Bomba variável de pistões axiais A4VSO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Bomba variável de pistões axiais A4VSO"

Transcrição

1 Electric Drives and Controls Hydraulics Linear otion and Assembly Technologies Pneumatics ervice Bomba variável de pistões axiais A4VO RP 92050/04.09 /68 ubstitui: Folha de dados éries 0, e 30 Tamanhos nominais Pressão nominal 350 bar Pressão máxima 400 bar Circuito aberto Índice Dados para pedido para programa padrão 2 Dados técnicos 5 Curvas características 0 inopse dispositivos de regulação e variação 3 Dimensões, tamanho nominal 40 8 Dimensões, tamanho nominal 7 20 Dimensões, tamanho nominal Dimensões, tamanho nominal Dimensões, tamanho nominal Dimensões, tamanho nominal Dimensões, tamanho nominal Dimensões, tamanho nominal Dimensões, tamanho nominal Eixo passante 38 inopse opções de montagem na A4VO 39 omento de massa admissível 40 Dimensões bombas combinadas 4 Dimensões eixos passantes 43 Instruções de montagem 66 Observações gerais 68 Características Bomba variável de pistões axiais de tipo construtivo com disco inclinado para acionamentos hidrostáticos em circuito aberto A vazão é proporcional à rotação de acionamento e ao volume de deslocamento. Através da variação do disco inclinado é possível uma alteração contínua da vazão. Bom comportamento de sucção Baixo nível de ruído Alta durabilidade istema modular Tempos reduzidos de regulação Opções variáveis de eixo passante Indicação ótica do ângulo de basculamento Posição de montagem livremente selecionável Operação HF possível com dados reduzidos versão especial disponível para operação HFC ver folha de dados RP Descrições dos dispositivos de regulação e variação, ver folhas de dados em separado RP 92056, RP 92060, RP 92064, RP 92072, RP 92076, RP 92080, RP 92088

2 2/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dados para pedido para programa padrão 0 A4V O / Fluido hidráulico / versão Óleo mineral e fluidos hidráulicos HFD (sem sigla) Fluidos hidráulicos HFA, HFB e HFC E Versão especial com potência aumentada para operação HFC, ver RP (HFA e HFB, ver RP 90223) Versão High-peed H áquina de pistões axiais 02 Tipo construtivo com disco inclinado, variável A4V 03 Bomba de carga (impulsor) sem bomba de carga (sem sigla) com bomba de carga (impulsor) apenas com placa de conexão 25 (conexão para linhas de trabalho) L Tipo de operação 04 Bomba, circuito aberto O Tamanho nominal Volume de deslocamento V g máx [cm 3 ] Dispositivo de regulação e variação Regulador de pressão DR Regulador de pressão para operação paralela DP DP.. (RP 92060) Regulador de vazão FR FR.. Regulador de pressão e vazão DFR DFR.. Regulador de potência com curva (RP 92064) LR característica hiperbólica LR.. ) Variador manual A A.. (RP 92072) 06 Variador eletromotor E E.. Variador hidráulico, dependente da quantidade H H.. Variador hidr., c/ servoválvula /válvula proporcional (RP 92076) H H.. ) Variador eletrónico EO EO.. ) Variador hidráulico, dependente da pressão (RP 92080) HD 2 ) 2 ) HD.. ) Regulador de rotação, com regulação secundária (RP 92056) D D.. ) istema de regulação eletro-hidráulico DFE olução de sistema YHDFEE (RP 92088) (RP 30035) DR.. DFE.. ) 07 érie 0() 2 ) 30 disponível em preparação não disponível = Programa preferencial ) em caso de operação com fluidos hidráulicos HF, observe as limitações nas folhas de dados individuais dos variadores ou das válvulas montadas 2 ) versão com variadores HD apenas na série

3 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 3/68 Dados para pedido para programa padrão A4V O / entido de rotação Com vista sobre a ponta de eixo direita R esquerda Vedações BR (borracha nitrílica), retentor FK (borracha fluorada) P FK (borracha fluorada) / operação HFD V Versão especial para operação HFC, ver RP F Ponta de eixo Eixo cilíndrico com chaveta DI 6885 P Eixo estriado DI 5480 Flange de montagem segundo IO métrico 4 furos B 8 furos H L Z 2 Conexão para linhas de trabalho Conexões B e : AE com desvio lateral de 90, rosca de fixação métrica Conexões B e : AE com desvio lateral de 90, rosca de fixação métrica 2. Conexão de pressão B do lado oposto de B fechada com placa de flange aquando do fornecimento 3 ) 25 disponível não disponível = programa preferencial ) apenas possível com códigos de eixo passante 00 e K.... Continuação dados para pedido, ver página 4

4 4/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dados para pedido para programa padrão A4V O / Eixo passante sem bomba auxiliar, sem eixo passante com eixo passante para montagem de uma máquina de pistões axiais, bomba de engrenagens ou de pistões radiais K... Eixo passante universal, conversível U... Flange Cubo para eixo estriado ) para montagem de 25, 4 furos (IO 2 )) 32x2x4x9g A4VO/G , 4 furos (IO 2 )) 40x2x8x9g A4VO/G , 4 furos (IO 2 )) 50x2x24x9g A4VO/G , 4 furos (IO 2 )) 50x2x24x9g A4VO/G , 4 furos (IO 2 )) 60x2x28x9g A4VO/G, A4CG , 4 furos (IO 2 )) 70x3x22x9g A4VO/G, A4CG , 8 furos (IO 2 )) 80x3x25x9g A4VO/G, A4CG , 8 furos (IO 2 )) 90x3x28x9g A4VO/G, A4CG , 8 furos (IO 2 )) 00x3x32x9g A4VO/G , 2 furos (IO 2 )) 3/4in 9-4 (AE A-B) A0VO 0/52, 8/3 B2 00, 2 furos (IO 2 )) 7/8in 22-4 (AE B) A0VO 28/3 B2 00, 2 furos (IO 2 )) in 25-4 (AE B-B) A0VO 45/3 B2 25, 2 furos (IO 2 )) /4in 32-4 (AE C) A0VO 7/3 B2 60, 4 furos (IO 2 )) /4in 32-4 (AE C) A0VO 7/32 B2 25, 2 furos (IO 2 )) /2in 38-4(AE C-C) A0VO 00/3 B2 80, 4 furos (IO 2 )) /2in 38-4 (AE C-C) A0VO 00/32 B2 80, 4 furos (IO 2 )) 3/4in 44-4 (AE D) A0VO 40/3/32 B (AE A) 5/8in 6-4 (AE A) AZ-PF-X (AE A) 3/4in 9-4 (AE A-B) A0VO 0, 8/3/52(3) (AE B) 7/8in 22-4 (AE B) AZ-P-X , A0VO 28/3/52(3) (AE B) in 25-4 (AE B-B) PGH4, A0VO45/ (AE C) /4in 32-4 (AE C) A0VO 7/ (AE C) /2in 38-4 (AE C-C) PGH4, A0VO45/ (AE D) 3/4in 44-4 (AE D) A0VO 40/3 7 Ø 63, métr. 4 furos Chaveta Ø 25 R4 57 com eixo passante, sem cubo, sem flange intermediário, fechado com tampa Filtragem (indicação apenas em caso de variadores H e D) sem filtro 4 Filtro de placa intermédiária (em caso de variadores H e D ver RP e RP 92056) Z ) Chaveta com K/U 57 2 ) conforme IO métrico Bombas combinadas. Bombas combinadas de bombas de pistões axiais Exemplo de pedido: ver página 38; sinopse opções de montagem ver página e desejar o fornecimento com bomba de engrenagens ou de pistões radiais montada, entre em contacto connosco disponível em preparação não disponível = programa preferencial

5 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 5/68 Dados técnicos Fluido hidráulico Para informações detalhadas sobre a escolha do fluido hidráulico e as suas condições de aplicação, deverá consultar os nossos catálogos RP (óleo mineral), RP 9022 (fluidos hidráulicos favoráveis ao meio ambiente) e RP (fluidos hidráulicos HF), antes do projeto. Por princípio, a bomba variável A4VO adequa-se à operação com fluidos hidráulicos HF. (HFA, HFB e HFC: EA4VO ou A4VO...F HFD: versão padrão A4VO) este âmbito, têm de ser respeitadas as limitações dos dados técnicos segundo RP Com os tamanhos nominais na versão segundo RP são admissíveis na operação com fluidos HFC selecionados as mesmas pressões e rotações que na operação com óleo mineral. o caso de operação HFA e HFB, aplicam-se os dados técnicos reduzidos segundo RP Entre em contacto connosco em caso de operação com óleos de laminagem. Em caso de pedido, indique o fluido hidráulico utilizado. Faixa de viscosidade de trabalho A unidade pode ser operada na faixa de viscosidade de trabalho de mm 2 /s sem limitação dos dados técnicos. Recomendamos que escolha uma viscosidade de trabalho (à temperatura de trabalho) na faixa, ideal para o rendimento e a vida útil, de ν ide = viscosidade ideal de trabalho mm 2 /s tendo em conta a temperatura do tanque (circuito aberto). Faixa-limite de viscosidade Para as condições-limite operacionais aplicam-se os seguintes valores: ν mín = 0 mm 2 /s por curtos períodos (t < 3 min) à temperatura máx. admissível do fluido de dreno t máx = +90 C. ν máx = 000 mm 2 /s apenas no arranque (arranque a frio, no espaço de 5 min deverá ser alcançada uma viscosidade de trabalho inferior a 00 mm 2 /s) t mín até 25 C Para informações detalhadas sobre a aplicação a baixas temperaturas, ver RP B. Diagrama de seleção Viscosidade n (mm 2 /s) VG22 VG32 VG68 VG VG t min = 25 C Faixa de temperatura do fluido hidráulico t max = + 90 C Esclarecimentos relativos à escolha do fluido hidráulico Para a correta seleção do fluido hidráulico, é condição indispensável o conhecimento da temperatura de trabalho no tanque (circuito aberto), em função da temperatura ambiente. O fluido hidráulico tem de ser escolhido de modo a que a viscosidade de trabalho se encontre na faixa ideal (ν ide ), na faixa da temperatura de trabalho, ver campo reticulado do diagrama de seleção. Recomendamos que opte pela respetiva classe superior de viscosidade. Faixa de temperatura (cf. diagrama de seleção) t mín = 25 C t máx = + 90 C Exemplo: com uma temperatura ambiente de X C ocorre uma temperatura de trabalho de 60 C no tanque. a faixa ideal de viscosidade de trabalho (ν ide ; campo reticulado), tal corresponde à classe de viscosidade VG 46 ou VG 68; a escolher: VG 68. ão esquecer: a temperatura do fluido de dreno, que é influenciada pela pressão e rotação, é sempre superior à temperatura do tanque. A temperatura não pode exceder os 90 C em nenhum local da instalação nide 6 Temperatura t ( C)

6 6/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dados técnicos Enxaguamento do rolamento A operação contínua segura pressupõe o enxaguamento do rolamento sob as seguintes condições operacionais: Aplicações com fluidos especiais (fluidos não minerais) devido à capacidade limitada de lubrificação e à faixa reduzida da temperatura de trabalho Funcionamento sob condições-limite ao nível da temperatura e viscosidade na operação com óleo mineral Em caso de montagem vertical (eixo de acionamento virado para cima), recomendamos o enxaguamento do rolamento para lubrificar o rolamento dianteiro e o retentor. O enxaguamento do rolamento processa-se através da conexão "U" na área do flange dianteiro da bomba variável. O fluido de enxaguamento flui através do rolamento dianteiro e sai com o fluido de dreno da bomba na conexão do fluido de dreno. Para os diversos tamanhos nominais recomendamos as seguintes quantidades de enxaguamento: Tamanho nom Quantidade de enxaguamento recomendada q En L/min Tamanho nom Quantidade de enxaguamento recomendada q En L/min Pressão do fluido de dreno A pressão admissível do fluido de dreno (pressão da carcaça) depende da rotação (ver diagrama). Pressão do fluido de dreno pf abs [bar] Tamanho nominal 3000 Rotação n [min - ] Pressão máx. do fluido de dreno (pressão da carcaça) p L abs máx bar absolutos Estas indicações são valores de referência; pode ser necessária uma limitação sob condições operacionais especiais. entido de fluxo De para B o caso das quantidades de enxaguamento indicadas, ocorre uma diferença de pressão de aprox. 2 bar (série ) e aprox. 3 bar (série 3) entre a conexão "U" (incluindo a união roscada) e o compartimento do fluido de dreno. Observação relativa à série 30 e for aplicado o enxaguamento externo do rolamento, o parafuso de estrangulamento localizado na conexão U tem de ser enroscado totalmente. Filtragem do fluido hidráulico (máquina de pistões axiais) Quanto mais fina for a filtragem, melhor será a classe de pureza alcançada do fluido hidráulico e maior será também a durabilidade da máquina de pistões axiais. Para garantir a segurança de funcionamento da máquina de pistões axiais, deve manter-se uma classe de pureza do fluido hidráulico de no mínimo 20/8/5 conforme IO 4406.

7 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 7/68 Dados técnicos Faixa de pressão de trabalho Pressão na conexão para a linha de trabalho (conexão de pressão) B Pressão nominal p nom 350 bar absolutos Pressão máxima p máx 400 bar absolutos Duração total de atuação 300 h Duração individual de atuação s Pressão mínima (lado de alta pressão) 5 bar Consulte-nos no caso de baixas pressões. Velocidade de alteração da pressão R A 6000 bar/s Definição Pressão nominal p nom A pressão nominal corresponde à pressão máxima de dimensionamento. Pressão máxima p máx A pressão máxima corresponde à pressão máxima de trabalho durante a duração individual de atuação. A soma das durações individuais de atuação não pode exceder a duração total de atuação. Pressão mínima (lado de alta pressão) Pressão mínima do lado de alta pressão (B) que é necessária para evitar danos na máquina de pistões axiais. Pressão p p nom Dp Dt Velocidade de alteração da pressão R A Velocidade máxima admissível de aumento e redução da pressão em caso de alteração da pressão em toda a faixa de pressão. Pressão p Pressão máxima p máx Pressão nominal p nom Duração individual de atuação t t 2 t n Tempo t Pressão na conexão de sucção (admissão) Pressão mínima de sucção p min 0,8 bar absolutos Pressão máxima de sucção p máx 30 bar absolutos Pressão mínima (admissão) Para evitar danos na máquina de pistões axiais, deverá estar garantida uma pressão mínima na conexão de sucção (admissão). A pressão mínima depende da rotação e do volume de deslocamento da máquina de pistões axiais. Pressão mínima (lado de alta pressão) Duração total de atuação = t + t t n Tempo t Rotação n no máx,25,2,,0 0,9 0,5 0,6 0,7 0,8 0,9,0 V g Volume de deslocamento V g máx,6,4,2,0 0,8 Pressão de entrada pabs [bar] A pressão de entrada é a pressão de admissão estática ou o valor dinâmico mínimo com pré-tensão. ão se esqueça do seguinte: Rotação máx. admissível n o máx. adm. (rotação-limite), ver página 8 Consulte-nos se as condições supramencionadas não puderem ser garantidas.

8 8/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dados técnicos Tabela de valores (valores teóricos, sem rendimento nem tolerâncias; valores arredondados) Tamanho nominal / H ) Volume de deslocamento V g máx cm / 250 Rotação 2 ) máx. com V g máx n o máx min / 900 máx. com V g V g máx (rotação-limite) n o máx adm.. min / 200 Vazão com n o máx q vo máx L/min / / H ) 355/ / / / / H ) 500/ / / / com bomba de carga com n E = 500 min q VE máx L/min ) ) 25 Potência p = 350 bar com n o máx P o máx kw / 3/ 385/ com n E = 500 min P E máx kw ) ) 656 Binário com V g máx p = 350 bar T máx m p = 00 bar T m Rigidez em torção Ponta de eixo P c km/rad Ponta de eixo Z c km/rad omento de inércia de massa motor J TW kgm 2 0,0049 0,02 0,03 0,055 0,0959 0,9 0,3325 0,66 0,66,20 Aceleração angular máx. 4 ) a rad/s Quantidade de V L 2 2, enchimento assa (com regulador de pressão) aprox. m kg ) Versão High-peed 2 ) Os valores são válidos com a pressão absoluta p abs de bar na abertura de sucção com uma elevação da rotação até à rotação-limite. Observar o diagrama na página 7 3 ) V g < V g máx 4 ) O âmbito de validade fica entre zero e a rotação máxima admissível. Ela aplica-se a estímulos exteriores (p. ex. motor diesel frequência de rotação dupla a óctupla, eixo articulado frequência de rotação dupla). O valor-limite apenas se aplica a uma bomba individual. Tem de ser considerada a resistência das peças de conexão. Observação Caso se exceda os valores máximos ou fique aquém dos valores mínimos pode ocorrer a perda de funcionamento, a redução da durabilidade ou a destruição da máquina de pistões axiais. Os valores admissíveis podem ser apurados mediante um cálculo. Apuramento do tamanho nominal Vazão q V = V g n h V V g = Volume geométr. de deslocamento por rotação em cm 3 [L/min] 000 Dp = Pressão diferencial em bar Binário de V g Dp n = Rotação em min - T = [m] acionamento 20 p h mh h V = Rendimento volumétrico Potência P = 2p T n = q V Dp h mh = Rendimento mecânico-hidráulico [kw] h t h t = Rendimento total (h t = h V h mh )

9 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 9/68 Dados técnicos Carga admissível de força radial e axial sobre o eixo acionador Tamanho nominal * 000 Força radial, máx. Fq X/2 X/2 X com X/2 F q máx Força axial, máx. ± Fax ± F ax máx * aplica-se também à versão com bomba de carga

10 0/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Curvas características Potência de acionamento e vazão (fluido hidráulico: óleo hidráulico IO VG 46 DI 559, t = 50 C) Rendimento total: η t = q v p P q v máx 600 Rendimento volumétrico: η v = q v q v teór Tamanho nominal 40 Tamanho nominal Vazão qv [L/min] qv P qv max Pqv ull Pressão de trabalho p [bar] n = 2600 min n = 500 min Tamanho nominal 7 Vazão qv [L/min] qv Pqv max P qv ull Pressão de trabalho p [bar] n = 2200 min n = 500 min Tamanho nominal 25 Vazão qv [L/min] qv P qv max P qv ull Pressão de trabalho p [bar] n = 800 min n = 500 min Potência de acionamento P [kw] Potência de acionamento P [kw] Potência de acionamento P [kw] n = 800 min n = 500 min Tamanho nominal 250 Vazão qv [L/min] Vazão qv [L/min] qv qv Pqv max Pressão de trabalho p [bar] Pqv max Pqv ull Pressão de trabalho p [bar] n = 500 min n = 000 min Pqv ull Potência de acionamento P [kw] Potência de acionamento P [kw]

11 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG /68 Curvas características Potência de acionamento e vazão (fluido hidráulico: óleo hidráulico IO VG 46 DI 559, t = 50 C) Rendimento total: η t = q v p P q v máx 600 Rendimento volumétrico: η v = q v q v teór Tamanho nominal 355 Tamanho nominal Vazão qv [L/min] qv P qv max Potência de acionamento P [kw] Vazão qv [L/min] qv Potência de acionamento P [kw] P qv max P qv ull Pressão de trabalho p [bar] 00 P qv ull 50 n = 500 min n = 000 min Pressão de trabalho p [bar] n = 320 min n = 000 min

12 2/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Curvas características Potência de acionamento e vazão (fluido hidráulico: óleo hidráulico IO VG 46 DI 559, t = 50 C) Rendimento total: η t = q v p P q v máx 600 Rendimento volumétrico: η v = q v q v teór Tamanho nominal 750 Tamanho nominal Vazão qv [L/min] qv Potência de acionamento P [kw] Vazão qv [L/min] qv Potência de acionamento P [kw] P qv max P qv max Pqv ull Pressão de trabalho p [bar] 00 P qv ull 50 n = 200 min n = 000 min Pressão de trabalho p [bar] n = 200 min n = 000 min

13 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 3/68 inopse dispositivos de regulação e variação Regulador de pressão DR (ver RP 92060) O regulador de pressão DR limita a pressão máxima à saída da bomba, dentro da faixa de regulação da bomba. a válvula de comando, a pressão pode ser ajustada continuamente. Faixa de ajuste bar Opcional: capacidade de controlo remoto (DRG) p B B B q v min q v max U K K2 T Regulador de pressão para operação paralela DP (ver RP 92060) Indicado para a regulação de pressão de várias máquinas de pistões axiais A4VO em operação paralela. Opcional: regulação da vazão (DPF) p não faz parte do material fornecido st XD B B B q v min q v max U K K2 T Regulador de vazão FR (ver RP 92060) anutenção da vazão num sistema hidráulico. Opcional: regulação de pressão com controlo remoto (FRG) Ligação fechada entre X F e o tanque (FR, FRG) p não faz parte do material fornecido B X F B B B q v min q v max U K K 2 T Regulador de pressão e vazão DFR (ver RP 92060) Este regulador mantém constante a vazão da bomba mesmo sob condições operacionais variáveis. Um regulador de pressão ajustável mecanicamente encontra-se num nível superior ao da regulação da vazão. Opcional: Ligação fechada entre X F e o tanque (DFR) p não faz parte do material fornecido B X F B B B q v min q v max U K K 2 T

14 4/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 inopse dispositivos de regulação e variação Regulador de potência LR2 com curva característica hiperbólica (ver RP 92064) O regulador de potência hiperbólico mantém constante a potência de acionamento especificada com a mesma rotação de acionamento. Opcional: regulação de pressão (LR2D), com controlo remoto (LR2G); regulação da vazão (LR2F, LR2); limitação hidráulica do curso (LR2H); limitação mecânica do curso (LR2); variador hidráulico de dois pontos (LR2Z); com válvula el. de despressurização para auxílio de arranque (LR2Y). p V g min V g max B B B U K K 2 T R KV Regulador de potência LR3 com característica de potência ajustável remotamente (ver RP 92064) O regulador de potência hiperbólico mantém constante a potência de acionamento especificada, sendo a característica de potência ajustável remotamente. Opcional: regulação de pressão (LR2D), com controlo remoto (LR2G); regulação da vazão (LR2F, LR2); limitação hidráulica do curso (LR3H); limitação mecânica do curso (LR2); variador hidráulico de dois pontos (LR3Z). com válvula el. de despressurização para auxílio de arranque (LR3Y) p V g min V g max B B B U K K 2 T R KV X LR Variadores hidráulicos LR2 e LR3 dependentes da pressão de pilotagem, posição básica V g mín (ver RP 92064) Com regulação da potência de nível superior. O volume de deslocamento é variado proporcionalmente à pressão de pilotagem em P pr. O regulador de potência hiperbólico adicional encontra-se num nível superior ao do sinal de pressão de pilotagem e mantém constante a potência de acionamento especificada. Opcional: característica de potência ajustável remotamente (LR3), regulação de pressão (LR.D), regulação de pressão com controlo remoto (LR.G), indicação elétrica da pressão de pilotagem (LR.T) p t p V g min V g V g max V g max desenho em posição ligada ou seja com P sob carga P P t B B B U K K 2 T t

15 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 5/68 inopse dispositivos de regulação e variação Variador manual A (ver RP 92072) Variação contínua do volume de deslocamento com um volante. s s max B B B V g V g max U K K 2 T Variador eletromotor E (ver RP 92072) Variação contínua do volume de deslocamento com um servomotor elétrico. Com a ligação de programa, podem ser especificadas e ativadas posições intermédias livremente selecionáveis mediante interruptores de fim-decurso montados e potenciómetros opcionais para sinalização de retorno do ângulo de basculamento. s s max V g V g max B B B Poti U K K 2 T Variador hidráulico HD dependente da pressão de pilotagem (ver RP 92080) Ajuste contínuo do volume de deslocamento da bomba em função da pressão de pilotagem. A variação processa-se proporcionalmente ao valor nominal especificado da pressão de pilotagem (diferença entre as pressões de pilotagem e da carcaça). Opcional: p t B curvas características de pilotagem (HD, HD2, HD3), regulação de pressão (HD.B), regulação de pressão com controlo remoto (HD.GB), V g V g max regulação da potência (HDP), indicação elétrica da pressão de pilotagem U (HDT) B B P X 2 K K 2 T

16 6/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 inopse dispositivos de regulação e variação Variador hidráulico H /2, dependente da quantidade (ver RP 92076) O volume de deslocamento da bomba é regulável continuamente em função da quantidade do fluido de pilotagem nas conexões X e X 2. B B B X 2 X Aplicação: ligação de 2 pontos aparelho de base para variações servo ou proporcionais U K K 2 T istema de regulação H, H4, com servoválvula ou válvula proporcional (ver RP 92076) O variação contínua do volume de deslocamento processa-se através de uma servoválvula ou válvula proporcional e a sinalização elétrica de retorno do ângulo de basculamento. O sistema de regulação H4P está equipado com um transdutor de pressão montado, pelo que U poderá ser completado para efeitos de regulação ; p HD U el. da pressão e da potência. max B B B R KV Opcional: ervo-válvula (H); válvula proporcional (H4); válvula de curto-circuito (HK, H4K, H4KP); sem válvulas (HE, H4E). para o elemento inferior de óleo (H4) V g V g max U K K 2 T P P U istema de regulação EO/2 (ver RP 92076) O variação contínua do volume de deslocamento processa-se através de uma válvula proporcional e a sinalização elétrica de retorno do ângulo de basculamento. Por conseguinte pode ser completada para efeitos de regulação el. do volume de deslocamento. U U max b a B B R P KV B P Opcional: faixa da pressão de ajuste (EO, EO2) válvula de curto-circuito (EOK, EO2K) em válvulas (EOE, EO2E) V g V g max U U K K 2 T 2

17 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 7/68 inopse dispositivos de regulação e variação Regulador de rotação D, com regulação secundária (ver RP 92056) O regulador de rotação D controla a unidade secundária de modo a disponibilizar o binário necessário para a rotação solicitada. a rede com pressão aplicada este binário é proporcional ao volume de deslocamento e consequentemente proporcional ao ângulo de basculamento. n n 2 (min - ) (+) n 2 (min - ) T T B A P P B B R KV B P n (-) U 2 K K 2 T istema de regulação eletro-hidráulico DFE (ver RP 92088) A regulação da potência, da pressão e do ângulo de basculamento da bomba variável A4VO...DFE processa-se através de uma válvula proporcional ativada eletricamente. A corrente na válvula proporcional determina a posição do disco inclinado e, por conseguinte, a vazão da bomba, mediante o êmbolo variador e o transdutor de deslocamento. P I/U Com o motor elétrico desligado e o sistema de ajuste despressurizado, a bomba alterna para o volume máximo de deslocamento por força de mola (V g máx ). p α aterial fornecido B B B U U U K K 2 T 2

18 L 8/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dimensões, tamanho nominal 40 érie (Exemplo: regulador de pressão; dimensões exatas dos aparelhos variadores, ver folhas de dados em separado) 47 (260) 8 40 K2 ø60 K 9 B 80 ø T B X Y B(2. Conexão para alta pressão com vers. 25) ø25h (com vers. 25) Flange 25, 4 furos segundo IO (métrico) ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à direita R U Y ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à esquerda Vista Y Vista X 50.8 ø20.5 B (B com vers. 25, representação sem placa de flange) 69.9 ø40 AE /2 in érie standard de pressão 0; 7 prof AE 3/4 in érie de alta pressão ; 20 prof. Dimensões das pontas de eixo e conexões, ver página 9

19 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 9/68 Dimensões, tamanho nominal 40 Pontas de eixo P Chaveta DI 6885 A0x8x56 Z Eixo estriado DI 5480 W32x2x4x9g h9 ø32k6 0 ) 2 ) ,2 0 ) 2 ) Conexões Binário máx. de aperto 2 ) Conexão de sucção (série standard de pressão) AE J58 3 ) DI 3 /2 in 2x,75; 20 prof. 2 ) K, K 2 Conexão de enxaguamento DI x,5;4 prof. (fechada) 20 m T aída de fluido DI x,5;4 prof. (fechada) 20 m B Conexão de medição pressão DI x,5;2 prof. (fechada) 80 m de trabalho Conexão de medição pressão DI x,5;2 prof. (fechada) 80 m de sucção Enchimento de fluido + sangria DI x,5; 4 prof. 20 m (conexão do fluido de dreno) U Conexão de enxaguamento DI x,5;2 prof. (fechada) 80 m com versão 3 B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) 3/4 in DI 3 0x,5; 7 prof. 2 ) B Conexão adicional DI x,5;4 prof. (fechada) 20 m com versão 25 B B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 2.ª conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 ) Orifício de centragem segundo DI 332 (rosca segundo DI 3) 3/4 in 0x,5; 7 prof. 2 ) 3/4 in (fechada com placa de flange) 0x,5; 7 prof. 2 ) 2 ) Para os binários máx. de aperto devem ser respeitadas as indicações do fabricante das válvulas utilizadas e as observações gerais na página 68 3 ) Atenção: rosca métrica divergente da norma

20 L 20/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dimensões, tamanho nominal 7 érie (Exemplo: regulador de pressão; dimensões exatas dos aparelhos variadores, ver folhas de dados em separado) (298) 8 K2 ø80 K B 70 T B X Y B (2. Conexão para alta pressão com vers. 25) ø40h (com vers. 25) ø Flange 40, 4 furos segundo IO (métrico) ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à direita R U Y ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à esquerda Vista Y Vista X 57.2 ø25 B (B com vers. 25, representação sem placa de flange) 77.8 ø50 AE 2 in érie standard de pressão 2; 20 prof AE in érie de alta pressão ; 20 prof. Dimensões das pontas de eixo e conexões, ver página 2

21 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 2/68 Dimensões, tamanho nominal 7 Pontas de eixo P Chaveta DI 6885 A2x8x68 Z Eixo estriado DI 5480 W32x2x4x9g h9 ø40k6 2 ) 2 ) ,2 2 ) 2 ) Conexões Binário máx. de aperto 2 ) Conexão de sucção (série standard de pressão) AE J58 3 ) DI 3 2 in 2x,75; 20 prof. 2 ) K, K 2 Conexão de enxaguamento DI x2;6 prof. (fechada) 330 m T aída de fluido DI x2;6 prof. (fechada) 330 m B Conexão de medição pressão de trabalho DI x,5;2 prof. (fechada) 80 m Conexão de medição pressão de sucção DI x,5;2 prof. (fechada) 80 m Enchimento de fluido + sangria DI x2; 6 prof. 330 m (conexão do fluido de dreno) U Conexão de enxaguamento DI x,5;2 prof. (fechada) 80 m com versão 3 B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) in DI 3 2x,75; 20 prof. 2 ) B Conexão adicional DI x2;6 prof. (fechada) 330 m com versão 25 B B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 2.ª conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 ) Orifício de centragem segundo DI 332 (rosca segundo DI 3) in 2x,75; 20 prof. 2 ) in (fechada com placa de flange) 2x,75; 20 prof. 2 ) 2 ) Para os binários máx. de aperto devem ser respeitadas as indicações do fabricante das válvulas utilizadas e as observações gerais na página 68 3 ) Atenção: rosca métrica divergente da norma

22 L 22/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dimensões, tamanho nominal 25 érie 3 (Exemplo: regulador de pressão; dimensões exatas dos aparelhos variadores, ver folhas de dados em separado) (354) 22 9 K2 ø200 K B T B X ø20 Flange 60, 4 furos segundo IO (métrico) 2 ø60h8 33 R U 203 Posição com variador HD e EP Vista Y Y 2 Y ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à direita B(2. Conexão para alta pressão com vers. 25) B 2.5 (com vers. 25) ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à esquerda Vista X 66.7 ø3 B (B com vers. 25, Representação sem placa de flange 88.9 ø63 AE 2 /2 in érie standard de pressão 4; 9 prof. 3.8 AE /4 in érie de alta pressão ; 7 prof. Dimensões das pontas de eixo e conexões, ver página 23

23 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 23/68 Dimensões, tamanho nominal 25 Pontas de eixo P Chaveta DI 6885 A0x8x56 Z Eixo estriado DI 5480 W32x2x4x9g h9 ø50k6 6 ) 2 ) ,2 6 ) 2 ) Conexões Binário máx. de aperto 2 ) Conexão de sucção (série standard de pressão) AE J58 3 ) DI 3 2 /2 in 2x,75; 7 prof. 2 ) K, K 2 Conexão de enxaguamento DI x2; 8 prof. (fechada) 540 m T aída de fluido DI x2; 8 prof. (fechada) 540 m B Conexão de medição pressão de trabalho DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m Conexão de medição pressão de sucção DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m Enchimento de fluido + sangria DI x2; 8 prof. 540 m (conexão do fluido de dreno) U Conexão de enxaguamento DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m, 2 Conexão de medição pressão da câmara de variação DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m com versão 3 B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) /4 in DI 3 4x2; 9 prof. 2 ) B Conexão adicional DI x2; 8 prof. (fechada) 540 m com versão 25 B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) /4 in DI 3 4x2; 9 prof. 2 ) B 2.ª conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) /4 in (fechada com placa de flange) DI 3 4x2; 9 prof. 2 ) ) Orifício de centragem segundo DI 332 (rosca segundo DI 3) 2 ) Para os binários máx. de aperto devem ser respeitadas as indicações do fabricante das válvulas utilizadas e as observações gerais na página 68 3 ) Atenção: rosca métrica divergente da norma

24 L 24/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dimensões, tamanho nominal 80 érie 3 (Exemplo: regulador de pressão; dimensões exatas dos aparelhos variadores, ver folhas de dados em separado) (354) B 86 6 K2 ø200 K T X B ø20 Flange 60, 4 furos segundo IO (métrico) 2 ø60h8 33 R U 203 Posição com variador HD e EP Vista Y Y 2 Y B(2. Conexão para alta pressão com vers. 25) B ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à direita (com vers. 25) ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à esquerda Vista X 66.7 ø3 B (B com vers. 25, representação sem placa de flange) 06.4 ø75 AE 3 in érie standard de pressão 4; 9 prof. 3.8 AE /4 in érie de alta pressão 6.9 6; 24 prof. Dimensões das pontas de eixo e conexões, ver página 25

25 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 25/68 Dimensões, tamanho nominal 80 Pontas de eixo P Chaveta DI 6885 A0x8x56 Z Eixo estriado DI 5480 W32x2x4x9g h9 ø50k6 6 ) 2 ) ,2 6 ) 2 ) Conexões Binário máx. de aperto 2 ) Conexão de sucção (série standard de pressão) AE J58 3 ) DI 3 3 in 6x2; 24 prof. 2 ) K, K 2 Conexão de enxaguamento DI x2; 8 prof. (fechada) 540 m T aída de fluido DI x2; 8 prof. (fechada) 540 m B Conexão de medição pressão de trabalho DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m Conexão de medição pressão de sucção DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m Enchimento de fluido + sangria DI x2; 8 prof. 540 m (conexão do fluido de dreno) U Conexão de enxaguamento DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m, 2 Conexão de medição pressão da câmara de variação DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m com versão 3 B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 /4 in 4x2; 9 prof. 2 ) B Conexão adicional DI x2;8 prof. (fechada) 540 m com versão 25 B B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 2.ª conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 ) Orifício de centragem segundo DI 332 (rosca segundo DI 3) /4 in 4x2; 9 prof. 2 ) /4 in (fechada com placa de flange) 4x2; 9 prof. 2 ) 2 ) Para os binários máx. de aperto devem ser respeitadas as indicações do fabricante das válvulas utilizadas e as observações gerais na página 68 3 ) Atenção: rosca métrica divergente da norma

26 L 26/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dimensões, tamanho nominal 250 érie 3 (Exemplo: regulador de pressão; dimensões exatas dos aparelhos variadores, ver folhas de dados em separado) (424) 30 B K2 ø280 K T B X ø24 Flange 224, 4 furos segundo IO (métrico) 2 Y B(2. Conexão para alta pressão com vers. 25) ø224h (com vers. 25) ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à direita R U B 248 Posição com variador HD e EP 7 7 Y ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à esquerda Vista Y Vista X 79.4 ø40 6; 25 prof. B (B com vers. 25, representação sem placa de flange) AE /2 in érie de alta pressão ø AE 3 in érie standard de pressão 6; 24 prof. Dimensões das pontas de eixo e conexões, ver página 27

27 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 27/68 Dimensões, tamanho nominal 250 Pontas de eixo P Chaveta DI 6885 A0x8x56 Z Eixo estriado DI 5480 W32x2x4x9g h9 ø60m6 20 ) 2 ) ) 2 ) Conexões Binário máx. de aperto 2 ) Conexão de sucção (série standard de pressão) AE J58 3 ) DI 3 3 in 6x2; 24 prof. 2 ) K, K 2 Conexão de enxaguamento DI x2; 20 prof. (fechada) 720 m T aída de fluido DI x2; 20 prof. (fechada) 720 m B Conexão de medição pressão de trabalho DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m Conexão de medição pressão de sucção DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m Enchimento de fluido + sangria DI x2; 20 prof. 720 m (conexão do fluido de dreno) U Conexão de enxaguamento DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m, 2 Conexão de medição pressão da câmara de variação DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m com versão 3 B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) /2 in DI 3 6x2; 25 prof. 2 ) B Conexão adicional DI x2; 20 prof. (fechada) 720 m com versão 25 B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 B 2.ª conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 ) Orifício de centragem segundo DI 332 (rosca segundo DI 3) /2 in 6x2; 25 prof. 2 ) /2 in (fechada com placa de flange) 6x2; 25 prof. 2 ) 2 ) Para os binários máx. de aperto devem ser respeitadas as indicações do fabricante das válvulas utilizadas e as observações gerais na página 68 3 ) Atenção: rosca métrica divergente da norma

28 L 28/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dimensões, tamanho nominal 355 érie 3 (Exemplo: regulador de pressão; dimensões exatas dos aparelhos variadores, ver folhas de dados em separado) (424) K2 ø280 K B T X B ø24 Flange 224, 4 furos segundo IO (métrico) 2 Y ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à direita B (2. Conexão para alta pressão com vers. 25) 44 ø224h8 R (com vers. 25) U Posição com variador HD e EP 7 Y B ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à esquerda Vista Y Vista X 79.4 ø40 6; 25 prof. B (B com vers. 25, representação sem placa de flange) AE /2 in érie de alta pressão ø AE 4 in érie standard de pressão 6; 2 prof. Dimensões das pontas de eixo e conexões, ver página 29

29 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 29/68 Dimensões, tamanho nominal 355 Pontas de eixo P Chaveta DI 6885 A0x8x56 Z Eixo estriado DI 5480 W32x2x4x9g h9 ø70m6 20 ) 2 ) ) 2 ) Conexões Binário máx. de aperto 2 ) Conexão de sucção (série standard de pressão) AE J58 3 ) DI 3 4 in 6x2; 2 prof. 2 ) K, K 2 Conexão de enxaguamento DI x2; 20 prof. (fechada) 720 m T aída de fluido DI x2; 20 prof. (fechada) 720 m B Conexão de medição pressão de trabalho DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m Conexão de medição pressão de sucção DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m Enchimento de fluido + sangria DI x2; 20 prof. 720 m (conexão do fluido de dreno) U Conexão de enxaguamento DI x,5;2 prof. (fechada) 40 m, 2 Conexão de medição pressão da câmara de DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m variação com versão 3 B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 /2 in 6x2; 25 prof. 2 ) B Conexão adicional DI x2; 20 prof. (fechada) 720 m com versão 25 B Conexão de pressão (série de alta pressão) B 2.ª conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 AE J58 3 ) DI 3 /2 in 6x2; 25 prof. 2 ) /2 in (fechada com placa de flange) 6x2; 25 prof. 2 ) ) Orifício de centragem segundo DI 332 (rosca segundo DI 3) 2 ) Para os binários máx. de aperto devem ser respeitadas as indicações do fabricante das válvulas utilizadas e as observações gerais na página 68 3 ) Atenção: rosca métrica divergente da norma

30 L 30/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dimensões, tamanho nominal 500 érie 3 (Exemplo: regulador de pressão; dimensões exatas dos aparelhos variadores, ver folhas de dados em separado) (50) K2 ø360 K 90 B 80 ø405 ø T B X 8x45 45 (=360 ) 22 30' Rosca transportadora para parafuso com olhal 6x2; 27 prof. DI U 2 Y ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à direita B ø35h8 ø ø225 R Flange 35, 8 furos segundo IO (métrico) Y B ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à esquerda Vista Y Vista X 96.8 ø50 20; 24 prof. B e B (representação sem placa de flange) AE 2 in érie de alta pressão ø AE 5 in érie standard de pressão 6; 24 prof. Dimensões das pontas de eixo e conexões, ver página 3

31 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 3/68 Dimensões, tamanho nominal 500 Pontas de eixo P Chaveta DI 6885 A0x8x56 Z Eixo estriado DI 5480 W32x2x4x9g h9 ø80m6 20 ) 2 ) ,2 20 ) 2 ) Conexões Binário máx. de aperto 2 ) Conexão de sucção (série standard de pressão) AE J58 3 ) DI 3 5 in 6x2; 24 prof. 2 ) K, K 2 Conexão de enxaguamento DI x2; 22 prof. (fechada) 960 m T aída de fluido DI x2; 22 prof. (fechada) 960 m B Conexão de medição pressão de trabalho DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m Conexão de medição pressão de sucção DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m Enchimento de fluido + sangria DI x2; 22 prof. 960 m (conexão do fluido de dreno) U Conexão de enxaguamento DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m, 2 Conexão de medição pressão da câmara DI 3852 de variação ou dependente do aparelho DI 3852 variador 4x,5; 2 prof. (fechada) 4x,5; 2 prof. (fechada) 40 m 80 m B B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 2.ª conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 ) Orifício de centragem segundo DI 332 (rosca segundo DI 3) 2 in 20x2,5; 24 prof. 2 ) 2 in (fechada com placa de flange) 20x2,5; 24 prof. 2 ) 2 ) Para os binários máx. de aperto devem ser respeitadas as indicações do fabricante das válvulas utilizadas e as observações gerais na página 68 3 ) Atenção: rosca métrica divergente da norma

32 L 32/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dimensões, tamanho nominal 750 érie 3 (Exemplo: regulador de pressão; dimensões exatas dos aparelhos variadores, ver folhas de dados em separado) (582) ø400h8 ø ø T Rosca transportadora para parafuso com olhal 6x2; 27 prof. DI R U B X Y B B K2 8x45 45 (=360 ) ø ' ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à direita 50 ø K 232 ø Flange 400, 8 furos segundo IO (métrico) Y B ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à esquerda Vista Y Vista X 96.8 ø50 20; 24 prof B e B (representação sem placa de flange) AE 2 in érie de alta pressão 52.4 ø AE 5 in érie standard de pressão 6; 24 prof. Dimensões das pontas de eixo e conexões, ver página 33

33 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 33/68 Dimensões, tamanho nominal 750 Pontas de eixo P Chaveta DI 6885 A2x8x68 Z Eixo estriado DI 5480 W32x2x4x9g h9 ø90m6 24 ) 2 ) ,2 24 ) 2 ) Conexões Binário máx. de aperto 2 ) Conexão de sucção (série standard de pressão) AE J58 3 ) DI 3 5 in 6x2; 24 prof. 2 ) K, K 2 Conexão de enxaguamento DI x2; 20 prof. (fechada) 960 m T aída de fluido DI x2; 20 prof. (fechada) 960 m B Conexão de medição pressão de trabalho DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m Conexão de medição pressão de sucção DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m Enchimento de fluido + sangria DI x2; 20 prof m (conexão do fluido de dreno) U Conexão de enxaguamento DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m, 2 Conexão de medição pressão da câmara DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m de variação ou dependente do aparelho variador DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m B B Conexão de pressão (série de alta pressão) 2.ª conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 AE J58 3 ) DI 3 ) Orifício de centragem segundo DI 332 (rosca segundo DI 3) 2 in 20x2,5; 24 prof. 2 ) 2 in (fechada com placa de flange) 20x2,5; 24 prof. 2 ) 2 ) Para os binários máx. de aperto devem ser respeitadas as indicações do fabricante das válvulas utilizadas e as observações gerais na página 68 3 ) Atenção: rosca métrica divergente da norma

34 L 34/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dimensões, tamanho nominal 750 com bomba de carga (impulsor) érie 3 (Exemplo: regulador de pressão; dimensões exatas dos aparelhos variadores, ver folhas de dados em separado) (582) B K2 K B 20 ø495 ø450 ø T 89 L Rosca transportadora para parafuso com olhal 6x2; 27 prof. DI U 2 Y X B 8x45 45 (=360 ) ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à direita 22 30' ø400h8 ø ø R Flange 400, 8 furos segundo IO (métrico) Y B ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à esquerda Vista Y Vista X 96.8 ø50 20; 24 prof B e B (representação sem placa de flange) AE 2 in érie de alta pressão 52.4 ø AE 5 in érie standard de pressão 6; 24 prof. Dimensões das pontas de eixo e conexões, ver página 35

35 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 35/68 Dimensões, tamanho nominal 750 com bomba de carga (impulsor) Pontas de eixo P Chaveta DI 6885 A2x8x68 Z Eixo estriado DI 5480 W32x2x4x9g h9 ø90m6 24 ) 2 ) ,2 24 ) 2 ) Conexões Binário máx. de aperto 2 ) Conexão de sucção (série standard de pressão) AE J58 3 ) DI 3 5 in 6x2; 24 prof. 2 ) K, K 2 Conexão de enxaguamento DI x2; 20 prof. (fechada) 960 m T aída de fluido DI x2; 20 prof. (fechada) 960 m B Conexão de medição pressão de trabalho DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m Conexão de medição pressão de sucção DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m L Conexão de medição pressão de carga DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m Enchimento de fluido + sangria DI x2; 20 prof. 960 m (conexão do fluido de dreno) U Conexão de enxaguamento DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m, 2 Conexão de medição pressão da câmara DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m de variação ou dependente do aparelho variador DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m B B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 2.ª conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 ) Orifício de centragem segundo DI 332 (rosca segundo DI 3) 2 in 20x2,5; 24 prof. 2 ) 2 in (fechada com placa de flange) 20x2,5; 24 prof. 2 ) 2 ) Para os binários máx. de aperto devem ser respeitadas as indicações do fabricante das válvulas utilizadas e as observações gerais na página 68 3 ) Atenção: rosca métrica divergente da norma

36 L 36/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Dimensões, tamanho nominal 000 érie 3 (Exemplo: regulador de pressão; dimensões exatas dos aparelhos variadores, ver folhas de dados em separado) (622) B K2 ø450 K 232 B 225 8x45 ø495 ø22 T X 45 (=360 ) 22 30' Rosca transportadora para parafuso com olhal 20x2,5; 30 prof. DI U Y 2 B B ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à direita 23 ø400h8 ø ø322 R Flange 400, 8 furos segundo IO (métrico) B Y B ontagem da válvula de pilotagem com sentido de rotação à esquerda 20; 30 prof. Vista Y B e B (representação sem placa de flange) Vista X ø AE 2 in érie de alta pressão 52.4 ø AE 5 in érie standard de pressão 6; 24 prof. Dimensões das pontas de eixo e conexões, ver página 37

37 RP 92050/04.09 A4VO éries 0, e 30 Bosch Rexroth AG 37/68 Dimensões, tamanho nominal 000 Pontas de eixo P Chaveta DI 6885 A2x8x68 Z Eixo estriado DI 5480 W32x2x4x9g 4, h9 ø00m6 24 ) 2 ) ) 2 ) Conexões Binário máx. de aperto 2 ) Conexão de sucção (série standard de pressão) AE J58 3 ) DI 3 5 in 6x2; 24 prof. 2 ) K, K 2 Conexão de enxaguamento DI x2; 20 prof. (fechada) 960 m T aída de fluido DI x2; 20 prof. (fechada) 960 m B, B Conexão de medição pressão de trabalho DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m Conexão de medição pressão de sucção DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m Enchimento de fluido + sangria DI x2; 20 prof. 960 m (conexão do fluido de dreno) U Conexão de enxaguamento DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m, 2 Conexão de medição pressão da câmara DI x,5; 2 prof. (fechada) 40 m de variação ou dependente do aparelho variador DI x,5; 2 prof. (fechada) 80 m B B Conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 2.ª conexão de pressão (série de alta pressão) AE J58 3 ) DI 3 ) Orifício de centragem segundo DI 332 (rosca segundo DI 3) 2 in 20x2,5; 30 prof. 2 ) 2 in (fechada com placa de flange) 20x2,5; 30 prof. 2 ) 2 ) Para os binários máx. de aperto devem ser respeitadas as indicações do fabricante das válvulas utilizadas e as observações gerais na página 68 3 ) Atenção: rosca métrica divergente da norma

38 38/68 Bosch Rexroth AG A4VO éries 0, e 30 RP 92050/04.09 Eixo passante A máquina de pistões axiais A4VO pode ser fornecida com eixo passante, de acordo com os dados para pedido na página 4. A versão com eixo passante é determinada pelo código indicativo K/U Recomendamos que sejam acopladas no máximo apenas três bombas individuais em sequência. omentos admissíveis de acionamento e de eixo passante Tamanho nominal Eixo estriado omento total de acionamento máx. admissível no eixo bomba (bomba + bomba 2) T Ges max m A omento adm. de eixo passante T D max m T D2 max m B omento adm. de eixo passante T D max m T D2 max m Chaveta omento total de acionamento máx. admissível no eixo bomba (bomba + bomba 2) T Ges max m A omento adm. de eixo passante T D max m T D2 max m B omento adm. de eixo passante T D max m T D2 max m Distribuição dos momentos A T Ges B T Ges T D T D2 T D T D2 Bomba individual com eixo passante e não tiver de ser montada qualquer outra bomba pelo fabricante, a simples designação de tipo será suficiente. Do material fornecido faz parte o seguinte: no caso de todos os eixos passantes exceto K/U 99 cubo, parafusos de fixação, vedação e um flange intermediário se necessário no caso de K/U 99 com eixo passante, sem cubo, sem flange intermediário; unidade fechada com estanqueidade ao fluido com tampa resistente à pressão. Eixo passante universal Com os tamanhos nominais , os eixos passantes são fornecidos enquanto eixos passantes universais "U". Estes são vantajosos porque permitem a conversão posterior do eixo passante. O eixo passante pode ser adaptado aos requisitos locais mediante a simples substituição do flange intermediário e do cubo. Os módulos podem ser encomendados em separado como conjuntos de substituição, ver RP Bombas combinadas Graças à montagem de mais bombas, o utilizador tem ao seu dispor circuitos independentes um dos outros.. e a bomba combinada for composta por 2 bombas de pistões axiais Rexroth e se esta tiver de ser fornecida montada, as duas designações de tipo devem ser ligadas com "+". Exemplo de pedido: A4VO 25 DR / 30 R PPB3K33 + A4VO 7 DR / 0 R PZB Consulte-nos, se uma bomba de engrenagens ou de pistões radiais tiver de ser montada pelo fabricante enquanto bomba desmontável.

Bombas de Pistões de Vazão Variável V A10VO Série 3.1 / 5.2 / 5.3

Bombas de Pistões de Vazão Variável V A10VO Série 3.1 / 5.2 / 5.3 Bombas de Pistões de Vazão Variável V A10VO Série 3.1 / 5.2 / 5.3 Tamanho Deslocamento Velocidade 1) Vazão Potência Momento de Inércia do eixo de acionamento Volume de Preenchimento Peso sem Óleo Força

Leia mais

REGULADOR ACOPLÁVEL Tipo MODULAR 112 G 3/8 - G 1/2

REGULADOR ACOPLÁVEL Tipo MODULAR 112 G 3/8 - G 1/2 Série : Modular P REGULAOR ACOPLÁVEL G /8 - G 1/ Aparelhos de tratamento de ar destinados a serem utilizados em atmosferas explosivas, poeirentas ou gasosas, segundo a directiva ATEX 9/9/CE MOO E PROTECÇÃO

Leia mais

Série: FBIA MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA AUTO-ESCORVANTE FBIA. Aplicação

Série: FBIA MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA AUTO-ESCORVANTE FBIA. Aplicação BOMBA CENTRÍFUGA AUTO-ESCORVANTE FBIA MANUAL TÉCNICO Série: FBIA Aplicação Desenvolvida para trabalhar com líquidos limpos ou turvos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas

Leia mais

1 Circuitos Pneumáticos

1 Circuitos Pneumáticos 1 Circuitos Pneumáticos Os circuitos pneumáticos são divididos em várias partes distintas e, em cada uma destas divisões, elementos pneumáticos específicos estão posicionados. Estes elementos estão agrupados

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES TRANSFORMADOR A SECO ÍNDICE DESCRIÇÃO PÁGINA 1 Instruções para a instalação.................................... 02 2 Instruções para a manutenção..................................

Leia mais

Válvula Proporcional Limitadora de Pressão Pilotada Tipo DRE e ZDRE

Válvula Proporcional Limitadora de Pressão Pilotada Tipo DRE e ZDRE RP 29 175/11.2 Substitui: 1.99 Válvula Proporcional Limitadora de Pressão Pilotada Tipo DRE e ZDRE Tamanho Nominal 6 Série 1X Pressão máxima de operação 21 bar Vazão máxima L/min H/A 26/98 Tipo DRE 6-1X/...G2K...com

Leia mais

Válvula redutora de pressão. EME610 - Sistemas Hidropneumáticos Hidráulica 6

Válvula redutora de pressão. EME610 - Sistemas Hidropneumáticos Hidráulica 6 UNIFEI EE610 - Sistemas Hidropneumáticos Hidráulica 6 Válvula redutora de pressão O objetivo da válvula de redutora de pressão é fazer com que a pressão em uma parte do sistema seja mantida em um determinado

Leia mais

Bomba Variável A4VSO. RP 92 050/09.97 substitui: 03.97 e 11.95. Circuito aberto

Bomba Variável A4VSO. RP 92 050/09.97 substitui: 03.97 e 11.95. Circuito aberto Bomba Variável A4VSO RP 92 0/09.97 substitui: 03.97 e 11.95 Circuito aberto Tamanho nominal 40...0 Série construtiva 1, 2 e 3 Pressão nominal 3 bar Pressão máxima 400 bar Índice Características 1 Dados

Leia mais

Instruções de segurança VEGAPULS PS61.D****D/H/K/ L/P/F/G/M/B/I****

Instruções de segurança VEGAPULS PS61.D****D/H/K/ L/P/F/G/M/B/I**** Instruções de segurança VEGAPULS PS61.D****D/H/K/ L/P/F/G/M/B/I**** NCC 15.0167 X Ex d ia IIC T6 T1 Ga/Gb, Gb 0044 Document ID: 50548 Índice 1 Validade... 3 2 Geral... 3 3 Dados técnicos... 3 4 Condições

Leia mais

Bombas Combinadas de Engrenamento Externo Tipo AZPFF e AZPFFF

Bombas Combinadas de Engrenamento Externo Tipo AZPFF e AZPFFF RP 11440D/03.05 Substitui: 10.03 Bombas Combinadas de Engrenamento Externo Tipo AZPFF e AZPFFF Tamanhos Nominais 002 até 022 Pressão máxima até 250 bar (conforme TN) Bomba combinada Tipo AZPFFF Índice

Leia mais

Filtro de retorno conforme DIN 24550 para montagem direta no reservatório

Filtro de retorno conforme DIN 24550 para montagem direta no reservatório Filtro de retorno conforme DIN 4550 para montagem direta no reservatório RP 50088/05.04 1/14 Tipo ABZFR -DIN Tamanho nominal 40 a 630 Série 1X Pressão nominal 10 bar HAD 7108 Conteúdo Índice Características

Leia mais

Módulo 8 Entradas Digitais 24 Vdc Monitorado. Os seguintes produtos devem ser adquiridos separadamente para possibilitar a utilização do produto:

Módulo 8 Entradas Digitais 24 Vdc Monitorado. Os seguintes produtos devem ser adquiridos separadamente para possibilitar a utilização do produto: Descrição do Produto O módulo, integrante da Série Ponto, possui 8 pontos de entrada digital +24 Vdc isolada e monitorada, é indicado para aplicações onde a situação de linha rompida necessita ser detectada

Leia mais

reciclagem a frio KMA 220

reciclagem a frio KMA 220 Technische Especificação Daten Técnica Kaltfräse Usina misturadora W 200 móvel de reciclagem a frio KMA 220 Especificação Técnica Usina misturadora móvel de reciclagem a frio KMA 220 Capacidade da usina

Leia mais

WRM Sistemas Hidráulicos

WRM Sistemas Hidráulicos WRM Sistemas Hidráulicos Bombas de engrenagens C A T Á L O G O Válvulas de pressão Válvulas de vazão Válvulas Direcionais Válvulas de retenção Válvula de assento Válvulas proporcionais Sistemas lógicos

Leia mais

Válvula de Preenchimento placa intermediária Tipo ZSF e ZSFW

Válvula de Preenchimento placa intermediária Tipo ZSF e ZSFW R 0 478/0.0 Substitui:.0 Válvula de reenchimento placa intermediária Tipo ZSF e ZSFW Tamanho Nominal a 60 Série ressão máxima de operação 50 bar H/ 50/9 Tipo ZSF 40 F.--/... Índice Conteúdo Características

Leia mais

EX TARIFÁRIO BOMBA HIDRÁULICA VOLUMÉTRICA ALTERNATIVA DE PISTÕES AXIAIS NCM: 8413.50.10

EX TARIFÁRIO BOMBA HIDRÁULICA VOLUMÉTRICA ALTERNATIVA DE PISTÕES AXIAIS NCM: 8413.50.10 EX TARIFÁRIO BOMBA HIDRÁULICA VOLUMÉTRICA ALTERNATIVA DE PISTÕES AXIAIS NCM: 8413.50.10 INFORMAÇÕES ADICIONAIS 1. Montadora (repetir informação da Planilha de pleitos em excel): Komatsu 2. n Item (repetir

Leia mais

AutoFilt Type RF3 Exemplos de aplicação.

AutoFilt Type RF3 Exemplos de aplicação. Filtro de retrolavagem automático AutoFilt RF3 para a tecnologia de processos Filtro de retrolavagem automático AutoFilt RF3 para a tecnologia de processos. Para a operação de filtração contínua sem manutenção

Leia mais

Condições ambientais?

Condições ambientais? ACOPLAMENTO ELÁSTICO MADEFLEX CO (COM CORREIA) 4 CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS Os acoplamentos MADEFLEX CO são compostos por docisubos simétricos de ferro fundido cinzento, unidos por um jogo de correias planas

Leia mais

Tratores. Informações gerais sobre tratores. Recomendações. Distância do eixo

Tratores. Informações gerais sobre tratores. Recomendações. Distância do eixo Informações gerais sobre tratores Informações gerais sobre tratores Os tratores foram projetados para puxar semirreboques e são, portanto, equipados com uma quinta roda para possibilitar a fácil troca

Leia mais

até 350 bar até 60 l/min Válvulas de retenção RVE

até 350 bar até 60 l/min Válvulas de retenção RVE até 350 bar até 60 l/min Válvulas de retenção RVE 1. DESCRIÇÃO 1.1. GENERALIDADES As válvulas de retenção HYDAC tipo RVE pertencem ao grupo de válvulas de bloqueio. São unidades conforme DIN-ISO 1219,

Leia mais

Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14

Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14 Radiador de ar Indústria AC-LN / ACA-LN / ACAF-LN 8-14 Símbolo Gerais Os radiadores de ar da série AC-LN 8-14 podem ser aplicados em todas as áreas nas quais é preciso resfriar óleo ou mistura de água-glicol

Leia mais

Medidor TKE-01. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandeza medida

Medidor TKE-01. [1] Introdução. [2] Princípio de funcionamento. [5] Precisão. [6] Características Elétricas. [3] Aplicações. [4] Grandeza medida [1] Introdução O TKE-01 é um instrumento para instalação em fundo de painel, que permite a medição do consumo de energia ativa (Wh) ou reativa (Varh) em sistema de corrente alternada (CA). A leitura do

Leia mais

Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30

Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30 Linha de Empilhadeiras LEG25 e LED30 Manual de peças Empilhadeira ÍNDICE 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 Montagem Da Transmissão Transmissão

Leia mais

Didática Bosch Rexroth. The Drive & Control Company

Didática Bosch Rexroth. The Drive & Control Company Didática Bosch Rexroth The Drive & Control Company Introdução A Divisão Service da Bosch Rexroth oferece ao mercado a sua linha didática. Sempre preocupada com a qualificação técnica do profissional brasileiro,

Leia mais

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação

Série: FBME MANUAL TÉCNICO BOMBA CENTRÍFUGA MULTIESTÁGIO FBME. Aplicação MANUAL TÉCNICO Série: FBME Aplicação Desenvolvida para trabalhar com líquidos limpos ou turvos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, papel, polpa, siderúrgica, mineração,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE FUN- CIONAMENTO (Tradução) Plataforma elevadora Tipo 1097.0,75 1097.1,25 8718.0,2

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE FUN- CIONAMENTO (Tradução) Plataforma elevadora Tipo 1097.0,75 1097.1,25 8718.0,2 MANUAL DE INSTRUÇÕES DE FUN- CIONAMENTO (Tradução) Plataforma elevadora Tipo 1097.0,75 1097.1,25 8718.0,2 PT 1. Grupos de utilizadores Tarefas Qualificação Operador Operação, verificação visual Instrução

Leia mais

Atuadores Rotativos. Tipo pinhão-cremalheira. maiores.

Atuadores Rotativos. Tipo pinhão-cremalheira. maiores. Atuadores Rotativos Convertem a energia hidráulica em movimento rotativo. Exemplo: Oscilador hidráulico: converte a energia hidráulica em torque num ângulo de giro limitado. Os mais aplicados são o tipo

Leia mais

Filtro de retorno para montagem direta no reservatório, com elemento filtrante e dimensões conforme DIN 24550

Filtro de retorno para montagem direta no reservatório, com elemento filtrante e dimensões conforme DIN 24550 Filtro de retorno para montagem direta no reservatório, com elemento filtrante e dimensões conforme DIN 55 RP 588/1.7 Substituído: 1.7 1/18 Tipos ABZFR-S...-DIN e ABZFR-S...-SAE Tamanhos a 1 Série 1X Pressão

Leia mais

Automação Hidráulica

Automação Hidráulica Automação Hidráulica Definição de Sistema hidráulico Conjunto de elementos físicos associados que, utilizando um fluido como meio de transferência de energia, permite a transmissão e o controle de força

Leia mais

H1V 019-100-R00 MANUAL DE INSTALAÇÃO 1/15

H1V 019-100-R00 MANUAL DE INSTALAÇÃO 1/15 019100R00 H1V MANUAL DE INSTALAÇÃO 1 FLUIDOS E FILTRAGEM 1.1 TIPOS DE FLUIDOS A tabela abaixo mostra as principais categorias de fluido hidráulico como estabelecido pela norma ISO 67434. Em condições operacionais

Leia mais

BOMBA DE ENGRENAGENS EXTERNAS FBE

BOMBA DE ENGRENAGENS EXTERNAS FBE MANUAL TÉCNICO Série: FBE Aplicação Desenvolvida para trabalhar com fluidos viscosos, em inúmeras aplicações, tais como indústrias químicas, petroquímicas, papel, polpa, siderúrgica, mineração, alimentícia,

Leia mais

Filtro de linha RFLD comutável em execução de fundição

Filtro de linha RFLD comutável em execução de fundição Filtro de linha comutável em execução de fundição até 2500 l/min, até 64 bar 111 241 261 331 501 661 851 951 1301 1321 2701 1. DESCRIÇÃO TÉCNICA 1.1 CARCAÇA DE FILTRO Construção As carcaças de filtro são

Leia mais

Megabloc Manual Técnico

Megabloc Manual Técnico Bomba Padronizada Monobloco Manual Técnico Ficha técnica Manual Técnico Todos os direitos reservados. Os conteúdos não podem ser divulgados, reproduzidos, editados nem transmitidos a terceiros sem autorização

Leia mais

For Smooth Operations. o ESSENCIAL das bombas de tambor operados com ar comprimido Série AXFP: Tipo S e MAXI

For Smooth Operations. o ESSENCIAL das bombas de tambor operados com ar comprimido Série AXFP: Tipo S e MAXI For Smooth Operations o ESSENCIAL das bombas de tambor operados com ar comprimido Série AXFP: Tipo S e MAXI Série AXFP: o essencial da alimentação da Graxa Em primeiro lugar, todos os sistemas de lubrificação

Leia mais

PRODUTOS E SERVIÇOS EM FORÇA E ENERGIA

PRODUTOS E SERVIÇOS EM FORÇA E ENERGIA PRODUTOS E SERVIÇOS EM FORÇA E ENERGIA CATÁLOGO DE PEÇAS GASOLINA GERADORES MOTORES Esse catálogo compreende motores e geradores com funcionamento T (gasolina). ÍNDICE BLOCO MOTOR E COMPONENTES... 0 CABEÇOTE

Leia mais

GERADORES DE EMERGÊNCIA ACCIONADOS POR MOTORES DE COMBUSTÃO

GERADORES DE EMERGÊNCIA ACCIONADOS POR MOTORES DE COMBUSTÃO República de Angola Ministério da Energia e Águas GERADORES DE EMERGÊNCIA ACCIONADOS POR MOTORES DE COMBUSTÃO Emissão: MINEA/DNEE Dezembro 2010 Av. Cónego Manuel das Neves, 234 1º - Luanda ÍNDICE 1 OBJECTIVO...

Leia mais

Caixa de passagem Ex e / Ex tb

Caixa de passagem Ex e / Ex tb Tomadas/Plugs Painéis Caixa de passagem Ex e / Ex tb Segurança aumentada, tempo e jatos potentes d água. Características Construtivas Caixa de passagem e ligação fabricada em liga de alumínio fundido copper

Leia mais

Válvulas de expansão termostática tipos T, TE e PHT

Válvulas de expansão termostática tipos T, TE e PHT Válvulas expansão termostática tipos T, TE e PHT Introdução As s expansão termostáticas regulam a injeção líquido refrigerante nos evaporadores. A injeção é controlada em função do superaquecimento do

Leia mais

Clube Automovel de Lousada REGULAMENTO TÉCNICO. II Edição TROFÉU DE RESISTENCIAS CLUBE AUTOMOVEL DE LOUSADA

Clube Automovel de Lousada REGULAMENTO TÉCNICO. II Edição TROFÉU DE RESISTENCIAS CLUBE AUTOMOVEL DE LOUSADA Clube Automovel de Lousada REGULAMENTO TÉCNICO II Edição TROFÉU DE RESISTENCIAS CLUBE AUTOMOVEL DE LOUSADA Aprovado em 18/02/2015 1 Os concorrentes, que pretendam, participar nas provas do Troféu de resistência

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. CERON PREGÃO MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA ANEXO XIII DO EDITAL

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S.A. CERON PREGÃO MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA ANEXO XIII DO EDITAL Eletrobrás MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA ANEXO XIII DO EDITAL Anexo XIII do Pregão Eletrônico n 029/2009 Página 1 de 11 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA TRANSFORMADORES DE CORRENTE AUXILIARES 0,6 KV USO INTERIOR

Leia mais

INTRODUÇÃO NOTAS. www.imbil.com.br 3

INTRODUÇÃO NOTAS. www.imbil.com.br 3 www.imbil.com.br 1 www.imbil.com.br 2 INTRODUÇÃO Neste catálogo estão descritos todos os modelos de bombas da linha INI-K e INI-O de nossa fabricação. Nele constam informações técnicas de construção, e

Leia mais

Iniciar. Antes de utilizar o comando à distância. Instalação. Efectuar a ligação a uma fonte de vídeo. Efectuar a ligação a um computador

Iniciar. Antes de utilizar o comando à distância. Instalação. Efectuar a ligação a uma fonte de vídeo. Efectuar a ligação a um computador Iniciar 1 Antes de utilizar o comando à distância Inserir as pilhas Período de substituição das pilhas e Utilizar o comando à distância Alcance de funcionamento do comando à distância 2 Instalação Tamanho

Leia mais

Unidades Hidráulicas Modular Tipo ABDT

Unidades Hidráulicas Modular Tipo ABDT Unidades Hidráulicas Modular Tipo ABDT R979037122/12.13 Série 1x Tamanhos Nominais de reservatórios: 100; 160; 250; 400 litros em aço carbono. Pressão máxima de trabalho até 250 bar Vazão até 124 L/min.

Leia mais

Lubrificador de alimentação automática. ALF400 a 900. 0.1 a 0.6MPa. 1G(9.81m/seg ) ou menos 2 : 650 0.85 0.88 1 1.15 1.85 1.9 12.6 13.2 26.0 26.

Lubrificador de alimentação automática. ALF400 a 900. 0.1 a 0.6MPa. 1G(9.81m/seg ) ou menos 2 : 650 0.85 0.88 1 1.15 1.85 1.9 12.6 13.2 26.0 26. Lubrificador de alimentação automática ALF00 a 0 Características standard Lubrificador de alimentação automática Reservatório de alimentação automática ALF00 ALF00-06 ALF500 ALF600 ALF00 ALF0 ALT-5 ALT-5-IS-

Leia mais

Manual das Biseladoras Externas ISD/ ISF/ SKD/ HYD

Manual das Biseladoras Externas ISD/ ISF/ SKD/ HYD Manual das Biseladoras Externas ISD/ ISF/ SKD/ HYD Antes de iniciar qualquer manutenção ou operação mantenha o equipamento desligado das fontes de energia, retire os bits da máquina, em seguida meça o

Leia mais

Pressostato Eletrohidráulico

Pressostato Eletrohidráulico Pressostato Eletrohidráulico RP 5006/0.06 Substitui: 0.06 /8 ipo HED 8 Série X Pressão máx. de operação 60 bar DINEN 6058- : 99-05 IEC 6097- : 999-0 / revisão : 000-08 / alteração : 00-0 IEC 6097-5- :

Leia mais

Placas de Cobertura Tamanho Nominal 6 a 32 padronizadas no Brasil

Placas de Cobertura Tamanho Nominal 6 a 32 padronizadas no Brasil Placas de Cobertura Tamanho Nominal 6 a 32 padronizadas no Brasil RP 48 064/04.05 Substitui: 04.02 Configuração dos furos conforme DIN 24 340 forma A, ISO 4401 e CETOP-RP 121 H Características: - Funções

Leia mais

INBI INOVADOR ROLO FLEXIVEL PARA A SUA TELA TRANSPORTADORA

INBI INOVADOR ROLO FLEXIVEL PARA A SUA TELA TRANSPORTADORA INBI INOVADOR ROLO FLEXIVEL PARA A SUA TELA TRANSPORTADORA Sede Porto Rua Antonio Silva Marinho, 66 100-063 Porto Portugal Email: vendasporto@juncor.pt Telefone: +31 6 197 360 Fax: +31 6 197 361 (Abertos

Leia mais

Qualidade e robustez aparente. Desde 1956 Movimentando Qualidade.

Qualidade e robustez aparente. Desde 1956 Movimentando Qualidade. Qualidade e robustez aparente. Desde 1956 Movimentando Qualidade. Fundada em 1956, a ZELOSO acompanhou o aumento da industrialização do país, com equipamentos hidráulicos para movimentação e força, desenvolvendo

Leia mais

Bipartida Axialmente

Bipartida Axialmente Linha BP BI-PARTIDA ROTOR DE DUPLA SUCÇÃO Bipartida Axialmente Soluções em Bombeamento INTRODUÇÃO Neste catálogo estão descritos todos os modelos de bombas da linha BP de nossa fabricação. Nele constam

Leia mais

SUMIG EQUIPAMENTOS EXTRATORES DE FUMOS INDUSTRIAIS. Modelos Móveis e Estacionários

SUMIG EQUIPAMENTOS EXTRATORES DE FUMOS INDUSTRIAIS. Modelos Móveis e Estacionários SUMIG EQUIPAMENTOS EXTRATORES DE FUMOS INDUSTRIAIS s Móveis e Estacionários EXTRATORES DE FUMOS MÓVEIS CLEANING DF O equipamento CLEANING DF é ideal para aspiração e filtragem de fumos de soldagem, poeira

Leia mais

Varycontrol Caixas VAV

Varycontrol Caixas VAV 5/1/P/3 Varycontrol Caixas VAV Para Sistemas de Volume Variável Séries TVZ, TVA TROX DO BRASIL LTDA. Rua Alvarenga, 2025 05509-005 São Paulo SP Fone: (11) 3037-3900 Fax: (11) 3037-3910 E-mail: trox@troxbrasil.com.br

Leia mais

Posição Quantid. Descrição Preço Unit.

Posição Quantid. Descrição Preço Unit. Posição Quantid. Descrição Preço Unit. 1 MAGNA 32-12 Preço a pedido Nota! Imagem do produto pode diferir do prod. real Código: 96513625 A bomba dispõe de um rotor encamisado, ou seja, a bomba e o motor

Leia mais

Série 240 Válvula de Controlo Pneumático Tipo 3241-1 DWA, -7 DWA, -9 DWA Válvula de Globo Tipo 3241 DWA

Série 240 Válvula de Controlo Pneumático Tipo 3241-1 DWA, -7 DWA, -9 DWA Válvula de Globo Tipo 3241 DWA Série 240 Válvula de Controlo Pneumático Tipo 3241-1 DWA, -7 DWA, -9 DWA Válvula de Globo Tipo 3241 DWA Versão ANSI Aplicação Válvula de controlo para instalações PSA (Adsorção por Variação de Pressão)

Leia mais

Manual de Operação 1

Manual de Operação 1 1 Índice Ambiente operacional...03 Instalação...03 Precauções na instalação...04 Utilizando o controle da Cortina de Ar...05 Dados técnicos...06 Manutenção...06 Termo de garantia...07 2 As cortinas de

Leia mais

LINHA FIXA SOLDÁVEL 01 - IRR. * NBR 14654 somente para estes modelos. * Incluir engate metálico. 20* 25* 32* 35 40*

LINHA FIXA SOLDÁVEL 01 - IRR. * NBR 14654 somente para estes modelos. * Incluir engate metálico. 20* 25* 32* 35 40* LINHA FIXA SOLDÁVEL * NBR 14654 somente para estes modelos. TUBO PVC IRRIGAÇÃO PB PN-60 NBR 14654 TUBO PVC IRRIGAÇÃO PB PN-40 NBR 14312 30 3024 * * * 31 33 36 0 30 03 40* 37 1 1 3004 3008 0 1 1 3021 30

Leia mais

Segurança, Qualidade e Inovação para as suas necessidades:

Segurança, Qualidade e Inovação para as suas necessidades: Plataformas Monta-Cargas Monta-Pratos Acessibilidades Segurança, Qualidade e Inovação para as suas necessidades: AFMO PO Capacidade: 100 kg a 10.000 kg. Velocidade: até 0,30 m/s. Curso Máximo: até 12 metros.

Leia mais

Cilindro de bielas de pistão Cilindro de guia Série GPC. Catálogo impresso

Cilindro de bielas de pistão Cilindro de guia Série GPC. Catálogo impresso Cilindro de bielas de Cilindro de guia Série GPC Catálogo impresso 2 Cilindro de bielas de Cilindro de guia Série GPC Cilindro de guia, Série GPC-BV Ø 10-100 mm com efeito duplo mancal liso mortecimento:

Leia mais

Comandos de Eletropneumática Exercícios Comentados para Elaboração, Montagem e Ensaios

Comandos de Eletropneumática Exercícios Comentados para Elaboração, Montagem e Ensaios Comandos de Eletropneumática Exercícios Comentados para Elaboração, Montagem e Ensaios O Método Intuitivo de elaboração de circuitos: As técnicas de elaboração de circuitos eletropneumáticos fazem parte

Leia mais

VENTILADORES LIMIT LOAD

VENTILADORES LIMIT LOAD VENTILADORES LIMIT LOAD UM A M ARC A DO GRUPO ESPIRODUTOS DESCRIÇÃO E NOMENCLATURA VENTILADORES LIMIT LOAD Diâmetro Fabricação Aspiração Rotor Empresa Ex: ELSC 560 Diâmetro da seleção Tipo de Fabricação

Leia mais

CENTROS DE USINAGEM VERTICAL

CENTROS DE USINAGEM VERTICAL CENTROS DE USINAGEM VERTICAL Desenho construtivo das máquinas para oferecer Alta Rigidez, Alta Velocidade e Alta Precisão A estrutura da máquina é basicamente em ferro fundido MEEHANITE, estabilizado e

Leia mais

AIR CLEAN. Manual de Instalação. 1 - MODELOS: MOD 200-EX e MOD 400-EX MOD 200-FX e MOD 400-FX MOD 200-GX e MOD 400-GX MOD 200-HX e MOD 400-HX

AIR CLEAN. Manual de Instalação. 1 - MODELOS: MOD 200-EX e MOD 400-EX MOD 200-FX e MOD 400-FX MOD 200-GX e MOD 400-GX MOD 200-HX e MOD 400-HX 1 - MODELOS: MOD 200-EX e MOD 400-EX MOD 200-FX e MOD 400-FX MOD 200-GX e MOD 400-GX MOD 200-HX e MOD 400-HX 2 - DESCRIÇÕES GERAIS: AIR CLEAN é um equipamento desenvolvido para efetuar a redução de névoa

Leia mais

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Redutores industriais DRIVESYSTEMS. Sistema modular para maior flexibilidade

Intelligent Drivesystems, Worldwide Services. Redutores industriais DRIVESYSTEMS. Sistema modular para maior flexibilidade Intelligent Drivesystems, Worldwide Services BR PT Sistema modular para maior flexibilidade NORD Intelligent Drivesystems, Worldwide Services As vantagens dos redutores industriais NORD n Maior precisão

Leia mais

FS230 FS210. 30.15xx. Envolvedora Semi - Automática com joystick. Envolvedora Semi-Automática com múltiplos programas de envolvimento.

FS230 FS210. 30.15xx. Envolvedora Semi - Automática com joystick. Envolvedora Semi-Automática com múltiplos programas de envolvimento. Envolvedoras FS210 Envolvedora Semi - Automática com joystick. 1.650mm 1.100 x 1.200mm 2.000mm/ 2.500mm 400V 50/60Hz Versão Standard FS210 Travão mecânico para o filme Versão Joystick Opcionais FS210 estrutura

Leia mais

Motor de Palhetas de Alto Torque Série 37 Folha de Dados Técnicos

Motor de Palhetas de Alto Torque Série 37 Folha de Dados Técnicos Motor de Palhetas de Alto Torque Série 37 Folha de Dados Técnicos RP 10550 Edição: 2012-10 Pressão de funcionamento máximo: 3000 psi (207 bar) Código 61 4500 psi (310 bar) Código 62 Características Seis

Leia mais

8 Informação Importante, Tabelas e Dimensionais

8 Informação Importante, Tabelas e Dimensionais Possíveis combinações.1 Possíveis combinações Estrutura das tabelas Estas tabelas mostram as possíveis combinações dos redutores e motores (freio) CA. Os dados a seguir são indicados para cada combinação,

Leia mais

MATÉRIA TÉCNICA APTTA BRASIL

MATÉRIA TÉCNICA APTTA BRASIL MATÉRIA TÉCNICA APTTA BRASIL TRANSMISSÕES FORD 6F50 e GM 6T70 - PARECIDAS PORÉM DIFERENTES As transmissões 6F50 e 6T70 foram desenvolvidas por um esforço conjunto entre FORD e General Motors. Devido ao

Leia mais

Especificação Técnica. Fresadora a frio W 35 DC

Especificação Técnica. Fresadora a frio W 35 DC Especificação Técnica Fresadora a frio W 35 DC Especificação Técnica Fresadora a frio W 35 DC Largura de fresagem máx. Profundidade de fresagem * 1 350 mm (opcionalmente 500 mm) 0 110 mm Tambor fresador

Leia mais

Bomba como bomba de água potável altamente eficiente. Calio-Therm S. Folheto do modelo

Bomba como bomba de água potável altamente eficiente. Calio-Therm S. Folheto do modelo Bomba como bomba de água potável altamente eficiente Calio-Therm S Folheto do modelo Ficha técnica Folheto do modelo Calio-Therm S Todos os direitos reservados. Os conteúdos aqui disponibilizados não podem

Leia mais

Apresentação dos Requisitos Do Edital Inmetro nº 01/2011

Apresentação dos Requisitos Do Edital Inmetro nº 01/2011 Apresentação dos Requisitos Do Edital Inmetro nº 01/2011 Anexo B Especificações do simulador Eduardo Lopes Pesquisador-Tecnologista em Metrologia e Qualidade Objetivos Apresentar o simulador de pista com

Leia mais

Redutores manuais de engrenagens e assessórios para válvulas automáticas

Redutores manuais de engrenagens e assessórios para válvulas automáticas FLOW CONTROL DynaTorque Redutores manuais de engrenagens e assessórios para válvulas automáticas Em 2008 a Cameron ampliou sua linha de acessórios para redutores manuais e válvulas automáticas com a DYNATORQUE

Leia mais

Gama VIT. Gama de caldeiras de chão, em ferro fundido, mistas e de só aquecimento

Gama VIT. Gama de caldeiras de chão, em ferro fundido, mistas e de só aquecimento Gama VIT Gama de caldeiras de chão, em ferro fundido, mistas e de só aquecimento Design inovador para gás Caldeira VK Painel de comandos com display digital Economia e eficiência As novas caldeiras digitais

Leia mais

ITEM SERVIÇOS UNID. QUANT.

ITEM SERVIÇOS UNID. QUANT. 01 PARTE I 01.01 IMPLANTAÇÃO DO CANTEIRO 01.02 LOCAÇÕES 01.02.00.00.001 ALUGUEL DE CONTAINER PARA DEPÓSITO / ALMOXARIFADO / GUARDA DE EQUIPAMENTOS MES 3,000 01.02.00.00.002 ALUGUEL DE CONTAINER PARA ESCRITÓRIO

Leia mais

PERMUTADOR DE PLACAS TP3

PERMUTADOR DE PLACAS TP3 PERMUTADOR DE PLACAS TP3 LABORATÓRIOS DE ENGENHARIA QUÍMICA I (2009/2010 1. Objectivos Determinação de coeficientes globais de transferência de calor num permutador de calor de placas. Cálculo da eficiência

Leia mais

Vistas Explodidas. Jan.2010. Lavorwash Brasil Departamento Técnico SAL 0800 770 2715. Modelo: Lavadora Residencial Gt Plus AS.S.S.

Vistas Explodidas. Jan.2010. Lavorwash Brasil Departamento Técnico SAL 0800 770 2715. Modelo: Lavadora Residencial Gt Plus AS.S.S. Vistas Explodidas Jan.2010 Modelo: Lavadora Residencial Gt Plus AS.S.S.ss 1 4.008.0591 1 ALÇA PORTA ACESSÓRIOS 2 4.008.0693 1 BASE PORTA ACESSÓRIOS 3 B3.002.0002 2 PARAFUSO 4,0 X 25 ZINCADO PHILIPS 4 B3.002.0011

Leia mais

Blocos de segurança para Prensas tipo N e P

Blocos de segurança para Prensas tipo N e P 1 Blocos de segurança para Prensas tipo N e P Conteúdo Introdução Referências normativas Bloco tipo N Bloco tipo P Considerações finais 2 Introdução Prensas hidráulicas são máquinas responsáveis pela conformação,

Leia mais

DESOBSTRUIDOR DE SILOS, TREMONHAS, CICLONES, DUTOS, CAÇAMBAS DE CAMINHÕES...

DESOBSTRUIDOR DE SILOS, TREMONHAS, CICLONES, DUTOS, CAÇAMBAS DE CAMINHÕES... INDÚSTRIA E COMERCIO LTDA. 25 ANOS DESOBSTRUIDOR DE SILOS, TREMONHAS, CICLONES, DUTOS, CAÇAMBAS DE CAMINHÕES... VANTAGENS EM RELAÇÃO AOS MÉTODOS TRADICIONAIS Produção contínua Redução de custos operacionais

Leia mais

Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO. Série GXG-S Série GSG-S

Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO. Série GXG-S Série GSG-S Gás refrigerante amigável a camada de ozônio HFC134a Chiller Centrífugo Hitachi NOVO Série GXG-S Série GSG-S Chiller Centrífugo Novas Séries GXG-S e GSG-S A nova série de Chiller Centrífugo de Alta Eficiência

Leia mais

Válvula Globo de Assento Inclinado 2/2-vias para produtos até +180 C

Válvula Globo de Assento Inclinado 2/2-vias para produtos até +180 C Válvula Globo de Assento Inclinado /-vias para produtos até +1 C O Tipo pode ser combinado com... Altos níveis de vazão Amplo ciclo de vida útil Programa de opção modular universal até os cabeçotes de

Leia mais

RD45 Rolos compactadores tandem. Potentes e versáteis

RD45 Rolos compactadores tandem. Potentes e versáteis RD45 Rolos compactadores tandem Potentes e versáteis Os rolos compactadores da série RD45 são rolos tandem articulados que também estão disponíveis com um cilindro oscilatório ou na forma de rolo combinado.

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/50 - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 120 psig

CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/50 - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 120 psig SCHULZ: INÍCIO DE FABRICAÇÃO - ABRIL/005 CATÁLOGO TÉCNICO COMPRESSOR - MSV 6/ - DENTAL SPLIT - 1 ESTÁGIO - 10 psig CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS ISENTO DE ÓLEO L C DESLOCAMENTO TEÓRICO pés /min PRESSÃO MÁX.

Leia mais

Simplicidade aliada à competência

Simplicidade aliada à competência Simplicidade aliada à competência Operação simples, fácil instalação e baixo custo SINAMICS G110 Answers for industry. 1 SINAMICS G110 Simples instalação e fácil comissionamento Compacto por fora... Fácil

Leia mais

Série A válvulas normalmente fechadas ou abertas desde 3/8" até 3"

Série A válvulas normalmente fechadas ou abertas desde 3/8 até 3 Série A válvulas normalmente fechadas ou abertas desde /8" até " Aplicação: água, água quente e vapor Ligações G Orifício mm kv Factores caudal m /h Qmax Mín. Pressão diferencial admissível (bar) DC Máximo

Leia mais

Instruções de segurança para os comandos WAREMA

Instruções de segurança para os comandos WAREMA Instruções de segurança para os comandos WAREMA Válido a partir de 01 Outubro de 2015 2014280_0 pt Instruções de segurança para os comandos WAREMA 1 Informações básicas Este documento é uma coleção importante

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Engenharia Civil Departamento de Estruturas. Elementos estruturais. Prof. MSc. Luiz Carlos de Almeida

Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Engenharia Civil Departamento de Estruturas. Elementos estruturais. Prof. MSc. Luiz Carlos de Almeida Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Engenharia Civil Departamento de Estruturas Elementos estruturais Notas de aula da disciplina AU405 Concreto Prof. MSc. Luiz Carlos de Almeida Agosto/2006

Leia mais

Filtro de retorno-sucção RKM

Filtro de retorno-sucção RKM Filtro de retorno-sucção até 800 l/min, até 10 bar 80 100 120 151 201 251 201/-TH 300 350 400 800 1. DESCRIÇÃO TÉCNICA 1.1 CARCAÇA DE FILTRO Construção As carcaças de filtro são dimensionadas de acordo

Leia mais

Sistemas de válvula Sistemas de válvulas conforme norma ISO 5599-1, tamanho 3, série 581. Catálogo impresso

Sistemas de válvula Sistemas de válvulas conforme norma ISO 5599-1, tamanho 3, série 581. Catálogo impresso ISO 5599-1, tamanho 3, série 581 Catálogo impresso 2 ISO 5599-1, tamanho 3, série 581 Acionamento elétrico Sistema de válvulas, Série 581, tamanho 3 Qn = 4100 l/min Largura da válvula piloto: 22 mm conexão

Leia mais

ASPECTOS CONSTRUTIVOS DE ROBÔS

ASPECTOS CONSTRUTIVOS DE ROBÔS ASPECTOS CONSTRUTIVOS DE ROBÔS Tipos de robôs Classificação de robôs Definições importantes: O arranjo das hastes e juntas em um braço manipulador tem um importante efeito nos graus de liberdade da ferramenta

Leia mais

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento

HYDAC KineSys Sistemas de acionamento HYDAC KineSys Sistemas de acionamento Veículos de manuseio de materiais Usinas termelétricas Máquinas injetoras de plástico Seu parceiro profissional para soluções de acionamento Todas as condições para

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO

CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO CONTRATO DE COMPRA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MICROPRODUÇÃO Entre, residente em com o número de contribuinte, adiante designado(a) abreviadamente por Produtor; e EDP Serviço Universal, S.A., com sede

Leia mais

Bomba Submersível para Instalação em Poço Úmido. 1. Aplicação. 3. Denominação. 2. Descrição Geral. 4. Dados de Operação. Linha : Submersível

Bomba Submersível para Instalação em Poço Úmido. 1. Aplicação. 3. Denominação. 2. Descrição Geral. 4. Dados de Operação. Linha : Submersível Folheto Descritivo A2750.1P/1 KSB KRT DRAINER Bomba Submersível para Instalação em Poço Úmido Linha : Submersível 1. Aplicação A bomba submersível KRT DRAINER é recomendada para aplicação em drenagem de

Leia mais

Manual de Instalação e Manutenção. Torniquete Hexa. revisão: 6 data de atualização:16/01/09

Manual de Instalação e Manutenção. Torniquete Hexa. revisão: 6 data de atualização:16/01/09 Manual de Instalação e Manutenção Torniquete Hexa revisão: 6 data de atualização:16/01/09 Índice 1 - Apresentação pg.03 2 - Dimensões principais e vão livre para manutenção pg.04 3.1. Identificação dos

Leia mais

Geradoras de Vácuo Série WACV

Geradoras de Vácuo Série WACV Válvulas Geradoras de Vácuo (Alto vácuo / sem interruptor) As geradoras de vácuo da série WACV são elementos utilizados para se obter vácuo utilizando-se apenas o ar comprimido como fluido motor. As geradoras

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA POLITÉCNICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA QUÍMICA ENG 008 Fenômenos de Transporte I A Profª Fátima Lopes

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA POLITÉCNICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA QUÍMICA ENG 008 Fenômenos de Transporte I A Profª Fátima Lopes Equações básicas Uma análise de qualquer problema em Mecânica dos Fluidos, necessariamente se inicia, quer diretamente ou indiretamente, com a definição das leis básicas que governam o movimento do fluido.

Leia mais

Válvula de Pré-Ação Modelo: 400-NAC-VGPA Double Interlock

Válvula de Pré-Ação Modelo: 400-NAC-VGPA Double Interlock Válvula de Pré-Ação Modelo: 400-NAC-VGPA Double Interlock Terminologia: Non-Interlock - Utiliza uma válvula de canalização seca e um sistema de detecção pneumático ou elétrico suplementar. A válvula pode

Leia mais

People. Passion. Performance. Rompedores Hidráulicos Embarcados RX para os trabalhos mais difíceis

People. Passion. Performance. Rompedores Hidráulicos Embarcados RX para os trabalhos mais difíceis People. Passion. Performance. Rompedores Hidráulicos Embarcados RX para os trabalhos mais difíceis OS ROMPEDORES HIDRÁULICOS E M B A R C A D O S CHICAGO SÃO CONFIÁVEIS, ROBUSTOS E CONSTRUÍDOS PARA DURAR.

Leia mais

FUNCIONAMENTO DO SISTEMA COMMON RAIL DE INJEÇÃO ELETRÔNICA DIESEL

FUNCIONAMENTO DO SISTEMA COMMON RAIL DE INJEÇÃO ELETRÔNICA DIESEL FUNCIONAMENTO DO SISTEMA COMMON RAIL DE INJEÇÃO ELETRÔNICA DIESEL O sistema Common Rail de injeção eletrônica Diesel é um dos mais modernos e flexíveis sistemas de injeção existentes no mercado, preenchendo

Leia mais

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation

Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Instruções para Implementadores Volvo Truck Corporation Características Construtivas Tomada de Força VM Contents Generalidades, página 2 Tomada de força montada na caixa de mudanças, página 2 Tomada de

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras MEMORIAL DESCRITIVO Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Campus Pato Branco Departamento de Projetos e Obras PR UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ MEMORIAL DESCRITIVO EXECUÇÃO DE ADEQUAÇÃO

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MILIOHMÍMETRO MODELO MO-1200

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MILIOHMÍMETRO MODELO MO-1200 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MILIOHMÍMETRO MODELO MO-1200 julho 2009 Leia cuidadosamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do medidor ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. REGRAS DE SEGURANÇA...

Leia mais