Guia de Referência do Simulador Online

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guia de Referência do Simulador Online"

Transcrição

1 09 de Junho de 2009 Guia de Referência do Simulador Online Versão 2.0

2 Índice Introdução Glossário Que equipamento devo ter? Como aceder ao simulador? Quais os dados que devo saber para fazer uma simulação? Posso a qualquer momento guardar a minha simulação? Como posso saber se os dados introduzidos estão válidos? Posso passar para o passo anterior e seguinte sem perder os dados? O que acontece se pressionar em Sair? Cheguei ao passo 6 e agora? AMA Agência para a Modernização Administrativa, IP - Rua Abranches Ferrão nº 10 3 G Lisboa

3 Índice (Continuação) Já tenho um ficheiro com uma simulação e agora? Passos do Sistema Passo 0 Tipo de Pedido Passo 1 Informações Gerais Passo 2 Caracterização das Actividades Económicas Passo 3 Caracterização das Operações de Gestão de Resíduos Passo 4 Caracterização de Substâncias Perigosas Passo 5 Outro Tipo de Informação Passo 6 Resultado Como posso visualizar o Cronograma do Processo?

4 Índice (Continuação) O que acontece se pressionar em Início? Como posso visualizar o cronograma do Processo? O que acontece se pressionar em Criar Formulário? O pedido de Licenciamento Industrial termina com a simulação? O que preciso para efectuar o pedido de Licenciamento Industrial? AMA Agência para a Modernização Administrativa, IP - Rua Abranches Ferrão nº 10 3 G Lisboa

5 Glossário EC Entidade Coordenadora; ALE Área de Localização Empresarial; AIA Avaliação de Impacte Ambiental; DIA Diploma de Impacte Ambiental; EIA Estudo de Impacte Ambiental; PCIP Prevenção e o Controlo Integrados da Poluição; PAG Prevenção de Acidentes Graves que envolvam substâncias perigosas; OGR Perigosos Operação de Gestão de Resíduos Perigosos; OGR Não Perigosos Operação de Gestão de Resíduos Não Perigosos; TEGEE Título de Emissão de Gases com Efeito de Estufa; COV Composto Orgânico Volátil; CELE Comércio de Licenças de Emissão de Gases com Efeito de Estufa; REAI Regime de Exercício de Actividade Industrial; RJUE Regime Jurídico da Urbanização e Edificação. AMA Agência para a Modernização Administrativa, IP - Rua Abranches Ferrão nº 10 3 G Lisboa

6 Introdução - O Simulador permite efectuar a simulação, para um pedido online ou presencial, para a instalação de um estabelecimento industrial. Esta componente não necessita de qualquer tipo de autenticação. O resultado da simulação devolve ao industrial um conjunto de informação fundamental que lhe permite enquadrar o seu estabelecimento industrial. - O simulador é constituído por um conjunto mínimo e essencial de perguntas que permitirão enquadrar o estabelecimento industrial segundo: - Tipologia; Procedimento; Entidade Coordenadora; Regimes conexos; Taxas a pagar; Prazos máximos do processo. - A simulação é constituída por 6 passos sequenciais. - Em qualquer um dos passos do Simulador o utilizador poderá cancelar a operação (terminar a simulação) ou guardar os dados já introduzidos. AMA Agência para a Modernização Administrativa, IP - Rua Abranches Ferrão nº 10 3 G Lisboa

7 Que equipamento devo ter? - Cada um dos postos de trabalho utilizados para o acesso ao sistema de licenciamento industrial (Simulador), terá que ter o mínimo de requisitos de hardware e software necessário à sua correcta utilização. Desta forma, os computadores utilizados como postos de trabalho deverão ter as seguintes características: Pentium com processador 300-megahertz (MHz) ou superior; 128 MB de RAM ou superior; Teclado; Rato; Placa Gráfica e Monitor Super VGA com resolução de 800x600 ou superior; Internet Explorer 7.0; 1 Mb ou superior de velocidade de ligação à internet; Leitor de dados: CD/DVD, porta USB para leitores de memória. Equipamento necessário para recolha de informação em formato papel: 1 Aparelho de digitalização (dimensão A4) de alto débito (gama intermédia); 1 Aparelho de digitalização (dimensão A2). AMA Agência para a Modernização Administrativa, IP - Rua Abranches Ferrão nº 10 3 G Lisboa

8 Como aceder ao Simulador? - O acesso é efectuado através do sítio do Portal da Empresa ( pelo Industrial (ou seu representante) ou através de um funcionário de uma das Entidades com permissão para a realização de pedidos presencias (Entidades Coordenadoras e Lojas de Empresa). Neste caso o acesso será realizado através do Back-Office REAI ( após a introdução das credenciais de acesso à plataforma REAI. - O acesso ao Simulador não requer autenticação e pode ser efectuado por qualquer pessoa que aceda ao Portal da Empresa ou que se dirija a um posto de atendimento presencial numa Entidade Coordenadora ou Loja da Empresa. AMA Agência para a Modernização Administrativa, IP - Rua Abranches Ferrão nº 10 3 G Lisboa

9 Quais os dados que devo saber para fazer uma simulação? - Localização do estabelecimento industrial: - Está localizado numa Área Sensível? Ou - Está localizado em Área de Localização Empresarial (ALE) - Potência eléctrica e térmica: - Potência eléctrica contratada (em kva); - Potência térmica instalada (em 10 6 kj/h ou MW). - Quais as actividades industrias (identificadas através da CAE) do estabelecimento industrial indicando qual é a que melhor o caracteriza; - Para cada uma das CAE existirão perguntas específicas às quais o requerente terá que saber responder (por exemplo): - Capacidade instalada de produção de produto final; - Capacidade de consumo de solventes; - Número de trabalhadores afectos a cada CAE; AMA Agência para a Modernização Administrativa, IP - Rua Abranches Ferrão nº 10 3 G Lisboa

10 Quais os dados que devo saber para fazer uma simulação (continuação)? - Informação sobre a Gestão de Resíduos: - Conjunto de questões relacionadas com a Valorização de Resíduos Perigosos; - Conjunto de questões relacionadas com a Eliminação de Resíduos Perigosos; - Conjunto de questões relacionadas com a Valorização de Resíduos Não Perigosos; - Conjunto de questões relacionadas com a Eliminação de Resíduos Não Perigosos; - Indicação das substâncias perigosas, Lista de Substâncias Designadas e de acordo com as Categorias Seveso, utilizadas no estabelecimento industrial; - Informação sobre Operação urbanística e Projecto de interesse económico (para estabelecimento enquadrados no regime AIA). AMA Agência para a Modernização Administrativa, IP - Rua Abranches Ferrão nº 10 3 G Lisboa

11 Posso a qualquer momento guardar a minha Simulação? - O utilizador pode, a qualquer momento, pressionar o botão Guardar de forma a que os dados da sua simulação sejam guardados num ficheiro do tipo.rtf. Assim poderá retomar a simulação posteriormente. Importante: Não deverá alterar a extenção (.rtf) do ficheiro. Se tentar abrir o ficheiro, não o conseguirá interpretar. Apenas pode ser utilizado no Simulador Online. AMA Agência para a Modernização Administrativa, IP - Rua Abranches Ferrão nº 10 3 G Lisboa

12 Como posso saber se os dados introduzidos estão válidos? - Ao pressionar o botão Próximo a aplicação valida todos os dados introduzidos no passo da simulação em que se encontra. Se existir algum campo que não foi preenchido ou preenchido de forma incorrecta será disponibilizada uma mensagem de erro (de cor amarela), caso contrário a simulação continua para o passo seguinte.

13 Posso passar para o passo anterior e próximo sem perder os dados? - Ao pressionar o botão Próximo, de forma a continuar a simulação, os dados já inseridos são validados e guardados (até o Simulador ser fechado). - Ao pressionar o botão Anterior, de forma a analisar os dados inseridos no passo anterior, os dados já inseridos não serão guardados. Conclusão: Os dados apenas serão guardados após a sua correcta validação (ao avançar, passo a passo). Não guarda dados do Passo 1 Informação Geral Guarda dados do Passo 1 Informação Geral

14 O que acontece se pressionar em Sair? - Ao pressionar o botão Sair, o utilizador será redireccionado para a página inicial do Simulador, sem guardar os dados da simulação. Sai para a página inicial do Simulador e não guarda dados da simulação.

15 Cheguei ao passo 6 e agora? - O passo 6 sistematiza o resultado da simulação e apresenta as seguintes opções: Visualizar Cronograma do Processo disponibiliza, gráficamente, os trâmites administrativos do processo de licenciamento industrial; Guardar permite guardar simulação num ficheiro; todos os dados da Sair permite ao utilizador sair da simulação sem gravar os dados; Início permite ao utilizador ser reencaminhado para o passo 0; Anterior passo anterior; permite ao utilizador passar para o Criar Formulário Online permite ao utilizador dar início ao Pedido de Licenciamento com base nas informações preenchidas no Simulador;

16 Já tenho um ficheiro com uma simulação gravada, o que fazer? - O utilizador pode recuperar os dados de uma simulação, gravada anteriormente, de forma a realizar alterações ou apenas avançar até ao Passo 6, permintindo Criar Formulário Online. - Para recuperar uma simulação o utilizador deve pressionar em clique aqui, na página inicial do Simulador Online, de forma a poder submeter o ficheiro com os dados da simulação. - Depois de escolher o ficheiro, o utilizador deve pressionar em Carregar de forma submeter os dados para o Simulador.

17 - O utilizador neste passo escolhe o tipo de pedido que deseja efectuar: Passo 0 Tipo de Pedido Pedido de Autorização de Instalação para licenciar novos estabelecimentos industriais; Pedido de Regularização para regularizar um estabelecimento industrial já existente; Pedido de Autorização de Alteração para licenciar alterações realizadas no estabelecimento industrial.

18 Passo 1 Informações Gerais - Como visualizar os códigos CAE válidos? Seleccionar esta opção Importante: Ao seleccionar a caixa associada à visualização da lita de CAE, esta será disponibilizada em forma de árvore. - Posso introduzir mais que uma CAE? O utilizador pode inserir mais que uma CAE, mas apenas uma é que pode ser a Actividade que melhor caracteriza o Estabelecimento.

19 Passo 2 Caracterização das Actividades Económicas - Porque não posso colocar todos os campos a zero? O utilizador tem que inserir pelo menos uma resposta, relativa a capacidades instaladas, com valor superior a zero. - Porque é necessário introduzir novamente o número de trabalhadores? Em caso de empate, na definição da Entidade Coordenadora do estabelecimento industrial, será verificado qual das actividades CAE apresenta o maior número de trabalhadores. Não poderá introduzir, por actividade industrial, um número de trabalhadores superior ao total (introduzido no Passo 1). - Se cada actividade CAE apresentar o mesmo número de trabalhadores, o que acontece? Se se verificar que o número de trabalhadores é igual em ambas as actividades CAE, o desempate é determinado em função da indicação sobre qual a CAE que melhor carateriza o estabelecimento industrial. As respostas a estas questõe permitem enquadrar o estabelecimento industrial segundo os regimes: Compostos Orgânicos Voláteis (COV), Comércio Europeu de Licenças de Emissão (CELE), Prevenção e Controlo Integrado de Poluição (PCIP) e/ou em Avaliação de Impacte Ambiental (AIA).

20 Passo 3 Caracterização das Operações de Gestão de Resíduos - Neste ecrã irão aparecer as perguntas relativas à Operação de Gestão de Resíduos de forma a enquadrar o estabelecimento/instalação nos regimes Operação de Gestão de Resíduos Não Perigosos (OGRNP) e Operação de Gestão de Resíduos Perigosos (OGRP). As respostas a estas perguntas podem também determinar o enquadramento do processo nos regimes Avaliação de Impacte Ambiental (AIA) e Prevenção e Controlo Integrado de Poluição (PCIP) se tal ainda não tiver acontecido.

21 Passo 4 Caracterização de Substâncias Perigosas - Onde posso consultar a lista das substâncias perigosas? O utilizador pode consultar essa lista no Passo 4 pressionando em clique aqui Para poder responder à questão Das substâncias listadas, alguma se econtra no seu estabelecimento? é necessário que o utilizador visualize a lista de Substâncias Perigosas.

22 Passo 5 Outro Tipo de Informação - Neste ecrã irão aparecer as perguntas relativas à Operação Urbanística. - A pergunta O estabelecimento situa-se em área que admite expressamente o uso industrial? só será efectuada se o estabelecimento for de tipologia 1 ou 2. Neste passo o industrial poderá consultar o SNIT de forma a saber responder a esta pergunta.

23 Passo 5 Outro Tipo de Informação - Neste ecrã irão aparecer as perguntas relativas à Operação Urbanística. -A pergunta O estabelecimento industrial envolve a realização de operação urbanística sujeita a Controlo Prévio de Operações Urbanísticas (operação de loteamento, obra de construção, alteração do título de utilização, etc) Sim Não nos termos do Regime Jurídico da Urbanização e Edificação (RJUE)? só será efectuada se o estabelecimento for de tipologia 3.

24 Passo 6 Resultado - As informações disponibilizadas em ecrã como resultado da simulação serão: Tipologia da Empresa Entidade Coordenadora do processo de licenciamento com os respectivos contactos. É determinada a Entidade Coordenadora em função do concelho do estabelecimento industrial. Os regimes jurídicos a que estará sujeito o estabelecimento/instalação A Taxa que deverá ser paga pelo pedido de licenciamento. Poderão ser apresentadas notas relativamente a taxas suplementares das quais o requerente deve ser informado. A Taxa que deverá ser paga no momento do pedido da Licença de Exploração (para a tipologia 1) A Taxa que deverá ser paga pelo pedido de Vistoria (para as tipologias 2 ou 3 com actividades agro-alimentar) Serão sempre apresentadas as taxas a pagar quando se trate de pedidos submetidos Online ou via Canal Presencial. Prazos Máximos do pedido Cronograma do pedido - Após a simulação será permitido que o industrial inicie o processo de preenchimento do Formulário Online do pedido de licenciamento ou que finalize a simulação sem formalizar o pedido.

25 Como posso visualizar o cronograma do processo? - Para visualizar o cronograma do processo, é necessário estar no Passo 6 Resultado e escolher a opção Visualizar Cronograma do Processo.

26 O que acontece se pressionar em Início no passo 6? - Ao pressionar o botão Inicio o utilizador é reencaminhado para a página inicial do Simulador, sem perder os dados da simulação.

27 O que acontece se pressionar em Criar Formulário? - O utilizador ao pressionar no botão Criar Formulário dá início ao Pedido de Licenciamento com base nas informações preenchidas no Simulador.

28 O pedido de Licenciamento industrial termina com a simulação? - Não, após a simulação será permitido que o industrial inicie o processo de preenchimento do formulário Online do pedido de licenciamento ou que finalize a simulação sem formalizar o pedido. Simulador REAI Formaliza pedido? Formulário REAI Termina Simulação

29 O que preciso para efectuar o pedido de Licenciamento Industrial? - O utilizador acede à opção de simulação existente no Portal da Empresa, no serviço Licenciamento Industrial, sendo então direccionado para os ecrãs de simulação onde deverá preencher os valores necessários para a obtenção dos resultados. - Após realizar a simulação do licenciamento, decide por dar início ao Pedido de Licenciamento com base nas informações preenchidas no Simulador. O utilizador fará o preenchimento de alguns campos do formulário de acordo com o mapeamento de correlação entre os campos do simulador e os campos do formulário. O sistema então irá gerar uma referência Multibanco ou um pagamento visa.

30 09 de Junho de 2009 Guia de Referência do Simulador Online Versão 2.0

Guia de Referência do Formulário Online

Guia de Referência do Formulário Online 08 de Junho de 2009 Guia de Referência do Formulário Online Versão 2.0 Índice Introdução Glossário Que equipamento devo ter? Como aceder ao Formulário? Quais os dados que devo saber para preencher o formulário?

Leia mais

Plataforma REAI. Guia prático de alterações e novas funcionalidades Versão 2.1.9 (implementada em 28 setembro de 2012)

Plataforma REAI. Guia prático de alterações e novas funcionalidades Versão 2.1.9 (implementada em 28 setembro de 2012) Plataforma REAI Guia prático de alterações e novas funcionalidades Versão 2.1.9 (implementada em 28 setembro de 2012) ÍNDICE 1 Enquadramento 2 Licença de Exploração 3 Novos mecanismos de validação nos

Leia mais

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito

Comunicação de Dados de Autenticação e Credenciais de Acesso para Resposta ao Inquérito Mais informação Acesso ao Sistema de Transferência Electrónica de dados de Inquéritos (STEDI). Onde se acede ao sistema de entrega de Inquéritos? Deverá aceder ao sistema através do site do GEP www.gep.mtss.gov.pt

Leia mais

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador MATRÍCULA ELECTRÓNICA Manual do Utilizador ÍNDICE 1 PREÂMBULO... 2 2 UTILIZAÇÃO PELOS ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO... 3 2.1 Matrícula Electrónica - Acesso através do Portal das Escolas... 3 2.2 Registo de

Leia mais

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador

EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE. GestProcessos Online. Manual do Utilizador EAmb V.1 ESPOSENDE AMBIENTE GestProcessos Online Manual do Utilizador GestProcessos Online GABINETE DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EAmb Esposende Ambiente, EEM Rua da Ribeira 4740-245 - Esposende

Leia mais

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS

MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS MANUAL DE SUBMISSÃO DE PEDIDOS PARA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DE UM MEDICAMENTO MODELO OMS E DECLARAÇÕES DE MEDICAMENTOS GLOSSÁRIO... 2 INTRODUÇÃO... 3 Objectivo... 3 DEFINIÇÕES... 3 Certificado de um medicamento

Leia mais

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias AVP003. Manual de Utilizador Externo - Entregas ao Domicílio e Vendas via Internet

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias AVP003. Manual de Utilizador Externo - Entregas ao Domicílio e Vendas via Internet Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias AVP003 Manual de Utilizador Externo - Entregas ao Domicílio e Vendas via de Índice 1 Introdução... 4 1.1 Objetivo...4 1.2 Funcionalidades...5 1.3 Autenticação...5

Leia mais

online > Através de formulário > ComoCartãodeCidadão > Associação do Cartão de Cidadão 1. Aderir ao serviço

online > Através de formulário > ComoCartãodeCidadão > Associação do Cartão de Cidadão 1. Aderir ao serviço online 1. Aderir ao serviço > Através de formulário > ComoCartãodeCidadão > Associação do Cartão de Cidadão 2. Navegar no BAV 3. Consultar requisitos > Autenticação no BAV > Navegação nos menus > Localização

Leia mais

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET

WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET MANUAL DO UTILIZADOR WEBSITE DEFIR PRO WWW.DEFIR.NET 1. 2. PÁGINA INICIAL... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 2.1. 2.2. APRESENTAÇÃO E ESPECIFICAÇÕES... 3 TUTORIAIS... 4 3. DOWNLOADS... 5 3.1. 3.2. ENCOMENDAS (NOVOS

Leia mais

MUNICÍPIO DE PORTEL CÂMARA MUNICIPAL

MUNICÍPIO DE PORTEL CÂMARA MUNICIPAL MUNICÍPIO DE PORTEL CÂMARA MUNICIPAL Sistema da Industria Responsável _ SIR Projeto de alteração à Tabela de taxas e licenças municipais decorrente da aplicação do SIR _ Sistema da Industria Responsável

Leia mais

PONTO DE CONTATO ELETRÓNICO COM OS TRIBUNAIS ARBITRAIS

PONTO DE CONTATO ELETRÓNICO COM OS TRIBUNAIS ARBITRAIS PONTO DE CONTATO ELETRÓNICO COM OS TRIBUNAIS ARBITRAIS MANUAL DE UTILIZADOR INFARMED - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P. Parque de Saúde de Lisboa - Avenida do Brasil, 53 1749-004

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO

SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO SISTEMA DE INFORMAÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES DO ESTADO SIPART (versão Setembro/2004) Manual de Utilização ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO...3 2. ACEDER À APLICAÇÃO...4 3. CRIAR NOVO UTILIZADOR...5 4. CARACTERIZAÇÃO GERAL

Leia mais

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores

CGA Directa. Manual do Utilizador. Acesso, Adesão e Lista de Subscritores CGA Directa Manual do Utilizador Acesso, Adesão e Lista de Subscritores Versão 1.00 de 10 de Março de 2008 Índice Pág. Introdução 3 Capítulo 1 Capítulo 2 Capítulo 3 Acesso Acesso 4 Adesão Adesão 5 2.1

Leia mais

MANUAL DO CANDIDATO PASSO A PASSO

MANUAL DO CANDIDATO PASSO A PASSO MANUAL DO CANDIDATO PASSO A PASSO 1 1.1 CSSnet passo a passo Para efectuar o processo de candidatura o candidato deverá aceder ao portal da ESTES, onde seja anunciado a disponibilização da candidatura

Leia mais

Procedimento para inscrição online 2015/16

Procedimento para inscrição online 2015/16 Procedimento para inscrição online 2015/16 Passo 1. Aceder à Secretaria Virtual A inscrição deverá ser realizada no netp@ - Portal de serviços académicos, em: https://academico.ualg.pt Passo 2. Efetuar

Leia mais

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados

Instituto Politécnico de Tomar. Manual da Área de Secretariados Instituto Politécnico de Tomar Manual da Área de Secretariados Última actualização: 13 de Outubro de 2004 Índice Como aceder a Área de Secretariados...2 O que posso efectuar na Área de Secretariado (Acções)...4

Leia mais

Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares)

Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares) POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO DE SEGURANÇA PRIVADA (SIGESP) Manual do Utilizador do Registo Prévio (Entidades Coletivas e Singulares)

Leia mais

OpenBook reconhecimento de caracteres para voz

OpenBook reconhecimento de caracteres para voz OpenBook reconhecimento de caracteres para voz MANUAL DO UTILIZADOR O OpenBook é um software que transforma o seu computador pessoal e scanner numa máquina de leitura multifacetada. Utilize qualquer dos

Leia mais

M a n u a l d o C a n d i d a t o

M a n u a l d o C a n d i d a t o Para efectuar o processo de candidatura deverá aceder ao site abaixo indicado. Link: http://ff.academicos.ul.pt/cssnetff Para iniciar o processo é necessário clicar no tipo de curso que se pretende candidatar,

Leia mais

GUIA DE APOIO ÀS CANDIDATURAS

GUIA DE APOIO ÀS CANDIDATURAS GUIA DE APOIO ÀS CANDIDATURAS Recomendações Gerais para Preenchimento do Formulário de Candidatura: ANTES do preenchimento da candidatura: o que precisa saber/ fazer? Reunir informação: Consultar as Normas

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 2 Departamento de Segurança Privada Março de 2014 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 2. (Março de 2014)

Leia mais

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1

Versão 1.0. [08.02.2012] 2012, Portugal - Efacec Sistemas de Gestão S.A. Todos os direitos reservados. 1 Copyright 2012 Efacec Todos os direitos reservados. Não é permitida qualquer cópia, reprodução, transmissão ou utilização deste documento sem a prévia autorização escrita da Efacec Sistemas de Gestão S.A.

Leia mais

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA

POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DIRECÇÃO NACIONAL Plataforma eletrónica Versão 1.0 Departamento de Segurança Privada Abril de 2012 Manual do Utilizador dos Serviços Online do SIGESP Versão 1.0 (30 de abril

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

Manual de candidatura por via electrónica

Manual de candidatura por via electrónica 2 Concursos de Pessoal Docente regulados pelo Decreto Legislativo Regional n.º /2009/M de de Junho. Ano Escolar 2009/2010 Manual de candidatura por via electrónica É essencial que leia este manual antes

Leia mais

Manual de Apoio ao Cogerador Simulador do Cogerador

Manual de Apoio ao Cogerador Simulador do Cogerador Manual de Apoio ao Cogerador Simulador do Cogerador Jorge Mendonça e Costa jmcosta@cogenportugal.com Manual de Apoio ao Cogerador Simulador do Cogerador Manual de Apoio ao Cogerador: Motivação Manual de

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR SISTEMA DE ACONSELHAMENTO AGRÍCOLA PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO PEDIDO DE INFORMAÇÃO

MANUAL DO UTILIZADOR SISTEMA DE ACONSELHAMENTO AGRÍCOLA PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO PEDIDO DE INFORMAÇÃO MANUAL DO UTILIZADOR SISTEMA DE ACONSELHAMENTO AGRÍCOLA PEDIDO DE AUTORIZAÇÃO PEDIDO DE INFORMAÇÃO Índice 1. INTRODUÇÃO... 5 1.1. Considerações Gerais... 5 1.2. Portal do IFAP... 6 1.3. Acesso à aplicação...11

Leia mais

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007

SAFT para siscom. Manual do Utilizador. Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01. Data criação: 21.12.2007 Manual do Utilizador SAFT para siscom Data última versão: 07.11.2008 Versão: 1.01 Data criação: 21.12.2007 Faro R. Dr. José Filipe Alvares, 31 8005-220 FARO Telf. +351 289 899 620 Fax. +351 289 899 629

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA

CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA 2014 CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA Direcção Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social [DOCUMENTO DE APOIO À CANDIDATURA ON LINE ] Para mais esclarecimentos, ligue para 21 798 86 01/ 86 55 ou através

Leia mais

PLATAFORMA DE SUPORTE AO REGIME PARA O EXERCÍCIO DA ACTIVIDADE INDUSTRIAL (REAI)

PLATAFORMA DE SUPORTE AO REGIME PARA O EXERCÍCIO DA ACTIVIDADE INDUSTRIAL (REAI) PLATAFORMA DE SUPORTE AO REGIME PARA O EXERCÍCIO DA ACTIVIDADE INDUSTRIAL (REAI) O presente documento contém informação complementar às acções de formação/workshop realizadas no âmbito da Plataforma de

Leia mais

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL

Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Guia de Acesso/Apresentação de Pedidos de Apoio Sistema de Informação RURAL Índice 1. Introdução...3 2. Home Page...3 3. Pedido de Senha...4 3.1 Proponente...5 3.2 Técnico Qualificado...5 3.3 Proponente/Técnico

Leia mais

Versão 1.0. GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov.

Versão 1.0. GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento. aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov. Versão 1.0 GEP Gabinete de Estratégia e Planeamento aneamento. Rua Castilho, Nº 24 Lisboa 1250-069 Lisboa Homepage : http://www.gep.mtss.gov.pt Índice Folha 2 ÍNDICE Folha 1 - Requisitos -------------------------------------------------------------

Leia mais

CSSnet - candidaturas on-line

CSSnet - candidaturas on-line CSSnet - candidaturas on-line Passamos a apresentar, os passos que deverá seguir para realizar a sua candidatura on-line, chamando a atenção para alguns aspetos a ter em conta. Leia, atentamente, todas

Leia mais

Portal Web de Apoio às Filiadas

Portal Web de Apoio às Filiadas Portal Web de Apoio às Filiadas Manual de Utilizador Externo Titularidade: FCMP Data: 2014-02-03 Versão: 1 1 1. Introdução 3 2. Descrição das Funcionalidades 4 2.1. Entrada no sistema e credenciação de

Leia mais

Nova plataforma de correio electrónico Microsoft Live@edu

Nova plataforma de correio electrónico Microsoft Live@edu 1 Nova plataforma de correio electrónico Microsoft Live@edu Tendo por objectivo a melhoria constante dos serviços disponibilizados a toda a comunidade académica ao nível das tecnologias de informação,

Leia mais

PRÉ-SUBMISSÃO ELETRÓNICA DE PEDIDOS DE AIM. Utilização da plataforma SMUH-AIM

PRÉ-SUBMISSÃO ELETRÓNICA DE PEDIDOS DE AIM. Utilização da plataforma SMUH-AIM PRÉ-SUBMISSÃO ELETRÓNICA DE PEDIDOS DE AIM Utilização da plataforma SMUH-AIM INFARMED Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P. 1 Pré-Submissão eletrónica de pedidos de AIM Pedidos de

Leia mais

Entrega de Folhas de Férias

Entrega de Folhas de Férias Entrega de Folhas de Férias Guia do Utilizador Versão 4.0 Agosto/ 2014 Índice 1. Introdução 2. Criar/ Validar Folhas de Férias 3. Acesso à funcionalidade 4. Inserir/ Consultar Folhas de Férias 5. Comprovativo

Leia mais

Guia de Utilização. Acesso Universal

Guia de Utilização. Acesso Universal Guia de Utilização Índice PREÂMBULO...3 ACESSO À PLATAFORMA...3 ÁREA DE TRABALHO...4 APRESENTAR PROPOSTAS...9 RECEPÇÃO DE ADJUDICAÇÃO...18 PARAMETRIZAÇÃO DA EMPRESA...19 Acesso universal Proibida a reprodução.

Leia mais

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Manual do Utilizador

BlackBerry Internet Service. Versão: 4.5.1. Manual do Utilizador BlackBerry Internet Service Versão: 4.5.1 Manual do Utilizador Publicado: 2014-01-09 SWD-20140109134740230 Conteúdos 1 Como começar... 7 Acerca dos planos de serviço de mensagens para o BlackBerry Internet

Leia mais

Manual de Utilizador. Disciplina de Projecto de Sistemas Industriais. Escola Superior de Tecnologia. Instituto Politécnico de Castelo Branco

Manual de Utilizador. Disciplina de Projecto de Sistemas Industriais. Escola Superior de Tecnologia. Instituto Politécnico de Castelo Branco Escola Superior de Tecnologia Instituto Politécnico de Castelo Branco Departamento de Informática Curso de Engenharia Informática Disciplina de Projecto de Sistemas Industriais Ano Lectivo de 2005/2006

Leia mais

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO. (Módulo da Entidade Parceira Exclusivamente Financiadora)

GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO. (Módulo da Entidade Parceira Exclusivamente Financiadora) ACÇÃO 4.2.2 REDES TEMÁTICAS DE INFORMAÇÃO E DIVULGAÇÃO GUIA DE PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO (Módulo da Entidade Parceira Exclusivamente Financiadora) União Europeia FEADER PRODER 1 INSTRUÇÕES PARA UMA CORRECTA

Leia mais

Manual do Fénix. Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso. Candidatura Online para o 2.

Manual do Fénix. Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso. Candidatura Online para o 2. Manual do Fénix Portal Secretaria da Escola Portal Conselho Científico Portal Direcção de Curso Candidatura Online para o 2. º Ciclo SI (Versão 1.0) Maio 2011 Este manual tem como objectivo auxiliar na

Leia mais

Módulo de Circulação e Empréstimo

Módulo de Circulação e Empréstimo Módulo de Circulação e Empréstimo BIBLIObase, versão 2004 Procedimentos de instalação 1. EQUIPAMENTO MÍNIMO NECESSÁRIO Antes de instalar o BIBLIObase - Módulo de Circulação e Empréstimo verifique se a

Leia mais

1.1 Candidaturas on-line

1.1 Candidaturas on-line 1.1 Candidaturas on-line Para efectuar o processo de candidatura o candidato deverá aceder ao portal do ICS e clicar na informação com a

Leia mais

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo

Plataforma de Benefícios Públicos Acesso externo Índice 1. Acesso à Plataforma... 2 2. Consulta dos Programas de Beneficios Públicos em Curso... 3 3. Entrar na Plataforma... 4 4. Consultar/Entregar Documentos... 5 5. Consultar... 7 6. Entregar Comprovativos

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

Manual do aplicativo GESTÃO DE FICHEIROS 2003

Manual do aplicativo GESTÃO DE FICHEIROS 2003 Manual do aplicativo GESTÃO DE FICHEIROS 2003 ÍNDICE Pág. I. Instalação do Software 2 II. Selecção de Empresas / Manutenção de Empresas 5 III. Criação da Base de Dados (Clientes, Fornecedores e Pessoal)

Leia mais

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE MATRÍCULA ELECTRÓNICA Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE ÍNDICE 1 PREÂMBULO... 2 2 UTILIZAÇÃO PELOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DOS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO... 3 2.1 Matrícula Electrónica - Acesso através

Leia mais

Guias para a atuação das Entidades Acreditadas

Guias para a atuação das Entidades Acreditadas Domínio do Ambiente Guias para a atuação das Entidades Acreditadas Notas Gerais EA.NG.01.01.00 - janeiro 2013 Ficha técnica Título Guias para a atuação das Entidades Acreditadas (EA) no Domínio do Ambiente

Leia mais

O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet eagenda? Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde. O que é o eagenda?

O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet eagenda? Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde. O que é o eagenda? O que é a iniciativa de marcação de consultas pela Internet Simplificar e melhorar o acesso a cuidados de saúde Pedir Receitas A de pela Internet, no âmbito do Programa Simplex, surge no seguimento do

Leia mais

LeYa Educação Digital

LeYa Educação Digital Índice 1. Conhecer o 20 Aula Digital... 4 2. Registo no 20 Aula Digital... 5 3. Autenticação... 6 4. Página de entrada... 7 4.1. Pesquisar um projeto... 7 4.2. Favoritos... 7 4.3. Aceder a um projeto...

Leia mais

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A.

Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. WinREST Sensor Log A Restauração do Séc. XXI WinREST Sensor Log Copyright 2008 GrupoPIE Portugal, S.A. 2 WinREST Sensor Log Índice Índice Pag. 1. WinREST Sensor Log...5 1.1. Instalação (aplicação ou serviço)...6

Leia mais

GUIA DO LICENCIAMENTO INDUSTRIAL

GUIA DO LICENCIAMENTO INDUSTRIAL GUIA DO LICENCIAMENTO INDUSTRIAL OUTUBRO 2015 No quadro do novo Sistema da Indústria Responsável, previsto no Decreto-Lei n.º 73/2015, de 11 de maio, é atribuído ao IAPMEI um conjunto de novas competências

Leia mais

A BDAP Passo a Passo. www.bdap.min-financas.pt

A BDAP Passo a Passo. www.bdap.min-financas.pt A BDAP Passo a Passo www.bdap.min-financas.pt Versão 1 BDAP passo a passo A BDAP Base de Dados dos Recursos Humanos da Administração Pública - é um repositório de informação sobre os Recursos Humanos da

Leia mais

Manual de Procedimentos. Câmaras Municipais

Manual de Procedimentos. Câmaras Municipais Manual de Procedimentos Câmaras Municipais índice PÁGINA INICIAL... 4 1. Acesso à área reservada... 4 2. Recuperar senha de acesso... 4 3. Lembrar palavra-passe... 5 4. Consulta de legislação relacionada

Leia mais

CSSNET CANDIDATURAS ONLINE

CSSNET CANDIDATURAS ONLINE CSSNET CANDIDATURAS ONLINE f d. c a n d i d a t u r a s. u l i s b o a. p t Para efetuar o processo de candidatura deverá aceder ao site abaixo indicado. Link: https://fd.candidaturas.ulisboa.pt (Portal

Leia mais

Guia do Signatário SAP DocuSign

Guia do Signatário SAP DocuSign Guia do Signatário SAP DocuSign Índice 1. Guia do Signatário SAP DocuSign... 2 2. Receber uma notificação por e-mail... 2 3. Assinar o documento... 3 4. Outras opções... 4 4.1 Terminar mais tarde... 4

Leia mais

FAQ s para os Administradores do Sistema

FAQ s para os Administradores do Sistema FAQ s para os Administradores do Sistema Este documento disponibiliza FAQ s sobre vários temas. Clique sobre o tema que lhe interessa para aceder às respetivas FAQ s. FAQ s sobre a credenciação do Administrador

Leia mais

Manual de Apoio ao Preenchimento do formulário único SIRAPA Dados PRTR. Agrupamento 9. Emissões Solo

Manual de Apoio ao Preenchimento do formulário único SIRAPA Dados PRTR. Agrupamento 9. Emissões Solo Manual de Apoio ao Preenchimento do formulário único SIRAPA Dados PRTR Agrupamento 9 Emissões Solo Agência Portuguesa do Ambiente FICHA TÉCNICA TÍTULO MANUAL DE APOIO AO PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO ÚNICO

Leia mais

MINISTÉRIO DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO. Manual de Utilizador. Portal TRH

MINISTÉRIO DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO. Manual de Utilizador. Portal TRH MINISTÉRIO DO AMBIENTE E DO ORDENAMENTO DO TERRITÓRIO Manual de Utilizador Portal TRH Novembro de 2009 ÍNDICE 1. Introdução...2 2. Registo...4 3. Visualização e criação de operadores...8 4. Introdução

Leia mais

Submissa o de pedidos online

Submissa o de pedidos online Procedimentos a adotar para a Submissa o de pedidos online Fevereiro de 2013 1/5 Os Serviços Online permitem dois tipos de utilizadores: Não registados: têm acesso à plataforma e às informações gerais

Leia mais

Manual do Utilizador

Manual do Utilizador Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra Departamento de Engenharia Electrotécnica e Computadores Software de Localização GSM para o modem Siemens MC35i Manual do Utilizador Índice

Leia mais

Manual de Administração Intranet BNI

Manual de Administração Intranet BNI Manual de Administração Intranet BNI Fevereiro - 2010 Índice 1. Apresentação... 3 2. Conceitos... 5 3. Funcionamento base da intranet... 7 3.1. Autenticação...8 3.2. Entrada na intranet...8 3.3. O ecrã

Leia mais

bit Tecnologia ao Serviço do Mundo Rural www.ruralbit.pt

bit Tecnologia ao Serviço do Mundo Rural www.ruralbit.pt bit Tecnologia ao Serviço do Mundo Rural www.ruralbit.pt :: Ruralbit :: http://www.ruralbit.pt :: Índice :: Ruralbit :: http://www.ruralbit.pt :: Pág. 1 Introdução O Pocket Genbeef Base é uma aplicação

Leia mais

Manual de Autenticação na Plataforma

Manual de Autenticação na Plataforma Manual de Autenticação na Plataforma Índice 1. Autenticação na Plataforma... 3 1.1 Autenticação Via Certificado... 3 1.2 Autenticação Via Cartão de Cidadão... 3 2. Autenticação Via Certificado... 4 2.1

Leia mais

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias & Gestão de Ciclo de Vida de Locais de Venda MNSRM AVP003 Manual de Utilizador Externo - Comunicação

Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias & Gestão de Ciclo de Vida de Locais de Venda MNSRM AVP003 Manual de Utilizador Externo - Comunicação Sistema de Gestão de Ciclo de Vida de Farmácias & Gestão de Ciclo de Vida de Locais Manual de Utilizador Externo - Comunicação de Horários e Turnos Índice 1 Introdução... 4 1.1 Objetivo...4 1.2 Funcionalidades...5

Leia mais

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida

Ministério Público. Guia de Consulta Rápida Ministério Público Ministério Público Guia de Consulta Rápida Versão 3 (Outubro de 2009) - 1 - ÍNDICE 1. ACEDER AO CITIUS MINISTÉRIO PÚBLICO... 4 2. BARRA DE TAREFAS:... 4 3. CONFIGURAR O PERFIL DO UTILIZADOR...

Leia mais

ROUPA DE TRABALHO VOLVO, ENCOMENDAR NO PORTAL WEB

ROUPA DE TRABALHO VOLVO, ENCOMENDAR NO PORTAL WEB ROUPA DE TRABALHO VOLVO, ENCOMENDAR NO PORTAL WEB COMO ENCOMENDAR Antes de começar a encomendar... página 2 6 Criar uma encomenda... página 7 22 2015-02-18 ANTES DE COMEÇAR A ENCOMENDAR Esta aplicação

Leia mais

Módulo de Pesquisa Local - OPAC

Módulo de Pesquisa Local - OPAC Módulo de Pesquisa Local - OPAC BIBLIObase, versão 2004 Procedimentos de instalação 1. EQUIPAMENTO MÍNIMO NECESSÁRIO Antes de instalar o BIBLIObase - Módulo de Pesquisa Local (OPAC) verifique se a configuração

Leia mais

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL

SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL Manual de Utilização Direcção dos Serviços de Economia do Governo da RAEM Novembro de 2014 SERVIÇ OS DO PEDIDO ONLINE DA PROPRIEDADE INTELECTUAL Manual

Leia mais

CITV. Manual do Utilizador. Realização de Candidaturas de Centros de Inspecção

CITV. Manual do Utilizador. Realização de Candidaturas de Centros de Inspecção CITV Manual do Utilizador Realização de Candidaturas de Centros de Inspecção Índice 1 Introdução...3 2 Entrada/Validação...4 2.1 Descrição...4 3 Candidatura Preenchimento de Formulário...10 3.1 Descrição...10

Leia mais

Perguntas Frequentes Assinatura Digital

Perguntas Frequentes Assinatura Digital Perguntas Frequentes Assinatura Digital Conteúdo Onde posso obter a minha assinatura digital qualificada... 1 O que preciso para assinar um documento com o cartão de cidadão... 1 Como assinar um documento

Leia mais

Guia de Instalação para Windows Vista /Windows 7

Guia de Instalação para Windows Vista /Windows 7 MFC-8220 Guia de Instalação para Windows Vista / 7 Antes de utilizar o aparelho, tem de configurar o hardware e instalar o controlador. Leia o Guia de Instalação Rápida e este Guia de Instalação para Windows

Leia mais

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed.

Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES. Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde. Contacto: taxa.04@infarmed. Manual SRCT - v.ps.2 UTILIZADORES Apoio à gestão das Declarações de Vendas dos Produtos de Saúde Contacto: taxa.04@infarmed.pt 2008/Setembro NOTAS EXPLICATIVAS 1. As Declaração de Vendas a que se referem

Leia mais

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8

ÍNDICE. Acesso para agências...3. Organização por pastas...4. Download das facturas a partir do site...5. Pesquisa de facturas...8 2 ÍNDICE Acesso para agências...3 Organização por pastas...4 Download das facturas a partir do site...5 Pesquisa de facturas...8 Configurar notificações por email...11 3 Bem-vindo ao manual de uso do novo

Leia mais

Sistema de Informação Integrado da Universidade de Évora

Sistema de Informação Integrado da Universidade de Évora Sistema de Informação Integrado da Universidade de Évora Todos os Perfis MANUAL DE UTILIZAÇÃO Módulo: Autenticação O Módulo de Autenticação do SIIUE foi implementado tendo como linha condutora o desenvolvimento

Leia mais

Guia Rápido de Vodafone Conferencing

Guia Rápido de Vodafone Conferencing Guia de Utilizador Vodafone Guia Rápido de Vodafone Conferencing O seu pequeno manual para criar, participar e realizar reuniões de Vodafone Conferencing. Vodafone Conferencing Visão geral O que é uma

Leia mais

Guia de Instalação para Windows Vista /Windows 7

Guia de Instalação para Windows Vista /Windows 7 Guia de Instalação para Windows Vista / 7 Antes de utilizar o aparelho, tem de configurar o hardware e instalar o controlador. Leia o Guia de Instalação Rápida e este Guia de Instalação para Windows Vista

Leia mais

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor

20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor 20 Escola Digital Manual do Utilizador Professor Manual do Utilizador Professor... 1 1. Conhecer o 20 Escola Digital... 4 2. Autenticação... 6 2.1. Criar um registo na LeYa Educação... 6 2.2. Aceder ao

Leia mais

Perguntas mais frequentes sobre o sistema EudraCT

Perguntas mais frequentes sobre o sistema EudraCT Perguntas mais frequentes sobre o sistema EudraCT 1. Segurança do sistema e confidencialidade P: Como posso ter a certeza de que os dados introduzidos estarão seguros? 2. Configuração do sistema P: Como

Leia mais

Guia de Candidatura. Av. Duque D Ávila, 137 1069-016 Lisboa PORTUGAL Tel: 213 126 000 Fax: 213 126 001 www.dges.mctes.pt

Guia de Candidatura. Av. Duque D Ávila, 137 1069-016 Lisboa PORTUGAL Tel: 213 126 000 Fax: 213 126 001 www.dges.mctes.pt Av. Duque D Ávila, 137 1069-016 Lisboa PORTUGAL Tel: 213 126 000 Fax: 213 126 001 www.dges.mctes.pt Recomendações Gerais para Preenchimento do Formulário de Candidatura: Reunir informação: Para o correcto

Leia mais

BEMVINDO AO ONLINE SHIPPING MANUAL

BEMVINDO AO ONLINE SHIPPING MANUAL Online Shipping BEMVINDO AO ONLINE SHIPPING MANUAL EM VIAGEM OU NO ESCRITÓRIO, O ONLINE SHIPPING LEVA-O LÁ. É ideal para empresas com um pequeno volume de envios, secretariados, receções, viajantes frequentes

Leia mais

Relatório SHST - 2003

Relatório SHST - 2003 Relatório da Actividade dos Serviços de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho Relatório SHST - 2003 Programa de Validação e Encriptação Manual de Operação Versão 1.1 DEEP Departamento de Estudos, Estatística

Leia mais

Aplicação da Qualidade. Manual do Utilizador. Versão 1 2006-05-30

Aplicação da Qualidade. Manual do Utilizador. Versão 1 2006-05-30 Aplicação da Qualidade Versão 1 2006-05-30 Índice 1. Introdução 2. Acesso à Aplicação 3. Menu principal 3.1. Processo 3.1.1. Registo da Ocorrência - Fase 1 3.1.2. Análise das Causas - Fase 2 3.1.3. Acção

Leia mais

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6

Objectivos Gerais da Aplicação 5 Requisitos Mínimos e Recomendados 5 Processo de Instalação 6 MANUAL DO UTILIZADOR A informação contida neste manual, pode ser alterada sem qualquer aviso prévio. A Estratega Software, apesar dos esforços constantes de actualização deste manual e do produto de software,

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR PROFESSOR(A)

MANUAL DO UTILIZADOR PROFESSOR(A) PROFESSOR(A) INTRODUÇÃO Caro(a) professor(a), Obrigado por descarregar este manual do utilizador do Ephorus. Em caso de dúvidas, por favor contacte o utilizador principal do Ephorus no seu estabelecimento

Leia mais

ADSE DIRECTA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE MANUAL DE APOIO AOS ORGANISMOS

ADSE DIRECTA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE MANUAL DE APOIO AOS ORGANISMOS ADSE DIRECTA - PROTOCOLOS DE DOCUMENTOS REGIME LIVRE MANUAL DE APOIO AOS ORGANISMOS Este documento destina-se a apoiar os serviços processadores na elaboração dos protocolos dos documentos de despesa em

Leia mais

Guia de instalação e Activação

Guia de instalação e Activação Guia de instalação e Activação Obrigado por ter escolhido o memoq 5, o melhor ambiente de tradução para tradutores freelancer, companhias de tradução e empresas. Este guia encaminha-o através do processo

Leia mais

NOVO Panda Antivirus 2007 Manual resumido sobre a instalação, registo e serviços Importante! Leia a secção de registo on-line deste manual atentamente. As informações contidas nesta secção são essenciais

Leia mais

EM4586 Adaptador USB sem Fios com banda dupla

EM4586 Adaptador USB sem Fios com banda dupla EM4586 Adaptador USB sem Fios com banda dupla EM4586 - Adaptador USB sem Fios com banda dupla 2 PORTUGUÊS Índice 1.0 Introdução... 2 1.1 Conteúdo da embalagem... 2 2.0 Instalar e ligar o EM4586 (apenas

Leia mais

ElectroControlo M01 Manual do Utilizador

ElectroControlo M01 Manual do Utilizador Manual do Utilizador Luis Panao 2015 INDICE Introdução 1 Funcionalidades 3 - Consultar 4 - Comunicar 7 - Financeiro 12 Ficha técnica 17 Luis Panao 2015 1 INTRODUÇÃO De acordo com o desafio deste projecto,

Leia mais

RECOLHA DE INFORMAÇÃO DE REMUNERAÇÕES, SUPLEMENTOS E DOS PONTOS DECORRENTES DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO

RECOLHA DE INFORMAÇÃO DE REMUNERAÇÕES, SUPLEMENTOS E DOS PONTOS DECORRENTES DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO RECOLHA DE INFORMAÇÃO DE REMUNERAÇÕES, SUPLEMENTOS E DOS PONTOS DECORRENTES DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO MANUAL DO UTILIZADOR 1 RECOLHA DE INFORMAÇÃO DE REMUNERAÇÕES E DE DESEMPENHO MANUAL DO UTILIZADOR

Leia mais

Manual Utilizador - Gestão de Processos de Acidentes de Trabalho e Doenças Profissionais - Front-Office

Manual Utilizador - Gestão de Processos de Acidentes de Trabalho e Doenças Profissionais - Front-Office Manual Utilizador - Gestão de Processos de Acidentes de Trabalho e - Front-Office V1.0 Página 1 Índice Índice... 2 1. Introdução... 3 2. Instruções Gerais... 4 2.1 Acesso... 5 2.1.1 Regras para Aceder

Leia mais

GeoMafra Portal Geográfico

GeoMafra Portal Geográfico GeoMafra Portal Geográfico Nova versão do site GeoMafra Toda a informação municipal... à distância de um clique! O projecto GeoMafra constitui uma ferramenta de trabalho que visa melhorar e homogeneizar

Leia mais

SECUNDÁRIA DE CAMARATE DIGIT@L. Plataforma Office 365. Alojamento de ficheiros - OneDrive para Empresas

SECUNDÁRIA DE CAMARATE DIGIT@L. Plataforma Office 365. Alojamento de ficheiros - OneDrive para Empresas SECUNDÁRIA DE CAMARATE DIGIT@L Plataforma Office 365 Alojamento de ficheiros - OneDrive para Empresas Conteúdo Nota prévia... 2 Alojamento de ficheiros o OneDrive para Empresas... 2 Funcionalidades do

Leia mais

- Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação -

- Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação - ACSS Administração Central do Sistema de Saúde, I.P. - Instruções para Aplicação de Geração do Ficheiro Prestação - Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica Novembro de 2013 1/24 ÍNDICE ÍNDICE...

Leia mais

REGIME DE EXERCÍCIO DA ACTIVIDADE INDUSTRIAL

REGIME DE EXERCÍCIO DA ACTIVIDADE INDUSTRIAL REGIME DE EXERCÍCIO DA ACTIVIDADE INDUSTRIAL 02 PREFÁCIO PREFÁCIO A AEP - Associação Empresarial de Portugal, como entidade representativa do tecido empresarial nacional e atenta ao imperativo da competitividade

Leia mais

MANUAL DO UTILIZADOR

MANUAL DO UTILIZADOR MANUAL DO UTILIZADOR SISTEMA DE INFORMAÇÃO FORMAÇÃO CONTÍNUA (Art.21.º do Decreto-Lei n.º22/2014, de 11 de fevereiro) 6 de julho de 2015 Índice 1. ENQUADRAMENTO... 5 1.1 Objetivo... 5 1.2 Contactos Úteis...

Leia mais

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/

Guia do Candidato. http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ http://www.dges.mec.pt/wwwbeon/ Recomendações Gerais para Preenchimento do Formulário de Candidatura: Reunir informação: Para o correcto preenchimento do formulário de candidatura deverá ter consigo os

Leia mais

Guia "Web Connect" Versão 0 POR

Guia Web Connect Versão 0 POR Guia "Web Connect" Versão 0 POR Modelos aplicáveis Este Manual do Utilizador aplica-se aos seguintes modelos: ADS-2500W e ADS-2600W Definições de notas Ao longo deste Manual do Utilizador, é utilizado

Leia mais