Ciências Biológicas e da Saúde. Ciências Humanas e Sociais. Inspeção e Tecnologia dos Produtos de Origem Animal. Clínica Veterinária

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Ciências Biológicas e da Saúde. Ciências Humanas e Sociais. Inspeção e Tecnologia dos Produtos de Origem Animal. Clínica Veterinária"

Transcrição

1 1 MATRIZ CURRICULAR No Quadro II está apresentada a estrutura curricular do Curso de Medicina Veterinária da FATENE, distribuída de acordo com os conteúdos essenciais profissionais, definidos pelo Parecer CNE/CES 0105/2002. Quadro II CONTEUDOS ESSENCIAIS Ciências Biológicas e da Saúde Ciências Humanas e Sociais Inspeção e Tecnologia dos Produtos de Origem Animal Clínica Veterinária Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Pública DISCIPLINAS Biologia Celular e Molecular Bioestatística Genética Animal Anatomia Descritiva Animal Anatomia Topográfica Animal Bioquímica Histologia, Citologia e Embriologia Veterinária Fisiologia Animal Microbiologia Animal Parasitologia Animal Imunologia animal Patologia Geral Veterinária Farmacologia Veterinária Melhoramento Genético Animal Introdução à Medicina Veterinária e Deontologia Ciências do Ambiente e Ecologia Sociologia Metodologia do Trabalho Científico Extensão Rural Economia e Administração do Agronegócio Tecnologia dos Produtos de Origem Animal Higiene e Inspeção de Produtos de Origem Animal Patologia Especial e Diagnóstico Post-mortem Patologia Clínica Veterinária Semiologia Veterinária Terapêutica Veterinária Doenças Infecciosas dos Animais Domésticos Fisiopatologia da Reprodução Animal Doenças Parasitárias dos Animais Domésticos Toxicologia Veterinária Anestesiologia Veterinária Biotecnologia da Reprodução Animal Clínica Médica de Cães e Gatos Clínica Médica de Monogástricos Clínica Cirúrgica Veterinária I Diagnóstico por Imagem na Medicina Veterinária Ornitopatologia Medicina Veterinária Legal Clínica Médica de Ruminantes Clínica Cirúrgica Veterinária II Ginecologia e Obstetrícia Veterinária Epidemiologia Geral Veterinária Saúde Pública Veterinária Zoonoses

2 2 4.4 Estrutura curricular Primeiro Período Letivo Introdução à Medicina Veterinária e Deontologia VET Ciências do Ambiente e Ecologia VET Anatomia Descritiva Animal VET Biologia Celular e Molecular VET Sociologia VET Metodologia da Pesquisa Científica VET SUBTOTAL Segundo Período Letivo Estatística VET Genética Animal VET Anatomia Topográfica Animal VET VET 03 Bioquímica VET VET 04 Histologia, Citologia e Embriologia Veterinária VET VET 04 SUBTOTAL 400 Terceiro Período Letivo Fisiologia Animal VET VET 09; 10 e; 11 Forragicultura e Pastagem Nativa VET Microbiologia Animal VET VET 04 Parasitologia Animal VET Imunologia Animal VET VET 10

3 3 Quarto Período Letivo Patologia Geral Veterinária VET VET 12; VET 16 Farmacologia Veterinária VET VET 12 Zootecnia Geral VET Alimentação e Nutrição de Animais Ruminantes VET VET 13; VET 13 Alimentação e Nutrição de Animais Não Ruminantes VET VET 12 Quinto Período Letivo T TP PRÉ- Semiologia Veterinária VET VET 12 Terapêutica Veterinária VET VET 18 Epidemiologia Geral Veterinária VET SUBTOTAL Sexto Período Letivo T TP Extensão Rural VET VET 05 Patologia Especial e Diagnóstico Postmortem VET VET 17 Patologia Clínica Veterinária VET VET 16 PRÉ- Melhoramento Genético Animal VET VET 07, VET 08 Doenças Infecciosas dos Animais Domésticos VET VET 14; 23 e; 27 Fisiopatologia da Reprodução Animal VET VET 12; VET 23 Doenças Parasitárias dos Animais Domésticos VET VET 13; 23 e; 27 Diagnóstico por Imagem na Medicina Veterinária VET VET 25 Anestesiologia Veterinária VET VET 18

4 4 Sétimo Período Letivo T TP PRÉ- Biotecnologia da Reprodução Animal VET VET 12 Higiene e Inspeção de Produtos de Origem Animal VET VET 19; VET 14 Economia e Administração do Agronegócio VET Técnica Cirúrgica VET VET 09; VET 33 Ornitopatologia VET Zoonoses VET Oitavo Período Letivo PRÉ- Tecnologia dos Produtos de Origem Animal VET VET 35 Clínica Médica de Cães e Gatos VET VET 25; 26 e; 32 Clínica Médica de monogástricos VET VET 25; VET 26 Clínica Cirúrgica Veterinária I VET VET 29; 33 e; 37 Clínica Médica de Ruminantes VET VET 25 SUBTOTAL 400 Nono Período Letivo PRÉ- Projeto de Pesquisa VET VET 06 Medicina Veterinária Legal VET VET 01; VET 23 Toxicologia Veterinária VET VET 18 Clínica Cirúrgica Veterinária II VET VET 43 Ginecologia e Obstetrícia Veterinária VET VET 43 Saúde Pública Veterinária VET VET 39 Atividades Complementares VET SUBTOTAL

5 5 Décimo Período Letivo Estágio Supervisionado Obrigatório VET Todas as disciplinas anteriores Trabalho de Conclusão de Curso VET VET 45 SUBTOTAL DISCIPLINAS ELETIVAS Produção de Ruminantes VET Avicultura VET Técnicas Gerais de Laboratório VET Bem Estar Animal e Etologia VET DISCIPLINAS OPTATIVAS Apicultura VET Bovinocultura de corte VET Bovinocultura de leite VET Caprinoovinocultura de corte VET Caprinocultura de leite VET Cunicultura VET Suinocultura VET Cinotecnia VET Clínica de Equinos VET Clínica Médica de Animais Silvestres VET Controle biológico VET Controle de qualidade de matérias primas VET Diagnóstico Estratégico em Propriedade Rural VET Doenças de organismos aquáticos VET Gerenciamento de projetos em Saúde Pública VET Equinocultura VET Piscicultura VET

6 6 Manejo de Animais Silvestres VET Manejo e gestão ambiental VET Marketing Veterinário VET Microbiologia de alimentos VET Libras VET

FACULDADES INTA COORDENAÇÃO DE MEDICINA VETERINÁRIA

FACULDADES INTA COORDENAÇÃO DE MEDICINA VETERINÁRIA PRIMEIRO SEMESTRE MV01 Química Geral e Analítica 45 15 60 4 MV02 Biologia Celular e Molecular 45 15 60 4 MV03 Histologia e Embriologia Geral 45 15 60 4 MV04 Introdução à Medicina Veterinária 30 15 45 3

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR. Patologia Clínica Veterinária

MATRIZ CURRICULAR. Patologia Clínica Veterinária MATRIZ CURRICULAR No Quadro II está apresentada a estrutura curricular do Curso de Medicina Veterinária da FATENE, distribuída de acordo com os conteúdos essenciais profissionais, definidos pelo Parecer

Leia mais

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR

FACULDADE ASSIS GURGACZ SAGRES ACADÊMICO GRADE CURRICULAR Página: 1 de 5 01 - - EF13101 - Anatomia Humana - Ativa desde: EF13102 - Antropologia - Ativa desde: EF13103 - Sociologia - Ativa desde: EF13104 - História e Fundamentos da Enfermagem - Ativa desde: EF13105

Leia mais

PROFESSOR ÁREA(S) TITULAÇÃO CONTATO Nutrição e Bioclimatologia Animal

PROFESSOR ÁREA(S) TITULAÇÃO CONTATO Nutrição e Bioclimatologia Animal PROFESSOR ÁREA(S) TITULAÇÃO CONTATO Nutrição e Bioclimatologia Adriano Geraldo Alcilene de Abreu Pereira Avicultura Citologia, Bioquímica e Doutorado em Zootecnia. Zootecnia,Licenciatura em Biologia,Mestre

Leia mais

EDITAL N.º 232/2015 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 230/2015

EDITAL N.º 232/2015 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 230/2015 RETIFICAÇÃO DO EDITAL Nº 230/2015 O VICE-REITOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, retifica o Edital nº 230/2015, de 25 de setembro de 2015, publicado no

Leia mais

ANEXO I CURSO: ADMINISTRAÇÃO - EQUIVALÊNCIAS

ANEXO I CURSO: ADMINISTRAÇÃO - EQUIVALÊNCIAS ANEXO I CURSO: ADMINISTRAÇÃO - EQUIVALÊNCIAS DISCIPLINA ADM009 - Informática Básica - CON001 - Informática Básica - /Ciências Contábeis ADM010 - Metodologia Científica - ADM042 - Metodologia Científica

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 028/2013, DE 07 DE FEVEREIRO DE 2013 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG

RESOLUÇÃO Nº 028/2013, DE 07 DE FEVEREIRO DE 2013 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG RESOLUÇÃO Nº 028/2013, DE 07 DE FEVEREIRO DE 2013 CONSELHO UNIVERSITÁRIO UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS UNIFAL-MG O Conselho Universitário da UNIFAL-MG, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias,

Leia mais

CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CRUZEIRO DE SUL CENTRO DE EDUCAÇÃO E LETRAS

CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CRUZEIRO DE SUL CENTRO DE EDUCAÇÃO E LETRAS 1 CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CRUZEIRO DE SUL CENTRO DE EDUCAÇÃO E LETRAS Área de concurso Conteúdos/Disciplinas Vinculadas Perfil do Candidato Perfil dos Membros da Banca Doutorado em Educação Doutorado em

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FISIOTERAPIA NOTURNO (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES n. 4, de 19 de fevereiro de 2002)

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FISIOTERAPIA NOTURNO (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES n. 4, de 19 de fevereiro de 2002) MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FISIOTERAPIA NOTURNO (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES n. 4, de 19 de fevereiro de 2002) PRIMEIRO PERÍODO FIS300 Fundamentos e Métodos de Estudo em Fisioterapia

Leia mais

Guia do estudante do Curso de Medina Veterinária IFC campus Concórdia. Guia do Estudante

Guia do estudante do Curso de Medina Veterinária IFC campus Concórdia. Guia do Estudante Guia do Estudante Medicina Veterinária 015 1 INSIUO FEDERAL CAARINENSE - CÂMPUS CONCÓRDIA Diretor-Geral Jolcemar Ferro Diretor de Desenvolvimento Educacional Gilmar Velloso Coordenadora Geral de Ensino

Leia mais

2º PERÍODO Código Disciplina ALI Álgebra Linear 60 4 CDI DES Desenho Técnico 45 3 ------------------- FIS I Física I 60 4 CDI FCS

2º PERÍODO Código Disciplina ALI Álgebra Linear 60 4 CDI DES Desenho Técnico 45 3 ------------------- FIS I Física I 60 4 CDI FCS GRADE CURRICULAR DO CURSO BACHARELADO EM ENGENHARIA FLORESTAL A matriz curricular do curso de Engenharia encontra-se organizada em períodos e suas respectivas disciplinas são listadas abaixo. Também estão

Leia mais

GRADE CURRICULAR DO PRIMEIRO AO OITAVO SEMESTRES COM PRÉ-REQUISITOS E DEPARTAMENTOS RESPONSÁVEIS COMPONENTES CURRICULARES DO PRIMEIRO SEMESTRE

GRADE CURRICULAR DO PRIMEIRO AO OITAVO SEMESTRES COM PRÉ-REQUISITOS E DEPARTAMENTOS RESPONSÁVEIS COMPONENTES CURRICULARES DO PRIMEIRO SEMESTRE GRADE CURRICULAR DO PRIMEIRO AO OITAVO SEMESTRES COM PRÉ-REQUISITOS E DEPARTAMENTOS RESPONSÁVEIS COMPONENTES CURRICULARES DO PRIMEIRO SEMESTRE CÓDIGO/ NOME REQUISITO DEPARTAMENTO RESPONSÁVEL MED B 10 Medicina

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM. 12 Semiologia e Semiotécnica aplicada à Enfermagem 60 30 90

CURSO DE ENFERMAGEM. 12 Semiologia e Semiotécnica aplicada à Enfermagem 60 30 90 CURSO DE ENFERMAGEM I Curso: Graduação em Enfermagem Carga Horária Total do Curso: 4170 horas Turno de Aplicação: Noturno Regime: Seriado Semestral Vigência: 2016/2 Tempo de Integralização: Mínimo - 05

Leia mais

10. MATRIZ CURRICULAR SEMESTRAL DO CURSO DE AGRONOMIA CAMPUS DE CÁCERES

10. MATRIZ CURRICULAR SEMESTRAL DO CURSO DE AGRONOMIA CAMPUS DE CÁCERES 10. MATRIZ CURRICULAR SEMESTRAL DO CURSO DE AGRONOMIA CAMPUS DE CÁCERES Tabela 2. Matriz Curricular Semestral do Curso de Agronomia Campus de Cáceres 1 - Semestre Carga Horária (h) 1 Citologia 60 3 0 1

Leia mais

CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL - UFG/EA, Campus Samambaia - Goiânia, GO. - MATRIZ CURRICULAR - PRÉ- REQUISITO(S) UNID. RESP.

CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL - UFG/EA, Campus Samambaia - Goiânia, GO. - MATRIZ CURRICULAR - PRÉ- REQUISITO(S) UNID. RESP. CURSO DE ENGENHARIA FLORESTAL - UFG/EA, Campus Samambaia - Goiânia, GO. - MATRIZ CURRICULAR - CHTS C H S NÚCLEO NATUREZA 01 5117 Introdução à Engenharia Florestal EA 32 32 00 Específico Obrigatória 02

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR: C/H Sem. TOTAL 23 360 100 460 - C/H Sem. 09 Anatomia Humana II 4 40 40 80 Anatomia Humana I

MATRIZ CURRICULAR: C/H Sem. TOTAL 23 360 100 460 - C/H Sem. 09 Anatomia Humana II 4 40 40 80 Anatomia Humana I MATRIZ CURRICULAR: Nº DISCIPLINA - 1 SEMESTRE 01. Anatomia Humana I 4 40 40 80 Não 02. Fundamentos Antropológicos 2 40-40 Não 03. Fundamentos de Biologia Celular e Genética 4 60 20 80 Não 04. Bioquímica

Leia mais

ANEXO A RESOLUÇÃO CEPE 07/2009 MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FISIOTERAPIA -. GRADE CURRICULAR

ANEXO A RESOLUÇÃO CEPE 07/2009 MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FISIOTERAPIA -. GRADE CURRICULAR MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE FISIOTERAPIA -. GRADE CURRICULAR PRIMEIRO SEMESTRE Biologia 2 0 2 036 Anatomia Humana I 2 2 4 072 Histologia 2 2 4 072 Bioquímica 2 0 2 036 Noções de Enfermagem 1 1 2 036

Leia mais

FACULDADE DE ENGENHARIA AMBIENTAL

FACULDADE DE ENGENHARIA AMBIENTAL FACULDADE DE ENGENHARIA AMBIENTAL MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ENGENHARIA AMBIENTAL (Adequada conforme as exigências da Resolução CNE/CES Nº. 11, de 11 de março de 2002) (Matriz curricular aprovada pela

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2016/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2016/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO Administração de Sistemas de Informação Administração / Ciências Contábeis / Sist. de Informação Análise das Demonstrações Financeiras Administração / Ciências Contábeis / Sist. de Informação Análise de

Leia mais

Disciplinas nº créditos Carga Horária. Teórica Prática Total Introdução à Medicina Veterinária e Zootecnia Geral 2 0 2 60

Disciplinas nº créditos Carga Horária. Teórica Prática Total Introdução à Medicina Veterinária e Zootecnia Geral 2 0 2 60 Conteúdos Curriculares do Curso de Graduação em Medicina Veterinária, da Universidade Estadual do Norte do Paraná Campus Luiz Meneghel, o organizado em regime seriado anual (a partir de 2010) 1º ANO Disciplinas

Leia mais

b) Componentes curriculares Eletivas

b) Componentes curriculares Eletivas 3.8.1 Tabela com a Matriz Curricular do Núcleo Comum - Total de 2367 horas a) Componentes curriculares do Núcleo Comum Básico 1967 horas Linguagens, Códigos e suas Tecnologias Língua Portuguesa 200 240

Leia mais

ALGUNS CRITÉRIOS PARA DEPENDÊNCIA/ ADAPTAÇÃO 2012 1º SEMESTRE

ALGUNS CRITÉRIOS PARA DEPENDÊNCIA/ ADAPTAÇÃO 2012 1º SEMESTRE * ALGUNS CRITÉRIOS PARA DEPENDÊNCIA/ ADAPTAÇÃO 2012 1º SEMESTRE Pode progredir para o período seguinte o aluno aprovado em todas as unidades de ensino ou que possuir até 4 (quatro) dependências. Aluno

Leia mais

FACULDADE DOUTOR FRANCISCO MAEDA CURSO: Medicina Veterinária NÍVEL: CICLO: 1º. ANO: 1º. sem/2016

FACULDADE DOUTOR FRANCISCO MAEDA CURSO: Medicina Veterinária NÍVEL: CICLO: 1º. ANO: 1º. sem/2016 CURSO: Medicina Veterinária NÍVEL: CICLO: 1º. ANO: 1º. sem/2016 Bioestatística Leitura, redação e Anat. I - prática C Anatom. descrit. An. Profa. Rosângela interpretação de texto domésticos I teórica Química

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.209, DE 7 DE OUTUBRO DE 2004

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.209, DE 7 DE OUTUBRO DE 2004 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA RESOLUÇÃO N.º 3.209, DE 7 DE OUTUBRO DE 2004 Homologa o Parecer n.º 036/04-CEG, que aprova a revogação da Resolução

Leia mais

TERREO SEDE 105 BANHEIRO MASCULINO BANHEIRO MASCULINO BANHEIRO MASCULINO 106 BANHEIRO FEMININO BANHEIRO FEMININO BANHEIRO FEMININO

TERREO SEDE 105 BANHEIRO MASCULINO BANHEIRO MASCULINO BANHEIRO MASCULINO 106 BANHEIRO FEMININO BANHEIRO FEMININO BANHEIRO FEMININO TERREO SEDE 101 SECRETARIA GERAL SECRETARIA GERAL SECRETARIA GERAL 102 COPA COPA COPA 103 ANEXA SECRETARIA ANEXA SECRETARIA ANEXA SECRETARIA 104 ANEXA SECRETARIA ANEXA SECRETARIA ANEXA SECRETARIA 105 BANHEIRO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA PRIMEIRO PERÍODO Código Disciplina CR CH CH CH Pré-requisitos Co-requisitos Equivalência Tipo VETR0005 ANATOMIA VETERINÁRIA I 5 30 90 120 -- -- VETR0002 OBR BIOQ0004 BIOQUÍMICA I - VET 3 30 30 60 -- --

Leia mais

FACULDADE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA Credenciamento: Portaria Nº 3.494 de 24/11/2003 BACHARELADO EM NUTRIÇÃO 1º SEMESTRE DISCIPLINA T P CR PRÉ- REQUISITO

FACULDADE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA Credenciamento: Portaria Nº 3.494 de 24/11/2003 BACHARELADO EM NUTRIÇÃO 1º SEMESTRE DISCIPLINA T P CR PRÉ- REQUISITO CURRÍCULO PLENO 1º SEMESTRE DISCIPLINA T P CR PRÉREQUISITO Nutrição e Alimentação Humana 72 04 Anatomofisiologia Humana I T 54 04 Anatomofisiologia Humana I P Introdução à Saúde Coletiva 54 03 Histologia

Leia mais

CURSO BACHARELADO EM AGRONOMIA TURMA AG 01

CURSO BACHARELADO EM AGRONOMIA TURMA AG 01 CURSO BACHARELADO EM AGRONOMIA TURMA AG 01 08-10h Inovação Tecnológica Fruticultura I Hidroponia e Cultivo Protegido Fruticultura I Comunicação e Extensão Rural 10-12h Irrigação Plantas Espontâneas Irrigação

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV NUTRIÇÃO. COORDENADORA Ana Íris Mendes Coelho aicoelho@ufv.br

Currículos dos Cursos UFV NUTRIÇÃO. COORDENADORA Ana Íris Mendes Coelho aicoelho@ufv.br 134 NUTRIÇÃO COORDENADORA Ana Íris Mendes Coelho aicoelho@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 135 Bacharelado ATUAÇÃO O Nutricionista é um profissional de saúde, legal e tecnicamente habilitado para

Leia mais

Bacharelado em Medicina Veterinária

Bacharelado em Medicina Veterinária Bacharelado em Medicina Veterinária INFORMAÇÕES Duração do Curso: 05 anos (10 semestres) Horário: Manhã Número de Vagas: 100 anuais Coordenador: Profº Dr. Carlos Tadeu Bandeira de Lavor O CURSO O Curso

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA

MATRIZ CURRICULAR DA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA MATRIZ CURRICULAR DA LICENCIATURA EM MATEMÁTICA seguem: A integralização e a matriz curricular podem ser visualizadas nos quadros que se Integralização Curricular Conteúdos/conhecimentos/habilidades Disciplinas

Leia mais

EDITAL DE 02 DE SETEMBRO DE 2014 DISCIPLINAS EM OFERTA ESPECIAL 2014-2

EDITAL DE 02 DE SETEMBRO DE 2014 DISCIPLINAS EM OFERTA ESPECIAL 2014-2 EDITAL DE 02 DE SETEMBRO DE 2014 DISCIPLINAS EM OFERTA ESPECIAL 2014-2 A Universidade Potiguar, mantida pela APEC - Sociedade Potiguar de Educação e Cultura Ltda, com sede em Natal, RN, torna públicas

Leia mais

DELIBERAÇÃO Nº116/84

DELIBERAÇÃO Nº116/84 DELIBERAÇÃO Nº116/84 Regula o currículo pleno do Curso de Nutrição. O Reitor da UERJ: Faço saber que o Conselho Superior de Ensino e Pesquisa aprovou, conforme Processo nº 1765/84, e eu promulgo a seguinte

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO: Conceito e fontes do direito administrativo, Regime jur dico da administra o e princ pios, Administra o P blica

DIREITO ADMINISTRATIVO: Conceito e fontes do direito administrativo, Regime jur dico da administra o e princ pios, Administra o P blica M dulo 01 ATUALIDADES: Pol tica Nacional e Pol tica Internacional ARQUIVOLOGIA: Teorias e Princ pios, Tipos de Arquivos ESTAT STICA B SICA: Defini es, Conceitos, Distribui o de Freq ncia RACIOC NIO L GICO:

Leia mais

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Faculdade de Ciências Médicas

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA Faculdade de Ciências Médicas Áreas científicas O curso de Mestrado Integrado em Medicina está organizado de acordo com o sistema de unidades de crédito (ECTS) e encontra -se distribuído pelas seguintes áreas de ensino e investigação

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO Setor de Ciências da Saúde SES/G FISIOTERAPIA 2016

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE UNICENTRO Campus CEDETEG ENSALAMENTO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO Setor de Ciências da Saúde SES/G FISIOTERAPIA 2016 UNIVERSIDADE ESDUAL DO CENTRO-OES UNICENTRO Campus CEDEG FISIORAPIA 2016 1ª SÉRIE 2º SEMESTRE MANHÃ 07h30min 08h20min Neuroanatomia Fisiologia Humana Turma A+B Bioquímica SALA 4 BLOCO 1 Citologia e Histologia

Leia mais

PROVA ESCRITA DATA LOCAL HORA UNIDADE CÓD. VAGAS ÁREA DE ESTUDO CLASSE REGIME

PROVA ESCRITA DATA LOCAL HORA UNIDADE CÓD. VAGAS ÁREA DE ESTUDO CLASSE REGIME CECA 001 1 CEDU 002 1 FITOSSANIDADE, HIGIENE E PROFILAXIA ANIMAL FORMAÇÃO DE PROFESSORES: ENSINO DE CIÊNCIAS ADJUNTO DE 13/05/08 CECA ADJUNTO DE 19/05/08 Bloco 18 CEDU 003 1 CEDU 004 1 CEDU 005 3 CEDU

Leia mais

FORMAÇÃO NA FFULISBOA NA ÁREA DAS ANÁLISES CLÍNICAS E GENÉTICA HUMANA. Matilde Fonseca e Castro Maio 2016 (mcastro@ff.ulisboa.pt)

FORMAÇÃO NA FFULISBOA NA ÁREA DAS ANÁLISES CLÍNICAS E GENÉTICA HUMANA. Matilde Fonseca e Castro Maio 2016 (mcastro@ff.ulisboa.pt) FORMAÇÃO NA FFULISBOA NA ÁREA DAS ANÁLISES CLÍNICAS E GENÉTICA HUMANA Matilde Fonseca e Castro Maio 2016 (mcastro@ff.ulisboa.pt) População muito envelhecida (2 milhões de habitantes com idade >65 anos)

Leia mais

PARECER CEE/PE Nº 07/2007-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 05/01/2007 I RELATÓRIO:

PARECER CEE/PE Nº 07/2007-CES APROVADO PELO PLENÁRIO EM 05/01/2007 I RELATÓRIO: INTERESSADA: AUTARQUIA DE ENSINO SUPERIOR DE ARCOVERDE AESA ASSUNTO: RECONHECIMENTO DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM RELATOR: CONSELHEIRO ARNALDO CARLOS DE MENDONÇA PROCESSO Nº 153/2006 Homologado

Leia mais

Currículos dos Cursos do CCB UFV BIOQUÍMICA. COORDENADORA DO CURSO BIOQUÍMICA Márcia Rogéria de Almeida marcia@ufv.br

Currículos dos Cursos do CCB UFV BIOQUÍMICA. COORDENADORA DO CURSO BIOQUÍMICA Márcia Rogéria de Almeida marcia@ufv.br 88 Currículos dos Cursos do CCB UFV BIOQUÍMICA COORDENADORA DO CURSO BIOQUÍMICA Márcia Rogéria de Almeida marcia@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2002 89 Bacharelado ATUAÇÃO O curso de Bacharelado em Bioquímica

Leia mais

RESOLUÇÃO N 031, DE 13 DE JUNHO DE 2016

RESOLUÇÃO N 031, DE 13 DE JUNHO DE 2016 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO CEARÁ CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO N 031, DE 13 DE JUNHO DE 2016 Aprova o alinhamento da matriz do curso de Ciências Biológicas

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2013 95 ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2013 95 ENGENHARIA AMBIENTAL. COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2013 95 ENGENHARIA AMBIENTAL COORDENADORA Ann Honor Mounteer ann@ufv.br 96 Currículos dos Cursos UFV Engenheiro Ambiental ATUAÇÃO O curso de Engenharia Ambiental da UFV habilita

Leia mais

Pós-Graduação. Ampliação da abrangência da pós-graduação da UFMG, através de mudanças

Pós-Graduação. Ampliação da abrangência da pós-graduação da UFMG, através de mudanças Pós-Graduação Ampliação da abrangência da pós-graduação da UFMG, através de mudanças Na concepção do processo seletivo, de modo a ampliar a abrangência regional e nacional da pós-graduação; Número de Alunos

Leia mais

LEIA-SE: Edital N.º 398/2015-PROGESP Boa Vista, 30 de dezembro de 2015

LEIA-SE: Edital N.º 398/2015-PROGESP Boa Vista, 30 de dezembro de 2015 Edital N.º 3/26-PROGESP Boa Vista, 13 de janeiro de 26. A PRÓ-REITORA DE GESTÃO DE PESSOAS, EM EXERCÍCIO, DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, considerando

Leia mais

Turma/período Disciplina Professor G. A. e Álgebra Linear Ricardo

Turma/período Disciplina Professor G. A. e Álgebra Linear Ricardo Serviço Público Federal Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano Câmpus Urutaí HORÁRIOS DE REPOSIÇÃO DE AULAS

Leia mais

Funda Ęo BIO-RIO Concursos 16/06/2014 Funda Ęo Sa de do Estado do Rio de Janeiro Funda Ęo Sa de Gabarito Preliminar

Funda Ęo BIO-RIO Concursos 16/06/2014 Funda Ęo Sa de do Estado do Rio de Janeiro Funda Ęo Sa de Gabarito Preliminar N vel Superior ASC01- Assistente Social - Assist ncia Social / Geral E B D C A B C D D C E E A B D A B B C A E E C C B A D B A D E A D D B C C B A E A E E B D C A B C D D C E E A B D A B B C A E E C C

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Conselho de Administração

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Conselho de Administração Ata do da 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 Ao quinto dia do mês de setembro de 2012, nesta cidade de São

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO DO ENSINO, DA PESQUISA E DA EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 53/2015/CONEPE Aprova alterações no Projeto Pedagógico do Curso

Leia mais

Português Instrumental (EAD) 19:10 Pedro. Deontologia Paula Sociais Marcilei. (EAD) 20:00 Pedro

Português Instrumental (EAD) 19:10 Pedro. Deontologia Paula Sociais Marcilei. (EAD) 20:00 Pedro Primeiro Período (Noturno) 18:20 Monitoria Anato Monitoria Histo Monitoria Cito Monitoria Anato Português Instrumental Anatomia Descritiva Vet I Histologia Veterinária Introdução a MedVet e Ciências Hum

Leia mais

Curso: Bacharelado em Psicologia. Portaria de Autorização n 657 de 08/05/2009 Publicado no D.O.U. 11/05/2009

Curso: Bacharelado em Psicologia. Portaria de Autorização n 657 de 08/05/2009 Publicado no D.O.U. 11/05/2009 Curso: Bacharelado em Psicologia Portaria de Autorização n 657 de 08/05/2009 Publicado no D.O.U. 11/05/2009 Área de Formação: Psicologia Diploma em: Bacharel em Psicologia Período de Integralização: Mínimo

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 216/89

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 216/89 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DELIBERAÇÃO Nº 216/89 Define a Reestruturação dos Departamentos do Instituto de Biologia. O CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO E PESQUISA, no uso da competência que lhe

Leia mais

Horário de Aula do 2º ao 8º Períodos *Veja o Horário da Distribuição de Salas no Site

Horário de Aula do 2º ao 8º Períodos *Veja o Horário da Distribuição de Salas no Site Horário de Aula do 2º ao 8º Períodos *Veja o Horário da Distribuição de Salas no Site Curso de Medicina HISTOL. MÉDICA (P1) (P1) (T) P.S.P.S. (T) HISTOL. MÉDICA (T) Profª Josefa Lab. de Histologia P.S.P.S.

Leia mais

Anatomia Humana I 60. Biologia Humana 80. Bioestatística 20. Comunicação e Expressão 20. Fundamentos da Fisioterapia 60. Metodologia Científica 60

Anatomia Humana I 60. Biologia Humana 80. Bioestatística 20. Comunicação e Expressão 20. Fundamentos da Fisioterapia 60. Metodologia Científica 60 1º PERÍODO - FISIOTERAPIA SEGUNDA 19h00 22h15 BIOLOGIA HUMANA Dr. Renato Maluta TERÇA 19h00-21h00 SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA DA SAÚDE Esp. Paulo Moacyr TERÇA 21h15 22h15 BIOESTATÍSTICA Esp. Dorival Pinheiro

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Educação Física

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICO SALESIANO AUXILIUM Curso de Educação Física MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSCA GRADE 1 Currículo Pleno aprovado pelo Conselho de Curso para o ano de 2010 1º SEMESTRE 1425-1 ANATOMIA HUMANA I 3 60 30 30 10555-2 CULTURA TEOLOGICA 2 40 40-10713-9

Leia mais

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ECONOMIA DOMÉSTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 182 Optativos: 20. 1º Semestre

Sistema de Controle Acadêmico. Grade Curricular. Curso : ECONOMIA DOMÉSTICA. CRÉDITOS Obrigatórios: 182 Optativos: 20. 1º Semestre Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Pró-reitoria de Graduação - DAARG DRA - Divisão de Registros Acadêmicos Sistema de Controle Acadêmico Grade Curricular 30/01/2014-13:12:49 Curso : ECONOMIA

Leia mais

CURSO DE DIREITO. Formação e construção da estrutura curricular do Curso de Direito da Universidade Iguaçu

CURSO DE DIREITO. Formação e construção da estrutura curricular do Curso de Direito da Universidade Iguaçu Formação e construção da estrutura curricular do Curso de Direito da Universidade Iguaçu Para a construção da estrutura curricular do Curso de Direito da Universidade Iguaçu, levou-se em consideração a

Leia mais

HORÁRIO DE AULA 1 PERÍODO 2016/1 - Curriculo Novo

HORÁRIO DE AULA 1 PERÍODO 2016/1 - Curriculo Novo HORÁRIO DE AULA 1 PERÍODO 2016/1 - Curriculo Novo 08:10-09:00 Bioquimica Celular T 09:10-10:00 Bioquimica Celular T 10:10-11:00 Cit.Hist.Geral V1/V2 11:10-12:00 Cit.Hist.Geral V1/V2 14:10-15:00 Anatomia

Leia mais

FLUXOGRAMA DO CURSO DE BACHARELADO EM MEDICINA VETERINÁRIA 2011.2

FLUXOGRAMA DO CURSO DE BACHARELADO EM MEDICINA VETERINÁRIA 2011.2 FLUXOGRAMA DO CURSO DE BACHARELADO EM MEDICINA VETERINÁRIA 2011.2 1 SEMESTRE DISCIPLINA TEORICA PRÁTICA C/H CR 1. Ecologia e Manejo Ambiental 60-60 04 2. Informática Básica 30-30 02 3. Sociologia Rural

Leia mais

BASE CURRICULAR 2013 Pré-requisitos CR H/A CH/T CH/P

BASE CURRICULAR 2013 Pré-requisitos CR H/A CH/T CH/P UNIVERSIDADE DE CRUZ ALTA VICE-REITORIA DE GRADUAÇÃO Centro de Ciências da Saúde Curso de Medicina Veterinária Portaria nº 01 06/01/2012 D.O.U.: 09/01/2012 BASE CURRICULAR 2013 CR H/A CH/T CH/P 1º Anatomia

Leia mais

DEPARTAMENTO DE POL 0 1CIA FEDERAL

DEPARTAMENTO DE POL 0 1CIA FEDERAL 1 3U N I V E R S I D A D E D E B R A S 0 1 L I A (UnB) CENTRO DE SELE 0 5 0 1O E DE PROMO 0 5 0 1O DE EVENTOS (CESPE) DEPARTAMENTO DE POL 0 1CIA FEDERAL Concurso P blico Aplica 0 4 0 0o: 22/8/2004 O Centro

Leia mais

Não jogue este impresso em via pública. Preserve o meio ambiente. Universidade Federal do Espírito Santo. Medicina. Centro de Ciências da Saúde

Não jogue este impresso em via pública. Preserve o meio ambiente. Universidade Federal do Espírito Santo. Medicina. Centro de Ciências da Saúde Não jogue este impresso em via pública. Preserve o meio ambiente. Universidade Federal do Espírito Santo Medicina Centro de Ciências da Saúde Medicina O Curso de Medicina da Ufes começou a funcionar efetivamente,

Leia mais

DISCIPLINAS PEDAGOGIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR (NOVA) CARGA HORÁRIA PRÉ REQUISITO 1º SEMESTRE. 01 - Metodologia Científica

DISCIPLINAS PEDAGOGIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR (NOVA) CARGA HORÁRIA PRÉ REQUISITO 1º SEMESTRE. 01 - Metodologia Científica PEDAGOGIA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR (NOVA) DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA PRÉ REQUISITO 1º SEMESTRE 01 - Metodologia Científica 02 - Fundamentos epistemológicos da Educação 1 / 29 03 - Sociologia e Educação 04

Leia mais

Faculdade Pitágoras de Linhares Mantenedora: SOCE Sociedade Capixaba de Educação Ltda. Fundada pelo Decreto nº 90.

Faculdade Pitágoras de Linhares Mantenedora: SOCE Sociedade Capixaba de Educação Ltda. Fundada pelo Decreto nº 90. Faculdade Pitágoras de Linhares Mantenedora: SOCE Sociedade Capixaba de Educação Ltda. Fundada pelo Decreto nº 90.569, em 27/11/1984 EDITAL Nº 002/2013 O Diretor da Faculdade Pitágoras de Linhares, no

Leia mais

1 PERÍODO INTEGRAL - SALA 38

1 PERÍODO INTEGRAL - SALA 38 1 PERÍODO INTEGRL - SL 38 HORÁR SEGUND TERÇ QURT QUINT SEXT 07:40 08:30 INTRODUÇÃO À GRONOMI METODOLOGI E TEXTO 12:00 INTRODUÇÃO À GRONOMI METODOLOGI E TEXTO METODOLOGI E TEXTO METODOLOGI E TEXTO BLOGI

Leia mais

Unidade: 10 CANOAS - GRADUAÇÃO Curso: 010656 CIENCIAS BIOLOGICAS - BACHARELADO Habilitação: BACHAREL(A) EM CIENCIAS: BIOLOGIA.

Unidade: 10 CANOAS - GRADUAÇÃO Curso: 010656 CIENCIAS BIOLOGICAS - BACHARELADO Habilitação: BACHAREL(A) EM CIENCIAS: BIOLOGIA. PÁGINA 00 / 00 /0/0 : Unidade: 0 CANOAS - GRADUAÇÃO Curso: 00 CIENCIAS BIOLOGICAS - BAARELADO Habilitação: BAAREL(A) EM CIENCIAS: BIOLOGIA Com Renovação Reconhecimento: Portaria Nro - D.O.U. DE //0 Disciplinas

Leia mais

ZOOTECNIA - SEQUÊNCIA IDEAL DO CURSO E PRÉ-REQUISITOS

ZOOTECNIA - SEQUÊNCIA IDEAL DO CURSO E PRÉ-REQUISITOS ZOOTECNIA - SEQUÊNCIA IDEAL DO CURSO E PRÉ-REQUISITOS 1º PERÍODO Obrigatória ou Carga Horária Anatomia dos Animais Domésticos Obrigatória 60 - Biologia geral animal Obrigatória 60 - Biologia geral vegetal

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ Campus Cinobelina Elvas Bom Jesus - Piauí, Brasil

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ Campus Cinobelina Elvas Bom Jesus - Piauí, Brasil UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ Campus Cinobelina Elvas Bom Jesus - Piauí, Brasil ALTERAÇÕES NO PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA Teresina novembro/2009 MATRIZ CURRICULAR CORRIGIDA

Leia mais

FUNDAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR

FUNDAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR FUNDAÇÃO COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR 10000003 CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA 10100008 MATEMÁTICA 10101004 ÁLGEBRA 10101012 CONJUNTOS 10101020 LÓGICA MATEMÁTICA 10101039 TEORIA

Leia mais

Virginio Cândido Tosta de Souza

Virginio Cândido Tosta de Souza UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Reconhecimento: Curso de Nutrição Virginio Cândido Tosta de Souza 0 Reitor da Universidade Federal de Ouro Preto, sub_ mete a este Conselho pedido de reconhecimento do

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ZOOTECNIA. PRÉ-REQUISITO e/ou CO-REQUISITO (CR)

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ZOOTECNIA. PRÉ-REQUISITO e/ou CO-REQUISITO (CR) MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE ZOOTECNIA Quadro 1- Matriz curricular do curso de zootecnia DISCIPLINA 1º Período Introdução à Zootecnia Nenhum 24 08 32 NC OB Exercício da Profissão de Zootecnista Nenhum

Leia mais

PREZADOS, SEGUE O HORÁRIO 2016_1.

PREZADOS, SEGUE O HORÁRIO 2016_1. PREZADOS, SEGUE O HORÁRIO 2016_1. Matrículas pelo SIGA do dia 22/04 a 25/04/2016. Ajuste Matrícula ON LINE do Aluno pelo SIGA do dia 28/04 a 29/04/2016. Ajuste Matrícula com o Coordenador, APENAS 03/05/2016,

Leia mais

ENGENHARIA FLORESTAL. COORDENADORA Angélica de Cássia Oliveira Carneiro cassiacarneiro@ufv.br

ENGENHARIA FLORESTAL. COORDENADORA Angélica de Cássia Oliveira Carneiro cassiacarneiro@ufv.br ENGENHARIA FLORESTAL COORDENADORA Angélica de Cássia Oliveira Carneiro cassiacarneiro@ufv.br 76 Currículos dos Cursos do CCA UFV Currículo do Curso de Engenharia Engenheiro ATUAÇÃO O Engenheiro estará

Leia mais

EDITAL 008/2016 PARA PROVIMENTO DE MONITORIAS NOS CURSOS OFERECIDOS PELA UNIVERSIDADE VALE DO RIO VERDE UNINCOR TRÊS CORAÇÕES

EDITAL 008/2016 PARA PROVIMENTO DE MONITORIAS NOS CURSOS OFERECIDOS PELA UNIVERSIDADE VALE DO RIO VERDE UNINCOR TRÊS CORAÇÕES EDITAL 008/016 PARA PROVIMENTO DE MONITORIAS NOS CURSOS OFERECIDOS PELA UNIVERSIDADE VALE DO RIO VERDE UNINCOR TRÊS CORAÇÕES A Reitora da Universidade Vale do Rio Verde de Três Corações UninCor, profa.

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA (ESAS)

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA (ESAS) INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA (ESAS) Informação sobre os Cursos de Especialização Tecnológica (CET) O Curso de Especialização Tecnológica (CET) é uma formação pós-secundária

Leia mais

Prédio da Reitoria UFMG, Campus Pampulha, Belo Horizonte, MG UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS

Prédio da Reitoria UFMG, Campus Pampulha, Belo Horizonte, MG UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS Prédio da Reitoria UFMG, Campus Pampulha, Belo Horizonte, MG Foto: Foca Lisboa UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS UFMG Foto: Foca Lisboa INSTITUIÇÃO PÚBLICA FEDERAL FUNDADA EM 1927 ENSINO GRATUITO LOCALIZADA

Leia mais

RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa

RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa RELAÇÃO DESCRITIVA DO ACERVO INDICADO NO PPC Campus Formosa Licenciatura em Ciências Biológicas Bibliografia Complementar AIRES, Margarida de Mello. Fisiologia. 3. ed. Rio de Janeiro: GUANABARA KOOGAN,

Leia mais

CAPES/DPR/CDI PRODOC - RELAÇÃO DE PROJETOS ENCAMINHADOS NO EDITAL 2007 - PROJETOS RECOMENDADOS - RESULTADO FINAL

CAPES/DPR/CDI PRODOC - RELAÇÃO DE PROJETOS ENCAMINHADOS NO EDITAL 2007 - PROJETOS RECOMENDADOS - RESULTADO FINAL ADMINISTRAÇÃO UFMS ADMINISTRAÇÃO ADMINISTRAÇÃO UFSC ADMINISTRAÇÃO ANTROPOLOGIA UNB ANTROPOLOGIA ANTROPOLOGIA UNICAMP ANTROPOLOGIA SOCIAL ARTES / MÚSICA UFRGS ARTES VISUAIS ARTES / MÚSICA UDESC MÚSICA ARTES

Leia mais

Pré-requisito Coreq Disciplina 01 - - CCA024 - BIOLOGIA GERAL - Ativa desde: 01/01/2006. Natureza - Obrigatoria Prática 34 Teórica 34

Pré-requisito Coreq Disciplina 01 - - CCA024 - BIOLOGIA GERAL - Ativa desde: 01/01/2006. Natureza - Obrigatoria Prática 34 Teórica 34 1 de 9 Colegiado: Nível:Graduação Início: 19941 Título: Concluinte: Mínimo: 01 - - CCA024 - BIOLOGIA GERAL - Ativa desde: CCA029 - ZOOLOGIA GERAL - Ativa desde: CCA283 - METODOLOGIA DA PESQUISA - Ativa

Leia mais

Currículo do Curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios

Currículo do Curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios Currículo do Curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios Bacharelado ATUAÇÃO O egresso do curso de Ciência e Tecnologia de Laticínios terá competências e habilidades para: aplicar conhecimentos científicos

Leia mais

E D I T A L. 2º A Avaliação de Suficiência será feita exclusivamente por meio de prova presencial escrita, individual e sem consulta.

E D I T A L. 2º A Avaliação de Suficiência será feita exclusivamente por meio de prova presencial escrita, individual e sem consulta. EDITAL DC/CP 12/2016 DIVULGA AS S DE CURSOS DE GRADUAÇÃO DO CAMPUS CAMPINAS, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO USF, OBJETO DE INSCRIÇÃO PARA AVALIAÇÃO DE SUFICIÊNCIA NO 1º SEMESTRE DE 2016. O Diretor do Campus

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR CURSOS DE GRADUAÇÃO

ESTRUTURA CURRICULAR CURSOS DE GRADUAÇÃO ADMINISTRAÇÃO PERÍODO DISCIPLINAS C.H. 1º Antropologia e Sociologia 60 Língua Portuguesa 60 Matemática Básica 60 Metodologia Científica 60 TGA I 60 2º Ciências da Religião 60 Instituições do Direito Público

Leia mais

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*.

EMENTÁRIO. Princípios de Conservação de Alimentos 6(4-2) I e II. MBI130 e TAL472*. EMENTÁRIO As disciplinas ministradas pela Universidade Federal de Viçosa são identificadas por um código composto por três letras maiúsculas, referentes a cada Departamento, seguidas de um número de três

Leia mais

AÇÕES PARA PRESERVAÇÃO DE DOCUMENTOS DIGITAIS

AÇÕES PARA PRESERVAÇÃO DE DOCUMENTOS DIGITAIS Powered by TCPDF (www.tcpdf.org) AÇÕES PARA PRESERVAÇÃO DE DOCUMENTOS DIGITAIS Claudia Carmem Baggio (UFSM) - ccbaggio@gmail.com Daniel Flores (UFSM) - dfloresbr@gmail.com José da Rosa (UFSC) - eddierosa777@gmail.com

Leia mais

CALENDÁRIO Acadêmico - 2014. 1º Semestre

CALENDÁRIO Acadêmico - 2014. 1º Semestre CALENDÁRIO Acadêmico - 2014 1º Semestre Janeiro 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 ` Confraternização Universal 01 Período para renovação de matricula 02

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - UCS

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - UCS ORIENTAÇÕES GERAIS PARA O CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS - UCS Prof. Matheus Parmegiani Jahn Coordenação do Curso de Ciências Biológicas Universidade de Caxias do Sul Abaixo estão algumas orientações gerais

Leia mais

5. PROVAS E LOCAL DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS

5. PROVAS E LOCAL DE REALIZAÇÃO DAS PROVAS Fundação Educacional D. André Arcoverde CESVA Centro de Ensino Superior de Valença Direção Acadêmica 1. CARACTERIZAÇÃO EDITAL O Diretor Acadêmico do CESVA Centro de Ensino Superior de Valença, no uso de

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 002/2005-COU/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 002/2005-COU/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 002/2005-COU/UNICENTRO Autoriza a realização de Teste Seletivo para admissão de Professor Colaborador e dá outras providências. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO:

Leia mais

Titulação Mínima. Terça-feira das 9h35 às 11h15 e Quarta-feira das 9h35 às 11h15. Terça-feira das 20h55 às 22h35 e Sexta-feira das 20h55 às 22h35

Titulação Mínima. Terça-feira das 9h35 às 11h15 e Quarta-feira das 9h35 às 11h15. Terça-feira das 20h55 às 22h35 e Sexta-feira das 20h55 às 22h35 Planilha atualizada em 28/01/2015 Vaga Curso Disciplina Ementa Horário CH semanal Titulação Mínima Pré-requisito Indispensável Consultor Responável Prazo para envio de currículos Campus 1 Pedagogia Literatura

Leia mais

Havendo dúvidas na juntada dos documentos, ligue 11 3347-5555 ou mande um e-mail para atendimento03@crbm1.gov.br.

Havendo dúvidas na juntada dos documentos, ligue 11 3347-5555 ou mande um e-mail para atendimento03@crbm1.gov.br. INSTRUÇÕES. LEIA ATENTAMENTE. A documentação deve atender rigorosamente as exigências contidas nesta instrução. Não será aceito pedido de inscrição com documentação em desconformidade com esta instrução.

Leia mais

Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus EC Matriz Curricular do Curso de Letras - Licenciatura Inglês

Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus EC Matriz Curricular do Curso de Letras - Licenciatura Inglês Centro Universitário Adventista de São Paulo - Campus EC Matriz Curricular do Curso de Letras - Licenciatura Inglês Início: 213 - CONSU 212-41 de 29/11/212 I Ano, I Semestre I Ano, II Semestre Teoria e

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - Campus Zona Leste

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - Campus Zona Leste INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - Campus Zona Leste CICLO DE FUNDAMENTAÇÃO 1º. Semestre Semestre 442 h/ semanal 26 h EIXO TEMÁTICO Eixo DISCIPLINAS disciplinas Tipo INTRODUÇÃO A ATIVIDADE

Leia mais

CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES

CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIOMEDICINA PROPOSTA DE DIRETRIZES CURRICULARES 1 1. PERFIL DO FORMANDO EGRESSO/PROFISSIONAL Biomédico, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva. Profissional da área

Leia mais

Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS. COORDENADOR José Antônio Marques Pereira

Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS. COORDENADOR José Antônio Marques Pereira 92 Currículos dos Cursos UFV CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE LATICÍNIOS COORDENADOR José Antônio Marques Pereira jamperei@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2012 93 Ciência e Tecnologia de Laticínios ATUAÇÃO O egresso

Leia mais

Matriz Curricular. Natureza Disciplinas. Àrea de. 1º semestre. Formação

Matriz Curricular. Natureza Disciplinas. Àrea de. 1º semestre. Formação Matriz Curricular Faculdade: Engenharia, Arquitetura e Urbanismo Curso: Engenharia de Produção Turno: Diurno Campus: Santa Bárbara d Oeste Modalidade: Título oferecido: Engenheiro de Produção Duração do

Leia mais

UFV Catálogo de Graduação 2014 231 ENGENHARIA CIVIL. COORDENADOR Paulo Sérgio de Almeida Barbosa pbarbosa@ufv.br

UFV Catálogo de Graduação 2014 231 ENGENHARIA CIVIL. COORDENADOR Paulo Sérgio de Almeida Barbosa pbarbosa@ufv.br UFV Catálogo de Graduação 2014 231 ENGENHARIA CIVIL COORDENADOR Paulo Sérgio de Almeida Barbosa pbarbosa@ufv.br 232 Currículos dos Cursos do CCE UFV Engenheiro Civil ATUAÇÃO Ao Engenheiro Civil compete

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS - UNIMONTES

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS - UNIMONTES 1319700099 AGUIDA AP GAVA DEFERIDO 089 Ciência da Computação - Inteligência Computacional - Especialização - Montes 1319700098 AGUIDA APARECIDA GAVA DEFERIDO 087 Ciência da Computação - Computação Aplicada

Leia mais

Apresentação. O quadro 1 apresenta um resumo da trajetória da IES:

Apresentação. O quadro 1 apresenta um resumo da trajetória da IES: Apresentação O Centro Universitário da Grande Dourados - UNIGRAN - foi credenciado pelo Decreto Presidencial de 1º de julho de 1998 e recredenciado, pela segunda vez, pela Portaria Nº 708, de 29 de maio

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Modalidade Licenciatura

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Modalidade Licenciatura UNIVERSIDADE REGIONAL INTEGRADA DO ALTO URUGUAI E DAS MISSÕES URI PRÓ-REITORIA DE ENSINO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Modalidade Licenciatura

Leia mais