* +,,- 5%67. 5%5%8 # ! " #$ %& ' %( ) .

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "* +,,- 5%67. 5%5%8 # ! " #$ %& ' %( ) ."

Transcrição

1 Página 1 de 2 " # & ' "# * +,,-. * ' * //0 /1 2 &* '4/*5 / * / 1& &'56 ' &* 4/ &'*5 * 4 /*1 4' '4' & #' *+,-.+/+0#+12 * 4 ' & * & * /*5/ #:* 4*4;4 44 '' * &' ' 4 4 *' &'/" 5< # '1 5& * 6 - ' : / - ; < 5 =>? A?, 8=# =>? B-,B>?B= >+ =>? =>+? 7 7 =>? +?++- -=B

2 Página 2 de 2 7 =>? C>B < =>? +?BA= '* * E/ F.* 5 '&'. & ' 564/'*D" <5'/&* +,,C - : > < AB > A 6 > 8 - # AB < / - ; < 8= # > + C5 D EE A?, >+> B,?B= ->+ =>+ C,, CB? =>? B, 7 7 B, 7 C>B C-> =?? B, < -AC B,

3 Página de 2 D FG 6: ''& * 'G& G&'4 '6/ / H'1* 4/ 6G& /G4*/ / 6: :+ -#8 8 6 :# 8 : B /- ;< D E CD "E" 7 H?-? >+B, -=+ C>- 7?-? >=B= -?, -?, <7?-? -C? D6*8 #FBG?-? B CC CA?-? +-A? >CB ->= 8=# D 5"5 D5 " "'I +A?> <8 +A?> >-C C++

4 Página 4 de 2 E7?7 +A?> +A?> B, C?C 7 6 # ++? ->+ 5/6 +A?> B+>? --A 57 :.6 8J' 7 8 J<; 'I- - 5D8'A 7 5C7= 7I- 5" A?> ACB +A?> -B- AB+ +A?> >?B A>C +A?> B+>B >AC C>? +A?> A,A ++C C=A +A?> 7 6I +A?> A>A +>= A?> 5E8 + +A?> B+>B >AC A?? >+ D 5EE" 7 > K+ 7+ >-+? <# > +7/8 B?=+ +++ CB+? B?-? ++C?>A > > B?-? ++C ->,? D 5E ED 5D D7+? CA+? ABCC -B- C>- C-# 78 CA+? CA+? B, C+B "-?F+ G78 + 6? CA+? CA+? B, C?+ CA+? CCC 77 D D" "5 E"5 E877 BB? C?B= 4;+ BB? C>A> 7< 688 BB? C+?, 7 D EEE 5 " <# 7 CA+? A>,> 'II0 CA+? ABCC -B- C=C D+ < D DC "C "ED C7I 7 8 BAB= +=>?+? "77 =>?,? -+A B, E0# 8 8* < #K *14'' KIK CA+ 8'<,:-+ 5-F G 558F G 4 58 FG 58F G D C " B,, B,, B,, B? B? B?

5 Página 5 de 2 FG C5K F = G C5EK?????? ED- = + + EC-* E"-I > FG 5E8 ; FG 8 ;.FDG 58 >= - D - FG D - *= 4 D- 4 C C- D L "- D - D L E- D L, = B - L 5-5 L - 5 L - F G.L - DL D- D.L C- D "- FG D - *= 4 E- 4 C - D L 5- D L - D L - D L - L D- 5 L C- F GL "- F G.L - DL E- D.L D- D D5- FG D D- *=

6 Página 6 de 2 4 D- 4 C D- D L DD- D L DC- D L D"- D L D- L DE- 5 L C- F GL C5- F G.L C- DL C- D.L 58 ; +I +I +I 58 ; 4 58 ; >?> >?> >?> 5D ; >+A 5C ; 4 5" ; B+=-+? B?,,,, B?CCC, 58 D B?I 5E8FG D8,-B,?B B=C 55CM 55"M?B,?C 55M 55EM +CC,,+ 5 4M 55 4M 5 4M 5 4M 5 M 5D M 5C M 5" M 5C8 5" E --

7 Página 7 de 2 4M 4 M 5 M M D-FG C8 "8F G 8F G E8 ; 58 D 55M 5M 5M 5M 5DE- M 5D56 5D558N B,A 5D58 5D58N 5D58 5D5D8I 5C5>4 5C5> 5C5D8 5C5C8 N FI M0'G 5C5"8 5"K 5"E8 5"5-5"558 5"58 #F5O OG 5"58 ##FDO OG 5"58 5"5D8 5"5C8 5"5"8 #F5O OG 5"58 ##FDO OG 5"5E8 5"8 C- B+A+ "- - E-I =,,

8 Página 8 de 2 558D = 5ED= 5EC= N P KI, E- - DK CK "- * FG 8 * E7FBQ G B?,, B?,, BC,, 57FG BC,, BC,, ++?, 55/7 FG 5KFG F4*G B?, B?, 5FG +A> +A> == 5FG 5DM<08<:FG D58 D55- I A+I,, B D5- >=, >?, >C? D5- C-I.. "-I.. 5D/ 5C- 5"-I +7 58I I BB?,=+ B=,, B+,, B==, =C>, >,,, -,I -,I -,I 5E8I FG 5KI ; "- F8/P # G - *FG DD8 N FI G DC8N I D"8N I D8N * DE8N N D58 D55KF G >?? B?,BI,BI,B+I +?I =?I +?I B?I B?I B?I A,I?,I A,I,I,I,I +I >I CI B+,

9 Página de 2 R6#.J / E2 F&/ ;*"/* / / =B,2 / 4 / 64/ 1E8&4 KF # 4'2 '/" J / EF6 *5 0* /*&/<* LLL/* /M F.2 &8&5M:# *F.2 &5M:# F.2 &K5M:#. 'B,2 / &4 1 #/*4/2 N* '7 & * 4 4 EF *"/ &1 #1 /4* / 4'44 ' +,,- ' 6*4 'BA &*": ;& *"//& "5/4 /GG6&0& '* " 6 ". / & :4/4 2 MN* #>8'-+:-+I 7 :+ 5 * 4* * E:4 *&4 * 4&4* / 4* /&F

10 Página 10 de 2 / &.4'/ &'" 7.:+ & E 1 4 F5 & 7N 6 'B4+4?4 ; '/' 6" * 0O 8&/ 5 'B4+4?4 'B4+4?4 'B4+4?4 'B4+4?4 D 'B4+4?4 C 'B4+4?4 5 'B4+4?4 'B4+4?4 5 'B4+4?4 7N 54& 65/ & * 5 D C "KN "5 " "D E: E5 E E 5' & * 4/ /* * : 'B4+4?4 'B4+4?4 'B4+4?4 'B4+4?4 'B4+4?4 A 'B4+4?4 '> '> '> '> " 4" :* */6 'B ' 6 " 'B 'B 'B 54 '6* 4 &4 &&4* * 4* 6

11 Página 11 de 2 : D 5C 5" 5 5E 55 55C 57 & '6*& * F ' ' & G * #:* 'P4 6 /&' &4&* I / '* 5 D E I ' * &41 '"/"' & 84 5D 2 'C & / 4 64 *

12 Página 12 de 2 5D 5D 5DD 5C/ I = * 1 :4 * 'C 'C 'C '= 5C '= 5CD '= 5C '= 5CE '= 55*0 &4 & D8 &/ I 56/* 4*&* / 4 * ' &* D5 D D DD D" DE ' C:I * / / 4 O :* C5 ' ":I * / / 4 O :* "5 " 5* 7 / 4 / " * 5 D C " 7 <'# / E / Q* F#E# *F4*" ' 4 * * * * 4 <4& *

13 Página 1 de 2 7.<'# & E 1 4 F5 & >C 7N 6 ; '/' 6" "G * 0O 8&/ >C "G >C "G >C "G D >C "G C >C "G " >C "G E >C "G 5 >C "G 55 >C "G 5 >C "G 5 >C "G 5D >C "G 5C >C "G 5 "G

14 Página 14 de 2 7N 54& 65/ & * 7N 54& 65/ & * N ' "'P 4 & D5 C5 C "KN "5 " & * 4/ /* * :.= "G.= >B>4 >B?4>BA>B-& G4 "G >B, "G >C "G.= &>B& G4 "G >B, "G &>A& G4 "G.- >B? "G =B= "G =B= "G?? > >B>

15 Página 15 de 2 K 54* /K2 / E: " 4" :* */6 ' 6 " >BA "G >> "G A E5 A E A E A E A.* & 0& ' &4* / ' ' B> &0 E 4 F/ A 4 * C C 54 '6* 4 &4 &&4* * 4* 6 : B= B=> B=> B=> B=>

16 Página 16 de 2 5D B=> 5C B=> 5" B=> 5 B=> 5E B=> 55 B=> 55C B= 57 & '6*& B= * F ' ' & G B=> 55 5 B= 5 B= 7* #:* 'P4 6 /&' B= &4&* I / '* B=> 5 B= D B=

17 Página 17 de 2 B= E B= 5 B= 55 B= 5 B=> 5 B=> 5 B=> 84 2 & 5D / 4 64 * 5D 5D 5DD 5C/ I = 5C 5CD 5C 5CE * 1 :4 * & 64/ 5"8 * '& * 4 * /& => = =B> = A C C C C B,BB

18 Página 18 de 2 5"5 BB 5" BB & / & & &E / * / 1 4 F&4 & D +./ + 5E/ '/ &4 *& + 5E5 B> 5? B, 7 #* 1 &/ +A &' / 0: 0 C +A 5 A? A D8 55*0 &4 & &/ A+ I 56/* 4*&* / 4 * ' &* A

19 Página 1 de 2 D5 D A D A+ DD A D" A+ DE A ' A C:I * / / 4 O :* A C5 ' - ":I * / / 4 O :* - "5 " - >BA >B- 5* 7 / 4 / 5 D C " " * "G A A A A A A >BA >B- "G A

20 Página 20 de 2 8 E7 /& ; 6/'& E5 E E ED EC E" E EE E5 K 5 D C " #A * & /* & & 5/ 4 ' #A #= #= #A #A #A #A #- #- #? * & / ' #? #? #? #? #B#? >B- "G #?

21 Página 21 de 2 E K 54 4*5 :* 4/4 *4 /6 4* 4 0:0 #B#C #B#C #B#C #B#C #B #B & #+ & #+ D & #+ 7 # 6/ 2.B F /2 */ = 4 & = * G >B>4 >BA>B-& G4 5 "G.B.B.B.B D.B C.B

22 Página 22 de 2 " 7N I :< = F = G.B >B> 4 >BA */ 6:* 4 * "G 4/1.? *&.? C7 R/4/ &* &4 <* = & C5 & '& 45 *5 &4 : / &&4* : = 4/4 44 *0&0 44 * & /.A.A.+.=.=.=.- 8* & EA4 &4* &.? / I * 4 :* & # *&4 /41&4 & 6:* 4* / 7 8<.?.?.?. E F5.&'* * &6/4 *4* 4&* *0& &*1 / 7.8< 7N ; & E 1 4 F5 & 6 '/' 6"

23 Página 2 de 2 * 0O 8&/ 5 D C " E D 5C 5 5 7N 54& 65/ & * N 1 6 ' "'P 4 D C E KN ; I 5 6=4>4? A 1& 0* 4 *0/& /

24 Página 24 de 2 D C " E C5 C C" C5 C55 C5 C5 C5 C5D C5C C5" "KN "5 " "D 5 E: E5 E E E 7 & * 4/ /* * : 6=B, 6=B, 6=B, 6=B, 6= 6= " 4" :* */6 6? ' 6 " 6? 6? 6? 6?.* & 0&044 &4* / ' ' &0 E 4 F/ A 4

25 Página 25 de 2 5' * 54 '6* 4 &4 &&4* * 4* 6 : D 5C 5" 5 5E 55 55C 57 & '6*& * F ' ' & G * #:* 'P4 6 /&' &4&* I / '* 5 D E I ' 6B4+4= * &41 A '"/"'

26 Página 26 de 2 & 84 2 & 5D / 4 64 * 5D 5D 6B4+4A B, 5DD 6B4+4A B, 5C 6A 5CD 6A 5"5 6B4+4? A 5" 5"C 5"" & / & & 4 8 &E / * / 1 4 F&4 & 6B4+4= A D./ 5E/ '/ &4 *& 5E5 5E 8 P 5 <'1 & 4 * 5 / 54 &&* 6-C / 4 5 C 5 /4 0 6-C 6>4?4-4

27 Página 27 de 2 55*0 &4 & D8 &/ 6=4>4?4 I 56/* AB, 4*&* / 4 * ' &* D5 D D DD D" DE ' C:I * / 6B4+? / 4 O :* C5 6B4+? ' ":I * / 6B4+> / 4 O :* "5 6> " 6> 5* 7 / 4 / " * 5 D C 6B4+4>4?4A4-4CB,# " 8 E7 /& ; 6/'& E E ED EC E" E K * & /* 5/

28 Página 28 de 2 4 ' * & / ' C E K 54 4*5 :* 4/4 *4 /6 4* 4 0:0 7 # 6/ 2 F /2 */ 6B4+4- = 4 C & = * G 6B4+4- C " 7N I :< = F = G 5 D D7 D C5 "5 : = 4 */ 6:* 4 * 4/1 *& 6BB, 6BB, 6BB, 6BB, 5 4 6BB, &" "4 :* 4 & " 6BB, & '& 45 *5 &4 / &&4* : 4/4 44 *0&0 44 * & /

29 Página 2 de 2 8* & EA4 &4* & I / * 4 :* & 7 >>; *BC*"4'5 K4 6* 5+,B?45 &*"'* * 7.>>; N 1 6 ' "'P 4 D C E KN ; I E: E5 E E E " 0C 0C 0C 0C 0C 0C 0C 0C 1& 0* 4 0C *0/& / " 4" :* */6 0+> ' 6 " * & 0&044 &4* / ' ' &0 0+4>? E 4 F/ A 4 * 0>A 0>A 0+> 0>? 5' 54 '6*

30 Página 0 de 2 4 &4 &&4* 0= * 4* 6 : 55 0= 5 0= 7* #:* 'P4 6 /&' 0= &4&* I / '* 5 0= 0= D 0= 0= E 0= 5 0= 55 0= 5 0= 5 0= 5 0= * 5C/ I 0?A 1 = :4 * 5C 0A 5"5 0+ & / & & 4 8 D 8 P 5 &E / * / 1 4 F&4 & 5 <'1 & 4 * / 54 0B 0B 0B 0B 0B

31 Página 1 de 2 &&* / 4 0- / #* 1 &/ 0- &' / 0: 0 C 0-7* </ & / 4 &O 4& 66/ 7* & & ' ' * / C:I 0+> / 4 O :* 0+> C5 ' ":I * / 0B / 4 O :* "5 0B " 0B 5 0C 0C C 0C " 0C D 0C 7N 4 I */ 6:* 4 :< * 0C = 4/1 F = *& G 0C D 0C 5 4 D7 D D 0C &" "4 :* 4 & " 0C 0C 0C

32 Página 2 de 2 D : = EA4 I E E '& 45 *5 &4 / &&4* : 4/4 44 *0&0 44 * & / 8* & &4* & / * 4 :* & 0C 0C 0C 0C # *&4 /41&4 0C & 6:* 4* / 0C 7&M+B,2T+,,- 8

Tratamentos Tempo de Armazenamento T F secagem 0 mês 6 meses ( C) (m 3 /minuto/t) (hora) D 1 D 2 D 3 Médias D 1 D 2 D 3 Médias 42 26,9 0 10,4 10,8

Tratamentos Tempo de Armazenamento T F secagem 0 mês 6 meses ( C) (m 3 /minuto/t) (hora) D 1 D 2 D 3 Médias D 1 D 2 D 3 Médias 42 26,9 0 10,4 10,8 Tratamentos Tempo de Armazenamento T F secagem 0 mês 6 meses ( C) (m 3 /minuto/t) (hora) D 1 D 2 D 3 Médias D 1 D 2 D 3 Médias 42 26,9 0 10,4 10,8 10,9 10,7 12,8 11,6 12,0 12,1 4 11,1 10,6 10,9 10,9 13,1

Leia mais

Diretor Executivo Márcio Augusto Magalhães. Diretor Departamento de Administração Márcio Wamilton Magalhães. Diretor de Operações Adriano de Magalhães

Diretor Executivo Márcio Augusto Magalhães. Diretor Departamento de Administração Márcio Wamilton Magalhães. Diretor de Operações Adriano de Magalhães Diretor Executivo Márcio Augusto Magalhães Diretor Departamento de Administração Márcio Wamilton Magalhães Diretor de Operações Adriano de Magalhães Manual de Abastecimento de Água pág. 2 !"!#$$ %"&'()*%+,%-%+,%./&01

Leia mais

Pos. Designação Tipo Medida Material 1 RETENTORES CB 4 X 11 X 6 2 RETENTORES CB 4 X 11 X 6 VITON 3 RETENTORES CB 4 X 12 X 6 4 RETENTORES CB 4 X 12 X

Pos. Designação Tipo Medida Material 1 RETENTORES CB 4 X 11 X 6 2 RETENTORES CB 4 X 11 X 6 VITON 3 RETENTORES CB 4 X 12 X 6 4 RETENTORES CB 4 X 12 X 1 RETENTORES CB 4 X 11 X 6 2 RETENTORES CB 4 X 11 X 6 VITON 3 RETENTORES CB 4 X 12 X 6 4 RETENTORES CB 4 X 12 X 6 VITON 5 RETENTORES CB 4,5 0X 16 X 7 6 RETENTORES CB 4,8 X 22 X 7 7 RETENTORES CC 5 X 15

Leia mais

$ " ( % . &/0.1 (+ 2 / */ & 4*"53 7==78&9 +! :% 5 333A 3B4 3 >! % :3 (C!4"3 .?*9E=;F;#F=#<! 4 3 C43 3%;3#%<=30.!

$  ( % . &/0.1 (+ 2 / */ & 4*53 7==78&9 +! :% 5 333A 3B4 3 >! % :3 (C!43 .?*9E=;F;#F=#<<F#FE 3& &>! 4 3 C43 3%;3#%<=30.! ! " $ " %!' ( % )*!+ %),-+. /0.1 (+ 2 / */ 2-3-2 4*"53 7==789 +! :% 5 333A 3B4 3 >! % :3 (C!4"3

Leia mais

REGULAMENTO DAS PROVAS OFICIAIS FEDERATIVAS

REGULAMENTO DAS PROVAS OFICIAIS FEDERATIVAS REGULAMENTO DAS PROVAS OFICIAIS FEDERATIVAS ÉPOCA 2013-2014 FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE BASQUETEBOL !"#! $%&"% '! % ( )* % +, -- )*!"% % -. /0 1% 2 333-4 /0 1% 2 % -5 )*!"% 6 %%7-8 9 : 9 97 2 % ' )*!"% *9.

Leia mais

Câmara dos Deputados Praça 3 Poderes Consultoria Legislativa Anexo III - Térreo Brasília - DF

Câmara dos Deputados Praça 3 Poderes Consultoria Legislativa Anexo III - Térreo Brasília - DF Henrique Leonardo Medeiros Consultor Legislativo da Área II Direito Civil e Processual Civil, Direito Penal e Processual Penal, de Família, do Autor, de Sucessões, Internacional Privado Câmara dos Deputados

Leia mais

AVES DESCLASSIFICADAS CANÁRIOS DE COR

AVES DESCLASSIFICADAS CANÁRIOS DE COR CC001 852 Q FOB BB 0044 2107 06 0029 MANCHA(S) AMARELAS NA COR DE FUNDO VERMELHA CC001 6821 Q FOB FK 0289 0018 06 0030 CC001 11673 I FOB KA 0040 0078 06 0900 CC002 2286 Q FOB CE 0004 0230 06 0800 HARMONIA

Leia mais

9A5&*86365 A 2A 5&*86"649A5458"

9A5&*86365 A 2A 5&*86649A5458 12345675689ABCD6756533ADCE9A56D5EF9A56 5 EAD5EF9A56 86 A C938 6 56C C9AC 4A56 B 54A861C7A5B5 C E9861953A CA9867C6 C3 2A3536 3A453!"6#2C3E$C36BC95A3638 9C65 EA6D5EF9A5 %"6 8 7A&$C367C6'5()598 6C656 A8 5&*867C6

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO ESCOLHA A ÚNICA ALTERNATIVA CERTA, ASSINALANDO-A COM X NOS PARÊNTESES

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO ESCOLHA A ÚNICA ALTERNATIVA CERTA, ASSINALANDO-A COM X NOS PARÊNTESES MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx DEPA COLÉGIO MILITAR DO RIO DE JANEIRO (Casa de Thomaz Coelho/1889 9º Ano SubSeção de Matemática 1 a PARTE Múltipla Escolha Álgebra e Geometria ESCOLHA A

Leia mais

#$ -.,./0*$/1 2 3,*45 $. 6 /768/. $ 2.95,* :;< 6$ $ -.,./0 *$/1 +=. $6 >.=7 2 3.=45.$ $ 1,? " 2= $.9.5!!< 2 #$45 6-= $,? <" 2= $>A 9. $ = = 5.

#$ -.,./0*$/1 2 3,*45 $. 6 /768/. $ 2.95,* :;< 6$ $ -.,./0 *$/1 +=. $6 >.=7 2 3.=45.$ $ 1,?  2= $.9.5!!< 2 #$45 6-= $,? < 2= $>A 9. $ = = 5. !"!"#$ %&!$'#(%)"&!'&*)+),#)&!-+.$#)/ %&! #$% $ &' 0123 ()**+,+,*& #$ -.,./0*$/1 2 3,*45 $. 6 /768/. $ 2.95,* :;< 6$ $ -.,./0 *$/1 +=. $6 >.=7 2 3.=45.$ $ 1,? " 2= $.9.5!!< 2 3@ #$45 6-= $,?

Leia mais

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry.

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry. SIRIUS SENTRON SIVACON Catálogo LV 90 2009 Baixa Tensão Corte, protecção e comando Answers for industry. Interruptores de corte em carga, sistemas de barramentos SENTRON 8US Introdução Tipo 3NP 1 3K 3NJ4

Leia mais

Exercícios Resolvidos sobre: II A Representação da Economia e a Contabilidade Nacional

Exercícios Resolvidos sobre: II A Representação da Economia e a Contabilidade Nacional Exercícios Resolvidos sobre: II A Representação da Economia e a Contabilidade Nacional Contabilidade Nacional Questão 6 O nosso objectivo é conhecer o valor da produção da economia ou PIB. Se as empresas

Leia mais

Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e dê o número de seus elementos.

Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e dê o número de seus elementos. 1 Exercício 1 Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e dê o número de seus elementos. (a) Numa linha de produção conta-se o número de peças defeituosas num intervalo de uma hora.

Leia mais

Tabela de Vinculação de pagamento Manteve o mesmo nome DDM SIAFI-TABELA-VINCULA-PAGAMENTO

Tabela de Vinculação de pagamento Manteve o mesmo nome DDM SIAFI-TABELA-VINCULA-PAGAMENTO Segue abaixo dados das DDMs que mudaram para o PCASP, tanto as que mudaram de nome como as que mantiveram o mesmo nome. Para estas, os campos que serão excluídos (em 2015) estão em vermelho e os campos

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Regional Catalão - IMTec

Universidade Federal de Goiás Regional Catalão - IMTec Universidade Federal de Goiás Regional Catalão - IMTec Disciplina: Álgebra I Professor: André Luiz Galdino Gabarito da 1 a Lista de Exercícios 11/03/2015 1. Prove que G é um grupo com a operação de multiplicação

Leia mais

MAE0219 Introdução à Probabilidade e Estatística I

MAE0219 Introdução à Probabilidade e Estatística I Exercício 1 Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e dê o número de seus elementos. (a) Numa linha de produção conta-se o número de peças defeituosas num intervalo de uma hora.

Leia mais

Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e dê o número de seus elementos.

Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e dê o número de seus elementos. 1 Exercício 1 Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e dê o número de seus elementos. (a) Numa linha de produção conta-se o número de peças defeituosas num intervalo de uma hora.

Leia mais

'!"( )*+%, ( -. ) #) 01)0) 2! ' 3.!1(,,, ".6 )) -2 7! 6)) " ) 6 #$ ))!" 6) 8 "9 :# $ ( -;!: (2. ) # )

'!( )*+%, ( -. ) #) 01)0) 2! ' 3.!1(,,, .6 )) -2 7! 6))  ) 6 #$ ))! 6) 8 9 :# $ ( -;!: (2. ) # ) !" #$%&& #% 1 !"# $%& '!"( )*+%, ( -. ) #) /)01 01)0) 2! ' 3.!1(,,, " 44425"2.6 )) -2 7! 6)) " ) 6 #$ ))!" 6) 4442$ ))2 8 "9 :# $ ( -;!: (2. ) # ) 44425"2 ))!)) 2() )! ()?"?@! A ))B " > - > )A! 2CDE)

Leia mais

! &" #$& "% '()) '()' 4 )* * +, ' -./ )* 0' ( ' 1% +, 2 ' 3 -./ $ * + *,-. / #. 0! " 1 $ 2 3 # $ $ % & ' 4 " *.! " * 5 5+ * 6 7 # - 7 # ( $ % & '

! & #$& % '()) '()' 4 )* * +, ' -./ )* 0' ( ' 1% +, 2 ' 3 -./ $ * + *,-. / #. 0!  1 $ 2 3 # $ $ % & ' 4  *.!  * 5 5+ * 6 7 # - 7 # ( $ % & ' ! " # $ % ! &" #$& "% '()) * + *,-. / #. 0! " 1 $ 2 3 # $ $ % & ' '()' 4 " *.! " * 5 5+ * 6 7 # - 7 # ( $ % & ' 4 )* * +, ' -./ )* 0' ( ' 1% +, 2 ' 3 -./ $ 3 4 SUMÁRIO MATERIAL DE ATUAÇÃO PRÁTICA PARA

Leia mais

MAE116 - Noções de Estatística Grupo A - 1 semestre de 2015

MAE116 - Noções de Estatística Grupo A - 1 semestre de 2015 MAE116 - Noções de Estatística Grupo A - 1 semestre de 2015 Gabarito Lista 4 - Probabilidade - CASA Exercício 1. (2 pontos) Para cada um dos experimentos abaixo, descreva o espaço amostral e apresente

Leia mais

Lista 4.5 Derivada da Função Composta

Lista 4.5 Derivada da Função Composta Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa Apontamentos Cálculo II. Função composta de duas unções e g, com o contradomínio de g contido ou igual ao domínio de (og): Função que resulta da utilização

Leia mais

!"!#""" MESTRADO EM TEOLOGIA. Área de Concentração: Religião e Educação ()*+,-#""./

!!# MESTRADO EM TEOLOGIA. Área de Concentração: Religião e Educação ()*+,-#./ !"!#""" $%&&' MESTRADO EM TEOLOGIA Área de Concentração: Religião e Educação ()*+,-#""./ 0!"!#""" 1223445, 26,),7)2 8 9:;28 87767 26,;2

Leia mais

r a t (I), ht rs (II) e (III) r s t r a

r a t (I), ht rs (II) e (III) r s t r a 01 De T 1 e T 3, temos: a h r s h r a t (I), ht rs (II) e (III) r s t r a De T e T 3, temos: h b s s b s b t (IV) e (V) r s t r h De (III) e (V): b h h a b (VI) h a Somando (I) e (IV) temos: r s at bt

Leia mais

Apostila 03 - Linguagens Livres de Contexto Exercícios

Apostila 03 - Linguagens Livres de Contexto Exercícios Cursos: Bacharelado em Ciência da Computação e Bacharelado em Sistemas de Informação Disciplinas: (1493A) Teoria da Computação e Linguagens Formais, (4623A) Teoria da Computação e Linguagens Formais e

Leia mais

ACEF/1112/13457 Parecer do RIES sobre intenção de decisão

ACEF/1112/13457 Parecer do RIES sobre intenção de decisão ACEF/1112/13457 Parecer do RIES sobre intenção de decisão ACEF/1112/13457 Parecer do RIES sobre intenção de decisão Parecer da Instituição de Ensino Superior à Intenção de Decisão do Conselho de Administração

Leia mais

! $&% '% "' ' '# ' %, #! - ' # ' ' * '. % % ' , '%'# /%, 0! .!1! 2 / " ') # ' + 7*' # +!!! ''+,!'#.8.!&&%, 1 92 '. # ' '!4'',!

! $&% '% ' ' '# ' %, #! - ' # ' ' * '. % % ' , '%'# /%, 0! .!1! 2 /  ') # ' + 7*' # +!!! ''+,!'#.8.!&&%, 1 92 '. # ' '!4'',! "#$%% $&% '% "' ' '# '"''%(&%') '*'+&%'# ),'#+# ' %, # - ' # ' "%'''' ' * '. % % ', '%'# ''''') /%, 0.1 2 / " ') 33*&,% *"'",% '4'5&%64'' # ' + 7*' # + "*''''' 12''&% '''&")#'35 ''+,'#.8.&&%, 1 92 '. #

Leia mais

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS 1. Objetivo: 1. Esta rotina permite importar para o banco de dados do ibisoft Empresa o cadastro de pessoas gerado por outro aplicativo. 2. O cadastro de pessoas pode

Leia mais

PONTO MÉDIO LEMBRA? OUTRO PONTO MÉDIO! DOIS PONTOS MÉDIOS LEMBRAM? BASE MÉDIA! Cícero Thiago Magalhães

PONTO MÉDIO LEMBRA? OUTRO PONTO MÉDIO! DOIS PONTOS MÉDIOS LEMBRAM? BASE MÉDIA! Cícero Thiago Magalhães PONTO MÉDIO LEMBRA? OUTRO PONTO MÉDIO! DOIS PONTOS MÉDIOS LEMBRAM? BASE MÉDIA! Cícero Thiago Magalhães Nível Iniciante Propriedade 1 Num triângulo retângulo ABC, a mediana BM relativa à hipotenusa mede

Leia mais

NCE/12/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/12/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de presentação de Pronúncia ao Relatório da Comissão

Leia mais

Modelos não recorrentes RNA Feed-Forward: MLP - Backpropagation, RProp,CasCor (HiperPlanos) RBF Radial Basis Function (Clusters)

Modelos não recorrentes RNA Feed-Forward: MLP - Backpropagation, RProp,CasCor (HiperPlanos) RBF Radial Basis Function (Clusters) Modelos não recorrentes RNA Feed-Forward: MLP - Backpropagation, RProp,CasCor (HiperPlanos) RBF Radial Basis Function (Clusters) 2. Outros modelos Mapas de Kohonen SOM, SOFM (Self-Organizing Feature Maps)

Leia mais

Controle do Professor

Controle do Professor Controle do Professor Compensou as faltas CURSO: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO DISCIPLINA: GEOMETRIA ANALÍTICA VETORIAL E INTRODUÇÃO À ÁLGEBRA LINEAR SÉRIE: 2º ANO TRABALHO DE COMPENSAÇÃO DE FALTAS DOS ALUNOS

Leia mais

! "#" $ %&& ' ( )%*)&&&& "+,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) (5 (6 7 36 " #89 : /&*&

! # $ %&& ' ( )%*)&&&& +,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) (5 (6 7 36  #89 : /&*& ! "#" %&& ' )%*)&&&& "+,)-. )/00*&&& 1+,)-. )/00*&2) 3 4 5 6 7 36 " #89 : /&*& #" + " ;9" 9 E" " """

Leia mais

Módulo Elementos Básicos de Geometria - Parte 3. Pontos Notáveis no Triângulo. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda

Módulo Elementos Básicos de Geometria - Parte 3. Pontos Notáveis no Triângulo. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda Módulo Elementos Básicos de Geometria - Parte 3 Pontos Notáveis no Triângulo. 8 ano/e.f. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda Elementos Básicos de Geometria - Parte 3. Pontos Notáveis no Triângulo.

Leia mais

Faculdade de Economia Universidade Nova de Lisboa Semestre de Inverno 2010/2011. Cálculo I. Caderno de exercícios 2

Faculdade de Economia Universidade Nova de Lisboa Semestre de Inverno 2010/2011. Cálculo I. Caderno de exercícios 2 Faculdade de Economia Universidade Nova de Lisboa Semestre de Inverno 2010/2011 Cálculo I Caderno de exercícios 2 Paulo Corte-Real Ernesto Freitas Claudia Alves David Antunes Silvia Guerra 1 0 12,+,3,456)

Leia mais

Município de Gondomar. Resumo. 97.037,18 97.037,18 6737 401 04 99D Outras construções Anfiteatro junto à Igreja de Medas

Município de Gondomar. Resumo. 97.037,18 97.037,18 6737 401 04 99D Outras construções Anfiteatro junto à Igreja de Medas 3196 31 4 4D Equipamentos não integrados nos Deposito de aguas das oliveiras 29-6-2 19.75,81 151,716.257,33 637 41 4 5D Cemitérios (construções, vedações e Cemiterio de Melres - novo 31-12-29 25.887,49

Leia mais

HEP-5800 BIOESTATÍSTICA

HEP-5800 BIOESTATÍSTICA HEP-5800 BIOESTATÍSTICA UNIDADE III INFERÊNCIA ESTATÍSTICA : AMOSTRAGEM PROBABILÍSTICA, DISTRIBUIÇÃO AMOSTRAL, INTERVALOS DE CONFIANÇA. Nilza Nunes da Silva Regina T. I. Bernal 2 1. AMOSTRAGEM PROBABILISTICA

Leia mais

! " #! $! %! " & ' ( )!! " * + " *, %

!  #! $! %!  & ' ( )!!  * +  *, % ! " #! $! % "! &' ( )!! " * + " *, % ! " # $ %!"#$%#&'()%#*&+ *', #%!-").%",')/&%001 #2% '.32"!'.)%#%2'%%4"'&)'#.)* *.'*#' 2)%#&"'&)' *'!&%5'/65*#'& &*#78% 2*5#%#2)'29:* #;!')*

Leia mais

Manobra e Proteção de Motores. sirius. Métodos de Partida

Manobra e Proteção de Motores. sirius. Métodos de Partida anobra e Proteção de otores sirius étodos de Partida étodos de partida Índice Páginas Partida direta coordenada com fusível... e Partida direta com reversão coordenada com fúsivel... 5 e 6 Partida estrela-triângulo

Leia mais

NCE/10/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/10/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/00311 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

A LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS NA CIDADE DE CRATO-CE: O USO EM CONTEXTOS RELIGIOSOS

A LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS NA CIDADE DE CRATO-CE: O USO EM CONTEXTOS RELIGIOSOS XVI Semana de Iniciação Científica e II Semana de Extensão de 21 a 26 de outubro de 213 ISSN: 1983-8174 Universidade Regional do Cariri - URCA - Crato, Ceará A LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS NA CIDADE DE

Leia mais

! " # $ % % & ' ( ) ' * * +

!  # $ % % & ' ( ) ' * * + ! " # $ % % & ' ( ) ' * * + , - $ '. ! " $ & & - 0 $ $ 0 $ 3 4 5 4 3 ) 7 8 7 # % ' " ( ) * +,./ " ( $,,, ) 1 2 1 ' % 2 " % % ' %( 6 ' ( ( $ $ " !!. / '! % - :,! 3!3 ; % - ( *# 3)! ) < ; = 9 # 3!!3 33

Leia mais

63789:!" #$$!%&'" %%($!)* '+($!%,'$'!)' '';! +! <' = + -.%" '$/0!)" #$!/0!)%&! + 2 4> + ; (! ; ( 8 ; ( ; *(" #+ + ; ('+ +? '

63789:! #$$!%&' %%($!)* '+($!%,'$'!)' '';! +! <' = + -.% '$/0!) #$!/0!)%&! + 2 4> + ; (! ; ( 8 ; ( ; *( #+ + ; ('+ +? ' Página 1 de 31!"#$%&'"!!"( )* +,-./(,0 " #1$,*2 34#5'+ 63789:!" #$$!%&'" %%($!)* '+($!%,'$'!)' '';! +! .12 # '1 + #%

Leia mais

! &! $ '()*+,-./01234435 #78!99

! &! $ '()*+,-./01234435 #78!99 1 ! ""#$ %! &! $ '()*+,-./01234435 634432 #78!99 #:;&9 2 !" # " $!" %" # $ &'()*+(,$$#% -.*/0(1)2)3425 3 Marcelo O. Coutinho de Lima 4 )*+, 9 82 "! 9!2 $ $ $?$@; *7 A> =" " ); B$" 9 $

Leia mais

Disciplina: _Matemática Professor (a): _Valeria

Disciplina: _Matemática Professor (a): _Valeria COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 201 Disciplina: _Matemática Professor (a): _Valeria Ano: 201 Turma: _9.1 e 9.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

ÍNDICE 6/28 CONDIÇÕES GERAIS 6/28. Cláusula Preliminar CAPÍTULO I 6/28. Cláusula 1.ª 6/28. Cláusula 2.ª 7/28. Cláusula 3.ª 8/28 8/28. Cláusula 4.

ÍNDICE 6/28 CONDIÇÕES GERAIS 6/28. Cláusula Preliminar CAPÍTULO I 6/28. Cláusula 1.ª 6/28. Cláusula 2.ª 7/28. Cláusula 3.ª 8/28 8/28. Cláusula 4. ÍNDICE CONDIÇÕES GERAIS Cláusula Preliminar CAPÍTULO I Cláusula.ª Cláusula.ª Cláusula.ª Cláusula.ª Cláusula 5.ª Cláusula 6.ª CAPÍTULO II Cláusula 7.ª Cláusula 8.ª Cláusula 9.ª Cláusula 0.ª Cláusula.ª Cláusula.ª

Leia mais

!"#$%&'$!&( * # +,-# (. & $/ # () + $ $ + % & $ $ 01 '% 213(4 $,56 5$4 & $ ( 7$ (#%

!#$%&'$!&( * # +,-# (. & $/ # () + $ $ + % & $ $ 01 '% 213(4 $,56 5$4 & $ ( 7$ (#% 1!!"# $$%& $' '% #$ '( & ) $ * # +,-# (. & $/ # () + $ $ + % & $ $ 01 '% 213(4 $,56 5$4 & $ ( 7$ (#% $' '% #$ '( & ) $ 2 $"$)*+$,%! +)!$" +)&,%$*-+'+&.",$'+ / +)&,%$*-+'$&.,$*0&'+$,%! 1)!+23.!'+ 4 +)&,%$*-+'+&".5+&'$!5$

Leia mais

Alternativas para o manejo adequado de percevejos

Alternativas para o manejo adequado de percevejos Alternativas para o manejo adequado de percevejos MSc. José Fernando Jurca Grigolli Pesquisador Fitossanidade Fundação MS 1 O MONITORAMENTO E A IDENTIFICAÇÃO DAS PRAGAS INFLUENCIA DIRETAMENTE A EFICIÊNCIA

Leia mais

O PROGRESSO. Gaeco deflagra Operação Fantoche na área cultural O TEMPO LOTERIA. Incra inicia 300 despejos com força policial em MS

O PROGRESSO. Gaeco deflagra Operação Fantoche na área cultural O TEMPO LOTERIA. Incra inicia 300 despejos com força policial em MS SS çã d c dg çã c á c w ƒ ƒ ƒ ˆ ƒ ƒ Š ƒ Š w ƒ ƒ ƒ Œ Œ w Ž ƒ Œ Œ ƒ Œ w d š œ c c d c ç c S c d çã gá c c d d dd ç c d ã c d g íc d c dcç d d 5 d c d d éc g d d d d dd d c g ã d é d cd çã ç c g cc ã d ã

Leia mais

Tópicos Quem é é a a PP aa nn dd ui t t?? PP oo rr qq ue um CC aa bb ea men tt oo PP er ff oo rr ma nn cc e? dd e AA ll tt a a Qua ll ii dd aa dd e e PP aa nn dd ui t t NN et ww oo rr k k II nn ff rr aa

Leia mais

Lista de Exercícios de Geometria

Lista de Exercícios de Geometria Núcleo Básico de Engenharias Geometria - Geometria Analítica Professor Julierme Oliveira Lista de Exercícios de Geometria Primeira Parte: VETORES 1. Sejam os pontos A(0,0), B(1,0), C(0,1), D(-,3), E(4,-5)

Leia mais

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação!" !" $%& '( ) %) * +, - +./0/1/+10,++$.(2

Leia mais

Telecomunicações Básico

Telecomunicações Básico Telecomunicações Básico Prof. MSc. Eng. ! "!"!"#$ %!"# #% # $ &# #!% '($ ) ) *+, ) $-!.) / 0 1#() 0!2) $% & '() * %# ') % &# /) *%+,,%-, 334-3564.7 &3897.%& / /% 0 0% 1 0 :'( : : $00'( :'(;< : 4.*6 :4.*6

Leia mais

ALPHA FIX Conectores catalogo conectores ALPHA FIX.in1 1 catalogo conectores ALPHA FIX.in1 1 4/19/07 5:11:56 PM 4/19/07 5:11:56 PM

ALPHA FIX Conectores catalogo conectores ALPHA FIX.in1 1 catalogo conectores ALPHA FIX.in1 1 4/19/07 5:11:56 PM 4/19/07 5:11:56 PM ALPHA FIX Conectores FAMÍLIA ALPHA FIX A família de conectores ALPHA FIX permite uma perfeita conexão para cada aplicação, proporcionando flexibilidade, facilidade e rapidez nas montagens. Os conectores

Leia mais

TEOREMA DE CEVA E MENELAUS. Teorema 1 (Teorema de Ceva). Sejam AD, BE e CF três cevianas do triângulo ABC, conforme a figura abaixo.

TEOREMA DE CEVA E MENELAUS. Teorema 1 (Teorema de Ceva). Sejam AD, BE e CF três cevianas do triângulo ABC, conforme a figura abaixo. TEOREMA DE CEVA E MENELAUS Definição 1. A ceviana de um triângulo é qualquer segmento de reta que une um dos vértices do triângulo a um ponto pertencente à reta suporte do lado oposto a este vértice. Teorema

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 Contatores de otência 3RT10, 3TF6 Motores trifásicos Contator 1) otências s AC-2 / AC-3, 60 z em 220 V 380 V 440 V AC-1 (Dimensões em mm) (cv / kw) (cv / kw) (cv / kw)

Leia mais

Luckas Andre Farias. Criptografia em hardware usando VHDL aplicado a VOIP

Luckas Andre Farias. Criptografia em hardware usando VHDL aplicado a VOIP Luckas Andre Farias Criptografia em hardware usando VHDL aplicado a VOIP Londrina 2012 Luckas Andre Farias Criptografia em hardware usando VHDL aplicado a VOIP Trabalho de Conclusão de curso apresentado

Leia mais

Gramáticas Livres de Contexto

Gramáticas Livres de Contexto Gramáticas Livres de Contexto 25 de novembro de 2011 Definição 1 Uma Regra (ou produção) é um elemento do conjunto V (V Σ). Sendo que V é um conjunto finito de elementos chamados de variáveis e Σ um conjunto

Leia mais

-!"%!%"/$#/"1%+,# *$#/"1% +,#4"*5+-!"# $*/"1% +,#!+$/$*-3/"!+9+3/!*- : 0%;#$*+ <#"./&8*- =!%0#-*.9#("/ &/4"*5+-!"# $*0#!* *5+-!"#$*!/06**5.*!

-!%!%/$#/1%+,# *$#/1% +,#4*5+-!# $*/1% +,#!+$/$*-3/!+9+3/!*- : 0%;#$*+ <#./&8*- =!%0#-*.9#(/ &/4*5+-!# $*0#!* *5+-!#$*!/06**5.*! 1 "#$%&'# ()*+,#-$#./ %/0 -"%%"/$#/"1%+,# #.3#-+&'#$#/"1% +,# #*$*-*",++"#$%# *5+-"#$*$*/06* (-*",/&8*- *$#/"1% +,#4"*5+-"# $*/"1% +,# *5+-"#$*/"1% +,# *",++"#$%# #("/ &/ *-9"+&'#$#3"#9*--# ()*+,#

Leia mais

Matemática- 2008/ Se possível, dê exemplos de: (no caso de não ser possível explique porquê)

Matemática- 2008/ Se possível, dê exemplos de: (no caso de não ser possível explique porquê) Matemática- 00/09. Se possível, dê exemplos de (no caso de não ser possível explique porquê) (a) Uma matriz do tipo ; cujos elementos principais sejam 0. (b) Uma matriz do tipo ; cujo elemento na posição

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro INSTITUTO DE MATEMÁTICA Departamento de Métodos Matemáticos

Universidade Federal do Rio de Janeiro INSTITUTO DE MATEMÁTICA Departamento de Métodos Matemáticos Universidade Federal do Rio de Janeiro INSTITUTO DE MATEMÁTICA Departamento de Métodos Matemáticos Gabarito da a Prova de Geometria I - Matemática - Monica 9/05/015 1 a Questão: (4,5 pontos) (solução na

Leia mais

CUSTO ADICIONAL DA DEFICIÊNCIA

CUSTO ADICIONAL DA DEFICIÊNCIA CUSTO ADICIONAL DA DEFICIÊNCIA Seminário Internacional Cidades e Inclusão Social -Moradias Independentes para PcD Rio de Janeiro 13 de novembro de 2014 Equipe: Coordenador Prof. Antonio Carlos Coelho Campino

Leia mais

Breve revisão de Análise Combinatória

Breve revisão de Análise Combinatória 1. Princípio fundamental da contagem Breve revisão de Análise Combinatória Considere que certo procedimento pode ocorrer de duas maneiras diferentes, quais sejam: A 1ª maneira, ocorrendo de a modos distintos;

Leia mais

11 PROGRAMAÇÃO FÍSICA E FINANCEIRA

11 PROGRAMAÇÃO FÍSICA E FINANCEIRA 16:20:25 MÉDIA COMPLEXIDADE I - PROGRAMADA 07 Proc.Esp.Prof.Méd. Outros N/ Super.e de N/Médio 07 A1 PROCEDIMENTOS REALIZADOS POR PROFISSIONAIS MÉDICOS, OUTROS PROF. DE NÍVEL SUPERIOR E PROF. DE NÍVEL MÉDIO

Leia mais

p e, p c p v v e, v c v v f w R 1e R 1c R 1v r 1 τ τ τ k ce, k ec, k cv, k vc r V n v r C P d v e = p e f w v c = p c f w +(1- f w ) v v = p v f w p e + p c + p v =1 v e + v c + v v =1. f w k ce = τ 1

Leia mais

AB ACDCEF F AB CBDDEDEF ABCDECFCACFCDC CACA01,A) C EFE ABC CEFD$%C#.,!E#C,#C3C &#C4ACA.3DC),C

AB ACDCEF F AB CBDDEDEF ABCDECFCACFCDC CACA01,A) C EFE ABC CEFD$%C#.,!E#C,#C3C &#C4ACA.3DC),C AB ACDCE ABCDECCACCDC CE CCCA!AC "C#DCDDCECACCCDE DCD$%C#&CC'"C'"D(EDC"CDCDD)C #C)A*AC)+D,-CACE.DACA/ CACA01,A)!C"22 C AB CBDDEDE DC C EE ABC CED$%C#.,!E#C,#C3C C"),#C3C#.,!E#CDDCAC"1AE,CCA"!)) &#C4ACA.3DC),C

Leia mais

MÓDULO 13. Fatoração. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias MATEMÁTICA. *, é: 4. Um possível valor de a +

MÓDULO 13. Fatoração. Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias MATEMÁTICA. *, é: 4. Um possível valor de a + ITA_Modulos 3a6 prof 03/03/0 4:9 Página I Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias MATEMÁTICA MÓDULO 3 Fatoração. Prove que se a e b são dois números reais então a + b ab a, b (a b) (a b) 0

Leia mais

SEGURO FATURAMENTO AGRÍCOLA. Condições Gerais

SEGURO FATURAMENTO AGRÍCOLA. Condições Gerais SEGURO FATURAMENTO AGRÍCOLA Condições Gerais VERSÃO 1.3 CNPJ 28.196.889/0001-43 Processo SUSEP nº 15414.001668/2011-41 Condições Gerais Seguro Faturamento Agrícola versão 1.3 / Processo SUSEP nº 15414.001668/2011-41

Leia mais

NCE/12/01796 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/12/01796 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/01796 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/12/01796 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

GLOSSÁRIO PREV PEPSICO

GLOSSÁRIO PREV PEPSICO GLOSSÁRIO PREV PEPSICO A T A A ABRAPP Aã Aã I Aí I R ANAPAR A A M A A A Lí Aá S C é ç í ê çõ 13ª í ã. Açã B E F Pê P. Cí ê, ã ê. V Cê Aã P ( á). N í, - I R P Fí (IRPF), S R F, à í á, ( 11.053 2004), çã.

Leia mais

B B C F B AC C A C C C F B B B B B B A C B C BF B B A B C B AB C B B AC B CAC C B B B B

B B C F B AC C A C C C F B B B B B B A C B C BF B B A B C B AB C B B AC B CAC C B B B B AB ACDC B CE F B C ACFC ADB C F B AC BA B A CE F C F B AC B BA B B C F B AC C A C C C F B B B B B B A C B C BF B B A B C B AB C B B AC B CAC C B B B B ABC DEF C CE C CE AC C A C C C F B B B B B B A C B

Leia mais

#)*389)+63+/*$0)/*$' Página 3/34

#)*389)+63+/*$0)/*$' Página 3/34 ! " Página 1/34 $%')*+,))-*).$/+.0$+1$2 $0 3/4)*$5'$6*)$*+*+30+$7/++89) 0-$6+/7)0*+*)'$/+1)'+:;)+6)*$,),$++$7$,7+89)5$6*)'*).3-/7+*+ *$ 6)1) + $7/++89) 0-$6+/ 7)0./$+;.$'$6$ $7/++89) *+ < +.0$+ *$7/++89)

Leia mais

FERTILIDADE E MATÉRIA ORGÂNICA DO SOLO EM DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO DO SOLO

FERTILIDADE E MATÉRIA ORGÂNICA DO SOLO EM DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO DO SOLO FERTILIDADE E MATÉRIA ORGÂNICA DO SOLO EM DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO DO SOLO Henrique Pereira dos Santos 1, Renato Serena Fontaneli 1, Anderson Santi 1, Ana Maria Vargas 2 e Amauri Colet Verdi 2 1 Pesquisador,

Leia mais

Capítulo 9. signum. Dispositivos de comando e sinalização

Capítulo 9. signum. Dispositivos de comando e sinalização Capítulo 9 signum Dispositivos de comando e sinalização SIGUARD Safety Integrated Técnica de segurança Sinalizador 8WD Com lâmpada incandescente e LED Diâmetro Ømm Pág. Tabela de escolha 9/ Acessórios

Leia mais

Jogo de Empresa: Gestão de Malha Aérea e busca de Rentabilidade

Jogo de Empresa: Gestão de Malha Aérea e busca de Rentabilidade UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI LAUREATE INTERNATIONAL UNIVERSITIES Professor : Volney Aparecido de Gouveia Jogo de Empresa: Gestão de Malha Aérea e busca de Rentabilidade Introdução A atividade desenvolvida

Leia mais

Módulo Quadriláteros. Quadriláteros Inscritos e Circunscritos. 9 ano E.F. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda

Módulo Quadriláteros. Quadriláteros Inscritos e Circunscritos. 9 ano E.F. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda Módulo Quadriláteros Quadriláteros Inscritos e Circunscritos 9 ano E.F. Professores Cleber Assis e Tiago Miranda Quadriláteros Quadriláteros Incritos e Circunscritos Exercício 5. Determine o valor de x

Leia mais

NCE/10/02211 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/10/02211 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/02211 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/10/02211 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

NCE/13/01131 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos

NCE/13/01131 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/13/01131 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos NCE/13/01131 Decisão de apresentação de pronúncia - Novo ciclo de estudos Decisão de Apresentação de Pronúncia ao Relatório da

Leia mais

' ( ! " # " $ % ! % & ' & ' ( ) ( * $ 1' 2 15 $ +2 +, -. & ' * * & ' / 0 12 3 4

' ( !  #  $ % ! % & ' & ' ( ) ( * $ 1' 2 15 $ +2 +, -. & ' * * & ' / 0 12 3 4 ! "##$# "$%&$"%$ ' (! " # " $ % K1 K3 ( E) + ( S) ( ES) ( E) + ( P) K2! % & ' & ' ( ) ( * +, -. & ' * * & ' / 0 12 3 4 $ 1' 2 15 $ +2 IV-2 12 & ' " # " 1 2 # " * 6 Figura 1 - Efeito da concentração de

Leia mais

Manual de Políticas e Procedimentos Processo: Saúde e Segurança do Trabalho

Manual de Políticas e Procedimentos Processo: Saúde e Segurança do Trabalho 1 de 17! " # $ # % # # & ' ( )* # & +, & - & #. " %/. 0$ 12 # 3 " # & 4" $1#.$5,- 6% - 0)# 7 # 8# 9 +# 1: 92 6% 85 5 0)# 7 # 8# ; # 1: 92"%&;!"!#$%"&'( < - $ #3 )""!*%+"!,!-.*%!"/01" / - 6 -. &- - 2 de

Leia mais

MATEMÁTICA II LISTA DE GEOMETRIA PLANA - III

MATEMÁTICA II LISTA DE GEOMETRIA PLANA - III MATEMÁTICA II LISTA DE GEOMETRIA PLANA - III 0 Dois círculos de centros A e B são tangentes exteriormente e tangenciam interiormente um círculo de centro C. Se AB = cm, AC = 7 cm e BC = 3 cm, então o raio

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº 001/2015-SMT-GAB GRUPO ESTRUTURAL (PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2015-0.051.567-8)

CONCORRÊNCIA Nº 001/2015-SMT-GAB GRUPO ESTRUTURAL (PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2015-0.051.567-8) CONCORRÊNCIA Nº 001/2015-SMT-GAB GRUPO ESTRUTURAL (PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2015-0.051.567-8) CONCORRÊNCIA Nº 002/2015-SMT-GAB GRUPO LOCAL DE ARTICULAÇÃO REGIONAL (PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2015-0.051.569-4)

Leia mais

Técnico Desporto: Jorge Vicente

Técnico Desporto: Jorge Vicente Técnico Desporto: Jorge Vicente Évora, 2010 !!" # $ %!! "#$%&''$(&#&)*$+$*,$#+-$ &$''() * $$!+,- $#.+/0$&#+1(&2+'& 3#&)*$(&4$5&*'./ '0*!$ $ 11 2 '6#+67,)+'')%$8&(+,9,)%+' $.8&6)/0$&&'&*5$15).&*6$')'6&.:6)%$(+&#;$#.+*%&

Leia mais

Esta edição do Diário Oficial contém:

Esta edição do Diário Oficial contém: PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAMARI - BA - ANO 02 - Nº 100 Quinta-Feira, 05 de Setembro de 2013 Esta edição do Diário Oficial contém: EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO 001/2013. CERTIFICADO EMITIDO POR AC CERTISIGN

Leia mais

!"#$%&'("')#*&%+,-./' 0#12"%31(/("'4"("%/5'("'6"%#/+78.&' 91#1.183'!/%(&3&':/%.1/' 2.;<.1#=8*>"=7%'?&2"+7%&@'ABCB'

!#$%&'(')#*&%+,-./' 0#12%31(/('4(%/5'('6%#/+78.&' 91#1.183'!/%(&3&':/%.1/' 2.;<.1#=8*>=7%'?&2+7%&@'ABCB' !"#$%&'("')#*&%+,-./' 0#12"%31(/("'4"("%/5'("'6"%#/+78.&' 91#1.183'!/%(&3&':/%.1/' 2.;"=7%'?&2"+7%&@'ABCB'! F7G"-2&':"%/5''!H13.8-%'$I.#1./3'("'>%&;%/+/JK&'"'"3$%8$8%/JK&' ("'(/(&3'>/%/'&'("3"#2&521+"#$&'("'>%&;%/+/3'

Leia mais

Aula 5 Quadriláteros Notáveis

Aula 5 Quadriláteros Notáveis Aula 5 Quadriláteros Notáveis Paralelogramo Definição: É o quadrilátero convexo que possui os lados opostos paralelos. A figura mostra um paralelogramo ABCD. Teorema 1: Se ABCD é um paralelogramo, então:

Leia mais

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o NPQV Variável Educação Prof. Responsáv v el :: Ra ph aa el BB ii cc uu dd o ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO 2º Semestre de 2003 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO As atividades realizadas

Leia mais

3.6 TRIÂNGULOS. Definição: Dados três pontos A, B e C, no plano e não-colineares, a figura formada pelos segmentos AB, BC e AC chamamos de triângulo.

3.6 TRIÂNGULOS. Definição: Dados três pontos A, B e C, no plano e não-colineares, a figura formada pelos segmentos AB, BC e AC chamamos de triângulo. 21 3.6 TRIÂNGULOS Definição: Dados três pontos A, B e C, no plano e não-colineares, a figura formada pelos segmentos AB, BC e AC chamamos de triângulo. Propriedades P1. Num triângulo qualquer, a soma das

Leia mais

PROJETOHORTAEMCASA. Manualdo. Apoio. Realização CDHU PREFEITUR A DE SÃO PAULO VERDE E MEIO AMBIENTE. Instituto GEA

PROJETOHORTAEMCASA. Manualdo. Apoio. Realização CDHU PREFEITUR A DE SÃO PAULO VERDE E MEIO AMBIENTE. Instituto GEA M RJETHRTAEMCAA CM LANTAR E CLHER ALIMENT EM CAA 201 A Rzçã Ch Dvv Hb Ub CDHU I GEA é b REFEITUR A DE Ã AUL VERDE E MEI AMBIENTE FhTé Ebçã Tx Agô Jé Lz Ch T Nh Rh Rvã A M Dg Lz Egá j Nh Rh Rq L R Rf Tv

Leia mais

NOME :... NÚMERO :... TURMA :...

NOME :... NÚMERO :... TURMA :... 1 TERCEIRA SÉRIE ENSINO MÉDIO INTEGRADO Relações métricas envolvendo a circunferência Prof. Rogério Rodrigues NOME :... NÚMERO :... TURMA :... X - RELAÇÕES MÉTRICAS NO DISCO (Potência de Ponto) X.1) Relação

Leia mais

ATIVIDADE: METODOS DE DIVISÃO DE SEGMENTOS E DA CIRCUFERENCIA.

ATIVIDADE: METODOS DE DIVISÃO DE SEGMENTOS E DA CIRCUFERENCIA. ANEXO 7 Referente a Ação 7 5. ATIVIDADE DE PREPARAÇÃO DOS BOLSISTAS ALUNOS MINI-CURSO Construções Geométricas: Esta atividade foi desenvolvida na Universidade com o objetivo de habilitar os bolsistas em

Leia mais

CEF/0910/26371 Decisão de Apresentação de Pronúncia (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/26371 Decisão de Apresentação de Pronúncia (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/26371 Decisão de Apresentação de Pronúncia (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/26371 Decisão de Apresentação de Pronúncia (Univ) - Ciclo de estudos em funcionamento Decisão de

Leia mais

11 PROGRAMAÇÃO FÍSICA E FINANCEIRA

11 PROGRAMAÇÃO FÍSICA E FINANCEIRA 16:48:33 MÉDIA COMPLEXIDADE I - PROGRAMADA 07 Proc.Esp.Prof.Méd. Outros N/ Super.e de N/Médio 07 A1 PROCEDIMENTOS REALIZADOS POR PROFISSIONAIS MÉDICOS, OUTROS PROF. DE NÍVEL SUPERIOR E PROF. DE NÍVEL MÉDIO

Leia mais

CM127 - Lista 3. Axioma da Paralelas e Quadriláteros Notáveis. 1. Faça todos os exercícios dados em aula.

CM127 - Lista 3. Axioma da Paralelas e Quadriláteros Notáveis. 1. Faça todos os exercícios dados em aula. CM127 - Lista 3 Axioma da Paralelas e Quadriláteros Notáveis 1. Faça todos os exercícios dados em aula. 2. Determine as medidas x e y dos ângulos dos triângulos nos itens abaixo 3. Dizemos que um triângulo

Leia mais

CARACTERÍSTICAS QUÍMICAS E FISIOLÓGICAS DE SEMENTES DE FEIJÃO EM FUNÇÃO DO TEOR DE FÓSFORO NA SEMENTE E DOSES DE FÓSFORO NO SOLO 1

CARACTERÍSTICAS QUÍMICAS E FISIOLÓGICAS DE SEMENTES DE FEIJÃO EM FUNÇÃO DO TEOR DE FÓSFORO NA SEMENTE E DOSES DE FÓSFORO NO SOLO 1 140 CARACTERÍSTICAS QUÍMICAS E FISIOLÓGICAS DE SEMENTES DE FEIJÃO EM FUNÇÃO DO TEOR DE FÓSFORO NA SEMENTE E DOSES DE FÓSFORO NO SOLO 1 JULIANE DOSSI SALUM 2, CLAUDEMIR ZUCARELI 3, EDUARDO GAZOLA 4, JOÃO

Leia mais

Soluções das Questões de Matemática da Universidade do Estado do Rio de Janeiro UERJ

Soluções das Questões de Matemática da Universidade do Estado do Rio de Janeiro UERJ Soluções das Questões de Matemática da Universidade do Estado do Rio de Janeiro UERJ 1º Exame de Qualificação 011 Questão 6 Vestibular 011 Observe a representação do trecho de um circuito elétrico entre

Leia mais

ÍNDICE. 1. Introdução... 3 2. Metodologia... 4 3. Contexto e Caracterização Geral do Agrupamento de Escolas... 5. 4. Resultados Académicos...

ÍNDICE. 1. Introdução... 3 2. Metodologia... 4 3. Contexto e Caracterização Geral do Agrupamento de Escolas... 5. 4. Resultados Académicos... ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Metodologia... 4 3. Contexto e Caracterização Geral do Agrupamento de Escolas... 5 3.1 CONTEXTO FÍSICO E SOCIAL 3.2 DIMENSÃO E CONDIÇÕES FÍSICAS DO AGRUPAMENTO 3.3 CARACTERIZAÇÃO

Leia mais

11 PROGRAMAÇÃO FÍSICA E FINANCEIRA

11 PROGRAMAÇÃO FÍSICA E FINANCEIRA 14:15:03 MÉDIA COMPLEXIDADE I - PROGRAMADA 07 Proc.Esp.Prof.Méd. Outros N/ Super.e de N/Médio 07 A1 PROCEDIMENTOS REALIZADOS POR PROFISSIONAIS MÉDICOS, OUTROS PROF. DE NÍVEL SUPERIOR E PROF. DE NÍVEL MÉDIO

Leia mais