Relatório de Atividades

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório de Atividades"

Transcrição

1 Relatório de Atividades 2012

2 02. Palavra do Presidente 04. Área Internacional 10. Brasília 13. Comunicação 17. Economia 19. Jurídico 22. Relacionamento 24. Tecnologia e Inovação 28. Comitê de Sustentabilidade e Meio ambiente 30. Comitê de Patrimônio 32. Comitê Sindical e Trabalhista 34. Comitê de Responsabilidade Social 36. Comitê Tributário 42. Administrativo Financeiro 46. Eventos Nacionais 48. Informática Aplicativos 51. Informática Infraestrutura 54. Manutenção e Engenharia Predial

3

4 Palavra do Presidente Temos a satisfação de entregar mais um Relatório Anual do Sinditêxtil-SP. A edição de 2012 reúne as principais atividades que desenvolvemos ao longo do ano e seus desdobramentos para 2013, com muitos desafios para o setor. Certamente, atravessamos um dos mais difíceis anos da nossa história. Este 2012 terminará trazendo nova queda da produção do setor, que até setembro foi da ordem de 12% para o segmento de vestuário, resultando em uma perda de mais de 9,36 mil postos de trabalho, em 12 meses. O Estado de São Paulo foi onde houve a maior retração no País até agora, com 6% de queda na produção têxtil e diminuição de quase 20% na de vestuário. Mas, ainda podemos avançar em algumas frentes como a prorrogação do decreto de redução da alíquota do ICMS, em negociação com a Secretaria da Fazenda, que além de manter a alíquota em 7%, também estamos pleiteando importantes aperfeiçoamentos no decreto, visando a inclusão de novos produtos. Avançamos também, com o apoio da Abit, na aprovação da Resolução 13, que colocou fim aos incentivos que alguns estados davam aos importadores, prejudicando não somente os produtores desses estados, mas tirando ainda mais a competitividade de São Paulo. A Desoneração na Folha também irá aliviar boa parte das empresas, mas sabemos que é uma medida pontual e datada, não gerando suficiente confiança para novos investimentos. Por essa e outras razões, estamos contribuindo com a ABIT na construção de um Regime Tributário Competitivo para Confecções, que garanta alguma isonomia frente aos importados e que seja aplicado por um longo prazo. Os próximos meses serão, certamente, decisivos para o futuro da indústria têxtil paulista e nacional. Esperamos e contamos que o bom senso prevaleça. Neste Relatório, os associados poderão conhecer melhor as atividades do Sindicato e participar de todas as ações. Aproveito a oportunidade para desejar, em nome de toda a diretoria do Sindicato, os meus sinceros votos de que 2013 realmente seja um ano de realizações e muito promissor para todos nós. Alfredo Emilio Bonduki Presidente Relatório de atividades Sinditêxtil-SP

5 Área Internacional

6 Ações realizadas em 2012 Acordos Internacionais Área Internacional Comitê de Comércio Exterior Coordenador: Alessandro Pascolato, Santa Constancia Ltda Participantes: Eduardo Cintra (Abrafas), Ramiro Sanchez Palma (Anfra) e Renato Jardim (gerente área internacional Sinditêxtil) Este Comitê é um interlocutor entre as empresas e a Área Internacional, demandando as questões que mais atingem as indústrias paulistas e participando de reuniões com autoridades do governo para tratar desses assuntos. Temas como Guerra dos Portos, que tiram a competitividade das empresas paulistas, é um dos vários assuntos capitaneados por este Comitê. Continuidade ao trabalho junto ao MRE e o MDIC para explorar a possibilidade de assinatura de acordos de livre comércio com os principais mercados de interesse do Brasil no exterior, entre eles o México e os Estados Unidos. Participação efetiva nas negociações para a formação de uma área de livre comércio entre o Mercosul e a União Européia, incluindo missão negociadora a Bruxelas. Participação de missão do CEBEU (Conselho Empresarial Brasil Estados Unidos) a Washington para explorar possibilidades de incremento das relações bilaterais e de ações conjuntas contra terceiros países em casos de identificação de práticas irregulares e desleais de comércio. Participação efetiva no processo de obtenção de aceleração e concessão de licenças de importação de produtos têxteis e confeccionados na Argentina, destino que correspondeu a 41% das exportações do Estado de SP em Discussão e envio de documento ao governo brasileiro em relação a exclusão do setor têxtil e de confecção de programa de preferência tarifária dedicado aos países de menor desenvolvimento econômico relativo que teve sua aprovação no âmbito da CAMEX (Camara de Comércio Exterior) no mês de setembro de O projeto deverá seguir para o Congresso onde o setor terá que atuar de forma intensa. Análise do comércio/oportunidades de mercado e consulta aos associados para definição da posição do setor em relação ao acordo de livre comércio Relatório de atividades Sinditêxtil-SP

7 Área Internacional Mercosul-Canadá e Mercosul-União Européia. Legislação / Defesa Apoio financeiro e operacional para elaboração, apresentação e defesa de petição para aplicação de Salvaguarda sobre as importações brasileiras de vestuário para conter o surto que está provocando sérios prejuízos à indústria nacional. Participação efetiva nos trabalhos que culminaram na aprovação da Resolução nº 13/2012 do Senado Federal que unificou em 4% a alíquota do Imposto para Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para operações interestaduais com importados. Acompanhamento e sugestões de alterações e ajustes à legislação brasileira que repercute sobre o comércio de produtos do setor (Portaria SECEX nº16/2012 Consulta Pública sobre Certificado de Origem Não Preferencial; Portaria SECEX nº13/ Consulta Pública sobre a edição da regulamentação do tratamento administrativo das importações e exportações e da concessão dos regimes de drawback). Manutenção dos preços médios das importações de produtos têxteis e de vestuário nos níveis internacionais, por meio de duas frentes: Manutenção de 218 produtos no monitoramento das importações por meio do licenciamento não-automático, incluindo trabalho de definição de nova metodologia de revisão do sistema em cooperação com o novo governo. Apoio financeiro e operacional para efetiva aplicação da fiscalização aduaneira baseada na Maré Vermelha e no lançamento do Projeto Panos Quentes III que contou com laudos técnicos e merceológicos emitidos pela Abit/Sinditêxtil à SRF em todo Brasil. Duas viagens às unidades da Receita Federal (Aduana) para acompanhamento do Convênio e para apresentação de cursos de identificação de produtos têxteis e de confecção. Visitas às unidades da Receita Federal (Aduana) críticas para verificação dos resultados dos cursos ministrados, tais como retenção de mercadorias e penas de perdimento, bem como para delinear tratativas para o combate das opera- 6 Relatório de atividades Sinditêxtil-SP 2012

8 Área Internacional ções de importação irregulares. Apresentação permanente de indícios de irregularidades nas importações de produtos têxteis e confeccionados às autoridades governamentais pertinentes. Efetiva participação no programa de mobilização do setor Emprega Brasil, por meio da manutenção do relógio importômetro em Participação em reuniões com a Receita Federal sobre o aumento e aprimoramento dos controles existentes sobre o conteúdo da bagagem dos turistas. Economia Participação ativa nas reuniões e definição de agenda do Conselho de Competitividade Setorial do Plano Brasil Maior (PBM) coordenado pelo MDIC. Apoio para conclusão do estudo de Regime Tributário Competitivo para a indústria de Confecção pela RC Consultores. Análise e posicionamento do setor na agenda legislativa da confederação nacional da indústria. Efetiva participação no lançamento do Programa Brasil Maior II e esclarecimentos aos associados sobre o tema. Levantamento sistemático e consolidação dos dados e informações macroeconômicas e do setor de diversas fontes como IBGE, CAGED, CNI, RAIS, BNDES e etc.. para envio aos associados e para utilização em apresentações realizadas pela Presidência e Diretoria da casa. Elaboração de apresentações para a Presidência, Diretores e Conselheiros sobre temas relacionados à indústria têxtil e de confecção, conjuntura, comércio exterior, Plano Brasil Maior, tributação, entre outros. Elaboração de boletins econômicos e artigos relacionados. Processo de aproximação com o IBGE com a finalidade de obter dados e pesquisas mais detalhadas, oferecendo em troca a cooperação do setor. Parceria com a RC Consultores em materiais informativos para os associados Relatório de atividades Sinditêxtil-SP

9 Área Internacional como o Radar Sinditêxtil Cenário têxtil e de vestuário e o Boletim de Tendências, lançado em 2012, trazendo previsões de curto prazo sobre o comportamento do mercado e varáveis econômicas do setor. Outras frentes Elaboração de material e participação nos Comitês Setoriais do Sinditêxtil. Atendimento a associados, estudantes e demandas da imprensa através do Departamento de Comunicação. Elaboração de boletins informativos aos associados. Elaboração e acompanhamento mensal do comércio exterior do setor têxtil e de confecção do Estado de São Paulo e mundial. Objetivos para 2013 Acordos Internacionais Monitoramento e atuação no Congresso sobre proposta do governo de criar um programa de concessão de preferências tarifárias para países de menor desenvolvimento econômico relativo, a fim de excluir os produtos têxteis e confeccionados. Continuidade ao trabalho junto ao MRE e o MDIC para explorar a possibilidade de assinatura de acordos de livre comércio com o México e com os Estados Unidos. Efetivo questionamento por parte do governo brasileiro ao governo argentino das violações das regras internacionais apresentadas em estudo contratado pela Abit/iSinditêxtil que prejudicam as exportações de produtos têxteis e confeccionados. Implementação do sistema ATA CARNET aprovado pelo Congresso. Manter vigilância sobre a velocidade de emissão das licenças não automáticas na Argentina. Acompanhamento das negociações para formação de uma área de livre 8 Relatório de atividades Sinditêxtil-SP 2012

10 Área Internacional comércio entre o Mercosul e a União Europeia contemplando os interesses do setor, principalmente nas áreas de cronogramas de desgravação e Regras de Origem. Acompanhamento da adequação da entrada da Venezuela no Mercosul. Acompanhamento das negociações Mercosul-Canadá. Legislação / Defesa Efetiva implementação de salvaguarda sobre as importações brasileiras de vestuário. Coordenar, acompanhar e apoiar a apresentação de petições de eventuais segmentos interessados na aplicação de direitos compensatórios contra a China de forma a neutralizar os efeitos dos subsídios concedidos por aquele governo aos seus produtores/exportadores. Aperfeiçoamento e aprofundamento da sistemática de defesa comercial para enfrentar o forte aumento de importações registrado nos últimos anos e que deverá continuar em Aumentar o número de visitas às unidades aduaneiras críticas da Receita Federal com vistas a aprimorar a interação e delinear tratativas para o combate das operações de importação irregulares. Doação para países de menor desenvolvimento econômico relativo de mercadorias apreendidas pela Receita Federal em decorrência de importações irregulares. Acelerar tramitação do Projeto de Lei que prevê a divulgação dos dados detalhados de comércio exterior, a fim de aumentar e melhorar o monitoramento e o trabalho de identificação e combate às irregularidades do comercio exterior. No entretempo obter abertura de coluna adicional com numeração seqüencial nos dados disponibilizados no site da SRF de forma a permitir a eliminação das DIs repetidas várias vezes. Aprofundar o trabalho iniciado com o INMETRO para a criação de Regulamento Técnico de produtos têxteis e confeccionados que contenham produtos químicos nocivos à saúde. Relatório de atividades Sinditêxtil-SP

11 Brasília 10 Relatório de atividades Sinditêxtil-SP 2012

12 Brasília REALIZAÇÕES EM 2012 RESULTADOS GERAIS O ano 2012 foi caracterizado por uma intensa atuação do Sinditêxtil-SP/Abit junto aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário federais. Neste sentido, realizamos reuniões semanais agendadas na capital federal, buscando sempre manter as autoridades atualizadas sobre a realidade da indústria. Continuaremos com esses agendamentos em Além das audiências, trabalhamos no acompanhamento e análise diárias das proposições legislativas em trâmite na Câmara dos Deputados e no Senado Federal. Isso nos possibilitou participar da elaboração de estratégias junto aos parlamentares e equipes técnicas do Congresso Nacional. Através do nosso trabalho junto ao Governo Federal, o Sinditêxtil-SP/Abit foi chamado para participar de importantes momentos de decisão para o desenvolvimento do País. Executivo Conseguimos viabilizar 66 reuniões do Sinditêxtil-SP/Abit com com autoridades de 12 órgãos públicos federais. Nesses encontros, foram abordados inúmeros temas de interesse do setor têxtil e de confecção, a saber: Defesa Comercial: o foco da atuação em 2012 esteve no pedido de Salvaguarda para o setor de Vestuário e protocolada em agosto. Também foram tratadas questões como o combate a subsídios, os entraves à exportação, a preocupação com o comércio ilegal e com as práticas desleais. Prorrogação do PIS/COFINS: presente dentre as medidas anunciadas pelo Plano Brasil Maior, a postergação dos pagamentos do PIS/Cofins havia sido publicada fora do prazo de eficácia. Após reuniões, conseguimos reverter a situação e conseguir prorrogação adequada. Ampliação da margem de preferência: conseguimos, após várias audiências sobre este assunto, que governo ampliasse a margem de 8% para 20% em licitações de produtos de confecções, calçados e artefatos nacionais, gerando mais fôlego para a indústria desses setores. Este tema Relatório de atividades Sinditêxtil-SP

13 Brasília continuará em pauta em 2013 para buscar formas de importadores não se beneficiarem dessa conquista da indústria nacional. Revisão dos Limites do Simples: outra conquista alcançada no último ano foi a sanção do projeto de lei que ampliou em 50% os limites de enquadramento do Simples Nacional, conhecido como Supersimples, e que também corrigiu o limite máximo permitido para a receita bruta anual do empreendedor individual, de R$ 36 mil para R$ 60 mil. Ampliação da desoneração da folha de pagamentos: certamente, o anúncio essa medida foi resultado de várias reuniões do Sinditêxtil-SP/Abit com o governo. Com a medida, empresas deixam de recolher ao governo os 20% de INSS sobre o valor dos salários de todos os seus funcionários e, em contrapartida, passam a recolher alíquota de 1% sobre o faturamento. Em 2013, as audiências sobre o tema devem solicitar os resultados da medida. Receita Bruta: foram realizadas 12 audiências no Congresso Nacional, Casa Civil, MDIC e Ministério da Fazenda para melhor conceituação do termo receita bruta. O resultado desse trabalho foi percebido em setembro, quando a presidente da República vetou o dispositivo, e manteve a conceituação original. Legislativo Promovemos 68 encontros com parlamentares, onde o Sinditêxtil-SP/Abit acompanhou de perto este segundo ano da 54ª Legislatura, que coincidiu com a realização das eleições municipais. Nesse período, o apoio dos deputados e senadores membros da Frente Parlamentar José Alencar foi decisivo para importantes avanços no Congresso: Combate à Guerra dos Portos: também resultado de várias reuniões, a definição da alíquota de 4% do ICMS incidente nas operações interestaduais para produtos importados entrará em vigor em 1º de janeiro de Divulgação de dados de comércio exterior: participação ativa do Sinditêxtil-SP/Abit através dos parlamentares e defesa em Comissão do Senado, possibilitou a publicação de outra prioridade do setor neste ano que foi o PLP nº 90/2011. Em 2013, a SINDITÊXTIL-SP/ABIT acompanhará seu trâmite até a sanção. 12 Relatório de atividades Sinditêxtil-SP 2012

14 Comunicação

15 Comunicação Ações realizadas em 2012 Comunicação Institucional Site e Boletins Online 224 matérias produzidas para o site Sinditêxtil-SP; Atualizações nas áreas de Convenções Coletivas, Negociações, Notícias, Dados Econômicos, Dados de Comércio Exterior, SindiFashion e Área Exclusiva dos associados. 1,5 milhão pageviews / 190 mil visitantes no ano. Média de 90 mil pageviews mensais 170 Informativos Eletrônicos: Sinditêxtil-SP Online, Sinditêxtil-SP Online Exclusivo (somente para associados), Clipping de Notícias, Boletim IEDI (somente para associados), Boletim Radar, Boletim de Tendências de Curto Prazo, SindiFashion, convites para eventos, Marketing do Sinditêxtil-SP; Implantação do Novo Site do Sinditêxtil-SP: mais moderno, mais interativo com redes sociais e uma área exclusiva para associados. Mídias Sociais O Sinditêxtil-SP ampliou sua presença nas mídias sociais. Atualmente está no Twitter com 202 seguidores, no Facebook com 434 fãs, Youtube e Flickr (até 20/11/12) Campanha - Visando maior integração com o público das redes sociais, o Sindicato lançou o Concurso Cultural Sinditêxtil-SP na História da Moda, onde os internautas enviaram frases sobre o tema, comemorando os 80 anos da Entidade. O Concurso premiou a estudante Pétala Tainá Oliveira de Souza, da capital, com o curso História da Indumentária e da Moda no SENAC-SP, unidade Lapa Faustolo. Além de aumentar o engajamento nas redes sociais, a ação ainda gerou resultados na mídia, sites como ModaSpot da Abril e Chic foram alguns veículos que divulgaram o Concurso. Jornal Foram produzidas três edições do jornal Sinditêxtil-SP em Notícia, publicação com 12 páginas e três mil exemplares de tiragem. 14 Relatório de atividades Sinditêxtil-SP 2012

16 Comunicação Diversos Criação de anúncio em comemoração aos 137 anos de Americana; Criação e Produção de cartões de datas especiais, peças digitais para datas comemorativas do setor, apresentações em Power Point e em Flash; reformulação do Logo do Sinditêxtil-SP, bem como da papelaria e cartões de visita; Parceria com o Site UseFashion para fornecimento de conteúdo para site e jornal, além de palestras itinerantes pelo Estado. Assessoria de Imprensa Dados gerais 135 inserções: na mídia impressa e online. 13 entrevistas para emissoras de rádio e tevê, entre os meses de janeiro e setembro. 48 solicitações de jornalistas atendidas com dados e informações sobre o setor. 28 releases/notas à imprensa de todo o Brasil, com alguns temas: Liminar em prol das tinturarias de Jundiaí; Crédito para o setor paulista junto ao Banco do Brasil; Frente Parlamentar Paulista em Defesa do Setor Têxtil e Vestuário; Convênio entre Receita Federal e Inmetro; Guerra dos portos; Buy São Paulo; Retalho Fashion Destaque de divulgação Retalho Fashion: foi um dos pontos altos da divulgação no período. A iniciativa pautou entrevista do presidente Alfredo Bonduki ao Jornal Nacional, da TV Globo, um dos principais telejornais do país. Conquistou página inteira no jornal Brasil Econômico, que enfatizou que a reciclagem de retalhos vai reduzir desperdícios com o reuso do material descartado pelas confecções da região do Bom Retiro. E matéria na Folha de S.Paulo defendendo que o projeto vai combater a importação de trapos. O projeto repercutiu ainda na revista Veja São Paulo, que classificou a iniciativa como ótima. Plano Brasil Maior: participação do presidente Alfredo Bonduki em ampla matéria do jornal Valor Econômico sobre o Plano Brasil Maior. Relatório de atividades Sinditêxtil-SP

17 Comunicação Produção Industrial Brasileira: reportagem Queima de Estoque, de três páginas, sobre o início da retomada da produção industrial, da revista Dinheiro, abriu espaço para o posicionamento do presidente Alfredo Bonduki sobre o tema. Pedido de Salvaguarda: publicada pelo jornal Todo Dia, de Americana, quando Alfredo Bonduki enumera os argumentos que justificam o pedido. Redução no preço da energia elétrica: veículos importantes como a Agência Estado, Rádio CBN Campinas e o jornal Correio Popular repercutiram com o presidente Alfredo Bonduki os impactos a partir de janeiro de 2013, anunciada pelo governo federal, para o setor têxtil e de confecção. Espaço geral conquistado Além de várias matérias nos jornais de Americana, publicações de outros estados como o Zero Hora, Diário Catarinense, Diário do Comércio, Jornal do Brasil, Diário do Pará, e Jornal do Comercio, segmentadas como Costura Perfeita, Textilia, e Moda Spot também deram espaço para o Sinditêxtil-SP. Assim como veículos do interior e Grande São Paulo. Entre eles, Correio Popular, Bom dia (Jundiaí), Comércio do Jahú e Jornal de Itatiba. Objetivos para 2013 Aumentar a presença em jornais do interior paulista, além do eixo SP-Americana, a fim de buscar aproximação com outros pólos: Sorocaba, Jundiaí, Ribeirão Preto, Tietê, dentre outros; Ampliar a presença nas Mídias Sociais, buscando tornar o nome do Sindicato conhecido do público jovem e demais formadores de opinião; Em 2013, o jornal do Sinditêxtil passará a ter 16 páginas e terá quatro edições: janeiro, abril, julho e novembro. Em vez de anúncios pontuais, buscaremos um patrocinador para as quatro edições. Dinamizar a área exclusiva do associado no novo site, para que se crie o hábito entre os associados, colocando temas exclusivos: atas, apresentações, informes jurídicos, etc; 16 Relatório de atividades Sinditêxtil-SP 2012

18 Economia

19 Economia Economia Apresentação e defesa de proposta de criação do Regime Tributário Competitivo para a indústria de Confecção baseado em estudo elaborado pela RC Consultores. Obtenção da extensão do REINTEGRA. Elaboração do Panorama São Paulo com dados gerais do país e do setor, especialmente voltado ao público externo, potencialmente investidores. Acompanhamento da regulamentação e implementação das medias anunciadas no Programa Brasil Maior, em especial: Linhas de financiamento do BNDES Substituição da contribuição patronal do INSS incidente sobre a folha por uma nova contribuição incidente sobre o faturamento. Regulamentação da margem de preferência nas compras governamentais Unificação do ICMS interestadual dos produtos importados Apresentar e defender no Executivo e Legislativo, tanto no âmbito Federal quanto Estadual, novos projetos que confiram maior competitividade para o setor têxtil e de confecção, em especial nas áreas tributária, energética, trabalhista, entre outras. Outras Frentes Aperfeiçoar o drawback verde-amarelo de formar a permitir a suspensão do ICMS. Dar continuidade na defesa de um sistema de detaxe (devolução dos impostos embutidos nas compras de turistas), visando a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos. 18 Relatório de atividades Sinditêxtil-SP 2012

20 Jurídico

21 Jurídico Atende consultas preventivas e orientativas relacionadas às áreas Tributária, Trabalhista, Previdenciária, Sindical, Cível, Comércio Exterior, Meio Ambiente e Propriedade Intelectual, com assessoria dos escritórios Honda Estevão Associados e GOLD STAR. REALIZAÇÕES 2012 Agenda Legislativa da Indústria - CNI Participação anual do Seminário da CNI, visando a elaboração da 17ª Agenda Legislativa da Indústria, com análise de 794 Projetos de Lei. Assessoria Jurídica Controle e acompanhamento das atividades jurídicas prestadas pelo escritório HONDA ESTEVÃO - ADVOGADOS: Elaboração de atas, pareceres, ações cíveis, trabalhistas e tributárias, visando à redução dos honorários. Atendimento às consultas jurídicas dos associados, e após, envio ao escritório HONDA ESTEVÃO - ADVOGADOS para elaboração de parecer para posterior envio ao associado. Em 2012 foram atendidas uma média de 250 consultas por e 300 consultas por telefone, ou seja, cerca de 46 consultas/mês. Comitê de Compras Governamentais Participação nas reuniões mensais do Comitê de Compras Governamentais. Comitê Sindical e Trabalhista Participação nas reuniões do Comitê Sindical e Trabalhista, incluindo a negociação sindical, base novembro. Consultas / Atendimento à Associados Atendimento prioritário a todos os associados do SINDITÊXTIL-SP. Controles Internos Assessoria à Superintendência nos atos societários da entidade tais como: Estatuto Social, Declarações, Procurações, etc. Liberação de 200 pagamentos de notas fiscais de serviços, baseados nos contratos firmados, para o Departamento Financeiro. 20 Relatório de atividades Sinditêxtil-SP 2012

22 Jurídico Controle e arquivo de todos os documentos jurídicos e societários. Elaboração das atas de assembleias. Representação da entidade em assembleias, reuniões internas e externas. Arquivo, controle e renovação de 30 Certidões, tais como FGTS, INSS, Tributos Estaduais, Tributos Municipais e Tributos Federais. Enquadramento Sindical Apoio técnico e jurídico para o enquadramento sindical das empresas. FOPAP Participação mensal nas reuniões do FOPAP Fórum Paulista de Aprendizagem Profissional. Instrumentos Contratuais Elaboração de cerca de 500 instrumentos contratuais: Contratos de prestação de serviços, Aditivos; Termos de compromisso de estágio; Acordos de parceria; Apoios institucionais; Protocolos de intenções; Convênios; Patrocínio e Rescisões contratuais. Marcas e Patentes Controle e acompanhamento dos serviços de registro das marcas, prestados por escritório externo. Negociações Coletivas Participação na Negociação Coletiva do SINDITÊXTIL-SP, junto aos Sindicatos Profissionais da categoria, elaboração das Convenções Coletivas de 2012/2013 e acompanhamento do respectivo registro junto a DRT. Participação na Negociação Coletiva do SINDITÊXTIL-SP junto ao SEESPI (Sindicato dos Empregados em Entidades Sindicais e Patronais da Indústria e em Associações Civis da Indústria no Estado de São Paulo). Workshops Realização de Workshop Jurídico: PLANO BRASIL MAIOR E REINTEGRA. Relatório de atividades Sinditêxtil-SP

23 Relacionamento 22 Relatório de atividades Sinditêxtil-SP 2012

24 Relacionamento Realizações 2012 Apoio aos comitês de trabalho nas áreas de : Sindical e Trabalhista; Meio Ambiente e Sustentabilidade; Responsabilidade Social; Tributário; Comércio Exterior; Patrimônio Relacionamento ativo e passivo à empresas interessadas em convênios com o sindicato, que tragam benefícios aos associados, contemplando oferta de bens e serviços em condições especiais; Captação de novas empresas contribuintes sindicais e assistenciais; Colaboração na promoção e realização de eventos nacionais e regionais com empresários do setor; Atualização Cadastral de mais de 900 Contribuintes Ativos ; Atendimento às necessidades de relacionamento com a FIESP. Atuação no segmento de Travesseiros e Colchões em demanda específica junto à Secretaria da Fazenda-SP, no trabalho de correta definição de Margem de Valor Agregado (MVA) O Sinditêxtil-SP representa cerca de 1000 empresas no Estado de São Paulo. Objetivos para 2013 Aumentar a captação de Contribuintes Sindicais e Assistenciais Prospecção de empresas em setores específicos, que estão sendo incorporados à abrangência do Sinditextil-SP; Estreitar o relacionamento com empresários e entidades nas diversas regiões do Estado de São Paulo. Novos Comitês Setoriais a serem criados: Botões e Aviamentos Travesseiros e Colchoaria Relatório de atividades Sinditêxtil-SP

25 Tecnologia e Inovação 24 Relatório de atividades Sinditêxtil-SP 2012

26 Tecnologia e Inovação Ações realizadas em 2012 SUSTENTABILIDADE Participação no Fascículo Setorial Têxtil e Confecção: Inovar, Desenvolver e Sustentar em parceria com a ABIT, Confederação Nacional das Indústrias, Fundação Dom Cabral e SENAI/Cetiqt. Participação durante os eventos da Rio+20 no Encontro da Indústria para a Sustentabilidade, para divulgação do Fascículo. Retomada da Câmara Ambiental da Indústria Têxtil Paulista, com a formação de grupos de trabalho voltados a melhorias tecnológicas e aos processos de enobrecimento têxtil. Acompanhamento do Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo no Brasil. Formalização do projeto Retalho Fashion, visando o gerenciamento dos resíduos têxteis gerados pelas empresas do bairro Bom Retiro. Acompanhamento e divulgação da Política Nacional dos Resíduos Sólidos, suas atividades e regulamentação. Acompanhamento das barreiras técnicas ambientais para produtos têxteis e confeccionados e continuidade do projeto de isonomia ambiental. INMETRO Divulgação da Portaria n 166 de n 08 de abril de 2011, que trata da fiscalização e coleta de amostras de produtos têxteis para Avaliação da fidedignidade das informações. Trabalho junto ao INMETRO que resultou na publicação da Medida Provisória n 541 de 02 de agosto de Tratativas junto ao DIMEL Divisão de Metrologia Legal - visando alterações na regulamentação do Critério Individual. COMPRAS GOVERNAMENTAIS Acompanhamento do registro de preços e do fornecimento de Uniformes Escolares no âmbito do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). Relatório de atividades Sinditêxtil-SP

27 Tecnologia e Inovação Convênio com a Secretaria da Educação da Prefeitura de São Paulo para cooperação técnica visando a elaboração de especificações para fornecimento de Uniformes Escolares para a rede pública de ensino. ABNT Gerenciamento do Conselho Técnico Administrativo do CB-17 (Comitê Brasileiro Têxtil e Vestuário). Acompanhamento da Comissão de Estudos para revisão da norma de bandeiras, normas para tecidos planos e tecidos de malha. REGULAMENTOS TÉCNICOS / GINETEX Realização de treinamentos referentes à Resolução n 02 de 06/05/2008 Regulamento de Etiquetagem, outras portarias do INMETRO e normas da ABNT. Acompanhamento dos trabalhos desenvolvidos no âmbito da GINETEX (International Association for Textile Care Labelling). Objetivos 2013 SUSTENTABILIDADE Estudo e desenvolvimento de indicadores ambientais para as atividades Têxteis de maior impacto ambiental. Acompanhamento do Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo no Brasil. Acompanhamento do Pacto contra a Pirataria. Desenvolvimento dos trabalhos propostos pela Câmara Ambiental da Indústria Têxtil Paulista seguindo o cronograma estabelecido em Implantação do projeto Retalho Fashion, visando o gerenciamento dos resíduos têxteis gerados pelas empresas do bairro Bom Retiro, com a capacitação dos profissionais que realizarão a coleta dos retalhos. INMETRO Acompanhamento dos trabalhos sobre regulamentação e fiscalização da presença de produtos danosos à saúde nos materiais têxteis. 26 Relatório de atividades Sinditêxtil-SP 2012

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade

Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade Rede de Responsabilidade Social Empresarial pela Sustentabilidade Existe a compreensão evidente por parte das lideranças empresariais, agentes de mercado e outros formadores de opinião do setor privado

Leia mais

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS SUBCHEFIA DE ASSUNTOS FEDERATIVOS Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal Mapa de obras contratadas pela CEF, em andamento com recursos do Governo Federal 5.048

Leia mais

Cooperação Técnica para Modernização dos Serviços Relativos à Propriedade Industrial

Cooperação Técnica para Modernização dos Serviços Relativos à Propriedade Industrial Programa 0393 PROPRIEDADE INTELECTUAL Objetivo Garantir a propriedade intelectual e promover a disseminação de informações, visando estimular e diversificar a produção e o surgimento de novas tecnologias.

Leia mais

O sucesso da política depende do forte comprometimento de cada um dos envolvidos no processo, de governo e empresas até consumidores.

O sucesso da política depende do forte comprometimento de cada um dos envolvidos no processo, de governo e empresas até consumidores. ECONOMIA - 19/08/14 BRIEFING DE POSICIONAMENTO SOBRE A POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS 1. CONTEXTO Posicionamento geral para quaisquer entrevistas realizadas no âmbito da terceira edição do projeto

Leia mais

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO)

EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA OPERACIONAL (PTO) EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 CONCESSÃO PARA AMPLIAÇÃO, MANUTENÇÃO E EXPLORAÇÃO DOS AEROPORTOS INTERNACIONAIS BRASÍLIA CAMPINAS GUARULHOS EDITAL DO LEILÃO Nº 2/2011 ANEXO 9 DO CONTRATO PLANO DE TRANSFERÊNCIA

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, SOFTWARE E INTERNET ASSESPRO REGIONAL PARANÁ LUÍS MÁRIO LUCHETTA DIRETOR PRESIDENTE GESTÃO 2005/2008 HISTÓRICO

Leia mais

COM. 02 - PUBLICAÇÕES

COM. 02 - PUBLICAÇÕES 1 de 9 PUBLICAÇÕES MACROPROCESSO MARKETING E PROCESSO PUBLICAÇÕES - PUBLICAÇÕES 1. OBJETIVO... 2 2. ABRANGÊNCIA... 2 3. DOCUMENTOS RELACIONADOS... 2 4. PROCEDIMENTOS... 2 4.1 DEFINIÇÃO DO SERVIÇO E SUA

Leia mais

Plano Brasil Maior e as Micro e Pequenas Empresas Agenda de Ações para Competitividade dos Pequenos Negócios. Curitiba, 20 de novembro de 2012

Plano Brasil Maior e as Micro e Pequenas Empresas Agenda de Ações para Competitividade dos Pequenos Negócios. Curitiba, 20 de novembro de 2012 Plano Brasil Maior e as Micro e Pequenas Empresas Agenda de Ações para Competitividade dos Pequenos Negócios Curitiba, 20 de novembro de 2012 PBM: Dimensões Dimensão Estruturante: diretrizes setoriais

Leia mais

3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA

3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA Legislação: Lei nº 15.506, de 31 de julho de 1991; Decreto nº 15.813, de 24 de abril de 1992; Lei nº 15.738, de

Leia mais

Rede CIN CIN MS. Centro Internacional de Negócios FIEMS

Rede CIN CIN MS. Centro Internacional de Negócios FIEMS Rede CIN CIN MS Centro Internacional de Negócios FIEMS O que é a REDE CIN? Coordenada pela Confederação Nacional da Indústria - CNI, e criada com o apoio da Agência Nacional de Promoção de Exportações

Leia mais

Com a sua atuação pró-ativa a SUCESU trouxe diversos benefícios em prol do setor que representa no Brasil, podendo destacar:

Com a sua atuação pró-ativa a SUCESU trouxe diversos benefícios em prol do setor que representa no Brasil, podendo destacar: Introdução É grande a parcela da população das nações mais desenvolvidas do mundo que está se organizando em sociedades e associações civis que defendem interesses comuns. Essas pessoas já perceberam que

Leia mais

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente.

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa Brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais

OBJETIVO CARACTERIZAÇÃO

OBJETIVO CARACTERIZAÇÃO OBJETIVO Incrementar a economia digital do Estado de Alagoas e seus benefícios para a economia local, através de ações para qualificação, aumento de competitividade e integração das empresas e organizações

Leia mais

Assistência Jurídica para a Construção de um Mundo dos Negócios Novo e Sustentável

Assistência Jurídica para a Construção de um Mundo dos Negócios Novo e Sustentável Assistência Jurídica para a Construção de um Mundo dos Negócios Novo e Sustentável Quem Somos Somos uma sociedade de advogados dedicada à assistência e orientação jurídica as empresas nacionais e estrangeiras.

Leia mais

Critérios de Elegibilidade Resolução CNAS nº08/2013 e Resolução CNAS nº10/2014

Critérios de Elegibilidade Resolução CNAS nº08/2013 e Resolução CNAS nº10/2014 Critérios de Elegibilidade Resolução CNAS nº08/2013 e Resolução CNAS nº10/2014 Municípios com alta incidência de trabalho infantil que apresentaram: a) mais de 250 casos de trabalho infantil ou com taxa

Leia mais

Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011

Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011 Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011 A oitava reunião mensal do ano da Comissão Trabalhista e de Gestão Empresarial superou as expectativas. 50 representantes

Leia mais

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana

Equipe da GCO: 1. Carlos Campana Gerente 2. Maria Helena 3. Sandro 4. Mariana Gerência de Comunicação GCO tem por finalidade planejar, organizar, coordenar e controlar as atividades de comunicação e editoriais do Confea. Competências da GCO 1. Organizar e executar projetos editoriais:

Leia mais

ENTIDADES AUTO-REGULADORAS DO MERCADO ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO

ENTIDADES AUTO-REGULADORAS DO MERCADO ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO BM&FBOVESPA A BM&FBOVESPA é muito mais do que um espaço de negociação: lista empresas e fundos; realiza negociação de ações, títulos, contratos derivativos; divulga cotações; produz índices de mercado;

Leia mais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais Byte Software POLÍTICA COMERCIAL Parceiros Comerciais 2013 1. Apresentação Este guia descreve o Programa de Parceria Byte Software através de uma estrutura básica, incluindo como participar e, ainda, uma

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIBLIOTECONOMIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIBLIOTECONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIBLIOTECONOMIA ALINE CRISTINA DE FREITAS ANA CLÁUDIA ZANDAVALLE CAMILA RIBEIRO VALERIM FERNANDO DA COSTA PEREIRA

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DS Documento de Suporte

SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DS Documento de Suporte DIAGRAMA DE PROCESSOS DS. 10 01 1 / 27 Solicitação das unidades para elaboração, revisão ou cancelamento de documentos ou registros; Mudança no modo de realização dos processos; Tratamento de nãoconformidades;

Leia mais

POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS

POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS POR QUE SER ASSOCIADO ABESE? CONHEÇA TODOS OS BENEFÍCIOS Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança - ABESE Entidade que representa, nacionalmente, as empresas de sistemas

Leia mais

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais/CVB s

Byte Software POLÍTICA COMERCIAL. Parceiros Comerciais/CVB s Byte Software POLÍTICA COMERCIAL Parceiros Comerciais/CVB s 2013 1. Apresentação Este guia descreve o Programa de Parceria Byte Software através de uma estrutura básica, incluindo como participar e, ainda,

Leia mais

BALANÇO 1º SEMESTRE DE 2013 ATIVIDADES REALIZADAS ATIVIDADES EM ANDAMENTO GESTÃO PRESIDENTE ORLANDO LEONE

BALANÇO 1º SEMESTRE DE 2013 ATIVIDADES REALIZADAS ATIVIDADES EM ANDAMENTO GESTÃO PRESIDENTE ORLANDO LEONE BALANÇO 1º SEMESTRE DE 2013 ATIVIDADES REALIZADAS ATIVIDADES EM ANDAMENTO GESTÃO PRESIDENTE ORLANDO LEONE JANEIRO Participação da ANFAMOTO no Fórum Metropolitano para Regulamentação do Motofrete. A ANFAMOTO

Leia mais

Lei de Informática - Incentivos Fiscais para Investimentos em Tecnologia e Inovação

Lei de Informática - Incentivos Fiscais para Investimentos em Tecnologia e Inovação Lei de Informática - Incentivos Fiscais para Investimentos em Tecnologia e Inovação Prof. Dr. Elvis Fusco 2014 Prefeitura Municipal de Garça Apresentação Prof. Dr. Elvis Fusco Centro Universitário Eurípides

Leia mais

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil

Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Protocolo de Relacionamento Político dos Escoteiros do Brasil Este guia pretende nortear os Grupos Escoteiros do Brasil a desenvolverem um

Leia mais

COMUNICADO Nº 01 07/08/2011 Processo Seletivo SEBRAE Nacional nº 02/2011 SÍNTESE DAS VAGAS

COMUNICADO Nº 01 07/08/2011 Processo Seletivo SEBRAE Nacional nº 02/2011 SÍNTESE DAS VAGAS COMUNICADO Nº 01 07/08/2011 Processo Seletivo SEBRAE Nacional nº 02/2011 SÍNTESE DAS VAGAS IMPORTANTE: 1. Este documento não substitui o Comunicado 01 e constitui-se em mera síntese para divulgação das

Leia mais

PLANO DE DIRETRIZES E METAS DA AMOSC 2015

PLANO DE DIRETRIZES E METAS DA AMOSC 2015 PLANO DE DIRETRIZES E METAS DA AMOSC 2015 DIRETORIA EXECUTIVA/SECRETARIA EXECUTIVA Anexo 6 EIXOS DE ATUAÇÃO Representação Política Desenvolvimento Regional Assessoria Técnica Capacitação Processos Internos

Leia mais

gessind GESTÃO INTEGRADA DE SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E FEDERAÇÕES

gessind GESTÃO INTEGRADA DE SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E FEDERAÇÕES gessind GESTÃO INTEGRADA DE SINDICATOS, ASSOCIAÇÕES E FEDERAÇÕES Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença

Leia mais

Detalhamento da Implementação Concessão de Empréstimos, ressarcimento dos valores com juros e correção monetária. Localizador (es) 0001 - Nacional

Detalhamento da Implementação Concessão de Empréstimos, ressarcimento dos valores com juros e correção monetária. Localizador (es) 0001 - Nacional Programa 2115 - Programa de Gestão e Manutenção do Ministério da Saúde 0110 - Contribuição à Previdência Privada Tipo: Operações Especiais Número de Ações 51 Pagamento da participação da patrocinadora

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Grupo PETRA S.A. Departamento de Tecnologia da Informação POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Início da Vigência: 01/Maio/2010 Propriedade do Grupo PETRA S.A. 1. INTRODUÇÃO Este documento foi elaborado

Leia mais

PBM. Agenda Setorial Bens de Capital

PBM. Agenda Setorial Bens de Capital PBM Agenda Setorial Bens de Capital São Paulo, 16 de janeiro de 2013 Objetivos Objetivos: Aumentar o Consumo Aparente de BK, com Redução Simultânea do Coeficiente de Importação Aumentar as Exportações

Leia mais

www.avantassessoria.com.br

www.avantassessoria.com.br www.avantassessoria.com.br Nossa Empresa A AVANT Assessoria Contábil e Tributária é uma empresa de contabilidade especializada em consultoria e assessoria de empresas e profissionais liberais, oferecendo

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Art. 1º - A Diretoria de Tecnologia de Informação e Comunicação DTIC da Universidade FEDERAL DO ESTADO DO RIO

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS

SISTEMAS DE NEGÓCIOS. a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS a) SISTEMAS DE APOIO EMPRESARIAIS 1. COLABORAÇÃO NAS EMPRESAS Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a colaborar, comunicando idéias, compartilhando

Leia mais

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE CONTAGEM DECRETO nº 1098, de 12 de fevereiro de 2009 Dispõe sobre alocação, denominação e atribuições dos órgãos que compõem a estrutura organizacional do Gabinete da Prefeita e dá outras providências. A PREFEITA

Leia mais

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL

ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL ESTRUTURA ORGÂNICA E FUNCIONAL Diretor Geral O Diretor Geral supervisiona e coordena o funcionamento das unidades orgânicas do Comité Olímpico de Portugal, assegurando o regular desenvolvimento das suas

Leia mais

ECONOMIA DA CULTURA. Paula Porta Assessora especial do Ministro da Cultura e Coordenadora do Prodec MINISTÉRIO DA CULTURA

ECONOMIA DA CULTURA. Paula Porta Assessora especial do Ministro da Cultura e Coordenadora do Prodec MINISTÉRIO DA CULTURA MINISTÉRIO DA CULTURA ECONOMIA DA CULTURA UM SETOR ESTRATÉGICO PARA O PAÍS Paula Porta Assessora especial do Ministro da Cultura e Coordenadora do Prodec A produção, a circulação e o consumo de bens e

Leia mais

2012 Global. Central de Documentação e Serviços Ltda. Portfólio de Serviços

2012 Global. Central de Documentação e Serviços Ltda. Portfólio de Serviços 2012 Global Central de Documentação e Serviços Ltda. Portfólio de Serviços Quem Somos A GLOBAL CENTRAL DE DOCUMENTAÇÃO E SERVIÇOS LTDA foi constituída com o objetivo máximo de prestar serviços de consultoria

Leia mais

São Paulo, 28 de janeiro de 2013 Caros Docentes, Funcionários e Alunos,

São Paulo, 28 de janeiro de 2013 Caros Docentes, Funcionários e Alunos, São Paulo, 28 de janeiro de 2013 Caros Docentes, Funcionários e Alunos, A Direção da EACH completa mais um ano de gestão, período de intensa atividade acadêmica e administrativa na Escola, o que demandou

Leia mais

Em busca da qualidade de

Em busca da qualidade de Diretoria de Gestão Corporativa-DG empresa Em busca da qualidade de gestão Inovações tecnológicas e gerenciais possibilitam mais eficiência à Eletrobras Furnas texto Leonardo da Cunha Valorizar o capital

Leia mais

Plano de trabalho ABMES 2013

Plano de trabalho ABMES 2013 1. Apoio às IES de pequeno porte (eventos presenciais e a distância) Diretoria, Assessoria, Consultores e IES apoiadoras Realizar seminário na com o objetivo de identificar a situação atual das PMIES Contratar

Leia mais

Desenvolvimento e Implantação do Criptossistema da Autoridade Certificadora Raiz da ICP-Brasil

Desenvolvimento e Implantação do Criptossistema da Autoridade Certificadora Raiz da ICP-Brasil Programa 1109 Massificação da Certificação Digital ICP-Brasil Ações Orçamentárias Número de Ações 18 72640000 Produto: Sistema implantado Desenvolvimento e Implantação do Criptossistema da Autoridade Certificadora

Leia mais

Levantamento da Base. Industrial de Defesa. Levantamento da Base. Industrial de Defesa (BID) Reunião Plenária do COMDEFESA

Levantamento da Base. Industrial de Defesa. Levantamento da Base. Industrial de Defesa (BID) Reunião Plenária do COMDEFESA Levantamento da Base Industrial de Defesa (BID) Levantamento da Base Reunião Plenária do COMDEFESA Industrial de Defesa São Paulo, 05 de março de 2012 (BID) Reunião Ordinária ABIMDE São Bernardo do Campo,

Leia mais

Perguntas freqüentes Projeto Serviços e Cidadania

Perguntas freqüentes Projeto Serviços e Cidadania Perguntas freqüentes Projeto Serviços e Cidadania 1. Sobre o Projeto 1.1. O que é o Projeto Serviços e Cidadania? É um canal de serviços gratuitos que oferece apoio nas áreas de gestão, jurídica e comunicação

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA

TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA TERMO DE REFERÊNCIA (TR) GAUD 4.6.8 01 VAGA 1 IDENTIFICAÇÃO DA CONSULTORIA Contratação de consultoria pessoa física para serviços de preparação

Leia mais

Parceiros O PROGRAMA DE PARCERIAS GVN. O que é o GVN Parceiro: O perfil do GVN Parceiro

Parceiros O PROGRAMA DE PARCERIAS GVN. O que é o GVN Parceiro: O perfil do GVN Parceiro Parceiros O PROGRAMA DE PARCERIAS GVN O que é o GVN Parceiro: O GVN Parceiro é uma modalidade de parceria de negócios criada pelo Grupo Vila Nova para ampliar sua capilaridade de oferta e garantir que

Leia mais

Você pode não perceber, mas nós estamos sempre presentes

Você pode não perceber, mas nós estamos sempre presentes Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina Você pode não perceber, mas nós estamos sempre presentes Missão Marco Legal Atuação do CIASC Sistemas Data Center Rede Governo Responsabilidade

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS 8 - Política de segurança da informação 8.1 Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a COOPERFEMSA, devendo ser adequadamente utilizada e protegida contra ameaças e riscos. A adoção

Leia mais

TERMO DE ADESÃO. Para participação em Projetos de Promoção de Exportação

TERMO DE ADESÃO. Para participação em Projetos de Promoção de Exportação TERMO DE ADESÃO Para participação em Projetos de Promoção de Exportação A empresa..., de CNPJ n.º..., por seu(s) representante(s) legal(is), adere ao projeto BRAZILIAN PUBLISHERS, proposto à APEX-Brasil

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL ESPECIALIZADO

TERMOS DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL ESPECIALIZADO TERMOS DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL ESPECIALIZADO 1. IDENTIFICAÇÃO DO TERMO DE REFERÊNCIA 1.1 UGP Nº 002/ 2012. 2. IDENTIFICAÇÃO DO CONTRATANTE 2.1 Contratante A Secretaria de Desenvolvimento

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS

ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES GRATIFICADAS ASSESSORIA DE IMPRENSA: Função GERENTE. Assessorar a Diretoria da Ceasa; Promover e divulgar notícias relacionadas a Ceasa; Estreitar o relacionamento da mídia com

Leia mais

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES N REQUISITOS OBSERVAÇÕES 01 02 03 04 05 06 07 A - MANUTENÇÃO E SUPORTE A empresa fornece produto de software com Verificar se a empresa fornece manual do produto (instalação), documentação de suporte ao

Leia mais

Congresso Brasileiro. Regulação da Mineração

Congresso Brasileiro. Regulação da Mineração Congresso Brasileiro sobre a Regulação da Mineração O caminho para a maturação regulatória Avaliação das propostas governamentais e consequências para a cadeia produtiva Aplicabilidade Jurídica da Legislação

Leia mais

Indústria brasileira de bens de capital mecânicos. Janeiro/2011

Indústria brasileira de bens de capital mecânicos. Janeiro/2011 AGENDA DE TRABALHO PARA O CURTO PRAZO Indústria brasileira de bens de capital mecânicos Janeiro/2011 UMA AGENDA DE TRABALHO (para o curto prazo) A. Financiamento A1. Taxa de juros competitiva face a nossos

Leia mais

Finalidade Proporcionar aos servidores, empregados, seus dependentes e pensionistas condições para manutenção da saúde física e mental.

Finalidade Proporcionar aos servidores, empregados, seus dependentes e pensionistas condições para manutenção da saúde física e mental. Programa 0390 Metrologia, Qualidade e Avaliação da Conformidade Numero de Ações 13 Ações Orçamentárias 09HB Contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para o Custeio do Regime de Previdência

Leia mais

//Sobre VISÃO MISSÃO. Honestidade, Responsabilidade. Respeito. Colaboração.

//Sobre VISÃO MISSÃO. Honestidade, Responsabilidade. Respeito. Colaboração. . Quem somos //Sobre A Oficina1 é uma consultoria direcionada à tecnologia da informação, com foco na implementação dos ERPs Protheus e OpenBravo, além do aplicativo de Service Desk SysAid, abrangendo

Leia mais

EVENTOS. Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania

EVENTOS. Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania A União dos Vereadores do Estado de São Paulo UVESP, desde 1977 (há 38 anos) promove parceria com o Poder Legislativo para torná-lo cada vez mais forte, através de várias ações de capacitação e auxílio

Leia mais

MANUAL DE INVESTIMENTOS

MANUAL DE INVESTIMENTOS IPEA - INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA MANUAL DE INVESTIMENTOS PROPOSTA DE COLETA E CADRASTRAMENTO DE INFORMAÇÕES SOBRE INTENÇÕES DE INVESTIMENTOS EMPRESARIAIS (Segunda Versão) Luciana Acioly

Leia mais

REVISTA NACIONAL DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - RNTI

REVISTA NACIONAL DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - RNTI - RNTI (publicação oficial do Setor de TIC) Atualização desde documento: 12.08.2015 Todos sabem e principalmente nós que a tecnologia da informação e comunicação está presente no dia a dia de praticamente

Leia mais

Informações sobre oportunidades de trabalho na INTELECTO CONTACT CENTER

Informações sobre oportunidades de trabalho na INTELECTO CONTACT CENTER Informações sobre oportunidades de trabalho na INTELECTO CONTACT CENTER ASSISTENTE DE DEPARTAMENTO PESSOAL Salário a combinar São Bernardo do Campo/SP Atribuições: Atendimento aos clientes, organização

Leia mais

4. MODERNIZAÇÃO E RELACIONAMENTO INSTITUCIONAL

4. MODERNIZAÇÃO E RELACIONAMENTO INSTITUCIONAL Relatório de Atividades - 1 trimestre de 4.1. Planejamento Estratégico 4. MODERNIZAÇÃO E RELACIONAMENTO INSTITUCIONAL A principal atividade relacionada ao Planejamento Estratégico -2016 do TCE/SC no primeiro

Leia mais

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Aprovado por: Diretoria de Informação Institucional 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos referentes

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS PARTE II POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS PARTE II POLÍTICAS CORPORATIVAS 1 Política de segurança da informação 1.1 Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a COGEM, devendo ser adequadamente utilizada e protegida contra ameaças e riscos. A adoção de políticas

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

SOBRE A FÉRIAS VIVAS MISSÃO. Lutar pela conscientização e proteger vidas no turismo nacional. VISÃO

SOBRE A FÉRIAS VIVAS MISSÃO. Lutar pela conscientização e proteger vidas no turismo nacional. VISÃO SOBRE A FÉRIAS VIVAS A Associação Férias Vivas é a primeira ONG de âmbito nacional voltada para a segurança no turismo e no lazer. A organização foi criada em 2002 a partir da iniciativa de um grupo de

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

Este briefing contém atividades que deverão ser desenvolvidas durante o convênio supracitado.

Este briefing contém atividades que deverão ser desenvolvidas durante o convênio supracitado. Briefing Prestação de Serviços de Comunicação e Marketing para o Instituto Nacional do Plástico Programa de Incentivo à Exportação Think Plastic Brazil Introdução Este briefing propõe e organiza as ações

Leia mais

0267 - Subvenção Econômica para Promoção das Exportações PROEX (Lei nº 10.184, de 2001)

0267 - Subvenção Econômica para Promoção das Exportações PROEX (Lei nº 10.184, de 2001) Programa 2024 - Comércio Exterior Número de Ações 14 0027 - Cobertura das Garantias Prestadas pela União nas Operações de Seguro de Crédito à Exportação (Lei nº 9.818, de 1999) Esfera: 10 - Orçamento Fiscal

Leia mais

Portfolio de Produtos

Portfolio de Produtos Introdução O Guia de Produtos e Serviços da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) foi elaborado com o objetivo de apresentar os produtos e serviços prestados

Leia mais

CONSULTORIA EM NEGÓCIOS EXTERIORES

CONSULTORIA EM NEGÓCIOS EXTERIORES CONSULTORIA EM NEGÓCIOS EXTERIORES Ser Júnior é ser gigante pela própria natureza. Brasil Júnior Mensagem do presidente Capacitar membros, promover o Movimento Empresa Júnior e causar impacto da sociedade,

Leia mais

Coren-MG - Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão Modelos de Soluções

Coren-MG - Tecnologia da Informação. Sistema Integrado de Gestão Modelos de Soluções Coren-MG - Tecnologia da Informação Sistema Integrado de Gestão Modelos de Soluções Infraestrutura Projeto Inicial de Infraestrutura Formação de equipe de TI interna; Estruturação de Datacenter; Redução

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI (2013-2015) - UFPel

Planejamento Estratégico de TI (2013-2015) - UFPel Planejamento Estratégico de TI (2013-2015) - UFPel 1 Missão Prover soluções de TI, com qualidade, à comunidade da UFPel. 2 Visão Ser referência em governança de TI para a comunidade da UFPel até 2015.

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ - INCTEC-SA CONSULTORIA EM GESTÃO FINANCEIRA TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2012 Contatos Luiz Augusto Gonçalves de Almeida (Coord. de Relações Institucionais) Fone: 55

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

PROGRAMA IAB UM PATRIMÔNIO DE TODOS FICHA DE CADASTRO DE AMIGO DO IAB 1. DADOS PESSOAIS / EMPRESA 2. CATEGORIAS DE AMIGO C)PARCEIRO DE SERVIÇOS ( )

PROGRAMA IAB UM PATRIMÔNIO DE TODOS FICHA DE CADASTRO DE AMIGO DO IAB 1. DADOS PESSOAIS / EMPRESA 2. CATEGORIAS DE AMIGO C)PARCEIRO DE SERVIÇOS ( ) INSTITUTO DE ARQUEOLOGIA BRASILEIRA Estrada da Cruz Vermelha 45, Vila Santa Tereza, Belford Roxo, RJ. CEP: 26193-415. Tel/Fax: (21) 31358117 www.arqueologia-iab.com.br iab@arqueologia-iab.com.br NOME PROGRAMA

Leia mais

MÓDULO 3 A estrutura brasileira para o comércio exterior

MÓDULO 3 A estrutura brasileira para o comércio exterior MÓDULO 3 A estrutura brasileira para o comércio exterior O governo brasileiro possui definida uma política voltada para o comércio internacional, onde defende os interesses das empresas nacionais envolvidas,

Leia mais

Histórico do Programa Brasileiro do Design

Histórico do Programa Brasileiro do Design Histórico do Programa Brasileiro do Design 1995 Lançamento do Programa Brasileiro do Design; Exposição: "O Brasil Mostra sua Marca". 1996 Concurso da Logomarca do PBD; Estudo: "Design para a Competitividade".

Leia mais

Circular de Oferta 5102/ sto Ago

Circular de Oferta 5102/ sto Ago Circular de Oferta Agosto / 2015 Índice Introdução 03 Quem Somos 04 Como funciona o negócio 05 Vantagens de ser constituir uma agência 06 Produtos e serviços 07 Ferramentas de apoio 08 Atividades desempenhadas

Leia mais

Áreas de Atuação Societário

Áreas de Atuação Societário SC Advogados Apresentação A Salomão Cateb Advogados foi fundada em 1963 na cidade de Belo Horizonte por Salomão de Araújo Cateb. Os mais de 40 anos de atividade conferiram à empresa o reconhecimento e

Leia mais

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS

gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS gesacad GESTÃO ACADÊMIDA DE ESCOLAS Mais de uma década de experiência e evolução é o que dá ao sistema uma vasta gama de funcionalidades. Esse conhecimento que faz total diferença para sua empresa. xp+

Leia mais

Norma Regulamentadora - NR 12 Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos. Histórico e Momento Atual

Norma Regulamentadora - NR 12 Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos. Histórico e Momento Atual Norma Regulamentadora - NR 12 Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos Histórico e Momento Atual A NR 12 teve sua redação substancialmente alterada pela Portaria MTE nº 197/2010 e encontra-se em

Leia mais

REPORTO - REGIME TRIBUTÁRIO PARA INCENTIVO À MODERNIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA PORTUÁRIA

REPORTO - REGIME TRIBUTÁRIO PARA INCENTIVO À MODERNIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA PORTUÁRIA REPORTO - REGIME TRIBUTÁRIO PARA INCENTIVO À MODERNIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO DA ESTRUTURA PORTUÁRIA Em 1º de dezembro de 2004, o Congresso Nacional aprovou o Projeto de Lei de Conversão nº 53, de 2004 (Medida

Leia mais

COMO SE ASSOCIAR 2014

COMO SE ASSOCIAR 2014 2014 QUEM SOMOS FUNDADO EM 2004, O CONSELHO EMPRESARIAL BRASIL CHINA CEBC É UMA INSTITUIÇÃO BILATERAL SEM FINS LUCRATIVOS FORMADA POR DUAS SEÇÕES INDEPENDENTES, NO BRASIL E NA CHINA, QUE SE DEDICA À PROMOÇÃO

Leia mais

Ficha Técnica. Supervisão Comissão de Organização, Normas e Procedimentos CONP

Ficha Técnica. Supervisão Comissão de Organização, Normas e Procedimentos CONP Referência Ficha Técnica Plano de comunicação Resolução n 1.025, de 30 de outubro de 29 Supervisão Comissão de Organização, Normas e Procedimentos CONP Elaboração Projeto ART e Acervo Técnico - Equipe

Leia mais

RESUMO DA REUNIÃO SOBRE O PROJETO DE LEI DE INICIATIVA POPULAR SOBRE OS 10% DAS RECEITAS CORRENTES BRUTAS PARA O SUS.

RESUMO DA REUNIÃO SOBRE O PROJETO DE LEI DE INICIATIVA POPULAR SOBRE OS 10% DAS RECEITAS CORRENTES BRUTAS PARA O SUS. RESUMO DA REUNIÃO SOBRE O PROJETO DE LEI DE INICIATIVA POPULAR SOBRE OS 10% DAS RECEITAS CORRENTES BRUTAS PARA O SUS. Com a participação de conselheiros do Conselho Nacional de Saúde (CNS) juntamente com

Leia mais

Mobilização e Participação Social no

Mobilização e Participação Social no SECRETARIA-GERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME Mobilização e Participação Social no Plano Brasil Sem Miséria 2012 SUMÁRIO Introdução... 3 Participação

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa RESOLUÇÃO DE MESA N.º 806/2007. (publicada no DOE nº 236, de 13 de dezembro de 2007) Dispõe sobre o Programa de Gerenciamento

Leia mais

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos.

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais

MANUAL DE IMPLANTAÇÃO DO PROJETO PAPA-ÓLEO

MANUAL DE IMPLANTAÇÃO DO PROJETO PAPA-ÓLEO MANUAL DE IMPLANTAÇÃO DO PROJETO PAPA-ÓLEO Apresentação O Projeto Papa-Óleo é uma iniciativa da ABRASEL, em parceria com o Ministério do Turismo e o SEBRAE, que visa a estimular a preservação do meio ambiente,

Leia mais

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida Apresentação Institucional Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida A empresa que evolui para o seu crescimento A VCN Virtual Communication Network, é uma integradora de Soluções Convergentes

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO

CARTILHA DE ORIENTAÇÃO CARTILHA DE ORIENTAÇÃO TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS IFPE/IFS RECONHECIMENTO DE SABERES E COMPETÊNCIAS - (R.S.C.) UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA! Caro servidor: Como é do conhecimento de todos, o seguimento docente

Leia mais

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS

INTHEGRA TALENTOS HUMANOS INTHEGRA TALENTOS HUMANOS OPORTUNIDADES DE TRABALHO Acesse e Cadastre-se: www.inthegrath.com.br RUA GENERAL OSORIO, 97 FUNDINHO 34-3234-6400 Analista Contábil (ITH 3173): Cursando Superior em Ciências

Leia mais

SETOR TÊXTIL E DE CONFECÇÃO BALANÇO 2012 E PERSPECTIVAS 2013

SETOR TÊXTIL E DE CONFECÇÃO BALANÇO 2012 E PERSPECTIVAS 2013 SETOR TÊXTIL E DE CONFECÇÃO BALANÇO 2012 E PERSPECTIVAS 2013 AGUINALDO DINIZ FILHO PRESIDENTE DO CONSELHO DA ABIT JANEIRO DE 2013 ESTRUTURA DA CADEIA PRODUTIVA E DE DISTRIBUIÇÃO TÊXTIL E DE CONFECÇÃO INFOGRÁFICO

Leia mais

LMA, Solução em Sistemas

LMA, Solução em Sistemas LMA, Solução em Sistemas Ao longo dos anos os sistemas para gestão empresarial se tornaram fundamentais, e por meio dessa ferramenta as empresas aperfeiçoam os processos e os integram para uma gestão mais

Leia mais

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional

Associativismo a modernização do sindicalismo nacional A união faz a força O dito popular encaixa-se como uma luva quando o assunto é associativismo o assunto em pauta no meio sindical. As principais confederações patronais do País estão investindo nessa bandeira

Leia mais

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS

12.1 AÇÕES E INDICAÇÕES DE PROJETOS 43 Considerando os Objetivos Estratégicos, Indicadores e Metas, foram elaboradas para cada Objetivo, as Ações e indicados Projetos com uma concepção corporativa. O Plano Operacional possui um caráter sistêmico,

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO PROGRAMAÇÃO DO EVENTO Dia 08/08 // 09h00 12h00 PLENÁRIA Nova economia: includente, verde e responsável Nesta plenária faremos uma ampla abordagem dos temas que serão discutidos ao longo de toda a conferência.

Leia mais