Manual de Sistema - DDMantra

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual de Sistema - DDMantra"

Transcrição

1 Prezado Cliente Bysoft Você acaba de adquirir um sistema de recuperação e consulta de informações automáticas do Mantra Neste material, você encontrará explicações de todos os recursos oferecidos pelo sistema, possibilitando a implantação na rotina de trabalho e melhor aproveitamento dos recursos oferecidos. Pré-Requisitos: Ter trabalhado com algum produto Bysoft da Linha DD, uma vez que este sistema utiliza os mesmos padrões de tela (paleta) e consulta de cadastro (consulta on line). Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 1

2 Índice 1. Conceito do sistema 2. Configurações do Consulta Siscomex 3. DDMantra 4. Tabelas 4.1. Localidade 4.2. Siscomex 4.3. Tratamento de Carga 4.4. Avarias 4.5. Indisponibilidade 4.6. Acesso ao Siscomex 4.7. Moedas 4.8. Posição de Follow-Up 4.9. Observação de Follow-Up 5. Cadastros 5.1. Companhias Aéreas 5.2. Consignatários 6. House / Máster 7. Relatórios Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 2

3 1. Conceito do Sistema: O sistema DDMantra foi construído sobre o seguinte conceito: Conexão Automática com o Serpro Estação ou Servidor Recuperação dos dados Serpro Servidor Empresa Estação Estação Estação Dois módulos fazem o trabalho sendo eles: - Um primeiro módulo (Chamado Consulta Siscomex) é instalado em uma máquina que possua o Emulador (IWW) instalado com conexão dedicada ao sistema da receita. Esta máquina pode ser uma estação de trabalho pouco usada na empresa ou o servidor onde o banco de dados do sistema ficará instalado (neste caso o servidor deverá possuir um sistema operacional Windows). Além da consulta programada, este módulo também é responsável pelo envio de informações consultadas através de s previamente configurados. - Um segundo módulo (Chamado DDMantra) é instalado nas maquinas dos usuários. Este módulo servirá para consulta local dos dados extraídos automaticamente pelo Consulta Siscomex sem a necessidade de conectar através do Emulador ocupando a senha, além da emissão de alguns relatórios para controle e controle de Follow-Up do House / Master. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 3

4 Abaixo estaremos falando de cada um dos módulos individualmente, seus recursos e configurações. Dica: Neste material você não encontrará informações para Instalação do sistema. Caso precise deste tipo de informação, favor acessar o site opção de Downloads / Atualização e seguir os procedimentos de Instalação / Atualização Linha DD. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 4

5 2. Configurações do Consulta Siscomex: Como citado vagamente em parágrafos anteriores, o consulta siscomex é uma aplicação que deve ser instalada em apenas uma maquina na empresa. Está aplicação será responsável em recuperar os dados do serpro, Além de enviar automaticamente para os usuários que estiverem cadastrados no sistema. Para seu perfeito funcionamento devemos levar com consideração os seguintes aspectos: 1 Esta aplicação será programada pelo usuário para executar uma rotina de recuperação de dados do Serpro. Sendo assim na maquina que ela será instalada deve também estar instalado o IWW. 2 A maquina que a aplicação deverá estar instalada, não poderá ser uma maquina de trabalho, uma vez que a aplicação irá abrir o IWW no horário programado iniciar i processo de recuperação. 3 esta maquina deverá estar conectada a Rede e consequentemente ao bando de dados do sistema, caso contrário o sistema não conseguirá gravar os dados recuperados. Para efetuar a configuração do sistema, selecione o ícone do Consulta siscomex que se encontra na área de trabalho Uma vez selecionado, o sistema não irá abrir tela nenhuma, minimizando a aplicação em um ícone ao lado do Relógio do Windows (lado direito canto inferior da tela) Selecione o Ícone e o sistema deverá mostrar a seguinte tela: Nesta tela o usuário será informado de todas as ações executadas pelo sistema (LOG para simples conferência), além de possíveis problemas durante as ações (como falha na conexão problemas na senha, etc.) Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 5

6 Imediatamente ao lado desta tela, temos as configurações conforme demonstramos na figura abaixo: Onde: - Tipo de Emulador: O sistema poderá fazer a conexão com o siscomex através de um único Emulador. O IWW. Porém este emulador tem duas versões: a versão 3 e a versão 4. Neste campo o usuário deverá informar qual a versão ele está trabalhando. - Sessão IWW: Quando configuramos o Emulador, definimos uma das 5 sessões disponíveis. O usuário deverá informar qual a sessão ele está configurada para conectar ao Serpro. - Arquivo Executável do Emulador: Neste caso estamos falando do arquivo EMU.EXE. Normalmente este arquivo fica salvo na pasta do IWW - Título da Janela emulador: Na parte superior do emulador (uma vez aberto) ele coloca umas informações. Para saber se o Emulador está ativo ou não, o Consulta Siscomex utiliza esta informação. IMPORTANTE: Esta informação tem que ser digitada EXATAMENTE igual ao titulo inclusive no numero de espaços em branco. Caso contrário o sistema não conseguirá fazer a conexão. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 6

7 - Servidor SMTP: Neste campo o usuário deverá informar o Servidor de envio de que a empresa trabalha. Sem esta informação o sistema não conseguirá mandar os s. - Usuário Campo com o Login do responsável pelo envio. Para um controle mais preciso, sugerimos a criação de um exclusivo para a aplicação, porém ele irá funcionar com qualquer configurado. - Autenticação SMTP: Alguns servidores de requerem login e senha para enviar um . Caso seu servidor requeira tal informação basta selecionar este campo. - Usuário / Senha: Caso seu servidor requeira autenticação de serão nestes dois campos que o usuário e a senha deverão ser informados. - Temporizador: Neste campo o usuário irá informar de quanto em quanto tempo o sistema deverá fazer um processamento (entenda como processamento a consulta no siscomex e logo depois a rotina de envio de ). Utilizar o tempo que achar mais apropriado. Dica: Não trabalhe com um intervalo menor que uma hora, pois isso poderá sobrecarregar sua rede, sua conexão e a senha do siscomex. - Tempo de espera Emulador: Caso o sistema perca a conexão com o siscomex, ele tem que reiniciar o processamento. Este campo vc irá informar quanto tempo em segundos o sistema ficará aguardando a troca de tela do siscomex. Caso este tempo seja ultrapassado, o sistema irá gerar uma ocorrência na tela principal (tela de Log) e irá reiniciar o processamento. Dica: sugerimos 20s. Uma vez configurado o sistema, o usuário deverá selecionar o botão de salvar, fechar a aplicação (selecionando com botão direito do mouse sobre o ícone ao lado do relógio e depois a opção Sair) e abrir a aplicação novamente (para que o sistema carregue as configurações) Caso alguma alteração seja feita por engano, antes de salvar o usuário pode selecionar o botão de cancelar que o sistema irá manter a ultima configuração salva. Finalizada as configurações o sistema está pronto para recuperar os dados do Serpro. Dica: Para fazer um teste o usuário não precisa ficar aguardando o tempo passar ou ficar mudando o horário no relógio do Windows. Basta ele selecionar a tela principal do sistema e depois o botão consulta que fica na parte inferior esquerda da tela. Com isso o sistema irá zerar o relógio interno e iniciar o processamento imediatamente. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 7

8 3. DDMantra: No DDMantra, o usuário poderá consultar em tela ou em relatório os dados recuperados pelo Consulta Siscomex. Esta aplicação poderá ser instalada em quantas maquinas forem necessárias sendo que seu uso não é restrito a um único usuário (multi-usuário) Caso o consulta siscomex faça uma consulta quando o usuário estiver com a tela aberta, bastará sair do módulo e entrar novamente que o sistema irá atualizar os dados da tela sem a necessidade de sair do sistema. Para seu perfeito funcionamento, alguns cadastros e tabelas devem estar preenchidos (algumas com código oficial do siscomex, outras com códigos a serem definidos pelos usuários). Abaixo falaremos de cada uma destas tabelas e destes cadastros 4. Tabelas do sistema: 4.1 Localidades: Hoje o Siscomex não fornece os dados de Cidade, Estado e Pais sobre uma formatação segura. No intuito de evitarmos problemas, criamos no sistema 3 tabelas: Uma de Pais, Uma de Cidade e uma de Estado. As 3 tabelas estão interligadas uma as outras, sendo assim, ilustraremos apenas a mais completa sendo a tabela de Cidade conforme figura abaixo: Note nesta tabela, que o sistema exibe 3 informações: - Código da Cidade: Campo a ser definido pelo usuário no momento do cadastramento segundo uma regra pré-definida pela empresa. - Estado: Código do Estado em que a cidade se encontra. Note que este campo é um cadastro que pode ser consultado / alterado através do Consulta online que o usuário pode selecionar. - País: Código do País. Neste caso a informação deverá ser informada conforme código oficial do Siscomex (ex: 069 Austrália. 249 Estados Unidos, ETC) Dica: Como já foi mencionado anteriormente, o sistema trabalha sobre os mesmos padrões que qualquer produto da linha DD. Caso tenha alguma dúvida elas pode sem sanadas no manual do DDGipLite Tópico 2. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 8

9 Caso vc possua o sistema DDGipLite, estes cadastros serão compartilhados e as informações de Pais poderão ser recuperadas através do recurso existente no sistema. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 9

10 4.2 Siscomex: Nesta tabela o usuário terá a possibilidade de visualizar algumas tabelas do siscomex sendo elas: - Unidade da Receita Federal - Tratamento de Carga - Tipo de Embalagem - Avarias - Indisponibilidade - Acesso ao siscomex (Senhas de acesso ao sistema) Abaixo estaremos mostrando as principais tabelas sendo elas: 4.3 Tratamento de Carga: Nesta tabela o usuário terá acesso aos tipos de tratamento de carga que o siscomex oferece (sendo que hoje ele informa apenas o Numero e o sistema irá mostrar para o usuário o Numero e o Significado) Importante: Esta tabela já é enviada com os tratamentos conhecidos. Caso exista algum tratamento não mencionado, o mesmo deverá ser cadastrado pelo usuário e informado a Bysoft. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 10

11 4.4 Avarias Nesta tabela o usuário terá acesso aos tipos de avaria que o siscomex oferece (sendo que hoje ele informa apenas a letra e o sistema irá mostrar para o usuário o Numero e o Significado) Importante: Esta tabela já é enviada com os tratamentos conhecidos. Caso exista algum tratamento não mencionado, o mesmo deverá ser cadastrado pelo usuário e informar a Bysoft. 4.5 Indisponibilidade Nesta tabela o usuário terá acesso aos códigos de Indisponibilidade que o siscomex oferece. Importante: Esta tabela já é enviada com os tratamentos conhecidos. Caso exista algum tratamento não mencionado, o mesmo deverá ser cadastrado pelo usuário e informar a Bysoft. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 11

12 4.6 Acesso ao Siscomex Nesta tela, o usuário deverá cadastrar qual ou quais os despachantes com senha no siscomex para a conexão. Importante lembrar que esta senha é alterada de tempo em tempo e é de responsabilidade do usuário que esta alteração também seja feita no sistema. Caso o sistema não efetiva a conexão por qualquer motivo, automaticamente será selecionada a opção Usuário desabilitado para consulta siscomex. Esta função foi desenvolvida para proteger os dados do usuário e para que ele não perca a conexão junto a Mantra. 4.7 Moedas Nesta tela, o usuário encontrará todas as moedas que podem ser utilizadas pelo Siscomex. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 12

13 Caso o cliente possua o DDGIPLite, estas moedas poderão ser recuperadas do Siscomex (através da Rotina de Atualização de Tabelas). Caso contrário, ele poderá cadastrar manualmente. Importante: Este cadastro já é enviado pela Bysoft com boa parte das moedas conhecidas. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 13

14 4.8 Posição de Follow-Up Nesta tela, o usuário poderá cadastrar as principais ações que ele executa durante a administração do processo. Após a consulta do processo, o usuário tem uma tela onde ele pode informar a ação executada que o sistema irá guardas estas informação juntamente com a data e a Hora que o usuário preencheu. 4.9 Observação de Follow-Up Nesta tela, o usuário poderá cadastrar um texto para justificar ou explicar uma ação que foi executada ou que ainda irá ser executado. Ela funciona em conjunto com a Tabela de Posição de Follow Up (Item 4.8 deste manual). Além de cadastrar o texto, o usuário pode já padronizar o texto a uma posição de Follow-Up. Quando a posição for utilizada automaticamente o sistema preencherá a Observação. A Observação pode ser um modelo, onde após o preenchimento do sistema o usuário pode editar completando a informação. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 14

15 5 Cadastros Como o Objetivo do sistema é recuperar dados do siscomex, não temos muitos cadastros para administrar. Segue explicação dos dois cadastros do sistema. 5.1 Cadastro de Companhias Aéreas Nesta tela, deverá cadastrar quais as companhias aéreas o cliente trabalha, uma vez que o Siscomex só trabalha com o código. Esta informação irá facilitar o entendimento da informação na tela do sistema, uma vez que além do Numero da Companhia o usuário também poderá ver o Nome. 5.2 Cadastro de Consignatários Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 15

16 Nesta tela, deverá cadastrar quais os Consignatários o Cliente, uma que o Siscomex tem apenas o código do CNPJ (sendo que esta informação não é recuperada). Para facilitar, o usuário poderá preencher esta informação após a recuperação dos dados. O campo Evento para encerramento da carga é utilizado para que o usuário informe por consignatário qual evento as cargas deste deverão parar de ser consultadas automaticamente pelo Consulta Siscomex. É neste cadastro que o usuário deverá configurar o das pessoas que ele deseja que o sistema envie o com as informações consultadas pelo sistema. Está disponível também nesse cadastro de encerramento de carga um evento para encerrar a consulta de cargas para esses consignatário. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 16

17 6 House / Máster É através deste módulo que o usuário deverá incluir o House ou a Máster que ele deseja recuperar os dados (sendo que a recuperação deverá acontecer através do Consulta siscomex conforme explicamos no item 2 deste manual) Para operar este módulo basta selecionar no ícone exibirá a seguinte tela: que o sistema Nela o usuário terá a visualização de todos os documentos incluídos para consulta. Através do recurso de busca, o usuário pode selecionar um house especifico ou ainda um máster e o house (s) correspondente. Para incluir um novo documento para consulta, o usuário deverá selecionar o botão (Incluir). Uma vez selecionado, o sistema exibirá a seguinte tela: Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 17

18 Nela, deverão ser informados os números dos documentos que deverão ser consultados. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 18

19 Para consultar somente o Master, digite a informação no campo Master e clique no botão. Logo após, informe o house referente ao máster e clique em Ok. Verifique que a cada house incluído, ele é exibido na lista de houses. Para concluir a inclusão de cargas, clique no botão sair. Assim que o Consulta Siscomex fizer a consulta, o usuário poderá verificar os dados através da tela de Informações Básicas. Nesta tela encontram-se todas as informações que um usuário procuraria no Siscomex sem o desconforto de desconectar, ocupar uma senha, ou ainda passando por todo o menu de consulta. Como as informações são todas conhecidas dispensamos a explicação de cada um dos campos da tela (mesmo por que o usuário não tem direito de edição em nenhum dos campos excerto o campo Consignatário). Note que existe um campo na parte inferior da tela O sistema está programado para consultar todos os processo que este campo estiver em branco. Além da tela de informações básicas, o usuário poderá contar com a tela de Históricos (figura abaixo) Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 19

20 Além das informações colhidas pelo Consulta Siscomex, o usuário pode contar com uma tela de Follow-Up para administrar as ações que ele está fazendo no processo (Posição de Follow-Up) e se necessário justificar a ação (Observação) conforme mostramos na tela abaixo: Importante: A tela de Lista Posição FLP, não foi incluída neste material pois trata-se de uma relação das Posições de Follow-Up incluídas no Máster / House organizadas por data criada para simples conferência. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 20

21 Para finalizar o módulo, criamos uma tela chamada Telas consultadas Nela, o usuário terá uma visão exata da tela do siscomex sem nenhum tratamento ou mudança de posição (excerto que a visualização será feita de forma vertical e não tela a tela como no siscomex). Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 21

22 7 Relatórios: No DDMantra possuímos o Relatório de Estatística de Carga. O Relatório de Estatística de Carga tem o objetivo a apuração de cargas por consignatário, indisponibilidade, e URF de Entrada. Com os filtros disponibilizados pode-se apurar o motivo de cargas de determinado consignatário sempre possuem indisponibilidades em determinada URF por exemplo. Uma vez preenchido os filtros o sistema trará o seguinte relatório: Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 22

23 Importante lembrar que o sistema foi feito sobre o mesmo padrão dos sistemas da linha DD Bysoft. Sendo assim ele possui a ferramenta de edição Report Builder permitindo que sobre um numero de campos pré determinados o usuário crie seus próprios relatórios. Relatório de Produtividade por Usuário: O relatório de produtividade por usuário demonstra a quantidade máster e house consultados por usuário do sistema. Copyright Bysoft Informática todos os direitos reservados Pagina - 23

ROTEIRO DE INSTALAÇÃO

ROTEIRO DE INSTALAÇÃO ROTEIRO DE INSTALAÇÃO O objetivo deste roteiro é descrever os passos para a instalação do sistema UNICO, afim, de auxiliar os técnicos e evitar possíveis dúvidas e erros de instalação. Instalador O instalador

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Manual de Operações. Versão 1.0. Janeiro/2009. Autor : Carlos Valotto

Manual de Operações. Versão 1.0. Janeiro/2009. Autor : Carlos Valotto Manual de Operações Versão 1.0 Janeiro/2009 Autor : Carlos Valotto 1 Informações dos Processos da Internet O DD WebTrack tem como sua principal finalidade manter Importadores e Exportadores sempre atualizados

Leia mais

SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO

SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO SPARK - Comunicador Instantâneo MANUAL DO USUÁRIO BOA VISTA/RR NOVEMBRO DE 2011 Este manual tem por finalidade esclarecer o funcionamento do SPARK ao servidor interessado em usar este comunicador instantâneo.

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

Frente Loja Avanço (PAF-ECF) versão 7.0.38. Rotina de Atualização Frente Avanço Windows 7.0.38

Frente Loja Avanço (PAF-ECF) versão 7.0.38. Rotina de Atualização Frente Avanço Windows 7.0.38 Rotina de Atualização Frente Avanço Windows 7.0.38 Prefácio Este tutorial para usuários, visa informar o procedimento a ser realizado para atualização do Frente de Loja Avanço(PAF-ECF) Windows. Ela se

Leia mais

COMO INSTALAR O CATÁLOGO

COMO INSTALAR O CATÁLOGO Este guia tem por finalidade detalhar as etapas de instalação do catálogo e assume que o arquivo de instalação já foi baixado de nosso site. Caso não tenho sido feita a etapa anterior favor consultar o

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

MANUAL DE USO DO COMUNICADOR INSTANTÂNEO

MANUAL DE USO DO COMUNICADOR INSTANTÂNEO MANUAL DE USO DO COMUNICADOR INSTANTÂNEO GEINFO Gerência de Tecnologia da Informação E-mail geinfo@sejus.ro.gov.br Página 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 ACESSANDO O SPARK... 4 3 INICIANDO UMA CONVERSAÇÃO...

Leia mais

Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital

Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital Página 1 de 7 Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital Este é um dos principais módulos do Sigla Digital. Utilizado para vendas no balcão por ser uma venda rápida, mais simples, onde não é necessário

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9 OBJETIVOS DO PROGRAMA DE COMPUTADOR IREasy Permitir a apuração do Imposto de Renda dos resultados das operações em bolsa de valores (mercado à vista, a termo e futuros). REQUISITOS MÍNIMOS DO COMPUTADOR

Leia mais

Manual de Atualização DDBroker

Manual de Atualização DDBroker Manual de Atualização DDBroker Índice Introdução...... 03 Obtendo dados da Internet... 04 Descompactando os Arquivos... 06 Atualizando o Banco de Dados... 08 Atualizando Demais Programas... 12 Dicas...

Leia mais

Follow-Up Acompanhamento Eletrônico de Processos (versão 3.0) Manual do Sistema. 1. Como acessar o sistema Requisitos mínimos e compatibilidade

Follow-Up Acompanhamento Eletrônico de Processos (versão 3.0) Manual do Sistema. 1. Como acessar o sistema Requisitos mínimos e compatibilidade do Sistema Índice Página 1. Como acessar o sistema 1.1 Requisitos mínimos e compatibilidade 03 2. Como configurar o Sistema 2.1 Painel de Controle 2.2 Informando o nome da Comissária 2.3 Escolhendo a Cor

Leia mais

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013

Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Principais Novidades Abril/2013 a Junho/2013 Sumário 1. Ambiente Group Shopping... 3 2. Alteração na Tela de Contratos e Controle de Edições... 7 3. Propagação de Contratos... 10 4. Configuração de Impressora

Leia mais

Manual Comunica S_Line

Manual Comunica S_Line 1 Introdução O permite a comunicação de Arquivos padrão texto entre diferentes pontos, com segurança (dados criptografados e com autenticação) e rastreabilidade, isto é, um CLIENTE pode receber e enviar

Leia mais

Guia de Instalação e Atualização do Sistema Podológico

Guia de Instalação e Atualização do Sistema Podológico Guia de Instalação e Atualização do Sistema Podológico Verifique sempre as configurações de firewall ou bloqueadores de conexão de rede quando utilizar o sistema em mais de um computador. A má configuração

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR

GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR GUIA INTEGRA SERVICES E STATUS MONITOR 1 - Integra Services Atenção: o Integra Services está disponível a partir da versão 2.0 do software Urano Integra. O Integra Services é um aplicativo que faz parte

Leia mais

Como obter Ajuda e Suporte

Como obter Ajuda e Suporte Como obter Ajuda e Suporte Durante a utilização dos Sistemas comercializados pela Domínio Sistemas, você e sua equipe poderão ter dúvidas sobre algum processo ou alguma tela em específico. Estas dúvidas

Leia mais

Manual Instalação Pedido Eletrônico

Manual Instalação Pedido Eletrônico Manual Instalação Pedido Eletrônico 1 Cliente que não utiliza o Boomerang, mas possui um sistema compatível. 1.1 Instalação do Boomerang Inserir o CD no drive do computador, clicar no botão INICIAR e em

Leia mais

Manual de Instalação ProJuris8

Manual de Instalação ProJuris8 Manual de Instalação ProJuris8 Sumário 1 - Requisitos para a Instalação... 3 2 - Instalação do Firebird.... 4 3 - Instalação do Aplicativo ProJuris 8.... 8 4 - Conexão com o banco de dados.... 12 5 - Ativação

Leia mais

MANUAL DO PVP SUMÁRIO

MANUAL DO PVP SUMÁRIO Manual PVP - Professores SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 6 2 ACESSANDO O PVP... 8 3 TELA PRINCIPAL... 10 3.1 USUÁRIO... 10 3.2 INICIAL/PARAR... 10 3.3 RELATÓRIO... 10 3.4 INSTITUIÇÕES... 11 3.5 CONFIGURAR... 11

Leia mais

Manual do Visualizador NF e KEY BEST

Manual do Visualizador NF e KEY BEST Manual do Visualizador NF e KEY BEST Versão 1.0 Maio/2011 INDICE SOBRE O VISUALIZADOR...................................................... 02 RISCOS POSSÍVEIS PARA O EMITENTE DA NOTA FISCAL ELETRÔNICA.................

Leia mais

CERTIDÕES UNIFICADAS

CERTIDÕES UNIFICADAS CERTIDÕES UNIFICADAS Manual de operação Perfil Cartório CERTUNI Versão 1.0.0 MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Departamento de Inovação Tecnológica Divisão de Tecnologia da Informação Sumário LISTA DE FIGURAS... 2

Leia mais

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP

PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP PORTAL DE RELACIONAMENTO GROUP MANUAL DO USUÁRIO Portal de Relacionamento - Manual do usuário... 1 SUMÁRIO 1. Informações gerais... 3 2. Sobre este documento... 3 3. Suporte técnico... 3 4. Visão Geral

Leia mais

Manual Web Viewer PACS Unimed Rio Claro - http://pacs.unimedrc.com.br

Manual Web Viewer PACS Unimed Rio Claro - http://pacs.unimedrc.com.br Manual Web Viewer PACS Unimed Rio Claro - http://pacs.unimedrc.com.br Atualizado em 29/01/2013 Este documento orienta sobre a utilização do aplicativo Web Viewer para acesso ao sistema PACS (Sistema de

Leia mais

GUIA PRÁTICO DE INSTALAÇÃO

GUIA PRÁTICO DE INSTALAÇÃO GUIA PRÁTICO DE INSTALAÇÃO 1 1. PROCEDIMENTOS ANTES DA INSTALAÇÃO SIGEP WEB - Gerenciador de Postagens dos Correios 1.1. Solicitar Senha para Fechamento de PLP Solicitar ao seu consultor comercial a senha

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO

MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO MANUAL EXPORTAÇÃO IMPORTAÇÃO Diretoria de Vigilância Epidemiológica/SES/SC 2006 1 Módulo 04 - Exportação e Importação de Dados Manual do SINASC Módulo Exportador Importador Introdução O Sistema SINASC

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

Manual de uso PSIM Client 2010

Manual de uso PSIM Client 2010 MANUAL DE USO PSIM MESSENGER VERSÃO 2010 ÍNDICE Manual de uso PSIM Client 2010 INSTALAÇÃO...2 INSTALAÇÃO LOCAL...2 CONFIGURAÇÃO DE USUÁRIO NO PSIM CLIENT 2010...12 QUANDO O FUNCIONÁRIO JÁ ESTÁ CADASTRADO

Leia mais

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 2 Sumário Como começar usar?... 03 Iniciando o uso do OneDrive.... 04 Carregar ou Enviar os

Leia mais

REP idx. Manual de integração com Ponto Secullum 4

REP idx. Manual de integração com Ponto Secullum 4 REP idx Manual de integração com Ponto Secullum 4 Esse manual é fornecido da forma como está e as informações nele contidas estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio. As imagens neste manual são unicamente

Leia mais

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral

Índice. Manual Backup Online. 03 Capítulo 1: Visão Geral Índice 03 Capítulo 1: Visão Geral 04 Capítulo 2: Conta de Usuário 04 Criação 08 Edição 09 Grupo de Usuários 10 Informações da Conta 12 Capítulo 3: Download do Backup Online Embratel 16 Capítulo 4: Cópia

Leia mais

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174 Versão Liberada A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível. A atualização da versão

Leia mais

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4.

Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. 1 Sumário 1. SOBRE O NFGoiana DESKTOP... 3 1.1. Apresentação... 3 1.2. Informações do sistema... 3 1.3. Acessando o NFGoiana Desktop... 3 1.4. Interface do sistema... 4 1.4.1. Janela Principal... 4 1.5.

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO MANUAL DE UTILIZAÇÃO Módulo de operação Ativo Bem vindo à Vorage CRM! Nas próximas paginas apresentaremos o funcionamento da plataforma e ensinaremos como iniciar uma operação básica através do nosso sistema,

Leia mais

Manual de Instalação do AP_Conta Windows

Manual de Instalação do AP_Conta Windows Manual de Instalação do AP_Conta Windows aplicativo off line para geração e envio de cobranças eletrônicas no padrão TISS CAPESESP ANS nº 324477 atualizado em 24/04/2012 AP_Conta Windows O AP_Conta Windows

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

TRANSMISSOR ECF. Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista. Manual de Utilização

TRANSMISSOR ECF. Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista. Manual de Utilização TRANSMISSOR ECF Sistema de transmissão de arquivos Nota Fiscal Paulista Manual de Utilização 1. Histórico de alterações Data Versão Alteração 04/12/2012 1 Criação do documento 28/02/2013 2 Revisão 2. Proposta

Leia mais

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios

VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios VALIDADOR DE ARQUIVOS SICREDI (VAS) Cobrança e Convênios Atrelada ao processo: Validação de layout dos arquivos de convênios/cobrança de um novo convênio/cedente Classificação da informação: uso interno

Leia mais

Manual Integra S_Line

Manual Integra S_Line 1 Introdução O é uma ferramenta que permite a transmissão Eletrônica de Resultado de Exames, possibilitando aos Prestadores de Serviços (Rede Credenciada), integrarem seus sistemas com os das Operadoras

Leia mais

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha!

INTRODUÇÃO. A Claireconference agradece pela escolha! 1 ÍNDICE 1. IMPLEMENTAÇÃO 4 1.1 PAINEL DE CONTROLE 4 1.1.1 SENHA 4 1.1.2 CRIAÇÃO DE USUÁRIOS DO LYNC 5 1.1.3 REDEFINIR SENHA 7 1.1.4 COMPRAR COMPLEMENTOS 9 1.1.5 UPGRADE E DOWNGRADE 10 1.1.5.1 UPGRADE

Leia mais

ACESSO REMOTO EM NUVEM Guia Rápido

ACESSO REMOTO EM NUVEM Guia Rápido ACESSO REMOTO EM NUVEM Guia Rápido 1 - Conecte o HVR/DVR na alimentação; 2 - Conecte o equipamento a um monitor ou TV, pela saída VGA ou HDMI, para operação do sistema; 3 - Ao entrar no sistema do equipamento,

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE Diretoria de Informática Coordenação de Projetos Especiais REGISTRO CIVIL - SISTEMA CARTÓRIO MANUAL DE

Leia mais

Manual usuario sipon. Índice. Introdução. Características do Sistema. De Wiki Intranet. 1 Introdução 1.1 Características do Sistema

Manual usuario sipon. Índice. Introdução. Características do Sistema. De Wiki Intranet. 1 Introdução 1.1 Características do Sistema Manual usuario sipon De Wiki Intranet Índice 1 Introdução 1.1 Características do Sistema 1.2 Regras Gerais (Tipos de Jornada, Prazos, Tolerância, Justificativas, Limites do Banco de Horas etc) 1.2.1 Tipos

Leia mais

ACESSO REMOTO EM NUVEM Guia Rápido

ACESSO REMOTO EM NUVEM Guia Rápido ACESSO REMOTO EM NUVEM Guia Rápido 1 - Conecte o HVR/DVR na alimentação; 2 - Conecte o equipamento a um monitor ou TV, pela saída VGA para operação do sistema; 3 - Ao entrar no sistema do equipamento,

Leia mais

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web

Sumário. Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Sumário Apresentação O que é o Centro de Gerenciamento de Serviços (CGS) NTI? Terminologia Status do seu chamado Utilização do Portal Web Fazendo Login no Sistema Tela inicial do Portal WEB Criando um

Leia mais

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO

CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO CRIANDO BANCOS DE DADOS NO SQL SERVER 2008 R2 COM O SQL SERVER MANAGEMENT STUDIO Antes de criarmos um novo Banco de Dados quero fazer um pequeno parênteses sobre segurança. Você deve ter notado que sempre

Leia mais

Tutorial Rede sem Fio - WFU para Windows 7 Ia UNESP V7

Tutorial Rede sem Fio - WFU para Windows 7 Ia UNESP V7 Tutorial Rede sem Fio - WFU para Windows 7 Ia UNESP V7 1 Baixe do site o programa wireless-unesp em: http://www.ia.unesp.br/home/redesemfio/wireless-unesp_.exe Clique com o botão direito sobre ele, e selecione

Leia mais

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20 Guia de utilização Índice Introdução... 3 O que é o sistema BlueTalk... 3 Quem vai utilizar?... 3 A utilização do BlueTalk pelo estagiário do Programa Acessa Escola... 5 A arquitetura do sistema BlueTalk...

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Compra Direta - Guia do Fornecedor PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas

Leia mais

FUNDAÇÃO LUSÍADA Centro Universitário Lusíada

FUNDAÇÃO LUSÍADA Centro Universitário Lusíada O Sistema de Gerenciamento de Professores, permitirá que o docente faça o registro da nota de prova do estudante via internet. O procedimento é simples e rápido. Elaboramos esse passo a passo, o qual poderá

Leia mais

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO

2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO INDICE 1. INTRODUÇÃO 2. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO 2.1. COMPARTILHANDO O DIRETÓRIO DO APLICATIVO 3. INTERFACE DO APLICATIVO 3.1. ÁREA DO MENU 3.1.2. APLICANDO A CHAVE DE LICENÇA AO APLICATIVO 3.1.3 EFETUANDO

Leia mais

Instalação: permite baixar o pacote de instalação do agente de coleta do sistema.

Instalação: permite baixar o pacote de instalação do agente de coleta do sistema. O que é o projeto O PROINFODATA - programa de coleta de dados do projeto ProInfo/MEC de inclusão digital nas escolas públicas brasileiras tem como objetivo acompanhar o estado de funcionamento dos laboratórios

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

Módulo Domínio Atendimento - Versão 8.0A-06

Módulo Domínio Atendimento - Versão 8.0A-06 Módulo Domínio Atendimento - Versão 8.0A-06 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

Tutorial Wireless para Windows XP IA- UNESP v8

Tutorial Wireless para Windows XP IA- UNESP v8 Tutorial Wireless para Windows XP IA- UNESP v8 1. Fazer o download do Programa Wireless-unesp.exe no site: http://www.ia.unesp.br/home/redesemfio/wireless-unesp_.exe 2. Verificar se o seu PC está com o

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0

Índice. http://www.gosoft.com.br/atualiza/gosoftsigadmservico.pdf Versão 4.0 Índice I ENVIO DE BOLETOS POR E-MAIL... 2 APRESENTAÇÃO... 2 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO... 4 ALTERAÇÕES NO SIGADM IMÓVEIS... 6 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONCILIAÇÃO BANCÁRIA... 8 ALTERAÇÕES NO SIGADM CONDOMÍNIO

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

Tutorial Wireless para Windows 7 IA UNESP V5

Tutorial Wireless para Windows 7 IA UNESP V5 Tutorial Wireless para Windows 7 IA UNESP V5 1 Baixe do site o programa wireless-unesp em : http://www.wifi.ia.unesp.br Clique com o botão direito sobre ele, e selecione Executar como administrador Coloque

Leia mais

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município Após receber a confirmação de aceite do Credenciamento via e-mail já é possível efetuar o login no sistema

Leia mais

Manual de Atualização Versão 3.6.4.

Manual de Atualização Versão 3.6.4. Manual de Atualização Versão 3.6.4. Sumário 1. AVISO... 1 2. INTRODUÇÃO... 2 3. PREPARAÇÃO PARA ATUALIZAÇÃO... 3 4. ATUALIZANDO GVCOLLEGE E BASE DE DADOS... 7 5. HABILITANDO NOVAS VERSÕES DO SISTEMA....

Leia mais

Procedimentos para Instalação do Sisloc

Procedimentos para Instalação do Sisloc Procedimentos para Instalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Instalação do Sisloc... 3 Passo a passo... 3 3. Instalação da base de dados Sisloc... 16 Passo a passo... 16 4. Instalação

Leia mais

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual

Aplicativo da Manifestação do Destinatário. Manual Aplicativo da Manifestação do Destinatário Manual Novembro de 2012 1 Sumário 1 Aplicativo de Manifestação do Destinatário...4 2 Iniciando o aplicativo...4 3 Menus...5 3.1 Manifestação Destinatário...5

Leia mais

KalumaFin. Manual do Usuário

KalumaFin. Manual do Usuário KalumaFin Manual do Usuário Sumário 1. DICIONÁRIO... 4 1.1 ÍCONES... Erro! Indicador não definido. 1.2 DEFINIÇÕES... 5 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 7 3. ACESSAR O SISTEMA... 8 4. PRINCIPAL... 9 4.1 MENU

Leia mais

Como funciona? SUMÁRIO

Como funciona? SUMÁRIO SUMÁRIO 1. Introdução... 2 2. Benefícios e Vantagens... 2 3. Como utilizar?... 2 3.1. Criar Chave / Senha de Usuário... 2 3.2. Recursos da Barra Superior... 2 3.2.1. Opções... 3 3.2.1.1. Mover Para...

Leia mais

O QUE É PARA QUE SERVE ONDE CONFIGURAR 8 SEGURANÇA GERAL

O QUE É PARA QUE SERVE ONDE CONFIGURAR 8 SEGURANÇA GERAL ORG 8 SEGURANÇA GERAL Tão importante quanto alimentar corretamente o sistema com os dados e realizar todas as configurações corretamente é cuidar para que esse trabalho não seja perdido por uma série de

Leia mais

Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC

Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC Configuração do cliente de e-mail Outlook 2010 para usuários DAC A. Configurando a autoridade certificadora ICPEdu no Outlook Os certificados utilizados nos serviços de e-mail pop, imap e smtp da DAC foram

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA

Leia mais

Manual do e-dimed 4.0

Manual do e-dimed 4.0 Manual do e-dimed 4.0 Instalação e Configuração - Módulo Cliente Após a instalação do e-dimed ser efetuada, clique no atalho criado no desktop do computador. Será exibida a janela abaixo: A instalação

Leia mais

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução

SCIM 1.0. Guia Rápido. Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal. Introdução SCIM 1.0 Guia Rápido Instalando, Parametrizando e Utilizando o Sistema de Controle Interno Municipal Introdução Nesta Edição O sistema de Controle Interno administra o questionário que será usado no chek-list

Leia mais

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados.

1998-2015 Domínio Sistemas Ltda. Todos os direitos reservados. Versão 8.1A-13 Saiba que este documento não poderá ser reproduzido, seja por meio eletrônico ou mecânico, sem a permissão expressa por escrito da Domínio Sistemas Ltda. Nesse caso, somente a Domínio Sistemas

Leia mais

Atualizaça o do Playlist Digital

Atualizaça o do Playlist Digital Atualizaça o do Playlist Digital Prezados Clientes, Nós da Playlist Software Solutions empresa líder de mercado no desenvolvimento de software para automação de rádios - primamos pela qualidade de nossos

Leia mais

Manual do AP_Conta. Manual do AP_Conta. Aplicativo para digitação e envio de contas médicas no padrão TISS

Manual do AP_Conta. Manual do AP_Conta. Aplicativo para digitação e envio de contas médicas no padrão TISS 2014 Manual do AP_Conta Aplicativo para digitação e envio de contas médicas no padrão TISS 0 Sumário 1. Sobre esse manual... 3 2. Habilitando e Configurando o AP_Conta... 4 3. Habilitação e Licenciamento...

Leia mais

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3

SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 Atendente... 3 SUMÁRIO Acesso ao sistema... 2 1. Login no sistema... 2 Atendente... 3 1. Abrindo uma nova Solicitação... 3 1. Consultando Solicitações... 5 2. Fazendo uma Consulta Avançada... 6 3. Alterando dados da

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

Recursos do Outlook Web Access

Recursos do Outlook Web Access Recursos do Outlook Web Access Este material foi criado pela Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação (SETIC) do Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região. Seu intuito é apresentar algumas

Leia mais

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de

Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e Visão Geral sobre o tutorial de Utilização de Impressoras Não Fiscais no NFC-e O intuito deste tutorial é descrever com detalhes técnicos como

Leia mais

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL

Manual do Sistema de Apoio Operadores CDL N / Rev.: Manual 751.1/02 Este documento não deve ser reproduzido sem autorização da FCDL/SC Aprovação: Representante da Direção Ademir Ruschel Elaboração: Supervisor da Qualidade Sílvia Regina Pelicioli

Leia mais

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA

Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA Manual do Usuário SisCommercePDV NFC-e Sistematic Tecnologia e Sistemas de Informação LTDA MANUAL DO USUÁRIO SisCommercePDV Emissor de Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) *Manual em desenvolvimento

Leia mais

A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet.

A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet. Prezado Cliente, A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet. No Padrão 9 você encontrará novas funcionalidades, além de alterações

Leia mais

Guia de Consulta Rápida. Portal do Professor

Guia de Consulta Rápida. Portal do Professor Guia de Consulta Rápida Portal do Professor Última atualização: 07/12/2015 ÍNDICE 1. Acessando o Portal... 3 2. Quadro de Horários... 5 3. Alterando a Senha... 6 4. Alterando a Filial... 7 5. Fale Conosco...

Leia mais

Bem vindo ao tutorial de acesso ao serviço VPN-IAG

Bem vindo ao tutorial de acesso ao serviço VPN-IAG 1 Tutorial VPN IAG Bem vindo ao tutorial de acesso ao serviço VPN-IAG O que é VPN? VPN (Virtual Private Network ou Rede Privada Virtual) Vantagens Com este serviço é possível acessar sites restritos à

Leia mais

BYUPDATE. Linux: http://updates.bysoft.com.br/utilitarios/migracao%20firebird%202.0/linux/

BYUPDATE. Linux: http://updates.bysoft.com.br/utilitarios/migracao%20firebird%202.0/linux/ BYUPDATE OBSERVAÇÃO: O aplicativo só pode ser utilizado a partir da versão 2.0 do firebird. Vide roteiro de atualização do Firebird nos links: Linux: http://updates.bysoft.com.br/utilitarios/migracao%20firebird%202.0/linux/

Leia mais

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário

Smart Laudos 1.9. A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos. Manual do Usuário Smart Laudos 1.9 A Forma Inteligente de Criar seus Laudos Médicos Manual do Usuário Conteúdo 1. O que é o Smart Laudos?... 3 2. Características... 3 3. Instalação... 3 4. Menu do Sistema... 4 5. Configurando

Leia mais

MANUAL PORTAL CLIENTE AVANÇO

MANUAL PORTAL CLIENTE AVANÇO MANUAL PORTAL CLIENTE AVANÇO [Digite seu endereço] [Digite seu telefone] [Digite seu endereço de email] MANUAL MANUAL AVANÇO INFORMÁTICA AVANÇO INFORMÁTICA Material Desenvolvido para Suporte Avanço Autor:

Leia mais

Instalação - SGFLeite 1

Instalação - SGFLeite 1 Instalação SGFLeite Sistema Gerenciador de Fazenda de Leite Instalação - SGFLeite 1 Resumo dos Passos para instalação do Sistema Este documento tem como objetivo auxiliar o usuário na instalação do Sistema

Leia mais

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB CNS LEARNING MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB Versão Online 13 Índice ÍNDICE... 1 VISÃO GERAL... 2 CONCEITO E APRESENTAÇÃO VISUAL... 2 PRINCIPAIS MÓDULOS... 3 ESTRUTURAÇÃO... 3 CURSOS... 4 TURMAS... 4

Leia mais

Manual. ID REP Config Versão 1.0

Manual. ID REP Config Versão 1.0 Manual ID REP Config Versão 1.0 Sumário 1. Introdução... 3 2. Pré-Requisitos... 3 2.1. Atualização... 3 3. Instalação do ID REP Config... 4 4. Visão Geral do Programa... 6 4.1. Tela Principal... 6 4.2.

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA DE EMISSÃO DE NOTA FISCAL ELETRÔNICA Apresentação Este sistema faz parte do Portal NFS Digital e tem o intuito de ser utilizado por emissores de Nota Fiscal de Serviços

Leia mais

ESET NOD32 Antivirus 4 para Linux Desktop. Guia de Inicialização Rápida

ESET NOD32 Antivirus 4 para Linux Desktop. Guia de Inicialização Rápida ESET NOD32 Antivirus 4 para Linux Desktop Guia de Inicialização Rápida O ESET NOD32 Antivirus 4 fornece proteção de última geração para o seu computador contra código malicioso. Com base no mecanismo de

Leia mais

Acesso ao Localidade. LOCALIDADE Sistema de Cadastro Localidade. Acesso ao Sistema de Cadastro Localidade

Acesso ao Localidade. LOCALIDADE Sistema de Cadastro Localidade. Acesso ao Sistema de Cadastro Localidade Acesso ao Localidade Acesso ao O endereço do sistema é: www.saude.gov.br/localidade Quem pode acessar o Sistema de Cadastro de Localidade? Somente profissionais que foram cadastrados no CSPUWEB terão acesso

Leia mais

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8

INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ÍNDICE INTRODUÇÃO 2 ACESSO AO SIGTECWEB 3 TEMPO DE CONEXÃO 5 NAVEGAÇÃO 7 BARRA DE AÇÕES 7 COMPORTAMENTO DOS BOTÕES 7 FILTROS PARA PESQUISA 8 ACESSO ÀS FERRAMENTAS 9 FUNÇÕES 12 MENSAGENS 14 CAMPOS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

Faturamento Eletrônico Padrão ANS. Sumário

Faturamento Eletrônico Padrão ANS. Sumário Sumário 1. VISÃO GERAL...2 2. CONFIGURAÇÕES...2 2.1 CADASTRAR CONVÊNIOS...3 2.2 CADASTRAR COMPETÊNCIA...4 2.3 CADASTRAR LOTES...4 3. GUIAS DE CONSULTA...5 4. GUIAS DE SP/SADT...5 4. GUIAS DE OUTRAS DESPESAS...6

Leia mais