Análise Comparativa de Sistemas de Gerência SNMP WhatsUP e The Dude. ntop

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Análise Comparativa de Sistemas de Gerência SNMP WhatsUP e The Dude. ntop"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLOGICAS DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA Análise Comparativa de Sistemas de Gerência SNMP WhatsUP e The Dude ntop Marcelo Santos Daibert João Carlos da Silva Juiz de Fora Minas Gerais Brasil Junho

2 1. Aspectos de Usabilidade (What s UP e The Dude) 1.1. Instalação A instalação de ambos os sistemas é simples e tranqüila de realizar, do tipo avançar, avançar, concluir, não necessitando de configurações adicionais. No caso do WhatsUP, a instalação inclui o gerenciador de banco de dados MSDE da Microsoft, que é gratuito, além de configurar o computador como um servidor web para acesso ao WhatsUP através de páginas web Interface principal A interface principal dos programas The Dude e WhatsUP são relativamente simples. No caso do The Dude, na interface principal apresentam-se menus dispostos na lateral esquerda possibilitando a visualização de diversas informações fornecidas pelo sistema, conforme pode ser visto na Figura 1. Ainda, pode-se utilizar menus de contexto clicando em locais específicos com o botão direito do mouse. Figura 1 Interface principal do programa The Dude Ao iniciar o The Dude pela primeira vez, é apresentado na maior área de visualização o mapa da rede (Local Map). Inicialmente está vazio, pois nenhum dispositivo foi adicionado. Além do menu lateral, o The Dude apresenta na parte superior botões para realizar algumas operações, dentre elas modificar configurações de funcionamento do aplicativo através do botão Settings.

3 Por padrão o The Dude deixa desabilitando o acesso via web, porém pode ser habilitado através das opções do botão Settings. Desta forma, é possível acessar as informações do sistema através de páginas web, como pode ser visto na Figura 2. Figura 2 Interface web do The Dude. Para acesso via web no The Dude é necessário ativar o acesso clicando no botão Settings e escolher a aba Server e as opções de Web Access. Ao ativar a opção Enable e informar uma porta (padrão é 80, porém deve-se tomar cuidado com outros serviços operando nesta porta, como por exemplo o próprio WhatsUP que funciona nesta porta por padrão) é o suficiente para funcionar. O WhatsUP apresenta em sua interface principal elementos mais tradicionais como menus e barra de botões na parte superior. Ao lado direito apresentam-se agrupamentos de dispositivos e diversos tipos de dispositivos (básicos e avançados) em menus deslizantes. A navegação nos grupos de dispositivos é semelhante ao funcionamento do Windows Explorer da Microsoft, tipo pastas do lado esquerdo e seu conteúdo ao lado direito (área maior da interface), conforme pode ser visto na Figura 3.

4 Figura 3 Interface principal do programa WhatsUP Como o The Dude o WhatsUP permite o acesso via páginas web. Esta opção é instalada e habilitada automaticamente. Para acessar basta digitar no navegador o endereço A interface web do WhatsUP é similar à figura 4. Figura 4 Interface web do WhatsUP

5 Ao compararmos as interfaces do The Dude e WhatsUP, tanto padrão win32 como web, percebemos que as interfaces do The Dude são mais simples em relação às funcionalidades. A interface web principalmente não apresenta grande parte das funcionalidades disponíveis no padrão win Características gerais Ambos os programas, permitem apresentar os dispositivos tanto em lista como em mapas. No caso do The Dude, pode-se adicionar novos mapas ou submapas, com referencias e navegação entre eles, facilitando navegar por redes mais complexas. Um exemplo pode ser visto na Figura 5. Figura 5 Interface do The Dude com mais de um mapa No The Dude não fica óbvia a opção de adicionar novos mapas. É necessário clicar duas vezes sobre a opção Network Maps para visualizar todos os mapas existentes e assim adicionar novos mapas. Ou então, para adicionar submapas basta no mapa atual clicar sobre o botão com sinal de + em vermelho para obter a opção de adicionar um submapa. No caso do WhatsUP, a divisão dos dispositivos e mapas é feita através de grupos. Basta adicionar novos grupos a partir da rede ou dentro de um grupo adicionar novos grupos, criando subgrupos. Cada grupo apresenta uma visualização da lista de dispositivos e em forma de mapa, acessado por abas na parte inferior da tela (Device View e Map View respectivamente). No The Dude ao clicar sobre o botão Settings em um mapa, é possível alterar diversos aspectos da apresentação do mapa, além da possibilidade de programar buscas

6 automáticas por dispositivos e redes e exportar para arquivos do tipo PDF e PNG em intervalos determinados. Já o WhatsUP permite modificar aspectos de visualização dos mapas, como por exemplo apresentar e ajustar elementos a grid. Permite ainda agendar ações para serem executadas, denominadas ações recorrentes (Recurring Actions), bem como relatórios Conclusão De modo geral, em relação à usabilidade, tanto o The Dude quanto o WhatsUP são fáceis e intuitivos de operar para usuários acostumados com o ambiente de janelas, ícones e mouse. Possuem características diferentes quanto à organização dos menus, botões, além dos dispositivos gerenciados. O WhatsUP possui uma interface mais tradicional. Já o The Dude possui características diferentes quanto a organização das janelas e menus, o que não prejudica tanto a usabilidade, bastando apenas o uso habitual. A interface padrão web do WhatsUP apresenta-se mais rica em opções do que o The Dude. Desta forma, ambos os programas possuem um grau satisfatório de usabilidade, destacando que o The Dude apresenta uma forma um pouco diferente, em relação ao tradicional, de disposição dos elementos da interface.

7 2. Aspectos de Gerência de Redes (What s UP e The Dude) 2.1. Capacidade de descoberta de dispositivos Relacionado ao aspecto de capacidade de descoberta o WhatsUP permite selecionar alguns métodos de descoberta, como: SNMP Smartscan (busca por dispositivos com protocolo SNMP), IP range scan (busca por faixa de IPs), Network Neighborhood (busca na rede visinha ou local), Host file import (arquivo contendo lista de hosts). No caso do The Dude, é possível fazer buscas informando um ou mais IPs (até 10 IPs ou faixas de IPs por busca). A faixa de IPs é determinada da seguinte forma: /N, ou seja, informa-se o IP e utiliza /N para determina os bits que determinam a rede (bits significativos), os demais bits do IP determinam a faixa de hosts. Veja a Tabela 1. Tabela 1 Prefixos para determinar blocos de IPs Prefixo Número de hosts 1º byte 2º byte 3º byte 4º byte

8 Utilizando os prefixos da Tabela 1 no The Dude, equivale a determinar os blocos de IPs que participam da busca e o número de hosts envolvidos. A lista de serviços utilizada nas buscas de ambos os programas possui os serviços mais comuns, no caso do WhatsUP esta lista é um pouco menor, porém podem ser adicionados novos serviços. 2.2 Aspectos de Gerência Ambos os programas possuem características de gerência de falhas, com capacidades de identificar a existência de falhas nos dispositivos, utilizando alertas sonoros e visuais, com cores padronizadas e polling configurável. No caso do WhatsUP foi identificada a possibilidade configurar a execução de ações automáticas, facilitando assim possíveis correções em caso de falhas. Já o The Dude possui uma integração com o programa Mikrotik que atua como roteador possibilitando neste caso, quando possível, conectar ao dispositivo e realizar manutenções e/ou correções de eventuais falhas. Nas figuras 6 e 7, possível visualizar o estado de um dispositivo identificado como provável falha no The Dude e com falha no WhatsUP respectivamente. Figura 6 Dispositivo com provável falha

9 Figura 7 Dispositivo com falha Aspectos relacionados gerência de configuração e segurança são simples em ambos os programas, as informações de configuração são obtidas, porém não foram identificadas formas de gerenciar mudanças nas configurações, bem como verificação e implementação de segurança nos dispositivos. A gerência de desempenho e contabilização é suportada por diversos relatórios, principalmente no WhatsUP, que possui vários deles, conforme pode ser visto na Figura 8 e 9.

10 Figura 8 Menu de relatórios do WhatsUP

11 Figura 9 Informações do WhatsUP da utilização de dispositivos No caso do The Dude as informações podem ser vistas em gráficos apresentados pelo programa (exemplo Figura 10), porém relatórios mais detalhados não foram identificados.

12 Figura 10 Gráfico no The Dude de informações da utilização de dispositivos 2.3. Conclusão As ferramentas de gerenciamento SNMP The Dude e WhatsUP são similares nas suas funcionalidades. Destaca-se a ferramenta WhatsUP por possuir mais recursos e opções do que os disponíveis no The Dude, principalmente na forma de apresentar as informações (possui vários relatórios e gráficos). Porém, o The Dude é uma ferramenta gratuita e cumpre os objetivos simples de sistemas de gerenciamento SNMP. Um outro fator interessante no The Dude é sua integração com o sistema Mikrotik, que é um sistema Linux para roteamento, ou seja, pode-se utilizar um micro para realizar tarefas de roteamento. Desta, forma como o The Dude possui integração com o Mikrotik é possível estender suas funcionalidades.

13 3. ntop Que tipo de aplicação é a mais comum? Existe variação em função de horários distintos? É possível observar no gráfico acima, retirado da interface do ntop, que a aplicação mais comum é a HTTP e Mail. Ou seja, acesso à página na web através de um servidor de páginas, como o APACHE e tráfego de , seja ele SMTP, POP ou IMAP. Quais os tamanhos mais comuns de pacote?

14 O tamanho de pacote mais comum é o menor ou igual que 128bytes. Observe no gráfico que <= 64 bytes e (> 64byes e <= 128bytes) dominam 71% do tráfego. Existem usuários usando aplicações P2P (Peer-to-Peer)?

15 Segundo o gráfico acima, é possível observar que praticamente não é identificado tráfego P2P. O ntop identifica 0.2kBytes de tráfego da rede edonkey e 0.5kBytes de tráfego da rede Kazaa. Estes número são bem irrisórios o que me leva a crer que esta seja algum falso positivo identificado pelo ntop. Considero então a rede analisada isenta deste tipo de aplicação. Também não é identificado nenhum host com esta aplicação, como pode ser vista na imagem abaixo: Existe alguma máquina consumindo recursos de banda passante de maneira excessiva? O host que esta mais consumindo banda passante é o server.daibert.net, como pode ser visualizado na imagem abaixo e na acima.

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM...

INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 4. INTERLIGAÇÃO DO SISTEMA... 5 5. ALGUNS RECURSOS... 6 6. SERVIDOR BAM... 1 de 30 INDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CONFIGURAÇÃO MÍNIMA... 4 3. INSTALAÇÃO... 4 3.1. ONDE SE DEVE INSTALAR O SERVIDOR BAM?... 4 3.2. ONDE SE DEVE INSTALAR O PROGRAMADOR REMOTO BAM?... 4 3.3. COMO FAZER

Leia mais

Instalando o Internet Information Services no Windows XP

Instalando o Internet Information Services no Windows XP Internet Information Services - IIS Se você migrou recentemente do Windows 95 ou 98 para o novo sitema operacional da Microsoft Windows XP, e utilizava antes o Personal Web Server, deve ter notado que

Leia mais

Manual. Rev 2 - junho/07

Manual. Rev 2 - junho/07 Manual 1.Desbloquear o software ------------------------------------------------------------------02 2.Botões do programa- --------------------------------------------------------------------- 02 3. Configurações

Leia mais

1. DHCP a. Reserva de IP

1. DHCP a. Reserva de IP Configuração de recursos do roteador wireless Tenda 1. DHCP a. Reserva de IP Ao se conectar uma rede que possua servidor DHCP, o host recebe um IP dentro da faixa de distribuição. A cada conexão, o host

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL

USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL USANDO O ROUNDCUBE WEBMAIL ATENÇÃO! Para utilizar este tutorial não se esqueça: Onde estiver escrito seusite.com.br substitua pelo ENDEREÇO do seu site (domínio). Ex.: Se o endereço do seu site é casadecarnessilva.net

Leia mais

V 1.0 LINAEDUCA - GUIA DE USO

V 1.0 LINAEDUCA - GUIA DE USO V 1.0 LINAEDUCA - GUIA DE USO ARGO Internet ARGO.com.br 2013 Sumário 1. Instalação... 2 1.1 Windows... 2 2 Guia de Uso... 5 2.1 Inicialização... 5 2.1.1 Modo Casa... 5 2.1.2 Modo escola... 6 2.2 Cadastro

Leia mais

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL Documento: Tutorial Autor: Iuri Sonego Cardoso Data: 27/05/2005 E-mail: iuri@scripthome.cjb.net Home Page: http://www.scripthome.cjb.net ALTERNATIVA PARA CONEXÃO VIA INTERNET DE IP MASCARADO A IP REAL

Leia mais

OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft

OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft O OneDrive é um serviço de armazenamento na nuvem da Microsoft que oferece a opção de guardar até 7 GB de arquivos grátis na rede. Ou seja, o usuário pode

Leia mais

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB.

O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. O Servidor de impressão DP-301U atende a seguinte topologia: Com o DP-301U pode ser conectada uma impressora USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-301U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Recuperando a comunicação com o seu Modem DSL-500G

Recuperando a comunicação com o seu Modem DSL-500G Recuperando a comunicação com o seu Modem DSL-500G Sugestões e correções para melhoria deste Documento devem ser enviadas para o e_mail dsl-500gowner@yahoogrupos.com.br, mencionando no campo Assunto (Subject),

Leia mais

III WTR do POP-BA III Workshop de Tecnologias de Redes Ponto de Presença da RNP na Bahia Instrutor: Italo Valcy Monitor: Marcio Bouças

III WTR do POP-BA III Workshop de Tecnologias de Redes Ponto de Presença da RNP na Bahia Instrutor: Italo Valcy Monitor: Marcio Bouças III WTR do POP-BA III Workshop de Tecnologias de Redes Ponto de Presença da RNP na Bahia Instrutor: Italo Valcy Monitor: Marcio Bouças Cenário: A máquina curso-monitoramento possui os softwares de gerencia

Leia mais

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB.

O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. O Servidor de impressão DP-300U atende a seguinte topologia: Podem ser conectadas 2 impressoras Paralelas e 1 USB. 1 1- Para realizar o procedimento de configuração o DP-300U deve ser conectado via cabo

Leia mais

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani Redes de Dados e Comunicações Prof.: Fernando Ascani Camada de Aplicação A camada de Aplicação é a que fornece os serviços Reais para os usuários: E-mail, Acesso a Internet, troca de arquivos, etc. Portas

Leia mais

Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende:

Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende: Com o DPR-1260 podem ser utilizadas até 4 impressoras USB. Segue um exemplo de topologia a que o equipamento atende: 1 1- Para configurar o DPR-1260 conecte um cabo de rede na porta LAN do DPR-1260 até

Leia mais

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br

Satélite. Manual de instalação e configuração. CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Satélite Manual de instalação e configuração CENPECT Informática www.cenpect.com.br cenpect@cenpect.com.br Índice Índice 1.Informações gerais 1.1.Sobre este manual 1.2.Visão geral do sistema 1.3.História

Leia mais

Apostila Oultlook 2007 Prof. Fabrício Melo

Apostila Oultlook 2007 Prof. Fabrício Melo INTRODUÇÃO O Microsoft Outlook 2007 é um programa de gestão de informações pessoais e de mensagens que auxilia no gerenciamento de mensagens, compromissos, contatos, tarefas e partilhar informações com

Leia mais

Backup dos Bancos de Dados Interbase

Backup dos Bancos de Dados Interbase Backup dos Bancos de Dados Interbase Interbase... O que é? InterBase é um gerenciador de Banco de dados relacionais da Borland. O Interbase é uma opção alternativa aos bancos de dados tradicionais como

Leia mais

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep 1. Introdução Firewall é um quesito de segurança com cada vez mais importância no mundo da computação. À medida que o uso de informações e sistemas é

Leia mais

Personata Recorder. Manual de Instalação e Configuração

Personata Recorder. Manual de Instalação e Configuração Personata Recorder Manual de Instalação e Configuração Julho / 2013 1 Índice 1- Pré-requisitos......3 2 Verificação do Hardware......3 3 Instalação......5 4 Configuração Inicial......8 4.1 Localização......8

Leia mais

Procedimentos para configurar o Monitoramento Agendado no D-viewCam

Procedimentos para configurar o Monitoramento Agendado no D-viewCam Procedimentos para configurar o Monitoramento Agendado no D-viewCam 1 Para configurar Monitoramento Agendado no D-viewCam, é necessário que esteja logado como Administrador do Software. 1 2 Abra o D-viewCam

Leia mais

Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas

Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas 1 Procedimentos para Configuração de Redirecionamento de Portas O DIR 635 tem duas opções para liberação de portas: Virtual server: A opção Virtual Server permite que você defina uma única porta pública

Leia mais

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive

Google Drive. Passos. Configurando o Google Drive Google Drive um sistema de armazenagem de arquivos ligado à sua conta Google e acessível via Internet, desta forma você pode acessar seus arquivos a partir de qualquer dispositivo que tenha acesso à Internet.

Leia mais

SUMÁRIO 1. AULA 6 ENDEREÇAMENTO IP:... 2

SUMÁRIO 1. AULA 6 ENDEREÇAMENTO IP:... 2 SUMÁRIO 1. AULA 6 ENDEREÇAMENTO IP:... 2 1.1 Introdução... 2 1.2 Estrutura do IP... 3 1.3 Tipos de IP... 3 1.4 Classes de IP... 4 1.5 Máscara de Sub-Rede... 6 1.6 Atribuindo um IP ao computador... 7 2

Leia mais

Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC. Pré-Requisitos:

Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC. Pré-Requisitos: Setor de Informática UNISC Manual Prático: Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC Pré-Requisitos: O Notebook deve possuir adaptador Wireless instalado (drivers) e estar funcionando no seu

Leia mais

Configurando o DDNS Management System

Configurando o DDNS Management System Configurando o DDNS Management System Solução 1: Com o desenvolvimento de sistemas de vigilância, cada vez mais usuários querem usar a conexão ADSL para realizar vigilância de vídeo através da rede. Porém

Leia mais

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird

Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Orientações para o uso do Mozilla Thunderbird Mozilla Thunderbird O Mozilla Thunderbird é um software livre feito para facilitar a leitura, o envio e o gerenciamento de e-mails. Índice Configurando o Mozilla

Leia mais

Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750

Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750 Roteador Load-Balance / Mikrotik RB750 Equipamento compacto e de alto poder de processamento, ideal para ser utilizado em provedores de Internet ou pequenas empresas no gerenciamento de redes e/ou no balanceamento

Leia mais

ProRAE Guardian V1.5 Guia de referência rápida

ProRAE Guardian V1.5 Guia de referência rápida ProRAE Guardian V1.5 Guia de referência rápida Para obter uma descrição completa das funções do programa, consulte o guia do usuário do ProRAE Guardian (incluso no CD de software). SUMÁRIO 1. Principais

Leia mais

O que há de novo. Audaces Idea

O que há de novo. Audaces Idea O que há de novo Audaces Idea Com o propósito de produzir tecnologia de ponta, o principal requisito da Política de Qualidade da Audaces é buscar a melhoria contínua de seus produtos e serviços. Inovadora

Leia mais

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5

Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 Manual do Teclado de Satisfação Online Web Opinião Versão 1.0.5 09 de julho de 2015 Departamento de Engenharia de Produto (DENP) SEAT Sistemas Eletrônicos de Atendimento 1. Introdução O Teclado de Satisfação

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X

Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X Procedimento para instalação do OMNE-Smartweb em Raio-X A primeira coisa a analisarmos é onde ficará posicionado o servidor de Raio-x na rede do cliente, abaixo será colocado três situações básicas e comuns

Leia mais

TUTORIAL PASSO A PASSO PARA CONEXÃO NA REDE WIRELESS DA FAI. Campus II

TUTORIAL PASSO A PASSO PARA CONEXÃO NA REDE WIRELESS DA FAI. Campus II 1 TUTORIAL PASSO A PASSO PARA CONEXÃO NA REDE WIRELESS DA Campus II - No Internet Explorer: 1. Localize o ícone do Internet Explorer na sua Área de Trabalho ou no Menu Iniciar do seu computador: 2. Dê

Leia mais

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 Pela grande necessidade de controlar a internet de diversos clientes, a NSC Soluções em Informática desenvolveu um novo produto capaz de gerenciar todos os recursos

Leia mais

MANUAL INSTALAÇÃO IPCAM

MANUAL INSTALAÇÃO IPCAM MANUAL INSTALAÇÃO IPCAM 1 ÍNDICE: 1. Conectando a câmera. ------------------------------------------------------------------------------------------- 3 2. Conectando a câmera na rede. --------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Para configurar seu Outlook Express 6 é preciso antes ter uma conta de email criada em seu painel de gerenciamento.

Para configurar seu Outlook Express 6 é preciso antes ter uma conta de email criada em seu painel de gerenciamento. Configurando Outlook Express Introdução O Outlook Express é um programa cliente de e-mail que permite gerenciar uma ou mais contas de e-mail em seu computador. Além disso, possui outros recursos como lista

Leia mais

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR

Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR Microsoft Office Outlook Web Access ABYARAIMOVEIS.COM.BR 1 Índice: 01- Acesso ao WEBMAIL 02- Enviar uma mensagem 03- Anexar um arquivo em uma mensagem 04- Ler/Abrir uma mensagem 05- Responder uma mensagem

Leia mais

Área de Trabalho. Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas

Área de Trabalho. Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas Inicialização Tela de Logon Área de Trabalho Encontramos: Ìcones Botão Iniciar Barra de Tarefas Área de Trabalho Atalhos de Teclados Win + D = Mostrar Área de trabalho Win + M = Minimizar Tudo Win + R

Leia mais

Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles:

Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles: Instalação do Netz Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles: Instalação do Java SE 6, que pode ser instalado através da JDK.

Leia mais

IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc.

IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc. Endereços IP Endereços IP IP significa Internet Protocol. A Internet é uma rede, e assim como ocorre em qualquer tipo de rede, os seus nós (computadores, impressoras, etc.) precisam ter endereços. Graças

Leia mais

e-mails editores de e-mails Como configurar contas de nos principais Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails

e-mails editores de e-mails Como configurar contas de nos principais Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails Como configurar contas de e-mails nos principais editores de e-mails Podemos acessar nossos e-mails pelo webmail, que é um endereço na internet. Os domínios que hospedam com a W3alpha, acessam os e-mails

Leia mais

Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões

Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões Kaspersky Security Center 10 SP1 (KSC 10 SP1) Como criar Exclusões Regras de exclusão são grupos de condições que o Kaspersky Endpoint Security utiliza para omitir um objeto durante uma varredura (scan)

Leia mais

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Manual do Suporte LZT LZT Soluções em Informática Sumário VPN...3 O que é VPN...3 Configurando a VPN...3 Conectando a VPN... 14 Possíveis erros...16 Desconectando

Leia mais

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel

Software de gerenciamento do sistema Intel. Guia do usuário do Pacote de gerenciamento do servidor modular Intel Software de gerenciamento do sistema Intel do servidor modular Intel Declarações de Caráter Legal AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO RELACIONADAS AOS PRODUTOS INTEL, PARA FINS DE SUPORTE ÀS PLACAS

Leia mais

Roteiro 11: Roteamento /acesso remoto / redirecionamento de diretórios

Roteiro 11: Roteamento /acesso remoto / redirecionamento de diretórios Roteiro 11: Roteamento /acesso remoto / redirecionamento de diretórios Objetivos: Ativar e gerenciar o serviço de roteamento; Ativar e gerenciar serviços de terminal remoto; Redirecionar diretórios através

Leia mais

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line)

Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Manual de Utilização do Sistema GRServer Cam on-line (Gerenciamento de Câmeras On-line) Criamos, desenvolvemos e aperfeiçoamos ferramentas que tragam a nossos parceiros e clientes grandes oportunidades

Leia mais

Abra o software de programação. Clique na opção VOIP, depois opção configuração conforme as imagens:

Abra o software de programação. Clique na opção VOIP, depois opção configuração conforme as imagens: Caro cliente, atendendo a sua solicitação de auxílio no processo de configuração da placa VoIP na central Impacta, segue um passo-a-passo para ajudar a visualização. Abra o software de programação. Clique

Leia mais

Manual de usuário. do sistema multicálculo CotakWeb

Manual de usuário. do sistema multicálculo CotakWeb Manual de usuário do sistema multicálculo CotakWeb Belo Horizonte 01 de setembro de 2010 1 Sumário 1. CANAIS DE ATENDIMENTO... 3 2. DOWNLOAD DO APLICATIVO... 3 3. LOGIN... 3 4. CONFIGURAÇÃO... 4 4.1. PARÂMETROS

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO

MANUAL DO USUÁRIO SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Home -------------------------------------------------------------------------------------------------------- 7 2. Cadastros -------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1

MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 MANUAL DE INSTALAÇÃO E PROGRAMAÇÃO CONVERSOR - IP / USB / SERIAL - 317 RV1 SÃO CAETANO DO SUL 06/06/2014 SUMÁRIO Descrição do Produto... 3 Características... 3 Configuração USB... 4 Configuração... 5 Página

Leia mais

Instalação do VOL Backup para Desktops

Instalação do VOL Backup para Desktops Este é o guia de instalação e configuração da ferramenta VOL Backup para desktops. Deve ser seguido caso você queira instalar ou reinstalar o VOL Backup em sistemas Windows 2000, XP, Vista ou 7, 32 ou

Leia mais

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP

HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP HCN/HCS SERIES CÂMERAS E CONVERSORES IP Obrigado por utilizar os produtos Dimy s. Antes de operar o equipamento, leia atentamente as instruções deste manual para obter um desempenho adequado. Por favor,

Leia mais

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09

ÍNDICE. Sobre o SabeTelemarketing 03. Contato. Ícones comuns à várias telas de gerenciamento. Verificar registros 09. Tela de relatórios 09 ÍNDICE Sobre o SabeTelemarketing 03 Ícones comuns à várias telas de gerenciamento Contato Verificar registros 09 Telas de cadastro e consultas 03 Menu Atalho Nova pessoa Incluir um novo cliente 06 Novo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE SUPORTE DA PREFEITURA UNIVERSITÁRIA

Leia mais

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB CNS LEARNING MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB Versão Online 13 Índice ÍNDICE... 1 VISÃO GERAL... 2 CONCEITO E APRESENTAÇÃO VISUAL... 2 PRINCIPAIS MÓDULOS... 3 ESTRUTURAÇÃO... 3 CURSOS... 4 TURMAS... 4

Leia mais

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP

CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP CAPÍTULO IV Sistema Operacional Microsoft Windows XP Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais são programas que como o próprio nome diz tem a função de colocar o computador em operação. O sistema Operacional

Leia mais

Migrando para o Outlook 2010

Migrando para o Outlook 2010 Neste guia Microsoft O Microsoft Outlook 2010 está com visual bem diferente, por isso, criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Leia-o para saber mais sobre as principais

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR

Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR Manual de Instruções SOFTWARE DVISION PROTECTION DVR ÍNDICE DESCRIÇÃO................................................. PÁG. 1 - Configuração necessária para o bom funcionamento................... 03 2

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual

UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ. Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM. Manual UNIVERSIDADE TECNOLOGIA FEDERAL DO PARANÁ Owncloud SERVIÇO DE COMPARTILHAMENTO EM NUVEM Manual DIRETORIA DE GESTÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DIRGTI 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Acessando o serviço...

Leia mais

Criar Pastas. Para acessar o seu webmail siga os próximos dois passos:

Criar Pastas. Para acessar o seu webmail siga os próximos dois passos: Caro usuário, Agora que você já tem o seu email profissional favor ver abaixo quais os passos necessários para que você acesse os seus emails via webmail. Em primeiro lugar queremos informar que a sua

Leia mais

SUMÁRIO. Cursos STE SUMÁRIO... 1

SUMÁRIO. Cursos STE SUMÁRIO... 1 SUMÁRIO SUMÁRIO... 1 STEGEM - INTERFACE... 2 1 Introdução... 2 2 A interface... 2 2.1 Painel de Navegação... 3 2.2 Barra de Menus em forma de Ribbon... 4 2.3 Painel de Trabalho... 5 2.4 Barra de Status...

Leia mais

Endereçamento. Endereço IP. Exemplo. Endereço IP. Como verificar? Certo ou errado? 13/12/2011

Endereçamento. Endereço IP. Exemplo. Endereço IP. Como verificar? Certo ou errado? 13/12/2011 Endereçamento Luciana Balieiro Cosme Permite identificar unicamente um equipamento na rede; O endereço IP não pode ser arbitrariamente atribuído; Cada rede possui uma faixa de endereços que podem ser distribuídos

Leia mais

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Para criar um grupo doméstico e compartilhar arquivos é necessário que tenhamos pelo menos dois computadores ligados entre si (em

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público

Notas de Aplicação. Utilizando o servidor de comunicação SCP Server. HI Tecnologia. Documento de acesso público Notas de Aplicação Utilizando o servidor de comunicação SCP Server HI Tecnologia Documento de acesso público ENA.00024 Versão 1.02 dezembro-2006 HI Tecnologia Utilizando o servidor de comunicação SCP Server

Leia mais

Configuração do email da UFS no Outlook Express

Configuração do email da UFS no Outlook Express Universidade Federal de Sergipe Centro de Processamento de Dados Coordenação de Redes de Computadores Configuração do email da UFS no Outlook Express Conteúdo Pág Configuração Básica... 01 Teste da Configuração

Leia mais

Disciplina Fundamentos de Redes. Introdução ao Endereço IP. Professor Airton Ribeiro de Sousa Outubro de 2014

Disciplina Fundamentos de Redes. Introdução ao Endereço IP. Professor Airton Ribeiro de Sousa Outubro de 2014 Disciplina Fundamentos de Redes Introdução ao Endereço IP 1 Professor Airton Ribeiro de Sousa Outubro de 2014 PROTOCOLO TCP - ARQUITETURA Inicialmente para abordamos o tema Endereço IP, é necessário abordar

Leia mais

Manual de Instalação, Configuração e utilização do MG-Soft Server

Manual de Instalação, Configuração e utilização do MG-Soft Server Manual de Instalação, Configuração e utilização do MG-Soft Server V 1.7 www.pinaculo.com.br (51) 3541-0700 Sumário Apresentação... 3 1. Instalando o MG-Soft Server... 3 1.1. REQUISITOS MÍNIMOS... 3 1.2.

Leia mais

Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC. Pré-Requisitos:

Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC. Pré-Requisitos: Setor de Informática UNISC Manual Prático: Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC Pré-Requisitos: O Notebook deve possuir adaptador Wireless instalado (drivers) e estar funcionando no seu

Leia mais

Manual Captura S_Line

Manual Captura S_Line Sumário 1. Introdução... 2 2. Configuração Inicial... 2 2.1. Requisitos... 2 2.2. Downloads... 2 2.3. Instalação/Abrir... 3 3. Sistema... 4 3.1. Abrir Usuário... 4 3.2. Nova Senha... 4 3.3. Propriedades

Leia mais

Configuração de acesso VPN

Configuração de acesso VPN 1. OBJETIVO 1 de 68 Este documento tem por finalidade auxiliar os usuários na configuração do cliente VPN para acesso a rede privada virtual da UFBA. 2. APLICAÇÃO Aplica-se a servidores(técnico-administrativos

Leia mais

Autoridade Certificadora Notarial CONFIGURAÇÃO DA MÁQUINA DA AR COM WINDOWS VISTA E WINDOWS 7 AC NOTARIAL. Página 1 de 14

Autoridade Certificadora Notarial CONFIGURAÇÃO DA MÁQUINA DA AR COM WINDOWS VISTA E WINDOWS 7 AC NOTARIAL. Página 1 de 14 Página 1 de 14 CONFIGURAÇÃO DA MÁQUINA DA AR COM WINDOWS VISTA E WINDOWS 7 AC NOTARIAL Página 2 de 14 Página 3 de 14 ECD Emissor de Certificados Digitais Conteúdo 1. INTRODUÇÃO... 4 2. PRÉ-REQUISITOS DE

Leia mais

Procedimento de Configuração OutLook 2007 para clientes Dentro da Rede Governo

Procedimento de Configuração OutLook 2007 para clientes Dentro da Rede Governo Procedimento de Configuração OutLook 2007 para clientes Dentro da Rede Governo Propriedade: GESUP-PRODEST/ES Data: 10/07/2013 Ver: Exchange Corp. CONFIGURAÇÃO COM OUTLOOK ANYWHERE O Outlook Anywhere proporciona

Leia mais

Vid8 Servidor. Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR;

Vid8 Servidor. Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR; Vid8 Servidor Versão 8.13.0411 Correção da conexão com o GME, quando placa VP-1616F com 32 canais; Versão 8.12.0311 Correção da conexão com o GME, quando configurado em modo DVR; Versão 8.11.0311 Correção

Leia mais

Configuração de E-mail DTI/CIMR

Configuração de E-mail DTI/CIMR Configuração de E-mail DTI/CIMR Sumário ACESSANDO O E-MAIL VIA WEB: 2 CONFIGURANDO O E-MAIL NO WINDOWS LIVE MAIL(GRATUITO): 3 CONFIGURANDO O E-MAIL NO OUTLOOK 2010: 6 CONFIGURANDO O E-MAIL NO THUNDERBIRD:

Leia mais

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19

Indice. Indice.1. 6.1- Reprodução Local...18. 6.2- Reprodução Remota...19 Indice Indice.1 1. Introdução...2 1.1. Ambiente de Operação...2 1.2. Instruções de Instalação...2 2. Instalação e desinstalação...3 2.1. Instalação...3 2.2. Desinstalação...4 2.3. Reparo...5 3. Operação

Leia mais

Procedimentos de Instalação da Impressora HP LaserJet 2015dn ( via cabo de rede )

Procedimentos de Instalação da Impressora HP LaserJet 2015dn ( via cabo de rede ) Procedimentos de Instalação da Impressora HP LaserJet 2015dn ( via cabo de rede ) Para que a instalação e configuração sejam executadas o usuário deverá ter permissões de usuário Administrador. Não é necessário

Leia mais

Noções de Informática TRT -RS

Noções de Informática TRT -RS Analista Judiciário 26. Um usuário do Windows 7 Professional em português clicou, a partir do Painel de Controle, nas seguintes opções: Rede e Internet; Exibir o status e as tarefas da rede; Conexão Local;

Leia mais

Diveo Exchange OWA 2007

Diveo Exchange OWA 2007 Diveo Exchange OWA 2007 Manual do Usuário v.1.0 Autor: Cícero Renato G. Souza Revisão: Antonio Carlos de Jesus Sistemas & IT Introdução... 4 Introdução ao Outlook Web Access 2007... 4 Quais são as funcionalidades

Leia mais

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client?

Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Produto: CL Titânio Assunto: Quais as funções que podem ser executadas no software client? Assim que abrir o DVR Client, no canto superior direito há um grupo de opções denominado Login, preencha de acordo

Leia mais

COMO COLABORAR NO WIKI DO MOODLE 1. Orientações para produção escolar colaborativa no wiki do Moodle:

COMO COLABORAR NO WIKI DO MOODLE 1. Orientações para produção escolar colaborativa no wiki do Moodle: COMO COLABORAR NO WIKI DO MOODLE 1 Ilse Abegg e Fábio da Purificação de Bastos e-mail: iabegg@mail.ufsm.br O wiki no Moodle é uma ferramenta de atividade que visa produção escolar colaborativa. Isso significa

Leia mais

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico).

FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). FERRAMENTAS DE EMAIL Usada para visualizar emails (correio eletrônico). CLIENTE DE EMAIL - OUTLOOK (Microsoft Office). - Outlook Express (Windows). - Mozilla Thunderbird (Soft Livre). - Eudora. - IncredMail.

Leia mais

1. Introdução... 2. 2. Instalação máquinas cliente... 2. 3. Configurações gerais... 3. 4. Cadastro de pessoas... 4

1. Introdução... 2. 2. Instalação máquinas cliente... 2. 3. Configurações gerais... 3. 4. Cadastro de pessoas... 4 MANUAL DE UTILIZAÇÃO Conteúdo 1. Introdução... 2 2. Instalação máquinas cliente... 2 3. Configurações gerais... 3 4. Cadastro de pessoas... 4 5. Cadastro de usuários para o sistema... 6 6. Cadastro de

Leia mais

Manual cliente o-vpn Linux

Manual cliente o-vpn Linux Manual cliente o-vpn Linux SAR Cliente: Usuários da VPN Versão 2.0 S UMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Observações... 3 3. Download... 3 4. Instalação... 3 5. Utilização... 5 5.1. Menu... 7 5.2. Conexão...

Leia mais

Guia de Instalação SIAM. Internet Information Services - IIS 5.1 no Windows XP Pro

Guia de Instalação SIAM. Internet Information Services - IIS 5.1 no Windows XP Pro Guia de Instalação SIAM Internet Information Services - IIS 5.1 no Windows XP Pro Documento Gerado por: Amir Bavar Criado em: 06/04/2007 Última modificação: 26/09/2008 Índice: 1. Introdução 2. Lista de

Leia mais

CONFIGURAÇÃO PARA ACESSO À FAMERPNET INTERNET WIRELESS

CONFIGURAÇÃO PARA ACESSO À FAMERPNET INTERNET WIRELESS Willian Spinola Alves dos Santos Érico Alessandro Gandolfi João Marcelo Rondina CONFIGURAÇÃO PARA ACESSO À FAMERPNET INTERNET WIRELESS São José do Rio Preto 2012 Santos, Willian Spinola Alves dos. Configuração

Leia mais

Smart Multi-Loja. Guia de Configuração. Software de Gerenciamento de Balanças. Versão 1.00. Smart Software de Gerenciamento de Balanças 1/10

Smart Multi-Loja. Guia de Configuração. Software de Gerenciamento de Balanças. Versão 1.00. Smart Software de Gerenciamento de Balanças 1/10 Smart Multi-Loja Software de Gerenciamento de Balanças Guia de Configuração Versão 1.00 1/10 Introdução O Smart - Multi Lojas tem o objetivo de centralizar a operação do software Smart instalado em cada

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Menu Configurações - Multi-Empresa Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Cadastrar Empresas... 3 3.2 Agendar Sincronização... 3 4 FUNCIONALIDADES...

Leia mais

4. SISTEMA PORTAL SUPORTE IMPORTANTE

4. SISTEMA PORTAL SUPORTE IMPORTANTE 4. SISTEMA PORTAL SUPORTE IMPORTANTE Em caso de possuir um chamado aberto acompanhe até finalizar, pois é através da Aba Mensagem que o técnico pode solicitar outras informações detalhadas para solução.

Leia mais

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20 Guia de utilização Índice Introdução... 3 O que é o sistema BlueTalk... 3 Quem vai utilizar?... 3 A utilização do BlueTalk pelo estagiário do Programa Acessa Escola... 5 A arquitetura do sistema BlueTalk...

Leia mais

Follow-Up Acompanhamento Eletrônico de Processos (versão 3.0) Manual do Sistema. 1. Como acessar o sistema Requisitos mínimos e compatibilidade

Follow-Up Acompanhamento Eletrônico de Processos (versão 3.0) Manual do Sistema. 1. Como acessar o sistema Requisitos mínimos e compatibilidade do Sistema Índice Página 1. Como acessar o sistema 1.1 Requisitos mínimos e compatibilidade 03 2. Como configurar o Sistema 2.1 Painel de Controle 2.2 Informando o nome da Comissária 2.3 Escolhendo a Cor

Leia mais

Configuração do Servidor DHCP no Windows Server 2003

Configuração do Servidor DHCP no Windows Server 2003 Configuração do Servidor DHCP no Windows Server 2003 Como instalar o Serviço DHCP Antes de poder configurar o serviço DHCP, é necessário instalá lo no servidor. O DHCP não é instalado por padrão durante

Leia mais

SCPIWeb. SCPIWebDespRec Aplicação Web para Consulta de Despesas e Receitas ( Lei Complementar nº 131 de 27 Maio de 2009 )

SCPIWeb. SCPIWebDespRec Aplicação Web para Consulta de Despesas e Receitas ( Lei Complementar nº 131 de 27 Maio de 2009 ) 2010 SCPIWebDespRec Aplicação Web para Consulta de Despesas e Receitas ( Lei Complementar nº 131 de 27 Maio de 2009 ) SCPIWebCotacao Aplicação Web para Cotação de Preços via Internet Resumo de Instruções

Leia mais

Acesso Remoto Placas de captura

Acesso Remoto Placas de captura Acesso Remoto Placas de captura 1 instalar o DVR Siga os passos de instalação informados na caixa do produto, após seu perfeito funcionamento vá para próximo passo. 2 Configurá-lo na rede Local O computador

Leia mais

Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC. Pré-Requisitos:

Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC. Pré-Requisitos: Setor de Informática UNISC Manual Prático: Como conectar-se à rede Sem Fio (Wireless) da UNISC Pré-Requisitos: O Notebook deve possuir adaptador Wireless instalado (drivers) e estar funcionando no seu

Leia mais

Guia de Instalação do vspace

Guia de Instalação do vspace EA3 TECNOLOGIA Av. Mônaco, 760 Imbiribeira Recife/PE CEP: 51180-180 Fone: (81) 3061-2670 E-mail: sac@ea3tecnologia.com.br www.ea3tecnologia.com.br Guia de Instalação do vspace Versão 6.5.1 Guia de Instalação

Leia mais