Geração Arquivo Sped Fiscal

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Geração Arquivo Sped Fiscal"

Transcrição

1 Luciane D. Velasques 09/11/2016 1/17 Geração Arquivo Sped Fiscal Sumário 1. Introdução: Importação das notas para os Livros Fiscais: Apuração do ICMS Geração do Arquivo Sped Aba ICMS Obrigações a recolher : Abas ICMS Outros Débitos, ICMS Outros Débitos 2 e ICMS Outros Débitos 3 : Aba ICMS Estornos de Creditos : Abas ICMS Outros Créditos ICMS Outros Créditos 2 e ICMS Outros Créditos 3 : Aba ICMS Diferencial de Alíquota : Aba ICMS Estornos de Débitos : Aba ICMS Deduções : Aba ICMS Extra Apuração : Aba IPI Outros Débitos e IPI Outros Créditos : Aba Formulários :... 16

2 Luciane D. Velasques 09/11/2016 2/17 1. Introdução: O arquivo Sped Fiscal é uma obrigação Estadual, que visa promover a integração das informações Federais, Estaduais, Distrito Federal e futuramente Municipais. Este arquivo deverá ser gerado para cada CNPJ da empresa separadamente, contendo toda a movimentação de notas lançadas e emitidas no período, devendo seguir a legislação de cada estado quanto a prazo de entrega e demais regras de validação. 2. Importação das notas para os Livros Fiscais: Primeiramente deverá ser efetuada a importação das notas contidas no módulo estoque para o módulo escrita fiscal. Esta importação será efetuada pela rotina 6002 (Escrita Fiscal => Principal => Importar Nota Fiscal/CTC). Obs.: Deverá ser analisado se dentro do período a ser importado não possui alguma nota fiscal em contingência, pois estas irão impedir que o processo seja efetuado.

3 Luciane D. Velasques 09/11/2016 3/17 Rotina 6002 (Módulo Escrita Fiscal => Principal => Importar NF/CTC): Os principais filtros são: Filial = Corresponde a filia a qual fará a importação das notas; Período = informar o período que deseja fazer a importação; Tipo de notas = Entrada, Saída ou Todas; Incluir notas de serviço = Indicará se deseja que as notas de serviço sejam ou não importadas; Tipo de importação = Total ou parcial. Sendo que o tipo total irá reimportar todas as notas sobrepondo os lançamentos anteriores caso já exista alguma importação. E parcial irá importar somente as notas ainda não importadas. NF/CTC inicial NF/CTC final = possibilita que seja importada somente uma determinada nota ou CTC ou um intervalo dos mesmos. Flag Não importar observação da nota = Marcando esta flag as observações de todas as notas do estoque do período não serão levadas para os livros; Flag Zerar valores de notas anuladas = Esta flag deverá ser marcada para que as notas anuladas sejam importadas para os livros sem o valor contábil, mesmo que qualquer uma das opções não irá interferir no somatório das saídas; Flag Gerar NF s/ctc s não importados = Ao fazer esta marcação o sistema irá demonstrar se alguma nota do período não foram importadas, podendo realizar uma análise posterior sobre o motivo.

4 Luciane D. Velasques 09/11/2016 4/17 3. Apuração do ICMS É necessário realizar a apuração do ICMS para que o arquivo sped seja gerado com as informações corretas. Para isso deve ser acessado a rotina 6005 (Módulo Escrita Fiscal => Principal => Livros => Livro Apuração ICMS). Deverá ser informada a filial, pois é necessário gerar a apuração individualizada para cada loja, uma vez que o arquivo sped Fiscal é gerado por filial e não por empresa. Filial = Corresponde a filia a qual fará a importação das notas; Período = informar o período que deseja gerar a apuração do ICMS; Somar IPI no campo = Como padrão este campo é aberto com a opção Mensagem, mas pode ser alterado pelas opções Outras ou Isentos; Somar ICMS ST no campo Outras = Como padrão vem configurado com a opção SIM, mas poderá ser alterado para a opção NÃO, caso não queira que o valor do ST seja somado ao campo Outras.

5 Luciane D. Velasques 09/11/2016 5/17 Indicador de IE: - Contribuinte de ICMS - Contribuinte isento de ICMS no cadastro de contribuintes de ICMS - Não contribuinte 4. Geração do Arquivo Sped Após realizada a apuração do ICMS, poderá ser gerado o arquivo Sped Fiscal. Para isso acesse a rotina 6063 (Módulo Escrita Fiscal => Principal -> Arquivos Digitais =>Sped EFD):

6 Luciane D. Velasques 09/11/2016 6/17 Filtros a serem analisados na geração do arquivo: Diretório do arquivo = Escolha o local onde deseja salvar o arquivo gerado; Data inicial/ final = Informe o período para geração do arquivo; Filial = Deverá gerar um arquivo por filial; Versão do leiaute = Escolha sempre a ultima versão disponibilizada; Finalidade do arquivo = Escolha se o arquivo a ser gerado é original ou retificador; Buscar IPI: - Valor de crédito de IPI nos livros = Se a empresa for indústria e tiver apuração de IPI, será levado o crédito de IPI para o campo próprio no arquivo sped, caso não seja indústria não será levado. - Valor nominal de IPI nos livros = Mesmo a empresa não sendo indústria, será levado para o campo próprio do sped o valor do IPI destacado nas notas fiscais de entrada. Perfil de apresentação do arquivo fiscal = Optar pelo perfil correspondente ao qual sua empresa deve enviar o arquivo; Indicador do tipo de atividade = Optar se a empresa se refere a Industria ou equiparada ou Outros; Marcar os Blocos correspondente as informações que precisa prestar; Flag Gera registro 1700 e 1710 = Esta deverá ser desmarcada caso a empresa não possua formulários contínuos ou jogos soltos de notas. 4.1 Aba ICMS Obrigações a recolher :

7 Luciane D. Velasques 09/11/2016 7/17 Nesta aba será informado os dados da Guia de Recolhimento caso houver valor a recolher no período. Abaixo explicação dos campos desta aba: Obrigação de ICMS a Recolher: Escolha a opção correspondente; Data de vencimento: Informe a data de vencimento do imposto a ser recolhido; Código de Receita referente a obrigação (legislação estadual) = código da Receita para o qual será recolhido o imposto devido; Mês/Ano de referência: Informe o mês e o ano correspondente a apuração a ser informada; Descrição Complementar: Campo para ser informado algum complemento a respeito desta informação. 4.2 Abas ICMS Outros Débitos, ICMS Outros Débitos 2 e ICMS Outros Débitos 3 : Neste campo serão informados os Outros Débitos que não sejam oriundos de nota, ou seja, que não tenha destaque deste imposto através de nota fiscal. As informações deste campo poderão ser preenchidos manualmente ao gerar o arquivo ou então importadas do Livro de Apuração de ICMS, dos campos demonstrados abaixo:

8 Luciane D. Velasques 09/11/2016 8/17 Todos os valores informados nos campos em destaque serão apresentados na geração do arquivo sped, sendo necessário informar o código de ajuste correspondente. 4.3 Aba ICMS Estornos de Creditos : Neste campo serão informados os Estornos de Créditos que não sejam oriundos de nota, ou seja, que não tenha destaque deste imposto através de nota fiscal. As informações deste campo poderão ser preenchidos manualmente ao gerar o arquivo ou então importadas do Livro de Apuração de ICMS, dos campos demonstrados abaixo:

9 Luciane D. Velasques 09/11/2016 9/17 Todos os valores informados nos campos em destaque serão apresentados na geração do arquivo sped, sendo necessário informar o código de ajuste correspondente. 4.4 Abas ICMS Outros Créditos ICMS Outros Créditos 2 e ICMS Outros Créditos 3 : Neste campo serão informados os Outros Créditos que não sejam oriundos de nota, ou seja, que não tenha destaque deste imposto através de nota fiscal. As

10 Luciane D. Velasques 09/11/ /17 informações deste campo poderão ser preenchidos manualmente ao gerar o arquivo ou então importadas do Livro de Apuração de ICMS, dos campos demonstrados abaixo: Todos os valores informados nos campos em destaque serão apresentados na geração do arquivo sped, sendo necessário informar o código de ajuste correspondente. 4.5 Aba ICMS Diferencial de Alíquota :

11 Luciane D. Velasques 09/11/ /17 Neste campo deverá ser destacado o valor do diferencial de alíquota de ICMS pago antecipadamente referente algumas movimentações. Ao alocar um valor de diferencial de alíquota em uma pre nota através da rotina 1020 ou ainda através da rotina 1057 será demonstrado na tela de apuração de ICMS da rotina 6005 (Módulo Escrita Fiscal => Principal => Livros => Livro Apuração ICMS) conforme demonstrado as telas abaixo:

12 Luciane D. Velasques 09/11/ / Aba ICMS Estornos de Débitos : Neste campo serão informados os Estornos de Débitos que não sejam oriundos de nota, ou seja, que não tenha destaque deste imposto através de nota fiscal. As informações deste campo poderão ser preenchidos manualmente ao gerar o arquivo ou então importadas do Livro de Apuração de ICMS, dos campos demonstrados abaixo:

13 Luciane D. Velasques 09/11/ /17 Todos os valores informados nos campos em destaque serão apresentados na geração do arquivo sped, sendo necessário informar o código de ajuste correspondente. 4.7 Aba ICMS Deduções : Neste campo será informado os dados a respeito do valor de deduções referente o período apurado.

14 Luciane D. Velasques 09/11/ /17 Poderá ser informado manualmente as informações no validador, vinculando o código do ajuste e a descrição complementar. Ou ainda poderá informar a dedução através da rotina 1057 => campo ação. Para isso deverá seguir os seguintes passos: >> Acesse a rotina 1057 (Módulo Estoque => Principal => Notas => Consulta de Notas) selecione a nota fiscal desejada e no campo AÇÃO selecione a opção SPED FISCAL OBSERVAÇÃO DA NF. Ao informar os dados para o ajuste, será solicitado um código de ajuste, sendo que este deverá estar configurado no campo Reflexo na Apuração a opção Deduções. Desta forma, ao fazer este lançamento de ajuste, será levado automaticamente para a apuração do ICMS e consequentemente para o arquivo Sped Fiscal, sem necessidade de novas informações.

15 Luciane D. Velasques 09/11/ /17 Abaixo consta a tela da apuração do ICMS, onde consta o valor da dedução informada através do campo Ação da rotina 1057: 4.8 Aba ICMS Extra Apuração : Através desta opção será possível informar o valor de ICMS que não esteja vinculado a notas fiscais, ou seja, fora da apuração do ICMS.

16 Luciane D. Velasques 09/11/ / Aba IPI Outros Débitos e IPI Outros Créditos : Nestes campos serão informados de Outros Débitos e Outros Créditos de IPI para as empresas que possuem apuração de IPI Aba Formulários : Nesta aba será informado a numeração de notas liberada dos seguintes tipos: Formulário contínuo; Jogos soltos;

17 Luciane D. Velasques 09/11/ /17 Formulário de segurança NF-e; FS-DA Formulário de Segurança para Impressão de DANFE; Blocos. Caso a empresa não utilize nenhum destes tipos de notas, na aba Registros deverá desmarcar a flag Gera registro 1700 e 1710 : Após gerar o arquivo pelo sistema, deverá ser importado o mesmo no validador e realizar as devidas conferências. O validador poderá ser baixado através do seguinte link:

TCI Sistemas Integrados

TCI Sistemas Integrados TCI Sistemas Integrados Manual Gera arquivo Prefeitura 1 Índice 1 - Cadastros obrigatórios para Gerar Arquivo para Prefeitura...3 2 Gerar Arquivo...8 3 Retorno Arquivo Prefeitura...19 2 1 Cadastros obrigatórios

Leia mais

Declaração de Serviços Tomados

Declaração de Serviços Tomados Declaração de Serviços Tomados O que é isto? O que isto faz? Por meio desta página, qualquer contribuinte pode realizar a declaração dos serviços tomados para gerar as guias de Retenção. Nesta página,

Leia mais

Rateio por Despesas por Contas Contábeis

Rateio por Despesas por Contas Contábeis Rateio por Despesas por Contas Contábeis Introdução É possível efetuar configuração no sistema para que a contabilização das despesas seja rateada entre departamentos/centros de custo, de acordo com percentuais

Leia mais

Os passos a seguir servirão de guia para utilização da funcionalidade Acordo Financeiro do TOTVS Gestão Financeira.

Os passos a seguir servirão de guia para utilização da funcionalidade Acordo Financeiro do TOTVS Gestão Financeira. Acordo Financeiro Produto : RM - Totvs Gestão Financeira 12.1.1 Processo : Acordo Financeiro Subprocesso : Template de Acordo Controle de Alçada Negociação Online Data da publicação : 29 / 10 / 2012 Os

Leia mais

CONFIGURAçÃO E GERAÇÃO DO LALUR. Parâmetros

CONFIGURAçÃO E GERAÇÃO DO LALUR. Parâmetros CONFIGURAçÃO E GERAÇÃO DO LALUR Parâmetros *O campo Limite para compensação de prejuízos anteriores, é utilizado pelas empresas que em um determinado período de apuração, obtiveram prejuízo, e sobre esse

Leia mais

O sistema gestor já contem uma estrutura completa de categorias que são transferidas automaticamente para cada empresa nova cadastrada.

O sistema gestor já contem uma estrutura completa de categorias que são transferidas automaticamente para cada empresa nova cadastrada. Página2 Cadastro de Categorias O cadastro de categoria é utilizado dentro do gestor para o controle financeiro da empresa, por ela é possível saber a origem e a aplicação dos recursos, como por exemplo,

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Declaração de Serviços Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br Página 2 de 22 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES

Leia mais

HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos)

HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos) Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS HEMOVIDA (CICLO DO SANGUE - Gerenciamento de estoque para grandes eventos) Manual do Usuário Versão 1.0 Fevereiro, 2014 Índice

Leia mais

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA

LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA LIBERAÇÃO DE ATUALIZAÇÃO CORDILHEIRA (Orientamos aos clientes que utilizam banco de dados SQL, para efetuarem a atualização preferencialmente após o encerramento das atividades do dia, acessando o sistema

Leia mais

Boletim de Administração Pública Municipal

Boletim de Administração Pública Municipal Atualização: Junho 2005 Página: 3 SIAWeb Introdução: O SiaWeb é composto de três módulos Imobiliário, Mobiliário e Água e Esgoto. O uso do sistema pela Internet facilita e agiliza a troca de informações

Leia mais

OBJETIVO: Cadastrar os dados da empresa que adquiriu o sistema. As empresas cadastradas no sistema, a partir desta tela, terão influência,

OBJETIVO: Cadastrar os dados da empresa que adquiriu o sistema. As empresas cadastradas no sistema, a partir desta tela, terão influência, Cadastro de Empresa OBJETIVO: Cadastrar os dados da empresa que adquiriu o sistema. As empresas cadastradas no sistema, a partir desta tela, terão influência, principalmente, no financeiro. Anexando uma

Leia mais

Registro de Retenções Tributárias e Pagamentos

Registro de Retenções Tributárias e Pagamentos SISTEMA DE GESTÃO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS (SiGPC) CONTAS ONLINE Registro de Retenções Tributárias e Pagamentos Atualização: 20/12/2012 A necessidade de registrar despesas em que há retenção tributária é

Leia mais

SPED Contábil - Versão 3.1.9

SPED Contábil - Versão 3.1.9 SPED Contábil - Versão 3.1.9 A Escrituração Contábil Digital (ECD) é parte integrante do projeto SPED e tem por objetivo a substituição da escrituração em papel pela escrituração transmitida via arquivo,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM MANUAL DO USUÁRIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM MANUAL DO USUÁRIO PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM MANUAL DO USUÁRIO 1 ÍNDICE: Página 1 APRESENTAÇÃO... 03 2 INSTALANDO O SISTEMA... 03 3 INICIANDO O USO DO ISSC@I... 04 4 DECLARANDO OS SERVIÇOS PRESTADOS...

Leia mais

SISTEMA ISS - CURITIBA LIVRO ELETRÔNICO

SISTEMA ISS - CURITIBA LIVRO ELETRÔNICO PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS DEPARTAMENTO DE RENDAS MOBILIÁRIAS SISTEMA ISS - CURITIBA LIVRO ELETRÔNICO EMPRESAS Curitiba 2008 2 1 - CONCEITO O Sistema ISS Curitiba

Leia mais

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New

Módulo Vendas Balcão. Roteiro passo a passo. Sistema Gestor New 1 Roteiro passo a passo Módulo Vendas Balcão Sistema Gestor New Instruções para configuração e utilização do módulo Vendas balcão com uso de Impressora fiscal (ECF) 2 ÍNDICE 1. Cadastro da empresa......3

Leia mais

ISS Eletrônico. Formato de Arquivos para Transmissão de Documentos Declarados através do aplicativo OFFLINE. Extensão do Arquivo JUNHO2006.

ISS Eletrônico. Formato de Arquivos para Transmissão de Documentos Declarados através do aplicativo OFFLINE. Extensão do Arquivo JUNHO2006. ISS Eletrônico Formato de Arquivos para Transmissão de Documentos Declarados através do aplicativo OFFLINE Caro contribuinte. A transmissão de arquivos é uma facilidade fornecida pelo sistema de ISS Eletrônico

Leia mais

Boletim Técnico esocial

Boletim Técnico esocial esocial Datasul Materiais (Tomadores de Serviço) Produto : Datasul 11.5.10 - MRE -Recebimento Projeto : DMAT001/IRM2047 Data da criação : 05/03/2014 Data da revisão : 07/03/14 País(es) : Brasil Banco(s)

Leia mais

Adicional na alíquota do ICMS destinado ao Fundo Estadual de Combate à Pobreza do Paraná - FECOP Versão 1.0

Adicional na alíquota do ICMS destinado ao Fundo Estadual de Combate à Pobreza do Paraná - FECOP Versão 1.0 Perguntas & Respostas Adicional na alíquota do ICMS destinado ao Fundo Estadual de Combate à Pobreza do Paraná - FECOP Versão 1.0 1. Qual a legislação aplicável ao adicional na alíquota do ICMS destinado

Leia mais

Objetivo do Portal da Gestão Escolar

Objetivo do Portal da Gestão Escolar Antes de Iniciar Ambiente de Produção: É o sistema que contem os dados reais e atuais, é nele que se trabalha no dia a dia. Neste ambiente deve-se evitar fazer testes e alterações de dados sem a certeza

Leia mais

1 Visão Geral. 2 Instalação e Primeira Utilização. Manual de Instalação do Gold Pedido

1 Visão Geral. 2 Instalação e Primeira Utilização. Manual de Instalação do Gold Pedido Manual de Instalação do Gold Pedido 1 Visão Geral Programa completo para enviar pedidos e ficha cadastral de clientes pela internet sem usar fax e interurbano. Reduz a conta telefônica e tempo. Importa

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv

Portal dos Convênios - Siconv MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Análise, Aprovação de Proposta/Plano

Leia mais

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br

Av. Padre Claret, 146 Conj. 503 Centro Esteio/ RS Fone/ Fax: (51) 3033-6663 www.maxce.com.br CADASTRO GERAL CADASTRO PESSOA FÅSICA E PESSOA JURÅDICA CADASTROS > CADASTRO GERAL 1. PARA INCLUSÇO UM NOVO CADASTRO: a) LIMPAR TELA; b) Selecionar uma ou mais Classificações; c) Selecionar Situação ATIVADO;

Leia mais

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo.

Caso tenha alguma dificuldade nesta etapa, procure um técnico de informática para auxiliá-lo. Preenchimento da SEFIP para gerar a GFIP e imprimir as guias do INSS e FGTS Você, Microempreendedor Individual que possui empregado, precisa preencher a SEFIP, gerar a GFIP e pagar a guia do FGTS até o

Leia mais

Prefeitura de Araxá sábado, 11 de setembro de 2015

Prefeitura de Araxá sábado, 11 de setembro de 2015 sábado, 11 de setembro de 2015 ÍNDICE Desbloquear PopUps SIAT ONLINE Considerações Gerais Benefícios Pessoas Físicas. Benefícios Pessoas Jurídicas. Tela Inicial anônimos Acesso Restrito Direcionado a Empresas

Leia mais

Manual SAGe Versão 1.2

Manual SAGe Versão 1.2 Manual SAGe Versão 1.2 Equipe de Pesquisadores do Projeto Conteúdo 1. Introdução... 2 2. Criação da Equipe do Projeto (Proposta Inicial)... 3 2.1. Inclusão e configuração do Pesquisador Responsável (PR)...

Leia mais

Este tutorial tem por finalidade facilitar o cadastramento das propostas que serão submetidas ao Finep.

Este tutorial tem por finalidade facilitar o cadastramento das propostas que serão submetidas ao Finep. Este tutorial tem por finalidade facilitar o cadastramento das propostas que serão submetidas ao Finep. Publicação: 18 de novembro de 2014. Objetivo: Selecionar propostas para apoio financeiro à aquisição

Leia mais

CONTROLE FINANCEIRO - TAREFAS BENNER WEB MÓDULO CONTROLE FINANCEIRO

CONTROLE FINANCEIRO - TAREFAS BENNER WEB MÓDULO CONTROLE FINANCEIRO BENNER WEB MÓDULO CONTROLE FINANCEIRO 1 ÍNDICE 1. RELAÇÃO DE PAGAMENTO...03 1.1 Pagamento com Recurso da União - CREDENCIADOS...03 1.1.1 Geração de RP dos credenciados...03 1.1.2 Impressão da RP-Relação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO SÃO FRANCISCO UNIVASF SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO STI DEPARTAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕES MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA DE TRAMITAÇÃO DE DOCUMENTOS Versão 3.0

Leia mais

GUIA PARA ELABORAÇÃO DA DECLARAÇÃO DE IR PREVIDÊNCIA

GUIA PARA ELABORAÇÃO DA DECLARAÇÃO DE IR PREVIDÊNCIA Enviamos a todos os clientes que tenham realizado no ano-calendário de 2015 contribuições para o plano de previdência, resgates ou recebido renda de aposentadoria, o INFORME DE RENDIMENTO FINANCEIRO E

Leia mais

MELHORIAS GERA PACOTE 2

MELHORIAS GERA PACOTE 2 MELHORIAS GERA PACOTE 2 1. Pagamento e Retirada (Checkout) 1 1.1. Pagamento A Combinar na Retirada 1 1.2.Tela de Pagamento e Retirada (CheckOut) 5 1.3. Opções de Pesquisa 6 1.3.1Pesquisa por Revendedor

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos STDA Declaração do Simples Nacional relativa à Substituição Tributária e ao Diferencial de Alíquota no

Parecer Consultoria Tributária Segmentos STDA Declaração do Simples Nacional relativa à Substituição Tributária e ao Diferencial de Alíquota no STDA Declaração do Simples Nacional relativa à Substituição Tributária 11/11/2013 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas Apresentadas pelo Cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 4.

Leia mais

Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT.

Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT. Instruções para o cadastramento da Operação de Transporte e geração do Código Identificador da Operação de Transporte CIOT. Versão: 16/03/12 As instruções abaixo aplicam-se a todas as Operações de Transportes

Leia mais

Guia operação site www.atu.com.br

Guia operação site www.atu.com.br Guia operação site www.atu.com.br OBS: as telas no site bem como no sistema de gestão poderão sofrer alguma alteração, com base nos exemplos ilustrativos deste manual. 1. Objetivo Este guia tem como objetivo

Leia mais

Acesso ao Sistema Usuário: MASTER Senha : MASTER (maiúsculo ou minúsculo)

Acesso ao Sistema Usuário: MASTER Senha : MASTER (maiúsculo ou minúsculo) Manual Cobrança Caixa Acesso ao Sistema Usuário: MASTER Senha : MASTER (maiúsculo ou minúsculo) Selecionar Cedente Para utilizar o sistema, selecione o Cedente (CADASTROS > SELECIONAR CEDENTE > ACESSAR).

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI. Projeto de Informatização da. Secretaria Municipal de Saúde do. Município de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação - ATTI Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde do Município de São Paulo Programa Bolsa Família Manual de Operação Conteúdo Sumário...

Leia mais

Tutorial de Preenchimento de ARTs. Contrato com a CAIXA

Tutorial de Preenchimento de ARTs. Contrato com a CAIXA Pág. 1 1) Estrutura de Preenchimento das ARTs: A ART Principal deve conter as informações do contrato com a Caixa. As ARTs Múltiplas devem conter as ordens de serviço do mês e estarem vinculadas à ART

Leia mais

DEF. Índice: Cap. 01 DEF Peugeot. Cap. 02 DEF Volkswagen

DEF. Índice: Cap. 01 DEF Peugeot. Cap. 02 DEF Volkswagen DEF Índice: Cap. 01 DEF Peugeot Cap. 02 DEF Volkswagen Parametrização Peugeot O SISDIA preenche automaticamente a planilha do DEF Peugeot. Para isso é necessário efetuar o cadastro dos parâmetros, direcionando

Leia mais

1. Importações Cordilheira

1. Importações Cordilheira 1. Importações Cordilheira 1.1. Nf-e (Entrada) Esta rotina tem como objetivo importar as Notas Fiscais de Entrada correspondentes ao Estabelecimento, a partir de uma nota de saída de seu fornecedor. Selecione

Leia mais

COMO CRIAR UM PEDIDO DE COMPRAS

COMO CRIAR UM PEDIDO DE COMPRAS Esse guia considera que o catálogo já esteja atualizado, caso haja dúvidas de como atualizar o catálogo favor consultar o Guia de Atualização do Catálogo. Abra o programa e clique no botão Clique aqui

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos IPI Devolução

Parecer Consultoria Tributária Segmentos IPI Devolução IPI Devolução Código Situação Tributária aplicado na NF-e 12/12/2013 Título do documento Sumário 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Consultoria... 3 3.1. Nota Técnica

Leia mais

Manual Escrituração Fiscal Digital

Manual Escrituração Fiscal Digital Manual Escrituração Fiscal Digital 29/11/2013 Sumário 1 Introdução... 3 2 Funcionalidade... 3 3 Navegação no Sistema... 3 3.1 Inicialização... 3 4 Configurações Gerais... 6 4.1 Domínios... 6 4.2 Configuração

Leia mais

SISTEMA/MÓDULO: SYSMO S1 / LOGÍSTICA - WMS LIBERAÇÃO DE PRODUTOS VERSÃO: 1.00 DATA: 25/11/2006

SISTEMA/MÓDULO: SYSMO S1 / LOGÍSTICA - WMS LIBERAÇÃO DE PRODUTOS VERSÃO: 1.00 DATA: 25/11/2006 SISTEMA/MÓDULO: SYSMO S1 / LOGÍSTICA - WMS ASSUNTO: LIBERAÇÃO DE PRODUTOS VERSÃO: 1.00 DATA: 25/11/2006 1 DESCRIÇÃO As implementações realizadas na etapa de liberação de produtos do WMS tratam dos seguintes

Leia mais

e Autorizador Odontológico

e Autorizador Odontológico 1 CONTROLE DE DOCUMENTO Revisor Versão Data Publicação Diego Ortiz Costa 1.0 08/08/2010 Diego Ortiz Costa 1.1 09/06/2011 Diego Ortiz Costa 1.2 07/07/2011 2 Sumário CONTROLE DE DOCUMENTO... 2 1. Informações

Leia mais

1. Empresa Modelo...7 2.1. Dados da Empresa modelo...7 2.2. Duplicação de dados da empresa modelo...8. 3. Parâmetros da Empresa...

1. Empresa Modelo...7 2.1. Dados da Empresa modelo...7 2.2. Duplicação de dados da empresa modelo...8. 3. Parâmetros da Empresa... 1 2 Índice 1. Controle de Exercício...5 1.1. Criação de novo exercício...5 1.2. Exclusão de Exercício...6 1.3. Encerramento do exercício...6 1.4. Abertura de exercício...7 1. Empresa Modelo...7 2.1. Dados

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO CONTROLADORIA-GERAL DO ESTADO - CGE/MT

ESTADO DE MATO GROSSO CONTROLADORIA-GERAL DO ESTADO - CGE/MT Orientação Técnica 0002/2015 UNIDADE ORÇAMENTÁRIA: TODAS AS UNIDADES ORÇAMENTÁRIAS INTERESSADO: C/ CÓPIA: ASSUNTO: SECRETÁRIOS DE ESTADO E PRESIDENTES DE AUTARQUIAS,FUNDAÇÕES, EMPRESAS E DEMAIS ENTIDADES

Leia mais

SOFTWARE DE GESTÃO EMPRESARIAL. Instrução Relatórios de Auditoria Estoque/Pagar/Receber x Contabilidade

SOFTWARE DE GESTÃO EMPRESARIAL. Instrução Relatórios de Auditoria Estoque/Pagar/Receber x Contabilidade Página 1 de 7 1 Objetivo Orientar os usuários do sistema Consultor s na emissão de relatórios a fim de apurar diferenças entre o estoque/pagar/receber com a contabilidade. 2 AUDITORIA ESTOQUE X CONTABILIDADE

Leia mais

1 Dados Cadastrais... 3. 1.1.1 Cadastro de Produto Acabado... 3. 1.1.2 Cadastro de Matéria Prima... 4. 1.1.3 Níveis de Estoque... 5. 2 Processos...

1 Dados Cadastrais... 3. 1.1.1 Cadastro de Produto Acabado... 3. 1.1.2 Cadastro de Matéria Prima... 4. 1.1.3 Níveis de Estoque... 5. 2 Processos... Conteúdo 1 Dados Cadastrais... 3 1.1.1 Cadastro de Produto Acabado... 3 1.1.2 Cadastro de Matéria Prima... 4 1.1.3 Níveis de Estoque... 5 2 Processos... 10 2.1 Inventário de Estoques... 10 2.2 Entradas...

Leia mais

Manual de Processamento da DIRF

Manual de Processamento da DIRF Manual de Processamento da DIRF Pág. 1/29 Informações Importantes:...2 1. Geração dos dados da DIRF e Informe de Rendimentos...4 1.1. Filtro de Funcionários (Selecionar Autônomos)...5 1.2. Fato gerador

Leia mais

MANUAL DE INTEGRAÇÃO FORTES AC PESSOAL / CONTÁBIL

MANUAL DE INTEGRAÇÃO FORTES AC PESSOAL / CONTÁBIL MANUAL DE INTEGRAÇÃO FORTES AC PESSOAL / CONTÁBIL Página1 ÍNDICE 1. Integração de Movimentos (Folha, Férias, Adiantamento de Folha, Adiantamento de 13º, 13º Salário e Rescisão) Passo 1.1... pág. 3 Passo

Leia mais

DF-e Manager Manual de uso Manifestação do destinatário Setembro de 2015

DF-e Manager Manual de uso Manifestação do destinatário Setembro de 2015 DF-e Manager Manual de uso Manifestação do destinatário Setembro de 2015 Copyright 2015 Synchro Solução Fiscal Brasil 1 Conteúdo 1. Introdução... 3 2. A Manifestação do Destinatário no DF-e Manager...

Leia mais

Capítulo 1. Importação de Dados de Instituições Financeiras - Arquivo TXT 3

Capítulo 1. Importação de Dados de Instituições Financeiras - Arquivo TXT 3 Sumário Capítulo 1. Importação de Dados de Instituições Financeiras - Arquivo TXT 3 Capítulo 2. Importação de Dados de Instituições Financeiras - Arquivo XML 12 Capítulo 1. Importação de Dados de Instituições

Leia mais

CERTIDAO SIMPLIFICADA EXISTÊNCIA DE EMPRESA

CERTIDAO SIMPLIFICADA EXISTÊNCIA DE EMPRESA CERTIDAO SIMPLIFICADA EXISTÊNCIA DE EMPRESA Ao escolher o Tipo de Certidão Simplificada, será exibida uma lista com o tipo da simplificada a ser escolhida. A tabela de preços vale para ambas opções. Selecione

Leia mais

Sistema de Devolução Automática de Tributos Módulo Crédito em Conta Corrente

Sistema de Devolução Automática de Tributos Módulo Crédito em Conta Corrente Sumário 1 Consultar disponibilidade de restituição... 2 1.1 Consultar com senha Web ou Certificação digital... 3 1.2 Consultar com CPF ou CNPJ... 4 1.3 Consultar por Sistemas de Cobrança... 4 2 Solicitar

Leia mais

Manual do Usuário (Firma Inspetora) Versão 1.8. CMCP - Controle da Marcação Compulsória de Produtos

Manual do Usuário (Firma Inspetora) Versão 1.8. CMCP - Controle da Marcação Compulsória de Produtos Manual do Usuário (Firma Inspetora) Versão 1.8 CMCP - Controle da Marcação Compulsória de Manual do Usuário - Firma Inspetora SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 1.1. Referências... 4 2. COMO ESTÁ ORGANIZADO O

Leia mais

Portal e-contas Versão 2015: Prestação de Contas Mensais

Portal e-contas Versão 2015: Prestação de Contas Mensais Tribunal de Contas do Estado do Amazonas Diretoria de Tecnologia da Informação - DITIN Portal e-contas Versão 2015: Contas Mensais Elaborado por: Sheila da Nóbrega Silva Analista Técnico de Controle Externo

Leia mais

Manual de preenchimento da planilha de cálculo do índice de nacionalização

Manual de preenchimento da planilha de cálculo do índice de nacionalização Manual de preenchimento da planilha de cálculo do índice de nacionalização Atualizado em 02/07/15 Pág.: 1/9 SUMÁRIO Introdução... 3 1. Índice de nacionalização... 3 2. Objetivo da planilha... 4 3. O preenchimento

Leia mais

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Rateio CC Contas a Pagar

CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Rateio CC Contas a Pagar CATÁLOGO DE APLICAÇÕES Rateio CC Contas a Pagar Objetivo do projeto Possibilitar fazer lançamentos no Contas a Pagar, rateando por várias contas e/ou vários centros de custos. Escopo Este projeto englobará

Leia mais

Treinamento Hospital

Treinamento Hospital Treinamento Hospital O que é o Projeto SGU? É o projeto de implantação do sistema de gestão de planos de saúde - SGU (Sistema de Gestão Unimed) que irá substituir o Top Saúde. O Módulo SGU-Card é um sistema

Leia mais

Nota Técnica 232/2015

Nota Técnica 232/2015 Nota Técnica 232/2015 Notas da Release 2015.09.02 Grupo/Conjunto: Desenvolvimento Web/Gestão de Pessoal Versão: 1.0 Autor: Hauana Andrade Negherbon Criado em: 16/09/2015 Público Alvo: Usuários e Consultores

Leia mais

1º Encontro Sistech. Entrada de Mercadoria - SPED. www.sth.net.br

1º Encontro Sistech. Entrada de Mercadoria - SPED. www.sth.net.br 1º Encontro Sistech. Entrada de Mercadoria - SPED www.sth.net.br Entrada de Mercadoria - SPED Antonio Taumar Benício Filgueiras. Sistech Informática - Sistemas Empresariais. www.sth.net.br SPED Sistema

Leia mais

REITORA Ulrika Arns. VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto. DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho

REITORA Ulrika Arns. VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto. DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho 2014 Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação - NTIC 10/07/2014 REITORA Ulrika Arns VICE-REITOR Almir Barros da Silva Santos Neto DIRETOR DO NTIC Leonardo Bidese de Pinho COORDENADOR DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Guia de Procedimentos Bloco C (SPED PIS/COFINS) Introdução... 2

Guia de Procedimentos Bloco C (SPED PIS/COFINS) Introdução... 2 Área Fiscal Autor Prosoft Tecnologia Ltda Criação 28/02/2012 Publicação Distribuição Prosoft Tecnologia Ltda Guia de Procedimentos Bloco C (SPED PIS/COFINS) Conteúdo: Introdução... 2 Mensagem por Bloco/Registro...

Leia mais

Fluxo de Caixa. 1. Conexão ao Sistema... 2

Fluxo de Caixa. 1. Conexão ao Sistema... 2 1. Conexão ao Sistema... 2 2. Cadastros 2.1 Beneficiários 2.1.1 Dados do Beneficiário e Contatos... 3 2.1.2 Parametrização Contas do Fluxo Gerencial... 4 2.1.3 Parametrização Contas Financeiras... 4 2.1.4

Leia mais

DRE DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EMITIR UMA D.R.E NO SISTEMA DOMÍNIO CONTÁBIL

DRE DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO EMITIR UMA D.R.E NO SISTEMA DOMÍNIO CONTÁBIL DRE DEMONSTRAÇÃO DO RESULTADO DO EXERCÍCIO O D.R.E é uma demonstração contábil que visa apresentar de forma resumida o resultado apurado em relação as operações da empresa em um determinado período. O

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA (ELABORAÇÃO E ENCAMINHAMENTO AO AUDESP)

ORIENTAÇÕES SOBRE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA (ELABORAÇÃO E ENCAMINHAMENTO AO AUDESP) ORIENTAÇÕES SOBRE CONCILIAÇÃO BANCÁRIA (ELABORAÇÃO E ENCAMINHAMENTO AO AUDESP) A Conciliação Bancária se refere ao procedimento que visa comparar a movimentação financeira das contas correntes e sua escrituração

Leia mais

1 Criação do Manual 15/07/2011 Edilson J. Martins. 2 Revisão do Manual 01/10/2012 Raruana Freitas

1 Criação do Manual 15/07/2011 Edilson J. Martins. 2 Revisão do Manual 01/10/2012 Raruana Freitas 0ESTOQUE Versão Observação Data Modificação Responsável 1 Criação do Manual 15/07/2011 Edilson J. Martins 2 Revisão do Manual 01/10/2012 Raruana Freitas Página 1 ÍNDICE 1 Estoque... 3 2 Aferições... 3

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e)

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA (NFS-e) Manual de Declaração de Serviços Sistema desenvolvido por Tiplan Tecnologia em Sistema de Informação. Todos os direitos reservados. http://www.tiplan.com.br Página 2 de 30 Índice ÍNDICE... 2 1. CONSIDERAÇÕES

Leia mais

Manifestação. O Sistema de Distribuição Fiscal Eletrônica do Gosocket. Manual de Usabilidade Gadget Manifestação

Manifestação. O Sistema de Distribuição Fiscal Eletrônica do Gosocket. Manual de Usabilidade Gadget Manifestação Manifestação O Sistema de Distribuição Fiscal Eletrônica do Gosocket Manual de Usabilidade Gadget Manifestação Versão 2.00 2015 Sumário 1. Introdução... 3 2. Ativação do Gadget Manifestação... 3 3. Visão

Leia mais

Portal dos Convênios - Siconv. Cadastramento de Proponente, Consórcio Público e Entidades Privadas sem Fins Lucrativos

Portal dos Convênios - Siconv. Cadastramento de Proponente, Consórcio Público e Entidades Privadas sem Fins Lucrativos MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios - Siconv Cadastramento de Proponente, Consórcio

Leia mais

Escrita Fiscal Tron SPED FISCAL

Escrita Fiscal Tron SPED FISCAL 1 Escrita Fiscal Tron SPED FISCAL A Escrituração Fiscal Digital - EFD é um arquivo digital que se constitui de um conjunto de escriturações de documentos fiscais e de outras informações de interesse dos

Leia mais

ECF- Escrituração Contábil Fiscal 2015

ECF- Escrituração Contábil Fiscal 2015 ECF- Escrituração Contábil Fiscal 2015 Versão 1.2 (26/08/2015) Prazo de entrega 2015-30/09/2015. Instrução Normativa RFB nº 1524, de 08 de dezembro de 2014) Art. 3º A ECF será transmitida anualmente ao

Leia mais

ERP-12498 Documento de Entrada Falha "Duplicate Key violates unique constraint" emitido pelo sistema na efetivação do Documento de Entrada.

ERP-12498 Documento de Entrada Falha Duplicate Key violates unique constraint emitido pelo sistema na efetivação do Documento de Entrada. Release 3.83.1 Resumo das alterações Gerais Estoque ERP-12498 Falha "Duplicate Key violates unique constraint" emitido pelo sistema na efetivação do Documento de Entrada. Em casos onde um realiza distribuição

Leia mais

CONTABILIDADE EM TEMPO REAL

CONTABILIDADE EM TEMPO REAL CONTABILIDADE EM TEMPO REAL A EMPRESA A SINC CONTABILIDADE é uma organização especialista em assessoria nas áreas: CONTÁBIL, FISCAL, SOCIETÁRIA e TRABALHISTA. Contamos com uma equipe de profissionais qualificados

Leia mais

ROTEIRO PARA REGISTRO NO CONTAS ONLINE Programa Caminho da Escola Parte I Execução Financeira Data de atualização: 21/6/2012

ROTEIRO PARA REGISTRO NO CONTAS ONLINE Programa Caminho da Escola Parte I Execução Financeira Data de atualização: 21/6/2012 1 ROTEIRO PARA REGISTRO NO CONTAS ONLINE Programa Caminho da Escola Parte I Execução Financeira Data de atualização: 21/6/2012 Introdução O material abaixo foi elaborado para orientar de forma objetiva

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

Portal de Sistemas Integrados. Manual do Usuário. Versão: 1.0

Portal de Sistemas Integrados. Manual do Usuário. Versão: 1.0 Portal de Sistemas Integrados Manual do Usuário Versão: 1.0 Página: 1/33 Índice 1. Apresentação... 3 2. Descrição do Sistema... 3 3. Orientações Gerais ao Usuário...4 3.1. Senhas de Acesso... 4 4. Funcionalidades

Leia mais

Utilizar série 8 sempre que for gerar dados para o Converge.NET.

Utilizar série 8 sempre que for gerar dados para o Converge.NET. COMO CONFIGURAR E HOMOLOGAR O CGE PARA USAR CONVERGE.NET Para Usuários de NFS-e de Cascavel CONFIGURAÇÕES NFS-e NO CGE As configurações de notas fiscais de serviço no Gerenciador de Escritórios estão localizadas

Leia mais

MANUAL DO PUBLICADOR

MANUAL DO PUBLICADOR MANUAL DO PUBLICADOR Brasília 2010/2013 1 SUMÁRIO 1 Introdução... 5 2 O Sistema... 5 2.1 Módulos do Sistema... 6 2.2 Perfis do Sistema... 6 2.2.1 Perfil Publicador... 7 3 Publicar Documentos - Publicador...

Leia mais

CONTROLE DE DOCUMENTOS

CONTROLE DE DOCUMENTOS 1. OBJETIVO Estabelecer critérios e regras quanto ao procedimento de conferência e arquivamento dos documentos fiscais. 2. REGRAS / CONSIDERAÇÕES GERAIS Esta instrução aplica-se a toda a empresa. Será

Leia mais

MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE

MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE MANUAL HAE - WEB MANUAL WEB HAE PROJETO HAE - WEB www.cpscetec.com.br/hae *NÃO DEVERÃO ser lançados os projetos de Coordenação de Curso, Responsável por Laboratório, Coordenação de Projetos Responsável

Leia mais

MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA.

MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. MANUAL DECRETO 52.665/2008 - SP SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA. Neste manual serão demonstradas as alterações efetuadas no Sistema E-Fiscal para atender ao decreto 52.665/2008 - SP. Foi inserida a opção Apuração

Leia mais

Soluções Inovadoras. FlyFlex. Fly Solution

Soluções Inovadoras. FlyFlex. Fly Solution Soluções Inovadoras FlyFlex Versão 1.00 Fly Solution O Software FlyFlex 1.00 FlyFlex é um software desenvolvido pela empresa Fly Solution para atender a necessidade de gestão de negócios de pequenas e

Leia mais

Processo Entrada Geração de Notas Fiscais para gerar estoques para produtos de fabricação próprios

Processo Entrada Geração de Notas Fiscais para gerar estoques para produtos de fabricação próprios Página 1 Processo Entrada Geração de Notas Fiscais para gerar estoques para produtos de fabricação próprios Página 2 Sumário Procedimento para criar inventário:... 03 Procedimento para atualizar o inventário:...

Leia mais

TUTORIAL CONTROLE DE VALES

TUTORIAL CONTROLE DE VALES Últimas alterações Abaixo, descrição da criação e das últimas alterações efetuadas no documento especificando, a data, a versão e o comentário da alteração realizada. Data Versão Comentário 28/12/2012

Leia mais

MIT041 - Especificação de Processos Padrão do Módulo Financeiro - Protheus Cliente: Caern - Companhia de Água e Esgoto do Rio Grande do Norte

MIT041 - Especificação de Processos Padrão do Módulo Financeiro - Protheus Cliente: Caern - Companhia de Água e Esgoto do Rio Grande do Norte Página: 1 de 34 8. Contas a Pagar: O departamento ou a Gestão de Contas a Pagar de uma determinada empresa e/ou organização é responsável por fazer toda a gestão dos compromissos que são assumidos por

Leia mais

SISTEMA DE AUTORIZAÇÃO DE ACESSO - SAA

SISTEMA DE AUTORIZAÇÃO DE ACESSO - SAA SISTEMA DE AUTORIZAÇÃO DE ACESSO - SAA GUIA DE UTILIZAÇÃO DO SAA PARA USUÁRIO FINAL SAA Guia_UsuarioFinal 1 de 15 ÍNDICE Objetivo 3 Audiência 3 Login 4 Alterar Senha Inicial 7 Termo de Responsabilidade

Leia mais

RAIS RELAÇÃO ANUAL DE INFORMAÇÕES SOCIAIS

RAIS RELAÇÃO ANUAL DE INFORMAÇÕES SOCIAIS RAIS RELAÇÃO ANUAL DE INFORMAÇÕES SOCIAIS O que é? A RAIS é um instrumento de coleta de dados utilizado pela gestão governamental do setor do trabalho, Instituída pelo Decreto nº 76.900, de 23/12/75, a

Leia mais

8 Crie um pequeno sistema para controle automatizado de estoque, com os seguintes registros:

8 Crie um pequeno sistema para controle automatizado de estoque, com os seguintes registros: TRABALHO: REGISTROS 8 Crie um pequeno sistema para controle automatizado de estoque, com os seguintes registros: CLIENTES NOTAS ITENS_NOTAS PRODUTOS Cod_cliente Num_NF Num_NF Cod_produto Endereco Cod_cliente

Leia mais

APOSTILA PORTAL VERSÃO: EMISSOR

APOSTILA PORTAL VERSÃO: EMISSOR APOSTILA PORTAL VERSÃO: EMISSOR Sumário Sumário... 2 ACESSAR O PORTAL... 4 TELA INICIAL... 4 1º Recurso: BEM VINDO... 5 Altere sua senha... 5 Sair do Sistema... 5 2º Recurso: COMUNICAÇÃO... 5 3º Recurso:

Leia mais

SPED Fiscal PREENCHIMENTO

SPED Fiscal PREENCHIMENTO SPED Fiscal PREENCHIMENTO Guia de Registros - Tipo 0 Registro 0000: Abertura do arquivo digital e identificação da entidade. Registro obrigatório e corresponde ao primeiro registro do arquivo. Registro

Leia mais

NOVIDADES E PRINCIPAIS DÚVIDAS

NOVIDADES E PRINCIPAIS DÚVIDAS NOVIDADES E PRINCIPAIS DÚVIDAS NOVIDADES - PORTAL NOVO PORTAL (07/2012) NOVIDADES - LEGISLAÇÃO Legislação: LC 139/2011 (14/12/2011) alterações na 123/2006. Resolução CGSN 94/2011 (29/11/2011) efeitos a

Leia mais

MANUAL - ALTERAÇÃO DO ESTOQUE DA ESCOLA - Versão 3

MANUAL - ALTERAÇÃO DO ESTOQUE DA ESCOLA - Versão 3 MANUAL - ALTERAÇÃO DO ESTOQUE DA ESCOLA - Versão 3 Prezados, Informamos que a partir do dia 18/04/2016, as escolas não poderão mais alterar o estoque através da tela Editar Produto em Estoque. Sendo assim,

Leia mais

ISSQN MANUAL DO USUÁRIO

ISSQN MANUAL DO USUÁRIO ISSQN MANUAL DO USUÁRIO Roteiro Tomadores de Serviços 2013 Índice: 1. Geração da Senha na Prefeitura... 3 2. Acesso ao Sistema... 3 3. Trocar Senha de Acesso... 3 4. Declaração Eletrônica de Serviços Tomados...

Leia mais

Manual Remessa Bancária

Manual Remessa Bancária Manual Remessa Bancária SUPERANDO DESAFIOS Identificação: 12.06a Autora: Laila M G Gechele Doc. Vrs. 01 Aprovado em: Revisores: Nota de copyright Copyright 2012 Teorema Informática, Guarapuava. Todos os

Leia mais

ISSQN MANUAL DO USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRAS / BANCOS

ISSQN MANUAL DO USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRAS / BANCOS ISSQN MANUAL DO USUÁRIO INSTITUIÇÃO FINANCEIRAS / BANCOS 2013 Índice: 1. Geração da Senha na Prefeitura... 3 2. Acesso ao Sistema...3 3. Trocar Senha de Acesso... 3 4. Declaração dos Serviços Prestados...

Leia mais

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Manual do Usuário Módulo Controle de Qualidade Analítico

Gerenciador de Ambiente Laboratorial - GAL Manual do Usuário Módulo Controle de Qualidade Analítico Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Informática do SUS DATASUS Gerenciador de Ambiente Laboratorial GAL Manual do Usuário Módulo Laboratório Manual de Operação_Módulo Laboratório_Controle

Leia mais

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins

Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins Manual De Sped Fiscal E Sped Pis / Cofins 29/05/2012 1 O Sped fiscal e Pis/Confins é uma arquivo gerado através do sistema da SD Informática, onde este arquivo contem todos os dados de entrada e saída

Leia mais

1. Introdução... 3. 2. Principais pontos de impacto da certificação... 3. 3. Entrada na Aplicação... 4. 3.1. Aplicação Não certificada...

1. Introdução... 3. 2. Principais pontos de impacto da certificação... 3. 3. Entrada na Aplicação... 4. 3.1. Aplicação Não certificada... 1. Introdução... 3 2. Principais pontos de impacto da certificação... 3 3. Entrada na Aplicação... 4 3.1. Aplicação Não certificada... 4 3.2. Aplicação Certificada... 5 3.3. Devoluções a Fornecedores e

Leia mais