ESCOLA ESTADUAL MARIA JOSÉ. Ismael Silvério Júnior (Multiplicador) Luciano de Mazzi Martins Falconi (PROGETEC) PLANO DE AÇÃO 2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESCOLA ESTADUAL MARIA JOSÉ. Ismael Silvério Júnior (Multiplicador) Luciano de Mazzi Martins Falconi (PROGETEC) PLANO DE AÇÃO 2015"

Transcrição

1 ESCOLA ESTADUAL MARIA JOSÉ Ismael Silvério Júnior (Multiplicador) Luciano de Mazzi Martins Falconi (PROGETEC) PLANO DE AÇÃO 2015 Anaurilândia - MS 2015

2 ESCOLA ESTADUAL MARIA JOSÉ Ismael Silvério Júnior (Multiplicador) Luciano de Mazzi Martins Falconi (PROGETEC) PLANO DE AÇÃO 2015 Plano de Ação desenvolvido pela PROGETEC Luciano de Mazzi Martins Falconi, sob a supervisão do Professor Multiplicador do NTE Ismael Silvério Junior como instrumento de capacitação e aperfeiçoamento tecnológico e pedagógico do professor regente da EE Maria José. Anaurilândia - MS 2015

3 SUMÁRIO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO INTRODUÇÃO JUSTIFICATIVA OBJETIVOS OBJETIVO GERAL OBJETIVOS ESPECÍFICOS AÇÕES METODOLOGIA CRONOGRAMA DE AÇÃO AVALIAÇÃO REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS... 18

4

5 4 1- IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO Período de realização: março a dezembro de 2015 Órgão responsável: Núcleo de Tecnologia Educacional de Nova Andradina Instituição: Escola Estadual Maria José Coordenadores do Projeto: Ismael Silvério Júnior (Multiplicador) Luciano de Mazzi Martins Falconi (PROGETEC), Responsáveis pela Instituição: José de Sá Cavalcante (Direção), Ângela Augusta de Oliveira Brito e Nucini Garcia Duarte (Coordenação pedagógica). Título do Projeto: Plano de ação de Recursos Midiáticos como auxilio para o processo de Ensino e Aprendizagem da escola E.E. Maria José Tipo de Projeto: Formação Pedagógica e Tecnológica. Público Alvo: Gestão escolar, Coordenação Pedagógica e Professores da do Ensino Fundamental.

6 5 2 - INTRODUÇÃO O presente plano de ação tem como finalidade formar os professores e coordenador quanto ao uso das tecnologias e recursos midiáticos disponíveis na escola, para conscientizá-los da importância dos mesmos no enriquecimento de suas aulas e atividades do seu dia a dia, e como subsídios para uma melhor motivação e fixação dos conteúdos nas disciplinas a serem trabalhadas. Esse plano de ação tem por objetivo nortear as atividades a serem desenvolvidas no ano letivo de 2015, especificamente no uso das tecnologias dentro do espaço escolar. As oficinas oferecidas buscam facilitar a utilização pelos professores dos recursos disponíveis na escola, visando à assimilação do conteúdo de maneira prática e diferenciada, promovendo então, um processo de ensino e aprendizagem de qualidade. A grande variedade de recursos tecnológicos na escola está causando certa insegurança nos professores, visto que, a utilização dessas ferramentas exige conhecimento e capacitação, para que verdadeiramente atinja o objetivo de melhorar o processo de ensino e aprendizagem. Devemos pensar numa nova educação que promova a inserção dos diversos recursos tecnológicos no currículo escolar como uma necessidade emergencial do nosso contexto em que as tecnologias da informação e conhecimento estão à disposição dos educadores e educandos na escola. As oficinas serão instrumentos disponibilizadas para a melhoria da educação. Trata-se de utilizar tecnologias modernas e inovadoras com recursos que possam auxiliar na criação de novas metodologias de ensino. Para tanto, faz se necessário a articulação de toda a equipe pedagógica, promovendo com isso a melhoria da aprendizagem de nossos alunos. Diante de um contexto impregnado de aparatos tecnológicos, vê-se a necessidade da formação continuada dos professores para o uso significativo dos recursos tecnológicos presentes na escola por meio de oficinas, pretende-se qualificar o docente tanto tecnicamente como construir, colaborativamente, à incorporação em sua prática de metodologias inovadoras.

7 6 3 - JUSTIFICATIVA De acordo com o propósito da nossa escola juntamente com o Núcleo de Tecnologias Educacionais de Nova Andradina, que é o de atender as necessidades de professores quanto à formação técnica e pedagógica para o uso das novas tecnologias, elaboramos este plano, visando organizar de forma adequada as atividades a serem desenvolvidas durante o ano letivo de 2015 em forma de oficinas ministradas pelo professor gerenciador com o professor multiplicador do NTE. A partir das preocupações e das dificuldades encontradas pelos professores em desenvolver atividades que envolvessem a montagem e o manuseio das tecnologias no uso do dia a dia, buscou-se alternativas que pudessem facilitar esse trabalho, promovendo o acesso ao computador e a aplicativos educacionais, além é claro, do acompanhamento dado aos docentes e discentes no cotidiano do ambiente escolar. Tais ações são importantes para nortear o trabalho do PROGETEC e do Núcleo de Tecnologias Educacionais que desempenharão a função de formadores do saber tecnológico junto aos professores regentes na tentativa de inovar os métodos e estratégias através de novos aplicativos educacionais em diversas áreas do conhecimento, que depois de estudados e praticados pelos docentes nas oficinas deverão ser utilizados durante as aulas a serem ministradas com os alunos.

8 7 4 - OBJETIVOS OBJETO GERAL Oferecer formação técnica e pedagógica aos professores regentes, coordenação pedagógica e gestão escolar OBJETIVOS ESPECÍFICOS digital; Realizar as ações do Plano de Ação junto à comunidade escolar; Proporcionar formação técnica e pedagógica quanto aos recursos da lousa Oferecer formação sobre o Linux Educacional e as ferramentas de produtividade Br Office - Writer, Calc e Impress; Capacitar os professores na utilização do aplicativo Pixton. 5 - AÇÕES 2015 Apresentação do Plano de Ação 2015; Lousa Digital como complementos dos conteúdos em sala Aplicativos do Linux como Ferramenta de Ensino Apresentação do software Pixton como um novo recurso.

9 8 6 - METODOLOGIA Neste tópico apresentaremos as principais ações para o 1º Semestre e 2º semestre de 2015 quanto à formação técnica e pedagógica que será oferecida à equipe pedagógica. Em março apresentaremos o Plano de Ação 2015 ao Corpo Docente a fim de aliar o uso destas tecnologias aos projetos pedagógicos que serão desenvolvidos durante o ano letivo; bem como a forma de organização da rotina de planejamento das atividades pedagógicas com o auxílio do PROGETEC ao professor regente quanto à integração dos recursos tecnológicos que se fará preferencialmente durante a hora atividade dos professores. Apresentaremos também a Resolução 2491/2011 que rege o trabalho do PROGETEC na escola. A primeira ação a ser desenvolvida será a apresentação do plano de ação 2015 do PROGETEC, para o corpo docente da EE Maria José, acontecerá aproximadamente entre março e abril. Serão apresentadas todas as ações, bem como explicadas as oficinas de formação para os docentes escolherem qual delas ele vai precisar para o auxiliá-lo no processo de ensino e aprendizagem. Essas ações elencadas no Cronograma de Ação 2015 serão desenvolvidas como projetos de formação e as oficinas vão ocorrer em grupos e na hora atividade de cada docente. Essas formações têm por objetivo sanar as dificuldades em usar as tecnologias e recursos midiáticos, dessa forma, todo o plano de ação estará pautado no apoio ao professor na execução de suas atividades e práticas pedagógicas. Esclarecemos também que se trata de um plano que norteará nossas ações no decorrer do ano letivo, sendo passível de alterações, pois todo plano é flexível e outras ideias ou sugestões pertinentes à situação a necessidade da escola podem se apresentar mais propícias. Durante o desenvolvimento, as mídias sociais da escola estarão sendo alimentadas com o trabalho realizado por toda a comunidade escolar. Ao divulgar o plano junto à direção, coordenação e professores da escola pelo PROGETEC e apresentadas todas as atividade, serão iniciadas as ofertas de inscrições das oficinas de formação nos três turnos para poder elencar todo o corpo docente da unidade escolar que deseja realizá-las. Será distribuída a ficha de

10 9 inscrição para todos os professores, onde os mesmos ficarão cientes dos cursos ofertados para efetuarem suas respectivas inscrições. A utilização da Lousa Digital como complementos dos conteúdos em sala de aula Os professores participarão dessa oficina nos meses de maio à junho, onde o será apresentada a ferramenta da lousa digital e também a importância do uso deste equipamento quando o relacionamos com a aprendizagem dos alunos em sala de aula. O curso será oferecido de acordo com a realidade da escola, no que se refere à necessidade do professor, podendo os acompanhamentos serem individual ou coletivo, tendo uma carga horária de 50 horas, onde 36 horas serão distribuídas para os encontros de formação e carga horária de 14 horas distribuída para planejar a aula/ projeto de ensino, para aplicação da aula planejada/ projeto de ensino, avaliação do curso e registros em ambiente online das atividades desenvolvidas no curso e com os alunos em sala. Todas as atividades de formação serão preferencialmente realizadas em horário predefinido ou na hora/atividade dos professores regentes, facilitando assim a participação do maior número de professores. Nos encontros serão abordadas as seguintes funcionalidades: Montagem e calibração e instalação do software da lousa no notebook do professor se o mesmo desejar, manipulação da caneta; Ferramentas do MINT Interactive; Galeria de imagens; Gravação de aula; Captura de tela; Salvar imagens da internet e utilizá-las como plano de fundo; Como carregar o receptor e caneta; 1º encontro: O PROGETEC falará sobre a lousa digital de uma forma geral e como ela poderá ser utilizada em seu dia a dia. Em seguida mostrará como montar a lousa digital e manipular a caneta para que se possa calibrar o equipamento antes de iniciar seu uso propriamente dito. Logo após, será mostrado como instalar o software

11 da lousa digital em um notebook que poderá ser da escola ou de alguns professores. 10 2º encontro: Serão apresentadas e exploradas as ferramentas do MINT Interactive, cada um dos seus ícones, inclusive a galeria de imagens e todo o seu conteúdo. Depois destas explicações os cursistas terão que falar sobre um item do MINT e expor para os colegas utilizando o mesmo na lousa digital. 3º encontro: O PROGETEC mostrará como se realiza uma gravação de aula na lousa digital, fazendo para isto uma pequena apresentação que será salva ao término da exposição do gerenciador. Em continuidade, a gravação será mostrada para os participantes que poderão visualizar como ficou a aula e como foi feito o processo todo. O professor deverá ir até a lousa para fazer sua própria gravação e cópia. Em seguida será apresentada como fazer uma captura de tela e a metodologia para isto será a mesma da gravação. 4º encontro: Será pedido para cada professor acessar a internet e salvar algumas figuras, colocando-as no pendrive para poder usar durante a aula. Feito isto, será realizada a explicação de como utilizar uma imagem como plano de fundo na tela da lousa digital e como a mesma pode ser trabalhada durante uma aula. Logo após, será demonstrado como colocar a lousa digital e seus componentes para carregar. 5º encontro: Cada professor ao acessar a internet, buscará o site em seguida deverá substituir os números que se encontram depois da barra por outros que o PROGETEC irá informar, que é o número do IP do computador na rede. Com isso será explicado que os computadores estarão interligados em rede e poderão ser compartilhadas as atividades realizadas por eles. O TWIDDLA é um site em que o professor pode usálo para fazer uma interação em rede com os outros computadores em rede na sala, realizando as atividades da lousa digital. Esse recurso de compartilhamento será utilizado para motivar àqueles que participam da aula com o uso da lousa digital. Vale ressaltar que o site TWIDDLA também será apresentado, com o intuito de enriquecer as aulas dos professores, pois o mesmo se trata de uma lousa digital online que contém muitos recursos e funcionalidades. 6º encontro: Será solicitado para cada professor que elabore um plano de aula

12 11 usando a lousa digital. O plano de aula será elaborado na STE durante o período do encontro para que os professores possam sanar possíveis dúvidas, bem como praticar a apresentação da aula. 7º encontro: Cada professor deverá elaborar um plano de aula/projeto de ensino usando o recurso TWIDDLA. Esse plano de aula/ projeto de ensino será elaborado na STE durante o período do encontro para que os professores possam sanar possíveis dúvidas, bem como praticar a apresentação da aula/projeto de ensino antes da aplicação em sala. 8º encontro: Elaboração e Execução de planos de aula/projetos de Ensino com os recursos apreendidos. Todas as etapas realizadas na oficina e os planos de aula/projetos de ensino, bem como as atividades desenvolvidas pelos professores juntamente com seus alunos após a oficina serão postados na wiki da escola nos seguintes links: Serão elaborados vídeos, mostrando as etapas de execução da oficina e planos de aula/projetos de ensino realizados pelos professores regentes que serão postados também no blog e no face dos cursistas e nos da escola. 9º encontro: Será realizada avaliação do curso e o professor poderá ainda tirar alguma dúvida que poderá ter surgido. Após conhecer as funcionalidades técnicas, os professores poderão criar ações que ajudem aos seus educandos de acordo com a realidade de cada turma, promovendo assim o processo de ensino e aprendizagem deles. Como utilizar as ferramentas de produtividade Writer, Calc e Impress nas aulas Entre os meses de agosto a setembro será oferecida a oficina de formação sobre o Linux Educacional e as ferramentas de produtividade Writer, Calc e Impress, como objetivo de ajudar os professores regentes na preparação de suas aulas com mais qualidade de apresentação e de recursos, proporcionando a integração ao fazer pedagógico dos professores. O curso terá carga horária de 26 horas presenciais e ocorrerão em horários determinados, bem como nas horas/atividades dos professores regentes.

13 12 1º Encontro: Os professores irão aprender a navegação através do menu iniciar do Linux Educacional e as funcionalidades dos itens dessa barra: utilizando cd-rom; utilizando Pen-drive; utilizando Disquete; personalizar a área de trabalho; conhecendo o navegador da Internet; salvando uma imagem; favoritos; mudar a página inicial 4 horas. 2º Encontro: Será oferecido aos professores no editor de texto - Writer: como formatar a página, como inserir colunas, como inserir marcadores, tamanho da página, como salvar, salvar como e edição de imagens 4 horas. 3º Encontro: Os professores irão utilizar a planilha eletrônica (Calc), conhecendo suas características; inserir e renomear planilhas; seleção de células, colunas e linhas; inserção de letras e números; Ajuste da altura de linhas e da largura de colunas; mover dados; inserção de números e textos sequências 2 horas. 4º Encontro: Retomar os comandos do encontro anterior; Comando: Formatar/Célula/Alinhamento; Bordas e Plano de Fundo; funções comando: Dados/Classificar; Dados/Filtro/Auto-Filtro; inserir/gráfico 3 horas. 5º Encontro: Os professores receberão formação do programa Impress, com tipos de apresentações; transição de slides; como inserir imagens, links, vídeos, músicas 3 horas. 6º Encontro: Os professores a partir das as ferramentas oferecidas e apreendidas, poderão simular no Impress, a preparação de uma apresentação em slides. - 2 Horas 7º Encontro: Elaboração e Execução de planos de aula/projetos de Ensino com os recursos apreendidos 8 horas. Todas as etapas realizadas na oficina e os planos de aula/projetos de ensino, bem como as atividades desenvolvidas pelos professores juntamente com seus alunos após a oficina serão postados na wiki da escola nos seguintes links: Serão elaborados vídeos, mostrando as etapas de execução da oficina e planos de aula/projetos de ensino realizados pelos professores regentes que serão postados também no blog e no face dos cursistas e nos da escola.

14 13 O aplicativo Pixton como ferramenta mediadora no processo de ensino e aprendizagem Atualmente, todo professor tem o mesmo problema: como inspirar e motivar alunos a aprender em um mundo cheio de distrações digitais? Transformando uma mídia em uma poderosa ferramenta de escrita, o Pixton para Escolas traz diversão e criatividade voltadas ao aprendizado. Com nada além de um navegador, que podem começar imediatamente a desenhar personagens flexíveis, dando-lhes expressões e movendo-os em qualquer pose com a intuitiva interface de clicar e arrastar do Pixton. Pode-se colocar textos em balões de fala dinâmicos, personalizar objetos e compor fundos reutilizáveis podem até enviar imagens e sons. Eles podem variar o comprimento e o layout de cada história as possibilidades são infinitas. Ao desfrutarem da interatividade imersiva do Pixton para Escolas, os educadores desenvolvem habilidades críticas, tais como: transmitir uma ideia de maneira concisa, contar uma história com uma sequência lógica e como se comunicar e colaborar com outras pessoas. Os quadrinhos podem ser impressos, salvos, incluídos e compartilhados na web Tudo isso acontece dentro de um ambiente privado e estruturado, moderado pelo professor e muito fácil de configurar. Os professores podem ser adicionados com ou sem , e são organizados em grupos, ou salas de aula. Desta maneira, o Pixton para Escolas pode ser adaptado para diversos estilos de ensino e aprendizado, das salas de aula tradicionais a e- learning e auto avaliação. Os professores podem criar seus próprios projetos ou importar e modificar modelos de projetos do nosso banco de projetos compartilhados. Além da curiosidade de explorar o software Pixton para escolas, esse projeto se justifica pela necessidade de inspirar e motivar os professores a conhecer e transmitir ao educando um mundo cheio de distrações digitais apresentando-lhes uma maneira de se expressarem através dos quadrinhos. Com o Objetivo de inspirar e motivar os alunos a se expressarem através de histórias em quadrinhos fazendo uso da ferramenta Pixton para Escolas, explorando o Pixton para Escolas, eles vão produzir diálogos explorando os variados recursos

15 14 disponíveis. Eles podem desenvolver habilidades críticas como transmitir uma ideia de maneira concisa, contar uma história com uma sequência lógica, se comunicar e colaborar com outras pessoas, entre outras. Entre os meses de setembro a novembro será oferecida a oficina de formação sobre o O aplicativo Pixton, com a finalidade de apresentar aos professores regentes essa importante ferramenta para a preparação de suas aulas com mais qualidade de apresentação e de recursos. O curso terá carga horária de 30 horas e ocorrerá em horários pré-determinados ou nas horas/atividades dos professores regentes. A seguir estão elencadas as seguintes ações: Criar a sala de aula no Pixton para Escolas; Cadastrar os alunos; Apresentar a sala de aula virtual aos alunos; Criar o avatar e editar o perfil da página individual; Escolher o layout; Produzir pequenos textos com foco no diálogo; Revisar os textos; Publicar as produções na galeria do Pixton; Produzir slides do desenvolvimento do projeto; Publicar trabalho na página e no Facebook da escola; 1 Encontro: Inicialmente será apresentado aos cursistas um tutorial que irá orientar todo o trabalho de registro e acesso e criação das atividades da oficina no Pixton, bem como a utilização do mesmo posteriormente nos planos de aulas e projetos de ensino pelos professores com os seus alunos. Segue o link da apresentação do tutorial Pixton: 4 horas. 2 Encontro: Na sequência os cursistas serão levados ao cadastro na comunidade social Pixton para escola. Juntamente com os cursistas será criado a sala de aula virtual no Pixton para Escolas e os professores se cadastrarão em na sala de aula da escola, o qual terá acesso com nome de usuário e senha. Para facilitar o controle dos acessos dos professores, será utilizada uma mesma senha para todos os membros da turma de cursistas 3 horas. 3 Encontro: Após o cadastro, os professores vão assistir um vídeo por meio de

16 15 data show que será apresentada a sala de aula virtual do Pixton. Uma vez familiarizados com o ambiente, os professores serão orientados a personalizar a página, criando o avatar e editando o perfil individual. Após, serão orientados a escolherem o layout no qual produzirão pequenos textos com foco no diálogo 4 horas. 4 Encontro: A medida em que forem produzindo os textos, os professores também deverão ilustrar a história inserindo cenários, personagens, objetos, balões de fala, assim como os outros diversos recursos que a ferramenta os possibilitam a usar. Durante o processo de produção os professores serão orientados quanto à coerência e coesão das idéias em relação à produção tanto textual quanto ilustrativa 3 horas. 5 Encontro: Nesse encontro será terminado a produção que os cursistas iniciaram no encontro anteriror, cada professor deverá apresentar ao PROGETEC para que o mesmo o ajude nas possíveis correções. Caso seja necessária a revisão, o texto será reestruturado em conjunto com os outros cursistas e todos poderão comentar e sugerir possíveis correções 3 horas. 6 Encontro: Após as orientações aos professores quanto à reestruturação textual, o professor publicará os textos na galeria de projetos da turma no próprio ambiente Pixton. Como registro do processo de produção, as aulas serão fotografadas e os textos dos professores serão anexados ao projeto escrito e colocados na wiki da escola 3 horas. 7 Encontro: Será destinado um tempo para elaboração e execução de planos de aula/projetos de Ensino com os recursos apreendidos 10 horas. Todas as etapas realizadas na oficina e os planos de aula/projetos de ensino, bem como as atividades desenvolvidas pelos professores juntamente com seus alunos após a oficina serão postados na wiki da escola nos seguintes links: Serão elaborados vídeos, mostrando as etapas de execução da oficina e planos de aula/projetos de ensino realizados pelos professores regentes que serão postados também no blog e no face dos cursistas e nos da escola.

17 CRONOGRAMA DE AÇÃO AÇÃO OBJETIVO DATA PERÍODO RESPONSÁVEL CARGA HORÁRIA Apresentar o plano de ação de 2015 Apresentar os projetos e oficinas que serão desenvolvidos durante o ano de 2015 para o corpo que o docente da escola escolha e se inscreva neles. Março Luciano Falconi - A utilização da Lousa Digital como complementos dos conteúdos Mostrar como usar da Lousa Digital para auxiliar os conteúdos em sala. 02/05 à 03/07 Luciano Falconi 50 horas em sala de aula Como utilizar as Oferecer formação ferramentas de sobre o Linux produtividade Writer, Calc e Educacional e as ferramentas de 03/08 à 25/09 Luciano Falconi 26 horas Impress nas produtividade Br Office - aulas Writer, Calc e Impress. O aplicativo Pixton como ferramenta mediadora no processo de ensino e Apresentar o aplicativo Pixton como um auxílio no processo de ensino e aprendizagem. 28/09 à 13/11 Luciano Falconi 30 horas aprendizagem

18 17 TOTAL DA CARGA HORÁRIA: 106 horas 8- AVALIAÇÃO A avaliação será feita por meio da realização das atividades propostas durante as capacitações e do desenvolvimento dos projetos/planos de aulas desenvolvidos nas oficinas de formação. Essas atividades vão contribuir e auxiliar no desempenho e desenvolvimento dos professores durante e depois das oficinas ofertadas pelo PROGETEC da Escola, melhorando assim o processo de ensino e aprendizagem.

19 18 9- REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS E WEBGRÁFICAS ALONSO, C.; GALLEGO, D.; HONEY, P. (2002) Los estilos de aprendizaje: procedimentos de diagnóstico y mejora. Bilbao: Ediciones Mensajero. FIORENTINI, Leda. Introdução à Educação Digital: Curso de Formação Continuada para Professores do Ensino fundamental e Médio da Rede Pública. Seed/MEC/. Editora, 1ª ed. Brasília, FIORENTINI, Leda. Introdução à Educação Digital: Curso de Formação Continuada para Professores do Ensino fundamental e Médio da Rede Pública (Manual do Formador). Seed/MEC/. Editora, 1ª ed. Brasília, FIORENTINI, Leda. Introdução à Educação Digital: Curso de Formação Continuada para Professores do Ensino fundamental e Médio da Rede Pública (Guia do Cursista). Seed/MEC/. Editora, 1ª ed. Brasília, CRONOGRAMA DO CURSO Nova Escola ( consultado em: 14/ 04/15 às 11:57 Consultado em: 14/ 04/15 às 12:02 consultado em: 14/ 04/15 às 12:05 PRETTO, N. L. Uma escola sem/com futuro. 4.ed. Campinas: Papirus, TAKAHASHI, T. (Org.). Sociedade Informação no Brasil: livro verde. Brasília: Ministério da Ciência e Tecnologia, 2000.

ESCOLA ESTADUAL DR. MARTINHO MARQUES SIRLEI RODRIGUES CARDOSO DO PRADO VITORINO PIXTON PARA ESCOLAS: DIVERSÃO E CRIATIVIDADE

ESCOLA ESTADUAL DR. MARTINHO MARQUES SIRLEI RODRIGUES CARDOSO DO PRADO VITORINO PIXTON PARA ESCOLAS: DIVERSÃO E CRIATIVIDADE ESCOLA ESTADUAL DR. MARTINHO MARQUES SIRLEI RODRIGUES CARDOSO DO PRADO VITORINO PIXTON PARA ESCOLAS: DIVERSÃO E CRIATIVIDADE TAQUARUSS/MS MARÇO DE 2011 ESCOLA ESTADUAL DR. MARTINHO MARQUES SIRLEI RODRIGUES

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIZ SOARES ANDRADE PLANO DE AÇÃO 2015

ESCOLA ESTADUAL LUIZ SOARES ANDRADE PLANO DE AÇÃO 2015 ESCOLA ESTADUAL LUIZ SOARES ANDRADE PLANO DE AÇÃO 2015 NOVA ANDRADINA MS MARÇO DE 2015 ESCOLA ESTADUAL LUIZ SOARES ANDRADE PLANO DE AÇÃO 2015 Plano de ação a ser desenvolvido no ano letivo de 2015, pelo

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIZ SOARES ANDRADE PLANO DE AÇÃO 2015

ESCOLA ESTADUAL LUIZ SOARES ANDRADE PLANO DE AÇÃO 2015 ESCOLA ESTADUAL LUIZ SOARES ANDRADE PLANO DE AÇÃO 2015 NOVA ANDRADINA MS MARÇO DE 2015 ESCOLA ESTADUAL LUIZ SOARES ANDRADE PLANO DE AÇÃO 2015 Plano de ação a ser desenvolvido no ano letivo de 2015, pelo

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO PLANO DE AÇÃO 2015

ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO PLANO DE AÇÃO 2015 ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO PLANO DE AÇÃO IVINHEMA MS ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO PLANO DE AÇÃO Planejamento anual de atividades a serem desenvolvidas pelo Professor Gerenciador de

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER LINUX EDUCACIONAL NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER LINUX EDUCACIONAL NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER LINUX EDUCACIONAL NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM IVINHEMA - MS MAIO DE 2011 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER LINUX EDUCACIONAL NO PROCESSO DE ENSINO E

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER PLANO DE AÇÃO 2015: INSERINDO A TECNOLOGIA NO COTIDIANO ESCOLAR

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER PLANO DE AÇÃO 2015: INSERINDO A TECNOLOGIA NO COTIDIANO ESCOLAR ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER PLANO DE AÇÃO 2015: INSERINDO A TECNOLOGIA NO COTIDIANO ESCOLAR IVINHEMA/MS DEZEMBRO/2014 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER PLANO DE AÇÃO 2015: INSERINDO A TECNOLOGIA

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER EXTENSÃO - SALA TRIGUINÃ PLANO DE AÇÃO 2014/2015 ALIANDO A TECNOLOGIA À PRÁTICA PEDAGÓGICA

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER EXTENSÃO - SALA TRIGUINÃ PLANO DE AÇÃO 2014/2015 ALIANDO A TECNOLOGIA À PRÁTICA PEDAGÓGICA ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER EXTENSÃO - SALA TRIGUINÃ PLANO DE AÇÃO 2014/2015 ALIANDO A TECNOLOGIA À PRÁTICA PEDAGÓGICA IVINHEMA/MS 2015 1 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER EXTENSÃO - SALA

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER PLANO DE AÇÃO 2015: INSERINDO A TECNOLOGIA NO COTIDIANO ESCOLAR

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER PLANO DE AÇÃO 2015: INSERINDO A TECNOLOGIA NO COTIDIANO ESCOLAR ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER PLANO DE AÇÃO 2015: INSERINDO A TECNOLOGIA NO COTIDIANO ESCOLAR IVINHEMA/MS DEZEMBRO/2014 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER PLANO DE AÇÃO 2015: INSERINDO A TECNOLOGIA

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO PLANO DE AÇÃO 2015

ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO PLANO DE AÇÃO 2015 ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO PLANO DE AÇÃO IVINHEMA MS ESCOLA ESTADUAL JOAQUIM GONÇALVES LEDO PLANO DE AÇÃO Planejamento anual de atividades a serem desenvolvidas pelo Professor Gerenciador de

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO: 2. INTRODUÇÃO

1. IDENTIFICAÇÃO: 2. INTRODUÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO: PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Fevereiro à Dezembro de 2015 ÓRGÃO RESPONSÁVEL: NTE ESCOLAS: Senador Filinto Muller COORDENADORES DO PLANO: NTE: Carla Varela PROGETEC: Ticyara Halik Smanioto Vicente

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI PLANEJANDO NO GOOGLE DOCS

ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI PLANEJANDO NO GOOGLE DOCS ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI PLANEJANDO NO GOOGLE DOCS IVINHEMA MS AGOSTO/ 2014 ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI SIRLENE DE SOUZA B. DAS VIRGENS PLANEJANDO NO GOOGLE DOCS Projeto de Formação desenvolvido

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON OFFICES NAS NUVENS

ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON OFFICES NAS NUVENS ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON OFFICES NAS NUVENS NOVA ANDRADINA MS Abril/2013 ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON OFFICES NAS NUVENS Projeto elaborado pela professora Valéria dos Santos Pereira (Professora

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI. Carla Varela (Multiplicador) Sirlene de Souza Benedito das Virgens (PROGETEC) PLANO DE AÇÃO 2015

ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI. Carla Varela (Multiplicador) Sirlene de Souza Benedito das Virgens (PROGETEC) PLANO DE AÇÃO 2015 ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI Carla Varela (Multiplicador) Sirlene de Souza Benedito das Virgens (PROGETEC) PLANO DE AÇÃO 2015 Ivinhema - MS 2015 ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI Carla Varela (Multiplicador)

Leia mais

5 - AÇÕES E CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO AÇÕES OBJETIVOS MÊS INÍCIO/ CARGA HORÁRIA TÉRMINO

5 - AÇÕES E CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO AÇÕES OBJETIVOS MÊS INÍCIO/ CARGA HORÁRIA TÉRMINO 1 - IDENTIFICAÇÃO: TÍTULO DO PROJETO: PERÍODO DE REALIZAÇÃO: 03/08/15 a 20/10/15 ÓRGÃO RESPONSÁVEL: Núcleo de Tecnologia Educacional de Nova Andradina TIPO DE PROJETO: Formação Tecnológica. CARGA HORÁRIA

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO EE. CMT. MAURÍCIO COUTINHO DUTRA

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO EE. CMT. MAURÍCIO COUTINHO DUTRA GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO EE. CMT. MAURÍCIO COUTINHO DUTRA Plano de Ação PROGETEC(Professor Gerenciador de Tecnologias Educacionais e Recursos Midiáticos)/

Leia mais

GERENCIAMENTO DAS TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS E DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS

GERENCIAMENTO DAS TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS E DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL PADRE ANCHIETA NOVA ANDRADINA-MS GERENCIAMENTO DAS TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS E DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS Projeto

Leia mais

5 - AÇÕES E CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO

5 - AÇÕES E CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO 1 - IDENTIFICAÇÃO: TÍTULO DO PROJETO: TABLET: ENSINANDO E APRENDENDO COLABORATIVAMENTE. PERÍODO DE REALIZAÇÃO: 02/03/15 a 31/06/15 ÓRGÃO RESPONSÁVEL: Núcleo de Tecnologia Educacional de Nova Andradina

Leia mais

EE PROFESSORA FÁTIMA GAIOTTO SAMPAIO

EE PROFESSORA FÁTIMA GAIOTTO SAMPAIO EE PROFESSORA FÁTIMA GAIOTTO SAMPAIO TABLET E LOUSA DIGITAL COMO FERRAMENTA DIDÁTICA PEDAGOGICA Nova Andradina-MS 2015 EE PROFESSORA FÁTIMA GAIOTTO SAMPAIO TABLET E LOUSA DIGITAL COMO FERRAMENTA DIDÁTICA

Leia mais

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS 1 SUMÁRIO Funcionamento dos Cursos... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 07 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 09 Edição do Perfil... 12 Acessando as Atividades... 14 Iniciando o Semestre...

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER IMPLEMENTAÇÃO DE UMA RÁDIO NA ESCOLA

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER IMPLEMENTAÇÃO DE UMA RÁDIO NA ESCOLA ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER IMPLEMENTAÇÃO DE UMA RÁDIO NA ESCOLA ANGÉLICA-MS MARÇO DE 2015 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER IMPLEMENTAÇÃO DE UMA RÁDIO NA ESCOLA Projeto a ser desenvolvido

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR FORATINI DE OLIVEIRA. INTEGRANDO AS TICs NO ENSINO DE MATEMÁTICA

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR FORATINI DE OLIVEIRA. INTEGRANDO AS TICs NO ENSINO DE MATEMÁTICA ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR FORATINI DE OLIVEIRA INTEGRANDO AS TICs NO ENSINO DE MATEMÁTICA IVINHEMA MS MAIO DE 2010 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER-EXTENSÃO CLAUDEMIR

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO: PERÍODO DE REALIZAÇÃO: ÓRGÃO RESPONSÁVEL: ESCOLAS: COORDENADORES DO PLANO: NTE: PROGETECS: TÍTULO DO PROJETO:

1. IDENTIFICAÇÃO: PERÍODO DE REALIZAÇÃO: ÓRGÃO RESPONSÁVEL: ESCOLAS: COORDENADORES DO PLANO: NTE: PROGETECS: TÍTULO DO PROJETO: 4 4 1. IDENTIFICAÇÃO: PERÍODO DE REALIZAÇÃO: ÓRGÃO RESPONSÁVEL: Núcleo de Tecnologia Educacional de Nova Andradina ESCOLAS: Estadual Jan Antonin Bata e Braz Sinigáglia COORDENADORES DO PLANO: NTE: Luciana

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER OFICINA INFORMÁTICA BÁSICA

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER OFICINA INFORMÁTICA BÁSICA ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER OFICINA INFORMÁTICA BÁSICA IVINHEMA-MS 2014 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MULLER OFICINA INFORMÁTICA BÁSICA Oficina a ser desenvolvida no ano letivo de 2014 pela

Leia mais

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem...

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 08 Edição do Perfil... 10 Ambiente Colaborar... 11 Iniciando

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON PLANO DE AÇÃO 2015

ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON PLANO DE AÇÃO 2015 ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON PLANO DE AÇÃO 2015 NOVA ANDRADINA - MS FEVEREIRO DE 2015 ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON PLANO DE AÇÃO 2015 Plano de Ação 2015 da Sala de Tecnologia Educacional para ser

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

E E IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2015

E E IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA PLANO DE AÇÃO 2015 1 E E IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA Luciana Batista de Oliveira Catarino (Multiplicadora) Flaviane Meireles dos Santos (PROGETEC) PLANO DE AÇÃO 2015 Nova Andradina - MS 2015 2 E E IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL ANGELINA JAIME TEBET

ESCOLA ESTADUAL ANGELINA JAIME TEBET ESCOLA ESTADUAL ANGELINA JAIME TEBET PLANEJAMENTO ONLINE: CONCEITOS E METODOLOGIAS Ivinhema_MS_2012 ESCOLA ESTADUAL ANGELINA JAIME TEBET PLANEJAMENTO ONLINE: CONCEITOS E METODOLOGIAS Projeto de capacitação

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER VÍDEOS EDUCATIVOS DO YOUTUBE EDU

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER VÍDEOS EDUCATIVOS DO YOUTUBE EDU ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER VÍDEOS EDUCATIVOS DO YOUTUBE EDU ANGÉLICA-MS AGOSTO DE 2014 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER VÍDEOS EDUCATIVOS DO YOUTUBE EDU Projeto a ser desenvolvido em

Leia mais

PLANO DE AÇÃO PROGETEC - 2015

PLANO DE AÇÃO PROGETEC - 2015 ESCOLA ESTADUAL PROFª. NAIR PALÁCIO DE SOUZA PLANO DE AÇÃO PROGETEC - 2015 NOVA ANDRADINA-MS DEZEMBRO DE 2014 ESCOLA ESTADUAL PROFª. NAIR PALÁCIO DE SOUZA PLANO DE AÇÃO PROGETEC 2015 Planejamento de ações

Leia mais

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Adriano Lima Belo Horizonte 2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA ESP-MG... 3 Programação do curso no AVA-ESPMG

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL MARIA HELENA ALBANEZE SALA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL

ESCOLA ESTADUAL MARIA HELENA ALBANEZE SALA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL ESCOLA ESTADUAL MARIA HELENA ALBANEZE SALA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL PLANO DE AÇÃO Andréa Luiza da Costa Oliveira CORUMBÁ/MS DEZEMBRO DE 2013 ESCOLA ESTADUAL MARIA HELENA ALBANEZE SALA DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL

Leia mais

TÍTULO DO PROJETO: LOUSA DIGITAL E TABLET: ENSINANDO E APRENDENDO COLABORATIVAMENTE.

TÍTULO DO PROJETO: LOUSA DIGITAL E TABLET: ENSINANDO E APRENDENDO COLABORATIVAMENTE. 1 1 - IDENTIFICAÇÃO: TÍTULO DO PROJETO: LOUSA DIGITAL E TABLET: ENSINANDO E APRENDENDO COLABORATIVAMENTE. PERÍODO DE REALIZAÇÃO: 26/08 a 30/10/2013 ÓRGÃO RESPONSÁVEL: Núcleo de Tecnologia Educacional de

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE tarefas tecnológicas, práticas didáticas, tarefas criativas.

PALAVRAS-CHAVE tarefas tecnológicas, práticas didáticas, tarefas criativas. 12. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (x) EDUCAÇÃO. A relação entre o contexto do livro didático e a tarefa digital criativa no PIC Reinaldo Afonso Mayer (ramayer1952@gmail.com)

Leia mais

JUNHO - 2010 TAQUARUSSU MS

JUNHO - 2010 TAQUARUSSU MS ESCOLA ESTADUAL DR. MARTINHO MARQUES MARIA APARECIDA CRIVELLI AZENAIDE ABREU SOARES VIEIRA GERENCIAMENTO DO IGOOGLE, SKYDRIVE E GOOGLE DOCS JUNHO - 2010 TAQUARUSSU MS ESCOLA ESTADUAL DR. MARTINHO MARQUES

Leia mais

REFLEXÕES PEDAGÓGICAS

REFLEXÕES PEDAGÓGICAS REFLEXÕES PEDAGÓGICAS A forma como trabalhamos, colaboramos e nos comunicamos está evoluindo à medida que as fronteiras entre os povos se tornam mais diluídas e a globalização aumenta. Essa tendência está

Leia mais

EE PROFESSORA FÁTIMA GAIOTTO SAMPAIO

EE PROFESSORA FÁTIMA GAIOTTO SAMPAIO EE PROFESSORA FÁTIMA GAIOTTO SAMPAIO DOWNLOWD DE IMAGENS FERRAMENTA PEDAGÓGICA Nova Andradina-MS 2015 EE PROFESSORA FÁTIMA GAIOTTO SAMPAIO DOWNLOWD DE IMAGENS FERRAMENTA PEDAGÓGICA Projeto de formação

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON CRIANDO HISTÓRIAS EM QUADRINHOS ATRAVÉS DAS TECNOLOGIAS NO HQ

ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON CRIANDO HISTÓRIAS EM QUADRINHOS ATRAVÉS DAS TECNOLOGIAS NO HQ ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON CRIANDO HISTÓRIAS EM QUADRINHOS ATRAVÉS DAS TECNOLOGIAS NO HQ Nova Andradina - MS Março de 2010 ESCOLA ESTADUAL MARECHAL RONDON CRIANDO HISTÓRIAS EM QUADRINHOS ATRAVÉS DAS

Leia mais

Caro(a) aluno(a), Estaremos juntos nesta caminhada. Coordenação NEO

Caro(a) aluno(a), Estaremos juntos nesta caminhada. Coordenação NEO Caro(a) aluno(a), seja bem-vindo às Disciplinas Online da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Bom Despacho e Faculdade de Educação de Bom Despacho. Em pleno século 21, na era digital, não poderíamos

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL DE NOVA ANDRADINA

NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL DE NOVA ANDRADINA NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL DE NOVA ANDRADINA Elaboração e gerenciamento de projetos e manuseio do CmapTools para construção de mapa conceitual e/ou mapa mental Setembro/2010 NÚCLEO DE TECNOLOGIA

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Precisamos reinventar a forma de ensinar e aprender, presencial e virtualmente, diante de tantas mudanças na sociedade e no mundo do trabalho. Os modelos tradicionais

Leia mais

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet.

O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar de qualquer local através da Internet. Olá! Você está recebendo as informações iniciais para utilizar o GEM (Software para Gestão Educacional) para gerenciar suas unidades escolares. O GEM é um software 100% Web, ou seja, você poderá acessar

Leia mais

ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente

ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente Conceito ROTEIRO PARA TREINAMENTO DO SAGRES DIÁRIO Guia do Docente O Sagres Diário é uma ferramenta que disponibiliza rotinas que facilitam a comunicação entre a comunidade Docente e Discente de uma instituição,

Leia mais

MANUAL DO ALUNO GRADUAÇÃO MODALIDADE SEMIPRESENCIAL

MANUAL DO ALUNO GRADUAÇÃO MODALIDADE SEMIPRESENCIAL MANUAL DO ALUNO GRADUAÇÃO MODALIDADE SEMIPRESENCIAL Prezado(a) aluno(a); Este material que você está começando a ler trata-se do manual do aluno, referente às disciplinas que serão ministradas através

Leia mais

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor

SIAP - Sistema de Apoio ao Professor Introdução O SIAP, Sistema de Apoio ao Professor, é um programa que vai contribuir, de forma decisiva, com o cotidiano escolar de alunos, professores, gestores e funcionários administrativos. Com a implantação

Leia mais

NEAD NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO

NEAD NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO FACHA.EDU.BR/EAD NEAD NÚCLEO DE EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO RIO DE JANEIRO, AGOSTO DE 2015 EAD - Manual do Aluno SUMÁRIO 1. CARTA AO ALUNO 2. METODOLOGIA EAD 3. COORDENAÇÃO 4. SALAS VIRTUAIS 5.

Leia mais

Utilizando a ferramenta de criação de aulas

Utilizando a ferramenta de criação de aulas http://portaldoprofessor.mec.gov.br/ 04 Roteiro Utilizando a ferramenta de criação de aulas Ministério da Educação Utilizando a ferramenta de criação de aulas Para criar uma sugestão de aula é necessário

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA VERA DE PAULA GARCIA CLEUZA ORTIZ MARTINS A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA PARA OS ALUNOS DO 3º ANO

ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA VERA DE PAULA GARCIA CLEUZA ORTIZ MARTINS A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA PARA OS ALUNOS DO 3º ANO ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA VERA DE PAULA GARCIA CLEUZA ORTIZ MARTINS A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA PARA OS ALUNOS DO 3º ANO NOVA ANDRADINA - 2009 ESCOLA ESTADUAL IRMAN RIBEIRO DE ALMEIDA SILVA

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER Leila Rosana Bolonhin Bolonhin Barbosa Multiplicadora da STE. Criando historinhas com a Máquina de Quadrinhos

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER Leila Rosana Bolonhin Bolonhin Barbosa Multiplicadora da STE. Criando historinhas com a Máquina de Quadrinhos ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER Leila Rosana Bolonhin Bolonhin Barbosa Multiplicadora da STE Criando historinhas com a Máquina de Quadrinhos Angélica/MS Maio/2011 O e d u c I-Introdução A Máquina

Leia mais

WordPress Institucional UFPel Guia Rápido

WordPress Institucional UFPel Guia Rápido GABINETE DO REITOR COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NÚCLEO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SEÇÃO DE TECNOLOGIAS PARA WEBSITES WordPress Institucional UFPel Guia Rápido Versão 2.0.1 Março de 2015 Introdução

Leia mais

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia.

Esse tutorial visa apresentar as principais funcionalidades do Editor de Roteiro de Aprendizagem do Portal Clickideia. Sumário Introdução... 1 Objetivos... 1 Instruções para utilização do Tutorial... 1 Metodologia... 2 Apresentação do Editor de Roteiro de Aprendizagem... 2 Inserir Roteiro de Aprendizagem... 3 Meus Roteiros...

Leia mais

PLANO DE ENSINO. 1. Identificação

PLANO DE ENSINO. 1. Identificação 1. Identificação PLANO DE ENSINO Curso: A INTERNET E SUAS FERRAMENTAS Disciplina: A Internet e suas Ferramentas Período Ministrado/Semestre- Bimestre- Mês/Ano: 03 de setembro a 08 de outubro/2º Semestre

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS ESPECIALIZAÇÃO EM ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS. Prof. M.Sc.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS ESPECIALIZAÇÃO EM ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS. Prof. M.Sc. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS ESPECIALIZAÇÃO EM ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS Microsoft Office PowerPoint 2007 Prof. M.Sc. Fábio Hipólito Julho / 2009 Visite o site:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL AMBIENTE VIRTUAL INSTITUCIONAL MOODLE/UFFS Guia Inicial de Acesso e Utilização Para Docentes Versão 1.0b Outubro/2010 Acesso e utilização do Ambiente Virtual de Ensino

Leia mais

Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria

Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria 1 Sumário Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria Anexo III Funcionamento detalhado do Sistema Montador de Autoria... 1 1 Sumário... 1 2 Lista de Figuras... 5 3 A Janela principal...

Leia mais

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Ambiente Virtual de Aprendizagem (Moodle) - - Atualizado em 29/07/20 ÍNDICE DE FIGURAS Figura Página de acesso ao SIGRA... 7 Figura 2 Portal de Cursos... 8

Leia mais

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK 1 SÚMARIO ASSUNTO PÁGINA Componentes da Lousa... 03 Função Básica... 04 Função Bandeja de Canetas... 05 Calibrando a Lousa... 06

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS DE NOVA ANDRADINA 1ª EDIÇÃO DO CATÁLOGO DE SITES E VÍDEOS EDUCATIVOS

NÚCLEO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS DE NOVA ANDRADINA 1ª EDIÇÃO DO CATÁLOGO DE SITES E VÍDEOS EDUCATIVOS NÚCLEO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS DE NOVA ANDRADINA 1ª EDIÇÃO DO CATÁLOGO DE SITES E VÍDEOS EDUCATIVOS Nova Andradina MS Maio 2011 NÚCLEO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS DE NOVA ANDRADINA 1ª EDIÇÃO DO CATÁLOGO

Leia mais

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula :

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula : Como Criar uma Aula? Para criar uma sugestão de aula é necessário que você já tenha se cadastrado no Portal do Professor. Para se cadastrar clique em Inscreva-se, localizado na primeira página do Portal.

Leia mais

Central Cliente Questor (CCQ) UTILIZANDO A CCQ - CENTRAL CLIENTE QUESTOR

Central Cliente Questor (CCQ) UTILIZANDO A CCQ - CENTRAL CLIENTE QUESTOR Central Cliente Questor (CCQ) O que é a Central Cliente Questor? Já é de seu conhecimento que os Usuários do sistema Questor contam com uma grande ferramenta de capacitação e treinamento no pós-venda.

Leia mais

REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS

REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS REALIDADE AUMENTADA APLICADA NA EDUCAÇÃO: ESTUDOS DOS SEUS BENEFÍCIOS Kelly Cristina de Oliveira 1, Júlio César Pereira 1. 1 Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí PR Brasil kristhinasi@gmail.com,

Leia mais

O USO DO EDITOR DE APRESENTAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES EDUCATIVAS

O USO DO EDITOR DE APRESENTAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES EDUCATIVAS O USO DO EDITOR DE APRESENTAÇÃO NO DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES EDUCATIVAS Mário Sérgio de Andrade Mendonça, mariomendonc@gmail.com Eduardo Machado Real, eduardomreal@uems.br UEMS Universidade Estadual

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS DE JARDIM/MS PLANO DE AÇÕES

NÚCLEO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS DE JARDIM/MS PLANO DE AÇÕES NÚCLEO DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS DE JARDIM/MS PLANO DE AÇÕES PLANO DE AÇÃO 2015 Planejamento anual de atividades a serem Desenvolvidas pelos Professores Lotados no Núcleo de Tecnologias Educacionais

Leia mais

O ENSINO DE PORTUGUÊS MEDIADO PELA INFORMÁTICA

O ENSINO DE PORTUGUÊS MEDIADO PELA INFORMÁTICA O ENSINO DE PORTUGUÊS MEDIADO PELA INFORMÁTICA Fernanda Mara Cruz (SEED/PR-PG-UFF) Introdução Os processos de ensinar e aprender estão a cada dia mais inovadores e com a presença de uma grande variedade

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR. MARTINHO MARQUES MARIA APARECIDA CRIVELLI GERENCIAMENTO DE ARQUIVOS EM AMBIENTES OFF-LINE E ON-LINE MARÇO - 2010 TAQUARUSSU MS

ESCOLA ESTADUAL DR. MARTINHO MARQUES MARIA APARECIDA CRIVELLI GERENCIAMENTO DE ARQUIVOS EM AMBIENTES OFF-LINE E ON-LINE MARÇO - 2010 TAQUARUSSU MS ESCOLA ESTADUAL DR. MARTINHO MARQUES MARIA APARECIDA CRIVELLI GERENCIAMENTO DE ARQUIVOS EM AMBIENTES OFF-LINE E ON-LINE MARÇO - 2010 TAQUARUSSU MS ESCOLA ESTADUAL DR. MARTINHO MARQUES MARIA APARECIDA CRIVELLI

Leia mais

Trabalho de conclusão do curso (TCC) Grupo de Elmara

Trabalho de conclusão do curso (TCC) Grupo de Elmara Trabalho de conclusão do curso (TCC) Grupo de Elmara Orientações Gerais Agenda TCC: 9/05/2008 (encontro presencial) Orientação geral para o TCC e definição dos grupos de trabalho 9/05/2008 a 14/05/2008

Leia mais

COORDENAÇÃO DE EAD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO. Versão 1.0

COORDENAÇÃO DE EAD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO. Versão 1.0 COORDENAÇÃO DE EAD MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2015 SUMÁRIO 1. O MOODLE 3 2. Acesso à Plataforma 3 2.1. Cadastrar-se em uma disciplina 4 2.2. Página Inicial do Curso 5 3.

Leia mais

Moodle - Tutorial para Professores

Moodle - Tutorial para Professores Moodle - Tutorial para Professores por Prof. Maurício Lima 1 agosto de 2010 Objetivo Este documento apresenta aos professores da Faculdade Novos Horizontes os primeiros passos na utilização do pacote Moodle.

Leia mais

RELATÓRIO BIMESTRAL. Recurso Matutino Vespertino Noturno Computador 183 135 79 TV Escola 03 0 0 Vídeo (outros) 45 21 0 Outros (citar): Data show

RELATÓRIO BIMESTRAL. Recurso Matutino Vespertino Noturno Computador 183 135 79 TV Escola 03 0 0 Vídeo (outros) 45 21 0 Outros (citar): Data show RELATÓRIO BIMESTRAL Escola: E. E. Leontino Alves de Oliveira. Diretor: Roberto Yoshimitsu Ezoe. Coordenadores: Giulianne Félix Muniz Clemência Mendes de Sá dos Santos Professor Gerenciador: Elizangela

Leia mais

Manual do. Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment. Manual do

Manual do. Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment. Manual do Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment 1 Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle O Moodle é um Ambiente Virtual de Aprendizagem gratuito para gestão e desenvolvimento de cursos na modalidade

Leia mais

AULA: BrOffice Impress terceira parte. Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de:

AULA: BrOffice Impress terceira parte. Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de: AULA: BrOffice Impress terceira parte Objetivo Ao final dessa aula, você deverá ser capaz de: Conhecer a integração dos softwares do BrOffice; Aprender a trabalhar no slide mestre; Utilizar interação entre

Leia mais

ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO

ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO 1. DIMENSÃO PEDAGÓGICA 1.a) ACESSIBILIDADE SEMPRE ÀS VEZES NUNCA Computadores, laptops e/ou tablets são recursos que estão inseridos na rotina de aprendizagem dos alunos, sendo possível

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO MOODLE FACULDADE INTERAÇÃO AMERICANA VIRTUAL - Versão: Aluno

MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO MOODLE FACULDADE INTERAÇÃO AMERICANA VIRTUAL - Versão: Aluno 1 MANUAL PARA UTILIZAÇÃO DO MOODLE FACULDADE INTERAÇÃO AMERICANA VIRTUAL - Versão: Aluno Acessando o sistema 1- Para acessar a Faculdade Interação Americana Virtual digite o seguinte endereço: http://ead.fia.edu.br/

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

2 ALGUMAS PLATAFORMAS DE ENSINO A DISTÂNCIA

2 ALGUMAS PLATAFORMAS DE ENSINO A DISTÂNCIA 2 ALGUMAS PLATAFORMAS DE ENSINO A DISTÂNCIA Neste capítulo faremos uma breve descrição de algumas plataformas para ensino a distância e as vantagens e desvantagens de cada uma. No final do capítulo apresentamos

Leia mais

Primeira comunicação por MSN entre turmas do 2º ano Escola Estadual Marechal Rondon

Primeira comunicação por MSN entre turmas do 2º ano Escola Estadual Marechal Rondon Fábio José de Araujo Primeira comunicação por MSN entre turmas do 2º ano Escola Estadual Marechal Rondon Nova Andradina MS Agosto de 2009 Fábio José de Araujo Primeira comunicação por MSN entre turmas

Leia mais

Manual de utilização do Moodle

Manual de utilização do Moodle Manual de utilização do Moodle Docentes Universidade Atlântica 1 Introdução O conceito do Moodle (Modular Object Oriented Dynamic Learning Environment) foi criado em 2001 por Martin Dougiamas, o conceito

Leia mais

Escola Superior de Ciências Sociais ESCS

Escola Superior de Ciências Sociais ESCS Escola Superior de Ciências Sociais ESCS Manual do Estágio Supervisionado Curso de Graduação - Licenciatura em História MANUAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO Conforme legislação em

Leia mais

PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA. Ensino Fundamental (séries finais)

PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA. Ensino Fundamental (séries finais) PORTAL EDUCACIONAL CLICKIDEIA Ensino Fundamental (séries finais) O Clickideia é um portal educacional (www.clickideia.com.br), desenvolvido com o apoio do CNPq e da UNICAMP, que apresenta conteúdos didáticos

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI JOÃO BATISTA ALVES DE SOUZA SIRLENE SOUZA BENEDITO VIRGENS

ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI JOÃO BATISTA ALVES DE SOUZA SIRLENE SOUZA BENEDITO VIRGENS ESCOLA ESTADUAL REYNALDO MASSI JOÃO BATISTA ALVES DE SOUZA SIRLENE SOUZA BENEDITO VIRGENS INTERATIVIDADE NA ESCOLA O USO DO APLICATIVO WHATSAPP COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA NAS AULAS DE GEOGRAFIA DO ENSINO

Leia mais

Manual de Utilização Moodle

Manual de Utilização Moodle Manual de Utilização Moodle Perfil Professor Apresentação Esse manual, baseado na documentação oficial do Moodle foi elaborado pela Coordenação de Tecnologia de Informação CTI do câmpus e tem como objetivo

Leia mais

Manual do Usuário 2013

Manual do Usuário 2013 Manual do Usuário 2013 MANUAL DO USUÁRIO 2013 Introdução Um ambiente virtual de aprendizagem é um programa para computador que permite que a sala de aula migre para a Internet. Simula muitos dos recursos

Leia mais

Software Tutorial sobre Sistema Solar

Software Tutorial sobre Sistema Solar Software Tutorial sobre Sistema Solar Alan Correa, Antônio Rocir, Sandro Niederauer Faculdade Cenecista de Osório (FACOS) Rua 24 de maio, 141 95520-000 Osório RS Brasil {sandroniederauer, alan.sms}@hotmail.com,

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

CONCEITO: Moodle Moodle Moodle Moodle

CONCEITO: Moodle Moodle Moodle Moodle NE@D - Moodle CONCEITO: O Moodle é uma plataforma de aprendizagem a distância baseada em software livre. É um acrônimo de Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment (ambiente modular de aprendizagem

Leia mais

ESCOLA Pe JOÃO UMBERTO SACHET LUCIANA BATISTA DE OLIVEIRA CATARINO

ESCOLA Pe JOÃO UMBERTO SACHET LUCIANA BATISTA DE OLIVEIRA CATARINO ESCOLA Pe JOÃO UMBERTO SACHET LUCIANA BATISTA DE OLIVEIRA CATARINO APLICATIVOS E AMBIENTES DE APRENDIZAGEM COLABORATIVOS COMO FERRAMENTA TECNOLÓGICA PARA FORMAÇÃO DO QUADRO DOCENTE E ADMINISTRATIVO DA

Leia mais

A CONSTRUÇÃO DE ESPAÇOS E MATERIAIS DIGITAIS PARA A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: O USO DO SMARTPHONE NO ENSINO DA GEOMETRIA

A CONSTRUÇÃO DE ESPAÇOS E MATERIAIS DIGITAIS PARA A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: O USO DO SMARTPHONE NO ENSINO DA GEOMETRIA A CONSTRUÇÃO DE ESPAÇOS E MATERIAIS DIGITAIS PARA A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: O USO DO SMARTPHONE NO ENSINO DA GEOMETRIA Autores : Agata RHENIUS, Melissa MEIER. Identificação autores: Bolsista IFC-Campus Camboriú;

Leia mais

Escola Estadual Dr. Martinho Marques PLANO DE AÇÃO PSTE - 2010. Taquarussu- MS Março/10

Escola Estadual Dr. Martinho Marques PLANO DE AÇÃO PSTE - 2010. Taquarussu- MS Março/10 Escola Estadual Dr. Martinho Marques PLANO DE AÇÃO PSTE - 2010 Taquarussu- MS Março/10 Escola Estadual Dr. Martinho Marques PLANO DE AÇÃO PSTE 2010 Plano de ação previsto para ser desenvolvido no ano letivo

Leia mais

Introdução ao Aplicativo de Programação LEGO MINDSTORMS Education EV3

Introdução ao Aplicativo de Programação LEGO MINDSTORMS Education EV3 Introdução ao Aplicativo de Programação LEGO MINDSTORMS Education EV3 A LEGO Education tem o prazer de trazer até você a edição para tablet do Software LEGO MINDSTORMS Education EV3 - um jeito divertido

Leia mais

Curso de atualização Educação Integral e Integrada. Tutorial Moodle. Belo Horizonte, 2013.

Curso de atualização Educação Integral e Integrada. Tutorial Moodle. Belo Horizonte, 2013. Curso de atualização Educação Integral e Integrada Tutorial Moodle Belo Horizonte, 2013. 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ACESSANDO O AMBIENTE... 4 3. CONHECENDO O AMBIENTE... 5 3.1. CAIXAS DE UTILIDADES... 5 4.

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD TUTORIAL MOODLE VERSÃO ALUNO Machado/MG 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 2. EDITANDO O PERFIL... 5 2.1 Como editar o perfil?... 5 2.2 Como mudar a senha?... 5 2.3

Leia mais

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB!

15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! 7 a e 8 a SÉRIES / ENSINO MÉDIO 15. OLHA QUEM ESTÁ NA WEB! Sua home page para publicar na Internet SOFTWARES NECESSÁRIOS: MICROSOFT WORD 2000 MICROSOFT PUBLISHER 2000 SOFTWARE OPCIONAL: INTERNET EXPLORER

Leia mais

Ambiente Moodle 2º Semestre de 2010 Modelo A4

Ambiente Moodle 2º Semestre de 2010 Modelo A4 Ambiente Moodle 2º Semestre de 2010 Modelo A4 Apresentação dos Professores Carla Kozan- Administração (4º Sem), Direito Matutino (4º Sem), Direito Noturno (4º Sem) Ciências Contábeis (4º Sem), Computação

Leia mais

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno Guia Rápido de Utilização Ambiente Virtual de Aprendizagem Perfil Aluno 2015 APRESENTAÇÃO O Moodle é um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) open source¹. Esta Plataforma tornouse popular e hoje é utilizada

Leia mais

TUTORIAL BÁSICO GOOGLE DOCS - TEXTO E APRESENTAÇÃO

TUTORIAL BÁSICO GOOGLE DOCS - TEXTO E APRESENTAÇÃO TUTORIAL BÁSICO GOOGLE DOCS - TEXTO E APRESENTAÇÃO O Google Docs é um recurso do Google Apps que funciona como um HD VIRTUAL, proporcionandonos criar e compartilhar trabalhos de modo on-line. Trata-se

Leia mais

Módulo 1 Configuração de Cursos. Robson Santos da Silva Ms.

Módulo 1 Configuração de Cursos. Robson Santos da Silva Ms. Módulo 1 Configuração de Cursos Robson Santos da Silva Ms. Olá! Estamos iniciando o Módulo 1. Nele, aprenderemos a configurar um novo curso no MOODLE. Além disso, identificaremos os dispositivos e ferramentas

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores. Trabalho Interdisciplinar Semestral. 3º semestre - 2012.1

Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores. Trabalho Interdisciplinar Semestral. 3º semestre - 2012.1 Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores Trabalho Interdisciplinar Semestral 3º semestre - 2012.1 Trabalho Semestral 3º Semestre Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores Apresentação

Leia mais

Power Point. Autor: Paula Pedone

Power Point. Autor: Paula Pedone Power Point Autor: Paula Pedone INTRODUÇÃO O POWER POINT é um editor de apresentações, pertencente ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de apresentações através da

Leia mais