PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos,

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PRIMEIRO DIA LADAINHA. MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades. Animador das primeiras comunidades, Caridoso com os mais empobrecidos,"

Transcrição

1

2 PRIMEIRO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro de Cristo, Caridoso com os mais empobrecidos, Propagador da fé em Cristo, Cooperador da verdade, Colaborador da graça divina, Exemplo de seguimento a Cristo, Indulgente intercessor, Amante das virtudes, Acolhedor dos aflitos, Missionário dos povos, Mártir por amor à missão, Intercessor dos casos aflitos, Padroeiro de nossa comunidade, P.: Rogai por nós, São Judas Tadeu, T.: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém! MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Rede de Comunidades P.: A fé cristã é uma experiência comunitária, T.: enraizada na comunhão fraterna e nos laços de amor e de serviço. P.: Nossas comunidades precisam ser espaços privilegiados,

3 T.: de vivência dessa comunhão, do amor e do serviço, P.: reafirmando o novo jeito de ser paróquia e Igreja. / São Judas Tadeu: T.: Intercedei a Deus por nossas comunidades. Amém! ORAÇÃO Ó Pai, que pelo anúncio do Evangelho nos fizeste chegar ao conhecimento da vossa misericórdia, concedei-nos pela intercessão de São Judas Tadeu praticar a fé que professamos e alcançar a graça que vos pedimos segundo a vossa vontade (apresentar o pedido)... / por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém! São Judas Tadeu, rogai por nós!

4 SEGUNDO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro de Cristo, Caridoso com os mais empobrecidos, Propagador da fé em Cristo, Cooperador da verdade, Colaborador da graça divina, Exemplo de seguimento a Cristo, Indulgente intercessor, Amante das virtudes, Acolhedor dos aflitos, Missionário dos povos, Mártir por amor à missão, Intercessor dos casos aflitos, Padroeiro de nossa comunidade, P.: Rogai por nós, São Judas Tadeu, T.: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém! MEDITAÇÃO Nosso Compromisso: Opção Preferencial pelos Pobres P.: As muitas realidades de pobreza, sempre provocadas por situações de injustiças sociais, T.: chamam-nos a assumir uma postura profética, empreendendo ações que transformem essas realidades. P.: Como verdadeiro compromisso com o Evangelho de Jesus, T.: Precisamos trabalhar para o resgate da dignidade de todos os empobrecidos e empobrecidas,

5 P. Reconhecendo-os como sujeitos da vivência, do aprendizado e da fidelidade ao Evangelho, dentro e fora da Igreja. São Judas Tadeu: T.: Que sigamos seu exemplo missionário, acolhendo sem medida os irmãos mais necessitados. Assim seja! ORAÇÃO Ó Pai, que pelo anúncio do Evangelho nos fizeste chegar ao conhecimento da vossa misericórdia, concedei-nos pela intercessão de São Judas Tadeu praticar a fé que professamos e alcançar a graça que vos pedimos segundo a vossa vontade (apresentar o pedido)... / por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém! São Judas Tadeu, rogai por nós!

6 TERCEIRO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro de Cristo, Caridoso com os mais empobrecidos, Propagador da fé em Cristo, Cooperador da verdade, Colaborador da graça divina, Exemplo de seguimento a Cristo, Indulgente intercessor, Amante das virtudes, Acolhedor dos aflitos, Missionário dos povos, Mártir por amor à missão, Intercessor dos casos aflitos, Padroeiro de nossa comunidade, P.: Rogai por nós, São Judas Tadeu, T.: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém! MEDITAÇÃO P.: A alegria de acolher os irmãos e irmãs em suas pessoais necessidades deve ser a característica dos discípulos e discípulas de Jesus. T.: Quando acolhemos, rompemos com a solidão e com o anonimato desses irmãos e irmãs. P.: O mandato evangélico de ir ao encontro do outro é o alicerce: T.: para sermos uma Igreja comprometida com a hospitalidade e a fraternidade, P.: São Judas Tadeu, discípulo escolhido por Cristo foi fiel ao experimentar:

7 T.: gestos próprios de quem faz a experiência de seguir a Jesus Ressuscitado. Assim Seja! ORAÇÃO Ó Pai, que pelo anúncio do Evangelho nos fizeste chegar ao conhecimento da vossa misericórdia, concedei-nos pela intercessão de São Judas Tadeu praticar a fé que professamos e alcançar a graça que vos pedimos segundo a vossa vontade (apresentar o pedido)... / por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém! São Judas Tadeu, rogai por nós!

8 QUARTO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro de Cristo, Caridoso com os mais empobrecidos, Propagador da fé em Cristo, Cooperador da verdade, Colaborador da graça divina, Exemplo de seguimento a Cristo, Indulgente intercessor, Amante das virtudes, Acolhedor dos aflitos, Missionário dos povos, Mártir por amor à missão, Intercessor dos casos aflitos, Padroeiro de nossa comunidade, P.: Rogai por nós, São Judas Tadeu, T.: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém! MEDITAÇÃO Nosso compromisso: Fé, Política e Cidadania P.: Uma das dimensões fundamentais da fé, pautada na Palavra de Deus e no Ensinamento da Igreja, T.: é o compromisso com a Política e a Cidadania, entendida como a busca e a promoção do bem comum. P.: Como o sinal de comunhão, que revela a justiça do Reino;

9 T.: assumamos o compromisso de todos os batizados e batizadas no exercício da cidadania, tendo em vista a justiça e a paz, a partir da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja; P.: Sejamos verdadeiramente discípulos e discípulas de Jesus, como foi São Judas Tadeu e por sua intercessão pedimos: T.: Protegei, Senhor, nosso Brasil, neste momento de uma realidade política tão manchada pela corrupção. Assim Seja! ORAÇÃO Ó Pai, que pelo anúncio do Evangelho nos fizeste chegar ao conhecimento da vossa misericórdia, concedei-nos pela intercessão de São Judas Tadeu praticar a fé que professamos e alcançar a graça que vos pedimos segundo a vossa vontade (apresentar o pedido)... / por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém! São Judas Tadeu, rogai por nós!

10 QUINTO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro de Cristo, Caridoso com os mais empobrecidos, Propagador da fé em Cristo, Cooperador da verdade, Colaborador da graça divina, Exemplo de seguimento a Cristo, Indulgente intercessor, Amante das virtudes, Acolhedor dos aflitos, Missionário dos povos, Mártir por amor à missão, Intercessor dos casos aflitos, Padroeiro de nossa comunidade, P.: Rogai por nós, São Judas Tadeu, T.: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém! MEDITAÇÃO Nosso compromisso: Família P.: A família é a união das pessoas na consciência do amor, T.: cuja força reside essencialmente na sua capacidade de amar e ensinar a amar, constituindo um núcleo fundamental das sociedades. P.: Como Igreja doméstica, a família precisa ser, constantemente,

11 T.: valorizada nas suas particularidades e pluralidades, que enriquecem a Igreja. P. São Judas Tadeu, aprendamos com seu exemplo de discípulo, servo fiel por amor a Jesus e seu Evangelho a valorizar, com empenho evangélico e pastoral, a potencialidade humana de formar e viver em família, T.: percebendo a instituição familiar como o primeiro lugar para a experiência de evangelização e do despertar da fé. Amém! ORAÇÃO Ó Pai, que pelo anúncio do Evangelho nos fizeste chegar ao conhecimento da vossa misericórdia, concedei-nos pela intercessão de São Judas Tadeu praticar a fé que professamos e alcançar a graça que vos pedimos segundo a vossa vontade (apresentar o pedido)... / por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém! São Judas Tadeu, rogai por nós!

12 SEXTO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro de Cristo, Caridoso com os mais empobrecidos, Propagador da fé em Cristo, Cooperador da verdade, Colaborador da graça divina, Exemplo de seguimento a Cristo, Indulgente intercessor, Amante das virtudes, Acolhedor dos aflitos, Missionário dos povos, Mártir por amor à missão, Intercessor dos casos aflitos, Padroeiro de nossa comunidade, P.: Rogai por nós, São Judas Tadeu, T.: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém!

13 MEDITAÇÃO Nosso compromisso: Protagonismo dos Leigos e Leigas P.: A Igreja é o Povo de Deus que, à imagem da Trindade, é chamado: T.: a ser sinal de unidade e de comunhão na diversidade e na pluralidade de seus membros. P.: Essa realidade deve promover a corresponsabilidade de todos os batizados e batizadas na missão da Igreja. T.: Precisamos ampliar a compreensão de que todo o serviço eclesial nasce e se fundamenta na Palavra. P.: Promovendo o protagonismo legítimo dos leigos e leigas como Ministros e Ministras da Palavra, na compreensão de que toda ação evangelizadora é ministerial; T.: Assumiremos como São Judas o papel de seguidor e proclamador da Palavra. Assim seja! ORAÇÃO Ó Pai, que pelo anúncio do Evangelho nos fizeste chegar ao conhecimento da vossa misericórdia, concedei-nos pela intercessão de São Judas Tadeu praticar a fé que professamos e alcançar a graça que vos pedimos segundo a vossa vontade (apresentar o pedido)... / por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém! São Judas Tadeu, rogai por nós!

14 SÉTIMO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro de Cristo, Caridoso com os mais empobrecidos, Propagador da fé em Cristo, Cooperador da verdade, Colaborador da graça divina, Exemplo de seguimento a Cristo, Indulgente intercessor, Amante das virtudes, Acolhedor dos aflitos, Missionário dos povos, Mártir por amor à missão, Intercessor dos casos aflitos, Padroeiro de nossa comunidade, P.: Rogai por nós, São Judas Tadeu, T.: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém! MEDITAÇÃO Nosso compromisso: Opção Preferencial pelo Jovens P.: A Igreja se realiza quando considera todos os seus membros, em sua importância. As juventudes ajudam a Igreja a se abrir para novos horizontes, T.: nos quais pode viver sua fé e sua missão.

15 P.: Da mesma forma, a Igreja contribui para que os jovens e as jovens façam sua escolha por Jesus Cristo e pelo Reino, T.: na experiência comunitária de amadurecimento da fé, traduzida em efetiva participação. P.: Precisamos valorizar as juventudes, sobretudo as empobrecidas, respeitando-as e acolhendo-as como sujeitos, T.: com potenciais para inspirar novas práticas evangelizadoras e de testemunho do Evangelho às comunidades e paróquias. São Judas Tadeu, intercedei a Deus por nossos jovens. Amém! ORAÇÃO Ó Pai, que pelo anúncio do Evangelho nos fizeste chegar ao conhecimento da vossa misericórdia, concedei-nos pela intercessão de São Judas Tadeu praticar a fé que professamos e alcançar a graça que vos pedimos segundo a vossa vontade (apresentar o pedido)... / por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém! São Judas Tadeu, rogai por nós!

16 OITAVO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro de Cristo, Caridoso com os mais empobrecidos, Propagador da fé em Cristo, Cooperador da verdade, Colaborador da graça divina, Exemplo de seguimento a Cristo, Indulgente intercessor, Amante das virtudes, Acolhedor dos aflitos, Missionário dos povos, Mártir por amor à missão, Intercessor dos casos aflitos, Padroeiro de nossa comunidade, P.: Rogai por nós, São Judas Tadeu, T.: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém! MEDITAÇÃO Nosso compromisso: Formação integral e Permanente / Catequese P.: Jesus ensina que para se tornar discípulo e discípula é preciso se colocar no caminho,

17 T.: para aprender Dele a fé e o exercício do amor, em um processo permanente de formação. P.: A Tradição da Igreja ensina que a fé, na comunidade de fiéis, é transmitida a todos: T.: que se deixam encontrar por Jesus. Nesse sentido, devemos: P.: A catequese, como ecoar do Mistério e educação da fé, é processo oportuno para que os discípulos e discípulas se coloquem: T.: na escuta atenta da Palavra de Jesus, desde os que dão os seus primeiros passos na fé, bem como os que já encontraram lugar na caminhada. ORAÇÃO Ó Pai, que pelo anúncio do Evangelho nos fizeste chegar ao conhecimento da vossa misericórdia, concedei-nos pela intercessão de São Judas Tadeu praticar a fé que professamos e alcançar a graça que vos pedimos segundo a vossa vontade (apresentar o pedido)... / por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém! São Judas Tadeu, rogai por nós!

18 NONO DIA LADAINHA São Judas Tadeu, Apóstolo de Cristo, Eleito por Jesus, Seguidor do Evangelho, Testemunha do Ressuscitado, Animador das primeiras comunidades, Fiel pregador do Evangelho, Zeloso ministro de Cristo, Caridoso com os mais empobrecidos, Propagador da fé em Cristo, Cooperador da verdade, Colaborador da graça divina, Exemplo de seguimento a Cristo, Indulgente intercessor, Amante das virtudes, Acolhedor dos aflitos, Missionário dos povos, Mártir por amor à missão, Intercessor dos casos aflitos, Padroeiro de nossa comunidade, P.: Rogai por nós, São Judas Tadeu, T.: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém! MEDITAÇÃO Nosso compromisso: Comunicação e Cultura P.: O anúncio do Evangelho é missão dada por Jesus, T.: a todos os discípulos e discípulas. P.: Comunicar a fé é, nesse sentido, propagar a Boa-Notícia de que a alegria do Reino é para todos,

19 T.: em diálogo com a cultura, com a sociedade e com os povos. P.: Promover a cultura do encontro, do respeito e da acolhida entre as pessoas, T.: nos dá a possibilidade primeira, de comunicação do Evangelho, que dá vida e acolhe, dialogando com as diversas expressões culturais de nosso povo. ORAÇÃO Ó Pai, que pelo anúncio do Evangelho nos fizeste chegar ao conhecimento da vossa misericórdia, concedei-nos pela intercessão de São Judas Tadeu praticar a fé que professamos e alcançar a graça que vos pedimos segundo a vossa vontade (apresentar o pedido)... / por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém! São Judas Tadeu, rogai por nós!

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE

PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE PROVÍNCIA MARISTA DO BRASIL NORTE Espiritualidade Apostólica Marista Ir. José Milson de Mélo Souza Ano de Deus Pai LADAINHA DE SÃO MARCELINO CHAMPAGNAT (Ir. José Milson) V. Senhor, tende piedade de nós.

Leia mais

PRIMEIRA URGÊNCIA Uma Igreja em estado permanente de missão

PRIMEIRA URGÊNCIA Uma Igreja em estado permanente de missão PRIMEIRA URGÊNCIA Uma Igreja em estado permanente de missão Na linha da primeira urgência das DGAE, uma Igreja em estado permanente de missão, destacam-se as seguintes ações concretas: - Formação e missão;

Leia mais

Belo Horizonte/2013 Festa da Assunção de N. Senhora. Queridas Irmãs,

Belo Horizonte/2013 Festa da Assunção de N. Senhora. Queridas Irmãs, Belo Horizonte/2013 Festa da Assunção de N. Senhora Queridas Irmãs, Semeemos, na nossa fé, a alegria da caminhada de Emaús feita neste 16º Capítulo Provincial! Mais um passo demos juntas e é visível a

Leia mais

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO 1 CATEQUESE VOCACIONAL 1. ACOLHIMENTO 2. ORAÇÃO INICIAL: A catequese deve iniciar sempre com uma oração conjunta: Todos de pé rezamos pedindo ao Senhor que continue a chamar jovens para a vida sacerdotal

Leia mais

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL

SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL SUGESTÃO PARA A REALIZAÇÃO DA ASSEMBLEIA PAROQUIAL ORAÇÃO INICIAL 1 Ivocação ao Espirito Santo (oração ou canto) 2- Súplica inicial. (Em 2 coros: H- homens; M- mulheres) H - Procuramos para a Igreja/ cristãos

Leia mais

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão

CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica. A unidade na fé a caminho da missão CARTA DE PRINCÍPIOS, CRENÇAS E VALORES 1 ALIANÇA CRISTÃ EVANGÉLICA BRASILEIRA Aliança Evangélica A unidade na fé a caminho da missão Nossa Visão Manifestar a unidade da igreja por meio do testemunho visível

Leia mais

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética

Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética Plano Diocesano da Animação Bíblico-Catequética 2 0 1 2-2 0 1 5 DIOCESE DE FREDERICO WESTPHALEN - RS Queridos irmãos e irmãs, Com imensa alegria, apresento-lhes o PLANO DIOCESANO DE ANIMAÇÃO BÍBLICO -

Leia mais

Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese

Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese Instituição e Renovação de Ministérios Extraordinários na Diocese 1. RITO DE INSTITUIÇÃO DOS MINISTROS(AS) DA COMUNHÃO Diácono: Queiram levantar-se os que receberão o mandato de Ministros Extraordinários

Leia mais

assim ela poderá estar a serviço de uma ação solidária e libertadora do povo latino-americano.

assim ela poderá estar a serviço de uma ação solidária e libertadora do povo latino-americano. Conclusão Geral Para que a Igreja possa cumprir sua missão solidária e libertadora na AL, terá que estar em contínuo processo de conversão e sintonizada com os sinais dos tempos. Somente assim poderá se

Leia mais

Mês. Mariano UM CRISTÃO SEM MARIA ESTÁ ÓRFÃO. TAMBÉM UM CRISTÃO SEM A IGREJA É UM ÓRFÃO. PAPA FRANCISCO

Mês. Mariano UM CRISTÃO SEM MARIA ESTÁ ÓRFÃO. TAMBÉM UM CRISTÃO SEM A IGREJA É UM ÓRFÃO. PAPA FRANCISCO Mariano PARÓQUIA SÃO PEDRO PESCADOR Mês UM CRISTÃO SEM MARIA ESTÁ ÓRFÃO. TAMBÉM UM CRISTÃO SEM A IGREJA É UM ÓRFÃO. UM CRISTÃO PRECISA DESTAS DUAS MULHERES, DUAS MULHERES MÃES, DUAS MULHERES VIRGENS: A

Leia mais

20ª Hora Santa Missionária

20ª Hora Santa Missionária 20ª Hora Santa Missionária Tema: Missão é Servir Lema: Quem quiser ser o primeiro seja servo de todos Preparação do ambiente: cartaz do Mês missionário, Bíblia e fitas nas cores dos continentes, cruz e

Leia mais

Evangelho de Lucas. O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso.

Evangelho de Lucas. O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso. Evangelho de Lucas O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso. A Dimensão Bíblica da Missão Verbita Brasil Norte SVD Referente: Benjamin Eber Barrios (Gigio) SVD Material

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA ÍNDICE GERAL

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA ÍNDICE GERAL CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA ÍNDICE GERAL CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA ÍNDICE GERAL PRÓLOGO I. A Vida do homem conhecer e amar a Deus II. Transmitir a fé a catequese III. Finalidade e destinatários deste

Leia mais

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando.

Entrada da Palavra: Comentário da Palavra: Permaneçamos em pé para acolher o Livro Santo de Nossa Fé, a Palavra de Deus, cantando. Celebração de Encerramento PREPARAR 1. Bíblia e velas para a Procissão de Entrada da Palavra 2. Sementes de girassóis para cada catequista depositar num prato com terra diante do altar durante a homilia

Leia mais

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia.

A grande refeição é aquela que fazemos em torno da Mesa da Eucaristia. EUCARISTIA GESTO DO AMOR DE DEUS Fazer memória é recordar fatos passados que animam o tempo presente em rumo a um futuro melhor. O povo de Deus sempre procurou recordar os grandes fatos do passado para

Leia mais

Oração ao anjo da Guarda

Oração ao anjo da Guarda Oração ao anjo da Guarda Oração ao anjo da Guarda Santo Anjo do Senhor, Meu zeloso guardador, Já que a ti me confiou A piedade divina, Sempre me rejas, guardes, governes e ilumines. Amém. Oração ao anjo

Leia mais

DIRECTÓRIO GERAL DA CATEQUESE - SDCIA/ISCRA -2 Oração inicial Cântico - O Espírito do Senhor está sobre mim; Ele me enviou para anunciar aos pobres o Evangelho do Reino! Textos - Mc.16,15; Mt.28,19-20;

Leia mais

OBLATOS ORIONITAS. linhas de vida espiritual e apostólica

OBLATOS ORIONITAS. linhas de vida espiritual e apostólica OBLATOS ORIONITAS linhas de vida espiritual e apostólica Motivos inspiradores da oblação orionita laical O "carisma" que o Senhor concede a um fundador, é um dom para o bem de toda a Igreja. O carisma

Leia mais

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões

Intercessão. Missionária. Como e Por que Interceder por Missões Intercessão Missionária Como e Por que Interceder por Missões A Importância da Intercessão por Missões - Estamos em uma guerra Há necessidade de intercessores! - Nossa guerra não é pelo controle político

Leia mais

Adoração Eucarística. André Batista. texto ser distribuído pela assembleia). Bendiz, ó minha alma, o SENHOR, e todo o meu ser louve o seu nome santo.

Adoração Eucarística. André Batista. texto ser distribuído pela assembleia). Bendiz, ó minha alma, o SENHOR, e todo o meu ser louve o seu nome santo. Adoração Eucarística Subsídios Pastorais www.fatima.pt/documentacao André Batista BATISTA, André Adoração Eucarística. Em VAZ, Carla Abreu, coord. Envolvidos no amor de Deus pelo mundo: Itinerário Temático

Leia mais

DISCÍPULOS E SERVIDORES DA PALAVRA DE DEUS NA MISSÃO DA IGREJA

DISCÍPULOS E SERVIDORES DA PALAVRA DE DEUS NA MISSÃO DA IGREJA DISCÍPULOS E SERVIDORES DA PALAVRA DE DEUS NA MISSÃO DA IGREJA DEUS SE REVELA Revelação é o diálogo entre Deus e seus filhos, cuja iniciativa vem de Deus (8). A Palavra de Deus não se revela somente para

Leia mais

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família

A transmissão da fé na Família. Reunião de Pais. Família A transmissão da fé na Família Reunião de Pais Família Plano Pastoral Arquidiocesano Um triénio dedicado à Família Passar de uma pastoral sobre a Família para uma pastoral para a Família e com a Família

Leia mais

OS SACRAMENTOS. O que é um Sacramento?

OS SACRAMENTOS. O que é um Sacramento? OS SACRAMENTOS Os sacramentos da nova lei foram instituídos por Cristo e são sete, a saber: o Batismo, a Crisma ou Confirmação, a Eucaristia, a Penitência, a Unção dos Enfermos, a Ordem e o Matrimônio.

Leia mais

Permanecei em mim e eu permanecerei em vós!

Permanecei em mim e eu permanecerei em vós! CELEBRAÇÃO DO 5º DOMINGO DA PÁSCOA 03 de maio de 2015 Permanecei em mim e eu permanecerei em vós! Leituras: Atos 9, 26-31; Salmo 22; Primeira Carta de João 3, 18-24; João 15, 1-8. COR LITÚRGICA: BRANCA

Leia mais

MENSAGEM DO SANTO PADRE para o 48º Dia Mundial de Oração pelas Vocações (15 de Maio de 2011) «Propor as vocações na Igreja local»

MENSAGEM DO SANTO PADRE para o 48º Dia Mundial de Oração pelas Vocações (15 de Maio de 2011) «Propor as vocações na Igreja local» MENSAGEM DO SANTO PADRE para o 48º Dia Mundial de Oração pelas Vocações (15 de Maio de 2011) «Propor as vocações na Igreja local» Queridos irmãos e irmãs! O 48.º Dia Mundial de Oração pelas Vocações, que

Leia mais

CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA

CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA CATEQUESE COMO INICIAÇÃO À EUCARISTIA PE. GREGÓRIO LUTZ Certamente o título deste artigo não causa estranheza à grande maioria dos leitores da Revista de Liturgia. Mas mesmo assim me parece conveniente

Leia mais

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013

DIA DE ORAÇÃO PELA JMJ RIO2013 ROTEIRO PARA O DIA DE ORAÇÃO PELA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE RIO2013 Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude - CNBB CANTO DE ENTRADA (Canto a escolha) (Este momento de oração pode ser associado

Leia mais

Diocese de Amparo - SP

Diocese de Amparo - SP Formação sobre o documento da V Conferência do Episcopado da América Latina e do Caribe Diocese de Amparo - SP INTRODUÇÃO De 13 a 31 de maio de 2007, celebrou-se em Aparecida, Brasil, a V Conferência Geral

Leia mais

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO

Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO Celebração Comunitária do SACRAMENTO DO BAPTISMO O Baptismo, porta da vida e do reino, é o primeiro sacramento da nova lei, que Cristo propôs a todos para terem a vida eterna, e, em seguida, confiou à

Leia mais

Sumário Rosário de Nossa Senhora

Sumário Rosário de Nossa Senhora Sumário PRECES DIÁRIAS DO CRISTÃO... 13 1. Sinal da Cruz... 13 2. Pai-Nosso... 14 3. Ave-Maria... 15 4. Glória ao Pai... 16 5. Creio... 16 6. Invocação ao Espírito Santo... 17 7. Bênção contra a Tristeza...

Leia mais

TEMA: MARIA, MÃE E MODELO DA IGREJA EM MISSÃO. LEMA: A Mãe Missionária convida a Igreja a ir... 16-Set-2011

TEMA: MARIA, MÃE E MODELO DA IGREJA EM MISSÃO. LEMA: A Mãe Missionária convida a Igreja a ir... 16-Set-2011 TEMA: MARIA, MÃE E MODELO DA IGREJA EM MISSÃO. LEMA: A Mãe Missionária convida a Igreja a ir... 16-Set-2011 TEMA: MARIA, MÃE E MODELO DA IGREJA EM MISSÃO. LEMA: A Mãe Missionária convida a Igreja a ir

Leia mais

Espiritualidade do Câmbio Sistêmico ou Mudança de Estruturas

Espiritualidade do Câmbio Sistêmico ou Mudança de Estruturas Espiritualidade do Câmbio Sistêmico ou Mudança de Estruturas Uma breve meditação sobre Mudança de Estruturas O objetivo desta meditação é redescobrir a dimensão espiritual contida na metodologia de mudança

Leia mais

SEMANA DE FORMAÇÃO TEOLÓGICA PARÓQUIA SANTO ANTONIO Itapira SP

SEMANA DE FORMAÇÃO TEOLÓGICA PARÓQUIA SANTO ANTONIO Itapira SP SEMANA DE FORMAÇÃO TEOLÓGICA PARÓQUIA SANTO ANTONIO Itapira SP CREIO (N)A SANTA IGREJA CATÓLICA I CRER DE MODO ECLESIAL NO CONTEÚDO DA FÉ CRISTÃ. A PROFISSÃO DE FÉ DA IGREJA A FÉ BATISMAL A PROFISSÃO DE

Leia mais

O CAMINHO DA VIDA ESPIRITUAL EM CASAL A ESPIRITUALIDADE CONJUGAL

O CAMINHO DA VIDA ESPIRITUAL EM CASAL A ESPIRITUALIDADE CONJUGAL O CAMINHO DA VIDA ESPIRITUAL EM CASAL A ESPIRITUALIDADE CONJUGAL 1 Porquê um Tema de Estudo na pedagogia das ENS 1.1 As três Atitudes Procura Assídua da Vontade de Deus Escritura Doutrina Cultura Razões

Leia mais

NIVEIS ECLESIAIS DE COORDENAÇÃO E SEUS RESPECTIVOS PRIMEIROS RESPONSAVEIS

NIVEIS ECLESIAIS DE COORDENAÇÃO E SEUS RESPECTIVOS PRIMEIROS RESPONSAVEIS Capítulo II NIVEIS ECLESIAIS DE COORDENAÇÃO E SEUS RESPECTIVOS PRIMEIROS RESPONSAVEIS Introdução IGREJA: UMA COMUNIDADE TODA MINISTERIAL A Igreja é comunhão de pessoas para ser Sacramento de Comunhão (LG

Leia mais

Diocese de Guaxupé. Hora Santa. Dia de Oração pela Santificação dos Sacerdotes

Diocese de Guaxupé. Hora Santa. Dia de Oração pela Santificação dos Sacerdotes Diocese de Guaxupé Hora Santa Dia de Oração pela Santificação dos Sacerdotes para exposição do Santíssimo Sacramento Glória a Jesus na Hóstia Santa (ou outro a escolha) Dirigente: Graças e louvores se

Leia mais

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção?

MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Por que pensar em Mística e Construção? MÍSTICA E CONSTRUÇÃO Espiritualidade e profecia são duas palavras inseparáveis. Só os que se deixam possuir pelo espírito de Deus são capazes de plantar sementes do amanhã e renovar a face da terra. Todo

Leia mais

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010

COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 COLÉGIO AGOSTINIANO SÃO JOSÉ PASTORAL EDUCATIVA REUNIÃO DE PAIS E CATEQUISTAS 09 DE FEVEREIRO DE 2010 ORAÇÃO DE ABERTURA CANTO (REPOUSAR EM TI) Música de Tânia Pelegrino baseada na obra Confissões, de

Leia mais

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA

NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA NOVENA À SAGRADA FAMÍLIA Introdução: A devoção à Sagrada Família alcançou grande popularidade no século XVII, propagando-se rapidamente não só na Europa, mas também nos países da América. A festa, instituída

Leia mais

PARA O BAPTISMO DAS CRIANÇAS

PARA O BAPTISMO DAS CRIANÇAS BAPTISMO DAS CRIANÇAS 301 PARA O BAPTISMO DAS CRIANÇAS Pode utilizar-se uma das fórmulas, de entre as que se propõem no Rito do Baptismo ou aqui. Também é lícito escolher vários elementos da mesma fórmula,

Leia mais

DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL 2015-2019

DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL 2015-2019 DIRETRIZES GERAIS DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA IGREJA NO BRASIL 2015-2019 O QUE SÃO? São indicações São pistas São sendas Para toda a Igreja no Brasil; para as Igrejas Particulares, na elaboração dos seus

Leia mais

NOVENA PRIMEIRO DIA. Glória a ti Deus Pai, tu que chamaste a Rafqa à santa vida monástica e foste para ela Pai e Mãe.

NOVENA PRIMEIRO DIA. Glória a ti Deus Pai, tu que chamaste a Rafqa à santa vida monástica e foste para ela Pai e Mãe. NOVENA O verdadeiro crente deve conscientizar-se da importância da oração em sua vida. O senhor Jesus disse : Rogai sem cessar ; quando fazemos uma novena que é uma de oração, estamos seguindo um ensinamento

Leia mais

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS

IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS IV FÓRMULAS DE BÊNÇÃO PARA LAUDES E VÉSPERAS I. Nas celebrações do Tempo Advento Deus omnipotente e misericordioso, que vos dá a graça de comemorar na fé a primeira vinda do seu Filho Unigénito e de esperar

Leia mais

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS

CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS CURSO PARA CAPACITAÇÃO DE LIDERANÇA E COORDENADORES DE GRUPOS JOVENS Apresentação A JUVENTUDE MERECE ATENÇÃO ESPECIAL A Igreja Católica no Brasil diz que é preciso: Evangelizar, a partir de Jesus Cristo,

Leia mais

OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO

OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO OS DESAFIOS DACOMUNICAÇÃO A contribuição das mídias. Como parte constitutiva da atual ambiência comunicacional, elas tornam-se recursos e ambientes para o crescimento pessoal e social. Constituem-se no

Leia mais

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim

Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim 5º DOMINGO DA PÁSCOA 18 de maio de 2014 Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim Leituras: Atos 6, 1-7; Salmo 32 (33), 1-2,4-5.18-19; Primeira Carta de Pedro 2, 4-9; João

Leia mais

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo.

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo. MATRMÓNO 321 rmãos e irmãs: Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo (ou: cantando): Ou: Abençoai,

Leia mais

Caderno de Estudo: Avaliação 2013) Equipe Dinamizadora do 7º PPO Arquidiocese de Campinas - SP

Caderno de Estudo: Avaliação 2013) Equipe Dinamizadora do 7º PPO Arquidiocese de Campinas - SP Caderno de Estudo: Avaliação 7º Plano de Pastoral Orgânica (20102010-2013) 2013) Equipe Dinamizadora do 7º PPO Arquidiocese de Campinas - SP A p r e s e n t a ç ã o Eu vim, ó Deus, para fazer a Vossa

Leia mais

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio

BIÊNIO 2012-2013. Tema Geral da Igreja Metodista IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA. Tema para o Biênio 1 IGREJA METODISTA PASTORAL IMED PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO E PLANO DE AÇÃO BIÊNIO 2012-2013 Tema Geral da Igreja Metodista "IGREJA: COMUNIDADE MISSIONÁRIA A SERVIÇO DO POVO ESPALHANDO A SANTIDADE BÍBLICA

Leia mais

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS

CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS CRIANÇAS AJUDAM E EVANGELIZAM CRIANÇAS Infância/Adolescencia MISSÃO MISSÃO. Palavra muito usada entre nós É encargo, incumbência Missão é todo apostolado da Igreja. Tudo o que a Igreja faz e qualquer campo.

Leia mais

A Fé que nos gloriamos de professar (continuação)

A Fé que nos gloriamos de professar (continuação) A Fé que nos gloriamos de professar (continuação) Fé cristã: Costume ou Decisão Pessoal É uma decisão livre, da consciência de cada um! As raízes da fé cristã A fé cristã não começou connosco. A fé que

Leia mais

Plano de Pastoral Vocacional com Comunidades de Imigrantes Brasileiros

Plano de Pastoral Vocacional com Comunidades de Imigrantes Brasileiros 1 Plano de Pastoral Vocacional com Comunidades de Imigrantes Brasileiros Fr. Darci DaSilva 2 Plano de Pastoral Vocacional com Comuniddes Brasileiras 1. Objetivos: Criar e manter vivo em nossas Comunidades

Leia mais

Apresentação relativa ao Novo Testamento Evangelhos, Atos, Cartas e Apocalipse. A Bíblia é

Apresentação relativa ao Novo Testamento Evangelhos, Atos, Cartas e Apocalipse. A Bíblia é Apresentação relativa ao Novo Testamento Evangelhos, Atos, Cartas e Apocalipse A Bíblia é Pois é, após um longo percurso de descoberta do Antigo Testamento, chegou a vez de descobrir um pouco mais acerca

Leia mais

CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL PROJETO NACIONAL DE EVANGELIZAÇÃO (2004-2007): QUEREMOS VER JESUS, CAMINHO, VERDADE E VIDA

CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL PROJETO NACIONAL DE EVANGELIZAÇÃO (2004-2007): QUEREMOS VER JESUS, CAMINHO, VERDADE E VIDA 1 CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL PROJETO NACIONAL DE EVANGELIZAÇÃO (2004-2007): QUEREMOS VER JESUS, CAMINHO, VERDADE E VIDA ORIENTAÇÕES GERAIS APRESENTAÇÃO A experiência dos Projetos Nacionais

Leia mais

O QUE É O PROJETO NATAL MISSIONÁRIO?

O QUE É O PROJETO NATAL MISSIONÁRIO? INTRODUÇÃO Como continuidade ao Projeto das Semanas Missionárias, Deus suscitou este novo projeto que envolverá não apenas ao movimento da Renovação Carismática Católica, mas a toda a Igreja Católica Apostólica

Leia mais

OBJETIVO GERAL DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA

OBJETIVO GERAL DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA OBJETIVO GERAL DA AÇÃO EVANGELIZADORA DA ARQUIDIOCESE DE FORTALEZA EVANGELIZAR A TODOS PARA CONSTRUIR COMUNIDADES QUE REAFIRMEM SUA ADESÃO À PESSOA E À MISSÃO DE JESUS CRISTO LIBERTADOR, NA SUA PAIXÃO

Leia mais

Catecismo da Igreja Católica Índice Geral

Catecismo da Igreja Católica Índice Geral Catecismo da greja Católica Índice Geral PRÓLOGO A vida do homem - conhecer e amar a Deus Transmitir a fé - a catequese O objetivo e os destinatários deste Catecismo V. A estrutura deste Catecismo V. ndicações

Leia mais

IGREJA METODISTA DE VILA ISABEL

IGREJA METODISTA DE VILA ISABEL 1 IGREJA METODISTA DE VILA ISABEL Discípulos e Discípulas no Caminho da Missão PLANO MISSIONÁRIO 2012-2016 1 APRESENTAÇÃO: A Igreja local, pelos nossos documentos, é vista e entendida como a agência básica

Leia mais

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco

Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida. Permanece conosco Notícias de Família Informativo da Congregação Pobres Servos da Divina Providência Delegação Nossa Senhora Aparecida 06 JUNHO 2014 Permanece conosco Vivemos dias de graça, verdadeiro Kairós com a Celebração

Leia mais

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015

Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Celebração do Dia Nacional do Catequista 30 de agosto de 2015 Introdução: Educar na fé, para a paz, a justiça e a caridade Este ano a Igreja no Brasil está envolvida em dois projetos interligados: a lembrança

Leia mais

PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO VALINHOS, SP 1966 2016 50 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO Arquidiocese de Campinas

PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO VALINHOS, SP 1966 2016 50 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO Arquidiocese de Campinas PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO VALINHOS, SP 1966 2016 50 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO Arquidiocese de Campinas CONCURSO: LOGOMARCA COMEMORATIVO AOS 50 ANOS DE EVANGELIZAÇÃO DA PARÓQUIA SÃO CRISTÓVÃO VALINHOS, SP INTRODUÇÃO

Leia mais

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil A EUCARISTIA E A DIMENSÃO SOCIAL *Ir. Delci Maria Franzen A eucaristia está plenamente vinculada à dimensão social da vida humana. Sendo a celebração do mistério Pascal da vida, morte e ressurreição de

Leia mais

ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT)

ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT) ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT) A FMT-Escola oferece este Curso para aqueles que tem um chamado para a obra de missões, mas que também queiram servir na igreja local. O CURSO A) CURSO

Leia mais

www.paroquiadecascais.org

www.paroquiadecascais.org Oração dos fiéis I Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo: 1. Para que os nossos irmãos N.

Leia mais

Juventude Mariana Vicentina Recitação do Terço

Juventude Mariana Vicentina Recitação do Terço Juventude Mariana Vicentina Recitação do Terço S Maria, a Senhora Missionária... Outubro de 2010 Introdução: Ritos Iniciais: C/. Deus, vinde em nosso auxílio. A/. Senhor, socorrei-nos e salvai-nos. C/.,

Leia mais

Jesus viu e se encheu de compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor!

Jesus viu e se encheu de compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor! 16º DOMINGO DO TEMPO COMUM - 19 de julho de 2015 Jesus viu e se encheu de compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor! Leituras: Jeremias 23, 1-6; Salmo 22 (23), 1-3a.3b-4.5.6 (R/1.6a); Efésios 2, 13-18;

Leia mais

NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO

NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO NOVE DIAS COM IRMÃ CLARA FIETZ NA ESCOLA DE JESUS CRISTO ORAÇÃO DO INÍCIO DA NOVENA SENHOR JESUS CRISTO, Vós nos encorajastes a Vos trazer nossa preocupação na oração. Se me pedirdes alguma coisa em meu

Leia mais

Evangelizadora, antes de mais, em razão do seu nome. A Universidade Católica não é

Evangelizadora, antes de mais, em razão do seu nome. A Universidade Católica não é A UNIVERSIDADE CATÓLICA E A SUA PROJECÇÃO EVANGELIZADORA A Universidade Católica, pela sua identidade e missão, tem um indeclinável projecto de evangelização. A Universidade Católica é, por definição,

Leia mais

Vivendo a Liturgia Ano A

Vivendo a Liturgia Ano A Vivendo a Liturgia Junho/2011 Vivendo a Liturgia Ano A SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR (05/06/11) A cor litúrgica continua sendo a branca. Pode-se preparar um mural com uma das frases: Ide a anunciai

Leia mais

MENSAGEM AO POVO DE DEUS SOBRE AS COMUNIDADES ECLESIAIS DE BASE

MENSAGEM AO POVO DE DEUS SOBRE AS COMUNIDADES ECLESIAIS DE BASE CONFERÊNCIA NACIONAL DOS BISPOS DO BRASIL 48ª Assembleia Geral da CNBB Brasília, 4 a 13 de maio de 2010 48ª AG(Doc) MENSAGEM AO POVO DE DEUS SOBRE AS COMUNIDADES ECLESIAIS DE BASE Introdução As Comunidades

Leia mais

Apresentação. (Solicitação do saudoso Santo Padre o Beato João Paulo II)

Apresentação. (Solicitação do saudoso Santo Padre o Beato João Paulo II) Apresentação A Renovação Carismática Católica do Estado do Piauí, movimento eclesial da Igreja Católica, tem por objetivo proporcionar às pessoas uma experiência concreta com Jesus Cristo, através do Batismo

Leia mais

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM

TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM Página 1 TOMADA DE POSSE DO NOVO PÁROCO - CELEBRAÇÃO (cf. Cerimonial dos Bispos, nn. 1185-1198) DIOCESE DE CRUZEIRO DO SUL AC/AM 01. Canto de Entrada 02. Saudação inicial do celebrante presidente 03. Leitura

Leia mais

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS

NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS Pe. Nilton César Boni, cmf NOVENA DOS PAIS QUE ORAM PELOS FILHOS EDITORA AVE-MARIA Apresentação Aos membros da família cristã podem aplicar-se de modo particular as palavras com que Cristo promete a sua

Leia mais

APRENDENDO COM AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS

APRENDENDO COM AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 0 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 6.º ANO/EF PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO:

Leia mais

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014

CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 CELEBRAÇÃO PARA O DIA DO CATEQUISTA 2014 NO CAMINHO DO DISCIPULADO MISSIONÁRIO, A EXPERIÊNCIA DO ENCONCONTRO: TU ÉS O MESSIAS, O FILHO DO DEUS VIVO INTRODUÇÃO Queridos/as Catequistas! Com nossos cumprimentos

Leia mais

Dá-me de beber! João 4,7

Dá-me de beber! João 4,7 SEMANA DE ORAÇÃO PELA UNIDADE DOS CRISTÃOS 18 a 25 Janeiro de 2015 Dá-me de beber! João 4,7 CONSELHO PORTUGUÊS DE IGREJAS CRISTÃS COMISSÃO EPISCOPAL MISSÃO E NOVA EVANGELIZAÇÃO CELEBRAÇÃO DE CULTO ECUMÉNICO

Leia mais

Ministério da. Catequese. Programas. livreto_catequese.indd 1 19/12/13 17:18

Ministério da. Catequese. Programas. livreto_catequese.indd 1 19/12/13 17:18 Ministério da Catequese Programas Pastorais 1 livreto_catequese.indd 1 19/12/13 17:18 2 livreto_catequese.indd 2 19/12/13 17:18 Apresentação Um dos valores institucionais da Rede Marista é a audácia, que

Leia mais

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel.

NOVENA DE NATAL 2015. O Natal e a nossa realidade. A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. NOVENA DE NATAL 2015 O Natal e a nossa realidade A jovem concebeu e dará à luz um filho, e o chamará pelo nome de Emanuel. (Is 7,14) APRESENTAÇÃO O Natal se aproxima. Enquanto renovamos a esperança de

Leia mais

CONSELHOS EVANGÉLICOS

CONSELHOS EVANGÉLICOS CONSELHOS EVANGÉLICOS 1- RAZÃO TEOLÓGICA 1.1. Fato de Vida na Igreja A vivência da virgindade-pobreza-obediência de Jesus Cristo é fato de vida que existe na igreja desde suas origens. O estado religioso:

Leia mais

ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE

ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE 1. OBJETIVO DO ENCONTRO Este encontro tem por objetivo despertar as crianças para a realidade da VOCAÇÃO como o chamado de Deus e a necessidade da resposta humana. 2.

Leia mais

Missa no Dia de Páscoa

Missa no Dia de Páscoa 48 DOMINGO DE PÁSOA DA RESSURREIÇÃO DO SENHOR Missa no Dia de Páscoa aríssimos irmãos e irmãs em risto: Neste dia santíssimo da Ressurreição do Senhor, em que o Espírito nos faz homens novos, oremos ao

Leia mais

III MODELOS DE ORAÇÃO UNIVERSAL

III MODELOS DE ORAÇÃO UNIVERSAL III MODELOS DE ORAÇÃO UNIVERSAL 229. I Irmãos e irmãs: Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo

Leia mais

Dom José Manuel Garcia Cordeiro, por mercê de Deus e da Sé Apostólica, 44º Bispo de Bragança-Miranda

Dom José Manuel Garcia Cordeiro, por mercê de Deus e da Sé Apostólica, 44º Bispo de Bragança-Miranda Dom José Manuel Garcia Cordeiro, por mercê de Deus e da Sé Apostólica, 44º Bispo de Bragança-Miranda DECRETO Nº02/2014 Os Ministros Extraordinários da Comunhão Aos que este decreto virem, saúde e bênção.

Leia mais

José Eduardo Borges de Pinho. Ecumenismo: Situação e perspectivas

José Eduardo Borges de Pinho. Ecumenismo: Situação e perspectivas José Eduardo Borges de Pinho Ecumenismo: Situação e perspectivas U n i v e r s i d a d e C a t ó l i c a E d i t o r a L I S B O A 2 0 1 1 Índice Introdução 11 Capítulo Um O que é o ecumenismo? 15 Sentido

Leia mais

REUNIÃO DE LIDERANÇAS

REUNIÃO DE LIDERANÇAS REUNIÃO DE LIDERANÇAS 08/02/2015 PAUTA: 1) Oração Inicial 2) Abertura 3) Apresentação de 03 dimensões de Ação Pastoral para o ano de 2015 4) Plenária / Definições 5) Oração Final 6) Retirada de Materiais

Leia mais

Tema 8: Vocação - um novo relacionamento Deus se revela através dos outros

Tema 8: Vocação - um novo relacionamento Deus se revela através dos outros Tema 8: Vocação - um novo relacionamento Deus se revela através dos outros DEUS SE REVELA ATRAVÉS DOS OUTROS Ser Marista com os outros: Experimentar caminhos de vida marista comunitariamente INTRODUÇÃO

Leia mais

CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO

CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO CELEBRAÇÃO DO MATRIMÓNIO Assinatura do Registo A assinatura do Registo será colocada na Liturgia, conforme prática local ou critério do Oficiante. Celebração da Santa Ceia No caso de ser pedida a Celebração

Leia mais

DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não

DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não DOMINGO II DA PÁSCOA Irmãs e irmãos: Supliquemos a Jesus ressuscitado que encha dos seus dons a santa Igreja, e dê a paz aos crentes e aos não crentes, dizendo (ou: cantando), cheios de esperança: R. Cristo,

Leia mais

PROGRAMA 03 TEXTO BASE DA CF 2015 (JULGAR)

PROGRAMA 03 TEXTO BASE DA CF 2015 (JULGAR) Viva a Palavra PROGRAMA 03 TEXTO BASE DA CF 2015 (JULGAR) PROGRAMA 03 TEXTO BASE DA CF 2015 (JULGAR) 1º Bloco Nosso programa especial continua voltado ao texto básico da Campanha da Fraternidade 2015.

Leia mais

FÉ, FAMÍLIA E JUVENTUDE

FÉ, FAMÍLIA E JUVENTUDE XVIII Encontro da Pastoral Familiar Sub-Região Campinas Dioceses de Campinas, São Carlos, Piracicaba, Bragança Paulista, Limeira e Amparo Serra Negra 03 e 04 de agosto de 2013 Tema: Fé, Família e Juventude

Leia mais

O Bispo e a espiritualidade

O Bispo e a espiritualidade O Bispo e a espiritualidade Estamos vivendo nestes dias a bela experiência do encontro de bispos no Curso para Bispos no Centro de Estudos e Formação do Sumaré, aqui no Rio de Janeiro. A alegria desse

Leia mais

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo.

1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. 1. Com o Dízimo, aprendemos a AGRADECER a Deus e ao próximo. Ao contribuir com o dízimo, saímos de nós mesmos e reconhecemos que pertencemos tanto à comunidade divina quanto à humana. Um deles, vendo-se

Leia mais

Magistério profético na construção da Igreja do Porto

Magistério profético na construção da Igreja do Porto Magistério profético na construção da Igreja do Porto Excertos do pensamento de D. António Ferreira Gomes entre 1969-1982 A liberdade é sem dúvida um bem e um direito, inerente à pessoa humana, mas é antes

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DOS COLABORADORES DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO -ACHUAP-

ASSOCIAÇÃO DOS COLABORADORES DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO -ACHUAP- 1 ASSOCIAÇÃO DOS COLABORADORES DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO -ACHUAP- DIA 15.06.2010 MOMENTO ORANTE ECUMÊNICO PELA PASSAGEM DO 59º ANIVERSÁRIO DA ACHUAP (para propiciar momento de silêncio e

Leia mais

Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII

Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII Maria, mãe de Deus, no mistério de Cristo e da Igreja Fundamentos bíblicos na Lumen Gentium VIII Quando, porém, chegou a plenitude do tempo, enviou Deus o seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a Lei,

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO PARA A CÁRITAS EM PORTUGAL 2013-2015

PLANO ESTRATÉGICO PARA A CÁRITAS EM PORTUGAL 2013-2015 Proposta: PLANO ESTRATÉGICO PARA A CÁRITAS EM PORTUGAL 2013-2015 INTRODUÇÃO O amor ao próximo, radicado no amor de Deus, é um dever, antes de mais, para cada um dos fiéis, mas é-o também para a comunidade

Leia mais

Rezando com o Bem aventurado Gaspar Stanggassinger

Rezando com o Bem aventurado Gaspar Stanggassinger Rezando com o Bem aventurado Gaspar Stanggassinger Oração Inicial A Nosso Estatuto 014ª recorda-nos de que é preciso suscitar no meio dos fiéis vocações missionárias que continuem em toda parte a obra

Leia mais

Projeto Educativo Franciscano Bonlandense

Projeto Educativo Franciscano Bonlandense Projeto Educativo Franciscano Bonlandense Irmãs Franciscanas da Imaculada Conceição de Maria, de Bonlanden Discípulas e seguidoras de Nosso Senhor Jesus Cristo, buscam viver o Evangelho em espírito e verdade.

Leia mais

Sugestões Pastorais para a implementação da Iniciação à Vida Cristã

Sugestões Pastorais para a implementação da Iniciação à Vida Cristã Apresentação Ide, pois, fazer discípulos entre todas as nações, e batizai-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinai-lhes a observar tudo o que vos tenho ordenado (Mt 28,19-20) Jesus enviou

Leia mais

Cáritas Diocesana dos. Triénio 2004-7 Pastoral do Domingo

Cáritas Diocesana dos. Triénio 2004-7 Pastoral do Domingo Cáritas Diocesana dos AÇORES Triénio 2004-7 Pastoral do Domingo Diagnóstico: ESTADO DAS PARÓQUIAS -Como funcionam? - Que Pastoral Profética? - Que Pastoral Litúrgica? - Que Pastoral Social? - Virtudes

Leia mais