Agenda de Ações Transversais Ano APL AUDIOVISUAL no ambiente do APL antes de sua constituição - FINAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Agenda de Ações Transversais Ano 0-2012 - APL AUDIOVISUAL no ambiente do APL antes de sua constituição - FINAL"

Transcrição

1 Graduação em Produção / e Vídeo Objetiva formação profissional tecnológica - (51) / Contínua - Início do curso: Março de Formar profissionais tecnicamente capacitados para atuarem no conjunto de atividades essenciais à realização de obras audiovisuais, a partir dos suportes cinematográfico e videográfico; Fornecer as bases teóricas e práticas necessárias à compreensão do mercado, considerando as suas especificidades artísticas e técnicas, o histórico do seu desenvolvimento; as suas interseções com diferentes linguagens e mídias; as competências exigidas e as possíveis formas de interferência neste mercado; Qualificar - técnica e culturalmente - os iniciantes neste setor de atividade, facilitando as condições de inserção no mercado profissional em níveis regional, nacional ou internacional. Ao mesmo tempo, oferecer esta qualificação a profissionais já atuantes no mercado, como atualização. 30 alunos formados em Total de formandos desde o início do curso: 298 formandos Curso em andamento Formação Profissional Formação de profissionais capacitados para atuar na área Graduação em Realização Escola de Criação ESPM Cursos de Extensão Pós-Graduação em Televisão e Convergência Digital Site de formação a distância AnimaEdu Curso Pós-produção : módulo montagem Curso Director`s Craft: criação, produção e realização cinematográfica. Formação Profissional Oferecer a cada semestre novos cursos de extensão dedicados as áreas da Comunicação e. Qualifica profissionais de comunicação para melhor atuarem em televisão e mídias digitais. Oferece uma visão estratégica sobre gestão, processos de produção, distribuição e programação em TV digital e conteúdos audiovisuais convergentes. Formação de recursos humanos para a área da animação Apresentar uma série de conteúdos extremamente relevantes para a fundamentação teórica de montadores em formação e proporcionar um ambiente de troca de conhecimento técnico entre alunos e profissionais já reconhecidos pela excelência de seu trabalho no meio cinematográfico e publicitário. O curso apresenta os métodos de criação e produção usados na indústria de cinema de Hollywood e mostra como os processos e padrões americanos possibilitam construir e contar histórias. As aulas proporcionam ao aluno uma visão ampla sobre todos os papéis do diretor, desde a fase de pré-produção até o produto final UNISINOS UNISINOS Otto Desenhos Animados ESPM - SUL ESPM - SUL UNISINOS - (51) / s.br - (51) / UNISINOS - (51) / s.br Otto Desenhos Animados - (51) / s. Renê Goellner / Renê Goellner / Contínua - UNISINOS Contínua Valores não divulgados Contínua - UNISINOS Contínua R$ ,00 O curso ocorreu de setembro a novembro de : duração total de 2 meses. O curso ocorreu de junho a final de setembro de : duração total de 4 meses Através da Lei Rouanet Patrocínio:Infraero R$ 8.000,00 ESPM R$ ,00 ESPM Formar profissionais com capacidade reflexiva, habilitados para o exercício crítico de suas diversas funções, bem como, subsidiariamente, para a crítica e a pesquisa da produção cinematográfica e. Oferecer a cada semestre novos cursos de extensão dedicados as áreas da Comunicação e. qqualificar profissionais de comunicação para melhor atuarem nas áreas de televisão e mídias digitais, oferecendo uma visão estratégica sobre gestão, processos de produção, distribuição e programação em TV digital de conteúdos audiovisuais convergentes Formação de recursos humanos para a área da animação Apresentar uma série de conteúdos extremamente relevantes para a fundamentação teórica de montadores em formação e proporcionar um ambiente de troca de conhecimento técnico entre alunos e profissionais já reconhecidos pela excelência de seu trabalho no meio cinematográfico e publicitário. O curso apresenta os métodos de criação e produção usados na indústria de cinema de Hollywood e mostra como os processos e padrões americanos possibilitam construir e contar histórias. As aulas proporcionam ao aluno uma visão ampla sobre todos os papéis do diretor, desde a fase de pré-produção até o produto final Alunos formados em : 14 2 cursos s em : - Assistência de Direção e Continuidade -Captação em Som Direto Alunos formados em : 17 (1ª turma concluída) 58 alunos formados em 10 Alunos matriculados 10 Alunos matriculados Alunos formados até : 162 em 7 turmas Em andamento Realizado Previsão de mais de 19 engressos na turma atual (-2013) Em andamento. site no ar Página 1

2 Exibição de Filmes /Formação de Público Circulação do produto Projeto Meu 1º filme Festival Internacional de Fantastico de Porto Alegre Festival Santa Maria Vídeo e Fase 1: Criação e produção das 3 plataformas de ensino (dvd, livro, hotsite) Fase 2: Realização de Capacitação para professores as rede de ensino público do Rio Grande do Sul Trazer filmes de gênero expecífico, nacionais e internacionais Seleção de Filmes Festival de Verão do RS de Internacional 11º Festival de Vídeo Estudantil e Mostra de - 11º Festival de Vídeo Estudantil e Mostra de Atividades preparatórias: Nas escolas (mostras, exibições, palestras, oficinas de vídeo), Guaíba, Museu do e Cineclube Mostras do Festival de Verão RS de Internacional e do Dia Internacional de Animação Estimular o ensino das artes através do cinema, com integração das disciplinas do currículo escolar. Promover um projeto didático cinematográfico nas escolas, aproveitando a oportunidade para incentivar a inserção de comunidades carentes no crescente mercado. Estimular o ensino das artes através do cinema, com integração das disciplinas do currículo escolar. (Ensino Médio) Promover um projeto didático cinematográfico nas escolas, aproveitando a oportunidade para incentivar a inserção de comunidades carentes no crescente mercado. Festival Internacional de Fantastico de Porto Alegre Mostra Babelsberg Anos de Alemão Trazer filmes que não entraram no circuito de comercial Promover estreias, mostras temáticas e convidados. Trazer filmes de fora do circuito comercial Democratizar o acesso do público ao, principalmente nacional Promover a cultura na cidade de Gaíba e estimular a cultura para o publico estudantil FantasPOA FantasPOA Panda Filmes Ltda. Panda Filmes Ltda. Santa Maria Vídeo e SMVC - o. / (55) (55) Guaíba Guaíba Guaíba / Festival de Verão RS de Internacional / Dia Internacional de Animação Fase 1: Criação e produção das 3 plataformas de ensino (dvd, livro, hotsite) - de dez a julh.. Fase 2: capacitação dos professores,distribuição dos livros e gerenciamento do hotsite; de de ago. a dez. de. Ocorreram nos dias: 29 de setembro, 27 de outubro e 02 de dezembro de Através da Lei de Incentivo a Cultura Patrocínio: Santander Através da Lei de Incentivo a Cultura Patrocínio: Santander FantasPOA -(51) / De 4 a 20 de Maio de R$ ,00 Através da Lei Rouanet: Correios e Petrobras.com FantasPOA -(51) / Panda Filmes - (51) / om.br De 25 de Agosto a 02 de Setembro De 22 a 19 de Novembro de Panda Filmes - (51) / De 8 a 15 de Maio de rs. De 05 a 10 de Dezembro de de 4 a 10 de novembro de De Março a Outubro Festival de Verão - Março / Diz Internacional da Animação - Outubro R$ ,00 R$ R$ , ,00 R$ ,94 (R$ ,00 - Recursos Próprios da Produtora / R$ ,94 - Edital Petrobrás Cultura)l De ,00 a ,00 R$ ,00 Previsto no valor total do Festival Previsto no valor total do Festival Cine Santander, ACCIRS (Associação de Críticos de do RS), Instituto Goethe de Porto Alegre e Produtores do FantasPOA. Através da Lei Rouanet Patrocínio: Rede Zaffari Bourbon Panda Filmes e Através da Lei de Incentivo a Cultura Patrocínio: Petrobras/Sbardecar Lei Rouanet e LIC_SM Contribuir para uma melhor compreensão da teoria e da prática do cinema, o que pode despertar novos talentos e incentivar carreiras nos mercados da TV, do cinema e da internet aplicar o projeto em suas escolas, incentivando a produção de filmes entre estudantes Manter o número de dias, sessões e filmes do Festival e aumentar 10% do público a cada edição A cada ano trazer uma, ou mais, Mostra temática. Atingir 20 filmes exibidos e a realização da ação em 8 dias, como planejado na Lei de Incentivo Promover estreias, mostras temáticas e convidados. Trazer filmes de fora do circuito comercial Exibir mostras conpetitivas e não competitivas, oficinas, palestras, sessões cineclubistas, seminários e reuniões. A cada ano atingir mais cidades da região. Busca sensibilizar os aluno e professores a fazerem vídeos e enviarem ao festival. Realizar mostra do Festival de Verão RS de Internacional e do Dia Internacional de Animação na cidade de Guaíba durante o período destes festivais. Distribuição gratuíta de 7 mil livros, 3 mil dvds. E alunos beneficiados dos esta distribuição 240 professores capacitados espectadores Aproximadamento espectadores em espectadoresnas sessões de cinema e 328 em sessões comentadas com debate somente de espectadores e 430 participantes de aulas magnas e workshops Cerca de expectadores a cada edição. Ocorre a 11 anos. 5 mil durante a semana do Festival 4 a 5 mil pessoas em Gaíba e na região Mais de espectadores em sessões de em toda sua existência Aproximadamento espectadores em 5 mil espectadores Set Universitário - FAMECOS Promover a produção universitária Set Universitario - - (51) /eventosespacoexperi De 17 a 19 de Setembro de R$ 150 mil reais (custo de produção, os palestrantes, ministrantes não recebem cachê) Estimular a troca de experiências entre profissionais e estudantes das áreas do Jornalismo, Publicidade, Relações Públicas e Público em : 2,9 mil Página 2

3 Filmes /Formação de Público produto Agenda de Ações Transversais Ano APL AUDIOVISUAL no ambiente do APL antes de sua constituição - FINAL Mostras universitárias e de filmes produzidos por RS - Sala de Cine Santander Cultural Projeto Domingo em Família - Sala de Cine Santander Cultural Oficina de Flip-book Projeto Domingo em Família incentivar a de cinema gaúcho, através de mostras universitárias de filmes dos estudantes dos cursos de cinema da e da Unisinos e de filmes produzidos e distribuídos por produtoras locais. Apresentar uma técnica de desenho e roteiro diferente para crianças e adolescentes Disponibilizar um filme longa-metragem de censura livre em três sessões distintas, também oferecer lanches aos participantes, como pipoca, algodão doces, sucos, etc. Prana Filmes l Final do ano letivo - Nov/Dez - Contínua Uma oficina a cada Domingo em Família Acontece trimestralmente R$ ,00fora despesas adminstrativas da Prana Filmes Realizar Mostra universitária no final do ano letivo Mostrar que espaços culturais também podem ser divertidos e introduzir o hábito de visitação ao em todos os níveis de classe social. Aproximar as famílias do Santander Cultural, apresentando formas diferentes de diversão ligadas ao ensino e à arte espectadores divididos em 799 sessões. 12 participantes 666 espectadores em 04 Domingos em Família em Encontro de cinema silencioso - Sala de Cine Efetuar mensalmente mostras especiais para o público especializados em cinema Mensal - Contínua 230 participantes entre Efetuar mensalmente mostras especiais Abril e Dezembro de para o público especializados em cinema Mostra Especial Gaúcho no 40º Festival de de Gramado A ideia de pôr as novidades gaúchas na vitrine para serem vistas por produtores, exibidores e distribuidores brasileiros e latino-americanos visa a homenagear uma produção que se integra de maneira orgânica ao festival ao longo de suas quatro décadas IECINE / Festival de de Gramado Instituto Estadual do 13 a 17 de Agosto - IECINE / Festival de de Gramado * Exibição de 6 Filmes Gaúchos * trazer a produção local de volta ao Palácio dos Festivais Nº de filmes exibidos: 6 Financiamentos e Incentivos para a produção Dificuldades de captar recursospara produção, de conteúdo, devido à falta de investimento privado e pela impossibilidade de investimento das proprias participantes do APL em seus produtos Edital FAC RS Rio Grande do Sul Polo Edital de Finalização de Longa-Metragem Prêmio RBS TV Histórias Curtas Fumproarte Financiar e promover produções audiovisuais (Prêmio Historias do Sul/Documenta Rio Grande/Videoclipe RS) Subsidiar a finalização de longametragem. Apoio à produção de obras de curtametragem para em televisão aberta Estimular a produção artístico-cultural da cidade, através de financiamento direto, a fundo perdido, de até 80% do custo total dos projetos de produção ou sem limite previsto dos projetos de criação, formação, estudo ou pesquisa IECINE/TVE IECINE/TVE RBS TV Prefeitura de POA Secretaria da Cultura - (51) / Resultado dos Projetos Contemplados: 13/11/ R$ ,00 Governo do Estado do RS e TVE v.br Secretaria da Cultura - (51) / v.br RBSTV - (51) (51) Fumproarte - poa. / (51) e (51) Contratação dos projetos em Maio de. Exibição dos curtas em Outubro/Novembro Resultado dos Projetos Contemplados: 17/12/ R$ ,00 Governo do Estado do RS e TVE R$ ,00 RBS TV R$ ,00 recurso total: 2 milhões Prefeitura de POA Contemplar 4 minisséries, com mínimo de 1 projeto do interior do estado / 10 documentários, com no mínimo 5 do interior do estado / 10 videoclipes, com no mínimo 5 do interior do estado. Financiar a finalização 10 longametragens Financiar Realização de 8 curtametranges Escolha de projetos de produção artisticoculturais que receberão financiamento do Fundo Municipal de Apoio a Produção Artística e Cultural 16 projetos contemplados em. 4 projetos participantes do APL, 10 projetos financiados. 6 longas participantes do APL. 8 Projetos Financiados, s e exibidos 9 projetos Audiovisuais contemplados em. Total de projetos contemplados: 38 projetos contratados projetos contratados. 4 filmes já finalizados e exibidos em 96 Filmes em 12 anos de Histórias Curtas Em processo de assinatura de contrato com os contemplados Financiamentos e Incentivos para a Dificuldade exibir conteúdo nas plataformas convencionais. Curta nas Telas Divulgar a produção nacional de curtasmetragens, por meio da dos filmes selecionados no circuito de cinemas de Porto Alegre. Prefeitura de POA/ APTC / Sindicato dos exibidores Coordenação de, Vídeo e Fotografia - (51) e efpoa. Exibições de 16 de março até 30 de agosto de. R$ ,00 Prefeitura de POA Exibição dos filmes selecionados por 14 dias em circiuto comercial e o pagamento de 2.000,00 pelo direito de 12 títulos selecionados e exibidos em. 2 projetos participantes do APL Em 38 edições foram exibidos 269 curtas Página 3

4 Infraestrtura e logística e Inovação e tecnologia Poucos laboratorios de pesquisa/falta de infraestrutura (estudios)/polo tecnologia como forma de promover inovação, competitividade e maior sustentabilidade ao setor. promoverá uma sinergia entre as ações e agentes coexistentes, de modo a potencializar os resultados esperados e agregar setores relacionados à Indústria Criativa. TECNA - Centro Tecnológico do RS, Implantação do Laboratório Avançado de Pesquisas de Imagem e Som (LAPIS) A promoção do desenvolvimento do setor brasileiro é o objetivo principal do TECNA. Laboratórios de Pesquisa dedicados a pesquisas avançadas e aplicadas nos setores da produção, distribuição e ; Compromisso com a formação e qualificação de recursos humanos especializados, através de um centro de formação permanente; Completa infraestrutura para a realização de produtos audiovisuais, composta por estúdios e demais facilidades de produção para live-action, incluindo área de open-stage, bem como estúdios dedicados a produção de animação e cenários virtuais. Integração de do setor através da criação de um cluster que abrigará diversos empreendimentos empresariais, combinando fornecedores de equipamentos, prestadores de serviços e produtores de conteúdos, com projetos Oferecer melhores condições de mixagem para os projetos desenvolvidos nos Laboratórios de Realização do Curso de Produção da FAMECOS. Interface com as de áudio e produtoras que poderão trazer suas mixagens para esse laboratório, seja para testes, experiências ou finalização. Possibilitar também a realização de treinamento para formação de técnicos nessa área e projetos de pesquisa com. Fundação RS, Governo do Estado do RS e FAMECOS - Tenopuc Viamão - (51) e / br e FAMECOS - br Ainda sem data prevista para o fim da implantação pois não apresenta um total de recursos assegurados. A primeira fase em novembro de 2011 e a segunda, ao longo de. R$ 40 milhões de reais R$ ,00 - Fundo de Pesquisa da ,00 (total) A ser viabilizado através de recursos públicos, privados, fundos destinados a pesquisa e a inovação. Fundo de Pesquisa da Oferecer soluções integradas para as necessidades dos agentes e das do setor brasileiro. Prover agilidade e otimização em vários estágios da produção, contribuindo para a racionalização de custos e melhor qualidade dos produtos. Gerar serviços tecnológicos de excelência para o desenvolvimento de projetos inovadores e competitivos. Consolidar o Rio Grande do Sul como pólo, capaz de atrair produções nacionais e internacionais em virtude da excelência de seus recursos humanos, infraestrutura técnica e diversidade de paisagens. Sala de mixagem com 11X9 mts, atendendo a normas acústicas da Dolby e equipada com monitoração JBL e som 5.1, com W RMS, projeção digital e sistema Pro Tools. Prevista a instalação de duas cabines de gravação para Ruídos de sala, dublagens e música será o nº de que utilizarão o Centro quando o mesmo estiver funcionando será o n de usuários do laboratório quando o mesmo estiver funcionando Iniciativas já em andamento: - reforma da fachada principal e acessos do Tecnopuc - edital para incubação de do setor; - incubadas na Incubadora Raiar e sediadas no Tecnopuc com projetos na área da Indústria Criativa e ; - participação em editais; - instalação de ações da Famecos em Viamão, tais como Laboratório de Som, filmagens de projetos universitários. - desenvolvimneto de projetos de pesquisa aplicada aprovados no edital da SCIT/RS, dedicado a Indústria Criativa Em implantação da fase 3. Preservação Infra-estrutura para acervo e preservação de produtos audiovisuais produzidos no RS teca Capitólio Recuperação do antigo Cine Theatro Capitólio Fundacine /PMPA-Secretaria Municipal da Cultura / Associação dos Amigos do Capitólio org.br (51) Inauguração prevista para 2013 TOTAL: R$ ,15 Petrobrás: R$ ,35 BNDES: R$ ,80 MINC e Prefeitura Municipal: valor de R$ ,00, sendo 80% valor de R$ ,00 MINC e 20% o valor de R$ ,00 pela Prefeitura Municipal Porto Alegre/PMPA. Através da Lei Rouanet, Patrocínio: Petrobrás e BNDES. FNC-Fundo Nacional de Cultura MINC/SAVe PMPA. *Reintegrar o Cine Theatro Capitólio ao cotidiano ca cidade *Promover uma relação respeitosa e integradora com o bairro, instituições,, articulando a promoção cultural e atuando como catalisador das iniciativas locais *Valorizar o produto brasileiro, principalmente o produto gaúcho, oferecendo espaço para *Promover a utilização de recursos e tecnologias audiovisuais *Atuar na preservação da memória filmica sulriograndense com construção de acervo próprio para armazenamento de filmes nº de usuários após sua inauguração Em fase de reforma de em Gramado Aproximar e promover encontros de negócios do entre produtores, res e investidoras Fundacine, 40º Festival de de Gramado, SESC RS e Programa do Brasil/APEX Brasil, Apoio: APTC/RS, SIAV/RS, IECINE, Secretaria Estado da Cultura, Fundação Cultural Piratini TVE ine.org.br (51) Dia 14 e 15 de Agosto de R$ ,00 Convênio do Brasil/APEX Brasil, SESC e Festival de de Gramado Aproximar e promover encontros de negócios do entre produtores, res e investidoras. Também estão previstos na programação encontros individuais entre os participantes com interesses afins e seminários relacionados às políticas públicas da atividade. n de participantes: média de 95 pessoas Realizado Conhecimento das novas possibilidades do Mercado Página 4 Acesso a Mercados

5 Acesso a Mercados Conhecimento das novas possibilidades do Mercado Palestra "Os impactos da Nova Lei da TV por Assinatura sobre a Produção do " Missão Curtas Gaúchos no Festival de de Havana Oferecer aos res Gaúchos a oportunidade de ter esclarecimento acerca de umas das principais pautas de discussão no setor brasileiro. A Nova Lei estabelece novas regras para o serviço de Tv por Assinatura e trata de questões como cotas para inserção de conteúdo nacional na programação. O objetivo da viagem é firmar intercâmbios, difundir a produção cinematográfica gaúcha e realizar uma série de reuniões. APTC-RS - apoio: ANCINE, Santander Cultural, Iecine, Fundacine IECINE / Assessoria de Relações Internacionais do Gabinete do Governador 10 de Abril de R$ 0,00 Instituto Estadual do Data da mostra 08/12/12 -, Iecine, Fundacine Governo do Estado do RS Esclarecimento da Lei , de 12 de Setembro de * exibir 6 curtas metragens gaúchos no Festival de Havana * realização de encontros na Escola Internacional de e Televisão Santo Antônio de Los Baños e na Embaixada Brasileira em Cuba. * consolidar o intercâmbio na área, 55 participantes 6 filmes exibidos e 6 res partticipantes da missão. Ações de Comercialização Curta TVE Curtas Gaúchos Exibir curta-metragens em eixo de pouca entrada deste formato Espaço dedicado à produção de documentários e programas de ficção produzidos por artistas, técnicos e produtores do Rio Grande do Sul. TVE RBS TV TVE - RBSTV - (51) (51) Janeiro a Dezembro de - semanalmente as sextas-feiras Exibição semanalmente aos sábados R$ ,00 - mensal TVE - RBS TV Veicular um curta-metragem por semana, seguido de entrevista com os res de cada filme Espaço dedicado à produção de documentários e programas de ficção produzidos por artistas, técnicos e produtores do Rio Grande do Sul. 51 filmes exibidos em e 3 debates s Média de 100 mil espectadores mês nº de curtas exibidos em : 34 Página 5

Pós-Graduação em Produção Audiovisual

Pós-Graduação em Produção Audiovisual Produção Audiovisual Pós-Graduação em Produção Audiovisual Aula Inaugural - 28 de abril de 2015 Aulas aos sábados, das 8h às 15h Valor do curso: R$ 15.698,00 À vista com desconto: R$ 14.913,00 Consultar

Leia mais

APL AUDIOVISUAL. Rio Grande do Sul Porto Alegre e Região Metropolitana

APL AUDIOVISUAL. Rio Grande do Sul Porto Alegre e Região Metropolitana APL AUDIOVISUAL Rio Grande do Sul Porto Alegre e Região Metropolitana Articulação Setorial no RS até a conformação em APL Fundacine A Fundação Cinema RS - FUNDACINE, possui 15 anos de atuação, criada com

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Multimídia Área de Comunicação Produção Multimídia Curta Duração Produção Multimídia Carreira em Produção Multimídia O curso superior de Produção Multimídia da FIAM FAAM forma profissionais preparados para o mercado

Leia mais

h p://www.confabulefilmes.com.br/fes vais inscrições até junho/11

h p://www.confabulefilmes.com.br/fes vais inscrições até junho/11 1 de 5 21/06/2011 17:55 FESTIVAIS inscrições até junho/11 1ª MOSTRA DE VÍDEO UNIVERSITÁRIO DA UNICAP A 1ª Mostra de Vídeo Universitário da Unicap é uma atividade integrada à programação de comemoração

Leia mais

AGENDA DE CURSOS SEMESTRAL

AGENDA DE CURSOS SEMESTRAL AGENDA DE CURSOS SEMESTRAL Sobre a AIC A Academia Internacional de Cinema (AIC) abriu suas portas no dia 5 de agosto de 2004 em Curitiba, PR, oferecendo cursos livres na área de audiovisual além de curso

Leia mais

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária

Área de Comunicação. Tecnologia em. Produção Publicitária Área de Comunicação Tecnologia em Produção Publicitária Curta Duração Tecnologia em Produção Publicitária CARREIRA EM PRODUÇÃO PUBLICITÁRIA Nos últimos anos, a globalização da economia e a estabilização

Leia mais

11º SANTA MARIA VÍDEO E CINEMA 11º SMVC FESTIVAL DE CINEMA DE SANTA MARIA Santa Maria Rio Grande do Sul Brasil 10 a 15 de dezembro de 2012.

11º SANTA MARIA VÍDEO E CINEMA 11º SMVC FESTIVAL DE CINEMA DE SANTA MARIA Santa Maria Rio Grande do Sul Brasil 10 a 15 de dezembro de 2012. 11º SANTA MARIA VÍDEO E CINEMA 11º SMVC FESTIVAL DE CINEMA DE SANTA MARIA Santa Maria Rio Grande do Sul Brasil 10 a 15 de dezembro de 2012. Inscrições para as Mostras Competitivas: 03 de setembro a 09

Leia mais

APL AUDIOVISUAL O APL AUDIOVISUAL

APL AUDIOVISUAL O APL AUDIOVISUAL O APL AUDIOVISUAL APL AUDIOVISUAL O APL Audiovisual busca o fortalecimento das empresas do setor na região, através de ações colaborativas e do compartilhamento de informações entre seus agentes, com uma

Leia mais

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015

XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 XVI Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação 22 a 24 de julho de 2015 Modelo 2: resumo expandido de relato de experiência Resumo expandido O Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São

Leia mais

REGULAMENTO Festival Luz de Cinema 1º Festival de cinema latino-americano Curitiba, 20 a 24 de outubro de 2014

REGULAMENTO Festival Luz de Cinema 1º Festival de cinema latino-americano Curitiba, 20 a 24 de outubro de 2014 REGULAMENTO 1º Festival de cinema latino-americano Curitiba, 20 a 24 de outubro de 2014 1 ORGANIZAÇÃO O evento será realizado pela Escola de Comunicação e Artes da Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Leia mais

Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia A Santa Maria que Queremos

Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia A Santa Maria que Queremos Disseminar a cultura empreendedora e inovadora em Santa Maria Ações de disseminação da Cultura Empreendedora Ações de trabalho conjunto entre Universidades e Comunidade Divulgação do trabalho pelo CEI

Leia mais

O 9 FESTIVAL DE CINEMA CURTA CABO FRIO, acontecerá no mês de outubro de 2015 na cidade de Cabo Frio - Região dos Lagos - Rio de Janeiro.

O 9 FESTIVAL DE CINEMA CURTA CABO FRIO, acontecerá no mês de outubro de 2015 na cidade de Cabo Frio - Região dos Lagos - Rio de Janeiro. O 9 FESTIVAL DE CINEMA CURTA CABO FRIO, acontecerá no mês de outubro de 2015 na cidade de Cabo Frio - Região dos Lagos - Rio de Janeiro. Nos meses posteriores ao Festival serão realizadas mostras itinerantes

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

PLANO SETORIAL DE DANÇA. DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança

PLANO SETORIAL DE DANÇA. DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança PLANO SETORIAL DE DANÇA DOCUMENTO BASE: Secretaria de Políticas Culturais - SPC Fundação Nacional de Artes FUNARTE Câmaras Setoriais de Dança MARÇO DE 2009 CAPÍTULO I DO ESTADO FORTALECER A FUNÇÃO DO ESTADO

Leia mais

10º SANTA MARIA VÍDEO E CINEMA 10º SMVC FESTIVAL DE CINEMA DE SANTA MARIA Santa Maria Rio Grande do Sul Brasil 05 a 10 de dezembro de 2011 REGULAMENTO

10º SANTA MARIA VÍDEO E CINEMA 10º SMVC FESTIVAL DE CINEMA DE SANTA MARIA Santa Maria Rio Grande do Sul Brasil 05 a 10 de dezembro de 2011 REGULAMENTO 10º SANTA MARIA VÍDEO E CINEMA 10º SMVC FESTIVAL DE CINEMA DE SANTA MARIA Santa Maria Rio Grande do Sul Brasil 05 a 10 de dezembro de 2011 REGULAMENTO Inscrições para as Mostras Competitivas: 08 de setembro

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

10º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS. De 04 a 08 de novembro de 2015

10º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS. De 04 a 08 de novembro de 2015 10º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS De 04 a 08 de novembro de 2015 REGULAMENTO I DA DATA E LOCAL Art. 1º: O 10º ENCONTRO

Leia mais

Departamento de Políticas de Comunicação. Gerência de Patrocínio

Departamento de Políticas de Comunicação. Gerência de Patrocínio Departamento de Políticas de Comunicação Gerência de Patrocínio PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES DO DEPARTAMENTO Implementar as estratégias de comunicação para o Sistema BNDES, divulgando sua atuação e programas;

Leia mais

17º FESTIVAL BRASILEIRO DE CINEMA UNIVERSITÁRIO. 06.08 a 12.08 Rio de Janeiro 13.08 a 19.08 São Paulo

17º FESTIVAL BRASILEIRO DE CINEMA UNIVERSITÁRIO. 06.08 a 12.08 Rio de Janeiro 13.08 a 19.08 São Paulo 17º FESTIVAL BRASILEIRO DE CINEMA UNIVERSITÁRIO 06.08 a 12.08 Rio de Janeiro 13.08 a 19.08 São Paulo APRESENTAÇÃO O 17º Festival Brasileiro de Cinema Universitário acontecerá de 6 a 12 de agosto de 2012,

Leia mais

Curso de Formação Profissional para Cinema abre inscrições

Curso de Formação Profissional para Cinema abre inscrições Curso de Formação Profissional para Cinema abre inscrições É hora de se profissionalizar. Em sua nona edição, curso promove um diálogo com experientes profissionais do mercado brasileiro sobre os processos

Leia mais

SEC Que Cultura é essa? Balanço de Gestão 2007/2010

SEC Que Cultura é essa? Balanço de Gestão 2007/2010 SEC Que Cultura é essa? Balanço de Gestão 2007/2010 1 ATRAÇÃO DE RECURSOS ATRAÇÃO DE RECURSOS TRANSFORMAR DESPESA EM INVESTIMENTO A LEI DO ICMS ESTRUTURAÇÃO Superintendência específica Parceria SEFAZ

Leia mais

Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido.

Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido. Realização de rodas de conversa e de troca de conhecimento para intercâmbio do que foi desenvolvido e produzido. Criar novos mecanismos de intercâmbio e fortalecer os programas de intercâmbio já existentes,

Leia mais

1 Disseminar a cultura de empreender e inovar, fortalecendo as ações do Comitê de Empreendedorismo e Inovação (CEI)

1 Disseminar a cultura de empreender e inovar, fortalecendo as ações do Comitê de Empreendedorismo e Inovação (CEI) Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia A Santa Maria que Queremos Visão: "Que em 2020 Santa Maria e região sejam referência pela capacidade de empreender,

Leia mais

Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia A Santa Maria que Queremos

Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia A Santa Maria que Queremos Planilha de Objetivos e Ações Viabilizadoras GT de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia A Santa Maria que Queremos Visão: "Que em 2020 Santa Maria e região sejam referência pela capacidade de empreender,

Leia mais

Sheet1. Criação de uma rede formada por tvs e rádios comunitárias, para acesso aos conteúdos

Sheet1. Criação de uma rede formada por tvs e rádios comunitárias, para acesso aos conteúdos Criação de um canal de atendimento específico ao público dedicado ao suporte de tecnologias livres. Formação de comitês indicados por representantes da sociedade civil para fomentar para a ocupação dos

Leia mais

ANEXO I. PROJETO DE LONGA DURAÇÃO

ANEXO I. PROJETO DE LONGA DURAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL FARROUPILHA REITORIA ANEXO I. PROJETO DE LONGA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do Projeto: Políticas públicas: a cultura como fator de desenvolvimento econômico

Leia mais

Missão. Objetivo Geral

Missão. Objetivo Geral SÍNTESE DO PROJETO PEDAGÓGICO Curso: CINEMA E AUDIOVISUAL Missão O Curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Estácio de Sá tem como missão formar um profissional humanista, com perfil técnico e artístico

Leia mais

CINEMA NOSSO. Ação educacional pela democratização e convergência do audiovisual

CINEMA NOSSO. Ação educacional pela democratização e convergência do audiovisual CINEMA NOSSO escola audiovisual Ação educacional pela democratização e convergência do audiovisual Nossa História Em Agosto de 2000, um grupo de duzentos jovens de áreas populares cariocas foi reunido

Leia mais

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Estado da Cultura Instituto Estadual de Cinema Iecine

Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Estado da Cultura Instituto Estadual de Cinema Iecine Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Estado da Cultura Instituto Estadual de Cinema Iecine Mapeamento dos Produtores Audiovisuais do Rio Grande do Sul Audiovisual 2013 Porto Alegre 2013

Leia mais

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL SETOR AUDIOVISUAL DO RS FUNDAÇÃO CINEMA RS - FUNDACINE

ARRANJO PRODUTIVO LOCAL SETOR AUDIOVISUAL DO RS FUNDAÇÃO CINEMA RS - FUNDACINE ARRANJO PRODUTIVO LOCAL SETOR AUDIOVISUAL DO RS FUNDAÇÃO CINEMA RS - FUNDACINE SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA FUNDAÇÃO CINEMA RS FUDACINE... 03 PERFIL FUNDAÇÃO... 03 OBJETIVOS DA FUDAÇÃO... 04 GESTÃO... 05 ENTIDADE

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS OPERACIONAIS PARA ACOMPANHAMENTO E REGISTRO DOS ESTUDOS COMPLEMENTARES O Parecer do CNE/CES nº 492/2001, assim define as atividades complementares:

Leia mais

O que é o Projeto Cine Gira Brasil

O que é o Projeto Cine Gira Brasil O que é o Projeto Cine Gira Brasil O Cine Gira Brasil é um projeto de cinema itinerante aprovado pelo Ministério da Cultura via artigo n o 18 da Lei Rouanet, que permite que empresas deduzam o valor investido

Leia mais

Guia para Boas Práticas

Guia para Boas Práticas Responsabilidade Social Guia para Boas Práticas O destino certo para seu imposto Leis de Incentivo Fiscal As Leis de Incentivo Fiscal são fruto da renúncia fiscal das autoridades públicas federais, estaduais

Leia mais

9º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS MINISTÉRIO DA CULTURA

9º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS MINISTÉRIO DA CULTURA 9º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET Produções Cinematográficas Patrocínio PETROBRAS MINISTÉRIO DA CULTURA De 05 a 09 de novembro de 2014 Floriano/PI e Barão de Grajaú/MA

Leia mais

PROAC PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL

PROAC PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL PROAC PROGRAMA DE AÇÃO CULTURAL Permite o apoio financeiro a projetos culturais credenciados pela Secretaria de Cultura de São Paulo, alcançando todo o estado. Segundo a Secretaria, o Proac visa a: Apoiar

Leia mais

Parâmetros para avaliação de mestrado profissional*

Parâmetros para avaliação de mestrado profissional* Parâmetros para avaliação de mestrado profissional* 1. Natureza do mestrado profissional A pós-graduação brasileira é constituída, atualmente, por dois eixos claramente distintos: o eixo acadêmico, representado

Leia mais

Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria

Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria Reunião do Fórum das Entidades Empresariais de Santa Maria Santa Maria, 15 de Outubro de 2012 Pauta: 1) Contexto da Economia Criativa no Brasil de acordo com o Plano da Secretaria da Economia Criativa

Leia mais

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 Candidato Gilmar Ribeiro de Mello SLOGAN: AÇÃO COLETIVA Página 1 INTRODUÇÃO Considerando as discussões realizadas com a comunidade interna

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO - REDES DA MARÉ Nº 01/2012

EDITAL DE SELEÇÃO - REDES DA MARÉ Nº 01/2012 EDITAL DE SELEÇÃO - REDES DA MARÉ Nº 01/2012 A Redes da Maré seleciona tecedores para o Programa Criança Petrobras (PCP) na Maré. Antes de se candidatar, conheça bem os valores e atuação da instituição.

Leia mais

Pronac Nº 1111032 Você em Cenna é um concurso cultural que irá eleger atores e atrizes amadores de todo o país, que enviarão vídeos de suas performances para votação popular e de júri especializado. Os

Leia mais

Instituto Brasileiro de Audiovisual Escola de Cinema Darcy Ribeiro

Instituto Brasileiro de Audiovisual Escola de Cinema Darcy Ribeiro Instituto Brasileiro de Audiovisual Escola de Cinema Darcy Ribeiro Edital de seleção de integrantes da ação Ponto de Cultura /Programa Cultura Viva para os Cursos Regulares da Escola de Cinema Darcy Ribeiro

Leia mais

Descubra as novidades que preparamos para

Descubra as novidades que preparamos para Descubra as novidades que preparamos para 2012 A PRIMEIRA EDIÇÃO DO F E S T Z O O M FESTIVAL JOVEM D E C I N E M A, T V E N O V A S M Í D I A S F O I U M S U C E S S O! A 2a. edição do FestZoom - Festival

Leia mais

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI A implementação do Plano de Desenvolvimento Institucional, envolve além dos objetivos e metas já descritos, o estabelecimento de indicadores, como forma de se fazer o

Leia mais

PARA TODOS: MEU ROTEIRO DE INCLUSÃO CONCURSO ESPORTE. Regulamento

PARA TODOS: MEU ROTEIRO DE INCLUSÃO CONCURSO ESPORTE. Regulamento Regulamento O MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, por meio da Secretaria de Educação Básica (SEB), da Diretoria de Formulação de Conteúdos Educacionais, da Coordenação Geral de Mídias e Conteúdos Digitais e da TV

Leia mais

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR MATRIZ CURRICULAR Carga Horária Semestral por Disciplina Disciplinas 1º semestre 2º semestre 3º semestre 4º semestre 5º semestre 6º semestre 7º semestre 8º semestre Total Obrigatórias Optativas Fundamentos

Leia mais

Minuta do Capítulo 10 do PDI: Relações Externas

Minuta do Capítulo 10 do PDI: Relações Externas Minuta do Capítulo 10 do PDI: Relações Externas Elaborada pela Diretoria de Extensão e pela Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação 1 1 Esta minuta será apreciada pelo Colegiado de Ensino, Pesquisa

Leia mais

I FESTIVAL DE CINEMA DE CARUARU REGULAMENTO CONVOCATÓRIA FINAL

I FESTIVAL DE CINEMA DE CARUARU REGULAMENTO CONVOCATÓRIA FINAL REGULAMENTO CONVOCATÓRIA FINAL I. DAS FINALIDADES O é um espaço de difusão dos elementos culturais locais. Está em sintonia com o desenvolvimento econômico e acadêmico de Caruaru e região nas últimas décadas

Leia mais

Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia

Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia ANEXO XIII XXXIII REUNIÓN ESPECIALIZADA DE CIENCIA Y TECNOLOGÍA DEL MERCOSUR Asunción, Paraguay 1, 2 y 3 de junio de 2005 Gran Hotel del Paraguay Projeto: Rede MERCOSUL de Tecnologia Anexo XIII Projeto:

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES

RELATÓRIO DE ATIVIDADES RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2012 Sumário 1. Apresentação 2. Projetos e ações 3. Gestão participativa 4. Comunicação institucional 5. Resultados 6. Planejamento 2013/2014 7. Agradecimentos 1. Apresentação A

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.958, DE 31 DE MARÇO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.958, DE 31 DE MARÇO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.958, DE 31 DE MARÇO DE 2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado em Cinema

Leia mais

6º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS

6º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS 1 6º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS De 22 a 26 de novembro de 2011 Floriano - PI REGULAMENTO

Leia mais

EIXO III CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO E DE CADA UM DE SEUS CURSOS

EIXO III CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO E DE CADA UM DE SEUS CURSOS UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA EIXO III CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO E DE CADA UM DE SEUS CURSOS EIXO III - CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA INSTITUIÇÃO

Leia mais

Regulamento para Inscrição na Mostra Competitiva Mercocidades -----------------------------------------------------

Regulamento para Inscrição na Mostra Competitiva Mercocidades ----------------------------------------------------- Regulamento para Inscrição na Mostra Competitiva Mercocidades ----------------------------------------------------- 1 - O Evento: O Primeiro Plano 2015 - Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades,

Leia mais

SR-3/PRODEC PROGRAMA DE ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO DO CONSUMIDOR

SR-3/PRODEC PROGRAMA DE ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO DO CONSUMIDOR SR-3/PRODEC PROGRAMA DE ESTUDOS E DESENVOLVIMENTO DO CONSUMIDOR MISSÃO DA UNIDADE: O PRODEC tem como objetivo promover o equilíbrio nas relações de consumo entre fornecedor e consumidor, baseado nos princípios

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

Programa de Comunicação Interna e Externa

Programa de Comunicação Interna e Externa Programa de Comunicação Interna e Externa Aprovado na Reunião do CONASU em 21/01/2015. O Programa de Comunicação Interna e Externa das Faculdades Integradas Ipitanga FACIIP pretende orientar a execução

Leia mais

A. Critérios para Avaliação e Aprovação de Cursos Novos de História

A. Critérios para Avaliação e Aprovação de Cursos Novos de História A. Critérios para Avaliação e Aprovação de Cursos Novos de História 1. Apoio institucional. Clara manifestação de apoio por parte da IES proponente, expressa tanto no provimento da infraestrutura necessária,

Leia mais

ANEXO II PLANO DE TRABALHO

ANEXO II PLANO DE TRABALHO ANEXO II PLANO DE TRABALHO Objetivo: Inaugurado em 14 de março de 1877, o Centro Cultural José Bonifácio foi o primeiro colégio público da América Latina. Construído por ordem de D. Pedro II para a educação

Leia mais

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo?

A essa altura, você deve estar se perguntando qual é a diferença entre cinema e vídeo, audiovisual e multimídia, não é mesmo? Pré-Vestibular Social Grupo SOA Suporte à Orientação Acadêmica Ela faz cinema Ela faz cinema Ela é demais (Chico Buarque) CINEMA Chegou o momento de escolher um curso. Diante de tantas carreiras e faculdades

Leia mais

Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017

Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA Escola Técnica de Saúde Profa. Dra. Sheila Rodrigues de Sousa Porta PLANO DE AÇÃO 2013-2017 Proposta de trabalho apresentada como pré-requisito para inscrição no processo

Leia mais

7º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS

7º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS 1 7º ENCONTRO NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO DOS SERTÕES Realização ESCALET e Pontão de Cultura Cultura Viva ao Alcance de Todos Patrocínio - PETROBRAS De 07 a 11 de novembro de 2012 Floriano - PI REGULAMENTO

Leia mais

Contribuições do GT Capoeira, Profissionalização e Internacionalização

Contribuições do GT Capoeira, Profissionalização e Internacionalização Contribuições do GT Capoeira, Profissionalização e Internacionalização Este documento apresenta os resultados dos debates desenvolvidos pelo Grupo de Trabalho Capoeira, Profissionalização e Internacionalização,

Leia mais

(Anexo II) DESCRIÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO

(Anexo II) DESCRIÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO (Anexo II) DESCRIÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO... 3 2 ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO Missão: Atuar nas diferentes áreas (administração, planejamento e orientação educacional) com o intuito

Leia mais

A experiência do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais

A experiência do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais A experiência do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais O Território Criativo do Polo Audiovisual da Zona da Mata de Minas Gerais integra uma das metas do Programa de Cultura e Desenvolvimento

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS FT DE CULTURA - "A SANTA MARIA QUE QUEREMOS"

PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS FT DE CULTURA - A SANTA MARIA QUE QUEREMOS Elaborar o projeto do Plano Municipal de Projeto do Plano Projeto realizado Cultura com ampla participação dos setores da sociedade Conferência Municipal de Cultura Conferência realizada PLANILHA DE OBJETIVOS

Leia mais

Comunidade Solidária: parcerias contra a pobreza

Comunidade Solidária: parcerias contra a pobreza Comunidade Solidária: parcerias contra a pobreza OConselho da Comunidade Solidária foi criado em 1995 com base na constatação de que a sociedade civil contemporânea se apresenta como parceira indispensável

Leia mais

AGENDA. Impacto na Região Linhas Estratégicas

AGENDA. Impacto na Região Linhas Estratégicas AGENDA Como Surgiu Situação Atual Variáveis Importantes Governança Conquistas Impacto na Região Linhas Estratégicas Rodrigo Fernandes Coordenador Executivo da COMTEC Como Surgiu A T.I. surgiu para prover

Leia mais

CONEXÃO CULTURAL. Projeto Itinerante de Teatro

CONEXÃO CULTURAL. Projeto Itinerante de Teatro CONEXÃO CULTURAL Projeto Itinerante de Teatro O teatro reflete a cultura da população. Ele permite que a sociedade tenha a possibilidade de apreciar a realidade em mudança por meio da exploração de idiomas

Leia mais

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais:

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais: PROJETO DA SHELL BRASIL LTDA: INICIATIVA JOVEM Apresentação O IniciativaJovem é um programa de empreendedorismo que oferece suporte e estrutura para que jovens empreendedores de 18 a 30 anos desenvolvam

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ1134 EDITAL Nº 001/2014 1. Perfil: I - Consultoria para monitoramento e avaliação acerca de como se dá a apropriação de conteúdos, conceitos e novas

Leia mais

MBA em Marketing Estratégico

MBA em Marketing Estratégico MBA em Marketing Estratégico Público - alvo O MBA em Marketing Estratégico é indicado para profissionais com experiência profissional mínima de três anos, com formação universitária em qualquer área e

Leia mais

Aprovado na Reunião do CONASU em 21/01/2015.

Aprovado na Reunião do CONASU em 21/01/2015. PROGRAMA DE PRODUÇÃO CIENTÍFICA, CULTURAL, ARTÍSTICA E TECNOLÓGICA Aprovado na Reunião do CONASU em 21/01/2015. O Programa de Produção Científica, Cultural, Artística e Tecnológica visa fortalecer a relação

Leia mais

negócios agroindustriais

negócios agroindustriais graduação administração linha de formação específica negócios agroindustriais Características gerais A Linha de Formação Específica de Negócios Agroindustriais da Univates visa ao desenvolvimento de competências

Leia mais

PLANO DE GESTÃO 2015-2017

PLANO DE GESTÃO 2015-2017 UNIFAL-MG FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS PLANO DE GESTÃO 2015-2017 Profa. Fernanda Borges de Araújo Paula Candidata a Diretora Profa. Cássia Carneiro Avelino Candidata a Vice Diretora Índice Apresentação...

Leia mais

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica

Edital 1/2014. Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica Edital 1/2014 Chamada contínua para incubação de empresas e projetos de base tecnológica A (PoloSul.org) torna pública a presente chamada e convida os interessados para apresentar propostas de incubação

Leia mais

Não fique para trás! Submeta seu projeto. Fonte de recursos para projetos julho 2012

Não fique para trás! Submeta seu projeto. Fonte de recursos para projetos julho 2012 Não fique para trás! Submeta seu projeto. Fonte de recursos para projetos julho 2012 1. Patrocínios 1.1 Patrocínio a Eventos e Publicações Data limite: 60 dias de antecedência da data de início do evento

Leia mais

Regulamento 2015. Objetivos

Regulamento 2015. Objetivos Regulamento 2015 Objetivos O É Tudo Verdade Festival Internacional de Documentários tem por objetivo promover o documentário e proporcionar uma maior reflexão sobre o gênero. Período A 20ª edição do festival

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1

ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1 CENTRO UNIVERSITÁRIO BELAS ARTES DE SÃO PAULO CURSO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL Publicidade e Propaganda Rádio e Televisão Relações Públicas ATIVIDADES COMPLEMENTARES: REGULAMENTO CONCLUÍNTES EM 2014/1 DEFINIÇÃO

Leia mais

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br

Sárgom Ceranto Marketing e Soluções Corporativas comercial@trecsson.com.br PREZADO (A) SENHOR (A) Agradecemos seu interesse em nossos programas de ensino e lhe cumprimentamos pela iniciativa de buscar o seu aperfeiçoamento profissional. Você está recebendo o programa do curso

Leia mais

Pesquisa Internacional sobre Documentos Arquivísticos Autênticos Permanentes em Sistemas. CS03 REGISTROS AUDIOVISUAIS: Programas de TV

Pesquisa Internacional sobre Documentos Arquivísticos Autênticos Permanentes em Sistemas. CS03 REGISTROS AUDIOVISUAIS: Programas de TV Pesquisa Internacional sobre Documentos Arquivísticos Autênticos Permanentes em Sistemas CS03 REGISTROS AUDIOVISUAIS: Programas de TV Rádio e Televisão da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) Maria

Leia mais

Visa, como objetivo final, a promoção do desenvolvimento sustentável da região.

Visa, como objetivo final, a promoção do desenvolvimento sustentável da região. Agenda 21 Comperj Iniciativa voluntária de relacionamento da Petrobras para contribuir para que o investimento na região retorne para a população, fomentando a formação de capital social e participação

Leia mais

O Museu da Imagem e do Som abre inscrições para a Residência Pontos MIS 2014.

O Museu da Imagem e do Som abre inscrições para a Residência Pontos MIS 2014. Convocatória Residência Pontos MIS 2014 O Museu da Imagem e do Som abre inscrições para a Residência Pontos MIS 2014. A Residência faz parte do Programa Pontos MIS Programa de circulação e difusão audiovisual

Leia mais

FACULDADE METODISTA DE BIRIGUI REGIMENTO DO NÚCLEO DE EXTENSÃO EMPRESARIAL (NEXEM)

FACULDADE METODISTA DE BIRIGUI REGIMENTO DO NÚCLEO DE EXTENSÃO EMPRESARIAL (NEXEM) FACULDADE METODISTA DE BIRIGUI REGIMENTO DO NÚCLEO DE EXTENSÃO EMPRESARIAL (NEXEM) A extensão é o processo educativo, cultural e científico que articula, amplia, desenvolve e reforça o ensino e a pesquisa,

Leia mais

Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural. Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural

Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural. Programa de vivência, criação e circulação artística e cultural 1 1. Apresentação // 4 2. Objetivos e metas // 8 3. Estratégia - Música e Economia criativa // 9 4. Temáticas // 9 5. Programas // 10 6. Projetos Especiais // 10 7. Conselho gestor // 11 1. Apresentação

Leia mais

PROJETO 7. 1. Identificação do projeto

PROJETO 7. 1. Identificação do projeto PROJETO 7 1. Identificação do projeto Título:Cinema, vídeo e tridimensionalidade: o AVA-AV na integração do ensino presencial e a distância. Responsável:Dra. Ana Zeferina Ferreira Maio Vínculo institucional:professora

Leia mais

Fomento a Projetos Culturais nas Áreas de Música e de Artes Cênicas

Fomento a Projetos Culturais nas Áreas de Música e de Artes Cênicas Programa 0166 Música e Artes Cênicas Objetivo Aumentar a produção e a difusão da música e das artes cênicas. Público Alvo Sociedade em geral Ações Orçamentárias Indicador(es) Número de Ações 7 Taxa de

Leia mais

Planejamento Estratégico. Departamento de Antropologia / Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPR

Planejamento Estratégico. Departamento de Antropologia / Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPR Planejamento Estratégico Departamento de Antropologia / Programa de Pós-Graduação em Antropologia - UFPR Visão Oferecer ensino de excelência em nível de Graduação e Pós-Graduação; consolidar-se como pólo

Leia mais

Revisto e aprovado por Kâmia Preparado por Glayson Ferrari - Coordenador Executivo do PEA

Revisto e aprovado por Kâmia Preparado por Glayson Ferrari - Coordenador Executivo do PEA PNUD Angola PEA - Programa Empresarial Angolano Marco Lógico do Programa - 2011 Resultado Geral Revisto e aprovado por Kâmia Preparado por Glayson Ferrari - Coordenador Executivo do PEA Carvalho - Coordenadora

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

Estruturas curriculares dos Cursos de Cinema e Audiovisual no Brasil

Estruturas curriculares dos Cursos de Cinema e Audiovisual no Brasil Estruturas curriculares dos Cursos de Cinema e Audiovisual no Brasil Encontro Estruturas Curriculares do Curso de Rádio, TV e Internet no Brasil SOCICOM São Paulo, fevereiro 2014 Luciana Rodrigues Presidente

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

PLANO DE AÇÃO Nº 1 INOVADAY

PLANO DE AÇÃO Nº 1 INOVADAY PLANO DE AÇÃO Nº 1 INOVADAY 1 I. CONTEXTUALIZAÇÃO O presente documento detalha o Plano de Trabalho 2013/2015 do CONVÊNIO SPDR USP FUNDAP SEADE CEPAM, e se enquadra dentre as Ações e Metas previstas no

Leia mais

O AUMENTO DA RENDA DA POPULAÇÃO TEM EFEITO DIRETO SOBRE O AUDIOVISUAL.

O AUMENTO DA RENDA DA POPULAÇÃO TEM EFEITO DIRETO SOBRE O AUDIOVISUAL. 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 O AUMENTO DA RENDA DA POPULAÇÃO TEM EFEITO DIRETO SOBRE O AUDIOVISUAL. A CLASSE C IDENTIFICA CINEMA, INTERNET E TV POR ASSINATURA COMO

Leia mais

Programa Petrobras Cultural 2007/2008 Projetos Contemplados

Programa Petrobras Cultural 2007/2008 Projetos Contemplados Programa Petrobras Cultural 2007/2008 Projetos Contemplados CURTA-SE VIII Festival Ibero-Americano de Curtas-Metragens de Sergipe Protocolo: 4 Proponente: Centro de Estudos Casa Curta-SE Estado do Proponente:

Leia mais

OBJETIVO CARACTERIZAÇÃO

OBJETIVO CARACTERIZAÇÃO OBJETIVO Incrementar a economia digital do Estado de Alagoas e seus benefícios para a economia local, através de ações para qualificação, aumento de competitividade e integração das empresas e organizações

Leia mais

Eixos Programa de longo prazo e impacto geracional Rede Cooperação horizontal 1º, 2º e 3º setores Território Criativo - Setor Cultural Estruturante

Eixos Programa de longo prazo e impacto geracional Rede Cooperação horizontal 1º, 2º e 3º setores Território Criativo - Setor Cultural Estruturante Plano 2002 2022: Programa de Cultura e Desenvolvimento Local iniciado em 2002 e liderado pela Sociedade Civil com instituições do 3º setor com o apoio de empresas privadas e Governos locais, estaduais

Leia mais

DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E COMUNICAÇÃO (Tecnologia, Inclusão Digital e Comunicação)

DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E COMUNICAÇÃO (Tecnologia, Inclusão Digital e Comunicação) DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E COMUNICAÇÃO (Tecnologia, Inclusão Digital e Comunicação) OBJETIVOS E METAS 1. Garantir a inclusão digital, instalando computadores nas escolas públicas de ensino fundamental

Leia mais

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida Apresentação Institucional Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida A empresa que evolui para o seu crescimento A VCN Virtual Communication Network, é uma integradora de Soluções Convergentes

Leia mais

Infraestrutura de informações geoespaciais e georreferenciadas

Infraestrutura de informações geoespaciais e georreferenciadas Infraestrutura de informações geoespaciais e georreferenciadas 1. Apresentação do Problema Epitácio José Paes Brunet É cada vez mais expressiva, hoje, nas cidades brasileiras, uma nova cultura que passa

Leia mais