Monitoramento de disponibilidade de serviços de armazenamento temporário de informações em um cluster de servidores Zookeeper

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Monitoramento de disponibilidade de serviços de armazenamento temporário de informações em um cluster de servidores Zookeeper"

Transcrição

1 Monitoramento de disponibilidade de serviços de armazenamento temporário de informações em um cluster de servidores Zookeeper Patrick A. Bungama Universidade Federal do Paraná (UFPR) Curitiba PR Brasil 1. Introdução A evolução da rede de computadores, não só alterou a utilidade percebida de dispositivo de computação, mas também impulsionou avanços drásticos no que diz respeito à diversidade de aplicações [Jonathan et al. 2012]. E com a popularização da Internet, grande parte destas aplicações passou a ser distribuídas, isto é, executando em mais de um processador, e gerando grandes volumes de dados. Para processar e armazenar esses dados, o uso de modelo computacional como Cluster, Grid entre outros, tornou-se essencial. Aplicações distribuídas em larga escala exigem alguma forma de coordenação de processos. É devido a essa necessidade que os serviços de coordenação de processos distribuídos têm criado um grande interesse na área industrial e de pesquisa [Junqueira e Reed 2009] e [Krishnan et al. 2010]. Esses serviços têm como objetivo manter informação de controle/configuração e suportar a sincronização de aplicações distribuídas, o que reduz bastante a complexidade de implementação de aplicações. Atualmente existem diversos serviços de coordenação proprietários e abertos. Os mais difundidos são: Zookeeper [zookeeper.apache.org 2010], Chubby [Burrows 2006], Sinfonia [Aguilera et al. 2009] e DepSpace [Bessani et al. 2009]. Estes serviços diferem em vários aspectos, entre os quais o modelo de dados que suportam (sistema de arquivos ou espaços de tuplas). O Zookeeper, que é de código aberto, tem se destacado ultimamente, em parte graças a um conjunto simples de primitivas que ele oferece, e que tem sido muito úteis para o desenvolvimento de aplicações tanto simples quanto mais complexas. Ele vem sendo usado por muitas aplicações distribuídas, tais como Apache Hadoop MapReduce, Apache HBase, e por muitas grandes empresas, incluindo Yahoo e Zynga em suas infraestruturas [Skeirik et al. 2013] para o processamento rápido (inserção, atualização e recuperação) de dados armazenados em memória.

2 O sucesso desta adoção se justifica pelo fato de oferecer um alto desempenho na recuperação de dados, e também por suportar aplicações distribuídas de grande escala, podendo escalar até centenas de milhares de transações por segundo [Hunt et al. 2010]. Outras vantagens oferecidas pelo Zookeeper são o seu modelo de armazenamento hierárquico, onde as estruturas de dados semelhantes a diretórios (Znodes) armazenam dados [Skeirik et al. 2013] e [Hadoop 2011], e a possibilidade de ser usado tanto em modo stand alone (serviço centralizado) quanto em modo de replicação (serviço distribuído). A replicação de um serviço, no nosso caso armazenamento temporário de informações, permite alcançar alta disponibilidade de dados no cluster. Monitorar tais ambientes é muito capital em prol de garantir a não interrupção de serviços oferecidos. Existe hoje no mercado uma grande gama de produtos, tanto comerciais quanto de código aberto, tais Negios, Ganglia, Zabbix, Neteye, Monit, etc com características e funções de gerenciamento diferentes e que dão suporte ao monitoramento de cluster. Porém, para uma ferramenta ser eficaz, ela precisa garantir no mínimo requisitos de flexibilidade, escalabilidade e ambiente aberto [Liang et al. 1999]. O presente estudo investiga o modelo de tolerância a falhas do Zookeeper, usando como métrica o tempo de processamento de operações de leitura de dados replicados e escrita de dados a ser replicados no cluster. Consideramos apenas a falha permanente de servidor. As conclusões que iremos compartilhar constituem um aspecto fundamental que irá servir de embasamento para o estudo de disponibilidade de serviço oferecido pelo cluster Zookeeper. 2. Trabalhos relacionados Na literature, poucos trabalhos scientíficos relacionados a análise de modelo de tolerância a falha em ambiente com Zookeeper são encontrados. A principal documentação disponibilizada pelos desenvolvedores aborda esta questão mas em um ângulo apenas informativo [zookeeper.apache.org 2010]. Porém, a mesma literatura é muita rica em relação ao monitoramento de cluster de forma geral, fator capital na garantia de disponibilidade de serviços oferecidos pelo cluster. E os sistemas de monitoramento descritos em diversos trabalhos variam em relação ás estratégias de monitoramento propostas. Monitoramento de Cluster [Federico et al. 2003] investiga o monitoramento de Cluster explorando os recursos disponíveis da ferramenta Ganglia. A estratégia proposta é de uma árvore de monitoramento hierárquico com foco nas propriedades de escalabilidade, respostas

3 rápidas das consultas, tolerância a falha e contabilidade de Grid. Porém, essa proposta não foi testada em cluster Zookeeper especificamente. [MingLi et al. 2013] integra duas ferramentas de monitoramento de distribuição de código aberto (Ganglia e Nagios), para garantir o monitoramento de recursos de hardware de em tempo real e vários indicadores de funcionamento do Hadoop, mas também a notificação oportuna de administradores quando ocorrem problemas, de modo que possam tomar decisação apropriada. A estratégia apresentada nesse trabalho resulta a implementação de um ambiente que explora a complementaridade entre as ferramentas Ganglia e Nagios, fazendo uso dos benefícios de cada uma. 3. Modelo de tolerância a falha em cluster Zookeeper A tolerância a falha aplica-se no modo de replicação de serviços em cluster Zookeeper. Nesse uso, basicamente o serviço é replicado em um conjunto de servidores, chamado de ensemble (Figura 1) que oferece escalabilidade, disponibilidade, propriedades fundamentais para serviços de coordenação [Skeirik et al. 2013]. Na inicialização do serviço em um ensemble,um líder é eleito para coordenar o cluster. Os clientes se conectam a apenas um único servidor Zookeeper com quem mantém uma conexão TCP. Todos os servidores armazenam uma cópia dos dados (em memória), os clientes podem ler dados a partir de qualquer servidor e gravar dados apenas através do líder que necessita do consenso da maioria dos servidores, isto é, a metade do número dos servidores que compõem o cluster mais um. Figura 1. Cluster Zookeeper Percebe-se que a disponibilidade do serviço está diretamente ligada ao modelo de tolerância a falha implementado no Zookeeper. Para ter um ambiente com tolerância a falha de até S servidores, é preciso contar com um cluster de 2 * S + 1 servidores

4 ativos. Isto é, um cluster de 3 servidores pode suportar a falha de um único servidor ao passo que um cluster de 6 servidores só pode suportar a falha de até 2 servidores, mantendo assim o serviço disponível com 4 servidores ativos (maioria de 6). Este modelo de tolerância a falha torna o monitoramento de cluster Zookeeper imprescindível, pois garantirá a tomada de providências da parte de administradores de rede toda vez que a unidade do cluster for comprometida. Uma das causas que podem ameaçar a integridade de um cluster, deixando assim a replicação dos dados impossível, é a parada de execução de serviço Zookeeper por um servidor devido a um problema de comunicação ou falta de energia [Sourlas et al. 2014] por exemplo. 4. Experimentação Para a experimentação, iremos configurar um cluster de servidores Zookeeper com 4 servidores, cenário de avaliação de cluster conforme recomendado no [zookeeper.apache.org 2010]. Um dos servidores será eleito líder do ensemble assim que o serviço Zookeeper for inicializado. Um cliente irá executar a aplicação implementada para fazer escrita e leitura de dados no cluster. Iremos medir o tempo de processamento de uma leitura primeiro em ambiente sem falha (4 servidores), depois no cluster de 3 servidores (simulando uma falha) e por fim com 2 servidores, simulando a falha permanente de 2 outros servidores. O mesmo procedimento será realizado para operação de inserção de dados a ser replicados no cluster. Apresentaremos assim o gráfico com as diferentes medições de tempo de processamento para ter uma ideia clara em relação às implicações das falhas de servidores em um cluster Zookeeper. 5. Cronograma de atividades Tabela 1. Cronograma das atividades Mês Outubro Novembro Semanas Levantamento da literatura relacionada ao tema X X Configuração do cenário para experimentos X X Implementação de aplicação para os testes X X Experimentos e escrita fase 3 X X Apresentação de resultados finais X X

5 6. Bibliografias Nuangjamnong, C., Maj, S. P., Veal, D. (2008). The OSI Network Management Model- Capacity and Performance Management. IEEE International Conference on Management of Innovation and Technology 2008, Setembro, Bangkok, Thailand. Khalid, E., James, Y. (2011). Improving Network Services Configuration Management. International Conference on Computer Communication and Networks, Julho 31- Agosto , Maui, HI, USA. Zookeeper Administrator s Guide. The Apache Software Foundation. Apache zookeeper. Disponível: Kikuchi, S., Hiraishi, K. (2014). Improving Reliability in Management of Cloud Computing Infrastructure by Formal Methods. Network Operations and Management Symposium, 2014 IEEE, 5-9 May 2014, Krakow, Poland. Sourlas, V., Tassiulas, L. (2014). Replication Management and Cache-Aware Routing in Information-Centric Networks. Network Operations and Management Symposium, 2014 IEEE, 5-9 Maio 2014, Krakow, Poland. Burrows, M. (2006). The Chubby lock service for loosely-coupled distributed systems. Proceedings of the 7th OSDI, 6-8 Novembro 2006, Seattle, WA, USA. Aguilera, M., Merchant, A., Shah, M., Veitch, A., Karamanolis, C. (2009). Sinfonia: A new paradigm for building scalable distributed systems. In: ACM Transactions on Computer Systems, vol. 5, pp. 1_48. (2009) Bessani, A., Alchieri, E., Correia, M., Fraga, J. (2008). DepSpace: a Byzantine faulttolerant coordination service. Proceedings of the 3rd ACM SIGOPS/EuroSysEuropean Systems Conference, Abril 2008, Glasgow, Scotland, Uk. Hunt, P., Konar, M., Junqueira, F.P., and B. Reed. (2010). Zookeeper: Wait - free coordination for Internet-scale systems. Proceedings of the 2010 USENIX Conference on USENIX Annual Technical Conference, Junho 2010, Boston, MA, USA. Hadoop: The Definitive Guide, O'Reilly. ISBN: , 2011.

6 Jonathan, C., Ho. (2012). Evolution of Computer Networks: A Theory of Technological Paradigm, Trajectory, and Regime. In PICMET '12: Technology management for Emerging Technologies, 29 Julho 2 Agosto 2012, Vancouver, Canada. Skeirik, S., Rakesh, B., Meseguer, J., (2013). Formal Analysis of Fault-tolerant Group Key Management using Zookeeper. 13th IEEE/ACM International Symposium on Cluster, Cloud, and Grid Computing, Maio, Delft, Netherlands. Krishnan, S., Counio, J.C., (2010). Pepper: An Elastic Web Server Farm for Cloud based on Hadoop. 2nd IEEE International Conference on Cloud Computing Technology and Science, 30 Novembro 3 Dezembro, Indianapolis, IN, USA. Junqueira, F.P., Reed, B. C., (2009). The life and times of a zookeeper. In Proc. of the 28th ACM Symposium on Principles of Distributed Computing, Agosto, Calgary, AB, Canada. Zookeeper A Reliable, Scalable Distributed Coordination System (Online). Disponível: último acesso 25 de Setembro de Liang, Z., Sun, Y., Wang C., (1999). ClusterProbe: An Open, Flexible and Scalable Cluster Monitoring Tool. The first International Workshop on Cluster Computing, 2-3 Dezembro, Melbourne, Australia. Federico, D., Mason J., David E., (2003). Wide Area Cluster Monitoring with Ganglia. International Conference on Cluster Computing, 1-4 Dezembro, Kowloon, Hong Kong, China. MingLi, W., Zhongmei, Z., Yebai L., (2013). Application Research of Radoop Resource Monitoring System Based on Ganglia and Nagios. International Conference on Software Engineering and Service Science, May, Beijing, China.

8 Bibliografia. ACEAUME, E. et al. On The Formal Specification of Group Membership Services. INRIA, 1995, 15 p. Relatório Técnico TR95-1534.

8 Bibliografia. ACEAUME, E. et al. On The Formal Specification of Group Membership Services. INRIA, 1995, 15 p. Relatório Técnico TR95-1534. Bibliografia 88 8 Bibliografia ACEAUME, E. et al. On The Formal Specification of Group Membership Services. INRIA, 1995, 15 p. Relatório Técnico TR95-1534. AMBRIOLA, V.; TORTORA, G. Advances in Software

Leia mais

Arquitetura e Sistema de Monitoramento para

Arquitetura e Sistema de Monitoramento para Arquitetura e Sistema de Monitoramento para 1 Computação em Nuvem Privada Mestranda: Shirlei A. de Chaves Orientador: Prof. Dr. Carlos Becker Westphall Colaborador: Rafael B. Uriarte Introdução Computação

Leia mais

Análise do impacto de operações de live migration em ambientes de computação em nuvem Workshop MoDCS 2012.2

Análise do impacto de operações de live migration em ambientes de computação em nuvem Workshop MoDCS 2012.2 Análise do impacto de operações de live migration em ambientes de computação em nuvem Workshop MoDCS 2012.2 Matheus D'Eça Torquato de Melo (mdetm@cin.ufpe.br) Paulo Maciel (prmm@cin.ufpe.br) 12 Roteiro

Leia mais

Monitoração de clusters com a ferramenta Ganglia:

Monitoração de clusters com a ferramenta Ganglia: Monitoração de clusters com a ferramenta Ganglia: avaliação e adaptação Marcelo Veiga Neves, Tiago Scheid, Andrea Schwertner Charão 1 Laboratório de Sistemas de Computação - LSC Curso de Ciência da Computação

Leia mais

Gestão de Estado Eciente no Serviço de Coordenação DDS

Gestão de Estado Eciente no Serviço de Coordenação DDS Gestão de Estado Eciente no Serviço de Coordenação DDS João Félix 1, Alysson Bessani 1, and Miguel Correia 2 1 LaSIGE, Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa 2 INESC-ID, Instituto Superior Técnico

Leia mais

ECOSSISTEMAS DE SOFTWARE

ECOSSISTEMAS DE SOFTWARE ECOSSISTEMAS DE SOFTWARE MODELOS E REUTILIZAÇÃO EM ECOSSISTEMAS DE SOFTWARE Alunos: Felyppe Rodrigues da Silva (Mestrado) Gabriella Castro Barbosa Costa (Doutorado) Professor: Toacy Cavalcante de Oliveira

Leia mais

Proposta para Grupo de Trabalho. GT-Computação em Nuvem para Ciência: Armazenamento de Dados. Roberto Samarone dos Santos Araujo

Proposta para Grupo de Trabalho. GT-Computação em Nuvem para Ciência: Armazenamento de Dados. Roberto Samarone dos Santos Araujo Proposta para Grupo de Trabalho GT-Computação em Nuvem para Ciência: Armazenamento de Dados Roberto Samarone dos Santos Araujo Agosto/2011 1 Título GT-Computação em Nuvem para Ciência: Armazenamento de

Leia mais

23/05/12. Computação em Nuvem. Computação em nuvem: gerenciamento de dados. Computação em Nuvem - Características principais

23/05/12. Computação em Nuvem. Computação em nuvem: gerenciamento de dados. Computação em Nuvem - Características principais Computação em Nuvem Computação em nuvem: gerenciamento de dados Computação em nuvem (Cloud Computing) é uma tendência recente de tecnologia cujo objetivo é proporcionar serviços de Tecnologia da Informação

Leia mais

Europass Curriculum Vitae

Europass Curriculum Vitae Europass Curriculum Vitae Personal information Surname(s) / First name(s) Address(es) Custódio, Jorge Filipe Telephone(s) +351 919687707 Email(s) Personal website(s) Nationality(-ies) Rua Francisco Pereira

Leia mais

Uma arquitetura de Cloud Computing para análise de Big Data proveniente da Internet of Things

Uma arquitetura de Cloud Computing para análise de Big Data proveniente da Internet of Things UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO Graduação em Engenharia da Computação Centro de Informática Uma arquitetura de Cloud Computing para análise de Big Data proveniente da Internet of Things Aluno: Diogo

Leia mais

ADAPTANDO UMA APLICAÇÃO PARA CLOUD: UMA ANÁLISE ENTRE OS ESFORÇOS UTILIZADOS

ADAPTANDO UMA APLICAÇÃO PARA CLOUD: UMA ANÁLISE ENTRE OS ESFORÇOS UTILIZADOS ADAPTANDO UMA APLICAÇÃO PARA CLOUD: UMA ANÁLISE ENTRE OS ESFORÇOS UTILIZADOS Cleverson Nascimento de Mello¹, Claudete Werner¹, Gabriel Costa Silva² ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DISCIPLINA: ARQUITETURAS PARALELAS. Hadoop e QEF: Uma abordagem distribuída para aplicações de Astronomia

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DISCIPLINA: ARQUITETURAS PARALELAS. Hadoop e QEF: Uma abordagem distribuída para aplicações de Astronomia UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE COMPUTAÇÃO (IC) RELATÓRIO DE ATIVIDADES DISCIPLINA: ARQUITETURAS PARALELAS Hadoop e QEF: Uma abordagem distribuída para aplicações de Astronomia Henrique Klôh

Leia mais

Extendendo Grids com gerenciamento de recursos de Cloud para computação científica

Extendendo Grids com gerenciamento de recursos de Cloud para computação científica Extendendo Grids com gerenciamento de recursos de Cloud para computação científica 1. Introdução Bruno Barcarollo Gauer 1 1 Universidade Federal do Paraná (UFPR) Curitiba PR Brazil bbg09@inf.ufpr.br A

Leia mais

Scalability of replicated metadata services in distributed file systems

Scalability of replicated metadata services in distributed file systems Scalability of replicated metadata services in distributed file systems Dimokritos Stamatakis, Nikos Tsikoudis Ourania Smyrnaki, Kostas Magoutis 2012 Wendel Muniz de Oliveira 22 de Abril 2015 Roteiro Contexto

Leia mais

Levantamento sobre Computação em Nuvens

Levantamento sobre Computação em Nuvens Levantamento sobre Computação em Nuvens Mozart Lemos de Siqueira Doutor em Ciência da Computação Centro Universitário Ritter dos Reis Sistemas de Informação: Ciência e Tecnologia Aplicadas mozarts@uniritter.edu.br

Leia mais

Proactive network management in Cloud Computing environments using Cacti and Nagios free software solutions

Proactive network management in Cloud Computing environments using Cacti and Nagios free software solutions Proactive network management in Cloud Computing environments using Cacti and Nagios free software solutions Rafael Fernando Diorio (Universidade Estadual de Campinas, SP, Brasil) rafael@diorio.com.br Varese

Leia mais

SAPOTI: Servidores de Aplicações confiáveis Tcp/Ip

SAPOTI: Servidores de Aplicações confiáveis Tcp/Ip SAPOTI: Servidores de Aplicações confiáveis Tcp/Ip Egon Hilgenstieler, Roverli Pereira Ziwich, Emerson Fabiano Fontana Carara, Luis Carlos Erpen De Bona, Elias Procópio Duarte Jr. Universidade Federal

Leia mais

NOVO MODELO PARA AUTORIZAÇÃO EM FEDERAÇÕES DE IDENTIDADE PARA COMPUTAÇÃO EM NUVEM

NOVO MODELO PARA AUTORIZAÇÃO EM FEDERAÇÕES DE IDENTIDADE PARA COMPUTAÇÃO EM NUVEM NOVO MODELO PARA AUTORIZAÇÃO EM FEDERAÇÕES DE IDENTIDADE PARA COMPUTAÇÃO EM NUVEM Paulo Fernando da Silva Orientador Prof. Dr. Carlos Becker Westphall Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação

Leia mais

Características Básicas de Sistemas Distribuídos

Características Básicas de Sistemas Distribuídos Motivação Crescente dependência dos usuários aos sistemas: necessidade de partilhar dados e recursos entre utilizadores; porque os recursos estão naturalmente em máquinas diferentes. Demanda computacional

Leia mais

Sincronização de bancos de dados distribuídos utilizando Snapshot Isolation

Sincronização de bancos de dados distribuídos utilizando Snapshot Isolation Sincronização de bancos de dados distribuídos utilizando Snapshot Isolation Fabricio Santos da Silva Universidade Federal do Paraná (UFPR) Departamento de Informática Curitiba Paraná Brazil fabricioss@inf.ufpr.br

Leia mais

Partilha segura de ficheiros disponibilizados livremente na Internet

Partilha segura de ficheiros disponibilizados livremente na Internet Partilha segura de ficheiros disponibilizados livremente na Internet Nuno Matias, António Pinto Resumo As plataformas baseadas na nuvem (ou cloud computing) pressupõem a disponibilidade de informação,

Leia mais

Validando Sistemas Distríbuidos em Java com RMI Utilizando Injeção de Falhas

Validando Sistemas Distríbuidos em Java com RMI Utilizando Injeção de Falhas Validando Sistemas Distríbuidos em Java com RMI Utilizando Injeção de Falhas Vieira, Marcio. J. 1 1 Departamento de Informática Universidade Federal do Paraná (UFPR) Curitiba PR Brasil marciojv@inf.ufpr.br

Leia mais

Avaliação do Controle de Acesso de Múltiplos Usuários a Múltiplos Arquivos em um Ambiente Hadoop

Avaliação do Controle de Acesso de Múltiplos Usuários a Múltiplos Arquivos em um Ambiente Hadoop Avaliação do Controle de Acesso de Múltiplos Usuários a Múltiplos Arquivos em um Ambiente Hadoop Eduardo Scuzziato 1, João E. Marynowski 1,2, Altair O. Santin 1 1 Escola Politécnica Ciência da Computação

Leia mais

IMPLANTAÇÃO DE UM AMBIENTE DE ALTA DISPONIBILIDADE DE REDE E MONITORAÇÃO DINÂMICA DE INFRAESTRUTURA EM SERVIDORES WEB.

IMPLANTAÇÃO DE UM AMBIENTE DE ALTA DISPONIBILIDADE DE REDE E MONITORAÇÃO DINÂMICA DE INFRAESTRUTURA EM SERVIDORES WEB. IMPLANTAÇÃO DE UM AMBIENTE DE ALTA DISPONIBILIDADE DE REDE E MONITORAÇÃO DINÂMICA DE INFRAESTRUTURA EM SERVIDORES WEB. Marllus de Melo Lustosa (bolsista do PIBIC/UFPI), Luiz Cláudio Demes da Mata Sousa

Leia mais

UFG - Instituto de Informática

UFG - Instituto de Informática UFG - Instituto de Informática Especialização em Desenvolvimento de Aplicações Web com Interfaces Ricas EJB 3.0 Prof.: Fabrízzio A A M N Soares professor.fabrizzio@gmail.com Aula 5 Servidores de Aplicação

Leia mais

SGBD x Disponibilidade

SGBD x Disponibilidade SGBD x Disponibilidade Objetivo Escopo Motivação Conceitos básicos Disponibilidade Redundância de software Redundância de hardware 1 Objetivo: Objetivo Discutir tecnologias e práticas operacionais utilizadas

Leia mais

Monitoramento de Métricas de Segurança da Informação

Monitoramento de Métricas de Segurança da Informação Monitoramento de Métricas de Segurança da Informação Rafael Seidi Shigueoka¹, Bruno Bogaz Zarpelão¹ 1 Departamento de Computação Universidade Estadual de Londrina (UEL) Caixa Postal 10.011 CEP 86057-970

Leia mais

IMPORTANTE: Todos os pedidos devem ser recebidos até: 10 de abril de 2005

IMPORTANTE: Todos os pedidos devem ser recebidos até: 10 de abril de 2005 HP 690 East Middlefield Road Mt. View, CA 94043, EUA Resposta de Clientes N.º (650) 960-5040 System Handle ou Referência de Conta de Suporte: Identificação de Contrato de Serviço: IMPORTANTE: Todos os

Leia mais

M O D E L O E U R O P E U D E

M O D E L O E U R O P E U D E M O D E L O E U R O P E U D E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada MANUEL DIAS FERREIRA LIMA, RUI 50, Rua José Maria Rodrigues, 4710-080 BRAGA, Gualtar, PORTUGAL Telefone +351 939741239

Leia mais

ENGENHARIA DE SOFTWARE E COMPUTAÇÃO EM NUVEM COMO SERVIÇO

ENGENHARIA DE SOFTWARE E COMPUTAÇÃO EM NUVEM COMO SERVIÇO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE INFORMÁTICA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 2015.2 ENGENHARIA DE SOFTWARE E COMPUTAÇÃO EM NUVEM COMO SERVIÇO Aluna: Marcela Pereira de Oliveira Orientador:

Leia mais

Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software

Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software Ricardo Terra 1 1 Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Campus da Pampulha 31.270-010

Leia mais

Peer-to-Peer. Introdução. Motivação. Definição. Definição. Definição. Everton Flávio Rufino Seára Murilo R. de Lima

Peer-to-Peer. Introdução. Motivação. Definição. Definição. Definição. Everton Flávio Rufino Seára Murilo R. de Lima Introdução Peer-to-Peer Everton Flávio Rufino Seára Murilo R. de Lima Peer-to-Peer (P2P) é a base da operação de sistemas distribuídos como SETI@home e Kazaa; caracterizada por compartilhamento direto

Leia mais

Modelagem Flexível para Processos de Negócio. Resultados de um Estudo Experimental

Modelagem Flexível para Processos de Negócio. Resultados de um Estudo Experimental Modelagem Flexível para Processos de Negócio Resultados de um Estudo Experimental Fabiane Albino Aluna Mestrado Prof. Ricardo Massa Orientador Cenário Atual Modelagem de Processos de Negócio de maneira

Leia mais

BOINC - Um Sistema para Computação Voluntária

BOINC - Um Sistema para Computação Voluntária BOINC - Um Sistema para Computação Voluntária Jeferson Librelotto Prevedello Faculdade de Informática - PUCRS prevedello@inf.pucrs.br Rafael Antonioli Faculdade de Informática - PUCRS rantonioli@inf.pucrs.br

Leia mais

Computação em Grid e em Nuvem

Computação em Grid e em Nuvem Computação em Grid e em Nuvem Computação em Nuvem Molos 1 Definição Um grid computacional é uma coleção recursos computacionais e comunicação utilizados para execução aplicações Usuário vê o grid como

Leia mais

Estudo de Caso 22. Figura 4 Console da TEC*. *Alguns dados foram removidos atendendo a política de segurança da informação da empresa.

Estudo de Caso 22. Figura 4 Console da TEC*. *Alguns dados foram removidos atendendo a política de segurança da informação da empresa. 2 Estudo de Caso O gerenciamento de serviços é um fator crítico para a organização em análise, os processos devem garantir os acordos de níveis de serviços estabelecidos com os clientes. Destarte, a atividade

Leia mais

Profs. Deja e Andrei

Profs. Deja e Andrei Disciplina Sistemas Distribuídos e de Tempo Real Profs. Deja e Andrei Sistemas Distribuídos 1 Conceitos e Projetos de Sistemas Distribuídos Objetivos: Apresentar uma visão geral de processamento distribuído,

Leia mais

Protocolos de gerenciamento

Protocolos de gerenciamento Protocolos de gerenciamento Os protocolos de gerenciamento têm a função de garantir a comunicação entre os recursos de redes homogêneas ou não. Com esse requisito satisfeito, operações de gerenciamento

Leia mais

OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 9_1: Clusters. Prof. Charles Christian Miers. e-mail: charles.miers@udesc.br

OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 9_1: Clusters. Prof. Charles Christian Miers. e-mail: charles.miers@udesc.br OCEL001 Comércio Eletrônico Módulo 9_1: Clusters Prof. Charles Christian Miers e-mail: charles.miers@udesc.br Redundância e Alta Disponibilidade Redundância: Duplicação de um elemento da infraestrutura

Leia mais

Requisitos para ferramentas de registro de defeitos de software

Requisitos para ferramentas de registro de defeitos de software Requisitos para ferramentas de registro de defeitos de software Alessandro Liebmam Departamento de Ciência da Computação Instituto de Ciências Exatas Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) CEP: 31270-010

Leia mais

ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA PARA CONTROLE DE VERSÕES

ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA PARA CONTROLE DE VERSÕES ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA PARA CONTROLE DE VERSÕES Vilson Raphael Vello de Andrade 1 ;

Leia mais

Camadas de Serviço de Hardware e Software em Sistemas Distribuídos. Introdução. Um Serviço Provido por Múltiplos Servidores

Camadas de Serviço de Hardware e Software em Sistemas Distribuídos. Introdução. Um Serviço Provido por Múltiplos Servidores Camadas de Serviço de Hardware e Software em Sistemas Distribuídos Arquiteutra de Sistemas Distribuídos Introdução Applications, services Adaptação do conjunto de slides do livro Distributed Systems, Tanembaum,

Leia mais

O Padrão Arquitetural Auto-Adaptável

O Padrão Arquitetural Auto-Adaptável MAC5715 - Tópicos Avançados em POO O Padrão Arquitetural Auto-Adaptável Raphael Y. de Camargo e Carlos Alexandre Queiroz 30 de outubro de 2003 1 Intenção O padrão auto-adaptável permite o desenvolvimento

Leia mais

Análise comparativa sobre bases de dados para armazenamento e consulta de dados não estruturados no formato JSON.

Análise comparativa sobre bases de dados para armazenamento e consulta de dados não estruturados no formato JSON. UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE INFORMÁTICA Análise comparativa sobre bases de dados para armazenamento e consulta de dados não estruturados no formato JSON. Proposta de Trabalho de Graduação

Leia mais

Expandindo uma Arquitetura para HPC em Nuvens Computacionais Utilizando Conceitos de Computação

Expandindo uma Arquitetura para HPC em Nuvens Computacionais Utilizando Conceitos de Computação Expandindo uma Arquitetura para HPC em Nuvens Computacionais Utilizando Conceitos de Computação Autonômica Emanuel F. Coutinho 1, Gabriel A. L. Paillard 1 Leonardo O. Moreira 1, Ernesto Trajano de Lima

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA. Sistemas Distribuídos

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA. Sistemas Distribuídos UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS INSTITUTO DE INFORMÁTICA Sistemas Distribuídos Mestrado em Ciência da Computação 1o. Semestre / 2006 Prof. Fábio M. Costa fmc@inf.ufg.br www.inf.ufg.br/~fmc/ds MSc2006 Aula

Leia mais

Universidade do Estado de Santa Catarina/Centro de Ciências Tecnológicas UDESC/CCT

Universidade do Estado de Santa Catarina/Centro de Ciências Tecnológicas UDESC/CCT Universidade do Estado de Santa Catarina/Centro de Ciências Tecnológicas UDESC/CCT DCC - Departamento de Ciência da Computação Curso: BCC Bacharelado em Ciência da Computação Disciplina: OSRC001 Segurança

Leia mais

Estratégia para dentificação dos fatores de maior impacto de aplicações Mapreduce

Estratégia para dentificação dos fatores de maior impacto de aplicações Mapreduce Estratégia para dentificação dos fatores de maior impacto de aplicações Mapreduce Fabiano da Guia Rocha Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - Campus Cáceres Av. dos Ramires,

Leia mais

DAS6607 - Inteligência Artificial Aplicada à Controle de Processos e Automação Industrial

DAS6607 - Inteligência Artificial Aplicada à Controle de Processos e Automação Industrial DAS6607 - Inteligência Artificial Aplicada à Controle de Processos e Automação Industrial Aluno: André Faria Ruaro Professores: Jomi F. Hubner e Ricardo J. Rabelo 29/11/2013 1. Introdução e Motivação 2.

Leia mais

Armazenamento distribuído de dados e checkpointing de aplicaçõesparalelasemgradesoportunistas

Armazenamento distribuído de dados e checkpointing de aplicaçõesparalelasemgradesoportunistas Armazenamento distribuído de dados e checkpointing de aplicaçõesparalelasemgradesoportunistas Autor:RaphaelY.deCamargo 1 Orientador:Prof.Dr.FabioKon 1 1 DepartamentodeCiênciadaComputação Instituto de Matemática

Leia mais

Estratégia de Implantação do GridUNESP. II Brazilian LHC Computing Workshop - GridUNESP

Estratégia de Implantação do GridUNESP. II Brazilian LHC Computing Workshop - GridUNESP Estratégia de Implantação do GridUNESP II Brazilian LHC Computing Workshop - GridUNESP O que é Grid? Grid é um sistema que coordena recursos computacionais geograficamente distribuídos. Usa protocolos

Leia mais

C2FS: um Sistema de Ficheiros Seguro e Fiável para Cloud-of-Clouds

C2FS: um Sistema de Ficheiros Seguro e Fiável para Cloud-of-Clouds C2FS: um Sistema de Ficheiros Seguro e Fiável para Cloud-of-Clouds Ricardo Mendes, Tiago Oliveira, Marcelo Pasin, Alysson Bessani Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências {rmendes,toliveira}@lasige.di.fc.ul.pt,{pasin,bessani}@di.fc.ul.pt

Leia mais

CloudNet: dynamic pooling of cloud resources by live WAN migration of virtual machines

CloudNet: dynamic pooling of cloud resources by live WAN migration of virtual machines CloudNet: dynamic pooling of cloud resources by live WAN migration of virtual machines Timothy Wood, Prashant Shenoy, K.K. Ramakrishnan, Jacobus Van der Merwe VEE '11 Proceedings of the 7th ACM SIGPLAN/SIGOPS

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA DE PLATAFORMAS DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM

ANÁLISE COMPARATIVA DE PLATAFORMAS DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM ANÁLISE COMPARATIVA DE PLATAFORMAS DE COMPUTAÇÃO EM NUVEM Igor dos Passos Granado¹, Ricardo de Melo Germano¹, Claudete Werner¹, Gabriel Costa Silva² ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavai PR Brasil

Leia mais

Xavantes: Structured Process Execution Support for Grid Environments

Xavantes: Structured Process Execution Support for Grid Environments Xavantes: Structured Process Execution Support for Grid Environments Fábio R. L. Cicerre 1, Edmundo R. M. Madeira 1, Luiz E. Buzato 1 1 Instituto de Computação Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Leia mais

Modelos Arquiteturais

Modelos Arquiteturais Modelos Arquiteturais Carlos Ferraz cagf@cin.ufpe.br Tópicos da Aula Modelos arquiteturais e-servidor Objetos distribuídos 2 O que é um modelo arquitetural? Estrutura em termos de componentes especificados

Leia mais

Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI

Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI Universidade Federal de Pernambuco Graduação em Ciência da Computação Centro de Informática Um modelo para o gerenciamento de múltiplos projetos de software aderente ao CMMI PROPOSTA DE TRABALHO DE GRADUAÇÃO

Leia mais

Um Modelo de Virtualização em Grades Computacionais para Inserção de Recursos Ociosos

Um Modelo de Virtualização em Grades Computacionais para Inserção de Recursos Ociosos Um Modelo de em Grades Computacionais para Inserção de Recursos Ociosos Apresentado por: Josiney de Souza e Rubens Massayuki Suguimoto CI853 - Tópicos em Redes de Computadores III Prof. Aldri Luiz dos

Leia mais

HadoopDB. Edson Ie Serviço Federal de Processamento de Dados - SERPRO

HadoopDB. Edson Ie Serviço Federal de Processamento de Dados - SERPRO HadoopDB Edson Ie Serviço Federal de Processamento de Dados - SERPRO Motivação Grandes massas de dados precisam ser processadas em clusters: 1 nó: 100TB@59MB/s = 23 dias Cluster com 1000 nós 33 min!!!

Leia mais

Uma Arquitetura de Balanceamento de Carga para Serviços WWW com o uso de Agentes Inteligentes 1

Uma Arquitetura de Balanceamento de Carga para Serviços WWW com o uso de Agentes Inteligentes 1 Uma Arquitetura de Balanceamento de Carga para Serviços WWW com o uso de Agentes Inteligentes 1 Rafael T. de Sousa Jr., Robson de O. Albuquerque, Tamer Américo da Silva Departamento de Engenharia Elétrica,

Leia mais

Seminário - Two Case Studies of Open Source Software Development: Apache and Mozilla

Seminário - Two Case Studies of Open Source Software Development: Apache and Mozilla Seminário - Two Case Studies of Open Source Software Development: Setembro de 2014 vagnercs@dcc.ufmg.br Departamento de Ciência da Computação ICEX/UFMG Agenda Sobre os autores 2 Audris Mockus: Professor

Leia mais

Interoperabilidade entre Bancos de Dados Relacionais e Bancos de Dados NoSQL (Parte 2)

Interoperabilidade entre Bancos de Dados Relacionais e Bancos de Dados NoSQL (Parte 2) Minicurso: Interoperabilidade entre Bancos de Dados Relacionais e Bancos de Dados NoSQL (Parte 2) Geomar A. Schreiner - schreiner.geomar@posgrad.ufsc.br Ronaldo S. Mello r.mello@ufsc.br Departamento de

Leia mais

Push Technologies. Caixa Postal 10.011 CEP 86057-970 Londrina PR Brasil. sean.alvarenga@gmail.com, brunozarpelao@uel.br

Push Technologies. Caixa Postal 10.011 CEP 86057-970 Londrina PR Brasil. sean.alvarenga@gmail.com, brunozarpelao@uel.br Push Technologies Sean Carlisto de Alvarenga 1, Bruno Bogaz Zarpelão 1 1 Departamento de Computação Universidade Estadual de Londrina (UEL) Caixa Postal 10.011 CEP 86057-970 Londrina PR Brasil sean.alvarenga@gmail.com,

Leia mais

For-All - Uma Plataforma para Sistemas Pervasivos Orientados a Serviço

For-All - Uma Plataforma para Sistemas Pervasivos Orientados a Serviço For-All - Uma Plataforma para Sistemas Pervasivos Orientados a Serviço Elenilson Vieira da S. Filho 1, Ângelo L. Vidal de Negreiros 1, Alisson V. Brito 2 1 Departamento de Informática Universidade Federal

Leia mais

Proposta de infra-estrutura para Servidores Web baseado em Data Grids

Proposta de infra-estrutura para Servidores Web baseado em Data Grids Proposta de infra-estrutura para Servidores Web baseado em Data Grids Lucas Graebin Instituto de Ciências Exatas e Tecnológicas - Centro Universitário Feevale Cep 93.352-000 - Novo Hamburgo - RS - Brasil

Leia mais

Tópicos Especiais em Redes de Telecomunicações

Tópicos Especiais em Redes de Telecomunicações Tópicos Especiais em Redes de Telecomunicações Redes definidas por software e Computação em Nuvem Prof. Rodrigo de Souza Couto PARTE 1 REDES DEFINIDAS POR SOFTWARE (SDN) 2 Bibliografia Esta aula é baseada

Leia mais

APLICATIVO AUXILIANDO A MELHORIA DA ATENÇÃO BÁSICA NO BRASIL. APPLICATION TO ASSIST IN IMPROVING OF HEALTH IN BRAZIL s PRIMARY CARE

APLICATIVO AUXILIANDO A MELHORIA DA ATENÇÃO BÁSICA NO BRASIL. APPLICATION TO ASSIST IN IMPROVING OF HEALTH IN BRAZIL s PRIMARY CARE APLICATIVO AUXILIANDO A MELHORIA DA ATENÇÃO BÁSICA NO BRASIL APPLICATION TO ASSIST IN IMPROVING OF HEALTH IN BRAZIL s PRIMARY CARE Édson das Neves Oliveira 1, Jean Carlo Cainelli 2, Carlos Pilz 2, Sílvio

Leia mais

www.liberopinion.com Plataforma de participação on-line

www.liberopinion.com Plataforma de participação on-line www.liberopinion.com Plataforma de participação on-line RAP Lisboa 4 de Março 2015 Quem somos Inovação I&D Participação Pública Internet Social Media Dedicação exclusiva à investigação e desenvolvimento

Leia mais

PEER DATA MANAGEMENT SYSTEM

PEER DATA MANAGEMENT SYSTEM PEER DATA MANAGEMENT SYSTEM INTRODUÇÃO, INFRA-ESTRUTURA E MAPEAMENTO DE ESQUEMAS AGENDA Data Management System Peer Data Management System P2P Infra-estrutura Funcionamento do PDMS Mapeamento de Esquemas

Leia mais

PVFS-Store - Um repositório chave-valor com garantia de localidade

PVFS-Store - Um repositório chave-valor com garantia de localidade paper:66 PVFS-Store - Um repositório chave-valor com garantia de localidade Ricardo M. Maeda 1 Orientadora: Carmem Satie Hara 1 1 PPGInf - Programa de Pós-Graduação em Informática Departamento de Informática

Leia mais

Sistemas Distribuídos

Sistemas Distribuídos Sistemas Distribuídos Carlos Ferraz cagf@cin.ufpe.br Tópicos da Aula Apresentação do curso Introdução Definição de sistemas distribuídos Exemplo Vantagens e desvantagens Convergência digital Desafios Visão

Leia mais

Análise dos Sistemas de Medição do Consumo de Energia Elétrica em Plantas Industriais

Análise dos Sistemas de Medição do Consumo de Energia Elétrica em Plantas Industriais UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO DE INFORMÁTICA Análise dos Sistemas de Medição do Consumo de Energia Elétrica em Plantas Industriais Proposta de Trabalho

Leia mais

Banco de Dados em Nuvem: Conceitos, Características, Gerenciamento e Desafios

Banco de Dados em Nuvem: Conceitos, Características, Gerenciamento e Desafios Banco de Dados em Nuvem: Conceitos, Características, Gerenciamento e Desafios Darlan Florêncio de Arruda e José Almir Freire de Moura Júnior Faculdade de Ciência e Tecnologia de Caruaru - Universidade

Leia mais

O que é Grid Computing

O que é Grid Computing Grid Computing Agenda O que é Grid Computing Grid vs Cluster Benefícios Tipos de Grid Aplicações Ferramentas e padrões Exemplos no mundo Exemplos no Brasil Grid no mundo dos negócios Futuro O que é Grid

Leia mais

Trabalho de Mestrado

Trabalho de Mestrado Caracterização da carga de trabalho em sistemas de educação a distância Trabalho de Mestrado Janaína R. Penedo (Aluno),Morganna Diniz(Orientador) Programa de Pós-Graduação em Informática - PPGI 1 Universidade

Leia mais

Projeto e Preservação de Repositórios Digitais

Projeto e Preservação de Repositórios Digitais Projeto e Preservação de Repositórios Digitais Marcos Sunye Universidade Federal do Paraná C3SL Centro de Computação Científica e Software Livre C3SL Centro de Computação Cientifica e Softwate Livre Maior

Leia mais

CLOUD COMPUTING. Andrêza Leite. andreza.leite@univasf.edu.br

CLOUD COMPUTING. Andrêza Leite. andreza.leite@univasf.edu.br CLOUD COMPUTING Andrêza Leite andreza.leite@univasf.edu.br Roteiro O que é cloud computing? Classificação O que está 'por traz' da cloud? Exemplos Como montar a sua? O que é cloud computing? Cloud Computing

Leia mais

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER

MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 UTILIZANDO O VMWARE PLAYER TÁSSIO JOSÉ GONÇALVES GOMES tassiogoncalvesg@gmail.com MINICURSO WINDOWS SERVER 2008 TÁSSIO GONÇALVES - TASSIOGONCALVESG@GMAIL.COM 1 CONTEÚDO Arquitetura

Leia mais

Modelo de simulação de um processo de requisições em um servidor web de alta disponibilidade

Modelo de simulação de um processo de requisições em um servidor web de alta disponibilidade Modelo de simulação de um processo de requisições em um servidor web de alta disponibilidade Tiago de Azevedo Santos tiago@iff.edu.br João José de Assis Rangel joao@ucam-campos.br RESUMO Este trabalho

Leia mais

Gerência de Configuração de Software. Msc. Ernani Sales Implementador Oficial MPS.BR ernani@webapsee.com

Gerência de Configuração de Software. Msc. Ernani Sales Implementador Oficial MPS.BR ernani@webapsee.com Gerência de Configuração de Software Msc. Ernani Sales Implementador Oficial MPS.BR ernani@webapsee.com Introdução O que é GCS? Terminologia Agenda Modelos, Padrões e Normas Processo de GCS Padrão IEEE

Leia mais

Concretização de um protocolo de difusão atómica em sistemas com ligações intermitentes

Concretização de um protocolo de difusão atómica em sistemas com ligações intermitentes Concretização de um protocolo de difusão atómica em sistemas com ligações intermitentes Sérgio Cardoso Escola Sup. Gestão de Santarém Politécnico de Santarém s.cardoso@mail.telepac.pt Luís Rodrigues Faculdade

Leia mais

Capítulo II Modelos de Programação Distribuída (parte 2)

Capítulo II Modelos de Programação Distribuída (parte 2) Capítulo II Modelos de Programação Distribuída (parte 2) From: Coulouris, Dollimore and Kindberg Distributed Systems: Concepts and Design Edition 3, Addison-Wesley From: Cardoso, Jorge, Programação de

Leia mais

NanoDataCenters. Aline Kaori Takechi 317055

NanoDataCenters. Aline Kaori Takechi 317055 NanoDataCenters Aline Kaori Takechi 317055 INTRODUÇÃO Introdução Projeto Europeu: NICTA National ICT Australia FP7 7th Framework Program Rede formada por Home Gateways Objetivo: distribuir conteúdo Dispositivos

Leia mais

O papel da Economia Digital na Dinamização do Interior. Carlos J. Costa carlos.costa@iscte.pt http://carlosjcosta.wordpress.com

O papel da Economia Digital na Dinamização do Interior. Carlos J. Costa carlos.costa@iscte.pt http://carlosjcosta.wordpress.com O papel da Economia Digital na Dinamização do Interior Carlos J. Costa carlos.costa@iscte.pt http://carlosjcosta.wordpress.com Índice Economia Digital Economia Digital Impactos Economia Open Source - Impactos

Leia mais

Introdução. Definição de um Sistema Distribuído (1) Definição de um Sistema Distribuído(2) Metas de Sistemas Distribuídos (2)

Introdução. Definição de um Sistema Distribuído (1) Definição de um Sistema Distribuído(2) Metas de Sistemas Distribuídos (2) Definição de um Sistema Distribuído (1) Introdução Um sistema distribuído é: Uma coleção de computadores independentes que aparecem para o usuário como um único sistema coerente. Definição de um Sistema

Leia mais

Qualidade da Informação em Reformulação de Consultas em um PDMS: Uma Perspectiva

Qualidade da Informação em Reformulação de Consultas em um PDMS: Uma Perspectiva Qualidade da Informação em Reformulação de Consultas em um PDMS: Uma Perspectiva Bruno Felipe de França Souza 1, Ana Carolina Salgado 1, Maria da Conceição Moraes Batista 2 1 Centro de Informática Universidade

Leia mais

Implantação do Zabbix para monitoramento de infraestrutura

Implantação do Zabbix para monitoramento de infraestrutura Implantação do Zabbix para monitoramento de infraestrutura Raphael Celuppi Curso de Especialização em Redes e Segurança de Sistemas Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, Setembro 2009 Sumário

Leia mais

Testbed para métricas de dependabilidade em cloud computing.

Testbed para métricas de dependabilidade em cloud computing. Testbed para métricas de dependabilidade em cloud computing. Jonathan Brilhante(jlgapb@cin.ufpe.br), Bruno Silva (bs.cin.ufpe.br) e Paulo Maciel(prmm@cin.ufpe.br) Agenda 1. 2. 3. 4. 5. Motivação Objetivos

Leia mais

Um Sistema de Arquivos Compartilhado em Nível de Usuário Baseado em Tabelas Hash Distribuídas

Um Sistema de Arquivos Compartilhado em Nível de Usuário Baseado em Tabelas Hash Distribuídas Um Sistema de Arquivos Compartilhado em Nível de Usuário Baseado em Tabelas Hash Distribuídas Pedro Eugênio Rocha, Luiz Carlos Erpen de Bona Departamento de Informática Universidade Federal do Paraná Caixa

Leia mais

Requisitos de Ferramentas de Apoio aos Processos de Medição de Software. Marco Aurélio Vilaça de Melo

Requisitos de Ferramentas de Apoio aos Processos de Medição de Software. Marco Aurélio Vilaça de Melo Requisitos de Ferramentas de Apoio aos Processos de Medição de Software Marco Aurélio Vilaça de Melo Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Belo Horizonte MG

Leia mais

Certification Authority

Certification Authority Certification Authority An in-depth perspective on digital certificates, PKI and how certification authority s work Mestrado em Ciência da Informação Alexandra Ferreira mci1208749 Jorge Andrade mci1208751

Leia mais

Foglight A solução ideal para o gerenciamento de aplicações e serviços SAP

Foglight A solução ideal para o gerenciamento de aplicações e serviços SAP Parceria: Foglight A solução ideal para o gerenciamento de aplicações e serviços SAP Uma nova visão no Gerenciamento da Aplicação INDICE 1. Parceria Union e Quest Software... 3 2. Foglight Gerenciando

Leia mais

Armazenamento distribuído de dados e checkpointing de aplicaçõesparalelasemgradesoportunistas

Armazenamento distribuído de dados e checkpointing de aplicaçõesparalelasemgradesoportunistas Armazenamento distribuído de dados e checkpointing de aplicaçõesparalelasemgradesoportunistas Autor:RaphaelY.deCamargo 1 Orientador:Prof.Dr.FabioKon 1 1 DepartamentodeCiênciadaComputação Instituto de Matemática

Leia mais

Tipos de Sistemas Distribuídos (Cluster e Grid)

Tipos de Sistemas Distribuídos (Cluster e Grid) Tipos de Sistemas Distribuídos (Cluster e Grid) Sistemas Distribuídos Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto Federal de Educação Ciência

Leia mais

Algoritmo Distribuído com abordagem em cache cooperativo

Algoritmo Distribuído com abordagem em cache cooperativo Algoritmo Distribuído com abordagem em cache cooperativo Pedro Paulo Simões Freitas, Ricardo Augusto Rabelo PPGCC - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação UFOP - Universidade Federal de Ouro

Leia mais

Consumo de Energia e Mobile Cloud

Consumo de Energia e Mobile Cloud Consumo de Energia e Mobile Cloud Uma Visão Geral sobre os Tópicos Abertos Rafael Roque de Souza www.ime.usp.br/ rroque/ Disciplina: MAC 0463/5743 - Computação Móvel Prof. Dr. Alfredo Goldman vel Lejbman

Leia mais

SPED e NF- e Claudio Coli

SPED e NF- e Claudio Coli SPED e NF- e Claudio Coli A MASTERSAF Nossa Visão Missão Negócio Nossa Razão Convergência Promover Ética e Responsabilidade Social deixando um legado que seja motivo de Orgulho para nossos Clientes e Colaboradores

Leia mais

Cloud Disk Drive: Uma Abordagem para a Criação de Discos Virtuais de Baixo Custo Utilizando Redes p2p

Cloud Disk Drive: Uma Abordagem para a Criação de Discos Virtuais de Baixo Custo Utilizando Redes p2p Cloud Disk Drive: Uma Abordagem para a Criação de Discos Virtuais de Baixo Custo Utilizando Redes p2p Anderson Fonseca e Silva 1, Vinicius Cardoso Garcia 1, Rodrigo Elia Assad 2, Frederico Durão 3 1 Universidade

Leia mais

Processamento da Junção Espacial Distribuída utilizando a técnica de Semi-Junção Espacial

Processamento da Junção Espacial Distribuída utilizando a técnica de Semi-Junção Espacial Processamento da Junção Espacial Distribuída utilizando a técnica de Semi-Junção Espacial Sávio S. Teles de Oliveira 2, Anderson R. Cunha 2, Vagner J. do Sacramento Rodrigues 2, Wellington S. Martins 1

Leia mais

Arquitectura de um Sistema de Chamadas a Procedimentos Remotos a Servidores Replicados

Arquitectura de um Sistema de Chamadas a Procedimentos Remotos a Servidores Replicados Arquitectura de um Sistema de Chamadas a Procedimentos Remotos a Servidores Replicados Pedro Vicente pedrofrv@di.fc.ul.pt João Martins jmartins@di.fc.ul.pt Abstract O paradigma das chamadas a procedimentos

Leia mais