Projeto GIGA: um laboratório de redes avançadas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Projeto GIGA: um laboratório de redes avançadas"

Transcrição

1 Projeto GIGA: um laboratório de redes avançadas Maio de 2003 Michael Stanton 2003 RNP

2 Projeto GIGA Projeto em colaboração entre RNP e CPqD e Explorar controle pelo usuário da infra-estrutura de fibra óptica interliga 20 centros acadêmicos de P&D no corredor Campinas - Rio de Janeiro (~600 km) uso de IP/DWDM com enquadramento N-gigabit Ethernet Suporte para subprojetos de P&D em tecnologias de redes óptica e de IP e aplicações e serviços avançados Participação industrial (operadoras cedem as fibras; é exigida transferência tecnológica de produtos e serviços) Financiamento FUNTTEL de 3 anos - desde Dec 2002 Michael Stanton - Projeto GIGA, 4o WRNP2 2

3 Estado da arte de redes ópticas Classificação NSF de redes experimentais além da Internet 2 (Tom Greene) Experimental Infrastructure Networks (EIN) - Internet 3 Networking Research Testbeds (NRT) - Internet 4 Redes ópticas Internet 3 (EIN) Baseadas principalmente em comutação estática de lambdas número crescente de redes provendo suporte de redes de produção para aplicações avançadas Redes ópticas Internet 4 (NRT) redes de comutação dinâmica de lambdas, pacotes, rajadas Michael Stanton - Projeto GIGA, 4o WRNP2 3

4 Enquadramento do Projeto GIGA Vertente de desenvolvimento de equipamentos e tecnologias de redes óptica e IP Ambiente de desenvolvimento e utilização de aplicações em redes IP uma combinação de EIN e NRT (Internet 3 e 4) Michael Stanton - Projeto GIGA, 4o WRNP2 4

5 Metodologia e articulação FUNTTEL FINEP R$ Coordenação Executiva RNP CPqD Comitê Assessor CPqD, RNP. empresas e entidades que aportam recursos Coord. Temática Redes Ópticas Coord. Temática Protocolos e Serviços Redes Coord. Temática Serviços Experimentais de Telecom Coord. Temática Serviços e Aplicações Científicas CPqD Contratos RNP Universidades Centros de P&D Empresas CPqD Contratos RNP Michael Stanton - Projeto GIGA, 4o WRNP2 5

6 Localização geográfica da rede Universidades IME PUC-Rio UERJ UFF UFRJ UNESP Unicamp USP Centros de P&D CBPF - física CPqD - telecom CPTEC - meteorologia CTA - aeroespaço Fiocruz - saúde IMPA - matemática INPE - espaço LNCC - PAD LNLS - física (600 km de extensão - não de escala) CPqD LNLS Unicamp Campinas Fapesp telcos Unesp USP - H.C. USP - C.U. São Paulo São José dos Campos CTA INPE CPTEC Cachoeira Paulista LNCC Petrópolis Rio de Janeiro CBPF- LNCC Fiocruz IME IMPA-RNP Michael Stanton - Projeto GIGA, 4o WRNP2 6 PUC-Rio telcos UERJ UFRJ UFF Niterói

7 Metas (A) Implantar a Rede Experimental A1 - Implantação da Rede de Suporte do testbed Internet (9 meses) A2 - Implantação da Rede do testbed óptico (24 meses) (B) Estruturar Equipe da Coordenação Executiva administrar a implantação e a operação da Rede Experimental (C) Estruturar as Coordenações Temáticas articular, implantar e acompanhar os projetos de P&D (D) Implantar os sub-projetos de P&D com a participação de instituições de P&D e empresas (E) Validar resultados na Rede Michael Stanton - Projeto GIGA, 4o WRNP2 7

8 Coordenações temáticas (fomento de P&D) (D1): Redes Ópticas (CPqD) Sistema ópticos em 10Gbps/WDM 16 canais para aumento da distância entre regeneradores Elementos DWDM de baixo custo para redes metropolitanas Sistema para gerência de rede em configuração IP sobre WDM Equipamentos para aplicação em redes óticas de acesso (D2): Protocolos e Serviços de Rede (RNP) Protocolos de rede e transporte em redes avançadas Gerenciamento de redes avançadas (D3): Serviços Experimentais de Telecom (CPqD) Serviços pessoa-pessoa Serviços pessoa-servidor (D4): Serviços e Aplicações Cientificas (RNP) Aplicações multimídia de tempo real em redes avançadas Aplicações distribuídas em larga escala Michael Stanton - Projeto GIGA, 4o WRNP2 8

9 Projeto inicial da rede GIGA WAN DWDM entre Campinas e Rio de Janeiro MANs ópticas no Rio, em S. Paulo e Campinas es entre WAN e MANs para pacotes IP e lambdas (em estudo) redes de campus um problema: não estão prontas p/ GigE - sem fibra SM CPS - Campinas SPO - São Paulo SJC - São José dos Campos CPL - Cachoeira Paulista RJO - Rio de Janeiro CPS SPO SJC CPL RJO SPO CPS T-DWDM T-DWDM RJO Petrópolis Niterói Com Com AD-DWDM AD-DWDM AD-DWDM T-AOL CPL SJC Michael Stanton - Projeto GIGA, 4o WRNP2 9

10 Conceito preliminar de rede IP Rede backbone Rede metropolitana Rede institucional para outros GigaPoPs de backbone conexão de alta velocidade conexão de média velocidade para outras instituições da mesma cidade para outras instituições da mesma cidade Roteador de borda saída para a rede institucional estações de trabalho e servidores de borda para outros grupos de pesquisa estações de trabalho e servidores Michael Stanton - Projeto GIGA, 4o WRNP2 10

11 Uma arquitetura alternativa para IP Aplicação Middleware Transporte Application Middleware Transporte Aplicação de alta banda (p.ex. Grade) UvA SURFnet5 CA*net4 NL SL Router GbE Router Router GbE Router Router GbE de de Lambdas de de Lambdas Um cenário de lambdas para aplicações de alta banda: Evitar rede de produção Middleware solicita caminhos ópticos fim a fim Justificativa: Diminuir o custo de transporte por pacote Pressupõe WDM na rede metro Origem: Cees de Laat/Tom DeFanti (Translight) UBC Vancouver Router Michael Stanton - Projeto GIGA, 4o WRNP2 11

12 Conceito RNP de realização de P&D (coordenações temáticas) Atividades a serem contratadas com equipes das universidades, centros de P&D Criação de comitê científico (inclui pesquisadores) José Marcos Nogueira (UFMG), Marcelo Gattass (PUC-Rio), Maurício Magalhães (Unicamp) e Tereza Cristina Carvalho (USP) Editais de propostas de projetos com objetivos determinados pelo comitê científico Eventual composição de equipes executoras, baseadas nas respostas ao edital, com participação de interveniente técnico (empresa do setor produtivo), para absorção de tecnologia desenvolvida Michael Stanton - Projeto GIGA, 4o WRNP2 12

13 Interação com as instituições de P&D Identificar grupos de pesquisa e desenvolvimento que possam participar em subprojetos temas pessoas recursos computacionais e de rede disponíveis Verificar estado de infra-estrutura de rede (óptica) acesso externo ao GigaPoP eventual hospedagem de equipamentos do backbone e do GigaPoP fibra óptica SM (necessário para redes GigE e WDM) Michael Stanton - Projeto GIGA, 4o WRNP2 13

Redes de Computadores. Prof. José Gonçalves Pereira Filho Departamento de Informática zegonc@inf.ufes.br

Redes de Computadores. Prof. José Gonçalves Pereira Filho Departamento de Informática zegonc@inf.ufes.br Redes de Computadores Prof. José Gonçalves Pereira Filho Departamento de Informática zegonc@inf.ufes.br Classificação de Redes Redes de Computadores Conjunto de nós processadores capazes de trocar informações

Leia mais

Resultados da Lei de Informática - Uma Avaliação. Parte 4 - Programas Prioritários em Informática

Resultados da Lei de Informática - Uma Avaliação. Parte 4 - Programas Prioritários em Informática Resultados da Lei de Informática - Uma Avaliação Parte 4 - Programas Prioritários em Informática Rede Nacional de Pesquisa Ministério da Ciência e Tecnologia Resultados da Lei de Informática - Uma Avaliação

Leia mais

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social

Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços para a Área Social Programa 0465 SOCIEDADE DA INFORMAÇÃO - INTERNET II Objetivo Incrementar o grau de inserção do País na sociedade de informação e conhecimento globalizados. Público Alvo Empresas, usuários e comunidade

Leia mais

Ambientes experimentais de larga escala para suporte de P&D em redes

Ambientes experimentais de larga escala para suporte de P&D em redes Ambientes experimentais de larga escala para suporte de P&D em redes Workshop sobre o "Futuro da Internet" CPqD, abril de 2009 Michael Stanton Rede Nacional de Ensino e Pesquisa - RNP michael@rnp.br 2009

Leia mais

Tópicos Especiais em Redes Alta Performance. Paulo Aguiar DCC/UFRJ

Tópicos Especiais em Redes Alta Performance. Paulo Aguiar DCC/UFRJ Tópicos Especiais em Redes Alta Performance Paulo Aguiar DCC/UFRJ Conteúdo A convergência das redes e os grandes desafios Sistemas grandes são melhores Rede IP global como solução: limitações de desempenho

Leia mais

I Simpósio de Ciência e Tecnologia COMCIT. Rede GigaNatal: uma Rede Metropolitana de Alta Velocidade. Sergio Vianna Fialho, D.Sc.

I Simpósio de Ciência e Tecnologia COMCIT. Rede GigaNatal: uma Rede Metropolitana de Alta Velocidade. Sergio Vianna Fialho, D.Sc. I Simpósio de Ciência e Tecnologia COMCIT : uma Rede Metropolitana de Alta Velocidade Sergio Vianna Fialho, D.Sc. CG- RN / PoP- RN Agosto de 2008 Agenda A RNP e as iniciativas do Governo federal Rede Ipê

Leia mais

GT-ATER: Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmicos. RP1 - Relatório de detalhamento das atividades

GT-ATER: Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmicos. RP1 - Relatório de detalhamento das atividades GT-ATER: Aceleração do Transporte de Dados com o Emprego de Redes de Circuitos Dinâmicos RP1 - Relatório de detalhamento das atividades Marcelo Akira Inuzuka Mário Augusto da Cruz Micael Oliveira Massula

Leia mais

AULA Redes de Computadores e a Internet

AULA Redes de Computadores e a Internet UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Faculdade de Computação Curso de Bacharelado em Ciência da Computação Disciplina: INF64 (Introdução à Ciência da Computação) Prof: Anilton Joaquim da Silva / Ezequiel

Leia mais

Tecnologia Videoconferências em Medicina e Saúde

Tecnologia Videoconferências em Medicina e Saúde Tecnologia Videoconferências em Medicina e Saúde O aumento da capacidade de tráfego na Internet e a redução de custos desses serviços têm propiciado o crescimento vertiginoso da aplicação das mais modernas

Leia mais

Implantação de HVPLS (Hierarchical Virtual Private LAN Services) na rede GIGA

Implantação de HVPLS (Hierarchical Virtual Private LAN Services) na rede GIGA Implantação de HVPLS (Hierarchical Virtual Private LAN Services) na rede GIGA Adelmo Avancini Luciano Martins 08 de dezembro de 2006 www.cpqd.com.br Agenda Projeto GIGA Topologia da rede GIGA VPLS no mercado

Leia mais

Serviço de Segurança de Middlewares

Serviço de Segurança de Middlewares Serviço de Segurança de Middlewares Autor: Célio Domingues Gonçalves 1, Orientador: Prof. Dr. Luis Fernando Faina 1 1 Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Universidade Federal do Uberlândia

Leia mais

RNP2: Política de Uso Comitê Gestor RNP

RNP2: Política de Uso Comitê Gestor RNP ANEXO 1 À RESOLUÇÃO Nº 04/2001, DO COMITÊ GESTOR RNP RNP2: Política de Uso Comitê Gestor RNP Novembro de 2000 Este documento apresenta as condições e políticas de uso aceitável do backbone RNP2, incluindo

Leia mais

A RNP e as Mudanças na Internet

A RNP e as Mudanças na Internet Seminário Serviços e Sistemas de Informação Tecnológica Junho de 1998 Ari Frazão Jr. Consultor de Redes da RNP A Índice: Rede Internet A RNP A Nova Geração da Internet O Brasil Rumo à Internet2 A Ação

Leia mais

09/06/2011. Profª: Luciana Balieiro Cosme

09/06/2011. Profª: Luciana Balieiro Cosme Profª: Luciana Balieiro Cosme Revisão dos conceitos gerais Classificação de redes de computadores Visão geral sobre topologias Topologias Barramento Anel Estrela Hibridas Árvore Introdução aos protocolos

Leia mais

Conceitos sobre Internet 2

Conceitos sobre Internet 2 Conceitos sobre Internet 2 Realizada em 27/01/2000, atualizada em 06/02/2001 Cláudia Helena Bianchi Lencioni e-mail: claudia@cirp.usp.br Seção de Rede Internet no Brasil Possui metade do número total de

Leia mais

A Evolução das Telecomunicações no Brasil

A Evolução das Telecomunicações no Brasil A Evolução das Telecomunicações no Brasil Outras Apostilas em: www.projetode redes.co m.br www.redesde com p uta dores. com. br Prof. José Maurício dos Santos Pinheiro Centro Universitário de Volta Redonda

Leia mais

UNIDADE II. Fonte: SGC Estácio e Marco Filippetti

UNIDADE II. Fonte: SGC Estácio e Marco Filippetti UNIDADE II Metro Ethernet Fonte: SGC Estácio e Marco Filippetti Metro Ethernet é um modo de utilizar redes Ethernet em áreas Metropolitanas e geograficamente distribuídas. Esse conceito surgiu pois, de

Leia mais

- esgotamento dos endereços de rede (IPv4), inibindo o desenvolvimento da chamada Internet das coisas (Internet of Things);

- esgotamento dos endereços de rede (IPv4), inibindo o desenvolvimento da chamada Internet das coisas (Internet of Things); O que é Internet do Futuro (IF)? Mais de dois bilhões de usuários, um trilhão de páginas de conteúdo e 300 milhões de websites. Desde a sua criação, há 30 anos, a internet vem transformando a rotina dos

Leia mais

Redes Locais, Metropolitanas e de Longa Distância

Redes Locais, Metropolitanas e de Longa Distância Redes Locais, Metropolitanas e de Longa Distância Hermes Senger Pós-Graduação Lato Sensu em Redes de Computadores - DC - UFSCar Redes LAN, MAN e WAN - 1 Histórico - até início dos anos 80 Computação baseada

Leia mais

CERT.br Apresentação e Atuação

CERT.br Apresentação e Atuação CERT.br Apresentação e Atuação Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil - CERT.br Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto br - NIC.br Comitê Gestor da Internet

Leia mais

Status da T2-UERJ. Equipe técnica: Douglas Milanez Eduardo Revoredo José Afonso Sanches. Estagiários Luiz Gustavo Dornellas Renata Salles

Status da T2-UERJ. Equipe técnica: Douglas Milanez Eduardo Revoredo José Afonso Sanches. Estagiários Luiz Gustavo Dornellas Renata Salles Status da T2-UERJ Equipe técnica: Douglas Milanez Eduardo Revoredo José Afonso Sanches Estagiários Luiz Gustavo Dornellas Renata Salles Colaboração CERN: Alan Malta e Ana Franco Cluster Infraestrutura

Leia mais

Desenvolvimento da ReMAV-Curitiba Perspectivas Novos parceiros e alianças Institucionalização

Desenvolvimento da ReMAV-Curitiba Perspectivas Novos parceiros e alianças Institucionalização ,,:RUNVKRS :RUNVKRSGD513 %HOR+RUL]RQWHGHPDLRGH 5(0$9&XULWLED ([SHULPHQWRVGH*HVWmRH$SOLFDo}HV HP5HGHVGH$OWD9HORFLGDGH &HQWUR,QWHUQDFLRQDOGH7HFQRORJLDGH6RIWZDUH &HQWUR)HGHUDOGH(GXFDomR7HFQROyJLFDGR3DUDQi,QVWLWXWRGH7HFQRORJLDGR3DUDQi

Leia mais

Programa TIDIA e Projeto KyaTera

Programa TIDIA e Projeto KyaTera Programa TIDIA e Projeto KyaTera Apoio a P&D em Redes no Brasil - Oportunidades, estratégias e visão de futuro Workshop WRNP - 2005 Tereza Cristina M. B. Carvalho ANSP (Academic Network of S. Paulo State)

Leia mais

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014

Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL. Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico Integrado ao Médio FORMAÇÃO PROFISSIONAL Plano de Trabalho Docente 2014 Etec Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos EE: Professor Arlindo Bittencourt Eixo Tecnológico: Informação

Leia mais

ANEXO I-a ARQUITETURA DA REDE INFOSUS II

ANEXO I-a ARQUITETURA DA REDE INFOSUS II ANEXO I-a ARQUITETURA DA REDE INFOSUS II 1. Descrição da rede INFOSUS II A Rede INFOSUS II, Infovia Integrada do Sistema Único de Saúde (SUS), consistirá em infra-estrutura de telecomunicações, a ser utilizada

Leia mais

5.2 MAN s (Metropolitan Area Network) Redes Metropolitanas

5.2 MAN s (Metropolitan Area Network) Redes Metropolitanas MÓDULO 5 Tipos de Redes 5.1 LAN s (Local Area Network) Redes Locais As LAN s são pequenas redes, a maioria de uso privado, que interligam nós dentro de pequenas distâncias, variando entre 1 a 30 km. São

Leia mais

REDE DE COMPUTADORES

REDE DE COMPUTADORES SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES Tecnologias de Rede Arquitetura Prof. Airton Ribeiro de Sousa E-mail: airton.ribeiros@gmail.com 1 A arquitetura de redes tem como função

Leia mais

PLANO DE CAPACITAÇÃO DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

PLANO DE CAPACITAÇÃO DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PLANO DE CAPACITAÇÃO DA ÁREA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO COMITÊ GESTOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO (CGTI) JULHO/2012 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email:

Leia mais

Pós-Graduação em Segurança da Informação Exercícios de Redes de Alta Velocidade Professor : Marco Antônio C. Câmara - 15/03/2014. Aluno(a) : Gabarito

Pós-Graduação em Segurança da Informação Exercícios de Redes de Alta Velocidade Professor : Marco Antônio C. Câmara - 15/03/2014. Aluno(a) : Gabarito Aluno(a) : Gabarito 1 a. Questão : Com base no estudo dos aspectos de segurança de redes que afetam a performance, para cada uma das afirmações abaixo, assinale (C)erto ou (E)rrado. No caso da opção estar

Leia mais

Introdução às Redes de Computadores. Por José Luís Carneiro

Introdução às Redes de Computadores. Por José Luís Carneiro Introdução às Redes de Computadores Por José Luís Carneiro Portes de computadores Grande Porte Super Computadores e Mainframes Médio Porte Super Minicomputadores e Minicomputadores Pequeno Porte Super

Leia mais

Rede IP do Projeto GIGA

Rede IP do Projeto GIGA Rede IP do Projeto GIGA Raniery Pontes Maio 2004 2004 RNP Sumário Diretivas de projeto Equipamentos Serviços Diagrama da rede Centros de gerência Diretivas de projeto Diretivas de projeto Objetivos O Projeto

Leia mais

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco.

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco. O que é IP O objetivo deste tutorial é fazer com que você conheça os conceitos básicos sobre IP, sendo abordados tópicos como endereço IP, rede IP, roteador e TCP/IP. Eduardo Tude Engenheiro de Teleco

Leia mais

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco.

Assumiu em 2002 um novo desafio profissional como empreendedor e Presidente do Teleco. VPN: Redes Privadas Virtuais O objetivo deste tutorial é apresentar os tipos básicos de Redes Privadas Virtuais (VPN's) esclarecendo os significados variados que tem sido atribuído a este termo. Eduardo

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES LAN MAN WAN

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES LAN MAN WAN SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL REDE DE COMPUTADORES LAN MAN WAN - Prof. Airton / airton.ribeiros@gmail.com - Prof. Altenir / altenir.francisco@gmail.com 1 REDE LOCAL LAN - Local Area Network

Leia mais

Informática Aplicada

Informática Aplicada Informática Aplicada Internet Aula 4 Prof. Walteno Martins Parreira Jr www.waltenomartins.com.br waltenomartins@yahoo.com 2014 APRESENTAÇÃO A Internet é um grande conjunto de redes de computadores interligadas

Leia mais

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia.

A EMPRESA. A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A EMPRESA A Future Technology é uma divisão da Do Carmo voltada para o mercado de soluções em tecnologia. A experiência da Future Technology nas diversas áreas de TI disponibiliza aos mercados público

Leia mais

1.264 Aula 23. Trabalhos da Internet: Integração de LANs para WANs

1.264 Aula 23. Trabalhos da Internet: Integração de LANs para WANs 1.264 Aula 23 Trabalhos da Internet: Integração de LANs para WANs Resumo da rede Repetidores, Pontes, Roteadores, Gateways (Centrais de Trânsito Internacional) Os repetidores apenas se estendem para as

Leia mais

Pesquisas em Redes de Computadores e Sistemas Multimídia

Pesquisas em Redes de Computadores e Sistemas Multimídia Pesquisas em Redes de Computadores e Sistemas Multimídia Profa. Débora Christina Muchaluat Saade Instituto de Computação - UFF debora@ic.uff.br Roteiro equipe Linhas de Pesquisa Redes Mesh Redes Avançadas

Leia mais

Cap 01 - Conceitos Básicos de Rede (Kurose)

Cap 01 - Conceitos Básicos de Rede (Kurose) Cap 01 - Conceitos Básicos de Rede (Kurose) 1. Quais são os tipos de redes de computadores e qual a motivação para estudá-las separadamente? Lan (Local Area Networks) MANs(Metropolitan Area Networks) WANs(Wide

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE V: Telecomunicações, Internet e Tecnologia Sem Fio. Tendências em Redes e Comunicações No passado, haviam dois tipos de redes: telefônicas e redes

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - Anéis Ópticos em Backbone www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução Em 1980 foi formado o grupo de trabalho ANSI X3T9.5 com a finalidade de desenvolver

Leia mais

Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul

Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul Faculdade Anhanguera de São Caetano do Sul Redes Locais Curso: Tecnologia em Redes de Computadores Prof. Eduardo M. de Araujo Site: www.professoreduardoaraujo.com Ementa 1 Apresentação da disciplina. Objetivos.

Leia mais

Assunto: Avaliação da documentação de Habilitação Técnica enviada pela empresa GIMP Engenharia participante do Pregão 02/2011 TB

Assunto: Avaliação da documentação de Habilitação Técnica enviada pela empresa GIMP Engenharia participante do Pregão 02/2011 TB NOTA TÉCNICA Nº /2011/Telebrás Assunto: Avaliação da documentação de Habilitação Técnica enviada pela empresa GIMP Engenharia participante do Pregão 02/2011 TB Elaboração: Gerência de Projetos Diretoria

Leia mais

PTTMetro. 11 Jan 2010

PTTMetro. 11 Jan 2010 PTTMetro 11 Jan 2010 Antonio Galvao de Rezende Filho Eduardo Ascenço Reis Milton Kaoru Kashiwakura PTTMetro http://ptt.br/ Apresentação 1 Sobre o CGI.br

Leia mais

A rede Multiserviços da AcessoLINE Introdução ao MPLS

A rede Multiserviços da AcessoLINE Introdução ao MPLS 2015 1 A rede Multiserviços da AcessoLINE Introdução ao MPLS Marcelo Balbinot marcelo@alt.net.br Acessoline Telecom Agenda 2 Apresentação. A Empresa. Evolução do backbone. A tecnologia MPLS. Os serviços

Leia mais

Equipamentos de Rede. Prof. Sérgio Furgeri 1

Equipamentos de Rede. Prof. Sérgio Furgeri 1 Equipamentos de Rede Repetidor (Regenerador do sinal transmitido)* Mais usados nas topologias estrela e barramento Permite aumentar a extensão do cabo Atua na camada física da rede (modelo OSI) Não desempenha

Leia mais

Topologias e abrangência das redes de computadores. Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com

Topologias e abrangência das redes de computadores. Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com Topologias e abrangência das redes de computadores Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.com Objetivos Tornar os alunos capazes de reconhecer os tipos de topologias de redes de computadores assim como

Leia mais

Tecnologia da Informação e Comunicação. Euber Chaia Cotta e Silva

Tecnologia da Informação e Comunicação. Euber Chaia Cotta e Silva Tecnologia da Informação e Comunicação Euber Chaia Cotta e Silva Redes e a Internet Conceitos Básicos 01 Para que você possa entender o que é e como funciona a Internet é necessário primeiro compreender...

Leia mais

Ferramenta para Gerência de Segurança Usando Análise de Tráfego em Backbones IP

Ferramenta para Gerência de Segurança Usando Análise de Tráfego em Backbones IP Ferramenta para Gerência de Segurança Usando Análise de Tráfego em Backbones IP Cláudia de Abreu Silva 1,2 claudia@dtm.mar.mil.br Luís Felipe Magalhães de Moraes 1 moraes@ravel.ufrj.br 1 Universidade Federal

Leia mais

Brasília, 27 de abril de 2011

Brasília, 27 de abril de 2011 Rede Nacional do Governo Federal para o PNBL Brasília, 27 de abril de 2011 1 Programa Nacional de Banda Larga 2 Rede Nacional - 2014 Abrangência 27 capitais 4.283 municípios Quantidade de Estações 322

Leia mais

Serviço fone@rnp: descrição geral

Serviço fone@rnp: descrição geral Serviço fone@rnp: descrição geral Este documento descreve o serviço de Voz sobre IP da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa. RNP/REF/0347 Versão Final Sumário 1. Apresentação... 3 2. Definições... 3 3. Benefícios

Leia mais

Fernando Albuquerque - fernando@cic.unb.br REDES LAN - WAN. Fernando Albuquerque (061) 273-3589 fernando@cic.unb.br

Fernando Albuquerque - fernando@cic.unb.br REDES LAN - WAN. Fernando Albuquerque (061) 273-3589 fernando@cic.unb.br REDES LAN - WAN Fernando Albuquerque (061) 273-3589 fernando@cic.unb.br Tópicos Modelos Protocolos OSI e TCP/IP Tipos de redes Redes locais Redes grande abrangência Redes metropolitanas Componentes Repetidores

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br

REDES DE COMPUTADORES Prof. Ricardo Rodrigues Barcelar http://www.ricardobarcelar.com.br - Aula Complementar - EQUIPAMENTOS DE REDE 1. Repetidor (Regenerador do sinal transmitido) É mais usado nas topologias estrela e barramento. Permite aumentar a extensão do cabo e atua na camada física

Leia mais

1 Introdução. 1.1. Motivação

1 Introdução. 1.1. Motivação 15 1 Introdução Esta dissertação dedica-se ao desenvolvimento de um analisador de erro para Redes Ópticas através da utilização de circuitos integrados programáveis de última geração utilizando taxas que

Leia mais

PTTMetro Informações e Destaques

PTTMetro Informações e Destaques PTTMetro Informações e Destaques 3 o PTT Forum 3 Dez 2009 Antonio Galvao de Rezende Filho Eduardo Ascenço Reis Milton Kaoru Kashiwakura 3o PTT Forum

Leia mais

Figura 1 Taxas de transmissão entre as redes

Figura 1 Taxas de transmissão entre as redes Conceitos de Redes Locais A função básica de uma rede local (LAN) é permitir a distribuição da informação e a automatização das funções de negócio de uma organização. As principais aplicações que requerem

Leia mais

RCO2. LANs, MANs e WANs Visão geral

RCO2. LANs, MANs e WANs Visão geral RCO2 LANs, MANs e WANs Visão geral 1 LAN, MAN e WAN Classificação quanto a alcance, aplicação e tecnologias Distâncias: WAN: : distâncias arbitrariamente longas MAN: : distâncias médias (urbanas) LAN:

Leia mais

Introdução ao Conceito de Redes e Infra estrutura Internet

Introdução ao Conceito de Redes e Infra estrutura Internet Introdução ao Conceito de Redes e Infra estrutura Internet Prof. José Alexandre da Costa Alves (MSc) O que é uma rede de Computadores Conjunto de unidades de processamento com capacidade de trocar informações

Leia mais

O MCT e suas Unidades de Pesquisa

O MCT e suas Unidades de Pesquisa Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria-Executiva Subsecretaria de Coordenação das Unidades de Pesquisa O MCT e suas Unidades de Pesquisa LABORATÓRIO NACIONAL DE ASTROFÍSICA Luiz Fernando Schettino

Leia mais

Arquitetura de Redes de Computadores - aula 1

Arquitetura de Redes de Computadores - aula 1 Arquitetura de Redes de Computadores - aula 1 Prof. Celso Rabelo Universidade Castelo Branco 1 Objetivo Programa Bibliografia 2 3 Um pouco de história Termos Utilizados 4 LAN MAN WAN 5 Latência QoS Jitter

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - Metro-Ethernet (Carrier Ethernet) www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - Ethernet na LAN www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique

Leia mais

Redes locais comutadas, visão geral da camada de acesso

Redes locais comutadas, visão geral da camada de acesso Redes locais comutadas, visão geral da camada de acesso A construção de uma rede local que satisfaça às exigências de organizações de médio e grande porte terá mais probabilidade de sucesso se for utilizado

Leia mais

Interiorização das redes metropolitanas e expansão do backbone acadêmico em SC

Interiorização das redes metropolitanas e expansão do backbone acadêmico em SC Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina Rede Metropolitana de Educação e Pesquisa da Região de Florianópolis 04 e 05 Outubro/2012 Interiorização das redes metropolitanas e expansão do backbone acadêmico

Leia mais

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Por que redes de computadores? Tipos de redes Componentes de uma rede IFPB/Patos - Prof. Claudivan 2 Quando o assunto é informática, é impossível não pensar em

Leia mais

4. Rede de Computador

4. Rede de Computador Definição Uma rede de computadores é formada por um conjunto de módulos processadores capazes de trocar informações e compartilhar recursos, interligados por um sub-sistema de comunicação, ou seja, é quando

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES Conteúdo 1 Topologia de Redes 5 Escalas 5 Topologia em LAN s e MAN s 6 Topologia em WAN s 6 2 Meio Físico 7 Cabo Coaxial 7 Par Trançado 7 Fibra Óptica 7 Conectores 8 Conector RJ45 ( Par trançado ) 9 Conectores

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES 1 2 REDES DE COMPUTADORES ADRIANO SILVEIRA ADR_SILVEIRA@YAHOO.COM.BR Classificação quanto ao alcance geográfico LAN Local Area Network, tem alcance em nível de empresas, órgãos, organizações ou casas.

Leia mais

2ª Oficina para Inclusão Digital Otimização de Redes e Acesso Universal

2ª Oficina para Inclusão Digital Otimização de Redes e Acesso Universal Redes Comunitárias 2ª Oficina para Inclusão Digital Otimização de Redes e Acesso Universal Nelson Simões 28 maio 2003 RNP/PAL/0191 2003 RNP Rede Nacional de Ensino e Pesquisa Missão: promover

Leia mais

UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA. Curso: Redes de Computadores e Telecomunicações

UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA. Curso: Redes de Computadores e Telecomunicações UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA Curso: Redes de Computadores Módulo 2 - Conceitos e Fundamentos Evolução das Redes d LAN, MAN e WAN Material de Apoio 2011 / sem2 Prof. Luiz Shigueru Seo CONCEITOS e FUNDAMENTOS

Leia mais

Universidade de Brasília

Universidade de Brasília Universidade de Brasília Introdução a Microinformática Turma H Redes e Internet Giordane Lima Porque ligar computadores em Rede? Compartilhamento de arquivos; Compartilhamento de periféricos; Mensagens

Leia mais

Componentes dos sistemas computadorizados Aula 04 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE

Componentes dos sistemas computadorizados Aula 04 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Componentes dos sistemas computadorizados Aula 04 FTC FACULDADE DE TECNOLOGIA E CIÊNCIAS ADMINISTRAÇÃO IV SEMESTRE Componentes da infraestrutura Hardware Software Tecnologia de gerenciamento de dados Tecnologia

Leia mais

Impacto socioeconômico do Cinturão Digital do Ceará Os resultados iniciais das estratégias de exploração econômica da Rede

Impacto socioeconômico do Cinturão Digital do Ceará Os resultados iniciais das estratégias de exploração econômica da Rede Impacto socioeconômico do Cinturão Digital do Ceará Os resultados iniciais das estratégias de exploração econômica da Rede própria de fibra ótica do Governo do Estado do Ceará. Pablo Ximenes Diretor de

Leia mais

II Seminário Resultados da Lei da Informática

II Seminário Resultados da Lei da Informática II Seminário Resultados da Lei da Informática Rodrigo Pinto Diretor de P&D 29 de março de 2006 Agenda A Solectron Estratégia Organização Realizações Resultados entre 1998 2003 Resultados entre 2004-2005

Leia mais

Estratégia de Implantação do GridUNESP. II Brazilian LHC Computing Workshop - GridUNESP

Estratégia de Implantação do GridUNESP. II Brazilian LHC Computing Workshop - GridUNESP Estratégia de Implantação do GridUNESP II Brazilian LHC Computing Workshop - GridUNESP O que é Grid? Grid é um sistema que coordena recursos computacionais geograficamente distribuídos. Usa protocolos

Leia mais

Re R d e e d s e Ygor Colen Morato

Re R d e e d s e Ygor Colen Morato Redes Ygor Colen Morato Histórico : Década 50 primeiros computadores, chamados de Mainframes. Processamento em lote ou batch. Década 60 primeiros terminais interativos. Porém sem capacidade de processamento.

Leia mais

Experiência da UFSC com Projetos Apoiados pela Lei 8248

Experiência da UFSC com Projetos Apoiados pela Lei 8248 Experiência da UFSC com Projetos Apoiados pela Lei 8248 Prof. Raul Sidnei Wazlawick Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação Uso Institucional de Recursos da Lei 8248 Cooperação

Leia mais

PIPE FAPESP: Pesquisa para Inovação em São Paulo

PIPE FAPESP: Pesquisa para Inovação em São Paulo PIPE FAPESP: Pesquisa para Inovação em São Paulo Carlos Henrique de Brito Cruz Diretor Científico FAPESP 08/10/15 pesq-para-inovacao-sp-020150818.pptx; C.H. Brito Cruz e Fapesp 1 Pesquisa Inovativa na

Leia mais

Tecnologias disponíveis e as possíveis parcerias com a RNP

Tecnologias disponíveis e as possíveis parcerias com a RNP Tecnologias disponíveis e as possíveis parcerias com a RNP Encontro Provedores Regionais Rio de Janeiro Julho/2014 Agenda Tecnologias e tendências em redes ópticas; Oportunidades de negócio com a RNP.

Leia mais

Professor Esp. Douglas Diego INESUL- ANÁPOLIS

Professor Esp. Douglas Diego INESUL- ANÁPOLIS Professor Esp. Douglas Diego INESUL- ANÁPOLIS Historia Antes do advento de computadores baseadas em algum tipo de sistema de telecomunicação, a comunicação entre máquinas calculadoras e computadores antigos

Leia mais

Interconexão de redes locais. Repetidores. Pontes (Bridges) Hubs. Pontes (Bridges) Pontes (Bridges) Existência de diferentes padrões de rede

Interconexão de redes locais. Repetidores. Pontes (Bridges) Hubs. Pontes (Bridges) Pontes (Bridges) Existência de diferentes padrões de rede Interconexão de redes locais Existência de diferentes padrões de rede necessidade de conectá-los Interconexão pode ocorrer em diferentes âmbitos LAN-LAN LAN: gerente de um determinado setor de uma empresa

Leia mais

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Aula 1 Conceitos da Computação em Nuvem A computação em nuvem ou cloud computing

Leia mais

Programas de Pesquisa para Inovação Tecnológica e de apoio à Propriedade Intelectual da FAPESP

Programas de Pesquisa para Inovação Tecnológica e de apoio à Propriedade Intelectual da FAPESP Programas de Pesquisa para Inovação Tecnológica e de apoio à Propriedade Intelectual da FAPESP GT de PD&I do IPD Eletron 15/5/12 Sérgio Queiroz Professor Associado DPCT/IG/Unicamp Coordenador Adjunto de

Leia mais

Redes Híbridas: Soluções e Perspectivas

Redes Híbridas: Soluções e Perspectivas Redes Híbridas: Soluções e Perspectivas Workshop Futuro da Internet Ciclo de Eventos 2009 CPqD José Ferreira de Rezende rezende@gta.ufrj.br Por que as redes devem evoluir? algumas aplicações científicas

Leia mais

Evolução na Comunicação de

Evolução na Comunicação de Evolução na Comunicação de Dados Invenção do telégrafo em 1838 Código Morse. 1º Telégrafo Código Morse Evolução na Comunicação de Dados A evolução da comunicação através de sinais elétricos deu origem

Leia mais

Redes de Conhecimento Antônio Carlos Fernandes Nunes

Redes de Conhecimento Antônio Carlos Fernandes Nunes 2º Congresso Ibero-Americano de Gestão do Conhecimento e Inteligência Competitiva Redes de Conhecimento Antônio Carlos Fernandes Nunes 31 de Julho de 2008 RNP/PAL/0200 2003 RNP Flávio Cruvinel Brandão

Leia mais

ANEXO II. Título <>

ANEXO II. Título <<que resuma o objetivo geral do subprojeto (Texto limitado a 150 caracteres)>> Título Sigla da Proposta Área Geográfica de Execução

Leia mais

26/2/2014. Numero de Web Sites no mundo. 1993 1996 1999 Agosto/2002

26/2/2014. Numero de Web Sites no mundo. 1993 1996 1999 Agosto/2002 História da Internet? No final dos anos 50, os EUA formaram uma instituição de investigação, a qual designaram por ARPA (Advanced Research Projec Agency). O objectivo desta instituição, parte integrante

Leia mais

O MCT e suas Unidades de Pesquisa

O MCT e suas Unidades de Pesquisa Ministério da Ciência e Tecnologia Secretaria-Executiva Subsecretaria de Coordenação das Unidades de Pesquisa O MCT e suas Unidades de Pesquisa LABORATÓRIO NACIONAL DE ASTROFÍSICA Luiz Fernando Schettino

Leia mais

Apresentação. Redes de Computadores 4o. Semestre 8/16/13 2

Apresentação. Redes de Computadores 4o. Semestre 8/16/13 2 Apresentação Prof. MsC. Robson Velasco Garcia Formação: Engenheiro Eletrônico- Telecomunicações (2000) IMT / EEM Escola de Engenharia Mauá; Mestre em Engenharia da Computação (2009) Redes de Computadores

Leia mais

A RNP e a Tecnologia de Informação e Comunicação Colaborando no Brasil e no Exterior

A RNP e a Tecnologia de Informação e Comunicação Colaborando no Brasil e no Exterior A RNP e a Tecnologia de Informação e Comunicação Colaborando no Brasil e no Exterior PRO-IDEAL: Cooperação América Latina - Europa em TICs: Oportunidades e desafios, Sao Paulo, 6-7 Abril, 2009 Marcio Faerman

Leia mais

Redes de Computadores I Conceitos Básicos

Redes de Computadores I Conceitos Básicos Redes de Computadores I Conceitos Básicos Prof. Luís Rodrigo lrodrigo@lncc.br http://lrodrigo.lncc.br 2011/2 v3 2011.07.27 (baseado no material de Jim Kurose e outros) Histórico da Evolução das Redes Histórico

Leia mais

Consórcio para Rede Metropolitana de Educação e Pesquisa na Grande Florianópolis. Edison Melo Dezembro/2005

Consórcio para Rede Metropolitana de Educação e Pesquisa na Grande Florianópolis. Edison Melo Dezembro/2005 Consórcio para Rede Metropolitana de Educação e Pesquisa na Grande Florianópolis Edison Melo Dezembro/2005 Agenda Iniciativa RNP/REDECOMEP - O projeto REDECOMEP Iniciativa RCT - Rede Catarinense de Ciência

Leia mais

APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET

APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET APOSTILA BÁSICA SOBRE INTERNET DEFINIÇÕES BÁSICAS A Internet é um conjunto de redes de computadores interligados pelo mundo inteiro, ue têm em comum um conjunto de protocolos e serviços. O ue permite a

Leia mais

RFP DWDM entre São Paulo Rio de Janeiro

RFP DWDM entre São Paulo Rio de Janeiro RFP DWDM entre São Paulo Rio de Janeiro Sumário 1 Objetivo... 3 2 Escopo... 3 3 Descrição Hardware e Requisitos solicitados... 4 3.1 Instalação:... 5 3.2 Funcionalidade da Transmissão:... 5 4 Serviços...

Leia mais

Curso Técnico em Informática para Internet. Depto Acadêmico de Saúde e Serviços (DASS) Campus Florianópolis

Curso Técnico em Informática para Internet. Depto Acadêmico de Saúde e Serviços (DASS) Campus Florianópolis Curso Técnico em Informática para Internet Depto Acadêmico de Saúde e Serviços (DASS) Campus Florianópolis Rede Escola Técnica Aberta do Brasil Programa nacional MEC (SEED/SETEC) - Decreto No.6301 de 12/12/2007

Leia mais

Sociedade da Informação no Brasil Livro Verde. Capítulo 8. Infra-estrutura Avançada e Novos Serviços. Capítulo 8

Sociedade da Informação no Brasil Livro Verde. Capítulo 8. Infra-estrutura Avançada e Novos Serviços. Capítulo 8 Infra-estrutura Avançada e Novos Serviços 95 96 Infra-estrutura Avançada e Novos Serviços Infra-estrutura Avançada e Novos Serviços 8.1 Do que se Trata O Modelo de Referência para Discussão Sistemas baseados

Leia mais

Metrópole Digital 2: implantando uma Rede Metropolitana Sem Fio de Alta Velocidade. Sergio Vianna Fialho Rede GigaNatal / PoP-RN

Metrópole Digital 2: implantando uma Rede Metropolitana Sem Fio de Alta Velocidade. Sergio Vianna Fialho Rede GigaNatal / PoP-RN Projeto Metrópole Digital Metrópole Digital 2: implantando uma Rede Metropolitana Sem Fio de Alta Velocidade Sergio Vianna Fialho / PoP-RN Junho de 2010 Title Agenda Rede Metrópole Digital Backbone sem

Leia mais

Grupos de Trabalho RNP: Implantação da Segunda Fase do GT de Vídeo Digital

Grupos de Trabalho RNP: Implantação da Segunda Fase do GT de Vídeo Digital Grupos de Trabalho RNP: Implantação da Segunda Fase do GT de Vídeo Digital Implementação de um Serviço de Distribuição de Vídeo Digital com Suporte para Transmissão ao Vivo e sob Demanda Guido Lemos de

Leia mais

FIESP - DECOMTEC INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

FIESP - DECOMTEC INOVAÇÃO TECNOLÓGICA FIESP - DECOMTEC INOVAÇÃO TECNOLÓGICA Programa de Inovação Tecnologica FIESP CIESP - SENAI Sede Fiesp 2013 Chave para a competitividade das empresas e o desenvolvimento do país Determinante para o aumento

Leia mais

A utilização das redes na disseminação das informações

A utilização das redes na disseminação das informações Internet, Internet2, Intranet e Extranet 17/03/15 PSI - Profº Wilker Bueno 1 Internet: A destruição as guerras trazem avanços tecnológicos em velocidade astronômica, foi assim também com nossa internet

Leia mais