Disciplina Objectivos Conteúdos Programáticos

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Disciplina Objectivos Conteúdos Programáticos"

Transcrição

1 Disciplina Objectivos Conteúdos Programáticos Legislação para Operação Hoteleira Analisar o quadro legal aplicável no contexto da atividade turística e hoteleira. Caracterizar os organismos institucionais do turismo. Noções fundamentais do Direito : Princípios gerais, Direito Comercial e Direito do Trabalho. Legislação da atividade turística e hoteleira: regime jurídico do sector do turismo e hoteleiro. A organização Institucional: evolução histórica, Administração Central. Orgânica do Governo e o enquadramento das competências do Turismo,. Administração Regional e local de turismo, Associações empresariais e as Organizações Internacionais de Turismo. Informação Turística Enquadrar e compreender as dinâmicas geo-territoriais de Portugal. Conhecer e interpretar o contexto geográfico português. Conhecer os modelos da Geografia Humana e a rede de recursos naturais e culturais de Portugal. Conhecer e utilizar os métodos e técnicas de observação e interpretação do território, fundamentais à informação turística. Geografia: Portugal na Europa e no Mundo. Geografia física de Portugal: princípios de geomorfologia regional, ambiente e estudo da paisagem. Identidade e território Português, Povoamento, actividade económica, práticas culturais e dinâmicas tradicionais em Portugal. Recursos Naturais, Definição de recursos e património natural, tipologias, inventariação e avaliação de recursos naturais e culturais, endemismos de Fauna e Flora locais, património geomorfológico. Recursos Culturais: definição de recursos e património cultural, Tipologias, inventariação e avaliação dos recursos culturais, património cultural material e imaterial português. Métodos e técnicas de observação turística: métodos de observação geográfica e interpretação da paisagem, métodos de interpretação historicocultural, métodos de interpretação do património, métodos e técnicas de criação e divulgação de roteiros turísticos.

2 Eventos em Empreendimentos Hoteleiros Identificar e caracterizar os principais conceitos que envolvem a área da organização de eventos no contexto do turismo. Determinar modelos estratégicos de planeamento e desenvolvimento territorial, através de captação de eventos. Conceber modelos de gestão operacional de organização de eventos para hotelaria. Conceber modelos de produção de organização e gestão de eventos em hotelaria Eventos no contexto do Turismo: eventos, conceito, génese e âmbito. Tipologias de eventos. Planeamento estratégico: visão, emissão, objetivos, análise interna e externa, definição de estratégia do evento. Gestão operacional e produção. Programação, condicionantes, recursos humanos e financeiros, marketing, manegement, gestão logística. Segurança e gestão de risco. Protocolo. Elaboração de proposta.

3 Organização Hoteleira Desenvolver competências básicas relacionadas com o desempenho de funções de gestão e controlo de uma unidade hoteleira Enquadramento Geral: a indústria hoteleira perspectiva histórica e atualidade, caracterização da hotelaria e restauração em Portugal, tipos de alojamento e meios de hospedagem em Portugal, tipos de estabelecimentos de restauração e bebidas. Direção hoteleira: definição e enquadramento, organigrama geral e enquadramento dos departamentos, missão, objectivos, estratégias e tácticas. Coordenação Geral dos Departamentos - as relações hierárquicas: organização e técnicas de gestão. Departamentos: alojamento, food & beverage, marketing e vendas, áreas técnicas e manutenção, financeiro, segurança, recursos humanos e animação organização de eventos. Modelo de Asset Management: propriedade hoteleira e gestão hotelaria, o proprietário e o operador, cadeias de gestão hoteleira. Serviços e facilidades associados a uma gestão hoteleira: infrastruturas, equipamentos e serviços de lazer e entretenimento, gestão, organização e rentabilização das infraestruturas, equipamentos de lazer e entretenimento.

4 Teoria e Prática de Técnicas de Promoção e Comercialização Desenvolver competências básicas relacionadas com o desempenho de funções de gestão e promoção e contratação hoteleira. Desenvolver competências básicas relacionadas com o desempenho de funções de pricing e yield management Canais de distribuição: operadores turísticos grossista, operador turístico de receptivo, retalhista ou agente de viagens, hotel distribution system (HDS), Global distribution system (GDS), comércio electrónico na hotelaria, intermediários da internet, centrais de reserva CRS. Contratação e condições de comercialização: conceito e terminologias fundamentais, contratos de allotment; Releases, acordos de preço, politicas de cancelamento, politicas de crédito, politicas de grupo, pacotes e condições/ofertas especiais, fam-trips, visitas de inspeção. Teoria e Prática de Técnicas de Receção Assimilar os procedimentos necessáios à organização de recepçãoe secções complementares, nomeadamento de alojamento, desenvolvendo competencias de atendimento aos diferentes clientes, procedimentos adequados face a uma reclamação ou no acolhimento aos clientes Enquadramento Geral: departamento de creceção no contexto da unidade hoteleira. Back-office-reservas: organização e modelo funcional, articulação inter-departamental, simulação de reservas, standard internacional de hotelaria, sistemas de controlo de reservas. Front-office-Processo de aolhimento/atendimento: simulação de welcomming, check-in, check-out, atendimento telefonico e prestação de informação sobre destino e serviços externos. Funções de realções públicas e segurança interna de hóspedes, procedimento de emergência.

5 Sistemas de Reservas e Faturação para a Receção de Hotelaria Conhecer os principais sistemas de reservsa e facturação usados em recepção de hotel. Enquadramento Geral: tecnologia e gestão hoteleira. PMS (property Management System): conceito, objectivo e funcinamento, fluxo de informação ( internos e externos). Sistemas de Front-office e backoffice: Fidelio, Lanmark, Newhotel, outros sistemas, vantagens e desvantagens, principais funcionalidades Teoria e Prática de Técnicas de Housekeeping Desenvolver competencias básicas relacionadas com o desempenho de funções de gestão e controlo do departamento de alojamento. Enquadramento Geral: perspectiva histórica do alojamento, especificidades do produto hoteleiro com ênfase na gestão de alojamentos. Departamento de Alojamento: definição e enquadramento organigrama geral e enquadramento departamental, missão, objectivos, estratégias e tácticas, descrição sumária das principais funções do departamento. Gestão do departamento de alojamento: definição de standards e preparação de uma unidade de alojamento, pessoal de serviço- cálculo de pessoal e standards de produtividade e horários e escalonamento de pessoal, cálculo previsional de roupa de quarto / casa de banho e fardas, cálculo previsional de material de limpeza e amenities, controlo de mini bares, instalação duma rouparia/lavandaria, manutenção dos equipamentos e materiais dos quartos, normas de higiene e segurança.

6 Estratégias de Pricing/Revenue Manegement Comercialização de hotéis de cadeias de hotéis independentes: hotéis de cadeia, hotéis independentes. Pricing & Revenue Management. Comercialização de hotéis de cadeias de hotéis independentes: hotéis de cadeia, hotéis independentes. Pricing & Revenue Management: pricing, funções de gestão politicas de preço, calculo de preço e construção de tarifário, previsões ocupacionais e rácios de ocupação. Revenue Management: evolução histórica e conceptual, aplicação à industria hoteleira, elementos do Revenue Management (os 4 Cs). fórmulas e rácios básicos. Canais de Distribuição Online Utilização de suportes informáticos específicos da distribuição turística e hoteleira. Programas de gestão hoteleira. Canais de distribuição Online. Estruturas e funcionamento. Consulta, reserva, venda e emissão de documentos para os serviços de transporte (tranferes), de alojamento e outros

7 Proteção Civil e Suporte Básico de Vida Compreender e aplicar as metodogias de análise, de prevenção, proteção e gestão do risco. Conhecer e saber aplicar todos os procedimentos técnicos do processo de suporte básico de vida. Saber fazer a abordagem da vitima em segurança e identificar tipologias de sinistralidade, bem como proceder segundo o modelo de prevenção, alerta e socorro (PAS). Riscos Naturais, Sistemas de Prevenção, e Planos de emergência. Exercícios de proteção civil (evacuação; emergência médica; salvaguarda de pessoas e bens). Modelo de Suporte básico para a vida, Vitima ( abordagem e plano de ação), abordagem e tipologia de pré-diagnostico, Modelos de intervenção - Paragem cardio-respiratoria, aplicação PLS, suporte técnico de estabilização e evacuação. Conhecer e conceber modelos de planeamento estratégico para responder a situações de emergência. Conhecer os mecanismos de prevenção e aplicação de primeiros socorros. Diagnosticar a situação de paragem cardio-respiratória. Saber os riscos para o reanimador e identificar fontes de perigo. Realizar a abordagem básica aérea, massagem cardíaca e posição lateral de segurança. Identificar características associadas a processos traumáticos e actuar em conformidade.

Disciplina Objectivos Conteúdos Programáticos

Disciplina Objectivos Conteúdos Programáticos Disciplina Objectivos Conteúdos Programáticos Legislação para Operações Turísticas Análise do quadro legal aplicável no contexto da atividade das agências de viagens. Caracterização dos organismos Institucionais

Leia mais

XIX CAMPEONATO REGIONAL DAS PROFISSÓES A Ç O R E S 2 0 1 0

XIX CAMPEONATO REGIONAL DAS PROFISSÓES A Ç O R E S 2 0 1 0 Composição da Prova A prova de Recepção de Hotelaria e Turismo é composta por: 1. Provas escritas 2 Testes teóricos de avaliação de conhecimentos 2 Teste teórico-práticos de avaliação de conhecimentos

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO DO ALOJAMENTO Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO DO ALOJAMENTO Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular GESTÃO DO ALOJAMENTO Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Turismo 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Planificação Anual de Operações Técnicas em Empresas Turísticas OTET 12.º Ano

Planificação Anual de Operações Técnicas em Empresas Turísticas OTET 12.º Ano ESCOLA SECUNDÁRIA COM 3.º CICLO DE AMORA Curso Profissional de Técnico de Turismo Planificação Anual de Operações Técnicas em Empresas Turísticas OTET 12.º Ano Componente de Formação Técnica Ano Letivo

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE AGÊNCIAS DE VIAGENS E TRANSPORTES PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Agências de Viagens e Transportes Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/6 ÁREA DE ACTIVIDADE

Leia mais

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM TURISMO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS

CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM TURISMO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS História da Cultura CURSO SUPERIOR DE GRADUAÇÃO EM TURISMO GRADE DETALHADA DO CURSO COM AS EMENTAS DAS DISCIPLINAS 1º PERÍODO Repassar ao alunado a compreensão do fenômeno da cultura e sua relevância para

Leia mais

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16. Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar

Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ 1º Semestre 15-16. Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Unidades curriculares disponíveis para Programa IPL60+ Semestre 15-16 Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Animação Turística Inglês para Animação I Língua Estrangeira I (Espanhol I / Alemão

Leia mais

DIRECTOR(A) DE RESTAURAÇÃO

DIRECTOR(A) DE RESTAURAÇÃO PERFIL PROFISSIONAL DIRECTOR(A) DE RESTAURAÇÃO ÁREA DE ACTIVIDADE - HOTELARIA, RESTAURAÇÃO E TURISMO OBJECTIVO GLOBAL - Planear, dirigir e controlar as actividades de produção e de serviço de alimentos

Leia mais

I S A L I N S T I T UTO SUPERIOR DE A DMINISTRAÇÃO E L Í N G UA S. C T e S P. Cursos Técnicos Superiores Profissionais

I S A L I N S T I T UTO SUPERIOR DE A DMINISTRAÇÃO E L Í N G UA S. C T e S P. Cursos Técnicos Superiores Profissionais I S A L I N S T I T UTO SUPERIOR DE A DMINISTRAÇÃO E L Í N G UA S C T e S P Cursos Técnicos Superiores Profissionais GESTÃO ADMINISTRATIVA DE RECURSOS HUMANOS GESTÃO COMERCIAL E DE MARKETING ORGANIZAÇÃO

Leia mais

Listagem de UC por curso. Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar

Listagem de UC por curso. Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Listagem de UC por curso Semestre * 2013-14 Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar Animação Turística Língua Estrangeira II (Espanhol II ou Alemão II) Comunicação e Desenvolvimento Pessoal Imagem

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RECEÇÃO. DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO, CONTABILIDADE E LEGISLAÇÃO (10º Ano Turma O)

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RECEÇÃO. DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO, CONTABILIDADE E LEGISLAÇÃO (10º Ano Turma O) ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RECEÇÃO DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO, CONTABILIDADE E LEGISLAÇÃO (10º Ano Turma O) PLANIFICAÇÃO ANUAL Directora do Curso Maria Teresa Pereira

Leia mais

CHEFE DE COZINHA (M/F)

CHEFE DE COZINHA (M/F) PERFIL PROFISSIONAL CHEFE DE COZINHA (M/F) ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO GLOBAL - HOTELARIA, RESTAURAÇÃO E TURISMO - Organizar, coordenar e controlar o funcionamento do serviço de cozinha em estabelecimentos

Leia mais

Hotelaria e Restauração

Hotelaria e Restauração Hotelaria e Restauração Código Carga UFCD UFCD Horária H 1755 Preparação de cremes de pastelaria e recheios 25 1760 Preparação de massas lêvedas especiais de pastelaria e padaria 50 1761 Preparação de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO SECRETARIA DOS ÓRGÃOS COLEGIADOS DELIBERAÇÃO Nº 042, DE 11 DE MAIO DE 2011 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO, tendo em vista a decisão tomada em sua 297ª Reunião Ordinária, realizada em 11 de maio de 2011, e considerando

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO DO ALOJAMENTO Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular GESTÃO DO ALOJAMENTO Ano Lectivo 2011/2012 Programa da Unidade Curricular GESTÃO DO ALOJAMENTO Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Turismo 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

AS TUAS ESCOLHAS O TEU FUTURO!

AS TUAS ESCOLHAS O TEU FUTURO! AS TUAS ESCOLHAS O TEU FUTURO! Serviço de Psicologia e Orientação ESTOU A TERMINAR O 9º ANO E AGORA? Cursos Científico- Humanísticos Cursos Profissionais CURSOS CIENTÍFICO- HUMANÍSTICOS Condições de Acesso:

Leia mais

Enquadramento Turismo Rural

Enquadramento Turismo Rural Enquadramento Turismo Rural Portugal é um País onde os meios rurais apresentam elevada atratividade quer pelas paisagens agrícolas, quer pela biodiversidade quer pelo património histórico construído o

Leia mais

TURISMO NO ESPAÇO RURAL LEGISLAÇÃO MANUAL

TURISMO NO ESPAÇO RURAL LEGISLAÇÃO MANUAL TURISMO NO ESPAÇO RURAL LEGISLAÇÃO MANUAL Índice 1. Turismo no espaço rural: tipologias.2 2. Exploração e funcionamento.... 5 3. Legislação aplicável.17 Bibliografia. 18 1 1.Turismo no espaço rural: tipologias

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE ORGANIZAÇÃO DE EVENTOS PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Organização de Eventos Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/7 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO GLOBAL SAÍDAS

Leia mais

TURISMO. o futuro, uma viagem...

TURISMO. o futuro, uma viagem... TURISMO o futuro, uma viagem... PLANO NACIONAL DO TURISMO 2007-2010 OBJETIVOS Desenvolver o produto turístico brasileiro com qualidade, contemplando nossas diversidades regionais, culturais e naturais.

Leia mais

Pós-Graduação Gestão Hoteleira

Pós-Graduação Gestão Hoteleira Coordenação: Mestre Filipe Ferrão Pós-Graduação Gestão Hoteleira O Curso de Pós-Graduação em Gestão de Hotelaria visa proporcionar uma especializada, que alie o conhecimento das técnicas de gestão fundamentais

Leia mais

Localização da AHBVBrasfemes Entidade Formadora

Localização da AHBVBrasfemes Entidade Formadora Localização da AHBVBrasfemes Entidade Formadora Colocar mapa de localização com coordenadas: GPS: 40.271892, -8.404848 Morada: Bombeiros Voluntários de Brasfemes Rua Antonino dos Santos, nº. 37 3020-533

Leia mais

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão

SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO. Missão SÍNTESE PROJETO PEDAGÓGICO CURSO: TURISMO ( bacharelado) Missão Formar profissionais humanistas, críticos, reflexivos, capacitados para planejar, empreender e gerir empresas turísticas, adaptando-se ao

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL EMPREGADO/A DE ANDARES. PERFIL PROFISSIONAL Empregado/a de Andares Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/6

PERFIL PROFISSIONAL EMPREGADO/A DE ANDARES. PERFIL PROFISSIONAL Empregado/a de Andares Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/6 PERFIL PROFISSIONAL EMPREGADO/A DE ANDARES PERFIL PROFISSIONAL Empregado/a de Andares Nível 2 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/6 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO GLOBAL SAÍDA(S) PROFISSIONAL(IS) - HOTELARIA,

Leia mais

TURISMO DO PORTO E NORTE DE PORTUGAL, ER MAPA DE PESSOAL PARA O ANO DE 2013

TURISMO DO PORTO E NORTE DE PORTUGAL, ER MAPA DE PESSOAL PARA O ANO DE 2013 TURISMO DO PORTO E NORTE DE PORTUGAL, ER MAPA DE PESSOAL PARA O ANO DE 203 (PESSOAL DA FUNÇÃO PÚBLICA) PRESIDENCIA VICE-PRESIDÊNCIA (artigos 3.º, 5.º e 6.º dos Estatutos) Presidente da Direção Vice-Presidente

Leia mais

Nº horas 40. Nº horas 40 Actividades de diagnóstico 45m Desenvolvimento

Nº horas 40. Nº horas 40 Actividades de diagnóstico 45m Desenvolvimento Agrupamento de Escolas João da Silva Correia ANO LETIVO 2014-2015 Escola Secundária João da Silva Correia P L A N I F I C A Ç Ã O - CURSO PROFISSIONAL DE NÍVEL SECUNDÁRIO DISCIPLINA: OTET 12º ANO Técnico

Leia mais

MAPA DE PESSOAL. Gabinete de Apoio ao Presidente. Gabinete de Fiscalização Sanitária

MAPA DE PESSOAL. Gabinete de Apoio ao Presidente. Gabinete de Fiscalização Sanitária Preenchidos A preencher Preenchidos Gabinete de Apoio ao Presidente Coordenar e executar todas as atividades inerentes à assessoria, secretariados, protocolos da Presidência e assegurar a interligação

Leia mais

DSCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DSCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO Turno: MATUTINO Currículo nº 9 Currículo nº 10 Reconhecido pelo Decreto Estadual n. o 5.497, de 21.03.02, D.O.E. nº 6195 de 22.03.02. Renovação de Reconhecimento Decreto

Leia mais

Licenciaturas. Organização e Gestão Hoteleira Gestão de Empresas Turismo

Licenciaturas. Organização e Gestão Hoteleira Gestão de Empresas Turismo Licenciaturas Organização e Gestão Hoteleira Gestão de Empresas Turismo L I C E N C I A T U R A O R G A N I Z A Ç Ã O E G E S T Ã O H O T E L E I R A O B J E T I V O Formar profissionais competentes para

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM HOSPEDAGEM

APRESENTAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM HOSPEDAGEM APRESENTAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM HOSPEDAGEM 1. OBJETIVO DO CURSO Formar profissionais que consigam compreender o espaço social e as interações do mundo do trabalho na cadeia produtiva do Turismo e Hotelaria

Leia mais

DSCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DSCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO Turno: MATUTINO Currículo nº 9 Currículo nº 10 Reconhecido pelo Decreto Estadual n. o 5.497, de 21.03.02, D.O.E. nº 6195 de 22.03.02. Renovação de Reconhecimento Decreto

Leia mais

LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA COM BASE NAS RN's 374/2009, 379/2009, 386/2010, 396/2010 404/2011, 412/2011, 414/2011 DO CFA

LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA COM BASE NAS RN's 374/2009, 379/2009, 386/2010, 396/2010 404/2011, 412/2011, 414/2011 DO CFA LISTA DE CURSOS DE TECNOLOGIA COM BASE NAS RN's 374/2009, 379/2009, 386/2010, 396/2010 404/2011, 412/2011, 414/2011 DO CFA Curso Superior de Tecnologia em Comércio Exterior Exportação e Importação Gerência

Leia mais

Plano Estratégico Nacional do Turismo. Desafios do Turismo Sustentável do PATES

Plano Estratégico Nacional do Turismo. Desafios do Turismo Sustentável do PATES Ferramentas para a Sustentabilidade do Turismo Seminário Turismo Sustentável no Espaço Rural Castro Verde, 7 Março 2012 Teresa Bártolo 2012 Sustentare Todos os direitos reservados www.sustentare.pt 2 Turismo

Leia mais

APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ

APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ APL DE TURISMO NO LITORAL DO PIAUÍ (A) Teresina; (B) Cajueiro da Praia; (C) Luis Correia; (D) Parnaíba; (E) Ilha Grande Rota das Emoções: Jericoacoara (CE) - Delta (PI) - Lençóis Maranhenses (MA) Figura

Leia mais

811 Hotelaria e Restauração

811 Hotelaria e Restauração 811 Hotelaria e Restauração Empregado/a de Restaurante/Bar Destinatários Pessoas que pretendam adquirir conhecimentos na área de empregados de Restaurante e/ou Bar. Não existentes. Formação Continua. Requisitos

Leia mais

INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS. Novembro de 2014

INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS. Novembro de 2014 INOVAÇÃO E COMPETITIVIDADE DE DESTINOS TURÍSTICOS Novembro de 2014 1 Competitividade de Destinos Emergência nos estudos sobre estratégia empresarial Indústria, empresas, países, organizações Diferentes

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES.

PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. ETEC ALBERTO SANTOS DUMONT, GUARUJÁ. PROCESSO SELETIVO DE DOCENTES, NOS TERMOS DO COMUNICADO CEETEPS N 1/2009, E SUAS ALTERAÇÕES. AVISO N 152/02/2014 de 12/02/2014. Processo n 1286/2014 AVISO DE DEFERIMENTO

Leia mais

MINI-MBA de Especialização em Relações Públicas, Protocolo Empresarial e Eventos

MINI-MBA de Especialização em Relações Públicas, Protocolo Empresarial e Eventos MINI-MBA de Especialização em Relações Públicas, Protocolo Empresarial e Eventos Índice Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos... 2 Objetivo Geral... 2 Objetivos Específicos...

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RECEÇÃO. DISCIPLINA: INFORMAÇÃO TURÍSTICA E MARKETING (11º Ano Turma M)

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RECEÇÃO. DISCIPLINA: INFORMAÇÃO TURÍSTICA E MARKETING (11º Ano Turma M) ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RECEÇÃO DISCIPLINA: (11º Ano Turma M) PLANIFICAÇÃO ANUAL Director do Curso Teresa Sousa Docente Raquel Melo Ano Letivo 2013/2014 Competências

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM HOSPEDAGEM

APRESENTAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM HOSPEDAGEM APRESENTAÇÃO DO CURSO TÉCNICO EM HOSPEDAGEM 1. OBJETIVO DO CURSO Formar profissionais que consigam compreender o espaço social e as interações do mundo do trabalho na cadeia produtiva do Turismo e Hotelaria

Leia mais

Proposta especialmente elaborada para:

Proposta especialmente elaborada para: Proposta especialmente elaborada para: 1 O V Encontro Empresarial de Negócios na Língua Portuguesa é uma iniciativa do Conselho das Câmaras Portuguesas de Comércio no Brasil e terá como objectivo desenvolver

Leia mais

ESTATUTOS DOS SERVIÇOS DE AÇÃO SOCIAL DA UNIVERSIDADE DE LISBOA

ESTATUTOS DOS SERVIÇOS DE AÇÃO SOCIAL DA UNIVERSIDADE DE LISBOA ESTATUTOS DOS SERVIÇOS DE AÇÃO SOCIAL DA UNIVERSIDADE DE LISBOA Artigo 1.º Natureza Os Serviços de Ação Social da Universidade de Lisboa, adiante designados por SASULisboa, são uma pessoa coletiva de direito

Leia mais

Cloud Suite. Hotel PMS Profissional em Tecnologia Cloud. Fácil de Utilizar. Smartphones e Tablets. Painel de Gestão. Cloud PMS Profissional

Cloud Suite. Hotel PMS Profissional em Tecnologia Cloud. Fácil de Utilizar. Smartphones e Tablets. Painel de Gestão. Cloud PMS Profissional Newhotel Cloud Suite Cloud Suite Hotel PMS Profissional em Tecnologia Cloud Fácil de Utilizar O Newhotel Cloud PMS é tão simples de utilizar que as operações básicas se podem aprender em menos de uma hora.

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA TÉCNICAS E GESTÃO HOTELEIRA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA TÉCNICAS E GESTÃO HOTELEIRA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO TECNOLÓGICA TÉCNICAS E GESTÃO HOTELEIRA 1. REFERENCIAL DE COMPETÊNCIAS O Assistente de Direcção de Hotel é o profissional que auxilia o director de um hotel na execução das respectivas

Leia mais

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5

DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5 DESCRIÇÃO DA UNIDADE CURRICULAR Unidade Curricular: Turismo, Hotelaria e Restauração Área Científica: Hotelaria CÓDIGO: CRÉDITOS ECTS: 5 CURSO: Licenciatura em Restauração e Catering Ano: 1º Semestre:

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA- UNESP Prof. Msc. Francisco Nascimento Curso de Turismo 5º Semestre Disciplina Meios de Hospedagem.

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA- UNESP Prof. Msc. Francisco Nascimento Curso de Turismo 5º Semestre Disciplina Meios de Hospedagem. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA- UNESP Prof. Msc. Francisco Nascimento Curso de Turismo 5º Semestre Disciplina Meios de Hospedagem 1º Semestre 2013 O Cadastur Registro Hotel, Hotel histórico, hotel de lazer/resort,

Leia mais

Trabalho de Contabilidade Analítica

Trabalho de Contabilidade Analítica Trabalho de Contabilidade Analítica HOTEL MALCATUR 1. Estutura operacional do hotel 2. Estruturas e equipamentos complementares de apoio 3. Aspectos sobre o marketing-mix 4. Previsão das vendas 5. Estrutura

Leia mais

A APECATE - Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos, constituída por escritura pública em 17 de Janeiro de

A APECATE - Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos, constituída por escritura pública em 17 de Janeiro de Turismo de Natureza e Sustentabilidade QUEM SOMOS A APECATE - Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos, constituída por escritura pública em 17 de Janeiro de 2007,

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO PERFIL PROFISSIONAL Técnico/a de Segurança e Higiene no Trabalho Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/7 ÁREA DE ACTIVIDADE OBJECTIVO

Leia mais

CURSO PÓS-GRADUADO DE ACTUALIZAÇÃO SOBRE DIREITO E GESTÃO DO TURISMO

CURSO PÓS-GRADUADO DE ACTUALIZAÇÃO SOBRE DIREITO E GESTÃO DO TURISMO CURSO PÓS-GRADUADO DE ACTUALIZAÇÃO SOBRE DIREITO E GESTÃO DO TURISMO Coordenação científica: Prof. Doutor Claudio Monteiro / Prof. Doutor João Miranda Dra. Cristina Siza Vieira / Dra. Ana Mendes Godinho

Leia mais

Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo

Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo PERFIL PROFISSIONAL Habilitação Profissional do Tecnólogo em Gestão do Turismo É o profissional que atua em agências de viagens, em meios de hospedagem, em empresas de transportes e de eventos; promove

Leia mais

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011

30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 30546 Diário da República, 2.ª série N.º 140 22 de Julho de 2011 INSTITUTO POLITÉCNICO DE BEJA Despacho n.º 9220/2011 Ao abrigo do disposto nos artigos 75.º a 80.º do Decreto -Lei n.º 74/2006, de 24 de

Leia mais

ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DISCIPLINAS/EIXO TECNOLÓGICO POR GERED

ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DISCIPLINAS/EIXO TECNOLÓGICO POR GERED ANEXO I EDUCAÇÃO PROFISSIONAL /EIXO POR GERED DISCIPLINA/EIXO GERED ARARANGUÁ em Economia ou Administração ou Contabilidade ou Ciências Contábeis com Curso Emergencial de Complementação Pedagógica; ou,

Leia mais

DSCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DSCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE BACHARELADO EM TURISMO Turno: MATUTINO Currículo nº 9 Currículo nº 10 Reconhecido pelo Decreto Estadual n. o 5.497, de 21.03.02, D.O.E. de 22.03.02. Para completar o currículo pleno do curso superior

Leia mais

MESTRADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS. 1.1 Matriz Curricular Disciplinas obrigatórias

MESTRADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS. 1.1 Matriz Curricular Disciplinas obrigatórias MESTRADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS 1.1 Matriz Curricular Disciplinas obrigatórias C/H Memória Social 45 Cultura 45 Seminários de Pesquisa 45 Oficinas de Produção e Gestão Cultural 45 Orientação

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. 2012/2013 ECONOMIA, GESTÃO DO TURISMO E DIREÇÃO HOTELEIRA WWW.IDEFE.PT PÁG. 1

PÓS-GRADUAÇÃO ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. 2012/2013 ECONOMIA, GESTÃO DO TURISMO E DIREÇÃO HOTELEIRA WWW.IDEFE.PT PÁG. 1 PÓS-GRADUAÇÃO ECONOMIA, GESTÃO DO TURISMO E DIREÇÃO HOTELEIRA 2012/2013 ENTRA NUM NÍVEL SUPERIOR. WWW.IDEFE.PT PÁG. 1 ECONOMIA, GESTÃO DO TURISMO E DIREÇÃO HOTELEIRA 4ª EDIÇÃO COORDENAÇÃO CIENTÍFICA Prof.

Leia mais

Trabalhadores designados pelas empresas (microempresas e PME S).

Trabalhadores designados pelas empresas (microempresas e PME S). Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho Público-Alvo Trabalhadores designados pelas empresas (microempresas e PME S). OBJECTIVOS Formação direccionada para cumprimento da legislação em matéria de higiene,

Leia mais

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2012 / 2013

PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2012 / 2013 Inserir data e Hora N.º ORDEM 6 N.º DE HORAS 33 Horas 39,6 Aulas PLANIFICAÇÃO MODULAR ANO LETIVO 2012 / 2013 CURSO/CICLO DE FORMAÇÃO: Técnico de Comércio 2011/2014 DISCIPLINA: Organizar e Gerir a Empresa

Leia mais

CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE

CURRÍCULO PLENO 1.ª SÉRIE MATRIZ CURRICULAR Curso: TURISMO E HOTELARIA Graduação: BACHARELADO Regime: SERIADO ANUAL - NOTURNO Duração: 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização:A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 04 (QUATRO) ANOS LETIVOS -

Leia mais

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular

Plano Curricular Plano Curricular Plano Curricular Área de formação 729. Saúde Curso de formação Técnico/a Auxiliar de Saúde Nível de qualificação do QNQ 4 Componentes de Sociocultural Duração: 775 horas Científica Duração: 400 horas Plano Curricular Plano

Leia mais

O ENOTURISMO. Conceito:

O ENOTURISMO. Conceito: Conceito: O conceito de enoturismo ainda está em formação e, a todo o momento, vão surgindo novos contributos; Tradicionalmente, o enoturismo consiste na visita a vinhas, estabelecimentos vinícolas, festivais

Leia mais

Ementa das Disciplinas do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo CEFET

Ementa das Disciplinas do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo CEFET Ementa das Disciplinas do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo CEFET 1º Período Instituição Carga-horária Introdução a Informática UFF 75 Seminários de Educação à Distancia em Turismo CEFET/RJ

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 SECRETARIAL & MANAGEMENT SUPPORT Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores

Leia mais

Federação Nacional de Karate - Portugal. Fórum de Formadores 2013 Pedro M. Santos

Federação Nacional de Karate - Portugal. Fórum de Formadores 2013 Pedro M. Santos Federação Nacional de Karate - Portugal Fórum de Formadores 2013 Pedro M. Santos Índice Fórum de Formadores 2013 Introdução Diferentes influências e realidades Pessoal qualificado e Especializado em Serviços

Leia mais

Mapa de Pessoal do Turismo de Portugal, I.P. - Serviços Centrais

Mapa de Pessoal do Turismo de Portugal, I.P. - Serviços Centrais Presidente Vice-Presidente Vogal Secretário-Geral Director Coordenador a) 9 8 1 Director a) 24 23 1 Prestação de assessoria técnica especializada ao Conselho Directivo 2 2 0 Monitorização e avaliação da

Leia mais

T e S P. Cursos Técnicos Superiores Profissionais 2015 / 2016. Projeto candidato a co-financiamento pelo Fundo Social Europeu

T e S P. Cursos Técnicos Superiores Profissionais 2015 / 2016. Projeto candidato a co-financiamento pelo Fundo Social Europeu T e S P Cursos Técnicos Superiores Profissionais 2015 / 2016 Projeto candidato a co-financiamento pelo Fundo Social Europeu REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA REPÚBLICA PORTUGUESA UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA C/3º CEB DE MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM

ESCOLA SECUNDÁRIA C/3º CEB DE MANUEL DA FONSECA, SANTIAGO DO CACÉM Módulo 1 - As empresas Turísticas Tipologia 1. Tipologia e classificação quanto ao segmento de mercado em que se enquadram 2. Tipologia dos Serviços prestados 2.1.Operadores turísticos 2.2.Transportadoras

Leia mais

março 2014 FORGETUR Formação Técnica para a Gestão no Turismo Técnicas de Gestão Financeira e Empresarial

março 2014 FORGETUR Formação Técnica para a Gestão no Turismo Técnicas de Gestão Financeira e Empresarial março 2014 FORGETUR Formação Técnica para a no Turismo Técnicas de Financeira e Empresarial Direção de Qualificação Formativa e Certificação FORGETUR Técnicas de Financeira e Empresarial 1. Enquadramento

Leia mais

Campanha Nacional Certificar para Ganhar o Futuro

Campanha Nacional Certificar para Ganhar o Futuro Campanha Nacional Certificar para Ganhar o Futuro 19 Junho de 2007 Ponta Delgada Universidade dos Açores José Romão Leite Braz Administrador Finançor Agro Alimentar, S.A. Índice Breve descrição do Grupo

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMPAIO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SAMPAIO 10º Ano Disciplina: Turismo Informação e Animação Turística Ano Letivo 2015/1 MÓDULO 1 CONCEITOS E FUNDAMENTOS DO TURISMO 1. O Conceito do Turismo 1.1. Noção de Turismo 1.2. Classificações do Turismo 1..

Leia mais

CONFERÊNCIA: O futuro dos territórios rurais. - Desenvolvimento Local de Base Comunitária. Painel 1: Coesão e Sustentabilidade Territorial

CONFERÊNCIA: O futuro dos territórios rurais. - Desenvolvimento Local de Base Comunitária. Painel 1: Coesão e Sustentabilidade Territorial Painel 1: Coesão e Sustentabilidade Territorial 5 Augusto Ferreira Departamento Técnico - CONFAGRI MINHA TERRA - Federação Portuguesa de Associações de Desenvolvimento Local 20.Set.2013 Hotel da Estrela

Leia mais

O Portal da Construção Segurança e Higiene do Trabalho

O Portal da Construção Segurança e Higiene do Trabalho Guia Técnico Segurança e Higiene do Trabalho Volume XVIII Plano de Emergência um Guia Técnico de Copyright, todos os direitos reservados. Este Guia Técnico não pode ser reproduzido ou distribuído sem a

Leia mais

Amadeus Hotel Web Planning

Amadeus Hotel Web Planning Your technology partner Amadeus Hotel Web Planning Distribuição & Conteúdo 2 Amadeus Hospitality Pensando em como aumentar sua taxa de ocupação e rentabilidade? Gostaria de ampliar sua distribuição e atrair

Leia mais

T RI R SMO Crédit i o t a o a Inve v sti t m ento t no Tu T ris i mo Proto t co c lo l Ba B n a cá c r á io 2 7 d e e Se S t e em

T RI R SMO Crédit i o t a o a Inve v sti t m ento t no Tu T ris i mo Proto t co c lo l Ba B n a cá c r á io 2 7 d e e Se S t e em TURISMO Crédito ao Investimento no Turismo Protocolo Bancário Luís Coito 27 de Setembro de 2010 TURISMO INCENTIVOS FINANCEIROS AO SECTOR Intensidade de Auxílio Abrangência Empresarial Crédito ao Investimento

Leia mais

Actividades relacionadas com o património cultural. Actividades relacionadas com o desporto

Actividades relacionadas com o património cultural. Actividades relacionadas com o desporto LISTA E CODIFICAÇÃO DAS ÁREAS DE ACTIVIDADES Actividades relacionadas com o património cultural 101/801 Artes plásticas e visuais 102/802 Cinema, audiovisual e multimédia 103/803 Bibliotecas 104/804 Arquivos

Leia mais

CEPPG Coordenação de Extensão, Pesquisa e Pós Graduação 1

CEPPG Coordenação de Extensão, Pesquisa e Pós Graduação 1 1 Nome do curso: Área: O Curso: Objetivos: Diferenciais: Público Alvo: Ementa Disciplinas MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS EM TURISMO: EVENTOS, LAZER, VIAGENS E HOTELARIA. Ciências Sociais O curso foi desenvolvido

Leia mais

Critérios de selecção

Critérios de selecção Emissor: GRATER Entrada em vigor: 01-06-2009 Associação de Desenvolvimento Regional Abordagem LEADER Critérios de selecção Os projectos serão pontuados através de fórmulas ponderadas e terão de atingir

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RECEÇÃO. DISCIPLINA: Informação Turística e Marketing (10º Ano Turma O)

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RECEÇÃO. DISCIPLINA: Informação Turística e Marketing (10º Ano Turma O) ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS TAIPAS CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE RECEÇÃO DISCIPLINA: Informação Turística e Marketing (10º Ano Turma O) PLANIFICAÇÃO ANUAL Director do Curso Teresa Sousa Docente Sandra

Leia mais

FORMAÇÃO PARA EMPREENDEDORES

FORMAÇÃO PARA EMPREENDEDORES FORMAÇÃO PARA EMPREENDEDORES QUADRO RESUMO: FORMAÇÃO UFCD (H) Noções de Economia de Empresa 5437 25 Métodos e Práticas de Negociação 5442 50 Empresa Estrutura Organizacional 7825 25 Perfil e Potencial

Leia mais

A ASSISTÊNCIA SANITÁRIA NO TURISMO EM CABO VERDE. Cidade da Praia, 24 de Janeiro de 2013

A ASSISTÊNCIA SANITÁRIA NO TURISMO EM CABO VERDE. Cidade da Praia, 24 de Janeiro de 2013 A ASSISTÊNCIA SANITÁRIA NO TURISMO EM CABO VERDE Cidade da Praia, 24 de Janeiro de 2013 Formação APRESENTAÇÃO Graduada em Planeamento e Desenvolvimento do Turismo ULHT Lisboa Portugal Pós-graduada e especialista

Leia mais

Empreendimentos Turísticos Como Instalar ou Reconverter Novo Regime Jurídico

Empreendimentos Turísticos Como Instalar ou Reconverter Novo Regime Jurídico Empreendimentos Turísticos Como Instalar ou Reconverter Novo Regime Jurídico, Turismo de Portugal, I.P. Rua Ivone Silva, Lote 6, 1050-124 Lisboa Tel. 211 140 200 Fax. 211 140 830 apoioaoempresario@turismodeportugal.pt

Leia mais

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE TURISMO

CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE TURISMO CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO DE TURISMO Planificação anual de: T.I.A.T. (Turismo - Informação e Animação Turística) Turma, L Professor: Jaime Murta 10.ºAno 1 - Estrutura e Finalidades da disciplina A

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular LEGISLAÇÃO DO SECTOR TURÍSTICO Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular LEGISLAÇÃO DO SECTOR TURÍSTICO Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular LEGISLAÇÃO DO SECTOR TURÍSTICO Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Turismo 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

Aviso para Apresentação de Candidaturas n.º 13/SI/2012 Inovação - Empreendedorismo Qualificado

Aviso para Apresentação de Candidaturas n.º 13/SI/2012 Inovação - Empreendedorismo Qualificado Aviso para Apresentação de Candidaturas n.º 13/SI/2012 Inovação - Empreendedorismo Qualificado Prazos De 24.10.2012 a 05.09.2013 Área Tipo de Projecto Incentivos às Empresas Inovação - Empreendedorismo

Leia mais

ECO XXI Acção de formação. 11 de fevereiro de 2014 Amadora

ECO XXI Acção de formação. 11 de fevereiro de 2014 Amadora ECO XXI Acção de formação 11 de fevereiro de 2014 Amadora Júri Sérgio Guerreiro Director do Departamento de Estudos e Planeamento António Fontes Director, Área Institucional Ana Isabel Fonseca Moiteiro

Leia mais

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira

Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Auto-avaliação da Licenciatura em Gestão e Administração Hoteleira Relatório Resumo Junho de 2012 Índice 1. Objectivo... 3 2. Enquadramento... 3 3. Trabalho realizado... 3 4. Dados síntese da Licenciatura

Leia mais

FORMAÇÃO EM GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS NOS SECTORES HOTELEIRO E TURÍSTICO

FORMAÇÃO EM GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS NOS SECTORES HOTELEIRO E TURÍSTICO FORMAÇÃO EM GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS NOS SECTORES HOTELEIRO E TURÍSTICO (Publicado na Revista Hotéis de Portugal Março/Abril 2004) por António Jorge Costa, Presidente do Instituto de Planeamento

Leia mais

Gabinete de Apoio à Gestão da AHP Associação de Hotéis de Portugal

Gabinete de Apoio à Gestão da AHP Associação de Hotéis de Portugal Gabinete de Apoio à Gestão da AHP Associação de Hotéis de Portugal E HCMS Hospitality Concepts & Management Solutions Índex Sobre a HCMS Empresa Missão Valores Serviços Áreas de Intervenção Directrizes

Leia mais

1. Eixo(s) em que se insere Eixo 3 Qualidade de vida nas zonas rurais e diversificação da economia rural

1. Eixo(s) em que se insere Eixo 3 Qualidade de vida nas zonas rurais e diversificação da economia rural MEDIDA 3.1 Diversificação da Economia e Criação de Emprego 1. Eixo(s) em que se insere Eixo 3 Qualidade de vida nas zonas rurais e diversificação da economia rural 2. Enquadramento Regulamentar Artigo

Leia mais

CET. Gestão Administrativa de Recursos Humanos Secretariado de Direção e Comunicação Empresarial Técnicas de Turismo Ambiental Gestão Comercial

CET. Gestão Administrativa de Recursos Humanos Secretariado de Direção e Comunicação Empresarial Técnicas de Turismo Ambiental Gestão Comercial CET Cursos de Especialização Tecnológica Gestão Administrativa de Recursos Humanos Secretariado de Direção e Comunicação Empresarial Técnicas de Turismo Ambiental Gestão Comercial GESTÃO ADMINISTRATIVA

Leia mais

INICIATIVA JESSICA. Fundo de Desenvolvimento Urbano Turismo. Faro, 22 de maio de 2013

INICIATIVA JESSICA. Fundo de Desenvolvimento Urbano Turismo. Faro, 22 de maio de 2013 INICIATIVA JESSICA Fundo de Desenvolvimento Urbano Turismo Faro, 22 de maio de 2013 O Turismo na economia Peso no PIB Peso no Emprego Peso nas Exportações Peso dos Mercados O Turismo e a Regeneração Urbana

Leia mais

Outlook Função de Compras nos Hotéis Portugueses

Outlook Função de Compras nos Hotéis Portugueses Outlook Função de Compras nos Hotéis Portugueses Junho 2009 Atendendo ao peso que o fornecimento de bens e serviços assume na economia dum hotel, a actividade de compras, ocupa uma importância cada vez

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DE POS GRADUAÇÃO LATO SENSU 2014/2015

PROJETO PEDAGÓGICO DE POS GRADUAÇÃO LATO SENSU 2014/2015 PROJETO PEDAGÓGICO DE POS GRADUAÇÃO LATO SENSU 2014/2015 1- JUSTIFICATIVA O setor de eventos vem passando por uma grande reformulação. Dos eventos corporativos, hoje mais bem estruturados e com foco específico,

Leia mais

SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO PROGRAMA DE FORMAÇÃO

SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO PROGRAMA DE FORMAÇÃO FORMAÇÃO SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE NO TRABALHO PROGRAMA DE FORMAÇÃO Introdução No actual quadro legislativo (Lei 7/2009 Código do Trabalho) e (Lei 102/2009 Regime jurídico da promoção da segurança e saúde

Leia mais

RÁDIO E TV TÉCNICO EM ATUAÇÃO NO MERCADO

RÁDIO E TV TÉCNICO EM ATUAÇÃO NO MERCADO O CEET - Centro Estadual de Educação Técnica Vasco Coutinho é uma Instituição de Ensino criada e mantida pelo Governo do Estado do Espírito Santo e transferido através da lei n 9.971/12, para Secretaria

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE APROVISIONAMENTO E VENDA DE PEÇAS DE VEÍCULOS AUTOMÓVEIS

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE APROVISIONAMENTO E VENDA DE PEÇAS DE VEÍCULOS AUTOMÓVEIS TÉCNICO(A) DE APROVISIONAMENTO E VENDA DE PEÇAS DE VEÍCULOS AUTOMÓVEIS CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/7 ÁREA DE ACTIVIDADE - AUTOMÓVEL OBJECTIVO GLOBAL - Planear, organizar, acompanhar e efectuar

Leia mais

QUADROS SUPERIORES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, DIRIGENTES E QUADROS SUPERIORES DE EMPRESA

QUADROS SUPERIORES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, DIRIGENTES E QUADROS SUPERIORES DE EMPRESA GRANDE GRUPO 1 QUADROS SUPERIORES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, DIRIGENTES E QUADROS SUPERIORES DE EMPRESA Os quadros superiores da administração pública, dirigentes e quadros superiores de empresa dão pareceres

Leia mais

NECESSIDADES DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DOS ACTIVOS DAS EMPRESAS DE HOTELARIA E RESTAURAÇÃO 2011/2012

NECESSIDADES DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DOS ACTIVOS DAS EMPRESAS DE HOTELARIA E RESTAURAÇÃO 2011/2012 REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES SECRETARIA REGIONAL DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL DIRECÇÃO REGIONAL DO TRABALHO, QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E DEFESA DO CONSUMIDOR OBSERVATÓRIO DO EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 2014/2020 FARROUPILHA - RS

PLANO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 2014/2020 FARROUPILHA - RS PLANO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 2014/2020 FARROUPILHA - RS 22 de Outubro de 2014 AGENDA Relembrar o conceito de Plano Municipal de Turismo Etapas percorridas no desenvolvimento do PMT de Farroupilha

Leia mais

Princípios a Considerar

Princípios a Considerar 3 Princípios a Considerar Num estudo de 2004 da Organização Mundial de Turismo com o significativo título de A indústria do turismo: um modelo de negócio a reinventar (OMT, 2004) é traçado um quadro que

Leia mais