Capacitação em Cirurgia Oral

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Capacitação em Cirurgia Oral"

Transcrição

1 Capacitação em Cirurgia Oral Prescrição medicamentosa na cirurgia odontológica

2 Legislação Lei de 24/08/1966, art. 6, item II: Regula o exercício da Odontologia, determina "Compete ao Cirurgião-Dentista prescrever e aplicar especialidades farmacêuticas de uso interno e externo, indicadas em Odontologia". No mesmo artigo, item VIII, acrescenta: "compete ao Cirurgião-Dentista prescrever e aplicar medicação de urgência no caso de acidentes graves que comprometam a vida e a saúde do paciente.

3 Legislação Com relação aos medicamentos controlados, conforme disposto na Portaria SVS/MS nº. 344/98. O cirurgião-dentista somente pode prescrever substâncias e medicamentos sujeitos ao controle especial para uso odontológico (artigo 38 e 55, 1º), ou seja, a portaria permite aos dentistas que prescrevam tanto na Notificação de Receita como na Receita de Controle Especial.

4 Cuidados OMS sugere seis etapas para o processo de prescrição racional de medicamentos. 1ª etapa: o profissional de saúde deve coletar informações do paciente, e investigar e interpretar seus sinais e sintomas, para realizar o diagnóstico. 2ª etapa A partir do diagnóstico, o profissional de saúde deve especificar os objetivos terapêuticos. 3ª etapa selecionar o tratamento que considerar mais eficaz e seguro para aquele paciente.

5 Cuidados 4ª etapa O ato da prescrição pode conter medidas medicamentosas e/ou medidas não medicamentosas que muitas vezes contribuem sobremaneira para a melhoria das condições de saúde do paciente. Condutas medicamentosas ou não devem constar de forma compreensível e detalhada na prescrição para facilitar dispensação do medicamento e uso pelo paciente. 5ª etapa Após escrever a prescrição, o profissional deve informar o paciente sobre a terapêutica selecionada. 6ª etapa Combinar reconsulta para monitoramentodo tratamento proposto

6 Prescrição Escrita sem rasura Letra de forma Por extenso e legível Utilizando tinta De acordo com nomenclatura Seguindo o sistema de pesos e medidas oficiais.

7 Prescrição Nome e quantidade total de cada medicamento Dose medicamentosa Identificação quanto ao tipo (comprimidos, drágeas, cápsulas, ampolas, envelopes) Duração do tratamento Intervalo Via de administração Oral Tópico Injetável

8 Cuidados com a Prescrição Não abreviar formas farmacêuticas Não abreviar vias de administração Não abreviar quantidades Não abreviar intervalos Não prescrever se necessário Manifestar desejo de não intercâmbio Obrigatório assinatura e carimbo profissional Conter nome completo, CRO, endereço, telefone Data deve ser explicitada

9 Antibióticos Prescrição Tratamento de infecções bacterianas pré-operatórias Tratamento de patologias associadas a infecções bacterianas Profilaxia pré-operatória

10 Antibióticos Profilaxia Exodontias Periodontia invasiva Reimplante dental Instrumentação endodôntica Expectativa de hemorragia

11 Amoxicilina e Ampicilina Via oral (cápsula) Profilaxia pré-operatória Tratamento de infecção odontológica instalada Dosagem: 2g 1h antes do procedimento 500mg 8/8hs 875mg 12/12hs Contra-indicado em sensibilidade a penicilina e cefalosporinas Antibióticos Pode apresentar disturbios gastrintestinais (náusea, vômito e diarréias)

12 Antibióticos Clindamicina Via oral (comprimido) Profilaxia pré-operatória Tratamento de infecção odontológica instalada Dosagem: 600mg 2hs antes da cirurgia 300mg 12/12hs Em caso de alergia a penicilina Pode apresentar distúrbios gastrintestinais e colite pseudomembranosa

13 Cefalexina Via oral (comprimido) Profilaxia pré-operatória Tratamento de infecção odontológica instalada Dosagem: 2g 1hs antes da cirurgia 500mg 6/6hs Pacientes alérgicos a penicilina Liberado a gestantes Antibióticos Potencializa anticoagulantes (metformina, vafarina) Multivitamínicos diminuem o efeito

14 Antibióticos Metronidazol Via oral (comprimido) Profilaxia pré-operatória Tratamento de infecção odontológica instalada Dosagem: 2g 1hs antes da cirurgia 400mg 12/12hs Eficiente contra bactérias anaeróbicas Disfunção gastrintestinais, língua saburrosa, estomatite Contraindicado uso de alcool ou na gestação

15 Anti-inflamatórios Ibuprofeno Via oral (comprimido) Profilaxia pré-operatória Tratamento de inflamações odontológicas Dosagem: 600mg 12hs antes da cirurgia 600mg 12/12hs Eficiente ação na Cox1 e Cox2 Nefrotóxico Contraindicado em problemas gástricos, cardiopatas ou gestantes

16 Anti-inflamatórios Diclofenaco sódico Via oral (comprimido) Profilaxia pré-operatória Tratamento de inflamações odontológicas Dosagem: 50mg 12hs antes da cirurgia 50mg 8/8hs Eficiente ação na Cox1 e Cox2 Contraindicado em problemas gástricos, pacientes com asma

17 Anti-inflamatórios Nimesulida Via oral (comprimido) Profilaxia pré-operatória Tratamento de inflamações odontológicas Dosagem: 100mg 12hs antes da cirurgia 100mg 12/12hs Eficiente ação na Cox1 e Cox2 Contraindicado em problemas gástricos, hepatopatas, nefropatas, colites intestinais

18 Analgésicos Dipirona Via oral (comprimido) Analgésico e antipirético sistêmico Dosagem: 500mg 8/8hs Contraindicado em nefropatias graves, glaucomas, discrasias sanguíneas, gestação

19 Analgésicos Paracetamol Via oral (comprimido) Analgésico e antipirético sistêmico Dosagem: 500mg 6/6hs 750mg 8/8hs Contraindicado em nefropatias hepatopatias

20 Analgésicos Trometamol cetorolaco (Toragesic) Via oral (comprimido) Analgésico para dores agudas, média e alta intensidade Dosagem: 500mg 6/6hs 750mg 8/8hs Contraindicado em ulcerações péptica, gastrites, sangramento cérebro-vascular, discrasias sanguíneas, uso de anticoagulantes, hipovolemia, nefropatia, asma, gestação e lactação Elevado risco de sangramento

21 Antiviral Aciclovir Via oral (comprimido) Tratamento sintomatologia Herpes zoster e Herpes simplex Dosagem: 200mg 6/6hs 400mg 12/12hs Contraindicado insuficiência renal e gestação

22 Antifúngico Nistatina líquida Via oral Tratamento candidíase oral Dosagem: 6ml 6/6hs Contraindicado insuficiência renal e gestação

23 Vamos prescrever!!!!

24 Corticoides O mais potente anti-inflamatório Metabolizados pelo fígado e excretados pela bile, fezes e rins. Tem o seu mecanismo de ação associado a regulação da transcrição gênica estimulando a produção de LIPOCORTINA1, que por sua vez inibe a FOSFOLIPASE A2. Além de inibir a produção de citocinas pro-inflamatórias, inibe a produção e derivados do ÁCIDO ARACDÔNICO e da síntese de PROSTAGLANDINAS e LEUCOTRIENOS. Interações Paracetamol: favorece a formação de um metabólito hepatotóxico. AINES: podem aumentar o risco de úlcera. Anticoagulantes: tem efeito diminuído. Efeitos colaterais Aumento da glicemia Aumento dos ácidos graxos livres Aumento do peso corporal Inibem a síntese e o catabolismo proteico Aplicações clínicas importantes para Corticoterapia Prescrever apenas quando necessário Manter dose e tempo de uso mínimo Considerar terapia em dias alternados Investigar diabetes e orientar Informar efeitos colaterais

Não tome Disocor: - se tem alergia à levocarnitina ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6).

Não tome Disocor: - se tem alergia à levocarnitina ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6). Folheto informativo: Informação para o doente Disocor 1000 mg comprimidos para mastigar Levocarnitina Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento, pois contém informação

Leia mais

Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes com alterações hepáticas ou renais graves.

Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes com alterações hepáticas ou renais graves. IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Fluibron A cloridrato de ambroxol APRESENTAÇÕES Solução para nebulização. Cada flaconete contém 7,5 mg/ml de cloridrato de ambroxol. Embalagem com 10 flaconetes contendo 2

Leia mais

Dose 1 comprimido efervescente/dia. - Ácido ascórbico (vitamina. 2222,22% 1 g C) % IDR = Porcentagem em relação à Ingestão Diária Recomendada

Dose 1 comprimido efervescente/dia. - Ácido ascórbico (vitamina. 2222,22% 1 g C) % IDR = Porcentagem em relação à Ingestão Diária Recomendada STARFOR C aspartato de arginina + ácido ascórbico APRESENTAÇÃO Linha Farma: Cartucho contendo tubo plástico com 10 comprimidos efervescentes. FORMA FARMACÊUTICA Comprimido efervescente. USO ORAL USO ADULTO

Leia mais

LORATADINA Hypermarcas S/A Comprimido 10mg

LORATADINA Hypermarcas S/A Comprimido 10mg LORATADINA Hypermarcas S/A Comprimido 10mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: LORATADINA Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999 APRESENTAÇÃO Comprimido de 10mg em embalagens contendo 12 comprimidos.

Leia mais

TERAPÊUTICA MEDICAMENTOSA em ODONTOPEDIATRIA SANDRA ECHEVERRIA

TERAPÊUTICA MEDICAMENTOSA em ODONTOPEDIATRIA SANDRA ECHEVERRIA TERAPÊUTICA MEDICAMENTOSA em ODONTOPEDIATRIA SANDRA ECHEVERRIA Frequência cardíaca em função da idade Idade (anos) Andrade, 2002 Batimentos/minuto 1 110-130 2 90-115 3 80-105 7-14 80-105 14-21 78-85 Acima

Leia mais

GRETIVIT. Comprimido revestido BELFAR LTDA.

GRETIVIT. Comprimido revestido BELFAR LTDA. GRETIVIT (acetato de retinol cloridrato de tiamina riboflavina cloridrato de piridoxina cianocobalamina colecalciferol nicotinamida ácido pantotênico sulfato ferroso sulfato de magnésio sulfato de manganês)

Leia mais

FOSFATO DE CLINDAMICINA EMS S/A. Gel 10mg/g

FOSFATO DE CLINDAMICINA EMS S/A. Gel 10mg/g FOSFATO DE CLINDAMICINA EMS S/A Gel 10mg/g fosfato de clindamicina Medicamento genérico Lei n 9.787 de 1999 APRESENTAÇÕES Gel - Caixa contendo 1 bisnaga de 20g, 25g, 30g ou 45 g USO EXTERNO USO TÓPICO

Leia mais

Febre periódica, estomatite aftosa, faringite e adenite (PFAPA)

Febre periódica, estomatite aftosa, faringite e adenite (PFAPA) www.printo.it/pediatric-rheumatology/pt/intro Febre periódica, estomatite aftosa, faringite e adenite (PFAPA) Versão de 2016 1. O QUE É A PFAPA 1.1 O que é? PFAPA significa Febre Periódica, Estomatite

Leia mais

bromoprida LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Cápsula dura 10 mg

bromoprida LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Cápsula dura 10 mg bromoprida LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Cápsula dura 10 mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO bromoprida "Medicamento Genérico, Lei nº. 9.787, de 1999". APRESENTAÇÃO Cápsula dura de 10mg. Embalagem

Leia mais

Abcd JARDIANCE. (empagliflozina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos. 10mg ou 25mg

Abcd JARDIANCE. (empagliflozina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos. 10mg ou 25mg Abcd JARDIANCE (empagliflozina) Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Comprimidos Revestidos 10mg ou 25mg JARDIANCE empagliflozina APRESENTAÇÕES Comprimidos revestidos de 10 mg ou

Leia mais

CALSAN COMPRIMIDO MASTIGÁVEL

CALSAN COMPRIMIDO MASTIGÁVEL CALSAN COMPRIMIDO MASTIGÁVEL Novartis Biociências S.A. Comprimido mastigável 1.250 mg de carbonato de cálcio (equivalente a 500 mg de cálcio elementar) CALSAN carbonato de cálcio Comprimidos mastigáveis.

Leia mais

O TAMANHO DO PROBLEMA

O TAMANHO DO PROBLEMA O TAMANHO DO PROBLEMA Doenças cardiovasculares Total de mortes: 281.695/ano AVC 89.489 80% DAC 84.798 40% Outras DCV 107.408 Hipertensão Fonte: Datasus 2001 Dados Mundiais Mortes em 2000 atribuíveis a

Leia mais

CYFENOL. Cifarma Científica Farmacêutica Ltda. Solução oral 200mg/mL

CYFENOL. Cifarma Científica Farmacêutica Ltda. Solução oral 200mg/mL CYFENOL Cifarma Científica Farmacêutica Ltda. 200mg/mL CYFENOL paracetamol DCB: 06827 I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome comercial: CYFENOL Nome genérico: paracetamol (DCB: 06827) APRESENTAÇÃO 200mg/mL

Leia mais

Aula Prática administrada aos alunos do 4º e 5º períodos do curso de graduação em medicina no Ambulatório de Ginecologia do UH-UMI.

Aula Prática administrada aos alunos do 4º e 5º períodos do curso de graduação em medicina no Ambulatório de Ginecologia do UH-UMI. 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA III CURSO DE MEDICINA Prof. Antonio Augusto Pereira Martins Especialista em Docência do Ensino Superior

Leia mais

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO Página 1 de 16 1. NOME DO MEDICAMENTO VETERINÁRIO Receptal, 0,004 mg/ml solução aquosa injetável para bovinos, equinos, suínos e coelhos. 2. COMPOSIÇÃO QUALITATIVA

Leia mais

Adultos e crianças com mais de 6 anos: Uma pastilha 3 vezes ao dia. O tratamento não deve exceder os 7 dias.

Adultos e crianças com mais de 6 anos: Uma pastilha 3 vezes ao dia. O tratamento não deve exceder os 7 dias. RESUMO DAS CARACTERISTICAS DO MEDICAMENTO 1. NOME DO MEDICAMENTO Tantum Verde, 3 mg, pastilhas, sabor a menta 2. COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA Cada Pastilha contém 3 mg de cloridrato de benzidamina

Leia mais

TEXTO PARA MEMENTO TERAPÊUTICO FURP. Creme Caixa com 50 bisnagas embalagem com 10 g de creme na concentração de 1 mg/g.

TEXTO PARA MEMENTO TERAPÊUTICO FURP. Creme Caixa com 50 bisnagas embalagem com 10 g de creme na concentração de 1 mg/g. TEXTO PARA MEMENTO TERAPÊUTICO FURP FURP-DEXAMETASONA 1 mg/g Creme acetato de dexametasona FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO Creme Caixa com 50 bisnagas embalagem com 10 g de creme na concentração de 1

Leia mais

Prof. Dr. Gilson Cesar Nobre Franco

Prof. Dr. Gilson Cesar Nobre Franco TERAPÊUTICA MEDICAMENTOSA EM IMPLANTODONTIA Prof. Dr. Gilson Cesar Nobre Franco Terapêutica Medicamentosa Pré-operatório Trans-operatório Pós-operatório Ansiolíticos Antiinflamatórios tó i Antimicrobianos

Leia mais

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO Página 1 de 17 1. NOME DO MEDICAMENTO VETERINÁRIO Syncrostim 500 UI, liofilizado e solvente para solução injetável para bovinos e ovinos 2. COMPOSIÇÃO QUALITATIVA

Leia mais

Gastrium (omeprazol) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsulas 20 mg

Gastrium (omeprazol) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsulas 20 mg Gastrium (omeprazol) Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. cápsulas 20 mg BULA PARA PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO GASTRIUM (omeprazol) APRESENTAÇÕES

Leia mais

Deprozol. Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. Comprimido revestido 1000 mg. Deprozol_BU 01_VPS 1

Deprozol. Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. Comprimido revestido 1000 mg. Deprozol_BU 01_VPS 1 Deprozol Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A. Comprimido revestido 1000 mg Deprozol_BU 01_VPS 1 BULA PARA PROFISSIONAL DE SAÚDE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO

Leia mais

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO Página 1 de 16 1. NOME DO MEDICAMENTO VETERINÁRIO Nuflor Minidose 450 mg/ml solução injetável para bovinos. 2. COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA Cada ml contém:

Leia mais

NEO DIMETICON. (simeticona)

NEO DIMETICON. (simeticona) NEO DIMETICON (simeticona) Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A. Comprimido 40mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: NEO DIMETICON simeticona APRESENTAÇÕES Comprimidos 40mg: Embalagem com 20 comprimidos.

Leia mais

Distúrbios do Na+ 0 7 / 1 2 / 2 0 1 5

Distúrbios do Na+ 0 7 / 1 2 / 2 0 1 5 Distúrbios do Na+ MARIANA PEREIRA RIBEIRO 6 SEMESTRE 0 7 / 1 2 / 2 0 1 5 Principais problemas clínicos na emergência; Cuidado com pacientes críticos: Grande queimado; Trauma; Sepse; ICC e IRA; Iatrogenia.

Leia mais

PRESCRIÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA PARA PORTADORES DE DIABETES MELLITUS

PRESCRIÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA PARA PORTADORES DE DIABETES MELLITUS PRESCRIÇÃO DE ATIVIDADE FÍSICA PARA PORTADORES DE DIABETES MELLITUS Acadêmica de medicina: Jéssica Stacciarini Liga de diabetes 15/04/2015 Benefícios do exercício físico em relação ao diabetes mellitus:

Leia mais

Mylanta Plus. Johnson & Johnson INDUSTRIAL Ltda. Suspensão oral - sabores menta e morango

Mylanta Plus. Johnson & Johnson INDUSTRIAL Ltda. Suspensão oral - sabores menta e morango Mylanta Plus Johnson & Johnson INDUSTRIAL Ltda 80 mg/ml de hidróxido de alumínio gel seco, 80 mg/ml de hidróxido de magnésio e 6 mg/ml de simeticona MYLANTA PLUS hidróxido de alumínio, hidróxido de magnésio

Leia mais

O PARTO NA PACIENTE SOROPOSITIVO

O PARTO NA PACIENTE SOROPOSITIVO O PARTO NA PACIENTE SOROPOSITIVO 1. TRIAGEM SOROLÓGICA - É recomendada a realização de teste anti-hiv com aconselhamento e com consentimento para todas as gestantes na primeira consulta pré-natal; - Enfatiza-se

Leia mais

MAXIBELL. Solução Oftálmica Estéril. nitrato de nafazolina (0,5 mg/ml) sulfato de zinco (4 mg/ml) LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA.

MAXIBELL. Solução Oftálmica Estéril. nitrato de nafazolina (0,5 mg/ml) sulfato de zinco (4 mg/ml) LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. MAXIBELL LATINOFARMA INDÚSTRIAS FARMACÊUTICAS LTDA. Solução Oftálmica Estéril nitrato de nafazolina (0,5 mg/ml) sulfato de zinco (4 mg/ml) COLÍRIO MAXIBELL nitrato de nafazolina 0,05% sulfato de zinco

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO. TAGAMET 400 mg pó para suspensão oral Cimetidina

FOLHETO INFORMATIVO. TAGAMET 400 mg pó para suspensão oral Cimetidina FOLHETO INFORMATIVO Leia atentamente este folheto antes de tomar o medicamento. - Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler. - Caso tenha dúvidas, consulte o seu médico ou farmacêutico. -

Leia mais

APROVADO EM 06-05-2004 INFARMED

APROVADO EM 06-05-2004 INFARMED RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO APROVADO EM 1 DENOMINAÇÃO DO MEDICAMENTO Q10 Forte, 30mg, cápsula 2 COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA Uma cápsula de Q10 Forte contém 30mg de ubidecarenona

Leia mais

simeticona Medley Indústria Farmacêutica Ltda. cápsula gelatinosa mole 125 mg

simeticona Medley Indústria Farmacêutica Ltda. cápsula gelatinosa mole 125 mg simeticona Medley Indústria Farmacêutica Ltda. cápsula gelatinosa mole 125 mg simeticona Medicamento Genérico, Lei nº 9.787, de 1999 APRESENTAÇÕES Cápsulas gelatinosas moles de 125 mg: embalagens com 10

Leia mais

diclofenaco sódico (Medicamento genérico, Lei nº 9787, de 1999) Hypofarma Instituto de Hypodermia e Farmácia Solução injetável 25 mg/ml

diclofenaco sódico (Medicamento genérico, Lei nº 9787, de 1999) Hypofarma Instituto de Hypodermia e Farmácia Solução injetável 25 mg/ml diclofenaco sódico (Medicamento genérico, Lei nº 9787, de 1999) Hypofarma Instituto de Hypodermia e Farmácia Solução injetável 25 mg/ml Solução Injetável APRESENTAÇÕES Diclofenaco sódico 3 ml - caixa contendo

Leia mais

CONDROFLEX. sulfato de glicosamina + sulfato de condroitina. Cápsula. 500mg + 400mg

CONDROFLEX. sulfato de glicosamina + sulfato de condroitina. Cápsula. 500mg + 400mg CONDROFLEX sulfato de glicosamina + sulfato de condroitina Cápsula 500mg + 400mg CONDROFLEX sulfato de glicosamina + sulfato sódico de condroitina APRESENTAÇÕES Condroflex 500mg + 400mg. Embalagem com

Leia mais

Hipertensão Arterial. Promoção para a saúde Prevenção da doença. Trabalho elabora do por: Dr.ª Rosa Marques Enf. Lucinda Salvador

Hipertensão Arterial. Promoção para a saúde Prevenção da doença. Trabalho elabora do por: Dr.ª Rosa Marques Enf. Lucinda Salvador Hipertensão Arterial Promoção para a saúde Prevenção da doença Trabalho elabora do por: Dr.ª Rosa Marques Enf. Lucinda Salvador O que é a Pressão Arterial? É a pressão que o sangue exerce nas paredes das

Leia mais

Lozeprel Multilab Indústria e Comércio de Produtos Farmacêuticos Ltda cápsulas 20 mg

Lozeprel Multilab Indústria e Comércio de Produtos Farmacêuticos Ltda cápsulas 20 mg Lozeprel Multilab Indústria e Comércio de Produtos Farmacêuticos Ltda cápsulas 20 mg Lozeprel omeprazol FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÕES Cápsulas com 20 mg de omeprazol - Embalagens contendo 14, 28,

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Vitalipid N Infantil, associação, emulsão injectável Retinol, ergocalciferol, alfatocoferol, fitomenadiona Leia atentamente este folheto antes de utilizar

Leia mais

Paracetamol Generis pertence a um grupo de medicamentos chamados analgésicos e antipiréticos que ajudam no combate à dor e febre.

Paracetamol Generis pertence a um grupo de medicamentos chamados analgésicos e antipiréticos que ajudam no combate à dor e febre. Folheto informativo: Informação para o utilizador Paracetamol Generis 40 mg/ml Xarope Paracetamol Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento pois contém informação importante

Leia mais

Cálculo urinário Resumo de diretriz NHG M63 (april 2007)

Cálculo urinário Resumo de diretriz NHG M63 (april 2007) Cálculo urinário Resumo de diretriz NHG M63 (april 2007) Arndt UP, Van Koningsbruggen PJW, Salden NMA, Visser HS, Van der Wal J, Van Lieshout J traduzido do original em holandês por Luiz F.G. Comazzetto

Leia mais

INDÚSTRIA FARMACÊUTICA S.A.

INDÚSTRIA FARMACÊUTICA S.A. FLOXIMED norfloxacino MEDQUÍMICA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA S.A. Comprimidos Revestidos 400mg FLOXIMED norfloxacino MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE AO MEDICAMENTO DE REFERÊNCIA comprimido revestido I- IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Simeco Plus. Bula para paciente. Suspensão. 600mg+300mg+35mg

Simeco Plus. Bula para paciente. Suspensão. 600mg+300mg+35mg Simeco Plus Bula para paciente Suspensão 600mg+300mg+35mg Simeco plus (hidróxido de alumínio + hidróxido de magnésio + simeticona) Suspensão FORMAS FARMACÊUTICAS E APRESENTAÇÕES Embalagens com frascos

Leia mais

Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso.

Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. 1 INSTRUÇÕES Confira se os dados contidos na parte inferior desta capa estão corretos e, em seguida, assine no espaço reservado para isso. 2 3 4 Caso se identifique em qualquer outro local deste Caderno,

Leia mais

MIGRAINEX. (paracetamol + ácido acetil salicílico + cafeína) Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A. Comprimido Revestido

MIGRAINEX. (paracetamol + ácido acetil salicílico + cafeína) Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A. Comprimido Revestido MIGRAINEX (paracetamol + ácido acetil salicílico + cafeína) Cosmed Indústria de Cosméticos e Medicamentos S.A. Comprimido Revestido 250mg + 250mg + 65mg I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: MIGRAINEX paracetamol

Leia mais

ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO 1/1

ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO 1/1 ANEXO I RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO 1/1 1. NOME DO MEDICAMENTO VETERINÁRIO Porcilis Porcoli Diluvac Forte 2. COMPOSIÇÃO QUALITATIVA E QUANTITATIVA Por dose de 2 ml : -F4ab (K88ab) adesinas

Leia mais

Trok. Cetoconazol + dipropionato de betametasona Creme e pomada dermatológica

Trok. Cetoconazol + dipropionato de betametasona Creme e pomada dermatológica Trok Cetoconazol + dipropionato de betametasona Creme e pomada dermatológica Formas farmacêuticas e apresentações - Trok Trok creme dermatológico. Embalagens contendo 1 bisnaga com 10 g e 30 g Trok pomada

Leia mais

Visual Sandoz do Brasil Ind. Farm. Ltda. solução oftálmica cloridrato de nafazolina 0,15 mg/ml + sulfato de zinco heptaidratado 0,3 mg/ml

Visual Sandoz do Brasil Ind. Farm. Ltda. solução oftálmica cloridrato de nafazolina 0,15 mg/ml + sulfato de zinco heptaidratado 0,3 mg/ml Visual Sandoz do Brasil Ind. Farm. Ltda. solução oftálmica cloridrato de nafazolina 0,15 mg/ml + sulfato de zinco heptaidratado 0,3 mg/ml I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Visual cloridrato de nafazolina

Leia mais

Daiichi Sankyo Brasil Farmacêutica Ltda.

Daiichi Sankyo Brasil Farmacêutica Ltda. IDENTIFICAÇÃO DO Loxonin loxoprofeno sódico MEDICAMENTO APRESENTAÇÕES LOXONIN é comercializado em caixas com 8, 15 ou 30 comprimidos de 60 mg. USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido de LOXONIN

Leia mais

Roteiro para o Monitoramento das Doenças Diarréicas Agudas

Roteiro para o Monitoramento das Doenças Diarréicas Agudas SUPERINTENDÊNCIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE GERÊNCIA DE VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA DAS DOENÇAS TRANSMISSÍVEIS Coordenação de Controle das Doenças Hídricas e Alimentares Av. 136 s/n, Quadra F44, Lotes 22 a 24,

Leia mais

27 JULHO (QUARTA) 8h00 às 19h00. Quality Berrini Rua Heinrich Hertz,14 Fone (11) 5505-0141

27 JULHO (QUARTA) 8h00 às 19h00. Quality Berrini Rua Heinrich Hertz,14 Fone (11) 5505-0141 NUTROTERAPIA ADEQUADA AOS CASOS CLÍNICOS PÚBLICO ALVO MÉDICOS DISCUSSÃO CIENTÍFICA DE 11 CASOS CLÍNICOS 27 JULHO (QUARTA) CURSO DE CAPACITAÇÃO DA ABRAN PARA ELABORAÇÃO DO PLANO NUTROLÓGICO PELO MÉDICO

Leia mais

simeticona LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Emulsão Oral 75 mg/ml

simeticona LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA Emulsão Oral 75 mg/ml simeticona LEGRAND PHARMA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA 75 mg/ml I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO simeticona Medicamento Genérico, Lei nº 9.787 de 1999. APRESENTAÇÃO (gotas). Embalagem contendo frasco de

Leia mais

Durante quanto tempo tenho de tomar metotrexato antes de este ter efeito?

Durante quanto tempo tenho de tomar metotrexato antes de este ter efeito? METOTREXATO Quais são os objetivos deste folheto? Este folheto foi elaborado para o(a) ajudar a compreender melhor o metotrexato e para o informar sobre o que é, como funciona, como é utilizado para tratar

Leia mais

Figura 1. Equipamento de LECO Carlos Alberto Ferreira Chagas

Figura 1. Equipamento de LECO Carlos Alberto Ferreira Chagas Quando certos produtos químicos da urina se agregam formando cristais, uma massa endurecida chamada cálculo (ou pedra) se forma. A maioria das pedras começa a se formar nos rins e algumas podem se deslocar

Leia mais

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO

RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO RESUMO DAS CARACTERÍSTICAS DO MEDICAMENTO Página 1 de 17 1. NOME DO MEDICAMENTO VETERINÁRIO PARTOVET (10 UI/ml de Oxitocina Sintética), solução injectável para bovinos, equinos, suínos, caprinos, ovinos,

Leia mais

MANUAL DO ASSOCIADO. Plano Individual e Familiar. A solução definitiva em odontologia

MANUAL DO ASSOCIADO. Plano Individual e Familiar. A solução definitiva em odontologia MANUAL DO ASSOCIADO Plano Individual e Familiar A solução definitiva em odontologia MISSÃO DA EMPRESA O nosso compromisso é atingir e superar as expectativas dos clientes, garantindo sua total satisfação,

Leia mais

Zika vírus. Confira todos os sintomas para saber se está com Zika vírus

Zika vírus. Confira todos os sintomas para saber se está com Zika vírus Zika vírus Os sintomas da Zika incluem febre baixa, dor nos músculos e articulações, além de vermelhidão nos olhos e manchas vermelhas na pele. A doença é transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, e os

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR

1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR 1 1 2 1. IDENTIFICAÇÃO FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR Razão Social: FUNDAÇÃO FIAT SAÚDE E BEM ESTAR CNPJ: 12.838.821/0001-80 Registro ANS: 41828-5 Inscrição Municipal: 130973/001-6 Inscrição Estadual:

Leia mais

Formulário da OPAS/OMS para o resumo de caso de influenza humana pelo vírus da Influenza A (H1N1)

Formulário da OPAS/OMS para o resumo de caso de influenza humana pelo vírus da Influenza A (H1N1) Formulário da OPAS/OMS para o resumo de caso de influenza humana pelo vírus da Influenza A (H1N1) O objetivo deste formulário é obter informações importantes para determinar a seriedade e as características

Leia mais

Purisole SM Fresenius Kabi

Purisole SM Fresenius Kabi Purisole SM Fresenius Kabi Solução para irrigação urológica sorbitol 0,027 g/ml + manitol 0,0054 g/ ml MODELO DE BULA Purisole SM sorbitol + manitol Forma farmacêutica e apresentações: Solução para irrigação

Leia mais

VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE

VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE VAMOS FALAR SOBRE HEPATITE HEPATITE É uma inflamação do fígado provocada, na maioria das vezes, por um vírus. Diferentes tipos de vírus podem provocar a doença, que se caracteriza por febre, icterícia

Leia mais

FATURA ELETRÔNICA DO PRESTADOR Layout do Arquivo Texto Versão 1.1.1

FATURA ELETRÔNICA DO PRESTADOR Layout do Arquivo Texto Versão 1.1.1 Orientações gerais: 1. Este layout é destinado a todos os prestadores de serviços de saúde do Ipasgo. Os prestadores pessoas físicas e pessoas jurídicas nas categorias laboratório e clínicas que apresentam

Leia mais

cloridrato de tansulosina

cloridrato de tansulosina cloridrato de tansulosina Sandoz do Brasil Ind. Farm. Ltda. Cápsula gelatinosa dura de liberação prolongada 0,4 mg 1 I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO cloridrato de tansulosina Medicamento genérico Lei n

Leia mais

Pressão Arterial. Profª. Claudia Witzel

Pressão Arterial. Profª. Claudia Witzel Pressão Arterial Profª. Claudia Witzel Pressão do sangue Quando o volume de sangue que sai do coração é maior do que o determinado pela Organização Mundial de Saúde, ou seja, acima de 130 x 85 mmhg. A

Leia mais

ANÁLISES CLÍNICAS. conhecimento que trabalha com o estudo de. alguma substância de forma a coletar dados e

ANÁLISES CLÍNICAS. conhecimento que trabalha com o estudo de. alguma substância de forma a coletar dados e ANÁLISES CLÍNICAS ANÁLISES CLÍNICAS A análise clínica é o ramo de conhecimento que trabalha com o estudo de alguma substância de forma a coletar dados e apontar diagnósticos a respeito da saúde do paciente.

Leia mais

DISTÚRBIOS DO SÓDIO E DO POTÁSSIO

DISTÚRBIOS DO SÓDIO E DO POTÁSSIO DISTÚRBIOS DO SÓDIO E DO POTÁSSIO HIPONATREMIA Dosagem de sódio ( Na ) sérico < 130mEq/L Oferta hídrica aumentada; Baixa oferta de sódio; Redistribuição osmótica de água ( p.ex. hiperglicemia); Excreção

Leia mais

Acesso às Consultas Externas do Serviço de Estomatologia do Hospital de Santa Maria do Centro Hospitalar Lisboa Norte

Acesso às Consultas Externas do Serviço de Estomatologia do Hospital de Santa Maria do Centro Hospitalar Lisboa Norte Acesso às Consultas Externas do Serviço de Estomatologia do Hospital de Santa Maria do Centro Hospitalar Lisboa Norte O Serviço de Estomatologia do Hospital de Santa Maria (SE do HSM) do Centro Hospitalar

Leia mais

GUIA SOBRE A APLICAÇÃO DOS ASPECTOS LINGUÍSTICOS DA CARTILHA DE ADESÃO À AGENCE UNIVERSITAIRE DE LA FRANCOPHONIE

GUIA SOBRE A APLICAÇÃO DOS ASPECTOS LINGUÍSTICOS DA CARTILHA DE ADESÃO À AGENCE UNIVERSITAIRE DE LA FRANCOPHONIE GUIA SOBRE A APLICAÇÃO DOS ASPECTOS LINGUÍSTICOS DA CARTILHA DE ADESÃO À AGENCE UNIVERSITAIRE DE LA FRANCOPHONIE Adotado pelo conselho associativo da Agence universitaire de la Francophonie 13 de setembro

Leia mais

ARTIGO. Sobre monitoramento a Distancia e aplicação automática de medicamentos. Sistema de monitoração a distancia e aplicação de medicamentos.

ARTIGO. Sobre monitoramento a Distancia e aplicação automática de medicamentos. Sistema de monitoração a distancia e aplicação de medicamentos. ARTIGO Sobre monitoramento a Distancia e aplicação automática de medicamentos. Autor: Marcos José Sanvidotti Sistema de monitoração a distancia e aplicação de medicamentos. Resumo: O monitoramento a distância

Leia mais

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Orientação para pacientes com Cálculo (pedra) da vesícula. Quem pode ter pedra (cálculo) na vesícula? Pedra ou calculo da vesícula e uma doença bastante comum.

Leia mais

Registro Hospitalar de Câncer Conceitos Básicos Planejamento Coleta de Dados Fluxo da Informação

Registro Hospitalar de Câncer Conceitos Básicos Planejamento Coleta de Dados Fluxo da Informação Registro Hospitalar de Câncer Conceitos Básicos Planejamento Coleta de Dados Fluxo da Informação Registro Hospitalar de Câncer Este tipo de registro se caracteriza em um centro de coleta, armazenamento,

Leia mais

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR Lovastatina Jaba 20 mg comprimidos APROVADO EM Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento, pois contém informação importante

Leia mais

I Encontro Multidisciplinar em Dor do HCI

I Encontro Multidisciplinar em Dor do HCI I Encontro Multidisciplinar em Dor do HCI Princípios do Tratamento da Dor Oncológica Odiléa Rangel Gonçalves Serviço de Anestesiologia Área de Controle da Dor Princípios do Tratamento da Dor Oncológica

Leia mais

CÁPSULAS 400mg Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda.

CÁPSULAS 400mg Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. BUSCOFEM (ibuprofeno) CÁPSULAS 400mg Boehringer Ingelheim do Brasil Química e Farmacêutica Ltda. Buscofem ibuprofeno APRESENTAÇÕES Cápsulas de 400 mg: embalagens com 10 e 50 cápsulas. USO ORAL USO ADULTO

Leia mais

Kanakion MM (fitomenadiona) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável 2 mg/0,2 ml

Kanakion MM (fitomenadiona) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável 2 mg/0,2 ml Kanakion MM (fitomenadiona) Produtos Roche Químicos e Farmacêuticos S.A. Solução injetável 2 mg/0,2 ml 5 Kanakion MM pediátrico fitomenadiona Roche Vitamina K Micelas Mistas APRESENTAÇÃO Solução injetável.

Leia mais

Fisiopatologia Respiratória na Obesidade Mórbida. Implicações Perioperatorias

Fisiopatologia Respiratória na Obesidade Mórbida. Implicações Perioperatorias Introdução A obesidade constitui um dos problemas de saúde mais importantes das sociedades desenvolvidas Na Espanha os custos econômicos com a obesidade representam 6,9% do gasto sanitário O índice de

Leia mais

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO HOSPITAL FÊMINA LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS

GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO HOSPITAL FÊMINA LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS POP n.º: L-27 Página 1 de 5 1. Objetivo: Garantir atendimento de forma adequada aos clientes e funcionários dentro dos protocolos estabelecidos para assistência de enfermagem durante as intercorrências

Leia mais

ANTIBIÓTICOS ESQUEMAS TERAPÊUTICOS COMUNS E APRESENTAÇÕES COMERCIAIS NO BRASIL. Revisão em 2012 Prof Solange Maria Dieterich

ANTIBIÓTICOS ESQUEMAS TERAPÊUTICOS COMUNS E APRESENTAÇÕES COMERCIAIS NO BRASIL. Revisão em 2012 Prof Solange Maria Dieterich ANTIBIÓTICOS ESQUEMAS TERAPÊUTICOS COMUNS E APRESENTAÇÕES COMERCIAIS NO BRASIL Revisão em 2012 Prof Solange Maria Dieterich Referências: DEF 2010/11; WANNMACHER; FERREIRA, 2010 (a); FUCHS, WANNMACHER,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO PARECER COREN-SP 012 /2013 CT PRCI n 100.548/2012 Ticket: 254.612 / 281.073 / 285.610 / 285.757 / 286.873 / 289.648 / 291.841 / 286.513 / 286.916 Ementa: Atuação de Enfermagem e administração de medicamentos

Leia mais

Desenvolver competências no âmbito da prestação de primeiros socorros.

Desenvolver competências no âmbito da prestação de primeiros socorros. 1. OBJETIVOS GERAIS Desenvolver competências no âmbito da prestação de primeiros socorros. 2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Este módulo visa dotar os formandos de capacidades nas seguintes linhas de ação: o Descrever

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº. 4050

PROJETO DE LEI Nº. 4050 PROJETO DE LEI Nº. 4050 Institui o Centro de Especialidades Odontológicas CEO Tipo 2, dispõe sobre a contratação temporária de pessoal, nos termos da Lei Municipal nº. 2.854/2011 e do art. 37, IX, da Constituição

Leia mais

COBRANÇA BANCÁRIA CAIXA

COBRANÇA BANCÁRIA CAIXA COBRANÇA BANCÁRIA CAIXA ESPECIFICAÇÃO DE CÓDIGO DE BARRAS PARA BLOQUETOS DE COBRANÇA COBRANÇAS RÁPIDA E SEM REGISTRO GESER NOVEMBRO/2000 ÍNDICE PÁGINA 1 INTRODUÇÃO... 3 2 ESPECIFICAÇÕES...4 2.1 FORMATO......

Leia mais

APROVADO EM 10-04-2012 INFARMED. Folheto informativo: Informação para o utilizador. UL-250, 250 mg, pó para suspensão oral Saccharomyces boulardii

APROVADO EM 10-04-2012 INFARMED. Folheto informativo: Informação para o utilizador. UL-250, 250 mg, pó para suspensão oral Saccharomyces boulardii Folheto informativo: Informação para o utilizador UL-250, 250 mg, pó para suspensão oral Saccharomyces boulardii Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento pois contém

Leia mais

Biofenac. Aché Laboratórios Farmacêuticos Comprimido revestido 50 mg

Biofenac. Aché Laboratórios Farmacêuticos Comprimido revestido 50 mg Biofenac Aché Laboratórios Farmacêuticos Comprimido revestido 50 mg BULA PARA PACIENTE Bula de acordo com a Resolução-RDC nº 47/2009 I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Biofenac diclofenaco sódico Comprimido

Leia mais

16/03/12 INTRODUÇÃO OBJETIVO MATERIAL E MÉTODOS MATERIAL E MÉTODOS

16/03/12 INTRODUÇÃO OBJETIVO MATERIAL E MÉTODOS MATERIAL E MÉTODOS PROFILAXIA ANTIBIÓTICA EM CIRURGIA DE TERCEIROS MOLARES (Antibioticoterapia profilática) Mestrandos: Érika Maria Carvalho Bitencourt Iury Oliveira Castro Rafaella Mosquera Chaves Thiago Oliveira Sousa

Leia mais

Lição 06 HEMORRAGIAS E CHOQUE. 1. Enumerar 5 sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia;

Lição 06 HEMORRAGIAS E CHOQUE. 1. Enumerar 5 sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia; Lição 06 HEMORRAGIAS E CHOQUE OBJETIVOS: Ao final desta lição os participantes serão capazes de: 1. Enumerar 5 sinais ou sintomas indicativos de uma hemorragia; 2. Citar e demonstrar 3 diferentes técnicas

Leia mais

BULA PARA O PACIENTE MICOSTATIN (nistatina) SUSPENSÃO ORAL

BULA PARA O PACIENTE MICOSTATIN (nistatina) SUSPENSÃO ORAL BULA PARA O PACIENTE MICOSTATIN (nistatina) SUSPENSÃO ORAL MICOSTATIN nistatina USO ORAL APRESENTAÇÃO MICOSTATIN 100.000 UI/mL é apresentado em cartuchos com frasco de vidro âmbar contendo 60 ml, com conta-gotas

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DE PROCESSO DE SOLICITAÇÃO DE MEDICAMENTOS E FÓRMULAS NUTRICIONAIS ESPECIAIS

INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DE PROCESSO DE SOLICITAÇÃO DE MEDICAMENTOS E FÓRMULAS NUTRICIONAIS ESPECIAIS INSTRUÇÕES PARA ABERTURA DE PROCESSO DE SOLICITAÇÃO DE MEDICAMENTOS E FÓRMULAS NUTRICIONAIS ESPECIAIS Os Medicamentos Especiais são de responsabilidade de aquisição e fornecimento da Secretaria Estadual

Leia mais

Cortifar Laboratório Farmacêutico Elofar Ltda. Creme dermatológico 0,64 mg/g de dipropionato de betametasona

Cortifar Laboratório Farmacêutico Elofar Ltda. Creme dermatológico 0,64 mg/g de dipropionato de betametasona Cortifar Laboratório Farmacêutico Elofar Ltda. Creme dermatológico 0,64 mg/g de dipropionato de betametasona I- IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Cortifar dipropionato de betametasona MEDICAMENTO SIMILAR EQUIVALENTE

Leia mais

Tutorial de Preenchimento de ARTs. Contrato com a CAIXA

Tutorial de Preenchimento de ARTs. Contrato com a CAIXA Pág. 1 1) Estrutura de Preenchimento das ARTs: A ART Principal deve conter as informações do contrato com a Caixa. As ARTs Múltiplas devem conter as ordens de serviço do mês e estarem vinculadas à ART

Leia mais

ACESSOS VASCULARES PREVENÇÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM RESIDÊNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE ENFª FRANCIELE TONIOLO ENFª LUIZA CASABURI

ACESSOS VASCULARES PREVENÇÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM RESIDÊNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE ENFª FRANCIELE TONIOLO ENFª LUIZA CASABURI ACESSOS VASCULARES PREVENÇÃO E CUIDADOS DE ENFERMAGEM RESIDÊNCIA INTEGRADA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE ENFª FRANCIELE TONIOLO ENFª LUIZA CASABURI A inserção de CVP é atualmente uma prática indispensável

Leia mais

Cansarcor HCT. Candesartana cilexetila + hidroclorotiazida. Legrand Pharma Industria Farmacêutica Ltda. comprimido. 8mg/12,5mg.

Cansarcor HCT. Candesartana cilexetila + hidroclorotiazida. Legrand Pharma Industria Farmacêutica Ltda. comprimido. 8mg/12,5mg. Cansarcor HCT Candesartana cilexetila + hidroclorotiazida Legrand Pharma Industria Farmacêutica Ltda comprimido 8mg/12,5mg 16mg/12,5mg Modelo de Bula I) IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO CANSARCOR HCT candesartana

Leia mais

LABIRIN. dicloridrato de betaistina

LABIRIN. dicloridrato de betaistina LABIRIN dicloridrato de betaistina APRESENTAÇÃO Comprimidos de 24 mg. Caixa com 30 e 60 comprimidos. USO ORAL USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada comprimido contém: dicloridrato de betaistina... 24 mg Excipientes

Leia mais

Trimedal Tosse bromidrato de dextrometorfano

Trimedal Tosse bromidrato de dextrometorfano Trimedal Tosse bromidrato de dextrometorfano Forma farmacêutica, via de administração e apresentações: Filme de desintegração oral. Uso oral. Trimedal Tosse 7,5 mg: cartuchos com 16 filmes de desintegração

Leia mais

Acetato de zinco. Identificação. Denominação botânica: Não aplicável.

Acetato de zinco. Identificação. Denominação botânica: Não aplicável. Material Técnico Acetato de zinco Identificação Fórmula Molecular: CH3CO2)2Zn,2H2O Peso molecular: 219,5 DCB / DCI: Não aplicável. CAS: 5970-45-6 INCI: Não aplicável. Denominação botânica: Não aplicável.

Leia mais

CASO CLÍNICO 2014. Pôs graduação de ginecologia Enfermaria 28 Rosário Sarmiento Santa casa da misericórdia

CASO CLÍNICO 2014. Pôs graduação de ginecologia Enfermaria 28 Rosário Sarmiento Santa casa da misericórdia CASO CLÍNICO 2014 Pôs graduação de ginecologia Enfermaria 28 Rosário Sarmiento Santa casa da misericórdia Nome: A.C.S.B.R Idade: 47 anos Sexo : feminino Identificação acompanhada Naturalidade: de febre

Leia mais

FARMACOLOGIA APLICADA À ODONTOLOGIA EM ATENÇÃO PRIMÁRIA

FARMACOLOGIA APLICADA À ODONTOLOGIA EM ATENÇÃO PRIMÁRIA FARMACOLOGIA APLICADA À ODONTOLOGIA EM ATENÇÃO PRIMÁRIA Maria Beatriz Cardoso Ferreira Departamento de Farmacologia Instituto de Ciências Básicas da Saúde - UFRGS Paciente de 68 anos procura atendimento

Leia mais

Manual Mobuss Construção - Móvel

Manual Mobuss Construção - Móvel Manual Mobuss Construção - Móvel VISTORIA & ENTREGA - MÓVEL Versão 1.0 Data 22/04/2014 Mobuss Construção - Vistoria & Entrega Documento: v1.0 Blumenau SC 2 Histórico de Revisão Versão Data Descrição 1.0

Leia mais

APROVADO EM 06-02-2004 INFARMED

APROVADO EM 06-02-2004 INFARMED FOLHETO INFORMATIVO BAYER BAYCUTEN Creme clotrimazol + acetato de dexametasona Leia cuidadosamente este folheto antes de utilizar este medicamento. É importante que o leia mesmo que já tenha utilizado

Leia mais

Uso Correto da Medicação. Oral e Insulina Parte 1. Denise Reis Franco Médica. Alessandra Gonçalves de Souza Nutricionista

Uso Correto da Medicação. Oral e Insulina Parte 1. Denise Reis Franco Médica. Alessandra Gonçalves de Souza Nutricionista Uso Correto da Medicação Denise Reis Franco Médica Alessandra Gonçalves de Souza Nutricionista Eliana M Wendland Doutora em Epidemiologia Oral e Insulina Parte 1 Uso correto da medicação oral e insulina

Leia mais