CONTRIBUIÇÃO DA SIBS NA DESMATERIALIZAÇÃO DA ECONOMIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTRIBUIÇÃO DA SIBS NA DESMATERIALIZAÇÃO DA ECONOMIA"

Transcrição

1 CONTRIBUIÇÃO DA SIBS NA DESMATERIALIZAÇÃO DA ECONOMIA LUIS FLORES Administrador da SIBS Conferência Desmaterialização da Economia e da Administração Pública - Fórum para a Sociedade da Informação: Economia Digital Lisboa, 12 de Outubro de 2010

2 ÍNDICE Desmaterialização do Sistema de Pagamentos A contribuição da SIBS Como ir mais longe

3 ÍNDICE Desmaterialização do Sistema de Pagamentos A contribuição da SIBS Como ir mais longe

4 PORQUE QUEREMOS DESMATERIALIZAR O SISTEMA DE PAGAMENTOS? COMODIDADE/ CONVENIÊNCIA Redução dos tempos de deslocação, espera, processamento Facilidade de uso SEGURANÇA Inexistência de dinheiro físico, que possa ser roubado CUSTO Para os Bancos (custo do cash) Para a Sociedade em geral (incluindo custos judiciais e da informalidade) 41

5 FACTORES CRÍTICOS DE SUCESSO DA DESMATERIALIZAÇÃO PLATAFORMAS EFICAZES E EFICIENTES Performance Disponibilidade Redução de Custo Interoperabilidade AGENTES ECONÓMICOS DISPOSTOS A UTILIZÁ-LOS Massa crítica Mudança cultural O FACTOR CULTURAL TEM UM EFEITO FUNDAMENTAL 52

6 A MIGRAÇÃO PARA MEIOS DE PAGAMENTO ELECTRÓNICO É UMA TENDÊNCIA CLARA NA EUROPA Crescimento na EU15 dos pagamentos electrónicos face a outros meios de pagamento tais como cash e cheques 247 mil milhões de transacções Fonte: McKinsey on Payments 2007; Estatísticas SIBS. 6 3

7 PORTUGAL TEM TIDO UMA EVOLUÇÃO MUITO RÁPIDA NA DESMATERIALIZAÇÃO DOS MEIOS DE PAGAMENTO... Pagamentos electrónicos ultrapassaram já 50% do consumo das famílias* Queda consistente da utilização de cheques como meio de pagamento 60% 210% 190% 50% CAGR 11,1% 170% 150% CAGR -10% 40% 130% 110% 30% 90% 70% 20% % * Despesas de consumo f inal - famílias residentes e instituições sem f im lucrativo ao serviço das f amílias, a preços correntes (Base 2006). FONTE: Estatísticas do Banco de Portugal e da SIBS. 4

8 ... SENDO AS COMPARAÇÕES INTERNACIONAIS TAMBÉM BASTANTE FAVORÁVEIS Número de Cartões por 100 habitantes Utilização de Meios de Pagamento Electrónico na Europa Fonte: Estatísticas SIBS, BCE Blue Book 5

9 ÍNDICE Desmaterialização do Sistema de Pagamentos A contribuição da SIBS Como ir mais longe

10 O MODELO COOPTITIVO Combinação entre cooperação e concorrência CLIENTE FINAL PLATAFORMA COMPETITIVA Economias operacionais Banco A Banco B Banco C Banco D... Banco Z PLATAFORMA COOPERATIVA Economias de escala e de rede INFRA-ESTRUT URA TECNOLÓGICA 6

11 A SIBS DISPONIBILIZA UMA PLATAFORMA MULTIFUNCIONAL E INTEGRADA Cartões Cheques Efeitos Débitos Directos Transferências a Crédito RTGS Instrumentos de Pagamentos TARGE T2 Bancos e Empresas Sistemas Internacionais Canais CA-MB TPA-MB Host to Host 11 7

12 O MULTIBANCO É HOJE O CANAL PREFERENCIAL PARA FAZER PAGAMENTOS... Débitos Directos, Transferências a Crédito e Pagamentos pelo MULTIBANCO apresentam crescimento constante* 23% Em paralelo, os Levantamentos crescem face ao consumo final** para pagamentos onde o cash é utilizado 22% 21% CAGR 3,6% 20% 19% * Milhões de operações registadas em cada ano. ** Despesas de consumo final - famílias residentes e instituições sem fim lucrativo ao serviço das famílias, a preços correntes (Base 2006). FONTE: Estatísticas do Banco de Portugal e da SIBS. 18% 17%

13 A REDE MULTIBANCO CONTINUA A CRESCER EM RESPOSTA AO AUMENTO DA PROCURA E UTILIZAÇÃO Term inais CA-MB Term inais TPA-MB Rede CA-MB 4% Rede TPA-MB 20% CAGR 5,3% Rede MB 1 Fonte: Estatísticas SIBS 2 Inclui de serviços e serviços especiais em CA-MB 3 Entidades registadas na SIBS com operações no final do ano. 13 9

14 APOSTA CONTÍNUA NA INOVAÇÃO E DIVERSIDADE DE FUNCIONALIDADES Milhões de operações por ano Pagamentos Custas Judiciais Via Verde em Parques SWIFT interface Target Pagamentos Segurança Social SEPA CT Pagamentos ao Estado Interface PE-ACH (para TEIs) MB SPOT RTGS e-commerce SET Protocol MB NET Pagamentos Contactless Rede CA-MB Rede TPA-MB Clearing Cheques Pagamento de Serv iços Clearing Efeitos Transferências a crédito Publifone Portagens com cartão Carregamentos pré-pagos MB PHONE Débitos Directos Via Verde em Estações de Serviço CAP e-authent. 2,2 mil milhões transacções em 2009 Ser Solidário Fonte: Estatísticas SIBS

15 NOVOS SERVIÇOS CONTINUAM A IMPULSIONAR A EVOLUÇÃO DOS PAGAMENTOS Débitos Directos SEPA - Em fase de lançamento - Transferências a Crédito SEPA 29 bancos aderentes - serviço activo desde Gestão de facturas electrónicas online - lançado em Solução contactless - piloto em Pagamentos e carregamentos nos TPA-MB - lançado em

16 FUNCIONALIDADES EM COLABORAÇÃO COM A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Aumento do número de entidades oficiais que aceitam pagamento de serviços através do MULTIBANCO. Exemplos: Autoridade Marítima Nacional Governos Civis Segurança Social Simplificação do pagamento pela introdução de meios electrónicos de pagamento. Exemplos: Taxas moderadoras na Saúde Taxas de Justiça Facilidade na realização de pagamentos e cobranças pelas respectivas entidades associadas, sob a égide do Ministério das Finanças e Administração Pública. Utilização do Cartão do Cidadão na rede MULTIBANCO (em desenvolvimento): Visualização de dados constantes do chip do Cartão do Cidadão (CC) Alteração dos códigos PIN para utilização electrónica do CC Impressão de dados constantes do chip do CC, nomeadamente a morada do cidadão (e restantes dados visíveis) Conclusão do processo de alteração de morada, com a actualização dos dados no chip do CC 16 12

17 egovernment Desenvolvimento dos serviços de emissão de licenças de Pesca Lúdica (2007) e de Caça (2008). Este foi serviço foi distinguido com o Prémio para o Melhor Serviço Administrativo Europeu Online em Até hoje já foram emitidas mais 1.3 milhões de licenças pelo MULTIBANCO, o que demonstra a enorme adesão dos utilizadores ao canal electrónico. in Semana Informática, Outubro

18 SIBS E MULTIBANCO SÃO RECONHECIDOS PELO SEU PAPEL NA MODERNIZAÇÃO DOS MEIOS DE PAGAMENTO in Semana Informática, Julho 2010 MULTIBANCO poupa 750M por ano aos portugueses. in Expresso, Junho 2008 in Expresso, Setembro 2010 Portugueses estão rendidos aos pagamentos electrónicos in Soberania do Povo, Março 2008 in SOL, Setembro 2010 in Diário Económico, Agosto 2010 in Auto Foco, Julho

19 ... INCLUSIVE AO NÍVEL INTERNACIONAL... the example of the Portuguese system, SIBS, suggests that greater innovation may arise out of a system where all the processing for a number of payment methods is carried out centrally. in OFT, April 2006 MULTIBANCO system is one of the most advanced networks in the world ( ) enabling innovative services such as the pre-paid mobile phone calls and the electronic motorway toll system. in Financial Times, June 2003 Portugal s MULTIBANCO system is acknowledged to be the most sophisticated and comprehensive in the world. in Eurobusiness, June 2003 A survey conducted for this report looked at the availability and use of a non-cash functions at cash machines in other countries. Of the survey respondents, the Portuguese were the leaders in the cash machine functionality. in APACS Report UK Cash & Cask Machines, May

20 ÍNDICE Desmaterialização do Sistema de Pagamentos A contribuição da SIBS Como ir mais longe

21 ... MAS É POSSÍVEL FAZER MAIS... O cash continua a ter uma preponderância desmesurada nos pagamentos de baixo valor Pagamentos até 10,5 COMBATE AO CASH: Modelo de pagamentos de baixo valor que seja atractivo INTEROPERABILIDADE: Apenas um meio de pagamento para todas as necessidades do dia-a-dia TRANSPARÊNCIA Análise isenta e independente sobre os custos reais do cash... E CONTINUAR A INOVAR SEMPRE! FONTE: Estatísticas do Banco de Portugal Estudo de Julho de

22 Contribuição da SIBS na Desmaterialização da Economia Rua Soeiro Pereira Gomes, Lote Lisboa Tel: (+351) Fax: (+351)

O Sistema de Pagamentos Português Vítor Bento. Conferência sobre o Sistema de Pagamentos Lisboa, 4 de Dezembro de 2013

O Sistema de Pagamentos Português Vítor Bento. Conferência sobre o Sistema de Pagamentos Lisboa, 4 de Dezembro de 2013 O Sistema de Pagamentos Português Vítor Bento Conferência sobre o Sistema de Pagamentos Lisboa, 4 de Dezembro de 2013 Índice 1. Modelo Coopetitivo 2. Modelo Compreensivo 3. Economia dos Pagamentos 4. Regulação,

Leia mais

O foco na qualidade aplicacional como forma de melhorar a qualidade do serviço prestado

O foco na qualidade aplicacional como forma de melhorar a qualidade do serviço prestado O foco na qualidade aplicacional como forma de melhorar a qualidade do serviço prestado itsmf 25 de Maio de 2010 Índex 1 A SIBS - Breve apresentação 2 Motivação para o Serviço de Qualidade Aplicacional

Leia mais

4º Congresso brasileiro de meios eletrônicos de pagamento, São Paulo - Brasil, 15/10/2009 4º Congresso brasileiro de meios eletrônicos de pagamento

4º Congresso brasileiro de meios eletrônicos de pagamento, São Paulo - Brasil, 15/10/2009 4º Congresso brasileiro de meios eletrônicos de pagamento Solução Made by Um cartão à medida de cada cliente, São Paulo - Brasil, 15/10/2009 São Paulo, 15-10-2009 1 Agenda Overview Os mercado de meios eletrônicos de pagamento em Portugal Posicionamento da Caixa

Leia mais

SIBS MARKET REPORT PAGAMENTOS ONLINE

SIBS MARKET REPORT PAGAMENTOS ONLINE SIBS MARKET REPORT PAGAMENTOS ONLINE : Dezembro 2012 Novas gerações são cada vez mais digitais Sumário executivo Os pagamentos digitais e as compras online constituem uma realidade cada vez mais relevante

Leia mais

O e-gov em Portugal. Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008

O e-gov em Portugal. Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008 O e-gov em Portugal Fórum Vale do Minho Digital Melgaço 30 de Setembro de 2008 O Plano Tecnológico é uma estratégia de mudança da base competitiva através do conhecimento, tecnologia e inovação 2 Conhecimento

Leia mais

Comércio Digital 2015

Comércio Digital 2015 Comércio Digital 2015 SIBS MARKET REPORT Missão SIBS: Contribuir para o bem-estar social, promovendo eficiência nos serviços financeiros e similares, nomeadamente na área dos pagamentos, através da disponibilização

Leia mais

Simplificação nas PMEs

Simplificação nas PMEs Simplificação nas PMEs Aproveitamento das Novas Tecnologias DGITA Portal Declarações Electrónicas Dezembro 2007 Simplificação nas PMEs - Aproveitamento das Novas Tecnologias 1 Agenda O que é a DGITA? Estratégia

Leia mais

Tecnologia e Meios de Pagamento - Geradores de novas formas de consumo

Tecnologia e Meios de Pagamento - Geradores de novas formas de consumo Tecnologia e Meios de Pagamento - Geradores de novas formas de consumo Fernando Adão da Fonseca Presidente da Unicre Congresso da APED 17.01.2012 2 Nos últimos 10 anos Tecnologia e Pagamentos Actualmente

Leia mais

Adesão ao Serviço MB WAY

Adesão ao Serviço MB WAY Adesão ao Serviço MB WAY 1) Objecto Pelo presente contrato, o Banco Santander Totta SA obriga-se a prestar ao Utilizador o Serviço MB WAY, nas condições e termos regulados nas cláusulas seguintes, e o

Leia mais

Tarifário. Sistemas de Pagamentos MB e MB SPOT Membros dos Schemes MB e MB SPOT

Tarifário. Sistemas de Pagamentos MB e MB SPOT Membros dos Schemes MB e MB SPOT Membros dos Schemes MB e MB SPOT Versão: 01.01 Data: 2014-08-21 Estado: Final Classificação: Restrito Referência: DCSPAG140319 SIBS PAGAMENTOS A informação contida neste documento é propriedade da SIBS

Leia mais

Índice Apresentação Vantagens Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Profissional Funcionalidades Cartão Galp Frota Galp Frota Online

Índice Apresentação Vantagens Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Profissional Funcionalidades Cartão Galp Frota Galp Frota Online Índice Índice Apresentação Vantagens Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Cartão Galp Frota Profissional Funcionalidades Cartão Galp Frota Galp Frota Online Informação de Gestão Elementos de Personalização

Leia mais

Cartão Galp Frota Business. Apresentação e condições comerciais

Cartão Galp Frota Business. Apresentação e condições comerciais Cartão Galp Frota Business Apresentação e condições comerciais A Galp Energia acaba de lançar o mais recente elemento da família de cartões de combustível Galp Frota, o Galp Frota Business Cartão Galp

Leia mais

Consulte a área Bancos Aderentes para saber em detalhe todas as informações relativas aos bancos aderentes.

Consulte a área Bancos Aderentes para saber em detalhe todas as informações relativas aos bancos aderentes. SERVIÇO MB Way O que é o MB Way? O MB Way é a primeira solução interbancária que permite fazer compras e transferências imediatas através de smartphone ou tablet. Basta aderir ao serviço num MULTIBANCO,

Leia mais

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS

BENEFÍCIOS DOS ADVOGADOS Produtos e serviços CGD para profissionais liberais e jovens advogados: CONTAS À ORDEM Conta Extracto A informação onde preferir. Com esta conta recebe um extracto com toda a informação da sua conta, na

Leia mais

Cláusulas Contratuais Gerais de Adesão ao Serviço MB WAY

Cláusulas Contratuais Gerais de Adesão ao Serviço MB WAY Cláusulas Contratuais Gerais de Adesão ao Serviço MB WAY Objeto a) Pelo presente contrato, a Caixa Económica Montepio Geral, entidade com capital aberto ao investimento do público, com sede na Rua Áurea,

Leia mais

CONFIANÇA NA ECONOMIA DIGITAL

CONFIANÇA NA ECONOMIA DIGITAL CONFIANÇA NA ECONOMIA DIGITAL AMADEU PAIVA 12 Outubro 2010 Forum para a Sociedade de Informação ECONOMIA DIGITAL AGENDA Desconfiança Cross border Portugal Unicre Segurança AGENDA Desconfiança Cross border

Leia mais

PERGUNTAS FREQUENTES

PERGUNTAS FREQUENTES PERGUNTAS FREQUENTES SERVIÇO MB WAY O que é o MB WAY? O MB WAY é a primeira solução interbancária que permite fazer compras e transferências imediatas através de smartphone ou tablet. Basta aderir ao serviço

Leia mais

Produtos e Serviços Financeiros no Varejo

Produtos e Serviços Financeiros no Varejo Seminário GVcev Produtos e Serviços Financeiros no Varejo Produto Private Label fortalecendo a parceria entre varejo e instituições financeiras Marcelo Noronha Agenda Parceria Produto Private Label Bradesco

Leia mais

Protocolo entre o Millennium bcp e a Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo

Protocolo entre o Millennium bcp e a Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo Protocolo entre o Millennium bcp e a Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo Introdução A Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) e o Millennium bcp (Mbcp) celebraram um Protocolo, com vista a disponibilizar

Leia mais

Desafios Tecnológicos do Novo Código dos Contratos Públicos

Desafios Tecnológicos do Novo Código dos Contratos Públicos As Compras Como Fonte de Inovação e Valorização Impactos Apresentação da nova Corporativa legislação Confidencial Desafios Tecnológicos do Novo Código dos Contratos Públicos Miguel Sobral Administrador

Leia mais

Criação de empresas on-line. A sua iniciativa, esteja onde estiver

Criação de empresas on-line. A sua iniciativa, esteja onde estiver Criação de empresas on-line A sua iniciativa, esteja onde estiver 30-06-2006 O projecto empresa on-line A Empresa na Hora já permitiu a constituição de sociedades comerciais de forma mais rápida, mais

Leia mais

Apresentação do Sistema de Pagamentos. Easypay Tel +351 21 261 79 30 Fax +351 21 361 79 29 correio@easypay.pt

Apresentação do Sistema de Pagamentos. Easypay Tel +351 21 261 79 30 Fax +351 21 361 79 29 correio@easypay.pt Apresentação do Sistema de Pagamentos 2012 ÍNDICE 01 05 PORQUÊ EASYPAY EASYAPPS 02 06 COMO FUNCIONA SOBRE EASYPAY 03 07 PARA QUEM PARCERIAS 08 CONTACTOS 2 01 PORQUÊ EASYPAY Aumente as suas vendas aceitando

Leia mais

A Direção-Geral do Território disponibiliza aos seus clientes diversas modalidades de pagamento:

A Direção-Geral do Território disponibiliza aos seus clientes diversas modalidades de pagamento: Modalidades de Pagamento A disponibiliza aos seus clientes diversas modalidades de pagamento: Estações de CTT Cheque por Correio Depósito Bancário Transferência Bancária Balcão 'Loja da DGT' Estações dos

Leia mais

Relatório & Contas. Annual Report

Relatório & Contas. Annual Report Relatório & Contas Annual Report Contas consolidadas Consolidated Accounts Relatório & Contas Annual Report Mensagem do presidente Chairman s Statement Relatório&Contas annual report Mensagem do Presidente

Leia mais

Mobile Payments: projeto piloto

Mobile Payments: projeto piloto Mobile Payments: projeto piloto Sustentabilidade Maio, 2013 AGENDA ENQUADRAMENTO PILOTO MOBILE PAYMENTS RESULTADOS ENQUADRAMENTO Já assumida como uma tendência, o sistema de pagamento pelo telemóvel começa

Leia mais

Acresce Imposto Preçário Atual Novo Preçário DEPÓSITOS À ORDEM Encargos de manutenção (1) Contas com SMDO Trimestral entre 50,01 e 500,00

Acresce Imposto Preçário Atual Novo Preçário DEPÓSITOS À ORDEM Encargos de manutenção (1) Contas com SMDO Trimestral entre 50,01 e 500,00 Lisboa, 15 de janeiro de 2013 Estimado(a) Cliente, Informamos que o Preçário será atualizado nos termos a seguir indicados, com entrada em vigor a partir do dia 23 de abril de 2013, com exceção das comissões

Leia mais

Impacto das Novas Tecnologias na Contabilidade. A. Domingues de Azevedo

Impacto das Novas Tecnologias na Contabilidade. A. Domingues de Azevedo Tecnologias na Contabilidade 1 SUMÁRIO 1. Introdução Impacto das Novas 2. Impacto das Novas Tecnologias na Economia e na Sociedade a) A Empresa na Hora b) A Empresa On-line c) A informação Empresarial

Leia mais

Documento de apoio à iniciativa Ovo de Colombo

Documento de apoio à iniciativa Ovo de Colombo Documento de apoio à iniciativa Ovo de Colombo Geração de ideias e coordenação de projectos em Desmaterialização de Transacções na óptica do CEDT. 1. Rede CEDT (empresas e entidades científicas e tecnológicas)

Leia mais

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.

GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal. Projeto de Informatização Gas GestoFinal Travessa da Barrosa Nº 225 11C 4400-042 Vila Nova de Gaia Tel.. 93 256 45 85 96 264 07 38 www.gestofinal.com info@gestofinal.com Versão 4.11 A empresa Criada em

Leia mais

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a:

Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter a possibilidade de aceder a: O seu contacto no Millennium bcp: Sucursal: EVORA MURALHA Nome: Luís Rosado Telefone: 266009530 Para si que tem o seu Ordenado no Millennium bcp! S.Ser.Trab.Camara Municipal Evora e o Millennium bcp prepararam

Leia mais

Via Verde um exemplo Português de criatividade e inovação ao serviço do Cliente

Via Verde um exemplo Português de criatividade e inovação ao serviço do Cliente Via Verde um exemplo Português de criatividade e inovação ao serviço do Cliente IV Congresso Rodoviário Português Abril de 2006 João Pecegueiro Administrador Delegado Evolução das Adesões Via Verde Clientes

Leia mais

Carta de Condução On-Line

Carta de Condução On-Line Carta de Condução On-Line Objectivos dos Serviços On-line do IMTT Inovar e diversificar os canais de atendimento; Facilitar o acesso à Administração Pública a um número cada vez maior de Cidadãos; Agilizar

Leia mais

Luís Magalhães Presidente, UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento

Luís Magalhães Presidente, UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento A Internet,os computadores, os telefones móveis, a TV digital estão a transformar profundamente a maneira como as pessoas vivem - como aprendem, trabalham, ocupam os tempos livres e interagem, tanto nas

Leia mais

Inovar com o Sistema VIVA

Inovar com o Sistema VIVA Inovar com o Sistema VIVA Novas Soluções de Venda de Títulos de Transporte OTLIS, ACE / Miguel Brito da Silva Agenda 1. O Consórcio OTLIS 2. O Sistema VIVA 3. Desafios OTLIS VIVA: melhorar a experiência

Leia mais

Montante Mínimo Equivalente 1.000,00 30 dias, 60 dias, 90 dias, 180 dias, 365 dias

Montante Mínimo Equivalente 1.000,00 30 dias, 60 dias, 90 dias, 180 dias, 365 dias APLICAÇÕES À ORDEM 1. Abertura de Contas 1.1. Montante Mínimo Conta BNI Particulares Equivalente 20,00 Conta BNI Empresas Equivalente 200,00 Conta Plus Equivalente 100,00 Despesas manuteção D.O / trimestrais

Leia mais

Índice. 1. Tipos de Cartões. 2. Preçário. 3. Ciclo de Pagamento. 4. Limites Transaccionais. 5. Apoio ao Cliente

Índice. 1. Tipos de Cartões. 2. Preçário. 3. Ciclo de Pagamento. 4. Limites Transaccionais. 5. Apoio ao Cliente 1 Índice 1. Tipos de Cartões 2. Preçário 3. Ciclo de Pagamento 4. Limites Transaccionais 5. Apoio ao Cliente 2 TIPOS DE CARTÕES O Banco BNI tem à disposição dos seus clientes três tipos de cartões: Cartões

Leia mais

ESTATÍSTICA DO MERCADO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO EM CABO VERDE ANO DE 2011

ESTATÍSTICA DO MERCADO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO EM CABO VERDE ANO DE 2011 ESTATÍSTICA DO MERCADO DE SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELECTRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO EM CABO VERDE ANO DE 2011 INDICADORES ESTATÍSTICOS DO ANO DE 2011 Índice INTRODUÇÃO... 2 1. PANORAMA GERAL SOBRE O

Leia mais

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. 300 Anos de Experiência. 50 Milhões de Clientes

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. 300 Anos de Experiência. 50 Milhões de Clientes Oferta de Cooperação Barclays at Work 1 / 7 Excelência Proximidade Profissionalismo É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado 300 Anos de Experiência 50 Milhões de Clientes 60 Países Spliu

Leia mais

Introdução Sumário Executivo Objectivos. Mundo Digital

Introdução Sumário Executivo Objectivos. Mundo Digital Mundo Digital Tudo e toda a gente está online Números que nos fazem pensar 2.405.518.376 n.º de utilizadores de internet 566.4% taxa de crescimento 2010/2012 1.056.000.000 n.º de utilizadores Facebook

Leia mais

MENSAGEM DOPRESIDENTE

MENSAGEM DOPRESIDENTE MENSAGEM DOPRESIDENTE Mensagem do Presidente Apesar dos problemas que a economia portuguesa tem atravessado, o mercado de processamento de pagamentos tem mantido um notável dinamismo, confrontando a empresa

Leia mais

A adesão pelo Comerciante ao serviço MB SPOT implica sempre a assinatura de um Contrato para adesão ao Serviço MB SPOT.

A adesão pelo Comerciante ao serviço MB SPOT implica sempre a assinatura de um Contrato para adesão ao Serviço MB SPOT. Serviço MB SPOT O MB SPOT é um serviço disponibilizado pela SIBS através dos Terminais de Pagamento Automático (TPA) da Rede MB, que permite Executar carregamentos de serviços pré-pagos, pagamento de serviços,

Leia mais

Guia do Utilizador. Cartão BPI Gold Empresas

Guia do Utilizador. Cartão BPI Gold Empresas Guia do Utilizador Cartão BPI Gold Empresas Índice 1. O Cartão BPI Gold Empresas...3 2. Precauções a ter com o seu Cartão BPI Gold Empresas...3 3. O que fazer em caso de perda, furto, roubo ou extravio

Leia mais

Contas Individuais Relatório de Actividade Demonstrações Financeiras Relatório e Parecer do Conselho Fiscal Certificação Legal de Contas

Contas Individuais Relatório de Actividade Demonstrações Financeiras Relatório e Parecer do Conselho Fiscal Certificação Legal de Contas Contas Individuais Relatório de Actividade Demonstrações Financeiras Relatório e Parecer do Conselho Fiscal Certificação Legal de Contas Relatório e Contas 2008 Mensagem do Presidente Relatório e Contas

Leia mais

Condições para Serviços Bancários a Particulares Covilhã 13/3/2015

Condições para Serviços Bancários a Particulares Covilhã 13/3/2015 Condições para Serviços Bancários a Particulares Covilhã 13/3/2015 PRODUTOS Conta à Ordem/Conta Ordenado Cartão de débito Eletron/ Crédito/Pré-pago Acesso Multicanal Cheques Outros Serviços Condições vantajosas

Leia mais

Cartão Millennium bcp Free Empresas Nov.2011

Cartão Millennium bcp Free Empresas Nov.2011 Empresas Nov.2011 ÍNDICE 1. Características Pág. 3 2. Versões Existentes Pág. 4 3. Operações Disponíveis Pág. 5 4. Plafonds Pág. 5 5. Extractos Pág. 6 6. Modalidades de Carregamento Pág. 7 7. Vantagens

Leia mais

Indicadores de Mercado Mundial

Indicadores de Mercado Mundial Indicadores de Mercado Mundial Participação dos meios de pagamentos Cartões tem aumentado sua participação como meio de pagamento no Brasil em detrimento dos meios mais convencionais. 23% 25% 19% 21% 35%

Leia mais

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado.

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. de Cooperação Barclays at Work Índice 4. Leasing 5. Seguros IV. Check List V. Contactos I. O Barclays no Mundo Grupo Financeiro com mais de 300 anos

Leia mais

As A p s e p c e t c os o s Só S c ó i c o o P r P of o iss s i s on o a n i a s s d a d a I nf n or o mát á ica c 2º Trabalho Prático Abril de 2007

As A p s e p c e t c os o s Só S c ó i c o o P r P of o iss s i s on o a n i a s s d a d a I nf n or o mát á ica c 2º Trabalho Prático Abril de 2007 Aspectos Sócio Profissionais da Informática 2º Trabalho Prático Abril de 2007 Sumário Estratégia de Lisboa Plano Tecnológico Visão Geral Prioridades Alguns Resultados Ideias de Negócio Referências Bibliográficas

Leia mais

Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation

Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation Factura Electrónica by Carlos Costa Tavares Executive Manager da Score Innovation Desafios da Facturação Electrónica A facturação electrónica (e-invoicing) poderá fazer parte das iniciativas emblemáticas

Leia mais

Estudo: Crédito e Taxas de Juros no Cartão de Crédito

Estudo: Crédito e Taxas de Juros no Cartão de Crédito Estudo: Crédito e Taxas de Juros no Cartão de Crédito 25 de junho de 2010 Sobre este estudo Este estudo foi desenvolvido no início de 2009 e atualizado parcialmente em junho de 2010 2 A operação do cartão

Leia mais

M Pesa. Mobile Banking Quénia

M Pesa. Mobile Banking Quénia M Pesa Mobile Banking Quénia Total de população do Quénia 43 Milhões 10 Milhões 22 Milhões O Quénia, apresenta actualmente uma população de 43 milhões de habitantes, dos quais cerca de 10 milhões tem acesso

Leia mais

Competitividade e Inovação

Competitividade e Inovação Competitividade e Inovação Evento SIAP 8 de Outubro de 2010 Um mundo em profunda mudança Vivemos um momento de transformação global que não podemos ignorar. Nos últimos anos crise nos mercados financeiros,

Leia mais

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) (ÍNDICE)

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) (ÍNDICE) 3.1. Cartões de crédito Comissões (Euros) Redes onde o cartão é aceite 1. Anuidades 1 1.º Titular Outros Titulares 2. Emissão de cartão 1 3. Substituição de cartão 2 4. Inibição do cartão 5. Pagamentos

Leia mais

Registos: Seguramente

Registos: Seguramente Registos: Seguramente mais simples 2005-2008 Três anos de simplificação na Justiça Desmaterialização, eliminação e simplificação de actos e processos na Justiça O projecto Desmaterialização, eliminação

Leia mais

Net24 Empresas. 1. O que é o Net24 Empresas?... 1. 2. Quais as funcionalidades disponíveis?... 1. 3. Níveis de Segurança... 2. 4. Segurança...

Net24 Empresas. 1. O que é o Net24 Empresas?... 1. 2. Quais as funcionalidades disponíveis?... 1. 3. Níveis de Segurança... 2. 4. Segurança... Net24 Empresas Índice 1. O que é o Net24 Empresas?... 1 2. Quais as funcionalidades disponíveis?... 1 3. Níveis de Segurança... 2 4. Segurança... 4 5. Como funciona o acesso ao Net24 Empresas?... 5 6.

Leia mais

MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA Da AP Central à AP Local

MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA Da AP Central à AP Local Da AP Central à AP Local PAULO NEVES PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETIVO 01 JULHO 2014 COMO OS CIDADÃOS VÊEM O SETOR PÚBLICO? 2 3 MAS SERÁ QUE PODEMOS FALAR NUMA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA? 4 DIVERSIDADE DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

O que é? Uma aplicação - 3 serviços. A plataforma é altamente flexível e permite a adaptação dos serviços à necessidade de cada evento

O que é? Uma aplicação - 3 serviços. A plataforma é altamente flexível e permite a adaptação dos serviços à necessidade de cada evento www.sensocomum.pt O que é? O GEON - Gestor de Eventos Online integra um conjunto de funcionalidades macro que, no seu conjunto, poderá dar resposta na totalidade a todas as exigências de organização de

Leia mais

Medidas intersectoriais 2010/11

Medidas intersectoriais 2010/11 Medidas intersectoriais 2010/11 IS01 BALCÃO DO EMPREENDEDOR DISPONIBILIZAÇÃO DE SERVIÇOS Objectivos: Inventariar, introduzir e manter permanentemente actualizados no Balcão do Empreendedor vários serviços,

Leia mais

BES AS APOIO FINANCEIRO BES AS FINANCEIR ÕES ÀS EMPRESAS FINANCEIR ÕES UÇ SOL

BES AS APOIO FINANCEIRO BES AS FINANCEIR ÕES ÀS EMPRESAS FINANCEIR ÕES UÇ SOL 38 PME Líder SOLUÇÕES FINANCEIRAS BES Helen King/CORBIS APOIO FINANCEIRO ÀS EMPRESAS O BES disponibiliza uma vasta oferta de produtos financeiros e serviços, posicionando-se como o verdadeiro parceiro

Leia mais

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. ORDEM DOS ENGENHEIROS Oferta 1 º Trimestre 2013

Excelência Proximidade Profissionalismo. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. ORDEM DOS ENGENHEIROS Oferta 1 º Trimestre 2013 Oferta de Cooperação Barclays at Work Excelência Proximidade Profissionalismo É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado 300 Anos de Experiência 50 Milhões de Clientes 60 Países ORDEM DOS ENGENHEIROS

Leia mais

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) ( ÍNDICE)

3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (PARTICULARES) ( ÍNDICE) 3.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é 5. Comissão pela recuperação de valores em dívida 6. Não pagamento até à data limite Cartão Classic Estrangeiro: Rede 28,85 28,85 19,23 19,23 Isenção

Leia mais

ANEXO III - MEIOS DE PAGAMENTO AUTOMÁTICOS E CARTÕES ASSOCIADOS

ANEXO III - MEIOS DE PAGAMENTO AUTOMÁTICOS E CARTÕES ASSOCIADOS ANEXO III - MEIOS DE PAGAMENTO AUTOMÁTICOS E CARTÕES ASSOCIADOS (Entrada em vigor: 19/11//2009) I. S. 1. CARTÕES DE DÉBITO (Anuidades) 1.1. Particulares - CAIXAUTOMÁTICA Electron / Maestro (1) 8,65 4%

Leia mais

3. Substituiçã o de cartão. 4. Inibição do cartão. 2. Emissão do Cartão. Isento Isento -- -- 25,00 (4) Ver Nota (2).

3. Substituiçã o de cartão. 4. Inibição do cartão. 2. Emissão do Cartão. Isento Isento -- -- 25,00 (4) Ver Nota (2). 3. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (CLIENTES PARTICULARES) - FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Entrada em vigor: 04-agosto-2015 3.1. Cartões de Crédito Designação do cartão Redes onde o cartão é aceite Barclays

Leia mais

egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão

egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão egovernment & ehealth 2007 O papel fundamental das tecnologias no bem estar do Cidadão 01 02 03 Indra A Nossa Visão do Sector Público A Administração ao serviço do Cidadão Página 2 Quem Quiénes somos somos

Leia mais

SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft

SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft SIBS PROCESSOS cria solução de factura electrónica com tecnologias Microsoft A solução MB DOX oferece uma vantagem competitiva às empresas, com a redução do custo de operação, e dá um impulso à factura

Leia mais

Taxas de serviço aos comerciantes na utilização de cartões de pagamento

Taxas de serviço aos comerciantes na utilização de cartões de pagamento Taxas de serviço aos comerciantes na utilização de cartões de pagamento Caso comparativo Portugal vs. Espanha JULHO 2007 Síntese de conclusões Mais de 14% dos cartões de pagamento na Europa dos 15 são

Leia mais

São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa.

São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa. São condições para colaboradores de empresas aderentes e que merecem partilhar as conquistas da sua empresa. Com a domiciliação de um ordenado superior a 350 /mês passa a ter acesso a um vasto conjunto

Leia mais

Santander Totta. Santander Totta. Especializado no Negócio de PME

Santander Totta. Santander Totta. Especializado no Negócio de PME Santander Totta Santander Totta Especializado no Negócio de PME O Banco Santander Totta está integrado num dos maiores Grupos Financeiros a nível Mundial. Distingue-se pela sua capacidade de oferecer as

Leia mais

FAQ S. Sobre o cartão Pré-Pago Unicâmbio

FAQ S. Sobre o cartão Pré-Pago Unicâmbio FAQ S Sobre o cartão Pré-Pago Unicâmbio Quais as vantagens do Cartão Pré-Pago Unicâmbio em relação aos Cartões de Crédito? A principal vantagem do Cartão Pré-Pago Unicâmbio é a segurança. Como se sabe

Leia mais

Índice. 1. Tipos de Cartões. 2. Preçário. 3. Ciclo de Pagamento. 4. Limites Transaccionais. 5. Apoio ao Cliente

Índice. 1. Tipos de Cartões. 2. Preçário. 3. Ciclo de Pagamento. 4. Limites Transaccionais. 5. Apoio ao Cliente 1 Índice 1. Tipos de Cartões 2. Preçário 3. Ciclo de Pagamento 4. Limites Transaccionais 5. Apoio ao Cliente 2 TIPOS DE CARTÕES O Banco BNI tem à disposição dos seus clientes três tipos de cartões: Cartões

Leia mais

Câmara Municipal de Cascais é uma boa prática no relacionamento com os cidadãos

Câmara Municipal de Cascais é uma boa prática no relacionamento com os cidadãos 27 LEADERSHIP AGENDA a inovação na gestão do relacionamento compensa Câmara Municipal de Cascais é uma boa prática no relacionamento com os cidadãos A participação activa dos cidadãos é vital para a promoção

Leia mais

Conta BNI Particulares Equivalente $20 Conta BNI Empresas Equivalente $200 Conta Plus Equivalente $100

Conta BNI Particulares Equivalente $20 Conta BNI Empresas Equivalente $200 Conta Plus Equivalente $100 APLICAÇÕES À ORDEM 1. Abertura de Contas 1.1. Montante Mínimo Conta BNI Particulares Equivalente $20 Conta BNI Empresas Equivalente $200 Conta Plus Equivalente $100 APLICAÇÕES A PRAZO 1. Produtos Aplicação

Leia mais

CENTRAL DE COMPRAS PORTUGAL MAIS

CENTRAL DE COMPRAS PORTUGAL MAIS CENTRAL DE COMPRAS PORTUGAL MAIS APRESENTAÇÃO PARCEIROS: Introdução Preparámos-lhe esta apresentação porque acreditamos que são importantes para si e para a sua Entidade os seguintes princípios: OPORTUNIDADE

Leia mais

As experiências de pagamento são um dos mais fiáveis indicadores sobre o risco de incumprimento de uma empresa.

As experiências de pagamento são um dos mais fiáveis indicadores sobre o risco de incumprimento de uma empresa. Dun-Trade As experiências de pagamento são um dos mais fiáveis indicadores sobre o risco de incumprimento de uma empresa. O que é o DUN-Trade? é um programa de partilha de informação, totalmente gratuito,

Leia mais

Daniel Zanela. Redecard

Daniel Zanela. Redecard Daniel Zanela Redecard Evolução: Faturamento e Volume de Cartões Quantidade de Cartões em Milhões 700 600 500 400 300 200 100 Faturamento em Bilhões R$ 600,00 R$ 500,00 R$ 400,00 R$ 300,00 R$ 200,00 R$

Leia mais

Inovar em rede. A cidadania na Gestão Pública. www.quidgest.com quidgest@quidgest.com

Inovar em rede. A cidadania na Gestão Pública. www.quidgest.com quidgest@quidgest.com www.quidgest.com quidgest@quidgest.com Inovar em rede A cidadania na Gestão Pública Quidgest Portugal R. Castilho n.º 63 6.º 1250-068 Lisboa Portugal tel. (+351) 213 870 563 / 652 / 660 fax. (+351) 213

Leia mais

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA

RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA PROGRAMA EUROSTARS RELATÓRIO DE EXECUÇÃO FINANCEIRA INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO ACOMPANHAMENTO FINANCEIRO COMPONENTES DO RELATÓRIO A verificação da execução financeira dos projectos EUROSTARS é suportada

Leia mais

# Confiança Planeamento e Gestão de Investimentos. segurança do seu património. Para isso contamos com o nosso trabalho, no

# Confiança Planeamento e Gestão de Investimentos. segurança do seu património. Para isso contamos com o nosso trabalho, no Caritas Dioces ana de Coim bra Condições válidas para Caritas Diocesana de Coimbra Oferta de Cooperação Barclays at Work Saiba mais em www.barclays.pt/compromissopremier # Confiança Planeamento e Gestão

Leia mais

Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013

Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013 Alterações a vigorar a partir de 1 de outubro de 2013 Este documento deve ser impresso e lido com atenção, preferencialmente, na presença do contabilista da sua empresa. Caso subsistam dúvidas após a sua

Leia mais

2. Emissão de. Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. cartão. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44

2. Emissão de. Outros Titulares. seguintes. 1.º ano. Anos. cartão. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44. Grátis 28,85 -- -- -- 19,23 26,44 11.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é aceite 1.º Titular Outros Titulares de (5) (1) 5. Recuperação de valores em divida (6) Millennium bcp Business Silver 28,85 19,23 26,44 Millennium

Leia mais

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado.

É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. É bom saber que pode contar com quem está ao seu lado. de Cooperação Barclays at Work Índice 4. Crédito Habitação 5. Leasing 6. Seguros IV. Check List V. Contactos I. O Barclays no Mundo Grupo Financeiro

Leia mais

Dos documentos que se seguem quais os necessários para abrir uma conta num banco?

Dos documentos que se seguem quais os necessários para abrir uma conta num banco? Quais as principais funções de um banco? A Captar depósitos e gerir a poupança dos seus clientes. B Conceder empréstimos a empresas, particulares e ao Estado. C Disponibilizar meios e formas de pagamento

Leia mais

Mercado Único Digital Conferência ANACOM "Regulação no novo ecossistema digital. Centro Centro Cultural de Belém (CCB) Lisboa, 22 de Setembro 2015

Mercado Único Digital Conferência ANACOM Regulação no novo ecossistema digital. Centro Centro Cultural de Belém (CCB) Lisboa, 22 de Setembro 2015 Mercado Único Digital Conferência ANACOM "Regulação no novo ecossistema digital. Centro Centro Cultural de Belém (CCB) Lisboa, 22 de Setembro 2015 Mário Campolargo Director, NET Futures European Commission

Leia mais

Preçário FINIBANCO ANGOLA SA

Preçário FINIBANCO ANGOLA SA Preçário FINIBANCO ANGOLA SA Instituição Financeira Bancaria com sede em território nacional, de acordo com o previsto na Lei das Instituições Financeiras Anexo I Tabela de comissões e despesas Data de

Leia mais

Índice III RELATÓRIO E PARECER DO CONSELHO FISCAL 107 IV CERTIFICAÇÃO LEGAL DAS CONTAS CONSOLIDADAS 111. SIBS: Relatório e Contas Consolidado 2014 1

Índice III RELATÓRIO E PARECER DO CONSELHO FISCAL 107 IV CERTIFICAÇÃO LEGAL DAS CONTAS CONSOLIDADAS 111. SIBS: Relatório e Contas Consolidado 2014 1 Índice I RELATÓRIO DE ACTIVIDADE 3 Introdução 5 Grupo SIBS num relance 5 Principais acontecimentos 2014 7 Enquadramento de mercado 10 Actividade da rede empresarial SIBS em 2014 13 Processamento de transacções

Leia mais

A gestão comercial e financeira através da Internet

A gestão comercial e financeira através da Internet PHC dgestão A gestão comercial e financeira através da Internet A solução de mobilidade que permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos, documentos de facturação, encomendas, compras,

Leia mais

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES)

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) 11.1. Cartões de crédito Comissões (Euros) Designação do Redes onde o é aceite NB Business Silver NB Business Gold NB Corporate Gold NB Corporate Gold Negócios 1. Anuidades 1.º Titular Outros titulares

Leia mais

A Secretária de Estado dos Transportes. Ana Paula Vitorino

A Secretária de Estado dos Transportes. Ana Paula Vitorino Intervenção de Sua Excelência, A Ana Paula Vitorino por ocasião da Sessão de encerramento da apresentação dos novos serviços online do IMTT Lisboa, 18 de Dezembro de 2008 (vale a versão lida) 1/14 Senhor

Leia mais

Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento. Câmara dos Deputados 08 de outubro de 2009

Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento. Câmara dos Deputados 08 de outubro de 2009 Audiência Pública sobre Cartões de Pagamento Câmara dos Deputados 08 de outubro de 2009 Agenda Estrutura do Mercado de Cartões Principais Números da Indústria de Cartões no Brasil Situação Atual da Indústria

Leia mais

Certificação facturação

Certificação facturação NOVAS REGRAS DE FACTURAÇÃO Formador: Maria Mestra Carcavelos, Janeiro de 2013 SEDE AVª General Eduardo Galhardo, Edificio Nucase, 115 2775-564 Carcavelos tel. 214 585 700 fax. 214 585 799 www.nucase.pt

Leia mais

A virtualização do inquérito no contexto do projecto de desmaterialização em curso Luísa Proença - PJ

A virtualização do inquérito no contexto do projecto de desmaterialização em curso Luísa Proença - PJ Conferência Os Tribunais na Sociedade da Informação 8 de Abril de 2010 Reitoria da UNL A virtualização do inquérito no contexto do projecto de desmaterialização em curso Luísa Proença - PJ Patrocinadores

Leia mais

Preçário UNICRE - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO

Preçário UNICRE - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Preçário UNICRE - INSTITUICAO FINANCEIRA DE CREDITO, SA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DE CRÉDITO Consulte o FOLHETO DE COMISSÕES E DESPESAS Consulte o FOLHETO DE TAXAS DE JURO Data de O Preçário completo da

Leia mais

Todas as imagens, logos e demais conteúdo deste manual de utilizador são propriedade da LEILOLEASE Unipessoal Lda.

Todas as imagens, logos e demais conteúdo deste manual de utilizador são propriedade da LEILOLEASE Unipessoal Lda. Registo da Empresa e Documentação Necessária Condições Gerais do Leilão e Conduta Ferramentas de Leilão Registo de Viaturas Recebimentos Pagamentos Comissões Serviços Todas as imagens, logos e demais conteúdo

Leia mais

Consortia e-market da Fileira Moda. para o Mercado Externo

Consortia e-market da Fileira Moda. para o Mercado Externo Consortia e-market da Fileira Moda para o Mercado Externo O que é? Consórcio entre empresas da Fileira Moda e a Exponor Digital destinado a criar e explorar uma ou mais lojas online, orientada(s) para

Leia mais

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P

GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P GUIA PRÁTICO CARTÃO EUROPEU DE SEGURO DE DOENÇA INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Cartão Europeu de Seguro de Doença (N39 - v4.07) PROPRIEDADE Instituto da Segurança

Leia mais

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010 CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM - R EVOLUÇÃO ADMINISTRATIVA A Autarquia de Santarém, em parceria com a PT Prime, desenvolveu um sistema de soluções integradas e inter-operantes que lhe possibilitaram operacionalizar

Leia mais

Alexandre Pontes Nº 27340 Wilson Roque Nº 27636

Alexandre Pontes Nº 27340 Wilson Roque Nº 27636 Alexandre Pontes Nº 27340 Wilson Roque Nº 27636 As últimas décadas permitiram ligar o mundo e dinamizar os mercados, intensificando a competitividade existente. A Internet tornou o mundo mais pequeno e

Leia mais

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet

A solução de mobilidade que lhe permite executar e controlar, de forma eficaz, a Gestão Comercial e a Tesouraria da sua empresa, através da Internet PHC dgestão DESCRITIVO A qualquer momento e onde quer que esteja, o PHC dgestão permite introduzir e consultar clientes, fornecedores, artigos e documentos de facturação, encomendas e compras, guias de

Leia mais

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE)

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE) 11.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é 3. Substituição de 4. Inibição do 5. Comissão pela recuperação de valores em dívida 6. Não pagamento até à data limite Cartão Business Estrangeiro:

Leia mais

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE)

11. CARTÕES DE CRÉDITO E DE DÉBITO (OUTROS CLIENTES) ( ÍNDICE) 11.1. Cartões de crédito Designação do Redes onde o é 3. Substituição de 4. Inibição do 5. Comissão pela recuperação de valores em dívida 6. Não pagamento até à data limite Cartão Business 43,27 43,27

Leia mais