Configurando opções do servidor de páginas e do servidor ftp.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Configurando opções do servidor de páginas e do servidor ftp."

Transcrição

1 Configurando opções do servidor de páginas e do servidor ftp. Após ter criado um diretório virtual, quer seja de http ou de ftp, você pode configurar uma série de opções para este diretório. As configurações podem ser configuradas para o servidor como um todo, neste caso as configurações serão válidas para todos os diretórios virtuais do servidor. As configurações também pode ser feitas em cada diretório virtual, individualmente. No caso de conflito entre as configurações do servidor e as configurações de um diretório virtual, prevalecem as configurações do nível mais inferior, ou seja, do diretório virtual. Também é possível definir configurações individuais para pastas e subpastas de um diretório virtual, quer seja do servidor de páginas (http), quer seja do servidor de arquivos (ftp). Vamos ver alguns exemplos de configurações do IIS. Exemplo 1: Configurando opções do Default Web Site (Site da Web padrão). Para configurar as opções básicas do Servidor Web Padrão, siga os passos indicados a seguir: 1. Faça o logon como Administrador ou com uma conta com permissões de administrador. 2. Abra o console Gerenciador dos Serviços de informações da Internet (IIS): Iniciar -> Ferramentas administrativas -> Gerenciador dos Serviços de informações da Internet (IIS). 3. Clique no sinal de + ao lado do nome do Computador para exibir as opções disponíveis. Observe que são exibidas as opções Sites da Web e Sites FTP, dentre outras opções disponíveis. 4. Clique no sinal de + ao lado da opção Sites da Web, para exibir os sites disponíveis. Por padrão é possível hospedar mais de um site, com endereços diferentes, em um mesmo servidor IIS. Para maiores detalhes sobre a hospedagem de vários sites em um único servidor, consulte o Capítulo 24 do livro Windows Server 2003 Curso Completo, 1568 páginas, de minha autoria, publicado pela Editora Axcel Books. Observe que é exibida a opção Site da Web padrão. Este é o site criado, automaticamente, durante a instalação do IIS. 5. Clique no sinal de + ao lado de Site da Web padrão. Serão exibidos os diretórios virtuais criados durante a instalação, mais o diretório exemplos, criado no exercício anterior, conforme indicado na Figura 13.13: NOTA: Dependendo dos componentes do IIS que você instalou, outras opções poderão ser exibidas no console Gerenciador dos Serviços de informações da Internet (IIS). Figura Site da Web padrão, criado durante a instalação do IIS. 734

2 Conforme descrito anteriormente podemos definir configurações diretamente no Site da Web padrão, configurações estas que serão válidas para todos os diretórios virtuais do site. Também podemos definir configurações personalizadas em um determinado diretório virtual. Neste caso valerão as permissões definidas ao nível do diretório virtual. Ao definir configuraçõe no Site da Web padrão, se houver diretórios virtuais com configurações diferentes, o IIS abre uma janela perguntando se você deseja aplicar as novas configurações a todos os diretórios virtuais ou deseja manter, nos diretórios virtuais, as configurações já existentes, mesmo que estas sejam diferentes das configurações que estão sendo aplicatas no site principal. 6. Clique com o botão direito do mouse em Site da Web padrão. No menu de opções que é exibido clique em Propriedades. Será exibida a janela de Propriedades, com a guia Site da Web já selecionada, conforme indicado na Figura 13.14: Figura A guia Site da Web. Nesta guia podemos definir diversas configurações. No grupo Identificação do siste da Web, você pode definir as seguintes configurações: Descrição: Neste espaço você pode digitar uma descrição para o site, como por exemplo: Documentos e Manuais. A descrição padrão é Site da Web padrão, a qual é definida durante a instalação do IIS. Endereço IP: Caso você tenha mais de um endereço IP configurado na mesma placa de rede, ou tenha mais de uma placa de rede, é possível definir qual endereço IP será associado com o site. Por padrão Todos os endereços 735

3 IP estão associados com o site padrão. O uso de múltiplos endereços IP em uma mesma placa de rede ou de múltiplas placas de rede, com diferentes endereços IP permite que sejam criados diferentes sites para diferentes grupos de usuários. Porta TCP: Cada serviço no protocolo TCP/IP é configurado para trabalhar em uma porta específica. O protocolo HTTP, por padrão, é configurado para responder na porta 80. Se você definir uma porta diferente da 80, o número da porta deverá ser informado no endereço de acesso. Por exemplo, se você definir a porta 470, o endereço para acesso ao site fica da seguinte maneira: Observe que o número da porta é informado após o endereço, separado deste pelo sinal de dois pontos (:). No grupo Conexões você pode definir as seguintes configurações: Tempo limite de conexão: Define por quanto tempo (em segundos) o IIS tenta atender uma determinada requisição. Quando o tempo limite for atingido, o cliente receberá uma mensagem que o servidor não está respondendo. Ativar Keep-Alive de http: Por padrão, o navegador do cliente faz a solicitação de uma página para o servidor, estabelece uma conexão, recebe o conteúdo e fecha a conexão. Se uma nova requisição for feita logo em seguida, uma nova conexão será estabelecida, o conteúdo fornecido e a conexão será fechada. Este processo de abrir e fechar uma conexão, a cada requisição do cliente, faz com que sejam consumidos recursos de memória e processamento no servidor. Os navegadores atuais permitem que seja mantida a conexão entre o cliente e o servidor e que várias requisições possam ser feitas, dentro da mesma conexão. Esse procedimento é chamado de HTTP Keep-Alives (manter ativada). Keepalive é uma especificação do protocolo HTTP que permite uma melhora considerável no desempenho do servidor. Sem ele, um navegador precisaria fazer numerosas solicitações de conexão para uma página com diversos elementos, como elementos gráficos. Por exemplo, para uma página com 20 figuras seriam necessárias 21 conexões: uma para a página e um para cada uma das figuras. Uma conexão separada precisaria ser feita para cada elemento. Essas solicitações e conexões adicionais requerem atividade e recursos adicionais do servidor, como memória e processador, diminuindo sua eficiência. Elas também tornam um navegador muito mais lento e as páginas menos aptas a responder, especialmente em uma conexão de alta latência (lenta), como por exemplo o acesso discado. Por padrão, o HTTP Keep-Alives fica ativado durante o processo de instalação. É recomendado que você mantenha esta opção sempre ativada. IMPORTANTE: Você deve conhecer o número de porta utilizado pelos principais serviços. http 80, ftp 21, SSL 443, smtp 25, DNS 53, pop3 110, ldap 389. No grupo Ativar logs você pode definir se deve ser mantido ou não um log de acesso aos recursos do IIS. Existem vários formatos diferentes de log. Por padrão é utilizado o formato do arquivo de log estendido do W3C. É recomendado que você mantenha este formato, pois este é um formato padrão que pode ser lido por muitos dos programas geradores de estatísticas de acesso, com base nos logs de acesso. Para personalizar o log de acesso dê um clique no botão Propriedades. Será exbida a janela indicada na Figura

4 Figura Configurando as propriedades do log. Na guia Geral você define de quanto em quanto tempo um novo arquivo de log deve ser gerado: Por hora, diariamente, semanalmente, Mensalmente, Tamanho de arquivo ilimitado (usa sempre o mesmo arquivo) ou Quando o tamanho do arquivo atingir (x MB). A opção a ser escolhida depende das políticas de segurança e do volume de acesso ao site. Por exemplo, para sites muito acessados a opção por hora pode ser a mais indicada. Na guia Propriedades gerais também é possível definir a pasta onde os arquivos de log serão gravados. Por padrão é definida a pasta: C:\WINDOWS\System32\LogFiles, onde C:\ é o drive onde está instalado o Windows Server 2003 e WINDOWS é a pasta onde o Windows Server 2003 foi instalado. Este caminho poderá ser diferente, dependendo do local e do drive onde foi instalado o Windows Server Na guia Avançado, indicada na Figura 13.16, podemos definir informações adicionais a serem gravadas no log, como por exemplo: Nome do usuário, Nome do serviço, Nome do servidor e assim por diante. Figura A guia Propriedades avançadas. 737

5 7. Defina as configurações desejadas e clique em OK. Você estará de volta à guia Site da web, da janela de propriedades do site padrão. 8. A guia Filtros ISAPI é utilizada para a adição ou remoção de Filtros ISAPI, os quais são componentes de Software utilizados para responder a solicitações específicas do usuário. Por exemplo, o processador de páginas ASP é um filtro ISAPI. 9. Dê um clique na guia Pasta base. Esta guia é utilizada para definir qual o diretório padrão do servidor IIS e a qual pasta ele está associado. Por padrão o diretório base está associado a pasta c:\inetpub\wwwroot, conforme indicado na Figura 13.17: Figura A guia Diretório base. Observe que o diretório base não precisa, necessariamente, estar associado com uma pasta localizada no mesmo computador onde o IIS está instalado. Observe que além da opção Um diretório localizado neste computador, temos as opções: Um compartilhamento localizado em outro computador e Um redirecionamento para uma URL. Nesta guia também podemos definir as permissões de acesso ao conteúdo do diretório base que, por padrão, está definido apenas como leitura Ler. Uma opção que deve estar sempre desmarcada é a opção Pesquisa no diretório. Se esta opção estiver marcada e não existir uma página padrão configurada (conforme mostrarei logo a seguir) e o usuário digitar o endereço para o diretório, sem especificar uma página, será exibida uma listagem com todo o conteúdo do diretório, o que pode ser um problema de segurança. Na Figura temos o exemplo da listagem que é exibida quando a opção Pesquisa no diretório está marcada e o diretório é acessado. 738

6 Figura Listagem de todo o conteúdo do diretório. 10. Dê um clique na guia Documentos. Nesta guia você pode definir uma lista de documentos como sendo o conteúdo padrão do diretório. Por exemplo, se você define a página index.asp como sendo a página padrão e o usuário acessa o site, sem especificar um nome de página: - será carregada a página definida como padrão. Para adicionar uma página como padrão clique no botão Adicionar... Para remover uma página da lista utilize o botão Remover. Com os botões de seta para cima e seta para baixo, você pode alterar a ordem dos documentos na lista. É possível ter mais do que uma página definida como padrão, conforme indicado na Figura Neste caso o IIS irá tentar carregar a primeira página da lista, se esta não for encontrada o IIS tenta carregar a segunda e assim por diante. Com a opção Ativar rodapé do documento, é possível configurar o IIS para inserir automaticamente um arquivo em formato HTML na parte inferior de todas as páginas da Web enviadas pelo servidor (não há suporte para a anexação de rodapés às páginas ASP). Por exemplo, o arquivo pode conter instruções de formatação HTML para adicionar uma mensagem de texto simples e um logotipo da empresa em todas as páginas do site. Nota da documentação do IIS: Os rodapés de documentos podem reduzir o desempenho do servidor Web, especialmente se uma página da Web for acessada com freqüência. 11. Na guia Erros personalizados você pode associar páginas com mensagens de erro personalizadas para cada tipo de erro. Por exemplo, o erro mais tradicional é o erro 404, o qual indica que a página solicitada não foi encontrada. Quando este erro ocorre é exibida uma mensagem de erro padrão. Você pode criar uma página HTML mais elaborada e configurar esta página para ser exibida quando o erro 404 ocorrer. A página pode conter um link para o usuário voltar ao site principal e um para que o usuário informe ao Administrador do site sobre o problema ocorrido. A guia Erros personalizados é utilizada para associar páginas HTML personalizadas com um determinado tipo de erro. 739

7 Figura A guia Documentos. 12. Defina as configurações desejadas e clique no botão OK. Se algum dos diretórios virtuais apresentar configurações diferentes das definidas para o site principal, uma janela será exibida, listando os diretórios com configurações diferentes das do site principal. Você pode optar por aplicar as configurações do site principal a um ou mais dos diretórios ou a nenhum deles. Exemplo 2: Para configurar as opções do servidor de arquivos Site FTP padrão, siga os passos indicados a seguir: 1. Faça o logon como Administrador ou com uma conta com permissão de administrador. 2. Abra o console Gerenciador dos Serviços de informações da Internet (IIS): Iniciar -> Ferramentas administrativas -> Gerenciador dos Serviços de informações da Internet (IIS). 3. Clique no sinal de + ao lado do nome do Computador para exibir as opções disponíveis. Observe que são exibidas as opções Sites da Web e Sites FTP. 4. Clique no sinal de + ao lado da opção Sites FTP, para exibir os sites de ftp disponíveis. Por padrão é possível hospedar mais de um site de ftp, com endereços diferentes, em um mesmo servidor IIS. Observe que é exibida a opção Site FTP padrão. Este é o site de ftp criado, automaticamente, durante a instalação do IIS. NOTA: Para uma descrição completa dos diferentes tipos de erros consulte a documentação do IIS. NOTA: Dependendo dos componentes do IIS que você instalou, outras opções poderão ser exibidas no console Internet Services Manager. 740

8 5. Clique no sinal de + ao lado de Site FTP padrão. Observe que por padrão ainda não foi criado nenhum diretório virtual além do diretório root do ftp que por padrão é o seguinte: c:\inetpub\ftproot. 6. Clique com o botão direito do mouse na opção Site FTP padrão e no menu de opções que é exibido dê um clique em Propriedades. Será exibida a janela de propriedades do site FTP padrão com a guia Site FTP selecionada, conforme indicado na Figura 13.20: Figura Janela de propriedades do site FTP padrão. Na guia Site FTP temos opções semelhante às encontradas na guia Site da Web, da janela de propriedades do Site Web padrão. As opções do grupo Identificação são idênticas às descritas no exemplo anterior. Para maiores detalhes consulte o Exemplo 1. A única diferença é a porta na qual é acessado o serviço de FTP que é a porta 21, ao invés da porta 80 usada pelo serviço HTTP. No grupo conexão podemos definir se o site de ftp aceitará um número ilimitado de conexões simultâneas ou se iremos limitar o número de conexões. A configuração padrão é limitar a (cem mil) conexões simultâneas. Você também pode definir um tempo limite para a conexão. Caso não exista uma resposta dentro do tempo limite, a conexão será encerrada e uma mensagem de erro será retornada para o usuário. Na guia Site ftp você também pode configurar as opções para o log do serviço de ftp. Estas configurações são semelhantes as vistas no Exemplo 1 para o site Web padrão. 7. Clique no botão Sessõs atuais... Será exibida uma janela com a lista de usuários conectados e o tempo de conexão de cada usuário, conforme indicado na Figura 13.11: 741

9 Figura Lista de usuários conectados ao site de FTP. Você pode desconectar um determinado usuário. Para isso clique no usuário a ser desconectado e depois clique no botão Desconectar-se. Se você clicar no botão Desconectar todos, todos os usuários serão desconectados e suas sessões serão encerradas. 8. Clique no botão Fechar para fechar a janela Sessões de usuário de FTP. 9. Você estará de volta à janela de propriedades do site FTP padrão. Dê um clique na guia Contas de segurança. Nesta guia você define se serão permitidas ou não Conexões anônimas e qual a conta será utilizada para conexões anônimas. Ao instalar o IIS é criada, automaticamente, uma conta com o nome IUSR_Nome_do_computador. Por exemplo, em um servidor com o nome SRV-WIN2003, será criada a conta IUSR_SRV-WIN2003. Durante a instalação do IIS esta conta é criada e configurada para ser utilizada como conta de acesso anônimo. Com o acesso anônimo, os usuários podem acessar o site de FTP sem ter que especificar um nome de usuário e uma senha. Esta configuração é ideal quando você quer criar um site de FTP para acesso público ou para acesso interno para os usuários da sua rede. Com o acesso anônimo os usuários não precisam fazer um logon para ter acesso aos arquivos que estão disponíveis no servidor de ftp. Isto facilita e simplifica o acesso. As opções desta guia estão indicadas na Figura 13.22: Figura A guia Contas de segurança. 742

10 10. Clique na guia Mensagens. Nesta guia você pode definir mensagens que serão enviadas para o usuário quando um dos seguintes eventos ocorre: Boas vindas quando o usuário conecta-se com o servidor; Saída - quando o usuário encerra a conexão e Nº máximo de conexões quando o usuário tenta conectar-se mas o número máximo de conexões já foi atingido. Também está disponível a opção Faixa. Neste campo você define uma mensagem que será exibida antes da conexão ser estabelecida. Defina as mensagens desejadas. 11. Dê um clique na guia Pasta base. Nesta guia você define qual o diretório padrão do servidor de ftp, que por padrão é c:\inetpub\ftproot. Você também define se o diretório padrão está associado com uma pasta no computador local ou com uma pasta compartilhada em outro computador. É possível definir permissões de acesso de Leitura, Gravação e se um log deve ser gravado com informações sobre o acesso ao diretório. 12. Defina as opções desejadas e clique em OK para aplica-las. 13. Você estará de volta ao console de gerenciamento do IIS. Feche-o. Com isso aprendemos a configurar as principais opções do site Web padrão e do site FTP padrão. Caso você crie sites adicionais, as configurações serão as mesmas. Quando tenho mais de um site (http ou ftp) as configurações são mantidas, separadamente, para cada site. O IIS utiliza, além do registro do Windows Server 2003, uma base de configurações conhecida como Metabase. Para maiores informações sobre a Metabase consulte a documentação do IIS. Questões e configurações de segurança com o IIS. Neste tópico mostrarei algumas questões relacionadas com a segurança no acesso às informações disponibilizadas pelo IIS. Vamos iniciar falando sobre os tipos de autenticação existentes. Porque devo me preocupar com segurança? Quando se fala de Internet nos dias de hoje, o assunto mais tratado, sem nenhuma dúvida, é sobre Segurança, principalmente devido aos inúmeros vírus difundidos nos últimos meses: I Love You, Nimda, Sircam, Klez, MSBlast, NetSky e tantas outras pragas que provocaram estragos e prejuízos mundo a fora. Muitos relatos, alguns verdadeiros e outros mais fantasiosos, sobre invasões mirabolantes, roubo de número de cartões de créditos, acesso a informações sigilosas de órgãos governamentais e assim por diante. Não podemos negar que o problema de segurança existe e é crítico, principalmente hoje em que o Comércio Eletrônico é, mais do que uma realidade, uma necessidade e um diferencial competitivo para as empresas. O diferencial competitivo não é entrar ou não no mundo do Comércio Eletrônico, o diferencial é criar serviços agregados ao comércio eletrônico, capazes de gerar diferenciais que atraem o cliente. Assuntos como fidelização do cliente, melhorias nos sistemas de CRM Customer Relationship Management (Gerenciamento das Relações com o Cliente), B2B Bussines to Bussines, B2C Bussines to Consumer e outros, estão em evidência. Porém sistemas de Comércio Eletrônico, CRM e assemelhados, exigem acesso a um conjunto de dados estratégicos da empresa. Uma vez que estes sistemas estão acessíveis através da Internet, os dados empresariais precisam estar protegidos. Neste ponto é que a questão segurança é de fundamental importância. O ponto de acesso a estes dados é através de aplicações Web, hospedadas em um servidor Web. Por isso a importância de conhecer os mecanismos de segurança do IIS e a integração destes com o Sistema Operacional e com o sistema de banco de dados utilizado. Existem os mais variados tipos de ataques pela Internet. Um engano comum é pensar que único tipo ataque capaz de causar prejuízos é aquele que rouba ou destrói dados. No caso de um site de comércio eletrônico, qualquer ataque que torne o site indisponível por um determinado período de tempo, causa prejuízos incalculáveis, pois além das compras 743

Servidor IIS. Sorayachristiane.blogspot.com

Servidor IIS. Sorayachristiane.blogspot.com Servidor IIS Servidor IIS IIS Serviço de informação de Internet; É um servidor que permite hospedar um ou vários sites web no mesmo computador e cria uma distribuição de arquivos utilizando o protocolo

Leia mais

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO Antes de criarmos um novo Banco de Dados quero fazer um pequeno parênteses sobre segurança. Você deve ter notado que sempre

Leia mais

Configurando o IIS no Server 2003

Configurando o IIS no Server 2003 2003 Ser ver Enterprise Objetivo Ao término, você será capaz de: 1. Instalar e configurar um site usando o IIS 6.0 Configurando o IIS no Server 2003 Instalando e configurando o IIS 6.0 O IIS 6 é o aplicativo

Leia mais

3. No painel da direita, dê um clique com o botão direito do mouse em qualquer espaço livre (área em branco).

3. No painel da direita, dê um clique com o botão direito do mouse em qualquer espaço livre (área em branco). Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 2 Criando e compartilhando uma pasta - Prática Autor: Júlio Battisti - Site: www.juliobattisti.com.br Neste tópico vamos criar e compartilhar uma pasta chamada

Leia mais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais

Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Laboratório de Redes de Computadores e Sistemas Operacionais Serviços de Servidor TCP/IP Fabricio Breve Internet Information Services (IIS) Conjunto de serviços baseados em TCP/IP executados em um mesmo

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES Agendar uma tarefa Você deve estar com logon de administrador para executar essas etapas. Se não tiver efetuado logon como administrador, você só poderá alterar as configurações

Leia mais

Manual de migração do e-mail Live@edu. Versão <01.00> Associacao Paranaense de Cultura

Manual de migração do e-mail Live@edu. Versão <01.00> Associacao Paranaense de Cultura Manual de migração do e-mail Live@edu Versão Associacao Paranaense de Cultura Histórico da Revisão 03/09/2010 01.00 Versão piloto Carlos Costa Cedro Confidencial Associacao Paranaense de Cultura,

Leia mais

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT WINDOWS SHAREPOINT SERVICES 2.0

INSTALAÇÃO DO MICROSOFT WINDOWS SHAREPOINT SERVICES 2.0 CAPÍTULO 18 INSTALANDO E CONFIGURANDO O MICROSOFT OFFICE PROJECT SERVER 2003 INSTALAÇÃO DO MICROSOFT WINDOWS SHAREPOINT SERVICES 2.0 Antes de começar a instalação do Microsoft Office Project Server 2003

Leia mais

Administração do Windows Server 2003

Administração do Windows Server 2003 Administração do Windows Server 2003 Visão geral O Centro de Ajuda e Suporte do Windows 2003 Tarefas do administrador Ferramentas administrativas Centro de Ajuda e Suporte do 2003 Usando o recurso de pesquisa

Leia mais

Instalando o Internet Information Services no Windows XP

Instalando o Internet Information Services no Windows XP Internet Information Services - IIS Se você migrou recentemente do Windows 95 ou 98 para o novo sitema operacional da Microsoft Windows XP, e utilizava antes o Personal Web Server, deve ter notado que

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL Documento: Tutorial Autor: Iuri Sonego Cardoso Data: 27/05/2005 E-mail: iuri@scripthome.cjb.net Home Page: http://www.scripthome.cjb.net ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

Leia mais

2 de maio de 2014. Remote Scan

2 de maio de 2014. Remote Scan 2 de maio de 2014 Remote Scan 2014 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. Conteúdo 3 Conteúdo...5 Acesso ao...5

Leia mais

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon

MDaemon GroupWare. Versão 1 Manual do Usuário. plugin para o Microsoft Outlook. Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon MDaemon GroupWare plugin para o Microsoft Outlook Trabalhe em Equipe Usando o Outlook e o MDaemon Versão 1 Manual do Usuário MDaemon GroupWare Plugin for Microsoft Outlook Conteúdo 2003 Alt-N Technologies.

Leia mais

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1

Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Guia de uso do Correio Eletrônico Versão 1.1 Índice Introdução ao Serviço de E-mail O que é um servidor de E-mail 3 Porque estamos migrando nosso serviço de correio eletrônico? 3 Vantagens de utilização

Leia mais

Na tela dele, clique no sinal de + ao lado do nome do seu computador, para expandi-lo. A seguir, expanda também o item "Sites da web".

Na tela dele, clique no sinal de + ao lado do nome do seu computador, para expandi-lo. A seguir, expanda também o item Sites da web. Servidor WEB Desenvolvedores de sites que querem aprender ou testar ASP, ou mesmo profissionais que precisam desenvolver páginas ASP ou ASP.Net, não precisam necessariamente ter um servidor na web com

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software O Animail é um software para criar campanhas de envio de email (email Marketing). Você pode criar diversas campanhas para públicos diferenciados. Tela Principal do sistema Para melhor apresentar o sistema,

Leia mais

MANUAL COMPLEMENTAR PARA INSTALAÇÃO DOS SISTEMAS SIM E SINASC EM AMBIENTES COM WINDOWS 7 (32 BITS)

MANUAL COMPLEMENTAR PARA INSTALAÇÃO DOS SISTEMAS SIM E SINASC EM AMBIENTES COM WINDOWS 7 (32 BITS) MANUAL COMPLEMENTAR PARA INSTALAÇÃO DOS SISTEMAS SIM E SINASC EM AMBIENTES COM WINDOWS 7 (32 BITS) Introduçã o Este documento tem como objetivo auxiliar o processo de instalação da versão Local dos Sistemas

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

Leia-me do Licenciamento em Rede

Leia-me do Licenciamento em Rede Leia-me do Licenciamento em Rede Trimble Navigation Limited Divisão de Engenharia e da Construção 935 Stewart Drive Sunnyvale, California 94085 EUA Fone: +1-408-481-8000 Ligação gratuita (nos EUA): +1-800-874-6253

Leia mais

Configuração do cliente de e-mail Windows Live Mail para usuários DAC

Configuração do cliente de e-mail Windows Live Mail para usuários DAC Configuração do cliente de e-mail Windows Live Mail para usuários DAC A. Configurando a autoridade certificadora ICPEdu no Windows Live Mail Os certificados utilizados nos serviços de e-mail pop, imap

Leia mais

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Mozilla Thunderbird O Mozilla Thunderbird é um software livre feito para facilitar a leitura, o envio e o gerenciamento de e-mails. Índice Configurando o Mozilla

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração para Revendedores e Assinantes Virtual Server.

Manual de Instalação e Configuração para Revendedores e Assinantes Virtual Server. Manual de Instalação e Configuração para Revendedores e Assinantes Virtual Server. Parte I Cadastrando Sites no painel de controle Parte II Criando E-mail Parte III Configurando o Outlook do Cliente Última

Leia mais

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424

Digitalização. Copiadora e Impressora WorkCentre C2424 Digitalização Este capítulo inclui: Digitalização básica na página 4-2 Instalando o driver de digitalização na página 4-4 Ajustando as opções de digitalização na página 4-5 Recuperando imagens na página

Leia mais

Manual de instalação

Manual de instalação Conteúdo Declaração de Propriedade Intelectual 3 Contato 3 A quem se destina 3 FAC - Perguntas mais frequentes 3 Antes de começar a instalação Netcontroll 4 Instale o.net Framework 4.5.1 (Verificar a versão

Leia mais

GUIA DE PROCEDIMENTOS PARA ACESSO VIA FTP

GUIA DE PROCEDIMENTOS PARA ACESSO VIA FTP INFORMÁTICA mai/11 Pág. I.1 ACESSO VIA FTP GUIA DE PROCEDIMENTOS PARA ACESSO VIA FTP INFORMÁTICA mai/11 Pág. I.2 ÍNDICE I INTRODUÇÃO... I.3 II III ACESSO PELO WINDOWS EXPLORER... II.1 ACESSO PELO NAVEGADOR

Leia mais

Guia de conexão na rede wireless

Guia de conexão na rede wireless 1 Guia de conexão na rede wireless Este documento tem por objetivo orientar novos usuários, não ambientados aos procedimentos necessários, a realizar uma conexão na rede wireless UFBA. A seguir, será descrito

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

Servidor IIS. Sorayachristiane.blogspot.com

Servidor IIS. Sorayachristiane.blogspot.com Servidor IIS Servidor IIS IIS Serviço de informação de Internet; É um servidor que permite hospedar um ou vários sites web no mesmo computador e cria uma distribuição de arquivos utilizando o protocolo

Leia mais

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20 Guia de utilização Índice Introdução... 3 O que é o sistema BlueTalk... 3 Quem vai utilizar?... 3 A utilização do BlueTalk pelo estagiário do Programa Acessa Escola... 5 A arquitetura do sistema BlueTalk...

Leia mais

Principais Característic

Principais Característic Principais Característic Características as Software para agendamento e controle de consultas e cadastros de pacientes. Oferece ainda, geração de etiquetas, modelos de correspondência e de cartões. Quando

Leia mais

Laboratório - Exploração do FTP

Laboratório - Exploração do FTP Objetivos Parte 1: Usar o FTP em um prompt de comando Parte 2: Baixar um arquivo FTP usando WS_FTP LE Parte 3: Usar o FTP em um navegador Histórico/cenário O File Transfer Protocol (FTP) faz parte do conjunto

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 1

Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 1 Permissões de compartilhamento e NTFS - Parte 1 Autor: Júlio Battisti - Site: www.juliobattisti.com.br Segurança, sem dúvidas, é um dos temas mais debatidos hoje, no mundo da informática. Nesse tutorial

Leia mais

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede

Usar Atalhos para a Rede. Logar na Rede GUIA DO USUÁRIO: NOVELL CLIENT PARA WINDOWS* 95* E WINDOWS NT* Usar Atalhos para a Rede USAR O ÍCONE DA NOVELL NA BANDEJA DE SISTEMA Você pode acessar vários recursos do software Novell Client clicando

Leia mais

Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC

Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC A. Configurando a autoridade certificadora ICPEdu no Outlook Os certificados utilizados nos serviços de e-mail pop, imap e smtp da DAC foram

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES Professor Carlos Muniz Atualizar um driver de hardware que não está funcionando adequadamente Caso tenha um dispositivo de hardware que não esteja funcionando corretamente

Leia mais

Tutorial de TCP/IP Parte 25 Criando Zonas Reversas

Tutorial de TCP/IP Parte 25 Criando Zonas Reversas Tutorial de TCP/IP Parte 25 Criando Zonas Reversas Introdução Prezados leitores, esta é a quinta parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo que eu classifiquei

Leia mais

Neste tutorial apresentarei o serviço DFS Distributed File System. Veremos quais as vantagens

Neste tutorial apresentarei o serviço DFS Distributed File System. Veremos quais as vantagens Neste tutorial apresentarei o serviço DFS Distributed File System. Veremos quais as vantagens em utilizar este serviço para facilitar a administração de pastas compartilhadas em uma rede de computadores.

Leia mais

Tutorial TCP/IP DHCP Configurando e Administrando Escopos

Tutorial TCP/IP DHCP Configurando e Administrando Escopos Prezados leitores, esta é a décima oitava parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo que eu classifiquei como Introdução ao TCP/IP. O objetivo do primeiro

Leia mais

Configuração de Digitalizar para E-mail

Configuração de Digitalizar para E-mail Guia de Configuração de Funções de Digitalização de Rede Rápida XE3024PT0-2 Este guia inclui instruções para: Configuração de Digitalizar para E-mail na página 1 Configuração de Digitalizar para caixa

Leia mais

Preparando o Ambiente e Instalando o System Center Configuration Manager 2012 R2

Preparando o Ambiente e Instalando o System Center Configuration Manager 2012 R2 Preparando o Ambiente e Instalando o System Center Configuration Manager 2012 R2 Artigo escrito por Walter Teixeira wteixeira.wordpress.com Sumário Cenário Proposto... 3 Preparação do Servidor SQL Server

Leia mais

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 FileMaker Pro 14 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 2007-2015 FileMaker, Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Guia de instalação Command WorkStation 5.5 com o Fiery Extended Applications 4.1

Guia de instalação Command WorkStation 5.5 com o Fiery Extended Applications 4.1 Guia de instalação Command WorkStation 5.5 com o Fiery Extended Applications 4.1 Sobre o Fiery Extended Applications O Fiery Extended Applications (FEA) 4.1 é um pacote dos seguintes aplicativos para uso

Leia mais

Follow-Up Acompanhamento Eletrônico de Processos (versão 3.0) Manual do Sistema. 1. Como acessar o sistema Requisitos mínimos e compatibilidade

Follow-Up Acompanhamento Eletrônico de Processos (versão 3.0) Manual do Sistema. 1. Como acessar o sistema Requisitos mínimos e compatibilidade do Sistema Índice Página 1. Como acessar o sistema 1.1 Requisitos mínimos e compatibilidade 03 2. Como configurar o Sistema 2.1 Painel de Controle 2.2 Informando o nome da Comissária 2.3 Escolhendo a Cor

Leia mais

Certificado Servidor Web Importação por Microsoft IIS

Certificado Servidor Web Importação por Microsoft IIS Certificado Servidor Web Importação por Microsoft IIS Proibida a reprodução total ou parcial. Todos os direitos reservados 1 Sumário Introdução... 3 Importação do Certificado Digital... 3 Proibida a reprodução

Leia mais

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8

Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Instruções de instalação e remoção para os drivers de impressora PostScript e PCL do Windows Versão 8 Este arquivo ReadMe contém as instruções para a instalação dos drivers de impressora PostScript e PCL

Leia mais

INSTRUÇÕESPARA INSTALAÇÃO COMPLETA CLIENTE ORACLE E SISTEMA PERGAMUM

INSTRUÇÕESPARA INSTALAÇÃO COMPLETA CLIENTE ORACLE E SISTEMA PERGAMUM INSTRUÇÕESPARA INSTALAÇÃO COMPLETA CLIENTE ORACLE E SISTEMA PERGAMUM Estas instruções devem ser utilizadas para os micros que foram formatados ou nunca tiveram a versão do sistema Pergamum instalada antes.

Leia mais

MANUAL COMPLEMENTAR PARA INSTALAÇÃO DOS SISTEMAS SIM E SINASC EM AMBIENTES COM WINDOWS

MANUAL COMPLEMENTAR PARA INSTALAÇÃO DOS SISTEMAS SIM E SINASC EM AMBIENTES COM WINDOWS MANUAL COMPLEMENTAR PARA INSTALAÇÃO DOS SISTEMAS SIM E SINASC EM AMBIENTES COM WINDOWS Introduçã o Este documento tem como objetivo auxiliar o processo de instalação da versão Local dos Sistemas SIM e

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Roteiro para configuração de conta de e-mail do CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO VICENTE DO SUL dos seguintes domínios:

Roteiro para configuração de conta de e-mail do CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO VICENTE DO SUL dos seguintes domínios: TUTORIAL DE CONFIGURAÇÃO DE CONTAS DE EMAIL DO CEFETSVS Roteiro para configuração de conta de e-mail do CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SÃO VICENTE DO SUL dos seguintes domínios: CEFET-SVS (Sede)

Leia mais

Manual Instalação Pedido Eletrônico

Manual Instalação Pedido Eletrônico Manual Instalação Pedido Eletrônico 1 Cliente que não utiliza o Boomerang, mas possui um sistema compatível. 1.1 Instalação do Boomerang Inserir o CD no drive do computador, clicar no botão INICIAR e em

Leia mais

Instalando, configurando e utilizando a Área de trabalho remota via Web

Instalando, configurando e utilizando a Área de trabalho remota via Web Página 1 de 14 Mapa do Site Brasil Home Worldwide Procurar no Microsoft.com por: Ir Home TechNet USA MS Brasil Desenvolvedores Sharepedia TopIT Fale Conosco Meu TechNet Pesquisa rápida TechNet Boletins

Leia mais

Manual do Painel Administrativo

Manual do Painel Administrativo Manual do Painel Administrativo versão 1.0 Autores César A Miggiolaro Marcos J Lazarin Índice Índice... 2 Figuras... 3 Inicio... 5 Funcionalidades... 7 Analytics... 9 Cidades... 9 Conteúdo... 10 Referência...

Leia mais

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER

LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER LICENCIAMENTO V14 USANDO REPRISE LICENSE MANAGER V14 de BricsCAD vem com um novo sistema de licenciamento, com base na tecnologia de licenciamento de Reprise Software. Este novo sistema oferece um ambiente

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Compartilhamento de Arquivos no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução...

Leia mais

e-mails editores de e-mails Como configurar contas de nos principais Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails

e-mails editores de e-mails Como configurar contas de nos principais Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails Podemos acessar nossos e-mails pelo webmail, que é um endereço na internet. Os domínios que hospedam com a W3alpha, acessam os e-mails

Leia mais

1 Sumário... 2. 2 O Easy Chat... 3. 3 Conceitos... 3. 3.1 Perfil... 3. 3.2 Categoria... 3. 4 Instalação... 5. 5 O Aplicativo... 7 5.1 HTML...

1 Sumário... 2. 2 O Easy Chat... 3. 3 Conceitos... 3. 3.1 Perfil... 3. 3.2 Categoria... 3. 4 Instalação... 5. 5 O Aplicativo... 7 5.1 HTML... 1 Sumário 1 Sumário... 2 2 O Easy Chat... 3 3 Conceitos... 3 3.1 Perfil... 3 3.2 Categoria... 3 3.3 Ícone Específico... 4 3.4 Janela Específica... 4 3.5 Ícone Geral... 4 3.6 Janela Geral... 4 4 Instalação...

Leia mais

Capítulo 1: Introdução...3

Capítulo 1: Introdução...3 F-Secure Anti-Virus for Mac 2014 Conteúdo 2 Conteúdo Capítulo 1: Introdução...3 1.1 O que fazer após a instalação...4 1.1.1 Gerenciar assinatura...4 1.1.2 Abrir o produto...4 1.2 Como me certificar de

Leia mais

BEM VINDO (A) À ACTVS SOFTWARE E APOIO A GESTÃO

BEM VINDO (A) À ACTVS SOFTWARE E APOIO A GESTÃO 1 BEM VINDO (A) À ACTVS SOFTWARE E APOIO A GESTÃO Este guia foi desenvolvido com a finalidade de explicar de forma simples e dinâmica os procedimentos básicos de utilização de nossa rede e seus recursos.

Leia mais

O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de recomendação).

O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de recomendação). Módulo Nota Fiscal Eletrônica Sispetro Roteiro de Instalação Módulo Autenticador NFE Pré-Requisitos O sistema operacional recomendado deve ser o Windows 2003, Windows 2000 ou Windows XP (nessa ordem de

Leia mais

FileMaker Pro 13. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13

FileMaker Pro 13. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13 FileMaker Pro 13 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13 2007-2013 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Para criar um grupo doméstico e compartilhar arquivos é necessário que tenhamos pelo menos dois computadores ligados entre si (em

Leia mais

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Manual do Suporte LZT LZT Soluções em Informática Sumário VPN...3 O que é VPN...3 Configurando a VPN...3 Conectando a VPN... 14 Possíveis erros...16 Desconectando

Leia mais

Cotação Eletrônica. 1º Passo: Configure o e-mail em que será utilizado para envio das. cotações.

Cotação Eletrônica. 1º Passo: Configure o e-mail em que será utilizado para envio das. cotações. Cotação Eletrônica 1º Passo: Configure o e-mail em que será utilizado para envio das cotações. Na tela Configurações do Sistema do módulo Retaguarda selecione a opção MOURAMAIL na configuração Modo de

Leia mais

Licenciamento por volume da Adobe

Licenciamento por volume da Adobe Licenciamento por volume da Adobe Admin Console para clientes do VIP Guia do usuário do Value Incentive Plan (VIP) Versão 2.5 November 21, 2013 Sumário O que é o Admin Console para clientes do VIP?...

Leia mais

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes 1. É possível excluir um processo que já foi enviado? Só será possível excluir o processo se o mesmo ainda não tiver sido recebido.

Leia mais

MANUAL DO PVP SUMÁRIO

MANUAL DO PVP SUMÁRIO Manual PVP - Professores SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 6 2 ACESSANDO O PVP... 8 3 TELA PRINCIPAL... 10 3.1 USUÁRIO... 10 3.2 INICIAL/PARAR... 10 3.3 RELATÓRIO... 10 3.4 INSTITUIÇÕES... 11 3.5 CONFIGURAR... 11

Leia mais

4.0 SP2 (4.0.2.0) maio 2015 708P90911. Xerox FreeFlow Core Guia de Instalação: Windows 8.1 Update

4.0 SP2 (4.0.2.0) maio 2015 708P90911. Xerox FreeFlow Core Guia de Instalação: Windows 8.1 Update 4.0 SP2 (4.0.2.0) maio 2015 708P90911 2015 Xerox Corporation. Todos os direitos reservados. Xerox, Xerox com a marca figurativa e FreeFlow são marcas da Xerox Corporation nos Estados Unidos e/ou em outros

Leia mais

O sistema está pedindo que eu faça meu login novamente e diz que minha sessão expirou. O que isso significa?

O sistema está pedindo que eu faça meu login novamente e diz que minha sessão expirou. O que isso significa? Que tipo de navegadores são suportados? Preciso permitir 'cookies' O que são 'cookies' da sessão? O sistema está pedindo que eu faça meu login novamente e diz que minha sessão expirou. O que isso significa?

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Em um computador baseado no Windows, você pode compartilhar arquivos entre usuários remotos (outro computador). Os usuários remotos se conectam

Leia mais

Manual do Usuário Solução para Integração B2B Siagri x Conecta BASF Thiago Borges de Oliveira thiago.oliveira@siagri.com.br

Manual do Usuário Solução para Integração B2B Siagri x Conecta BASF Thiago Borges de Oliveira thiago.oliveira@siagri.com.br Manual do Usuário Solução para Integração B2B Siagri x Conecta BASF Thiago Borges de Oliveira thiago.oliveira@siagri.com.br AGOSTO/2009 Sumário 1 Introdução 2 2 Configurando o exportador 2 3 Informando

Leia mais

GUIA CONFIGURAÇÃO DE AMBIENTE PARA OS SISTEMAS

GUIA CONFIGURAÇÃO DE AMBIENTE PARA OS SISTEMAS GUIA CONFIGURAÇÃO DE AMBIENTE PARA OS SISTEMAS ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo...3 2. Liberação do Registro do Windows...3 3. Como Liberar as Chaves do Registro do Windows...3 4. Firewall do Windows...7

Leia mais

Configuração do email da UFS no Outlook Express

Configuração do email da UFS no Outlook Express Universidade Federal de Sergipe Centro de Processamento de Dados Coordenação de Redes de Computadores Configuração do email da UFS no Outlook Express Conteúdo Pág Configuração Básica... 01 Teste da Configuração

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

Auditando o Acesso ao Sistema de Arquivos no Windows 2008 Server R2

Auditando o Acesso ao Sistema de Arquivos no Windows 2008 Server R2 Auditando o Acesso ao Sistema de Arquivos no Windows 2008 Server R2 Primeiramente vamos falar um pouco sobre a Auditoria do Windows 2008 e o que temos de novidades com relação aos Logs. Como parte de sua

Leia mais

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting Omega Tecnologia Manual Omega Hosting 1 2 Índice Sobre o Omega Hosting... 3 1 Primeiro Acesso... 4 2 Tela Inicial...5 2.1 Área de menu... 5 2.2 Área de navegação... 7 3 Itens do painel de Controle... 8

Leia mais

COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO.

COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO. COMPARTILHAMENTO DO DISCO E PERMISSÕES DE REDE PÚBLICAS E DE GRUPOS DE TRABALHO. 1. Compartilhar a máquina servidor clicando com o botão direito do mouse em disco local e no menu de contexto não pção Propriedades.

Leia mais

Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas

Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas Introdução: Tutorial de TCP/IP Parte 21 Roteiro Para Resolução de Problemas Prezados leitores, esta é a primeira parte, desta segunda etapa dos tutoriais de TCP/IP. As partes de 01 a 20, constituem o módulo

Leia mais

GUIA ENVIO DE EXTRATO POR E-MAIL

GUIA ENVIO DE EXTRATO POR E-MAIL GUIA ENVIO DE EXTRATO POR E-MAIL ÍNDICE ITEM Página 1. Objetivo...3 2. Requisitos...3 3. Configurações...3 Página 2 de 11 1. Objetivo Este guia tem como objetivo orientar sobre como realizar a configuração

Leia mais

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez

1- Requisitos mínimos. 2- Instalando o Acesso Full. 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez Manual Conteúdo 1- Requisitos mínimos... 2 2- Instalando o Acesso Full... 2 3- Iniciando o Acesso Full pela primeira vez... 2 4- Conhecendo a barra de navegação padrão do Acesso Full... 3 5- Cadastrando

Leia mais

Guia de Inicialização para o Windows

Guia de Inicialização para o Windows Intralinks VIA Versão 2.0 Guia de Inicialização para o Windows Suporte 24/7/365 da Intralinks EUA: +1 212 543 7800 Reino Unido: +44 (0) 20 7623 8500 Consulte a página de logon da Intralinks para obter

Leia mais

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS

MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS MANUAL DE NAVEGAÇÃO DO MILLENNIUM BUSINESS 1 Conteúdo Apresentação... 3 1 Página Principal do Sistema... 4 2 Telas de busca... 8 3 Teclas de Navegação... 11 4 Tela de Menu de Relatório... 12 5 Telas de

Leia mais

Manual da Turma Virtual: MATERIAIS. Para acessar a turma virtual com o perfil Docente, siga o caminho indicado abaixo:

Manual da Turma Virtual: MATERIAIS. Para acessar a turma virtual com o perfil Docente, siga o caminho indicado abaixo: Manual da Turma Virtual: MATERIAIS Para acessar a turma virtual com o perfil Docente, siga o caminho indicado abaixo: MENU TURMA VIRTUAL MENU MATERIAIS CONTEÚDO/PÁGINA WEB Esta operação possibilita que

Leia mais

ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA CONFIGURAR UMA CONEXÃO VPN COM A BEMATECH

ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA CONFIGURAR UMA CONEXÃO VPN COM A BEMATECH ANEXO TÉCNICO PROCEDIMENTOS PARA CONFIGURAR UMA CONEXÃO VPN COM A BEMATECH Introdução Procedimentos para configurar uma conexão VPN com a Bematech, para possibilitar Acesso Remoto para Suporte do ambiente

Leia mais

MANUAL DE FTP. Instalando, Configurando e Utilizando FTP

MANUAL DE FTP. Instalando, Configurando e Utilizando FTP MANUAL DE FTP Instalando, Configurando e Utilizando FTP Este manual destina-se auxiliar os clientes e fornecedores da Log&Print na instalação, configuração e utilização de FTP O que é FTP? E o que é um

Leia mais

GUIA DE INSTALAÇÃO TOOLBOX.

GUIA DE INSTALAÇÃO TOOLBOX. GUIA DE INSTALAÇÃO TOOLBOX. Como instalar a ferramenta Naviextras Toolbox? Antes de baixar o instalador da página de Downloads, por favor, verifique se seu computador se encaixa nos requisitos mínimos

Leia mais

Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 INSTALAÇÃO DO SERVIÇOS DE DOMÍNIO DO ACTIVE DIRECTORY (AD DS)

Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 INSTALAÇÃO DO SERVIÇOS DE DOMÍNIO DO ACTIVE DIRECTORY (AD DS) Instalação e Configuração do AD DS no Windows Server 2012 R2 Sumário... 2 Criando as Unidades Organizacionais... 16 Criando Grupos... 17 Criação de Usuários.... 20 Habilitando a Lixeira do AD DS.... 24

Leia mais

Manual de Instalação da leitora de SmartCard Teo by Xiring

Manual de Instalação da leitora de SmartCard Teo by Xiring Manual de Instalação da leitora de SmartCard Teo by Xiring Versão especial p/ Banrisul e Infoestrutura 14 / Maio / 2008. Conteúdo: 1. Windows Vista 2. Windows XP, 2000 e 2003-Server 3. Windows 98 4. Windows

Leia mais

Conteúdo Store manager... 2

Conteúdo Store manager... 2 Conteúdo Store manager... 2 Instalação StoreManager... 4 Servidor... 4 Estação... 4 Configurações necessárias para acessar o sistema... 4 Servidor... 4 Estações... 5 Configuração dos Importadores... 8

Leia mais

MANUAL DO INSTAR-MAIL 1.0. Pagina de login e senha do Instar-Mail

MANUAL DO INSTAR-MAIL 1.0. Pagina de login e senha do Instar-Mail 1º Passo: Acesse o seguinte endereço http://www.smtp.com.br/sg/cliente/logar.php MANUAL DO INSTAR-MAIL 1.0 2º Passo: Será apresentada uma tela solicitando o seu login e senha: Sendo assim: Digite o seu

Leia mais

Manual do Usúario Backup Online. Manual do Usuário. Backup Online. Versão 1.0.2. Copyright GVT 2014. https://backuponlinegvt.com.

Manual do Usúario Backup Online. Manual do Usuário. Backup Online. Versão 1.0.2. Copyright GVT 2014. https://backuponlinegvt.com. Manual do Usuário Backup Online Versão 1.0.2 Copyright GVT 2014 https://backuponlinegvt.com.br 1 Backup Online... Erro! Indicador não definido. 2 Instalação do Backup Online... 4 3 Configurações... 7 3.1

Leia mais

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 2007 2012 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Manual de Instalação Mozilla Thunderbird no DATASUS - RJ

Manual de Instalação Mozilla Thunderbird no DATASUS - RJ Manual de Instalação Mozilla Thunderbird no DATASUS - RJ Conteúdo Sobre Este Documento......2 Conhecimentos Desejados...2 Organização deste Documento...2 Sobre o Mozilla Thunderbird...2 1.Pré-requisitos

Leia mais

Instalação e utilização do Document Distributor

Instalação e utilização do Document Distributor Para ver ou fazer o download desta ou de outras publicações do Lexmark Document Solutions, clique aqui. Instalação e utilização do Document Distributor O Lexmark Document Distributor é composto por pacotes

Leia mais