C u rso de Extensão e m

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "C u rso de Extensão e m"

Transcrição

1 C u rso de Extensão e m Project Finance Turma XIII w w w. a b d i b. o r g. b r / e d u c o r p

2 sobre o EduCorp OEduCorp, programa de educação corporativa da ABDIB, nasceu em 2004, após pesquisa qualitativa por delegação das corporações associadas à ABDIB, que revelou a necessidade de atualização e desenvolvimento de profissionais atuantes no setor da Infraestrutura. E quando a velocidade dos conhecimentos ultrapassa o alcance da escola tradicional, a Educação Corporativa é indispensável para a formação de novos perfis de Competência Profissional. Por que Educação Corporativa? Quando a velocidade dos conhecimentos ultrapassa o alcance da escola tradicional, a Educação Corporativa é indispensável para a formação de novos perfis de Competência Profissional. Como? Integrando Universidades e Corporações. Construindo uma ponte capaz de ligar Educação e Trabalho. Escolarizando as Empresas e empresariando as Escolas. E quanto à infra-estrutura? Sem investimentos na infra-estrutura, não há desenvolvimento econômico. A retomada da construção de nossa infra-estrutura requer empresas produtivas e competitivas. Somente profissionais bem formados e competentes garantem essa condição. Por que a ABDIB? Por delegação de seus associados, após pesquisa qualitativa. Pela sua representatividade junto ao setor de infra-estrutura. Pela sua capacidade de detectar demandas e formular estratégias. Pela sua articulação com as empresas, obtendo ganhos de escala e coerência programática. Otimização das parcerias educacionais. Parcerias A adesão ao Programa pela Escola de Economia de São Paulo da FGV, pela Escola Politécnica da USP, entre outros, valida o projeto: "A formação de bons gestores, particularmente em setores vitais da economia, como a infra-estrutura, reveste-se de importância estratégica para o desenvolvimento do País. "Esta iniciativa da ABDIB demonstra sua grande sensibilidade quanto à crescente importância da educação corporativa"

3 Objetivos Formar lideranças capacitadas a gerir a complexidade, integrando conhecimentos, propondo estratégias e formulando novas políticas setoriais. Especializar profissionais em suas áreas de atuação, através de cursos "sob medida" e "sob encomenda", constantemente atualizados. Estimular a cidadania expressa na importância social da infra-estrutura, ampliando a dimensão ética e cultural de seus profissionais. Desenvolver soluções orientadas aos alunos, às empresas, ao setor a ao País, com flexibilidade no processo e rigor na avaliação. INÍCIO: 06 de maio de PERÍODO: 08:30 às 17:00 - quartas, quintas e sextas-feiras (1 vez por mês) CARGA HORÁRIA: 96horas LOCAL: na sede da ABDIB, Praça Monteiro Lobato, 36 Butantã - SP INVESTIMENTO: R$ (Seis mil reais) por aluno. Este valor pode ser parcelado em 4 parcelas de R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais) cada. INSCRIÇÕES: ou pelo telefone com Ana Claudia.

4 CONTEXTO A competitividade de qualquer empreendimento é determinada por um sensível balanço entre a eficiência na utilização de recursos e a qualidade dos bens e serviços produzidos. Os principais recursos utilizados no setor de infra-estrutura, são caros e escassos, destacando a eficiência em sua contratação e gestão como um dos pontos de destaque para viabilizar qualquer projeto. Em todo o mundo a utilização de Project finance, a mais sofisticada entre todas as modalidades de financiamento empresarial, acabou por difundir-se como o principal meio de financiamento do setor. O objetivo do Curso de Project Finance é preparar o aluno para atuar nas diversas partes envolvidas no financiamento de projetos de infra-estrutura: empresas, financiadores, seguradoras e demais colaboradoras. Visa também criar um olhar integrado sobre os empreendimentos em suas várias etapas: planejamento, licitação, financiamento, construção e gestão, compreendendo como os instrumentos transmutam ao se passar de uma fase para outra. O objetivo será atendido através da compreensão dos principais conceitos envolvidos em Project Finance, do domínio dos principais instrumentos, do treino na aplicação destes instrumentos e da discussão sobre casos concretos. Ao final do curso o aluno conhecerá: Em profundidade os conceitos e as características que definem instrumentos de Project Finance; Os principais potenciais financiadores para diferentes perfis de projetos; O arcabouço jurídico que envolve esta modalidade no Brasil e no exterior; As principais diferenças entre a estruturação de Project Finance nacional e internacional; Como preparar o empreendimento para receber aportes na forma de Project Finance; Como desenvolver um plano de negócios para apresentação e negociação junto a entes financiadores; Como gerenciar um empreendimento financiado por Project Finance; PÚBLICO-ALVO: O curso é destinado à profissionais de empresas investidoras, construtoras, operadoras, fabricantes de equipamentos pesados, financiadoras, seguradoras, grandes escritórios de advocacia e consultoria. OBJETIVOS Capacitação para atuar nas empresas nacionais e internacionais envolvidas no planejamento, implantação e gestão de empreendimentos complexos no setor de infraestrutura e no financiamento de projetos de infraestrutura.

5 METODOLOGIA E PEDAGOGIA A estrutura do conhecimento desenvolvido neste campo de pesquisa somente é absorvido pelos alunos com intensa aplicação, tanto dos conceitos quanto dos métodos utilizados para estruturação de um Project Finance. Desta forma, ao término dos principais módulos os grupos constituídos pelos alunos deverão preparar os estudos de caso. A cumulação dos casos desenvolvidos pelos grupos ao longo do curso resultará em uma proposta de projeto que deverá alcançar alto nível tanto sob aspectos técnicos quanto formais. Destaca-se a importância que as discussões em classe terão para o processo de aprendizagem individual e coletivo, de forma que a contribuição de cada aluno em sala de aula será amplamente valorizada. VALORES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO O valor do investimento é de R$ 6.000,00, (seis mil reais). Este valor pode ser parcelado em 4 parcelas de R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais) cada. CARGA HORÁRIA A carga horária total será de 96 horas.

6 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO A seguir apresenta-se, a estrutura curricular, com disciplinas e tópicos que comporão o curso de Project Finance. Modulo I Introdução Por que Project Finance? História, ciclos de negócios e situação corrente. Nessa aula tratamos de uma revisão do processo histórico de industrialização iniciado na década de 1930, que culmina nos programas de privatizações e concessões da década de 1990 e nas PPP's da década de Neste quadro mais amplo delimitamos a importância que o ProjectFinance tem em sua consolidação. Desfazemos a visão comum de que ProjectFinance é uma matéria criada por financistas em um tubo de ensaio para re-contextualizarmos a disciplina como o resultado de um processo histórico evolutivo para compreender onde estamos e quais serão os próximos desafios neste campo de atuação. Nesta aula abordaremos: Apresentação do curso, estrutura de disciplina, exposição preliminar dos casos e sua motivação. Os ciclos regulatórios internacionais e o ProjectFinance no movimento de desestatização da década de O padrão de crescimento e desenvolvimento econômico brasileiro e o ProjectFinance como uma resposta à estagnação da década de Desafios e tendências para o Project Finance no futuro. Um dos pontos mais importantes da aula é compreender como a dinâmica futura será construída a partir das lições do passado, particularmente o novo papel que as empresas públicas deverão desempenhar e como deverá ser sua nova formatação. Tendências setoriais A partir da visão histórica dos ciclos de Project Finace, nesta seção abordamos os novos marcos regulatórios e estruturas de negócio em desenvolvimento e implantação por diferentes agentes públicos e privados. Abordamos preliminarmente o novo marco regulatório portuário, do setor elétrico, o modelo proposto para ferrovias, mobilidade urbana e setores correlatos que sejam de interesse dos participantes do curso. Estrutura do Mercado Financeiro Quais as principais peculiaridades financeiras e contratuais em negócios desenvolvidos no setor de infraestrutura? Por detrás das diversas respostas empíricas, os princípios de finanças e direito devem ser revistos sob a ótica da eficiência econômica. Os instrumentos de financiamento com reworkshops de terceiros é bem delineado nesta seção a partir das teorias de custos de produção e transação. Apesar de aparentemente "acadêmica", esta seção é relevante pois dela emergem os padrões contratuais, de governança e monitoramento adotados no setor. Nesta seção abordaremos

7 A arquitetura de funcionamento dos mercados: da macroeconomia à microeconomia e a arquitetura moderna dos mercados de capitais; Determinação do Custo de Financiamento por segmento de mercado: custos de operação e custos de transação; Estrutura do custo de financiamento no caso clássico e seus reflexos sobre o setor de infraestrutura Teorias sobre o custo de capital: abordagem de risco x retorno Instrumentos de mitigação de riscos: termos do contrato de concessão, seguros, garantias, a participação de agências multilaterais Custos administrativos do financiamento Project Finance - Análise e Gestão de Risco Nesta aula detalhamos e aplicamos os principais instrumentos à análise de riscos em projetos de infraestrutura. A primeira metade da aula terá caráter didático, sendo a segunda metade da aula dedicada à discussão pelos alunos sobre os mecanismos para identificar, medir, mitigar e alocar riscos para os financiadores. Serão tratados dois casos principais, sendo o primeiro relacionado à uma usina Hidroelétrica e o segundo à Linha 4 do Metrô de São Paulo. Discussão de casos em sala de aula. Estrutura econômica e contratual de segregação de riscos: Seguros A partir da análise de riscos serão debatidos os modelos de segregação de riscos em projetos. Será debatido o perfil de seguros utilizados em projetos desta natureza, a base de precificação e a montagem de pacotes. Serão detalhados seguros de crédito à exportação, seguros de engenharia, seguros de responsabilidade civil, seguros operacionais, lucros cessantes e ALOP. Estrutura econômica e contratual de segregação de riscos: Garantias Nesta seção serão abordadas os seguros de performance (performance bonds) e execução (executionbonds) cedidos pela sociedade de propósito específico ou por seus acionistas a financiadores e ao Poder Concedente. Será debatida a característica do seguro, sua executabilidade, itens cobertos e questões similares. Introdução aos Casos que serão desenvolvidos pelos Grupos Nesta seção a turma será dividida em Grupos e será promovido um primeiro debate sobre os projetos que cada grupo irá avaliar. Os projetos poderão ser existentes ou planejados, nacionais ou internacionais, em desenvolvimento em múltiplos setores. A primeira abordagem visa dar familiaridade aos grupos em relação ao objeto de análise. Módulo II- Fontes de financiamento Fontes de Financiamento, BNDES As aulas dedicadas à discussão sobre fontes de financiamento possuem caráter eminentemente aplicado. A partir da estrutura conceitual formulada no primeiro módulo do curso, desdobramos as principais figuras em termos práticos e discutimos como funcionam as principais instituições envolvidas no processo de estruturação de financiamento para projetos de infraestrutura.

8 Serão abordados temas como custos, etapas, prazos, garantias e outros correlatos. A palestra ilustrará os vários modelos utilizados em diferentes casos no setor de energia e em outros setores de interesse. Fontes de Financiamento: BID, IFC, ECAs Serão discutidas outras fontes tradicionais de recursos para Project Finance, em particular as agências multilaterais de financiamento e as agências de promoção à exportação. De forma similar à primeira palestra, serão abordados os principais modelos de financiamento, os prazos, as taxas, os processos de aprovação internos e debatidos os casos mais recentes de sucesso nesta modalidade. Palestra: Fontes de Financiamento, BNDES e SBCE: expert do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, BNDES, face à importância singular desta instituição para o Brasil. Fontes de Financiamento Alternativas: FIP s, Debêntures, Mini Perms, novas fontes de financiamento e investimento Nesta seção será abordada a identificação de novas fontes, padrões e atores envolvidos em novos instrumentos de financiamento: Fundos de Participação Debêntures públicas e privadas Novas modalidades de empréstimo direto Estruturação híbrida Mezzaninefinance Palestra: Fontes Internacionais de Financiamento: Palestra a ser ministrada por expert do setor de financiamento de projetos no exterior, retratando operações estruturadas com o Banco Mundial, Bancos Comerciais Internacionais e outros agentes. Apresentação e Discussão de Casos pelos Alunos Os grupos, que serão constituídos desde o início do curso, apresentarão nesta etapa a primeira parte dos trabalhos que comporão as entregas de final de curso. Apresentarão uma descrição pormenorizada dos casos em análise, sua matriz de riscos, a construção do pacote de mitigação de riscos e a forma de alocação dos riscos residuais entre financiadores e investidores. Módulo III- Análise financeira de projeto Seção de Revisão de Finanças e Estatística Revisão dos principais conceitos de Estatística Estatística descritiva Medidas de posição e dispersão Metodologia de cálculo de medidas Inferência estatística Revisão dos principais conceitos de Matemática Financeira 1) Noções básicas

9 Valor do dinheiro no tempo Diagramas de fluxo de caixa 2) Regime de Capitalização Simples 3) Regime de Capitalização Composto 4) Taxas de Juros Taxas Proporcionais e Equivalentes Taxas Nominais e Efetivas Taxa Over Taxa de Juros Real Taxa Média 5) Desconto Desconto Simples (Comercial ou Bancário) Desconto Composto Racional 6) Fluxos de Caixa Fluxos de Caixa Uniformes Fluxos de Caixa Mistos 7) Análise de Fluxos de Caixa e Figuras de Mérito 8) Sistemas de Amortização SAC Tabela Price Modelagem financeira aplicada a Project Finance A discussão mais ampla ocorre sobre a arquitetura reflexa Projeto - Análise Financeira - Investidor - Financiador, e a forma como ocorre o processo decisório em Project finance. Esta abordagem é utilizada para que os alunos compreendam que os conhecimentos técnicos sobre modelagem financeira, que muitos já têm, somente possuem utilização na medida em que se sabe exatamente o que estudar, quais as variáveis chave que o fluxo de caixa nos contam e como tais variáveis orientam o processo decisório dos diversos agentes envolvidos. Entramos na segunda parte da aula com uma visão aplicada da elaboração do Plano de Negócios: Objetivos e funcionalidades de um plano de negócios Como estruturar o plano de negócios? Modelos de fluxo de caixa, opções reais e derivações Análise de projetos versus análise de valor agregado para os acionistas Indicadores de financiabilidade e atratividade do empreendimento Estimação de Receitas e Custos Nesta aula discutimos estimação de receitas e custos como um tópico específico. No tocante à receitas, tratamos de dois modelos de estimação, metodologias qualitativas e metodologias quantitativas, em 4 estágios (por exemplo, utilizadas em rodovias e transporte público). Análise de receitas Avaliação contratual e segurança sobre receitas Modelos estatísticos de estimação de receitas Modelos econômicos de estimação de receitas Análise de mercado, ambiente competitivo e impacto sobre a geração de caixa Em seguida abordamos as teorias por trás de análises de custos e investimentos, que são teorias interessantes e de aplicação prática em Project finance. A principal visão refere-se à decisão de "makeorbuy", aplicável a governo e empresas privadas.

10 Estruturação de custeio corrente Análise de investimentos, re-investimentos e atualização tecnológica Tributos Custos ambientais, previsíveis e imprevisíveis Estimativas de contingências Reflexos contratuais para financiadores Modelagem do setor elétrico Modelagem Financeira a Risco A aula versa sobre a aplicação, de forma mais dura, das teorias precedentes ao objeto de análise em Project Finance. Com o plano de negócios consolidado nas aulas anteriores, os alunos são forçados a identificar elementos de negociação, valores de seguros (performancebond, completion Bond), capacidade de suporte de financiamento e modelagem na ponta, como por exemplo usando fluxos de repagamento heterodoxos. Módulo IV - Estrutura jurídico regulatória Arcabouço jurídico-contratual: Introdução ao Direito Administrativo A primeira aula visa traçar um panorama moderno sobre o direito civil e o direito administrativo, dando aos alunos os principais elementos para refletir sobre contratos, o papel do Estado, regulação e arbitragem, dentre outros. Desta forma, consolida-se a natureza jurídica dos serviços públicos, direito civil de Estado e principais diferenças para o direito privado Arcabouço jurídico - contratual: PPP, Concessões, Licitações A segunda aula deste módulo dedica-se quase completamente às decisões de entes públicos e privados no delineamento do primeiro contrato, o contrato de concessão, e ao arcabouço normativo - regulatório que está por trás. Entramos em contratos como PPP's e procuramos ilustrar com o máximo de casos possível; Tópicos abordados Concessão comum, patrocinada e administrativa: reflexos sobre a modalidade de financiamento Autorização para Step in Rights e vinculação de receitas Garantias de proposta, execução e interface com garantias de financiadores Termos do Equilíbrio Econômico financeiro do contrato Arbitragem Reversibilidade de bens Arcabouço jurídico-contratual: Contratos Privados: Fornecimento, Operação e Financiamento A terceira e a quarta aula do módulo jurídico referem-se aos termos dos contratos privados, ou contratos subordinados, em especial contratos de turnkey, operação, fornecimentos complementares e outros. Contrato de venda garantida Contrato de EPC: Fornecimento de bens, equipamentos e serviços a preços fechados

11 Contratos de O&M: Operação e Manutenção de longo prazo Seguradoras Palestra: Mediação, Arbitragem e Gestão Jurídica de Contratos de Concessão Fronteira do Direito Setorial Neste tópico será avaliado como normas setoriais específicas afetam a estruturação de empreendimentos, particularmente nos setores de: Mobilidade urbana Ferrovias Portos Rodovias Energia Elétrica Outros setores poderão ser desenvolvidos, de acordo com solicitações apresentadas ao longo do curso. Fechamento do curso e apresentação dos casos por alunos Exposição dos casos pelos alunos e debate em sala de aula sobre as principais reflexões trazidas.

12 BIBLIOGRAFIA Livros básicos: Project Finance no Brasil: Fundamentos e Estudo de Casos de Claudio Augusto Bonomi& Oscar Malvessi Project Finance: Financiamento com Foco em Empreendimentos José Virgílio Lopes Enei The Law and Business of International Project Finance: A Resource for Governments, Sponsors, Lawyers, and Project Participants Scott L. Hoffman Será disponibilizada na primeira aula uma apostila de papers cuja leitura será pressuposta para cada uma das diferentes fases do curso. AVALIAÇÃO Participação em Sala: 25% Trabalhos parciais em grupo: 25% Trabalho final em grupo: 50%

13 CORPO DOCENTE Ocurso é oferecido pela ABDIB e ministrado pelo Doutor Fernando Fleury e convidados. Experiência profissional de 15 anos atuando como Consultor Sênior nas áreas de Planejamento Estratégico, Desenvolvimento de Negócios e Financiamento de Projetos em múltiplos setores, principalmente em infraestrutura junto a entes públicos e privados. Experiência internacional: Coordenador local de projetos da International Financial Corporation; coordenador da equipe de supervisão de estudos do Banco Interamericano de Desenvolvimento; assessor para estratégia em concessões de rodoviárias na Ásia e na América Latina, desenvolvimento e financiamento de projetos na África; assessoria a fundos de investimentos americanos; Conhecimentos avançados em Estratégia, Economia, Finanças e Administração Geral; Experiência em Desenvolvimento de Negócios, aquisição de empresas e reestruturação; Experiência no gerenciamento de equipes multidisciplinares; Professor de MBA e Graduação em instituições classificadas dentre as melhores do Brasil: Fundação Getúlio Vargas, Universidade de São Paulo, IBMEC e BSP São Paulo Business School Dois mestrados acadêmicos, doutorado e especializações. FORMAÇÃO ACADÊMICA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, FACULDADE DE ECONOMIA E ADMINISTRAÇÃO Brasil Doutorado acadêmico em Administração de Empresas Área de Concentração: Política dos Negócios e Economia de Empresas Tema: Infraestrutura como Instrumento de Política Industrial UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, FACULDADE DE DIREITO Brasil Cursos de pós-graduação em fundamentos econômicos do direito, direito antitruste e direito administrativo de concessões públicas FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS São Paulo, Brasil Mestrado acadêmico em Economia de Empresas Área de Concentração: Economia e Finanças Tema: Eficiência de Mercados Financeiros e Crescimento Macroeconômico UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, FACULDADE DE ECONOMIA E ADMINISTRAÇÃO Brasil Mestrado acadêmico em Administração / Finanças Área de Concentração: Finanças Tema: Aplicação de Modelos de Opções Reais a Decisões em Project Finance

14 1998 INSTITUTO DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA, IMPA Rio de Janeiro, Brasil Cursos de Pós Graduação em Estatística e Matemática UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, FACULDADE DE ECONOMIA E ADMINISTRAÇÃO Brasil Bacharel em Ciências Econômicas EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL Consultor por período determinado: International Financial Corporation, IFC A IFC é o braço do Banco Mundial dedicado à estruturação e financiamento da participação do setor privado em empreendimentos de infra-estrutura em países em desenvolvimento. Coordenador local em projeto para o AdvisoryDepartment Consultor por período determinado: Nathan Associates em favor do InteramericanDevelopment Bank O BID, Banco Interamericano de Desenvolvimento, é uma das instituições de maior relevância no financiamento de entes públicos e privados para o planejamento e implantação de projetos de infra-estrutura no Brasil e na América Latina. Coordenador Local de Projetos SócioDiretor: A&F Almeida &Fleury Project Finance and Business Development A A&F é uma empresa de consultoria dedicada ao planejamento, implantação, financiamento e gestão de projetos no setor infraestrutura. Experiências recentes envolvem atuações conjuntas com o Banco Mundial, a IFC e o BID em transporte público de massa, ferrovias, energia, rodovias e saneamento. Coordenador para modelagem econômica, financeira, institucional, estratégica e mercadológica para entes públicos e privados. Assessoria para obtenção de financiamento junto a empresas públicas e privadas Consultoria para planejamento estratégico, empresarial e financeiro junto empresas de grande porte nacionais e multinacionais Professor: Universidade de São Paulo,Fundação Getúlio Vargas, BSP São Paulo Business School e IBMEC Business School A FEA USP, a FGV SP, a BSP e o IBMEC são reconhecidos como as instituições de maior prestígio no ensino e em pesquisa nas diversas áreas que compõem os cursos de Administração e Economia. Professor no curso de Graduação:

15 o Formação dos Preços o Tópicos Especiais em Economia Aplicada a Estratégia Corporativa (ManagerialEconomics) o Gestão Estratégica de Negócios Professor nos cursos regulares de MBA Executivo e MBA em Finanças: o Economia de Empresas o Macroeconomia o Finanças o Estatística e Matemática para Negócios o Valuation Professor nos cursos de MBA Corporativos: o Project Finance: BNDES, ABDIB, Grupo Odebrecht, Queiroz Galvão o Economia da Regulação: AGU e ABDIB o Estratégias em Ambientes Dinâmicos: ABN AMRO, SETPESP o Matemática Estocástica: CEF o Estratégia Competitiva: Febrafarma, Sinduscon, ALCON, Fundação Scania Supervisor: Alstom do Brasil Ltda A Alstom do Brasil é uma empresa líder no setor de fornecimento de equipamentos para projetos de infra-estrutura no Brasil, como energia, transportes e indústria Supervisor de Project Finance Membro do Grupo de Desenvolvimento de Estratégias Empresariais Consultor Sênior: Brasilpar Serviços Financeiros A Brasilpar Serviços Financeiros é uma das instituições nacionais de maior prestígio nas áreas de fusões, aquisições, privatizações e planejamento estratégico Assessor para a compra e venda de empresas nacionais nos setores de indústria e comércio.

Cur s o online de ext ensão em Práticas e Desafios da Geração de Energia Elétrica

Cur s o online de ext ensão em Práticas e Desafios da Geração de Energia Elétrica Cur s o online de ext ensão em Práticas e Desafios da Geração de Energia Elétrica w w w. a b d i b. o r g. b r / e d u c o r p sobre o EduCorp O EduCorp, programa de educação corporativa da ABDIB, nasceu

Leia mais

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS APRESENTAÇÃO FGV Criado em 1999, o FGV Management é o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getulio Vargas, desenvolvido para atender a demanda do mercado por cursos de qualidade, com tradição

Leia mais

Especialização em Investment Banking

Especialização em Investment Banking Especialização em Investment Banking Apresentação FIPECAFI A Faculdade FIPECAFI é mantida pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras, criada em 1974. Seus projetos modificaram

Leia mais

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA MBA DESENVOLVIMENTO AVANÇADO DE EXECUTIVOS ÊNFASE EM GESTÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA O MBA Desenvolvimento Avançado de Executivos possui como característica atender a um mercado altamente dinâmico e competitivo

Leia mais

O MBA CONTROLLER foi lançado em 1994 e é o mais tradicional MBA do mercado brasileiro

O MBA CONTROLLER foi lançado em 1994 e é o mais tradicional MBA do mercado brasileiro MBA Controller Ao cursar o MBA CONTROLLER FIPECAFI/ANEFAC, o aluno convive com pessoas de diferentes perfis entre os mais diversos segmentos de mercado e com a experiência profissional exigida para que

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM DMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS (FGV)

PÓS-GRADUAÇÃO EM DMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS (FGV) OBJETIVO: Capacitar profissionais, de qualquer área de atuação, para a carreira executiva, desenvolvendo as principais habilidades gerenciais, tais como: liderança, comunicação interpessoal e visão estratégica,

Leia mais

MBA Finanças (Turma II)

MBA Finanças (Turma II) MBA Finanças (Turma II) O MBA Executivo em Finanças do Ibmec é um programa de pós-graduação lato sensu para profissionais que necessitam de conhecimentos aprofundados na área de finanças. Ao longo do curso,

Leia mais

Infraestrutura no Brasil Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Infraestrutura no Brasil Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

A QUEM SE DESTINA? COORDENADOR DO CURSO

A QUEM SE DESTINA? COORDENADOR DO CURSO CBA EM FINANÇAS CBA EM finanças O CBA em Finanças é um programa que proporciona aos participantes sólidos fundamentos em finanças e liderança. O programa tem o objetivo de preparar executivos para enfrentar

Leia mais

MBA FINANÇAS, COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES COM INVESTIDORES (PARCERIA IBRI)

MBA FINANÇAS, COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES COM INVESTIDORES (PARCERIA IBRI) MBA FINANÇAS, COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES COM INVESTIDORES (PARCERIA IBRI) Apresentação FIPECAFI A Faculdade FIPECAFI é mantida pela Fundação Instituto de Pesquisa Contábeis, Atuariais e Financeiras, criada

Leia mais

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS

APRESENTAÇÃO FGV APRESENTAÇÃO TRECSSON BUSINESS APRESENTAÇÃO FGV Criado em 1999, o FGV Management é o Programa de Educação Executiva Presencial da Fundação Getulio Vargas, desenvolvido para atender a demanda do mercado por cursos de qualidade, com tradição

Leia mais

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Drª. Ana Maria Viegas Reis

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Drª. Ana Maria Viegas Reis CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gestão de Pessoas Coordenação Acadêmica: Drª. Ana Maria Viegas Reis APRESENTAÇÃO A FGV é uma instituição privada sem fins lucrativos, fundada em

Leia mais

Finanças para Executivos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Finanças para Executivos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

Concessões e Parcerias: Ampliação das Oportunidades de Negócios

Concessões e Parcerias: Ampliação das Oportunidades de Negócios Concessões e Parcerias: Ampliação das Oportunidades de Negócios André Dabus 15/09/2015 Agenda Breve apresentação AD; Financiabilidade, Riscos e Garantias no Segmento de Infraestrutura; Identificação e

Leia mais

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr. 1 OBJETIVO: Objetivos Gerais: Atualizar e aprofundar

Leia mais

Características. Carga horária 24 horas presenciais.

Características. Carga horária 24 horas presenciais. 1 Características Sobre o curso No Brasil, 7a maior economia mundial em 2013, a qualidade de ativos de infraestrutura é comparável à de países com PIB muito inferior. O governo brasileiro já reconhece

Leia mais

Avaliação de Empresas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Avaliação de Empresas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

O PASSO A PASSO PARA A OBTENÇÃO DE FINANCIAMENTO DE PROJETOS

O PASSO A PASSO PARA A OBTENÇÃO DE FINANCIAMENTO DE PROJETOS O PASSO A PASSO PARA A OBTENÇÃO DE FINANCIAMENTO DE PROJETOS OVERVIEW Este treinamento tem como objetivo oferecer aos participantes uma ampla visão de quais os passos para se obter financiamento para implementar

Leia mais

Workshop Presencial: de Compras. Data: 8 de Maio de 2014 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP

Workshop Presencial: de Compras. Data: 8 de Maio de 2014 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP Workshop Presencial: Gestão de Conflitos nos processos Data: 8 de Maio de 2014 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP Procurement Business School Quem somos: Procurement Business School é a mais completa

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gerenciamento de Projetos Coordenação Acadêmica: Dr. André Valle

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gerenciamento de Projetos Coordenação Acadêmica: Dr. André Valle CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA em Gerenciamento de Projetos Coordenação Acadêmica: Dr. André Valle APRESENTAÇÃO A FGV é uma instituição privada sem fins lucrativos, fundada em 1944,

Leia mais

CFO Estrategista Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

CFO Estrategista Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014.

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Gestão de Projetos DESCRITIVO DE CURSO MBA em Gestão de Projetos 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que apontam a

Leia mais

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br

Prezado(a) Sr.(a.) Atenciosamente, Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas. comercial@trecsson.com.br Prezado(a) Sr.(a.) Agradecemos seu interesse em nossos programa de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso de Pós-MBA

Leia mais

BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos

BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos Este curso é ideal para quem está buscando sólidos conhecimentos em como desenvolver com sucesso um projeto de BPM. Maurício Affonso dos

Leia mais

MBA EXECUTIVO EM SAÚDE

MBA EXECUTIVO EM SAÚDE PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EXECUTIVO EM SAÚDE SIGA: TMBAES*06/26 Av. Conselheiro Nébias, 159 Bairro Paquetá Santos SP - CEP 11015-001 - Fone: (13) 3228 6000 Rua Almirante Protógenes,

Leia mais

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.

ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados. PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com. ENADE e CPC Como compreender seu desempenho e estratégias de melhoria de resultados PROF. AMÉRICO DE ALMEIDA FILHO aalmeidaf@yahoo.com.br CPC Conceito Preliminar de Curso 1 - Nota dos Concluintes no ENADE

Leia mais

MBA Marketing de Serviços

MBA Marketing de Serviços MBA Marketing de Serviços Informações - Turma de Agosto 2014 Início das Aulas: 04/08/2014 Dias e horários das aulas: Segunda a sexta-feira das 19h00 às 22h50 (apenas na 1º semana) Quartas e quintas das

Leia mais

Análise de Viabilidade para Estruturação de Loteamentos

Análise de Viabilidade para Estruturação de Loteamentos A LDUARTE ENGENHARIA, em parceria com a EXECUT Consultoria & Treinamentos, traz a Salvador, Aracaju e Fortaleza o curso Análise de Viabilidade para Estruturação de Loteamentos. Este curso tem como pilares

Leia mais

SPE PROJECT FINANCE Etanol 2G

SPE PROJECT FINANCE Etanol 2G I Fórum Brasileiro de Economia e Finanças no Agronegócio SPE PROJECT FINANCE Etanol 2G JOSÉ AMÉRICO RUBIANO 13 e 14 de agosto de 2014 SPE SOCIEDADE DE PROPÓSITO ESPECÍFICO Definição Sociedades de Propósito

Leia mais

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Porque Educação Executiva Insper

Porque Educação Executiva Insper 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Prospecção de demanda de trabalhadores para a infraestrutura

Prospecção de demanda de trabalhadores para a infraestrutura 1 Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base Prospecção de demanda de trabalhadores para a infraestrutura Colóquio Tendências e Desafios da Formação de Trabalhadores para o Desenvolvimento

Leia mais

Gestão estratégica em finanças

Gestão estratégica em finanças Gestão estratégica em finanças Resulta Consultoria Empresarial Gestão de custos e maximização de resultados A nova realidade do mercado tem feito com que as empresas contratem serviços especializados pelo

Leia mais

Comunicamos ainda, que o Curso terá início em março de 2005 e as inscrições já se encontram abertas no nosso site: www.eac.fea.usp.

Comunicamos ainda, que o Curso terá início em março de 2005 e as inscrições já se encontram abertas no nosso site: www.eac.fea.usp. São Paulo, 13 de setembro de 2004 Prezado (a) Senhor (a) É com prazer que comunicamos o lançamento da 5ª Turma do MBA - Finanças, Comunicação e Relações com Investidores, organizado pela FIPECAFI - Fundação

Leia mais

Gestão Estratégica de Projetos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Gestão Estratégica de Projetos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Inscrições Abertas. Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal

Inscrições Abertas. Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal MBA Recursos Humanos Inscrições Abertas Dia e horário das aula: Sexta-Feira 18h30 às 22h30 Quinzenal Sábado 08h30 às 17h30 Quinzenal Carga horária: 600 Horas Duração: 24 meses *As informações podem sofrer

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA Executivo em Saúde Coordenação Acadêmica: Drª Tânia Regina da Silva Furtado

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA Executivo em Saúde Coordenação Acadêmica: Drª Tânia Regina da Silva Furtado CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU (ESPECIALIZAÇÃO) MBA Executivo em Saúde Coordenação Acadêmica: Drª Tânia Regina da Silva Furtado APRESENTAÇÃO A FGV é uma instituição privada sem fins lucrativos, fundada

Leia mais

MBA Gestão Integrada de Resíduos Sólidos

MBA Gestão Integrada de Resíduos Sólidos ESCOLA POLITÉCNICA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO LASSU - LABORATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE MBA Gestão Integrada de Resíduos Sólidos Por que fazer um MBA LASSU USP? Grande parte do mercado e da sociedade ainda

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com.

FACULDADE ANHANGUERA DE INDAIATUBA Rua Claudio Dal Canton, 89 - Cidade Nova II - Indaiatuba -SP - CEP 13334-390 (19) 3885-6700 www.portalpos.com. A pós-graduação é fundamental para manter-se bem colocado no mercado de trabalho e para aperfeiçoar competências profissionais. Além de enriquecer o currículo, este tipo de especialização ajuda a melhorar

Leia mais

Gestão Financeira Empresarial Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Gestão Financeira Empresarial Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

MBA EXECUTIVO EM FINANÇAS

MBA EXECUTIVO EM FINANÇAS MBA EXECUTIVO EM FINANÇAS Apresentação FIPECAFI A Faculdade FIPECAFI é mantida pela Fundação Instituto de Pesquisa Contábeis, Atuariais e Financeiras, criada em 1974. Seus projetos modificaram o cenário

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Financeira e Controladoria Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Financeira e Controladoria tem por objetivo o fornecimento

Leia mais

Carga horária Carga horária de 24 horas presenciais.

Carga horária Carga horária de 24 horas presenciais. 1 Características Sobre o curso O curso Avaliação de Empresas apresenta as mais eficientes ferramentas e técnicas de análise do valor das empresas, discutindo quais fatores influenciam a sua criação. São

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FINANÇAS

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FINANÇAS EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM FINANÇAS Disciplina: Economia 30 h/a Mercado e seu equilíbrio: teoria do consumidor e a curva de demanda; Teoria da produção, custos, e a curva de

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão da Produção Integrada e Logística

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão da Produção Integrada e Logística Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão da Produção Integrada e Logística Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão da Produção e Logística tem por objetivo fornecer

Leia mais

Operações Estruturadas sob o Conceito de Parceria Público Privado -PPP

Operações Estruturadas sob o Conceito de Parceria Público Privado -PPP Operações Estruturadas sob o Conceito de Parceria -PPP Premissas: Modelos apresentados são meramente exemplificativos; Não há comprometimento do BB na concessão de crédito ou prestação de garantia; Trata-se

Leia mais

Treinamento Intensivo: Strategic Sourcing, Negociação e Tributação em Compras

Treinamento Intensivo: Strategic Sourcing, Negociação e Tributação em Compras Treinamento Intensivo: Strategic Sourcing, Negociação e Data: 04 à 30 de Setembro -terças e quintas-feiras Horário: 19h às 22h15 Carga horária: 28 horas Local: São Paulo/ SP Procurement Business School

Leia mais

EXAME FORUM INFRAESTRUTURA

EXAME FORUM INFRAESTRUTURA EXAME FORUM INFRAESTRUTURA O MERCADO DE CAPITAIS E O FINANCIAMENTO DA INFRAESTRUTURA Carlos A. Rocca 24092014 CEMEC Centro de Estudos do IBMEC INDICE 1. Colocação do problema 2. A necessidade de um novo

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 006/2012 SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL

SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 006/2012 SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL SOLICITAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE Nº 006/2012 SELEÇÃO DE CONSULTOR INDIVIDUAL Contrato de Empréstimo IPEA/BID nº 1841/OC-BR Projeto: Dinâmica do Sistema Produtivo Brasileiro perspectivas

Leia mais

Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS Oscar Vilhena Vieira Diretor Paulo Clarindo Goldschmidt Vice-Diretor Administrativo

Leia mais

81º ENIC Encontro Nacional da Indústria da Construção. PAINEL Saneamento: Desafios para a Universalização

81º ENIC Encontro Nacional da Indústria da Construção. PAINEL Saneamento: Desafios para a Universalização 81º ENIC Encontro Nacional da Indústria da Construção PAINEL Saneamento: Desafios para a Universalização Rogério de Paula Tavares Superintendente Nacional de Saneamento e Infra-estrutura Rio de Janeiro,

Leia mais

Private Equity e Venture Capital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Private Equity e Venture Capital Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas

DESCRITIVO DE CURSO. MBA em Liderança e Gestão de Pessoas DESCRITIVO DE CURSO MBA em Liderança e Gestão de Pessoas 1. Posglobal Após a profunda transformação trazida pela globalização estamos agora em uma nova fase. As crises econômica, social e ambiental que

Leia mais

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio

CBA. Comércio Internacional PÚBLICO-ALVO COMPLEMENTAÇÃO ACADÊMICA MATERIAL DIDÁTICO. Internacional. Comércio CBA Comércio Internacional Comércio Internacional A intensidade das relações comerciais e produtivas das empresas no atual contexto econômico tem exigido das empresas um melhor entendimento da complexidade

Leia mais

Financiamento da infraestrutura nacional de transportes

Financiamento da infraestrutura nacional de transportes Financiamento da infraestrutura nacional de transportes Outubro de 2015 Estruturas tradicionais de Project Finance com recursos do BNDES Tradicionalmente, os recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE

1º SEMESTRE 2º SEMESTRE 1º SEMESTRE 7ECO003 ECONOMIA DE EMPRESAS I Organização econômica e problemas econômicos. Demanda, oferta e elasticidade. Teoria do consumidor. Teoria da produção e da firma, estruturas e regulamento de

Leia mais

A Experiência do BNDES na Estruturação de Projetos

A Experiência do BNDES na Estruturação de Projetos A Experiência do BNDES na Estruturação de Projetos 1 Roteiro 1. Importância da Estruturação de um Projeto Identificação do Projeto Elaboração dos Estudos Procedimento Licitatório Execução 2. Como selecionar

Leia mais

METODOLOGIA HSM Centrada nos participantes com professores com experiência executiva, materiais especialmente desenvolvidos e infraestrutura tecnológica privilegiada. O conteúdo exclusivo dos especialistas

Leia mais

O FINANCIAMENTO E AS GARANTIAS EM PROJETOS DE PPP

O FINANCIAMENTO E AS GARANTIAS EM PROJETOS DE PPP O FINANCIAMENTO E AS GARANTIAS EM PROJETOS DE PPP Outubro 2015 QUEM SOMOS E NOSSA EXPERIÊNCIA 9º maior escritório do Brasil Estamos entre os três melhores escritórios brasileiros na área de direito público,

Leia mais

Análise de Viabilidade de Empreendimentos Imobiliários

Análise de Viabilidade de Empreendimentos Imobiliários A LDUARTE ENGENHARIA, em parceria com a EXECUT Consultoria & Treinamentos, traz a Salvador e Aracaju o curso Análise de Viabilidade de Empreendimentos Imobiliários. O curso fundamenta-se na Engenharia

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão de Pessoas Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão de Pessoas tem por objetivo o fornecimento de instrumental que possibilite

Leia mais

Pós-graduação MBA em Administração e Marketing

Pós-graduação MBA em Administração e Marketing 1 Ascensão Acadêmica Pós-Graduação alavanca sucesso na carreira profissional Pesquisa coordenada pelo Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em 2010, indica que as pessoas que não

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DE NEGÓCIOS São Paulo Presença nacional, reconhecimento mundial. Conheça a Fundação Dom Cabral Uma das melhores escolas de negócios do mundo, pelo ranking de educação executiva

Leia mais

Programa de capacitação em planejamento de negócios para empresas de energia. Geração de energia elétrica

Programa de capacitação em planejamento de negócios para empresas de energia. Geração de energia elétrica Programa de capacitação em planejamento de negócios para empresas de energia Geração de energia elétrica Rio de Janeiro, 22 de fevereiro de 2010. Programa de Capacitação em Planejamento de Negócios de

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu PORTFÓLIO ESPECIALIZAÇÃO / MBA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Sumário ÁREA: CIÊNCIAS DA SAÚDE... 2 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO: PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO... 2 ÁREA: COMUNICAÇÃO E LETRAS...

Leia mais

GRADE DE DISCIPLINAS MBA em Gestão de Crédito

GRADE DE DISCIPLINAS MBA em Gestão de Crédito GRADE DE DISCIPLINAS MBA em Gestão de Crédito Disciplinas (*) Modalidade H/A (**) Núcleo Contabilidade Contabilidade Financeira Presencial 24 Contabilidade dos Investimentos em Participações Societárias

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em CONTROLADORIA DE MARKETING

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em CONTROLADORIA DE MARKETING Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em CONTROLADORIA DE MARKETING Inscrições Abertas: Início das aulas: 24/08/2015 Término das aulas: 14/08/2016 Dias e horários das aulas: Segunda-Feira 18h30

Leia mais

Assessoria Consultoria Treinamento F I N A N C E I R A - E M P R E S A R I A L

Assessoria Consultoria Treinamento F I N A N C E I R A - E M P R E S A R I A L Assessoria Consultoria Treinamento F I N A N C E I R A - E M P R E S A R I A L Quem somos Bem vindo à Nord. Formada por profissionais oriundos do mercado financeiro, com formações multidisciplinares e

Leia mais

PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EXECUTIVO EM SAÚDE COM ÊNFASE NA GESTÃO DE CLÍNICAS E HOSPITAIS

PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EXECUTIVO EM SAÚDE COM ÊNFASE NA GESTÃO DE CLÍNICAS E HOSPITAIS PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EXECUTIVO EM SAÚDE COM ÊNFASE NA GESTÃO DE CLÍNICAS E HOSPITAIS 2014 19010-080 -Presidente Prudente - SP 1. COORDENAÇÃO ACADÊMICA Prof.ª Adriana Maria André,

Leia mais

PPP em saneamento e outras alternativas para investimentos

PPP em saneamento e outras alternativas para investimentos 2015 PPP em saneamento e outras alternativas para investimentos Coordenador: Frederico Turolla Organização: Pezco Microanalysis Dias 21 e 22 de maio de 2015 Justificativa Os investimentos anuais em abastecimento

Leia mais

P.P.P. PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS O porque das Parcerias Público Privadas Impossibilidade de obtenção de recursos públicos A crise da economia

P.P.P. PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS O porque das Parcerias Público Privadas Impossibilidade de obtenção de recursos públicos A crise da economia P.P.P. PARCERIAS PÚBLICO PRIVADAS O porque das Parcerias Público Privadas Impossibilidade de obtenção de recursos públicos A crise da economia causada pelo endividamento público Limitação provocada pela

Leia mais

Varejo DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL DE AGRONEGÓCIOS MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Abril 2011. ESPM Unidade Porto Alegre

Varejo DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL DE AGRONEGÓCIOS MANUAL DO CANDIDATO. Ingresso Abril 2011. ESPM Unidade Porto Alegre Varejo DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL DE AGRONEGÓCIOS MANUAL DO CANDIDATO Ingresso Abril 2011 ESPM Unidade Porto Alegre Rua Guilherme Schell, 350 Santo Antônio Porto Alegre/RS. Informações: Central de Candidatos:

Leia mais

3º ENCONTRO ANUAL DA AACE

3º ENCONTRO ANUAL DA AACE 3º ENCONTRO ANUAL DA AACE 1 Empresas de Construção: Seleção de Projetos, Gestão e Controles para Atingir as Metas de Desempenho Patricia Atallah Gestão e Planejamento Estratégico são Cruciais para uma

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA em Gestão Empresarial Coordenação Acadêmica FGV : Professora Denize Dutra CÓDIGO NO SIGA : VIANNA0/TMBAGE*1225-14 1. ECONOMIA EMPRESARIAL Fundamentos

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA em Gestão Estratégica de Negócios Apresentação O programa de Pós-graduação Lato Sensu em Gestão Estratégica de Negócios tem por objetivo desenvolver a

Leia mais

Curso de Pós-Graduação lato Sensu em Matemática para Negócios. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP)

Curso de Pós-Graduação lato Sensu em Matemática para Negócios. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP) Curso de Pós-Graduação lato Sensu em Matemática para Negócios. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP) 1. Apresentação Com os avanços tecnológicos inseridos no mundo informatizado e virtual e a forma

Leia mais

FACULDADE TECSOMA DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL

FACULDADE TECSOMA DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL FACULDADE TECSOMA DEPARTAMENTO DE PÓS-GRADUAÇÃO E EXTENSÃO MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL 1. OBJETIVOS Proporcionar aos discentes conhecimentos teóricos e práticos acerca da gestão empresarial com intuito de

Leia mais

Gestão de Fornecedores

Gestão de Fornecedores Treinamento Presencial: Gestão de Fornecedores Data: 20 de Maio de 2015 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP Procurement Business School Quem somos: Procurement Business School é a mais completa

Leia mais

CBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

CBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS CBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS CBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS O CBA em Gestão de Negócios é um curso que proporciona aos participantes sólidos fundamentos em gestão e liderança. O programa tem o objetivo de formar

Leia mais

Características. Pré-requisito para participação no curso Formação superior

Características. Pré-requisito para participação no curso Formação superior 1 Características Sobre o curso Aborda o papel do mercado financeiro na dinâmica da economia nacional e internacional, tratando especificamente do mercado monetário e de capitais. Os processos econômicos

Leia mais

Financiamento em Project Finance Fabio Kono

Financiamento em Project Finance Fabio Kono Financiamento em Project Finance Fabio Kono Agenda 1. A Lakeshore Partners 2. Project Finance em Conceito 3. Perguntas & Respostas Agenda 1. A Lakeshore Partners 2. Project Finance em Conceito 3. Perguntas

Leia mais

MBA Gestão de Negócios e Pessoas

MBA Gestão de Negócios e Pessoas PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU Nome do Curso MBA Gestão de Negócios e Pessoas Área de Conhecimento Ciências Sociais Aplicadas Nome do Coordenador do Curso e Breve Currículo: Prof.

Leia mais

Turnaround de Empresas da reestruturação à recuperação judicial Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Turnaround de Empresas da reestruturação à recuperação judicial Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Porque Educação Executiva Insper

Porque Educação Executiva Insper 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO NOVAS LIDERANÇAS

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO NOVAS LIDERANÇAS Apresentação Atenta aos movimentos do mercado e ao cenário competitivo vivenciado pelas empresas e profissionais, a ADVB/RS atua na área de educação corporativa e oferece conhecimentos alinhado às principais

Leia mais

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016

EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 EMENTAS - MATRIZ CURRICULAR - 2016 901491 - EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO I Estudo da administração, suas áreas e funções, o trabalho do administrador e sua atuação; a evolução da teoria organizacional

Leia mais

MBA GOVERNANÇA CORPORATIVA (Parceria IBGC)

MBA GOVERNANÇA CORPORATIVA (Parceria IBGC) MBA GOVERNANÇA CORPORATIVA (Parceria IBGC) Apresentação FIPECAFI A Faculdade FIPECAFI é mantida pela Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras, criada em 1974. Seus projetos modificaram

Leia mais

MBA BPM - Business Process

MBA BPM - Business Process MBA BPM - Business Process Management BPM - Business Process Management O curso busca fundamentar o profissional na gestão de processos, provendo-lhe uma visão geral dos conceitos e princípios do que é

Leia mais

MBA GESTÃO TRIBUTÁRIA

MBA GESTÃO TRIBUTÁRIA MBA GESTÃO TRIBUTÁRIA Apresentação FIPECAFI A Faculdade FIPECAFI é mantida pela Fundação Instituto de Pesquisa Contábeis, Atuariais e Financeiras, criada em 1974. Seus projetos modificaram o cenário Contábil,

Leia mais

Treinamento Presencial: Gestão de Cadastros de Materiais e Serviços. Data: 26 de Novembro de 2014 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP

Treinamento Presencial: Gestão de Cadastros de Materiais e Serviços. Data: 26 de Novembro de 2014 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP Treinamento Presencial: Gestão de Cadastros de Materiais Data: 26 de Novembro de 2014 Carga horária: 8 horas Local: São Paulo/ SP Procurement Business School Quem somos: Procurement Business School é a

Leia mais

Perspectivas para o financiamento das PPPs

Perspectivas para o financiamento das PPPs Perspectivas para o financiamento das PPPs PPP Summit 2015 20 de maio de 2015 Frederico Estrella frederico@tendencias.com.br Histórico e perfil da Tendências 2 Histórico Fundada em 1996, a Tendências é

Leia mais

MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL. com ênfase em DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAS

MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL. com ênfase em DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAS PÓS - GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO MBA EM GESTÃO EMPRESARIAL com ênfase em DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAS SIGA: TMBAGE Av. Conselheiro Nébias, 159 Bairro Paquetá Santos SP - CEP 11015-001 -

Leia mais