Secretaria de Estado da Educação do Paraná

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Secretaria de Estado da Educação do Paraná"

Transcrição

1 Secretaria de Estado da Educação do Paraná ORIENTAÇÕES PARA A AVALIAÇÃO DO PROFESSOR PARTICIPANTE DO GTR TUTORIAL Curitiba 2011

2 2 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO AVALIAÇÃO Critérios de Análise das Interações nas Temáticas Critérios para a Análise Final das Interações REGISTRO DAS AÇÕES NO AMBIENTE GTR Acesso à ferramenta Fórum Acesso ao Diário dos Participantes Registro da Análise das Interações por Temática POSTAGEM DA SÍNTESE A SER REALIZADA PELO PROFESSOR TUTOR AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES NO GTR Formulário de Avaliação Professor Participante Considerações do Tutor Acompanhamento das Ações DICAS DE TUTORIA DIFICULDADES DO PROFESSOR TUTOR 18

3 3 APRESENTAÇÃO O Grupo de Trabalho em Rede - GTR é uma das atividades obrigatórias do PDE previstas no Plano Integrado de Formação Continuada do Programa, cujo objetivo é a socialização das produções do Professor PDE por intermédio da interação destes, com os demais professores da Rede Estadual de Ensino. Este material foi elaborado com a intenção de auxiliar o Professor PDE que atuará como Tutor no ambiente e-escola. Essa ação de tutoria envolverá o uso dos recursos disponíveis no ambiente, bem como encaminhamentos pedagógicos do seu GTR, para a avaliação do Professor Participante.

4 4 SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE POLÍTICAS E PROGRAMAS EDUCACIONAIS PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL - PDE ORIENTAÇÕES PARA A AVALIAÇÃO DO PROFESSOR PARTICIPANTE NO GTR Prezados(as) Professores(as) PDE 2010, Para o ano de 2011 o GTR estrutura-se em três Temáticas: Temática 1- Projeto; Temática 2Produção Didático-Pedagógica e Temática 3- Implementação do Projeto. Cada uma é composta por um texto para leitura e pela proposta de atividades utilizando as ferramentas Fórum e Diário. O período de duração de cada Temática é pré-estabelecido, porém, após a data de término, o Professor Tutor deve fechar somente o FÓRUM. Excepcionalmente, os Diários poderão ser postados e/ou atualizados mesmo após a data indicada para o término de cada Temática. Dessa forma, o Professor Participante a qualquer tempo corrigirá e/ou acrescentará informações postadas no Diário. Baseado nessa premissa, os DIÁRIOS permanecerão disponíveis para acesso do Participante até o final do curso. Lembramos ainda que, para esta versão do GTR, não haverá atividades de reposição (Refazer Percurso), logo, o acompanhamento durante o processo deverá ser rigoroso, exigindo atenção especial para as datas de início e término das Temáticas, conforme cronograma que segue em anexo. 1. AVALIAÇÃO Quanto à avaliação, nesta edição do GTR é importante apresentar algumas considerações relacionadas à atuação do Tutor, em complemento à orientação postada no Ambiente Virtual: O Professor Tutor é responsável pelo acompanhamento e registro das atividades do participante no GTR. A análise das interações está relacionada às postagens realizadas no Fórum e Diário. Para cada atividade realizada, será atribuído um percentual de aproveitamento de 15%. A análise final das interações será realizada pelo Professor Tutor ao longo de todo o GTR, e será atribuída ao participante um valor de no máximo 10%, a fim de complementar o percentual de aproveitamento em 100%.

5 5 1.1 Critérios de Análise das Interações nas Temáticas Acompanhamento das ações Nas Temáticas 1, 2 e 3 os critérios abaixo devem ser rigorosamente observados: realizou o Fórum e o Diário - 30% realizou somente o Fórum - 15% realizou somente Diário - 15% não realizou Fórum e Diário - 0% Atenção! O percentual da análise da interação atribuído pelo Professor Tutor em cada Temática (1, 2 e 3) será, impreterivelmente, 0%, 15% ou 30%. 1.2 Critérios para a Análise Final das Interações O Professor Tutor apresentará aos Participantes do GTR, feedbacks1 com base em análises qualitativas do conteúdo das postagens do Fórum e Diário, conforme o objetivo proposto para as respectivas atividades em cada Temática. Nesse sentido, a avaliação deve ocorrer: I. Durante cada Temática, por meio de acompanhamento e apreciação das principais contribuições do Participante nas postagens encaminhadas para o Fórum e Diário. Para tanto o Professor Tutor: a) realizará interações no Fórum, promovendo a discussão e troca de ideias sobre o tema específico proposto na atividade, fazendo interações significativas junto ao Professor Participante, além de responder todas as dúvidas apresentadas. b) orientará as atividades do Diário, ressaltando as contribuições mais significativas e, quando necessário, apresentará encaminhamentos para que o Participante tenha uma atuação mais efetiva e significativa nos trabalhos do Grupo, ou seja, o Professor Tutor lançará os Feedbacks dos Diários de forma a permitir que o Professor Participante possa aprofundar/melhorar/ acrescentar e verificar a qualidade de suas postagens, apresentando sempre reflexões pertinentes à proposta da referida Temática. II. Ao final de cada Temática, o Professor Tutor apresentará uma síntese, com base nas discussões do Fórum e o conteúdo da postagem no Diário. Para essa ação, o Professor Tutor utilizará a ferramenta Tarefa disponível no ambiente virtual no item Acompanhamento das Ações. III. Após concluídas todas as Temáticas, em Avaliação das atividades do GTR o Professor Tutor além de apresentar uma síntese com as considerações finais sobre a participação 1 Retorno de informação sobre o desempenho nas atividades desenvolvidas

6 6 do grupo no GTR, complementará o percentual de aproveitamento, atribuindo um valor máximo de 10%, considerando os critérios abaixo: a) Será atribuído o valor máximo de 10 % somente aos Participantes do GTR que cumprirem todas as Temáticas, ou seja, realizarem todos os Diários, bem como, interagirem com seus pares em todos os Fóruns, apresentando em ambas as atividades contribuições relevantes e significativas. Entende-se por relevantes e significativos, postagens com conteúdos que atendam aos objetivos da atividade e que estejam articuladas à prática pedagógica docente, ou seja, às experiências em sala de aula. b) Será atribuído o valor de 5 % aos Participantes que não realizaram 01 (uma) das atividades propostas (Fórum ou Diário) e/ ou não interagiram com os pares no Fórum ou enviarem mensagens cujo conteúdo se limita ao concordo ou discordo sem a devida justificativa. Do mesmo modo, o Participante que no Diário não atendeu ao objetivo estabelecido, na avaliação final, terá um percentual de 5% pela participação nas Temáticas do GTR. c) Será atribuído 0% aos Participantes que não realizaram duas ou mais atividades durante o GTR, sejam elas Fórum e Diário, Fórum e Fórum ou Diário e Diário. Atenção! O percentual atribuído na avaliação final deverá ser, impreterivelmente, 0%, 5% ou 10%. 2. REGISTRO DAS AÇÕES NO AMBIENTE GTR 2.1 Acesso à ferramenta Fórum O Fórum é um espaço de interação destinado a discussões coletivas sobre um determinado tema ou assunto. As três (03) temáticas propostas nesta edição do GTR contemplam atividades a serem realizadas utilizando a ferramenta Fórum. A Temática 3 propõe a realização de dois Fóruns, (diferente das Temáticas anteriores em que há um Fórum e um Diário), sendo: I. O primeiro ( Fórum 3) organizado no formato discussão simples com um único tópico (tema, assunto) proposto pelo Professor Tutor que atuará como mediador do processo; II. O segundo ( Fórum Vivenciando a prática) no qual cada Participante poderá abrir um novo tópico de discussão, atuando assim como moderador do debate. Por se tratar de uma atividade que oportuniza ao grupo a socialização de suas impressões promovendo a interação, discussão e troca de ideias sobre um tema específico por um tempo

7 7 determinado - o FÓRUM deve ser fechado após o período indicado. Para fechar o recurso Fórum é necessário localizar o item Ativar edição localizado no canto superior direito. Ver indicação na Figura 1. Figura 1- Ativar edição do GTR Após Ativar edição estará disponível o ícone olho, que ao ser clicado, fechará. Essa ação impedirá novas entradas dos Participantes no recurso em questão. Ver sequência indicada na Figura 2. (a) (b) Figura 2- (a) ícone para fechamento do recurso fórum ; (b) ícone sinalizando que o recurso encontra-se fechado, sem acesso para os participantes. Atenção! Após alterações feitas, clicar em desativar edição.

8 8 2.2 Acesso ao Diário dos Participantes O Diário é um espaço onde o cursista poderá apresentar suas reflexões, análises ou considerações sobre o tema proposto, manifestando para o Professor Tutor suas opiniões pessoais, favorecendo assim, um acompanhamento do mesmo de forma individualizada. O Professor Tutor deve lançar feedbacks individuais no Diário. Para realizar tal ação o Professor Tutor clicará sobre o recurso Diário, conforme indicação da Figura 3. Figura 3- Estrutura das Temáticas: acesso a ferramenta Diário. Uma página será aberta com espaço para a edição da proposta da atividade (Atualizar Diário), porém para acessar o Diário dos Participantes clique em Ver todas as anotações no Diário. Veja figura 4. Figura 4- Acesso ao Diário dos Participantes

9 9 Após clicar em Ver todas as anotações do Diário, o Professor Tutor será efetivamente direcionado para a Página de Feedback, conforme indicação da Figura 5.. Figura 5- Registro do Feedback do Participante. A atenção do Professor Tutor neste momento é importante, pois embora seja feito um comentário (feedback) no Diário nenhuma nota será atribuída. Atenção! Ao finalizar, salve a ação em: Gravar todos os meus comentários de feedback, localizada ao final da página. 2.3 Registro da Análise das Interações por Temática Acompanhamento das ações O Professor Tutor registrará as ações realizadas pelo Professor Participante após clicar em Temática 1. Figura 6- Estrutura das Temáticas: destaque item Acompanhamento das ações

10 10 Em seguida o Professor Tutor será direcionado para a página de feedback para iniciar o registro da análise das interações. Clique no espaço indicado, localizado no canto superior direito da página, onde está escrito Ver tarefas enviadas. Veja Figura 7. Figura 7- Acesso ao espaço para registro das ações realizadas pelo Participante. Na sequência, abrirá uma página com a relação de todos os Participantes inscritos no GTR, espaço para comentário, indicação da última atualização do estudante e do tutor, além da coluna status e média final. O item STATUS (local da nota) é o que merece maior atenção, pois, é nesse espaço que o Professor Tutor deverá clicar para lançar os dados sobre o aproveitamento da referida Temática, conforme indicado na Figura 8. Figura 8- Acesso ao espaço para registro das ações realizadas pelo Participante.

11 11 Ao clicar no item Nota da coluna STATUS, abrirá uma janela popup, com um espaço onde o Professor Tutor utilizará para registrar a realização ou não conclusão das atividades previstas na referida temática. Veja a Figura 9. Neste espaço o Professor Tutor deverá selecionar somente: 30/30 ou 15/30 ou 0/30. Figura 9- Tela para registro do aproveitamento. Atenção! As notas devem ser selecionadas (Figura 9) conforme a realização das atividades: Fórum e o Diário 30%; somente o Fórum -- 15%; somente o Diário 15% e não realizou Fórum e Diário 0% Após atribuir a nota referente à análise da interação de cada Professor Participante em cada Temática, o Professor Tutor verá novamente a relação dos inscritos no seu GTR, com os campos, nota, comentário, última atualização do estudante, última atualização tutor, bem como a média final por temática preenchidos automaticamente. Veja a Figura 10, com a relação e campos preenchidos após o lançamento das pontuações de todos os participantes.

12 12 Figura 10- Relação completa do registro do aproveitamento Vale lembrar que o Professor Tutor poderá atualizar as anotações individuais a qualquer tempo durante o GTR, considerando que o Diário permanecerá aberto até o final. 3. POSTAGEM DA SÍNTESE A SER REALIZADA PELO PROFESSOR TUTOR AO FINAL DE CADA TEMÁTICA: Ao final de cada Temática, o Professor Tutor deverá apresentará uma síntese geral sobre as contribuições do grupo. Para realizar tal ação, o Professor Tutor irá até o item Acompanhamento das Ações e clicará em Temática para que seja direcionado para a página de feedback. Em seguida, clicará no canto superior direito da página, em Atualizar Tarefa. Veja Figura 11. Figura 11. Acesso ao envio do Recurso Síntese.

13 13 Ao clicar no item indicado o Professor Tutor será direcionado para uma página onde postará sua síntese geral referente a temática em questão. Veja figura 12. Figura 12. Campo indicado para a postagem da Síntese por temática. Lembramos que tal produção deve ser elaborada com base nas discussões realizadas pelo grupo no Fórum e o conteúdo das postagens no Diário. Lembre-se de salvar as informações no final. 4. AVALIAÇÃO DAS ATIVIDADES NO GTR Ao final das 03 (três) temáticas do GTR há um espaço identificado como Avaliação das Atividades do GTR - Figura 13. Este espaço contém recursos a serem utilizados pelo Professor Tutor (Considerações do Tutor e Acompanhamento das Ações) bem como formulário a ser preenchido pelo Participante inscrito no respectivo GTR (Atividades questionário online).

14 14 Figura 13. Espaço Avaliação das atividades no GTR Abaixo serão descritos cada um dos itens presentes neste espaço de Avaliação. 4.1 Atividades Avaliando o GTR (questionário online) Formulário de Avaliação Professor Participante Após realizar todas as Temáticas, o Professor Participante realizará a avaliação do GTR (questionário online) que contempla uma análise das ações desenvolvidas, das interações Professor Tutor/Professor Participante e Professor Participante/Professor Participante. Esta fase é de extrema importância, pois assim poderemos aprimorar a qualidade das próximas edições. Para tanto, o Professor Participante avalia o seu próprio desempenho no GTR, o Ambiente Virtual de Aprendizagem e-escola e o desempenho do Professor Tutor, de modo a possibilitar novos encaminhamentos no processo. Veja Figura 14.

15 15 Figura 14. Formulário de Avaliação Professor Participante. Atenção! O Formulário de Avaliação (Questionário online) deverá ser preenchido apenas pelo Professor PARTICIPANTE. 4.2 Considerações do Tutor Síntese Geral do Professor PDE Ao clicar neste item o Professor Tutor, será direcionado para a página de acesso ao local onde deverá postar sua síntese final que trata-se de uma analise geral do GTR contendo informações resumidas sobre as contribuições do grupo no processo. Para acessar o local onde postará sua síntese o Professor Tutor clicará em Atualizar Recurso, localizado no canto superior direito conforme indicado na Figura 15. Figura 15. Página de acesso ao campo para envio da Síntese Final a ser elaborada pelo Professor Tutor.

16 16 Na sequência uma nova janela será aberta com o campo Texto completo. Será neste espaço que o professor deverá postar sua Síntese Final. Figura 16. Campo Texto Completo: postagem da Síntese Final. 4.3 Acompanhamento das Ações Análise final das interações Ao clicar no link Análise Final das Interações o Professor Tutor será direcionado para a página de acesso ao registro do percentual complementar (0%, 5% ou 10%). Para realizar tal ação o Professor Tutor deve clicar em Ver tarefas enviadas conforme indicação da Figura 17. Figura 17. Acesso ao Registro do percentual complementar.

17 17 Ao clicar em Ver tarefas enviadas, o Tutor será direcionado para uma página onde aparecerá: a relação dos inscritos em seu GTR, espaço para comentário, indicação da última atualização do estudante e do tutor, além da coluna status e média final. O item Status (local da nota) é o que merece maior atenção, pois, é nesse espaço que o Professor Tutor deverá clicar para lançar os dados sobre a análise final das interações, aproveitamento complementar (percentual de 0%, 5% ou 10%) conforme indicado na Figura 18. Figura 18. Acesso ao espaço para registro percentual complementar. O Professor Tutor atribuirá um percentual de 0%, 5% ou 10 % conforme critérios anteriormente descritos nesta orientação, no item 1.2 (Critérios para a Análise Qualitativa). Figura 19. Tela para registro da análise qualitativa. Lembre-se! Para ser considerado concluinte do GTR, o Professor Participante deverá obter um percentual mínimo de 75% na avaliação final, considerando os critérios já descritos no item 1. Avaliação: Análise das interações 90% Análise final das interações - 10%

18 18 5. DICAS DE TUTORIA Para obter resultados satisfatórios em seu trabalho, é fundamental entender que interagir não é apenas uma questão de linguagem, escolha de palavras, ordem e ortografia, embora esses sejam questões primordiais. O Professor Tutor em suas interações deve utilizar estratégias linguísticas, pedagógicas e interacionais, e também fornecer feedbacks adequados, de forma consistente e fundamentados. Os cuidados com a netiqueta2 na web, correção textual e uma especial atenção à objetividade e clareza nos textos postados, serão cuidados básicos e necessários em sua rotina enquanto Professor Tutor do GTR. Analisar a coerência textual nas comunicações a serem encaminhadas aos Professores Participantes, verificando se o texto segue uma ordem lógica, se as idéias estão claras, evitando expressões rebuscadas, com palavras fora de uso corrente, exceto termos que devam ser conhecidos pelos participantes dentro de sua área de conhecimento, também são importantes. O feedback é a principal forma de manter o participante motivado, envolvido e conectado ao curso e, também, de o conduzir a questionamentos e reflexões mais profundas acerca dos tópicos abordados. Um atenção especial deve ser dada ao fator ritmo e constância, pois ambos são utilizados nas interações e afetam diretamente no redimento do participante. Respostas instantâneas (mesmo dia) ajudam a manter uma conversa, mas pode fazer o destinatário se sentir pressionado a também responder rapidamente. Respostas ritmadas (dentro de alguns dias) ajuda a quem postou se sentir respondido, e ainda o permite ter tempo para refletir antes de postar sua réplica. Falta de resposta pode fazer o emissor se sentir ignorado, depreciado ou negligenciado. Vale destacar que o ritmo e a constância deverão ser determinados de acordo com a atividade e o cronograma. Por exemplo: um pedindo ajuda para postar atividades em cima do prazo não pode esperar 2 dias para obter resposta. 6. DIFICULDADES DO PROFESSOR TUTOR Problemas de acesso ao ambiente (e-escola) - Entrar em contato com o ; Suporte tecnológico - Entrar em contato com a Coordenação Regional de Tecnologias na Educação (CRTE) do seu NRE; Suporte pedagógico - Entre em contato com o representante PDE no seu NRE; Outras dúvidas (pedagógico) - Entrar em contato via com Bom Trabalho! 2 Recomendações que tem como objetivo facilitar a comunicação em ambientes virtuais através dos recursos da web.

19 19 Colaboradores Eliziane Coração Gilian Cristina Barros Lucimara de Souza Monteiro Paula Rodakiewski Ricardo Hasper Welington Tavares dos Santos Secretaria de Estado da Educação do Paraná Av. Água Verde, Vila Isabel - CEP Curitiba - Paraná Telefone: (41)

LISTA ICONOGRÁFICA - (Lista de ícones do Ambiente Virtual)

LISTA ICONOGRÁFICA - (Lista de ícones do Ambiente Virtual) 1 SUMÁRIO Funcionamento dos Cursos... 04 Geração de Login e Senha... 05 Guia de Percurso... 07 Manual Acadêmico... 09 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 11 Edição do Perfil... 13 Ambiente Colaborar e

Leia mais

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3

CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 CONHECENDO O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Moodle - Learning Management System Versão 1.3 Este tutorial não tem como finalidade esgotar todas as funcionalidades do Ambiente, ele aborda de forma prática

Leia mais

MANUAL DO ALUNO COSEMS - MG. www.cosemsmg-ead.org.br

MANUAL DO ALUNO COSEMS - MG. www.cosemsmg-ead.org.br MANUAL DO ALUNO COSEMS - MG 1 ÍNDICE 03 APRESENTAÇÃO. Dicas para estudar a distância. Funções do professor e do tutor 04 CADASTRO NO CURSO 05 ACESSO AO CURSO 07 FERRAMENTAS DE ESTUDO. Conteúdo: aulas virtuais.

Leia mais

Ambiente de Aprendizagem Moodle FPD Manual do Aluno

Ambiente de Aprendizagem Moodle FPD Manual do Aluno Ambiente de Aprendizagem Moodle FPD Manual do Aluno Maio 2008 Conteúdo 1 Primeiros passos...4 1.1 Tornando-se um usuário...4 1.2 Acessando o ambiente Moodle...4 1.3 O ambiente Moodle...4 1.4 Cadastrando-se

Leia mais

MANUAL DO ALUNO MOODLE

MANUAL DO ALUNO MOODLE MANUAL DO ALUNO MOODLE 1. Primeiros passos 1.1. Tornando-se um usuário No ambiente Moodle alunos e tutores são usuários do sistema. Assim, o primeiro passo, para todos, é tornar-se usuário. Este manual

Leia mais

TUTORIAL DO ALUNO. Olá, bem vindo à plataforma de cursos a distância da Uniapae!!!

TUTORIAL DO ALUNO. Olá, bem vindo à plataforma de cursos a distância da Uniapae!!! TUTORIAL DO ALUNO Olá, bem vindo à plataforma de cursos a distância da Uniapae!!! O Moodle é a plataforma de ensino a distância utilizada pela Uniapae sendo a unidade de ensino para rápida capacitação

Leia mais

Manual do Aluno. NetAula. Manual produzido pela Coordenadoria de Capacitação e Formação Continuada 1

Manual do Aluno. NetAula. Manual produzido pela Coordenadoria de Capacitação e Formação Continuada 1 Manual do Aluno NetAula Manual produzido pela Coordenadoria de Capacitação e Formação Continuada 1 Manual do Aluno NetAula Caro aluno da EAD da ULBRA Para você ter acesso às salas das disciplinas ofertadas

Leia mais

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS

FUNCIONAMENTO DOS CURSOS 1 SUMÁRIO Funcionamento dos Cursos... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 07 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 09 Edição do Perfil... 12 Acessando as Atividades... 14 Iniciando o Semestre...

Leia mais

Curso de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. Manual do Aluno

Curso de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido. Manual do Aluno Curso de Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido Manual do Aluno Março 2009 Mensagem de boas-vindas! Caro cursista! Seja bem-vindo ao curso de Formação de Tutores.

Leia mais

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0

Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Manual Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle-ESPMG 2.0 Adriano Lima Belo Horizonte 2011 SUMÁRIO Apresentação... 3 Acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA ESP-MG... 3 Programação do curso no AVA-ESPMG

Leia mais

MANUAL DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM - NETAULA CURSOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PERFIL ALUNO

MANUAL DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM - NETAULA CURSOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PERFIL ALUNO MANUAL DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM - NETAULA CURSOS DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA PERFIL ALUNO MANUAL NETAULA PERFIL ALUNO Caro aluno da EAD da ULBRA Para você ter acesso às salas das disciplinas ofertadas

Leia mais

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido

INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA. Guia rápido INTRODUÇÃO AO AMBIENTE MOODLE DA UFPA Guia rápido A PLATAFORMA MOODLE Moodle (Modular Object Oriented Distance LEarning) é um Sistema para Gerenciamento de Cursos (SGC). Trata-se de um programa para computador

Leia mais

PASSO-A-PASSO PARA USUÁRIO DO MOODLE

PASSO-A-PASSO PARA USUÁRIO DO MOODLE PASSO-A-PASSO PARA USUÁRIO DO MOODLE Tornando-se um usuário No ambiente Moodle alunos e tutores são usuários do sistema. Assim, o primeiro passo, para todos, é tornar-se usuário. Este manual é dirigido

Leia mais

PVANET: PRINCIPAIS FERRAMENTAS E UTILIZAÇÃO DIDÁTICA

PVANET: PRINCIPAIS FERRAMENTAS E UTILIZAÇÃO DIDÁTICA 11 PVANET: PRINCIPAIS FERRAMENTAS E UTILIZAÇÃO DIDÁTICA O PVANet é o ambiente virtual de aprendizagem (AVA) de uso exclusivo da UFV. Os AVAs apresentam diferenças de layout, forma de acesso, funcionamento,

Leia mais

1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução

1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução 1. Introdução ao Campus Virtual 1.1. Introdução Este tutorial tem a finalidade de guiar o aluno, dando orientações necessárias para o acesso, navegação e utilização das ferramentas principais. Um ambiente

Leia mais

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem...

O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... O Funcionamento dos Cursos... 02 Geração de Login e Senha... 03 Guia de Percurso... 05 Manual Acadêmico... 06 Ambiente Virtual de Aprendizagem... 08 Edição do Perfil... 10 Ambiente Colaborar... 11 Iniciando

Leia mais

MANUAL DO ALUNO EAD 1

MANUAL DO ALUNO EAD 1 MANUAL DO ALUNO EAD 1 2 1. CADASTRAMENTO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Após navegar até o PORTAL DA SOLDASOFT (www.soldasoft.com.br), vá até o AMBIENTE DE APRENDIZAGEM (www.soldasoft.com.br/cursos).

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE 2.6 PERFIL ALUNO Versão 1.0 2014 NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NTIC MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO MOODLE

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 3. 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4. 2. Ferramentas e Configurações... 5. 2.1 Ver Perfil... 5. 2.2 Modificar Perfil...

Sumário INTRODUÇÃO... 3. 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4. 2. Ferramentas e Configurações... 5. 2.1 Ver Perfil... 5. 2.2 Modificar Perfil... Sumário INTRODUÇÃO... 3 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4 2. Ferramentas e Configurações... 5 2.1 Ver Perfil... 5 2.2 Modificar Perfil... 6 2.3 Alterar Senha... 11 2.4 Mensagens... 11 2.4.1 Mandando

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 4LEARN

MANUAL DO ALUNO 4LEARN MANUAL DO ALUNO 4LEARN Elaborado : Profª Yara Cristina C. Rocha Miranda Email: ead@fatecguaratingueta.edu.br 1 Instruções de acesso ao 4Learn para o Aluno 1. Acessando o Ambiente 2. Verificando Slides

Leia mais

GUIA PRA TICO DO ALUNO

GUIA PRA TICO DO ALUNO GUIA PRA TICO DO ALUNO Sistema de Avaliação, Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA e Portal ÚNICO Guia prático e de conhecimento do Sistema de Avaliação, utilização das ferramentas tecnológicas Ambiente

Leia mais

ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR)

ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR) ÁREA DO PROFESSOR (TUTOR) 2- FÓRUM O fórum serve para avaliar os alunos através da participação na discussão sobre um ou mais assuntos, inserção de textos ou arquivos. Os fóruns de discussão compõem uma

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Tutorial Básico. UEM - Núcleo de Educação a Distância 1

Ambiente Virtual de Aprendizagem. Tutorial Básico. UEM - Núcleo de Educação a Distância 1 Ambiente Virtual de Aprendizagem Tutorial Básico UEM - Núcleo de Educação a Distância 1 Ambiente Virtual de Aprendizagem Tutorial Básico - Tópicos ACESSANDO O AMBIENTE VIRTUAL (AVA) MATERIAL DE APOIO FÓRUM

Leia mais

Manual do Usuário 2013

Manual do Usuário 2013 Manual do Usuário 2013 MANUAL DO USUÁRIO 2013 Introdução Um ambiente virtual de aprendizagem é um programa para computador que permite que a sala de aula migre para a Internet. Simula muitos dos recursos

Leia mais

MANUAL DO ALUNO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM

MANUAL DO ALUNO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MANUAL DO ALUNO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Março, 2011 Prezado aluno Sempre preocupada em oferecer o melhor na formação de novos profissionais, a FADEP disponibiliza, a partir deste primeiro semestre

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Guia de Estudos Metodologias Jovem de Futuro Precisamos reinventar a forma de ensinar e aprender, presencial e virtualmente, diante de tantas mudanças na sociedade e no mundo do trabalho. Os modelos tradicionais

Leia mais

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS

SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS SUMÁRIO 1. ACESSO À PÁGINA DO AMBIENTE VIRTUAL 2. CONTATANDO O SUPORTE 3. ATUALIZAR PERFIL 4. COMO ACESSAR AS DISCIPLINAS 5. PARTICIPANTES DA DISCIPLINA 6. ENVIAR MENSAGENS 7. PARTICIPAÇÃO NO FÓRUM 8.

Leia mais

Programa EAD-EJEF. Manual do Estudante

Programa EAD-EJEF. Manual do Estudante Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais - TJMG Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes - EJEF Programa de Educação a Distância do TJMG EAD-EJEF Programa EAD-EJEF Manual do Estudante Versão

Leia mais

GUIA BÁSICO DA SALA VIRTUAL

GUIA BÁSICO DA SALA VIRTUAL Ambiente Virtual de Aprendizagem - MOODLE GUIA BÁSICO DA SALA VIRTUAL http://salavirtual.faculdadesaoluiz.edu.br SUMÁRIO 1. Acessando Turmas 4 2. Inserindo Material 4 3. Enviando Mensagem aos Alunos 6

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

FERRAMENTAS DE AVALIAÇÃO PARA AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM

FERRAMENTAS DE AVALIAÇÃO PARA AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM FERRAMENTAS DE AVALIAÇÃO PARA AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM Ronei Ximenes Martins (Trabalho apresentado no II Colóquio Regional EAD Edição Internacional Outubro/2010 Juiz de Fora/MG) Introdução Um

Leia mais

Guia de Acesso Rápido AVA Ambiente Virtual de Aprendizagem Aluno

Guia de Acesso Rápido AVA Ambiente Virtual de Aprendizagem Aluno Guia de Acesso Rápido AVA Ambiente Virtual de Aprendizagem Aluno Introdução O Ambiente de Aprendizagem, ou AVA, é um aplicativo web onde os educadores e alunos podem disponibilizar materiais didáticos,

Leia mais

Guia de Ambientação Março/2011

Guia de Ambientação Março/2011 Guia de Ambientação Março/2011 APRESENTAÇÃO Caro cursista, Bem vindo ao Guia de Ambientação. Este documento é dirigido a você, participante. Com ele, você conhecerá como está estruturada a interface de

Leia mais

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD

COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA - EaD TUTORIAL MOODLE VERSÃO ALUNO Machado/MG 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 4 2. EDITANDO O PERFIL... 5 2.1 Como editar o perfil?... 5 2.2 Como mudar a senha?... 5 2.3

Leia mais

Tutorial 7 Fóruns no Moodle

Tutorial 7 Fóruns no Moodle Tutorial 7 Fóruns no Moodle O Fórum é uma atividade do Moodle que permite uma comunicação assíncrona entre os participantes de uma comunidade virtual. A comunicação assíncrona estabelecida em fóruns acontece

Leia mais

TUTORIAL PLATAFORMA DOS CURSOS CRIANÇA SEGURA PRIMEIRO ACESSO

TUTORIAL PLATAFORMA DOS CURSOS CRIANÇA SEGURA PRIMEIRO ACESSO TUTORIAL PLATAFORMA DOS CURSOS CRIANÇA SEGURA PRIMEIRO ACESSO São Paulo/2014 APRESENTAÇÃO Olá, Cursista! Seja bem vindo ao nosso curso! Para garantir que você tenha o melhor aproveitamento, elaboramos

Leia mais

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO

MANUAL DE MEMBRO COMUNIDADE DO AMIGO SUMÁRIO Efetuando o Login na comunidade... 3 Esqueceu sua senha?... 3 Página Principal... 4 Detalhando o item Configurações... 5 Alterar Foto... 5 Alterar Senha... 5 Dados Pessoais... 6 Configurações de

Leia mais

Plataforma NetAula. Ambiente Aluno. Prof. Alexandre Moroni

Plataforma NetAula. Ambiente Aluno. Prof. Alexandre Moroni Plataforma NetAula Ambiente Aluno Prof. Alexandre Moroni Acessando o site do CEULJI http://www.ulbrajp.edu.br/site/ Acessando o Autoatendimento Entrar com Login e Senha - ENTER Acessando NETAULA Plataforma

Leia mais

MANUAL DO ALUNO PARA NAVEGAR NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM - AVA

MANUAL DO ALUNO PARA NAVEGAR NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM - AVA MANUAL DO ALUNO PARA NAVEGAR NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM - AVA MANUAL DO ALUNO PARA ACESSO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM Conteúdo Tela de acesso... 4 Dados de Cadastro... 5 Dados cadastrais...

Leia mais

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem

Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Sistema de Gestão de Recursos de Aprendizagem Ambiente Virtual de Aprendizagem (Moodle) - - Atualizado em 29/07/20 ÍNDICE DE FIGURAS Figura Página de acesso ao SIGRA... 7 Figura 2 Portal de Cursos... 8

Leia mais

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RELATÓRIO DE SUPERVISÃO PRÁTICA PROVAB 2014

PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RELATÓRIO DE SUPERVISÃO PRÁTICA PROVAB 2014 PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O SUPERVISOR RELATÓRIO DE SUPERVISÃO PRÁTICA PROVAB 2014 Brasília/DF, 6 de outubro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO RELATÓRIO DE SUPERVISÃO

Leia mais

Manual UNICURITIBA VIRTUAL para Professores

Manual UNICURITIBA VIRTUAL para Professores Manual UNICURITIBA VIRTUAL para Professores 1 2 2015 Sumário 1 Texto introdutório... 3 2 Como Acessar o UNICURITIBA VIRTUAL... 3 3 Tela inicial após login... 3 3.1) Foto do perfil... 4 3.2) Campo de busca...

Leia mais

FORMAÇÃO SÓLIDA E BENEFÍCIOS PARA VOCÊ

FORMAÇÃO SÓLIDA E BENEFÍCIOS PARA VOCÊ A FUNCEX E O ENSINO A DISTÂNCIA Milhões de pessoas aderiram ao Ensino a Distância no Brasil, e a Funcex, acompanhando esta tendência, desenvolveu sua plataforma de ensino para disponibilizar os treinamentos

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO

CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CURSOS A DISTÂNCIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO TUTORIAL PARA TUTORES PLATAFORMA MOODLE OURO PRETO 2014 1 SUMÁRIO 1. PRIMEIRO ACESSO À PLATAFORMA... 03 2. PLATAFORMA DO CURSO... 07 2.1 Barra de Navegação...

Leia mais

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual

Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Dicas básicas para disciplinas/atividades na modalidade de educação a distância Mediação Digital Virtual Escritório de Gestão de Projetos em EAD Unisinos http://www.unisinos.br/ead 2 A partir de agora,

Leia mais

Alfabetização Digital

Alfabetização Digital Ferramentas de interação e sua utilização pedagógica nos Ambientes Virtuais de Aprendizagem evidenciando o papel do professor e do estudante Prof. Ana Carolina de Oliveira Salgueiro de Moura Prof. Antônio

Leia mais

mbiente Virtua de Aprendizagem

mbiente Virtua de Aprendizagem mbiente Virtua de Aprendizagem Apresentação Este é o Ambiente Virtual de Aprendizagem - o AVA da Unisuam Online. É nosso desejo que a UNISUAM lhe proporcione uma qualificação acadêmica condizente com suas

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011

Guia de Acesso à Formação Online Formando 2011 Plano [1] Guia de Acesso à Formação Online 2011 [2] ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Metodologia Formativa...4 3. Actividades...4 4. Apoio e Acompanhamento do Curso...5 5. Avaliação...6 6. Apresentação

Leia mais

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como:

Manual do Aluno. O Moodle é um sistema que gerencia ambientes educacionais de aprendizagem que podem ser denominados como: Manual do Aluno É com muita satisfação que apresentamos o Reunir Unopar. Ambiente Virtual de Aprendizagem Colaborativa que tem por objetivo principal ser um espaço colaborativo de construção do conhecimento

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle

Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle No INSEP, o ambiente virtual de aprendizagem oferecido ao acadêmico é o MOODLE. A utilização dessa ferramenta é fundamental para o sucesso das atividades em EAD,

Leia mais

Educação a Distância Definições

Educação a Distância Definições Educação a Distância Definições Educação a distância é o processo de ensino-aprendizagem, mediado por tecnologias, onde professores e alunos estão separados espacial e/ou temporalmente; Visa a interação

Leia mais

Tema 3 Ferramentas e Funcionalidades do Moodle

Tema 3 Ferramentas e Funcionalidades do Moodle Tema 3 Ferramentas e Funcionalidades do Moodle O Moodle dispõe de uma variedade de ferramentas que podem aumentar a eficácia de um curso online. É possível facilmente compartilhar materiais de estudo,

Leia mais

XXIV SEMANA MATEMÁTICA

XXIV SEMANA MATEMÁTICA XXIV SEMANA ACADÊMICA DA MATEMÁTICA Minicurso: Criação e Desenvolvimento de Cursos Online via Moodle Projeto de Extensão: Uma Articulação entre a Matemática e a Informática como Instrumento para a Cidadania

Leia mais

Nova Central de Atendimento Logicorp

Nova Central de Atendimento Logicorp 1. INICIAR O NAVEGADOR DE INTERNET Acessar a página da Logicorp no link: http://www.logicorp.net.br/index.html 2. ACESSANDO A ÁREA DE ATENDIMENTO DO NOSSO SITE Na parte superior clique em Atendimento.

Leia mais

Moodle - Tutorial para Professores

Moodle - Tutorial para Professores Moodle - Tutorial para Professores por Prof. Maurício Lima 1 agosto de 2010 Objetivo Este documento apresenta aos professores da Faculdade Novos Horizontes os primeiros passos na utilização do pacote Moodle.

Leia mais

DECRETO 3133-R DE 19 DE OUTUBRO DE 2012

DECRETO 3133-R DE 19 DE OUTUBRO DE 2012 DECRETO 3133-R DE 19 DE OUTUBRO DE 2012 Olá! Sejam bem vindos ao curso Como realizar a Avaliação de Desempenho Individual via Portal do Servidor. A partir deste ano, o preenchimento do FADI será efetuado

Leia mais

Universidade Anhanguera Uniderp Centro de Educação a Distância

Universidade Anhanguera Uniderp Centro de Educação a Distância Universidade Anhanguera Uniderp Centro de Educação a Distância CURSOS DE GRADUAÇÃO MODALIDADE A DISTÂNCIA 2º semestre letivo / 2012 Sumário 1. Objetivo... 04 2. O Ambiente Virtual de Aprendizagem... 04

Leia mais

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br

MANUAL DO ALUNO. Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA. http://www.fgf.edu.br MANUAL DO ALUNO Ambiente Virtual TelEduc FACULDADE INTEGRADA DA GRANDE FORTALEZA http://www.fgf.edu.br Sala Virtual TelEduc O TelEduc é um ambiente virtual desenvolvido Unicamp para apoiar professores

Leia mais

Moodle - CEAD Manual do Estudante

Moodle - CEAD Manual do Estudante Moodle - CEAD Manual do Estudante Índice Introdução 3 Acessando o Ambiente 4 Acessando o Curso 5 Navegando no Ambiente do Curso 5 Box Participantes 5 Box Atividades 5 Box Buscar nos Fóruns 5 Box Administração

Leia mais

MANUAL DO CURSO: Introdução a Projetos

MANUAL DO CURSO: Introdução a Projetos MANUAL DO CURSO: Introdução a Projetos Este manual foi desenvolvido para orientá-lo(a) no curso on-line Introdução a Projetos. Aqui você encontrará informações, procedimentos e dicas de como se preparar

Leia mais

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula :

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula : Como Criar uma Aula? Para criar uma sugestão de aula é necessário que você já tenha se cadastrado no Portal do Professor. Para se cadastrar clique em Inscreva-se, localizado na primeira página do Portal.

Leia mais

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem

UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem UNIDADE II Conhecendo o Ambiente Virtual de Aprendizagem 2.1 Introdução Caro Pós-Graduando, Nesta unidade, abordaremos o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) que será utilizado no curso: o Moodle. Serão

Leia mais

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD

Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Manual para acesso às disciplinas na modalidade EAD Para acessar sua senha: 1. Entrar no portal Metodista online Acesse o site www.bennett.br. No lado superior direito aparecerá a janela da área de login,

Leia mais

TUTORIAL PARA O MÉDICO PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014

TUTORIAL PARA O MÉDICO PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014 PROGRAMA DE VALORIZAÇÃO DO PROFISSIONAL DA ATENÇÃO BÁSICA TUTORIAL PARA O MÉDICO PROJETO DE INTERVENÇÃO PROVAB 2014 Brasília/DF, 17 de setembro de 2014. 1 APRESENTAÇÃO Senhor (a) Médico (a) participante

Leia mais

Curso de atualização Educação Integral e Integrada. Tutorial Moodle. Belo Horizonte, 2013.

Curso de atualização Educação Integral e Integrada. Tutorial Moodle. Belo Horizonte, 2013. Curso de atualização Educação Integral e Integrada Tutorial Moodle Belo Horizonte, 2013. 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ACESSANDO O AMBIENTE... 4 3. CONHECENDO O AMBIENTE... 5 3.1. CAIXAS DE UTILIDADES... 5 4.

Leia mais

GUIA PRA TICO DO ALUNO DA PO S GRADUAÇA O PRESENCIAL

GUIA PRA TICO DO ALUNO DA PO S GRADUAÇA O PRESENCIAL GUIA PRA TICO DO ALUNO DA PO S GRADUAÇA O PRESENCIAL Processos Acadêmicos, Portal ÚNICO e Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA Guia prático sobre os procedimentos acadêmicos, utilização das ferramentas

Leia mais

MANUAL DA SECRETARIA

MANUAL DA SECRETARIA MANUAL DA SECRETARIA Conteúdo Tela de acesso... 2 Liberação de acesso ao sistema... 3 Funcionários... 3 Secretaria... 5 Tutores... 7 Autores... 8 Configuração dos cursos da Instituição de Ensino... 9 Novo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM AMBIENTES DIGITAIS NEAD

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM AMBIENTES DIGITAIS NEAD 0 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM AMBIENTES DIGITAIS NEAD ORIENTAÇÕES SOBRE USO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM (MOODLE) PARA DISPONIBILIZAÇÃO

Leia mais

TUTORIAL PARA ESTUDANTES INTRODUÇÃO A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE DIRETRIZES DE OFERTA DAS DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAIS PARA 2013.

TUTORIAL PARA ESTUDANTES INTRODUÇÃO A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE DIRETRIZES DE OFERTA DAS DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAIS PARA 2013. TUTORIAL PARA ESTUDANTES INTRODUÇÃO A UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE DIRETRIZES DE OFERTA DAS DISCIPLINAS SEMIPRESENCIAIS PARA 2013.2 Jaboatão dos Guararapes / PE 2014 2 FACULDADE DOS GUARARAPES FG MANTENEDORA:

Leia mais

Para uma melhor compreensão das ferramentas disponíveis no ambiente, é importante:

Para uma melhor compreensão das ferramentas disponíveis no ambiente, é importante: Módulo A Introdutório - Bases legais, ao Curso políticas, e ao conceituais Ambiente Virtual e históricas da educação Apresentação Este módulo tem por objetivo promover o conhecimento do Ambiente Virtual

Leia mais

MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO

MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO MANUAL DO MOODLE VISÃO DO ALUNO Desenvolvido por: Patricia Mariotto Mozzaquatro SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO....03 2 O AMBIENTE MOODLE......03 2.1 Quais as caixas de utilidade que posso adicionar?...04 2.1.1 Caixa

Leia mais

Disciplinas on-line. Guia Básico sobre o Funcionamento das Disciplinas On-line 2008.1

Disciplinas on-line. Guia Básico sobre o Funcionamento das Disciplinas On-line 2008.1 Disciplinas on-line Guia Básico sobre o Funcionamento das Disciplinas On-line 2008.1 Uma disciplina on-line é um instrumento poderoso de aprendizagem e desenvolvimento pessoal. Nosso objetivo é mostrar

Leia mais

Sumário. Guia do Aluno

Sumário. Guia do Aluno Sumário Guia do Aluno 1. Roteiro de estudo...3 2. Acessando seu ambiente acadêmico...5 3. Ferramentas...6 3.1 Avisos...6 3.2 Calendário...7 3.3 Tarefas...8 3.4 Informações pessoais...9 3.5 Minhas notas

Leia mais

Cadastro Avaliação 2013 Manual de Instruções

Cadastro Avaliação 2013 Manual de Instruções Cadastro Avaliação 2013 Manual de Instruções Manual de instruções Cadastro Avaliação 2013 Caro Usuário, Este manual contém todas as instruções necessárias para preenchimento dos dados de sua escola e alunos.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD. Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD. Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS GIZ/PROGRAD Tutorial UFMG Virtual Os primeiros passos do docente Nereu Agnelo Cavalheiro contato@nereujr.com Tutorial UFMG Virtual Primeiros passos do docente Este

Leia mais

Manual do. Aluno. Brasília Empreendimentos Educacionais

Manual do. Aluno. Brasília Empreendimentos Educacionais Brasília Empreendimentos Educacionais 3 Apresentação 4 A BEE 5 A Educação a Distância EaD 6 O curso 7 O Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA 10 Como estudar na modalidade a distância 2 Apresentação Este

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVOS 3. ACESSO AO CURSO. Bem-vindo (a) ao curso de Capacitação para cursos em EAD!

MANUAL DO ALUNO 1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVOS 3. ACESSO AO CURSO. Bem-vindo (a) ao curso de Capacitação para cursos em EAD! MANUAL DO ALUNO MANUAL DO ALUNO Bem-vindo (a) ao curso de Capacitação para cursos em EAD! 1. APRESENTAÇÃO Preparado pela equipe da Coordenadoria de Educação Aberta e a Distância (CEAD) da Universidade

Leia mais

INSTITUTO TEOLÓGICO MONTE DAS OLIVEIRAS Site: www.itemol.com.br / E-mail: itemol@itemol.com.br

INSTITUTO TEOLÓGICO MONTE DAS OLIVEIRAS Site: www.itemol.com.br / E-mail: itemol@itemol.com.br INSTITUTO TEOLÓGICO MONTE DAS OLIVEIRAS Site: www.itemol.com.br / E-mail: itemol@itemol.com.br DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO COORDENAÇÃO DE ENSINO A DISTÂNCIA ORIENTAÇÕES AOS ALUNOS PARA UTILIZAÇÃO DOS CAMPUS

Leia mais

Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos EAD

Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos EAD 1 Manual de acesso ao UNICURITIBA Virtual (Moodle) para alunos EAD 2015 2 Sumário Acessando o UNICURITIBA Virtual... 4 Conhecendo o UNICURITIBA Virtual... 5 1. Foto do Perfil... 5 2. Campo de Busca...

Leia mais

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno

Guia Rápido de Utilização. Ambiente Virtual de Aprendizagem. Perfil Aluno Guia Rápido de Utilização Ambiente Virtual de Aprendizagem Perfil Aluno 2015 APRESENTAÇÃO O Moodle é um Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) open source¹. Esta Plataforma tornouse popular e hoje é utilizada

Leia mais

TUTORIAL DE ACESSO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA

TUTORIAL DE ACESSO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA TUTORIAL DE ACESSO AO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM AVA 1 O acesso a plataforma educacional do colégio kadima deverá ser feito através do endereço: http://edunote.com.br/kadima/ 2 Na tela que segue,

Leia mais

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC

Apresentação. Estamos à disposição para quaisquer dúvidas e sugestões! Atenciosamente, Equipe do Portal UNESC Sumário Apresentação... 1 1. Orientações Iniciais... 2 2. Recursos... 4 2.1 Rótulos... 4 2.2 Página de Texto Simples... 8 2.3 Página de Texto Formatado... 12 2.4 Site... 16 2.5 Arquivo... 21 2.6 Pasta

Leia mais

Apresentação. Nossa sugestão é que você experimente e não tenha medo de clicar!!!

Apresentação. Nossa sugestão é que você experimente e não tenha medo de clicar!!! Apresentação Este manual é uma orientação para os participantes de cursos no ambiente Moodle do INSTITUTO PRISMA. Tem como objetivo orientar sobre as ações básicas de acesso e utilização do ambiente virtual

Leia mais

INTRODUÇÃO... 3 ACESSO AO SISTEMA BANCA VIRTUAL... 3 BANCA VIRTUAL PARA O AVALIADOR... 6 AVALIAÇÃO DE TRABALHOS...6 CONSIDERAÇÕES FINAIS...

INTRODUÇÃO... 3 ACESSO AO SISTEMA BANCA VIRTUAL... 3 BANCA VIRTUAL PARA O AVALIADOR... 6 AVALIAÇÃO DE TRABALHOS...6 CONSIDERAÇÕES FINAIS... SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 ACESSO AO SISTEMA BANCA VIRTUAL... 3 BANCA VIRTUAL PARA O AVALIADOR... 6 AVALIAÇÃO DE TRABALHOS...6 CONSIDERAÇÕES FINAIS... 9 2 INTRODUÇÃO O sistema Banca Virtual possibilita que

Leia mais

Guia Prático. Sistema EAD PRO-CREA

Guia Prático. Sistema EAD PRO-CREA Guia Prático Sistema EAD PRO-CREA Educação a Distância (EAD) Conheça a seguir algumas dicas de Netiqueta para uma convivência sociável e boas maneiras na web. Sugerimos fazer um teste para saber como você

Leia mais

Ajuda ao SciEn-Produção 1. 1. O Artigo Científico da Pesquisa Experimental

Ajuda ao SciEn-Produção 1. 1. O Artigo Científico da Pesquisa Experimental Ajuda ao SciEn-Produção 1 Este texto de ajuda contém três partes: a parte 1 indica em linhas gerais o que deve ser esclarecido em cada uma das seções da estrutura de um artigo cientifico relatando uma

Leia mais

Módulo 1 Configuração de Cursos. Robson Santos da Silva Ms.

Módulo 1 Configuração de Cursos. Robson Santos da Silva Ms. Módulo 1 Configuração de Cursos Robson Santos da Silva Ms. Olá! Estamos iniciando o Módulo 1. Nele, aprenderemos a configurar um novo curso no MOODLE. Além disso, identificaremos os dispositivos e ferramentas

Leia mais

Disseminadores de Educação Fiscal. Regulamento do Curso. Escola de Administração Fazendária ESAF

Disseminadores de Educação Fiscal. Regulamento do Curso. Escola de Administração Fazendária ESAF Disseminadores de Educação Fiscal Regulamento do Curso Escola de Administração Fazendária ESAF REGULAMENTO CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS DO CURSO Art. 1º A Escola de Administração Fazendária ESAF

Leia mais

Pós-Graduação em Educação: Novos Paradigmas GUIA DO ALUNO

Pós-Graduação em Educação: Novos Paradigmas GUIA DO ALUNO GUIA DO ALUNO Prezado(a) Aluno(a), O Guia do Aluno é um instrumento normativo que descreve os padrões de qualidade dos processos acadêmicos e administrativos necessários ao desenvolvimento dos cursos de

Leia mais

Moodle - Guia de Utilização para Estudos Complementares

Moodle - Guia de Utilização para Estudos Complementares Moodle - Guia de Utilização para Estudos Complementares por Prof. Maurício Lima 1 março de 2010 Objetivo Este documento apresenta aos professores da Faculdade Novos Horizontes os primeiros passos na utilização

Leia mais

MANUAL. Perfil de Professor

MANUAL. Perfil de Professor MANUAL Perfil de Professor Índice 1. Acesso 1.1. Acessando o Canal do Norte... 03 2. Disciplinas 2.1. Acessando Disciplinas... 07 3. Recursos 3.1. Adicionando Recursos... 10 3.2. Página de texto simples...

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Os demais campos serão preenchidos conforme a opção escolhida pelo professor e que atenda as especificidades de cada curso/disciplina

Os demais campos serão preenchidos conforme a opção escolhida pelo professor e que atenda as especificidades de cada curso/disciplina TAREFA Para criar uma Tarefa, selecione a opção ATIVAR EDIÇÃO e vá ao tópico ou unidade desejada, clique em ACRESCENTAR UMA ATIVIDADE OU RECURSO (Figura 24) e selecione o tipo de tarefa que desejar. Ao

Leia mais

Footprints Service Core. Manual de uso do sistema

Footprints Service Core. Manual de uso do sistema Footprints Service Core Manual de uso do sistema Sumário Acessando o sistema... 3 Visão geral... 4 Criação de chamados... 5 Acompanhamento de chamados... 7 Compartilhamento de chamados... 8 Notificações...

Leia mais

Ambientação ao Moodle. João Vicente Cegato Bertomeu

Ambientação ao Moodle. João Vicente Cegato Bertomeu Ambientação ao Moodle João Vicente Cegato Bertomeu AMBIENTAÇÃO A O MOODLE E S P E C I A L I Z A Ç Ã O E M SAUDE da FAMILIA Sumário Ambientação ao Moodle 21 1. Introdução 25 2. Histórico da EaD 25 3. Utilizando

Leia mais

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA MANUAL DO ALUNO Sumário APRESENTAÇÃO... 3 1 FUNCIONAMENTO DOS CURSOS A DISTÂNCIA... 4 1.1 Docente Responsável pela Disciplina... 4 1.2 Tutor a Distância... 5 1.3 Tutor Presencial...

Leia mais

Manual de Utilização MU003-1.0/2013 ISPADIGITAL/e-Campus(Perfil utilizador - Estudante)

Manual de Utilização MU003-1.0/2013 ISPADIGITAL/e-Campus(Perfil utilizador - Estudante) Manual de Utilização MU003-1.0/2013 ISPADIGITAL/e-Campus(Perfil utilizador - Estudante) 1. Introdução I 2. Primeiros passos I 3. Unidade Curricular I 4. Recursos e atividades O e-campus do ISPA - Instituto

Leia mais

Manual do Participante do Curso de Gestão da Assistência Farmacêutica - EaD

Manual do Participante do Curso de Gestão da Assistência Farmacêutica - EaD Capacitação - HÓRUS Manual do Participante do Curso de Gestão da Assistência Farmacêutica - EaD SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO... 3 2.1 Objetivos do curso... 3 2.2 Recursos de Aprendizagem...

Leia mais