CATÁLOGO DE FORMAÇÃO ESTRATEGOR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CATÁLOGO DE FORMAÇÃO ESTRATEGOR"

Transcrição

1 2017 CATÁLOGO DE FORMAÇÃO ESTRATEGOR

2 Gestão de Talentos e Soft Skills Coaching Liderança e Coaching O Líder do Séc. XXI O Poder de um Ponto de Vista - A Atitude Mental Positiva A Comunicação - Chave do Sucesso do Séc. XXI Os Valores na Organização Gestão de Conflitos Resiliência A Melhoria do Desempenho pela Assertividade Comportamento Individual Interpessoal no Seio da Organização Gestão do Stress Six Thinking Hats Vencer em Equipa Liderar, Motivar e Gerir Conflitos nas Equipas Criatividade e Inovação na Gestão de Equipas

3 Coaching 44H Reforçar a sua autoconfiança e motivação; Desenvolver competências e faculdades comportamentais, conducentes ao seu sucesso. Generalidade dos colaboradores da empresa/organização. O que é o Coaching? Origem, Propósitos e Processo de Coaching O coach e o desenvolvimento do potencial humano Modelos de Coaching Métodos e Ferramentas de Coaching - A observação -A escuta activa -As perguntas, uma ferramenta poderosa -C.R.A. - Perguntas de consciência, de responsabilidade e de acção -Perguntas abertas e fechadas Estabelecimento de um plano de acção Exercícios práticos

4 Liderança e Coaching 28H Identificar e aplicar conceitos à liderança de coaching. Direcções, chefias e coordenadores de equipas de trabalho. A filosofia, percurso histórico e aplicações do coaching Valorizar a importância da gestão do talento Valorizar a consolidação de relacionamentos entre os vários elementos da equipa Valorizar a importância da comunicação Actuar de forma intuitiva e sensitiva Valorizar o espírito de entre ajuda Valorizar a necessidade da gestão da mudança Valorizar a criatividade Reconhecer a importância da partilha de objectivos específicos Reconhecer a importância do estabelecimento de relações de confiança inter grupo Reconhecer os aspectos importantes na condução eficaz de reuniões de trabalho Compreender a dinâmica do processo de Coaching O líder-coach

5 O Líder do Séc. XXI 28H Compreender a importância da inteligência emocional na liderança; Distinguir liderança Primal de liderança com Ressonância; Identificar talentos; Identificar características individuais de liderança; Identificar 10 estratégias de liderança. Direcções, chefias e coordenadores de equipas de trabalho. A Inteligência Emocional e a Liderança Liderança Primal Liderar com Ressonância A Liderança Emocional e as Competências de Liderança O Líder e o Talento Liderar pelo Exemplo - a Liderança Autêntica Liderança Positiva e Apreciativa 10 Estratégias de Liderança Características do Líder Treino de Competências de Liderança - que tipo de líder quero ser?

6 O Poder de um Ponto de Vista A Atitude Mental Positiva 28H Compreender o conceito de atitude; Identificar as componentes de uma atitude; Compreender o impacto da atitude na forma como vive; Ver o erro como uma oportunidade de melhoria; Passar de uma orientação para a resolução de problemas na busca de soluções; Ultrapassar atitudes negativas. Direcções, chefias e coordenadores de equipas de trabalho. A atitude As componentes da atitude O impacto da atitude interior na vida Quociente de atitude positiva A avaliação das minhas atitudes face a mim próprio e face aos outros Os reflexos de uma atitude positiva e de uma atitude negativa Como tornar a minha atitude positiva Aprender com os erros Importância da rede de relações O que está errado vs. Quem está errado Como ultrapassar atitudes negativas

7 A Comunicação Chave do Sucesso do Séc. XXI 28H Descrever o processo comunicacional; Identificar os principais mitos inerentes à comunicação; Identificar e ultrapassar as principais barreiras à comunicação; Identificar o seu estilo de comunicação; Distinguir e utilizar diferentes estilos de comunicação; Comunicar de forma assertiva e eficaz; Fazer uma escuta activa; Utilizar as perguntas de forma eficaz. Generalidade dos colaboradores da empresa/organização. Conhecer o grupo O processo de comunicação Os mitos e as barreiras à comunicação A minha máscara de comunicador O que faz um bom comunicador Os estilos de comunicação - passivo, agressivo, assertivo e manipulador Identificação do meu estilo pessoal de comunicação A comunicação oral A comunicação não verbal O poder do contacto ocular Como estar mais atento à sua linguagem corporal O poder da escuta activa Identificar as barreiras a uma escuta efectiva Como ouvir para estabelecer relação Diferentes tipos de perguntas A arte de fazer perguntas

8 Os Valores na Organização 16H Compreender o conceito de valor; Identificar os valores que os movem; Compreender o valor enquanto agente de mudança; Fazer um alinhamento dos seus valores com os da organização. Generalidade dos colaboradores da empresa/organização. O que são valores Da crença ao comportamento - o papel dos valores Os valores pessoais identificação da escala de valores da organização Como articular valores pessoais e organizacionais O poder das crenças e dos valores na geração de conhecimento e sucesso na organização Compreender a mudança organizacional Os valores nas organizações orientadas para o controlo, para a aprendizagem e para o desenvolvimento As 3 fases da mudança Passar de fazer as coisas e ter as coisas feitas para o possibilitar o seu acontecimento Análise de casos práticos

9 Gestão de Conflitos 28H Ampliar a visão sobre as relações interpessoais na sociedade, reconhecendo as diferenças como positivas e enriquecedoras; Trabalhar a diferença de forma a não gerar discórdia e disputa; Definir e identificar o conflito; Ser capaz de lidar com situações de stress e discórdia explorando diferentes abordagens a adoptar na gestão de conflitos; Identificar barreiras à resolução de conflitos; Reconhecer diferentes estilos de resolução de conflitos. Direcções, chefias e coordenadores de equipas de trabalho. Definição de conflito Tipos de conflitos Causas dos conflitos Independência, cooperação e competição Conflitos funcionais e disfuncionais Escalada do conflito A comunicação e a Resolução de conflitos Saber escutar, saber dar e receber feedback Estilos de comunicação: a assertividade na resolução de conflitos Estratégias individuais de resolução de conflitos Cedência Resolução de Problemas Confrontação Inacção Análise de Casos Práticos

10 Resiliência 28H Desenvolver competências que facilitem a adopção de comportamentos conducentes a padrões de resiliência elevada; Encontrar estratégias alternativas, superar os seus padrões de acção habituais, e ser capaz de responder, com sucesso, aos mais variados desafios; Responder positivamente a um revés nos negócios e ficar melhor preparada para resistir a acontecimentos negativos no futuro. Profissionais que necessitem de superar "situações de crise", desenvolvendo competências que conduzam à prevenção ou minimização dos efeitos de adversidades futuras. Conhecer o conceito de resiliência - A sua aplicação e enquadramento nos contextos pessoal e organizacional - A resiliência pessoal e a resiliência profissional desenvolvidas em paralelo Identificar as características associadas à competência "Resiliência" - Diagnosticar as suas características pessoais - Identificar os obstáculos a uma boa adaptação ou desenvolvimento - As estratégias para desenvolver a Resiliência - As características a evidenciar para aumentar os seus níveis de resiliência.

11 A Melhoria do Desempenho pela Assertividade 32H Estabelecer relações interpessoais sem passividade nem agressividade; Controlar os seus estados de ansiedade bem como as situações de origem; Potenciar atitudes positivas nos outros que facilitem o compromisso realista e a negociação; Lidar com o confronto, sendo capaz de exprimir pontos de vista diferentes, sem provocar agressividade ou atitudes defensivas; Identificar bloqueios pessoais em situações difíceis e encontrar alguns meios para os ultrapassar. Generalidade dos colaboradores da empresa/organização. Conhecer os processos de comunicação e o seu impacto no relacionamento interpessoal - Conhecer as suas atitudes comunicacionais na relação com os outros - Identificar atitudes eficazes e ineficazes e as suas consequências - Desenvolver a atitude assertiva Utilizar as técnicas da assertividade para promover um clima de trabalho produtivo -Saber escutar -Compreender os diferentes pontos de vista -Saber dizer não assegurando a relação - o não positivo -Desenvolver a auto-confiança e o auto domínio -Estimular o sentimento de cooperação e colaboração Lidar com comportamentos que põem em causa a comunicação e o entendimento - Saber lidar com os comportamentos passivos, agressivos e manipuladores - Respeitar e conquistar o respeito dos outros - Substituir uma linguagem negativa por uma linguagem construtiva - Desenvolver uma postura construtiva: abertura, disponibilidade e tolerância. Saber afirmar-se numa situação de conflito Saber utilizar a negociação quotidiana e o compromisso realista para gerir os conflitos

12 Comportamento Individual Interpessoal no Seio da Organização 32H Aplicar as competências de interacção conducentes ao estabelecimento de relações mais positivas e produtivas, com o meio envolvente; Desenvolver competências de relacionamento interpessoal, adoptando diversas técnicas de comunicação e relacionamento. Generalidade dos colaboradores da empresa/organização. Desenvolver as competências de relacionamento interpessoal Técnicas de comunicação e relacionamento Desenvolver a assertividade Combater a resistência à mudança

13 Gestão do Stress 28H Compreender os mecanismos do stress; Avaliar e modificar o seu modo pessoal de resposta aos desafios do quotidiano; Aplicar técnicas de redução da tensão nervosa e programação positiva. Generalidade dos colaboradores da empresa/organização. Discernir os principais elementos de stress Diagnóstico pessoal Formas dinâmicas de resposta positiva aos agentes stressantes Hábitos e práticas Assertividade e a atitude positiva Análise de Casos Práticos

14 Six Thinking Hats 32H Promover o pensamento cooperativo e a interacção; Eliminar o pensamento antagónico; Evitar as armadilhas das abordagens críticas e negativas; Promover um clima aberto e criativo para discussão. Direcções, chefias e coordenadores de equipas de trabalho. Método de pensamento tradicional vs pensamento paralelo Os seis chapéus do pensamento como técnica alternativa e de resultados inovadores Benefícios pessoais e organizacionais dos seis chapéus do pensamento Conceitos gerais sobre os seis chapéus do pensamento Uso dos chapéus - individual e sequencial Separar o ego da performance Distinguir os diferentes elementos do pensamento - Chapéus: Azul - O papel do facilitador na construção de reuniões. Simboliza o controlo da organização, dos processos e da supervisão. Representa a visão global, a gestão do pensamento. Ajusta o foco, define o problema e forma as questões. Branco - Ênfase na informação, na neutralidade. Vermelho - A legitimação dos sentimentos, intenções. Amarelo - O positivismo lógico, valores e benefícios. Oportunidades e vantagens competitivas. Preto - Avaliação, preocupações, dificuldades e erros de lógica. Analisa e evita possíveis erros, riscos inerentes, obstáculos. Verde - O esforço criativo, a atitude e as técnicas de criatividade na resolução de problemas e na modificação e criação de soluções alternativas

15 Vencer em Equipa 32H Desenvolver competências para que possam com maior objectividade obter feedback, motivar, envolver e colocar no trilho do sucesso cada membro da sua equipa; Aplicar as competências no âmbito da liderança, cooperação, gestão de tempo e desempenho, a compreensão das dinâmicas organizacionais de liderança e poder, assim como identificar perfis de liderança e o seu contributo para o desenvolvimento organizacional. Direcções, chefias e coordenadores de equipas de trabalho. Liderança por exemplo Competências críticas Estilos de liderança Criar uma equipa Gestão de desempenho Gestão do tempo Liderar vs. Chefiar

16 Liderar, Motivar e Gerir Conflitos nas Equipas 32H Promover o auto e hetero-conhecimento dos participantes; Pensar a comunicação como elemento central no processo da Liderança e da Motivação; Identificar o seu estilo pessoal de liderança; Compreender o princípio da liderança com inteligência emocional; Compreender o processo comunicacional - identificar factores chave numa comunicação eficaz; Compreender os princípios do trabalho em equipa; Identificar estratégias de motivação; Identificar e gerir adequadamente tipos de conflitos. Direcções, chefias e coordenadores de equipas de trabalho. O que é um líder? Características de um líder e Estilos de Liderança - O líder coach Liderar com inteligência emocional Como comunicar - Os estilos de comunicação As mensagens emitidas não verbalmente O estabelecimento de rapport As perguntas - O feedback O trabalho em equipa A Delegação A motivação - Teorias da motivação e formas de motivar Desmistificação do conceito de motivação A motivação intrínseca O conflito um elemento positivo ou negativo? Tipos de conflitos Razões que levam ao conflito e estratégias de resolução do conflito.

17 Criatividade e Inovação na Gestão de Equipas 36H Compreender os conceitos de criatividade e inovação; Reconhecer as vantagens de culturas organizacionais facilitadoras da criatividade e inovação; Assimilar técnicas de promoção da criatividade em equipas de trabalho; Identificar e compreender as fases do processo de inovação; Identificar e compreender o estilo pessoal de inovação. Chefes de equipa e outros profissionais que pretendam desenvolver competências de criatividade e inovação na gestão de equipas. A criatividade - A lógica - A inteligência - O mito do génio A inovação - O que é inovar - Os 6 P s da inovação - Check List inovação individual e na equipa Culturas organizacionais facilitadoras da inovação - Obstáculos à criatividade nas organizações - Políticas de promoção da criatividade e inovação Criatividade em equipas de trabalho - Factores adversos - Métodos e técnicas de promoção de criatividade - Gestão do talento: o poder da colaboração e da comunicação - O papel da criatividade na resolução de conflitos e na negociação As quatro fases da inovação - Definir o desafio - Gerar soluções - Planear e executar - Comprometer e motivar O estilo pessoal de inovação - Identificar e compreender o estilo pessoal de inovação - Gerir e implementar a inovação na equipa e na organização - Plano individual e acção

Soft-skills / Comportamental

Soft-skills / Comportamental Soft-skills / Comportamental Liderança e trabalho em equipa Comunicação, gestão de conflitos e negociação Técnicas de apresentação Gestão do tempo e Reuniões eficazes 1 Hire on attitude, Train the skills

Leia mais

Cursos Recomendados TOPIC: COMMUNICATION SKILLS MANAGEMENT AND LEADERSHIP TIME MANAGEMENT

Cursos Recomendados TOPIC: COMMUNICATION SKILLS MANAGEMENT AND LEADERSHIP TIME MANAGEMENT Cursos Recomendados TOPICS: COMMUNICATION SKILLS MANAGEMENT AND LEADERSHIP TIME MANAGEMENT TOPIC: COMMUNICATION SKILLS Módulo: Competências relacionais do gestor M144 Duração 30 min. Adquirir as competências-base

Leia mais

Proporcionar aos participantes a aquisição de aptidões específicas nos domínios da expressão/comunicação e das capacidades relacionais

Proporcionar aos participantes a aquisição de aptidões específicas nos domínios da expressão/comunicação e das capacidades relacionais Assertividade Formato do curso: Presencial Localidade: Lisboa Data: 07 Nov. 2016 a 08 Nov. 2016 Preço: 625 Horário: Laboral - 09h00-17h00 Nível: Intermédio Duração: 14 horas No final desta ação, os participantes

Leia mais

CURSO GESTÃO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL. Porquê a Gestão e o Desenvolvimento Pessoal. Programa do Curso Gestão e Desenvolvimento Pessoal

CURSO GESTÃO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL. Porquê a Gestão e o Desenvolvimento Pessoal. Programa do Curso Gestão e Desenvolvimento Pessoal CURSO GESTÃO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL Porquê a Gestão e o Desenvolvimento Pessoal A importância de uma boa gestão de pessoas e equipas é facilmente reconhecida no contexto organizacional da atualidade.

Leia mais

Curso de Mediaçã o de Conflitos

Curso de Mediaçã o de Conflitos Curso de Mediaçã o de Conflitos Objetivos Gerais/Competências visadas: Dotar os formandos de um conjunto de competências que permitam problematizar, analisar e refletir sobre situações práticas de gestão

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

Criatividade e Inteligência Emocional

Criatividade e Inteligência Emocional Criatividade e Inteligência Emocional Formato do curso: Presencial Preço: 730 Nível: Intermédio Duração: 24 horas As emoções determinam em grande medida a direção da nossa vida, tanto no que se refere

Leia mais

I Seminário Nacional RED Rendimento Escolar e Desenvolvimento

I Seminário Nacional RED Rendimento Escolar e Desenvolvimento Rendimento Escolar e Desenvolvimento Aferição do Questionário de Inteligência Emocional de Bar-On para estudantes do Ensino Básico Português Candeias, Diniz, Pires, Rebelo & Franco 17 novembro 2012 Universidade

Leia mais

PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE LÍDERES

PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE LÍDERES PROGRAMA DE FORMAÇÃO E CAPACITAÇÃO DE LÍDERES CONQUISTE A LIDERANçA INSCRIÇÕES ABERTAS Prepare-se para novos desafios e seja o destaque no mercado de trabalho. Muitas vezes, a liderança não sabe quais

Leia mais

Curso de Liderança, Empowerment e Coaching

Curso de Liderança, Empowerment e Coaching Curso de Liderança, Empowerment e Coaching Referencial Pedagógico 1. Competências Globais e Específicas Desenvolver competências no âmbito da relação com as equipas de trabalho, identificando os vários

Leia mais

Gestão por Competência

Gestão por Competência Gestão por Competência Vera Gobetti 04/05/2017 GESTÃO POR COMPETÊNCIAS É UMA EVOLUÇÃO DA GESTÃO DE PESSOAS A Competência é sustentada em 3 pilares: 1- Conhecimento 2- Habilidades 3- Atitudes Aspectos Fundamentais

Leia mais

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação.

Relatório de Competências de Nataly Lopez (Perfil Natural) Autoconfiança. Autocontrole. Busca de Informação. Capacidade de Negociação. IMPORTANTE: Em ótimas condições do ambiente, a grande maioria das pessoas pode ter a capacidade de desempenhar-se adequadamente em quaisquer das seguintes competências. Referimo-nos a "ótimas condições"

Leia mais

Training Course. MBA LEADERSHIP Liderança

Training Course. MBA LEADERSHIP Liderança MBA LEADERSHIP Liderança DESCRIÇÃO Cada vez mais, a liderança assume um papel preponderante no dia-a-dia das nossas empresas. O sucesso de uma equipa está dependente da capacidade de liderança do seu líder.

Leia mais

PROGRAMA DE COMPETÊNCIAS SOCIAIS PROGRAMA DE COMPETÊNCIAS SOCIAIS COMPETÊNCIA SOCIAL... COMPETÊNCIA SOCIAL... COMPETÊNCIA SOCIAL...

PROGRAMA DE COMPETÊNCIAS SOCIAIS PROGRAMA DE COMPETÊNCIAS SOCIAIS COMPETÊNCIA SOCIAL... COMPETÊNCIA SOCIAL... COMPETÊNCIA SOCIAL... 5º CONGRESSO CERCILEI HUMANIZAR PARA INTEGRAR A IMPORTÂNCIA DA DIFERENÇA A NO PROJECTO SER PESSOA PROGRAMA DE SOCIAIS PROGRAMA DE SOCIAIS Celeste Simões DEER / FMH / UTL o O que é a competência social

Leia mais

1/28/2017 PSICOLOGIA APLICADA AO FUTEBOL. A Relação Treinador Atleta. a influência do treinador vai muito além do contexto desportivo

1/28/2017 PSICOLOGIA APLICADA AO FUTEBOL. A Relação Treinador Atleta. a influência do treinador vai muito além do contexto desportivo PSICOLOGIA APLICADA AO FUTEBOL CURSO TREINADORES DE FUTEBOL NÍVEL I UEFA C Componente Específica Joana Cerqueira joanacerqueira.cifi2d@gmail.com a influência do treinador vai muito além do contexto desportivo

Leia mais

Desenvolvimento. Inteligência Emocional (4 horas) Capacidade de relacionar-se consigo mesmo e compreender os outros ao ponto de conviver bem.

Desenvolvimento. Inteligência Emocional (4 horas) Capacidade de relacionar-se consigo mesmo e compreender os outros ao ponto de conviver bem. Desenvolvimento Inteligência Emocional (4 horas) Capacidade de relacionar-se consigo mesmo e compreender os outros ao ponto de conviver bem. Líder Treinador (4 horas) Capacidade de desenvolver e potencializar

Leia mais

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO SECRETARIA Serviço ou Organismo NIF FICHA DE AVALIAÇÃO PARA OS DIRIGENTES DE NÍVEL INTERMÉDIO A preencher pelo avaliador Avaliador Cargo NIF Avaliado Cargo Unidade orgânica NIF Período em avaliação a 1.

Leia mais

Formação Integrada Auto Liderança

Formação Integrada Auto Liderança CURSO DURAÇÃO Formação Integrada de Auto Liderança 42h TEÓRICAS 14h Práticas Simuladas 28h MODALIDADE DA FORMAÇÃO Contínua e Presencial OBJETIVO GERAL No final da formação os participantes terão aumentado

Leia mais

PALESTRANTE

PALESTRANTE PALESTRANTE Conexão Animal & Sucesso Pessoal Contrate o Palestrante que trará melhor RESULTADO para seu próximo evento! SOBRE O PALESTRANTE: Adriano Simões é médico veterinário e palestrante comportamental

Leia mais

CURSOS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL

CURSOS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL Página 1 de 8 CURSOS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL Formação Interna Financiada pelo Programa Operacional da Administração Pública (POAP) Acção-Tipo 2.1.1.2 Formação Autónoma Formação Profissional para Funcionários

Leia mais

Critérios de Avaliação Disciplina: Orquestra de Sopros 2º CICLO

Critérios de Avaliação Disciplina: Orquestra de Sopros 2º CICLO 2º CICLO DOMÍNIO DA CRITÉRIOS GERAIS PERFIL DO ALUNO: DESCRITORES GERAIS INSTRUMENTOS INDICADORES DE % Coordenação psico-motora. Sentido de pulsação/ritmo/harmonia/ fraseado. COGNITIVOS: APTIDÕES CAPACIDADES

Leia mais

ACADEMIA DRIVU. OFERTA FORMATIVA 2017 Nível Estratégico. Transformamos condutores em motoristas profissionais

ACADEMIA DRIVU. OFERTA FORMATIVA 2017 Nível Estratégico. Transformamos condutores em motoristas profissionais ACADEMIA DRIVU ACADEMIA DRIVU Nível NívelEstratégico Estratégico 6. Saúde edo Segurança 1.Gestão Tempo no Trabalho Noções básicas Como gasta o seu tempo? Interação Comercial Eficaz Como deseja gastar o

Leia mais

1º Ciclo. Competências Gerais do Ensino Básico

1º Ciclo. Competências Gerais do Ensino Básico 1º Ciclo Ao longo do 1º ciclo do Ensino Básico, todos os alunos devem desenvolver as competências gerais do Ensino Básico. Competências Gerais do Ensino Básico 1. Mobilizar saberes culturais, científicos

Leia mais

INFORMATIVO FORMAÇÃO LÍDER COACH. Liderança e Gestão com Pessoas

INFORMATIVO FORMAÇÃO LÍDER COACH. Liderança e Gestão com Pessoas INFORMATIVO FORMAÇÃO LÍDER COACH Liderança e Gestão com Pessoas VISÃO DO CURSO Este curso é voltado para qualquer pessoa que queira assumir um papel de liderança na vida, na carreira e nos negócios. Nele,

Leia mais

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DE COMPETÊNCIAS PESSOAIS E SOCIAIS

PROGRAMA DE PROMOÇÃO DE COMPETÊNCIAS PESSOAIS E SOCIAIS PROGRAMA DE PROMOÇÃO DE COMPETÊNCIAS PESSOAIS E SOCIAIS Margarida Gaspar de Matos Celeste Simões csimoes@fmh.utl.pt PROGRAMA DE PROMOÇÃO DE COMPETÊNCIAS PESSOAIS E SOCIAIS... ajudar as crianças e adolescentes

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O

P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O DISCIPLINA: Cidadania e Mundo Atual ANO: 7º TURMA: A ANO LECTIVO: 2011/2012 P L A N I F I C A Ç Ã O A M É D I O P R A Z O UNIDADE DIDÁTICA 1: Empregabilidade: comunicação e relações pessoais AULAS PREVISTAS:

Leia mais

Curso-Piloto de Formação de Consultores de Negócios. Módulo 2 Compreender o próprio negócio

Curso-Piloto de Formação de Consultores de Negócios. Módulo 2 Compreender o próprio negócio José Soares Ferreira Projecto financiado com apoio da Comissão Europeia. A informação contida nesta publicação vincula exclusivamente o autor, não sendo a Comissão responsável pela utilização que dela

Leia mais

WORKSHOPS DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

WORKSHOPS DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL WORKSHOPS DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL ÍNDICE A CATÓLICA LISBON 02 As nossas acreditações A nossa oferta A Formação de Executivos WORKSHOPS DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL 03 ESTRUTURA 06 DOCENTE 07 CONTEÚDOS

Leia mais

Escola da Espiritualidade na Matéria

Escola da Espiritualidade na Matéria Escola da Espiritualidade na Matéria Tudo aquilo em que pensamos molda as nossas vidas. Tudo parte da nossa consciência. As nossas crenças, os nossos apegos, as nossas emoções nãoconscientes são fonte

Leia mais

CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ)

CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ) INTEGRAÇÃO PROFISSIONAL DE TÉCNICOS SUPERIORES BACHARÉIS, LICENCIADOS E MESTRES CURSO DE INTEGRAÇÃO EMPRESARIAL DE QUADROS (CIEQ) GUIA DE CURSO ÍNDICE 1 - Objectivo do curso 2 - Destinatários 3 - Pré-requisitos

Leia mais

Objetivos. Público Alvo

Objetivos. Público Alvo Objetivos Desenvolver competências de gestão do fator humano na liderança de projetos. Compreender a natureza estratégica da gestão de mudanças a fim de reduzir antagonismos e ampliar o engajamento para

Leia mais

PROGRAMA DE MÉTODOS E HÁBITOS DE ESTUDO

PROGRAMA DE MÉTODOS E HÁBITOS DE ESTUDO PROGRAMA DE MÉTODOS E HÁBITOS DE ESTUDO MOTIVAR PARA O SUCESSO PRESSUPÕE INTERESSE, INVESTIMENTO, DISPONIBILIDADE, VONTADE, COMPETÊNCIA E ENVOLVIMENTO DE TODOS OS INTERVENIENTES NO PROCESSO EDUCATIVO!

Leia mais

Formação e Desenvolvimento FORMANDO TALENTO

Formação e Desenvolvimento FORMANDO TALENTO Formação e Desenvolvimento FORMANDO TALENTO 1 A oferta pedagógica da Fórmula do Talento é, não só variada, como maioritariamente desenhada à medida das necessidades específicas de cada empresa. Não obstante,

Leia mais

Administração. Competência Interpessoal. Professor Rafael Ravazolo.

Administração. Competência Interpessoal. Professor Rafael Ravazolo. Administração Professor Rafael Ravazolo www.acasadoconcurseiro.com.br Administração Aula XX COMPETÊNCIA INTERPESSOAL Qualquer organização que queira obter êxito não admite mais profissionais individualistas.

Leia mais

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO

Agrupamento de Escolas nº4 de Évora Escola Sede: Escola Secundária André de Gouveia 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO 1. ÁREAS DE INTERVENÇÃO 1.1. IMPLEMENTAR A ORGANIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO CURRICULAR - Aprimorar ação educativa. Otimizar o desempenho de funções de coordenação. Valorizar a centralidade da escola e do

Leia mais

Cláudia Moura. IDOSOS: As Palavras e os Gestos na Comunicação. Centro Cultural Entroncamento,

Cláudia Moura. IDOSOS: As Palavras e os Gestos na Comunicação. Centro Cultural Entroncamento, Cláudia Moura claudiamoura@portugalmail.pt IDOSOS: As Palavras e os Gestos na Comunicação Centro Cultural Entroncamento, 30 Setembro 2010 O envelhecimento demográfico é um fenómeno social e actual, mas

Leia mais

Workshop de Gestão de Recursos Humanos Objetivos Gerais Dotar os participantes de técnicas, métodos e instrumentos que vão fazer melhorar o planeamento, o acompanhamento e a Gestão dos Recursos Humanos.

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ESPECIALISTA EM TURISMO DE AR LIVRE

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ESPECIALISTA EM TURISMO DE AR LIVRE PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A ESPECIALISTA EM TURISMO DE AR LIVRE Publicado no Boletim do Trabalho do Emprego (BTE) nº 4 de 29 de janeiro de 2013 com entrada em vigor a 29 de janeiro de 2013. Publicação

Leia mais

Trabalho em Equipe. São unidades com duas ou mais pessoas que interagem e coordenam seu trabalho para conseguir atingir uma meta específica.

Trabalho em Equipe. São unidades com duas ou mais pessoas que interagem e coordenam seu trabalho para conseguir atingir uma meta específica. Equipe Trabalho em Equipe São unidades com duas ou mais pessoas que interagem e coordenam seu trabalho para conseguir atingir uma meta específica. Objetivo comum. Objetivos do grupo acima dos interesses

Leia mais

Comunicação e Relacionamento Interpessoal

Comunicação e Relacionamento Interpessoal Comunicação e Relacionamento Interpessoal Prof. José Junio Lopes Prof. Roberto César Ferreira Comunicação e Relacionamento Interpessoal A beleza de um trabalho em equipe se dá através de um elemento muito

Leia mais

PROGRAMA! COMPETÊNCIAS DIRETIVAS!! Desenvolvimento de Lideranças! aplicando ferramentas do! Coaching Ontológico Organizacional!

PROGRAMA! COMPETÊNCIAS DIRETIVAS!! Desenvolvimento de Lideranças! aplicando ferramentas do! Coaching Ontológico Organizacional! PROGRAMA COMPETÊNCIAS DIRETIVAS Desenvolvimento de Lideranças aplicando ferramentas do Coaching Ontológico Organizacional São Paulo, 20 de fevereiro a 15 de julho de 2017 Uma solução para responder às

Leia mais

Relatório de Avaliação Grau de Satisfação - Colaboradores CRIT

Relatório de Avaliação Grau de Satisfação - Colaboradores CRIT Relatório de Avaliação Grau de Satisfação - Colaboradores CRIT - 2010 Grau de Satisfação para Colaboradores sobre a Satisfação Global Nº de inquéritos recebidos 90 P1. Imagem global da organização. 0 2

Leia mais

CICLO MCT. Mentoring, Coaching e Training. Coordenador Estratégico de IES

CICLO MCT. Mentoring, Coaching e Training. Coordenador Estratégico de IES CICLO MCT Mentoring, Coaching e Training Coordenador Estratégico de IES Ciclo MCT Mentoring, Coaching e Training Coordenador Estratégico de IES Mentoring Inspira o participante a melhorar seu desempenho

Leia mais

CURSO NEGOCIAÇÃO E COMUNICAÇÃO COM CLIENTES DIFÍCEIS

CURSO NEGOCIAÇÃO E COMUNICAÇÃO COM CLIENTES DIFÍCEIS CURSO NEGOCIAÇÃO E COMUNICAÇÃO COM CLIENTES DIFÍCEIS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05

Leia mais

Competência comunicativa e comunicação interpessoal

Competência comunicativa e comunicação interpessoal Competência comunicativa e comunicação interpessoal Competência Definição de competência comunicativa O comunicador competente A relação competente Melhorar a competência comunicativa COMUNICAÇÃO INTERPESSOAL

Leia mais

Organização da Aula. Gestão de Recursos Humanos. Aula 3. Comunicação. Contextualização. Motivação dos Talentos Humanos. Instrumentalização

Organização da Aula. Gestão de Recursos Humanos. Aula 3. Comunicação. Contextualização. Motivação dos Talentos Humanos. Instrumentalização Gestão de Recursos Humanos Aula 3 Profa. Me. Ana Carolina Bustamante Organização da Aula Comunicação nas empresas Motivação dos talentos humanos Comunicação Processo de comunicação Contextualização Barreiras

Leia mais

1.1. Creche Objectivos gerais

1.1. Creche Objectivos gerais 1.1. Creche 1.1.1. Objectivos gerais Os processos de ensino e aprendizagem deverão contribuir nesta primeira etapa da Educação para a Infância, para que as crianças alcancem os seguintes objectivos: -

Leia mais

EXCELÊNCIA. "Modelar desempenho bem-sucedido leva à excelência."

EXCELÊNCIA. Modelar desempenho bem-sucedido leva à excelência. APRESENTAÇÃO O Instituto VOCÊ foi idealizado em 1996 por Bento Augusto, com o objetivo de levar o conhecimento de técnicas da Programação Neurolinguística (PNL) ao maior número de pessoas, para que elas

Leia mais

DALE CARNEGIE IMMERSION SEMINAR

DALE CARNEGIE IMMERSION SEMINAR DALE CARNEGIE IMMERSION SEMINAR Comunicação Eficaz e Relacionamentos Interpessoais 1 Fundada em 1912 a Dale Carnegie Training evoluiu partindo na crença do poder do autoaperfeiçoamento para uma empresa

Leia mais

CURSO PRÁTICO DE GESTÃO

CURSO PRÁTICO DE GESTÃO +351 21 00 33 892 CURSO PRÁTICO DE GESTÃO Código da Formação: 1660614 Preço: 1995 (+iva) Preço para particulares: 1535 Duração: 6 dias - 42 horas Local: LISBOA INSCREVA-SE LISBOA 1 até 31 Maio 2017 1 até

Leia mais

Competências gerais. Princípios e valores orientadores do currículo. Competências gerais

Competências gerais. Princípios e valores orientadores do currículo. Competências gerais Currículo Nacional do Ensino Básico Competências Essenciais Competências gerais Princípios e valores orientadores do currículo A clarificação das competências a alcançar no final da educação básica toma

Leia mais

Administração. Gestão de Conflitos. Professor Rafael Ravazolo.

Administração. Gestão de Conflitos. Professor Rafael Ravazolo. Administração Gestão de Conflitos Professor Rafael Ravazolo www.acasadoconcurseiro.com.br Administração Aula XX GESTÃO DE CONFLITOS Sempre que existir uma diferença de prioridades ou objetivos, existirá

Leia mais

OS/AS PSICÓLOGOS/AS VALORIZAM A EXCELÊNCIA E O BEM-ESTAR

OS/AS PSICÓLOGOS/AS VALORIZAM A EXCELÊNCIA E O BEM-ESTAR OS/AS PSICÓLOGOS/AS VALORIZAM A EXCELÊNCIA E O BEM-ESTAR 2017 PERFIL DOS/AS PSICÓLOGOS/AS DO DESPORTO, EXERCÍCIO E PERFORMANCE ÍNDICE P. 04 1. Intervenção e Importância dos/as Psicólogos/as do Desporto,

Leia mais

Módulo 5375 NOÇÕES DE PEDAGOGIA

Módulo 5375 NOÇÕES DE PEDAGOGIA Módulo 5375 NOÇÕES DE PEDAGOGIA Conteúdos Metodologias e técnicas de identificação de necessidades de formação, em função dos diversos públicos-alvo; Metodologias e técnicas de concepção de programas de

Leia mais

Promoção de Experiências Positivas Crianças e Jovens PEP-CJ

Promoção de Experiências Positivas Crianças e Jovens PEP-CJ Positivas Crianças e Jovens PEP-CJ Universidade do Minho Escola de Psicologia rgomes@psi.uminho.pt www.psi.uminho.pt/ www.ardh-gi.com/ O que são? 2 Competências de vida Definição Potencialidades pessoais

Leia mais

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES (90 horas)

FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES (90 horas) FORMAÇÃO PEDAGÓGICA INICIAL DE FORMADORES (90 horas) DESTINATÁRIOS: O curso de Formação Pedagógica Inicial de Formadores da SALSUS destina-se a 14 formandos por grupo, sendo que deverá cumprir as seguintes

Leia mais

Benefício do Coaching para Escritórios de Advocacia

Benefício do Coaching para Escritórios de Advocacia Benefício do Coaching para Escritórios de Advocacia Por que Coaching para Escritórios de Advocacia? Os escritórios são, nos dias de hoje, uma empresa e isso não tem mais volta. Assim, não dá para o advogado

Leia mais

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais. PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL

PLANO DE CURSO. Formação para Profissionais.  PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL PLANO DE CURSO PORTUGAL ANGOLA MOÇAMBIQUE CABO VERDE SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE BRASIL Formação para Profissionais + 2.000 Cursos Disponíveis A Melhor e Maior Oferta de Formação em Portugal + 1.300 Cursos na

Leia mais

CATÁLOGO REGIONAL PALESTRAS, OFICINAS E CURSOS

CATÁLOGO REGIONAL PALESTRAS, OFICINAS E CURSOS CATÁLOGO REGIONAL PALESTRAS, OFICINAS E CURSOS GET GERÊNCIA DE EDUCAÇÃO PARA O TRABALHADOR SESI/DRMG MINAS GERAIS 2015 www.fiemg.com.br SUMÁRIO 1. PALESTRAS 1.1 MAIS INFORMAÇÕES... 4 2. OFICINAS 2.1 ÉTICA

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA SANTIAGO DO CACÉM

ESCOLA SECUNDÁRIA MANUEL DA FONSECA SANTIAGO DO CACÉM Módulo A1: Empregabilidade I: Comunicação e Relações Interpessoais 1º Período Estratégias de autoconhecimento e de promoção da auto-estima. A Comunicação nas relações interpessoais. Tipos de comunicação

Leia mais

Profª Daniela Cartoni

Profª Daniela Cartoni Etapa da Negociação Planejamento, estratégias e táticas Profª Daniela Cartoni daniela_cartoni@yahoo.com.br Etapas da negociação Uma negociação é um processo de comunicação interativa que pode ocorrer quando

Leia mais

LIDERANÇA ORGANIZACIONAL PROFª ESP. ANA CARLA ALBUQUERQUE DA CUNHA MARINHO

LIDERANÇA ORGANIZACIONAL PROFª ESP. ANA CARLA ALBUQUERQUE DA CUNHA MARINHO LIDERANÇA ORGANIZACIONAL PROFª ESP. ANA CARLA ALBUQUERQUE DA CUNHA MARINHO Antes de Falar de liderança iremos relembrar as funções do Gestor em uma organização, pois elas são cruciais para um eficiente

Leia mais

Grelha resumo da auto-avaliação por critério do modelo CAF

Grelha resumo da auto-avaliação por critério do modelo CAF Grelha resumo da auto-avaliação por critério do modelo CAF O que a liderança da organização faz para CRITÉRIO 1: LIDERANÇA Subcritérios () 1.1 Dar uma orientação à organização desenvolvendo e comunicando

Leia mais

José Augusto Neves

José Augusto Neves P-37 NEUROLIDERANÇA O caminho sem volta José Augusto Neves janeves@institutomvc.com.br 11-3171-1645 Completeafrase: Os seres humanos, na sua natureza,são... A maneira como percebemos a realidade,influencia

Leia mais

Gestão Eficaz de MÚLTIPLAS PRIORIDADES

Gestão Eficaz de MÚLTIPLAS PRIORIDADES Evento útil na definição de prioridades e gestão das mesmas na conciliação da vida pessoal com a vida profissional GENERIS FARMACÊUTICA Assistente da Primerira Edição 3ª Edição do curso Habilidades chave

Leia mais

090 Desenvolvimento Pessoal

090 Desenvolvimento Pessoal 090 Desenvolvimento Pessoal Gestão de Conflitos Destinatários Gestores, Quadros, Técnicos e todos os profissionais que devido às suas funções pretendam aperfeiçoar e/ou desenvolver competências na área

Leia mais

O Perfil dos Psicólogos do Trabalho

O Perfil dos Psicólogos do Trabalho CATEGORIA AUTORIA JULHO 15 Perfis do Psicólogo Gabinete de Estudos Técnicos O Perfil dos Psicólogos do Trabalho Sugestão de Citação Ordem dos Psicólogos Portugueses (2015). O Perfil dos Psicólogos do Trabalho.

Leia mais

NÚCLEO GERADOR DOMÍNIOS CRITÉRIOS DE EVIDÊNCIA OBSERVADO NÚCLEO GERADOR DOMÍNIOS PROPOSTAS DE TRABALHO A DESENVOLVER PELO CANDIDATO OBSERVADO

NÚCLEO GERADOR DOMÍNIOS CRITÉRIOS DE EVIDÊNCIA OBSERVADO NÚCLEO GERADOR DOMÍNIOS PROPOSTAS DE TRABALHO A DESENVOLVER PELO CANDIDATO OBSERVADO GRUPO: ÁREA DE COMPETÊNCIAS-CHAVE CIDADANIA E PROFISSIONALIDADE NÚCLEO GERADOR DOMÍNIOS CRITÉRIOS DE EVIDÊNCIA OBSERVADO DIREITOS E DEVERES Identificar situações de autonomia e responsabilidades partilhadas

Leia mais

DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO DESPORTO ESCOLAR

DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO DESPORTO ESCOLAR DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO DESPORTO ESCOLAR 1 INTRODUÇÃO O Desporto Escolar (DE) tem de ser entendido como uma responsabilidade da comunidade escolar e é à escola, que compete criar as condições necessárias

Leia mais

CRIATIVIDADE E ECONOMIA INOVAÇÂO E INTERNACIONALIZAÇÃO

CRIATIVIDADE E ECONOMIA INOVAÇÂO E INTERNACIONALIZAÇÃO CRIATIVIDADE E ECONOMIA INOVAÇÂO E INTERNACIONALIZAÇÃO Criatividade e Economia Identificamos 4 pilares complementares que deveriam ter um papel dinamizador para a promoção do empreendedorismo e a articulação

Leia mais

Matriz dos resultados da aprendizagem Versão em Português

Matriz dos resultados da aprendizagem Versão em Português Learning Outcomes Matrix, English Version Matriz dos resultados da aprendizagem Versão em Português Compilado por: LMETB Título do módulo Perfil pessoal Matriz dos resultados da aprendizagem Nível introdutório

Leia mais

Tendências de Empregabilidade e Competências do Futuro

Tendências de Empregabilidade e Competências do Futuro VOLTA DE APOIO AO EMPREGO 2017 Tendências de Empregabilidade e Competências do Futuro Paula Loureiro 25 maio 2017 Introdução http://portugalglorioso.blogspot.co.uk/2014/02/ahistoria-do-mundo-em-2-minutos.html

Leia mais

Ementas. Certificate in Business Administration CBA

Ementas. Certificate in Business Administration CBA Ementas Certificate in Business Administration CBA Agosto 2012 Módulo Fundamental Administração Financeira EMENTA: Disciplina desenvolve a capacidade de contribuição para as decisões gerenciais aplicando

Leia mais

JORNADAS DE REFLEXÃO. 6 e 7 de Setembro 2012

JORNADAS DE REFLEXÃO. 6 e 7 de Setembro 2012 JORNADAS DE REFLEXÃO 6 e 7 de Setembro 2012 Formação Científica Sólida BOM POFESSOR Competências Pedagógicas Envolvimento e Sucesso dos Alunos CONCEITO DE ANDRAGOGIA PEDAGOGIA ANDRAGOGIA Educação de Adultos

Leia mais

EIXO 1: EMPREGO, QUALIFICAÇÃO, EMPREENDEDORISMO E INICIATIVA LOCAL

EIXO 1: EMPREGO, QUALIFICAÇÃO, EMPREENDEDORISMO E INICIATIVA LOCAL EIXO 1: EMPREGO, QUALIFICAÇÃO, EMPREENDEDORISMO E INICIATIVA LOCAL Desenvolver as condições facilitadoras da criação de emprego, combate ao desemprego e incentivo à iniciativa local referente ao empreendedorismo

Leia mais

LÍDER EM AÇÃO. Bom dia! Sejam todos Bem Vindos!

LÍDER EM AÇÃO. Bom dia! Sejam todos Bem Vindos! LÍDER EM AÇÃO Bom dia! Sejam todos Bem Vindos! O QUE EU APRENDI... RESGATANDO CONCEITOS AUTOCRÁTICO Centraliza totalmente a autoridade e as decisões. Enfatiza somente o líder. Dominador Emite ordens e

Leia mais

GERENCIAMENTO DE COMUNICAÇÃO em PROJETOS

GERENCIAMENTO DE COMUNICAÇÃO em PROJETOS GERENCIAMENTO DE COMUNICAÇÃO em PROJETOS Gerenciamento de Projetos A IMPORTÂNCIA DA COMUNICAÇÃO: Uma boa comunicação no ambiente de Projeto resultará em uma equipe motivada; Ampliam-se as chances de sucesso

Leia mais

O Impacto Psicossocial do Cancro na Família

O Impacto Psicossocial do Cancro na Família O Impacto Psicossocial do Cancro na Família Maria de Jesus Moura Psicóloga Clínica Unidade de Psicologia IPO Lisboa ATÉ MEADOS DO SEC.XIX Cancro=Morte PROGRESSOS DA MEDICINA CURA ALTERAÇÃO DO DIAGNÓSTICO

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DA QUALIDADE. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a da Qualidade Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DA QUALIDADE. PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a da Qualidade Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DA QUALIDADE PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a da Qualidade Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 ÁREA DE ACTIVIDADE - ENQUADRAMENTO NA ORGANIZAÇÃO/EMPRESA OBJECTIVO

Leia mais

O que é o programa Liderança Para a Mudança (LPM)?

O que é o programa Liderança Para a Mudança (LPM)? O que é o programa Liderança Para a Mudança (LPM)? O Liderança para a Mudança é um programa de aprendizagem activa para o desenvolvimento dos enfermeiros como líderes e gestores efectivos num ambiente

Leia mais

Apresentações. Estratégicas. baseado em. Design PresentationS. Faça cada minuto de sua fala permanecer na memória e atitude do seu público.

Apresentações. Estratégicas. baseado em. Design PresentationS. Faça cada minuto de sua fala permanecer na memória e atitude do seu público. Apresentações Estratégicas baseado em Design PresentationS Faça cada minuto de sua fala permanecer na memória e atitude do seu público. Apresentações Estratégicas baseado em Design PresentationS Faça cada

Leia mais

Balanço de Competências

Balanço de Competências Balanço de Competências Modelo em Árvore de desenvolvimento de competências empreendedoras José Soares Ferreira Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução deste documento, ou de qualquer uma

Leia mais

Liderando com Inteligência Emocional

Liderando com Inteligência Emocional Liderando com Inteligência Emocional Quem sou eu? 1998 2000 2003 2004 2006 2008 2015 Experiência multicultural Experiência como gestora de equipes Experiência com um projeto global RH DHO Projetos globais

Leia mais

Líderes: Desenvolvendo as Competências necessárias

Líderes: Desenvolvendo as Competências necessárias Líderes: Desenvolvendo as Competências necessárias Próximo Encontro 12/09 08:45 11:30 A Importância da Motivação Para a Sua Equipe Agenda 09:00 Início: Apresentação 09:10 10:15 Vamos conversar sobre: o

Leia mais

PALESTRANTE

PALESTRANTE PALESTRANTE Conexão Animal & Sucesso Pessoal Contrate o Palestrante que trará melhor RESULTADO para seu próximo evento! SOBRE O PALESTRANTE: Adriano Simões é médico veterinário e palestrante comportamental

Leia mais

LEADERS O que é? Programa LEADERS Desenvolvimento de Competências de Liderança novos Líderes e reforço de competências em Líderes experientes

LEADERS O que é? Programa LEADERS Desenvolvimento de Competências de Liderança novos Líderes e reforço de competências em Líderes experientes Programa LEADERS 1 O que é? O Programa LEADERS consiste numa abordagem inovadora ao Desenvolvimento de Competências de Liderança alinhada com a Estratégia das organizações. Este Programa assume uma óptica

Leia mais

COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL. Prof. Saravalli OBJETIVOS 08/03/2016

COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL. Prof. Saravalli OBJETIVOS 08/03/2016 COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Prof. Saravalli ademir_saravalli@yahoo.com.br O comportamento organizacional é um campo de estudos que investiga o impacto que indivíduos, grupos e a estrutura têm sobre o

Leia mais

6 Dicas De Liderança Para Fazer Uma Ótima Gestão De Equipes Externas

6 Dicas De Liderança Para Fazer Uma Ótima Gestão De Equipes Externas 6 Dicas De Liderança Para Fazer Uma Ótima Gestão De Equipes Externas Uma grande parte do sucesso da gestão de pessoas se deve a capacidade dos gestores de liderar. E realmente essa é uma tarefa bem difícil

Leia mais

Comunicar em Estatística Ligação à Saúde

Comunicar em Estatística Ligação à Saúde Semana da Estatística Industrial Comunicar em Estatística Ligação à Saúde Nóbrega 15 de Abril de 2016 Informação pública Informação pública Também disponível em app para telemóvel TEMPO REAL Informação

Leia mais

Liderança, Atributos & Atribuições

Liderança, Atributos & Atribuições Liderança, Atributos & Atribuições Rosely Gaeta Liderança a Situacional Modelo de Hersey & Blanchard, 1986 Fonte: Apostila e Capítulo 7 Sobral & Peci 11/11/2015 A liderança situacional, ou líder que adapta

Leia mais

Atendimento aos Clientes

Atendimento aos Clientes 341 Comércio Atendimento aos Clientes Destinatários Profissionais de atendimento ao público, responsáveis de departamentos de vendas, comerciais e outros em geral. 9º Ano de Escolaridade. Formação Continua.

Leia mais

Inteligência Lingüística:

Inteligência Lingüística: Inteligência Lingüística: Capacidade de lidar bem com a linguagem, tanto na expressão verbal quanto escrita. A linguagem é considerada um exemplo preeminente da inteligência humana. Seja pra escrever ou

Leia mais

QUEM É ROQUE FERNANDO

QUEM É ROQUE FERNANDO QUEM É ROQUE FERNANDO PALESTRANTE E COACH ESPECIALISTA EM DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS Trabalhou mais de 15 anos junto ao grupo Impacta Tecnologia, o maior centro de treinamentos de tecnologia da América

Leia mais

FEDRA Federação de Doenças Raras de Portugal. Capacitação para Dirigentes Associativos e Quadros Superiores e Intermédios Motivação e Liderança

FEDRA Federação de Doenças Raras de Portugal. Capacitação para Dirigentes Associativos e Quadros Superiores e Intermédios Motivação e Liderança FEDRA Federação de Doenças Raras de Portugal Capacitação para Dirigentes Associativos e Quadros Superiores e Intermédios Motivação e Liderança 6 e 7 Setembro 2016 Auditório da Casa dos Marcos Moita Directora

Leia mais

MASTER COACH TREINADORA COMPORTAMENTAL PALESTRANTE. Empreender e SER Feliz!

MASTER COACH TREINADORA COMPORTAMENTAL PALESTRANTE. Empreender e SER Feliz! MASTER COACH TREINADORA COMPORTAMENTAL PALESTRANTE Empreender e SER Feliz! SOU APAIXONADA POR EMPREENDEDORISMO ACREDITO QUE O SUCESSO ESTÁ EM TRABALHAR COM AMOR O MELHOR MOMENTO PARA MUDAR E FAZER ACONTECER

Leia mais

Serviço de Psicologia Externato da Luz

Serviço de Psicologia Externato da Luz Serviço de Psicologia Externato da Luz Índice Apresentação do Programa 3 Estrutura do Programa 4 Portefólio e Blogue Interactivo 5 Implementação do Programa 7 Grupos, horários e respectivos orientadores

Leia mais

Feedback. Conceito de. Sumário. Conceito de Feedback. Escuta ativa. Obstáculos (dar / receber feedback) Feedback STAR

Feedback. Conceito de. Sumário. Conceito de Feedback. Escuta ativa. Obstáculos (dar / receber feedback) Feedback STAR Sumário Conceito de Feedback Escuta ativa Obstáculos (dar / receber feedback) Feedback STAR Recomendações para eficácia de sua sessão de feedback Conceito de Feedback Feedback é o retorno que alguém obtém

Leia mais

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS OBJETIVOS Melhorar a autoeficácia da competência comunicativa nas relações interpessoais, o que irá propiciar o autoconhecimento de sua forma de comunicar-se com o outro e do desenvolvimento de sua habilidade

Leia mais