Apresentação para Investidores

Save this PDF as:
Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Apresentação para Investidores"

Transcrição

1 Apresentação para Investidores Miguel Amaro - VP de Finanças e RI Março de 2012

2 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e internacional. Essas declarações estão baseadas em certas suposições e análises feitas pela Companhia de acordo com a sua experiência e o ambiente econômico e nas condições de mercado e nos eventos futuros esperados, muitos dos quais estão fora do controle da Companhia. Fatores importantes que podem levar a diferenças significativas entre os resultados reais e as declarações de expectativas sobre eventos ou resultados futuros incluem a estratégia de negócios da Companhia, as condições econômicas brasileira e internacional, tecnologia, estratégia financeira, desenvolvimentos da indústria de serviços públicos, condições hidrológicas, condições do mercado financeiro, incerteza a respeito dos resultados de suas operações futuras, planos, objetivos, expectativas e intenções, entre outros. Em razão desses fatores, os resultados reais da Companhia podem diferir significativamente daqueles indicados ou implícitos nas declarações de expectativas sobre eventos ou resultados futuros. As informações e opiniões aqui contidas não devem ser entendidas como recomendação a potenciais investidores e nenhuma decisão de investimento deve se basear na veracidade, atualidade ou completude dessas informações ou opiniões. Nenhum dos assessores da Companhia ou partes a eles relacionadas ou seus representantes terá qualquer responsabilidade por quaisquer perdas que possam decorrer da utilização ou do conteúdo desta apresentação. Este material inclui declarações sobre eventos futuros sujeitas a riscos e incertezas, as quais baseiam-se nas atuais expectativas e projeções sobre eventos futuros e tendências que podem afetar os negócios da Companhia. Essas declarações incluem projeções de crescimento econômico e demanda e fornecimento de energia, além de informações sobre posição competitiva, ambiente regulatório, potenciais oportunidades de crescimento e outros assuntos. Inúmeros fatores podem afetar adversamente as estimativas e suposições nas quais essas declarações se baseiam. 2

3 EDP Energias do Brasil Overview 3

4 Compromisso da EDP com o Brasil Empresa Investimento em Lajeado Aquisição da Bandeirante Aquisição da Iven (Escelsa e Enersul) Aquisição da Peixe Angical (parceria com Furnas) IPO da EDP Energias do Brasil na BOVESPA Investimento em Energia Eólica Permuta de Ativos (Enersul por Lajeado) Leilão A-5 da termoelétrica de Pecém Oferta Secundária de Ações Aquisição Jari Oferta Secundária de Ações (Controlador) Macro Crise Asiática Crise Russa Desvalorização do Real Racionamento de Energia no Brasil Bolha da Internet Crise Argentina Crise dos Mercados Emergentes Eleição do Lula 1º mandato Novo Modelo do Setor Energético Brasileiro Investment Grade da Moody s Crise Subprime Crise de Crédito na Europa Crise Econômica Global EOL Baixa do Feijão EMBI Brazil (JP Morgan) 4

5 Setor de Energia Elétrica no Brasil Consumo de Energia Elétrica Mercado Total (TWh) Consumo de Energia Elétrica Mercado Livre (TWh) Fonte: CCEE e ANEEL Capacidade Instalada (1) Capacidade Instalada por Fonte de Geração (1) (GW) CAGR: 89-99: 2,7% 99-09: 4,3% 10-20: 4,5% 171 (MW) 2010 = 109,6GW (2) 2020e = 171 GW (2) % 71% % 7% E Fonte: EPE Notas: (1) Capacidade do Sistema Interligado Nacional (2) Números sujeitos a mudanças 5 18% 20% 2% 2% Hidro Térmica Eólica Nuclear

6 EDP Energias do Brasil em Destaque Geração Distribuição Comercialização Consolidado Concessões de Geração Hídrica em Operações 1.790,1 MW Concessões com Prazos até: Sto Antônio do Jari 373 MW Em Construção Concessão: 2044 Receita Líquida 2011¹ (R$ milhões) EBITDA Ajustado 2011¹ (R$ milhões) Participação no EBITDA 2011¹ % 48% 2% 100% Porto Pecém 360 MW Em Construção 5ª maior geradora privada em capacidade instalada BAIXA DO FEIJÃO 54 MW Concessão: ª maior distribuidora privada do setor elétrico brasileiro em energia vendida 3ª maior comercializadora privada do setor elétrico brasileiro em energia comercializada Cultura de Parcerias: EDP Renováveis MPX Furnas Eletrobras Elevados padrões de sustentabilidade (ISE, GRI) Notas: (1) Valores em Reais e percentuais não consideram as eliminações intra-grupo. CENAEEL 6,3 MW Concessão: 2032 Elebras 31,5 MW Concessão: Geração Hídrica Geração Térmica Geração Eólica Distribuição Escelsa 11 estado em relação ao PIB: 2,3% do total nacional 1,3 MM clientes em 41,2 mil Km² Concessão: 2025 Bandeirante SP 1 em relação ao PIB: ~33% do total nacional 1,5MM clientes em 9,6 mil Km 2 Concessão: 2028

7 Execução dos Compromissos do IPO Compromissos Conquistas Operacionais Conquistas Financeiras (2004 vs Dezembro 2011) (2004 vs 2011) 1 Expandir o portfólio de Ativos de geração 1 Capacidade instalada (MW) % 530 Receita Líquida (R$MM) % Melhorar a eficiência operacional Atual Produtividade de distribuição (MWh/empregado) 6, % 12,049 EBITDA (R$MM) 2004 Atual +98% Atual 3 Desenvolver a comercialização 3 Energia comercializada nos últimos 12 meses (GWh) % Atual Margem EBITDA (%) 700 bps 28% 21% 4 Consolidar a posição no setor de energia elétrica no Brasil 2004 Atual 4 Ranking entre as empresas privadas Comercialização 3 º 2004 Atual Lucro Líquido (R$MM) +359% 491 Distribuição de energia elétrica Capacidade Instalada 7 4 º 5 º Atual

8 Tese de Investimento 8

9 Por que EDP Energias do Brasil? Portfólio Integrado de Ativos Crescimento Consistente de Dividendos PPAs e Concessões de Longo Prazo, Protegidos contra Inflação Solidez Financeira Desempenho Operacional Crescente Crescimento em Geração com Disciplina de Capital 9

10 Portfólio Integrado de Ativos Portfólio Equilibrado Fatores de Diversificação de Riscos (EBITDA 2011) Distribuição Geração Tarifas Reguladas Contínuo crescimento orgânico PPAs de longo prazo indexados à inflação Distribuição 48% 50% Geração Geração sólida de fluxo de caixa livre Diversificação de fontes com o início de Pecém Comercialização 2% Diversificação geográfica: Escelsa: região de alto crescimento Bandeirante: base industrial diversificada Concessões de longo prazo Potencial de novos projetos Qualidade de serviço Forte base de clientes Sinergias Operacionais e Financeiras Geração Dividendos e Investimentos de Equity (R$ Milhões) Comercialização Distribuição Outros Escelsa 353 (1) Outros Escelsa (1) Estratégia de Retenção de Clientes Bandeirante Dividendos Recebidos Aportes de Equity em Geração Dividendos Pagos Dividendos Pagos Bandeirante Dividendos Recebidos Aportes de Equity em Geração Dividendos Pagos Notas: (1) Diferença refere-se a variação de caixa na controladora.

11 PPAs e Concessões de Longo Prazo com Proteção contra a Inflação Modernas Usinas de Geração Idade média das Usinas Concessões de Longo Prazo Datas de vencimento das concessões 6-10 anos Escelsa Distribuidora (1) Jul % Bandeirante Distribuidora (1) Out 2028 Baixos Custos e Investimentos 44% UHE Mascarenhas (CI: 180,5MW) Jul % 0-5 anos 2% 50+ anos anos UHE Suíça (CI: 34.5 MW) PCH Rio Bonito (CI: 22.5 MW) PCH Mimoso (CI: 29.5 MW) Jul 2025 Jul 2025 Dec 2027 PCH São João (CI: 25 MW) Mai 2029 Cobertura de Contrato e Proteção contra a Inflação PCH Paraíso I (CI: 21,6 MW) Dez 2029 Energia Contratada (MW médios) PCH Costa Rica (CI: 16 MW) Nov 2031 Preço Médio de R$142/MWh (1) PCH Francisco Grós (CI: 29 MW) Nov EOL Tramandaí (CI: 70 MW) UHE Lajeado (CI: 902,5 MW) EOL Baixa do Feijão (CI: 120 MW) UHE Peixe Angical (CI: 452 MW) Ago 2032 Jan 2033 Jan 2036 Nov UTE Porto do Pecém (CI: 360 MW) Jul 2043 Indexado ao IGP-M Indexado ao IPCA UHE Sto. Antônio do Jari (CI: 373 MW) Dez 2044 Notes: (1) Data base jan./2012. Média ponderada dos contratos. Não inclui Jari. 11 Notes: (1) Primeiro Período de concessão sujeito à renovação

12 Desempenho Operacional Crescente Evolução de Despesas Operacionais (1) Perdas Técnicas e Comerciais (R$ Milhões) Opex CAGR: -2% IPCA CAGR: +10% (em %) 45,9% ,8% ,3% 34,2% 35,9% ,2% 11,1% 10,3% 6,0% 5,6% 4,7% 15,5% 6,8% 14,0% 5,7% 12,8% 5,4% 5,2% 5,5% 5,5% 8,8% 8,3% 7,4% Geração Distribuição Outros Band 2009 Band 2010 Band 2011 Escelsa 2009 Escelsa 2010 Escelsa 2011 % Despesas Gerenciáveis sobre Margem Bruta Técnicas Comerciais Evolução dos Indicadores de Qualidade da Distribuição (DEC em horas / FEC em vezes, ) 2 12,8 11,3 9,6 5,9 6,3 6,4 12,2 7,1 9,4 6,2 Bandeirante DEC Aneel (9,70%) FEC Aneel (8,42%) 11,5 7,7 10,7 11,4 6,9 6,9 9,2 10,4 6,4 6,3 Escelsa DEC Aneel (11,18%) FEC Aneel (8,98%) B and 2007 B and 2008 B and 2009 B and 2010 B and 2011 Escelsa 2007 Escelsa 2008 Escelsa 2009 Escelsa 2010 Escelsa 2011 DEC FEC Notas: (1) Despesas operacionais incluem despesas com pessoal, materiais, serviços terceirizados e outros, sem depreciação e amortização. Considera efeito do IFRS a partir de (2) DEC (duração equivalente de interrupção por cliente) e FEC (frequência equivalente de interrupção por cliente). DEC e FEC Aneel são os índices regulatórios vigentes. 12

13 Crescimento em Geração Capacidade Instalada (MW) Energia Vendida por Usinas de Geração (GWh) 373 (2) 54(3) (1) UTE Pecém 2012 Rep. UHE Mascarenhas UHE Sto. Ant. Jari EOL Baixa do Feijão Destaques de Pecém Usina termoelétrica a carvão Preço fixado em R$ 125,95 Capacidade instalada: 720 MW (outubro 2007), prazo de 15 anos 96,6% construída no 4T11 Financiamento pelo BNDES e BID 75% Dívida / 25% Capital Próprio Lance vencedor no leilão A-5 em 2007 Entrada em operação prevista: 1º máquina: 1T12; 2º máquina: 2T12 Project Finance ganhou prêmio de melhor transação de energia do ano (Euromoney 2009) Notas: (1) 50% de participação da EDP Energias do Brasil (2) Considerando expansão de capacidade de 73,4MW (3) 45% de participação da EDP Energias do Brasil 13

14 Solidez Financeira Perfil da Dívida Composição da Dívida Bruta (4T11) Dívida Bruta (2011): R$ 3,6 Bn Pré-fixada CDI 16,5% 38,9% TJLP 44,6% Exposição a CDI (%) 39% ENBR 55% (2) Média de Em presas Integradas Aumentando Prazo e Reduzindo Custo da Dívida Vencimento Médio (Anos) e Custo da Dívida 12.0% 12.4% 11.7% 11.9% 10.0% 11.4% 9.8% 10.3% 8.9% 8.8% Vencimento Médio em Anos Custo da Dívida (%) Selic Média (%) Melhora Consistente nos Níveis de Alavancagem (1) Dívida Líquida / EBITDA U12M (x) 1,7x Dívida Líquida (4T11): R$ 2,717 Bn 1.8x EBITDA U12M / Despesas Líquidas com Juros U12M 1,4x 1,5x 1,4x 1,5x 1,5x 4.2x 5.8x 6.8x 7.1x 7.1x 6.7x 7.0x Mar-11 Jun-11 Set-11 Dez Mar-11 Jun-11 Set-11 Dez-11 Notas: (1) Inclui principal + juros + resultado de hedge (2) Inclui CPFL, Light, Cemig e Copel (2010) 14

15 Crescimento Consistente de Dividendos Desde o IPO (julho 2005): Investimentos de R$ 5,9 bilhões R$1,8 bilhão em dividendos pagos Mantida capacidade para endividamento (atualmente em 1,8x Dív.Líq. / EBITDA) Mais de 60% do preço do IPO retornado em dividendos Dividendos por Ação (R$ / Ação) CAGR de Dividendos por Ação no Setor de Energia * 19,0% 15,0% 10,0% 7,0% 3,0% (1,0%) (1,0%) (5,0%) EDP BR Integrada 1 Geradora 1 Integrada 2 Dist rib.1 Integrada 3 Distrib.2 Geradora 2 *Quadro não atualizado para 2011 devido a não divulgação de informações financeiras por parte de empresas comparadas. Dividendos Totais (R$ Milhões) , Mínimo Payout de 50% Fonte: Empresa Retorno Total ao Acionista de 216% desde o IPO (R$ 41,50 no fim de 2011) 15

16 Destaques Financeiros 16

17 Destaques Financeiros ENBR Consolidado Receita Líquida (1) EBITDA e Margem EBITDA (1) (R$ Milhões) (R$ Milhões) 32,4% 30,0% 28,5% % 15% 19% 68% 14% 18% 66% 16% 18% 2% 52% 46% 2% 53% 45% 2% 48% 50% Gastos Gerenciáveis e Despesas Operacionais /Margem Bruta (R$ Milhões) Geração Distribuição Comercialização 33,3% 34,2% 35,9% Lucro Líquido (1) (R$ Milhões) Geração Distribuição Comercialização % 15% 3% 82% 15% 2% 85% 13% 3% 57% 40% 2% 58% 40% 3% 44% 53% Geração Distribuição Comercialização Notas: (1) Percentuais dos segmentos não incluem eliminação intra-grupo. Valores totais pós-eliminação Geração Distribuição Comercialização

18 Destaques Financeiros ENBR Consolidado Investimentos Realizados* Dívida Bruta Dívida Líquida (R$ MIL) (R$ Milhões) (R$ Milhões) Distribuição Geração Energest Pecém Jari Outros Outros Total * Não inclui Obrigações Especais. Projetos em Andamento UHE Jari Projetos em Andamento UTE Pecém 19% 18

19 Equipe de RI Maytê Souza Dantas de Albuquerque Leandro Salles Santos Marilia Barbosa Nogueira Felipe Rhavy de Campos Antunes Telefone: +55 (11)

Apresentação para investidores

Apresentação para investidores Apresentação para investidores Janeiro de 2012 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Leia mais

EDP Energias do Brasil 2010

EDP Energias do Brasil 2010 EDP Energias do Brasil 2010 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários

Leia mais

EDP Investor Day. 5 Anos de IPO EDP no Brasil

EDP Investor Day. 5 Anos de IPO EDP no Brasil EDP Investor Day 5 Anos de IPO EDP no Brasil Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Leia mais

Permuta de Ativos - Enersul e Rede Lajeado

Permuta de Ativos - Enersul e Rede Lajeado Permuta de Ativos - Enersul e Rede Lajeado 1 Aviso Importante Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação

Leia mais

Destaques do trimestre

Destaques do trimestre Resultados 1T16 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e

Leia mais

5º Encontro Anual Light e Investidores

5º Encontro Anual Light e Investidores 5º Encontro Anual Light e Investidores 1 Aquisições Aquisições 2 Aquisições Junho 2010: Aquisição de 51% da Axxiom para o desenvolvimento de soluções tecnológicas Agosto 2011: Entrada no Capital da Renova

Leia mais

CPFL RENOVÁVEIS Relatório de Sustentabilidade. Dezembro, 2013

CPFL RENOVÁVEIS Relatório de Sustentabilidade. Dezembro, 2013 CPFL RENOVÁVEIS Relatório de Sustentabilidade Dezembro, 2013 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação

Leia mais

Destaques de Resultados do 4T15 e Posicionamento estratégico de 2016

Destaques de Resultados do 4T15 e Posicionamento estratégico de 2016 Disclaimer - Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e internacional.

Leia mais

Apresentação dos Resultados 1T/2006 da Tractebel Energia

Apresentação dos Resultados 1T/2006 da Tractebel Energia Apresentação dos Resultados 1T/26 da Tractebel Energia Maio de 26 Aviso Importante Este material pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com

Leia mais

Crescimento focado em valor. Apresentação de resultados 2T13

Crescimento focado em valor. Apresentação de resultados 2T13 Crescimento focado em valor Apresentação de resultados 2T13 Algumas declarações e estimativas contidas neste material podem representar expectativas sobre eventos ou resultados futuros que estão sujeitas

Leia mais

EDP Investor Day. 5 Anos de IPO EDP no Brasil

EDP Investor Day. 5 Anos de IPO EDP no Brasil EDP Investor Day 5 Anos de IPO EDP no Brasil Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Leia mais

Os Valores financeiros estão em R$ Milhões, a menos que indicado de outra forma. Dados financeiros refletem a adoção do IFRS.

Os Valores financeiros estão em R$ Milhões, a menos que indicado de outra forma. Dados financeiros refletem a adoção do IFRS. Algumas declarações e estimativas contidas neste material podem representar expectativas sobre eventos ou resultados futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas ambos conhecidos e desconhecidos. Não

Leia mais

Companhia elétrica integrada privada de energia com operações nos segmentos de geração, distribuição, comercialização e serviços de energia

Companhia elétrica integrada privada de energia com operações nos segmentos de geração, distribuição, comercialização e serviços de energia 1 - Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e internacional. Essas declarações

Leia mais

CPFL Energias Renováveis

CPFL Energias Renováveis CPFL Energias Renováveis Miguel Abdalla Saad Presidente da CPFL Renováveis Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo

Leia mais

EDP Energias do Brasil. Novembro de 2009

EDP Energias do Brasil. Novembro de 2009 EDP Energias do Brasil Novembro de 2009 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Leia mais

Os Valores financeiros estão em R$ Milhões, a menos que indicado de outra forma. Dados financeiros refletem a adoção do IFRS.

Os Valores financeiros estão em R$ Milhões, a menos que indicado de outra forma. Dados financeiros refletem a adoção do IFRS. 1 Algumas declarações e estimativas contidas neste material podem representar expectativas sobre eventos ou resultados futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas ambos conhecidos e desconhecidos.

Leia mais

Teleconferência de resultados

Teleconferência de resultados Teleconferência de resultados 2 Aviso importante Este material foi preparado pela Linx S.A. ( Linx ou Companhia ) e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros.

Leia mais

Principais premissas

Principais premissas Termo de renúncia Algumas declarações e estimativas contidas neste material podem representar expectativas sobre eventos ou resultados futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas, ambos conhecidos

Leia mais

EDP Energias do Brasil. Novembro de 2009

EDP Energias do Brasil. Novembro de 2009 EDP Energias do Brasil Novembro de 2009 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Leia mais

Superar os novos desafios para continuar crescendo

Superar os novos desafios para continuar crescendo Superar os novos desafios para continuar crescendo Algumas declarações e estimativas contidas neste material podem representar expectativas sobre eventos ou resultados futuros que estão sujeitas a riscos

Leia mais

Perfil corporativo: Companhia elétrica integrada privada de energia com operações nos segmentos de geração, distribuição e comercialização

Perfil corporativo: Companhia elétrica integrada privada de energia com operações nos segmentos de geração, distribuição e comercialização Perfil corporativo: Companhia elétrica integrada privada de energia com operações nos segmentos de geração, distribuição e comercialização EDP Energias de Portugal Free Float 51% 49% 22% do EBITDA do Grupo

Leia mais

Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. BTG Pactual Brazil Utilities Day. 17 de outubro de 2012 São Paulo - SP

Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. BTG Pactual Brazil Utilities Day. 17 de outubro de 2012 São Paulo - SP 1 Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A. BTG Pactual Brazil Utilities Day 17 de outubro de 2012 São Paulo - SP Disclaimer 2 As informações contidas nesta apresentação poderão incluir declarações que

Leia mais

4T16 Teleconferência de resultados

4T16 Teleconferência de resultados Teleconferência de resultados Aviso importante Este material foi preparado pela Linx S.A. ( Linx ou Companhia ) e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros.

Leia mais

Receita Bruta de R$ 103,6 milhões. Variação negativa de 2,5% na comparação com o 3T09;

Receita Bruta de R$ 103,6 milhões. Variação negativa de 2,5% na comparação com o 3T09; Apresentação Aviso Importante Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

(i) Aquisição de Participação no Controle da Comgás (ii) Associação Cosan Alimentos e Camil

(i) Aquisição de Participação no Controle da Comgás (ii) Associação Cosan Alimentos e Camil (i) Aquisição de Participação no Controle da Comgás (ii) Associação Cosan Alimentos e Camil São Paulo, 29 de maio de 2012 Disclaimer Declarações sobre operações futuras Esta apresentação contém estimativas

Leia mais

Agenda. Visão do Setor de Energia. CPFL Energia Destaques e Resultados

Agenda. Visão do Setor de Energia. CPFL Energia Destaques e Resultados Agenda Visão do Setor de Energia CPFL Energia Destaques e Resultados O mercado brasileiro é atendido por 64 concessionárias de distribuição de energia Distribuição de Energia 2008 Market Share 1 (%) Distribuidoras

Leia mais

CPFL Energia Todos os direitos reservados.

CPFL Energia Todos os direitos reservados. CPFL Energia 2016. Todos os direitos reservados. Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de

Leia mais

Apresentação de Resultados 1º semestre de 2016

Apresentação de Resultados 1º semestre de 2016 Apresentação de Resultados 1º semestre de 2016 1 2 3 4 5 6 Resultados 1º semestre de 2016 (1) Em milhões de Reais, exceto onde indicada outra unidade de medida. (2) Este indicador não contempla o valor

Leia mais

Reunião APIMEC NE e SP 3T08 24 e 26 de Novembro de 2008

Reunião APIMEC NE e SP 3T08 24 e 26 de Novembro de 2008 Reunião APIMEC NE e SP 24 e 26 de Novembro de 2008 Palestrantes Abel Rochinha Presidente da Coelce (NE) Luiz Carlos Bettencourt Diretor Financeiro e de Relações com Investidores (NE SP) 1 1 Perfil Corporativo

Leia mais

Resultados do ano de 2008

Resultados do ano de 2008 Resultados do ano de 2008 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira

Leia mais

WEBCAST Teleconferência

WEBCAST Teleconferência São Paulo Avenida Cidade Jardim WEBCAST Teleconferência 08-11-2007 Goiânia Avenida 85 APRESENTAÇÃO RESULTADOS - 3º TRIMESTRE 2007 Aviso Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas

Leia mais

Resultados do Primeiro Trimestre de 2009

Resultados do Primeiro Trimestre de 2009 Resultados do Primeiro Trimestre de 2009 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Leia mais

Santander VII Conferência Setor Elétrico Brasil Wilson Ferreira Jr CEO

Santander VII Conferência Setor Elétrico Brasil Wilson Ferreira Jr CEO Santander VII Conferência Setor Elétrico Brasil Wilson Ferreira Jr CEO Fevereiro São Paulo, 2016 07 de março de 2012 1 Temas para discussão 1 2 3 4 5 6 7 Panorama 2015-2016 Repactuação do risco hidrológico

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Teleconferência / Webcast 13 de Maio de 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Teleconferência / Webcast 13 de Maio de 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre 2016 Teleconferência / Webcast 13 de Maio de 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas

Leia mais

Destaques 1S15 e Eventos Subsequentes

Destaques 1S15 e Eventos Subsequentes Resultados 2T15 Aviso Legal As demonstrações financeiras individuais e consolidadas foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, as quais abrangem a legislação societária, os

Leia mais

4T15 Apresentação de Resultados

4T15 Apresentação de Resultados Apresentação de Resultados 02 de Fevereiro de 2016 Tais declarações têm como base crenças e suposições de nossa Administração tomadas dentro do nosso melhor conhecimento e informações a que a Companhia

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A.

Localiza Rent a Car S.A. Localiza Rent a Car S.A. Apresentação dos resultados do 2T07 (R$ milhões - USGAAP) Agência do aeroporto de Confins - BH 1 A Localiza tem apresentado um crescimento consistente... (R$ milhões, USGAAP) Receita

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 1º Trimestre 2016 Coletiva de Imprensa 12 de Maio de 2016 Avisos Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas

Leia mais

Destaques jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez. Estrutura Societária Simplificada. Otimização da Estrutura de Capital

Destaques jan fev mar abr mai jun jul ago set out nov dez. Estrutura Societária Simplificada. Otimização da Estrutura de Capital Resultados 2013 Aviso Legal As demonstrações financeiras individuais e consolidadas foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, as quais abrangem a legislação societária, os

Leia mais

RESULTADOS DO 1T15 São Paulo, 14 de maio de 2015

RESULTADOS DO 1T15 São Paulo, 14 de maio de 2015 RESULTADOS DO 1T15 São Paulo, 14 de maio de 2015 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de

Leia mais

Resultados do 2T14. São Paulo, 13 de agosto de 2014

Resultados do 2T14. São Paulo, 13 de agosto de 2014 Resultados do 2T14 São Paulo, 13 de agosto de 2014 DISCLAIMER Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T15

Teleconferência de Resultados 2T15 Teleconferência de Resultados 2T15 Destaques Encerramento do 5º ano de fornecimento de cana-de-açúcar, entregando 724 mil toneladas. Área total plantada de 78.044 hectares. Construção de um silo na Bahia,

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T06 e José Carlos Grubisich Carlos Fadigas

Teleconferência de Resultados 4T06 e José Carlos Grubisich Carlos Fadigas Teleconferência de Resultados e 2006 José Carlos Grubisich Carlos Fadigas Ressalva sobre declarações futuras Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos,

Leia mais

Resultados do 2T15 Agosto, 2015

Resultados do 2T15 Agosto, 2015 Resultados do Agosto, 2015 Destaques Operacional Redução de 0,61 p.p. nas perdas totais no vs., totalizando 9,3% FEC de 3,50 vezes, 14,6% menor do que no ; DEC de 9,97 horas, 22,2% maior do que Investimentos

Leia mais

Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica.

Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Resultados 2T12 Aviso Esta apresentação poderá conter certas projeções e tendências que não são resultados financeiros realizados, nem informação histórica. Estas projeções e tendências estão sujeitas

Leia mais

Apresentação de Resultados 3T16

Apresentação de Resultados 3T16 Estação de Tratamento de Esgoto Arrudas Apresentação de Resultados 3T16 11 de Novembro de 2016 AVISO Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de

Leia mais

Apresentação da Companhia

Apresentação da Companhia Apresentação da Companhia Janeiro 2006 www.cyrela.com.br Aviso - Informações e Projeções O material exibido é uma apresentação de informações gerais de antecedentes da Cyrela Brazil Realty S.A. Empreendimentos

Leia mais

Vale ressaltar que os resultados Regulatório (sem IFRS) não são auditados.

Vale ressaltar que os resultados Regulatório (sem IFRS) não são auditados. APIMEC 2013 Aviso Legal As demonstrações financeiras individuais e consolidadas foram elaboradas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, as quais abrangem a legislação societária, os Pronunciamentos,

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP)

Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP) Localiza Rent a Car S.A. Resultados 2T09 e 1S09 (R$ milhões - USGAAP) Julho, 2009 1 Divisão de aluguel de carros Receita líquida (R$ milhões) 197,1 271,3 CAGR: 31,3% 357,2 442,7 585,7 278,6 4,8% 291,9

Leia mais

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T16 UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS

APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO 1T16 UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO UMA COMPANHIA GLOBAL DE ALIMENTOS São Paulo, 12 de Maio de 2016 RESULTADOS CONSOLIDADOS 2 DESTAQUES CONSOLIDADOS DO RECEITA LÍQUIDA (R$ MILHÕES) LUCRO BRUTO (R$ MILHÕES)

Leia mais

COMGÁS No centro do mercado de gás brasileiro

COMGÁS No centro do mercado de gás brasileiro COSAN DAY 2016 NELSON OMES DISCLAIMER Esta apresentação contem estimativas prospectivas futuro. sobre nossa estratégia e oportunidades para o crescimento Essa informação é baseada em nossas expectativas

Leia mais

Resultados 2010 Reunião APIMEC SP. 28 de Abril de 2011

Resultados 2010 Reunião APIMEC SP. 28 de Abril de 2011 Resultados 2010 Reunião APIMEC SP 28 de Abril de 2011 Agenda Perfil Coelce e Conquistas 1 Mercado de Energia 2 Resultados Operacionais 3 Resultados Econômico-Financeiros 4 Perguntas e Respostas 5 2 Agenda

Leia mais

Resultado Consolidado Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso

Resultado Consolidado Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso Resultado Consolidado 2010 Resultados refletem Eficiência Operacional e Estratégia de Sucesso Aviso Legal As demonstrações financeiras individuais e consolidadas foram elaboradas de acordo com as práticas

Leia mais

Resultados 3T de novembro de 2014

Resultados 3T de novembro de 2014 Resultados 3T14 12 de novembro de 2014 Agenda 1. VISÃO GERAL 2. DESTAQUES 3. EXPOSIÇÃO GERAÇÃO 4. ESTRATÉGIA DE CRESCIMENTO 5. INFORMAÇÕES FINANCEIRAS 2 Visão Geral Estrutura de Capital 1 UNIT = 1 ON +

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 4T de fevereiro de 2013

APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 4T de fevereiro de 2013 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 4T12 07 de fevereiro de 2013 AVISO LEGAL A Companhia faz declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais declarações têm como base crenças e

Leia mais

Projeções Financeiras. Arthur Saraiva Sette Câmara Gerente de Planejamento Corporativo e Orçamento

Projeções Financeiras. Arthur Saraiva Sette Câmara Gerente de Planejamento Corporativo e Orçamento Projeções Financeiras Arthur Saraiva Sette Câmara Gerente de Planejamento Corporativo e Orçamento Termo de Renúncia Guidance 2010-2014 Algumas declarações contidas nesta apresentação são projeções contidas

Leia mais

Teleconferência dos Resultados 3T2010 Gerdau S.A. Consolidado IFRS

Teleconferência dos Resultados 3T2010 Gerdau S.A. Consolidado IFRS Teleconferência dos Resultados 3T2010 Gerdau S.A. Consolidado IFRS André Gerdau Johannpeter Diretor-Presidente e CEO Osvaldo B. Schirmer Vice-presidente e Diretor de RI 05 de novembro de 2010 1 Contexto

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA EDP BANDEIRANTE NO PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2011(*)

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA EDP BANDEIRANTE NO PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2011(*) COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA EDP BANDEIRANTE NO PERÍODO DE JANEIRO A SETEMBRO DE 2011(*) (*) São Paulo, 27 de Outubro de 2011 - A EDP Bandeirante apresenta hoje seus resultados financeiros do terceiro trimestre

Leia mais

APIMEC COPASA Divulgação 1T08

APIMEC COPASA Divulgação 1T08 APIMEC COPASA 2008 Highlights 1T08 A Receita Líquida no 1T08 foi de R$ 467 milhões um crescimento de 8,4% em relação ao 1T07. O EBITDA no trimestre atingiu R$ 191 milhões ante R$ 174 milhões no 1T07. Reajuste

Leia mais

Teleconferência de resultados

Teleconferência de resultados Teleconferência de resultados 2 Aviso importante Este material foi preparado pela Linx S.A. ( Linx ou Companhia ) e pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros.

Leia mais

EDP Energias do Brasil

EDP Energias do Brasil EDP Energias do Brasil III BTG Pactual Utilities Day outubro, 2014 0 Disclaimer Esta apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com

Leia mais

Grupo Energisa. Apresentação Institucional Exercício de 2012

Grupo Energisa. Apresentação Institucional Exercício de 2012 Grupo Energisa Apresentação Institucional Exercício de 2012 Grupo Energisa Aspectos Técnicos e Comerciais Aspectos Regulatórios Aspectos Financeiros Estratégia de Crescimento Aumento de Capital Grupo Energisa

Leia mais

2a Emissão Pública de Debêntures Apresentação Roadshow. Março Companhia de Concessões Rodoviárias. Coordenador Líder.

2a Emissão Pública de Debêntures Apresentação Roadshow. Março Companhia de Concessões Rodoviárias. Coordenador Líder. 2a Emissão Pública de Debêntures Apresentação Roadshow Companhia de Concessões Rodoviárias Março 2005 Coordenador Líder Coordenadores Aviso Esta apresentação contém determinadas projeções que não são resultados

Leia mais

APRESENTAÇÃO APIMEC RIO EQUATORIAL ENERGIA

APRESENTAÇÃO APIMEC RIO EQUATORIAL ENERGIA APRESENTAÇÃO APIMEC RIO EQUATORIAL ENERGIA AGENDA Performance Operacional e Financeira Dividendos SOL Energias 3º Ciclo de Revisão Tarifária Anexos 2 DISCLAIMER Forma de Apresentação das Informações Operacionais

Leia mais

Apresentação de Resultados 2T16. Agosto de 2016

Apresentação de Resultados 2T16. Agosto de 2016 Apresentação de Resultados 2T16 Agosto de 2016 Destaques do Trimestre Destaques do trimestre: Conclusão da operação da Primav com o Grupo Gavio em maio; Assinatura do contrato de financiamento de longo

Leia mais

Antonio Sergio de Souza Guetter, CEO Adriano Rudek de Moura, CFO

Antonio Sergio de Souza Guetter, CEO Adriano Rudek de Moura, CFO Antonio Sergio de Souza Guetter, CEO Adriano Rudek de Moura, CFO 11.08.2017 Disclaimer Eventuais declarações que possam ser feitas durante essa teleconferência, relativas às perspectivas de negócios da

Leia mais

APRESENTAÇÃO TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 2T de agosto de 2016

APRESENTAÇÃO TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 2T de agosto de 2016 APRESENTAÇÃO TELECONFERÊNCIA DE RESULTADOS 15 de agosto de 2016 AVISO LEGAL Esta apresentação contém declarações sobre o futuro que estão sujeitas a riscos e incertezas. Estas declarações são baseadas

Leia mais

Plano Diretor Celesc teleconferência com investidores

Plano Diretor Celesc teleconferência com investidores Plano Diretor Celesc 2030 - teleconferência com investidores Florianópolis, 13 de dezembro de 2012 Aviso Importante As informações contidas nesta apresentação poderão incluir declarações que representem

Leia mais

Resultados 4T16 9 de Março de 2017

Resultados 4T16 9 de Março de 2017 Resultados 4T16 9 de Março de 2017 Disclaimer As informações financeiras consolidadas da T4F Entretenimento S/A aqui apresentadas estão de acordo com os critérios do padrão contábil internacional - IFRS,

Leia mais

24 de Julho de 2014 RESULTADOS 2T14 E 1S14

24 de Julho de 2014 RESULTADOS 2T14 E 1S14 24 de Julho de 2014 RESULTADOS E 1S14 Consolidado: Destaques do Receita líquida avança 13,4%, com crescimento mesmas lojas de 9,5%: Crescimento impulsionado pelo desempenho do Alimentar e da Nova Pontocom;

Leia mais

Webconference 2T15. Setembro de 2015

Webconference 2T15. Setembro de 2015 Webconference 2T15 Setembro de 2015 Maior grupo privado do setor elétrico brasileiro em número de clientes: atendemos 13,5% dos consumidores brasileiros DISTRIBUIÇÃO 10,4 milhões de consumidores 3 Distribuidoras

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T14

Teleconferência de Resultados 4T14 Teleconferência de Resultados DESTAQUES A Receita Operacional Líquida (ROL) atingiu R$ 3.452,2 MM em. Forte crescimento das operações Contact Center na América Latina (ex-brasil), que totalizaram uma receita

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T16

Teleconferência de Resultados 2T16 Teleconferência de Resultados 2T16 1 2 Destaques Receita Líquida de R$100,0 milhões no 6M16. Lucro Líquido de R$45,8 milhões no 6M16. EBITDA Ajustado de R$18,3 milhões no 6M16. Fornecimento de 1,0 milhão

Leia mais

Reunião com Analistas, Investidores e Profissionais do Mercado

Reunião com Analistas, Investidores e Profissionais do Mercado Reunião com Analistas, Investidores e Profissionais do Mercado Dezembro 2005 www.cyrela.com.br Time Cyrela Brazil Realty Diretor Financeiro e de RI Luis Largman Diretor de Controle e Planej. Financeiro

Leia mais

1. Distribuição PRÉVIA OPERACIONAL. Resumo Operacional. Mercado

1. Distribuição PRÉVIA OPERACIONAL. Resumo Operacional. Mercado Rio de Janeiro, 19 de julho de 2017 - A Light S.A. (BMF&BOVESPA: LIGT3) divulga informações prévias operacionais dos segmentos de distribuição, geração e comercialização de energia do segundo trimestre

Leia mais

LUBRIFICANTES Estratégia

LUBRIFICANTES Estratégia COSAN DAY 2016 RICARDO MUSSA DISCLAIMER Esta apresentação contem estimativas prospectivas futuro. sobre nossa estratégia e oportunidades para o crescimento Essa informação é baseada em nossas expectativas

Leia mais

Utilities Day BTG Pactual. EDP Energias do Brasil

Utilities Day BTG Pactual. EDP Energias do Brasil Utilities Day BTG Pactual EDP Energias do Brasil O que foi feito para entrada em operação antecipada das UHEs da EDP? Aplicação da metodologia do PMBOK adaptada à realidade da EDP e do projeto, com equipe

Leia mais

Estratégia de Expansão Grupo Neoenergia. 28 junho 2012

Estratégia de Expansão Grupo Neoenergia. 28 junho 2012 Estratégia de Expansão Grupo Neoenergia 28 junho 2012 Disclaimer Esta apresentação foi preparada pela Neoenergia S.A. ("NEOENERGIA"), visando indicar a situação geral e o andamento dos negócios da NEOENERGIA.

Leia mais

Teleconferência de Resultados 3T13

Teleconferência de Resultados 3T13 Teleconferência de Resultados COLARABODORES E POSIÇÕES DE ATENDIMENTO Colaboradores e Posições de atendimento (em Mil) Colaborador por empresa (%, em Mil) 107,1 113,4 109,2 3,4% 1,7% 16,2% 50,6 50,8 49,3

Leia mais

3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy

3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy 3º Trimestre de 2015 Resultados Tupy São Paulo, 13 de novembro de 2015 1 DISCLAIMER Esta Apresentação pode conter declarações prospectivas, as quais estão sujeitas a riscos e incertezas, pois foram baseadas

Leia mais

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS Exercício de de Abril de 2015

DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS Exercício de de Abril de 2015 DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS Exercício de 2014 22 de Abril de 2015 AVISOS Estas apresentações podem conter previsões acerca de eventos futuros. Tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores

Leia mais

Localiza Rent a Car S.A. Divulgação de resultados - 1T06

Localiza Rent a Car S.A. Divulgação de resultados - 1T06 Localiza Rent a Car S.A. Divulgação de resultados - 1T06 0 Plataforma integrada Plataforma integrada 123 agências 20.096 carros 13.116 carros Estratégia de negócios Objetivos Vantagens competitivas Oportunidades

Leia mais

Organograma Societário

Organograma Societário 1 Organograma Societário AES BNDES V: 50,01% P: 0,00% T: 46,15% Brasiliana Energia V: 49,99% P: 100,00% T: 53,84% T: 100% AES Tietê Holdings T: 100% AES Tietê Holdings II T: 100% T: 100% T: 100% AES Tietê

Leia mais

Market Share Indicadores Mar/09 Mar/10 Mar/11 Mar/12 Mar/13 Ativo Total Patrimônio Líquido Depósitos Totais Nº de Agências

Market Share Indicadores Mar/09 Mar/10 Mar/11 Mar/12 Mar/13 Ativo Total Patrimônio Líquido Depósitos Totais Nº de Agências Market Share Indicadores Mar/09 Mar/10 Mar/11 Mar/12 Mar/13 Ativo Total 10º 11º 11º 11º 11º Patrimônio Líquido 12º 11º 12º 11º 11º Depósitos Totais 8º 8º 8º 8º 7º Nº de Agências 7º 7º 7º 7º 7º Fonte: Banco

Leia mais

Apresentação Institucional 1T de maio de 2015

Apresentação Institucional 1T de maio de 2015 Apresentação Institucional 1T15 28 de maio de 2015 Índice. 01.Grupo Energisa 02. Destaques 1T15 03. Aspectos Técnicos e Comerciais 04. Aspectos Financeiro Grupo Energisa Grupo Energisa 4 Grupo Energisa

Leia mais

17 de Maio de 2010 Anhanguera Educacional S.A.

17 de Maio de 2010 Anhanguera Educacional S.A. Resultado 1T10 17 de Maio de 2010 1 1 Aviso Este documento contém declarações futuras, que podem ser identificadas por palavras como espera, pretende, planeja, acredita, procura, estima ou palavras de

Leia mais

Viabilização de Investimentos no Setor Elétrico. ABiNEE TEC Nelson Siffert São Paulo 24 de abril de Foto: Usina Hidrelétrica Barra Grande

Viabilização de Investimentos no Setor Elétrico. ABiNEE TEC Nelson Siffert São Paulo 24 de abril de Foto: Usina Hidrelétrica Barra Grande 1 Viabilização de Investimentos no Setor Elétrico ABiNEE TEC 2007 Foto: Usina Hidrelétrica Barra Grande Nelson Siffert São Paulo 24 de abril de 2007 Agenda BNDES Financiamentos do BNDES - Setor Elétrico

Leia mais

A Energia na Cidade do Futuro

A Energia na Cidade do Futuro Ministério de Minas e Energia A Energia na Cidade do Futuro 2º Workshop Perspectivas da Matriz Elétrica Brasileira I Participação das Fontes Renováveis e Alternativas Campinas, 07 de junho de 2013 José

Leia mais

DESTAQUES DO 2T12. Resumo dos Destaques Operacionais - 2T12. Revisão do Guidance de Produção 2T11 2T12

DESTAQUES DO 2T12. Resumo dos Destaques Operacionais - 2T12. Revisão do Guidance de Produção 2T11 2T12 Resultados DISCLAIMER Eventuais declarações que possam ser feitas durante esta apresentação, relativas às perspectivas de negócios da Companhia, projeções e metas operacionais e financeiras, constituem-se

Leia mais

Crescimento SSS de 8,8%

Crescimento SSS de 8,8% Teleconferência e Webcast de Resultados - 4T15 e 1 EBITDA RECEITA LÍQUIDA Destaques Controladora Consolidado +11,0% 8.738 +11,5% 9.747 16.146 17.926 GMV Crescimento de 15,5% Crescimento SSS de 8,8% Margem

Leia mais

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE. Análise de Resultados. CPFL Energia (Controladora)

COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE. Análise de Resultados. CPFL Energia (Controladora) COMENTÁRIO DE DESEMPENHO DA COMPANHIA NO TRIMESTRE Análise de Resultados CPFL Energia (Controladora) Neste trimestre, o Lucro Líquido foi de R$ 229.334, sendo 20,3% (R$ 58.596) inferior ao mesmo trimestre

Leia mais

Você espera o melhor. A gente faz. Junho / 2015

Você espera o melhor. A gente faz. Junho / 2015 Você espera o melhor. A gente faz. Junho / 2015 SEÇÃO 1 Visão Geral da Companhia História de Empreendedorismo e Crescimento 2014 1993 Fundação com 16 carros 2008 PRIVATE EQUITY maior disciplina financeira

Leia mais

Conference Call de Resultado 1T17

Conference Call de Resultado 1T17 Conference Call de Resultado 1T17 Agenda Destaques do 1T17 Projetos em Andamento Resultados Expectativas e Guidance para 2017 Destaques do 1T17 As Vendas Totais atingiram R$ 2,9 bilhões no 1T17, crescimento

Leia mais

Aviso Importante Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. ( Restoque ou Companhia )

Aviso Importante Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. ( Restoque ou Companhia ) Aviso Importante Restoque Comércio e Confecções de Roupas S.A. ( Restoque ou Companhia ) Esta apresentação pode conter certas declarações e informações prospectivas a respeito da Restoque Comércio e Confecções

Leia mais

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE 2014

DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE 2014 Relações com Investidores DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE 2014 Apresentação: José Rubens de la Rosa CEO José Antonio Valiati CFO & Diretor de Relações com Investidores Thiago Arrué Deiro Gerente Financeiro

Leia mais

4T14 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS

4T14 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 4T14 APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 29 de Janeiro de 2014 AVISO LEGAL A COMPANHIA FAZ DECLARAÇÕES SOBRE EVENTOS FUTUROS QUE ESTÃO SUJEITAS A RISCOS E INCERTEZAS Tais declarações têm como base crenças e suposições

Leia mais

Porto de carvão de Nacala, Moçambique. Performance da Vale no 3T16

Porto de carvão de Nacala, Moçambique. Performance da Vale no 3T16 0 Porto de carvão de Nacala, Moçambique Performance da Vale no Rio de Janeiro, 27 de outubro de 206 Disclaimer Essa apresentação pode incluir declarações que apresentem expectativas da Vale sobre eventos

Leia mais

BTG Pactual V Utilities Day Wilson Ferreira Jr. Presidente da Eletrobras

BTG Pactual V Utilities Day Wilson Ferreira Jr. Presidente da Eletrobras BTG Pactual V Utilities Day Wilson Ferreira Jr. Presidente da Eletrobras Outubro/2016 Disclaimer Esta apresentação pode conter certas estimativas e projeções. Tais estimativas e projeções não são declarações

Leia mais

COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO

COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO Resultados Financeiros e Operacionais 30 de junho de 2015 1 Disclaimer As afirmações contidas neste documento relacionadas a perspectivas sobre os negócios, projeções sobre

Leia mais

Apresentação de Resultados 1T de Abril de 2012

Apresentação de Resultados 1T de Abril de 2012 Apresentação de Resultados 26 de Abril de 2012 DESTAQUES Receita Líquida de R$ 825 milhões: crescimento de 32,6% YoY Receita positivamente impactada pelos novos negócios Novo patamar de receita da Ability:

Leia mais