GERENCIAMENTO DE COMUNICAÇÃO em PROJETOS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GERENCIAMENTO DE COMUNICAÇÃO em PROJETOS"

Transcrição

1 GERENCIAMENTO DE COMUNICAÇÃO em PROJETOS Gerenciamento de Projetos A IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO: Uma boa comunicação no ambiente de Projeto resultará em uma equipe motivada; Ampliam-se as chances de sucesso no Projeto; Projetos são executados por Pessoas; Lembrem-se: Nem só de CAMINHO CRÍTICO vive um Projeto, alguém precisa dizer onde ele está 1

2 EVOLUÇÃO DA COMUNICAÇÃO As sociedades primitivas desenvolveram a fala por necessidade de comunicação. Desenvolveram assim também símbolos e desenhos para registrar sua vivência. EVOLUÇÃO DA COMUNICAÇÃO Código Morse Prensa de Gutenberg Telefone de Granbel Rádio de Marconi 2

3 EVOLUÇÃO DA COMUNICAÇÃO Jornais TV Revistas EVOLUÇÃO DA COMUNICAÇÃO Celulares e Tablet Internet Redes Sociais 3

4 Modelo de Comunicação: Emissor ou Transmissor: aquele que origina a mensagem Mensagem: são os pensamentos, sentimentos ou idéias transformadas em códigos que devem ser compreensíveis tanto pelo emissor quanto pelo receptor; Meio ou Mídia: o veículo ou mecanismo utilizado para encaminhar a mensagem (visual, auditivo e tátil); Receptor: aquele para o qual a mensagem é destinada; DEFINIÇÃO O processo que envolve a TRANSMISSÃO e a RECEPÇÃO de mensagens entre uma fonte emissora e um destinatário receptor. 4

5 Barreiras de Comunicação (falar com jeito, saber como falar): Falta de canais de comunicação claros; Distância física ou temporal entre o emissor e o receptor; Uso inadequado de linguagem técnica; Fatores ambientais de distração (barulho, cheiro); Atitudes prejudiciais (hostilidade, descrença, preconceitos); Informação excessiva; Falta de conhecimento sobre o assunto que está sendo comunicado (campo de experiências não se sobrepõe); Diferenças culturais; Estimular o Transmissor para solicitar feed-back. O Emissor deve usar da audição ativa (identifica se houve ou não o entendimento da mensagem). 5

6 Canais de Comunicação: informal formal A Alta Gerência, Cliente Patrocinados Interessados Externos D Agências Reguladoras Gerente de Projeto Gerentes Funcionais B Outros Gerentes do Projeto C Equipe do Projeto PROCESSO DA COMUNICAÇÃO ATRAVÉS DE 6

7 TIPOS DE COMUNICAÇÃO: COMUNICAÇÃO VERBAL: pode ser oral (mais rápida) ou escrita (mais detalhada) e ainda é o tipo mais utilizado para transmitir informações, e um dos mais eficazes; Manter comunicações orais e presenciais é extremamente importante para aumentar o espírito de equipe; mecanismo de duas vias possibilitando a obtenção de feedback por parte do receptor durante sua transmissão; TIPOS DE COMUNICAÇÃO: COMUNICAÇÃO NÃO-VERBAL: também conhecida como a linguagem corporal, é aquele que se dá sem o uso de palavras; São usadas para substituir, reforçar e, vez ou outra, contradizer uma mensagem verbal; Lapso cinético é um sinal contraditório em que a comunicação verbal emite uma mensagem e a nãoverbal outra; Eu estou lhe dizendo que não estou bravo; Claro que eu não fiquei chateado com isso; 7

8 TIPOS DE COMUNICAÇÃO: COMUNICAÇÃO PARALINGUÍSTICA: É aquela que utiliza sons ou qualidade de voz que acompanha a fala e revela a situação em que o falante se encontra (aspectos como velocidade e entonação são considerados paralinguísticos); 8

9 ESTILOS DE COMUNICAÇÃO: FORMAL: Um conjunto de regras e procedimentos deve ser seguido, exigindo um formato, um protocolo. Em Projetos, toda comunicação formal deve passar pelo Gerente de Projetos; INFORMAL: Não há um conjunto de regras, a comunicação é livre, a maioria dos gerentes de projeto prefere comunicar-se verbal e informalmente; Uma comunicação construída na base da confiança mútua entre todos os envolvidos; 9

10 Gerenciamento das Comunicações do Projeto: O Gerente de Projeto tem a responsabilidade de saber quais mensagens devem ser enviadas, para quem, em que momento e traduzí-las para uma linguagem que todos possam compreender; 10

11 Gerenciamento das Comunicações do Projeto: Todas as pessoas envolvidas no Projeto devem estar preparadas para enviar e receber informações e devem compreender também como as informações em seu poder podem afetar o projeto como um todo; Planejamento de Comunicações: Indicará quem precisará de qual informação, quando, como ela deverá ser fornecida e por quem; Muitos executivos definem um bom Gerente de Projeto como aquele que mantém a todos informados e não aquele que resolve tudo sozinho; 11

12 Tecnologia das Comunicações: Não há Tecnologia moderna que substitua a uma boa conversa, olho no olho, no entanto, há que compreender bem que tipo de tecnologia será utilizado no desenvolvimento do projeto. O que é bom para um pode ser ruim para outro; Deve-se, portanto, assegurar que os recursos não sejam desperdiçados com informações ou tecnologias inadequadas; Um projeto de sucesso é aquele que atinge ou excede as expectativas dos interessados; Plano de Gerenciamento de Comunicação: Deve fornecer informações sobre: Como os dados serão coletados, organizados e arquivados; Os métodos a serem usados para distribuir as informações; O tipo de informação a ser distruibuído; Quando cada tipo de informação será produzido; Métodos de acessar informações entre as comunicações programadas; O método usado para atualizar e refinar o plano durante o projeto; 12

13 Criando comunicações bemsucedidas com a Equipe do Projeto Ser um comunicador efetivo: Rede interpessoal de comunicações entre os membros da equipe e deve estimular a comunicação informal entre eles; Ser um facilitador de comunicações: Iniciar os relacionamentos que se tornarão vínculos de comunicação; Evitar bloqueadores de comunicação: Evitar respostas negativas que arruínam ou inibem idéias inovadoras. Devem criar um clima que seja aberto ao desenvolvimento de novas idéias; Criando comunicações bemsucedidas com a Equipe do Projeto Manter a equipe de projeto o mais próximo possível; Na medida do possível, alocar todos os participantes da equipe em um único espaço no escritório; Ter uma sala de comando para o Projeto; Local exclusivo onde a equipe do projeto possa se reunir (também chamada de sala de guerra, sala de controle, project cockpit) Conduzir reuniões eficazes; Um dos mecanismos mais eficazes para a comunicação em Projetos e também essenciais para criar times; 13

14 Relatório de Desempenho Informações do andamento: Situação atual ou status (onde o projeto está); Informações sobre o progresso: O que já foi feito até o momento; Informações relativas à previsão (forecast): Preveem o andamento e o progresso futuro do projeto; Ferramentas e Técnicas: Utilizadas para comunicar o projeto. As medidas mais utilizadas são o desvio de custo e o desvio de cronograma; Relatório de Desempenho Revisão de Desempenho: Avaliar o andamento e o progresso do projeto; Análise dos Desvios: Compara os resultados reais do projeto com os resultados planejados ou esperados; Análise das Tendências: Avaliação dos resultados do projeto durante todo o tempo e determina se o seu desempenho está melhorando ou piorando; 14

15 Falhas de Comunicação Cuidados com a Comunicação 15

GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES DO PROJETO (PARTE I - Teoria)

GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES DO PROJETO (PARTE I - Teoria) UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES DO PROJETO (PARTE I - Teoria) EQUIPE: TC_045 - GERENCIAMENTO DE PROJETOS PROFESSORA: ELAINE SOUZA MARINHO

Leia mais

GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES DO PROJETO

GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES DO PROJETO GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES DO PROJETO Gestão de Projetos de Infraestrutura Luciano Rodrigues de Souza GERENCIAMENTO DAS COMUNICAÇÕES DO PROJETO O gerenciamento das comunicações do projeto inclui os

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos MBA em EXCELÊNCIA EM GESTÃO DE PROJETOS E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Gerenciamento de s Planejamento e Gestão de s Prof. Msc. Maria C Lage Prof. Newman Serrano, PMP Gerenciamento de Recursos Humanos Introdução

Leia mais

PROCESSO DE COMUNICAÇÃO Conceitos básicos. Prof Dr Divane de Vargas Escola de Enfermagem Universidade de São Paulo

PROCESSO DE COMUNICAÇÃO Conceitos básicos. Prof Dr Divane de Vargas Escola de Enfermagem Universidade de São Paulo PROCESSO DE COMUNICAÇÃO Conceitos básicos Prof Dr Divane de Vargas Escola de Enfermagem Universidade de São Paulo PROCESSO DE COMUNICAÇÃO A comunicação permeia toda a ação do enfermeiro PROCESSO DE COMUNICAÇÃO

Leia mais

HISTÓRIA DA COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL E PRINCIPAIS ELEMENTOS

HISTÓRIA DA COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL E PRINCIPAIS ELEMENTOS HISTÓRIA DA COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL E PRINCIPAIS ELEMENTOS A primeira necessidade? Comunicar-se. COMUNICAÇÃO É o processo que consiste em transmitir e receber uma mensagem, com a finalidade de afetar

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras Núcleo de Pós Graduação Pitágoras MBA em Gestão Estratégica de Projetos e Negócios Disciplina: Gestão Estratégica da Informação, do Conhecimento e Gerenciamento da Comunicação Aula - Gerenciamento da Comunicação

Leia mais

Comunicação. Prof. Leonardo de Barros Pinto

Comunicação. Prof. Leonardo de Barros Pinto Prof. Leonardo de Barros Pinto Programa do curso CONTEÚDO Momento 1: Organizacional e Interpessoal Momento 2: Apresentações Sistemas de comunicação 1. Orais 2. Visuais 3. Auditivos 4. Eletrônicos A.Diretos

Leia mais

Comunicação e Ética Aula 2

Comunicação e Ética Aula 2 Comunicação e Ética Aula 2 NENL Exercício Descrever usando criatividade e imaginação como seria um dia, na sua cidade, se todos os meios de comunicação deixassem de funcionar. Imagine: 1 se nenhuma emissora

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Liderança, Coaching e Gestão de Pessoas

Gerenciamento de Projetos Liderança, Coaching e Gestão de Pessoas Gerenciamento de Projetos Liderança, Coaching e Gestão de Pessoas Aula 05 Prof. Esp. Gladimir Ceroni Catarino gccatarino@senacrs.edu.br gladimir@gmail.com SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE

Leia mais

Comunicação Empresarial e Processo Decisório. Prof. Ana Claudia Araujo Coelho

Comunicação Empresarial e Processo Decisório. Prof. Ana Claudia Araujo Coelho Prof. Ana Claudia Araujo Coelho Comunicar significa transmitir ideias, sentimentos ou experiências de uma pessoa para outra, tornar comum, participar, fazer saber, transmitir. ANDRADE (2008, p. 45) O resultado

Leia mais

Apresentação de trabalhos científicos

Apresentação de trabalhos científicos Apresentação de Apresentação oral de trabalhos trabalhos científicos COMUNICAÇÃO Prof. Dr. Adriano Canabarro Teixeira teixeira@upf.br Abril de 2008 É como uma conversa? Pressupõe uma interação social entre

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL DO TUTOR DE CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

PERFIL PROFISSIONAL DO TUTOR DE CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PERFIL PROFISSIONAL DO TUTOR DE CURSOS DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA Área profissional: Educação Segmento tecnológico: Educação a Distância Qualificação profissional: Tutor de Cursos de Educação a Distância

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE LÍDERES

PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE LÍDERES PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE LÍDERES CONQUISTE A LIDERANçA INSCRIÇÕES ABERTAS Prepare-se para novos desafios e seja o destaque no mercado de trabalho. Muitas vezes, a liderança não sabe quais

Leia mais

HISTÓRICO DAS REVISÕES

HISTÓRICO DAS REVISÕES Página 1 de 7 HISTÓRICO DAS REVISÕES REVISÃO DATA DESCRIÇÃO 00 06/02/2015 Emissão inicial 1. OBJETIVO Criar uma sistemática de produção e disseminação de notícias institucionais para os diversos públicos

Leia mais

Afinando os instrumentos da comunicação do líder nas organizações.

Afinando os instrumentos da comunicação do líder nas organizações. Afinando os instrumentos da comunicação do líder nas organizações Mirieli Colombo, Fga Fga. Especialista em Voz Especialista em Dinâmica dos Grupos Master em PNL Personal e Profissional Coaching EUA, 70

Leia mais

Comunicação Empresarial. Prof.: : Alexandre Lozi

Comunicação Empresarial. Prof.: : Alexandre Lozi Comunicação Empresarial Prof.: : Alexandre Lozi Helton Klinthon Lucas Arantes Danilo Divanni Joselito Vila Boa Rafael Comunicação nas empresas Comunicação empresarial Definição: - Comunicação empresarial

Leia mais

Áreas de Conhecimento, Técnicas de Análise de Negócio e Conceitos-Chave

Áreas de Conhecimento, Técnicas de Análise de Negócio e Conceitos-Chave Primeiro Módulo: Parte 3 Áreas de Conhecimento, Técnicas de Análise de Negócio e Conceitos-Chave AN V 3.0 [60] Rildo F Santos (@rildosan) rildo.santos@etecnologia.com.br www.etecnologia.com.br http://etecnologia.ning.com

Leia mais

Liderança direta líder da área onde o programa de voluntariado está inserido

Liderança direta líder da área onde o programa de voluntariado está inserido Liderança direta líder da área onde o programa de voluntariado está inserido 1. Quais as principais causas da falta de apoio ao programa? Quando o gestor diretor é da área responsável pelo programa ele

Leia mais

Organização da Aula. Gestão de Recursos Humanos. Aula 3. Comunicação. Contextualização. Motivação dos Talentos Humanos. Instrumentalização

Organização da Aula. Gestão de Recursos Humanos. Aula 3. Comunicação. Contextualização. Motivação dos Talentos Humanos. Instrumentalização Gestão de Recursos Humanos Aula 3 Profa. Me. Ana Carolina Bustamante Organização da Aula Comunicação nas empresas Motivação dos talentos humanos Comunicação Processo de comunicação Contextualização Barreiras

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO BEM-SUCEDIDA DE SOFTWARE 6 PROBLEMAS COM ACIONISTAS QUE VOCÊ PODE FACILMENTE SUPERAR COM O ATLAS

DISTRIBUIÇÃO BEM-SUCEDIDA DE SOFTWARE 6 PROBLEMAS COM ACIONISTAS QUE VOCÊ PODE FACILMENTE SUPERAR COM O ATLAS DISTRIBUIÇÃO BEM-SUCEDIDA DE SOFTWARE 6 PROBLEMAS COM ACIONISTAS QUE VOCÊ PODE FACILMENTE SUPERAR COM O ATLAS DISTRIBUIÇÃO BEM-SUCEDIDA DE SOFTWARE INTRODUÇÃO: CONDUZIR UMA COLABORAÇÃO EFETIVA ENTRE TODOS

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Project Management Institute. Prof. Miguel Torres

Gerenciamento de Projetos Project Management Institute. Prof. Miguel Torres Gerenciamento de Projetos Project Management Institute Prof. Miguel Torres miguel.torres@feol.com.br Objetivo do Curso Criar condições e proporcionar métodos para o desenvolvimento da capacidade gestora,

Leia mais

CURSO DE GESTÃO EM RECURSOS HUMANOS DISCIPLINA: SISTEMAS ORGANIZACIONAIS

CURSO DE GESTÃO EM RECURSOS HUMANOS DISCIPLINA: SISTEMAS ORGANIZACIONAIS DISCIPLINA: SISTEMAS ORGANIZACIONAIS APRESENTAÇÃO O conhecimento não deve ser colocado de forma muito restrita, de modo que o Aluno não acredite que o assunto está encerrado e que a pesquisa não deve ser

Leia mais

Cláudia Moura. IDOSOS: As Palavras e os Gestos na Comunicação. Centro Cultural Entroncamento,

Cláudia Moura. IDOSOS: As Palavras e os Gestos na Comunicação. Centro Cultural Entroncamento, Cláudia Moura claudiamoura@portugalmail.pt IDOSOS: As Palavras e os Gestos na Comunicação Centro Cultural Entroncamento, 30 Setembro 2010 O envelhecimento demográfico é um fenómeno social e actual, mas

Leia mais

Capítulo 11. Comunicação Pearson. Todos os direitos reservados.

Capítulo 11. Comunicação Pearson. Todos os direitos reservados. Capítulo 11 Comunicação slide 1 Objetivos de aprendizagem Identificar as principais funções da comunicação. Descrever o processo de comunicação e distinguir entre comunicação formal e informal. Comparar

Leia mais

Plano de Estudo Grupo Gestão de Projetos em Brasília. Preparatório para a certificação PMP. Cliente: não se aplica

Plano de Estudo Grupo Gestão de Projetos em Brasília. Preparatório para a certificação PMP. Cliente: não se aplica Plano de Estudo Grupo Gestão de Projetos em Brasília Preparatório para a certificação PMP Cliente: não se aplica Histórico das Revisões Versão Data Autores Principais Alterações 1.0 03/06/2011 Juliana

Leia mais

design > comunicação visual Profa. Julie Pires

design > comunicação visual Profa. Julie Pires design > comunicação visual Profa. Julie Pires Teorias do Design 1 [BAV105] DESIGN Design é inventar, projetar, programar, coordenar uma longa lista de fatores humanos e técnicos, traduzir o invisível

Leia mais

Importância do Feedback

Importância do Feedback FEEDBACK O que é Feedback? Técnica utilizada para dar um parecer sobre uma pessoa ou grupo de pessoas na realização de um trabalho com o intuito de avaliar o seu desempenho. É uma ação que revela os pontos

Leia mais

Comunicação: Foco em Resultados Técnicas de Apresentação

Comunicação: Foco em Resultados Técnicas de Apresentação Comunicação: Foco em Resultados Técnicas de Apresentação Objetivos: Promover a auto-análise e o desenvolvimento de métodos e técnicas para uma comunicação clara, objetiva e segura. Propiciar a interação

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Novembro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Finalizar o conteúdo da Disciplina Governança de

Leia mais

Curso de Engenharia Industrial Madeireira UFPR Prof. Umberto Klock

Curso de Engenharia Industrial Madeireira UFPR Prof. Umberto Klock Curso de Engenharia Industrial Madeireira UFPR Prof. Umberto Klock Introdução à Gestão de Projetos; Gestão de Escopo; Gestão de Prazos; Gestão de Custos; Gestão de Pessoas; Gestão de Comunicação; Gestão

Leia mais

Bom dia, sou João Neves Amado, sou assistente convidado da Universidade Católica Portuguesa no

Bom dia, sou João Neves Amado, sou assistente convidado da Universidade Católica Portuguesa no Bom dia, sou João Neves Amado, sou assistente convidado da Universidade Católica Portuguesa no 1 Porto, membro do grupo de investigação em Espiritualidade da UCP 2 Mas então quando comecei a ver o programa

Leia mais

Unidade I ELABORAÇÃO E ANÁLISE. Prof. André Medeiros

Unidade I ELABORAÇÃO E ANÁLISE. Prof. André Medeiros Unidade I ELABORAÇÃO E ANÁLISE DE PROJETOS Prof. André Medeiros O que é um projeto? É um empreendimento singular e temporário, com o objetivo de desenvolver um produto ou serviço. Segundo o PMI - Project

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA ALFREDO DOS REIS SILVEIRA

ESCOLA SECUNDÁRIA ALFREDO DOS REIS SILVEIRA A fala, sem dúvida, precedeu a descoberta do fogo. Ainda continuamos a usar a palavra, não para transmitir mensagens ou expressar sentimentos, mas para estabelecer e manter o contacto humano ( ) O ato

Leia mais

Capitulo 2. Adquirindo Habilidades para Gerenciar Projetos

Capitulo 2. Adquirindo Habilidades para Gerenciar Projetos Capitulo 2 Adquirindo Habilidades para Gerenciar Projetos Existe alguém responsável pela realização dos projetos? Quais são as principais deficiências dos gerentes de projeto? Pesquisa PMI - 2008 Esmero

Leia mais

Capítulo 5 Gerenciamento do Escopo do projeto. Introdução. Antes de iniciarmos vamos pensar um pouco.

Capítulo 5 Gerenciamento do Escopo do projeto. Introdução. Antes de iniciarmos vamos pensar um pouco. Capítulo 5 Gerenciamento do Escopo do projeto 1 Introdução Antes de iniciarmos vamos pensar um pouco. 2 Introdução 3 Introdução 4 Introdução 5 Introdução O projeto se inicia com a definição de quais objetivos

Leia mais

Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Engenharia de Software e Gerência de Projetos Prof. Esp. André Luís Belini Bacharel em Sistemas de Informações MBA em Gestão Estratégica de Negócios Cronograma das Aulas. Hoje você está na aula Semana

Leia mais

Construindo a cultura através da comunicação

Construindo a cultura através da comunicação Construindo a cultura através da comunicação Assessoria de Imprensa O que é Cultura Organizacional? Conjunto de hábitos e crenças estabelecidos através de normas, valores, atitudes e expectativas compartilhados

Leia mais

Promoção Comunicação

Promoção Comunicação Promoção Comunicação 1 Propaganda, Promoção de Vendas e Publicidade 2 3 Mix de Comunicação de Marketing ou Mix de Promoção Consiste em uma composição de instrumentos de comunicação como propaganda, venda

Leia mais

Módulo 3 Técnicas para envolvimento. 3c Comunicação estratégica

Módulo 3 Técnicas para envolvimento. 3c Comunicação estratégica Módulo 3 Técnicas para envolvimento 3c Comunicação estratégica No Módulo 3c... Porquê e o que comunicar? Comunicação eficaz Uso de redes Ser estratégico Sessão de trabalho Porquê e o que comunicar? A comunicação,

Leia mais

Mix de Marketing (IV) 4P Promoção

Mix de Marketing (IV) 4P Promoção Mix de Marketing (IV) 4P Promoção Mix de Marketing Produto Preço Criação de valor Captação de valor Entrega de valor Comunicação de valor Praça Promoção COMUNICAÇÕES INTEGRADAS DE MARKETING (CIM) Abrange

Leia mais

GERENCIAMENTO DAS PARTES INTERESSADAS DO PROJETO

GERENCIAMENTO DAS PARTES INTERESSADAS DO PROJETO GERENCIAMENTO DAS PARTES INTERESSADAS DO PROJETO O das partes interessadas inclui os processos exigidos para identificar todas as pessoas, grupos ou organizações que podem impactar ou serem impactados

Leia mais

A importância da Comunicação na Negociação

A importância da Comunicação na Negociação Nem sempre o que se pretende falar é o que de fato é falado. E pior, nem sempre o que é falado é o que de fato é entendido. Anônimo. A importância da Comunicação na Negociação - A habilidade de entender

Leia mais

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública. Introdução ao gerenciamento de projeto

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública. Introdução ao gerenciamento de projeto Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública Introdução ao gerenciamento de projeto O que é um Projeto? Um projeto é um complexo e não rotineiro esforço único limitado por tempo, orçamento, recursos

Leia mais

TEORIA DA LINGUAGEM Prof ª Giovana Uggioni Silveira

TEORIA DA LINGUAGEM Prof ª Giovana Uggioni Silveira TEORIA DA LINGUAGEM Prof ª Giovana Uggioni Silveira COMUNICAÇÃO LINGUAGEM LÍNGUA FALA ESCRITA DISCURSO Forma de linguagem escrita (texto) ou falada (conversação no seu contexto social, político ou cultural).

Leia mais

Base de Alcântara, 22 agosto 2003

Base de Alcântara, 22 agosto 2003 Base de Alcântara, 22 agosto 2003 Orçamento do Agência Espacial Brasileira para 2003: R$35 milhões CHINA e ÍNDIA gastam R$1.200 milhões por ano O CHAOS Empresas americanas gastam mais de US$275 bilhões

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELO NAI ANO LETIVO DE 2009

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELO NAI ANO LETIVO DE 2009 UNIVERSIDADE DANTA CECÍLIA COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO - NÚCLEO DE AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL É preciso avaliar para mudar RELATÓRIO DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELO ANO LETIVO DE 2009 PERÍODO FEVEREIRO

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA PROVA DE GESTÃO DE PROJETOS

QUESTIONÁRIO PARA PROVA DE GESTÃO DE PROJETOS QUESTIONÁRIO PARA PROVA DE GESTÃO DE PROJETOS 1. Quais são os níveis de escritórios no Projeto? As responsabilidades de um PMO, podem variar desde fornecer funções de suporte ao gerenciamento de projetos

Leia mais

COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 1

COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 1 COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 1 Índice 1. O Que é Comunicação?...3 1.1. Características... 3 1.2. Formas e Componentes da Comunicação... 3 1.3. Conceitos Básicos... 4 1.3.1. Conceito etimológico... 4 1.3.2.

Leia mais

Gerenciamento da Integração de Projetos. Parte 03. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301. Docente: Petrônio Noronha de Souza

Gerenciamento da Integração de Projetos. Parte 03. Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301. Docente: Petrônio Noronha de Souza Gerenciamento da Integração de Projetos Parte 03 Gerenciamento de Projetos Espaciais CSE-301 Docente: Petrônio Noronha de Souza Curso: Engenharia e Tecnologia Espaciais Concentração: Engenharia e Gerenciamento

Leia mais

PROINTER Projeto Integrador aula 7 Prof. Me. Érico Pagotto

PROINTER Projeto Integrador aula 7 Prof. Me. Érico Pagotto PROINTER Projeto Integrador aula 7 Prof. Me. Érico Pagotto Gerenciamento de Riscos em Projetos Conceitos, ferramentas e técnicas para gerenciamento de ricos em projetos Utilização dos métodos propostos

Leia mais

Remodelando a passagem de plantão. Ana Lúcia S. Mirancos da Cunha Coordenadora de enfermagem do centro cirúrgico

Remodelando a passagem de plantão. Ana Lúcia S. Mirancos da Cunha Coordenadora de enfermagem do centro cirúrgico Remodelando a passagem de plantão Ana Lúcia S. Mirancos da Cunha Coordenadora de enfermagem do centro cirúrgico Prestador de serviços 24 horas Ser humano paciente Comunicação Comunicar não significa simplesmente

Leia mais

ATLAS: UNINDO SUAS EQUIPES

ATLAS: UNINDO SUAS EQUIPES ATLAS: UNINDO SUAS EQUIPES UNA AS EQUIPES DE DESENVOLVIMENTO DE NEGÓCIOS DURANTE TODO O CICLO DE VIDA ANALISTA DE NEGÓCIOS E CLIENTE: DOIS PÚBLICOS-ALVO, O MESMO RESULTADO Os analistas de negócios e os

Leia mais

O Sentido do Planejamento

O Sentido do Planejamento O Sentido do Planejamento O planejamento é essencial para todos os fatores que afetam a organização FIGUEREDO, Sandra (2004) Existem duas escolas de pensamento conflitantes com referência à profundidade

Leia mais

Diretriz Nacional de Comunicação. Sistema Unimed

Diretriz Nacional de Comunicação. Sistema Unimed Diretriz Nacional de Comunicação Sistema Unimed Diretriz de Comunicação Definição Política ou Diretriz de Comunicação é um processo articulado de definição de valores, objetivos, diretrizes, normas e estruturas,

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Msc. Carlos José Giudice dos Santos

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: GESTÃO DE PROJETOS. Prof. Msc. Carlos José Giudice dos Santos FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: GESTÃO DE PROJETOS Prof. Msc. Carlos José Giudice dos Santos ÁREAS DE CONHECIMENTO [01] Nós já sabemos que o Guia PMBOK é dividido em 10 áreas do conhecimento relacionadas

Leia mais

Objectivos da Sessão. Curso de Iniciação ao Marketing & Publicidade. Introdução à Publicidade 1

Objectivos da Sessão. Curso de Iniciação ao Marketing & Publicidade. Introdução à Publicidade 1 Objectivos da Sessão Compreender o Conceito de Publicidade Análise da mensagem Publicitária Conceito de mensagem publicitária Tipos de mensagem publicitária Curso de Iniciação ao Marketing & Publicidade

Leia mais

XXXXXXX. Todos os técnicos responsáveis pelas atividades de inspeção em indústrias de medicamentos.

XXXXXXX. Todos os técnicos responsáveis pelas atividades de inspeção em indústrias de medicamentos. NOME DO X 1/6 // 1 INTRODUÇÃO O passo seguinte à aprovação de um documento do sistema de qualidade, para que ele possa realmente se tornar efetivo, é o treinamento de todos os envolvidos na execução das

Leia mais

A estrutura do gerenciamento de projetos

A estrutura do gerenciamento de projetos A estrutura do gerenciamento de projetos Ciclo de vida e organização do projeto 1 Ciclo de Vida do Projeto Fases do Projeto são divisões de um projeto onde controle adicional é necessário para gerenciar

Leia mais

Capitulo 4: Definindo as Metas do Projeto

Capitulo 4: Definindo as Metas do Projeto Capitulo 4: Definindo as Metas do Projeto PMBOK GUIDE Project Management Body of Knowledge Iniciação 5.1 Grupo de Processos de Planejamento Desenvolver o Plano de Gerenciamento de Projeto (4.3) Planejamento

Leia mais

Promoção. Prof. Me. André F. A. Fagundes 1. Disciplina: Administração Mercadológica 2º semestre de 2009

Promoção. Prof. Me. André F. A. Fagundes 1. Disciplina: Administração Mercadológica 2º semestre de 2009 Disciplina: Administração Mercadológica 2º semestre de 2009 Promoção Prof. M e André F. A. Fagundes Prof. M e André F. A. Fagundes 1 Comunicação de marketing É o meio pelo qual as empresas buscam informar,

Leia mais

Trabalho em Equipe. São unidades com duas ou mais pessoas que interagem e coordenam seu trabalho para conseguir atingir uma meta específica.

Trabalho em Equipe. São unidades com duas ou mais pessoas que interagem e coordenam seu trabalho para conseguir atingir uma meta específica. Equipe Trabalho em Equipe São unidades com duas ou mais pessoas que interagem e coordenam seu trabalho para conseguir atingir uma meta específica. Objetivo comum. Objetivos do grupo acima dos interesses

Leia mais

Administração de Projetos

Administração de Projetos Administração de Projetos gerenciamento da integração Prof. Robson Almeida Antes, uma breve revisão Processos de Iniciação Iniciação Iniciação Escopo do Projeto Planejamento Iniciação Processos de Planejamento

Leia mais

responda agora, estude seu material e depois voltaremos a falar sobre isso. (Vídeo disponível no material on-line)

responda agora, estude seu material e depois voltaremos a falar sobre isso. (Vídeo disponível no material on-line) Tema Execução de Projetos Projeto Curso Disciplina Tema Professor(a) Pós-graduação MBA em Engenharia da Produção Gestão de Projetos Execução de Projetos Sandra Mara Choma Introdução Neste tema, vamos estudar

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE

ENGENHARIA DE SOFTWARE ENGENHARIA DE SOFTWARE Qualidade de Software Qualidade do produto e do processo Padrões de software Revisões Medições e métricas de software Kele Teixeira Belloze kelebelloze@gmail.com CONCEITO DE QUALIDADE

Leia mais

W EBFLEET Com apenas alguns cliques você pode analisar um veículo ou sua frota inteira

W EBFLEET Com apenas alguns cliques você pode analisar um veículo ou sua frota inteira Pointer Brasil Alameda Araguaia nº 1142 - Alphaville - Barueri - SP W EBFLEET Com apenas alguns cliques você pode analisar um veículo ou sua frota inteira O Webfleet cobre os aspectos mais importantes

Leia mais

O que é um sistema distribuído?

O que é um sistema distribuído? Disciplina: Engenharia de Software 4 Bimestre Aula 1: ENGENHARIA DE SOFTWARE DISTRIBUÍDO O que é um sistema distribuído? Segundo Tanenbaum e Steen (2007) um sistema distribuído é uma coleção de computadores

Leia mais

Submódulo 9.6. Acompanhamento e previsão meteorológica e climática

Submódulo 9.6. Acompanhamento e previsão meteorológica e climática Submódulo 9.6 Acompanhamento e previsão meteorológica e climática Rev. Nº. 0.0 0.1 Motivo da revisão Este documento foi motivado pela criação do Operador Nacional do Sistema Elétrico. Atendimento à Resolução

Leia mais

QUATRO ESTRATEGIAS MATADORAS PARA GERENCIAR SEUS LEADS E AUMENTAR SUAS VENDAS. Melhor do que divulgar é se comunicar - Figueiredo

QUATRO ESTRATEGIAS MATADORAS PARA GERENCIAR SEUS LEADS E AUMENTAR SUAS VENDAS. Melhor do que divulgar é se comunicar - Figueiredo QUATRO ESTRATEGIAS MATADORAS PARA GERENCIAR SEUS LEADS E AUMENTAR SUAS VENDAS Melhor do que divulgar é se comunicar - Figueiredo Se você não está seguindo essas 4 dicas, você provavelmente está perdendo

Leia mais

Oficina de. Expressividade. Orientação: Fga. Millena Vieira. Apresentação: Ana Júlia Passos Bárbara Camilo

Oficina de. Expressividade. Orientação: Fga. Millena Vieira. Apresentação: Ana Júlia Passos Bárbara Camilo Oficina de Orientação: Fga. Millena Vieira Expressividade Apresentação: Ana Júlia Passos Bárbara Camilo Como a voz é produzida? A voz... Expressa nossas emoções Sentimentos e personalidade Enriquece o

Leia mais

Aula 01: Introdução e conceitos básicos. Ghislaine Miranda Bonduelle

Aula 01: Introdução e conceitos básicos. Ghislaine Miranda Bonduelle Aula 01: Introdução e conceitos básicos Ghislaine Miranda Bonduelle Introdução Importância da Qualidade Evolução da Qualidade Qualidade Qualidades dos produtos (ou serviços) De acordo com exigência explícita

Leia mais

UFSM - Universidade Federal de Santa Maria CT - Centro de Tecnologia Engenharia de Produção Prof. Julio Siluk IMPLEMENTAÇÃO ESTRATÉGICA

UFSM - Universidade Federal de Santa Maria CT - Centro de Tecnologia Engenharia de Produção Prof. Julio Siluk IMPLEMENTAÇÃO ESTRATÉGICA UFSM - Universidade Federal de Santa Maria CT - Centro de Tecnologia Engenharia de Produção Prof. Julio Siluk IMPLEMENTAÇÃO ESTRATÉGICA Cristiane Freitas Kélen Marques Sidinéia Santini Processo pelo qual

Leia mais

ROTARY INTERNACIONAL ORGANIZAÇÃO MULTIDISTRITAL DE INFORMAÇÕES DE ROTARACT CLUBS - BRASIL EQUIPE DE PROJETOS GUIA BÁSICO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

ROTARY INTERNACIONAL ORGANIZAÇÃO MULTIDISTRITAL DE INFORMAÇÕES DE ROTARACT CLUBS - BRASIL EQUIPE DE PROJETOS GUIA BÁSICO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS ROTARY INTERNACIONAL ORGANIZAÇÃO MULTIDISTRITAL DE INFORMAÇÕES DE ROTARACT CLUBS - BRASIL EQUIPE DE PROJETOS GUIA BÁSICO PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS 1 INTRODUÇÃO O documento apresenta de forma objetiva

Leia mais

Como citar este material:

Como citar este material: Como citar este material: CINTRA, Josiane C.; CIZOTO, Sonelise. Desenvolvimento Pessoal e Profissional: Eu, Você, Nós: Comunicar é Preciso. Caderno de Atividades. Valinhos: Anhanguera Educacional, 2015.

Leia mais

Unidade: Centro de Educação a Distância MANUAL DE PROCEDIMENTOS Nº: Manual de Instruçao - Autorizar Liberação de ValoresAutorizar Liberação de Valores

Unidade: Centro de Educação a Distância MANUAL DE PROCEDIMENTOS Nº: Manual de Instruçao - Autorizar Liberação de ValoresAutorizar Liberação de Valores 1/15 ESTA FOLHA ÍNDICE INDICA EM QUE REVISÃO ESTÁ CADA FOLHA NA EMISSÃO CITADA FL/R. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 FL/R. 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 01 26 02 27 03 28 04 29 05 30 06 31 07 32 08 33

Leia mais

Gestão de Pessoas. Comunicação como Ferramenta de Gestão. Professora Amanda Lima Tegon.

Gestão de Pessoas. Comunicação como Ferramenta de Gestão. Professora Amanda Lima Tegon. Gestão de Pessoas Comunicação como Ferramenta de Gestão Professora Amanda Lima Tegon www.acasadoconcurseiro.com.br Administração COMUNICAÇÃO COMO FERRAMENTA DE GESTÃO A comunicação está presente em todas

Leia mais

TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO

TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO OBJETIVOS Aprimorar as habilidades de comunicação para situações de apresentações, treinamentos, palestras, reuniões, workshops ou eventos. Propiciar o autodesenvolvimento das habilidades verbais e não-verbais.

Leia mais

AVALIAÇÃO DE EVENTOS

AVALIAÇÃO DE EVENTOS AVALIAÇÃO DE EVENTOS Marketing, Publicidade e Relações Públicas /2008 AVALIAÇÃO DE EVENTOS A avaliação de um evento consiste no processo de observação, medição e acompanhamento crítico da sua implementação,

Leia mais

LIDERANÇA SINDICAL e suas REDES SOCIAIS

LIDERANÇA SINDICAL e suas REDES SOCIAIS LIDERANÇA SINDICAL e suas REDES SOCIAIS Estamos entre dois mundos 58% dos Brasileiros usam internet 42% dos Brasileiros NÃO usam internet Redes sociais: presença diária e ativa 13% televisão 89% 58% celular

Leia mais

Controle - 3. Realizar o Controle da Qualidade Relatório de Desempenho. Mauricio Lyra, PMP

Controle - 3. Realizar o Controle da Qualidade Relatório de Desempenho. Mauricio Lyra, PMP Controle - 3 Realizar o Controle da Qualidade Relatório de Desempenho 1 Realizar o Controle da Qualidade Preocupa-se com o monitoramento dos resultados do trabalho, a fim de verificar se estão sendo cumpridos

Leia mais

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL 2015

PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL 2015 PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL 2015 COOPERATIVA GERAL Quantidade de colaboradores: 1146 Quantidade de Respondentes: 835 Percentual de participação: 73% Dr. João Damasceno Porto Diretor Administrativo

Leia mais

Banco Safra S.A. Política da Ouvidoria

Banco Safra S.A. Política da Ouvidoria Banco Safra S.A. Política da Ouvidoria 1/5 1. OBJETIVO A Ouvidoria tem a missão de ser um canal eficiente de comunicação entre o cliente e as sociedades componentes do Grupo Safra, buscando a mediação

Leia mais

COMUNICAÇÃO AUMENTATIVA E ALTERNATIVA (CAA)

COMUNICAÇÃO AUMENTATIVA E ALTERNATIVA (CAA) COMUNICAÇÃO AUMENTATIVA E ALTERNATIVA (CAA) "A comunicação aumentativa e alternativa é a área da prática clínica que tenta compensar (quer temporária, quer permanentemente) dificuldades ou incapacidades

Leia mais

você consegue aumentar a inovação em todo o seu portfólio de produtos?

você consegue aumentar a inovação em todo o seu portfólio de produtos? RESUMO DA SOLUÇÃO: Soluções de Gestão de Projetos e Portfólios para Inovação de Produtos você consegue aumentar a inovação em todo o seu portfólio de produtos? you can As soluções de Gestão de Projetos

Leia mais

Comunicação para uma liderança eficaz

Comunicação para uma liderança eficaz 1 Comunicação para uma liderança eficaz 2 Quem não tem problemas de comunicação? 3 Por que eles acontecem? 4 Resultados no Google 2.900.000 Comunicação eficaz 397.000 Comunicação eficaz nas empresas 554.000

Leia mais

Feedback. Conceito de. Sumário. Conceito de Feedback. Escuta ativa. Obstáculos (dar / receber feedback) Feedback STAR

Feedback. Conceito de. Sumário. Conceito de Feedback. Escuta ativa. Obstáculos (dar / receber feedback) Feedback STAR Sumário Conceito de Feedback Escuta ativa Obstáculos (dar / receber feedback) Feedback STAR Recomendações para eficácia de sua sessão de feedback Conceito de Feedback Feedback é o retorno que alguém obtém

Leia mais

Gestão integrada de projetos

Gestão integrada de projetos www.pwc.com Gestão integrada de projetos Seminário de Tecnologia para rastreabilidade de medicamentos São Paulo, 29 de maio de 2014 O que abordaremos? Tema Proposta tema Desafios para uma gestão das interdependências

Leia mais

ATA Assistente Técnico Administrativo Trabalho em Equipe Gestão Pública Keyvila Menezes

ATA Assistente Técnico Administrativo Trabalho em Equipe Gestão Pública Keyvila Menezes ATA Assistente Técnico Administrativo Trabalho em Equipe Gestão Pública Keyvila Menezes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Evolução do trabalho em equipe Grupos

Leia mais

CONTPATRI Plano de Garantia de Qualidade. Versão 1.1

CONTPATRI Plano de Garantia de Qualidade. Versão 1.1 CONTPATRI Plano de Garantia de Qualidade Versão 1.1 Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor 04/05/2013 1.0 Verificação do documento Emerson José Porfírio 21/04/2013 1.0 Elaboração do documento

Leia mais

Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO

Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO Inteligência de negócios do laboratório DESCUBRA INFORMAÇÕES ÚTEIS DE DADOS OPERACIONAIS DO LABORATÓRIO INTELIGÊNCIA DE NEGÓCIOS DO LABORATÓRIO AS DECISÕES SOBRE O LABORATÓRIO COMEÇAM COM A INTELIGÊNCIA

Leia mais

O QUE É MENTORING... 3 O PROGRAMA... 3 OBJETIVOS DO PROGRAMA... 4 FASES DO PROGRAMA... 5 FUNCIONAMENTO DO PROGRAMA... 5

O QUE É MENTORING... 3 O PROGRAMA... 3 OBJETIVOS DO PROGRAMA... 4 FASES DO PROGRAMA... 5 FUNCIONAMENTO DO PROGRAMA... 5 Guia 2 ÍNDICE O QUE É MENTORING... 3 O PROGRAMA... 3 OBJETIVOS DO PROGRAMA... 4 FASES DO PROGRAMA... 5 FUNCIONAMENTO DO PROGRAMA... 5 PAPÉIS E RESPONSABILIDADES... 6 BENEFÍCIOS QUE O MENTOR TRAZ PARA O

Leia mais

1/28/2017 PSICOLOGIA APLICADA AO FUTEBOL. A Relação Treinador Atleta. a influência do treinador vai muito além do contexto desportivo

1/28/2017 PSICOLOGIA APLICADA AO FUTEBOL. A Relação Treinador Atleta. a influência do treinador vai muito além do contexto desportivo PSICOLOGIA APLICADA AO FUTEBOL CURSO TREINADORES DE FUTEBOL NÍVEL I UEFA C Componente Específica Joana Cerqueira joanacerqueira.cifi2d@gmail.com a influência do treinador vai muito além do contexto desportivo

Leia mais

Engenheiros de software (algumas vezes conhecidos no mundo da TI como engenheiros de sistemas ou analistas ) e outros interessados no projeto

Engenheiros de software (algumas vezes conhecidos no mundo da TI como engenheiros de sistemas ou analistas ) e outros interessados no projeto ... definem tarefas que levam a um entendimento de qual ser ao impacto do software sobre o negócio, o que o cliente quer e como os usuários finais irão interagir com o software. (Pressman, 2011) Prof.

Leia mais

Exercícios 2ª Avaliação

Exercícios 2ª Avaliação Exercícios 2ª Avaliação Resposta dos exercícios realizados em sala 1 O gerenciamento moderno da qualidade e o gerenciamento moderno de projetos estão alinhados em relação a: A. Satisfação do cliente B.

Leia mais

Políticas Organizacionais

Políticas Organizacionais Políticas Organizacionais Versão 1.4 Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 11/10/2012 1.0 Revisão das políticas EPG 26/11/2012 1.1 Revisão do Item de customização EPG 24/10/2013 1.2 Revisão

Leia mais

LINGUAGEM E ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA

LINGUAGEM E ARGUMENTAÇÃO JURÍDICA AULA 1 PG 1 Este material é parte integrante da disciplina Linguagem e Argumentação Jurídica oferecido pela UNINOVE. O acesso às atividades, as leituras interativas, os exercícios, chats, fóruns de discussão

Leia mais

Diagnóstico Organizacional

Diagnóstico Organizacional Este conteúdo faz parte da série: Diagnóstico Empresarial Ver 4 posts dessa série Diagnóstico Organizacional O diagnóstico organizacional ou empresarial é uma ferramenta de gestão que serve para analisar

Leia mais

Comunicação / Informação / Dados

Comunicação / Informação / Dados Comunicação / Informação / Dados Pensa-se que já os nossos antepassados Homo Sapiens já comunicavam através da linguagem. A linguagem é uma capacidade estritamente humana. Linguagem É a faculdade de um

Leia mais

Grupos e Equipes de Trabalho

Grupos e Equipes de Trabalho Aula 6 Grupos e Equipes de Trabalho Agenda Comportamento de grupos Caso Uma Equipe Desunida Trabalho em equipe 2 1 Fundamentos do comportamento de grupos Definição Um grupo é definido como dois ou mais

Leia mais

GUIA PRÁTICO. Produtividade de Frota. TrackMaker Rastreamento Profissional de Frota: Welerson Faria Especialista Logístico

GUIA PRÁTICO. Produtividade de Frota. TrackMaker Rastreamento Profissional de Frota: Welerson Faria Especialista Logístico TrackMaker Rastreamento Profissional de Frota: Welerson Faria Especialista Logístico 31 3643-0878 GUIA PRÁTICO Produtividade de Frota O SEU GUIA DEFINITIVO Este E-Book é destinado a empresas que têm como

Leia mais

Administração. Competência Interpessoal. Professor Rafael Ravazolo.

Administração. Competência Interpessoal. Professor Rafael Ravazolo. Administração Professor Rafael Ravazolo www.acasadoconcurseiro.com.br Administração Aula XX COMPETÊNCIA INTERPESSOAL Qualquer organização que queira obter êxito não admite mais profissionais individualistas.

Leia mais