Regimes totalitários

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Regimes totalitários"

Transcrição

1 Regimes totalitários

2 TOTALITARISMO Regime Político em que o Estado é mais importante que o indivíduo, o cidadão. Em nome dos interesses do Estado, os governantes passam a controlar, de forma absoluta, os diversos setores da sociedade, intervindo nos meios de comunicação, nos órgãos de segurança, nos sindicatos, etc. Esse tipo de atuação leva ao fim da democracia liberal e da liberdade de expressão

3 CARACTERÍSTICAS 1) NACIONALISMO EXALTADO (Alemanha = Xenofobia) 2) ANTI-LIBERALISMO 3) ANTI-SOCIALISMO 4) UNIPARTIDARISMO 5) LIDERANÇA CARISMÁTICA 6) MILITARISMO 7) ROMANTISMO 8) AUTORITARISMO 9) RACISMO

4 SLOGANS "Quem tem aço tem pão! "Nada jamais foi ganho na história sem derramamento de sangue! É melhor um dia de leão do que cem anos de carneiro! Um minuto no campo de batalha vale por uma vida inteira de paz!"

5 Situação européia Efeitos da 1ª Guerra Mundial. Problemas causados pela crise do capitalismo. Incapacidade da Democracia Liberal em resolver seus problemas. Avanço de idéias de esquerda.

6 O Fascismo A palavra "fascismo" deriva de fascio, nome de grupos políticos ou de militância que surgiram na Itália. Os fascistas italianos também ficaram conhecidos pela expressão camisas negras, em virtude do uniforme que utilizavam. Mesmo com a exaltação da nação e muitas vezes da raça acima do indivíduo, o fascismo não chegou a ser semelhante igual ao nazismo que utilizava violência e práticas modernas de propaganda e censura para suprimir pela força a oposição política e econômica severa e sustentar o nacionalismo utilizando práticas de xenofobias.

7 Características do Fascismo Totalitarismo: nada deve vir acima do estado, que tem o controle absoluto. Nacionalismo: a nação é a mais perfeita forma de sociedade que a humanidade conseguiu construir. Militarismo: fortalecimento dos exércitos para a defesa e o expansionismo. Antiliberalismo: ausência de liberdade sindical, econômica e de imprensa. Idealismo: nada era impossível. Anticomunismo: aversão ao comunismo. Expansionismo: incorporação de territórios.

8 Uma das características do Fascismo é a exaltação do chefe, segundo a qual um grande povo necessita de um grande homem como guia e a ele deve-se total obediência. Na Itália, Mussolini foi considerado o Dulce, o condutor. Em muitos lugares, inclusive nas salas de aula, figurava a seguinte frase: Mussolini nunca erra.

9 O FASCISMO ITALIANO Criamos o nosso mito. O mito é uma fé, uma paixão. Não é preciso que seja uma realidade (...). O nosso mito é a nação, o nosso mito é a grandeza da nação (Benito Mussolini)

10 BENITO MUSSOLINI SEMPRE SÉRIO. SEMPRE JOVEM. SEMPRE TRABALHANDO.

11 CRER, OBEDECER E COMBATER MUSSOLINI SEMPRE TEM RAZÃO

12 Fascismo Italiano Situação da Itália após a 1ª Guerra crise econômica, desemprego, miséria e inflação. Governo incapaz de deter a crise. Agitações, greves e avanço de idéias de esquerda atemorizavam a burguesia. Mussolini, ex-combatente da 1ª GM e ex-socialista organizou os fascios de combate (1919) grupos de choque para por fim às manifestações foi fundado o Partido Nacional Fascista Marcha sobre Roma, onde milhares de partidários se direcionaram para a capital.

13 Vitor Emanuel III entrega o cargo de 1 ministro para Mussolini fascistas ficaram com a maioria das cadeiras do Parlamento iniciando uma grande repressão contra opositores Mussolini se torna o Dulce, concretizando o Estado fascista que pregava a harmonia entre patrão e empregado com o desenvolvimento do ideal corporativista. Trabalhadores organizados em sindicatos, governavam o país através do Partido fascista, identificado com o Estado

14 1929 Tratado de Latrão Crise de 1929 atinge a Itália. Para tentar superá-la, aumentou a produção de armamentos e para a expansão territorial Itália invadiu a Abissínia (Etiópia). A Sociedade das Nações, nada fez. Mussolini aliou-se à Alemanha e ao Japão em diversas questões internacionais, como o Pacto Anti-Komintern.

15 O Nazismo O que foi o Nazismo? A palavra NAZI, resulta da abreviatura da palavra: nazionalsozialistiche. O Nazismo foi um regime politico instaurado em 1934 até 1945 na Alemanha por Adolf Hitler. As principais características do Nazismo eram: Totalitarismo Estado forte e disciplinado acima do tudo. Anti-semitismo ódio aos Judeus. Racismo - Era a diferença de raças, ou seja, a raça dos arianos (povo indoeuropeu), de onde os Alemães se consideravam descendentes, era a superior de todas as outras. O Nazismo de Hitler teve como base na Ditadura fascista Italiana de Mussolini.

16 O Nazismo Hitler dizia que a razão dos problemas que a Alemanha atravessava eram por causa de: Tratado de Versalhes (assinado em 1919). Hitler perseguiu: Ciganos; Judeus; Homossexuais ; Deficientes. Governo ter aceitado o Tratado.

17 Nazismo Fim da 1ª GM e Tratado de Versalhes. Desemprego, inflação, violência e um profundo descontentamento criação da República de Weimar 1919 foi fundado o Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães. A frente dele estava Adolf Hitler, nacionalista que conquistou um grande número de adeptos. Organização das AS, ou Tropas de Assalto, grupos para-militares que intimidavam e perseguiam seus opositores Putsh de Munique tentativa de golpe fracassado, Hitler acaba preso.

18 Na prisão escreve Mein Kampf (Minha Luta) onde expôs os fundamentos do Nazismo Nacionalismo, totalitarismo, anticomunismo, antisemitismo e o espaço vital a Alemanha começa a se estabilizar capitais estrangeiros Crise 1930 grande vitória nazista nas eleições, três anos depois Hindenburg nomeou Hitler Chanceler o Nazismo chega ao poder. Em 1934 com a morte de Hindenburg, Hitler ocupa o cargo de presidente e adotou o título de Führer anunciando a fundação do III Reich.

19 Através de uma bem organizada propaganda, liderada por Joseph Goebbels, a sociedade alemã e, principalmente, a juventude sofriam uma forte doutrinação. O Estado nazista intervinha em todos os setores da economia, promovendo o crescimento industrial e a construção de obras públicas (absorves mão-deobra). O desenvolvimento industrial levou a busca por mercados consumidores e a expansão territorial.

20 Meios de Propagação Os meios de propagação das ideias de Hitler foram através de: jornais; rádio; manifestações; comícios. Usavam também a violência como forma de propagação de

21 Situação da Alemanha Instauração da República de Weimar Muitas dificuldades Cláusulas do Tratado de Versalhes Crise económica Ocupação da região alemã pelos franceses Inflação Desemprego Instabilidade social

22 Classificações destas definições empregadas tanto pelo fascismo quanto o nazismo: Totalitarismo: o sistema fascista era antidemocrático e concentrava poderes totais nas mãos do líder de governo. Este líder podia tomar qualquer tipo de decisão ou decretar leis sem consultar políticos ou representantes da sociedade. Nacionalismo: entre os fascistas era a ideologia baseada na idéia de que só o que é do país tem valor. Valorização extrema da cultura do próprio país em detrimento das outras, que são consideradas inferiores.

23 Militarismo: altos investimentos na produção de armas e equipamentos de guerra. Fortalecimento das forças armadas como forma de ganhar poder entre as outras nações. Objetivo de expansão territorial através de guerras. Culto à força física: Nos países fascistas, desde jovens os jovens eram treinados e preparados fisicamente para uma possível guerra. O objetivo do estado fascista era preparar soldados fortes e saudáveis. Violência contra as minorias: na Alemanha, por exemplo, os nazistas perseguiram, enviaram para campos de concentração e mataram milhões de judeus, ciganos, homossexuais e até mesmo deficientes físicos.

24 Censura: Hitler e Mussolini usaram este dispositivo para coibir qualquer tipo de crítica aos seus governos. Nenhuma notícia ou idéia, contrária ao sistema, poderia ser veiculadas em jornais, revistas, rádio ou cinema. Aqueles que arriscavam criticar o governo eram presos e até condenados a morte. Propaganda: os líderes fascistas usavam os meios de comunicação (rádios, cinema, revistas e jornais) para divulgarem suas ideologias. Os discursos de Hitler eram constantemente transmitidos pelas rádios ao povo alemão. Desfiles militares eram realizados para mostrar o poder bélico do governo.

25 Outros exemplos de Fascismo Salazarismo: fascismo em Portugal através de Antonio de Oliveira Salazar, um governo iniciado em 1933 que teve seu termino apenas em 1974 com a Revolução dos Cravos. Franquismo: após uma vitória eleitoral de grupos de esquerda ocorreu um golpe de estado liderado por Francisco franco, iniciando uma guerra civil na espanha. É interessante citar o apoio Alemão às forças fascistas da Espanha. O Franquismo durou até 1975.

26

27 Ação Integralista Brasileira: liderada por Plínio Salgado, contou com o apoio de diversos setores da sociedade. Foi uma adaptação das idéias fascistas ao contexto brasileiro.

28 Juventude Fascista Discurso do Duce

29 PROPAGANDA FASCISTA

30 PROPAGANDA FASCISTA

31 ADOLF HITLER

32

33 HITLER E EVA BRAUN

34 HITLER E MUSSOLINI

Ciências Humanas História. Totalitarismos ou Regimes Autoritários

Ciências Humanas História. Totalitarismos ou Regimes Autoritários Ciências Humanas História Totalitarismos ou Regimes Autoritários Relembrando Professor Evandro R. Saracino ersaracino@gmail.com Facebook.com/ersaracino Facebook.com/errsaracino Estude o MESMO conteúdo

Leia mais

Os regimes totalitaristas. Professor Gustavo Pessoa

Os regimes totalitaristas. Professor Gustavo Pessoa Os regimes totalitaristas Professor Gustavo Pessoa O NAZIFASCISMO tipo de governo característico de alguns países no período entre guerras (1918 1939). ONDE? CARACTERÍSTICAS BÁSICAS: Principalmente ITA,

Leia mais

A PROSPERIDADE DOS EUA NOS ANOS 20

A PROSPERIDADE DOS EUA NOS ANOS 20 CRISE DE 1929: Ao final da Primeira Guerra, a indústria dos EUA era responsável por quase 50% da produção mundial. O país criou um novo estilo de vida: o american way of life. Esse estilo de vida caracterizavase

Leia mais

Regimes Totalitários. Nazifascismo

Regimes Totalitários. Nazifascismo Regimes Totalitários Nazifascismo 1918-1939 http://historiaonline.com.br CONTEXTO Humilhação imposta à Alemanha e à Itália 1ª Guerra Mundial (Tratado de Versalhes), Sentimento nacionalista = revanchismo,

Leia mais

CONCEITO DE TOTALITARISMO

CONCEITO DE TOTALITARISMO CONCEITO DE TOTALITARISMO Totalitarismo: tipo de Estado, difundido na Europa entre as duas grandes guerras mundiais, que exerce um enorme controle sobre todas as atividades sociais, econômicas, políticas,

Leia mais

Nazismo. Adolf Hitler

Nazismo. Adolf Hitler 1889: Nasce em Braunau (Áustria). 1914/18: Participa na 1.ª Guerra Mundial. 1919: Filia-se no Partido Alemão dos Trabalhadores (DAP). 1921: Converte o DAP no Partido Nacional-Socialista Alemão dos Trabalhadores

Leia mais

05 - PERÍODO ENTREGUERRAS: REGIMES TOTALITÁRIOS

05 - PERÍODO ENTREGUERRAS: REGIMES TOTALITÁRIOS 05 - PERÍODO ENTREGUERRAS: REGIMES TOTALITÁRIOS Consequências da Grande Guerra (1914-1918) Perda de muitas vidas e destruição de famílias Grave crise econômica e diminuição territorial para os derrotados

Leia mais

Itália - FASCISMO /43

Itália - FASCISMO /43 Itália - FASCISMO - 1922/43 Benito Mussolini, o Duce Símbolo do Partido Nacional Fascista Antecedentes Após a 1ª Guerra Mundial, a Itália passa por uma grave: Crise económica, caracterizada pela desvalorização

Leia mais

II GUERRA MUNDIAL

II GUERRA MUNDIAL II GUERRA MUNDIAL 1939-1945 ASCENSÃO DOS REGIMES TOTALITÁRIOS EUROPA NO PÓS GUERRA Com o fim da Primeira Guerra Mundial, a Europa teve de enfrentar uma de suas piores crises econômicas. O uso do território

Leia mais

O NACIONALISMO NA ITÁLIA

O NACIONALISMO NA ITÁLIA TOTALITARISMO NO REGIME TOTALITÁRIO TEMOS O QUE CHAMAMOS DE ESTADO TOTAL, NO QUAL TODAS AS ATIVIDADES POLÍTICAS, ECONÔMICAS, RELIGIOSAS, SOCIAIS E CULTURAIS ESTÃO SOB SUA DIREÇÃO. O ESTADO TOTALITÁRIO

Leia mais

Profº Msc. Givaldo Santos de Jesus 3 ANO

Profº Msc. Givaldo Santos de Jesus 3 ANO Profº Msc. Givaldo Santos de Jesus 3 ANO 1 - Introdução: A década de 1930 seria atingida por uma das maiores crises econômicas da história capitalista, a chamada Grande Depressão. A crise favoreceu a polarização

Leia mais

Período entre as guerras ( ): A crise de 1929 e a ascensão dos regimes totalitários

Período entre as guerras ( ): A crise de 1929 e a ascensão dos regimes totalitários Período entre as guerras (1919-1939): A crise de 1929 e a ascensão dos regimes totalitários PROF. JOÃO GABRIEL DA FONSECA joaogabriel_fonseca@hotmail.com Estende-se do final da Primeira ao início da Segunda

Leia mais

Regimes ditatoriais na Europa

Regimes ditatoriais na Europa Ano Lectivo 2010/2011 HISTÓRIA 12º Ano Escola Secundária/3 da Rainha Santa Isabel de Estremoz Apresentação nº 1 Regimes ditatoriais na Europa Avanço da extrema-direita na Europa Professor Pedro Bandeira

Leia mais

REGIMES FASCISTAS PROFESSOR ESPECIALISTA HAROLDO TRAZÍBULO JR.

REGIMES FASCISTAS PROFESSOR ESPECIALISTA HAROLDO TRAZÍBULO JR. REGIMES FASCISTAS PROFESSOR ESPECIALISTA HAROLDO TRAZÍBULO JR. REGIMES FASCISTAS - NOÇÕES GERAIS: A ORIGEM DA PALAVRA ( FASCIUM ). - O FASCISMO NA ITÁLIA, NA ALEMANHA (NAZISMO), PORTUGAL (SALAZARISMO OU

Leia mais

O PERÍODO ENTREGUERRAS

O PERÍODO ENTREGUERRAS O PERÍODO ENTREGUERRAS Contexto: A Primeira Guerra Mundial havia acabado e muitos fatores básicos, considerados raízes desse conflito, não haviam sido solucionados. Contexto: Alemães, italianos e espanhóis

Leia mais

ASCENÇÃO DOS REGIMES NAZI-FASCISTAS: A EUROPA NAS DÉCADAS DE 1920 A 1940 PROF.º OTTO TERRA

ASCENÇÃO DOS REGIMES NAZI-FASCISTAS: A EUROPA NAS DÉCADAS DE 1920 A 1940 PROF.º OTTO TERRA ASCENÇÃO DOS REGIMES NAZI-FASCISTAS: A EUROPA NAS DÉCADAS DE 1920 A 1940 PASSO DEL BRENNERO ITÁLIA: O SURGIMENTO DO FASCISMO Contexto da Itália pós 1ª Guerra: PASSO DEL TRIESTE PORTO DE FIÚME - A Itália

Leia mais

OS ESTADOS TOTALITARIOS - FASCISMO NAZISMO. Prof: R O C H A

OS ESTADOS TOTALITARIOS - FASCISMO NAZISMO. Prof: R O C H A OS ESTADOS TOTALITARIOS - FASCISMO NAZISMO Prof: R O C H A OS ESTADOS TOTALITARIOS - FASCISMO O período entre guerras (1919-1939) teve uma marca política: a tendência è radicalização. Regimes totalitários

Leia mais

Nazifascismo IDADE CONTEMPORÂNEA

Nazifascismo IDADE CONTEMPORÂNEA IDADE CONTEMPORÂNEA Nazifascismo Antes mesmo da Crise de 1929, surgiram movimentos nacionalistas, antiliberais e antissocialistas, os quais chamamos de Fascismos (ou Nazi-fascismo). Com a crise de 1929,

Leia mais

LIBERALISMO. defende o indivíduo

LIBERALISMO. defende o indivíduo 2.1.1. As opções totalitárias - Itália, Alemanha, URSS, Portugal, Espanha - Fascismos [extrema-direita]: fascismo italiano, nazismo alemão - Características: 1. Antiliberal LIBERALISMO defende o indivíduo

Leia mais

Fonte: Acesso em 11/09/13.

Fonte:  Acesso em 11/09/13. Fascismo e Nazismo A cruz swastica é o símbolo das quatro forças sagradas que sob inumeráveis nomes e aspectos diferentes representaram um papel importante na concepção humana do Criador e da Criação,

Leia mais

Aula4 REGIMES TOTALITÁRIOS. Valéria Maria Santana Oliveira

Aula4 REGIMES TOTALITÁRIOS. Valéria Maria Santana Oliveira Aula4 REGIMES TOTALITÁRIOS META Apresentar as principais características dos regimes totalitários e seus exemplos mais emblemáticos na era contemporânea. OBJETIVOS Ao final da aula o(a) aluno(a) deverá:

Leia mais

GABARITO DA PROVA BIMESTRAL DE HISTÓRIA 1º BIMESTRE

GABARITO DA PROVA BIMESTRAL DE HISTÓRIA 1º BIMESTRE HISTÓRIA PROF. LEANDRO 3ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO GABARITO DA PROVA BIMESTRAL DE HISTÓRIA 1º BIMESTRE 1. O acordo de paz imposto à Alemanha após a Primeira Guerra Mundial foi o tratado de Versalhes, assinado

Leia mais

A segunda guerra mundial

A segunda guerra mundial A segunda guerra mundial Contexto e causas da segunda guerra mundial A Segunda Guerra Mundial compreende o período entre os anos de 1939 e 1945 no qual ocorreu o conflito armado de maior escala da história

Leia mais

TEMA 3 UMA EXPERIÊNCIA

TEMA 3 UMA EXPERIÊNCIA TEMA 3 UMA EXPERIÊNCIA DOLOROSA: O NAZISMO ALEMÃO A ascensão dos nazistas ao poder na Alemanha colocou em ação a política de expansão territorial do país e o preparou para a Segunda Guerra Mundial. O saldo

Leia mais

SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

SEGUNDA GUERRA MUNDIAL SEGUNDA GUERRA MUNDIAL1939-1945 CAUSAS -Continuação da Primeira Guerra; *disputas imperialistas; *mesmos países controlando os mercados; *crises econômicas: empobrecimento dos trabalhadores nos anos 20

Leia mais

Exacerbação do nacionalismo italiano. Poucos ganhos territoriais no pós guerra Desejo de conquistas territoriais Situação econômica caótica

Exacerbação do nacionalismo italiano. Poucos ganhos territoriais no pós guerra Desejo de conquistas territoriais Situação econômica caótica Exacerbação do nacionalismo italiano Poucos ganhos territoriais no pós guerra Desejo de conquistas territoriais Situação econômica caótica Inflação e empréstimos Desemprego Greves crescem em 1919 1920

Leia mais

HISTÓRIA 3 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO

HISTÓRIA 3 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO HISTÓRIA 3 ANO PROF. AMAURY PIO PROF. EDUARDO GOMES ENSINO MÉDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade II A Guerra Fria e seu Contexto. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 6.2 Conteúdo II Guerra Mundial - causas.

Leia mais

O Brasil e do Mundo. Professor Ulisses Mauro Lima historiaula.wordpress.com. (1918 e 1945) 1ª. Parte

O Brasil e do Mundo. Professor Ulisses Mauro Lima historiaula.wordpress.com. (1918 e 1945) 1ª. Parte O Brasil e do Mundo Professor Ulisses Mauro Lima historiaula.wordpress.com (1918 e 1945) 1ª. Parte Quando tudo começou... 1918 11 de novembro A Alemanha assina o armistício que põe fim a I Guerra Mundial;

Leia mais

Génese e implantação do fascismo. e do nazismo

Génese e implantação do fascismo. e do nazismo Génese e implantação do fascismo FASCISMO: - Regime político que vigorou em Itália de 1922 a 1945 e que influenciou fortemente outros países. - Símbolo: o fascio romano. e do nazismo NAZISMO: - Regime

Leia mais

Curso TURMA: 2101 e 2102 DATA: Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média:

Curso TURMA: 2101 e 2102 DATA: Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média: EXERCÍCIOS ON LINE 3º BIMESTRE DISCIPLINA: Sociologia PROFESSOR(A): Julio Guedes Curso TURMA: 2101 e 2102 DATA: Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média: NOME: Nº.: Exercício On Line (1) O início do Partido

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 9º História Rafael Av. Mensal 26/05/15 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta prova contém

Leia mais

História 9º ano Ficha formativa n.º

História 9º ano Ficha formativa n.º UMA CRISE À ESCALA MUNDIAL (recapitulação de matéria anterior- da ficha 6) Factores de propagação da Crise: - Rapidez do alastrar da crise - Retirada dos capitais americanos investidos na Europa (levando

Leia mais

Produção do Espaço Geográfico

Produção do Espaço Geográfico Geografia Produção do Espaço Geográfico Século XX parte 3 Prof. Diego Moreira 1) Introdução A) Aspectos Gerais Crise de 1929 Grande Depressão Keynesianismo New Deal Ascenção Nazi-fascista Era Vargas (1930/1937)

Leia mais

Era Vargas. Do Governo Provisório ao Estado Novo

Era Vargas. Do Governo Provisório ao Estado Novo Era Vargas Do Governo Provisório ao Estado Novo Períodos Governo provisório (1930-1934) Tomada de poder contra as oligarquias tradicionais Governo Constitucional (1934-1937) Período legalista entre dois

Leia mais

A CRISE DE 1929. Linha de montagem Ford T

A CRISE DE 1929. Linha de montagem Ford T O MUNDO ENTRE GUERRAS: A CRISE DO LIBERALISMO RECAPTULANDO -Com o fim da Primeira Guerra Mundial a Alemanha derrotada no conflito, sofreu sérias punições no Tratado de Versalhes que acabou retalhando o

Leia mais

ANTECEDENTES DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL

ANTECEDENTES DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL ANTECEDENTES DA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL ANTECEDENTES SÉCULOS XIX E XX IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO ÁREAS DOMINADAS IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO ÁREAS DOMINADAS IMPERIALISMO E NEOCOLONIALISMO OBJETIVOS

Leia mais

O Entreguerras: Nazismo e Fascismo. Profª Viviane Jordão

O Entreguerras: Nazismo e Fascismo. Profª Viviane Jordão O Entreguerras: Nazismo e Fascismo Profª Viviane Jordão Introdução O período entreguerras é uma fase da História do século XX que vai do final da Primeira Guerra Mundial até o início da Segunda Guerra

Leia mais

19 HISTÓRIA 3.ºciclo do ENSINO BÁSICO 2016 alunos abrangidos pela Portaria n.º 23/2015, de 27 de fevereiro

19 HISTÓRIA 3.ºciclo do ENSINO BÁSICO 2016 alunos abrangidos pela Portaria n.º 23/2015, de 27 de fevereiro informação-prova de equivalência à frequência data: 1 2. 0 5. 2 0 16 19 HISTÓRIA 3.ºciclo do ENSINO BÁSICO 2016 alunos abrangidos pela Portaria n.º 23/2015, de 27 de fevereiro 1.O B J E T O D E A V A L

Leia mais

Na aula de hoje vamos tratar de dois assuntos: Primeira guerra Mundial e Revolução Russa:

Na aula de hoje vamos tratar de dois assuntos: Primeira guerra Mundial e Revolução Russa: Na aula de hoje vamos tratar de dois assuntos: Primeira guerra Mundial e Revolução Russa: Observe as figuras abaixo: Cavour Unificação Italiana Bismarck Unificação Alemã O processo de unificação da Alemanha

Leia mais

REVISÃO ANTECEDENTES DO CONFLITO

REVISÃO ANTECEDENTES DO CONFLITO REVISÃO ANTECEDENTES DO CONFLITO Cria-se uma Revolução na Alemanha, o Kaiser foge para Holanda -> República de Wiemar. 1919 Janeiro EUA (Woodrow Wilson) apresenta plano -14 pontos para paz: Descolonização

Leia mais

9 - "Os verdadeiros chefes não têm nenhuma necessidade de cultura e ciência". (H. Goering)

9 - Os verdadeiros chefes não têm nenhuma necessidade de cultura e ciência. (H. Goering) 1 - Um dos acontecimentos mais significativos do século XX foi a Revolução Socialista na Rússia, em 1917, por colocar em xeque a ordem socioeconômica capitalista. Com respeito ao desencadeamento do processo

Leia mais

Após o golpe de Estado de 28 de Maio de 1926, liderado pelo General Gomes da Costa, inicia-se a Ditadura Militar. Salazar é convidado para o governo.

Após o golpe de Estado de 28 de Maio de 1926, liderado pelo General Gomes da Costa, inicia-se a Ditadura Militar. Salazar é convidado para o governo. Após o golpe de Estado de 28 de Maio de 1926, liderado pelo General Gomes da Costa, inicia-se a Ditadura Militar. Salazar é convidado para o governo. Salazar renuncia à pasta da Fazenda (Finanças), porque

Leia mais

A frase de Mussolini acima é uma das mais interessantes para se compreender a essência dos regimes fascistas.

A frase de Mussolini acima é uma das mais interessantes para se compreender a essência dos regimes fascistas. A frase de Mussolini acima é uma das mais interessantes para se compreender a essência dos regimes fascistas. Esse foi o resultado europeu após a Primeira Guerra Mundial. Da sociedade insatisfeita irrompiam

Leia mais

Período Entre Guerras

Período Entre Guerras Período Entre Guerras Período Entre Guerras 1. (Fuvest) Os Tratados de Paz assinados ao fim da Primeira Guerra Mundial "aglutinaram vários povos num só Estado, outorgaram a alguns o status de 'povos estatais'

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 3º EM História Fransergio Av. Trimestral 01/11/13 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta

Leia mais

Sugestões de avaliação. História 9 o ano Unidade 4

Sugestões de avaliação. História 9 o ano Unidade 4 Sugestões de avaliação História 9 o ano Unidade 4 5 Nome: Data: Unidade 4 1. Leia as sentenças a seguir sobre a década de 1920 e marque V nas alternativas verdadeiras e F nas falsas. a) Os Estados Unidos

Leia mais

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 13 A ERA VARGAS: O GOVERNO CONSTITUCIONAL ( )

HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 13 A ERA VARGAS: O GOVERNO CONSTITUCIONAL ( ) HISTÓRIA - 2 o ANO MÓDULO 13 A ERA VARGAS: O GOVERNO CONSTITUCIONAL (1934-37) Manifesto da AIB Plínio Salgado Fixação 1) (UFV) Durante a Era Vargas, notadamente no período de 1934-37, houve uma polarização

Leia mais

Unificação Italiana e Alemã. Prof. Leopoldo UP

Unificação Italiana e Alemã. Prof. Leopoldo UP Unificação Italiana e Alemã Prof. Leopoldo UP Antecedentes: O Congresso de Viena(1815) Tentativa frustrada de manter o Antigo Regime. A Revolução de 1830. A Revolução Industrial se espalha por várias regiões

Leia mais

2ª GUERRA MUNDIAL 1939 a 1945

2ª GUERRA MUNDIAL 1939 a 1945 2ª GUERRA MUNDIAL 1939 a 1945 HITLER PRECISAVA JUSTIFICAR SEUS INVESTIMENTOS EM ARMAS HITLER PRECISAVA DESVIAR ATENÇÃO DA POPULAÇÃO DOS PROBLEMAS ECONÔMICOS MAIS GRAVES E ALIMENTAR O NACIONALISMO. HITLER

Leia mais

Estado Novo Autor: Prof. Mário Rui

Estado Novo Autor: Prof. Mário Rui 1933-1974 Autor: 1. O derrube da 1.ª República 28 de Maio de 1926 O Marechal Gomes da Costa marcha sobre Lisboa, à fente de uma coluna militar, vinda de Braga. A 1.ª República é derrubada. Instaura-se

Leia mais

CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI ATIVIDADE DE HISTÓRIA U.E. 15

CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI ATIVIDADE DE HISTÓRIA U.E. 15 CEEJA MAX DADÁ GALLIZZI ATIVIDADE DE HISTÓRIA U.E. 15 1- Quais as contradições permanentes e fundamentais do Modo de Produção Capitalista? 2- O que geraram esses problemas/contradições? 3- Além de todos

Leia mais

Por Estado devemos entender formas de governação em que alguns indivíduos assumem funções de administração política na sociedade;

Por Estado devemos entender formas de governação em que alguns indivíduos assumem funções de administração política na sociedade; Questões primordiais Por Estado devemos entender formas de governação em que alguns indivíduos assumem funções de administração política na sociedade; Houveram formas diferenciadas de governação nos mais

Leia mais

2ª Guerra Mundial e Fascismos

2ª Guerra Mundial e Fascismos 2ª Guerra Mundial e Fascismos 2ª Guerra Mundial e Fascismos 1. No cartaz de propaganda nortebraços simbolizam países que se aliaram na Segunda Guerra Mundial contra as forças do Eixo. a) Identifique TRÊS

Leia mais

Crise econômica provocada pela quebra da bolsa de valores de Nova York 1929, O rompimento da república café-com-leite, com o apoio

Crise econômica provocada pela quebra da bolsa de valores de Nova York 1929, O rompimento da república café-com-leite, com o apoio A Era do populismo Professor: Márcio Gurgel Os antecedentes da revolução de 1930 o Crise econômica provocada pela quebra da bolsa de valores de Nova York 1929, o O rompimento da república café-com-leite,

Leia mais

MATRIZ DA PROVA ESCRITA DE AVALIAÇÃO

MATRIZ DA PROVA ESCRITA DE AVALIAÇÃO Duração da Prova: 60 minutos HISTÓRIA - 9.º Ano 6 de março de 2017 OBJETIVOS / COMPETÊNCIAS CONTEÚDOS ESTRUTURA COTAÇÕES CRITÉRIOS GERAIS DE CORREÇÃO Interpretar documentos escritos. Analisar mapas e documentos

Leia mais

2ª Guerra Mundial

2ª Guerra Mundial 2ª Guerra Mundial 1939-1945 http://historiaonline.com.br Antecedentes da Guerra Política de apaziguamento: LIGA DAS NAÇÕES Tolerância excessiva em relação às violações do Tratado de Versalhes e Saint Germain.

Leia mais

História 5 o ano Unidade 8

História 5 o ano Unidade 8 História 5 o ano Unidade 8 Nome: Unidade 8 Data: 1. Marque com um X as frases incorretas sobre a ditadura militar no Brasil. Em seguida, reescreva-as corretamente. ( ) durante a ditadura muitos partidos

Leia mais

História B Aula 21. Os Agitados Anos da

História B Aula 21. Os Agitados Anos da História B Aula 21 Os Agitados Anos da Década de 1930 Salazarismo Português Monarquia portuguesa foi derrubada em 1910 por grupos liberais e republicanos. 1ª Guerra - participação modesta ao lado da ING

Leia mais

Revolução Russa AULA 38 PROF. THIAGO

Revolução Russa AULA 38 PROF. THIAGO Revolução Russa AULA 38 PROF. THIAGO Antecedentes Absolutismo (Czar Nicolau II). País mais atrasado da Europa. (85% pop. Rural) Ausência de liberdades individuais. Igreja Ortodoxa monopolizava o ensino

Leia mais

Revolta do Forte de Copacabana O primeiro 5 de julho; Revolta de São Paulo O segundo de 5 de julho; A Coluna Prestes tinha como objetivo espalhar o

Revolta do Forte de Copacabana O primeiro 5 de julho; Revolta de São Paulo O segundo de 5 de julho; A Coluna Prestes tinha como objetivo espalhar o Revolta do Forte de Copacabana O primeiro 5 de julho; Revolta de São Paulo O segundo de 5 de julho; A Coluna Prestes tinha como objetivo espalhar o tenentismo pelo país; Defediam: Voto secreto; Autonomia

Leia mais

HISTÓRIA. Professor Paulo Aprígio

HISTÓRIA. Professor Paulo Aprígio HISTÓRIA Professor Paulo Aprígio REGIMES TOTALITÁRIOS DO SÉCULO XX QUESTÃO 1 Os regimes totalitários da primeira metade do século XX apoiaram-se fortemente na mobilização da juventude em torno da defesa

Leia mais

Formação do Sistema Internacional DBBHO SB (4-0-4)

Formação do Sistema Internacional DBBHO SB (4-0-4) Formação do Sistema Internacional DBBHO1335-16SB (4-0-4) Professor Dr. Demétrio G. C. de Toledo BRI demetrio.toledo@ufabc.edu.br UFABC - 2016.III Aula 13 5ª-feira, 3 de novembro Para falar com o professor:

Leia mais

FASCISMO E NAZISMO NA EUROPA: O COLAPSO DO LIBERALISMO POLÍTICO ENTRE OS ANOS 1920 E COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS

FASCISMO E NAZISMO NA EUROPA: O COLAPSO DO LIBERALISMO POLÍTICO ENTRE OS ANOS 1920 E COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS FASCISMO E NAZISMO NA EUROPA: O COLAPSO DO LIBERALISMO POLÍTICO ENTRE OS ANOS 1920 E 1930. COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS LIBERALISMO POLÍTICO Surgiu no século XVIII: Após as Revoluções Inglesas,

Leia mais

Unificações: Alemanha, Itália e EUA no Séc. XIX

Unificações: Alemanha, Itália e EUA no Séc. XIX Unificações: Alemanha, Itália e EUA no Séc. XIX 1. (UNESP) As unificações políticas da Alemanha e da Itália, ocorridas na segunda metade do século XIX, alteraram o equilíbrio político e social europeu.

Leia mais

Regimes Autoritários/ Totalitários EUROPA NO ENTREGUERRAS PROF. SARA

Regimes Autoritários/ Totalitários EUROPA NO ENTREGUERRAS PROF. SARA Regimes Autoritários/ Totalitários EUROPA NO ENTREGUERRAS PROF. SARA O que mais diferencia o totalitarismo de outras formas de ditadura é que o Estado totalitário invade a privacidade das pessoas, controlando-as

Leia mais

Em 1929 o mundo enfrenta a Grande Depressão, após o Crack da Bolsa de NY. Ascensão dos discursos nacionalistas

Em 1929 o mundo enfrenta a Grande Depressão, após o Crack da Bolsa de NY. Ascensão dos discursos nacionalistas 1939-1945 Após a 1ª Guerra Mundial, as potências vencedoras, na Europa, promoveram uma série de tratados com um forte caráter de vingança. Ex. Tratado de Versalhes A Alemanha teve suas forças armadas desmontada

Leia mais

A Era Vargas M Ó D U L O 1 0. Prof. Alan Carlos Ghedini

A Era Vargas M Ó D U L O 1 0. Prof. Alan Carlos Ghedini A Era Vargas M Ó D U L O 1 0 Prof. Alan Carlos Ghedini www.inventandohistoria.com Governo Provisório (1930 1934) Formado de um agrupamento de membros da Aliança Liberal, tenentes e outros. É a fase de

Leia mais

Prof. Alan Carlos Ghedini. Extrema-Direita. Um problema em ascensão

Prof. Alan Carlos Ghedini. Extrema-Direita. Um problema em ascensão Prof. Alan Carlos Ghedini Extrema-Direita Um problema em ascensão Antes da Extrema, a Direita Tudo começou na Revolução Francesa (1789) Na Assembleia Nacional Francesa, os grupos políticos dividiam-se

Leia mais

Prof. David Nogueira. quinta-feira, 2 de junho de 2011

Prof. David Nogueira. quinta-feira, 2 de junho de 2011 1 Antecedentes/causas (década de 30): Fortalecimento de regimes totalitários nazifascistas. Invasão da CHI (1931 - Manchúria) pelo JAP. Invasão da Etiópia (1935) pela ITA. Desrespeito da ALE ao Tratado

Leia mais

Um Novo Tempo da História, 12º Ano Caderno do Aluno

Um Novo Tempo da História, 12º Ano Caderno do Aluno Um Novo Tempo da História, 12º Ano Caderno do Aluno Página 1 de 23 Página 2 de 23 1. d) 2. b) 3. d) 4. c) 5. Escolher três de entre as seguintes: - Corporativismo ou enquadramento em corporações das atividades

Leia mais

TENENTISMO ( ) Prof. OTTO TERRA

TENENTISMO ( ) Prof. OTTO TERRA TENENTISMO (1922-1926) TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL NA VIRADA DE 1920 Industrialização substitutiva de exportações Crescimento dos centros urbanos (São Paulo / Rio de Janeiro) Mudanças no cenário Nacional

Leia mais

Revolução Russa 1917

Revolução Russa 1917 Revolução Russa 1917 1 A RÚSSIA PRÉ-REVOLUCIONÁRIA Economia Predominantemente rural (latifúndios) com vestígios do feudalismo, muito atrasado economicamente. Mais da metade do capital russo provinha de

Leia mais

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES GEOGRAFIA AULA. Conteúdo: Geopolítica e Conflitos Entre os Séculos XIX e XX

DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL CONTEÚDO E HABILIDADES GEOGRAFIA AULA. Conteúdo: Geopolítica e Conflitos Entre os Séculos XIX e XX Conteúdo: Geopolítica e Conflitos Entre os Séculos XIX e XX Habilidade: Analisar a interferência na organização dos territórios a partir das guerras mundiais. Geopolítica e Território A Europa foi cenário

Leia mais

REGIONALIZAÇÃO E AS ORDENS MUNDIAIS

REGIONALIZAÇÃO E AS ORDENS MUNDIAIS REGIONALIZAÇÃO E AS ORDENS MUNDIAIS ORDEM MUNDIAL Equilíbrio temporário das relações políticas, econômicas, diplomáticas e militares entre as potências na disputa pelo poder e pela hegemonia do mundo.

Leia mais

1. Observe a imagem a seguir:

1. Observe a imagem a seguir: 1. Observe a imagem a seguir: Reivindicar liberdade para as mulheres não é crime. Pessoas presas por solicitar o direito de votar não devem ser tratadas como criminosas (1917). A imagem acima retrata a

Leia mais

UNIDADE I AS CONTRADIÇÕES DA EXPANSÃO CAPITALISTA E O ADVENTO DO SOCIALISMO... 12

UNIDADE I AS CONTRADIÇÕES DA EXPANSÃO CAPITALISTA E O ADVENTO DO SOCIALISMO... 12 Sumário UNIDADE I AS CONTRADIÇÕES DA EXPANSÃO CAPITALISTA E O ADVENTO DO SOCIALISMO... 12 Capítulo 1 Os Estados Unidos: o nascimento de uma potência... 14 Os primeiros passos do país independente... 15

Leia mais

A NOSSA VIZINHA ESPANHA. Nos últimos anos a Espanha tem passado um mau. bocado, no plano financeiro, económico, político e social.

A NOSSA VIZINHA ESPANHA. Nos últimos anos a Espanha tem passado um mau. bocado, no plano financeiro, económico, político e social. A NOSSA VIZINHA ESPANHA Nos últimos anos a Espanha tem passado um mau bocado, no plano financeiro, económico, político e social. Como Portugal - embora não tenha aceite a Troika, honra lhe seja - a Grécia

Leia mais

Uma ditadura antiesquerdista cercada de entusiasmo popular criando uma combinação inesperada.

Uma ditadura antiesquerdista cercada de entusiasmo popular criando uma combinação inesperada. FASCISMO NAZISMO Uma ditadura antiesquerdista cercada de entusiasmo popular criando uma combinação inesperada. Inesperada por contar com o apoio da direita industrial, preocupada com a reconstrução econômica

Leia mais

A ERA VARGAS (1930/1945)

A ERA VARGAS (1930/1945) PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DE VARGAS(1930-1945) 1945) Nacionalista. Favor das empresas nacionais. Política econômica Intervencionista. Ditador de características fascista. Populista. Centralizador. PRINCIPAIS

Leia mais

História. Guerra Fria. Professor Cássio Albernaz.

História. Guerra Fria. Professor Cássio Albernaz. História Guerra Fria Professor Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br História GUERRA FRIA Introdução - o que foi e definição A Guerra Fria tem início logo após a Segunda Guerra Mundial, pois os

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA. Situação Política: Até início do séc. XX a Rússia ainda era um país Absolutista, governada por um Czar.

REVOLUÇÃO RUSSA. Situação Política: Até início do séc. XX a Rússia ainda era um país Absolutista, governada por um Czar. Antecedentes: REVOLUÇÃO RUSSA Situação Política: Até início do séc. XX a Rússia ainda era um país Absolutista, governada por um Czar. Situação Econômica: era um país extremamente atrasado, economia agrária,

Leia mais

TOTALITARISMO AUTORITARISMO

TOTALITARISMO AUTORITARISMO TOTALITARISMO & AUTORITARISMO Totalitarismo Tipo de Estado difundido na Europa entre as duas grandes guerras mundiais, que exerce um enorme controle sobre todas as atividades sociais, econômicas, políticas,

Leia mais

UDESC 2017/1 HISTÓRIA. Comentário

UDESC 2017/1 HISTÓRIA. Comentário HISTÓRIA Apesar da grande manifestação em São Paulo, no ano de 1984, com a presença de políticos como Ulisses Guimarães, a emenda Dante de Oliveira, que restabelecia as eleições presidenciais diretas,

Leia mais

O Fascismo italiano, o Nazismo alemão e o Estado Novo no Brasil.

O Fascismo italiano, o Nazismo alemão e o Estado Novo no Brasil. O Fascismo italiano, o Nazismo alemão e o Estado Novo no Brasil. A Crise Capitalista Após I Guerra, a Europa viveu um período relativamente curto de crise econômica. A Crise Capitalista Em contrapartida

Leia mais

CONTEXTO HISTÓRICO A situação existente em Portugal e no mundo durante o período da vida de Alfredo Dinis ficou marcada pela luta abnegada dos povos e dos trabalhadores, no sentido de melhorarem as suas

Leia mais

UNIFICAÇÃO DA ALEMANHA

UNIFICAÇÃO DA ALEMANHA UNIFICAÇÃO DA ALEMANHA PRÚSSIA -A Unificação da Alemanha foi um processo iniciado em meados do século XIX e finalizado em 1871 -Esse processo de unificação foi liderado pelo primeiro-ministro Otto Von

Leia mais

QUESTÕES. 1 - A charge abaixo aborda uma situação do Brasil logo após a crise de a) O que foi a chamada crise de 1929?

QUESTÕES. 1 - A charge abaixo aborda uma situação do Brasil logo após a crise de a) O que foi a chamada crise de 1929? 9º História Rafael Av. Trimestral 29/06/16 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta prova

Leia mais

História B aula 17 As Revoluções Russas.

História B aula 17 As Revoluções Russas. História B aula 17 As Revoluções Russas. Primeira revolução vitoriosa inspirada no socialismo Antecedentes do processo revolucionário... Características da Rússia na virada do século XIX: -Governada pelo

Leia mais

O Imperialismo O ATRASO ALEMÃO: Grande crescimento industrial Ampliação de mercados; Lorena: ¾ do fornecimento de matéria-prima para a indústria de aço; 1880 amplo programa de expansão naval: Lei Naval

Leia mais

ESTRUTURA SOCIAL E ECONÔMICA Sociedade: Agrária Elite latifundiária (20%): detinha 80% das terras. Economia: Uma das economias mais atrasadas da

ESTRUTURA SOCIAL E ECONÔMICA Sociedade: Agrária Elite latifundiária (20%): detinha 80% das terras. Economia: Uma das economias mais atrasadas da REVOLUÇÃO RUSSA ESTRUTURA SOCIAL E ECONÔMICA Sociedade: Agrária Elite latifundiária (20%): detinha 80% das terras. Economia: Uma das economias mais atrasadas da Europa. BASE: agro-exportação. 2. POLÍTICA:

Leia mais

Aulas 68 e 69 O Nazi fascismo

Aulas 68 e 69 O Nazi fascismo Aulas 68 e 69 O Nazi fascism 1. Cnceit: Tip de gvern ttalitári característic n períd entre guerras (1918 1939). 2. Onde? Itália, Prtugal e Espanha (Fascism) Alemanha (Nazism) 3. Características básicas:

Leia mais

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog:

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: A REVOLUÇÃO RUSSA Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: www.proftaciusfernandes.wordpress.com RÚSSIA CZARISTA Final do século XIX 170 milhões de pessoas Economia agrária 85% da população vivia no campo camponeses

Leia mais

Rev. Liberais do Século XIX e Período Regencial

Rev. Liberais do Século XIX e Período Regencial Rev. Liberais do Século XIX e Período 1. (PUC-RJ) O Congresso de Viena, concluído em 1815, após a derrota de Napoleão Bonaparte, baseou-se em três princípios políticos fundamentais. Assinale a opção que

Leia mais

SIS ÊNCIA DAS DEMOCRACIAS LIBERAIS

SIS ÊNCIA DAS DEMOCRACIAS LIBERAIS A RESISTÊNCIA DAS DEMOCRACIAS LIBERAIS A ascensão dos regimes totalitários não eliminou os regimes democráticos liberais No início dos anos 30, o economista John Keynes pôs em causa a capacidade de o sistema

Leia mais

3.º Teste sumativo de História A

3.º Teste sumativo de História A ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS 3.º Teste sumativo de História A 12º Ano Turma D Professor: Renato Albuquerque Duração da prova: 90 minutos. Tolerância: 10 minutos 6 páginas 04.dezembro.2012 Este teste

Leia mais

ORIENTADOR: Prof. Me. Leandro Alves Martins de Menezes

ORIENTADOR: Prof. Me. Leandro Alves Martins de Menezes ESTUDANTE: Joaquim Henrique da Silveira ORIENTADOR: Prof. Me. Leandro Alves Martins de Menezes TÍTULO DO PROJETO DE DO ORIENTADOR CADASTRADO NO SIGEP/CP/PROPE: Teoria e Filosofia da História: Tudo é singular

Leia mais

Seminário "Ética e Política" discute ideologias e corrupção (+ Repercussão e Fotos)

Seminário Ética e Política discute ideologias e corrupção (+ Repercussão e Fotos) Seminário "Ética e Política" discute ideologias e corrupção (+ Repercussão e Fotos) Da esquerda para a direita: Dr Luis Carlos Sotero, Marcelo Consentino, André Fernandes, Dr Bolívar Lamounier e Dr Agostinho

Leia mais

Importante acontecimento do século XX. Surgimento do modelo socialista em oposição dominante Profundas transformações no país e no mundo

Importante acontecimento do século XX. Surgimento do modelo socialista em oposição dominante Profundas transformações no país e no mundo 03. REVOLUÇÃO RUSSA Importante acontecimento do século XX Surgimento do modelo socialista em oposição dominante Profundas transformações no país e no mundo ao capitalismo Rússia no início do século XX

Leia mais