0 - EU citizens' perceptions about competition policy - PT D Poderia dizer-me a sua idade?

Leia mais

AS LÍNGUAS DE CABO VERDE

AS LÍNGUAS DE CABO VERDE UNIVERSIDADE DE LISBOA FACULDADE DE LETRAS DEPARTAMENTO DE LINGUÍSTICA GERAL E ROMÂNICA AS LÍNGUAS DE CABO VERDE UMA RADIOGRAFIA SOCIOLINGUÍSTICA Anexo 1: Questionário Tese orientada pela Prof. Doutora

Leia mais

Treinamento sobre Progress Report.

Treinamento sobre Progress Report. Treinamento sobre Progress Report. Objetivo O foco aqui é trabalhar o desenvolvimento pessoal de cada aluno. O instrutor irá analisar cada um e pensar em suas dificuldades e barreiras de aprendizado e,

Leia mais

UNIVERSIDADE MINHO Escola de Psicologia Campus de Gualtar Braga Telf

UNIVERSIDADE MINHO Escola de Psicologia Campus de Gualtar Braga Telf UNIVERSIDADE MINHO Escola de Psicologia Campus de Gualtar 4710-057 Braga Telf. 253.604.232 ENTREVISTA DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA PARA CRIANÇAS E JOVENS EAP-CJ Rui Gomes (rgomes@psi.uminho.pt) José Cruz (jcruz@psi.uminho.pt)

Leia mais

Leia com calma as questões e responda com carinho, fazendo pausas até a conclusão, se achar necessário.

Leia com calma as questões e responda com carinho, fazendo pausas até a conclusão, se achar necessário. Questionário FIS - Felicidade Interna Sustentável CARACTERIZAÇÃO DA AMOSTRA Idade Sexo ( )M ( )F Grau de Instrução ( )Básico ( )Médio ( )Universitário ( )Especialização ( )Mestrado ( )Doutorado ( )Outros

Leia mais

COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo

COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo COMO MONTAR MEU HORÁRIO DE ESTUDO? O meu horário ATUAL de estudo Preencha este horário segundo a distribuição de tempo que você tem a intenção de fazer: Pinte de vermelho o tempo ocupado em aulas; Pinte

Leia mais

9.º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher! Maio, 2014

9.º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher! Maio, 2014 9.º ano, o ano antes da grande mudança! O que ter em conta antes de escolher! Maio, 2014 Percursos possíveis para o ensino secundário O Cursos científico-humanísticos Vocacionados para o prosseguimento

Leia mais

SESSÃO 1 - CONTRATO CONTRATO

SESSÃO 1 - CONTRATO CONTRATO SESSÃO 1 - CONTRATO CONTRATO Porque acho importante aprender a dar-me melhor com os outros e aprender a resolver os meus problemas, vou participar neste programa. O/A professor/a, através da realização

Leia mais

Identificação. F03 Duração da entrevista 18:12 Data da entrevista Ano de nascimento (Idade) 1974 (36) Local de nascimento/residência

Identificação. F03 Duração da entrevista 18:12 Data da entrevista Ano de nascimento (Idade) 1974 (36) Local de nascimento/residência 1 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 Identificação F03 Duração da entrevista 18:12 Data da entrevista 4-5-2011 Ano de nascimento (Idade) 1974 (36) Local de

Leia mais

ACTIVIDADES PARA O 1º CICLO

ACTIVIDADES PARA O 1º CICLO ACTIVIDADES PARA O 1º CICLO Actividade 1 Diário dos Sentimentos Através do diálogo, o professor deve ajudar as crianças a identificar os sentimentos que vivenciam nas diversas situações do dia a dia. Poderá

Leia mais

Transcrição de Entrevista nº 10

Transcrição de Entrevista nº 10 Transcrição de Entrevista nº 10 E Entrevistador E10 Entrevistado 10 Sexo Feminino Idade 31 anos Área de Formação Engenharia Informática E - Acredita que a educação de uma criança é diferente perante o

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

Nº 17 B - 4º Domingo da Quaresma

Nº 17 B - 4º Domingo da Quaresma Nº 17 B - 4º Domingo da Quaresma 15.3.2015 Quem já fez uma grande asneira? Estão todos a dizer que não? Nunca? Não acredito!!! Com certeza em alguma altura já fizeste uma grande asneira, e depois quiseste

Leia mais

Lesson 02: Self- Introduction (Part II) Lição 02: Apresentações (Parte II)

Lesson 02: Self- Introduction (Part II) Lição 02: Apresentações (Parte II) Lesson 02: Self- Introduction (Part II) Lição 02: Apresentações (Parte II) Lição 02: Você vai continuar a aprender como se apresentar. Se divirta aprendendo inglês com o professor! Step 1 (Step 1) Quando

Leia mais

ESTUDO DO MEIO. 1 Escreve os doze meses do ano por ordem e pinta o mês em que nasceste.

ESTUDO DO MEIO. 1 Escreve os doze meses do ano por ordem e pinta o mês em que nasceste. ETUDO DO MEIO 1 Escreve os doze meses do ano por ordem e pinta o mês em que nasceste. 1-5 - 9-2 - 6-10 - 3-7 - 11-4 - 8-12 - 2 Escreve conforme indica a ajuda. TRINTA DIA TEM NOVEMBRO, ABRIL, JUNHO E ETEMBRO

Leia mais

Atividade 02 Leia as frases em PORTUGUÊS e preste atenção no que elas significam em INGLÊS. My mother is 47 years old. Minha mãe tem 47 anos.

Atividade 02 Leia as frases em PORTUGUÊS e preste atenção no que elas significam em INGLÊS. My mother is 47 years old. Minha mãe tem 47 anos. Quando HAVE não é TER Atividade 01 Faça o Download do áudio que foi disponibilizado no Blog. Escute o áudio várias vezes ao dia e preste atenção na pronúncia das palavras. Você pode ouvir quantas vezes

Leia mais

Entrevista Rodrigo

Entrevista Rodrigo Entrevista 1.17 - Rodrigo (Bloco A - Legitimação da entrevista onde se clarificam os objectivos do estudo, se contextualiza a realização do estudo e participação dos sujeitos e se obtém o seu consentimento)

Leia mais

Minha Vida Profissional Projeto 306. Por David Batty

Minha Vida Profissional Projeto 306. Por David Batty Minha Vida Profissional Projeto 306 Por David Batty 2 Nome: Minha Vida Profissional Data de Início: Projeto 307 Data de término: Quantas horas na sua vida você gastou trabalhando? Muitas! Algumas pessoas

Leia mais

manhã a minha irmã Inês vai ter o seu primeiro dia de escola. Há mais de uma semana que anda muito irrequieta e não para de me fazer perguntas,

manhã a minha irmã Inês vai ter o seu primeiro dia de escola. Há mais de uma semana que anda muito irrequieta e não para de me fazer perguntas, 5 6 manhã a minha irmã Inês vai ter o seu primeiro dia de escola. Há mais de uma semana que anda muito irrequieta e não para de me fazer perguntas, sempre a incomodar-me. Por vezes, eu divirto-me a responder.

Leia mais

Gustv Eiffel Centro Novas Oportunidades

Gustv Eiffel Centro Novas Oportunidades COOPTÉCNICA GUSTAVE EIFFEL Gustv Eiffel Centro Novas Oportunidades FICHA 1 CALENDARIZAÇÃO DAS SESSÕES Nome Nº de Documento de Identificação Etapa Sessão Tipo de Actividade Data Hora Duração Prevista Acolhimento

Leia mais

SEMANA ESPANHOL DE VERDADE MATERIAL DE APOIO AULA 4

SEMANA ESPANHOL DE VERDADE MATERIAL DE APOIO AULA 4 SEMANA ESPANHOL DE VERDADE MATERIAL DE APOIO AULA 4 O que é exatamente a Semana do Espanhol de Verdade? A Semana do Espanhol de Verdade é um série de 5 aulas online e exclusivas que eu, Driéli Sonaglio,

Leia mais

ZA5879. Flash Eurobarometer 361 (Chemicals) Country Questionnaire Portugal

ZA5879. Flash Eurobarometer 361 (Chemicals) Country Questionnaire Portugal ZA879 Flash Eurobarometer (Chemicals) Country Questionnaire Portugal EB FLASH - Chemicals - PT D Poderia dizer-me a sua idade? (ESCREVER - SE "RECUSA" CÓDIGO '99') D Sexo Masculino Feminino SUBSTÂNCIAS

Leia mais

Olhando o Aluno Deficiente na EJA

Olhando o Aluno Deficiente na EJA Olhando o Aluno Deficiente na EJA ConhecendoJoice e Paula Lúcia Maria Santos Tinós ltinos@ffclrp.usp.br Apresentando Joice e Paula Prazer... Eu sou a Joice Eu sou a (...), tenho 18 anos, gosto bastante

Leia mais

O Rapaz e a Guitarra Mágica

O Rapaz e a Guitarra Mágica O Rapaz e a Guitarra Mágica Conto linha-a-linha Autoria: todas as turmas da Escola E.B. 2,3 de Palmeira Data: 21 a 25 de Março de 2011 Local de realização: Biblioteca Escolar Era uma vez um menino chamado

Leia mais

Pensamento Positivo. Pr. Rodrigo Moraes

Pensamento Positivo. Pr. Rodrigo Moraes Pensamento Positivo Pr. Rodrigo Moraes Pensamento Positivo Pastor Rodrigo Moraes Igreja Nova Aliança Ministério Atraindo Vidas Para Deus - AVD 2015 Prefácio Esta é uma obra com o intuito de mostrar com

Leia mais

As Melhores 313 PIADAS. para rir sem parar

As Melhores 313 PIADAS. para rir sem parar As Melhores 313 PIADAS para rir sem parar Excesso de velocidade Depois de mandar parar uma condutora, o polícia de trânsito diz-lhe: Minha senhora, vou multá-la. Vinha a 200 quilómetros à hora! O quê???

Leia mais

A Mudança. O sucesso começa pela intenção da gente e se determina pelas nossas ações.

A Mudança. O sucesso começa pela intenção da gente e se determina pelas nossas ações. A Mudança O sucesso começa pela intenção da gente e se determina pelas nossas ações. O objetivo deste documento é ajudar você a identificar qual área da sua vida precisa de mudanças urgentes, identificar

Leia mais

Mestrado: 2º Ciclo em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário Disciplina: Psicologia Educacional Docente: Doutor Nuno Corte Real

Mestrado: 2º Ciclo em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário Disciplina: Psicologia Educacional Docente: Doutor Nuno Corte Real Mestrado: 2º Ciclo em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário Disciplina: Psicologia Educacional Docente: Doutor Nuno Corte Real Tema: Elaboração de uma peça de teatro - Promoção da Saúde,

Leia mais

Semana 4 Curso Propósito Observação Pausa Aceitação - Jogo pt1

Semana 4 Curso Propósito Observação Pausa Aceitação - Jogo pt1 Más noticias e boas noticias ou só noticias, tu decides. Atrasado ou avançado, tu decides. Quando entramos no jogo da comparação (que na realidade, quando bem jogado até pode ser um jogo bem divertido)

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE HABILIDADES SOCIAIS CONJUGAIS

QUESTIONÁRIO DE HABILIDADES SOCIAIS CONJUGAIS Bolsoni-Silva, A. T. (2003). Habilidades Sociais Educativas, variáveis contextuais e problemas de comportamento: comparando pais e mães de pré-escolares.tese de Doutorado. Ribeirão Preto: Universidade

Leia mais

Adolescentes portugueses e suas família: bem-estar e crise económica

Adolescentes portugueses e suas família: bem-estar e crise económica Adolescentes portugueses e suas família: bem-estar e crise económica Margarida Gaspar de Matos, PhD mmatos@fmh.ulisboa.pt www.aventurasocial.com www.hbsc.org HBSC - HEALTH BEHAVIOUR IN SCHOOL-AGED CHILDRE

Leia mais

As Tic- Tecnologias de Informação e Comunicação nos meus Percursos de Vida Pessoal e Profissional

As Tic- Tecnologias de Informação e Comunicação nos meus Percursos de Vida Pessoal e Profissional As Tic- Tecnologias de Informação e Comunicação nos meus Percursos de Vida Pessoal e Profissional 1 Nasci no dia 4 de Novembro de 1967, na freguesia de Vila Boa do Bispo, Concelho de Marco de Canaveses,

Leia mais

Deixe o Mundo entrar em sua casa. Faça parte da maior família do mundo, A FAMÍLIA AFS!

Deixe o Mundo entrar em sua casa. Faça parte da maior família do mundo, A FAMÍLIA AFS! PROGRAMA AFS O que é a Intercultura - AFS Portugal? A Intercultura AFS Portugal é uma Associação de Voluntariado Jovem sem fins lucrativos. Não tem filiações partidárias, religiosas ou outras e tem estatuto

Leia mais

Estimado(a) professor(a),

Estimado(a) professor(a), Anexo I 165 166 Estimado(a) professor(a), Venho solicitar-lhe que responda ao presente questionário, que se destina a efectuar um trabalho de investigação que me propus realizar no âmbito da minha dissertação

Leia mais

ANEXO 12A Protocolo da Entrevista à Catarina (Mãe do Miguel) FASE 1 TRANCRIÇÃO DE ENTREVISTA E4

ANEXO 12A Protocolo da Entrevista à Catarina (Mãe do Miguel) FASE 1 TRANCRIÇÃO DE ENTREVISTA E4 ANEXO 12A Protocolo da Entrevista à Catarina (Mãe do Miguel) FASE 1 TRANCRIÇÃO DE ENTREVISTA E4 Duração da entrevista: 40 minutos C 1 - Não sei se a Lurdes lhe disse. Eu no ano passado estive doente (

Leia mais

HOJE FALAMOS DE GRAÇA E PAZ

HOJE FALAMOS DE GRAÇA E PAZ 16 de janeiro HOJE FALAMOS DE GRAÇA E PAZ Bom dia. E boa semana. Hoje começamos o nosso dia com a Palavra de Deus. Penso que sabes o que quer dizer A Palavra de Deus é aquela palavrinha que lemos e escutamos

Leia mais

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015

Integração entre Serviços e Benefícios. VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 Integração entre Serviços e Benefícios VI Seminário Estadual de Gestores e trabalhadores da Política de Assistência Social Santa Catariana/ 2015 A desproteção e a vulnerabilidade são multidimensionais

Leia mais

ORIENTAÇÃO ON LINE AO VIVO

ORIENTAÇÃO ON LINE AO VIVO ORIENTAÇÃO ON LINE AO O QUE FAZER PARA INICIAR PESSOAS EM MEU TIME. Dia: 19/07 as 21:30h VIVO Acesso pelo link https://www.eventials.com/kilvenoronha/o-que-fazer-parainiciar-pessoas-em-meu-time/ Kilve

Leia mais

Fichas de Português. Bloco V. Estruturas Gramaticais. Números cardinais ; 101 a Количественные числительные... Numerale cardinale...

Fichas de Português. Bloco V. Estruturas Gramaticais. Números cardinais ; 101 a Количественные числительные... Numerale cardinale... Fichas de Português Bloco V Estruturas Gramaticais Números cardinais ; 101 a 1 000 000 000. Количественные числительные... Numerale cardinale... Preposição + pronomes pessoais. Пpeдлoг + мecтoимeниe. Prepoziţii

Leia mais

Sem Cerimónia nem Papéis Um estudo sobre as Uniões de facto em Portugal. Ficha de Caracterização dos Entrevistados e Cônjuges Parte I

Sem Cerimónia nem Papéis Um estudo sobre as Uniões de facto em Portugal. Ficha de Caracterização dos Entrevistados e Cônjuges Parte I Sem Cerimónia nem Papéis Um estudo sobre as Uniões de facto em Portugal Ficha de Caracterização dos Entrevistados e Cônjuges Parte I Q1. Sexo M F Concelho de Residência / Distrito --------------- Q2. Situação

Leia mais

Nº 40A Domingo XXXIV do Tempo Comum Quando ajudamos alguém, é como se ajudássemos Jesus

Nº 40A Domingo XXXIV do Tempo Comum Quando ajudamos alguém, é como se ajudássemos Jesus Nº 40A Domingo XXXIV do Tempo Comum- 20.11.1011 Quando ajudamos alguém, é como se ajudássemos Jesus Quando eu tive fome, deste-me de comer. Quando eu tinha sede, deste-me de beber. Quando eu estava sem

Leia mais

Questionário. food perferido. Parte B: Responde sempre a pensar no teu restaurante de fast. Parte A: Fala-me de ti

Questionário. food perferido. Parte B: Responde sempre a pensar no teu restaurante de fast. Parte A: Fala-me de ti Questionário Parte A: Fala-me de ti 1. Sexo : Masculino / Feminino (coloca um círculo) 2. Idade : 3. Ano Escolar : 4. Tens mesada? 5. Se tiveres, quanto recebes por semana? : 6. Qual o emprego dos teus

Leia mais

O PODER DAS SUAS PALAVRAS PARA VIVER MILAGRES. Edenevando Almeida

O PODER DAS SUAS PALAVRAS PARA VIVER MILAGRES. Edenevando Almeida O PODER DAS SUAS PALAVRAS PARA VIVER MILAGRES Edenevando Almeida A resposta está dentro de você. Um homem foi a casa de seu amigo e disse que precisava de algo, o amigo disse: " O que você precisa estar

Leia mais

E- Queria começar por te perguntar quanto tu soubeste que ias para o teatro como é que foi a tua reação, ficaste entusiasmado, não ficaste E4- Fiquei

E- Queria começar por te perguntar quanto tu soubeste que ias para o teatro como é que foi a tua reação, ficaste entusiasmado, não ficaste E4- Fiquei E- Queria começar por te perguntar quanto tu soubeste que ias para o teatro como é que foi a tua reação, ficaste entusiasmado, não ficaste E4- Fiquei entusiasmado. E- E porque é que gostavas de já tinhas

Leia mais

Entrevista 01. Dados do entrevistado: Perguntas:

Entrevista 01. Dados do entrevistado: Perguntas: Sexo: Feminino Idade: 18 anos 1. É morador da Vargem Grande? Sim Entrevista 01 2. Trabalha na Vargem Grande? Como é o percurso para ir ao trabalho? Não, trabalha no Santa Mônica. Pega ônibus em frente

Leia mais

REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS DADOS DOS QUESTIONÁRIOS DA IGEC RELATÓRIO IGEC - TRABALHADORES DOCENTES I

REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS DADOS DOS QUESTIONÁRIOS DA IGEC RELATÓRIO IGEC - TRABALHADORES DOCENTES I REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS DADOS DOS QUESTIONÁRIOS DA IGEC A - TRABALHADORES DOCENTES RELATÓRIO IGEC - TRABALHADORES DOCENTES I 1. O ensino nesta escola é exigente 17,3 19,6 58,3 2. A escola é aberta ao

Leia mais

Anexo F Análise de Conteúdo às Questões Abertas

Anexo F Análise de Conteúdo às Questões Abertas Anexo F Análise de Conteúdo às Questões Abertas 86 Análise de Conteúdo às Questões Abertas Que razões/motivos te levaram a escolher este curso? Desporto Gosto pelo Desporto: Adoro desporto ; A minha vida

Leia mais

Descubra o Poder do VERMELHO

Descubra o Poder do VERMELHO Descubra o Poder do VERMELHO Por que ser Mary Kay? O que você fez para chegar até aqui? Você tem desejo ardente por esta carreira maravilhosa? Quando você será diretora? Mary Kay Ash já dizia... Se você

Leia mais

Alice Vieira. O LIVRO, DA AVo ALICE

Alice Vieira. O LIVRO, DA AVo ALICE Alice Vieira O LIVRO, DA AVo ALICE 2010, Alice Vieira Todos os direitos reservados. 1.ª Edição / Abril de 2011 ISBN: 978-989-23-1250-7 Depósito legal n.º: 323456/11 [uma chancela do grupo LeYa] Rua Cidade

Leia mais

TODOS 3 A 4 DIAS/ 1 A 2 DIAS/ COM MENOS NUNCA NS

TODOS 3 A 4 DIAS/ 1 A 2 DIAS/ COM MENOS NUNCA NS INQUÉRITO 40 ANOS DO 25 DE ABRIL PROPOSTA ELABORADA PELO ICS INVESTIGADORA RESPOÁVEL: MARINA COSTA LOBO 28 DE NOVEMBRO 2013 P1. Sexo do inquirido (SEM PERGUNTAR): Masculino Feminino P2. Para começar, gostaria

Leia mais

O Sorriso de Clarice

O Sorriso de Clarice O Sorriso de Clarice Clarice era uma mulher meio menina sabem,doce,meiga,amiga,e apaixonada,aqueles seres que contagiam com seu sorriso, ela tinha algo único conquistava todos com seu sorriso,ninguém sabia

Leia mais

Nome do entrevistado: Telefone: Recusa Não tem Rua : N.º : Andar : Porta : Localidade :

Nome do entrevistado: Telefone: Recusa Não tem Rua : N.º : Andar : Porta : Localidade : SÉRIE N.º FOLHA DE CONTACTOS N.º Nome do entrevistado: Telefone: Recusa Não tem Rua : N.º : Andar : Porta : Localidade : REGISTO DAS VISITAS Modo de Visita Resultado da Visita (Visita = todas as tentativas

Leia mais

MAPA PARA FLUÊNCIA UTILIZE ESTE DOCUMENTO PARA GUIÁ-LO DURANTE OS WORKSHOPS

MAPA PARA FLUÊNCIA UTILIZE ESTE DOCUMENTO PARA GUIÁ-LO DURANTE OS WORKSHOPS MAPA PARA FLUÊNCIA UTILIZE ESTE DOCUMENTO PARA GUIÁ-LO DURANTE OS WORKSHOPS Você vai usar este mapa de tesouro durante este Workshop para guiá-lo até seu tesouro na fluência e as oportunidades e sucesso

Leia mais

RGPH 2010 QUESTIONÁRIO DO ALOJAMENTO

RGPH 2010 QUESTIONÁRIO DO ALOJAMENTO RGPH 2010 QUESTIONÁRIO DO ALOJAMENTO Para proceder ao correcto preenchimento deste questionário, deverá fazer as perguntas necessárias aos proprietários ou ocupantes do edifício DR / SUBDR EDIFICIO ALOJAMENTO

Leia mais

QUESTIONÁRIO SÓCIO-CULTURAL-ECONÔMICO-EDUCACIONAL

QUESTIONÁRIO SÓCIO-CULTURAL-ECONÔMICO-EDUCACIONAL ANEXO A QUESTIONÁRIO SÓCIO-CULTURAL-ECONÔMICO-EDUCACIONAL Responder a este questionário é de fundamental importância para a UFES e para o sistema universitário brasileiro. E é nesse sentido que nos dirigimos

Leia mais