REGULAMENTO REGLAMENTO CAMPEONATO IBÉRICO DE CICLISMO MASTER

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REGULAMENTO REGLAMENTO CAMPEONATO IBÉRICO DE CICLISMO MASTER"

Transcrição

1 REGULAMENTO REGLAMENTO CAMPEONATO IBÉRICO DE CICLISMO MASTER ÉPOCA 2015 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE CICLISMO * ASSOCIAÇÃO DE CICLISMO VILA REAL *REAL FEDERACION ESPAÑOLA DE CICLISMO

2 Primeiro O Campeonato Ibérico de Masters é uma prova organizada a cada dois anos pela Federação Portuguesa de Ciclismo Primero El Campeonato Ibérico de Master es una prueba designada cada dos años por la Federação Portuguesa de Ciclismo. Segundo A data da realização e a informação do organizador será mencionada no calendário da UVP-FPC. Segunda - La fecha de celebración y la información del organizador se adjuntan en el calendario UVP-FPC. Terceiro O Campeonato Ibérico de Masters está aberto à participação de todos os corredores licenciados nas categorias de Masters 30, Masters 40,Masters 50 e Masters 60 Tercero - El Campeonato Ibérico de Master está abierto a la participación de todos los corredores con licencia de las categorías Master 30, Master 40, Master 50 y Master 60. Quarto - O regulamento da competição aplicável é o disposto no Regulamento Geral e Técnico de Corrida da UVP-FPC referente às provas de um dia. Cuarto El Reglamento de competición aplicable cumplirá con lo dispuesto en el Reglamento Técnico de la UVP-FPC y con el Reglamento del Deporte Ciclista en los artículos relativos a pruebas de un día. Quinto Disputam-se duas provas, uma para Masters 30 e outra para Masters , com os seguintes quilómetros máximos: 120 Kms para Masters Km para Masters Kms para 50 e 60 Quinto - Se disputaran dos pruebas, una para Master 30 y otra para Master con los siguientes Kilometrajes máximos: 120 Km para master Kms para master 40 y 70 Kms para master 50 y master 60 Págª. 2

3 Sexta A inscrição deverá ser formalizada através do site da UVP-FPC até 10 dias antes da data da celebração da prova. Sexto La inscripción deberá formalizarse a través do site de la UVP-FPC hasta diez días antes de la fecha de la celebración de la prueba A Associação organizadora poderá reservar 5% dos 200 lugares (10 lugares). Caso não preencham esses lugares poderão aumentar a percentagem para distribuição dos lugares. La Associação organizadora podrá reservarse un 5% de las 200 plazas (10 plazas). Caso de no cubrirse estas plazas pasarán a engrosar el resto del reparto de plazas. O resto dos lugares será repartido entre corredores da UVP-FPC e RFEC em 50% (95 lugares por Federação. El resto de plazas se repartirán entre corredores de la UVP-FPC y de la UVP-FPC al 50% (95 plazas por federación) Para os 95 lugares da UVP-FPC reservará uma percentagem por categoria de maneira proporcional ao número de licenças de cada categoria. Uma vez fechadas as inscrições as inscrições antes da prova e caso não se preencha a percentagem de uma categoria e haja mais pedidos de lugares noutra, os lugares serão transferidos. Para las 95 plazas de la RFEC se reservará un cupo por categoría de manera proporcional al número de licencias de cada categoría. Una vez cerrada la inscripción antes de la prueba y caso de que no se cubriera el cupo de una categoría y hubiera más demanda de plazas en la otra se traspasarían las plazas. 80 lugares para Master plazas para Master 30 Na prova de Masters lugares para Master lugares para Master 50 5 lugares Master 60 En la prueba de Master plazas para Master plazas para Master 50 Págª. 3

4 5 plazas para Master 60 Em cada categoria a inscrição é livre, fixando-se em função do número máximo de corredores permitidos. Uma vez fechado o prazo de inscrição, e no caso de não ter preenchido o número máximo permitido, as vagas serão transferidas. Dentro de cada categoría la inscripción será poa Comunidad autónoma. Fijándose en función del número de licencias del año anterior el número máximo de corredores permitidos. Una vez cerrado el plazo de inscripción, en caso de no haberse cubierto el número máximo de corredores permitidos en la salida, se reasignarán las plazas vacantes O primeiro classificado do Campeonato de Portugal do seu grupo etário têm lugar assegurado (caso se inscrevam.) El primer clasificado del Campeonato de España de su grupo de edad y de la Copa de España de cada categoría tienen plaza asegurada (en caso de realizar su inscripción) Em qualquer caso a Comissão Técnica reserva-se o direito de modificar os critérios de inscrição com a intenção de conseguir a maior representatividade de categorias e de corredores e de todo o território nacional. En cualquier caso la Comisión Técnica Reglamentaria se reserva el derecho de modificar los criterios de inscripción con la intención de conseguir la mayor representatividad de categorías y de corredores de todo el territorio nacional. Sétimo O organizador poderá estabelecer uma taxa de inscrição máxima de 15,00. Séptimo El organizador podrá establecer una tasa de inscripción máxima de 15,00 Oitavo O organizador deve reservar um local para a reunião prévia dos diretores desportivos, sala de imprensa, local de controlo médico, controlo de assinaturas de ponto e pódio para entrega de troféus e camisolas. Octavo El organizador deve proveer de un lugar para la reunión previa de directores desportivos, sala de prensa, local para controlo médico, controlo de firmas y pódio para entrega de trofeos y maillots. O Organizador deve fornecer no mínimo dois carros de apoio neutro com condutores e mecânicos experientes, providos de material próprio suficiente, um carro vassoura com capacidade suficiente (um autocarro para 20 corredores mais bicicletas) três carros para comissários, uma mota para comissário, uma mota ardósia e duas ambulâncias, pelo menos uma delas equipada com equipamento de suporte de vida. El organizador debe proveer un mínimo de dos vehículos neutros de asistencia técnica con conductor y mecánico experimentado, provistos de material propio suficiente, un vehículo coche escoba con capacidad Págª. 4

5 suficiente (un autocar para 20 corredores más bicicletas, por ejemplo) tres coches para comisarios, una moto para un comisario, una moto pizarra y dos ambulancias, al menos una de ellas medicalizada. O Organizador deve assinalar de uma forma regulamentar todo o percurso mediante a colocação de placas fixas do Km 0, Km 50 e os últimos 25,20,10, 5,4,3,2,1 Kms e os últimos 500, 200, 100 e 50 metros, prevendo um desvio de carros antes da linha de chegada, dispondo de arco de meta e vedados os últimos 500 metros, estruturar as comunicações entre os carros e tendo dispostos os meios técnicos (vídeo e foto-finish) para o correto e rápido estabelecimentos da ordem de chegada. El Organizador debe señalar de forma reglamentaria todo el recorrido mediante carteles fijos del Km 0 50 y los últimos 25,20,10,5,4,3,2,1 Kms y últimos 500,200,100, y 50 metros, prever un desvío de vehículos antes de la línea de llegada, disponer de arco de meta y vallado últimos 500 metros, estructurar las comunicaciones entre vehículos y tener dispuestos los medios técnicos ( vídeo o foto-finish) para el correcto y rápido establecimiento del orden de llegada. Nono A ordem dos carros de apoio das equipas na prova são determinadas na reunião dos diretores desportivos com o Júri Técnico mediante sorteio Noveno El orden de vehículos de equipo en la prueba se determinará en la reunión de los directores deportivos con el Jurado Técnico mediante sorteo. Somente será admitido um carro por equipa em prova, devendo estar registados na UVP-FPC e RFEC na época atual. Para ter direito a Carro de Apoio terá que ter no mínimo 4 atletas à partida. Solamente se admitirá un vehículo por equipa en la prueba, debiendo estar registrados en la UVP-FPC o RFEC en la temporada actual. Para tener derecho a un coche de apoyo debe tener no mínimo 4 corredores a partida. Conforme está regulamentado no RGTC nas provas de estrada, o responsável pelo carro da equipa será um dos diretores desportivos titulares da equipa. Conforme al artículo II-B.1 de la Normativa RFEC de pruebas en carretera, el responsable del vehículo de equipo será uno de los directores deportivos titulares del equipo. Décimo No fim da prova serão entregues as camisolas de Campeão da Península ibérica e três medalhas das categorias de Master 30-34, Master 35-39, Master Master 45-49, Master 50-54, Master 55-59, Master e Master + 65, providenciadas pela UVP-FPC Décimo Al término de la prueba se entregarán maillot acreditativo de Campeón de la Península Ibérica y tres medallas a las categorías de Master 30-34, Master 35-39, Master40-44, Master 45-49, Master 50-54, Master 55-59, Master 60-64, Master de 65 en adelante, que proveerá la UVP-FPC. Sem prejuízo do anterior, o organizador poderá entregar prémios adicionais que nunca poderão ser em dinheiro. Págª. 5

6 Sin perjuicio de lo anterior el organizador podrá entregar premios adicionales que nunca podrán ser en metálico. Págª. 6

REGULAMENTO TAÇA DE PORTUGAL CADETES. Aprovado a 11 / 11 /2014

REGULAMENTO TAÇA DE PORTUGAL CADETES. Aprovado a 11 / 11 /2014 REGULAMENTO TAÇA DE PORTUGAL CADETES 2015 Aprovado a 11 / 11 /2014 A Taça de Portugal é uma prova da exclusiva responsabilidade da UVP/FPC-Federação Portuguesa de Ciclismo, destinada à categoria de Cadetes

Leia mais

CAMPEONATO NACIONAL TRIAL BIKE 2015

CAMPEONATO NACIONAL TRIAL BIKE 2015 CAMPEONATO NACIONAL TRIAL BIKE 2015 Atualizado a 09/09/2015 1- INTRODUÇÃO 1.1- O Campeonato Nacional de Trial Bike é propriedade exclusiva da UVP/Federação Portuguesa de Ciclismo e consta de uma prova

Leia mais

BASES DE PARTICIPACIÓN

BASES DE PARTICIPACIÓN BASES DE PARTICIPACIÓN La novena edición de la BAIXADA ANIMADA - MUESTRA IBEROAMERICANA DE CINE DE ANIMACIÓN, es una realización de BENGUELA PRODUÇÕES E EVENTOS CULTURAIS LTDA. La Muestra se sucederá en

Leia mais

CADERNO DE ENCARGOS DAS PROVAS DO CAMPEONATO REGIONAL DE ESTRADA DA ARCVR ASSOCIAÇAO REGIONAL DE CICLISMO DE VILA REAL. Caderno de Encargos

CADERNO DE ENCARGOS DAS PROVAS DO CAMPEONATO REGIONAL DE ESTRADA DA ARCVR ASSOCIAÇAO REGIONAL DE CICLISMO DE VILA REAL. Caderno de Encargos ASSOCIAÇAO REGIONAL DE CICLISMO DE VILA REAL Caderno de Encargos Campeonato Regional de Estrada /ARCVR/ Este Caderno de Encargos, obriga os Clubes, Organizadores destes Eventos, a filiarem-se na Associaçao

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR DA TAÇA DE PORTUGAL CROSS COUNTRY MARATONA (XCM) 2013. (Atualizado a 10.04.2013)

REGULAMENTO PARTICULAR DA TAÇA DE PORTUGAL CROSS COUNTRY MARATONA (XCM) 2013. (Atualizado a 10.04.2013) REGULAMENTO PARTICULAR DA TAÇA DE PORTUGAL CROSS COUNTRY MARATONA (XCM) 2013 1. INTRODUÇÃO (Atualizado a 10.04.2013) 1.1- A Taça de Portugal XCM é um troféu oficial da UVP/ Federação Portuguesa de Ciclismo.

Leia mais

GRANDE PRÉMIO DA BEIRA BAIXA 30 e 31 de Maio de 2015

GRANDE PRÉMIO DA BEIRA BAIXA 30 e 31 de Maio de 2015 GRANDE PRÉMIO DA BEIRA BAIXA 30 e 31 de Maio de 2015 REGULAMENTO PARTICULAR ARTIGO 1. ORGANIZAÇÃO A prova Grande Prémio da Beira Baixa é organizada pela Federação Portuguesa de Ciclismo e pela Associação

Leia mais

4º. O serviço de assistência técnica neutra é assegurado por SHIMANO. O serviço é assegurado por 2 carros de apoio neutro.

4º. O serviço de assistência técnica neutra é assegurado por SHIMANO. O serviço é assegurado por 2 carros de apoio neutro. R E G U L A M E N T O T É C N I C O E S P E C I A L 1º. O 34º Grande Prémio Abimota Região de Aveiro, terá lugar de 08 a 10 de Junho de 2013, é uma prova inscrita no calendário nacional da UVP-FPC, na

Leia mais

XXVII COPA NORDESTE DE CICLISMO - 2015

XXVII COPA NORDESTE DE CICLISMO - 2015 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO XXVII COPA NORDESTE DE CICLISMO - 2015 Art. 1º - REGULAMENTO OBJETIVO Com o objetivo de desenvolver e difundir o ciclismo em toda a Região Nordeste, bem como proporcionar

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR 38ª VOLTA AO ALGARVE 2012

REGULAMENTO PARTICULAR 38ª VOLTA AO ALGARVE 2012 REGULAMENTO PARTICULAR 38ª VOLTA AO ALGARVE 2012 ARTIGO 1 ORGANIZAÇÃO A 38ª Volta ao Algarve é organizada pela Associação de Ciclismo do Algarve Apartado 53 8100 Loulé, de acordo com os regulamentos da

Leia mais

ENTRE LA CASA DA AMÉRICA LATINA Y

ENTRE LA CASA DA AMÉRICA LATINA Y ENTRE LA CASA DA AMÉRICA LATINA Y La CASA DA AMÉRICA LATINA, es una institución de derecho privado sin ánimo de lucro, con sede en la Avenida 24 de Julho, número 1188, en Lisboa, Portugal, representada

Leia mais

SOLICITUD DE PENSION DE SOBREVIVENCIA / SOLICITAÇÃO DE PENSÃO DE SOBREVIVENCIA

SOLICITUD DE PENSION DE SOBREVIVENCIA / SOLICITAÇÃO DE PENSÃO DE SOBREVIVENCIA CONVENIO DE SEGURIDAD SOCIAL ENTRE LA REPUBLICA DE CHILE Y LA REPUBLICA FEDERATIVA DEL BRASIL RCH / BRASIL 3B ACORDO DE SEGURIDADE SOCIAL ENTRE A REPÚBLICA DE CHILE E A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL SOLICITUD

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE CICLISMO DOS AÇORES ACA PAVILHÃO SIDÓNIO SERPA RUA DA JUVENTUDE, S/Nº 9500-211 PONTA DELGADA WWW.ACA.PT GERAL@ACA.PT

ASSOCIAÇÃO DE CICLISMO DOS AÇORES ACA PAVILHÃO SIDÓNIO SERPA RUA DA JUVENTUDE, S/Nº 9500-211 PONTA DELGADA WWW.ACA.PT GERAL@ACA.PT Nature at the highest level 4 OUTUBRO 2015. S. MIGUEL. AÇORES ALTO PATROCÍNIO ORGANIZAÇÃO APOIOS REGULAMENTO 25 SETEMBRO 2015 ESTE REGULAMENTO ESTÁ SUJEITO A ALTERAÇÕES, SENDO QUE ESTAS SERÃO DIVULGADAS

Leia mais

DIRECÇÃO-GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI DSRI - Direcção de Serviços das Relações Internacionais

DIRECÇÃO-GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI DSRI - Direcção de Serviços das Relações Internacionais REPÚBLICA PORTUGUESA MINISTÉRIO DAS FINANÇAS DIRECÇÃO-GERAL DOS IMPOSTOS - DGCI DSRI - Direcção de Serviços das Relações Internacionais Av. a Eng. o Duarte Pacheco, 28-4º 1099-013 Lisboa PORTUGAL Tel:

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR. 7º. Grande Prémio Liberty Seguros. E Troféu do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

REGULAMENTO PARTICULAR. 7º. Grande Prémio Liberty Seguros. E Troféu do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina REGULAMENTO PARTICULAR 7º. Grande Prémio Liberty Seguros E Troféu do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina ARTIGO 1 ORGANIZAÇÃO O 7º. Grande Prémio Liberty Seguros e Troféu do Sudoeste Alentejano e Costa

Leia mais

A.N.M. ASSOCIAÇÃO NAÚTICA DA MADEIRA Instituição de Utilidade Pública. REGATA INTERNACIONAL CANÁRIAS - MADEIRA 500 Anos da Cidade do Funchal

A.N.M. ASSOCIAÇÃO NAÚTICA DA MADEIRA Instituição de Utilidade Pública. REGATA INTERNACIONAL CANÁRIAS - MADEIRA 500 Anos da Cidade do Funchal REGATA INTERNACIONAL CANÁRIAS - MADEIRA 500 Anos da Cidade do Funchal XV EDIÇÃO Pré-Anúncio de Regata 1. AUTORIDADE ORGANIZADORA / AUTORIDAD ORGANIZADORA A Autoridade Organizadora constituída conjuntamente

Leia mais

Regulamento Copa Cemil de Ciclismo 2015

Regulamento Copa Cemil de Ciclismo 2015 Regulamento Copa Cemil de Ciclismo 2015 Regulamento Particular da Competição Na ausência de item especifico para um determinado assunto neste regulamento particular, a organização considera como referencia

Leia mais

CAMPEONATOS NACIONAIS DE EQUIPAS 2014 / 2015. - Este Campeonato será disputado por 10 (dez) equipas incluídas numa Zona Única.

CAMPEONATOS NACIONAIS DE EQUIPAS 2014 / 2015. - Este Campeonato será disputado por 10 (dez) equipas incluídas numa Zona Única. CAMPEONATOS NACIONAIS DE EQUIPAS 2014 / 2015 I DIVISÃO - SENIORES MASCULINOS - Este Campeonato será disputado por 10 (dez) equipas incluídas numa Zona Única. - O Campeonato compreenderá duas fases distintas:

Leia mais

REGULAMENTO DA TAÇA DE PORTUGAL ELITES 2016

REGULAMENTO DA TAÇA DE PORTUGAL ELITES 2016 REGULAMENTO DA TAÇA DE PORTUGAL ELITES 2016 Aprovado a 10 /12 /2015 A Taça de Portugal de Elites é uma prova de caráter nacional, da responsabilidade da UVP/FPC- Federação Portuguesa de Ciclismo, destinada

Leia mais

Troféu de Sintra em BTT 2014 REGULAMENTO

Troféu de Sintra em BTT 2014 REGULAMENTO Troféu de Sintra em BTT 2014 REGULAMENTO DIVISÃO DE DESPORTO E JUVENTUDE NÚCLEO DE DESPORTO AVENTURA Versão 10/3/2014 1 INTRODUÇÂO O Ciclismo nas suas diversas variantes e como modalidade desportiva torna-se

Leia mais

REGULAMENTO TAÇA DE PORTUGAL DE JUNIORES. Aprovado a 10/12/2015

REGULAMENTO TAÇA DE PORTUGAL DE JUNIORES. Aprovado a 10/12/2015 REGULAMENTO TAÇA DE PORTUGAL DE JUNIORES 2016 Aprovado a 10/12/2015 A Taça de Portugal é uma prova de carácter nacional, da exclusiva responsabilidade da UVP/FPC-Federação Portuguesa de Ciclismo, destinada

Leia mais

REGULAMENTO DESPORTIVO

REGULAMENTO DESPORTIVO ARTIGO 1º - ORGANIZAÇÃO: A Temporada 2014 da categoria GPCKA será realizada pelo GRUPO - Circuito de Kart Amador. ARTIGO 2º - CRONOGRAMA: A Temporada 2014 será disputada em 6 etapas e as etapas estão previstas

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO - GUIA TÉCNICO. Organograma. Federação Paranaense de Ciclismo. Sr. José Carlos Assunção Belotto Presidente

REGULAMENTO ESPECÍFICO - GUIA TÉCNICO. Organograma. Federação Paranaense de Ciclismo. Sr. José Carlos Assunção Belotto Presidente REGULAMENTO ESPECÍFICO - GUIA TÉCNICO Organograma Federação Paranaense de Ciclismo Sr. José Carlos Assunção Belotto Presidente Diretor Geral da Prova (Organizador) Sr Eduardo Pereira Diretor Técnico da

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL XCM 2009

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL XCM 2009 REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL XCM 2009 1. INTRODUÇÃO 1.1- O CAMPEONATO NACIONAL XCM é um troféu oficial da UVP/Federação Portuguesa de Ciclismo e consta de uma prova única. A prova do Campeonato Nacional

Leia mais

Informações / Memória Descritiva da Prova

Informações / Memória Descritiva da Prova Informações / Memória Descritiva da Prova Nome da Prova: Grande Prémio Anicolor Organizador: Velo Clube do Centro/Sporting Clube de Fermentelos Av. Dr Assis e Santos 75 D 3450-123 MORTÁGUA Tel: 231 921

Leia mais

Arões/Fafe. 8 de Agosto de 2015. Regulamento Particular

Arões/Fafe. 8 de Agosto de 2015. Regulamento Particular Campeonato Nacional de Supercross Arões/Fafe 8 de Agosto de 2015 Regulamento Particular Página 1 de 6 INDICE Introdução Acessos 01. Circuito 02. Organização 03. Oficiais 04. Inscrições 05. Verificações

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR CLASSICA INTERNACIONAL LOULÉ CAPITAL EUROPEIA DO DESPORTO

REGULAMENTO PARTICULAR CLASSICA INTERNACIONAL LOULÉ CAPITAL EUROPEIA DO DESPORTO REGULAMENTO PARTICULAR CLASSICA INTERNACIONAL LOULÉ CAPITAL EUROPEIA DO DESPORTO ARTIGO 1 ORGANIZAÇÃO A Clássica Internacional Loulé Capital Europeia do Desporto é organizada pela Federação Portuguesa

Leia mais

Regulamento do Passatempo PRENDAS DE NATAL

Regulamento do Passatempo PRENDAS DE NATAL Regulamento do Passatempo PRENDAS DE NATAL Introdução O passatempo Prendas de Nastal é promovido pela My7Stores Lda., e visa a atribuição de um voucher no valor de 100, entre todos os participantes que

Leia mais

Planejamento estratégico

Planejamento estratégico espaço ibero-americano espacio iberoamericano Planejamento estratégico Quem somos, onde queremos ir e como chegaremos lá são indagações necessárias em todas as escolas Como qualquer empresa, instituições

Leia mais

Campeonato Etapa Local Status Dia da Semana Data Etapa Horário da Bateria Tipo de Kart

Campeonato Etapa Local Status Dia da Semana Data Etapa Horário da Bateria Tipo de Kart ARTIGO 1º ORGANIZAÇÃO: A Temporada 2016 da categoria GPCKA KART INDOOR será realizada pelo GRUPO Circuito de Kart Amador. ARTIGO 2º CRONOGRAMA: A Temporada 2016 será disputada em 6 etapas e as etapas estão

Leia mais

COPA RIO DE JANEIRO 2014-2ª ETAPA - RIO DE JANEIRO (PARQUE DE MADUREIRA) PROVA VÁLIDA PARA O RANKING ESTADUAL (NÍVEL 1) E NACIONAL (NÍVEL 4)

COPA RIO DE JANEIRO 2014-2ª ETAPA - RIO DE JANEIRO (PARQUE DE MADUREIRA) PROVA VÁLIDA PARA O RANKING ESTADUAL (NÍVEL 1) E NACIONAL (NÍVEL 4) 1) Programa Data e Horário -: 30 de Março, Domingo a partir das 08:00 Hs. Local -: Rua Pereira Leitão - Portões 3 e 4 (Parque de Madureira / RJ). Realização -: Instituto FAÇA. Modalidade -: Prova de Ciclismo

Leia mais

REGULAMENTO: Programação e Largadas. A competição será disputada em 03 dias e 4 Estágios sendo:

REGULAMENTO: Programação e Largadas. A competição será disputada em 03 dias e 4 Estágios sendo: REGULAMENTO: O IBECEL instituto brasileiro de esportes cultura educação e lazer /juntamente com seu presidente o senhor Luís Carlos silvestre / Luisinho em parceria com a Federação Goiana de Ciclismo,

Leia mais

CIRCUITO DA LUA CHEIA 2015 REGULAMENTO

CIRCUITO DA LUA CHEIA 2015 REGULAMENTO CIRCUITO DA LUA CHEIA 2015 REGULAMENTO 1. O Circuito. 1.1 O Circuito da Lua Cheia 2015 será realizado em 13 etapas, com uma prova por mês de janeiro a dezembro, exceto em Julho, quando haverá duas etapas,

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE RALIS CENTRO 2014

REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE RALIS CENTRO 2014 REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE RALIS CENTRO 2014 REGULAMENTO I - ORGANIZAÇÃO DO CAMPEONATO Art. 1 - A Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) organiza em 2014 uma manifestação desportiva denominada

Leia mais

OPEN CUP vai animar o Estoril Racing Festival!

OPEN CUP vai animar o Estoril Racing Festival! ... 1 2 NOVEMBRO, 2014 # 006 OPEN CUP vai animar o Estoril Racing Festival! A Open Cup, já tem o seu regulamento particular aprovado pela FPAK e está a despertar muito entusiasmo juntos dos possíveis participantes,

Leia mais

3ª Etapa - COPA RIO DE JANEIRO DE CICLISMO - PROVA VÁLIDA PARA O RANKING ESTADUAL (NÍVEL 1) E NACIONAL (NÍVEL 4)

3ª Etapa - COPA RIO DE JANEIRO DE CICLISMO - PROVA VÁLIDA PARA O RANKING ESTADUAL (NÍVEL 1) E NACIONAL (NÍVEL 4) 3ª Etapa - COPA RIO DE JANEIRO DE CICLISMO - PROVA VÁLIDA PARA O RANKING ESTADUAL (NÍVEL 1) E NACIONAL (NÍVEL 4) 1) Programa Horário da Largada: 8h - 05/05/2013 Local: Av. Ex Combatente, Santa Cruz Volta

Leia mais

14ª Corrida do Oriente Casino Lisboa

14ª Corrida do Oriente Casino Lisboa 14ª Corrida do Oriente Casino Lisboa 7 de Junho de 2015 9h45;10h00;10h10 www.corridadooriente.pt 1 / 5 Uma iniciativa da Fábrica da Igreja Nossa Senhora dos Navegantes 14ª Corrida do Oriente Casino Lisboa

Leia mais

Cicloperegrinação Aveiro - Fátima (Ourém) Ciclismo para todos/lazer 17 Março 2013

Cicloperegrinação Aveiro - Fátima (Ourém) Ciclismo para todos/lazer 17 Março 2013 Cicloperegrinação Aveiro - Fátima (Ourém) Ciclismo para todos/lazer 17 Março 2013 Artigo 1º - Organização Regulamento Particular: A Cicloperegrinação Aveiro-Fátima (Ourém) em Ciclismo para Todos, é uma

Leia mais

Prova Escrita de Espanhol

Prova Escrita de Espanhol EXAME NACIONAL DO ENSINO SECUNDÁRIO Decreto-Lei n.º 74/04, de 26 de Março Prova Escrita de Espanhol 12.º ano de Escolaridade Iniciação trienal Prova 747/2.ª Fase 5 Páginas Duração da Prova: 1 minutos.

Leia mais

REGULAMENTO DO CICLISMO DE INICIAÇÃO. Atualizado a 11/12/2013

REGULAMENTO DO CICLISMO DE INICIAÇÃO. Atualizado a 11/12/2013 REGULAMENTO DO CICLISMO DE INICIAÇÃO 2014 Atualizado a 11/12/2013 Com o objetivo de uniformizar a atividade desportiva dos praticantes dos escalões de Benjamins, Iniciados, Infantis e Juvenis, e tendo

Leia mais

I DUATLO BTT DE SANTANA 2015 I DUATLO JOVEM BTT DE SANTANA 2015

I DUATLO BTT DE SANTANA 2015 I DUATLO JOVEM BTT DE SANTANA 2015 I DUATLO BTT DE SANTANA 2015 I DUATLO JOVEM BTT DE SANTANA 2015 Sábado, 24 de Outubro de 2015 Distância Sprint: 5kms Corrida / 16 kms BTT / 2.5 kms Corrida Distância S.Sprint: 2.5kms Corrida / 8 kms BTT

Leia mais

REGULAMENTO DE PROVAS ABERTAS

REGULAMENTO DE PROVAS ABERTAS REGULAMENTO DE PROVAS ABERTAS Provas Abertas A crescente procura de eventos de ciclismo onde os praticantes possam avaliar os seus desempenhos, num conceito misto de lazer e superação pessoal, obriga-nos

Leia mais

REGULAMENTO 5 CUMES. 2. Existirão em simultâneo 3 provas com 3 distâncias diferentes, com as seguintes denominações:

REGULAMENTO 5 CUMES. 2. Existirão em simultâneo 3 provas com 3 distâncias diferentes, com as seguintes denominações: REGULAMENTO 5 CUMES Organização 1. Os 5 cumes de Barcelos é organizado e promovido pelos Amigos da Montanha Associação de Montanhismo de Barcelinhos (Instituição de Utilidade Pública) e realiza-se no dia

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO CAMPEONATO NACIONAL XCO 2009

REGULAMENTO GERAL DO CAMPEONATO NACIONAL XCO 2009 REGULAMENTO GERAL DO CAMPEONATO NACIONAL XCO 2009 1- INTRODUÇÃO 1.1- O Campeonato Nacional Cross Country Olímpico (XCO) é um troféu oficial da UVP/Federação Portuguesa de Ciclismo e consta de uma prova

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO CICLISMO

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO CICLISMO PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE ESPORTES E LAZER EDIÇÃO 2015 REGULAMENTO ESPECÍFICO DO CICLISMO PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO

Leia mais

Circuito Nacional de Bodysurf, Campeonato Nacional de Surf Masters e Campeonato Nacional de Kneeboard 2015

Circuito Nacional de Bodysurf, Campeonato Nacional de Surf Masters e Campeonato Nacional de Kneeboard 2015 CADERNO DE ENCARGOS Circuito Nacional de Bodysurf, Campeonato Nacional de Surf Masters e Campeonato Nacional de Kneeboard 2015 1. INTRODUÇAO Com o objectivo de aumentar o número de provas existentes em

Leia mais

CONVENIO ACADÉMICO INTERNACIONAL CONVÊNIO ACADÊMICO INTERNACIONAL

CONVENIO ACADÉMICO INTERNACIONAL CONVÊNIO ACADÊMICO INTERNACIONAL I UNIVERSIOAO EUROPEA MIGUEL OE C:ERVANTES CONVENIO ACADÉMICO INTERNACIONAL CONVÊNIO ACADÊMICO INTERNACIONAL Convenio que celebran Ia UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL, EN BRASIL Y Ia UNIVERSIDAD EUROPEA

Leia mais

FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO - 2013 PONTOS

FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO - 2013 PONTOS FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO - 2013 PONTUAÇÕES / CATEGORIAS / METRAGENS Pontuação das categorias A Elite masculina/feminina Sub-23 Sub 30 Júnior masculino/feminino POSIÇÃO 1º lugar 16 PONTOS 2º lugar

Leia mais

C O N V E N IO M U L T ILATERAL I B E R O A M E R I C A N O D E S E G U R I D A D S O C IAL CONVENÇÃO MULTILATERAL IBERO-AMERICANA DE SEGURANÇA SOCIAL

C O N V E N IO M U L T ILATERAL I B E R O A M E R I C A N O D E S E G U R I D A D S O C IAL CONVENÇÃO MULTILATERAL IBERO-AMERICANA DE SEGURANÇA SOCIAL C O N V E N IO M U L T ILATERAL I B E R O A M E R I C A N O D E S E G U R I D A D S O C IAL CONVENÇÃO MULTILATERAL IBERO-AMERICANA DE SEGURANÇA SOCIAL IBERO-3 Certificado de desplazamiento temporal Certificado

Leia mais

ORGANIZAÇÃO. 4. A chegada será no Parque Desportivo das Vindimas (Campo da Associação) Vilamar // COORDENADAS GPS: N40º425076, W8º654027.

ORGANIZAÇÃO. 4. A chegada será no Parque Desportivo das Vindimas (Campo da Associação) Vilamar // COORDENADAS GPS: N40º425076, W8º654027. II ROTA DO OURIVES - VILAMAR REGULAMENTO DA PROVA ÂMBITO GERAL ORGANIZAÇÃO 1. A II Rota do Ourives é um evento ciclo-desportivo organizado pela ADV ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE VILAMAR em parceria com a UNIÃO

Leia mais

CAMPEONATO INTER REGIONAL DE TRAS-OS- MONTES E ALTO DOURO 2016

CAMPEONATO INTER REGIONAL DE TRAS-OS- MONTES E ALTO DOURO 2016 ARCVR ARCCB CAMPEONATO INTER REGIONAL DE TRAS-OS- MONTES E ALTO DOURO 2016 REGULAMENTO DO CAMPEONATO DE TRÁS OS MONTES E ALTO DOURO XCM-2016 1.INTRODUÇÃO 1.1- O 5º CAMPEONATO DE TRÁS OS MONTES E ALTO DOURO

Leia mais

Minas Olímpica/ Jogos de Minas 2015

Minas Olímpica/ Jogos de Minas 2015 Minas Olímpica/ Jogos de Minas 2015 Regulamento Específico Ciclismo Art. 1º - A competição de ciclismo do Minas Olímpica/Jogos de Minas obedecerá as regras da Confederação Brasileira de Ciclismo e Federação

Leia mais

[Londrina, 29 de março de 2015] [Informativo]

[Londrina, 29 de março de 2015] [Informativo] CLUBE LONDRINENSE DE CICLISMO PREFEITURA DE LONDRINA FEDERAÇÃO PARANAENSE DE CICLISMO [1º Etapa do Campeonato Intermunicipal de MTB 1a Etapa Copa Paraná - Ranking Estadual] 1 [Londrina, 29 de março de

Leia mais

1ª Copa FBR Esportes de Mountain Bike 2015

1ª Copa FBR Esportes de Mountain Bike 2015 1ª Copa FBR Esportes de Mountain Bike 2015 Este regulamento define as regras da Primeira Copa FBR Esportes de Mountain Bike 2015, portanto é fundamental o competidor ter conhecimento do seu conteúdo. 1.

Leia mais

FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO TEMPORADA 2015 Pontuações / categorias / metragens

FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO TEMPORADA 2015 Pontuações / categorias / metragens FEDERAÇÃO PAULISTA DE CICLISMO TEMPORADA 2015 Pontuações / categorias / metragens Comunicado: Pensando em oferecer uma melhor segurança a todos os nossos filiados na temporada 2015, comunicamos a todos

Leia mais

Convite. Grupo Desportivo ecultural Actuais e Antigos Alunos

Convite. Grupo Desportivo ecultural Actuais e Antigos Alunos Grupo Desportivo ecultural Actuais e Antigos Alunos A.A. e Alunos Guilhabreu Contribuinte 503635758 G.P.S. N 41.292939 W 8.635334 Rua Senhora do Amparo, 4485-266 Guilhabreu, Vila do Conde Convite O Grupo

Leia mais

Campeonato Mineiro de Down Hill 2015 21 e 22 de Novembro Ouro Preto MG

Campeonato Mineiro de Down Hill 2015 21 e 22 de Novembro Ouro Preto MG Campeonato Mineiro de Down Hill 2015 21 e 22 de Novembro Ouro Preto MG Modalidade: Mountain Bike Down Hill O evento acontece na cidade mineira de Ouro Preto, nos dias 21 e 22 de Novembro de 2015, a organização

Leia mais

REGULAMENTO REGULAMENTO RAID BTT ROTA DAS CORTELHAS ADR LOUREIRO - 2013

REGULAMENTO REGULAMENTO RAID BTT ROTA DAS CORTELHAS ADR LOUREIRO - 2013 REGULAMENTO REGULAMENTO RAID BTT ROTA DAS CORTELHAS ADR LOUREIRO - 2013 Artigo Introdutório A ROTA DAS CORTELHAS é uma iniciativa da secção de BTT da Associação Desportiva e Recreativa do Loureiro. Esta

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR DA PROVA

REGULAMENTO PARTICULAR DA PROVA RALLYE CIDADE DE PORTO ALEGRE - CPR 40 ANOS OITAVA ETAPA DO CAMPEONATO GAÚCHO DE RALLYE DE REGULARIDADE 2010 TERCEIRA ETAPA DA COPA RALLYE UNIVERSITÁRIO CPR 2010 20 DE NOVEMBRO DE 2010 PORTO ALEGRE, RS

Leia mais

NORMAS DE ATUAÇÃO ADMINISTRATIVA ÉPOCA 2015-2016

NORMAS DE ATUAÇÃO ADMINISTRATIVA ÉPOCA 2015-2016 CONTEÚDOS 1. Filiações a. Formulários b. Escalões c. Inscrições Iniciais d. Renovações e. Transferências f. Taxas de Filiação g. Contratos Plurianuais 2. Atletas Estrangeiros 3. Filiações de Atletas Portugueses

Leia mais

REGULAMENTO FINANCEIRO

REGULAMENTO FINANCEIRO 1 de 12 REGULAMENTO FINANCEIRO 2016 Aprovado na Reunião de Direção de 4 de novembro de 2015 em conformidade com os Estatutos em vigor ÍNDICE A - REGRAS E INSTRUÇÕES... 2... B - TABELAS PARA A ÉPOCA DE

Leia mais

Paralisia Cerebral- Associação Nacional de Desporto

Paralisia Cerebral- Associação Nacional de Desporto B O C C I A REGULAMENTAÇÃO GERAL NACIONAL 2008/2009 1 INTRODUÇÃO Todos os intervenientes em competições de zona e nacionais, acções de formação e classificação médico - desportiva, deverão reger-se pelos

Leia mais

II COASTAL CHALLENGE FUNCHAL TRIATHLON 2015 (TRIATLO OLÍMPICO) II COASTAL CHALLENGE FUNCHAL TRIATHLON 2015 (AQUATLO JOVEM)

II COASTAL CHALLENGE FUNCHAL TRIATHLON 2015 (TRIATLO OLÍMPICO) II COASTAL CHALLENGE FUNCHAL TRIATHLON 2015 (AQUATLO JOVEM) (TRIATLO OLÍMPICO) II COASTAL CHALLENGE FUNCHAL TRIATHLON 2015 (AQUATLO JOVEM) Sábado, 25 de Julho de 2015 Distância Olímpica: 1500m Natação / 40 km Ciclismo / 9 km Corrida Distância S.Sprint: 375m Natação

Leia mais

REGULAMENTO DA TAÇA DE PORTUGAL

REGULAMENTO DA TAÇA DE PORTUGAL REGULAMENTO DA TAÇA DE PORTUGAL FEMININAS 2016 Aprovado a 10 /12 /2015 1- A Taça de Portugal Femininas é uma prova de carácter nacional, da exclusiva responsabilidade da UVP/FPC, destinada às categorias

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL MASTER DE ÁGUAS ABERTAS II CAMPEONATO NACIONAL MASTER DE ÁGUAS ABERTAS

REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL MASTER DE ÁGUAS ABERTAS II CAMPEONATO NACIONAL MASTER DE ÁGUAS ABERTAS REGULAMENTO DO CAMPEONATO NACIONAL MASTER DE ÁGUAS ABERTAS 2009 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE NATAÇÃO / CÂMARA MUNICIPAL DE SETÚBAL 0 1. ÂMBITO O II Campeonato Nacional Masters de Águas Abertas atribuirá o título

Leia mais

XXXVII COPA NORTE/NORDESTE DE CICLISMO 2014

XXXVII COPA NORTE/NORDESTE DE CICLISMO 2014 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO XXXVII COPA NORTE/NORDESTE DE CICLISMO 2014 Art. 1º - REGULAMENTO OBJETIVO Com o objetivo de desenvolver e difundir o ciclismo em toda a Região Norte e Nordeste, bem

Leia mais

PROPOSTA DE REGULAMENTO DOS CAMPEONATOS PORTUGUESES DE DERBY ATRELADO PARA 2009

PROPOSTA DE REGULAMENTO DOS CAMPEONATOS PORTUGUESES DE DERBY ATRELADO PARA 2009 PROPOSTA DE REGULAMENTO DOS CAMPEONATOS PORTUGUESES DE DERBY ATRELADO PARA 2009 A partir de 1 de Janeiro de 2009 entra em vigor o presente Regulamento revogando o Regulamento do Campeonato de Derbies de

Leia mais

REGULAMENTO 1º Desafio Solidário do Vila Real Hotel

REGULAMENTO 1º Desafio Solidário do Vila Real Hotel REGULAMENTO 1º Desafio Solidário do Vila Real Hotel DIA: 23/02/2013 (sábado) HORÁRIO: 19:30h DISTÂNCIAS: Corrida de 5km e 10 km - Caminhada de 1,3 km LOCAL DA LARGADA/CHEGADA: Vila Real Hotel Lago do Silvério

Leia mais

IV Aquatlo da Calheta 2015 IV Aquatlo Jovem da Calheta 2015 IV Aquabike do Paul do Mar 2015

IV Aquatlo da Calheta 2015 IV Aquatlo Jovem da Calheta 2015 IV Aquabike do Paul do Mar 2015 IV Aquatlo da Calheta 2015 IV Aquatlo Jovem da Calheta 2015 IV Aquabike do Paul do Mar 2015 07 e 08 de MARÇO de 2015 Distância Sprint: 700m Natação / 5 km corrida 1. ORGANIZAÇÃO / ENQUADRAMENTO REGULAMENTO

Leia mais

SURVIVOR TRIP TRAIL 2014 Mountain Bike PRÓ 4ª etapa (PARQUE DO CHINA)

SURVIVOR TRIP TRAIL 2014 Mountain Bike PRÓ 4ª etapa (PARQUE DO CHINA) SURVIVOR TRIP TRAIL 2014 Mountain Bike PRÓ 4ª etapa (PARQUE DO CHINA) Regulamento 1. A PROVA: Local: Parque do China - ES Data: 19/10 Largada: 10:00h Percursos: 45 km 2. INSCRIÇÕES: 2.1. Datas e valores

Leia mais

Prof. Dr. Emilio Merino

Prof. Dr. Emilio Merino Prof. Dr. Emilio Merino INDICE 1. Objetivo MOVIMAN-POA 2. Aspectos Institucionales 3. Aspectos Funcionales 4. Proceso de la elección de la área de estudio 5. Proceso de difusión y formación de parcerias

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO V PARA CAMPEONATO BRASILEIRO DE TIRO COM ARCO (OUTDOOR) 2011 & PARA COPA CENTRO OESTE

REGULAMENTO GERAL DO V PARA CAMPEONATO BRASILEIRO DE TIRO COM ARCO (OUTDOOR) 2011 & PARA COPA CENTRO OESTE REGULAMENTO GERAL DO V PARA CAMPEONATO BRASILEIRO DE TIRO COM ARCO (OUTDOOR) 2011 & PARA COPA CENTRO OESTE SEÇÃO I - DA COMPETIÇÃO I DOS OBJETIVOS Artigo 1º - O Campeonato Brasileiro Paraolímpico de Tiro

Leia mais

Montevidéu, 22 de abril de 2010. En Montevideo, a 22 de abril de 2010

Montevidéu, 22 de abril de 2010. En Montevideo, a 22 de abril de 2010 MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ENTRE GOVERNOS E ASSOCIAÇÕES DE GOVERNOS REGIONAIS DA REDE DE GOVERNOS REGIONAIS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL (nrg4sd) ONDE SE ESTABELECE UM PROGRAMA DE COOPERAÇÃO MULTILATERAL

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO REGIONAL DE ESTRADA EPOCA 2014

REGULAMENTO DO CAMPEONATO REGIONAL DE ESTRADA EPOCA 2014 REGULAMENTO DO CAMPEONATO REGIONAL DE ESTRADA EPOCA 2014 1.INTRODUÇÃO 1.1- O CAMPEONATO DE ESTRADA DA ARCVR e uma prova Organizada pela Associação Regional de Ciclismo de Vila Real e pelos Clubes BTT Clube

Leia mais

FUTSAL. www.inatel.pt

FUTSAL. www.inatel.pt NORMAS ESPECIFICAS FUTSAL www.inatel.pt FUTSAL NORMAS ESPECIFICAS As normas específicas são regras estabelecidas pela Direção Desportiva, em complemento do Código Desportivo, para as provas organizadas

Leia mais

Apenas os Kart s fornecidos pela Organização serão admitidos, sendo a sua atribuição às equipas efectuada mediante sorteio.

Apenas os Kart s fornecidos pela Organização serão admitidos, sendo a sua atribuição às equipas efectuada mediante sorteio. 1- DEFINIÇÃO / GENERALIDADES A SKC Secção de Karting Conquistadores do Moto Clube de Guimarães, organiza uma manifestação desportiva de kart denominada 6H Guimarães Kart Challenge. Este evento de karting

Leia mais

2ª COPA BRAGANTINA DE SPRINT DUATHLON (5KM CORRIDA 20KM CICLISMO 2,5KM CORRIDA) E CORRIDA DE 5K

2ª COPA BRAGANTINA DE SPRINT DUATHLON (5KM CORRIDA 20KM CICLISMO 2,5KM CORRIDA) E CORRIDA DE 5K 2ª COPA BRAGANTINA DE SPRINT DUATHLON (5KM CORRIDA 20KM CICLISMO 2,5KM CORRIDA) E CORRIDA DE 5K 1. PROGRAMAÇÃO. 1. Entrega dos kits na Academia Axios (Endereço: R. Teixeira, 691, Taboão, Bragança Paulista,

Leia mais

REGULAMENTO DE REMO 2007 2008

REGULAMENTO DE REMO 2007 2008 REGULAMENTO DE REMO 2007 2008 REGATAS OFICIAIS E CAMPEONATOS ESTADUAIS CAPÍTULO I DOS REMADORES E SUAS CATEGORIAS: Artigo 1º O(a)(s) remador(a)(es)(as) que vierem a participar de regatas da serão divididos

Leia mais

VI Corrida O POVO - 2014

VI Corrida O POVO - 2014 VI Corrida O POVO - 2014 REGULAMENTO 1. A PROVA 1.1. A VI Corrida O POVO - 2014, será realizada no dia 26 de Abril de 2014, com largada às 20 horas, na Av. Sen. Carlos Jereissati, (Av. do Aeroporto), nas

Leia mais

REGULAMENTO GERAL 2015 38ª PROVA PEDESTRE XV DE FEVEREIRO

REGULAMENTO GERAL 2015 38ª PROVA PEDESTRE XV DE FEVEREIRO O presente regulamento contém as disposições gerais para a realização da 38ª Prova Pedestre XV de Fevereiro / Circuito Sesc Caminhada e Corrida de Rua 2015 Etapa Cornélio Procópio, contemplando todas as

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR DO CAMPEONATO NACIONAL XCO 2012 (Actualizado a )

REGULAMENTO PARTICULAR DO CAMPEONATO NACIONAL XCO 2012 (Actualizado a ) REGULAMENTO PARTICULAR DO CAMPEONATO NACIONAL XCO 2012 (Actualizado a 28.03.2012) 1- INTRODUÇÃO 1.1- O Campeonato Nacional Cross Country Olímpico (XCO) é propriedade exclusiva da UVP/Federação Portuguesa

Leia mais

XXXVII COPA NORTE/NORDESTE DE CICLISMO 2014

XXXVII COPA NORTE/NORDESTE DE CICLISMO 2014 CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO XXXVII COPA NORTE/NORDESTE DE CICLISMO 2014 Art. 1º - Art. 2º - Art. 3º - REGULAMENTO OBJETIVO Com o objetivo de desenvolver e difundir o ciclismo em toda a Região Norte

Leia mais

REGULAMENTO Circuito Ilha Carioca de Corrida e Caminhada Etapa Corredor Esportivo

REGULAMENTO Circuito Ilha Carioca de Corrida e Caminhada Etapa Corredor Esportivo REGULAMENTO Circuito Ilha Carioca de Corrida e Caminhada Etapa Corredor Esportivo 1 - A PROVA 1.1. O Circuito Ilha Carioca de Corrida e Caminhada Etapa Corredor Esportivo será realizado nos bairros do

Leia mais

V Duatlo da Ponta do Sol - Canhas - 2016

V Duatlo da Ponta do Sol - Canhas - 2016 V Duatlo da Ponta do Sol - Canhas - 2016 Sábado, 23 de Janeiro de 2016 VI DUATLO JOVEM DA PONTA DO SOL - 2016 VI DUATLO DA PONTA DO SOL 2016 REGULAMENTO 1. ORGANIZAÇÃO / ENQUADRAMENTO O VI Duatlo da Ponta

Leia mais

REGULAMENTO E TERMO DE RESPONSABILIDADE 2ª CORRIDA E CAMINHADA DAS ÁGUAS 2ª CORRIDA E CAMINHADA DAS ÁGUAS

REGULAMENTO E TERMO DE RESPONSABILIDADE 2ª CORRIDA E CAMINHADA DAS ÁGUAS 2ª CORRIDA E CAMINHADA DAS ÁGUAS A 2ª CORRIDA DAS ÁGUAS será realizada no dia 9 de Novembro 2014. Na cidade de ÁGUAS DE LINDOIA (SP), tem como objetivo integrar seus colaboradores e a comunidade da região, através da prática esportiva

Leia mais

Parceria Asociación. Escola Empresa Escuela Enpresa

Parceria Asociación. Escola Empresa Escuela Enpresa Parceria Asociación Escola Empresa Escuela Enpresa FIEC - Empresas A FIEC em parceria com empresas da cidade e região que participam da atualização do conteúdo programático, capacitação do corpo docente

Leia mais

Grande troféu Alqueva

Grande troféu Alqueva Grande troféu Alqueva (O horário das provas é espanhol) Aceitação do Regulamento: Os participantes, ao inscrever-se, aceitam as normas e regulamento refletidos pela Organização, reconhecendo e assumindo

Leia mais

MOTA-ENGIL EN AMÉRICA LATINA: UN RECORRIDO SOSTENIBLE Y DE MUTUO DESARROLLO

MOTA-ENGIL EN AMÉRICA LATINA: UN RECORRIDO SOSTENIBLE Y DE MUTUO DESARROLLO MOTA-ENGIL EN AMÉRICA LATINA: UN RECORRIDO SOSTENIBLE Y DE MUTUO DESARROLLO 67 AÑOS 214 EMPRESAS LÍDER EN PORTUGAL TOP 30 EUROPEO PRESENTE EN 20 PAÍSES INDICADORES Volumen de Negocios EBITDA Resultado

Leia mais

REGULAMENTO I CORRIDA ADMINISTRAÇÃO É VIDA

REGULAMENTO I CORRIDA ADMINISTRAÇÃO É VIDA REGULAMENTO I CORRIDA ADMINISTRAÇÃO É VIDA DA PROVA 1. A I Corrida Administração é Vida será realizada no sábado, dia 12 de setembro 2015, na cidade de Garanhuns, com saída no pórtico de entrada da cidade,

Leia mais

La República Argentina y la República Federativa del Brasil, en adelante, las Partes;

La República Argentina y la República Federativa del Brasil, en adelante, las Partes; Protocolo Adicional al Acuerdo de Cooperación para el Desarrollo y la Aplicación de los Usos Pacíficos de la Energía Nuclear en Materia de Reactores, Combustibles Nucleares, Suministro de Radioisótopos

Leia mais

NORMAS ESPECÍFICAS. Taça Fundação INATEL

NORMAS ESPECÍFICAS. Taça Fundação INATEL NORMAS ESPECÍFICAS Taça Fundação INATEL FUTEBOL - ÉPOCA 2009-2010 Taça Fundação INATEL NORMAS ESPECÍFICAS As normas específicas são regras estabelecidas pela Direcção Desportiva, em complemento do Código

Leia mais

11ª Corrida do Oriente Casino Lisboa

11ª Corrida do Oriente Casino Lisboa 11ª Corrida do Oriente Casino Lisboa 3 de Junho de 2012 9h45;10h00;10h10 www.corridadooriente.com 1 / 5 Uma iniciativa da Fábrica da Igreja Nossa Senhora dos Navegantes 11ª Corrida do Oriente Casino Lisboa

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR DO CAMPEONATO NACIONAL DHU 2009

REGULAMENTO PARTICULAR DO CAMPEONATO NACIONAL DHU 2009 REGULAMENTO PARTICULAR DO CAMPEONATO NACIONAL DHU 2009 1- INTRODUÇÃO 1.1- O CAMPEONATO NACIONAL DHU é um troféu oficial da UVP/Federação Portuguesa de Ciclismo e consta de uma prova única. 1.2- O campeonato

Leia mais

ELEMENTOS DE CONEXÃO ELEMENTOS DE CONEXIÓN

ELEMENTOS DE CONEXÃO ELEMENTOS DE CONEXIÓN ELEMETOS DE COEXÃO ELEMETOS DE COEXIÓ ÍDICE DA SEÇÃO ÍDICE DE LA SECCIÓ ELEMETOS FLAGEADOS UIDADES TERMIALES Flange de conexão 39 Unidad terminal Dimensões do flange de conexão 40 Dimensiones de la unidad

Leia mais

CAMPEONATO ESTADUAL INFANTIL A SENIOR DE NATAÇÃO - 2012

CAMPEONATO ESTADUAL INFANTIL A SENIOR DE NATAÇÃO - 2012 FEDERAÇÃO AQUÁTICA NORTERIOGRANDENSE www.fanrn.com.br - aquaticarn@gmail.com Fone: 84-32018008 CAMPEONATO ESTADUAL INFANTIL A SENIOR DE NATAÇÃO - 2012 REGULAMENTO Art. 1º - O Campeonato Estadual Infantil

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR

REGULAMENTO PARTICULAR REGULAMENTO PARTICULAR 06 e 07 Novembro 2010 Visa FPAK Nº. : 1 ORGANIZAÇÃO A.C.P. COMISSÃO ORGANIZADORA Carlos Barbosa António Mocho João Torrado DIRECTOR DE PROVA Vasco Corrêa Mendes Lic. Desp. Nº 2557

Leia mais

REGULAMENTO PARTICULAR DA PROVA

REGULAMENTO PARTICULAR DA PROVA COPA RALLYE UNIVERSITÁRIO CPR 2010 1ª ETAPA 1º DE AGOSTO DE 2010 PORTO ALEGRE, RS REGULAMENTO PARTICULAR DA PROVA SUPERVISÃO: FEDERAÇÃO GAÚCHA DE AUTOMOBILISMO ORGANIZAÇÃO: CLUBE PORTO ALEGRE DE RALLYE

Leia mais

Jogos Escolares de Belo Horizonte JEBH/2015. Regulamento Específico Ciclismo

Jogos Escolares de Belo Horizonte JEBH/2015. Regulamento Específico Ciclismo Jogos Escolares de Belo Horizonte JEBH/2015 Regulamento Específico Ciclismo Art. 1º - A competição de ciclismo dos Jogos Escolares de Belo Horizonte JEBH/2015 obedecerá às regras oficiais da UCI e da Confederação

Leia mais

CORRIDA DA COOPERAÇÃO 2014 - SISTEMA OCB/AM REGULAMENTO

CORRIDA DA COOPERAÇÃO 2014 - SISTEMA OCB/AM REGULAMENTO CORRIDA DA COOPERAÇÃO 2014 - SISTEMA OCB/AM REGULAMENTO A CORRIDA DA COOPERAÇÃO é uma realização do SISTEMA OCB/AM e será regida pelas normas deste regulamento. A organização da prova será feita pela Federação

Leia mais

Federação Portuguesa de Atletismo

Federação Portuguesa de Atletismo PRESSUPOSTOS A medição do percurso para a Lousado Vila Nova de Famalicão teve por base os seguintes pressupostos: Durante a competição os Atletas podem utilizar toda a largura da estrada entre a segunda

Leia mais

Clássica do Caminho dos Pretos

Clássica do Caminho dos Pretos Clássica do Caminho dos Pretos 22 de Novembro 2014 VISA FPAK Nº 234/REG/2014 22.10.2104 1 Índice PROGRAMA Art.1 Organização e Definição 4 Art.2 Desenvolvimento da Prova 5 Art.3 Admissão e Classificação

Leia mais