1 - Obras programadas

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1 - Obras programadas"

Transcrição

1 1 - Obras programadas Região Metropolitana Local: São Gonçalo Recuperação e melhoria na ETE São Gonçalo II com intervenções que visam: otimizar o processo de tratamento, bem como revisão dos equipamentos instalados; complementar o sistema de aeração da ETE São Gonçalo II e reformas e melhorias no Complexo, quanto a adequação dos prédios de administração, subestações e outros, além da otimização do sistema elétrico subterrâneo, o que beneficiará uma população da ordem de habitantes, localizada nos seguintes bairros: Camarão, Gradim, Parada 40, Paraíso, Patronato, Porto da Pedra, Porto Novo, Antonina, Boaçu, Brasilândia, Centro, Estrela do Norte, Galo Branco, Lindo Parque, Rocha, Rosane, Vila Iara, Zé Garoto e Boa Vista, Cruzeiro do Sul, Fazenda dos Mineiros, Itaúna, Mutuá, Mutuaguaçu, Mutupiara, Porto do Rosa e São Miguel. População a ser beneficiada: habitantes Obra a ser licitada Licitação transferida para a SEOBRAS Recursos do PAC Local: São Gonçalo Recuperação da impermeabilização do reservatório Marques Maneta - Município de São Gonçalo. O reservatório, devido a sua grande capacidade, possui papel imprenscidível para a operação do sistema de abastecimento de água potável nas Localidades Paraíso 40, Neves, Porto Novo, Barro Vermelho, Pita, Gradim, e Engenho Pequeno possibilitando a setorização e melhor performance do abastecimento na área de influência do reservatório. Serão executados os seguintes serviços: Remoção da camada de proteção mecânica, e da impermeabilização na cobertura do reservatório; nova impermeabilização na cobertura; nova impermeabilização do reservatório; Injeção de resina de poliuretano hidro-ativado nas fissuras do concreto. População a ser beneficiada: habitantes Obra a ser licitada Licitação transferida para a SEOBRAS Recursos do PAC Local: Magé, Mauá e Suruí Ampliação do sistema de água tratada de Magé, com implantação de ETA com capacidade de 330l/s, elevatória de água bruta, elevatória de água tratada, adutora de água bruta com 3.480m, construção de reservatório com capacidade de 5.000m³ para Magé, adutora de água tratada com m, implantação de booster em Suruí (abastece a praia de Mauá), construção de reservatórios, sendo de 1500m³ para Suruí e 3.000m³ para Praia de Mauá, 210km de rede distribuidora e ligações prediais. População a ser beneficiada: habitantes

2 Obra a ser licitada Licitação transferida para a SEOBRAS Recursos do PAC Local: Tanguá Ampliação do sistema de abastecimento de água e construção da Estação de Tratamento de água de Tanguá. População a ser beneficiada: habitantes Obra a ser licitada Licitação transferida para a SEOBRAS Recursos da FUNASA Local: Seropédica Implantação do sistema de coleta e transporte de esgotos das localidades de Piranema e Boa Fé Seropédica e consistem em assentamento de 9.809m de rede coletora e coletores tronco, construção de: elevatória de esgotos de Boa Fé, com 2 conjuntos moto-bomba de 5HP, emissário terrestre com 3.500m de extensão, Estação de Tratamento de Esgotos com capacidade de 30m³/h, 100m de travessias subterrâneas, Execução de ligações prediais, reconstituição de pavimentos e ações do Programa de Educação em Saúde e Mobilização Social. População a ser beneficiada: habitantes Obra a ser licitada Licitação transferida para a SEOBRAS Recursos da FUNASA 2 - Obras em andamento Região Metropolitana Local: Belford Roxo Recuperação e melhoria na ETE Joinville, localizada no Bairro Lote XV. Recuperação nas áreas civis, elétricas e hidráulicas da Estação de Tratamento, visando permitir a instalação de equipamentos eletromecânicos e a plena operação da ETE.

3 Recuperação e melhorias do Complexo quanto a adequação dos prédios de administração, oficina e subestação, além da urbanização e proteção do complexo. Valor: R$ ,96 População a ser beneficiada: habitantes Obra suspensa Obra sendo realizada com recursos FECAM. Será realizada com recursos do PAC Local: Nova Iguaçu Guandu Complementação dos serviços de Reforma dos Filtros da Estação de Tratamento de Água do Guandu, tendo em vista a necessidade urgente de evitar-se a perda de material filtrante, que compromete a qualidade de água tratada em função de sua atual baixa eficiência. A unidade de filtração da NETA é constituída de 60 (sessenta) filtros rápidos de gravidade com área filtrante de 79 m². Suas camadas filtrantes são constituídas de areia de tamanho variando entre 0,65 mm à 1,65 mm, e camada suporte com seixos rolados que variam de 1/8 à 2, as quais deverão sofrer manutenção corretiva, com substituição de drenos de amianto de 3 para 4 em PVC, fixação especial, reclassificação e complementação com fornecimento de materiais (seixos e areias) e adoção do leito misto com fornecimento (camada de carvão antracito). População beneficiada: habitantes Custo dos serviços: R$ ,95 Previsão de término: concluída Percentual físico: 100% executado Obra executada com recursos próprios e do FES Município: Magé Ampliação do sistema de abastecimento de água do Município de Magé. Os serviços visam aumentar a produção de água para o Município de Magé, e consistem em: Captação superficial: Construção de barragem de gabiões e concreto armado com captação superficial no Rio Roncador. Elevatória de água bruta: Construção da estação elevatória de água bruta e instalação de 3 (três) conjuntos moto-bomba (sendo um reserva), com capacidade de 100l/s e 65 mca (cada conjunto), com fornecimento e instalação dos equipamentos. Adutora de água bruta: Assentamento e fornecimento de 7.256m de tubos, sendo 1.250m no diâmetro 400mm e 6.006m no diâmetro 400mm em PVC DEFOFO. Adutora de água tratada: Assentamento e fornecimento de 870m de tubos de diâmetro 400mm, interligando a ETA ao reservatório existente. População beneficiada: habitantes Custo dos serviços: R$ ,65. Previsão de término: out/08 Percentual físico: 83% executada Obra sendo executada com recursos próprios e da FUNASA

4 Local: Rio de Janeiro Vargem Grande O sistema otimiza a adução e a distribuição de água potável das áreas adjacentes a Estrada dos Bandeirantes, Estrada do Rio Morto, Vargem Grande e Vargem Pequena e também interliga o abastecimento da Av. das Américas com a Estrada dos Bandeirantes, fechando o anel de distribuição do Recreio dos Bandeirantes. O projeto inicia-se no cruzamento da Av. Benvindo de Morães com a Estrada dos Bandeirantes, começando com uma tubulação em DN=400 mm, que tem o seu caminhamento ao longo da Estrada dos Bandeirantes e Estrada do Rio Morto com a Av. das Américas. População beneficiada: habitantes Custo previsto da Obra: R$ ,00 Previsão de término: Mai/08 Percentual físico: 95% executado Obra sendo executada com recursos próprios e do FES Local: Rio de Janeiro Leblon As obras têm por objetivo a recuperação, por inserção de tubulação em PEAD DN = mm, da tubulação de recalque de esgotos existente (DN-1.200mm) na Av. Delfim Moreira, no trecho compreendido entre a Visconde de Albuquerque e a Av. Borges de Medeiros ao longo da via, no trecho entre o canteiro central e a ciclovia no primeiro terço da pista, em direção à Ipanema, com extensão aproximada de 1.300m. População beneficiada: habitantes Custo previsto da Obra: R$ 1.797,671,15(para a execução das obras) e R$ ,00 (aquisição da tubulação), totalizando R$ 3.815,011,15 Previsão de término: concluída Percentual físico: 100% executado Obra executada com recursos próprios Local: Duque de Caxias - Imbariê Projeto e Construção de Estação de Tratamento de Água (ETA) para a localidade de Imbariê com vazão de 100 l/s População beneficiada: habitantes Custo da Obra: R$ ,56 Previsão de término: Contrato em fase de rescisão Percentual executado: 64% executado Obra realizada com recursos próprios Local: Duque de Caxias - Taquara

5 As obras visam dotar as localidades sob influência do reservatório de Parada Angélica, de um sistema independente de abastecimento de água tratada, utilizando a bacia do Rio Cachoeira Grande realizando as seguintes obras, ampliação da captação no rio Cachoeira Grande da antiga fábrica Nova América, implantação do sistema de tratamento de água, construção de casa de química para atender a vazão de 100l/s e posto de cloração, elevatória de água tratada, adutora de água tratada com fornecimento e assentamento de 147m em tubo em DN = 300 mm e recuperação do reservatório de Parada Angélica com capacidade 250m³ e construção de casa de operador. População beneficiada: habitantes Custo previsto da Obra: R$ ,95 Previsão de término: Obra suspensa Percentual físico: 55% executado Obra executada com recursos próprios, do Fundo de Combate à Pobreza e FES. Será realizada com recursos do PAC Local: Rio de Janeiro - Tijuca Reforço ao abastecimento de água de Mata Machado e parte alta da Tijuca. As obras têm por objetivo a ampliação e melhoria operacional do sistema de abastecimento de água da área das comunidades situadas no entorno da Caixa Velha da Tijuca, Praça Afonso Vizeu e Mata Machado, e consistirão em: Instalação de uma nova elevatória na área da Caixa Nova da Tijuca, com sucção na tubulação de saída da Caixa Nova, esta elevatória será dotada de três conjuntos de bombeamento, com vazão total de 75 l/s, com um conjunto reserva, serão executadas também as setorizações dos mananciais existentes, e da distribuição entre as áreas da Caixa Velha e o Reservatório da Praça Afonso Vizeu, o que proporcionará condições de atender a região da comunidade de Mata Machado População beneficiada: habitantes Custo previsto da Obra: R$ ,38 Previsão de término: em fase de rescisão Percentual físico: 85% executado Obra executada com recursos próprios, do Fundo Estadual de Combate à Pobreza e FES Local: São Gonçalo (Santa Isabel e Ipiíba) Implantação de sistema de abastecimento de água para as localidades de Santa Isabel, Ipiíba e Rio do Ouro, e consiste na Implantação de adutora de água tratada com m de extensão. A nova adutora será interligada à adutora de 2000mm existente que parte do reservatório de Amendoeira; construção de 2 reservatórios em concreto, com capacidade de 500m³, um para Rio do Ouro outro para Santa Isabel, m em tubos DN 50 à 300 mm para rede de distribuição e ligações prediais, hidrometradas. População beneficiada: habitantes Custo da Obra: R$ ,80 Previsão de término: Concluída Percentual físico: 100% executado

6 Obra realizada com recursos FECAM e do FES.

Metas de Infraestrutura - Contrato de Programa - Duque de Caxias

Metas de Infraestrutura - Contrato de Programa - Duque de Caxias PRAZO EXECUÇÃO META A SER EXECUTADA DESCRITIVO DA META FÍSICO EXECUTADO 2008 2009 2010 2011 Ampliação e complementação do sistema de produção de água tratada para as localidades de Imbariê e Taquara, na

Leia mais

PROGRAMAS DE OBRAS DA CEDAE

PROGRAMAS DE OBRAS DA CEDAE PROGRAMAS DE OBRAS DA CEDAE SALDO DOS INVESTIMENTOS INVEST IMENT OS EM SANEAMENT O COM RECURSOS DOS GOVERNOS EST ADUAL E FEDERAL (EM MILHÕES DE R$) SALDO EM 2013 REGIÃO METROPOLITANA 1.961,97 REGIÃO BAIXADA

Leia mais

OBRAS EM ANDAMENTO 0

OBRAS EM ANDAMENTO 0 OBRAS EM ANDAMENTO 0 CN-01/2008 MELHORIA OPERACIONAL DO SISTEMA IMUNANA-LARANJAL COM A EXECUÇÃO DA NOVA ADUTORA DE ÁGUA BRUTA E OTIMIZAÇÃO DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA Objetivo: Construção de nova

Leia mais

Governador. Vice Governador. Secretário de Estado de Obras. Presidente da Companhia Estadual de Águas e Esgotos

Governador. Vice Governador. Secretário de Estado de Obras. Presidente da Companhia Estadual de Águas e Esgotos Governador Sergio Cabral Vice Governador Luiz Fernando de Souza Pezão Secretário de Estado de Obras Hudson Braga Presidente da Companhia Estadual de Águas e Esgotos Wagner Granja Victer ABRIL / 2013 PROGRAMAS

Leia mais

RELATÓRIO DE PROJETOS DE INVESTIMENTOS 2º TRIMESTRE DE 2009

RELATÓRIO DE PROJETOS DE INVESTIMENTOS 2º TRIMESTRE DE 2009 PSBJ- Programa de Saneamento da Barra da Tijuca, Jacarepaguá e Recreio dos Bandeirantes RELATÓRIO DE PROJETOS DE INVESTIMENTOS 2º TRIMESTRE DE 2009 As obras (tanto as concluídas quanto as em andamento)

Leia mais

RELATÓRIO DE PROJETOS DE INVESTIMENTOS 3º TRIMESTRE DE 2009

RELATÓRIO DE PROJETOS DE INVESTIMENTOS 3º TRIMESTRE DE 2009 PSBJ- Programa de Saneamento da Barra da Tijuca, Jacarepaguá e Recreio dos Bandeirantes RELATÓRIO DE PROJETOS DE INVESTIMENTOS 3º TRIMESTRE DE 2009 As obras (tanto as concluídas quanto as em andamento)

Leia mais

O sistema ora descrito apresenta as seguintes unidades operacionais: O sistema conta com dois mananciais, ambos com captações superficiais:

O sistema ora descrito apresenta as seguintes unidades operacionais: O sistema conta com dois mananciais, ambos com captações superficiais: 3.8 SÃO JOÃO NEPOMUCENO Projeto Preparatório para o Gerenciamento dos Recursos Hídricos do Paraíba do Sul A Companhia de Saneamento de Minas Gerais - COPASA, é o órgão responsável pela operação e manutenção

Leia mais

3.3 CATAGUASES. Quanto ao sistema de esgotamento sanitário, a responsabilidade pela sua operação e manutenção cabe a Prefeitura local.

3.3 CATAGUASES. Quanto ao sistema de esgotamento sanitário, a responsabilidade pela sua operação e manutenção cabe a Prefeitura local. Da caixa de areia a água chega às quatro câmaras onde estão interligadas as tubulações de sucção das bombas, essas unidades de bombeamento são em número de quatro, cada uma com capacidade de recalque de

Leia mais

3.5 SANTOS DUMONT. Quanto ao sistema de esgotamento sanitário, sua operação e manutenção cabe a Prefeitura local, através da Secretaria de Obras.

3.5 SANTOS DUMONT. Quanto ao sistema de esgotamento sanitário, sua operação e manutenção cabe a Prefeitura local, através da Secretaria de Obras. Esta unidade compõe-se de três conjuntos moto-bombas idênticos, dos quais dois operam em paralelo, ficando o terceiro como unidade de reserva e/ou rodízio. Estão associados, cada um, a um motor elétrico

Leia mais

3.1. JUIZ DE FORA. 3.1.1 Sistema Existente de Abastecimento de Água

3.1. JUIZ DE FORA. 3.1.1 Sistema Existente de Abastecimento de Água A adução é feita por gravidade, partindo da barragem que garante a submergência de duas tubulações que encaminham a água captada a duas estruturas de controle (Foto 2), ambas construídas em concreto armado,

Leia mais

3.9 VISCONDE DE RIO BRANCO

3.9 VISCONDE DE RIO BRANCO 3.9 VISCONDE DE RIO BRANCO Projeto Preparatório para o Gerenciamento dos Recursos Hídricos do Paraíba do Sul Em Visconde de Rio Branco, o sistema público de abastecimento de água é operado e mantido pela

Leia mais

Sistemas de abastecimento de água do da Cidade do Rio de Janeiro, com ênfase no GUANDU.

Sistemas de abastecimento de água do da Cidade do Rio de Janeiro, com ênfase no GUANDU. Sistemas de abastecimento de água do da Cidade do Rio de Janeiro, com ênfase no GUANDU. 23 SISTEMAS DE ABASTECIMENTO (Grande Rio) Pequenos Mananciais 1 m³/s Sistema Acari 3,8 m³/s Sistema

Leia mais

-Torre de tomada d água com dispositivos de comportas e tubulações com diâmetro de 1.200mm;

-Torre de tomada d água com dispositivos de comportas e tubulações com diâmetro de 1.200mm; SISTEMA SUAPE INÍCIO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA: 1982 (Inicialmente atendia apenas ao Complexo Industrial de Suape, e, a partir de 1983, passou a ter a configuração atual). UNIVERSO DE ATENDIMENTO: Produz,

Leia mais

INÍCIO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA: A primeira etapa entrou em operação em 1975 e a segunda, em 1982.

INÍCIO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA: A primeira etapa entrou em operação em 1975 e a segunda, em 1982. SISTEMA TAPACURÁ INÍCIO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA: A primeira etapa entrou em operação em 1975 e a segunda, em 1982. UNIVERSO DE ATENDIMENTO: Produz, aproximadamente, 36% do volume distribuído na Região Metropolitana

Leia mais

Rio Catucá (Barragem de Botafogo), Cumbe, Pilão, Tabatinga, Conga, Arataca/Jardim e ainda os Rios Pitanga e Utinga.

Rio Catucá (Barragem de Botafogo), Cumbe, Pilão, Tabatinga, Conga, Arataca/Jardim e ainda os Rios Pitanga e Utinga. SISTEMA BOTAFOGO INÍCIO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA: 1986 (1ª etapa) UNIVERSO DE ATENDIMENTO: Produz, aproximadamente, 17% do volume distribuído na Região Metropolitana do Recife, abrangendo Igarassu (parcialmente),

Leia mais

A seguir, far-se-á a descrição das unidades operacionais dos referidos sistemas:

A seguir, far-se-á a descrição das unidades operacionais dos referidos sistemas: 3.4 MURIAÉ Projeto Preparatório para o Gerenciamento dos Recursos Hídricos do Paraíba do Sul Os sistemas de abastecimento de água e de esgotamento sanitário da cidade de Muriaé são operados e mantidos

Leia mais

Informações sobre desenvolvimento de projetos

Informações sobre desenvolvimento de projetos pág.: 1/7 1 Objetivo Regulamentar os procedimentos relativos à produção, distribuição e utilização das informações gerenciais necessárias ao acompanhamento das atividades relacionadas com os em desenvolvimento

Leia mais

O sistema ora descrito apresenta as seguintes unidades operacionais:

O sistema ora descrito apresenta as seguintes unidades operacionais: A elevatória apresenta três conjuntos moto-bombas (Foto 3), dos quais dois operam em paralelo, ficando um de reserva, cada um associado a um motor elétrico de 150 cv de potência e recalcando uma vazão

Leia mais

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO PAC - RIO

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO PAC - RIO PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO PAC - RIO ARCO METROPOLITANO TRAÇADO GERAL E SEGMENTAÇÃO Ligação entre a BR 101/NORTE em Manilha/Itaboraí a BR-101/SUL (Rod. Rio-Santos) em Itaguaí Extensão de 145

Leia mais

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Sistema Condominial de Esgotamento Sanitário Elmo Locatelli Ltda PAC/BNDES BACIA D-E Vila Olinda Parque Universitário Sinalização ao longo das

Leia mais

Concepção de instalações para o abastecimento de água

Concepção de instalações para o abastecimento de água Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas Departamento de Engenharia Civil CIV 640 Saneamento Urbano Concepção de instalações para o abastecimento de água Prof. Aníbal da Fonseca Santiago Universidade

Leia mais

PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA

PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA PROGRAMA DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL DA REGIÃO METROPOLITANA DA BAIXADA SANTISTA Diretoria de Tecnologia, Empreendimentos e Meio Ambiente - T Sistema Produtor de Água Mambu - Branco REUNIÃO DO COMITÊ TÉCNICO

Leia mais

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Sistema Condominial de Esgotamento Sanitário Elmo Locatelli Ltda PAC/OGU BACIA LUZ D AYARA Coletor Luz D ayara 500 mm Escavações das valas, acompanhando

Leia mais

DIRETORIA DE ENGENHARIA - DEN

DIRETORIA DE ENGENHARIA - DEN 01 CANTEIRO DE OBRAS 0,00 CANTEIRO DE OBRAS EM BARRACÃO PARA ESCRITÓRIO TIPO A5, CONSTANDO DE CERCA DE 6 FIOS, BARRACÃO ABERTO, SANITÁRIOS E CHUVEIROS, REFEITÓRIO, ALOJAMENTO E MOBILIZAÇÃO E 01.01 DESMOBILIZAÇÃO

Leia mais

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTOS DE ITAPIRA

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTOS DE ITAPIRA NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO PARA LOTEAMENTOS URBANOS 1 DO OBJETIVO A presente Norma estabelece os requisitos mínimos a serem obedecidos

Leia mais

Adutoras de transferência dos sistemas produtores de água das bacias do Rio das Velhas e do Rio Paraopeba

Adutoras de transferência dos sistemas produtores de água das bacias do Rio das Velhas e do Rio Paraopeba Adutoras de transferência dos sistemas produtores de água das bacias do Rio das Velhas e do Rio Paraopeba Justificativas: Adutoras transferir água em quantidade suficiente do Sistema Rio das Velhas para

Leia mais

de Saneamento Básico do Município de

de Saneamento Básico do Município de Plano de Desenvolvimento para o Sistema de Saneamento Básico do Município de Mossoró DIAGNÓSTICO DA SITUAÇÃO ATUAL A apresentação se dará em duas etapas: 1ª etapa - Resultado da Análise Técnico- operacional

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE PROGRAMA Nº- 148

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE PROGRAMA Nº- 148 PROGRAMA Nº- 148 GESTÃO E CONTROLE DE PERDAS FUNÇÃO: 17 SANEAMENTO SUB-FUNÇÃO: 512 SANEAMENTO BÁSICO URBANO - Reduzir perdas de água reais e aparentes; reduzir os custos de exploração, produção e distribuição

Leia mais

SISTEMAS URBANOS DE ÁGUA E ESGOTO PROJETO 1 DATA DE ENTREGA:

SISTEMAS URBANOS DE ÁGUA E ESGOTO PROJETO 1 DATA DE ENTREGA: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS CENTRO DE ENGENHARIAS SISTEMAS URBANOS DE ÁGUA E ESGOTO PROJETO 1 DATA DE ENTREGA: 05/10/2015 1. Objetivo A expansão do sistema de abastecimento de

Leia mais

Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas Departamento de Engenharia Civil CIV 640 Saneamento Urbano

Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas Departamento de Engenharia Civil CIV 640 Saneamento Urbano Universidade Federal de Ouro Preto Escola de Minas Departamento de Engenharia Civil CIV 640 Saneamento Urbano Reservatórios e Redes de Distribuição de Água Universidade Federal de Ouro Preto Escola de

Leia mais

Oficina de Planejamento do Subcomitê do Sistema Lagunar de Jacarepaguá Barra da Tijuca 29/08/2014

Oficina de Planejamento do Subcomitê do Sistema Lagunar de Jacarepaguá Barra da Tijuca 29/08/2014 PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS FUNDAÇÃO INSTITUTO DAS ÁGUAS DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO RIO-ÁGUAS Oficina de Planejamento do Subcomitê do Sistema Lagunar de Jacarepaguá

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 2

MEMORIAL DESCRITIVO 2 R:\Senador Canedo\Produtos 2007\Projeto SAA\PROJETO BÁSICO ÁGUA\HIDRÁULICO\RELATÓRIO\0.doc MEMORIAL DESCRITIVO 2 CONTROLE INTERNO Data JAN/08 Nº Folhas 18 Folhas Rev. Responsável Daniela Verificação Aprovação

Leia mais

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Sistema Condominial de Esgotamento Sanitário Elmo Locatelli Ltda PAC/BNDES BACIA D-E Parque Universitário BACIA I Coletor Vila Goulart 300 mm Instalações

Leia mais

A seguir faz-se a descrição das unidades operacionais dos referidos sistemas: Captação e Adução de Água Bruta ( trecho por gravidade )

A seguir faz-se a descrição das unidades operacionais dos referidos sistemas: Captação e Adução de Água Bruta ( trecho por gravidade ) 3.2 UBÁ Projeto Preparatório para o Gerenciamento dos Recursos Hídricos do Paraíba do Sul O sistema de abastecimento de água de Ubá é operado e mantido pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais - COPASA,

Leia mais

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO Objetivo: DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO Representar o processo, possibilitando identificar todos os equipamentos (bombas, válvulas,...), instrumentos (medidores de vazão, nível, pressão, analisadores,...),

Leia mais

DISCIPLINA: SISTEMA SANITÁRIO (2/7)

DISCIPLINA: SISTEMA SANITÁRIO (2/7) DISCIPLINA: SISTEMA SANITÁRIO (2/7) Rede de capitação, tratamento e distribuição de água Rede de drenagem de águas pluviais Rede de coleta e tratamento de esgoto Serviço de coleta e tratamento de resíduos

Leia mais

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Sistema Condominial de Esgotamento Sanitário Elmo Locatelli Ltda PAC/OGU BACIA LUZ D AYARA Coletor Luz D ayara 500 mm Execução de Poços de Visita

Leia mais

ANEXO XIII - Termo de referência para contratação do projeto de redes de água. Avenida Professor Oscar Pereira

ANEXO XIII - Termo de referência para contratação do projeto de redes de água. Avenida Professor Oscar Pereira ANEXO XIII - Termo de referência para contratação do projeto de redes de água 1-Objetivo Avenida Professor Oscar Pereira Elaboração de projeto executivo para substituição/ampliação das redes de abastecimento

Leia mais

Industrial de 02 pavimentos com 110.721,50m 2. Escopo: Projetos executivos e obras de micro e meso drenagem

Industrial de 02 pavimentos com 110.721,50m 2. Escopo: Projetos executivos e obras de micro e meso drenagem Tubos e Conexões Tigre Ltda. Local: Av. Brasil, 50.120 Stª Cruz Rio de Janeiro/RJ. Obras/Serviço: Execução de estudos, projetos execução de muro e meso drenagem de Empreendimento Tubos e Conexões Tigre

Leia mais

SANEAMENTO EM PORTO ALEGRE

SANEAMENTO EM PORTO ALEGRE SANEAMENTO EM PORTO ALEGRE Julho/2015 Antônio Elisandro de Oliveira Diretor-Geral do Dmae PORTO ALEGRE -RS População (2014): 1.472.482 habitantes PIB Brasil (2014): R$ 5,52 trilhões PIB Brasil (2012) per

Leia mais

SISTEMA ALTO DO CÉU. INÍCIO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA: 1958 (Primeira etapa de obras).

SISTEMA ALTO DO CÉU. INÍCIO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA: 1958 (Primeira etapa de obras). SISTEMA ALTO DO CÉU INÍCIO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA: 1958 (Primeira etapa de obras). UNIVERSO DE ATENDIMENTO: Produz, aproximadamente, 10% do volume distribuído na Região Metropolitana do Recife, abrangendo

Leia mais

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Sistema Condominial de Esgotamento Sanitário Elmo Locatelli Ltda PAC/BNDES BACIA D-E Vila Olinda Instalações dos dispositivos de sinalização para

Leia mais

ORINDIÚVA OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014

ORINDIÚVA OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014 ORINDIÚVA OBRAS E AÇÕES - GESTÃO 2011-2014 CULTURA: Pólo do Projeto Guri: O Projeto Guri tem como objetivo resgatar a auto-estima dos adolescentes, utilizando a música como agente transformador. Pólo Rua

Leia mais

GRUPO 3 MUNICÍPIOS ABAIXO DE 50 MIL

GRUPO 3 MUNICÍPIOS ABAIXO DE 50 MIL NOVA SELEÇÃO PAC 2 SANEAMENTO GRUPO 3 MUNICÍPIOS ABAIXO DE 50 MIL HAB Reunião com Representantes dos Governos Estaduais e CESBs Brasília, 15 de junho de 2011 IMPORTÂNCIA DO PAC Planejamento dos investimentos

Leia mais

INTRODUÇÃO E CONCEPÇÃO DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

INTRODUÇÃO E CONCEPÇÃO DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS - UFPEL CENTRO DE ENGENHARIAS - CENG DISCIPLINA: SISTEMAS URBANOS DE ÁGUA E ESGOTO INTRODUÇÃO E CONCEPÇÃO DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA Prof. Hugo Alexandre Soares

Leia mais

Considerando a necessidade de conferir maior agilidade na implantação das obras de saneamento básico, visando a melhoria da qualidade de vida;

Considerando a necessidade de conferir maior agilidade na implantação das obras de saneamento básico, visando a melhoria da qualidade de vida; 1 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010 Dispõe sobre licenciamento de sistemas de abastecimento de água e sistemas esgotamento sanitário, no Estado de Goiás. O Secretário da Secretaria do Meio Ambiente e dos

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO

PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO 1. INTRODUÇÃO O Plano Municipal de Saneamento de Patos de Minas abrange a sede municipal, os distritos de Areado, Santana de Patos, Pindaíbas, Bom Sucesso de Patos, Major

Leia mais

VISÃO 2011 Estar entre as 03 empresas do Brasil que mais avançaram na universalização dos serviços de água e esgotamento sanitário.

VISÃO 2011 Estar entre as 03 empresas do Brasil que mais avançaram na universalização dos serviços de água e esgotamento sanitário. MISSÃO Garantir o acesso aos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário, em cooperação com os municípios, buscando a universalização de modo sustentável, contribuindo para a melhoria da

Leia mais

AÇÕES DA EMBASA NO MUNICÍPIO DO SALVADOR

AÇÕES DA EMBASA NO MUNICÍPIO DO SALVADOR AÇÕES DA EMBASA NO MUNICÍPIO DO SALVADOR Quadro Geral de Investimentos (2007-2014) Empreendimentos População atendida (hab.) Investimentos (R$) Quadro de Investimento (SES) 2.861.819 1.002.813.560,84 Quadro

Leia mais

Elevatórias de Esgoto Sanitário. Profª Gersina N.R.C. Junior

Elevatórias de Esgoto Sanitário. Profª Gersina N.R.C. Junior Elevatórias de Esgoto Sanitário Profª Gersina N.R.C. Junior Estações Elevatórias de Esgoto Todas as vezes que por algum motivo não seja possível, sob o ponto de vista técnico e econômico, o escoamento

Leia mais

SANEAMENTO - DESAFIOS ÀREAS: RURAL e URBANA

SANEAMENTO - DESAFIOS ÀREAS: RURAL e URBANA SANEAMENTO - DESAFIOS ÀREAS: RURAL e URBANA Caxias do Sul Rio Grande do Sul 96 km POA região nordeste, altitude média 760 m População: 404.187 hab.ibge 2010 território: 165.731,00 ha; urbano: 13.344,00

Leia mais

ESGOTAMENTO. Conceitos básicosb

ESGOTAMENTO. Conceitos básicosb ESGOTAMENTO SANITÁRIO Conceitos básicosb Interrelação entre captação de água e lançamento de esgotos ESGOTO SANITÁRIO ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO (ETE) ÁREA URBANA COM REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA

Leia mais

Gestão da Demanda de Água Através de Convênios e Parcerias com o Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura da Cidade de São Paulo SABESP

Gestão da Demanda de Água Através de Convênios e Parcerias com o Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura da Cidade de São Paulo SABESP Gestão da Demanda de Água Através de Convênios e Parcerias com o Governo do Estado de São Paulo e Prefeitura da Cidade de São Paulo SABESP R. R. Chahin a a. Companhia de Saneamento Básico do Estado de

Leia mais

PODER EXECUTIVO FEDERAL. Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária do Rio Grande do Sul

PODER EXECUTIVO FEDERAL. Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária do Rio Grande do Sul PODER EXECUTIVO FEDERAL Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária do Rio Grande do Sul ESTUDO DE CONCEPÇÃO OBRA: Rede de Abastecimento de Água do Assentamento de Umbu, Piratini RS. ÍNDICE: 1.

Leia mais

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO Autarquia Municipal Lei de criação Nº792 de 30-03-1967 CNPJ: 27.998.368/0001-47 TERMO DE REFERÊNCIA

SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO Autarquia Municipal Lei de criação Nº792 de 30-03-1967 CNPJ: 27.998.368/0001-47 TERMO DE REFERÊNCIA 01. Objeto TERMO DE REFERÊNCIA O presente PMI visa orientar a apresentação de interessados na estruturação de Projetos de Implantação, Expansão, Restauração e Operação do Sistema de Abastecimento de Água

Leia mais

RESIDENCIAL SANTA MONICA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I

RESIDENCIAL SANTA MONICA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I RESIDENCIAL SANTA MONICA MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I CONTRATO N.º ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO DO RESIDENCIAL SANTA MÔNICA A INFRAESTRUTURA DE IMPLANTAÇÃO DO LOTEAMENTO RESIDENCIAL SANTA MONICA OBEDECERÁ

Leia mais

VIII EXPOSIÇÃO DE EXPERIÊNCIAS MUNICIPAIS EM SANEAMENTO

VIII EXPOSIÇÃO DE EXPERIÊNCIAS MUNICIPAIS EM SANEAMENTO ASSEMAE VIII EXPOSIÇÃO DE EXPERIÊNCIAS MUNICIPAIS EM SANEAMENTO Título do trabalho O SEMASA E O TRATAMENTO DE ESGOTO NA CIDADE DE SANTO ANDRÉ Nome do Autor ISABEL CRISTINA ALEIXO DIAS CURRÍCULO DO AUTOR

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMA AUTOMÁTICO DE CONTROLE DE BOMBEAMENTO NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DO SAAE DE GUARULHOS-SP

IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMA AUTOMÁTICO DE CONTROLE DE BOMBEAMENTO NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DO SAAE DE GUARULHOS-SP IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMA AUTOMÁTICO DE CONTROLE DE BOMBEAMENTO NO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DO SAAE DE GUARULHOS-SP Geraldo Pereira de Abreu* Técnico em Eletroeletrônica pelo Colégio Torricelli

Leia mais

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Sistema Condominial de Esgotamento Sanitário Elmo LocatelliLtda PAC/OGU BACIA LUZ D AYARA Sinalização das ruas onde serão realizadas as escavações

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBORIÚ EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA CONCORRÊNCIA Nº XX/2014 PROCESSO Nº XX/2014

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBORIÚ EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA CONCORRÊNCIA Nº XX/2014 PROCESSO Nº XX/2014 ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBORIÚ EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA CONCORRÊNCIA Nº XX/2014 PROCESSO Nº XX/2014 ANEXO II INFORMAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DA PROPOSTA TÉCNICA ALÍNEA A)

Leia mais

Cadastro Técnico de Sistemas de Abastecimento de Água

Cadastro Técnico de Sistemas de Abastecimento de Água 1 NORMA GT/FE/ Número / versão / ano ENG/CA/049/01/08 Data de aprovação 05 /11 / 2008 Doc. de aprovação Resolução nº 4950/2008 Cadastro Técnico de Sistemas de Abastecimento de Água SUMÁRIO 1 OBJETIVO...

Leia mais

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário Rondonópolis MT Sistema Condominial de Esgotamento Sanitário Elmo Locatelli Ltda PAC/OGU BACIA LUZ D AYARA Coletor Luz D ayara 500 mm Sinalização ao longo das

Leia mais

SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA REDE DE ÁGUA CASAS DE BOMBAS RESERVATÓRIOS

SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA REDE DE ÁGUA CASAS DE BOMBAS RESERVATÓRIOS SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA REDE DE ÁGUA CASAS DE BOMBAS RESERVATÓRIOS NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETO HIDRÁULICO E EXECUÇÃO DE REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA POTÁVEL Deverão ser obedecidas as normas

Leia mais

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E/OU ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE EMPREENDIMENTOS

DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E/OU ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE EMPREENDIMENTOS DIRETRIZES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E/OU ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE EMPREENDIMENTOS ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO... 3 2. PROCEDIMENTOS... 3 3. APRESENTAÇÃO DOS PROJETOS...

Leia mais

Protegida pelas últimas ramificações da Serra da Mantiqueira, em pleno vale do Rio Camanducaia.

Protegida pelas últimas ramificações da Serra da Mantiqueira, em pleno vale do Rio Camanducaia. MONTEALEGRE ALEGRE DO MONTE DOSUL SUL Protegida pelas últimas ramificações da Serra da Mantiqueira, em pleno vale do Rio Camanducaia. MONTE ALEGRE DO SUL Área 110,306 km² População (estimativa para 2014)

Leia mais

[372] 10. PROGRAMAS, PROJETOS E AÇÕES

[372] 10. PROGRAMAS, PROJETOS E AÇÕES [372] 10. PROGRAMAS, PROJETOS E AÇÕES [373] 10.1. Sistema de Abastecimento de Água 10.1.1 Investimentos em Andamento no Sistema de Abastecimento de Água A Companhia Estadual de Água e Esgoto CEDAE descreve

Leia mais

Sistema Cantareira. Sistema Cantareira. Capacidade total = 33,0 m 3 /s. Concepção: DAEE, Projeto Juqueri, 1966, consolidado pelo Plano Hibrace,

Sistema Cantareira. Sistema Cantareira. Capacidade total = 33,0 m 3 /s. Concepção: DAEE, Projeto Juqueri, 1966, consolidado pelo Plano Hibrace, Sistema Cantareira represa Jaguari represa Jacareí represa Cachoeira 2ª Fase: Capacidade 22,0 m 3 /s Obras: início 1977 término 1982 Sistema Cantareira represa Atibainha Capacidade total = 33,0 m 3 /s

Leia mais

JOSÉ ROBERTO FERRAZ PIRES

JOSÉ ROBERTO FERRAZ PIRES JOSÉ ROBERTO FERRAZ PIRES Dados Pessoais Naturalidade: Rio de Janeiro/RJ Nacionalidade: Brasileiro Data de nascimento: 16/02/1953 Identidade: 43.026/D CREA/RJ Formação Acadêmica Graduado em Engenharia

Leia mais

Instrução Normativa SEMARH nº 11 de 12/12/2011

Instrução Normativa SEMARH nº 11 de 12/12/2011 Instrução Normativa SEMARH nº 11 de 12/12/2011 Dispõe sobre o licenciamento dos sistemas de abastecimento de água e dos sistemas de esgotamento sanitário, no Estado de Goiás. O Secretário de Estado do

Leia mais

Programa Consumo Responsável. Julho 2015

Programa Consumo Responsável. Julho 2015 Programa Consumo Responsável Julho 2015 PORTO ALEGRE - BRASIL População (2014): 1.472.482 habitantes PIB Brasil (2014): R$ 5,52 trilhões PIB Brasil (2012) per capita: R$ 22,6 mil PIB Rio Grande do Sul

Leia mais

VÁRZEA PAULISTA OBRAS E AÇÕES GESTÃO 2007-2010 R$ 37.530.000,00

VÁRZEA PAULISTA OBRAS E AÇÕES GESTÃO 2007-2010 R$ 37.530.000,00 VÁRZEA PAULISTA OBRAS E AÇÕES GESTÃO 2007-2010 R$ 37.530.000,00 AGRICULTURA: Distribuição de Leite: distribuídos 59.550 litros de leite de Jan/2007 a Mar/2009 - Custo: R$ 75 mil, beneficiando 150 famílias

Leia mais

PODER EXECUTIVO MUNICIPIO DE ROLIM DE MOURA SECRETARIA MUNICIPAL DE COMPRAS E LICITAÇÃO

PODER EXECUTIVO MUNICIPIO DE ROLIM DE MOURA SECRETARIA MUNICIPAL DE COMPRAS E LICITAÇÃO ANEXO VIII INFORMAÇÕES PARA A ELABORAÇÃO DA PROPOSTA TÉCNICA AS LICITANTES deverão elaborar a PROPOSTA TÉCNICA observando o disposto no presente documento, descrito em duas partes a saber: - PARTE A- DIRETRIZES

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS Drenagem de Bacias SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS PROGRAMA Nº - 035 Garantir a captação e drenagem das bacias hidrográficas; Eliminar pontos de alagamento junto a córregos e canais; Proteger as margens

Leia mais

PROGRAMA DE OBRAS DA CEDAE COM FOCO NA BAIXADA FLUMINENSE

PROGRAMA DE OBRAS DA CEDAE COM FOCO NA BAIXADA FLUMINENSE PROGRAMA DE OBRAS DA CEDAE COM FOCO NA BAIXADA FLUMINENSE OBRAS CONCLUÍDAS MUNICÍPIOS OBRA VALOR TOTAL R$ DIVERSOS MUNICÍPIOS DA BAIXADA OBRAS DE RECUPERAÇÃO DA NOVA ELEVATÓRIA DA ZONA RURAL R$ 2.721.735,35

Leia mais

Orçamento Plurianual de Investimentos para o Quadriênio de 2014 a 2017

Orçamento Plurianual de Investimentos para o Quadriênio de 2014 a 2017 Orçamento Plurianual de Investimentos para o Quadriênio de a Projeto/Atividade: 2165 - MANUTENÇÃO DOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS Função Programática: 17.122.0052 MANUTENÇÃO DOS PROCESSOS CONTÍNUOS DE MELHORIA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GOTARDO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO GOTARDO LEI N.º 1.774, DE 24 DE ABRIL DE 2008. Dispõe sobre aprovação e instituição do Plano Municipal de Saneamento destinado à execução dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário no município

Leia mais

DESCRITIVO TÉCNICO - EST 1

DESCRITIVO TÉCNICO - EST 1 DESCRITIVO TÉCNICO - EST 1 1 DESCRITIVO TÉCNICO 1.1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS Todos os cálculos e detalhamentos estão de acordo com o prescrito nas normas NBR 6118:2014 Projeto de Estruturas de Concreto -

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE LOTEAMENTO URBANO

INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE LOTEAMENTO URBANO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO GUANHÃES MG INSTRUÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE LOTEAMENTO URBANO SERVIÇO AUTÔNOMO DE ÁGUA E ESGOTO

Leia mais

Anexo 9.1.1 b) - Diretrizes Técnicas Mínimas

Anexo 9.1.1 b) - Diretrizes Técnicas Mínimas Anexo 9.1.1 b) - Diretrizes Técnicas Mínimas Folha 1 de 14 APRESENTAÇÃO Este Anexo é dividido em duas partes: A Seção I introduz a descrição da Infra-estrutura de Irrigação de Uso Comum do Projeto Pontal,

Leia mais

Diretoria Metropolitana

Diretoria Metropolitana Diretoria Metropolitana Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo - Sabesp Diretoria Metropolitana Unidade de Negócio Sul MS Modelo de Contrato de Performance para Redução de Perdas Reais e

Leia mais

CONVÊNIO SERLA - COPPE/UFRJ FINANCIAMENTO CEF/BIRD 2975-BR PROJETO PNUD BRA/93/022

CONVÊNIO SERLA - COPPE/UFRJ FINANCIAMENTO CEF/BIRD 2975-BR PROJETO PNUD BRA/93/022 GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE E PROJETOS ESPECIAIS FUNDAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA ESTADUAL DE RIOS E LAGOAS - SERLA CONVÊNIO SERLA - COPPE/UFRJ FINANCIAMENTO CEF/BIRD

Leia mais

PLANO DIRETOR PARA COMBATE ÀS PERDAS EM SISTEMAS DE ABASTECIMENTO PÚBLICO DE ÁGUA

PLANO DIRETOR PARA COMBATE ÀS PERDAS EM SISTEMAS DE ABASTECIMENTO PÚBLICO DE ÁGUA PLANO DIRETOR PARA COMBATE ÀS PERDAS EM SISTEMAS DE ABASTECIMENTO PÚBLICO DE ÁGUA A PERDA DE ÁGUA NO ABASTECIMENTO PÚBLICO O índice de perdas é um dos principais indicadores da eficiência da operação dos

Leia mais

Orçamento Estimativo - Programa de Desenvolvimento Operacional Desembolso no ano 2000

Orçamento Estimativo - Programa de Desenvolvimento Operacional Desembolso no ano 2000 1. Macromedição e Pitometria 1.1 Materiais e equipamentos aquisição de macromedidores aquisição de equip. de pitometria aquisição de veículo sub-total 1.1 1.2 Serviços contratação de serviço de instalação

Leia mais

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 195

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 195 Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 195 Manutenção e Operacionalização da Administração SUB-FUNÇÃO: 122 ADMINISTRAÇÃO GERAL Prover o SAAE de recursos materiais e humanos para o bom desenvolvimento

Leia mais

Audiência Pública. Piedade. 20 de Junho de 2013

Audiência Pública. Piedade. 20 de Junho de 2013 Audiência Pública Piedade 20 de Junho de 2013 Objetivo do Encontro Audiência Pública sobre o Convênio com o Governo do Estado, Contrato de Programa com a Sabesp e Plano Municipal de Saneamento do município

Leia mais

Eixo Temático ET-04-007 - Gestão Ambiental em Saneamento

Eixo Temático ET-04-007 - Gestão Ambiental em Saneamento 270 Eixo Temático ET-04-007 - Gestão Ambiental em Saneamento LEVANTAMENTO DA TUBULAÇÃO DE CIMENTO-AMIANTO NA REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA DO MUNICÍPIO DE PRINCESA ISABEL - PARAÍBA Maria Auxiliadora Freitas

Leia mais

: Sistemas de Abastecimento de Água

: Sistemas de Abastecimento de Água PROGRAMA DA DISCIPLINA Fls 01 de 05 UNICAMP CÓDIGO: NOME CV641 : Sistemas de Abastecimento de Água T:02 P:01 L:OO0:01 D:01 E:02 HS:07 SL:03 C:04 EX:S EMENTA: Introdução. Previsão populacional. Consumo

Leia mais

P L A N O M U N I C I P A L D E S A N E A M E N T O B Á S I C O

P L A N O M U N I C I P A L D E S A N E A M E N T O B Á S I C O P L A N O M U N I C I P A L D E S A N E A M E N T O B Á S I C O V o l u m e V R E L A T Ó R I O D O S P R O G R A M A S, P R O J E T O S E A Ç Õ E S P A R A O A L C A N C E D O C E N Á R I O R E F E R

Leia mais

COSEMA - FIESP Programas e Ações A para os grandes problemas da RMSP. Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp

COSEMA - FIESP Programas e Ações A para os grandes problemas da RMSP. Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp COSEMA - FIESP Programas e Ações A da Sabesp para os grandes problemas da RMSP Paulo Massato Yoshimoto Diretor Metropolitano - Sabesp Evolução Populacional - RMSP Reversão da centrifugação Menor pressão

Leia mais

DMAE Departamento Municipal de Água e Esgotos

DMAE Departamento Municipal de Água e Esgotos DMAE Departamento Municipal de Água e Esgotos Eng. Adinaldo Soares de Fraga Coordenação de Manutenção de adutoras adinaldo@dmae.prefpoa.com.br Telefone: (51)3289-9855 Estrutura do Sistema de Água Extensão

Leia mais

CDN Serviços de Água e Esgoto S.A. CONCESSÃO DO GERENCIAMENTO DOS SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO DO AEROPORTO INTERNACIONAL DO RIO DE JANEIRO - GALEÃO

CDN Serviços de Água e Esgoto S.A. CONCESSÃO DO GERENCIAMENTO DOS SISTEMAS DE ÁGUA E ESGOTO DO AEROPORTO INTERNACIONAL DO RIO DE JANEIRO - GALEÃO CONCESSÃO DO GERENCIAMENTO DOS SISTEMAS DE E ESGOTO DO AEROPORTO INTERNACIONAL DO RIO DE JANEIRO - GALEÃO OBJETIVOS PRINCIPAIS DA CONCESSÃO Redução das tarifas pagas pela INFRAERO e pelos concessionários;

Leia mais

INÍCIO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA: 1918 (Primeiras unidades implantadas por Saturnino de Brito).

INÍCIO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA: 1918 (Primeiras unidades implantadas por Saturnino de Brito). SISTEMA GURJAÚ INÍCIO DE OPERAÇÃO DO SISTEMA: 1918 (Primeiras unidades implantadas por Saturnino de Brito). UNIVERSO DE ATENDIMENTO: Produz, aproximadamente, 9% do volume distribuído na Região Metropolitana

Leia mais

Nº 1.0.0 Nº 1.2.0 Nº 1.2.8

Nº 1.0.0 Nº 1.2.0 Nº 1.2.8 Macroprocesso Processo Subprocesso Gerência GERÊNCIA REGIONAL Nº 1.0.0 Nº 1.2.0 Nº 1.2.8 1.2.8.1 Receber e analisar solicitação Receber solicitação de demanda de expansão do sistema de Supervisor de Unidade

Leia mais

HISTÓRICO PROFISSIONAL David Coelho Lacerda 1.0 - Dados Pessoais:

HISTÓRICO PROFISSIONAL David Coelho Lacerda 1.0 - Dados Pessoais: HISTÓRICO PROFISSIONAL David Coelho Lacerda 1.0 - Dados Pessoais: Filiação: Manuel Gesum Lacerda e Anaide Coelho Lacerda. Nascimento: 21/03/55. Nacionalidade: Brasileira Naturalidade: Rio de Janeiro. Estado

Leia mais

GUANABARA LIMPA PSAM. rograma de Saneamento Ambiental dos Municípios do Entorno da Baía de Guanabara

GUANABARA LIMPA PSAM. rograma de Saneamento Ambiental dos Municípios do Entorno da Baía de Guanabara GUANABARA LIMPA PSAM rograma de Saneamento Ambiental dos Municípios do Entorno da Baía de Guanabara PACTO PELO SANEAMENTO: RIO+LIMPO Meta do ERJ : 80% de Coleta e Tratamento de Esgotos até 2018 BAÍA DE

Leia mais

Empresa Pública Municipal de Saneamento

Empresa Pública Municipal de Saneamento Empresa Pública Municipal de Saneamento MARÇO 2014 SANEAMENTO AMBIENTAL: Conjunto de ações sócio - econômicas que tem o objetivo alcançar níveis crescentes de salubridade ambiental, através dos seguintes

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO REDE DISTRIBUIÇÃO D ÁGUA

MEMORIAL DESCRITIVO REDE DISTRIBUIÇÃO D ÁGUA MEMORIAL DESCRITIVO REDE DISTRIBUIÇÃO D ÁGUA 1.OBJETIVO: O presente memorial visa descrever os serviços e materiais a serem empregados para a execução de abastecimento de água potável a ser implantado

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS - UFPEL CENTRO DE ENGENHARIAS - CENG DISCIPLINA: SISTEMAS URBANOS DE ÁGUA E ESGOTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS - UFPEL CENTRO DE ENGENHARIAS - CENG DISCIPLINA: SISTEMAS URBANOS DE ÁGUA E ESGOTO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS - UFPEL CENTRO DE ENGENHARIAS - CENG DISCIPLINA: SISTEMAS URBANOS DE ÁGUA E ESGOTO REDE DE DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA Prof. Hugo Alexandre Soares Guedes E-mail: hugo.guedes@ufpel.edu.br

Leia mais

PESQUISA SANEAMENTO Recursos financeiros assegurados para saneamento Bacias PCJ

PESQUISA SANEAMENTO Recursos financeiros assegurados para saneamento Bacias PCJ PESQUISA SANEAMENTO Recursos financeiros assegurados para saneamento Bacias PCJ GT/CRITÉRIOS (13/11/12) CT/PB (14/11/12) CT/PL (23/11) Oficina preparatória Cobranças PCJ e Fehidro DADOS NÃO OFICIAIS, EM

Leia mais

Comitê Gestor do PAC

Comitê Gestor do PAC RORAIMA Apresentação Esta publicação apresenta informações regionalizadas do 4º balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), referente a abril de 2008. Traz, também, dados sobre outros importantes

Leia mais