NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014"

Transcrição

1 NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014 A divulgação anual das estimativas da população residente nos municípios brasileiros obedece à lei complementar nº 59, de 22 de dezembro de 1988, e ao artigo 102 da lei nº 8.443, de 16 de julho de As estimativas populacionais municipais são fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos nos períodos intercensitários e um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União para no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios. Segundo as estimativas de população, com data de referência em 1º de julho de 2014, o Brasil conta com 202,7 milhões de habitantes distribuídos pelos municípios que compõem as 27 Unidades da Federação. Os 3 (três) estados mais populosos localizam-se na Região Sudeste enquanto que os 3 (três) estados menos populosos localizam-se na Região Norte. O estado de São Paulo é o mais populoso com 44,0 milhões de habitantes e representando 21,7% da população total do país, seguido de Minas Gerais com 20,7 milhões de habitantes (10,2% da população total) e Rio de Janeiro com 16,5 milhões de habitantes (8,1% da população total). O estado de Roraima é o menos populoso com 496,9 mil habitantes (0,2% da população total), seguido do Amapá com 750,9 mil habitantes (0,4% da população total) e Acre com 790,1 mil habitantes (0,4% da população total). A POPULAÇÃO DAS UF S EM 2014 ORDEM UF POPULAÇÃO 2014 % ORDEM UF POPULAÇÃO º SP ,7% 15º AM ,9% 2º MG ,2% 16º RN ,7% 3º RJ ,1% 17º AL ,6% 4º BA ,5% 18º MT ,6% 5º RS ,5% 19º PI ,6% 6º PR ,5% 20º DF ,4% 7º PE ,6% 21º MS ,3% 8º CE ,4% 22º SE ,1% 9º PA ,0% 23º RO ,9% 10º MA ,4% 24º TO ,7% 11º SC ,3% 25º AC ,4% 12º GO ,2% 26º AP ,4% 13º PB ,9% 27º RR ,2% 14º ES ,9% TOTAL ,0% Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE,. % 1

2 OS MUNICÍPIOS MAIS POPULOSOS O município de São Paulo continua sendo o mais populoso, com 11,9 milhões de habitantes, seguido pelo Rio de Janeiro (6,5 milhões de habitantes), Salvador (2,9 milhões de habitantes), Brasília (2,9 milhões de habitantes) e Fortaleza (2,6 milhões de habitantes). Estes 25 municípios mais populosos somam 51,0 milhões de habitantes em 2014, representando 25,2% da população total do Brasil. OS 25 MUNICÍPIOS MAIS POPULOSOS ORDEM UF MUNICÍPIO POPULAÇÃO º SP São Paulo º RJ Rio de Janeiro º BA Salvador º DF Brasília º CE Fortaleza º MG Belo Horizonte º AM Manaus º PR Curitiba º PE Recife º RS Porto Alegre º PA Belém º GO Goiânia º SP Guarulhos º SP Campinas º MA São Luís º RJ São Gonçalo º AL Maceió º RJ Duque de Caxias º RN Natal º MS Campo Grande º PI Teresina º SP São Bernardo do Campo º RJ Nova Iguaçu º PB João Pessoa º SP Santo André TOTAL 25 MAIORES TOTAL BRASIL % TOTAL BRASIL 25,2% Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE,. 2

3 Excluindo-se as capitais, 6 (seis) municípios de São Paulo e 3 (três) Municípios do Rio de Janeiro classificam-se nas 9 primeiras posições. São eles: Guarulhos (1,3 milhão de habitantes), Campinas (1,2 milhão de habitantes), São Gonçalo, 1,0 milhão de habitantes, Duque de Caxias (878,4 mil habitantes), São Bernardo do Campo (811,5 mil habitantes), Nova Iguaçu (806,2 mil habitantes), Santo André (707,6 mil habitantes), Osasco (693,3 mil habitantes) e São José dos Campos (681,0 mil habitantes). Estes 25 municípios mais populosos, excetuando-se as capitais, somam 17,0 milhões de habitantes, representando 8,4% do total da população do Brasil em OS 25 MUNICÍPIOS MAIS POPULOSOS EXCETO CAPITAIS ORDEM UF NOME DO MUNICÍPIO POPULAÇÃO º SP Guarulhos º SP Campinas º RJ São Gonçalo º RJ Duque de Caxias º SP São Bernardo do Campo º RJ Nova Iguaçu º SP Santo André º SP Osasco º SP São José dos Campos º PE Jaboatão dos Guararapes º SP Ribeirão Preto º MG Uberlândia º MG Contagem º SP Sorocaba º BA Feira de Santana º SC Joinville º MG Juiz de Fora º PR Londrina º GO Aparecida de Goiânia º PA Ananindeua º RJ Niterói º RJ Campos dos Goytacazes º RJ Belford Roxo º ES Serra º RS Caxias do Sul TOTAL 25 MAIORES TOTAL BRASIL % TOTAL BRASIL 8,4% Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE,. 3

4 O conjunto das 27 Capitais totaliza 48,3 milhões de habitantes, representando em 2014, 23,8% da população total do País. Esta participação vem mantendo uma estabilidade, uma vez que, em 2000, a participação da população residente nas capitais brasileiras (inclusive a Capital Federal) no total população do Brasil também era de 23,8%. Isto é uma evidência de que o dinamismo populacional do Brasil está seguindo novas rotas, particularmente rumo ao interior do país e se manifestando nos municípios de porte médio, como pode ser observado no gráfico 1 que segue. Contudo, ainda persiste uma acentuada concentração de população em um número reduzido de Municípios, conforme ilustrado no gráfico 2. POPULAÇÃO DAS CAPITAIS ORDEM UF NOME DO MUNICÍPIO POPULAÇÃO º SP São Paulo º RJ Rio de Janeiro º BA Salvador º DF Brasília º CE Fortaleza º MG Belo Horizonte º AM Manaus º PR Curitiba º PE Recife º RS Porto Alegre º PA Belém º GO Goiânia º MA São Luís º AL Maceió º RN Natal º MS Campo Grande º PI Teresina º PB João Pessoa º SE Aracaju º MT Cuiabá º RO Porto Velho º SC Florianópolis º AP Macapá º AC Rio Branco º ES Vitória º RR Boa Vista º TO Palmas TOTAL CAPITAIS TOTAL BRASIL % TOTAL BRASIL 23,81% Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE,. 4

5 Gráfico 1 Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE,. As maiores taxas geométricas de crescimento da população verificadas entre 2013 e 2014 estão nos municípios de médio porte (que possuem entre 100 mil e 500 mil habitantes em 2014). Esses municípios em geral são importantes centros regionais em seus estados ou integrantes das principais regiões metropolitanas do país, e se configuram como áreas de atratividade migratória. O crescimento nos maiores municípios, por outro lado, é menos acentuado, sendo inclusive menor que a média nacional. Essa tendência é influenciada, sobretudo, pelo ritmo lento de crescimento de algumas das principais capitais do País, e principais núcleos metropolitanos, como o caso de Porto Alegre, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Belém, Recife e São Paulo. Atualmente, as taxas de crescimento dessas capitais se encontram abaixo da média nacional. Já os pequenos municípios brasileiros são aqueles que, em média, apresentam as menores taxas de crescimento populacional entre os anos de 2013 e O baixo crescimento, ou até decréscimo em muitos casos, pode ser explicado pelo componente migratório, influenciado por seu baixo dinamismo econômico. 5

6 Gráfico 2 Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE,. 6

7 AS REGIÕES METROPOLITANAS Considerando a composição das Regiões Metropolitanas de 2010, a RM de São Paulo é a mais populosa, com 20,9 milhões de habitantes, seguido da RM do Rio de Janeiro (11,9 milhões de habitantes), da RM de Belo Horizonte (5,8 milhões de habitantes), da RM de Porto Alegre (4,2 milhões de habitantes) e da Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE) do Distrito Federal e Entorno (4,1 milhões de habitantes). As 25 regiões metropolitanas mais populosas somam 87,0 milhões de habitantes, representando 42,9% da população total. ORDEM POPULAÇÃO DAS REGIÕES METROPOLITANAS REGIÃO METROPOLITANA (Composição vigente em 2010) POPULAÇÃO 2014 % POPULAÇÃO TOTAL 1º RM SÃO PAULO ,32% 2º RM RIO DE JANEIRO ,91% 3º RM BELO HORIZONTE ,84% 4º RM PORTO ALEGRE ,05% 5º RIDE DF E ENTORNO ,03% 6º RM SALVADOR ,93% 7º RM RECIFE ,92% 8º RM FORTALEZA ,88% 9º RM CURITIBA ,68% 10º RM CAMPINAS ,50% 11º RM MANAUS ,22% 12º RM GOIÂNIA ,13% 13º RM BELÉM ,05% 14º RM GRANDE VITÓRIA ,93% 15º RM BAIXADA SANTISTA ,88% 16º RM NATAL ,72% 17º RM GRANDE SÃO LUÍS ,69% 18º RM MACEIÓ ,61% 19º RM JOÃO PESSOA ,59% 20º RM NO/NE CATARINENSE ,59% 21º RIDE TERESINA ,58% 22º RM FLORIANÓPOLIS ,55% 23º RM ARACAJU ,45% 24º RM VALE DO RIO CUIABÁ ,43% 25º RM LONDRINA ,40% TOTAL 25 MAIORES RM ,91% TOTAL BRASIL ,00% Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE,. Onde: RM = Região Metropolitana e RIDE = Região Integrada de Desenvolvimento 7

8 Notas: 1) Composição das Regiões Metropolitanas vigente em ) Não inclui Maricá, que passa a compor a RM do Rio de Janeiro pela LCE 133, de 15/12/ ) Municípios de Autazes, Careiro, Itapiranga, Manaquiri, e Silves incluídos na RM de Manaus, porém não constam na base DGC de Foram acrescentados pela LC nº 64, de 30/04/2009, mas tiveram sua inclusão declarada inconstitucional por vício de iniciativa pelo Tribunal de Justiça do Amazonas, em Acórdão publicado em 08/11/2010 no Diário de Justiça Eletrônico. 4) Não inclui Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Caturaí, Inhumas, Nova Veneza e Teresópolis de Goiás, que passaram a compor a RM de Goiânia pela Lei Complementar Estadual de número 78, aprovada em 25 de março de ) Não inclui Santa Izabel do Pará, que passa a integrar a RM de Belém com a LCE 72, de 20/04/2010 6) Não inclui Vera Cruz, que passa a compor a RM de Natal com a LCE 391, de 22/07/2009 7) Não inclui Alhandra, Pitimbu e Caaporã, que passaram a incorporar a RM de João Pessoa pela lei complementar 90, de 23/09/2009 e Pedras de Fogo pela Lei Complementar Estadual 93, de 11/12/2009 8) Não inclui Nazária Desmembrado do município de Teresina pela Lei Estadual nº 4810 e instalado em ) Não inclui municípios do Entorno da RM Vale do Rio Cuiabá. 10) Não inclui Alvorada do Sul, Assaí, Primeiro de Maio na RM de Londrina que passaram a compor a RM pela LCE 129, de 14/07/2010 Considerando a composição das Regiões Metropolitanas até 30 de junho de 2013, a RM de São Paulo continua sendo a mais populosa, com 20,9 milhões de habitantes, seguido da RM do Rio de Janeiro (12,1 milhões de habitantes), da RM de Belo Horizonte (5,8 milhões de habitantes), da RM de Porto Alegre (4,2 milhões de habitantes) e da Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE) do Distrito Federal e Entorno (4,1 milhões de habitantes). As 25 regiões metropolitanas mais populosas somam 89,9 milhões de habitantes, representando 44,4% da população total. 8

9 ORDEM POPULAÇÃO DAS REGIÕES METROPOLITANAS REGIÃO METROPOLITANA (Composição vigente até 30/06/2013) POPULAÇÃO 2014 % POPULAÇÃO TOTAL 1º RM DE SÃO PAULO ,32% 2º RM DO RIO DE JANEIRO ,98% 3º RM DE BELO HORIZONTE ,85% 4º RM DE PORTO ALEGRE ,06% 5º RIDE DISTRITO FEDERAL E ENTORNO ,03% 6º RM DE SALVADOR ,93% 7º RM DE RECIFE ,92% 8º RM DE FORTALEZA ,88% 9º RM DE CURITIBA ,71% 10º RM DE CAMPINAS ,50% 11º RM DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE ,20% 12º RM DE GOIÂNIA ,18% 13º RM DE BELÉM ,17% 14º RM DE MANAUS ,16% 15º RM DA GRANDE VITÓRIA ,93% 16º RM DA BAIXADA SANTISTA ,88% 17º RM DE NATAL ,73% 18º RM DA GRANDE SÃO LUÍS ,69% 19º AGLOMERAÇÃO URBANA DE PIRACICABA ,69% 20º RM DO NORTE/NORDESTE CATARINENSE ,65% 21º RM DE MACEIÓ ,64% 22º RM DE JOÃO PESSOA ,61% 23º RIDE DA GRANDE TERESINA ,59% 24º RM DE FLORIANÓPOLIS ,55% 25º RM DO VALE DO RIO CUIABÁ ,48% TOTAL 25 MAIORES RM ,35% TOTAL BRASIL ,00% Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE,. Onde: RM = Região Metropolitana e RIDE = Região Integrada de Desenvolvimento Nota: Composição das Regiões Metropolitanas vigente até 30/06/

10 OS MUNICÍPIOS MENOS POPULOSOS O município de Serra da Saudade no estado das Minas Gerais é o município com a menor população do País, estimada em 822 habitantes em 2014, seguido de Borá em São Paulo com 835 habitantes. Atualmente esses 2 (dois) municípios são os únicos no país com menos de habitantes em 01/07/2014. A população dos 25 municípios menos populosos do Brasil soma habitantes, representando aproximadamente apenas 0,02% da população total do País. OS 25 MUNICÍPIOS MENOS POPULOSOS ORDEM UF MUNICÍPIO POPULAÇÃO º MG Serra da Saudade 822 2º SP Borá 835 3º MT Araguainha º TO Oliveira de Fátima º GO Anhanguera º SP Nova Castilho º MG Cedro do Abaeté º PI Miguel Leão º SP Uru º RS André da Rocha º SC Santiago do Sul º TO Chapada de Areia º GO Lagoa Santa º MG Grupiara º PR Jardim Olinda º RS Engenho Velho º GO Cachoeira de Goiás º RS União da Serra º SC Lajeado Grande º MT Serra Nova Dourada º PR Nova Aliança do Ivaí º MG Doresópolis º SP Santa Salete º TO São Félix do Tocantins º RS Montauri TOTAL 25 MENORES TOTAL BRASIL % TOTAL BRASIL 0,02% Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE,. 10

11 A DISTRIBUIÇÃO DOS MUNICÍPIOS POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO E CLASSES DE TAMANHO DE POPULAÇÃO Fazendo uma análise com relação às metrópoles/grandes municípios, o estado que concentra o maior número de municípios com mais de 500 mil habitantes é São Paulo (9 municípios), seguido do Rio de Janeiro e Minas Gerais (ambos 4 municípios) e Pernambuco, Bahia, Paraná e Goiás (todos com 2 municípios). O Gráfico 3 apresenta o % de municípios em cada uma das 8 faixas conforme tabela a seguir enquanto que o Gráfico 4 mostra o % do número total de municípios por Unidade da Federação. O Mapa 1 mostra o georeferenciamento da tabela a seguir enquanto que o Mapa 2 apresenta o georeferenciamento com apenas 4 classes de tamanho. UF até DISTRIBUIÇÃO DOS MUNICÍPIOS POR CLASSE DE TAMANHO POPULACIONAL FAIXAS DE POPULAÇÃO (em número de habitantes) até até até até até até acima de TOTAL % 11-RO ,93% 12-AC ,39% 13-AM ,11% 14-RR ,27% 15-PA ,59% 16-AP ,29% 17-TO ,50% 21-MA ,90% 22-PI ,02% 23-CE ,30% 24-RN ,00% 25-PB ,00% 26-PE ,32% 27-AL ,83% 28-SE ,35% 29-BA ,49% 31-MG ,31% 32-ES ,40% 33-RJ ,65% 35-SP ,58% 41-PR ,16% 42-SC ,30% 43-RS ,92% 50-MS ,42% 51-MT ,53% 52-GO ,42% 53-DF ,02% TOTAL ,00% % 1,94% 20,38% 21,83% 24,83% 19,39% 6,25% 4,69% 0,70% 100,00% % ACUM. 1,94% 22,32% 44,15% 68,98% 88,37% 94,61% 99,30% 100,00% OBS1: A tabela acima já contempla os 5 novos municípios (Mojuí dos Campos-PA, Pescaria Brava-SC, Balneário Rincão-SC, Pinto Bandeira-RS e Paraíso das Águas-MS) criados a partir do Censo Demográfico de 2010, totalizando agora municípios. 11

12 Gráfico 3 Gráfico 4 Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE,. 12

13 Mapa 1 - BRASIL: MUNICÍPIOS POR FAIXAS DE TAMANHO DE POPULAÇÃO ESTIMATIVAS 2014 Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais. 13

14 Mapa 2 - BRASIL: MUNICÍPIOS POR FAIXAS DE TAMANHO DE POPULAÇÃO ESTIMATIVAS 2014 Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais. 14

15 OS MUNICÍPIOS COM MAIORES TAXAS DE CRESCIMENTO ENTRE O município de Nova Redenção no estado da Bahia é o município com a maior taxa de crescimento geométrico no período , calculada em 10,87%, seguido de São Miguel das Matas também na Bahia, com TCG de 7,73% e Lago do Junco no Maranhão, com 7,01%. Alguns desses municípios apresentaram altas taxas de crescimento em virtude das alterações de limites territoriais ocorridas a partir do Censo Demográfico de OS 25 MUNICÍPIOS COM MAIORES TCG ORDEM UF MUNICÍPIO TCG ( ) 1º BA Nova Redenção 10,87% 2º BA São Miguel das Matas 7,73% 3º MA Lago do Junco 7,01% 4º BA Catolândia 6,55% 5º RN Caraúbas 6,55% 6º BA Igrapiúna 6,41% 7º MA Trizidela do Vale 6,08% 8º PI Cocal dos Alves 5,94% 9º BA São Francisco do Conde 5,90% 10º MA Santa Luzia do Paruá 5,38% 11º PE Trindade 5,14% 12º RN Caiçara do Norte 4,97% 13º SC Araquari 4,86% 14º MT Ipiranga do Norte 4,79% 15º AL Rio Largo 4,78% 16º PI Barro Duro 4,74% 17º BA Luís Eduardo Magalhães 4,60% 18º AP Pedra Branca do Amapari 4,55% 19º MT Colniza 4,48% 20º SP Balbinos 4,42% 21º PA São Félix do Xingu 4,39% 22º MT Lucas do Rio Verde 4,26% 23º MT Nova Mutum 4,22% 24º PA Canaã dos Carajás 4,20% 25º MT Sapezal 4,19% Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais - COPIS. 15

16 OS MUNICÍPIOS COM MENORES TAXAS DE CRESCIMENTO ENTRE O município de Satuba no estado de Alagoas é o município com a menor taxa de crescimento geométrico no período , calculada em -15,87%, seguido de Olho D'Água do Piauí no Piauí, com TCG de -11,42% e Capela de Santana no Rio Grande do Sul, com -9,14%. Alguns desses municípios apresentaram baixas taxas de crescimento em virtude das alterações de limites territoriais ocorridas a partir do Censo Demográfico de OS 25 MUNICÍPIOS COM MENORES TCG ORDEM UF MUNICÍPIO TCG ( ) 1º AL Satuba -15,87% 2º PI Olho D'Água do Piauí -11,42% 3º RS Capela de Santana -9,14% 4º RN Severiano Melo -8,48% 5º AM Japurá -7,96% 6º RN Upanema -7,80% 7º BA Andaraí -6,94% 8º BA Maetinga -6,89% 9º MA Brejo de Areia -6,54% 10º BA Piraí do Norte -6,13% 11º RS Cruzeiro do Sul -5,86% 12º PE Cumaru -5,78% 13º GO Campos Verdes -5,73% 14º PR Altamira do Paraná -5,60% 15º BA Iramaia -5,29% 16º BA Ribeirão do Largo -5,25% 17º BA Ubaíra -5,15% 18º MA Bernardo do Mearim -5,12% 19º BA Dário Meira -4,18% 20º MA São Luís Gonzaga do Maranhão -3,61% 21º GO Itapirapuã -3,40% 22º PB Bananeiras -3,35% 23º BA Potiraguá -3,25% 24º BA Guajeru -3,21% 25º BA Caatiba -3,16% Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais - COPIS. 16

17 AS TAXAS DE CRESCIMENTO DAS CAPITAIS ENTRE A capital com maior taxa de crescimento geométrico no período e Palmas calculada em 2,91%, seguida de Brasília com TCG de 2,25% e Macapá com 2,17%. As três menores TCG foram encontradas em Porto Alegre (0,32%), Rio de Janeiro (0,37%) e Belo Horizonte (0,48%). TCG DAS CAPITAIS ORDEM UF CAPITAL TCG ( ) 1º TO Palmas 2,91% 2º DF Brasília 2,25% 3º AP Macapá 2,17% 4º AM Manaus 1,92% 5º RR Boa Vista 1,91% 6º AC Rio Branco 1,89% 7º RO Porto Velho 1,86% 8º SC Florianópolis 1,82% 9º SE Aracaju 1,50% 10º PB João Pessoa 1,45% 11º GO Goiânia 1,35% 12º MS Campo Grande 1,29% 13º ES Vitória 1,10% 14º MT Cuiabá 0,99% 15º MA São Luís 0,98% 16º RN Natal 0,95% 17º AL Maceió 0,86% 18º PR Curitiba 0,84% 19º CE Fortaleza 0,79% 20º BA Salvador 0,67% 21º SP São Paulo 0,63% 22º PE Recife 0,56% 23º PI Teresina 0,49% 24º PA Belém 0,49% 25º MG Belo Horizonte 0,48% 26º RJ Rio de Janeiro 0,37% 27º RS Porto Alegre 0,32% Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas - DPE, Coordenação de População e Indicadores Sociais - COPIS. 17

18 Mapa 3 - BRASIL: MUNICÍPIOS POR FAIXAS DE CRESCIMENTO GEOMÉTRICO Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de População e Indicadores Sociais. 18

NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014

NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014 NOTA TÉCNICA ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1º DE JULHO DE 2014 A divulgação anual das estimativas da população residente nos municípios brasileiros obedece

Leia mais

CRESCIMENTO DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NO PERÍODO ENTRE 2013 E 2014

CRESCIMENTO DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NO PERÍODO ENTRE 2013 E 2014 CRESCIMENTO DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NO PERÍODO ENTRE 2013 E 2014 François E. J. de Bremaeker Rio de janeiro, setembro de 2014 CRESCIMENTO DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS NO PERÍODO ENTRE 2013 E 2014 François

Leia mais

APOIO PARA O RELEASE ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS E UNIDADES DA FEDERAÇÃO BRASILEIROS COM DATA DE REFERENCIA EM 1º DE JULHO DE 2015

APOIO PARA O RELEASE ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS E UNIDADES DA FEDERAÇÃO BRASILEIROS COM DATA DE REFERENCIA EM 1º DE JULHO DE 2015 APOIO PARA O RELEASE ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO DOS MUNICÍPIOS E UNIDADES DA FEDERAÇÃO BRASILEIROS COM DATA DE REFERENCIA EM 1º DE JULHO DE 2015 A divulgação anual das estimativas da população residente

Leia mais

OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012

OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 (Estudo Técnico nº 175) François E. J. de Bremaeker Salvador, julho de 2012 2 OS MUNICÍPIOS BILIONÁRIOS EM 2012 François E. J. de Bremaeker Economista e Geógrafo Associação

Leia mais

Página 1 de 8 IPI - Jurisdição - Regiões fiscais 18 de Maio de 2012 Em face da publicação da Portaria MF nº 203/2012 - DOU 1 de 17.05.2012, este procedimento foi atualizado (novas disposições - tópico

Leia mais

Seleção Territorial Enfrentamento a Violência contra Juventude Negra Classificação 2010

Seleção Territorial Enfrentamento a Violência contra Juventude Negra Classificação 2010 Posição Nome do Município Estado Região RM, RIDE ou Aglomeração Urbana 1 Salvador BA Nordeste RM Salvador 2 Maceió AL Nordeste RM Maceió 3 Rio de Janeiro RJ Sudeste RM Rio de Janeiro 4 Manaus AM Norte

Leia mais

Regiões Metropolitanas do Brasil

Regiões Metropolitanas do Brasil Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia IPPUR/UFRJ CNPQ FAPERJ Regiões Metropolitanas do Brasil Equipe responsável Sol Garson Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro Juciano Martins Rodrigues Regiões Metropolitanas

Leia mais

UF MUNICÍPIO TIPO TELEFONE 1 TELEFONE 2 E-MAIL INSTITUCIONAL 1

UF MUNICÍPIO TIPO TELEFONE 1 TELEFONE 2 E-MAIL INSTITUCIONAL 1 AC Rio Branco Cerest Estadual (68) 3223-4266 cerest.saude@ac.gov.br AL Maceió Cerest Estadual (82) 3315-2759 (82) 3315-3920 cerest@saude.al.gov.br AL Maceió Cerest Regional (82) 3315-5260 cerest@sms.maceio.al.gov.br

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA O CARGO DE TÉCNICO BANCÁRIO NOVO CARREIRA ADMINISTRATIVA

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL CONCURSO PÚBLICO PARA FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA O CARGO DE TÉCNICO BANCÁRIO NOVO CARREIRA ADMINISTRATIVA Técnico Bancário Novo AC Cruzeiro do Sul 1618 CR* Técnico Bancário Novo AC Rio Branco 6648 CR * Técnico Bancário Novo AC Sena Madureira 1065 CR* Técnico Bancário Novo AL Maceió 22524 CR * Técnico Bancário

Leia mais

Inventar com a diferenca,

Inventar com a diferenca, Inventar com a diferenca, cinema e direitos humanos PATROCÍNIO APOIO REALIZAÇÃO Fundação Euclides da Cunha O que é Inventar com a diferença: cinema e direitos humanos O projeto visa oferecer formação e

Leia mais

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Analista de Correios / Administrador AC / Rio Branco 123 1 123,00 Analista de Correios / Técnico em Comunicação Social Atuação: Jornalismo AC / Rio Branco 27 1 27,00 Médico do Trabalho Formação: Medicina

Leia mais

Interior de SP. Mailing Jornais

Interior de SP. Mailing Jornais São Paulo AGORA SÃO PAULO BRASIL ECONÔMICO D.C.I. DESTAK (SP) DIÁRIO DO COMMERCIO (SP) DIÁRIO DE SÃO PAULO DIÁRIO DO GRANDE ABC EMPREGO JÁ (SP) EMPREGOS & CONCURSOS (SP) EMPRESAS & NEGÓCIOS (SP) FOLHA

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO

MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO Nota Técnica elaborada em 01/2014 pela CGAN/DAB/SAS. MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA COORDENAÇÃO-GERAL DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO NOTA TÉCNICA Nº15/2014-CGAN/DAB/SAS/MS

Leia mais

SUFICIÊNCIA DE REDE: Ligia Bahia Ronir Raggio Luiz Maria Lucia Werneck Vianna. Edital 005/2014 ANS/OPAS

SUFICIÊNCIA DE REDE: Ligia Bahia Ronir Raggio Luiz Maria Lucia Werneck Vianna. Edital 005/2014 ANS/OPAS SUFICIÊNCIA DE REDE: UM ESTUDO ECOLÓGICO SOBRE BENEFICIÁRIOS E REDES DE CUIDADOS À SAÚDE A PARTIR DE ANÁLISES EXPLORATÓRIAS DAS PROPORÇÕES DE PARTOS CESARIANOS E TAXAS DE MORTALIDADE POR CÂNCER DE MAMA

Leia mais

FINANCIAMENTO DOS MUNICÍPIOS DO BRASIL Um balanço o entre aspectos sociais e econômicos

FINANCIAMENTO DOS MUNICÍPIOS DO BRASIL Um balanço o entre aspectos sociais e econômicos Seminário Internacional sobre Tributação Imobiliária FINANCIAMENTO DOS MUNICÍPIOS DO BRASIL Um balanço o entre aspectos sociais e econômicos Maria Cristina Mac Dowell maria-macdowell.azevedo@fazenda.gov.br

Leia mais

Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada

Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada Lote Produzidos Cidade UF Qte faturada 1400008703 BELEM PA 339 1400008703 BELO HORIZONTE MG 2.034 1400008703 BRASILIA DF 1.356 1400008703 CONGONHAS MG 54 1400008703 CUIABA MT 678 1400008703 GOIANIA GO

Leia mais

50 cidades com as melhores opções para aberturas de franquias

50 cidades com as melhores opções para aberturas de franquias 50 cidades com as melhores opções para aberturas de franquias Pesquisa realizada pela Rizzo Franchise e divulgada pela revista Exame listou as 50 cidades com as melhores oportunidades para abertura de

Leia mais

Aspec Informática - Tecnologia da Informação Plano de Numeração dos Ramais. Revisão 07/07/2015 12:02:36

Aspec Informática - Tecnologia da Informação Plano de Numeração dos Ramais. Revisão 07/07/2015 12:02:36 UF Estado Capital DDD SP São Paulo São Paulo 11 RJ Rio de Janeiro Rio de Janeiro 21 ES Espírito Santo Vitória 27 MG Minas Gerais Belo Horizonte 31 PR Paraná Curitiba 41 SC Santa Catarina Florianópolis

Leia mais

MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015

MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015 MICROCEFALIA DENGUE CHIKUNGUNYA ZIKA NOVEMBRO DE 2015 Situação da microcefalia no Brasil Até 21 de novembro, foram notificados 739 casos suspeitos de microcefalia, identificados em 160 municípios de nove

Leia mais

NOTA OFICIAL. 1 Realizaram a 2ª fase do IV Exame de Ordem 21.818 examinandos;

NOTA OFICIAL. 1 Realizaram a 2ª fase do IV Exame de Ordem 21.818 examinandos; NOTA OFICIAL A Coordenação Nacional do Exame de Ordem Unificado apresenta o resultado da apreciação dos recursos referente à segunda fase do IV Exame de Ordem Unificado, como se segue: 1 Realizaram a 2ª

Leia mais

Último ano avaliado no Enade. UF Sede. Categoria Administrativa IES. Município Sede. IGC Faixa

Último ano avaliado no Enade. UF Sede. Categoria Administrativa IES. Município Sede. IGC Faixa Último ano avaliado no Enade IES UF Sede Município Sede Categoria Administrativa 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO MT Cuiabá Pública 4 2011 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA DF Brasília Pública 4 2011 UNIVERSIDADE

Leia mais

ANEXO II - PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS - MODELO DE PROPOSTA PROPOSTADEFORNECIMENTO

ANEXO II - PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS - MODELO DE PROPOSTA PROPOSTADEFORNECIMENTO ANEXO II - PLANILHA DE FORMAÇÃO DE PREÇOS - MODELO DE PROPOSTA PROPOSTADEFORNECIMENTO Ref.:COTAÇÃO ELETRÔNICANº003/2015 ApresentamosnossapropostaparafornecimentodosItensabaixodiscriminados,conformeAnexoI

Leia mais

NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO

NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO NOTA TÉCNICA 63 2011 PROPOSTA DE AMPLIAÇÃO DO PROJETO VIDA NO TRÂNSITO Repasse financeiro do Fundo Nacional de Saúde aos Fundos de Saúde Estaduais, Municipais e do Distrito Federal, por meio do Piso Variável

Leia mais

OAB/RN RELATÓRIO DE APROVADOS NA PROVA OBJETIVA POR INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR

OAB/RN RELATÓRIO DE APROVADOS NA PROVA OBJETIVA POR INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR OAB/RN RELATÓRIO DE APROVADOS NA PROVA OBJETIVA POR INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR Tabela 01 - Aprovados Prova Objetiva - Exame de Ordem 2009.3, Natal/RN, 2009. UF MUNICÍPIO DA IES IES INSCRITOS PRESENTES

Leia mais

COORDENAÇÕES ESTADUAIS DO ARTESANATO

COORDENAÇÕES ESTADUAIS DO ARTESANATO COORDENAÇÕES ESTADUAIS DO ARTESANATO ACRE Secretaria de Estado de Turismo e Lazer Endereço: Av. Chico Mendes, s/n - Arena da Floresta - Bairro Areal. CEP: 69.906-119 - Rio Branco - AC TEL: (68) 3901-3027/

Leia mais

Unidade I: SEPN 515 - Bloco B - Ed. Ômega CEP: 70770-502 - Brasília - DF Telefone: (61) 3448-1000

Unidade I: SEPN 515 - Bloco B - Ed. Ômega CEP: 70770-502 - Brasília - DF Telefone: (61) 3448-1000 5. órgãos do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) Unidade I: SEPN 515 - Bloco B - Ed. Ômega CEP: 70770-502 - Brasília - DF Telefone: (61) 3448-1000

Leia mais

UF Universidade Turno Vagas Nota de corte em 21/1/2015, às 0h. Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp)

UF Universidade Turno Vagas Nota de corte em 21/1/2015, às 0h. Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Integral (Mat/Vesp) Cursos de medicina UF Universidade Turno Vagas Nota de corte em 21/1/2015, às 0h AC ACRE (Rio Branco) 40 748,49 AL UFAL ALAGOAS (Maceió) AM UFAM AMAZONAS (Manaus) AP UNIFAP AMAPÁ (Macapá) BA UFOB OESTE

Leia mais

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação

Endereços das Secretarias Estaduais de Educação Endereços das Secretarias Estaduais de Educação ACRE MARIA CORRÊA DA SILVA Secretária de Estado da Educação do Acre Rua Rio Grande do Sul, 1907- Aeroporto Velho CEP: 69903-420 - Rio Branco - AC Fone: (68)

Leia mais

As Metrópoles no Censo 2010: novas tendências? 1

As Metrópoles no Censo 2010: novas tendências? 1 P á g i n a 1 As Metrópoles no Censo 2010: novas tendências? 1 Os primeiros resultados do Censo 2010 já permitem algumas reflexões sobre mudanças e permanências da posição das metrópoles na rede urbana

Leia mais

Relação dos cargos do próximo concurso da empresa, que formará cadastro reserva: Analista Superior I

Relação dos cargos do próximo concurso da empresa, que formará cadastro reserva: Analista Superior I Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) Relação dos cargos do próximo concurso da empresa, que formará cadastro reserva: AS I - Arquivista AS I Assistente Social AS I Biólogo Analista

Leia mais

Proposta para a Licitação da Folha de Pagamentos de Benefícios do INSS

Proposta para a Licitação da Folha de Pagamentos de Benefícios do INSS Proposta para a Licitação da Folha de Pagamentos de Benefícios do INSS Brasília, 11 de junho de 2014. SISTEMÁTICA ATUAL Desde 01/01/2010, o INSS direciona os benefícios para o vencedor do Lote, desde que

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES

ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL 57ª PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL PNE * PROFISSIONAL JÚNIOR ANALISTA DE SISTEMAS - ÊNFASE EM DESENVOLVIMENTO EM ERP

Leia mais

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS

POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS Seminário POLITICAS PARA O TRÂNSITO SEGURO DE MOTOS LEGISLAÇÃO, FISCALIZAÇÃO E POLÍTICA DE SEGURANÇA Brasília DF 13 de setembro de 2012 Regulamentação da atividade de mototaxista Mesmo diante da ausência

Leia mais

VISITA IN LOCO JANEIRO RJ UNIVERSIDADE GAMA FILHO - RJ RIO DE VISITA IN LOCO

VISITA IN LOCO JANEIRO RJ UNIVERSIDADE GAMA FILHO - RJ RIO DE VISITA IN LOCO CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO AMAPÁ - AP MACAPÁ AP CENTRO UNIVERSITÁRIO DO PLANALTO UNIPLAN DF BRASÍLIA DF CENTRO UNIVERSITÁRIO PLÍNIO LEITE - JANEIRO NITEROI RJ FACULDADE DE NATAL NATAL RN FACULDADE ESTÁCIO

Leia mais

Instituto Nacional do Seguro Social INSS Concurso Público para Analista do Seguro Social

Instituto Nacional do Seguro Social INSS Concurso Público para Analista do Seguro Social As inscrições para o concurso público do Instituto Nacional do Seguro Social INSS estarão abertas no período de 12 de agosto a 13 de setembro. São 300 vagas para o cargo de Analista do Seguro Social, sendo

Leia mais

A EVOLUÇÃO DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE 2009 A 2012

A EVOLUÇÃO DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE 2009 A 2012 A EVOLUÇÃO DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE 2009 A 2012 BRASIL Série Estudos e Pesquisas A EVOLUÇÃO DAS MICROEMPRESAS E EMPRESAS DE PEQUENO PORTE DE 2009 A 2012 Junho/2014 Estudos e Pesquisas

Leia mais

UN 4 0,00 Catraca pedestal com cofre com leitor smart card

UN 4 0,00 Catraca pedestal com cofre com leitor smart card ITEM 1 - Município - Rio de Janeiro - RJ ANEXO II DO TERMO DE REFERÊNCIA QT Valor Unitário R$ Valor Total R$ 1 - Projeto (verba para infraestrutura e ativação local) VB 1 Software de Acesso - Licença Web

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA. LEI 12.587 3 de janeiro de 2012

POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA. LEI 12.587 3 de janeiro de 2012 LEI 12.587 3 de janeiro de 2012 A POLÍTICA NACIONAL DE MOBILIDADE URBANA, INSTITUDA PELA LEI 12.587, É INSTRUMENTO DA POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO URBANO, OBJETIVANDO A INTEGRAÇÃO ENTRE OS DIFERENTES MODOS

Leia mais

Experiências de APLs e outros Arranjos de Empresas no Estado do Rio de Janeiro: resultados alcançados e cenários futuros

Experiências de APLs e outros Arranjos de Empresas no Estado do Rio de Janeiro: resultados alcançados e cenários futuros Experiências de APLs e outros Arranjos de Empresas no Estado do Rio de Janeiro: resultados alcançados e cenários futuros > Lia Hasenclever (IE/UFRJ) 10º Encontro da ReINC 08 e 09 de novembro de 2007 Grupo

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL 11/1/2010

ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL 11/1/2010 ANÁLISE COMPARATIVA SALARIAL PROFESSORES DAS REDES ESTADUAIS NO BRASIL A PRESENTE PESQUISA ESTÁ ENQUADRADA NA ESTRATÉGIA DO SINDICATO APEOC DE CONSTRUIR A ADEQUAÇÃO DO PLANO DE CARREIRA DOS TRABALHADORES

Leia mais

SITUAÇÃO ATÉ 10/04/2015 CONTRATAÇÕES AUTORIZADAS (2) VAGAS OFERTADAS (1)

SITUAÇÃO ATÉ 10/04/2015 CONTRATAÇÕES AUTORIZADAS (2) VAGAS OFERTADAS (1) SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS (SERPRO) CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA OS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO EDITAL Nº 1 SERPRO, DE 26 DE FEVEREIRO

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Gabinete do Ministro Assessoria Internacional

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Gabinete do Ministro Assessoria Internacional COORDENADORES REGIONAIS ACRE Josenir de Araújo Calixto Coordenador do Ensino Médio Coordenação de Ensino Médio Secretaria de Estado da Educação do Acre Rua Rio Grande do Sul, 1907 Aeroporto Velho 69903-420

Leia mais

Ranking Município P2i - Lead Alto Padrão Médio Padrão Baixo Padrão

Ranking Município P2i - Lead Alto Padrão Médio Padrão Baixo Padrão 1 São Bernardo do Campo -SP 0,8200 Ótimo Ótimo Ótimo 2 Campo Grande -MS 0,7670 Ótimo Ótimo Ótimo 3 Santo André -SP 0,7670 Ótimo Ótimo Ótimo 4 Osasco -SP 0,7460 Ótimo Ótimo Ótimo 5 Natal -RN 0,7390 Ótimo

Leia mais

Ministério das Cidades. Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas

Ministério das Cidades. Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas Ministério das Cidades Plano de Ação em Habitação e Saneamento em Regiões Metropolitanas UMA VISÃO GERAL DO QUADRO METROPOLITANO BRASILEIRO Definição Formal 26 26 Regiões Metropolitanas definidas em em

Leia mais

Relação das VISAS Municipais (capitais)

Relação das VISAS Municipais (capitais) ACRE AC Edson Carneiro da Costa Filho Diretor AV. CEARÁ, 3188 - BAIRRO ABRÃO ALABI ABRÃO ALABI Rio Branco AC 69907-000 (68) 3226-2113 (68) 3213-2113 devisa@riobranco.ac.gov.br ALAGOAS - AL Ednaldo Balbino

Leia mais

PANORAMA DOS SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA

PANORAMA DOS SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA PANORAMA DOS SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA ( 44.ª EDIÇÃO ) AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES - ANATEL PANORAMA DOS SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA PRESIDENTE Ronaldo Mota Sardenberg CONSELHEIROS Emília

Leia mais

CONVOCAÇÕES REALIZADAS ATÉ 01/01/2012

CONVOCAÇÕES REALIZADAS ATÉ 01/01/2012 SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS (SERPRO) CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA PARA OS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO EDITAL Nº 1 SERPRO, DE 08 DE OUTUBRO

Leia mais

Contas Regionais do Brasil 2010

Contas Regionais do Brasil 2010 Diretoria de Pesquisas Contas Regionais do Brasil 2010 Coordenação de Contas Nacionais frederico.cunha@ibge.gov.br alessandra.poca@ibge.gov.br Rio, 23/11/2012 Contas Regionais do Brasil Projeto de Contas

Leia mais

PORTARIA GM Nº 1.278, DE 25 DE JUNHO DE 2008

PORTARIA GM Nº 1.278, DE 25 DE JUNHO DE 2008 PORTARIA GM Nº 1.278, DE 25 DE JUNHO DE 2008 Redefine os limites financeiros destinados ao custeio da Nefrologia (TRS), dos Estados, Distrito Federal e Municípios. O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso

Leia mais

Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais. 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará

Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais. 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará IPECE Informe nº 38 Perfil Municipal de Fortaleza Tema V: Aspectos Educacionais 23 de Agosto/2012 Fortaleza - Ceará 1. INTRODUÇÃO O Neste documento serão analisados os aspectos educacionais da capital

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Nível superior Cargo 1: Contador DF Brasília/Sede da Administração Central 35 1820 52,00 Nível médio Cargo 2: Agente Administrativo AC Rio Branco/Sede da SRTE 2 1496 748,00 Nível médio Cargo 2: Agente

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

Mercado Imobiliário Residencial Brasileiro

Mercado Imobiliário Residencial Brasileiro Mercado Imobiliário Residencial Brasileiro JULHO DE 2011 Unidades residenciais O país encerrou o ano de 2010 com um total de 67,6 milhões de unidades residenciais que se dividem quanto a sua ocupação da

Leia mais

Júlio Eduardo dos Santos

Júlio Eduardo dos Santos Júlio Eduardo dos Santos Secretário Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana Linha do Tempo 1965 a 2003 Extinção da GEIPOT Lei 10.233 / 2001 Criação da EBTU lei nº 6.261 em 1975 Extinção da EBTU Dec.

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO - MAPA - CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 1, DE 21 DE JANEIRO DE 2014 RELAÇÃO DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO - MAPA - CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 1, DE 21 DE JANEIRO DE 2014 RELAÇÃO DE CANDIDATOS POR VAGA MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO - MAPA - CONCURSO PÚBLICO - EDITAL Nº 1, DE 21 DE JANEIRO DE 2014 RELAÇÃO DE CANDIDATOS POR VAGA Cargo Pólo Trabalho Vagas Candidatos Candidato/Vaga

Leia mais

Secretarias Municipais de Meio Ambiente Lista atualizada em 06/05/2005 por Fernando Tatagiba

Secretarias Municipais de Meio Ambiente Lista atualizada em 06/05/2005 por Fernando Tatagiba Secretarias Municipais de Meio Ambiente Lista atualizada em 06/05/2005 por Fernando Tatagiba ACRE Rio Branco SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO - SEMEIA Arthur César Pinheiro Leite Antônio da Rocha

Leia mais

ÓRGÃO: JUSTIÇA FEDERAL

ÓRGÃO: JUSTIÇA FEDERAL ÓRGÃO: JUSTIÇA FEDERAL Programa: 0569 - PRESTAÇÃO JURISDICIONAL NA JUSTIÇA FEDERAL Objetivo: Garantir pleno exercício do direito por meio da prestação dos serviços jurisdicionais, observando o disposto

Leia mais

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014

Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 Resultados da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Inverno 2014 EQUIPE TÉCNICA DO IPETURIS Coordenação: Mariana Nery Pesquisadores: César Melo Tamiris Martins Viviane Silva Suporte: Gerson

Leia mais

POSIÇÃO ATUALIZADA ATÉ 25/06/2012 Classif Último Candidato Convocado procedimentos préadmissionais

POSIÇÃO ATUALIZADA ATÉ 25/06/2012 Classif Último Candidato Convocado procedimentos préadmissionais CONCURSO PÚBLICO 2010 TBN RJ e SP de de RJ Campos dos Goytacazes Técnico Bancário 106 2 105 2 RJ Centro Técnico Bancário 592 4 592 4 RJ Niteroi Técnico Bancário 130 3 130 3 RJ Nova Iguaçu Técnico Bancário

Leia mais

Programa de Requalificação de UBS. Março/2015

Programa de Requalificação de UBS. Março/2015 Programa de Requalificação de UBS Março/2015 PROGRAMA DE REQUALIFICAÇÃO DE UBS Instituído no ano de 2011 OBJETIVOS: Criar incentivo financeiro para as UBS Contribuir para estruturação e o fortalecimento

Leia mais

Mais de 73 milhões de reais para ampliar hemodiálise no SUS

Mais de 73 milhões de reais para ampliar hemodiálise no SUS Mais de 73 milhões de reais para ampliar hemodiálise no SUS Recursos destinados pelo Ministério da Saúde também vão melhorar a qualidade da assistência aos usuários da rede pública na área de nefrologia.

Leia mais

HIV/aids no Brasil - 2012

HIV/aids no Brasil - 2012 HIV/aids no Brasil - 2012 Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde Novembro de 2012 HIV Dados gerais Prevalência do HIV maior entre homens (15

Leia mais

RELAÇÃO DOS JORNAIS CADASTRADOS

RELAÇÃO DOS JORNAIS CADASTRADOS RELAÇÃO DOS JORNAIS CADASTRADOS REGIÃO SUL PARANÁ Atual Notícias São Mateus do Sul (PR) - atualnoticias@hotmail.com Correio Paranaense Curitiba (PR) - geral@jornalcorreioparanaense.com.br Diário de Piraquara

Leia mais

RELAÇÃO DAS VISAS ESTADUAIS ATUALIZADA EM 19 DE JUNHO DE 2012 ACRE AC

RELAÇÃO DAS VISAS ESTADUAIS ATUALIZADA EM 19 DE JUNHO DE 2012 ACRE AC RELAÇÃO DAS VISAS ESTADUAIS ATUALIZADA EM 19 DE JUNHO DE 2012 ACRE AC ALBERTINA MARIA DE SOUZA COSTA Gerente Da Divisão De Vigilância Sanitária Estadual Rua Benjamim Constant, Nº 830, 4º Andar - Centro

Leia mais

Instituto Nacional do Seguro Social INSS Concurso Público para Analista do Seguro Social

Instituto Nacional do Seguro Social INSS Concurso Público para Analista do Seguro Social As inscrições para o concurso público do Instituto Nacional do Seguro Social INSS estarão abertas no período de 12 de agosto a 13 de setembro. São 300 vagas para o cargo de Analista do Seguro Social, sendo

Leia mais

ECONOMIA DA CULTURA - EQUIPAMENTOS AUDIOVISUAIS NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS

ECONOMIA DA CULTURA - EQUIPAMENTOS AUDIOVISUAIS NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS IV ENECULT - Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura 28 a 30 de maio de 2008 Faculdade de Comunicação/UFBa, Salvador-Bahia-Brasil. ECONOMIA DA CULTURA - EQUIPAMENTOS AUDIOVISUAIS NOS MUNICÍPIOS

Leia mais

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira NOVO RATEIO DOS RECURSOS DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS ESTADOS

Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira NOVO RATEIO DOS RECURSOS DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS ESTADOS Nota Técnica 7/13 (7 de Maio) Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira Núcleo de Assuntos Econômico-Fiscais NOVO RATEIO DOS RECURSOS DO FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS ESTADOS IMPACTOS DA DIVISÃO DO

Leia mais

Coordenação-Geral dos Direitos da População em Situação de Rua. Política Nacional para a População em Situação de Rua

Coordenação-Geral dos Direitos da População em Situação de Rua. Política Nacional para a População em Situação de Rua Política Nacional para a O Desafio da Implementação das Políticas Transversais Professor: Carlos Ricardo Período: Novembro de 2013 Reconhecimento das experiências desenvolvidas há mais de 20 anos (1980

Leia mais

ALBERTINA MARIA DE SOUZA COSTA

ALBERTINA MARIA DE SOUZA COSTA Visas Estaduais ACRE AC ALBERTINA MARIA DE SOUZA COSTA Gerente Da Divisão De Vigilância Sanitária Estadual Rua Benjamim Constant, Nº 830, 4º Andar - Centro CEP: 69908-520 Rio Branco AC Tel.: (68) 3215-2774

Leia mais

FACULDADE BOA VIAGEM (FBV) Gestão de Marketing

FACULDADE BOA VIAGEM (FBV) Gestão de Marketing FACULDADE BOA VIAGEM (FBV) Gestão de Marketing Edson José de Lemos Júnior Ermeson Gomes da Silva Jardson Prado Coriolano da Silva Marcos Antonio Santos Marinho Rosinaldo Ferreira da Cunha RELATÓRIO GERENCIAL

Leia mais

Confira no mapa ao lado os Estados que obrigam a prestação da Carta Fiança / Fiança Bancária por parte da empresa

Confira no mapa ao lado os Estados que obrigam a prestação da Carta Fiança / Fiança Bancária por parte da empresa RR AP Confira no mapa ao lado os Estados que obrigam a prestação da Carta Fiança / Fiança Bancária por parte da empresa desenvolvedora do PAF-ECF. As Medidas Judiciais que desobrigam a prestação da Carta

Leia mais

Sublimites estaduais de enquadramento para. Nacional 2012/2013. Vamos acabar com essa ideia

Sublimites estaduais de enquadramento para. Nacional 2012/2013. Vamos acabar com essa ideia Sublimites estaduais de enquadramento para o ICMS no Simples Nacional 2012/2013 Vamos acabar com essa ideia 4 CNI APRESENTAÇÃO Os benefícios do Simples Nacional precisam alcançar todas as micro e pequenas

Leia mais

REGULAMENTO TIM LIBERTY WEB

REGULAMENTO TIM LIBERTY WEB REGULAMENTO TIM LIBERTY WEB O plano TIM Liberty Web é composto por seis pacotes para utilização em computadores, notebooks ou tablets com as seguintes características. Pacote de dados Volume de Valor do

Leia mais

ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES CARGO/ FORMÇÃO ÚLTIMA CLASSIFICAÇÃO CONVOCADA EDITAL 01/2011 PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL 51ª

ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES CARGO/ FORMÇÃO ÚLTIMA CLASSIFICAÇÃO CONVOCADA EDITAL 01/2011 PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL 51ª ACOMPANHAMENTO DAS CONVOCAÇÕES PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL 51ª PROFISSIONAL JÚNIOR ADMINISTRAÇÃO NACIONAL 3ª PCD * PROFISSIONAL JÚNIOR ANALISTA DE SISTEMAS - ÊNFASE EM INFRAESTRUTURA RJ

Leia mais

PROJETO DA REDE NACIONAL DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERESTADUAL DE PASSAGEIROS VOLUME I - MODELO FUNCIONAL

PROJETO DA REDE NACIONAL DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERESTADUAL DE PASSAGEIROS VOLUME I - MODELO FUNCIONAL PROJETO DA REDE NACIONAL DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO INTERESTADUAL DE PASSAGEIROS VOLUME I - MODELO FUNCIONAL ANEXO ÚNICO - RESULTADO DOS ESTUDOS DE DAS LIGAÇÕES NOVAS E ORIUNDAS DE MEDIDAS JUDICIAIS 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

Judicael Clevelário Júnior

Judicael Clevelário Júnior ANÁLISE DOS IMPACTOS NA SAÚDE E NO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE DECORRENTES DE AGRAVOS RELACIONADOS AO ESGOTAMENTO SANITÁRIO INADEQUADO NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM MAIS DE 300.000 HABITANTES Denise Maria

Leia mais

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA - PARA CONFERÊNCIA

DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA - PARA CONFERÊNCIA Superior Analista do Seguro Social com Formação em Direito Rio Branco / AC 131 2 65,50 Superior Analista do Seguro Social com Formação em Engenharia Civil Rio Branco / AC 20 1 20,00 Superior Analista do

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO 8º CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO 8º CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS NOS CARGOS DE ANALISTA E DE TÉCNICO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO Cargo 1: Analista do MPU Área de Atividade: Apoio Técnico-Administrativo Especialidade: Arquivologia Distrito Federal / DF 596 4 149,00 Especialidade: Biblioteconomia Acre / AC 147 1 147,00 Especialidade:

Leia mais

Contagem de citações. Contagem de colaboração com outras instituições. Média de citações. Contagem de artigos. Índiceh. Autocitações% Colaboração%

Contagem de citações. Contagem de colaboração com outras instituições. Média de citações. Contagem de artigos. Índiceh. Autocitações% Colaboração% Instituição Cidade Estado País Índiceh Contagem de artigos Contagem de citações Média de citações Contagem de autocitações Autocitações% Contagem de colaboração com outras instituições Colaboração% Impacto

Leia mais

MOBILIDADE MÉDIAS CIDADES

MOBILIDADE MÉDIAS CIDADES MOBILIDADE MÉDIAS CIDADES Objetivo Fomentar ações estruturantes para o sistema de transporte coletivo urbano por meio de qualificação e ampliação da infraestrutura de mobilidade urbana Quem pode pleitear?

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (Setembro/14) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

LOA 2006 - Execução da Despesa por Programação

LOA 2006 - Execução da Despesa por Programação Programa (Cod/Desc) Dotação Inicial Autorizado Empenhado Liquidado R$ 1,00 0154 - DIREITOS HUMANOS, DIREITOS DE TODOS 0155 - GESTAO DA POLITICA DE DIREITOS HUMANOS 621.947.466 634.184.733 522.832.775 470.908.693

Leia mais

Departamento de Pesquisas Judiciárias RELATÓRIO DE DADOS ESTATÍSTICOS. SEMANA PELA CONCILIAÇÃO META 2 Período: 14 a 18 de setembro de 2009

Departamento de Pesquisas Judiciárias RELATÓRIO DE DADOS ESTATÍSTICOS. SEMANA PELA CONCILIAÇÃO META 2 Período: 14 a 18 de setembro de 2009 RELATÓRIO DE DADOS ESTATÍSTICOS SEMANA PELA CONCILIAÇÃO META 2 Período: 14 a 18 de setembro de 2009 1. Introdução O presente relatório objetiva apresentar os resultados estatísticos obtidos durante o período

Leia mais

AVISO SESSÃO PÚBLICA nº 01/2015 04 de setembro de 2015

AVISO SESSÃO PÚBLICA nº 01/2015 04 de setembro de 2015 AVISO SSÃO PÚBLICA nº 01/2015 04 de setembro de 2015 Contrato nº 27/2011 - Serviços de Publicidade Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome SLA Propaganda LTDA. Atendendo ao que dispõe o 2º,

Leia mais

(continua) TABELA 1.1 Composição e População da Aglomeração Urbana (AUPOA) e Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPOA)

(continua) TABELA 1.1 Composição e População da Aglomeração Urbana (AUPOA) e Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPOA) 1 INTRODUÇÃO Este relatório consolida os principais resultados obtidos com a pesquisa sobre acidentes de trânsito nas aglomerações urbanas brasileiras pesquisa Renavam, efetuada como parte integrante do

Leia mais

Fonte: CPS/FGV a partir dos microdados da POF/IBGE

Fonte: CPS/FGV a partir dos microdados da POF/IBGE Agentes de Crédito e Grupos Solidários Segurado Segurador Agente de Seguro Segurado Segurado Definição de Microseguros Critério Renda Per Capita % Pop E 13.48 DE 34.96 83.83 1 SM 51.05 2 SM 74.82 3 SM

Leia mais

LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX

LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX LEVANTAMENTO FISCAL SITE KADOX SUMÁRIO 1 ICMS 1.1 CONTRIBUINTE 1.2 FATO GERADOR DO IMPOSTO 1.3 BASE DE CÁLCULO DO IMPOSTO 1.4 REDUÇÃO DA BASE DE CÁLCULO 1.5 CARTA DE CORREÇÃO 1.6 CÓDIGO DA SITUAÇÃO TRIBUTÁRIA

Leia mais

CASAS ABRIGO. OG 3225-0604 AL Maceió Casa Abrigo Maceió (82) Casa Abrigo. OG 3336-8361 AM Manaus Casa Abrigo

CASAS ABRIGO. OG 3225-0604 AL Maceió Casa Abrigo Maceió (82) Casa Abrigo. OG 3336-8361 AM Manaus Casa Abrigo CASAS ABRIGO UF MUNICÍPIO NOME TELEFONE E-MAIL INAUGURAÇÃO OU OBSERVAÇÕES AC Rio Branco Casa Abrigo Mãe (68) Casa Abrigo da Mata 3225-0604 AL Maceió Casa Abrigo Maceió (82) Casa Abrigo Viva a Vida 3336-8361

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

Expectativas da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Verão 2014-2015

Expectativas da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Verão 2014-2015 Expectativas da Movimentação de Viagens Organizadas na Temporada de Verão 2014-2015 PRESIDENTE: Marciano Gianerini Freire EQUIPE TÉCNICA: Coordenação: Mariana Nery Pesquisadores: Heike Duske César Melo

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (Junho/14) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

Dados Demográficos: Grandes Regiões, Estados e Municípios. Boletim Técnico Gonçalves & Associados Edição 04 - Maio/2013.

Dados Demográficos: Grandes Regiões, Estados e Municípios. Boletim Técnico Gonçalves & Associados Edição 04 - Maio/2013. Estudo de Perfil do Consumidor Potencial Brasil - Dados Demográficos: Grandes Regiões, Estados e Municípios Boletim Técnico Gonçalves & Associados Edição 04 - Maio/ Edição 2009 www.goncalvesassociados.com

Leia mais

Lista dos órgãos da Justiça com déficits de servidores e as regras para a remoção sem permuta

Lista dos órgãos da Justiça com déficits de servidores e as regras para a remoção sem permuta Lista dos órgãos da Justiça com déficits de servidores e as regras para a remoção sem permuta 1. A remoção sem permuta é o deslocamento do servidor sem contrapartida para o órgão que possui os claros de

Leia mais

Presidenta da República Federativa do Brasil Dilma Rousseff. Vice-Presidente Michel Temer. Ministro de Estado do Esporte Orlando Silva de Jesus Júnior

Presidenta da República Federativa do Brasil Dilma Rousseff. Vice-Presidente Michel Temer. Ministro de Estado do Esporte Orlando Silva de Jesus Júnior Presidenta da República Federativa do Brasil Dilma Rousseff Vice-Presidente Michel Temer Ministro de Estado do Esporte Orlando Silva de Jesus Júnior Secretário Executivo Waldemar Manoel Silva de Souza

Leia mais

Novo Cenário de Iluminação Pública no Brasil: Perspectivas e Oportunidades de Negócios

Novo Cenário de Iluminação Pública no Brasil: Perspectivas e Oportunidades de Negócios Novo Cenário de Iluminação Pública no Brasil: Perspectivas e Oportunidades de Negócios 2 Promon Intelligens Promon Intelligens 2014 Novo panorama de Iluminação Pública no Brasil A publicação da Resolução

Leia mais

A Importância do Fortalecimento Fiscal dos Municípios

A Importância do Fortalecimento Fiscal dos Municípios A Importância do Fortalecimento Fiscal dos Municípios Maria Cristina Mac Dowell Diretora-Geral Adjunta Escola de Administração Fazendária Esaf/MF maria-macdowell.azevedo@fazenda.gov.br macdowell.azevedo@fazenda.gov.br

Leia mais

Rio de Janeiro - BH / MG Gol Tarifa W Adulto R$ 226,00 Sab, 30 Ago 08 Vôo 1746 18:30 Partida RIO-Galeão-RJ (GIG) 19:30 Chegada BHZ-Confins-MG (CNF

Rio de Janeiro - BH / MG Gol Tarifa W Adulto R$ 226,00 Sab, 30 Ago 08 Vôo 1746 18:30 Partida RIO-Galeão-RJ (GIG) 19:30 Chegada BHZ-Confins-MG (CNF LEVANENTO PASSAGENS AÉREAS DO RIO DE JANEIRO PARA AS DEMAIS CAPITAIS (EM 2 DE JUNHO DE 2008) Rio de Janeiro - Aracaju / Sergipe Tarifa M Adulto R$ 620, Vôo 1714 19:00 Partida RIO-Galeão-RJ (GIG) Escala

Leia mais

LOA 2005 - Execução da Despesa por Programação

LOA 2005 - Execução da Despesa por Programação Programa (Cod/Desc) 0167 - BRASIL PATRIMONIO CULTURAL 57.079.946 56.642.000 19.655.552 11.516.542 11.047.703 0168 - LIVRO ABERTO 43.796.768 43.975.268 10.490.693 7.865.651 7.859.431 0169 - CINEMA, SOM

Leia mais

Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia. Regiões de Influência das Cidades

Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia. Regiões de Influência das Cidades Diretoria de Geociências Coordenação de Geografia Regiões de Influência das Cidades 2007 Objetivos Gerais Hierarquizar os centros urbanos Delimitar as regiões de influência associadas aos centros urbanos

Leia mais

Literatura de Cordel ACIDENTE DE TRABALHO. Autores: Antonio de Lisboa, Edmilson Ferreira, Chico de Assis e João Santana.

Literatura de Cordel ACIDENTE DE TRABALHO. Autores: Antonio de Lisboa, Edmilson Ferreira, Chico de Assis e João Santana. Literatura de Cordel ACIDENTE DE TRABALHO Autores: Antonio de Lisboa, Edmilson Ferreira, Chico de Assis e João Santana Jô Oliveira Conte pra gente, conte com a gente Um dos grandes problemas que o governo

Leia mais