PREVENÇÃO RODOVIÁRIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PREVENÇÃO RODOVIÁRIA"

Transcrição

1 PREVENÇÃO RODOVIÁRIA OS NOSSOS COMPORTAMENTOS Marisa Soares Gabinete de Mobilidade Câmara Municipal de Penafiel 1 março de e 8 de Abril de 2013

2 Prevenção Rodoviária A prevenção rodoviária tem como missão salvar vidas nas estradas.

3

4 Muitos acidentes rodovia rios mortais sa o causados pelo atropelamento de peo es. Os peo es na o te m muitas vezes conscie ncia do risco que correm quando andam na estrada. A maioria dos atropelamentos e provocada por distracc o es dos peo es ou por este na o atravessar nos em locais correctos.

5 Circular com segurança -Circula sempre nos passeios. -Caso não haja passeio, circula do lado esquerdo, de frente para os veículos e o mais longe possível da faixa de rodagem. - Quando circulares em grupo, em passeios estreitos, bermas ou em estradas sem berma ou passeio, caminha em fila indiana.

6

7 Atravessar a estrada Onde? -Atravessa sempre a rua num local seguro: na passadeira; na passagem para peões junto a semáforos, em passagens protegidas superiores ou inferiores à via. - Quando não houver estes locais, escolhe um local onde possas ver ao longe os veículos e onde sejas bem visível para os condutores, de modo a veres e a seres visto.

8

9 Onde? Atravessar a estrada - Evita locais junto a veículos estacionados, caixotes do lixo, arbustos ou outro tipo de obstáculos, que te possam esconder, assim como junto a curvas e em cruzamentos e entroncamentos sem passagens protegidas.

10 Como? -Depois de escolheres o local mais seguro para atravessar, pára antes do lancil ou borda do passeio, ouve e vê bem o trânsito que circula. Verifica se os veículos estão a circular a alta ou baixa velocidade e se estão perto ou longe do local onde vais atravessar. - Se estiveres para atravessar numa passadeira, coloca-te do lado direito para não te encontrares com os peões, que atravessam no outro sentido.

11

12 Como? -Olha à esquerda, à direita e novamente à esquerda para observares quais os sentidos do trânsito e saberes de onde podem surgir os veículos. - Deixa passar todos os veículos e prepara-te para atravessar, quando todos os veículos tiverem passado ou parado. - Procura os olhos do condutor e faz-lhe sinal para que ele perceba que pretendes atravessar e espera que ele te ceda passagem.

13

14 Como? - Não corras, pois podes tropeçar e cair; atravessa a direito e nunca na diagonal, pois assim permaneces menos tempo na faixa de rodagem. - Enquanto atravessas, continua a olhar à esquerda até ao meio da via e à direita, desde o meio da via até ao outro lado. Continua a olhar e ver se vem algum condutor com intenção de ultrapassar na passadeira, sem te ver.

15

16 Ser visto Durante o dia Usa sempre roupa de cores claras ou fluorescentes, durante o dia, como o branco ou o amarelo. Durante a noite -Usa material retrorreflector durante a noite, pois és mais visível sob as luzes dos veículos.

17 Durante a noite -Quando comprares os teus tenis, a mochila e o blusão procura os que têm tiras retrorreflectores visíveis. Usa tiras adesivas retrorreflectores na roupa. - Se não usares nada que seja reflector, usa qualquer peça branca para estares visível, como mochila, guarda-chuva, etc. - Para atravessar, escolhe um local bem iluminado para que estejas visível para os condutores.

18

19 Comportamento do Ciclista Andar de bicicleta pode ser muito divertido, mas quando se anda na estrada, ou mesmo nos parques e ciclovias, é preciso ter atenção a algumas regras de segurança muito importantes.

20 Comportamento do Ciclista Quando vamos de bicicleta: - Devemos usar sempre capacete para proteger a cabeça. - Devemos circular o mais possível junto à direita, para que os outros veículos nos possam ultrapassar. - Devemos parar nos sinais vermelhos, colocandonos atrás dos automóveis e de preferência do lado direito, para sermos vistos através dos retrovisores.

21 Comportamento do Ciclista

22 Comportamento do Ciclista Quando vamos de bicicleta: -Não devemos circular muito perto dos veículos estacionados porque pode abrir-se uma porta a qualquer momento. - Não devemos circular ao lado de outro ciclista, porque os veículos terão mais dificuldade em ultrapassar-nos com segurança. Quando há mais do que uma bicicleta deve-se circular em fila indiana.

23 Comportamento do Ciclista

24 Comportamento do Ciclista Quando vamos de bicicleta: -À noite, devemos equipar-nos com bandas de tecido retro-reflector e acender as luzes da bicicleta. -Não há necessidade de te magoares, por isso, evita comportamentos perigosos como fazer acrobacias, transportar passageiros, fazer corridas, etc.

25 Comportamento do Ciclista

26 Comportamento do Ciclista Quando vamos de bicicleta: -Atenção às folhas das árvores caídas no chão e às poças de água: tornam o chão muito escorregadio. -Para mudar de direcção, basta estender o braço na direcção desejada.

27 Comportamento do Ciclista Se quiseres andar de bicicleta em segurança faz ainda o seguinte: -De tempos a tempos verifica o estado da tua bicicleta (principalmente quando não a usas há muito tempo). Usa uma lista de verificação. - Depois de teres verificado o estado da tua bicicleta e identificado quais os problemas, precisas de fazer a sua reparação. Vê algumas dicas.

28 Comportamento dos futuros jovens condutores

29 A PREVENÇÃO RODOVIÁRIA DEPENDE DE TODOS NÓS

Educação e Prevenção Rodoviária. Conduzo a bicicleta em segurança!

Educação e Prevenção Rodoviária. Conduzo a bicicleta em segurança! Educação e Prevenção Rodoviária Conduzo a bicicleta em segurança! Andar de bicicleta é muito divertido, mas deves aprender algumas regras de segurança. Podes divertir-te no parque ou no jardim, nas ciclovias

Leia mais

A partir da sinalização vertical posso inverter o sentido de marcha? Não. Sim.

A partir da sinalização vertical posso inverter o sentido de marcha? Não. Sim. A partir da sinalização vertical posso inverter o sentido de marcha? Não. Sim. A velocidade a que devo circular neste local é: 40 Km/h. 50 Km/h. A que for mais aconselhável perante estas condições. A velocidade

Leia mais

Regras de trânsito do Japão para pedestres e ciclistas

Regras de trânsito do Japão para pedestres e ciclistas Regras de trânsito do Japão para pedestres e ciclistas Regras básicas de trânsito Regras básicas para pedestres Regras básicas para ciclistas Tem ocorrido frequentes acidentes de trânsito em Aichi e também

Leia mais

TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA

TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA TEMA SELECCIONADO A CAMINHO DA ESCOLA IDENTIFICAÇÃO DAS COMPONENTES DA RUA / ESTRADA A Educação Rodoviária é um processo ao longo da vida do cidadão como

Leia mais

especialmente concebida para utilização partilhada por peões e veículos, onde vigoram regras especiais de trânsito e sinalizada como tal.

especialmente concebida para utilização partilhada por peões e veículos, onde vigoram regras especiais de trânsito e sinalizada como tal. Miguel Barroso «Zona de coexistência» - zona da via pública especialmente concebida para utilização partilhada por peões e veículos, onde vigoram regras especiais de trânsito e sinalizada como tal. Conceito

Leia mais

Legislação de Trânsito

Legislação de Trânsito Legislação de Trânsito Dos Pedestres e Condutores de Veículos não Motorizados Professor: leandro Macedo www.acasadoconcurseiro.com.br Legislação de Trânsito DOS PEDESTRES E CONDUTORES DE VEÍCULOS NÃO

Leia mais

A sinalização presente indica: Fim da estrada com prioridade. Mudança de direcção da via com prioridade. Proximidade de um cruzamento.

A sinalização presente indica: Fim da estrada com prioridade. Mudança de direcção da via com prioridade. Proximidade de um cruzamento. A referência IC 17, colocada na sinalização indica: Que circulo no itinerário complementar nº 17. Que faltam 17 kms para o início da A1. Que me encontro no km 17, da via em que circulo. A sinalização presente

Leia mais

Apresentação. Caros estudantes, pais, professores, funcionários e comunidade em geral,

Apresentação. Caros estudantes, pais, professores, funcionários e comunidade em geral, Apresentação Caros estudantes, pais, professores, funcionários e comunidade em geral, Sabemos que hoje os acidentes de trânsito são um problema, não só em nossa cidade, mas em todo o mundo. Diariamente,

Leia mais

A sinalização desta via pública, informa-me que circulo: Na auto-estrada A25. Na estrada nacional A25. Na estrada nacional N16.

A sinalização desta via pública, informa-me que circulo: Na auto-estrada A25. Na estrada nacional A25. Na estrada nacional N16. A referência IC 17, colocada na sinalização indica: Que circulo no itinerário complementar nº 17. Que faltam 17 kms para o início da A1. Que me encontro no km 17, da via em que circulo. A sinalização com

Leia mais

COLECÇÃO DE HABILIDADES PARA A VIDA REGRAS DE TRANSITO .Â. Telésfero Nhapulo

COLECÇÃO DE HABILIDADES PARA A VIDA REGRAS DE TRANSITO .Â. Telésfero Nhapulo COLECÇÃO DE HABILIDADES PARA A VIDA REGRAS DE.Â. TRANSITO Telésfero Nhapulo Telésfero Nhapulo Colecção de Habilidades para a Vida REGRAS DE TRÂNSITO Livro adoptado pelo Ministério da Educação e Cultura

Leia mais

Nesta situação posso inverter o sentido de marcha? Nesta situação, devo: A via de trânsito à minha esquerda pode ser utilizada por condutores que:

Nesta situação posso inverter o sentido de marcha? Nesta situação, devo: A via de trânsito à minha esquerda pode ser utilizada por condutores que: Teste n.º 3 Tema I Outras Manobras 1 Nesta situação posso inverter o sentido de marcha? Não posso. Posso, se acender os ' máximos'. Posso, se buzinar ao mesmo tempo. 2 Nesta situação, devo: Mudar de direção.

Leia mais

Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta

Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta versão beta (0.2) uma iniciativa Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta Março 2011 BIKE BUDDY O Bike Buddy (BB) é um projecto de mentorado de utilização de bicicleta da MUBi - Associação pela Mobilidade

Leia mais

www.detran.pr.gov.br

www.detran.pr.gov.br www.detran.pr.gov.br INFELIZMENTE, A MAIOR PARTE DOS ACIDENTES COM MORTES NO TRÂNSITO BRASILEIRO ENVOLVEM MOTOCICLISTAS. POR ISSO, O DETRAN PREPAROU ALGUMAS DICAS IMPORTANTES PARA VOCÊ RODAR SEGURO POR

Leia mais

Criança como passageiro de automóveis. Tema seleccionado.

Criança como passageiro de automóveis. Tema seleccionado. www.prp.pt A Educação pré-escolar é a primeira etapa da educação básica e é uma estrutura de apoio de uma educação que se vai desenvolvendo ao longo da vida. Assim, é fundamental que a Educação Rodoviária

Leia mais

Trajecto para a escola... ...quais são as regras? Um guia para uma viagem segura até à escola destinada às crianças do ensino primário

Trajecto para a escola... ...quais são as regras? Um guia para uma viagem segura até à escola destinada às crianças do ensino primário Trajecto para a escola......quais são as regras? Um guia para uma viagem segura até à escola destinada às crianças do ensino primário Redigido por Roisin McAliskey Ilustrado por Jane Donaghy Uma iniciativa

Leia mais

X - em local e horário proibidos especificamente pela sinalização (placa - Proibido Parar): Infração - média; Penalidade - multa.

X - em local e horário proibidos especificamente pela sinalização (placa - Proibido Parar): Infração - média; Penalidade - multa. IX - na contramão de direção: Penalidade - multa; X - em local e horário proibidos especificamente pela sinalização (placa - Proibido Parar): Art. 183. Parar o veículo sobre a faixa de pedestres na mudança

Leia mais

A CRIANÇA E O AMBIENTE RODOVIÁRIO

A CRIANÇA E O AMBIENTE RODOVIÁRIO A educação rodoviária deve começar o mais cedo possível. Ensine, com antecedência, as normas básicas de segurança rodoviária ao seu filho. Para ele, os pais constituem referências e modelos que procura

Leia mais

Semana Nacional do Trânsito Cidade para as pessoas: Proteção e Prioridade ao Pedestre

Semana Nacional do Trânsito Cidade para as pessoas: Proteção e Prioridade ao Pedestre DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO RIO GRANDE DO SUL DIVISÃO DE HABILITAÇÃO E ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Semana Nacional do Trânsito 2014 Cidade para as pessoas: Proteção e Prioridade ao Pedestre

Leia mais

Guia de Participação de Sinistro Automóvel

Guia de Participação de Sinistro Automóvel Guia de Participação de Sinistro Automóvel Guia de Participação de Sinistro Automóvel Saiba como cuidar do Seu Automóvel em caso de Acidente www.fortalezaseguros.co.ao O que fazer em caso de acidente?

Leia mais

Art. 43. Ao regular a velocidade, o condutor deverá observar constantemente as condições físicas da via, do veículo e da carga, as condições

Art. 43. Ao regular a velocidade, o condutor deverá observar constantemente as condições físicas da via, do veículo e da carga, as condições Art. 43. Ao regular a velocidade, o condutor deverá observar constantemente as condições físicas da via, do veículo e da carga, as condições meteorológicas e a intensidade do trânsito, obedecendo aos limites

Leia mais

Regras de Trânsito do Japão

Regras de Trânsito do Japão Regras de Trânsito do Japão (Versão para pedestres e bicicletas) ~ Para não sofrer acidentes de trânsito ~ Supervisão: Polícia da Província de Gifu Edição / Publicação: Província de Gifu Regras básicas

Leia mais

Os sinais com círculos vermelhos são na maior parte sinais de proibição. As placas abaixo dos sinais qualificam a sua mensagem.

Os sinais com círculos vermelhos são na maior parte sinais de proibição. As placas abaixo dos sinais qualificam a sua mensagem. Sinais de trânsito Sinais de obrigatoriedade Os sinais com círculos vermelhos são na maior parte sinais de proibição. As placas abaixo dos sinais qualificam a sua mensagem. Entrada numa zona de 20 mph

Leia mais

ROTEIRO - VIDEOCLIPE MÚSICA: AMO NOITE E DIA BANDA: JORGE E MATEUS ÁLBUM:

ROTEIRO - VIDEOCLIPE MÚSICA: AMO NOITE E DIA BANDA: JORGE E MATEUS ÁLBUM: ROTEIRO - VIDEOCLIPE MÚSICA: AMO NOITE E DIA BANDA: JORGE E MATEUS ÁLBUM: CENA 1 COLAGEM DE IMAGENS SOBRE PARTE INICIAL INSTRUMENTAL DA CANÇÃO SOBRE PARTE INICIAL INSTRUMENTAL DA CANÇÃO - Carreta descendo

Leia mais

Antes do sinal vertical, posso ultrapassar? Não. Sim.

Antes do sinal vertical, posso ultrapassar? Não. Sim. Antes do sinal vertical, posso ultrapassar? Não. Sim. Ao efectuar a ultrapassagem, devo estar especialmente atento: À sinalização existente. Às características do meu veículo e à largura da faixa de rodagem.

Leia mais

SEGURANÇA RODOVIÁRIA DESLOCAÇÕES CASA-ESCOLA

SEGURANÇA RODOVIÁRIA DESLOCAÇÕES CASA-ESCOLA SEGURANÇA RODOVIÁRIA DESLOCAÇÕES CASA-ESCOLA Sandra Nascimento 12 Julho 2010 www.apsi.org.pt Seminário Sustentabilidade nas Deslocações Casa-Escola Castelo Branco, Julho 2011 A APSI Promover a união e

Leia mais

A cor verde do sinal à minha direita indica-me que circulo: Num itinerário principal. Numa auto-estrada. Numa estrada nacional.

A cor verde do sinal à minha direita indica-me que circulo: Num itinerário principal. Numa auto-estrada. Numa estrada nacional. A cor verde do sinal à minha direita indica-me que circulo: Num itinerário principal. Numa auto-estrada. Numa estrada nacional. À distância de 300 metros vou encontrar um posto de abastecimento de combustível

Leia mais

A condução do meu veículo com estas condições climatéricas: Deve ser feita com especial cuidado. Deve ser feita como normalmente.

A condução do meu veículo com estas condições climatéricas: Deve ser feita com especial cuidado. Deve ser feita como normalmente. A circulação neste tipo de via de características urbanas e com trânsito intenso implica o reconhecimento por parte do condutor que: A condução pode tornar-se monótona. O ambiente rodoviário é mais estável

Leia mais

Sou obrigado a parar e a ceder a passagem ao veículo de tracção animal. a) Certo. b) Errado. c) d)

Sou obrigado a parar e a ceder a passagem ao veículo de tracção animal. a) Certo. b) Errado. c) d) 39 BA 82.60.9 Sou obrigado a parar e a ceder a passagem ao veículo de tracção animal. 38 BA 82.60.10 Nesta situação, sou obrigado a parar e a ceder a passagem ao velocípede. 40 BA 82.60.11_a Ao saír do

Leia mais

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE CICLOTURISMO E UTILIZADORES DE BICICLETA PROPOSTA DE ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DA ESTRADA PORTUGUÊS

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE CICLOTURISMO E UTILIZADORES DE BICICLETA PROPOSTA DE ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DA ESTRADA PORTUGUÊS FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE CICLOTURISMO E UTILIZADORES DE BICICLETA PROPOSTA DE ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DA ESTRADA PORTUGUÊS A Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB) tem como

Leia mais

Porto 15/05/2014. Jorge Jacob Presidente da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária

Porto 15/05/2014. Jorge Jacob Presidente da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária Porto 15/05/2014 Jorge Jacob Presidente da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária SUMÁRIO: Código da Estrada Revisto principais alterações em vigor desde 1 de janeiro de 2014 Panorâmica da sinistralidade

Leia mais

MANUAL DOS PAIS UM PROJETO DESTINADO ÀS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

MANUAL DOS PAIS UM PROJETO DESTINADO ÀS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 UM PROJETO DESTINADO ÀS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL E SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL É hora de promover a segurança e a harmonia no trânsito. E os pais podem dar o exemplo. No Brasil, o índice

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º 638/X AFIRMA OS DIREITOS DOS CICLISTAS E PEÕES NO CÓDIGO DA ESTRADA

PROJECTO DE LEI N.º 638/X AFIRMA OS DIREITOS DOS CICLISTAS E PEÕES NO CÓDIGO DA ESTRADA Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º 638/X AFIRMA OS DIREITOS DOS CICLISTAS E PEÕES NO CÓDIGO DA ESTRADA Exposição de motivos: Portugal assistiu nas últimas décadas a um crescimento significativo das

Leia mais

Manual do Ciclista. Ciclovia. Pronta pra você curtir uma vida mais saudável.

Manual do Ciclista. Ciclovia. Pronta pra você curtir uma vida mais saudável. Manual do Ciclista Ciclovia. Pronta pra você curtir uma vida mais saudável. Pedala BH. O programa que vai mudar a cara da cidade. Pedala BH é o programa criado pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio

Leia mais

Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013

Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013 Avaliação do Programa Cidadania em Trânsito ALUNOS Novembro / 2013 1 INDICE: METODOLOGIA:... 3 PERFIL DOS RESPONDENTES:... 4 CIDADANIA EM TRÂNSITO... 5 A Gidion é uma empresa que:...5 Você sabe se tem

Leia mais

A capacidade do condutor prever e antecipar, aumenta: Com a categoria do veículo. Com a experiência. Com o número de ocupantes do veículo.

A capacidade do condutor prever e antecipar, aumenta: Com a categoria do veículo. Com a experiência. Com o número de ocupantes do veículo. 'TRAVE COM MOTOR' significa: Desligar o motor, mantendo uma mudança engrenada. Engrenar uma mudança de força em andamento. Utilizar o motor de arranque como auxiliar de travagem. Devemos estar atentos

Leia mais

- CURSO DE DIREÇÃO DEFENSIVA -

- CURSO DE DIREÇÃO DEFENSIVA - - CURSO DE DIREÇÃO DEFENSIVA - Copyright -Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada destes materiais, no todo ou em parte, constitui violação do direitos autorais. (Lei nº 9.610). DEFINIÇÃO

Leia mais

PROJECTO DE LEI N.º /X AFIRMA OS DIREITOS DOS CICLISTAS E PEÕES NO CÓDIGO DA ESTRADA

PROJECTO DE LEI N.º /X AFIRMA OS DIREITOS DOS CICLISTAS E PEÕES NO CÓDIGO DA ESTRADA Grupo Parlamentar PROJECTO DE LEI N.º /X AFIRMA OS DIREITOS DOS CICLISTAS E PEÕES NO CÓDIGO DA ESTRADA Exposição de motivos: Portugal assistiu nas últimas décadas a um crescimento significativo das necessidades

Leia mais

ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DA ESTRADA. Respostas para as suas dúvidas sobre as novas regras do Código da Estrada

ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DA ESTRADA. Respostas para as suas dúvidas sobre as novas regras do Código da Estrada 01 ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DA ESTRADA Respostas para as suas dúvidas sobre as novas regras do Código da Estrada Índice Introdução 4 Bicicletas 5/6 Transporte de Crianças 7 Documentos 8 Pagamentos de Coimas

Leia mais

A capacidade do condutor prever e antecipar, aumenta: Com a categoria do veículo. Com a experiência. Com o número de ocupantes do veículo.

A capacidade do condutor prever e antecipar, aumenta: Com a categoria do veículo. Com a experiência. Com o número de ocupantes do veículo. 'TRAVE COM MOTOR' significa: Desligar o motor, mantendo uma mudança engrenada. Engrenar uma mudança de força em andamento. Utilizar o motor de arranque como auxiliar de travagem. Devemos estar atentos

Leia mais

GUIA DE PREVENÇÃO AOS ACIDENTES DE TRÂNSITO COM TRABALHADORES

GUIA DE PREVENÇÃO AOS ACIDENTES DE TRÂNSITO COM TRABALHADORES GUIA DE PREVENÇÃO AOS ACIDENTES DE TRÂNSITO COM TRABALHADORES 1. INTRODUÇÃO Acidente de trabalho-trânsito, mais conhecido como acidente de trajeto, é todo acidente que ocorre no deslocamento entre a porta

Leia mais

Vamos examinar os caminhões um pouco mais de perto. Tim, um motorista profissional de caminhão, vai nos ajudar.

Vamos examinar os caminhões um pouco mais de perto. Tim, um motorista profissional de caminhão, vai nos ajudar. PARAR OLHAR ACENAR Todos os anos, muitas pessoas ficam feridas ou morrem em acidentes de trânsito que, às vezes, envolvem caminhões. É importante que todos saibam como se manter seguros no trânsito para

Leia mais

NOVO SIMULADO DE LEGISLAÇÃO/CONDUTA E CIRCULAÇÃO 2012

NOVO SIMULADO DE LEGISLAÇÃO/CONDUTA E CIRCULAÇÃO 2012 1 Órgão executivo responsável em julgar os recursos das infrações de trânsito: a) DNIT b) CONTRAN c) JARI d) DETRAN 2 São pré-requisitos para o início do processo de habilitação, exceto: a) Ser penalmente

Leia mais

GUIA DE SEGURANÇA PARA CICLISTAS

GUIA DE SEGURANÇA PARA CICLISTAS GUIA DE SEGURANÇA PARA CICLISTAS Começar a pedalar é uma ó ma opção para quem se preocupa com o meio ambiente e com a sua própria saúde. Mas, antes das primeiras pedaladas, é preciso seguir alguns passos

Leia mais

Para pensares em grande.

Para pensares em grande. PEQUENO LIVRO SAÚDE 24 Para pensares em grande. Conselhos de Saúde Telefones úteis Livro 12x17,5cm.indd 1 09/02/20 17:14:21 Autocolantes Saúde 24 Vais encontrar dentro do livro uma folha com autocolantes.

Leia mais

Manual do Código da Estrada

Manual do Código da Estrada O condutor de um veículo em marcha deve manter entre o seu veículo e o que o precede a distância suficiente para evitar acidentes em caso de súbita paragem ou diminuição de velocidade deste. O condutor

Leia mais

REDE CICLOVIAS NA CIDADE DE VILA NOVA DE FAMALICÃO PROJETOS EIXO 1 EIXO 4

REDE CICLOVIAS NA CIDADE DE VILA NOVA DE FAMALICÃO PROJETOS EIXO 1 EIXO 4 FAMALICÃO CICLÁVEL UMA REDE, UMA COMUNIDADE REDE CICLOVIAS NA CIDADE DE VILA NOVA DE FAMALICÃO PROJETOS EIXO 1 EIXO 4 Porquê criar corredores dedicados para bicicletas? para INCENTIVAR BICI COMO MEIO DE

Leia mais

Prova de Conhecimentos. Questões de carater geral. (de entre 6 questões serão sorteadas 2 questões)

Prova de Conhecimentos. Questões de carater geral. (de entre 6 questões serão sorteadas 2 questões) PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM PARA CONSTITUIÇÃO DE RELAÇÃO JURÍDICA DE EMPREGO PÚBLICO POR TEMPO INDETERMINADO, TENDO EM VISTA O PREENCHIMENTO DE UM POSTO DE TRABALHO NA CARREIRA/CATEGORIA DE ASSISTENTE

Leia mais

Contributos para a melhoria da ciclovia Entrecampos Monsanto

Contributos para a melhoria da ciclovia Entrecampos Monsanto Contributos para a melhoria da ciclovia Entrecampos Monsanto Nota inicial Genericamente, os principais problemas que encontrámos foram a proliferação de obstáculos à normal fluidez da circulação das bicicletas.

Leia mais

Infraestrutura cicloviária em pontes e viadutos. O (des)caso da Ponte do Bragueto em Brasília

Infraestrutura cicloviária em pontes e viadutos. O (des)caso da Ponte do Bragueto em Brasília Infraestrutura cicloviária em pontes e viadutos O (des)caso da Ponte do Bragueto em Brasília PLANEJAMENTO CICLOVIÁRIO DO DF Histórico 1997... 2001... 2003 2004 2005 2006 2007 2008 BR CTB Estatuto da Cidade

Leia mais

A condução em auto-estrada implica: A manutenção da distância de segurança. A redução da distância de segurança. O aumento da distância de segurança.

A condução em auto-estrada implica: A manutenção da distância de segurança. A redução da distância de segurança. O aumento da distância de segurança. A chapa de matrícula colocada à retaguarda dos motociclos deve ser iluminada? Não, a iluminação da chapa de matrícula nos motociclos não é obrigatória. Sim, a chapa de matrícula deve ser iluminada por

Leia mais

Câmara Municipal de Mortágua

Câmara Municipal de Mortágua Câmara Municipal de Mortágua Regulamento de Ordenamento de Trânsito do Concelho de Mortágua A postura de trânsito em vigor no concelho de Mortágua, datada de 1 de Abril de 1962, no tempo da sua entrada

Leia mais

www.italyontheroad.it Cycling with safety Acidentes graves em bicicleta Quando existe uma moto caminho é obrigado a usá-lo: evita muitos acidentes. Se não houver um caminho bicicleta, usar de muita cautela:

Leia mais

Município de Alvaiázere

Município de Alvaiázere Empreitada de: Requalificação urbana da envolvente à Casa do Povo de Alvaiázere, incluindo parte da rua José Augusto Martins Rangel e rua Colégio Vera Cruz Dono de Obra: Município de Alvaiázere 1 SUMÁRIO

Leia mais

nicobelo@hotmail.com NICOLAU BELLO

nicobelo@hotmail.com NICOLAU BELLO NICOLAU BELLO 1 * ATUALMENTE EXISTEM NO TRÂNSITO NO BRASIL MAIS DE CINCO MILHÕES DE MOTOS NO TRÂNSITO. * 10 MILHÕES DE CARROS, ONIBUS, TAXIS E CAMINHÕES. * MOTOS PASSAM CÉLERES ENTRE OS CARROS, ESTES DÃO

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO RIO GRANDE DO SUL DIRETORIA TÉCNICA DIVISÃO DE HABILITAÇÃO CICLISTA NO TRÂNSITO

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO RIO GRANDE DO SUL DIRETORIA TÉCNICA DIVISÃO DE HABILITAÇÃO CICLISTA NO TRÂNSITO DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DO RIO GRANDE DO SUL DIRETORIA TÉCNICA DIVISÃO DE HABILITAÇÃO CICLISTA NO TRÂNSITO HISTÓRICO DA BICICLETA No ano de 1790, o francês M. de Sivrac, inventou a primeira bicicleta

Leia mais

CAMINHONEIRORESPONSÁVEL. Volume 3

CAMINHONEIRORESPONSÁVEL. Volume 3 CAMINHONEIRORESPONSÁVEL Volume 3 SET/2012 2 CAMINHONEIRORESPONSÁVEL l Volume 3 Í Índice Capítulo 1 Dicas de Trânsito...3 Capítulo 2 Dicas de Alongamento...5 Capítulo 3 Saúde e Bem-estar...7 Capítulo 4

Leia mais

ANO de Sinistralidade Rodoviária: VÍTIMAS no local. Observatório de Segurança Rodoviária Relatório - Anual 1

ANO de Sinistralidade Rodoviária: VÍTIMAS no local. Observatório de Segurança Rodoviária Relatório - Anual 1 ANO de 2015 Sinistralidade Rodoviária: VÍTIMAS no local Observatório de Segurança Rodoviária 1 ÍNDICE DEFINIÇÕES... 4 EVOLUÇÃO GLOBAL... 5 1. Acidentes com : 2006/2015... 5 ACIDENTES E VÍTIMAS... 7 1.

Leia mais

Movimento retilíneo uniformemente

Movimento retilíneo uniformemente 15 fev Movimento retilíneo uniformemente variado 01. Resumo 02. Exercícios de Aula 03. Exercícios de Casa 04. Questão Contexto RESUMO A aceleração (média) é a razão entre a variação de velocidade e o intervalo

Leia mais

Art. 61. A velocidade máxima permitida para a via será indicada por meio de sinalização, obedecidas suas características técnicas e as condições de

Art. 61. A velocidade máxima permitida para a via será indicada por meio de sinalização, obedecidas suas características técnicas e as condições de Art. 61. A velocidade máxima permitida para a via será indicada por meio de sinalização, obedecidas suas características técnicas e as condições de trânsito. 1º Onde não existir sinalização regulamentadora,

Leia mais

Curso de Engenharia Civil

Curso de Engenharia Civil Curso de Engenharia Civil Disciplina: Engenharia de Tráfego Período: 6º semestre Professor: Luiz Antonio do Nascimento Email: ladnascimento@gmail.com Subsistema da sinalização viária que se compõe de luzes

Leia mais

Infracções mais frequentes ao Código da Estrada, coimas e sanções Pág. 1

Infracções mais frequentes ao Código da Estrada, coimas e sanções Pág. 1 Infracções mais frequentes ao Código da Estrada, coimas e sanções Pág. 1 Infracções ÁLCOOL / ESTUPEFACIENTES Condução com uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 0,5 g/l e inferior a 0,8 g/l.

Leia mais

EXEMPLAR DO PROFESSOR

EXEMPLAR DO PROFESSOR EXEMPLR DO PROFESSOR 1) Quais são os elementos do trânsito? R: Homem, via e os veículos. 2) Qual é o elemento mais importante do trânsito? R: Homem. 3) Quais os dois grandes grupos de tipos de vias? R:

Leia mais

Você no Trânsito Criança

Você no Trânsito Criança Você no Trânsito Criança Elas são habituais companheiras de viagem no veículo pelo menos duas vezes por dia. São transportadas da casa para a escola, da escola para a casa, para o dentista, médico, natação,

Leia mais

A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem.

A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem. A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem. A ambulância deve: Avançar. Ceder a passagem apenas ao meu veículo. Ceder a passagem apenas ao veículo

Leia mais

DEZ ESTRATÉGIAS PARA MANTER AS CRIANÇAS EM SEGURANÇA NO AMBIENTE RODOVIÁRIO. #SalveVidasdeCrianças

DEZ ESTRATÉGIAS PARA MANTER AS CRIANÇAS EM SEGURANÇA NO AMBIENTE RODOVIÁRIO. #SalveVidasdeCrianças DEZ ESTRATÉGIAS PARA MANTER AS CRIANÇAS EM SEGURANÇA NO AMBIENTE RODOVIÁRIO #SalveVidasdeCrianças OS FACTOS 186 300 crianças com idade < 18 anos morrem no Mundo * anualmente por lesões e traumatismos em

Leia mais

Tema 3 Comportamentos específicos de segurança

Tema 3 Comportamentos específicos de segurança Escola Básic a 2º º e 3º º Ciclos s Escola E. B. 2, 3 de Sabóia ANO LECTIVO 2008/2009 Formação Cívica 5ºA Módulo Cidadania e Segurança Tema 3 Comportamentos específicos de segurança" Tema Conteúdo Competências

Leia mais

ANO de 2013. Sinistralidade Rodoviária. Observatório de Segurança Rodoviária 23-06-2014. Relatório - Anual

ANO de 2013. Sinistralidade Rodoviária. Observatório de Segurança Rodoviária 23-06-2014. Relatório - Anual ANO de Sinistralidade Rodoviária Observatório de Segurança Rodoviária -- ÍNDICE DEFINIÇÕES... EVOLUÇÃO GLOBAL.... Acidentes com : /... ACIDENTES E VÍTIMAS........... Acidentes Acidentes Acidentes Acidentes

Leia mais

Acidentes de. Trânsito

Acidentes de. Trânsito Acidentes de Trânsito Evitar o aumento de acidentes que ocorrem diariamente é possível e temos consciência disto, só que o grande problema é que só começamos a dar importância a nossa e na segurança dos

Leia mais

CONHECIMENTOS BÁSICOS

CONHECIMENTOS BÁSICOS CONHECIMENTOS BÁSICOS VIA CONHECIMENTOS BÁSICOS LOTES LINDEIROS FAIXA DE TRÂNSITO FAIXA DE TRÂNSITO PISTA DE ROLAMENTO CICLOFAIXA FAIXA DE DOMÍNIO - superfície lindeira às vias rurais, delimitada por lei

Leia mais

VÍTIMAS A 30 DIAS ANO Relatório - Anual 1

VÍTIMAS A 30 DIAS ANO Relatório - Anual 1 VÍTIMAS A 30 DIAS ANO 2015 1 ÍNDICE DEFINIÇÕES... 4 EVOLUÇÃO GLOBAL... 5 1. Acidentes com : 2010/2015... 5 ACIDENTES E VÍTIMAS... 7 1. Acidentes e segundo o mês... 7 2. Acidentes e segundo o dia da semana...

Leia mais

TRANSITO CUIDADO. Eliana Cristofolo MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO.

TRANSITO CUIDADO. Eliana Cristofolo MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO. CUIDADO NO TRANSITO MOTORISTA TENHA MUITA ATENÇÃO, AO DIRIGIR O SEU CARRÃO. PARE SEMPRE NA ESQUINA PARA VER SE VEM CARRO NÃO. AS CRIANÇAS DEVEM RESPEITAR PARA OS LADOS DEVEM OLHAR. SE NÃO VIER NENHUM AUTOMÓVEL

Leia mais

Manual de Boas Práticas em Sinalização Urbana

Manual de Boas Práticas em Sinalização Urbana www.prp.pt Manual de Boas Práticas em Sinalização Urbana Carlos de Almeida Roque Engenheiro Civil Estrada 2006 IV CONGRESSO RODOVIÁRIO PORTUGUÊS Estoril, 5 a 7 Abril 2006 1 Manual BPSU - Índice Introdução

Leia mais

Regulamento IX Passeio de BTT Rota do Cabicanca

Regulamento IX Passeio de BTT Rota do Cabicanca Regulamento IX Passeio de BTT Rota do Cabicanca Artigo 1 - Organização a) A organização deste passeio encontra-se integrada no projecto Aguiar da Beira a Pedalar da responsabilidade da Câmara Municipal

Leia mais

Constrói a tua história!

Constrói a tua história! VAMOS COLORIR 1º Ciclo ensino básico Constrói a tua história! Imprime esta história e lê-a com a atenção. Já reparaste que não tem imagens? Desenha e pinta uma imagem para cada página para completares

Leia mais

Boa viagem com o cinto de segurança

Boa viagem com o cinto de segurança Boa viagem com o cinto de segurança A UU L AL A O número de automóveis, ônibus e caminhões em circulação no país é cada vez maior. Nas cidades grandes e médias, além do trânsito cada vez mais difícil,

Leia mais

Normas gerais de circulação e conduta

Normas gerais de circulação e conduta Normas gerais de circulação e conduta É muito importante a leitura do Capítulo III Normas Gerais de Circulação e Conduta, que vai dos artigos 26 ao 67, contidos no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Leia mais

NOVO SIMULADO DE DIREÇÃO DEFENSIVA 2012

NOVO SIMULADO DE DIREÇÃO DEFENSIVA 2012 1 Quais são os fundamentos da prevenção de acidentes: a) Conhecimento, previsão, atenção, decisão, habilidade. b) Atenção, conhecimento, decisão, habilidade, previsão. c) Habilidade, conhecimento, atenção,

Leia mais

MUDANÇA DE DIRECÇÃO. Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito

MUDANÇA DE DIRECÇÃO. Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito MANUAL DO ENSINO DA CONDUÇÃO FT [] [56] [6] FICHA TÉCNICA MUDANÇA DE DIRECÇÃO Níveis GDE Temas Transversais Síntese informativa Nível Nível Táctico Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 Domínio

Leia mais

FORMULÁRIO DE AVALIAÇÃO VIÁRIA PARA IMPLANTAÇÃO DE CICLOVIA 1. Identificação Viária Logradouro Rua Pará de Minas

FORMULÁRIO DE AVALIAÇÃO VIÁRIA PARA IMPLANTAÇÃO DE CICLOVIA 1. Identificação Viária Logradouro Rua Pará de Minas 1. Identificação Viária Logradouro Rua Pará de Minas Trecho Encontro da Rua Pelotas com a Rua Professor Tito Novaes Bairro Padre Eustáquio Código 4.ABM Data 24/01/2015 Horário Inicial 08:30 2. Avaliação

Leia mais

ANO de Sinistralidade Rodoviária. Observatório de Segurança Rodoviária

ANO de Sinistralidade Rodoviária. Observatório de Segurança Rodoviária ANO de 2007 Sinistralidade Rodoviária Observatório de Segurança Rodoviária ÍNDICE DEFINIÇÕES...3 PLANO NACIONAL DE PREVENÇÃO RODOVIÁRIA...4 EVOLUÇÃO GLOBAL...5 1. Acidentes e : 1988/2007...5 ACIDENTES

Leia mais

Legislação de Trânsito 1) Quando o condutor usar a buzina sucessivamente a qualquer pretexto, está sujeito à infração e penalidade:

Legislação de Trânsito 1) Quando o condutor usar a buzina sucessivamente a qualquer pretexto, está sujeito à infração e penalidade: Prova simulada DETRAN 10 Legislação de Trânsito 1) Quando o condutor usar a buzina sucessivamente a qualquer pretexto, está sujeito à infração e penalidade: a) Gravíssima e multa. b) Média e multa. c)

Leia mais

A ambulância assinala adequadamente a marcha de urgência. Devo ceder a passagem. Não devo ceder a passagem.

A ambulância assinala adequadamente a marcha de urgência. Devo ceder a passagem. Não devo ceder a passagem. A ambulância assinala adequadamente a marcha de urgência. Devo ceder a passagem. Não devo ceder a passagem. A ambulância cujo ano de matrícula é 2002, teve a primeira inspecção periódica obrigatória em:

Leia mais

OS VEÍCULOS MOTORIZADOS DE DUAS RODAS

OS VEÍCULOS MOTORIZADOS DE DUAS RODAS 8 OS VEÍCULOS MOTORIZADOS DE DUAS RODAS O motociclista e o ciclomotorista R Fevereiro 2012 BIZART O motociclista e o ciclomotorista 95% dos acidentes rodoviários são causados por um comportamento errado

Leia mais

A condução nocturna deve influenciar a velocidade? Não, porque a utilização das luzes é obrigatória. Sim, mas apenas dentro das localidades. Sim.

A condução nocturna deve influenciar a velocidade? Não, porque a utilização das luzes é obrigatória. Sim, mas apenas dentro das localidades. Sim. A condução nocturna deve influenciar a velocidade? Não, porque a utilização das luzes é obrigatória. Sim, mas apenas dentro das localidades. Sim. A diminuição da aderência provoca o aumento da distância

Leia mais

Com lente seta* Figura 1 - Indicações luminosas em semáforos

Com lente seta* Figura 1 - Indicações luminosas em semáforos Capítulo 8 Semáforos (parte 1) 1. GRUPO FOCAL, ESTÁGIO E FASE Denomina-se grupo focal o conjunto de focos (lentes coloridas nas cores vermelha, amarela e verde) que controlam cada conjunto de movimentos

Leia mais

M{ZD{ CX _14R1_MAZ_CX5_V2_COVERS.indd /02/ :50:14

M{ZD{ CX _14R1_MAZ_CX5_V2_COVERS.indd /02/ :50:14 M{ZD{ CX-5 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 1 5 2 4 3 18 19 SKYACTIV TECHNOLOGY 20 21 6 1 7 5 2 3 4 8 22 23 O LUGAR MAIS SEGURO NA ESTRADA Todos os veículos Mazda que produzimos contêm uma vasta gama

Leia mais

por onde devem transitar os peões 13

por onde devem transitar os peões 13 Guia do Peão Introdução 03 1 principais conceitos 05 2 por onde devem transitar os peões 13 2.1 DENTRO DAS LOCALIDADES 17 2.1.1 Como caminhar 17 2.1.2 Como atravessar a faixa de rodagem 18 2.1.3 Agentes

Leia mais

TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O

TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O DIRECÇ Ã O DOS SERVIÇ OS PARA OS ASSUNTOS DE TRÁ FEGO TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O Fascículo I Sinais de Trânsito ADVERTÊNCIA Encontram-se publicadas, nestes 5 fascículos, todas as perguntas, e repectivas

Leia mais

LeasePlan. Alterações ao Código da Estrada e Regime de Carta por Pontos

LeasePlan. Alterações ao Código da Estrada e Regime de Carta por Pontos LeasePlan Alterações ao Código da Estrada e Regime de Carta por Pontos LeasePlan Alterações ao código da estrada e regime de carta por pontos Introdução 3 PARTE I Regime de Carta por Pontos 5 Funcionamento

Leia mais

Dicas de Trânsito. 001 P. O que significa a sigla C.T.B? R. Código de Trânsito Brasileiro.

Dicas de Trânsito. 001 P. O que significa a sigla C.T.B? R. Código de Trânsito Brasileiro. Dicas de Trânsito 001 P. O que significa a sigla C.T.B? R. Código de Trânsito Brasileiro. 002 P. Qual o dever do condutor antes de colocar o veículo em circulação nas vias públicas? R. Verificar as condições

Leia mais

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS. MÓDULO:STC6 FORMADORES: Dr. Nuno Duarte/ Dra. Irina Lopes FORMANDA: Carmen Airosa DATA: 18/06/2009

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS. MÓDULO:STC6 FORMADORES: Dr. Nuno Duarte/ Dra. Irina Lopes FORMANDA: Carmen Airosa DATA: 18/06/2009 PREVENÇÃO RODOVIÁRIA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DAS EMPRESÁRIAS MÓDULO:STC6 FORMADORES: Dr. Nuno Duarte/ Dra. Irina Lopes FORMANDA: Carmen Airosa DATA: 18/06/2009 1 UMA QUESTÃO DE ATITUDE Respeite para ser respeitado;

Leia mais

para todos. BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta tem espaço para todos #respeiteabicicleta Apoio:

para todos. BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta tem espaço para todos #respeiteabicicleta Apoio: BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta BH tem espaço para todos. BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta Apoio: Índice Quando você estiver pedalando. 04 Quando você estiver dirigindo. 10 Algumas

Leia mais

RELATÓRIO DE INFRAÇÕES DE TRÂNSITO DADOS REFERENTES A TODOS OS ÓRGÃOS AUTUADORES DE MULTAS DO ESTADO DE ALAGOAS

RELATÓRIO DE INFRAÇÕES DE TRÂNSITO DADOS REFERENTES A TODOS OS ÓRGÃOS AUTUADORES DE MULTAS DO ESTADO DE ALAGOAS RELATÓRIO DE INFRAÇÕES DE TRÂNSITO DADOS REFERENTES A TODOS OS ÓRGÃOS AUTUADORES DE MULTAS DO ESTADO DE ALAGOAS Os dados aqui apresentados são referentes às infrações registradas por todos os órgãos autuadores

Leia mais

04/11/2014. Curso de Engenharia Civil

04/11/2014. Curso de Engenharia Civil Curso de Engenharia Civil Disciplina: Engenharia de Tráfego Período: 6º semestre Professor: Luiz Antonio do Nascimento Email: ladnascimento@gmail.com Sinalização Utilizada para orientação e segurança dos

Leia mais

BÉLGICA 1. Circulação. Ultrapassagens

BÉLGICA 1. Circulação. Ultrapassagens Este conjunto de regras e leis de países da Comunidade Europeia foi compilado por um conjunto de pessoas que não são especialistas em direito. Apesar dos esforços de consultar sempre que possível directamente

Leia mais

Introdução ao Mundo Cicloviário.

Introdução ao Mundo Cicloviário. Introdução ao Mundo Cicloviário. Parte III Educação e legislação cicloviária. São Paulo, Novembro de 2008. Lei 9.503, de 23 de setembro de 1997. O Código de Trânsito Brasileiro em 1998 tratou a bicicleta

Leia mais

Administração, Segurança e Território

Administração, Segurança e Território Administração, Segurança e Território trabalho elaborado por:ana Martins 1 Actuação/regulação da Autarquia As autarquias tem o dever de : Manter os pavimentos em bom estado (Tapar os buracos, alcatroar

Leia mais

Mais Bicicletas, Melhores Cidades A Promoção do Uso da Bicicleta no âmbito do PAMUS A Mobilidade Urbana Sustentável no NORTE 2020

Mais Bicicletas, Melhores Cidades A Promoção do Uso da Bicicleta no âmbito do PAMUS A Mobilidade Urbana Sustentável no NORTE 2020 Mais Bicicletas, Melhores Cidades A Mobilidade Urbana Sustentável no NORTE 2020 O Município da Maia Divisão de Planeamento Territorial e Projetos Câmara Municipal da Maia Mais Bicicletas, Melhores Cidades

Leia mais

Directrizes para o exame de condução de automóveis ligeiros de. transmissão automática

Directrizes para o exame de condução de automóveis ligeiros de. transmissão automática Directrizes para o exame de condução de automóveis ligeiros de transmissão automática 1. Prova no parque de manobras (1) Antes de iniciar a marcha Antes de ligar o motor, o candidato deve verificar se

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo ACIDENTES DE TRÂNSITO ORIENTAÇÕES GERAIS Pedestres Estatísticas de Vítimas Anualmente no Brasil, mais de 13 MIL pedestres morrem vítimas do trânsito, e mais de 60 MIL são feridos.

Leia mais