RELATÓRIO ANUAL. Annual Report2012

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RELATÓRIO ANUAL. Annual Report2012"

Transcrição

1 1 RELATÓRIO ANUAL Annual Report2012

2 ÍNDICE / INDEX 03 APRESENTAÇÃO / INTRODUCTION 04 INDICADORES 2012 / 2012 INDICATORS 09 RELATÓRIO DE BALANÇO / BALANCE REPORT 09 RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO / MANAGEMENT REPORT 18 RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES / INDEPENDENT AUDITORS REPORT BALANÇOS PATRIMONIAIS / BALANCE SHEETS DEMONSTRAÇÕES DO RESULTADO / INCOME STATEMENTS 24 DEMONSTRAÇÕES DAS MUTAÇÕES DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO / STATEMENTS OF CHANGES IN SHAREHOLDERS EQUITY 25 DEMONSTRAÇÕES DOS FLUXOS DE CAIXA / STATEMENTS OF CASH FLOWS 26 NOTAS EXPLICATIVAS ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS / NOTES TO THE FINANCIAL STATEMENTS

3 APRESENTAÇÃO / INTRODUCTION O Banco Gerador é o único banco privado do Brasil com sede no Norte-Nordeste, a região que mais cresce no país e, também, a que mais recebe investimentos. É nesse cenário que o Banco Gerador usa toda sua rede de relacionamento e expertise local para analisar as melhores oportunidades do mercado e oferecê-las aos investidores e seus clientes. Banco Gerador is the only Brazilian private bank based in North-Northeastern Brazil, the fastest growing region in the country and, also, the one that receives the most investments. It is in this scenario that Banco Gerador uses its network of relationships and local expertise to the fullest extent to analyze the best opportunities on the market and offer them to investors and customers. A divisão de banco de investimentos vem ganhando importância no modelo de negócio do Banco. Dessa forma, o Banco Gerador diversifica as suas fontes de receitas ao criar canais eficientes de aproximação das empresas com os investidores locais e internacionais, atuando como porta de acesso para operações financeiras estruturadas de cunho global com expertise local. The investment bank division has been gaining importance in the Bank s business model. This allows Banco Gerador to diversify its sources of revenue by creating efficient channels to draw businesses closer together with local and international investors, acting as an access gateway to structured financial transactions of global imprint but with local expertise. O seu braço no varejo, a Rede Banorte Matriz, modelo de negócio inovador que possui baixo custo de distribuição e foco nas classes emergentes, vem crescendo rapidamente por toda região e já conta com mais de 100 lojas em Pernambuco, na Paraíba e na Bahia, ampliando assim a capacidade de oferta dos produtos do Banco para esse público. Até o final de 2015, a Rede Banorte Matriz pretende atingir 500 lojas em todo o Norte-Nordeste. Its retail arm, Rede Banorte Matriz, an innovative business model that has a low distribution cost and focuses on emerging classes, has been growing rapidly throughout the region and already has more than 100 stores in Pernambuco, Paraíba, and Bahia, thus broadening the Bank s capacity to supply its products to this audience. By late 2015, Rede Banorte Matriz is expected to have 500 stores throughout North-Northeastern Brazil. O Banco Gerador acredita que seu crescimento está atrelado ao crescimento e rentabilidade dos seus parceiros. Mais do que conhecer o mercado do Norte-Nordeste, esse é o banco especialista em oferecer as melhores oportunidades para seus clientes. Banco Gerador believes its growth is linked to its partners growth and profitability. More than knowing the market in the North-Northeast, this is the bank that specializes in offering its customers the best opportunities.

4 INDICADORES 2012 / 2012 INDICATORS DISTRIBUIÇÃO DA CARTEIRA DE CRÉDITO POR REGIÃO CREDIT PORTFOLIO DISTRIBUTION PER REGION DISTRIBUIÇÃO DA CARTEIRA DE CRÉDITO CONSIGNADO POR TAMANHO DE CIDADE PAYROLL CREDIT PORTFOLIO DISTRIBUTION PER CITY S SIZE 2% 6% 0% 57% 30% 9% 83% 13% Nordeste / Northeast Norte / North Centro-Oeste / Central West Sudeste / Southeast Sul / South Cidades < 50 mil habitantes / Cities < 50 Thousand Inhabitants Cidades entre 50 e 200 mil habitantes / Cities between 50 and 200 Thousand Inhabitants Cidades > 200 mil habitantes / Cities > 200 Thousand Inhabitants DISTRIBUIÇÃO DAS CAPTAÇÕES POR TIPO DE INVESTIDOR FUNDING DISTRIBUTION PER INVESTOR TYPE 8% 44% 17% 31% Investidores Institucionais / Institutional Investors and Funds Pessoas Jurídicas / Legal Entities Instituições Financeiras / Financial Institutions Pessoas Físicas / Individuals 04 *Inclui cessão de carteira. / Includes assignment of loan portfolio.*

5 DIVERSIFICAÇÃO DE CARTEIRA E FORTE ORIGINAÇÃO PRÓPRIA PORTFOLIO DIVERSIFICATION AND STRONG OWN ORIGINATION 31% 5% Consignado Público Federal/INSS (Originação Própria) / Federal Public/INSS Payroll Loans (own origination) 28% 11% Consignado Privado (Originação Própria) / Private Payroll Loans (own origination) Consignado Público Municipal/Estadual / Municipal/State Public Payroll Loans Crédito PJ - Pequenas Empresas (Até R$ 20 Milhões de Faturamento) / Legal Entity Credit - Small businesses (up to R$20 million in revenue) 7% 18% Crédito PJ - Médias Empresas (Acima de R$ 20 Milhões de Faturamento) / Legal Entity Credit - MID - Sized Businesses (above R$ 20 million in revenue) Cartões de Crédito / Credit Cards PROVISÃO TOTAL* E CARTEIRA EM ATRASO TOTAL PROVISION AND DUE PORTFOLIO CARTÕES DE CRÉDITO CONSIGNADOS (QTDE. DE CARTÕES) CONSIGNED CREDIT CARDS (AMOUNT OF CARDS) Provisão Total/Carteira Total Provision/Portfolio Atrasado > 90 dias/carteira Due > 90 days/portfolio 8,87% 10% 4,14% 5,06% ,83% 2,05% 0,92% dez/10 dez/11 dez/12 *Inclui provisão do BNDU. / *Includes BNDU s provision. 1T12 1Q12 1S12 2Q12 3T12 3Q12 2S12 4Q12 *Inclui cessão de carteira. / Includes assignment of loan portfolio.*

6 INDICADORES 2012 / 2012 INDICATORS BASE DE CLIENTES* TOTAL CLIENTS* PERFIL DOS CLIENTES (RENDA) CUSTOMERS PROFILE (INCOME) 10% % 14% 21% 1T12 1Q12 1S12 2Q12 3T12 3Q12 2S12 4Q12 Até 2 salários mínimos Entre 2 e 3 salários mínimos Mais de 3 salários mínimos Up to 2 Minimum Wage Between 2 and 3 Minimum Wages Over 3 Minimum Wages PERFIL DOS CLIENTES (INSTRUÇÃO) CUSTOMERS PROFILE (EDUCATION DEGREE) 71% 2% 11% 6% 5% 5% Até a 4ª Série Fundamental 5ª a 8ª Série Fundamental Colegial Completo Up to 4th Grade 5th to 8th Grade High School (Complete) Colegial Incompleto High School (Incomplete) Superior Completo Graduate Superior Incompleto Undergraduate 6 *Inclui cessão de carteira. / Includes assignment of loan portfolio.*

7 ATIVOS TOTAIS (R$ MILHÕES)* TOTAL ASSETS (MILLION R$)* CARTEIRA DE CRÉDITO (R$ MILHÕES)* CREDIT PORTFOLIO (MILLION R$)* 10% 13% 321,9 351,0 355,4 352,0 252,8 260,4 223,4 252,7 1T12 1S12 3T12 2S12 1Q12 2Q12 3Q12 4Q12 1T12 1S12 3T12 2S12 3Q11 4Q11 1Q12 2Q12 EVOLUÇÃO DA RECEITA TOTAL (R$ MILHARES) EVOLUTION OF TOTAL REVENUE (R$ THOUSANDS) Prestação de Serviços Service Provision Resultado das operações interfinanceiras + TVM Result of interbank transactions + TVM Operações de Crédito Credit Transactions *Inclui cessão de carteira. / Includes assignment of loan portfolio.*

8 INDICADORES 2012 / 2012 INDICATORS CAPTAÇÃO (R$ MILHÕES) FUNDING (MILLION R$) CAPTAÇÕES (QTDE. DE CLIENTES) FUNDING (NUMBER OF CLIENTS) 9% 14% 250,0 263,0 263,4 273, T12 1S12 3T12 2S12 1T12 1S12 3T12 1Q11 2Q11 3Q12 4Q12 1Q11 2Q11 3Q12 2S12 4Q12 CONVÊNIOS FIRMADOS DE CRÉDITO CONSIGNADO (QTDE. DE CONVÊNIOS) AGREEMENTS SIGNED PAYROLL CREDIT (NUMBER OF AGREEMENTS) LIBERAÇÕES ACUMULADAS (R$ MILHÕES) TOTAL CREDIT RELEASED (MILLION R$) 8% ,0 135,7 170,2 151,1 1T12 1Q12 1S12 2Q12 3T12 3Q12 2S12 4Q12 1T12 1Q12 1S12 2Q12 3T12 3Q12 2S12 4Q12 8 *Inclui cessão de carteira. / Includes assignment of loan portfolio.*

9 RELATÓRIO DE BALANÇO / BALANCE REPORT RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas, Apresentamos aos Senhores Acionistas o relatório da Administração, o Balanço Patrimonial e demais Demonstrações Financeiras, relativos ao semestre findo em 31 de dezembro de 2012, acompanhado do Relatório dos Auditores Independentes. Perfil Corporativo O Banco Gerador é o único banco privado nacional sediado e especializado no crédito para as regiões de maior crescimento do País, a Norte e Nordeste, onde concentra 94% da sua carteira total. Fundado no início de 2009 por empreendedores regionais, tem sua sede estrategicamente localizada em Pernambuco, estado geograficamente central na região e pólo de atração de grandes investimentos públicos e privados. Esse posicionamento e especialização garantem ao Banco Gerador uma importante vantagem competitiva, que se reflete nas elevadas taxas de crescimento, consagrando a estratégia de se tornar uma plataforma financeira regional relevante, oferecendo produtos diversificados e com perfil regional, nos segmentos de Varejo, Middle Market e Banco de Investimentos. No mês de abril de 2012, ingressou no SPB - Sistema de Pagamentos Brasileiro, colocando em operação a carteira de Banco Comercial que, agregada às demais carteiras inicialmente autorizadas de CFI - Crédito, Financiamento e Investimentos, e Banco de Investimentos, ampliaram significativamente o portfólio de produtos nos segmentos de Middle Market e Varejo. Nesse último, evidencia sua dedicação à parcela emergente da população nas localidades com baixo grau de bancarização, atingindo 60% do volume de crédito à pessoa física originados em cidades com menos de 200 mil habitantes, disponibilizando linhas de crédito através de empréstimos e cartões com bandeira Visa, e a implementação dos serviços MANAGEMENT REPORT Dear Stockholders, We submit for your consideration the Management Report, Balance Sheet and other Financial Statements for the year ended December 31, 2012, together with the Independent Auditor s Report. Corporate Profile Banco Gerador is the only private Brazilian bank specializing in credit for the country s fastest growing regions, the North and the Northeast, where 94% of its total portfolio is concentrated. Founded at the beginning of 2009 by regional entrepreneurs, the Bank has its headquarters strategically located in Pernambuco, a state geographically central within the region, and a hub for large public and private investments. This positioning and specialization provide the Bank with a significant competitive advantage, which is reflected in high growth rates, reflecting its strategy of positioning itself as a significant regional financial platform, offering diversified products with regional profile in the Retail, Middle Market and Investment Banking segments. In April 2012, the Bank significantly expanded its portfolio of products in the Middle Market and Retail segments, joined the Brazilian Payment System (SPB) in order to be able to operate a Commercial Bank portfolio that, together with the other initially authorized portfolios for Lending, Financing and Investment (CFI), and Investment Banking. In the Retail segment, the Bank evidences its dedication to the emerging portion of the population in locations with a limited number of banks, with 60% of its loans made to individuals in cities with less than 200 thousand inhabitants, providing credit facilities through loans and Visa credit cards, and implementing bill and payment slip collection services, all operated through a 9

10 de arrecadação de contas e boletos bancários, todos operacionalizados através de rede única de correspondentes, através da Rede Banorte Matriz, com mais de 100 pontos de atendimento. Em agosto de 2012, visando aprimorar a governança corporativa, criou a posição de Vice- Presidente e efetivou a contratação do Sr. Ademir Cossiello para o cargo estatutário, agregando importante experiência de 38 anos de vivência no mercado financeiro, adquiridos em renomada instituição financeira, sendo os últimos 15 anos em cargo diretivo. Mantida a estratégia conservadora, dentre outras ações prudenciais, privilegiou a posição de caixa e manutenção de hedges, ampliando o grau de confiança dos investidores, refletidos na renovação de todas as linhas de interbancário, e acrescentada mais uma importante linha junto a um banco privado multinacional, bem como pela conclusão do desembolso da primeira série da captação junto ao BID Banco Interamericano de Desenvolvimento, com prazo de cinco anos, além da terceira captação externa realizada no último trimestre de No segundo semestre, estruturou a cessão de crédito sem coobrigação e com manutenção da contabilização de juros no prazo das operações, para constituição do seu primeiro FIDC, no montante de R$ 50 milhões, com rating pela S&P AAA para cota sênior e A para cota subordinada preferencial de apenas 5% das ações, cuja liquidação efetiva ocorreu em fevereiro de No quarto trimestre, iniciou testes de dois novos produtos, o Banorte Amigo microcrédito direcionado a pequenos comerciantes locais, e o Pague Tranquilo parcelamento para pagamento de ficha de compensação nas lojas da Rede Banorte Matriz, ambos com implementação prevista para o primeiro semestre de Desempenho Operacional O Banco Gerador, neste 2º semestre de 2012, manteve a expansão sustentável da carteira, aliado à preservação da boa qualidade dos ativos, e adotou critérios mais parcimoniosos na estratégia de ativos e passivos. Respeitando single network of correspondent banks, through Rede Banorte Matriz, with more than 100 points of service. In August 2012, in order to improve corporate governance, the Bank created the position of Vice President and hired Mr. Ademir Cossiello for this statutory position, bringing to bear his experience of 38 years in a renowned financial institution, with the last fifteen years in an executive position. Keeping the conservative strategy, among other appropriate measures, the Bank emphasized maintaining a strong cash position and effective hedges, improving the investors confidence level, reflected in the renewal of all interbank lines, in addition to an important line with a multinational private bank and the completion of the disbursement of the first series of funding transactions with the Inter-American Development Bank (IDB), for a period of five years, as well as the third foreign funding carried out in the last quarter of In the second half of the year, the Bank structured the assignment of loans without co-obligation and maintained the recording of interest in the term of the transactions, for the constitution of its first FIDC, in the amount of R$ 50 million, rated AAA by S&P for senior quotas and A for preferential subordinated quotas of only 5% of the shares, which were settled in February In the fourth quarter, the Bank started testing two new products: Banorte Amigo, a micro-credit for small local traders and the Pague Tranquilo, installment payment of bank clearance forms at the Rede Banorte Matriz stores, and the implementation of both is scheduled for the first half of Operating Performance In 2012, Banco Gerador continued the sustainable expansion of its portfolio, aligned with the maintenance of good quality of assets, and adopted more conservative criteria for the assets and liabilities strategy. In view of this scenario, 10

11 o cenário, optou por diminuir o ritmo de crescimento anteriormente projetado para carteira, especialmente no segmento de Middle Market. Na estratégia comercial, ajustou a distribuição da carteira de clientes PJ entre a plataforma de Middle Market e o Banco de Investimentos, onde a plataforma manteve o foco na manutenção da carteira baseada em recebíveis de curto prazo e na proximidade do relacionamento com os clientes e o Banco de Investimentos assumiu a gestão dos créditos de maior valor, através de operações com estrutura de garantias fortalecidas. No Varejo, foi mantido o contínuo aumento da capilaridade da rede única de correspondentes, através da Rede Banorte Matriz, empresa adquirida pelos controladores que dispõe de mais de 100 pontos de atendimento nos estados de Pernambuco e Paraíba, passando a deter significativo percentual de originação de operações de crédito consignado, em especial do convênio INSS, que já perfaz 28% da carteira de crédito, com crescimento de 67% no ano, que respondeu por 2/3 do incremento na carteira de crédito total do Banco, além do índice de recompra ter sido imaterial. Esse modelo tornou mais eficiente o custo de distribuição, proporcionando maior nível de rentabilidade comparado à média do mercado e demonstrou que a tese de controle da rede de distribuição tem eficácia, principalmente, nos momentos de maior incerteza nesse segmento, comprovada pela estabilidade da produção no período. O modelo também possibilitou a consolidação do produto Arrecadação de Contas, onde mais de 90% possuem convênios firmados diretamente pelo Banco, atendendo a um público superior a 800 mil pessoas mensalmente e 1,5 milhão de contas e boletos processados. Destacamos que o fluxo recorrente de clientes nas lojas para utilização dos serviços de arrecadação de contas elimina a figura do pastinha no processo de captação de operações de crédito consignado, gerando sinergia e mitigando consideravelmente o risco de fraudes. Cabe ainda destacar o crédito consignado municipal, que já agrega 339 convênios estabelecidos, representando 15% da carteira de crédito total, oferecendo rentabilidade diferenciada à carteira de varejo e diversificação de risco. the Bank opted to reduce the rate of growth previously projected for the portfolio, especially in the Middle Market segment. As part of its commercial strategy, the Bank adjusted the distribution of the corporate customer portfolio between the Middle Market platform and Investment Banking, where the platform remained focused on the maintenance of the portfolio based on short-term receivables and the strengthening of relationships with customers, while the Investment Banking segment took over the management of receivables with higher amounts, through strengthening the guarantee structure. In the Retail segment, the Bank continued to expand the sole network of correspondent banks, through Rede Banorte Matriz, a company acquired by the controlling stockholders which has more than 100 points of service in the states of Pernambuco and Paraíba, starting to hold a significant percentage of the payroll-deductible loans, especially relating to the agreement with the National Institute of Social Security (INSS), which already accounts for 28% of the loan portfolio, an increase of 67% during the year, which accounted for two thirds of the increase in the Bank s total loan portfolio, in addition to the immaterial repurchase index. This model improved the cots distribution, providing increased earnings compared to the market average, and showed that the thesis of control of the distribution network is efficient, mainly in moments of greater uncertainty in this segment, proven by the production stability in the period. The model also allowed the consolidation of the Bill Collection product where more than 90% of the agreements are made directly by the Bank, for over 800 thousand persons monthly, and 1.5 million bills and bank slips being processed. It should also be noted that the consistent flow of customers into the stores to use the bill collection services eliminates the specialized agents from the payroll-deductible loan collection process, generating synergy and considerably mitigating the risk of fraud. We would also highlight the municipal payroll-deductible loans, which already includes 339 agreements made, accounting for 15% of the total loan portfolio, offering differentiated earnings to the retail portfolio and a diversification of risk. 11

12 Indicadores relevantes / Relevant Indicators % Recursos Liberados (R$ mil) / Funds released (R$ thousand) % Clientes Tomadores / Borrowing customers % Convênios Firmados / Agreements made % Correspondentes no País / Correspondent banks in Brazil % A base de clientes apresentou crescimento de 19% nos últimos 12 meses, atingindo cerca de 93 mil clientes, e foram conquistados mais de 50 novos convênios, atingindo o patamar de 450 convênios firmados para crédito consignado. The customer base grew by 19% in the last 12 months, totaling approximately 93 thousand customers with 50 new agreements, reaching 450 agreements to provide payroll-deductible loans. Indicadores relevantes (R$ mil) / Relevant indicators (R$ thousand) % Carteira de Crédito / Loan portfolio % Ativos Totais / Total assets % A carteira de crédito atingiu R$ 228 milhões e o ativo total R$ 328 milhões, destacando a manutenção da importante demanda de crédito existente nas regiões foco de atuação, concomitante à consolidação das linhas de negócios e da força de venda com expansão da capilaridade de distribuição, porém com a escolha de um crescimento parcimonioso em relação aos períodos experimentados anteriormente, em face do ambiente mais desafiador para análises e novas concessões, concentrando assim grande parte de seu crescimento no produto consignado INSS, de risco soberano. O saldo das cessões de crédito realizadas no ano de 2012 foi equivalente a 7,5% da carteira total, fruto principalmente de operações originadas pelo Banco de Investimentos na estratégia de geração de ativos de crédito com aceitação no mercado corporativo de risco de credito privado para negociação, onde a totalidade foi cedida sem coobrigação, não expondo o Banco aos impactos regulatórios macroprudenciais em vigor no período. Cessões com coobrigação não foram realizadas no ano de The loan portfolio reached R$ 228 million, and total assets amounted to R$ 328 million, indicating the continued high demand for loans in the regions in which the Bank operates, combined with the consolidation of its business lines and sales force through the expansion of the distribution network. However, of the Bank chose to use a more conservative growth estimate compared to previous periods due to the more challenging environment for analyses and new grants, thus concentrating part of its growth in the INSS payroll-deductible loan, of sovereign risk. The balance of loan assignments in 2012 was equivalent to 7.5% of the total portfolio, mainly as a result of the transactions originated by the Investment Bank based on the strategy of generating credit assets with acceptance in the corporate market of private credit risk for trading, where all the loans were assigned without coobligations, meaning that they did not expose the Bank to regulatory impact during the period. No loan assignments with co-obligations were carried out in Indicadores relevantes (R$ mil) / Relevant indicators (R$ thousand) % Recursos Captados / Funds raised (15%) Carteira de Captação / Trading portfolio % Recursos em Caixa / Cash funds (22%) Na captação de recursos, a estratégia de tesouraria garantiu adequado nível de liquidez à instituição, com volume de recursos captados no ano que somaram R$ 139 milhões, com forte predominância do produto CDB com participação For funding transactions, the treasury strategy guaranteed sufficient liquidity for the Bank, with funds raised in the year totaling R$ 139 million, mainly comprising CDB (Bank Deposit Certificate) products, which made up 83% of this amount. 12

13 de 83% nesse montante, configurando significativa marca atingida em um semestre de grandes incertezas econômicas, perfazendo carteira passiva na ordem de R$ 274 milhões, com 77% destas captações com liquidez somente no vencimento. Os recursos em caixa totalizaram R$ 60 milhões, equivalente a 125% do Patrimônio Líquido do Banco, permitindo ao Banco transpor os momentos de turbulência vividos pelo mercado financeiro com adequado nível de segurança, proporcionado pelo elevado nível de caixa mantido pela instituição no período, com ajuste no volume visando aprimorar a gestão dos custos impostos por esta estratégia. This was a significant mark in a six-month period of great economic uncertainty, representing a liability portfolio of R$ 274 million, with 77% of these funding transactions having liquidity only upon maturity. Cash funds totaled R$ 60 million, equivalent to 125% of the Bank s equity, allowing the Bank to ride out the turmoil experienced by the financial markets in safety, due to the high level of cash maintained by the Bank in the period, with adjustment to the volume in order to improve the management of the costs imposed by this strategy. Indicadores relevantes (R$ mil) / Relevant indicators (R$ thousand) % Receita Total / Total revenue % Receita Intermediação Financeira / Income from financial intermediation Receita de Operações de Crédito / Income from lending operations % 30% Receitas Operacionais / Operating income % Outras Receitas Operacionais / Other operating income Receita de Tarifas e Serviços / Income from fees and services % 386% A Receita Total obteve importante crescimento, com evolução de 37% frente ao mesmo período do ano anterior, onde a Receita Financeira evoluiu 21% predominantemente na Receita de Operações de Crédito, que apresentou crescimento de 30%, com destaque para operações de Empréstimo Consignado, que cresceram 59%, seguido do Cartão de Crédito Consignado com 44%, e apenas 14% no Middle Market, demonstrando a efetividade da estratégia comercial de concentração em ativos de menor risco e a geração efetiva de receita por competência da carteira. As Receitas Operacionais foram incrementadas substancialmente neste semestre, fruto dos investimentos na diversificação das linhas de negócios, como a Arrecadação de Contas e a Assessoria Financeira através do Banco de Investimentos, cuja implantação da área completou seu primeiro ano, já apresentou significativa participação na composição das receitas operacionais. Contou também com maior volume de tarifas oriundas das operações de empréstimos e cartões de crédito, e ajustes cambiais positivos em posições mantidas no exterior. The Total Revenue showed significant growth, increasing by 37% compared to the same period of the previous year, while Finance Income increased by 21%, mainly derived from Income from Lending Operations, which grew by 30%, notably in Payroll-Deductible Loans, which increased by 59%, followed by Payroll-Deductible Credit Cards with 44%, and only 14% in the Middle Market, indicating the effectiveness of the commercial strategy of concentrating on lower risk assets and effective generation of portfolio revenue. Operating Revenue increased significantly during this six-month period due to the investment in the diversification of business lines, such as Bill Collection and Financial Advisory services through the Investment Bank, whose implementation has completed its first year and already contribut a significant portion of operating revenue. Other factors in this growth included a larger volume of fees from lending and credit card operations, and exchange adjustment gains on positions held abroad. 13

14 Indicadores relevantes (R$ mil) / Relevant indicators (R$ thousand) % Despesa Total / Total expenses (61.218) (91.951) 50% Despesa Intermediação Financeira / Expenses on financial intermediation Despesa de Captação Mercado + Hedge / Expenses on funding transactions and hedges Provisões para Devedores Duvidosos e BNDU / Allowance for loan losses and BNDU Outras Despesas Operacionais / Other operating expenses Despesas Administrativas / Administrative expenses Despesas com Pessoal / Personnel expenses (34.807) (50.455) 45% 18% (25.543) (30.231) (8.585) (18.635) (41.495) (26.349) 117% (26.410) (14.989) 57% 76% (7.770) (10.031) 29% A Despesa Total evoluiu 50%, impactada principalmente pelo aumento das Provisões e, em menor proporção pelas Despesas Financeiras, em razão da estratégia prudencial de manutenção da liquidez em caixa e dos custos inerentes à proteção da exposição cambial das captações externas, amenizadas no último período pela queda da taxa básica de juros e a estabilidade cambial no período. As Despesas Operacionais gerenciáveis estiveram em linha com a estratégia de mantêlas sob rígido controle, porém aderentes às necessidades geradas pelo crescimento do banco. A despesa com pessoal recebeu impacto pontual diretamente ligado à expansão do portfólio do produto, notadamente nas áreas de Banco de Investimento, exigências sistêmicas do SPB e para o serviço de arrecadação de contas. A Despesa Administrativa foi afetada principalmente pelo incremento orgânico da apropriação das comissões pela originação de crédito consignado, diferidas no prazo das operações, fator diretamente ligado à significativa e constante expansão desta carteira com duration de médio e longo prazo, tais despesas com comissão representaram 30% do montante da despesa operacional, ante 10% no período comparado, com tendência à estabilização, em razão da natural adequação da taxa de crescimento da carteira. Excluída a linha de comissões, as demais Despesas Administrativas se mantiveram estáveis nos dois períodos, reflexo da política austera de controle de custos, ainda que realizados importantes investimentos em tecnologia para implantação do Banco Comercial, SPB e desenvolvimento da plataforma de cartões de crédito, como também pelo maior investimento em marketing na ampliação do portfólio de produtos. Total Expenses increased by 50%, mainly due to the increase in the Allowance and, to a lesser extent, due to the Finance Costs, due to the conservative strategy of maintaining cash liquidity and the costs related to exchange hedges on foreign funding, which were minimal during the last period due to the fall in the basic interest rate and the exchange stability during the period. Manageable Operating Expenses were in line with the strategy of keeping them under strict control, but keeping pace with the Bank s growth requirements. Personnel Expenses were directly impacted by the expansion of the product portfolio, notably in the Investment Bank s areas, requirements of the Brazilian Payment System (SPB) and for the bill collection service. Administrative Expenses were impacted mainly by the increase in recorded commissions from payroll-deductible loans, deferred over the transaction period, a factor directly related to the significant and constant expansion of this portfolio with medium- and long-term duration, these commission expenses represented 30% of the operating expenses, compared with 10% in the previous period, with a trend to stabilization due to the natural adequacy of the portfolio growth rate. Excluding the commissions line, the Other Administrative Expenses remained stable in the two periods, as a result of the strict cost control policy, even though important investments were made in technology for implementation of the Commercial Bank and the SPB and the development of the credit card platform, as well as the increase in the marketing investments for the expansion of the product portfolio. 14

Earnings Release 1s14

Earnings Release 1s14 Earnings Release 1s14 1 Belo Horizonte, 26 de agosto de 2014 O Banco Bonsucesso S.A. ( Banco Bonsucesso, Bonsucesso ou Banco ), Banco múltiplo, de capital privado, com atuação em todo o território brasileiro

Leia mais

RELATÓRIO FINANCEIRO FINANCIAL STATEMENTS. Relatório Financeiro Financial Statements. www.goldeletra.org.br

RELATÓRIO FINANCEIRO FINANCIAL STATEMENTS. Relatório Financeiro Financial Statements. www.goldeletra.org.br RELATÓRIO FINANCEIRO FINANCIAL STATEMENTS 1 Relatório Financeiro Financial Statements www.goldeletra.org.br Relatório Financeiro Financial Statements www.goldeletra.org.br RELATÓRIO FINANCEIRO FINANCIAL

Leia mais

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico 106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico B.7.1.1 Taxas de juro sobre novas operações de empréstimos (1) concedidos por instituições financeiras monetárias a residentes na área do euro (a) Interest rates

Leia mais

GERDAU. 1 o Trim. 2001

GERDAU. 1 o Trim. 2001 GERDAU Informações Relevantes 2 o Trimestre de Senhores Acionistas: O ano de iniciou-se movido pelo bom desempenho econômico brasileiro do ano anterior: forte crescimento industrial, inflação sob controle,

Leia mais

www.panamericano.com.br

www.panamericano.com.br www.panamericano.com.br Agenda Principais dados do Banco Histórico Divulgação das Demonstrações Financeiras Resultado e Balanço Providências e Perspectivas 2 Agenda Principais dados do Banco 3 Composição

Leia mais

RELATÓRIO / REPORT. 1º semestre. 1 st Half 2013

RELATÓRIO / REPORT. 1º semestre. 1 st Half 2013 RELATÓRIO / REPORT 1º semestre 1 st Half 2013 ÍNDICE / INDEX 03 Apresentação / introduction 04 INDICADORES 1S13 / 2Q13 INDICATORS 10 RELATÓRIO DE BALANÇO / BALANCE REPORT 10 RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Release de Resultado 2T14

Release de Resultado 2T14 BANCO BMG ANUNCIA SEUS RESULTADOS CONSOLIDADOS DO 2T14 São Paulo, 07 de agosto de 2014 O Banco BMG S.A. e suas controladas ( BMG ou Banco ) divulgam seus resultados consolidados referentes ao período encerrado

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO 4Q08 Results Conference Call Friday: March 13, 2008 Time: 12:00 p.m (Brazil) 11:00 a.m (US EDT) Phone: +1 (888) 700.0802 (USA) +1 (786) 924.6977 (other countries)

Leia mais

Demonstrações Financeiras Ático Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.

Demonstrações Financeiras Ático Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. Demonstrações Financeiras Ático Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. com Relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Financeiras Demonstrações financeiras Índice Relatório

Leia mais

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements 05. Demonstrações Financeiras Financial Statements Demonstrações Financeiras Financial Statements 060 Balanços em 31 de Dezembro de 2007 e 2006 Balance at 31 December 2007 and 2006 Activo Assets 2007 2006

Leia mais

Senhores Acionistas: FATURAMENTO CRESCE 47% E SUPERA A MARCA DOS R$ 4 BILHÕES

Senhores Acionistas: FATURAMENTO CRESCE 47% E SUPERA A MARCA DOS R$ 4 BILHÕES Senhores Acionistas: Após sofrer o impacto causado pela desvalorização da moeda brasileira no início de 1999, a economia do País, de um modo geral, mostrou resultados bastante positivos no encerramento

Leia mais

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015

Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Divulgação de Resultados Segundo Trimestre de 2015 Apresentação da Teleconferência 06 de agosto de 2015 Para informações adicionais, favor ler cuidadosamente o aviso ao final desta apresentação. Divulgação

Leia mais

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements 05. Demonstrações Financeiras Financial Statements Demonstrações Financeiras Financial Statements 068 Balanços em 31 de Dezembro de 2008 e 2007 Balance at 31 December 2008 and 2007 Activo Assets 2008 2007

Leia mais

1. THE ANGOLAN ECONOMY

1. THE ANGOLAN ECONOMY BPC IN BRIEF ÍNDICE 1. THE ANGOLAN ECONOMY 2. EVOLUTION OF THE BANK SECTOR 3. SHAREHOLDERS 4. BPC MARKET RANKING 5. FINANCIAL INDICATORES 6. PROJECTS FINANCE 7. GERMAN CORRESPONDENTS 1. THE ANGOLAN ECONOMY

Leia mais

ÍNDICE BANCO IBI S.A. BANCO MÚLTIPLO

ÍNDICE BANCO IBI S.A. BANCO MÚLTIPLO ÍNDICE BANCO IBI S.A. BANCO MÚLTIPLO Relatório da Administração 3 Balanços Patrimoniais 3 Demonstração de Resultados 4 Demonstração das Mutações 5 Demonstração das Origens 5 Notas Explicativas 6 Diretoria

Leia mais

COSEC. Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio

COSEC. Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio COSEC 8 de Agosto de 2011 Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio Roberto Giannetti da Fonseca Diretor Titular Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior Mitos e Mistérios do Mercado

Leia mais

Demonstrações financeiras em IFRS 31 de dezembro de 2012

Demonstrações financeiras em IFRS 31 de dezembro de 2012 KPMG Auditores Independentes Fevereiro de 2013 KPDS 52109 Conteudo Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras 3 Balanços patrimoniais consolidados 5 Demonstrações de resultados

Leia mais

RELATÓRIO SEMESTRAL RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO

RELATÓRIO SEMESTRAL RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO BALANÇO 213/2 RELATÓRIO SEMESTRAL RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO As incertezas do mercado econômico brasileiro no primeiro semestre de 213 jogaram para baixo as projeções do Produto Interno Bruto (PIB) e elevaram

Leia mais

Administração de Capital de Giro e Planejamento a Curto Prazo. Chapter Outline

Administração de Capital de Giro e Planejamento a Curto Prazo. Chapter Outline 26-0 Universidade Federal de Itajubá Instituto de Engenharia de Produção e Gestão Curso de Finanças Corporativas Prof. Edson Pamplona (www.iem.efei.br/edson) CAPÍTULO 27 Administração de Capital de Giro

Leia mais

Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2013 e 2012

Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2013 e 2012 Ourinvest Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2013 e 2012 KPDS 82388 Ourinvest Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A. Demonstrações

Leia mais

Demonstrações Contábeis Consolidadas em IFRS 31 de dezembro de 2012

Demonstrações Contábeis Consolidadas em IFRS 31 de dezembro de 2012 Demonstrações Contábeis Consolidadas em IFRS 31 de dezembro de 2012 RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES Aos Acionistas e Administradores do Banco Daycoval S.A. São Paulo - SP Examinamos as demonstrações

Leia mais

OFFICE. Office Background

OFFICE. Office Background OFFICE Office Background Since it was founded in 2001, steady growth has been registered by the office in the Brazilian market of corporate law, a field in which our services are exemplary. The consolidation

Leia mais

Instituto Ling. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2013 e 2012

Instituto Ling. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2013 e 2012 em 31 de dezembro de 2013 e 2012. em 31 de dezembro de 2013 e 2012 Conteúdo Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras 3 Balanços patrimoniais 5 Demonstrações de superávit

Leia mais

31 de dezembro de 2014 com Relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Financeiras

31 de dezembro de 2014 com Relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Monetar Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. (Anteriormente denominada Sommar Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda) 31 de dezembro de 2014 com Relatório

Leia mais

Associação Saúde Criança São Paulo Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras 31 de dezembro de 2013

Associação Saúde Criança São Paulo Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras 31 de dezembro de 2013 Associação Saúde Criança São Paulo Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras 31 de dezembro de 2013 Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras

Leia mais

Circular nº 3477. Total de Créditos Tributários Decorrentes de Diferenças Temporárias Líquidos de Obrigações Fiscais 111.94.02.01.

Circular nº 3477. Total de Créditos Tributários Decorrentes de Diferenças Temporárias Líquidos de Obrigações Fiscais 111.94.02.01. Detalhamento do patrimônio de referência (PR) : 100 110 111 111.01 111.02 111.03 111.04 111.05 111.06 111.07 111.08 111.90 111.90.01 111.91 111.91.01 111.91.02 111.91.03 111.91.04 111.91.05 111.91.06 111.91.07

Leia mais

Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2014 e 2013

Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2014 e 2013 KPDS 110896 Conteúdo Relatório da Administração 3 Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras 4 Balanços patrimoniais 6 Demonstrações de resultados 7 Demonstrações das mutações

Leia mais

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies)

Types of Investments: Equity (9 companies) Convertible Notes (10 companies) IMPACT INVESTING WE STARTED... A Venture Capital Fund Focused on Impact Investing Suport: Financial TA Criterias to select a company: Social Impact Profitabilty Scalability Investment Thesis (Ed, HC,

Leia mais

ING. Demonstrações Financeiras

ING. Demonstrações Financeiras ING Demonstrações Financeiras 30/junho/2002 ÍNDICE ING BANK N.V. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS SEMESTRAIS DE 2002 E 2001... 3 ING CORRETORA DE CÂMBIO E TÍTULOS S.A. DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS SEMESTRAIS DE

Leia mais

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 A SAP continua a demonstrar um forte crescimento das suas margens, aumentando a previsão, para o ano de 2009, referente à sua margem operacional Non-GAAP

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

Instituto Ling. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2010 e 2009

Instituto Ling. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2010 e 2009 Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2010 e 2009 Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2010 e 2009 Conteúdo Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras 3-4

Leia mais

BANCO INDUSTRIAL DO BRASIL S.A.

BANCO INDUSTRIAL DO BRASIL S.A. BI Monitoramento de Rating A LFRating comunica ao Banco Industrial S.A. e ao mercado que, em reunião de Comitê realizada no dia 6 de agosto de 2008, foi confirmada a nota A+ atribuída ao referido banco

Leia mais

Demonstrações financeiras em 31 de maio de 2013 e 2012

Demonstrações financeiras em 31 de maio de 2013 e 2012 Bradesco Private Fundo de Investimento em CNPJ nº 06.190.203/0001-74 (Administrado pela BEM - Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.) KPDS 65521 Conteúdo Bradesco Private Fundo de Investimento

Leia mais

MOORE STEPHENS AUDITORES E CONSULTORES

MOORE STEPHENS AUDITORES E CONSULTORES DURATEX COMERCIAL EXPORTADORA S.A. AVALIAÇÃO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO CONTÁBIL APURADO POR MEIO DOS LIVROS CONTÁBEIS EM 31 DE AGOSTO DE 2015 Escritório Central: Rua Laplace, 96-10 andar - Brooklin - CEP 04622-000

Leia mais

HENCORP COMMCOR DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. Parecer dos auditores independentes

HENCORP COMMCOR DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. Parecer dos auditores independentes HENCORP COMMCOR DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. Parecer dos auditores independentes Demonstrações contábeis Em 31 de dezembro de 2009 e 2008 HENCORP COMMCOR DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS

Leia mais

Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2011 e 2010

Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2011 e 2010 Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2011 e 2010 KPMG Assurance Services Ltda. Agosto de 2012 KPDS 41367 Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2011 e 2010 Conteúdo Relatório dos auditores

Leia mais

PATACÃO DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA.

PATACÃO DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. 1. CONTEXTO OPERACIONAL A Patacão Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. ( Distribuidora ) tem como objetivo atuar no mercado de títulos e valores mobiliários em seu nome ou em nome de terceiros.

Leia mais

Ilmos. Senhores - Diretores e Acionistas da LINK S/A CORRETORA DE CÂMBIO, TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS

Ilmos. Senhores - Diretores e Acionistas da LINK S/A CORRETORA DE CÂMBIO, TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS A-PDF MERGER DEMO PARECER DOS AUDITORES INDEPENDENTES São Paulo,04 de agosto de 2006. Ilmos. Senhores - es e Acionistas da LINK S/A CORRETORA DE CÂMBIO, TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS 1. Examinamos os balanços

Leia mais

Demonstrações financeiras em 30 de junho de 2014 e de 2013 KPDS 94669

Demonstrações financeiras em 30 de junho de 2014 e de 2013 KPDS 94669 Ágora Bolsa Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Ações CNPJ nº 08.909.429/0001-08 (Administrado pela BEM Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.) Demonstrações financeiras

Leia mais

Demonstrações financeiras em 31 de agosto de 2014 e de 2013 KPDS 97640

Demonstrações financeiras em 31 de agosto de 2014 e de 2013 KPDS 97640 Gávea Apoena Plus Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento CNPJ nº 08.893.093/0001-32 (Administrado pela BEM - Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.) Demonstrações financeiras

Leia mais

Demonstrações financeiras em 30 de junho de 2015 e de 2014

Demonstrações financeiras em 30 de junho de 2015 e de 2014 Ibiuna Equities Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento em Ações CNPJ nº 13.401.715/0001-06 (Administrado pela BEM - Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.) Demonstrações

Leia mais

Demonstrações Financeiras HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Curto Prazo II CNPJ: 04.823.561/0001-41

Demonstrações Financeiras HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Curto Prazo II CNPJ: 04.823.561/0001-41 Demonstrações Financeiras HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento (Administrado pelo HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo - 31 de março de 2011 e 2010 com relatório dos auditores

Leia mais

Preço de Transferência Fund Tranfer Pricing (FTP)

Preço de Transferência Fund Tranfer Pricing (FTP) Preço de Transferência Fund Tranfer Pricing (FTP) 1º Congresso Internacional de Gestão de Riscos 19 a 21 de outubro de 2001 FEBRABAN Agenda Objetivo Visão Geral Análise e Validação Áreas Contexto do Processo

Leia mais

Demonstrações Financeiras HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Referenciado DI Longo Prazo Empresa CNPJ: 04.044.

Demonstrações Financeiras HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Referenciado DI Longo Prazo Empresa CNPJ: 04.044. Demonstrações Financeiras HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Referenciado DI Longo Prazo Empresa (Administrado pelo HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo - 30 de junho de 2011

Leia mais

Demonstrações financeiras em 30 de junho de 2015 e 2014

Demonstrações financeiras em 30 de junho de 2015 e 2014 MSB Bank S.A. Banco de Câmbio KPDS 125950 MSB Bank S.A. Banco de Câmbio Conteúdo Relatório da Administração 3 Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras 4 Balanços patrimoniais

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS DO JARDIM BOTÂNICO DO RIO DE JANEIRO

ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS DO JARDIM BOTÂNICO DO RIO DE JANEIRO ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS DO JARDIM BOTÂNICO DO RIO DE JANEIRO DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2014 E 2013 ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS DO JARDIM BOTÂNICO DO RIO DE JANEIRO Demonstrações Contábeis Em 31

Leia mais

Demonstrações Financeiras HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Referenciado DI Longo Prazo Grupos CNPJ: 03.706.

Demonstrações Financeiras HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento Referenciado DI Longo Prazo Grupos CNPJ: 03.706. Demonstrações Financeiras HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento (Administrado pelo HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo 31 de março de 2011 e 2010 com relatório dos auditores

Leia mais

Banco Luso Brasileiro S.A. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2012 e relatório dos auditores independentes

Banco Luso Brasileiro S.A. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2012 e relatório dos auditores independentes Banco Luso Brasileiro S.A. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2012 e relatório dos auditores independentes RELATÓRIO da ADMINISTRAÇÃO - 2012 SENHORES ACIONISTAS A Administração do Banco Luso

Leia mais

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012(Em Milhares de Reais) ATIVO Nota 31/12/2013 31/12/2012

BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012(Em Milhares de Reais) ATIVO Nota 31/12/2013 31/12/2012 BALANÇOS PATRIMONIAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012(Em Milhares de Reais) ATIVO Nota 31/12/2013 31/12/2012 CIRCULANTE 67.424 76.165 DISPONIBILIDADES 4 5.328 312 TITULOS E VALORES MOBILIÁRIOS E INTRUMENTOS

Leia mais

Demonstrações Financeiras Consolidadas em IFRS. 31 de dezembro de 2013 e de 2012.

Demonstrações Financeiras Consolidadas em IFRS. 31 de dezembro de 2013 e de 2012. Demonstrações Financeiras Consolidadas em IFRS 31 de dezembro de 2013 e de 2012. 1 Índice Balanço Patrimonial...3 Demonstração dos resultados dos exercícios...4 Demonstração das mutações do patrimônio

Leia mais

Parte 1 Part 1. Mercado das Comunicações. na Economia Nacional (2006-2010)

Parte 1 Part 1. Mercado das Comunicações. na Economia Nacional (2006-2010) Parte 1 Part 1 Mercado das Comunicações na Economia Nacional (2006-2010) Communications Market in National Economy (2006/2010) Parte 1 Mercado das Comunicações na Economia Nacional (2006-2010) / Part 1

Leia mais

Relatório da Administração Dommo 2014

Relatório da Administração Dommo 2014 Relatório da Administração Dommo 2014 A Administração da Dommo Empreendimentos Imobiliários S.A. apresenta o Relatório da Administração e as correspondentes Demonstrações Financeiras referentes aos exercícios

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras HSBC Fundo de Investimento em Cotas de Fundos de Investimento (Administrado pelo HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo - 30 de setembro de 2012 e 2011 com Relatório dos auditores

Leia mais

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - Encalso Participações em Concessões S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1

DFP - Demonstrações Financeiras Padronizadas - 31/12/2014 - Encalso Participações em Concessões S.A. Versão : 1. Composição do Capital 1 Índice Dados da Empresa Composição do Capital 1 DFs Individuais Balanço Patrimonial Ativo 2 Balanço Patrimonial Passivo 3 Demonstração do Resultado 4 Demonstração do Resultado Abrangente 5 Demonstração

Leia mais

Relatório dos Auditores Independentes... 3. Relatório do Comitê de Auditoria... 4. Demonstração Consolidada do Resultado... 5

Relatório dos Auditores Independentes... 3. Relatório do Comitê de Auditoria... 4. Demonstração Consolidada do Resultado... 5 Demonstrações Contábeis Consolidadas de acordo com as Normas internacionais de relatório financeiro (IFRS) emitidas pelo International Accounting Standards Board - IASB 2014 Bradesco 1 Sumário oação de

Leia mais

Banco BMG S.A Demonstrações financeiras consolidadas de acordo com as normas internacionais de relatórios financeiros (IFRS) em 31 de dezembro de

Banco BMG S.A Demonstrações financeiras consolidadas de acordo com as normas internacionais de relatórios financeiros (IFRS) em 31 de dezembro de Banco BMG S.A Demonstrações financeiras consolidadas de acordo com as normas internacionais de relatórios financeiros (IFRS) em de 2010 Relatório dos auditores independentes Aos Administradores e Acionistas

Leia mais

CONECT. PDD - Imparidade. II Congresso de Contabilidade e Tributos de Instituições Financeiras

CONECT. PDD - Imparidade. II Congresso de Contabilidade e Tributos de Instituições Financeiras AUDIT CONECT PDD - Imparidade II Congresso de Contabilidade e Tributos de Instituições Financeiras 26 de novembro de 2010 José Claudio Costa / Simon Fishley Introdução Comentários Gerais Práticas Contábeis

Leia mais

Relatório da Administração. 1º Semestre de 2015

Relatório da Administração. 1º Semestre de 2015 Relatório da Administração 1º Semestre de 2015 Sumário 1. Senhores Acionistas... 3 2. Banco Luso Brasileiro S.A.... 3 3. Estrutura Acionária... 3 4. Desempenho Operacional... 3 5. Destaques do Semestre...

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

Banco Fator S.A. Demonstrações Financeiras Consolidadas em IFRS

Banco Fator S.A. Demonstrações Financeiras Consolidadas em IFRS Banco Fator S.A. Demonstrações Financeiras Consolidadas em IFRS 31 de dezembro 2013 e 2012 BANCO FATOR S.A. BALANÇOS PATRIMONIAIS CONSOLIDADOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E DE 2012 (Valores expressos em

Leia mais

Divulgação de Resultados 1T14

Divulgação de Resultados 1T14 Divulgação de Resultados 1T14 A Tarpon Investimentos S.A. ( Tarpon ou Companhia ), por meio de suas subsidiárias, realiza a gestão de fundos e carteiras de investimentos em bolsa e private-equity ( Fundos

Leia mais

Gerenciamento de Riscos

Gerenciamento de Riscos Gerenciamento de Riscos 31 de março 2013 Informações Referentes ao Gerenciamento de Riscos, Patrimônio de Referência e Patrimônio de Referência Exigido 1. Considerações Iniciais 1.1. Todas as condições

Leia mais

RELEASE DE RESULTADOS

RELEASE DE RESULTADOS RELEASE DE RESULTADOS BANCO PAULISTA SOCOPA Corretora Resultados 4 Trimestre de 2011 1 O BANCO PAULISTA e a SOCOPA - CORRETORA PAULISTA anunciam os resultados do quarto trimestre de 2011. O BANCO PAULISTA

Leia mais

Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank. Depósitos com pré-aviso até 3 meses. equiparados até 2 anos (1)

Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank. Depósitos com pré-aviso até 3 meses. equiparados até 2 anos (1) B.0.1 AGREGADOS MONETÁRIOS DA ÁREA DO EURO (a) EURO AREA MONETARY AGGREGATES (a) Saldos em fim de mês End-of-month figures Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank M3 Circulação monetária

Leia mais

Banco Volkswagen S.A. Demonstrações financeiras consolidadas em 31 de dezembro de 2013 e relatório dos auditores independentes

Banco Volkswagen S.A. Demonstrações financeiras consolidadas em 31 de dezembro de 2013 e relatório dos auditores independentes Demonstrações financeiras consolidadas em 31 de dezembro de 2013 e relatório dos auditores independentes Relatório dos auditores independentes Aos administradores Banco Volkswagen S.A. Examinamos as demonstrações

Leia mais

Demonstrações Financeiras Consolidadas Banco Paulista S.A. 31 de dezembro de 2014 e 2013 com Parecer dos Auditores Independentes

Demonstrações Financeiras Consolidadas Banco Paulista S.A. 31 de dezembro de 2014 e 2013 com Parecer dos Auditores Independentes Demonstrações Financeiras Consolidadas Banco Paulista S.A. com Parecer dos Auditores Independentes Demonstrações financeiras consolidadas em IFRS Índice Geral Parecer dos auditores independentes... 1 Demonstrações

Leia mais

Banco Caterpillar S.A. Rua Alexandre Dumas, 1711 - Edifício Birmann 11-9º andar Setor 2 - São Paulo - SP CNPJ: 02.658.435/0001-53

Banco Caterpillar S.A. Rua Alexandre Dumas, 1711 - Edifício Birmann 11-9º andar Setor 2 - São Paulo - SP CNPJ: 02.658.435/0001-53 Rua Alexandre Dumas, 1711 - Edifício Birmann 11-9º andar Setor 2 - São Paulo - SP CNPJ: 02.658.435/0001-53 Balanço Patrimonial - Conglomerado Prudencial em 30 de Junho ATIVO 2014 CIRCULANTE 1.893.224 Disponibilidades

Leia mais

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship

and work, with work having a multiplication factor double). Relacionamento Comercial Internacional International Commercial Relationship Sucesso é a união de três elementos: confiança, reciprocidade e trabalho, tendo o trabalho um fator duplo de multiplicação (success is basically the union of three elements: trust, reciprocity and work,

Leia mais

JSL Arrendamento Mercantil S/A.

JSL Arrendamento Mercantil S/A. JSL Arrendamento Mercantil S/A. Relatório de Gerenciamento de Riscos 2º Trimestre de 2015 JSL Arrendamento Mercantil S/A Introdução A JSL Arrendamento Mercantil S/A. (Companhia) se preocupa com a manutenção

Leia mais

Cresol Triunfo Flores

Cresol Triunfo Flores Cresol Triunfo Flores Relatório da Administração 1. Identidade organizacional Missão: Fortalecer e estimular a interação solidária entre agricultores e cooperativas através do crédito orientado e da educação

Leia mais

Release de Resultado 4T14

Release de Resultado 4T14 BANCO BMG ANUNCIA SEUS RESULTADOS CONSOLIDADOS DO 4T14 São Paulo, 12 de fevereiro de 2015 O Banco BMG S.A. e suas controladas ( BMG ou Banco ) divulgam seus resultados consolidados referentes ao período

Leia mais

Graal Investimentos S.A. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2011 (em fase pré-operacional)

Graal Investimentos S.A. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2011 (em fase pré-operacional) Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2011 (em fase pré-operacional) Demonstrações financeiras Período de 10 de agosto de 2011 (data de constituição da Companhia) a 31 de dezembro de 2011 (em

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Banrisul Automático Fundo de Investimento Curto Prazo e 2013 com Relatório dos Auditores Independentes sobre as demonstrações financeiras Demonstrações financeiras e 2013 Índice

Leia mais

Palavras-chave: provisão para créditos de liquidação duvidosa; nível de risco; classificação de devedores; apropriação de receita.

Palavras-chave: provisão para créditos de liquidação duvidosa; nível de risco; classificação de devedores; apropriação de receita. Constituição da provisão para créditos de liquidação duvidosa de bancos e demais instituições financeiras principais alterações introduzidas pelo Conselho Monetário Nacional e o efeito nas demonstrações

Leia mais

QUESTÕES PARA A PROVA ESPECÍFICA PARA ATUAÇÃO NA ÁREA DE AUDITORIA NAS INSTITUIÇÕES REGULADAS PELO BANCO CENTRAL DO BRASIL (BACEN)

QUESTÕES PARA A PROVA ESPECÍFICA PARA ATUAÇÃO NA ÁREA DE AUDITORIA NAS INSTITUIÇÕES REGULADAS PELO BANCO CENTRAL DO BRASIL (BACEN) QUESTÕES PARA A PROVA ESPECÍFICA PARA ATUAÇÃO NA ÁREA DE AUDITORIA NAS INSTITUIÇÕES REGULADAS PELO BANCO CENTRAL DO BRASIL (BACEN) 1. As normas e os procedimentos, bem como as Demonstrações Contábeis padronizadas

Leia mais

Conference Call 2Q13 and 1H13 Results

Conference Call 2Q13 and 1H13 Results Conference Call 2Q13 and 1H13 Results 2 Performance in the Negócios Internacionais Negócios domestic Nacionais and USA,Europa e international markets Exportações Márcio Utsch Net Revenue 3 Net revenue

Leia mais

Demonstrações Contábeis preparadas de Acordo com Práticas Contábeis Adotadas no Brasil - Para fins específicos

Demonstrações Contábeis preparadas de Acordo com Práticas Contábeis Adotadas no Brasil - Para fins específicos Demonstrações Contábeis preparadas de Acordo com Práticas Contábeis Adotadas no Brasil - Para fins específicos Conglomerado Prudencial do Banco Original S.A 30 de Junho de 2015 ÍNDICE DAS DEMONSTRAÇÕES

Leia mais

Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Vale do Rio Doce (C.N.P.J. nº 04.890.401/0001-15) (Administrado pelo Banco J. Safra S.A.

Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Vale do Rio Doce (C.N.P.J. nº 04.890.401/0001-15) (Administrado pelo Banco J. Safra S.A. Safra Fundo Mútuo de Privatização - FGTS Vale do Rio Doce (Administrado pelo Banco J. Safra S.A.) Demonstrações Financeiras em 30 de setembro de 2015 e relatório dos auditores independentes Relatório dos

Leia mais

Demonstrações financeiras consolidadas em IFRS Banco Cooperativo Sicredi S.A. e Empresas Controladas

Demonstrações financeiras consolidadas em IFRS Banco Cooperativo Sicredi S.A. e Empresas Controladas Demonstrações financeiras consolidadas em IFRS Banco Cooperativo Sicredi S.A. e Empresas Controladas Com Relatório dos Auditores Independentes Demonstrações financeiras consolidadas Conteúdo Relatório

Leia mais

1. CONTEXTO OPERACIONAL

1. CONTEXTO OPERACIONAL 1. CONTEXTO OPERACIONAL O Banco Gerador S.A. ( Banco ), cujas atividades operacionais da carteira de empréstimos foram iniciadas em 23 de março de 2009, foi constituído sob a forma de sociedade anônima

Leia mais

Governação Novo Código e Exigências da Função Auditoria

Governação Novo Código e Exigências da Função Auditoria Novo Código e Exigências da Função Auditoria Fórum de Auditoria Interna - IPAI 19 de Junho de 2014 Direito societário e auditoria interna fontes legais 1. CSC artigo 420,º, n.º 1, i) - fiscalizar a eficácia

Leia mais

COOPERACS - SP. Demonstrações Contábeis Referentes aos exercícios findos em 31 de dezembro de 2010 e de 2009 e Relatório de Auditoria

COOPERACS - SP. Demonstrações Contábeis Referentes aos exercícios findos em 31 de dezembro de 2010 e de 2009 e Relatório de Auditoria COOPERACS - SP Demonstrações Contábeis Referentes aos exercícios findos em 31 de dezembro de 2010 e de 2009 e Relatório de Auditoria Confederação Nacional de Auditoria Cooperativa - Cnac São Paulo, 11

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Banrisul Extra Fundo de Investimento Renda Fixa (Administrado pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. - e 2011 Com Relatório dos Auditores Independentes Demonstrações financeiras

Leia mais

ABCD. Banco Nossa Caixa S.A. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil

ABCD. Banco Nossa Caixa S.A. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil ABCD Banco Nossa Caixa S.A. Laudo de avaliação do patrimônio líquido contábil ABCD KPMG Auditores Independentes R. Dr. Renato Paes de Barros, 33 04530-904 - São Paulo, SP - Brasil Caixa Postal 2467 01060-970

Leia mais

Demonstrações Financeiras Ático Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.

Demonstrações Financeiras Ático Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. Demonstrações Financeiras Ático Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. com Relatório dos Auditores Independentes sobre as Demonstrações Financeiras Demonstrações financeiras Índice Relatório

Leia mais

UBIQUITOUS COLLABORATION. http://www.trprocess.com

UBIQUITOUS COLLABORATION. http://www.trprocess.com UBIQUITOUS COLLABORATION http://www.trprocess.com Our Company TR PROCESS SMART PROCESS EXPERTS A expressão Smart Process Application, como utilizamos hoje, foi definida e utilizada em seus relatórios pelos

Leia mais

Demonstrações Financeiras em 31 de Dezembro de 2012 e 2011 Acompanhadas do Relatório dos Auditores Independentes

Demonstrações Financeiras em 31 de Dezembro de 2012 e 2011 Acompanhadas do Relatório dos Auditores Independentes Demonstrações Financeiras em 31 de Dezembro de 2012 e 2011 Acompanhadas do Relatório dos Auditores Independentes 1 Relatório da Administração BBM S.A. Cenário Macroeconômico O segundo semestre de 2012

Leia mais

HTL SP Participações S.A. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2013 e relatório dos auditores independentes

HTL SP Participações S.A. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2013 e relatório dos auditores independentes Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2013 e relatório dos auditores independentes Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras Aos Administradores e Acionistas HTL

Leia mais

As Novas Formas de Financiamento da Economia

As Novas Formas de Financiamento da Economia As Novas Formas de Financiamento da Economia Francisco Fonseca Vice-Presidente ANJE 2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS - LISBOA O que são? Formas alternativas de financiamento incluem

Leia mais

MÁXIMA S/A. CORRETORA DE CÂMBIO, TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2014

MÁXIMA S/A. CORRETORA DE CÂMBIO, TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS. Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2014 MÁXIMA S/A. CORRETORA DE CÂMBIO, TÍTULOS E VALORES Demonstrações financeiras em 31 de dezembro de 2014 Crowe Horwath Bendoraytes & Cia. Member of Crowe Horwath International Avenida das Américas, 4200

Leia mais

Demonstrações Financeiras Magazine Luiza S.A.

Demonstrações Financeiras Magazine Luiza S.A. Demonstrações Financeiras Magazine Luiza S.A. e 2013 com Relatório dos Auditores Independentes Demonstrações financeiras Índice Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras...

Leia mais

Deutsche Bank S.A. - Banco Alemão. Demonstrações financeiras Consolidadas em IFRS em 31 de dezembro de 2012 e 2011

Deutsche Bank S.A. - Banco Alemão. Demonstrações financeiras Consolidadas em IFRS em 31 de dezembro de 2012 e 2011 Deutsche Bank S.A. - Banco Alemão Demonstrações financeiras Consolidadas em IFRS em 31 de dezembro de 2012 e 2011 Deutsche Bank S.A. - Banco Alemão Notas explicativas às demonstrações financeiras consolidadas

Leia mais

Demonstrações contábeis consolidadas do Conglomerado Prudencial em 31 de dezembro de 2014

Demonstrações contábeis consolidadas do Conglomerado Prudencial em 31 de dezembro de 2014 BES Investimento do Brasil S.A. - Banco de Investimento Demonstrações contábeis consolidadas do Conglomerado Prudencial em 31 de dezembro de 2014 KPDS 123587 Conteúdo Relatório da administração 3 Relatório

Leia mais

ANEND AUDITORES INDEPENDENTES S/C

ANEND AUDITORES INDEPENDENTES S/C A DD. DIRETORIA DO SOLIDÁRIA - CRESOL BASER Rua Nossa Senhora da Glória, 52ª - Cango Francisco Beltão - PR CNPJ: 01.401.771/0001-53 Balanço Patrimonial e Demonstração de Sobras ou Perdas consolidadas do

Leia mais

Demonstrações Financeiras

Demonstrações Financeiras Demonstrações Financeiras Exercícios Findos em 31 de Dezembro de 2009 e 31 de Dezembro de 2008 Conteúdo Relatório da Administração Balanço Patrimonial Demonstração do Resultado Demonstrações das Mutações

Leia mais