Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto"

Transcrição

1 Universidade de São Paulo Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Promoção da Saúde na Educação Básica Docente: Marlene Fagundes C. Gonçalves Monitora: Marcella Rigobello Pinto Atualização: Aluna PAE: Bruna Domingos dos Santos 2016

2 Ø Recomenda-se que os textos sejam apresentados em papel branco, formato A4 (21 cm x 29,7 cm), digitados na cor preta, outras cores são permitidas para as ilustrações. Ø Recomenda-se a utilização de fonte tamanho 12 para o texto e tamanho menor para citações de mais de três linhas, notas de rodapé, paginação e legendas das ilustrações e tabelas. No caso de citações de mais de três linhas, deve-se observar o recuo de 4 cm da margem esquerda. As folhas devem apresentar margens esquerda e superior de 3 cm; direita e inferior de 2 cm. Ø Espaçamento: Todo o texto deve ser digitado em espaço 1,5 cm, exceto: as citações de mais de três linhas, as legendas das ilustrações e das tabelas.

3 É a menção no texto de informações extraídas de outras fontes com o propósito de esclarecer ou fundamentar ideias (ABNT, 2002). Tipos de Citações: Citação Direta; Citação Indireta; Citação da Citação.

4 Direta: Transcrição textual (reprodução integral) de parte da obra do autor consultado. Indicar sobrenome, data e a página. Ex: Deve-se indicar sempre, com método e precisão, toda documentação que serve de base para a pesquisa, assim como ideias e sugestões alheias inseridas no trabalho." (CERVO; BERVIAN, 1978, p. 97). Ex: Conforme Cervo e Bervian (1978, p.97) Deve-se indicar sempre, com método e precisão, toda documentação que serve de base para a pesquisa, assim como ideias e sugestões alheias inseridas no trabalho."

5 v A reprodução de um texto de até três linhas deve ser incorporada ao parágrafo entre aspas duplas. As aspas simples são utilizadas para indicar citação no interior da citação. v As transcrições com mais de três linhas devem ficar abaixo do texto, com recuo de 4 cm da margem esquerda, com letra menor que a do texto utilizado e sem aspas. Ex: Valendo-se de várias hipóteses, Sinhorini (1983, p. 55) constata que [...] o granuloma tuberculoso é constituído por dois sistemas independentes: o macrófago que controlaria tanto o escape de antígeno da lesão, quanto o crescimento bacteriano da mesma, e o imunocompetente, representado pela hipersensibilidade e expresso morfologicamente pelo halo de células jovens da periferia da lesão, responsável pelo controle da saída de antígeno do granuloma e também pelo caráter crônico-produtivo do mesmo.

6 Indireta: É o texto criado com base na obra de autor consultado, em que se reproduz o conteúdo e idéias do documento original; dispensa o uso de aspas duplas. Ex: Barras (1979) ressalta que, apesar da importância da arte de escrever para a ciência, inúmeros cientistas não têm recebido treinamento neste sentido. Ex: Apesar da importância da arte de escrever para a ciência, inúmeros cientistas não têm recebido treinamento neste sentido (BARRAS, 1979).

7 Citação de Citação: Transcrição direta ou indireta de um texto em que não se teve acesso ao original, ou seja, retirada de fonte citada pelo autor da obra consultada. Indicar o autor da citação, seguido da data da obra original, a expressão latina "apud", o nome do autor consultado, a data da obra consultada e a página onde consta a citação. Ex: "0 homem é precisamente o que ainda não é. O homem não se define pelo que é, mas pelo que deseja ser." (ORTEGA Y GASSET, 1963, apud SALVADOR, 1977, p. 160). Ex: Conforme afirma Ortega y Gasset (1963 apud SALVADOR, 1997, p. 160) 0 homem é precisamente o que ainda não é. O homem não se define pelo que é, mas pelo que deseja ser. Este &po de citação só deve ser u&lizada nos casos em que o documento original não foi recuperado (documentos muito an&gos, dados insuficientes para a localização do material etc.).

8 Acréscimo em Citação Acréscimos e/ou comentários, quando necessários à compreensão de algo dentro da citação, aparecem entre colchetes [ ]. Informação Verbal Quando se tratar de dados obtidos através de informação verbal (palestras, debates, comunicações, etc.), indicar entre parênteses a expressão "informação verbal", mencionando-se os dados disponíveis somente em nota de rodapé.

9 Um autor Citar sobrenome e ano: (POLKE, 1972) ou De acordo com Polke (1972), [ ] Até três autores Citar TODOS os respectivos sobrenomes separados por ponto e vírgula ; e data da obra: (CERVO; BERVIAN, 1978) ou Segundo Cervo e Bervian (1978) [ ] Quatro ou mais autores citar o sobrenome do PRIMEIRO autor seguido pela expressão et al. : (BASTOS et al., 1979) ou Bastos e colaboradores (1979), diziam [ ] Sem autoria conhecida citar o título e o ano. (Em Conservacionistas... (1980) vemos novas atitudes.) Entidade Coletiva Citar no nome da instituição e ano. Nas citações seguintes desta autoria, usar apenas às sigla. (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS E TECNICAS, 1978) (ABNT, 1978) Mesmo autor em mais de uma obra Citar o sobrenome e os anos de publicação em ordem cronológica. (HALKKA, et al., 1973, 1975a, 1975b)

10 Elemento obrigatório, que consiste na relação das obras consultadas e citadas no texto, de maneira que permita a iden6ficação individual de cada uma delas. As referências devem ser organizadas em ordem alfabé6ca, caso as citações no texto obedeçam ao sistema autor- data, ou conforme aparecem no texto, quando u6lizado o sistema numérico de chamada. As referências devem ser digitadas, usando espaço simples. Entre uma referência e outra as linhas devem estar em espaço duplo para separá-las. Tipos de Referência: Livros e Capítulos; Artigos e Dissertações ou Teses; Documentos Eletrônicos; Entidades com denominação genérica;

11 Livros SOBRENOME, Prenome(s) do(s) autor(es). Título da obra: subctulo. Edição. Local: Editora, data de publicação. Paginação. Série. Notas. ISBN. Ex: NOVAK, E. R.; WOODRUFF, J. D. Novak s ginecologic and obstetric pathology. Philadelphia: Saunders, BAST Jr., R. C. et al. (Ed.). Cancer medicine e.5. Hamilton: BC Decker; New York: American Cancer Society, Capítulo de Livro SOBRENOME, PRENOME abreviado do autor do capítulo. Título: subtítulo (se houver) do capítulo. In: AUTOR DO LIVRO (tipo de participação do autor na obra, Org(s), Ed(s) etc. se houver). Título do livro: subtítulo do livro (se houver). Local de publicação: Editora, data de publicação. paginação referente ao capítulo. L. GRIZE, J. B. Psicologia genética e lógica. In: BANKS-LEITE, (Org.). Percursos piagetianos. São Paulo: Cortez, p

12 Artigo SOBRENOME, PRENOME; SOBRENOME, PRENOME abreviado abreviado Título: subtítulo (se houver). Nome do periódico, Local de publicação, volume, número ou fascículo, paginação, data de publicação do periódico. SILVA, V. A.; ANDRADE, L. H. C. Etinobotânica Xucuru: espécies místicas. Biotemas, Florianópolis, v. 15, n. 1, p , Dissertação ou Tese SOBRENOME, PRENOME abreviado. Título: subtítulo (se houver). Data de defesa. Total de folhas. Tese (Doutorado) ou Dissertação (Mestrado) - Instituição onde a Tese ou Dissertação foi defendida. Local e data de defesa. Descrição física do suporte. FANTUCCI, I. Contribuição do alerta, da atenção, da intenção e da expectativa temporal para o desempenho de humanos em tarefas de tempo de reação f. Tese (Doutorado em Psicologia) Instituto de Psicologia, Universidade de São Paulo, São Paulo

13 Eletrônicos SOBRENOME, PRENOME(s) abreviado. Título: subtítulo (se houver). Nome do periódico, local de publicação, volume, número ou fascículo, mês(s) abreviado. ano. <endereço da URL>. Data de acesso: PAIVA, G. J. Dante Moreira Leite: um pioneiro da psicologia social no Brasil. Psicologia USP, São Paulo, v. 11, n. 2, jul./ago Disponível em: <http://www.scielo.br/>. Acesso em: 12 mar Entidades com Denominação Genérica Quando a entidade tem uma denominação genérica, seu nome é precedido pelo nome do órgão superior, ou pelo nome da jurisdição geográfica à qual pertence. SÃO PAULO (Estado). Secretaria do Meio Ambiente. Manjuba (ancharella lepidentostole) no rio Ribeira de Iguape. São Paulo: Ibama, p.

14 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10520: informação e documentação: apresentação de citações em documentos. Rio de Janeiro, NBR informação e Documentação Referências Elaboração. Rio de Janeiro, LEFFA, V. J. Normas da ABNT - Citações e Referências Bibliográficas. Disponível em: Acesso em: 20 setembro UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Sistema Integrado de Bibliotecas. Seu trabalho. Diretrizes: Diretrizes para confecção de teses e dissertações. Parte I (ABNT). São Paulo, Disponível em: h t t p : / / w w w. t e s e s. u s p. b r / i n d e x. p h p? option=com_content&view=article&id=52&itemid=67&lang=pt-br. Acesso em: 12 maio 2016.

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHO COMPLETO

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHO COMPLETO NORMAS PARA PUBLICAÇÃO DE TRABALHO COMPLETO 1. INTRODUÇÃO As Edições OMNIA, da FAI - Faculdades Adamantinenses Integradas tem por objetivo publicar artigos nas seguintes formas: Trabalhos Originais, Revisão

Leia mais

Normas ABNT. 0 NBR ( ) Trabalhos acadêmicos Apresentação. 0 NBR (ago.2002) Citações em documentos

Normas ABNT. 0 NBR ( ) Trabalhos acadêmicos Apresentação. 0 NBR (ago.2002) Citações em documentos Normas ABNT 0 NBR 14724 (17.04.2011) Trabalhos acadêmicos Apresentação 0 NBR 10520 (ago.2002) Citações em documentos 0 NBR 6023(ago.2002) Referências - Elaboração Normas da USP 0 Diretrizes para apresentação

Leia mais

Orientações aos concluintes. referencia@ufersa.edu.br

Orientações aos concluintes. referencia@ufersa.edu.br Orientações aos concluintes referencia@ufersa.edu.br TRABALHO ACADÊMICO (NBR 14724/2011) Especificar os princípios gerais para a elaboração e apresentação de trabalhos acadêmicos. (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA INCLUSÃO DE PERIÓDICOS NO PORTAL DE PERIÓDICOS FCLAR UNESP

PROCEDIMENTOS PARA INCLUSÃO DE PERIÓDICOS NO PORTAL DE PERIÓDICOS FCLAR UNESP PROCEDIMENTOS PARA INCLUSÃO DE PERIÓDICOS NO PORTAL DE PERIÓDICOS FCLAR UNESP Os editores interessados em incluir sua revista no Portal de Periódicos FCLAr UNESP, devem apresentar um breve projeto, em

Leia mais

COMO FAZER CITAÇÕES EM DOCUMENTOS. Segundo ABNT - NBR 10520

COMO FAZER CITAÇÕES EM DOCUMENTOS. Segundo ABNT - NBR 10520 COMO FAZER CITAÇÕES EM DOCUMENTOS Segundo ABNT - NBR 10520 Lorena, agosto 2014 Citação Menção de uma informação extraída de outra fonte A fonte de onde foi extraída a informação deve ser citada obrigatoriamente,

Leia mais

Título do artigo Subtítulo (opcional)

Título do artigo Subtítulo (opcional) 1 MODELO Título do artigo Subtítulo (opcional) Nome Completo dos autores em Ordem Alfabética 1 Professor Orientador (Nome Completo) 2 RESUMO O resumo só poderá ser elaborado depois de concluído o trabalho.

Leia mais

É IMPORTANTE MANTER UMA PADRONIZAÇÃO NA ELABORAÇÃO DA LISTA DE REFERÊNCIAS, OBSERVANDO:

É IMPORTANTE MANTER UMA PADRONIZAÇÃO NA ELABORAÇÃO DA LISTA DE REFERÊNCIAS, OBSERVANDO: COMO FAZER UMA REFERÊNCIA BIBLIOTECA COMUNITÁRIA 2007 É IMPORTANTE MANTER UMA PADRONIZAÇÃO NA ELABORAÇÃO DA LISTA DE REFERÊNCIAS, OBSERVANDO: - Os espaçamentos devem ser seguidos rigorosamente; - Adotar

Leia mais

Os trabalhos acadêmicos devem ser elaborados conforme os itens 2.1 a 2.9.

Os trabalhos acadêmicos devem ser elaborados conforme os itens 2.1 a 2.9. 2 REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO (NBR-14724) Os trabalhos acadêmicos devem ser elaborados conforme os itens 2.1 a 2.9. 2.1 Formato Os textos devem ser apresentados em papel branco, formato A4, digitados

Leia mais

ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: NORMAS PARA APRESENTAÇÃO

ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: NORMAS PARA APRESENTAÇÃO ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: NORMAS PARA APRESENTAÇÃO MARINGÁ 2016 ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS: NORMAS PARA APRESENTAÇÃO Elaborado por: Carmen Torresan * MARINGÁ 2016 Bibliotecária / CRB9

Leia mais

Projeto Conceitual. Faculdade de Tecnologia Senac Jaraguá do Sul. Projeto Conceitual. Projeto Conceitual - MER. Projeto Conceitual - MER

Projeto Conceitual. Faculdade de Tecnologia Senac Jaraguá do Sul. Projeto Conceitual. Projeto Conceitual - MER. Projeto Conceitual - MER Projeto Conceitual Faculdade de Tecnologia Senac Jaraguá do Sul Gestão da Tecnologia da Informação Fundamentos de Sistemas de Banco de Dados Utilização do MER Modelo Entidade e Relacionamento O MER é um

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS EDITAL 08/2011 PROEST A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis - PROEST, da Universidade

Leia mais

Citações NBR 10520/2002

Citações NBR 10520/2002 Citações NBR 10520/2002 Citação é mencionar uma informação extraída de outra fonte (livros, revistas, fitas de vídeo, CD-ROM, documentos extraídos da Internet). As citações podem ser direta, indireta e

Leia mais

INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO A5 BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK

INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO A5 BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO A5 BIBLIOTECA CENTRAL PROF. EURICO BACK ESCOPO Especifica os princípios gerais para a elaboração de teses e dissertações, visando apresentação

Leia mais

SOCIEDADE EDUCACIONAL DA PARAÍBA SEDUP FACULDADES DE ENSINO SUPERIOR DA PARAÍBA FESP

SOCIEDADE EDUCACIONAL DA PARAÍBA SEDUP FACULDADES DE ENSINO SUPERIOR DA PARAÍBA FESP SOCIEDADE EDUCACIONAL DA PARAÍBA SEDUP FACULDADES DE ENSINO SUPERIOR DA PARAÍBA FESP Edital Nº. 01/2014 Coordenação de Pesquisa e Extensão do Curso de Direito: A Coordenação de Pesquisa e Extensão através

Leia mais

APRESENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS SEGUNDO A NBR 14724

APRESENTAÇÃO TRABALHOS ACADÊMICOS SEGUNDO A NBR 14724 APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS SEGUNDO A NBR 14724 ESTRUTURA Tabela 1 Elementos OBRIGATÓRIO OPCIONAL ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS Capa Folha de rosto Folha de aprovação Resumo na língua vernácula Resumo

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil Subsecretaria de Gestão Coordenadoria de Gestão de Pessoas Coordenação de Desenvolvimento Pessoal Gerência de Desenvolvimento

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE CIÊNCIAS INTEGRADAS DO PONTAL CURSO DE GRADUAÇÃO EM QUÍMICA Rua Vinte, 1600. Bairro Tupã. CEP 38304-402, Ituiutaba / MG Em acordo com a ABNT NBR 14724:2011

Leia mais

Elaboração de relatório técnico e/ou científico, segundo a ABNT

Elaboração de relatório técnico e/ou científico, segundo a ABNT FURG UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG Pró-Reitoria de Graduação PROGRAD Sistema de Bibliotecas - SiB Elaboração de relatório técnico e/ou científico, segundo a ABNT Clériston Ramos Bibliotecário

Leia mais

Revista EPISTEMES - vol. 01, n. 01, 2015. EDITAL 04/2015

Revista EPISTEMES - vol. 01, n. 01, 2015. EDITAL 04/2015 Revista EPISTEMES - vol. 01, n. 01, 2015. EDITAL 04/2015 REF. CHAMADA DE ARTIGOS Informamos aos pesquisadores, escritores, que têm interesse em publicar artigos científicos, relatos de pesquisas integrais,

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS DIPLOMADOS DA ESCOLA SUPERIOR DE GUERRA ADESGBA FACULDADE BATISTA BRASILEIRA FBB

ASSOCIAÇÃO DOS DIPLOMADOS DA ESCOLA SUPERIOR DE GUERRA ADESGBA FACULDADE BATISTA BRASILEIRA FBB FONTE TIMES 14, NEGRITO CAIXA ALTA ASSOCIAÇÃO DOS DIPLOMADOS DA ESCOLA SUPERIOR DE GUERRA ADESGBA FACULDADE BATISTA BRASILEIRA FBB sem espaço CURSO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA CERIMONIAL, PROTOCOLO, ETIQUETA

Leia mais

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU ESCOLA TÉCNICA VALE DO ITAJAI TÍTULO NOME

UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU ESCOLA TÉCNICA VALE DO ITAJAI TÍTULO NOME UNIVERSIDADE REGIONAL DE BLUMENAU ESCOLA TÉCNICA VALE DO ITAJAI TÍTULO NOME BLUMENAU 2008 NOME DO(S) AUTOR(ES) DO TRABALHO ( quando em grupo os nomes em ordem alfabética ) TÍTULO DO TRABALHO Trabalho apresentado

Leia mais

Referências. Prof. Sérgio Henrique Braz

Referências. Prof. Sérgio Henrique Braz Referências Bibliográficas Prof. Sérgio Henrique Braz Segundo a ABNT-NBR 6023:2002 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS Relação de obras citadas pelo autor em livros, artigos de periódicos, teses, relatórios técnicos,

Leia mais

EXEMPLO COM AS PRINCIPAIS NORMAS ABNT PARA AS APRESENTAÇÕES / ENTREGAS DE TRABALHOS

EXEMPLO COM AS PRINCIPAIS NORMAS ABNT PARA AS APRESENTAÇÕES / ENTREGAS DE TRABALHOS EXEMPLO COM AS PRINCIPAIS NORMAS ABNT PARA AS APRESENTAÇÕES / ENTREGAS DE TRABALHOS AMERICANA 2016 INSTITUTO METROPOLITAN CURSO CABEÇALHO: Tamanho: 14 Negrito Alinhamento: Centralizado TÍTULO DO TRABALHO:

Leia mais

Apresentação gráfica de referência, citações e ilustrações

Apresentação gráfica de referência, citações e ilustrações Apresentação gráfica de referência, citações e ilustrações Para a construção do conteúdo do material didático de uma disciplina, apresentamos alguns exemplos em relação a apresentação gráfica de referências,

Leia mais

METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ

METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ METODOLOGIA CIENTÍFICA PATRÍCIA ALVAREZ RUIZ Citações em documentos CITAÇÕES EM DOCUMENTOS Menção no texto de uma informação extraída de outra fonte Maior crédito ao trabalho ABNT NBR 10520/2002 Devem

Leia mais

Normas Gerais de Publicação

Normas Gerais de Publicação Normas Gerais de Publicação São aceitos artigos em português, inglês, francês e espanhol, segundo as normas abaixo: Extensão: O texto deverá ter entre 10 e 15 páginas, incluídas referências bibliográficas

Leia mais

Metodologia Científica ILUSTRAÇÕES DAS NORMAS DA ABNT ADAPTAÇÃO DA NORMA NBR 14724: REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO

Metodologia Científica ILUSTRAÇÕES DAS NORMAS DA ABNT ADAPTAÇÃO DA NORMA NBR 14724: REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO ILUSTRAÇÕES DAS NORMAS DA ABNT ADAPTAÇÃO DA NORMA NBR 14724: REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO Organização: Paulo Roberto de C. Mendonça Revisão: Vania Hirle 29,7 cm Metodologia Científica 5.1 Formato Quanto

Leia mais

O TÍTULO DO TRABALHO DEVERÁ SER EM FONTE TIPO ARIAL 12, NEGRITO, CENTRALIZADO, ESPAÇO SIMPLES (ESPAÇAMENTO DE 1,0) SEM PONTO FINAL

O TÍTULO DO TRABALHO DEVERÁ SER EM FONTE TIPO ARIAL 12, NEGRITO, CENTRALIZADO, ESPAÇO SIMPLES (ESPAÇAMENTO DE 1,0) SEM PONTO FINAL O TÍTULO DO TRABALHO DEVERÁ SER EM FONTE TIPO ARIAL 12, NEGRITO, CENTRALIZADO, ESPAÇO SIMPLES (ESPAÇAMENTO DE 1,0) SEM PONTO FINAL Nome do autor principal (sigla da instituição a que pertence, entre parênteses)

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO?

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO? Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003 COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO? Título do artigo, centralizado. Maria da Silva Pereira* Maria Alves de Arruda** Nome(s) do(s) autor(es). RESUMO

Leia mais

APARECIDA ANGÉLICA Z. PAULOVIC SABADINI MARIA IMACULADA CARDOSO SAMPAIO MARIA MARTA NASCIMENTO. Citações no Texto e Notas de Rodapé:

APARECIDA ANGÉLICA Z. PAULOVIC SABADINI MARIA IMACULADA CARDOSO SAMPAIO MARIA MARTA NASCIMENTO. Citações no Texto e Notas de Rodapé: APARECIDA ANGÉLICA Z. PAULOVIC SABADINI MARIA IMACULADA CARDOSO SAMPAIO MARIA MARTA NASCIMENTO Citações no Texto e Notas de Rodapé: Adaptação do Estilo de Normalizar de Acordo com as Normas da ABNT (Associação

Leia mais

CITAÇÃO ÍNDICES DE CITAÇÃO

CITAÇÃO ÍNDICES DE CITAÇÃO CITAÇÃO ÍNDICES DE CITAÇÃO Citação é o reconhecimento que um documento recebe de outro. Razões que um autor tem para referenciar / citar Indicar leituras para complementação do assunto; Alertar para trabalhos

Leia mais

Metodologia Científica ILUSTRAÇÕES DAS NORMAS DA ABNT NORMA NBR 10520: INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - CITAÇÕES EM DOCUMENTOS - APRESENTAÇÃO

Metodologia Científica ILUSTRAÇÕES DAS NORMAS DA ABNT NORMA NBR 10520: INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - CITAÇÕES EM DOCUMENTOS - APRESENTAÇÃO ILUSTRAÇÕES DAS NORMAS DA ABNT NORMA NBR 10520: INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO - EM DOCUMENTOS - APRESENTAÇÃO Organização: Paulo Roberto de C. Mendonça Revisão: Vania Hirle 3 DEFINIÇÕES 3.1 CITAÇÃO: Menção

Leia mais

NORMAS DA REVISTA ENTRELUGARES

NORMAS DA REVISTA ENTRELUGARES NORMAS DA REVISTA ENTRELUGARES 1) TIPOS DE COLABORAÇÃO ACEITA A revista Entrelugares é temática, o que significa que a cada número dedicará de um terço à metade dos artigos a um assunto específico. De

Leia mais

DEPARTAMENTO DE POL 0 1CIA FEDERAL

DEPARTAMENTO DE POL 0 1CIA FEDERAL 1 3U N I V E R S I D A D E D E B R A S 0 1 L I A (UnB) CENTRO DE SELE 0 5 0 1O E DE PROMO 0 5 0 1O DE EVENTOS (CESPE) DEPARTAMENTO DE POL 0 1CIA FEDERAL Concurso P blico Aplica 0 4 0 0o: 22/8/2004 O Centro

Leia mais

Orientações para elaboração de relatório técnico-científico

Orientações para elaboração de relatório técnico-científico Orientações para elaboração de relatório técnico-científico SENAI, 2013. Trabalho elaborado pelo CFP 5.12 para a unidade curricular Projetos do Curso Técnico em Eletromecânica. Elaboração Renata de Fátima

Leia mais

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003

ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR DOM BOSCO CORNÉLIO PROCÓPIO - PR ASPECTOS NORMATIVOS E TIPOGRÁFICOS DO ARTIGO CIENTÍFICO baseados na NBR 6022, 2003 1 INTRODUÇÃO As orientações aqui apresentadas são baseadas

Leia mais

ESTÁGIO SUPERVISIONADO I

ESTÁGIO SUPERVISIONADO I ESTÁGIO SUPERVISIONADO I Professor: Luis Guilherme Magalhães professor@luisguiherme.adm.br www.luisguilherme.adm.br (62) 9607-2031 TIPOS DE CITAÇÃO CITAÇÃO Na elaboração de trabalhos acadêmicos, o pesquisador

Leia mais

Normas ABNT para Trabalhos

Normas ABNT para Trabalhos Normas ABNT para Trabalhos CAPA: Nome da Instituição: fonte tamanho 12 e centralizado. Nome dos autores: fonte tamanho 12, centralizado em ordem alfabética. Título: fonte tamanho 14 em negrito e centralizado.

Leia mais

Normas para Apresentação de Trabalhos Ensino Médio (normas simplificadas adaptadas da ABNT)

Normas para Apresentação de Trabalhos Ensino Médio (normas simplificadas adaptadas da ABNT) Normas para Apresentação de Trabalhos Ensino Médio (normas simplificadas adaptadas da ABNT) Todo trabalho escolar, acadêmico e cientifico necessita de padronização na sua forma de apresentação, para transmitir

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE MINAS GERAIS CAMPUS GOVERNADOR VALADARES COORDENAÇÃO DO ENSINO MÉDIO - CEM

Leia mais

ORIENTAÇÕES BÁSICAS NA ELABORAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO

ORIENTAÇÕES BÁSICAS NA ELABORAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO ORIENTAÇÕES BÁSICAS NA ELABORAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernadete Martins Alves 1 RESUMO Este trabalho apresenta os elementos que constituem a estrutura de um artigo cientifico bem como, de forma

Leia mais

NORMAS PARA REDAÇÃO DA MONOGRAFIA

NORMAS PARA REDAÇÃO DA MONOGRAFIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CÂMPUS JATAÍ CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA FLORESTAL NORMAS PARA REDAÇÃO DA MONOGRAFIA 1. Formatação geral Os textos devem ser digitados em cor preta, podendo utilizar

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC. Título

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC. Título UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC CENTRO DE CIÊNCIAS NATURAIS E HUMANAS Programa de Pós-Graduação em Biotecnociência Título Santo André dd/mm/aaaa Normas para Dissertações Mestrado em Biotecnociência - UFABC.

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS 1. Capa Externa; 2. Folha de Rosto; 3. Dedicatória (opcional); 4. Agradecimentos (opcional); 5. Epígrafe (opcional); 6. Sumário;

Leia mais

Diretrizes para Apresentação de Citações e Referências em Trabalhos Acadêmicos

Diretrizes para Apresentação de Citações e Referências em Trabalhos Acadêmicos Escola SENAI Morvan Figueiredo Diretrizes para Apresentação de Citações e Referências em Trabalhos Acadêmicos Alessandra C. Alamino Bibliotecária São Paulo 2012 MENÇÃO DE UMA INFORMAÇÃO EXTRAÍDA DE OUTRA

Leia mais

Normatização de Trabalho Acadêmico (ABNT) Metodologia de Pesquisa

Normatização de Trabalho Acadêmico (ABNT) Metodologia de Pesquisa Normatização de Trabalho Acadêmico (ABNT) Metodologia de Pesquisa O que é a ABNT? Associação Brasileira de Normas Técnicas (1940) Órgão responsável pela normalização técnica no país Regulado pelo Conmetro

Leia mais

A estrutura de um trabalho, de acordo com a ABNT/NBR-14724, compreende três elementos: Pré textuais, Textuais Pós textuais.

A estrutura de um trabalho, de acordo com a ABNT/NBR-14724, compreende três elementos: Pré textuais, Textuais Pós textuais. APRESENTAÇÃO Para ficar claro, é necessário fazer distinções entre padrões e normas, já que normas da ABNT são constituídas de regras a serem seguidas, objetivando a qualidade em produções científicas,

Leia mais

Fornecer informações a respeito dos trabalhos desenvolvidos na área de pesquisa

Fornecer informações a respeito dos trabalhos desenvolvidos na área de pesquisa 1 CITAÇÃO 1 CITAÇÃO: menção, no texto, de uma informação extraída de outra fonte. (NBR- 10520, 2002, p.1) 1.1 Usa-se citação para: Dar credibilidade ao trabalho científico Fornecer informações a respeito

Leia mais

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO

COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO 1 Modelo de Artigo de periódico baseado na NBR 6022, 2003. Título do artigo, centralizado. COMO ELABORAR UM ARTIGO CIENTÍFICO Maria Bernardete Martins Alves * Susana Margaret de Arruda ** Nome do (s) autor

Leia mais

Elaboração de Monografia. Elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais

Elaboração de Monografia. Elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais Os trabalhos de conclusão de curso de graduação e pós-graduação (especialização) conhecidos como (TCC) constituem uma etapa fundamental para a formação do estudante. O aluno apresenta um trabalho abordando

Leia mais

Conselho da Justiça Federal

Conselho da Justiça Federal PROVIMENTO N.10, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2012. Dispõe sobre a criação da Revista dos Juizados Especiais Federais e seu estatuto e institui o conselho editorial. O CORREGEDOR-GERAL DA JUSTIÇA FEDERAL e PRESIDENTE

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO CAMPUS UBERABA - MG NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE ESTÁGIO UBERABA-MG 2010 SUMÁRIO

Leia mais

Elaboração da Proposta de Consultoria Empresarial

Elaboração da Proposta de Consultoria Empresarial Coordenação de Estágio Normas para Elaboração da Proposta de Consultoria Empresarial Voltada para a Excelência em Gestão APRESENTAÇÃO A organização deste manual surge da necessidade de esclarecimento sobre

Leia mais

Bibliográfica: Levantamento de informações impressas e eletrônicas de obras publicadas sobre um tema; De campo: A partir da coleta de dados in

Bibliográfica: Levantamento de informações impressas e eletrônicas de obras publicadas sobre um tema; De campo: A partir da coleta de dados in A pesquisa científica faz parte da vida acadêmica do aluno exigindo que o pesquisador, através de seu trabalho, proponha formas de superar o conhecimento existente até o momento sobre determinado assunto.

Leia mais

Normas técnicas de redação de dissertação e tese do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal da Universidade Federal do Maranhão

Normas técnicas de redação de dissertação e tese do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal da Universidade Federal do Maranhão Normas técnicas de redação de dissertação e tese do Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal da Universidade Federal do Maranhão A Dissertação de Mestrado e Tese de Doutorado deverá ser obrigatoriamente,

Leia mais

TÍTULO DO ARTIGO 1 Nome Completo do Aluno 2 Nome Completo do Aluno 3 Nome Completo do Aluno 4

TÍTULO DO ARTIGO 1 Nome Completo do Aluno 2 Nome Completo do Aluno 3 Nome Completo do Aluno 4 1 TÍTULO DO ARTIGO 1 Nome Completo do Aluno 2 Nome Completo do Aluno 3 Nome Completo do Aluno 4 RESUMO: O Resumo é constituído de uma sequência de frases concisas e objetivas, não ultrapassando 250 palavras.

Leia mais

UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO SISTEMA DE BIBLIOTECAS Dr. JALMAR BOWDEN NOEME VIANA TIMBÓ

UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO SISTEMA DE BIBLIOTECAS Dr. JALMAR BOWDEN NOEME VIANA TIMBÓ UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO SISTEMA DE BIBLIOTECAS Dr. JALMAR BOWDEN NOEME VIANA TIMBÓ MANUAL DE CITAÇÃO PARA TRABALHOS ACADÊMICOS: SEGUNDO ABNT NBR 10520 AGO. 2002 SÃO BERNARDO DO CAMPO Revisado

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, PROPESP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO, PPGE

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO, PROPESP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO, PPGE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DA DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Este roteiro contém os requisitos obrigatórios, estabelecidos pelo Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Centro-Oeste,

Leia mais

ESTRUTURA DE UM TRABALHO MONOGRÁFICO (NBR 14724/2005)

ESTRUTURA DE UM TRABALHO MONOGRÁFICO (NBR 14724/2005) Errata Folha de Rosto Capa ESTRUTURA DE UM TRABALHO MONOGRÁFICO (NBR 14724/2005) Epígrafe Resumo L. estrangeira Resumo Agradecimentos Dedicatória Folha de Aprovação Anexos Apêndices Glossário Referências

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA PROPOSTA DE CONSULTORIA EMPRESARIAL VOLTADA PARA A EXCELÊNCIA EM GESTÃO. São Luís 2010

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA PROPOSTA DE CONSULTORIA EMPRESARIAL VOLTADA PARA A EXCELÊNCIA EM GESTÃO. São Luís 2010 NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA PROPOSTA DE CONSULTORIA EMPRESARIAL VOLTADA PARA A EXCELÊNCIA EM GESTÃO São Luís 2010 NORMAS PARA ELABORAÇÃO DA PROPOSTA DE CONSULTORIA EMPRESARIAL VOLTADA PARA A EXCELÊNCIA EM

Leia mais

Guia Como Utilizar As Normas da ABNT Saiba tudo sobre

Guia Como Utilizar As Normas da ABNT Saiba tudo sobre Guia Como Utilizar As Normas da ABNT Saiba tudo sobre Citação Biblioteca IFSP São João da Boa Vista Biblioteca Comunitária Wolgran Junqueira A Biblioteca foi feita para você! Definição Finalidade Tipos

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Conforme as Normas Técnicas da ABNT)

GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Conforme as Normas Técnicas da ABNT) GUIA PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS (Conforme as Normas Técnicas da ABNT) Maceió 2011 1 TIPOS DE TRABALHOS CIENTÍFICOS Na academia de ensino superior podemos encontrar os seguintes tipos de trabalhos:

Leia mais

2- DETALHES SOBRE A ESTRUTURA DO RELATÓRIO A seguir estão orientações sobre como formatar as diversas partes que compõem o relatório.

2- DETALHES SOBRE A ESTRUTURA DO RELATÓRIO A seguir estão orientações sobre como formatar as diversas partes que compõem o relatório. 1 - ESTRUTURA DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO O relatório do Estágio Supervisionado de todos os cursos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Minas Gerais Campus Formiga - irá mostrar

Leia mais

TÍTULO DO ARTIGO: Subtítulo do Artigo

TÍTULO DO ARTIGO: Subtítulo do Artigo TÍTULO DO ARTIGO: Subtítulo do Artigo Nome do autor(a) 1 Nome do(a) professor(a) orientador(a) 2 RESUMO Este modelo permite a visualização da estrutura geral de um artigo científico e apresenta orientações

Leia mais

Parte 1: Procedimentos gerais

Parte 1: Procedimentos gerais ABR 2001 NBR 14653-1 ABNT Associa o Brasileira de Normas T cnicas Avalia o de bens Parte 1: Procedimentos gerais Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 28 andar CEP 20003-900 Caixa Postal 1680 Rio

Leia mais

Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER

Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar Nome Completo do Aluno Sem Abreviar TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO SE HOUVER Faculdade de Araçatuba - FAAR Araçatuba-SP 2016 Nome Completo

Leia mais

InovaГo curricular na escola pзblica: a teoria e a prаtica de Projeto Salas-ambiente

InovaГo curricular na escola pзblica: a teoria e a prаtica de Projeto Salas-ambiente InovaГo curricular na escola pзblica: a teoria e a prаtica de Projeto Salasambiente Resumo InovaГo curricular. Escola pзblica. Salasambiente. Universo Acadmico, Taquara, v. 5, n. 1, jan./dez. 2012. 111

Leia mais

MANUAL PARA CONFECÇÃO DE PÔSTERES CIENTÍFICOS

MANUAL PARA CONFECÇÃO DE PÔSTERES CIENTÍFICOS MANUAL PARA CONFECÇÃO DE PÔSTERES CIENTÍFICOS CAMPINAS 2011 Edição: Faculdade São Leopoldo Mandic Biblioteca São Leopoldo Mandic Organização e redação: Fabiana Menezes Messias de Andrade Luciana Butini

Leia mais

Trabalho de Conclusão de Estágio (TCE)

Trabalho de Conclusão de Estágio (TCE) MODELO 1 ROTEIRO DE AUXÍLIO PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO Trabalho de Conclusão de Estágio (TCE) Estagiário (a): O resultado do seu estágio deve ser transformado em um Trabalho

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE MEMORIAL. Compilado por Gildenir Carolino Santos

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE MEMORIAL. Compilado por Gildenir Carolino Santos ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE MEMORIAL Compilado por Gildenir Carolino Santos Campinas 2005 compiled by Gildenir Carolino Santos Ficha catalográfica elaborada por Gildenir Carolino Santos CRB-8ª/5447 R741

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - CURSO DE DOUTORADO - E D I T A L 2016

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - CURSO DE DOUTORADO - E D I T A L 2016 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAIS - CURSO DE DOUTORADO - E D I T A L 2016 O Departamento de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro torna pública a abertura das

Leia mais

CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA

CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA CONSTRUINDO MINHA MONOGRAFIA 1 Prezado(a) aluno(a), Este roteiro foi preparado para auxiliá-lo na elaboração de sua monografia (TCC). Ele o apoiará na estruturação das etapas do seu trabalho de maneira

Leia mais

MANUAL Normas científicas para trabalhos Estas recomendações baseiam-se nas normas da ABNT Associação Brasileira de Normas Técnicas. Têm como objetivo auxiliar alunos e professores do Colégio Franciscano

Leia mais

MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC

MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC Etec de Esportes Curt Walter Otto Baumgart Biblioteca da Etec de Esportes Curt Walter Otto Baumgart MANUAL PARA NORMATIZAÇÃO - TCC São Paulo, 2014 ii FORMATO DO TCC Tamanho do papel: A4 (21 cm 29,7 cm);

Leia mais

MODELO PADRÃO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGO

MODELO PADRÃO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGO MODELO PADRÃO PARA SUBMISSÃO DE ARTIGO Autor Sobrenome 1 Coautor Sobrenome do Coautor 2 RESUMO O texto do resumo deverá conter entre 150 e 250 palavras e deverá ser elaborado em um único parágrafo, como

Leia mais

NORMAS PARA ENTREGA DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA ENTREGA DE TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS PARA ENTREGA DE TRABALHOS ACADÊMICOS ESTRELA 2015 1 FORMATAÇÕES O texto deve ser digitado em cor preta, podendo utilizar outras cores apenas para as ilustrações. Utilizar somente o anverso. Se

Leia mais

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO ELETRÔNICO FaSCi-Tech DA FATEC-SÃO CAETANO DO SUL

NORMAS PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO ELETRÔNICO FaSCi-Tech DA FATEC-SÃO CAETANO DO SUL NORMAS PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS PARA O PERIÓDICO ELETRÔNICO FaSCi-Tech DA FATEC-SÃO CAETANO DO SUL 1. O artigo deverá ser enviado sem a identificação do(s) autor(es). Esta identificação deverá ser feita

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO COORDENAÇÃO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO TEMA DO TRABALHO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO COORDENAÇÃO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO TEMA DO TRABALHO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO COORDENAÇÃO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO TEMA DO TRABALHO NOME COMPLETO DO AUTOR CUIABÁ MT Ano UNIVERSIDADE FEDERAL

Leia mais

CONSIDERAÇÕES GERAIS NORMAS DA ABNT

CONSIDERAÇÕES GERAIS NORMAS DA ABNT CONSIDERAÇÕES GERAIS NORMAS DA ABNT Aglaé de Lima Fierli Biblioteca Profª. Marcia Cristina dos Reis Núcleo de Apoio à Pesquisa e à Produção Acadêmica 2. ed. CONTEÚDO DESTE MATERIAL CONFIGURAÇÃO BÁSICA

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO: Conceito e fontes do direito administrativo, Regime jur dico da administra o e princ pios, Administra o P blica

DIREITO ADMINISTRATIVO: Conceito e fontes do direito administrativo, Regime jur dico da administra o e princ pios, Administra o P blica M dulo 01 ATUALIDADES: Pol tica Nacional e Pol tica Internacional ARQUIVOLOGIA: Teorias e Princ pios, Tipos de Arquivos ESTAT STICA B SICA: Defini es, Conceitos, Distribui o de Freq ncia RACIOC NIO L GICO:

Leia mais

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS

REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS REGRAS BÁSICAS PARA APRESENTAÇÃO FORMAL DE TRABALHOS Estas regras são aplicadas a todos os Trabalhos acadêmicos ou similares (trabalho de conclusão de curso (TCC), trabalho de graduação interdisciplinar,

Leia mais

D O N D O M Ê N I C O

D O N D O M Ê N I C O Profa. Me. ELIZA HELENA ERCOLIN¹ Profa. Dra. IVANI RIBEIRO DA SILVA² MANUAL PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS GUARUJÁ 2013 OS TRABALHOS ACADÊMICOS REGRAS GERAIS DE APRESENTAÇÃO. Este manual objetiva

Leia mais

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS APRESENTAÇÃO O trabalho deve ser digitado e impresso em papel formato A4. O texto deve ser digitado, no anverso das folhas, em espaço 1,5, letra do tipo

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. O relatório segue padrão ABNT (NBR 14724:2011), como descrito nos próximos itens:

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. O relatório segue padrão ABNT (NBR 14724:2011), como descrito nos próximos itens: NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Os professores e alunos participantes do Programa de Pesquisa e Iniciação Científica deverão apresentar Relatório Final referente às suas atividades,

Leia mais

MANUAL DE NORMALIZAÇÃO FACULDADE NOVOS HORIZONTES

MANUAL DE NORMALIZAÇÃO FACULDADE NOVOS HORIZONTES 0 MANUAL DE NORMALIZAÇÃO FACULDADE NOVOS HORIZONTES Orientações para apresentação de trabalhos e artigos acadêmicos/científicos atualizada 7ª ediçãorev.a e Belo Horizonte 2015 Presidente do Instituto Novos

Leia mais

GUIA DE ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS

GUIA DE ELABORAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS 1 Organização: Setor Pedagógico Athenas Educacional Profº Me. Edimar Roberto de Lima Sartoro Profª Ma. Luci Vieira Catellane Lima Profª Esp. Bruna Micheli Cardoso Bicharra Direção IES Profº Me. Elvys Ferreira

Leia mais

NORMAS DA ABNT PARA TRABALHOS ACADÊMICOS

NORMAS DA ABNT PARA TRABALHOS ACADÊMICOS NORMAS DA ABNT PARA TRABALHOS ACADÊMICOS O texto a seguir tratará das seguintes normalizações: A. NBR 14724:2001 Informação e documentação - Trabalhos acadêmicos - Apresentação Informações pré-textuais

Leia mais

2- Como fazer citações e referências bibliográficas (Norma APA)

2- Como fazer citações e referências bibliográficas (Norma APA) Biblioteca Escolar CT Ano letivo 2015/16 2- Como fazer citações e referências bibliográficas (Norma APA) I C ITAÇÕES Citar e referenciar: de acordo com o estilo Bbliográfico APA (American Psychological

Leia mais

PROFESSOR REINALDO NISHIKAWA. Pesquisa METODOLOGIA CIENTÍFICA. Uso da Internet Site de ajuda. Vídeo. Doutorando em História

PROFESSOR REINALDO NISHIKAWA. Pesquisa METODOLOGIA CIENTÍFICA. Uso da Internet Site de ajuda. Vídeo. Doutorando em História PROFESSOR REINALDO NISHIKAWA Doutorando em História METODOLOGIA CIENTÍFICA Aula 1 Pesquisa Construção do referencial teórico de sua pesquisa; Eixo: pré projeto, estágio e o TCC; Teoria e prática; Trabalho

Leia mais

www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php CDD: 025.52 A ARTE DA PESQUISA BIBLIOGRÁFICA NA BUSCA DO CONHECIMENTO

www.sbu.unicamp.br/seer/ojs/index.php CDD: 025.52 A ARTE DA PESQUISA BIBLIOGRÁFICA NA BUSCA DO CONHECIMENTO CDD: 025.52 A ARTE DA PESQUISA BIBLIOGRÁFICA NA BUSCA DO CONHECIMENTO THE ART OF LITERATURE IN SEARCH OF KNOWLEDGE Luciana Pizzani 1 Rosemary Cristina da Silva 2 Suzelei Faria Bello 3 Maria Cristina Piumbato

Leia mais

Citações. NBR 10520 Citações em Documentos

Citações. NBR 10520 Citações em Documentos Citações NBR 10520 Citações em Documentos Citação Menção de uma informação extraída de outra fonte. Sempre que se menciona no texto uma informação retirada de algum documento, é necessário indicar este

Leia mais

NORMAS PARA RESUMO E TRABALHO COMPLETO Os resumos, resumos expandidos e trabalhos completos deverão se enquadrar em um dos eixos temáticos do evento.

NORMAS PARA RESUMO E TRABALHO COMPLETO Os resumos, resumos expandidos e trabalhos completos deverão se enquadrar em um dos eixos temáticos do evento. APRESENTAÇÃO DE TRABALHO Os participantes interessados em apresentar trabalho poderão submeter resumo, resumo expandido ou trabalho completo ATÉ O DIA 30 DE AGOSTO DE 2016, conforme as normas abaixo. NORMAS

Leia mais

Guia para apresentação do trabalho acadêmico:

Guia para apresentação do trabalho acadêmico: BIBLIOTECA COMUNITÁRIA Guia para apresentação do trabalho acadêmico: de acordo com NBR 14724/2005 São Carlos 2010 Guia para apresentação do trabalho acadêmico As orientações abaixo são de acordo com a

Leia mais

REGRAS GERAIS PARA APRESENTAÇÃO/FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. Prof. Dr. Luiz Carlos dos Santos

REGRAS GERAIS PARA APRESENTAÇÃO/FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS. Prof. Dr. Luiz Carlos dos Santos REGRAS GERAIS PARA APRESENTAÇÃO/FORMATAÇÃO DE TRABALHOS ACADÊMICOS Todo trabalho acadêmico deve ser elaborado segundo parâmetros determinados pela Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT. Assim,

Leia mais

UNESP Faculdade de Odontologia de Araraquara Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves. Diretrizes para elaboração de Memorial Acadêmico

UNESP Faculdade de Odontologia de Araraquara Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves. Diretrizes para elaboração de Memorial Acadêmico UNESP Faculdade de Odontologia de Araraquara Biblioteca Professora Maria Dilma de Oliveira Gonçalves Ana Cristina Jorge Diretrizes para elaboração de Memorial Acadêmico Araraquara 2014 2 MEMORIAL ACADÊMICO

Leia mais

REGULAMENTO PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS CAPÍTULO I DA SUBMISSÃO DE TRABALHOS

REGULAMENTO PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS CAPÍTULO I DA SUBMISSÃO DE TRABALHOS REGULAMENTO PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS CIENTÍFICOS A Comissão Científica e a Comissão de Avaliação de Trabalhos estabelecem os critérios para a submissão de trabalhos científicos para o CONBRAN 2016.

Leia mais

3º Seminário do Grupo de Pesquisa em Geografia e Movimentos Sociais

3º Seminário do Grupo de Pesquisa em Geografia e Movimentos Sociais Universidade Estadual de Feira de Santana Departamento de Ciências Humanas e Filosofia 3º Seminário do Grupo de Pesquisa em Geografia e Movimentos Sociais 2ª Feira de Produtos e Serviços das Associações

Leia mais

Citações bibliográficas no texto de acordo com a ABNT - NBR 10520/2002

Citações bibliográficas no texto de acordo com a ABNT - NBR 10520/2002 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO SERVIÇO DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAÇÃO CIENTIFICA Citações bibliográficas no texto de acordo com a ABNT - NBR 10520/2002 Índice 1 Definição 2 Sistemas de

Leia mais

Orientação em Normalização Documentária

Orientação em Normalização Documentária Orientação em Normalização Documentária Apresentação de Citações em Documentos Maria Luzinete Euclides - Bibliotecária UNESP - Marília - 2005 ABNT/NBR 10520:2002- Citações em Documentos Esta Norma especifica

Leia mais

Universidade Federal de Juiz de Fora Departamento de Nutrição Curso de Nutrição MANUAL DE RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS

Universidade Federal de Juiz de Fora Departamento de Nutrição Curso de Nutrição MANUAL DE RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS Universidade Federal de Juiz de Fora 0 MANUAL DE RELATÓRIO DE AULAS PRÁTICAS Professores: Renato Moreira Nunes Cristiane Gonçalves de Oliveira Fialho Paulo Henrique Fonseca da Silva Renata Maria Souza

Leia mais