II SEMINÁRIO INTERNACIONAL ARQUIVOS DE MUSEUS E PESQUISA Tecnologia, informação e acesso

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "II SEMINÁRIO INTERNACIONAL ARQUIVOS DE MUSEUS E PESQUISA Tecnologia, informação e acesso"

Transcrição

1 II SEMINÁRIO INTERNACIONAL ARQUIVOS DE MUSEUS E PESQUISA Tecnologia, informação e acesso Data: 16 e 17 de Novembro de 2011 Local: Auditório VITAE Estação Pinacoteca do Estado de São Paulo Endereço: Largo General Osório, 66 - São Paulo/SP - Brasil / CEP Maiores informações: Cedoc Pinacoteca do Estado / 4995 Realização: Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa - Bienal de São Paulo, Centro Cultural São Paulo (Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo), Cinemateca Brasileira (Ministério da Cultura), Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo (IEB USP), Museu Afro Brasil (Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo), Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC USP), Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP), Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), Museu Lasar Segall (Instituto Brasileiro de Museus, IBRAM - Ministério da Cultura), Museu Paulista da Universidade de São Paulo (MP USP), Pinacoteca do Estado de São Paulo (Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo) e Sistema Estadual de Museus (SISEM - Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo). Comitê organizador: Ana Gonçalves Magalhães (MAC USP), Ana Paula Nascimento (Pinacoteca do Estado de São Paulo), Elisabete Marin Ribas (IEB USP), Gabriel Moore Forell Bevilacqua (Pinacoteca do Estado de São Paulo), Mariana Valente (MAM), Silvana Karpinscki (MAC USP) e Solange Lima (MP USP). Apoio: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Serviço Social do Comércio São Paulo (Sesc SP). Apoio Institucional: Pinacoteca do Estado de São Paulo. Patrocínio: Caviglia. Apresentação Entender o lugar, os usos e as relações dos arquivos nos museus. Esse foi o enfoque que marcou a organização da primeira edição do Seminário Internacional Arquivos de Museus e Pesquisa, realizada em novembro de Originado inicialmente de questões e desafios colocados pelo encontro de arquivistas e pesquisadores do MAC USP e Pinacoteca do Estado de São Paulo, o seminário foi amplamente marcado pela troca de experiências de uma variada gama de profissionais envolvidos na gestão e na uso de arquivos em instituições de natureza museológica, e pelo esforço de delineamento de um horizonte prático e conceitual focado na especificidade dos sentidos e funções desses acervos documentais. Apesar do êxito alcançado com a proposição e debate de um tema pouco abordado e discutido, mas de grande relevância para a gestão, a história institucional e a produção científica nos museus, um dos mais importantes objetivos conquistados com a realização do Seminário foi 1

2 certamente a organização e consolidação do Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa. Proposto na mesa de encerramento do evento de 2009, o Grupo de Trabalho iniciou suas atividades em março de 2010 com encontros multidisciplinares envolvendo a participação de equipes técnicas das seis instituições que apresentaram trabalhos no Seminário a convite da organização. Durante todo o ano de 2010 foram desenvolvidas atividades e debates técnicos que abordaram inúmeras das questões levantadas, além de outras surgidas das trocas de experiências profissionais entre os participantes. Em 2011, o Grupo de Trabalho foi expandido, passando a integrá-lo outras seis instituições de relevância no cenário nacional. Entre os vários assuntos abordados, destacam-se: parâmetros para descrição arquivística, gestão informatizada de arquivos, seguro de acervos arquivísticos, relação com sistemas de arquivos universitários e estaduais, direitos autorais e disseminação de acervos, políticas institucionais de informação e documentação, o arquivo como instrumento de gestão, novas metodologias de descrição e catalogação, colecionismo de arquivos pessoais, fronteiras entre arquivos e acervos museológicos e bibliográficos e formas de integração e inter-relação entre arquivos e coleções no museu. Atualmente, fazem parte do Grupo de Trabalho Arquivos de Pesquisa e Museus as seguintes instituições: - Bienal de São Paulo - Centro Cultural São Paulo - Cinemateca Brasileira - IEB USP - MAC USP - MAM - MASP - MP USP - Museu Afro Brasil - Museu Lasar Segall - Pinacoteca do Estado de São Paulo - SISEM Com este espírito de cooperação, a segunda edição do Seminário foi proposta e organizada coletivamente dentro das atividades do Grupo de Trabalho, e pretende continuar a discussão que envolve as complexas questões conceituais e metodológicas que marcaram o entendimento crítico dos arquivos e suas funções e injunções dentro dos museus. No entanto, e com o intuito de focar mais atentamente problemas cruciais identificados nos debates do Grupo, optou-se por organizar o evento ao redor de dois eixos temáticos independentes, porém amplamente interconectados. No primeiro dia de atividades, as apresentações e debates deverão enfocar sistemas e métodos propostos para a organização de arquivos e coleções documentais em museus e instituições culturais. Além da apresentação e discussão de políticas de gestão inovadoras desenvolvidas e utilizadas por organizações de relevância internacional, também se pretende aprofundar o entendimento da problemática das propostas de normalização de procedimentos de descrição arquivística e sua utilização no contexto dos museus. Já o segundo e último dia do Seminário será reservado para um debate técnico e jurídico em torno das interpretações e implicações dos direitos autorais e do direito à informação proteção versus acesso, aplicados à realidade dos museus brasileiros, com ênfase nas possibilidades e demandas de acesso público aos acervos e coleções, sejam eles de natureza 2

3 arquivística, museológica ou biblioteconômica. Tal perspectiva se justifica a partir das atuais dificuldades e limitações colocadas para a disseminação desses acervos no Brasil e pelo entendimento de que o museu como instituição cultural, social e científica de interesse público e amplo dever democrático deve ter o direito de divulgar adequadamente o patrimônio que preserva e estuda, assim como o cidadão e a sociedade o tem de acessá-lo integralmente. PROGRAMA DIA 1-16 de novembro de 2011 (quarta-feira) Sistemas de organização e gestão de arquivos e coleções Manhã 9h15 - Abertura: Marcelo Mattos Araujo (diretor - Pinacoteca do Estado de São Paulo) 9h30 - Apresentação do II SEMINÁRIO INTERNACIONAL ARQUIVOS DE MUSEUS E PESQUISA 1ª Sessão Coordenação/mediação: Ana Gonçalves Magalhães (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / MAC USP) 09h45 - Susan K. Anderson (Philadelphia Museum of Art) 10h30 - Pausa para o café 10h45 - David Farneth (Getty Research Institute) 11h30 - Debate 12h00 - Almoço Tarde 2ª Sessão Coordenação/mediação: Solange Lima (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / MP USP) 13h30 - Hans Brandhost (Iconclass) 14h15 - Joaquín Barriendos (Universidade de Barcelona) 15h00 - Debate 3ª Sessão Coordenação/mediação: Gabriel Moore Forell Bevilacqua (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / Pinacoteca do Estado de São Paulo) 3

4 15h30 - André Porto Ancona Lopez (Departamento de Ciência da Informação / Universidade de Brasília). 16h15 - Elisabete Marin Ribas (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / IEB USP) 16h50- Gabriela Sousa de Queiroz e Eric Kureck (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / Cinemateca Brasileira) 17h25 - Debate/perguntas 18h00 - Encerramento das atividades DIA 2-17 de novembro de 2011 (quinta-feira) Direitos autorais e direito de acesso à informação: interesse público em museus brasileiros 9h00 - abertura: Paulo César Garcez Marins (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / MP USP) 9h20 - Eliane Abrão (Eliane Yachouh Abrão Advogados Associados, Ordem dos Advogados do Brasil - OAB) 10h00 - Wilson Pinheiro Jabur (Salusse Marangoni Advogados, Fundação Getúlio Vargas São Paulo - FGV SP) 10h40 - Pausa para o café 11h00 - Guilherme Carboni (Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo - ECA USP - e Cesnik, Quintino e Salinas Advogados) 11h40 - Almoço Tarde 13h30 - Manoel Joaquim Pereira dos Santos (Denis Borges Barbosa Advogados, FGV-SP) 14h30 - Sérgio Branco (Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vatgas Rio de Janeiro - CTS - FGV RJ) 15h30 - Pausa para o café 15h50 Mesa-redonda sobre direitos autorais e acesso à informação em museus: Mediação/coordenação: Paulo César Garcez Marins (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / MP USP). Debatedores: juristas convidados 17h00 - Encerramento dos trabalhos: Ana Gonçalves Magalhães (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / MAC USP) e Gabriel Moore Forell Bevilacqua (Grupo de Trabalho Arquivos de Museus e Pesquisa / Pinacoteca do Estado de São Paulo) 4

5 17h30 - Café e lançamento dos Anais do I Seminário Serviços de Informação em Museus (Pinacoteca do Estado de São Paulo, 25 e 26 de novembro de 2010) 18h00 - Encerramento das atividades 5

I SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE PESQUISA EM MUSEOLOGIA

I SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE PESQUISA EM MUSEOLOGIA PROPOSTA DE EVENTO I SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE PESQUISA EM MUSEOLOGIA I SINPEM TEMA: PESQUISA EM MUSEOLOGIA: ABORDAGENS INTERDISCIPLINARES PERÍODO: 2 a 5 de setembro de 2013, em São Paulo. CONCEPÇÃO, ORGANIZAÇÃO

Leia mais

Conversando sobre Museu. >> Saiba mais e faça sua inscrição

Conversando sobre Museu. >> Saiba mais e faça sua inscrição Conversando sobre Museu Edição Nº 4 Florianópolis, 02 de maio de 2012 O ciclo de discussão Conversando sobre Museu, uma iniciativa do Sistema Estadual de Museus (SEM/SC), da Fundação Catarinense de Cultura

Leia mais

1º Encontro Paulista de Documentação e Informação Jurídica

1º Encontro Paulista de Documentação e Informação Jurídica Título 1º Encontro Paulista de Documentação e Informação Jurídica 1º Encontro Paulista de Documentação e Informação Jurídicas - EPDIJ 1º Encontro Paulista de Documentação de Informação Jurídicas - EPIDJ

Leia mais

DECLARAÇÃO DO MÉXICO

DECLARAÇÃO DO MÉXICO DECLARAÇÃO DO MÉXICO No encerramento IV FÓRUM IBERO-AMERICANO DA AVALIAÇÃO DE DOCUMENTOS, realizado na cidade de México D.F., no período de 23 a 25 de maio de 2012, os membros do Grupo da Reflexão do Projeto

Leia mais

VIII encontro brasileiro

VIII encontro brasileiro VIII encontro brasileiro de palácios, museus-casas e casas históricas COLEÇÕES E PERSONAGENS: POR QUE PRESERVAR? SEMINÁRIO DE PRESERVAÇÃO DE PATRIMÔNIO COLEÇÕES E PERSONAGENS: POR QUE PRESERVAR? SEMINÁRIO

Leia mais

MUSEUS DE SÃO PAULO AGOSTO AGOST

MUSEUS DE SÃO PAULO AGOSTO AGOST MUSEUS DE SÃO PAULO AGOSTO 2007 Propósitos Ampliar a visibilidade dos atuais acervos museológicos disponibilizando o acesso ao público de forma a torná-los uma referência nacional e internacional. Construir

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPIRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO e CENTRO DE ARTES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPIRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO e CENTRO DE ARTES UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPIRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO e CENTRO DE ARTES XI Seminário Capixaba sobre o Ensino da Arte- III Encontro de Licenciatura em Artes Visuais (EAD) Data: 23 a 26 de junho de 2015

Leia mais

A Arquivologia como campo de pesquisa: desafios e perspectivas. José Maria Jardim Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO

A Arquivologia como campo de pesquisa: desafios e perspectivas. José Maria Jardim Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO A Arquivologia como campo de pesquisa: desafios e perspectivas José Maria Jardim Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO A indissociabilidade entre ensino/produção/difusão do conhecimento

Leia mais

CHAMADA PARA SELEÇÃO DE TRABALHOS COMUNICAÇÕES

CHAMADA PARA SELEÇÃO DE TRABALHOS COMUNICAÇÕES CHAMADA PARA SELEÇÃO DE TRABALHOS COMUNICAÇÕES Convidamos a comunidade acadêmica e profissionais na área de paisagem, patrimônio paisagístico e jardins a participarem das sessões de comunicações temáticas

Leia mais

TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL

TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL TEXTO BASE PARA UM POLÍTICA NACIONAL NO ÂMBITO DA EDUCAÇÃO PATRIMONIAL Eixos Temáticos, Diretrizes e Ações Documento final do II Encontro Nacional de Educação Patrimonial (Ouro Preto - MG, 17 a 21 de julho

Leia mais

Programa Educativo da Bienal na exposição Em Nome dos Artistas

Programa Educativo da Bienal na exposição Em Nome dos Artistas Programa Educativo da Bienal na exposição Em Nome dos Artistas O Programa Educativo da Bienal é responsável pela relação direta da Bienal com o público. Sob curadoria de Stela Barbieri, o programa tem

Leia mais

DIREITO DIGITAL APLICADO 2º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw)

DIREITO DIGITAL APLICADO 2º SEMESTRE DE 2014. Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) DIREITO DIGITAL APLICADO 2º SEMESTRE DE 2014 Programa de Pós-Graduação Lato Sensu da DIREITO GV (GVlaw) FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944 com

Leia mais

Arqueologia em construção

Arqueologia em construção Carta produzida pelo Grupo de Trabalho Arqueologia de Contrato Coletivo de estudantes do PPGARQ- MAE-USP Arqueologia em construção A Semana de Arqueologia tem como objetivos o debate, a troca de informações

Leia mais

Secretaria de Estado da Cultura

Secretaria de Estado da Cultura Secretaria de Estado da Cultura UPPM Unidade de Preservação do Patrimônio Museológico GTC SISEM-SP Grupo Técnico de Coordenação do Sistema Estadual de Museus de São Paulo MUSEUS E PATRIMÔNIO Os museus

Leia mais

Edital de apoio à participação no Seminário Ibero-Americano da Diversidade Linguística.

Edital de apoio à participação no Seminário Ibero-Americano da Diversidade Linguística. Edital de apoio à participação no Seminário Ibero-Americano da Diversidade Linguística. 1. Introdução O Seminário Ibero-americano da Diversidade Linguística pretende ser um marco na discussão de políticas

Leia mais

MUSEU DA COMPUTAÇÃO DA UEPG: O QUE É O MUSEU VIRTUAL

MUSEU DA COMPUTAÇÃO DA UEPG: O QUE É O MUSEU VIRTUAL 9. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: (marque uma das opções) ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( X) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO (

Leia mais

V Encontro de Administração Política 30 de julho a 01 de agosto de 2014 Arapiraca Alagoas Brasil Universidade Federal de Alagoas UFAL Arapiraca

V Encontro de Administração Política 30 de julho a 01 de agosto de 2014 Arapiraca Alagoas Brasil Universidade Federal de Alagoas UFAL Arapiraca V Encontro de Administração Política 30 de julho a 01 de agosto de 2014 Arapiraca Alagoas Brasil Universidade Federal de Alagoas UFAL Arapiraca CHAMADA DE TRABALHOS Submissões (Resumo Expandido) até 01

Leia mais

COLEGIO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE SECRETARIA ESTADUAL DO ESPÍRITO SANTO ELEIÇÕES, BIÊNIO 2015-2017 CARTA PROGRAMA

COLEGIO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE SECRETARIA ESTADUAL DO ESPÍRITO SANTO ELEIÇÕES, BIÊNIO 2015-2017 CARTA PROGRAMA COLEGIO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE SECRETARIA ESTADUAL DO ESPÍRITO SANTO ELEIÇÕES, BIÊNIO 2015-2017 CARTA PROGRAMA A chapa Consolidando Ações que se apresenta à comunidade acadêmica da Educação

Leia mais

e Inovação Contemporâneas

e Inovação Contemporâneas DOCUMENTO RESULTANTE DO Simpósio Ciências Humanas e Sociais nas Políticas de Ciência, Tecnologia e Inovação Contemporâneas Realizado pelo Fórum de Ciências Humanas, Ciências Sociais e Ciências Sociais

Leia mais

EDITAL. Ciência Política UFPE

EDITAL. Ciência Política UFPE VII Seminário de Pós-Graduação em Ciência Política e Relações Internacionais da e II Seminário de Graduação em Ciência Política e Relações Internacionais da Local:, CFCH e NIATE CFCH-CCSA Datas: 21 a 25

Leia mais

Planejamento Estratégico. Departamento de Antropologia / Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPR

Planejamento Estratégico. Departamento de Antropologia / Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPR Planejamento Estratégico Departamento de Antropologia / Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPR Visão Oferecer ensino de excelência em nível de Graduação e Pós-Graduação; consolidar-se como pólo

Leia mais

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02

UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES CENTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO. Sumário I) OBJETIVO 02. 1) Público alvo 02. 2) Metodologia 02. 3) Monografia / Trabalho final 02 Sumário Pág. I) OBJETIVO 02 II) ESTRUTURA DO CURSO 1) Público alvo 02 2) Metodologia 02 3) Monografia / Trabalho final 02 4) Avaliação da aprendizagem 03 5) Dias e horários de aula 03 6) Distribuição de

Leia mais

SEMINÁRIO INTERNACIONAL PERMANENTE UNIVERSIDADE E INTEGRAÇÃO FRONTEIRIÇA

SEMINÁRIO INTERNACIONAL PERMANENTE UNIVERSIDADE E INTEGRAÇÃO FRONTEIRIÇA SEMINÁRIO INTERNACIONAL PERMANENTE UNIVERSIDADE E INTEGRAÇÃO FRONTEIRIÇA A Extensão Universitária nas fronteiras do Brasil Encontro de Pró-Reitores de Extensão 28 e 29 de abril de 2010 Pelotas RS Brasil

Leia mais

Servidores das áreas de recursos humanos das secretarias, autarquias e Procuradoria Geral do Estado de São Paulo.

Servidores das áreas de recursos humanos das secretarias, autarquias e Procuradoria Geral do Estado de São Paulo. FOCO: Conceitos fundamentais sobre a gestão estratégica de recursos humanos, e abordagem das principais estratégias disponíveis para o aprimoramento da gestão de RH no Setor Público Paulista, avaliando

Leia mais

Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013

Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 Judiciário e Políticas Públicas ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 2º SEMESTRE DE 2013 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a suas atividades em 1944

Leia mais

Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação

Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação Os sistemas de informação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia: contributo para uma perspectiva integrada da gestão da informação Encontro Internacional de Arquivos Universidade de Évora 3-4 de Outubro

Leia mais

ARTEBR SITE A HISTÓRIA VAI COMEÇAR

ARTEBR SITE A HISTÓRIA VAI COMEÇAR ARTEBR SITE A HISTÓRIA VAI COMEÇAR A empresa ARTEBR desenvolve projetos em arte, educação e literatura para diversas instituições culturais brasileiras. Atua nas áreas de consultoria e assessoria em arte

Leia mais

Bacharelado em Humanidades

Bacharelado em Humanidades UNIVERSIDADE DA INTEGRAÇÃO INTERNACIONAL DA LUSOFONIA AFRO-BRASILEIRA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO COORDENAÇÃO DE ENSINO COORDENAÇÃO DE CURSO Bacharelado em Humanidades 1. Perfil do Egresso Em consonância

Leia mais

III SEMINÁRIO NACIONAL METRÓPOLE: GOVERNO, SOCIEDADE E TERRITÓRIO II COLÓQUIO INTERNACIONAL METRÓPOLES EM PERSPECTIVAS

III SEMINÁRIO NACIONAL METRÓPOLE: GOVERNO, SOCIEDADE E TERRITÓRIO II COLÓQUIO INTERNACIONAL METRÓPOLES EM PERSPECTIVAS III SEMINÁRIO NACIONAL METRÓPOLE: GOVERNO, SOCIEDADE E TERRITÓRIO II COLÓQUIO INTERNACIONAL METRÓPOLES EM PERSPECTIVAS TERRITÓRIO USADO E CARTOGRAFIA DA AÇÃO: NOVOS ELEMENTOS PARA A GESTÃO METROPOLITANA

Leia mais

Oportunidades Rumo à Rio + 20

Oportunidades Rumo à Rio + 20 Seminário 02 Economia verde na Amazônia: Desafios e Oportunidades Rumo à Rio + 20 (Versão 24/10/2011) Objetivo: Analisar as oportunidades e os desafios para a economia verde e debater o atual modelo de

Leia mais

Ata da Reunião nº 4 do Comitê Gestor

Ata da Reunião nº 4 do Comitê Gestor SECRETARIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO REGIONAL UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FUNDAP SEADE CEPAM CONVÊNIO SPDR USP FUNDAP SEADE CEPAM Ata da Reunião nº 4 do Comitê Gestor Pauta: 2. Andamento do Plano

Leia mais

MINISTÉRIO DA CULTURA INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS. Chamada de Trabalhos para o 5º Fórum Nacional de Museus - 2012

MINISTÉRIO DA CULTURA INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS. Chamada de Trabalhos para o 5º Fórum Nacional de Museus - 2012 MINISTÉRIO DA CULTURA INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS Chamada de Trabalhos para o 5º Fórum Nacional de Museus - 2012 O Instituto Brasileiro de Museus Ibram abre chamada pública para o envio de trabalhos

Leia mais

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES FINAIS ADOTADAS PARA O RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO. Introdução

CONCLUSÕES E RECOMENDAÇÕES FINAIS ADOTADAS PARA O RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO. Introdução MUS-12/1.EM/3 Rio de Janeiro, 13 Jul 2012 Original: Inglês ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO, A CIÊNCIA E A CULTURA REUNIÃO DE ESPECIALISTAS NA PROTEÇÃO E PROMOÇÃO DE MUSEUS E COLEÇÕES Rio

Leia mais

Mestrados Profissionais em Segurança Pública. Documento do Workshop Mestrado Profissional em Segurança Pública e Justiça Criminal

Mestrados Profissionais em Segurança Pública. Documento do Workshop Mestrado Profissional em Segurança Pública e Justiça Criminal I- Introdução Mestrados Profissionais em Segurança Pública Documento do Workshop Mestrado Profissional em Segurança Pública e Justiça Criminal Este documento relata as apresentações, debates e conclusões

Leia mais

BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA. Programa Setorial Integrado de Promoção às Exportações da Arte Contemporânea Brasileira.

BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA. Programa Setorial Integrado de Promoção às Exportações da Arte Contemporânea Brasileira. 1 PROJETO SETORIAL INTEGRADO BRASIL ARTE CONTEMPORÂNEA Programa Setorial Integrado de Promoção às Exportações da Arte Contemporânea Brasileira. 2 Introdução O Ministério da Cultura, sugeriu a Fundação

Leia mais

LICENCIATURA EM HISTÓRIA. fgv.br/vestibular

LICENCIATURA EM HISTÓRIA. fgv.br/vestibular LICENCIATURA EM HISTÓRIA fgv.br/vestibular IDEALISMO, EXCELÊNCIA E CREDIBILIDADE A Fundação Getulio Vargas surgiu em 20 de dezembro de 1944 com o objetivo de preparar profissionais qualificados em Administração

Leia mais

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE

Leia mais

GOVERNO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Cultura Plano Estadual de Cultura

GOVERNO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Cultura Plano Estadual de Cultura GOVERNO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Cultura INTRODUÇÃO A Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro (SEC) está coordenando a elaboração do Plano Estadual de Cultura, a partir do diálogo

Leia mais

Adriana Rafael Pinto. Alessandra Atti. Ana Cláudia Martins. Ana Paula de Moura Souza

Adriana Rafael Pinto. Alessandra Atti. Ana Cláudia Martins. Ana Paula de Moura Souza No sentido mais literal da palavra, a Chapa Integrar vem com o principal objetivo desde sua formação, integrar os profissionais Bibliotecários, que atualmente trabalham nas mais diferentes áreas do conhecimento,

Leia mais

Desafios da Arte em Rede - I Rodada em Cultura, Arte, Tecnociência e Inovação I Rodada A arte em rede e a inovação FRÁGIL, FRÁGIL arte telemática

Desafios da Arte em Rede - I Rodada em Cultura, Arte, Tecnociência e Inovação I Rodada A arte em rede e a inovação FRÁGIL, FRÁGIL arte telemática O evento Desafios da Arte em Rede - I Rodada em Cultura, Arte, Tecnociência e Inovação tem como objetivo dar continuidade às ações conjuntas entre o Ministério da Cultura e a Rede Nacional de Ensino e

Leia mais

Universidade Federal do Rio de Janeiro Escola de Belas Artes Grupo de Pesquisa História do Paisagismo GPHP-EBA/UFRJ FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA

Universidade Federal do Rio de Janeiro Escola de Belas Artes Grupo de Pesquisa História do Paisagismo GPHP-EBA/UFRJ FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA Universidade Federal do Rio de Janeiro Escola de Belas Artes Grupo de Pesquisa História do Paisagismo GPHP-EBA/UFRJ FUNDAÇÃO CASA DE RUI BARBOSA O Simpósio Arqueologia na Paisagem: a cidade como artefato

Leia mais

MESTRADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS. 1.1 Matriz Curricular Disciplinas obrigatórias

MESTRADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS. 1.1 Matriz Curricular Disciplinas obrigatórias MESTRADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS 1.1 Matriz Curricular Disciplinas obrigatórias C/H Memória Social 45 Cultura 45 Seminários de Pesquisa 45 Oficinas de Produção e Gestão Cultural 45 Orientação

Leia mais

Programação. Quinta-feira, dia 22 de setembro. Sexta-feira, dia 23 de setembro. 8h30 Credenciamento. 9h Abertura dos trabalhos

Programação. Quinta-feira, dia 22 de setembro. Sexta-feira, dia 23 de setembro. 8h30 Credenciamento. 9h Abertura dos trabalhos O IDP Instituto Brasiliense de Direito Público, com 13 anos de existência, é hoje um dos mais conceituados centros de estudos e de reflexões sobre o Direito, oferecendo à sociedade cursos de mestrado,

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA CASA DE OSWALDO CRUZ

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA CASA DE OSWALDO CRUZ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU DA CASA DE OSWALDO CRUZ CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PRESERVAÇÃO E GESTÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL DAS CIÊNCIAS E DA SAÚDE CHAMADA PÙBLICA ÁREAS: PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO

Leia mais

PORTARIA Nº 412, DE 5 DE SETEMBRO DE 2012

PORTARIA Nº 412, DE 5 DE SETEMBRO DE 2012 PORTARIA Nº 412, DE 5 DE SETEMBRO DE 2012 Estabelece diretrizes para a implementação da política de Gestão da Informação Corporativa no âmbito do Ministério da Previdência Social e de suas entidades vinculadas

Leia mais

CMI Centro de Memória e Informação CMI. Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto

CMI Centro de Memória e Informação CMI. Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto CMI Centro de Memória e Informação CMI Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto Título do Projeto Biblioteca Digital da Fundação Casa de Rui Barbosa Coordenador do Projeto: Ana Lígia Silva Medeiros

Leia mais

3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia

3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia República de Angola Ministério da Ciência e Tecnologia 3ª Conferência Nacional sobre Ciência e Tecnologia A Ciência, Tecnologia e Inovação ao serviço da sociedade Luanda, 11 13 de Setembro de 2013 Datas

Leia mais

BIBLIOTECAS E ARQUIVOS JURÍDICOS EM MUDANÇA NOVAS REALIDADES III ENCONTRO NACIONAL DE BIBLIOTECAS E ARQUIVOS JURÍDICOS

BIBLIOTECAS E ARQUIVOS JURÍDICOS EM MUDANÇA NOVAS REALIDADES III ENCONTRO NACIONAL DE BIBLIOTECAS E ARQUIVOS JURÍDICOS BIBLIOTECAS E ARQUIVOS JURÍDICOS EM MUDANÇA NOVAS REALIDADES III ENCONTRO NACIONAL DE BIBLIOTECAS E ARQUIVOS JURÍDICOS FACULDADE DE DIREITO DE LISBOA 20 e 21 de Novembro de 2008 (Auditório da Faculdade

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA ADMINISTRAÇÃO DA INFORMAÇÃO PROGRAMA GERAL. Módulo I Sociedade da informação 30 h. Módulo II Teoria das organizações 30 h

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA ADMINISTRAÇÃO DA INFORMAÇÃO PROGRAMA GERAL. Módulo I Sociedade da informação 30 h. Módulo II Teoria das organizações 30 h CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA ADMINISTRAÇÃO DA INFORMAÇÃO PROGRAMA GERAL Módulos Disciplinas Carga Horária Módulo I Sociedade da informação 30 h Módulo II Teoria das organizações 30 h Módulo III Redes sociais

Leia mais

Política Nacional de Museus Bases para a Política Nacional de Museus

Política Nacional de Museus Bases para a Política Nacional de Museus Política Nacional de Museus Bases para a Política Nacional de Museus APRESENTAÇÃO Ao se propor a sistematização de uma política pública voltada para os museus brasileiros, a preocupação inicial do Ministério

Leia mais

A cooperação Canadá - Brasil: INTERNACIONALIZAÇÃO PARA A INOVAÇÃO

A cooperação Canadá - Brasil: INTERNACIONALIZAÇÃO PARA A INOVAÇÃO OUI- IOHE MISSÃO OUI DE UNIVERSIDADES CANADENSES NO BRASIL 28 de novembro a 2 de dezembro de 2011 Programa preliminar A cooperação Canadá - Brasil: INTERNACIONALIZAÇÃO PARA A INOVAÇÃO À luz dos excelentes

Leia mais

Consulte sempre o site www.museudaimigracao.org.br e acompanhe o desenvolvimento dos trabalhos.

Consulte sempre o site www.museudaimigracao.org.br e acompanhe o desenvolvimento dos trabalhos. 15 O Boletim do Museu da Imigração chega à sua décima quinta edição. Junto com a proposta de manter as comunidades e o público geral informados sobre o processo de restauro das edificações e reformulação

Leia mais

5º Seminário Rumos da Inovação no Contexto Brasileiro Relatório Agosto/2013

5º Seminário Rumos da Inovação no Contexto Brasileiro Relatório Agosto/2013 N 5º Seminário Rumos da Inovação no Contexto Brasileiro Relatório Agosto/2013 Dentro de seu esforço de colaborar com o desenvolvimento da inovação no Brasil, a Fundação Dom Cabral promoveu em Agosto de

Leia mais

13 e 14. SEMINÁRIO NACIONAL DE GESTÃO POR COMPETÊNCIA A construção de um novo modelo de Gestão Estratégica de Pessoas. Abril

13 e 14. SEMINÁRIO NACIONAL DE GESTÃO POR COMPETÊNCIA A construção de um novo modelo de Gestão Estratégica de Pessoas. Abril 13 e 14 Abril LOCAL: Rio de Janeiro - RJ SEMINÁRIO NACIONAL DE GESTÃO POR COMPETÊNCIA A construção de um novo modelo de Gestão Estratégica de Pessoas Evento direcionado para a área de Gestão de Pessoas

Leia mais

Regimento Interno CAPÍTULO PRIMEIRO DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Regimento Interno CAPÍTULO PRIMEIRO DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Regimento Interno CAPÍTULO PRIMEIRO DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º As atividades culturais e artísticas desenvolvidas pela POIESIS reger-se-ão pelas normas deste Regimento Interno e pelas demais disposições

Leia mais

Direitos indígenas no museu Novos procedimentos para uma nova política: a gestão de acervos em discussão

Direitos indígenas no museu Novos procedimentos para uma nova política: a gestão de acervos em discussão Direitos indígenas no museu Novos procedimentos para uma nova política: a gestão de acervos em discussão De 30 de junho a 2 de julho de 2015 Apresentação e objetivos Para os museus, a ausência de legislação

Leia mais

Gestores de pessoas das secretarias, autarquias e Procuradoria Geral do Estado de São Paulo.

Gestores de pessoas das secretarias, autarquias e Procuradoria Geral do Estado de São Paulo. FOCO: Conceitos fundamentais sobre a gestão estratégica de recursos humanos e sobre principais dimensões da gestão de pessoas em geral e no serviço público paulista em particular. PÚBLICO ALVO: Gestores

Leia mais

Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo - UFMG

Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo - UFMG Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo - UFMG Programa de Pós- Graduação em Arquitetura e Urbanismo - UFMG O Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo da UFMG- NPGAU foi criado

Leia mais

PERSPECTIVAS DE REFORMA DA JUSTIÇA CONSTITUCIONAL EM PORTUGAL E NO BRASIL

PERSPECTIVAS DE REFORMA DA JUSTIÇA CONSTITUCIONAL EM PORTUGAL E NO BRASIL 8 e 9 de Abril de 2010 Lisboa CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO DE DIREITO CONSTITUCIONAL PERSPECTIVAS DE REFORMA DA JUSTIÇA CONSTITUCIONAL EM PORTUGAL E NO BRASIL Local Auditório da Faculdade de Direito da Universidade

Leia mais

WWP: Compartilhando a experiência brasileira em redução da pobreza APOIO:

WWP: Compartilhando a experiência brasileira em redução da pobreza APOIO: WWP: Compartilhando a experiência brasileira em redução da pobreza APOIO: Rede Global de Aprendizado para o Desenvolvimento (GDLN) Bernardo Kipnis Coordenador da GDLN Brasil Iniciativa Brasileira de Aprendizagem

Leia mais

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012

Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 Planejamento Estratégico para Escritórios de Advocacia ESCOLA DE DIREITO DE SÃO PAULO DA FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS 1º SEMESTRE DE 2012 FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS A Fundação Getulio Vargas (FGV) deu início a

Leia mais

A TRAMA DO VALOR NA ARTE ASPECTOS DA HISTÓRIA DA CURADORIA

A TRAMA DO VALOR NA ARTE ASPECTOS DA HISTÓRIA DA CURADORIA 8.00.00.00-2 LINGUÍSTICA, LETRAS E ARTES 8.03.00.00-6 ARTES A TRAMA DO VALOR NA ARTE ASPECTOS DA HISTÓRIA DA CURADORIA CAROLINA CARMINI MARIANO LÚCIO - ORIENTANDA Curso de Arte: História, Crítica e Curadoria

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS. INTERNET pesquisa em direito e tecnologia E SUAS POSSIBILIDADES NA CIDADE 24 E 25 DE SETEMBRO

NOVAS TECNOLOGIAS. INTERNET pesquisa em direito e tecnologia E SUAS POSSIBILIDADES NA CIDADE 24 E 25 DE SETEMBRO NOVAS TECNOLOGIAS INTERNET pesquisa em direito e tecnologia E SUAS POSSIBILIDADES NA CIDADE 24 E 25 DE SETEMBRO 2015 TEXTO DE APRESENTAÇÃO SOBRE O SEMINÁRIO SOBRE O INTERNETLAB POR QUE FAZER ESSE EVENTO?

Leia mais

PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO INFORMAÇÕES GERAIS

PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO INFORMAÇÕES GERAIS PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO EMPREENDIMENTOS ECONÔMICOS, DESENVOLVIMENTO E MUDANÇA SOCIAL INFORMAÇÕES GERAIS 1 - SITUAÇÃO INSTITUCIONAL:(Curso recomendado pela CAPES/MEC CONCEITO 3) A Portaria do MEC

Leia mais

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias

Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Mesa Redonda Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em bibliotecas universitárias Profa. Dra. Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares Coordenadora-Geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Epidemiologia Gerencial aplicada à Gestão de Serviços e Sistemas de Saúde

FICHA TÉCNICA. Epidemiologia Gerencial aplicada à Gestão de Serviços e Sistemas de Saúde FICHA TÉCNICA Epidemiologia Gerencial aplicada à Gestão de Serviços e Sistemas de Saúde O atual cenário de saúde tem exigido cada vez mais dos profissionais uma oferta equitativa de serviços (baseada na

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ4012 EDITAL Nº 004/2010 1. Perfil: 001/2010-CGIR - POLÍTICAS PÚBLICAS E PATRIMÔNIO CULTURAL 3. Qualificação educacional: Profissional doutor, com

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA NÚCLEO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Formulário para Registro de Projetos de Extensão Universitária

FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA NÚCLEO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Formulário para Registro de Projetos de Extensão Universitária FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA NÚCLEO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Formulário para Registro de Projetos de Extensão Universitária Ano 2015 Título do Projeto: Observatório Juventudes Tipo de Projeto:

Leia mais

PLANO DE AÇÃO Nº 1 INOVADAY

PLANO DE AÇÃO Nº 1 INOVADAY PLANO DE AÇÃO Nº 1 INOVADAY 1 I. CONTEXTUALIZAÇÃO O presente documento detalha o Plano de Trabalho 2013/2015 do CONVÊNIO SPDR USP FUNDAP SEADE CEPAM, e se enquadra dentre as Ações e Metas previstas no

Leia mais

ANEXO 15: NECESSIDADES DE CONHECER DA COORDENAÇÃO GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS (CGDEP)

ANEXO 15: NECESSIDADES DE CONHECER DA COORDENAÇÃO GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS (CGDEP) ANEXO 15: NECESSIDADES DE CONHECER DA COORDENAÇÃO GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS (CGDEP) Referentes ao Planejamento Estratégico EIXO 1 - GESTÃO POR COMPETÊNCIAS E AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO Objetivo

Leia mais

CMI. CMI Centro de Memória e Informação. Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto

CMI. CMI Centro de Memória e Informação. Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto CMI Centro de Memória e Informação CMI Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto Título do Projeto Museu Casa de Rui Barbosa: estabelecendo relações com os turistas nacionais e internacionais Coordenador

Leia mais

Cultura Material em Exposição: Museu do Couro e do Zé Didor, Campo Maior, Piauí

Cultura Material em Exposição: Museu do Couro e do Zé Didor, Campo Maior, Piauí 1 Cultura Material em Exposição: Museu do Couro e do Zé Didor, Campo Maior, Piauí Felipe de Sousa Soares* Felipe Rocha Carvalho Lima** Petherson Farias de Oliveira*** 1. Introdução O texto visa apresentar

Leia mais

Faculdades Integradas Campo-Grandenses Curso de Pedagogia

Faculdades Integradas Campo-Grandenses Curso de Pedagogia Faculdades Integradas Campo-Grandenses Curso de Pedagogia Relatório de Atividades de Extensão período de 2006 a 2008 2008 Curso de Licenciatura em Pedagogia Relatório de Atividades de Extensão Ano : 2006

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Luciano Viveiros. Endereço: Travessa do Ouvidor, 8 Sala 401. Centro Rio de Janeiro Cep. 20.040-040

CURRICULUM VITAE. Luciano Viveiros. Endereço: Travessa do Ouvidor, 8 Sala 401. Centro Rio de Janeiro Cep. 20.040-040 CURRICULUM VITAE Luciano Viveiros Endereço: Travessa do Ouvidor, 8 Sala 401 Centro Rio de Janeiro Cep. 20.040-040 Tels. (21) 2224.1849/ 99737623 / 31291001 E-mail: lucianoviveiros@lucianoviveiros.com Brasileiro

Leia mais

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008

Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública. Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Desenvolvimento de Pessoas na Administração Pública Assembléia Legislativa do Estado de Säo Paulo 14 de outubro de 2008 Roteiro 1. Contexto 2. Por que é preciso desenvolvimento de capacidades no setor

Leia mais

ARTEBR EXPOSIÇÃO LUGARES

ARTEBR EXPOSIÇÃO LUGARES ARTEBR EXPOSIÇÃO LUGARES A empresa ARTEBR desenvolve projetos em arte, educação e literatura para diversas instituições culturais brasileiras. Atua nas áreas de consultoria e assessoria em arte e educação,

Leia mais

I STMDVA I SIMPÓSIO TOCANTINENSE DE MICROBIOLOGIA E DOENÇAS VEICULADAS POR ALIMENTOS

I STMDVA I SIMPÓSIO TOCANTINENSE DE MICROBIOLOGIA E DOENÇAS VEICULADAS POR ALIMENTOS I STMDVA I SIMPÓSIO TOCANTINENSE DE MICROBIOLOGIA E DOENÇAS VEICULADAS POR ALIMENTOS I SIMPÓSIO TOCANTINENSE DE MICROBIOLOGIA E DOENÇAS VEICULADAS POR ALIMENTOS O Primeiro Simpósio Tocantinense de Microbiologia

Leia mais

1º SEMINÁRIO PARA AVANÇAR NA REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA URBANA NA PARAÍBA

1º SEMINÁRIO PARA AVANÇAR NA REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA URBANA NA PARAÍBA 1º SEMINÁRIO PARA AVANÇAR NA REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA URBANA NA PARAÍBA CONSOLIDANDO POLÍTICAS ESTADUAIS E MUNICIPAIS DE REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA URBANA NO ESTADO DA PARAÍBA A. EMENTA O Seminário Para avançar

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ESTADO DO CEARÁ SECITECE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ESTADO DO CEARÁ SECITECE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO SUPERIOR DO ESTADO DO CEARÁ SECITECE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ UECE PROJETO DE AUTO-AVALIAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ

Leia mais

4º SEMINÁRIO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (4º SeNAU) Inovação e ética na pesquisa em arquitetura e urbanismo

4º SEMINÁRIO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (4º SeNAU) Inovação e ética na pesquisa em arquitetura e urbanismo 4º SEMINÁRIO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (4º SeNAU) Inovação e ética na pesquisa em arquitetura e urbanismo 22 e 23 de outubro de 2015 Universidade Presbiteriana Mackenzie,

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

Sucinta retrospectiva histórica do Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos de Goiás (CEEDH-GO)

Sucinta retrospectiva histórica do Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos de Goiás (CEEDH-GO) Goiânia, 23 de março de 2010. Sucinta retrospectiva histórica do Comitê Estadual de Educação em Direitos Humanos de Goiás (CEEDH-GO) Apesar da luta pela promoção e efetivação dos Direitos Humanos em nosso

Leia mais

PRÁTICAS E PERSPECTIVAS DE DEMOCRACIA NA GESTÃO EDUCACIONAL

PRÁTICAS E PERSPECTIVAS DE DEMOCRACIA NA GESTÃO EDUCACIONAL PRÁTICAS E PERSPECTIVAS DE DEMOCRACIA NA GESTÃO EDUCACIONAL Coleção EDUCAÇÃO SUPERIOR Coordenação editorial: Claudenir Módolo Alves Metodologia Científica Desafios e caminhos, Osvaldo Dalberio / Maria

Leia mais

GESTÃO E PRODUÇÃO CULTURAL. Ingresso Janeiro 2014. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias

GESTÃO E PRODUÇÃO CULTURAL. Ingresso Janeiro 2014. Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias GESTÃO E PRODUÇÃO CULTURAL Ingresso Janeiro 2014 Informações: (51) 3218-1400 - www.espm.br/cursosdeferias Gestão e produção cultural Desde a criação das leis de incentivo à cultura nas esferas federal

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Coordenadoria Geral de Pós-Graduação Lato Sensu PORTFÓLIO ESPECIALIZAÇÃO / MBA UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Sumário ÁREA: CIÊNCIAS DA SAÚDE... 2 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO: PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL E DO TRABALHO... 2 ÁREA: COMUNICAÇÃO E LETRAS...

Leia mais

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 Modelo 2: resumo expandido de relato de experiência Resumo expandido O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São

Leia mais

EMENTA / PROGRAMA DE DISCIPLINA. ANO / SEMESTRE LETIVO Administração 2015.2. Gestão de Processos ADM 069. 68 h 6º

EMENTA / PROGRAMA DE DISCIPLINA. ANO / SEMESTRE LETIVO Administração 2015.2. Gestão de Processos ADM 069. 68 h 6º Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

Kiyoshi Harada. Direito Tributário. coleção didática jurídica marcelo magalhães peixoto sérgio augusto zampol pavani coordenadores

Kiyoshi Harada. Direito Tributário. coleção didática jurídica marcelo magalhães peixoto sérgio augusto zampol pavani coordenadores Kiyoshi Harada Direito Tributário coleção didática jurídica marcelo magalhães peixoto sérgio augusto zampol pavani coordenadores Kiyoshi Harada, 2006 Revisão Erika Sá Edição Pedro Barros Direção geral

Leia mais

CURSO AVANÇADO DE MARCAS

CURSO AVANÇADO DE MARCAS CURSO AVANÇADO DE MARCAS 1º SEMESTRE DE 2014 RIO DE JANEIRO - RJ Coordenadores: Filipe Fonteles Cabral Ricardo Pinho Diretor de Estudos: Alexandre Fragoso Machado LOCAL Auditório da ABAPI Av. Rio Branco,

Leia mais

ATENÇÃO: As informações abaixo são um resumo do projeto. A sua íntegra está disponível para consulta na secretaria do PPGAS/UFRGS

ATENÇÃO: As informações abaixo são um resumo do projeto. A sua íntegra está disponível para consulta na secretaria do PPGAS/UFRGS ANEXO 1: Informações sobre o Casadinho/Procad UFG/UFRGS/UFSC ATENÇÃO: As informações abaixo são um resumo do projeto. A sua íntegra está disponível para consulta na secretaria do PPGAS/UFRGS Chamada Pública

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E INSTITUIÇÕES DO SISTEMA DE JUSTIÇA PPGDIR

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO E INSTITUIÇÕES DO SISTEMA DE JUSTIÇA PPGDIR Disciplina: METODOLOGIA DAS CIÊNCIAS SOCIAIS. Regente: Prof. Dr. Paulo Fernandes Keller Carga horária: 60 horas Número de créditos: Semestre letivo: 2013.2 1. EMENTA Epistemologia das Ciências Sociais.

Leia mais

Fundação SEADE. www.seade.gov.br

Fundação SEADE. www.seade.gov.br Outubro de 0 N o Monitoramento das metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio ODMs Consulte A Fundação Seade disponibilizará, anualmente, as séries históricas do conjunto de indicadores dos ODMs

Leia mais

EDUCAÇÃO E CIDADANIA: OFICINAS DE DIREITOS HUMANOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA ESCOLA

EDUCAÇÃO E CIDADANIA: OFICINAS DE DIREITOS HUMANOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA ESCOLA EDUCAÇÃO E CIDADANIA: OFICINAS DE DIREITOS HUMANOS COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES NA ESCOLA Autores: FIGUEIREDO 1, Maria do Amparo Caetano de LIMA 2, Luana Rodrigues de LIMA 3, Thalita Silva Centro de Educação/

Leia mais

CURSO DE EXTENSÃO GESTÃO DE PESSOAS NA ORGANIZAÇÃO CONTEMPORÂNEA

CURSO DE EXTENSÃO GESTÃO DE PESSOAS NA ORGANIZAÇÃO CONTEMPORÂNEA 1 Gestão de pessoas na organização contemporânea FIA Veduca 40h Sobre o curso O curso trabalhará com os participantes uma compreensão das tendências e desafios para a gestão de pessoas, procurando traçar

Leia mais

Formação do Profissional na Área de Memória. Ana Célia Navarro de Andrade Historiógrafa do CEDIC/PUC SP Presidente da ARQ SP anavarro@pucsp.

Formação do Profissional na Área de Memória. Ana Célia Navarro de Andrade Historiógrafa do CEDIC/PUC SP Presidente da ARQ SP anavarro@pucsp. Formação do Profissional na Área de Memória Ana Célia Navarro de Andrade Historiógrafa do CEDIC/PUC SP Presidente da ARQ SP anavarro@pucsp.br Programa 1. Conceituação: o que se entende por memória? 2.

Leia mais

SEMINÁRIO NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO NA ORGANIZAÇÃO CONTEMPORÂNEA.

SEMINÁRIO NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO NA ORGANIZAÇÃO CONTEMPORÂNEA. SEMINÁRIO NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO NA ORGANIZAÇÃO CONTEMPORÂNEA. 1 SEMINÁRIO NACIONAL DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO NA ORGANIZAÇÃO CONTEMPORÂNEA. PAPEL DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO NA GESTÃO DE PESSOAS

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Atuamos em âmbito nacional, com uma estrutura apropriada para atender os clientes com excelência e segurança.

APRESENTAÇÃO. Atuamos em âmbito nacional, com uma estrutura apropriada para atender os clientes com excelência e segurança. APRESENTAÇÃO Comparato, Nunes & Federici Advogados é uma sociedade de advogados fundada por profissionais com grande experiência na gestão de jurídicos corporativos e bancas de advocacia. O escritório

Leia mais

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ BIREME - OPAS - OMS CENTRO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA CICT PROJETO BVS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS BRASIL

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ BIREME - OPAS - OMS CENTRO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA CICT PROJETO BVS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS BRASIL FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ - OPAS - OMS CENTRO DE INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA CICT PROJETO BVS DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS BRASIL Rio de Janeiro 2002 Doenças Infecciosas e Parasitárias na BVS

Leia mais

Núcleo de Gestão Ambiental Avançada - NUGA

Núcleo de Gestão Ambiental Avançada - NUGA Núcleo de Gestão Ambiental Avançada - NUGA Coordenador(es): Istvan Karoly Kasznar MISSÃO O Núcleo de Gestão Ambiental Avançada (NUGA) foi concebido para desenvolver estudos e práticas inovadoras de gestão

Leia mais