Sistema de Controle ITBI

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistema de Controle ITBI"

Transcrição

1

2 Sistema de Controle ITBI

3 Histórico Ao final do ano de 2009 a Prefeitura Municipal de Rio do Sul manifestou interesse no desenvolvimento de um sistema para controle do Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). Em 2010 a FECAM assumiu a responsabilidade sobre o sistema integrando ao consorcio com os municípios.

4 Sobre ITBI O Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis e de direitos a eles relativos(itbi) é um imposto brasileiro, de competência municipal (Art.156, II, da Constituição Federal). O ITBI tem como fato gerador a transmissão, inter vivos, a qualquer título, de propriedade ou domínio útil de bens imóveis. A alíquota utilizada é fixada em Lei ordinária do município competente. A base de cálculo é o valor venal dos bens ou direitos transmitidos à época da operação. A função do ITBI é predominantemente fiscal. Sua finalidade é a obtenção de recursos financeiros para os municípios.

5 Envolvidos Prefeitura Municipal. Cartórios. Registro de Imóveis. Compradores de Imóveis. Vendedores de Imóveis. Corretores / Imobiliárias.

6 Vantagens do Sistema Controlar e identificar todos os processos que envolvam transação de imóveis. Registrar a solicitação de transação imobiliária, gerar a guia de pagamento, liberar e efetivar o registro da escritura através de um único processo. Controle total sobre transações de imóveis no município. Aumento de arrecadação. Desburocratização de procedimentos para o cidadão.

7 Parametrizações do Sistema O sistema é parametrizável para se adequar as regras de cada município. Os tipos de parametrizações disponíveis são: as regras gerais do município os dados para a geração do boleto bancário cadastro das naturezas de transação indicando suas alíquotas e características durante uma transação

8 Parametrizações Gerais do Sistema A quantidade de ocorrências de entrada de processos para um mesmo imóvel, sem ser finalizado, para que ocorra o bloqueio do imóvel. Prazo para desbloqueio automático de imóveis. O prazo para homologação da transação solicitada. Informe de impugnação da transação para o cidadão.

9 Parametrizações Gerais do Sistema

10 Parametrizações Referentes ao Boleto Bancário Indicação do Banco, Conta corrente e agencia. Instruções gerais. Instruções sobre o pagamento após o vencimento. Identificação do Convênio.

11 Parametrizações Referentes ao Boleto Bancário

12 Parametrizações da Natureza da Transação Naturezas da Transação Compra e Venda. Cessão de Direito. Dação em Pagamento. Permuta. Transmissão de Domínio Útil. Remissão. Transmissão da NUA Propriedade por Ato Oneroso. As alíquotas para cada tipo de pagamento (recursos próprios, financiamento, FGTS). Se transfere débitos do Imóvel para o comprador. Responsabilidade do sistema quando o valor venal é maior que o valor da transação. A quantidade de dias para o vencimento de uma guia.

13 Parametrizações da Natureza da Transação

14 Funcionalidades Integração com o REGIN O controle de acesso ao sistema é feito através do sistema REGIN O usuário entra no sistema REGIN, faz seu login e o menu será exibido conforme suas permissões

15 Funcionalidades - Solicitação de Transação Imobiliária A prefeitura ou cartório faz o registro de solicitação de transação através do sistema. O registro de imóveis faz o registro de transações judiciais. O sistema recupera as informações do imóvel e dos proprietários a partir do sistema da prefeitura. O sistema emite a guia para impressão. O controle de venda dos imóveis considera os percentuais ainda em tramitação. Não pode estar em tramitação mais de 100% do imóvel ou um vendedor vender acima de seu percentual proprietário. Cadastra intermediários da transação (imobiliárias).

16 Funcionalidades - Solicitação de Transação Imobiliária

17 Funcionalidades - Solicitação de Transação Imobiliária

18 Funcionalidades - Solicitação de Transação Imobiliária

19 Funcionalidades - Solicitação de Transação Imobiliária

20 Funcionalidades - Solicitação de Transação Imobiliária

21 Funcionalidades Análise da Prefeitura A prefeitura pode analisar a solicitação para confirmar ou alterar o valor da base de cálculo.

22 Funcionalidades Acompanhamento do Processo O cidadão pode acompanhar o estado de seu processo através do sistema.

23 Funcionalidades Liberação da Escritura Ao efetuar o pagamento da guia, o processo é liberado para a emissão da escritura no cartório. O cidadão pode solicitar revisão quando um processo é impugnado através do sistema. O cidadão pode solicitar restituição do ITBI, mas deve se dirigir a prefeitura onde um funcionário irá tramitar este processo através do sistema. O cidadão tem acesso à segunda via da guia de pagamento através do acompanhamento do processo. Depois do vencimento da guia, caso o pagamento não tenha sido efetuado, o processo é automaticamente cancelado.

24 Funcionalidades Liberação da Escritura

25 Funcionalidades Registro da Escritura Após a liberação da escritura, o processo é liberado para o registro no Registro de Imóveis.

26

ITBI IMPOSTO SOBRE TRANSMISSÃO DE BENS IMÓVEIS E DIREITOS A ELE RELATIVOS

ITBI IMPOSTO SOBRE TRANSMISSÃO DE BENS IMÓVEIS E DIREITOS A ELE RELATIVOS ITBI IMPOSTO SOBRE TRANSMISSÃO DE BENS IMÓVEIS E DIREITOS A ELE RELATIVOS Lei Municipal 3.398, de 22 de fevereiro de 1989 Regulamentada pelo Decreto nº 069, de 03 de março de 1989 Instruções para o preenchimento

Leia mais

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA

ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA ESTADO DO PIAUÍ PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA DECRETO Nº 13.346, DE 24 DE JUNHO DE 2013. Regulamenta a Lei Complementar nº 4.403, de 5 de junho de 2013, que Estabelece obrigação de uso do sistema ITBI

Leia mais

ITBI. Manual do Usuário. ITBI - Transmissão de Bens Imóveis

ITBI. Manual do Usuário. ITBI - Transmissão de Bens Imóveis ITBI Transmissão de Bens Imóveis Manual do Usuário 1 DSF - Desenvolvimento de Sistemas Fiscais Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial deste documento sem o pagamento de

Leia mais

Manual para preenchimento da Guia de ITBI Lei Municipal 3.398, de 22 de fevereiro de 1.989 e alterações, Decreto 069 de 03 de março de 1989

Manual para preenchimento da Guia de ITBI Lei Municipal 3.398, de 22 de fevereiro de 1.989 e alterações, Decreto 069 de 03 de março de 1989 Manual para preenchimento da Guia de ITBI Lei Municipal 3.398, de 22 de fevereiro de 1.989 e alterações, Decreto 069 de 03 de março de 1989 C:\SiteMogi_2009\Manual para preenchimento da Guia2.doc 1 Instruções

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE AQUIRAZ Secretaria de Finanças e Execução Orçamentária

PREFEITURA MUNICIPAL DE AQUIRAZ Secretaria de Finanças e Execução Orçamentária INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 003/ 2013 Dispõe sobre a criação e funcionamento da comissão de avaliação de imóveis para fins de calculo do Imposto sobre transmissão inter-vivos de bens imóveis, e dá outras providências.

Leia mais

ITCMD. Perguntas mais frequentes:

ITCMD. Perguntas mais frequentes: ITCMD Perguntas mais frequentes: 1. Quando nasce a obrigação de pagar o ITCMD? O ITCMD é o imposto estadual incidente sobre a transmissão de quaisquer bens ou direitos a título gratuito (ato não oneroso).

Leia mais

FAQ Perguntas Frequentes

FAQ Perguntas Frequentes FAQ Perguntas Frequentes Índice 01. Incorporação Imobiliária...3 02. Contrato...4 03. Pagamento e Boletos...5 04. Financiamento...6 05. Distrato e Transferência...8 06. Documentações...9 07. Instalação

Leia mais

Portal Comissões Online Perguntas Frequentes

Portal Comissões Online Perguntas Frequentes Portal Comissões Online Perguntas Frequentes 1. Esse processo foi criado para que a Receita Federal tenha acesso às comissões dos corretores de imóveis? A Receita Federal pode, a qualquer momento, solicitar

Leia mais

O Prefeito Municipal de Resende, no exercício das atribuições, que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, em seu artigo 74, inciso XV,

O Prefeito Municipal de Resende, no exercício das atribuições, que lhe são conferidas pela Lei Orgânica do Município, em seu artigo 74, inciso XV, DECRETO Nº 5218 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2011. EMENTA: Regulamenta os procedimentos de declaração, avaliação, emissão de guias de recolhimento, processo de arbitramento e a instauração do contencioso fiscal

Leia mais

PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66

PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66 PRINCIPAIS NOVIDADES VERSÃO 8.85/1.1.66 Sumário 1. Nota Fiscal Eletrônica São Paulo... 3 2. Motivo da baixa... 9 3. Contrato Endereço para cobrança... 12 4. Vistoria... 13 5. Contas a pagar Controle de

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota EBM ASSESSORIA E CONSULTORIA EM INFORMÁTICA LTDA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA e-nota PRESTADOR / CONTADOR Versão 2.0 Índice 1. Acessar o sistema 2. Notas Eletrônicas 2.1. Emitir

Leia mais

GUARDA DE DOCUMENTOS

GUARDA DE DOCUMENTOS GUARDA DE DOCUMENTOS Tabela de Temporalidade de Documentos de Pessoa Física 1. VIDA FINANCEIRA 1.1 PAGAMENTO DE TRIBUTOS 1.1.1 Imposto de 5 anos, contados Renda de Pessoa a partir do Física (IRPF) e exercício

Leia mais

Manual do sistema Versão 1.0

Manual do sistema Versão 1.0 SIACON SISTEMA INTEGRADO DE CONVÊNIO Manual do sistema Versão 1.0 1. Introdução O SIACON é um sistema de convênio-empresa, baseado na plataforma de internet, aonde os funcionários de empresas conveniadas

Leia mais

Guia Rápido do Cliente

Guia Rápido do Cliente Guia Rápido do Cliente Seja bem-vindo! Está chegando a hora de viver a vida em Alphaville. Para nós, é um grande prazer recebê-lo e poder compartilhar esse momento de realização com você. Nesse Guia Rápido,

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS BRADESCO NO FINANCE 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pelo Bradesco... 3 Como gerar os arquivos de Remessa para o Banco pelo Finance... 14 Como enviar

Leia mais

Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS

Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS Manual prático Pág. 2 - EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Pág. 5 - GERAÇÃO DE GUIAS PARA RECOLHIMENTO DO ISS Pág. 8 - ATRIBUIR UM CONTADOR A UMA EMPRESA Pág. 9 - VERIFICAR REGISTRO DE RPS Pág. 11 - TRANSMISSÃO

Leia mais

Cartão BNDES. Guia Cartão BNDES

Cartão BNDES. Guia Cartão BNDES Guia O é destinado para micro, pequenas e médias empresas para o financiamento da compra de equipamentos, serviços e insumos. As vendas com o cartão BNDES são realizadas exclusivamente no Portal (www.cartaobndes.gov.br)

Leia mais

Manual de Uso. MerchFinanças (Emissão de Boletos v. 7.1.13)

Manual de Uso. MerchFinanças (Emissão de Boletos v. 7.1.13) 1 Manual de Uso MerchFinanças (Emissão de Boletos v. 7.1.13) 2 Conteúdo 1. Estrutura conceitual da funcionalidade:... 3 2. Arquivos de Licença:... 4 3. Configurações:... 4 4. Cadastro:... 5 5. Configuração

Leia mais

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica

Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Introdução A emissão de Nota Fiscal de Serviço Eletrônica traz ao cliente TTransp a possibilidade de documentar eletronicamente as operações de serviço prestadas

Leia mais

14. TRIBUTOS EM ESPÉCIE Impostos sobre a Transmissão ITBI e ITCMD

14. TRIBUTOS EM ESPÉCIE Impostos sobre a Transmissão ITBI e ITCMD 14. TRIBUTOS EM ESPÉCIE Impostos sobre a Transmissão ITBI e ITCMD 1 - Imposto sobre transmissão causa mortis e doação, de quaisquer bens ou direitos (ITCMD) Compete privativamente aos Estados a instituição

Leia mais

Palavras que você precisa conhecer

Palavras que você precisa conhecer Guia do Comprador NOVOLAR, um nome cada vez mais forte no mercado de construção civil. A NOVOLAR vem consolidando uma reputação de alta qualidade, graças aos seus diferenciais nas execuções das obras e

Leia mais

DECRETO Nº 5 DE 2 DE JANEIRO DE 2013

DECRETO Nº 5 DE 2 DE JANEIRO DE 2013 DECRETO Nº 5 DE 2 DE JANEIRO DE 2013 SÚMULA: Estabelece a Programação Financeira, em Metas Bimestrais de Arrecadação, das Receitas previstas para o exercício financeiro de 2013, do Município de Londrina,

Leia mais

MANUAL DO ISS ONLINE

MANUAL DO ISS ONLINE MANUAL DO ISS ONLINE Empresas Internas / Externas Índice 1 - Regularização Cadastral... 3 2 - Login... 5 3 - Acessos ao Sistema... 7 4 - Solicitações de AIDF e AIDF-e... 10 5 - Emissão de Notas Fiscais

Leia mais

MANUAL DO ISS ONLINE

MANUAL DO ISS ONLINE MANUAL DO ISS ONLINE Bancos / Instituições Financeiras Índice 1 - Regularização Cadastral... 3 2 - Login... 5 3 - Acessos ao Sistema... 7 4 - Solicitações de AIDF e AIDF-e... 10 5 - Emissão de Notas Fiscais

Leia mais

Manual do Software de Cobrança Itaú

Manual do Software de Cobrança Itaú Banco Itaú SA Manual do Software de Cobrança Itaú Última atualização: agosto/2006 Índice 1 Visão Geral 03 2 Instalação 03 3 Inserindo os dados de sua empresa 03 4 Inserindo os dados dos títulos de Cobrança

Leia mais

C rédito Imobiliário Assessoria Imobiliária Repasse

C rédito Imobiliário Assessoria Imobiliária Repasse C rédito Imobiliário Assessoria Imobiliária Repasse Informações Gerais e Listas de Documentos ATENÇÃO As regras deste informativo são apenas orientativas e a qualquer momento podem ser alteradas, sem aviso

Leia mais

O Desenvolvimento do Web Site é um processo em separado podendo ser negociado em conjunto com o Sistema de Gerenciamento de Imóveis.

O Desenvolvimento do Web Site é um processo em separado podendo ser negociado em conjunto com o Sistema de Gerenciamento de Imóveis. Objetivo do Sistema: Permite gerenciar os Imóveis da Imobiliária para Locação de Temporada e para Venda, e está 100% integrado ao desenvolvimento do Web Site da Empresa caso ainda não possua. O Desenvolvimento

Leia mais

MANU AL DO COMPRADOR

MANU AL DO COMPRADOR MANUAL DO COMPRADOR Conhecendo o Vale Transporte Eletrônico O que é o Vale Transporte Eletrônico? O vale-transporte é um benefício definido pela Lei Federal nº 7.418/85 e Lei Federal 7.619/87 oferecido

Leia mais

LEI Nº 111/88. O PREFEITO MUNICIPAL DE COLÍDER. Faz saber que a Câmara Municipal decretou e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 111/88. O PREFEITO MUNICIPAL DE COLÍDER. Faz saber que a Câmara Municipal decretou e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 111/88. INSTITUI O IMPOSTO SOBRE TRANSMISÃO, INTER-VIVOS, DE BENS IMÓVEIS E DE DIREITOS A ELES RELATIVOS ITBI. O PREFEITO MUNICIPAL DE COLÍDER. Faz saber que a Câmara Municipal decretou e eu sanciono

Leia mais

CARTILHA DO PRODUTO. Débito Direto Autorizado. www.unicredcentralsc.com.br. Versão. 01-07/2012

CARTILHA DO PRODUTO. Débito Direto Autorizado. www.unicredcentralsc.com.br. Versão. 01-07/2012 CARTILHA DO PRODUTO Débito Direto Autorizado Versão. 01-07/2012 www.unicredcentralsc.com.br ÍNDICE APRESENTAÇÃO Apresentação...02 Como funciona o DDA...03 DDA Unicred...04 DDA Módulos Internet Banking...06

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Sumário 1 CONCEITO... 4 2 REQUISITOS... 4 3 CONFIGURAÇÕES... 4 3.1 Permissões de Acesso... 4 3.2 Plano de Contas... 5 3.2.1 Parcelado... 6 3.2.2 Parcelamento Notas a Prazo...

Leia mais

Manual do Anunciante

Manual do Anunciante Manual do Anunciante 1 - Compra de Pacotes Bit Turs Abaixo será listado passo a passo o processo de como será executada a compra de moedas Bit Turs para que você possa anunciar seus produtos em nosso portal.

Leia mais

Manual Unilote. Versão 2.1

Manual Unilote. Versão 2.1 Manual Unilote Versão 2.1 1 INDICE Apresentação...4 Principais Características...4 Requisitos Mínimos...4 Requisitos Mínimos de Software...4 Instalação...5 PRIMEIRO PASSOS Dados da Empresa...6 Acessando

Leia mais

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS

MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS MANUAL FINANCEIRO MANUAL - TABELAS CONTÁBEIS E ORÇAMENTÁRIAS SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO...3 2 REALIZANDO UMA ARRECADAÇÃO...4 2.1 IMPORTAÇÃO TRIBUTOS COM A CONTABILIDADE...4 2.2 BOLETIM DE ARRECADAÇÃO...4 2.1.1

Leia mais

Introdução. Vantagens. Utilização

Introdução. Vantagens. Utilização Introdução O Sistema de Transferência de Propriedade online permite ao Proprietário transferir a Propriedade de um animal de forma alienada ou não, sem a necessidade de encaminhamento da Guia de Transferência

Leia mais

Permissões Especiais Projeto GSAN - IPAD

Permissões Especiais Projeto GSAN - IPAD Permissões Especiais Projeto GSAN - IPAD Versão: 0.1 Local: Recife PE Data: 12/11/2012 Índice Histórico de Revisões... 6 1. Introdução... 7 1.1 Objetivo... 7 1.2 Escopo... 7 2. Permissões Especiais...

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Defesa Civil Gabinete do Secretário

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Defesa Civil Gabinete do Secretário Manual Básico Aplicação UPO Controle e Acompanhamento de Processos e Documentos dos Órgãos do Estado do Rio de Janeiro 1 GLOSSÁRIO 1 - Introdução 03 2 - Identificação do Usuário no PRODERJ 03 3 - Acesso

Leia mais

Realizando Vendas no site do Cartão BNDES

Realizando Vendas no site do Cartão BNDES Realizando Vendas no site do Cartão BNDES Fornecedor Atualizado em 16/07/2013 Pág.: 1/23 Introdução Este manual destina-se a orientar os fornecedores que irão registrar as vendas no site do Cartão BNDES,

Leia mais

Instruções de uso passo a passo. IPTU Imobiliárias. Figura 01 Portal do Município

Instruções de uso passo a passo. IPTU Imobiliárias. Figura 01 Portal do Município Instruções de uso passo a passo IPTU Imobiliárias Este manual passo a passo, foi elaborado para instruir as imobiliárias quanto ao uso (operação) do serviço on-line, disponível no portal do município,

Leia mais

Manual Sistema Curumim. Índice

Manual Sistema Curumim. Índice Versão 1.0 Índice 1. Instalação do Sistema... 3 2. Botões e Legenda... 4 3. Login do Sistema... 5 4. Tela Principal... 6 5. Dados Cadastrais da Empresa... 7 6. Aluno Cadastro... 8 7. Aluno - Cadastro de

Leia mais

Manual do Usuário. Novo Internet Banking Governo - IBG

Manual do Usuário. Novo Internet Banking Governo - IBG Manual do Usuário Novo Internet Banking Governo - IBG Versão V - Abril 2013 Sumário 2. Visão Geral do Sistema... 5 2.1. Operações disponíveis no novo IBG... 6 2.1. Perfis disponíveis... 7 2.2. Definições,

Leia mais

Nome do perfil: Empresa: Descrição: Empresa DDA U CNPJ: 046.494.291/3915-53. Perfil Master. Perfil para os masteres da empresa

Nome do perfil: Empresa: Descrição: Empresa DDA U CNPJ: 046.494.291/3915-53. Perfil Master. Perfil para os masteres da empresa Empresa: Empresa DDA U CNPJ: 046.494.291/3915-53 Nome do perfil: Perfil Master Descrição: Perfil para os masteres da empresa Permissões de acesso e autorizações por conta: Agência e Conta Carteira 3861

Leia mais

REPASSE IMOBILIÁRIO FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO

REPASSE IMOBILIÁRIO FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO Prezado Cliente, Com o objetivo de concretizar o negócio, os bancos oferecem condições especiais de financiamento para pessoas física, quando Imóvel Residencial e Comercial e com regras distintas para

Leia mais

DMS 5.0. 1. Apresentação

DMS 5.0. 1. Apresentação 1 5.0 1. Apresentação O sistema Declaração Mensal de Serviços 5.0 é um aplicativo para acesso de declarantes e/ou responsáveis autorizados para escrituração dos documentos fiscais emitidos e recebidos.

Leia mais

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU Secretaria Municipal de Governo. DECRETO Nº 4.068 DE 04 de SETEMBRO DE 2012

ESTADO DE SERGIPE PREFEITURA MUNICIPAL DE ARACAJU Secretaria Municipal de Governo. DECRETO Nº 4.068 DE 04 de SETEMBRO DE 2012 Regulamenta as normas relativas ao Imposto sobre a transmissão inter-vivos, a qualquer título, por ato oneroso, de bens imóveis e de direitos reais (ITBI), instituído pela Lei nº 1.547/89. O PREFEITO DO

Leia mais

1223o TUTORIAL PEDIDO DE VENDA. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO

1223o TUTORIAL PEDIDO DE VENDA. Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO 1223o TUTORIAL PEDIDO DE VENDA Realização: DEPARTAMENTO DE IMPLANTAÇÃO EQUIPE DE DOCUMENTAÇÃO TUTORIAL PEDIDO DE VENDA Casa Magalhães Comércio e Representações Ltda O objetivo deste tutorial é apresentar

Leia mais

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FINANÇAS, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei,

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FINANÇAS, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei, PORTARIA 81/05 - SF Estabelece os procedimentos para preenchimento da DECLARAÇÃO DE TRANSAÇÃO IMOBILIÁRIA - DTI e emissão do Documento de Arrecadação do Município de São Paulo - DAMSP, relativos ao Imposto

Leia mais

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação

Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e. Introdução. Apresentação Nota Fiscal de Serviços eletrônica NFS-e Manual do Usuário Prestador Introdução Este manual tem como objetivo apresentar a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) que será utilizado pelos contribuintes

Leia mais

Resolução Conjunta SF/PGE - 5, de 21-8-2008: Disciplina os procedimentos administrativos necessários ao recolhimento de débitos fiscais do Imposto

Resolução Conjunta SF/PGE - 5, de 21-8-2008: Disciplina os procedimentos administrativos necessários ao recolhimento de débitos fiscais do Imposto Resolução Conjunta SF/PGE - 5, de 21-8-2008: Disciplina os procedimentos administrativos necessários ao recolhimento de débitos fiscais do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias

Leia mais

Cartilha Entrega de Chaves

Cartilha Entrega de Chaves Cartilha Entrega de Chaves Plano Associativo Você que optou pelo Plano de Financiamento Associativo irá percorrer o seguinte caminho até receber suas chaves: Aquisição do Imóvel com o Banco Pagamento de

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2

BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 BOLETIM INFORMATIVO TÉCNICO LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO - CORDILHEIRA VERSÃO 2 Cordilheira Recursos Humanos CRH 2.85A As rotinas de Retiradas de Pró-labore e Autônomos tiveram diversas alterações, com o objetivo

Leia mais

Nota Fiscal Avulsa Eletrônica

Nota Fiscal Avulsa Eletrônica Nota Fiscal Avulsa Eletrônica Manual do Usuário Belém PA 2012 1 Solicitar Nota Fiscal Avulsa Eletrônica...pag. 3 Acompanha Nota Fiscal Avulsa...pag. 7 Tipo de Consulta por Prestador do Serviço...pag. 7

Leia mais

Guia Crédito Imobiliário Itaú

Guia Crédito Imobiliário Itaú Guia Crédito Imobiliário Itaú Preencha todos os formulários necessários para o financiamento de forma legível e na sua totalidade, utilizando como base as orientações abaixo. Todos os detalhes dos documentos

Leia mais

Assunto: Identificação: Versão: Folha / Nº: Cartilha ISS Online DOC-IN 1.0 1 / 29. Grupo Assessor Público

Assunto: Identificação: Versão: Folha / Nº: Cartilha ISS Online DOC-IN 1.0 1 / 29. Grupo Assessor Público Cartilha ISS Online DOC-IN 1.0 1 / 29 Guia Rápido de Usuário Cartilha ISS Online DOC-IN 1.0 2 / 29 ISS Online Apresentação O avanço da tecnologia aliado aos novos conceitos de gerenciamento das informações

Leia mais

INSTITUI IMPOSTO SOBRE A TRANSMISSÃO "INTERVIVOS" E DIREITOS A ELES RELATIVOS.

INSTITUI IMPOSTO SOBRE A TRANSMISSÃO INTERVIVOS E DIREITOS A ELES RELATIVOS. LEI Nº 1449/88 INSTITUI IMPOSTO SOBRE A TRANSMISSÃO "INTERVIVOS" E DIREITOS A ELES RELATIVOS. Eu, Paulo Alberto Duarte, Prefeito do Município de Lages, comunico a todos os habitantes deste Município, que

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEB TRIBUTOS SAATRI

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEB TRIBUTOS SAATRI MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO WEB TRIBUTOS SAATRI 130325 SUMÁRIO SAATRI (Serviço de Auto Atendimento Tributário)... 3 ECONÔMICO... 4 Acesso ao Sistema... 4 Emissão de Certidão Negativa... 5 Verificar Autenticidade

Leia mais

Secretaria Municipal de Fazenda Diretoria de Receitas Divisão de Tributos. Manual do Site Acesso Geral MONTE CARMELO

Secretaria Municipal de Fazenda Diretoria de Receitas Divisão de Tributos. Manual do Site Acesso Geral MONTE CARMELO Secretaria Municipal de Fazenda Diretoria de Receitas Divisão de Tributos Manual do Site Acesso Geral MONTE CARMELO ÍNDICE Siat Online - Considerações Gerais Consulta Débito de IPTU Emitir Guias de ITPU

Leia mais

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New 1 Roteiro passo a passo Módulo Vendas Balcão Sistema Gestor New Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão com uso de Impressora fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa......3

Leia mais

FUNCIONALIDADES DO PHONEPARK

FUNCIONALIDADES DO PHONEPARK FUNCIONALIDADES DO PHONEPARK O PhonePark é uma solução inovadora para estacionamentos rotativos em vias públicas, que permite a compra de créditos e utilização de estacionamento através do telefone celular

Leia mais

O Prefeito Municipal de Canoas, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte LEI:

O Prefeito Municipal de Canoas, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono e promulgo a seguinte LEI: LEI Nº 5503, DE 13 DE MAIO DE 2010. INSTITUI E DISCIPLINA O IMPOSTO SOBRE A TRANSMISSÃO INTER VIVOS, POR ATO ONEROSO, DE BENS IMÓVEIS E DE DIREITOS REAIS A ELES RELATIVOS. O Prefeito Municipal de Canoas,

Leia mais

Apresentação. E&L ERP Administração de Receitas Tributárias. rias. PostgreSQL 8.3. Domingos Martins ES. v. 1.0

Apresentação. E&L ERP Administração de Receitas Tributárias. rias. PostgreSQL 8.3. Domingos Martins ES. v. 1.0 Apresentação 1 E&L ERP Administração de Receitas Tributá PostgreSQL 8.3 Domingos Martins ES v. 1.0 2 Receitas Tributá Introdução: Com a crescente necessidade de gerar sua própria receita, os Municípios

Leia mais

Gestão Financeira do Plano de Saúde v1.0

Gestão Financeira do Plano de Saúde v1.0 Gestão Financeira do Plano de Saúde v1.0 Manual do Usuário Versão 01.01 [Este template faz parte integrante do Processo de Desenvolvimento de Sistemas da DTI (PDS-DTI) e deve ser usado em conjunto com

Leia mais

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO PAG CONTAS CARNÊ Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DE GERAÇÃO DE BOLETOS EMPRESAS CONVENIADAS 1) REQUISITOS DO SISTEMA: Primeiramente devemos possuir seguintes itens abaixo: - Microcomputador

Leia mais

Recarga Cielo Guia Recarga

Recarga Cielo Guia Recarga Recarga Cielo Guia Recarga O serviço de Recarga Cielo traz comodidade a seus clientes e muitos benefícios para seu estabelecimento. Com ele, você oferece recarga de telefones prépagos (fixos e móveis)

Leia mais

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE

TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE TUTORIAL COM OS PROCEDIMENTOS DE GERAÇÃO DE BOLETOS CAIXA ECONÔMICA FEDERAL NO FINANCE Finance V10 New 2 Índice Como gerar Boleto Bancário pela Caixa Econômica... 3 Como efetuar a Conciliação por Extrato

Leia mais

Apresentação: WebTour - Sistema de Gestão de Pacotes Turísticos

Apresentação: WebTour - Sistema de Gestão de Pacotes Turísticos Apresentação: WebTour - Sistema de Gestão de Pacotes Turísticos M&M Soluções Web www.mmsolucoesweb.com.br Página 2 de 18 Apresentação Criada oficialmente em 2009, a M&M iniciou suas atividades através

Leia mais

Objetivos. Página - 2

Objetivos. Página - 2 Índice Índice... 1 Objetivos... 2 Configurações... 3 Cadastro de Bancos... 3 Plano de Contas... 3 Conta Corrente... 4 Instruções Bancárias... 6 Portadores Bancários... 7 Cadastro de Clientes... 8 Boletos...

Leia mais

Cartilha. Ourocap Fiador

Cartilha. Ourocap Fiador Faz diferença ter Ourocap Fiador na hora de alugar um imóvel. Cartilha Ourocap Fiador O Ourocap Fiador* é o título de capitalização que funciona como uma garantia de aluguel, facilitando sua vida na hora

Leia mais

Manual. Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual DASN - SIMEI

Manual. Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual DASN - SIMEI Manual Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual DASN - SIMEI Sumário DASN-SIMEI 1. Definições...2 2. Acesso à Declaração...3 3. Apresentação do Programa...3 4. Requisitos Tecnológicos...4

Leia mais

MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE

MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE MANUAL DO WEBSIGOM ÍNDICE 1. Procedimentos de utilização pela empresa cliente... 01 2. Funcionalidades do WebSigom... 02 2.1. Cadastro... 03 2.2. Inserir um novo usuário... 03 2.3. Consultar os dados de

Leia mais

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE

GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE GUIA RÁPIDO DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL DO AFRAFEP SAÚDE INTRODUÇÃO O portal do Afrafep Saúde é um sistema WEB integrado ao sistema HEALTH*Tools. O site consiste em uma área onde os Usuários e a Rede Credenciada,

Leia mais

Copyright 2004/2014 - VLC

Copyright 2004/2014 - VLC Escrituração Fiscal Manual do Usuário Versão 7.2 Copyright 2004/2014 - VLC As informações contidas neste manual são de propriedade da VLC Soluções Empresariais Ltda., e não poderão ser usadas, reproduzidas

Leia mais

Imóvel Mix Administração

Imóvel Mix Administração Imóvel Mix Administração Guia de Referência Rápida 01. Acesso ao Sistema 02. Aspectos Gerais 03. Configuração da Empresa 04. Configuração do Sistema 05. Usuários 06. Controle de Acesso 07. Cadastro de

Leia mais

ENTENDA OS IMPOSTOS. Impostos Diretos ou Indiretos, Progressivos ou Regressivos

ENTENDA OS IMPOSTOS. Impostos Diretos ou Indiretos, Progressivos ou Regressivos Página 1 de 10 ENTENDA OS IMPOSTOS As pessoas nem imaginam quão antiga é a origem dos tributos, estudos supõem que as primeiras manifestações tributárias foram voluntárias e feitas em forma de presentes

Leia mais

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS NA ANVISA PERGUNTAS FREQUENTES

CADASTRAMENTO DE EMPRESAS NA ANVISA PERGUNTAS FREQUENTES CADASTRAMENTO DE EMPRESAS NA ANVISA PERGUNTAS FREQUENTES Quais são os sujeitos que devem ser cadastrados e o que cada um representa no cadastro da empresa?...2 Como fazer para cadastrar uma empresa?...3

Leia mais

Poder Judiciário e órgãos da Administração Pública

Poder Judiciário e órgãos da Administração Pública Poder Judiciário e órgãos da Administração Pública A Central Nacional de Indisponibilidade é um sistema que integra ordens judiciais e administrativas sobre indisponibilidade de bens. Para acessar a Central

Leia mais

LINX POSTOS AUTOSYSTEM

LINX POSTOS AUTOSYSTEM LINX POSTOS AUTOSYSTEM Manual Renegociação de Títulos e Apropriação de Juros Sumário 1 CONCEITO... 3 2 REQUISITOS... 3 3 CONFIGURAÇÕES... 3 3.1 Plano de Contas... 3 3.1.1 Transitória - Renegociação...

Leia mais

Acesso ao sistema. Os cartórios judiciais e seus respectivos diretores serão previamente cadastrados no sistema.

Acesso ao sistema. Os cartórios judiciais e seus respectivos diretores serão previamente cadastrados no sistema. PENHORA ONLINE Acesso ao sistema Diretores de Cartórios Os cartórios judiciais e seus respectivos diretores serão previamente cadastrados no sistema. Os diretores serão os administradores do sistema e

Leia mais

Revendo Procedimentos. Melanie Aparecida Luiz Vieira Gerente da Unidade de Arrecadação e Cobrança E-mail: melanie@joinville.sc.gov.

Revendo Procedimentos. Melanie Aparecida Luiz Vieira Gerente da Unidade de Arrecadação e Cobrança E-mail: melanie@joinville.sc.gov. Revendo Procedimentos e Evitando Sonegação Melanie Aparecida Luiz Vieira Gerente da Unidade de Arrecadação e Cobrança E-mail: melanie@joinville.sc.gov.br Fone: (47) 3431-3148 3148 / 3431-31553155 Agradecimentos

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO FIMT

MANUAL DO USUÁRIO FIMT FÁCIL IMÓVEL MT MANUAL DO USUÁRIO FIMT GESTOR IMOBILIÁRIO SANDRO RAMIRO 05/06/2015 Manual completo de funcionalidade do Sistema FIMT. Versão 2.0 INTRODUÇÃO PÁGINA INICIAL 03 ANUNCIANTE 04 LANÇAMENTO 05

Leia mais

A FORMA MAIS CONVENIENTE E SEGURA DE RECEBER DE SEUS CONDÔMINOS

A FORMA MAIS CONVENIENTE E SEGURA DE RECEBER DE SEUS CONDÔMINOS A FORMA MAIS CONVENIENTE E SEGURA DE RECEBER DE SEUS CONDÔMINOS UMA INSTITUIÇÃO DE PAGAMENTO DO GRUPO www.contaderecebimento.com.br EM CONFORMIDADE COM A LEI 12.865 HÁ UM FATO NOVO A Lei Federal 12.865,

Leia mais

LEI ORDINÁRIA Nº 4871, DE 23 DE JANEIRO DE 1989.

LEI ORDINÁRIA Nº 4871, DE 23 DE JANEIRO DE 1989. 1 LEI ORDINÁRIA Nº 4871, DE 23 DE JANEIRO DE 1989. DISPÕE SOBRE TRANSMISSÃO INTER VIVOS, A QUALQUER TÍTULO, POR ATO ONEROSO, DE BENS IMÓVEIS, POR NATUREZA OU ACESSÃO FÍSICA, E DE DIREITOS REAIS SOBRE IMÓVEIS,

Leia mais

Guia do usuário para utilização do sistema WCRC3 Central de Informações do Registro Civil da Arpen SP Gravação e envio dos registros

Guia do usuário para utilização do sistema WCRC3 Central de Informações do Registro Civil da Arpen SP Gravação e envio dos registros Guia do usuário para utilização do sistema WCRC3 Central de Informações do Registro Civil da Arpen SP Gravação e envio dos registros Página 1 de 12 1 Introdução 2 Procedimentos e padronização dos dados

Leia mais

MEGASALE PAF-ECF AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA

MEGASALE PAF-ECF AOB SOFTWARE INFORMATICA LTDA MEGASALE PAF-ECF 2 MEGASALE PAF-ECF Tabela de Conteúdo Introdução 4 Login Megasale PAF-ECF 5 Frente de Loja (E.C.F) 5 1 Buscando... uma Pré-Venda 9 2 Buscando... um DAV 12 Incluindo Pré-Venda 14 Incluindo

Leia mais

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade

Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Resumo do Contrato de seu Cartão de Crédito Instituto HSBC Solidariedade Leia estas informações importantes para aproveitar todas as vantagens do seu novo cartão de crédito. Resumo do Contrato de seu

Leia mais

GUIA DE USO. Sobre o Moip

GUIA DE USO. Sobre o Moip GUIA DE USO Sobre o Moip Sobre o Moip 2 Qual o prazo de recebimento no Moip? Clientes Elo 7 possuem prazo de recebimento de 2 dias corridos, contados a partir da data de autorização da transação. Este

Leia mais

DESPACHANTE DE IMÓVEIS CREDENCIADO CAIXA

DESPACHANTE DE IMÓVEIS CREDENCIADO CAIXA DESPACHANTE DE IMÓVEIS CREDENCIADO CAIXA Venho por meio desta, oferecer-lhe nosso Sistema para Despachantes: APRESENTAÇÃO: A SIPI Sistemas, é uma empresa situada em Belo Horizonte/MG, com atividade voltada

Leia mais

Orientação Técnica 002/2014 INCIDÊNCIA ISS EM EVENTOS TEMPORÁRIOS

Orientação Técnica 002/2014 INCIDÊNCIA ISS EM EVENTOS TEMPORÁRIOS Orientação Técnica 002/2014 INCIDÊNCIA ISS EM EVENTOS TEMPORÁRIOS A gama de ISS envolvida em eventos temporários é extensa, com a intenção de orientar os promotores de eventos, elaboramos esta orientação

Leia mais

Esta é a tela em que você assistirá as palestras ;-)

Esta é a tela em que você assistirá as palestras ;-) Denis Levati Corretor de imóveis com ampla experiência. É historiador e atua como coordenador de conteúdo no blog Guru do Corretor, veículo de relevância nacional, especializado no mercado imobiliário.

Leia mais

Página como comprar REQUISITOS

Página como comprar REQUISITOS Página como comprar REQUISITOS Só poderão realizar compras de Ingressos Corporativos Super Saver pessoas Jurídicas, ou seja, empresas registradas no Brasil que possuam CNPJ válidos. 1ª ETAPA - CADASTRO

Leia mais

Orientações Básicas Repom.

Orientações Básicas Repom. Orientações Básicas Repom. Considerações importantes: 1 A viagem deverá estar autorizada para depois solicitar o pagamento. 2 É obrigatório informar o campo NCM da mercadoria, que está em tabela>auxiliares>mercadoria.

Leia mais

TUTORIAL. Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais

TUTORIAL. Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais Acessos: TUTORIAL Instruções passo a passo do sistema de cursos presenciais Via site do CRCMG: http://www.crcmg.org.br Link direto: http://cadastro.crcmg.org.br/curso_presencial ACESSO AO SISTEMA No primeiro

Leia mais

Módulo de Acesso Remoto

Módulo de Acesso Remoto Módulo de Acesso Remoto Manual do Usuário Página 1 de 30 Índice 1. Introdução 3 1.1. Objetivos deste documento 3 2. Requisitos do Sistema 4 2.1. Acrobat Reader 4 2.2. Pop Up Liberados 4 3. Acesso ao Sistema

Leia mais

UNIDADE VI Tributação sobre a transmissão de bens e direitos e operações financeiras. 1.1.1. Constituição (art. 156, inciso II e parágrafo segundo)

UNIDADE VI Tributação sobre a transmissão de bens e direitos e operações financeiras. 1.1.1. Constituição (art. 156, inciso II e parágrafo segundo) UNIDADE VI Tributação sobre a transmissão de bens e direitos e operações financeiras 1. Imposto sobre a transmissão de bens imóveis 1.1. Legislação 1.1.1. Constituição (art. 156, inciso II e parágrafo

Leia mais

Manual Simbo CRM Abril/ 2012

Manual Simbo CRM Abril/ 2012 Manual Simbo CRM Abril/ 2012 ATENÇÃO: Este manual foi realizado baseado em Usuários Administradores, para usuários corretores muitas funcionalidades são indisponíveis. SUMÁRIO SUMÁRIO... 2 Estrutura do

Leia mais

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos SBCTrans A tecnologia facilitando a vida do cidadão Índice Cadastro e Primeiro Acesso... 05 Acessando o Sistema... 08 Menu de

Leia mais

SicoobNet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.0

SicoobNet Empresarial. Manual do Usuário. Versão 1.0 SicoobNet Empresarial Manual do Versão 1.0 Manual do Data: 04/0/2008 Histórico Data Versão Descrição Autor 04/0/2008 1.0 Criação do Manual Ileana Karla GECOQ Gerência de Controle e Qualidade Página: 2/122

Leia mais

Nota Fiscal Paranaense

Nota Fiscal Paranaense Nota Fiscal Paranaense Introdução A Nota Fiscal Paranaense ou Nota Paraná é um programa de cidadania fiscal do Estado do Paraná que visa contribuir com a formalização das operações de venda no comércio

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISS SIG-ISS

SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISS SIG-ISS SISTEMA INTEGRADO DE GERENCIAMENTO DO ISS SIG-ISS Manual de Importação de Notas Fiscais Eletrônicas Emitidas Instruções e Layout Versão 1.1 São Paulo, 10 de janeiro de 2013. Índice 1. Introdução... 2 2.

Leia mais