EXIN Cloud Computing Fundamentos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EXIN Cloud Computing Fundamentos"

Transcrição

1 Exame Simulado EXIN Cloud Computing Fundamentos Edição Maio 2013

2 Copyright 2013 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicado, reproduzido, copiado ou armazenada num sistema de processamento de dados ou transmitida em qualquer forma por impressão, impressão de fotos, microfilme, ou quaisquer outros meios sem permissão por escrito da EXIN. 2

3 Conteúdo Introdução 4 Exame simulado 5 Gabarito de respostas 10 Avaliação 19 3

4 Introdução Este é um exemplo de exame de EXIN Cloud Computing Fundamentos. Este exemplo de exame consiste de 20 questões de múltipla escolha. O exame real consiste de 40 questões de múltipla escolha. Cada questão tem um número de possíveis respostas, das quais somente uma resposta é a correta. O número máximo de pontos que podem ser obtidos nesse exame é 20. Cada resposta correta tem o valor de um ponto. Se você obtiver 13 pontos ou mais será considerado aprovado. O tempo máximo permitido para a realização do exame é de 30 minutos. Nenhum direito será derivado desta informação. Boa sorte! 4

5 Exame simulado 1 de 20 Qual é a definição correta de Cloud Computing? A. Um grande conjunto de recursos virtualizados úteis e acessíveis B. Uma rede de computadores clientes interconectados globalmente C. Uma arquitetura de serviço baseada em "thin clients" (computadores clientes dependentes de um servidor) D. Um serviço oferecido pelo provedor de serviço, não limitado por um Acordo de Nível de Serviço (ANS) 2 de 20 Onde surgiu a internet? A. Em um conjunto de universidades cooperadas nos EUA B. Por aficionados por computação C. Na CIA (Agência Central de Inteligência dos EUA) D. No Ministério da Defesa dos EUA 3 de 20 Por que a virtualização impulsionou o surgimento da Cloud Computing? A. Uma máquina virtual é mais segura do que uma máquina física. B. A virtualização facilitou e barateou o compartilhamento de recursos entre usuários. C. As máquinas virtuais têm um desempenho maior do que as máquinas físicas. D. A virtualização proporciona uma melhor utilização da rede 4 de 20 Qual destas opções é exemplo de um ambiente de finalidade única? A. Qualquer aplicativo em qualquer servidor B. A interface de um grande computador C. A interface de um grande dispositivo de armazenamento D. Um mainframe 5

6 5 de 20 O que o cliente deve considerar uma preocupação importante em ambientes com vários locatários? A. Disponibilidade B. Largura de banda da rede C. Latência da rede D. Segurança 6 de 20 Qual destas opções é um benefício importante da cloud? A. Dados altamente protegidos B. Independência da internet C. Custo reduzido D. Pequena largura de banda 7 de 20 O que é uma Rede Virtual Privada (VPN)? A. Uma conexão segura para acesso remoto à rede de área local (LAN) B. Uma cloud privada segura para um único usuário C. Um dispositivo de rede virtual para fins particulares D. Um sistema operacional para sistemas em rede privada 8 de 20 O que pode ser feito para aproveitar ao máximo o uso do princípio de interoperabilidade da Cloud Computing? A. Empregar vários integradores de sistemas para criar uma Cloud privada B. Usar somente provedores de Cloud localizados na Europa C. Usar hardware e software de um único fornecedor D. Usar protocolos padrão 6

7 9 de 20 Qual desses motivos não é válido para o cliente perguntar a um provedor de Cloud onde estão localizados seus servidores? A. A localização geográfica pode dizer algo sobre a latência da rede B. A localização geográfica pode dizer algo sobre a legislação C. O número de locais diz algo sobre as possibilidades de recuperação de desastres D. Quando um servidor falha, o cliente quer enviar um técnico para corrigir o problema o quanto antes 10 de 20 Qual processo não consta da norma ISO/IEC 20000? A. Gerenciamento de configuração B. Gerenciamento de pessoas C. Gerenciamento do nível de serviço D. Gerenciamento de fornecedor 11 de 20 Qual desses requisitos é importante para que os aplicativos sejam acessíveis na Cloud? A. O aplicativo deve ser compatível com o navegador do computador do usuário B. O aplicativo deve usar a mesma linguagem de programação que os clientes C. O usuário deve saber em qual servidor o aplicativo está localizado D. A identidade do usuário deve ser fornecida ao aplicativo 12 de 20 Qual modelo de serviço permite que o cliente escolha mais camadas na arquitetura de computação? A. Infraestrutura como um Serviço (IaaS) B. Plataforma como um Serviço (PaaS) C. Software como um Serviço (SaaS) D. Não há diferença entre os modelos de serviço 7

8 13 de 20 Como a Cloud Computing muda o relacionamento entre o provedor e o cliente? A. Maior foco nos Acordos de Nível de Serviço (ANS) B. Menor conformidade aos padrões C. Menor foco nos Acordos de Nível de Serviço (ANS) D. Maior foco em treinamento 14 de 20 Como é possível obter confidencialidade das informações? A. Garantindo recursos suficientes para disponibilizar as informações para todos os usuários B. Evitando alterações não autorizadas C. Fazendo backup das informações regularmente D. Restringindo o acesso às informações 15 de 20 Qual destas seguintes opções não é uma medida de redução de perda de dados? A. Auditorias B. Autenticação e autorização C. Criptografia D. Rede de Área de Armazenamento (SAN) 16 de 20 O que é federação no gerenciamento de identidades? A. O gerenciamento de identidades baseado em Cloud que permite login único em vários sistemas B. Os sistemas em Cloud que compartilham informações sobre a identidade dos usuários C. A Cloud de todos os sistemas acessíveis por um único usuário D. A identidade de um grupo de usuários que compartilham os mesmos recursos em Cloud 8

9 17 de 20 Para que as informações de localização são usadas na cloud? A. Para determinar a localização geográfica do usuário de um aplicativo B. Para determinar a identidade do usuário de um aplicativo C. Para determinar se o usuário de um aplicativo está on-line D. Para determinar quem acessou um documento armazenado na cloud 18 de 20 Qual é o benefício da disponibilidade de armazenamento em Cloud? A. O armazenamento adicional não exige orçamento para novos grandes dispositivos de armazenamento B. O armazenamento em Cloud tem maior disponibilidade do que os dispositivos de armazenamento na rede de área local C. O armazenamento em Cloud tem períodos de acesso menores do que o armazenamento na rede de área local D. O armazenamento em Cloud é mais fácil de proteger contra intrusões 19 de 20 Qual é o benefício da Cloud Computing para os funcionários de TI? A. Melhor pagamento dos funcionários de TI envolvidos na Cloud Computing B. Menor interrupção do trabalho causada pelos pedidos de suporte dos usuários C. Menor conhecimento necessário: a Cloud Computing não exige habilidades especiais D. Menores níveis de estresse: menor preocupação quanto às atividades diárias normais, como fazer backups 20 de 20 Por que um período de avaliação é necessário ao usar Software como um Serviço (SaaS)? A. Para estabelecer a largura de banda necessária para usar os serviços em Cloud B. Para avaliar se os serviços em Cloud serão úteis C. Para descobrir se o fornecedor cumprirá o Acordo de Nível de Serviço D. Para ter tempo de adaptar a rede local ao uso dos novos serviços 9

10 Gabarito de respostas 1 de 20 Qual é a definição correta de Cloud Computing? A. Um grande conjunto de recursos virtualizados úteis e acessíveis B. Uma rede de computadores clientes interconectados globalmente C. Uma arquitetura de serviço baseada em "thin clients" (computadores clientes dependentes de um servidor) D. Um serviço oferecido pelo provedor de serviço, não limitado por um Acordo de Nível de Serviço (ANS) A. Correto. Essa é uma definição correta de Cloud Computing. B. Incorreto. Uma rede nem sempre é uma Cloud. C. Incorreto. Um "thin client" é um ativo possível de ser utilizado, mas não necessário em uma Cloud. D. Incorreto. Os serviços oferecidos por um provedor de serviço não constituem uma Cloud por definição. 2 de 20 Onde surgiu a internet? A. Em um conjunto de universidades cooperadas nos EUA B. Por aficionados por computação C. Na CIA (Agência Central de Inteligência dos EUA) D. No Ministério da Defesa dos EUA A. Incorreto. Não foi um conjunto de universidades que desenvolveu a internet. B. Incorreto. Não foi um grupo de aficionados por computação que desenvolveu a internet. C. Incorreto. A CIA não desenvolveu a internet. D. Correto. A internet surgiu como projeto Arpanet do Ministério da Defesa dos EUA. 10

11 3 de 20 Por que a virtualização impulsionou o surgimento da Cloud Computing? A. Uma máquina virtual é mais segura do que uma máquina física. B. A virtualização facilitou e barateou o compartilhamento de recursos entre usuários. C. As máquinas virtuais têm um desempenho maior do que as máquinas físicas. D. A virtualização proporciona uma melhor utilização da rede A. Incorreto. As máquinas virtuais não são menos vulneráveis do que as máquinas físicas. B. Correto. A virtualização facilitou a implementação de um sistema com vários locatários. C. Incorreto. As máquinas virtuais apresentam alguma sobrecarga em comparação com as máquinas físicas. D. Incorreto. Não há qualquer diferença na utilização da rede. 4 de 20 Qual destas opções é exemplo de um ambiente de finalidade única? A. Qualquer aplicativo em qualquer servidor B. A interface de um grande computador C. A interface de um grande dispositivo de armazenamento D. Um mainframe A. Incorreto. Isso é exemplo de um ambiente de múltiplas finalidades. B. Incorreto. Isso é exemplo de um ambiente de múltiplas finalidades. C. Incorreto. Isso é exemplo de um ambiente de múltiplas finalidades. D. Correto. Um mainframe é usado para uma finalidade única. 5 de 20 O que o cliente deve considerar uma preocupação importante em ambientes com vários locatários? A. Disponibilidade B. Largura de banda da rede C. Latência da rede D. Segurança A. Incorreto. A disponibilidade também é importante em um ambiente com um único locatário. B. Incorreto. A largura de banda da rede não é um aspecto específico da multilocação. C. Incorreto. A latência da rede não é um aspecto específico da multilocação. D. Correto. Os ambientes com vários locatários compartilham dados de diversos clientes. A segurança é um aspecto (ou risco) importante da multilocação. 11

12 6 de 20 Qual destas opções é um benefício importante da cloud? A. Dados altamente protegidos B. Independência da internet C. Custo reduzido D. Pequena largura de banda A. Incorreto. A proteção de dados é algo com que se preocupar. B. Incorreto. A dependência da internet é alta. C. Correto. A Cloud Computing é econômica de várias maneiras. D. Incorreto. A alta largura de banda é necessária para a Cloud Computing. 7 de 20 O que é uma Rede Virtual Privada (VPN)? A. Uma conexão segura para acesso remoto à rede de área local (LAN) B. Uma cloud privada segura para um único usuário C. Um dispositivo de rede virtual para fins particulares D. Um sistema operacional para sistemas em rede privada A. Correto. Uma VPN permite que um usuário remoto acesse uma rede de área local através de uma conexão segura. B. Incorreto. Uma VPN pode ser usada por vários usuários para acessar uma rede local. C. Incorreto. Uma VPN não é um dispositivo, mas um meio de conexão com uma rede de área local usado não somente para fins particulares. D. Incorreto. Uma VPN não é um sistema operacional, mas um meio de conexão com uma rede de área local. 8 de 20 O que pode ser feito para aproveitar ao máximo o uso do princípio de interoperabilidade da Cloud Computing? A. Empregar vários integradores de sistemas para criar uma Cloud privada B. Usar somente provedores de Cloud localizados na Europa C. Usar hardware e software de um único fornecedor D. Usar protocolos padrão A. Incorreto. O emprego de vários integradores de sistemas não garante a interoperabilidade. B. Incorreto. A localização geográfica do provedor não é um fator importante para a interoperabilidade. C. Incorreto. O uso de um único fornecedor cria dependência ao mesmo. D. Correto. Os padrões garantem a interoperabilidade. 12

13 9 de 20 Qual desses motivos não é válido para o cliente perguntar a um provedor de Cloud onde estão localizados seus servidores? A. A localização geográfica pode dizer algo sobre a latência da rede B. A localização geográfica pode dizer algo sobre a legislação C. O número de locais diz algo sobre as possibilidades de recuperação de desastres D. Quando um servidor falha, o cliente quer enviar um técnico para corrigir o problema o quanto antes A. Incorreto. Essa é uma pergunta válida porque a localização geográfica pode realmente dizer algo sobre a latência da rede. B. Incorreto. Essa é uma pergunta válida porque a localização geográfica pode realmente dizer algo sobre a legislação. C. Incorreto. Essa é uma pergunta válida porque as possibilidades de recuperação de desastres serão limitadas, se o provedor usar somente um local. D. Correto. A falha de um servidor é responsabilidade do provedor da Cloud. 10 de 20 Qual processo não consta da norma ISO/IEC 20000? A. Gerenciamento de configuração B. Gerenciamento de pessoas C. Gerenciamento do nível de serviço D. Gerenciamento de fornecedor A. Incorreto. O gerenciamento de configuração faz parte dos processos de controle. B. Correto. O gerenciamento de pessoas não faz parte da norma ISO/IEC C. Incorreto. O gerenciamento do nível de serviço faz parte do processo de fornecimento do serviço. D. Incorreto. O gerenciamento de fornecedor faz parte do processo de relacionamento. 13

14 11 de 20 Qual desses requisitos é importante para que os aplicativos sejam acessíveis na Cloud? A. O aplicativo deve ser compatível com o navegador do computador do usuário B. O aplicativo deve usar a mesma linguagem de programação que os clientes C. O usuário deve saber em qual servidor o aplicativo está localizado D. A identidade do usuário deve ser fornecida ao aplicativo A. Correto. Como os usuários acessam o aplicativo pelo navegador, o navegador deve ser compatível com os recursos usados pelo aplicativo. B. Incorreto. Os aplicativos não trocam códigos de programação com os clientes. C. Incorreto. Na nuvem, o usuário não precisa da localização do aplicativo. D. Incorreto. Esse pode ser um problema de segurança, mas em geral não é necessário para acessibilidade. 12 de 20 Qual modelo de serviço permite que o cliente escolha mais camadas na arquitetura de computação? A. Infraestrutura como um Serviço (IaaS) B. Plataforma como um Serviço (PaaS) C. Software como um Serviço (SaaS) D. Não há diferença entre os modelos de serviço A. Correto. O cliente pode escolher mais camadas. B. Incorreto. A plataforma permite que somente determinadas linguagens de programação sejam usadas. C. Incorreto. O software pode ser configurado somente pelo usuário. D. Incorreto. A IaaS oferece mais opções de camadas ao cliente. 13 de 20 Como a Cloud Computing muda o relacionamento entre o provedor e o cliente? A. Maior foco nos Acordos de Nível de Serviço (ANS) B. Menor conformidade aos padrões C. Menor foco nos Acordos de Nível de Serviço (ANS) D. Maior foco em treinamento A. Correto. Os provedores executam virtualmente os processos de negócio do cliente, portanto, o cliente precisa definir os ANS. B. Incorreto. Os padrões são ainda mais importantes com a Cloud Computing. C. Incorreto. Os ANS recebem ainda mais atenção com a Cloud Computing. D. Incorreto. Os requisitos de treinamento não mudam necessariamente por causa da Cloud Computing. 14

15 14 de 20 Como é possível obter confidencialidade das informações? A. Garantindo recursos suficientes para disponibilizar as informações para todos os usuários B. Evitando alterações não autorizadas C. Fazendo backup das informações regularmente D. Restringindo o acesso às informações A. Incorreto. O fornecimento de recursos é necessário para a disponibilidade das informações. B. Incorreto. O impedimento de alterações não autorizadas garante a integridade das informações. C. Incorreto. Os backups ajudam a garantir a disponibilidade e integridade das informações. D. Correto. A proteção das informações contra o acesso não autorizado é a principal ferramenta para obtenção de confidencialidade. 15 de 20 Qual destas seguintes opções não é uma medida de redução de perda de dados? A. Auditorias B. Autenticação e autorização C. Criptografia D. Rede de Área de Armazenamento (SAN) A. Incorreto. As auditorias ajudam a identificar e corrigir pontos fracos. B. Incorreto. A autenticação e autorização ajudam a evitar o acesso não autorizado. C. Incorreto. A criptografia atenua as consequências do vazamento de dados. D. Correto. Uma SAN é uma maneira de centralizar o armazenamento de dados, não necessariamente reduzindo a perda de dados. 15

16 16 de 20 O que é federação no gerenciamento de identidades? A. O gerenciamento de identidades baseado em Cloud que permite login único em vários sistemas B. Os sistemas em Cloud que compartilham informações sobre a identidade dos usuários C. A Cloud de todos os sistemas acessíveis por um único usuário D. A identidade de um grupo de usuários que compartilham os mesmos recursos em Cloud A. Correto. A federação se refere ao gerenciamento de identidades baseado em Cloud para permitir login único. B. Incorreto. O compartilhamento de informações ainda não forneceria login único como exigido na federação. C. Incorreto. Um grupo de sistemas como esse não é uma federação no sentido do gerenciamento de identidades. D. Incorreto. Um grupo de usuários como esse não é uma federação no sentido do gerenciamento de identidades. 17 de 20 Para que as informações de localização são usadas na cloud? A. Para determinar a localização geográfica do usuário de um aplicativo B. Para determinar a identidade do usuário de um aplicativo C. Para determinar se o usuário de um aplicativo está on-line D. Para determinar quem acessou um documento armazenado na cloud A. Correto. Os dados de localização dizem respeito à localização real do usuário. B. Incorreto. Os dados de localização não são confiáveis para a identificação de usuários. C. Incorreto. Os dados de localização não são necessários para verificar se um usuário está conectado a um aplicativo. D. Incorreto. Os dados de localização não podem ser usados para identificar o comportamento de um usuário no passado. 16

17 18 de 20 Qual é o benefício da disponibilidade de armazenamento em Cloud? A. O armazenamento adicional não exige orçamento para novos grandes dispositivos de armazenamento B. O armazenamento em Cloud tem maior disponibilidade do que os dispositivos de armazenamento na rede de área local C. O armazenamento em Cloud tem períodos de acesso menores do que o armazenamento na rede de área local D. O armazenamento em Cloud é mais fácil de proteger contra intrusões A. Correto. O armazenamento em Cloud exige investimento apenas na capacidade necessária. B. Incorreto. O armazenamento em Cloud pode ter até mesmo menor disponibilidade devido a problemas na rede. C. Incorreto. O armazenamento em Cloud pode ter até mesmo períodos de acesso maiores devido a problemas na rede. D. Incorreto. O armazenamento em Cloud poderá ser até mesmo menos seguro, se acessível pela internet. 19 de 20 Qual é o benefício da Cloud Computing para os funcionários de TI? A. Melhor pagamento dos funcionários de TI envolvidos na Cloud Computing B. Menor interrupção do trabalho causada pelos pedidos de suporte dos usuários C. Menor conhecimento necessário: a Cloud Computing não exige habilidades especiais D. Menores níveis de estresse: menor preocupação quanto às atividades diárias normais, como fazer backups A. Incorreto. Os funcionários de TI envolvidos na Cloud Computing não necessariamente ganham salários maiores. B. Incorreto. A Cloud Computing não reduz automaticamente a necessidade de suporte do usuário. C. Incorreto. O uso da Cloud Computing pode exigir menos funcionários, mas ainda precisa de profissionais qualificados. D. Correto. O uso da Cloud Computing pode ser menos estressante para os funcionários de TI, liberados das atividades diárias normais nos datacenters típicos. 17

18 20 de 20 Por que um período de avaliação é necessário ao usar Software como um Serviço (SaaS)? A. Para estabelecer a largura de banda necessária para usar os serviços em Cloud B. Para avaliar se os serviços em Cloud serão úteis C. Para descobrir se o fornecedor cumprirá o Acordo de Nível de Serviço D. Para ter tempo de adaptar a rede local ao uso dos novos serviços A. Incorreto. A largura de banda durante o período de avaliação nem sempre é realista e poderá ser ampliada durante o uso do aplicativo. B. Correto. Antes de investir no novo serviço, a organização desejará saber com certeza se o aplicativo selecionado é apropriado. C. Incorreto. O período de avaliação será muito curto para avaliar adequadamente o ANS com o fornecedor. D. Incorreto. As mudanças na infraestrutura terão que aguardar por uma decisão final e não serão realizadas durante o período de avaliação. 18

19 Avaliação A tabela a seguir mostra as respostas corretas às questões apresentadas neste exame modelo Número Resposta Pontos 1 A 1 2 D 1 3 B 1 4 D 1 5 D 1 6 C 1 7 A 1 8 D 1 9 D 1 10 B 1 11 A 1 12 A 1 13 A 1 14 D 1 15 D 1 16 A 1 17 A 1 18 A 1 19 D 1 20 B 1 19

20 Contato EXIN

O que é Cloud Computing?

O que é Cloud Computing? O que é Cloud Computing? Referência The Economics Of The Cloud, Microsoft, Nov. 2010 Virtualização, Brasport, Manoel Veras, Fev. 2011. 2 Arquitetura de TI A arquitetura de TI é um mapa ou plano de alto

Leia mais

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2

Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-2 Aula 1 Conceitos da Computação em Nuvem A computação em nuvem ou cloud computing

Leia mais

A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer

A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer A computação na nuvem é um novo modelo de computação que permite ao usuário final acessar uma grande quantidade de aplicações e serviços em qualquer lugar e independente da plataforma, bastando para isso

Leia mais

Planejamento Estratégico de TI. Felipe Pontes felipe.pontes@gmail.com

Planejamento Estratégico de TI. Felipe Pontes felipe.pontes@gmail.com Planejamento Estratégico de TI Felipe Pontes felipe.pontes@gmail.com VPN Virtual Private Network Permite acesso aos recursos computacionais da empresa via Internet de forma segura Conexão criptografada

Leia mais

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS

SISTEMAS DISTRIBUÍDOS SISTEMAS DISTRIBUÍDOS Cluster, Grid e computação em nuvem Slide 8 Nielsen C. Damasceno Introdução Inicialmente, os ambientes distribuídos eram formados através de um cluster. Com o avanço das tecnologias

Leia mais

actualtests.exin.ex0-116.2012.04.13.by.getitcert_português

actualtests.exin.ex0-116.2012.04.13.by.getitcert_português actualtests.exin.ex0-116.2012.04.13.by.getitcert_português Number: 000-000 Passing Score: 650 Time Limit: 60 min File Version: 1.0 http://www.gratisexam.com/ WWW.GETITCERT.COM Get IT Certification Without

Leia mais

Cloud Computing. Andrêza Leite. andreza.lba@gmail.com

Cloud Computing. Andrêza Leite. andreza.lba@gmail.com Cloud Computing Andrêza Leite andreza.lba@gmail.com Roteiro O que é cloud computing? Classificação O que está 'por traz' da cloud? Exemplos Como montar a sua? O que é cloud computing? Cloud Computing O

Leia mais

Soluções em Mobilidade

Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Desafios das empresas no que se refere a mobilidade em TI Acesso aos dados e recursos de TI da empresa estando fora do escritório, em qualquer lugar conectado

Leia mais

Conheça a nova solução de servidor que ajuda pequenas empresas a fazer mais Com menos.

Conheça a nova solução de servidor que ajuda pequenas empresas a fazer mais Com menos. Conheça a nova solução de servidor que ajuda pequenas empresas a fazer mais Com menos. O papel de um servidor Introdução à rede básica Sua empresa tem muitas necessidades recorrentes, tais como organizar

Leia mais

14/IN01/DSIC/GSIPR 00 30/JAN/12 1/7

14/IN01/DSIC/GSIPR 00 30/JAN/12 1/7 14/IN01/DSIC/GSIPR 00 30/JAN/12 1/7 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Gabinete de Segurança Institucional Departamento de Segurança da Informação ORIGEM e Comunicações Departamento de Segurança da Informação e

Leia mais

GIS Cloud na Prática. Fabiano Cucolo 26/08/2015

GIS Cloud na Prática. Fabiano Cucolo 26/08/2015 GIS Cloud na Prática Fabiano Cucolo 26/08/2015 Um pouco sobre o palestrante Fabiano Cucolo fabiano@soloverdi.com.br 11-98266-0244 (WhatsApp) Consultor de Geotecnologias Soloverdi Engenharia www.soloverdi.com.br.

Leia mais

UMA VISÃO GERAL DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM

UMA VISÃO GERAL DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM UMA VISÃO GERAL DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM Ederson dos Santos Cordeiro de Oliveira 1, Tiago Piperno Bonetti 1, Ricardo Germano 1 ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil edersonlikers@gmail.com,

Leia mais

Computação em Nuvem. Alunos: Allan e Clayton

Computação em Nuvem. Alunos: Allan e Clayton Computação em Nuvem Alunos: Allan e Clayton 1 - Introdução 2 - Como Funciona? 3 - Sistemas Operacionais na Nuvem 4 - Empresas e a Computação em Nuvem 5 - Segurança da Informação na Nuvem 6 - Dicas de Segurança

Leia mais

Serviços em Nuvem: Oportunidade para Operadoras Parte III

Serviços em Nuvem: Oportunidade para Operadoras Parte III Serviços em Nuvem: Oportunidade para Operadoras Parte III Este artigo introduz os conceitos de computação em nuvem, Cloud Computing, e a insere no contexto de mercado de serviços ao apresenta-la como uma

Leia mais

10 Dicas para uma implantação

10 Dicas para uma implantação 10 Dicas para uma implantação de Cloud Computing bem-sucedida. Um guia simples para quem está avaliando mudar para A Computação em Nuvem. Confira 10 dicas de como adotar a Cloud Computing com sucesso.

Leia mais

UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING)

UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING) UMA INTRODUÇÃO SIGNIFICATIVA SOBRE COMPUTAÇÃO NAS NUVENS (CLOUD COMPUTING) Thiago Batista de Oliveira¹, Júlio César Pereira¹ ¹Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil thiagoolyveira@gmail.com,juliocesarp@unipar.br

Leia mais

Computação em Nuvem: Riscos e Vulnerabilidades

Computação em Nuvem: Riscos e Vulnerabilidades Computação em Nuvem: Riscos e Vulnerabilidades Bruno Sanchez Lombardero Faculdade Impacta de Tecnologia São Paulo Brasil bruno.lombardero@gmail.com Resumo: Computação em nuvem é um assunto que vem surgindo

Leia mais

Segurança nas Nuvens Onde Coloco Meus Dados?

Segurança nas Nuvens Onde Coloco Meus Dados? Segurança nas Nuvens Onde Coloco Meus Dados? Expectativa de 20 minutos Uma abordagem prática e sensata de usar os Serviços em Nuvem de forma segura. Segurança nas Nuvens O que é? Quais as Vantagens das

Leia mais

CLOUD COMPUTING. Andrêza Leite. andreza.leite@univasf.edu.br

CLOUD COMPUTING. Andrêza Leite. andreza.leite@univasf.edu.br CLOUD COMPUTING Andrêza Leite andreza.leite@univasf.edu.br Roteiro O que é cloud computing? Classificação O que está 'por traz' da cloud? Exemplos Como montar a sua? O que é cloud computing? Cloud Computing

Leia mais

TRIBUTAÇÃO NA NUVEM. Tax Friday 21 de outubro de 2011 AMCHAM - RJ

TRIBUTAÇÃO NA NUVEM. Tax Friday 21 de outubro de 2011 AMCHAM - RJ TRIBUTAÇÃO NA NUVEM Tax Friday 21 de outubro de 2011 AMCHAM - RJ PROGRAMA 1. INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO EM NUVEM CONCEITOS APLICÁVEIS 2. PRINCIPAIS OPERAÇÕES E ASPECTOS TRIBUTÁRIOS POLÊMICOS INTRODUÇÃO À

Leia mais

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve

Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Proteção de ambientes Citrix XenServer com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura maneiras

Leia mais

Grid e Gerenciamento Multi-Grid

Grid e Gerenciamento Multi-Grid Principais Benefícios Alta disponibilidade, Escalabilidade Massiva Infoblox Oferece serviços de rede sempre ligados através de uma arquitetura escalável, redundante, confiável e tolerante a falhas Garante

Leia mais

ITIL is a registered trade mark of the Cabinet Office IT Infrastructure Library is a registered trade mark of the Cabinet Office

ITIL is a registered trade mark of the Cabinet Office IT Infrastructure Library is a registered trade mark of the Cabinet Office Nota ESTE DOCUMENTO CONTÉM INFORMAÇÕES PROPRIETÁRIAS, PROTEGIDAS POR COPYRIGHT. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. NENHUMA PARTE DESTE DOCUMENTO PODE SER FOTOCOPIADA, REPRODUZIDA OU TRADUZIDA PARA OUTRO IDIOMA

Leia mais

Microsoft Azure. Softmanager Soluções em TI. ModernBiz

Microsoft Azure. Softmanager Soluções em TI. ModernBiz Microsoft Azure Softmanager Soluções em TI ModernBiz Programação ModernBiz: seu caminho para a empresa moderna Visão geral do Microsoft Azure Principais soluções de negócios Hospede seus aplicativos na

Leia mais

Classificação::Modelo de implantação

Classificação::Modelo de implantação Classificação::Modelo de implantação Modelo de implantação::privado Operada unicamente por uma organização; A infra-estrutura de nuvem é utilizada exclusivamente por uma organização: Nuvem local ou remota;

Leia mais

Virtualização de Sistemas Operacionais

Virtualização de Sistemas Operacionais Virtualização de Sistemas Operacionais Felipe Antonio de Sousa 1, Júlio César Pereira 1 1 Universidade Paranaense (Unipar) Paranavaí PR Brasil felipeantoniodesousa@gmail.com, juliocesarp@unipar.br Resumo.

Leia mais

Qual servidor é o mais adequado para você?

Qual servidor é o mais adequado para você? Qual servidor é o mais adequado para você? Proteção de dados Tenho medo de perder dados se e o meu computador travar Preciso proteger dados confidenciais Preciso de acesso restrito a dados Acesso a dados

Leia mais

Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes

Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes EN-3610 Gerenciamento e Interoperabilidade de Redes Computação em Nuvem Introdução Centralização do processamento Surgimento da Teleinformática Década de 60 Execução de programas localmente Computadores

Leia mais

Introdução. O que é Serviços de Terminal

Introdução. O que é Serviços de Terminal Introdução Microsoft Terminal Services e Citrix MetaFrame tornaram-se a indústria padrões para fornecer acesso de cliente thin para rede de área local (LAN), com base aplicações. Com o lançamento do MAS

Leia mais

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br

Gestão em Sistemas de Informação. Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Profa.: Me. Christiane Zim Zapelini E-mail: christianezapelini@nwk.edu.br Gestão em Sistemas de Informação Cloud Computing (Computação nas Nuvens) 2 Cloud Computing Vocês

Leia mais

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles

FAMÍLIA EMC VPLEX. Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles FAMÍLIA EMC VPLEX Disponibilidade contínua e mobilidade de dados nos datacenters e entre eles GARANTINDO DISPONIBILIDADE CONTÍNUA E MOBILIDADE DE DADOS PARA APLICATIVOS ESSENCIAIS A infraestrutura de armazenamento

Leia mais

EXIN Business Information Management Foundation

EXIN Business Information Management Foundation Guia de Preparação EXIN Business Information Management Foundation with reference to BiSL Edição Maio 2012 Copyright 2012 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicada,

Leia mais

Alexandre Malveira, Wolflan Camilo

Alexandre Malveira, Wolflan Camilo Alexandre Malveira, Wolflan Camilo Introdução Cloud Computing Computação Móvel SaaS, PaaS e IaaS CloudBees Diariamente arquivos são acessados, informações dos mais variados tipos são armazenadas e ferramentas

Leia mais

Levantamento sobre Computação em Nuvens

Levantamento sobre Computação em Nuvens Levantamento sobre Computação em Nuvens Mozart Lemos de Siqueira Doutor em Ciência da Computação Centro Universitário Ritter dos Reis Sistemas de Informação: Ciência e Tecnologia Aplicadas mozarts@uniritter.edu.br

Leia mais

Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage

Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage Dez fatos inteligentes que você deve saber sobre storage Tendências, desenvolvimentos e dicas para tornar o seu ambiente de storage mais eficiente Smart decisions are built on Storage é muito mais do que

Leia mais

UNIFIED DATA PROTECTION RESUMO DA SOLUÇÃO

UNIFIED DATA PROTECTION RESUMO DA SOLUÇÃO UNIFIED DATA PROTECTION RESUMO DA SOLUÇÃO arcserve UDP Impulsionadas pelo aumento no volume dos dados e os avanços da tecnologia como a virtualização, as arquiteturas atuais para proteção dos dados deixam

Leia mais

Cloud Computing. Eduardo Roloff

Cloud Computing. Eduardo Roloff Cloud Computing Eduardo Roloff Sumário Conceituação Modelos de Serviços Modos de Implantação Oportunidades de Pesquisa Discussão Conceituação Cloud Computing é um modelo que pretende prover computação

Leia mais

Cloud Computing: Quando a nuvem pode ser um risco para o negócio. Marco Lima aka Mago Enterprise Technology Specialist

Cloud Computing: Quando a nuvem pode ser um risco para o negócio. Marco Lima aka Mago Enterprise Technology Specialist Cloud Computing: Quando a nuvem pode ser um risco para o negócio Marco Lima aka Mago Enterprise Technology Specialist 05 De onde vem o termo nuvem? Business Servidores SAN WAN SAN LANs Roteador NAS Switch

Leia mais

a identidade como o novo perímetro: adotando a nuvem, a plataforma móvel e a mídia social com segurança agility made possible

a identidade como o novo perímetro: adotando a nuvem, a plataforma móvel e a mídia social com segurança agility made possible a identidade como o novo perímetro: adotando a nuvem, a plataforma móvel e a mídia social com segurança agility made possible A transformação da TI e as identidades em evolução Diversas tendências da tecnologia,

Leia mais

GUIA DE DESCRIÇÃO DO PRODUTO

GUIA DE DESCRIÇÃO DO PRODUTO GUIA DE DESCRIÇÃO DO PRODUTO EMC CLOUDARRAY INTRODUÇÃO Atualmente, os departamentos de TI enfrentam dois desafios de armazenamento de dados críticos: o crescimento exponencial dos dados e uma necessidade

Leia mais

Gestão de Armazenamento

Gestão de Armazenamento Gestão de Armazenamento 1. Introdução As organizações estão se deparando com o desafio de gerenciar com eficiência uma quantidade extraordinária de dados comerciais gerados por aplicativos e transações

Leia mais

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor

15/09/2015. Gestão e Governança de TI. Modelo de Governança em TI. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor. A entrega de valor Gestão e Governança de TI Modelo de Governança em TI Prof. Marcel Santos Silva PMI (2013), a gestão de portfólio é: uma coleção de projetos e/ou programas e outros trabalhos que são agrupados para facilitar

Leia mais

Transformação da Indústria

Transformação da Indústria Conceitos Transformação da Indústria Hoje Cloud Anos 2000 Web Anos 1990 Cliente / Servidor Anos 1970 e 80 Mainframe Novas possibilidades O momento atual do país é favorável para que as empresas passem

Leia mais

NUVEM HÍBRIDA: DEIXE AS PREOCUPAÇÕES COM SEGURANÇA NO PASSADO.

NUVEM HÍBRIDA: DEIXE AS PREOCUPAÇÕES COM SEGURANÇA NO PASSADO. NUVEM HÍBRIDA: DEIXE AS PREOCUPAÇÕES COM SEGURANÇA NO PASSADO. Muitas empresas brasileiras estão interessadas nas vantagens proporcionadas pela computação em nuvem, como flexibilidade, agilidade e escalabilidade,

Leia mais

imited Edition IMULADO

imited Edition IMULADO J tudent 1 Exame Simulado imited Edition IMULADO 1. Identifique as características da computação em nuvem? a) A computação em nuvem entrega uma ampla gama de serviços. b) A computação em nuvem é adquirida

Leia mais

Infraestrutura: devo usar a nuvem? Prof. Artur Clayton Jovanelli

Infraestrutura: devo usar a nuvem? Prof. Artur Clayton Jovanelli Infraestrutura: devo usar a nuvem? Prof. Artur Clayton Jovanelli Conceitos principais Nuvem Local Dados (informações) Profissional Pessoal Procedimento padrão (modelo) Produzir Armazenar Como era... Como

Leia mais

CONCEITOS E APLICAÇÕES DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM

CONCEITOS E APLICAÇÕES DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM CONCEITOS E APLICAÇÕES DA COMPUTAÇÃO EM NUVEM Rogério Schueroff Vandresen¹, Willian Barbosa Magalhães¹ ¹Universidade Paranaense(UNIPAR) Paranavaí-PR-Brasil rogeriovandresen@gmail.com, wmagalhaes@unipar.br

Leia mais

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens

Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens Academia de Tecnologia da IBM White paper de liderança de pensamento Novembro de 2010 Estratégias para avaliação da segurança da computação em nuvens 2 Proteção da nuvem: do desenvolvimento da estratégia

Leia mais

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Aviso de Isenção de Responsabilidade e Direitos Autorais As informações contidas neste documento representam a visão atual da Microsoft

Leia mais

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: UM FUTURO PRESENTE

COMPUTAÇÃO EM NUVEM: UM FUTURO PRESENTE COMPUTAÇÃO EM NUVEM: UM FUTURO PRESENTE Andressa T.R. Fenilli 1, Késsia R.C.Marchi 1 1 Universidade Paranaense (UNIPAR) Paranavaí PR Brasil andressa.trf@gmail.com, kessia@unipar.br Resumo. Computação em

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos

RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos como posso assegurar uma experiência excepcional para o usuário final com aplicativos

Leia mais

Portfólio de Serviços Dominit 2016

Portfólio de Serviços Dominit 2016 Portfólio de Serviços Dominit 2016 A Dominit é uma empresa nacional que atua como integradora de soluções de tecnologia da informação. Temos como diferencial a proposta de parceria para nossos clientes

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - Anéis Ópticos em Backbone www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução Em 1980 foi formado o grupo de trabalho ANSI X3T9.5 com a finalidade de desenvolver

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE APLICAÇÕES GRATUITAS EM NUVEM

ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE APLICAÇÕES GRATUITAS EM NUVEM ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE APLICAÇÕES GRATUITAS EM NUVEM Pedro Victor Fortunato Lima, Ricardo Ribeiro Rufino Universidade Paranaense UNIPAR Paranavaí Paraná Brasil pedrin_victor@hotmail.com, ricardo@unipar.br

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

Continuidade de Negócio de TI O Sucesso da sua empresa também depende disso. Qual é sua necessidade...

Continuidade de Negócio de TI O Sucesso da sua empresa também depende disso. Qual é sua necessidade... Continuidade de Negócio de TI O Sucesso da sua empresa também depende disso. Qual é sua necessidade... Reduzir custo de TI; Identificar lentidões no ambiente de TI Identificar problemas de performance

Leia mais

Unidade 1. Conceitos Básicos

Unidade 1. Conceitos Básicos Unidade 1 Conceitos Básicos 11 U1 - Conceitos Básicos Comunicação Protocolo Definição de rede Rede Internet 12 Comunicação de dados Comunicação de dados comunicação de informação em estado binário entre

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

Agenda CLOUD COMPUTING I

Agenda CLOUD COMPUTING I Agenda O que é Cloud Computing? Atributos do Cloud Computing Marcos do Cloud Computing Tipos do Cloud Computing Camadas do Cloud computing Cloud Computing Tendências O Cloud Computing do Futuro Pros &

Leia mais

Soluções em Segurança

Soluções em Segurança Desafios das empresas no que se refere a segurança da infraestrutura de TI Dificuldade de entender os riscos aos quais a empresa está exposta na internet Risco de problemas gerados por ameaças externas

Leia mais

Fernando Seabra Chirigati. Universidade Federal do Rio de Janeiro EEL879 - Redes de Computadores II Professores Luís Henrique Costa e Otto Duarte

Fernando Seabra Chirigati. Universidade Federal do Rio de Janeiro EEL879 - Redes de Computadores II Professores Luís Henrique Costa e Otto Duarte Fernando Seabra Chirigati Universidade Federal do Rio de Janeiro EEL879 - Redes de Computadores II Professores Luís Henrique Costa e Otto Duarte Introdução Grid x Nuvem Componentes Arquitetura Vantagens

Leia mais

Symantec Backup Exec.cloud

Symantec Backup Exec.cloud Proteção automática, contínua e segura que faz o backup dos dados na nuvem ou usando uma abordagem híbrida, combinando backups na nuvem e no local. Data Sheet: Symantec.cloud Somente 2% das PMEs têm confiança

Leia mais

UNIFIED. A nova geração de arquitetura para proteger seus dados D TA. em ambientes físicos ou virtuais de forma unificada PROTECTION

UNIFIED. A nova geração de arquitetura para proteger seus dados D TA. em ambientes físicos ou virtuais de forma unificada PROTECTION UNIFIED A nova geração de arquitetura para proteger seus dados D TA em ambientes físicos ou virtuais de forma unificada PROTECTION RESUMO DA SOLUÇÃO UNIFIED DATA PROTECTION Incentivadas pelo crescimento

Leia mais

FileMaker Pro 13. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13

FileMaker Pro 13. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13 FileMaker Pro 13 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 13 2007-2013 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

TRIBUTAÇÃO NAS NUVENS Uma Regulação em Debate

TRIBUTAÇÃO NAS NUVENS Uma Regulação em Debate TRIBUTAÇÃO NAS NUVENS Uma Regulação em Debate Workshop Divisão Tributária 18.04.2013 CIESP - CAMPINAS PROGRAMA 1. BREVE INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO EM NUVEM 2. PRINCIPAIS OPERAÇÕES E ASPECTOS TRIBUTÁRIOS POLÊMICOS

Leia mais

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14

FileMaker Pro 14. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 FileMaker Pro 14 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 14 2007-2015 FileMaker, Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores

Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores Faculdade Integrada do Ceará FIC Graduação em Redes de Computadores Disciplina - Sistemas Distribuídos Prof. Andrey Halysson Lima Barbosa Aula 12 Computação em Nuvem Sumário Introdução Arquitetura Provedores

Leia mais

Imagem Gustavo Santos. Observe Bombinhas SC.

Imagem Gustavo Santos. Observe Bombinhas SC. Imagem Gustavo Santos. Observe Bombinhas SC. 1 2 1. Uma nova modalidade de prestação de serviços computacionais está em uso desde que a computação em nuvem começou a ser idealizada. As empresas norte-

Leia mais

Computação em Nuvem. Henrique Ruschel, Mariana Susan Zanotto, Wélton Costa da Mota. Especialização em Redes e Segurança de Sistemas 2008/2

Computação em Nuvem. Henrique Ruschel, Mariana Susan Zanotto, Wélton Costa da Mota. Especialização em Redes e Segurança de Sistemas 2008/2 Computação em Nuvem Henrique Ruschel, Mariana Susan Zanotto, Wélton Costa da Mota Especialização em Redes e Segurança de Sistemas 2008/2 Pontifícia Universidade Católica do Paraná Curitiba, Abril de 2010

Leia mais

like a Boss mandic Um GUIA para você escolher bem, e se tornar uma Autoridade em Serviços de Compartilhamento de Arquivos na Nuvem.

like a Boss mandic Um GUIA para você escolher bem, e se tornar uma Autoridade em Serviços de Compartilhamento de Arquivos na Nuvem. BOX like a Boss Um GUIA para você escolher bem, e se tornar uma Autoridade em Serviços de Compartilhamento de Arquivos na Nuvem. mandic CLOUD SOLUTIONS Mais e mais empresas buscam soluções para dar suporte

Leia mais

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Parceiros de serviços em nuvem gerenciada Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Implemente a versão mais recente do software da SAP de classe mundial,

Leia mais

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento HOME O QUE É TOUR MÓDULOS POR QUE SOMOS DIFERENTES METODOLOGIA CLIENTES DÚVIDAS PREÇOS FALE CONOSCO Suporte Sou Cliente Onde sua empresa quer chegar? Sistemas de gestão precisam ajudar sua empresa a atingir

Leia mais

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 a computação na nuvem está presente em todos os lugares e está crescendo 72% das empresas

Leia mais

PROCESSAMENTO DE DADOS 15/08

PROCESSAMENTO DE DADOS 15/08 PROCESSAMENTO DE DADOS 15/08 Coletar Informática Armazenar Disseminar Dados DADOS Elementos conhecidos de um problema INFORMAÇÃO Um conjunto estruturado de dados transmitindo conhecimento. Novas Tecnologias

Leia mais

Segurança de Redes de Computadores

Segurança de Redes de Computadores Segurança de Redes de Computadores Aula 10 Segurança na Camadas de Rede Redes Privadas Virtuais (VPN) Prof. Ricardo M. Marcacini ricardo.marcacini@ufms.br Curso: Sistemas de Informação 1º Semestre / 2015

Leia mais

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS.

USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. USE O PODER DA NUVEM. VEJA COMO A NUVEM PODE TRANSFORMAR SEUS NEGÓCIOS. A computação em nuvem é uma mudança de paradigma no gerenciamento de TI e de datacenters, além de representar a capacidade da TI

Leia mais

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o

FileMaker Pro 12. Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 Utilização de uma Conexão de Área de Trabalho Remota com o FileMaker Pro 12 2007 2012 FileMaker Inc. Todos os direitos reservados. FileMaker Inc. 5201 Patrick Henry Drive Santa Clara,

Leia mais

Uma aplicacação de privacidade no gerenciamento de identidades em nuvem com uapprove

Uma aplicacação de privacidade no gerenciamento de identidades em nuvem com uapprove Uma aplicacação de privacidade no gerenciamento de identidades em nuvem com uapprove Daniel Ricardo dos Santos Universidade Federal de Santa Catarina 10 de novembro de 2011 Agenda 1 Introdução 2 Identidade

Leia mais

Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres

Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres Como usar a nuvem para continuidade dos negócios e recuperação de desastres Há diversos motivos para as empresas de hoje enxergarem o valor de um serviço de nuvem, seja uma nuvem privada oferecida por

Leia mais

Introdução. Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite

Introdução. Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite Introdução Disciplina: Suporte Remoto Prof. Etelvira Leite Os Benefícios do Trabalho Remoto O mundo assiste hoje à integração e à implementação de novos meios que permitem uma maior rapidez e eficácia

Leia mais

Arquiteturas Paralelas e Distribuídas

Arquiteturas Paralelas e Distribuídas Arquiteturas Paralelas e Distribuídas TSI-6AN Apresentado por: Cleber Schroeder Fonseca 1 CLOUD COMPUTING 2 Cloud Computing A expressão cloud computing (computação nas nuvens) começou a ganhar força em

Leia mais

EMC FORUM 2015. Copyright 2015 EMC Corporation. Todos os direitos reservados. 1

EMC FORUM 2015. Copyright 2015 EMC Corporation. Todos os direitos reservados. 1 EMC FORUM 2015 1 EMC FORUM 2015 Identifying the right kind of hybrid cloud for your business Presenter name 2 O SOFTWARE ESTÁ REDEFININDO TODAS AS EMPRESAS OS NEGÓCIOS ESTÃO MUITO MAIS DINÂMICOS EQUIPE

Leia mais

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com

CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com CLOUD COMPUTING NAS EMPRESAS: NUVEM PÚBLICA OU NUVEM PRIVADA? nubeliu.com SUMÁRIO Introdução... 4 Nuvem pública: quando ela é ideal... 9 Nuvem privada: quando utilizá-la... 12 Alternativas de sistemas

Leia mais

Plataforma na nuvem do CA AppLogic para aplicativos corporativos

Plataforma na nuvem do CA AppLogic para aplicativos corporativos FOLHA DE PRODUTOS: CA AppLogic Plataforma na nuvem do CA AppLogic para aplicativos corporativos agility made possible O CA AppLogic é uma plataforma de computação na nuvem pronta para o uso que ajuda a

Leia mais

IT Service Management Foundation Bridge based on ISO/IEC 20000

IT Service Management Foundation Bridge based on ISO/IEC 20000 Exame simulado IT Service Management Foundation Bridge based on ISO/IEC 20000 Edição Novembro, 2013 Copyright 2013 EXIN All rights reserved. No part of this publication may be published, reproduced, copied

Leia mais

Roteamento e Comutação

Roteamento e Comutação Roteamento e Comutação Design de Rede Local Design Hierárquico Este design envolve a divisão da rede em camadas discretas. Cada camada fornece funções específicas que definem sua função dentro da rede

Leia mais

Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve

Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve Proteção de ambientes Microsoft Hyper-V 3.0 com Arcserve Desafios do cliente Hoje em dia, você enfrenta desafios como acordos de nível de serviço exigentes e limitações de equipe e orçamento. Você procura

Leia mais

Workshop de Virtualização de Desktops. Braga, 12 de Junho de 2013

Workshop de Virtualização de Desktops. Braga, 12 de Junho de 2013 Workshop de Virtualização de Desktops Braga, 12 de Junho de 2013 AGENDA AGENDA 09h30 Welcome Coffee Sala contígua ao Auditório do ILCH-UMinho, no piso 0 09h50 Boas Vindas Luís Costa, Senior Account Manager,

Leia mais

Nuvem UFRGS: IaaS como ferramenta de apoio à pesquisa

Nuvem UFRGS: IaaS como ferramenta de apoio à pesquisa Nuvem UFRGS: IaaS como ferramenta de apoio à pesquisa Éverton Didoné Foscarini, Rui de Quadros Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande do Sul Centro de Processamento de Dados Rua Ramiro Barcelos, 2574

Leia mais

ESTUDO DE VIABILIDADE, PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE UMA REDE VPN (VIRTUAL PRIVATE NETWORK)

ESTUDO DE VIABILIDADE, PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE UMA REDE VPN (VIRTUAL PRIVATE NETWORK) ESTUDO DE VIABILIDADE, PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE UMA REDE VPN (VIRTUAL PRIVATE NETWORK) 1. VPN Segundo TANENBAUM (2003), VPNs (Virtual Private Networks) são redes sobrepostas às redes públicas, mas com

Leia mais

Quatro tendências críticas em TI para a continuidade dos negócios

Quatro tendências críticas em TI para a continuidade dos negócios Quatro tendências críticas em TI para a continuidade dos negócios Em TI, o fracasso não é uma opção. Não surpreendentemente, as organizações tornaram uma prioridade alta desenvolver e implementar planos

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação INF-108 Segurança da Informação Gestão de Segurança da Informação Prof. João Henrique Kleinschmidt (slides cedidos pelo Prof. Carlos Kamienski - UFABC) Gerenciamento e Avaliação de Riscos Terminologia

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação INF 108 Segurança da Informação Computação em Nuvem Prof. João Henrique Kleinschmidt Introdução Centralização do processamento Surgimento da Teleinformática Década de 60 Execução de programas localmente

Leia mais

Aluno: Tiago Castro da Silva

Aluno: Tiago Castro da Silva Faculdade Tecnodohms I Mostra de Ciência e Tecnologia Tecnologias de Virtualização para CLOUD COMPUTING Aluno: Tiago Castro da Silva CURSO: REDES DE COMPUTADORES A Computação evoluiu e Cloud Computing

Leia mais

FAZER MAIS COM MENOS Maio 2012 White Paper

FAZER MAIS COM MENOS Maio 2012 White Paper CLOUD COMPUTING FAZER MAIS COM MENOS Maio 2012 CLOUD COMPUTING FAZER MAIS COM MENOS Cloud Computing é a denominação adotada para a mais recente arquitetura de sistemas informáticos. Cada vez mais empresas

Leia mais

AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3

AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3 AMBIENTES DE MISSÃO CRÍTICA ORACLE COM VMAX 3 PRINCÍPIOS BÁSICOS DE MISSÃO CRÍTICA Avançado Armazenamento híbrido com níveis de serviço com desempenho otimizado por flash em escala para cargas de trabalho

Leia mais

Armazenamento em nuvem é feito em serviços que poderão ser acessados de diferentes lugares, a qualquer momento e utilizando diferentes dispositivos,

Armazenamento em nuvem é feito em serviços que poderão ser acessados de diferentes lugares, a qualquer momento e utilizando diferentes dispositivos, Nuvem cloud Armazenamento em nuvem é feito em serviços que poderão ser acessados de diferentes lugares, a qualquer momento e utilizando diferentes dispositivos, não havendo necessidade de armazenamento

Leia mais

Documento técnico de negócios

Documento técnico de negócios Documento técnico de negócios Manual de proteção de dados para armazenamento totalmente em flash Principais considerações para o comprador de armazenamento com experiência em tecnologia Documento técnico

Leia mais

Iniciativa CDC RNP. Projeto CDC Piloto Huawei Encontro sobre Computação em Nuvem UNICAMP, 07 de abril de 2014

Iniciativa CDC RNP. Projeto CDC Piloto Huawei Encontro sobre Computação em Nuvem UNICAMP, 07 de abril de 2014 Iniciativa CDC RNP Projeto CDC Piloto Huawei Encontro sobre Computação em Nuvem UNICAMP, 07 de abril de 2014 Sumário Programa de Computação em Nuvem da RNP Iniciativa CDC RNP Estratégia Piloto Huawei Programa

Leia mais

Convergência TIC e Projetos TIC

Convergência TIC e Projetos TIC TLCne-051027-P1 Convergência TIC e Projetos TIC 1 Introdução Você responde essas perguntas com facilidade? Quais os Projetos TIC mais frequentes? Qual a importância de BI para a venda de soluções TIC (TI

Leia mais