MUROS DE TERRA ARMADA - TERRAMESH

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MUROS DE TERRA ARMADA - TERRAMESH"

Transcrição

1 MUROS DE TERRA ARMADA - TERRAMESH Rodolfo Amaro Junho de

2 INTRODUÇÃO O presente trabalho tem como objectivo o estudo do sistema construtivo de Muros de Terra Armada, designadamente o sistema Terramesh. Os muros de suporte de solos reforçados, ou muros de terra armada, podem ser de diferentes tipos, sendo apresentados com variados sistemas, cujo funcionamento e modo de execução segue os mesmos critérios de dimensionamento. 2

3 MUROS DE TERRA ARMADA DEFINIÇÕES São um tipo de muros de suporte de solos reforçados O sistema pelo o qual é correntemente associado consiste na sustentação do terreno com pequenos painéis pré-fabricados em Betão, amarrados por estruturas metálicas embebidas no terreno Apresentam vantagens em contenções de elevações artificiais, por exemplo em taludes de acessos a viadutos. Podem ter variados processos, como é o caso do sistema Terramesh, sendo que o dimensionamento deste sistema, por ser inovador, é desenvolvido por aplicação de programas de cálculo automático. 3

4 Definições Características da Terra Armada Os muros de terra armada apresentam características interessantes pelo que se tem verificado uma rápida aceitação, sendo hoje correntemente utilizados. Destacam-se: a elevada resistência a impulsos de terra estáticos e sísmicos; facilidade de adaptação a condições de fundação desfavoráveis; procedimentos simples; reduzidos prazos de execução; custos competitivos; boa aparência estética. 4

5 Definições SISTEMA TERRAMESH Consiste numa estrutura criada pelo intertravamento e atrito das partículas de solo com reforço em geogrelha de malha hexagonal, galvanizada de dupla torção, formando um maciço de solo reforçado, resistente a impulsos gerados pelo terrapleno a ser contido. A geogrelha de reforço ancorada no aterro, utiliza as próprias propriedades mecânicas do aterro para realizar a contenção. Apresenta as mesmas vantagens técnicas dos gabiões: Flexibilidade; Permeabilidade; Monoliticidade; Facilidade de execução. 5

6 Definições GABIÕES Consiste numa tecnologia centenária desenvolvida no final do século XIX pelos italianos, com o objectivo de proteger a margem de um rio perto da cidade de Bolonha. Os métodos de fabrico foram-se desenvolvendo cada vez mais conseguindo assim produções sempre maiores, o que proporcionou o estudo de outras aplicações para os gabiões. Dado o desenvolvimento que ocorreu na produção de gabiões, surgiram assim as obras de suporte, de revestimento de taludes de protecção contra a queda de pedras e mais recentemente os aterros reforçados (Terramesh). 6

7 DESCRIÇÃO DO SISTEMA E CARACTERÍSTICAS DIMENSIONAIS Devido a sua versatilidade pode adaptar-se a diferentes ambientes, podendo ser empregado em: Contenção de taludes; Canalizações; Defesas de margens; Marinas; Obras de suporte de aterros, em especial, rodoviários. É produzido a partir de uma rede em malha hexagonal de dupla ou tripla torção, galvanizada e revestida a PVC. Trabalha por gravidade e calcula-se de acordo com essas condicionantes. Aspecto final similar a um muro tradicional em gabiões. 7

8 Muros em Gabiões DIMENSÕES GERAIS DO SISTEMA DE GABIÕES Os muros de contenção de terrenos utilizando somente gabiões desenham-se partindo de uma largura e altura de 1 metro para a fiada superior do muro e aumenta-se 0,50 metros por cada metro de altura total que tenha o muro. 8

9 Descrição do Sistema O SISTEMA TERRAMESH Tem como particularidade o facto de se utilizarem faixas horizontais de rede de tripla torção, cosidas entre as diferentes fiadas de gabiões, em largura, superior ao ângulo de atrito interno do terreno, e devidamente compactadas. Com as armaduras longitudinais contínuas, alcança-se a mobilização não só do atrito contra a secção do fio metálico, mas sobretudo das propriedades mecânicas de travamento entre as partículas do material de aterro. É possível criar a inclinação desejada (na vertical até 26º). Contudo Aconselha-se recuar, em cada 1m de altura, pelo menos 8-10 cm. 9

10 CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS UTILIZADOS Módulos Terramesh São estruturas paralelipipédicas, em forma de cesto com tampa e com o prolongamento da rede da base do gabião que serve de ancoragem no aterro, sendo o comprimento da rede de ancoragem variável. 10

11 Características dos Materiais O gabião do módulo Terramesh deve ser dividido em duas células iguais por um diafragma disposto ao meio (Fig. 3.1). Barra metálica de reforço Diafragma Sistema Terramesh 11

12 Características dos Materiais Nos acabamentos da rede todos os bordos devem ser reforçados por fios de diâmetro maior para aumentar a resistência. O fio metálico a empregar no fabrico da rede do módulo Terramesh, bem com a escolha da malha a utilizar, deve ter um diâmetro mínimo, sendo este parâmetro directamente proporcional à quantidade mínima de zinco a empregar no processo de galvanização: - Diâmetro do fio (mm) Quantidade de zinco (gr/m 2 ) Quantidades mínimas de Zinco por diâmetro de fio. 12

13 Características dos Materiais Rede hexagonal de dupla ou tripla torção É constituída por uma série de arames que depois de entrelaçados por três vezes meia volta, formam um hexágono alargado no sentido de uma das suas diagonais. Dimensões dos tipos de malha comercializados O arame que se utiliza para a fabricação destas redes deverá ser galvanizado reforçado. 13

14 Características dos Materiais Pormenor da Geogrelha de reforço de malha 8x10 14

15 Características dos Materiais Tipos e características da malha Nota: Sobre o diâmetro do arame será admitida uma tolerância de ± 2,5% 15

16 Características dos Materiais Pedra de Enchimento dos Módulos Pedra britada ou rolada de peso específico elevado, de granulometria compreendida entre os 10 e 20 cm. Pedra de enchimento dos módulos 16

17 Características dos Materiais Geotêxtil A colocação de Geotéxtil no tardoz dos gabiões deverá ser de forma a evitar dobras e rasgamentos. O Geotéxtil deve ser do tipo tecido não tecido, agulhado, em polipropileno ou poliéster e com densidade mínima de 200 gr/m 2. Geotéxtil no tardoz dos gabiões 17

18 Características dos Materiais Aterro Estrutural Serão excluídos os solos sensíveis a água, argilosos e com granulometria superior a 250 mm, solos degradáveis e friáveis, terra vegetal, materiais putrescíveis ou lixo doméstico. O máximo diâmetro dos elementos do solo deverão ser inferiores a 2/3 da espessura da camada a compactar. A primeira camada de aterro que estará em contacto directo com a rede de ancoragem não poderá ter uma granulometria superior a 20 mm, para evitar qualquer danificação da rede de ancoragem e das geogrelhas. A densidade mínima do aterro estrutural deverá ser de 19 KN/m 3. A compactação, numa faixa de 1.00 m no tardoz do paramento em gabiões, deve ser executada com placa compactadora ou pequenos cilindros estáticos, em camadas de 0.20 m de espessura. 18

19 Características dos Materiais É fundamental que o aterro estrutural seja bem compactado, em camadas de 25/30 cm de espessura, com cilindros ou engenhos similares para poder suportar as cargas previstas no projecto sem excessivas deformações. O uso de cilindros vibrantes é desaconselhado, visto que este pode provocar deformações no paramento em gabiões, devido à vibração das pedras. Aterro Estrutural 19

20 MODO DE EXECUÇÃO DE UM MURO EM SISTEMA TERRAMESH 20

21 Modo de Execução PREPARAÇÃO DO TERRENO Os Módulos Terramesh podem ser colocados directamente em contacto com o terreno natural tendo em atenção que o nível da fundação permita o perfeito alinhamento da primeira fiada. Qualquer desalinhamento inicial prejudicará, no seguimento da obra, as outras fiadas de módulos; No entanto, pode ser executado um plano de apoio em betão de regularização com superfície rugosa e com 15 ou 20 cm de espessura, quando o terreno apresentar grandes irregularidades. Neste caso deverá ser prestada particular atenção para que o nível do betão de regularização seja perfeitamente coincidente com o nível do terreno de fundação compactado que lhe fica atrás, isto para evitar que durante a compactação da primeira camada de aterro, a rede de ancoragem do Módulo se danifique naquele ponto de contacto. 21

22 Modo de Execução PREPARAÇÃO DO TERRENO Colocação de betão de regularização na base de fundação da primeira fiada dos módulos 22

23 Modo de Execução COLOCAÇÃO DE COFRAGENS Montagem da Cofragem dos módulos de gabiões 23

24 Execução do Terramesh 24

25 Execução do Terramesh 25

26 Execução do Terramesh 26

27 Execução do Terramesh 27

28 Modo de Execução - Vídeos 28

29 MURO DE TERRAMESH 29

Aços Longos. Gabiões Belgo. Produtos

Aços Longos. Gabiões Belgo. Produtos Aços Longos Gabiões Belgo Produtos Gabiões Belgo A mais nova solução para obras geotécnicas e hidráulicas Uma linha de produtos com a qualidade Belgo Bekaert para o mercado de construção civil. São elementos

Leia mais

OBRAS DE TERRA MUROS DE ARRIMO OU DE CONTENÇÃO

OBRAS DE TERRA MUROS DE ARRIMO OU DE CONTENÇÃO OBRAS DE TERRA MUROS DE ARRIMO OU DE CONTENÇÃO CURSO: Engenharia Civil SÉRIE: 10º Semestre DISCIPLINA: Obras de Terra CARGA HORÁRIA SEMANAL: 02 aulas-hora CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 40 aulas-hora 1.DEFINIÇÕES

Leia mais

DIRETRIZES EXECUTIVAS DE SERVIÇOS PARA

DIRETRIZES EXECUTIVAS DE SERVIÇOS PARA DIRETRIZES EXECUTIVAS DE SERVIÇOS PARA ES-C01 ESTRUTURAS DE ARRIMO 1 DOCUMENTO DE CIRCULAÇÃO EXTERNA ÍNDICE PÁG. 1. OBJETO E OBJETIVO...3 2. S...3 3. CONSIDERAÇÕES INICIAIS...3 4. MUROS DE CONCRETO ARMADO...4

Leia mais

Muros de Contenção Catálogo 2009/2010

Muros de Contenção Catálogo 2009/2010 Muros de Contenção Catálogo 2009/2010 Landmark Para muros até 20 m de altura A solução para Muros de Engenharia de alta performance 2 Solução de alta performance O bloco LANDMARK é a mais recente aposta

Leia mais

Proteção do corpo estradal - estruturas de arrimo com gabião

Proteção do corpo estradal - estruturas de arrimo com gabião MT - DEPARTAMENTO NACIONAL DE ESTRADAS DE RODAGEM DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO - IPR DIVISÃO DE CAPACITAÇÃO TECNOLÓGICA Rodovia Presidente Dutra km 163 - Centro Rodoviário, Parada de Lucas

Leia mais

SISMO BUILDING TECHNOLOGY, TECNOLOGIA DE CONSTRUÇÃO ANTI-SISMICA: APLICAÇÕES EM PORTUGAL

SISMO BUILDING TECHNOLOGY, TECNOLOGIA DE CONSTRUÇÃO ANTI-SISMICA: APLICAÇÕES EM PORTUGAL SÍSMICA 2007 7º CONGRESSO DE SISMOLOGIA E ENGENHARIA SÍSMICA 1 SISMO BUILDING TECHNOLOGY, TECNOLOGIA DE CONSTRUÇÃO ANTI-SISMICA: APLICAÇÕES EM PORTUGAL M.T. BRAZ CÉSAR Assistente IPBragança Bragança Portugal

Leia mais

O sistema para fundações ventiladas em forma de galeria de 70 a 250 cm. www.geoplast.it

O sistema para fundações ventiladas em forma de galeria de 70 a 250 cm. www.geoplast.it O sistema para fundações ventiladas em forma de galeria de 7 a 25 cm www.geoplast.it ELEVETOR O sistema para fundações ventiladas em forma de galeria de 7 a 25 cm ELEVETOR é um sistema combinado de cofragens

Leia mais

CONSTRUÇÃO MODULAR. Rev A 1-7-2011

CONSTRUÇÃO MODULAR. Rev A 1-7-2011 CONSTRUÇÃO MODULAR SM Rev A 1-7-2011 1 A U.E.M. Unidade de Estruturas Metálicas, SA com 15 anos de actividade, inicialmente direccionada para a fabricação e comercialização dos módulos pré-fabricados que,

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM E GEOWEB PARA REFOÇO DE ATERRO E PROTEÇÃO SUPERFICIAL DE TALUDE JACIARA MT

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM E GEOWEB PARA REFOÇO DE ATERRO E PROTEÇÃO SUPERFICIAL DE TALUDE JACIARA MT UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM E GEOWEB PARA REFOÇO DE ATERRO E PROTEÇÃO SUPERFICIAL DE TALUDE JACIARA MT Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Paulo Roberto Ferst EPP PERÍODO 2003

Leia mais

Muro de arrimo segmentado

Muro de arrimo segmentado 1 de 12 01/11/2010 18:40 Muro de arrimo segmentado Este artigo apresenta a seqüência executiva de um muro de arrimo segmentado. A técnica consiste no reforço de solo pela inclusão de elementos planos (geogrelhas

Leia mais

Muros de de gravidade

Muros de de gravidade Muros de gravidade Muros de de gravidade Muros Muros de de flexão; flexão; Muros Muros de de alvenaria; Muros Muros de de solo solo estabilizado; Muros Muros celulares; Muros Muros de de solo solo reforçado.

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS histórico Os Muros Terrae são sistemas de contenção para muros em aterro ou em corte. Trata-se de um processo construtivo desenvolvido com base nos chamados muros segmentais, compostos

Leia mais

Telas Soldadas Nervuradas

Telas Soldadas Nervuradas Telas Soldadas Nervuradas Telas Soldadas Nervuradas Belgo Qualidade As Telas Soldadas de Aço Nervurado são armaduras pré-fabricadas constituídas por fios de aço Belgo 60 Nervurado, longitudinais e transversais,

Leia mais

1. INTRODUÇÃO CRAVADAS ESTACAS CRAVADAS ESTACAS CAP. XV. Processos de Construção Licenciatura em Engenharia Civil

1. INTRODUÇÃO CRAVADAS ESTACAS CRAVADAS ESTACAS CAP. XV. Processos de Construção Licenciatura em Engenharia Civil CAP. XV ESTACAS CRAVADAS 1/47 1. INTRODUÇÃO 2/47 1 1. INTRODUÇÃO Pré-fabricadas Estacas cravadas Fundações indirectas (profundas) Alternativa às estacas moldadas 3/47 1. INTRODUÇÃO Processo pouco utilizado

Leia mais

GEOGRELHAS TECIDAS PARA TALUDE REFORÇADO COM ELEMENTOS TERRAMESH VERDE

GEOGRELHAS TECIDAS PARA TALUDE REFORÇADO COM ELEMENTOS TERRAMESH VERDE GEOGRELHAS TECIDAS PARA TALUDE REFORÇADO COM ELEMENTOS TERRAMESH VERDE Eder José Paulo Tavares Engenheiro Civil Maccaferri do Brasil eder.tavares@maccaferri.com.br Petrucio José dos Santos Junior MSc.

Leia mais

Obras com Estrutura de Contenção

Obras com Estrutura de Contenção CAPÍTULO 11 Obras com Estrutura de Contenção Muro de arrimo 11. 1 Outras soluções de contenção 11. 2 189 Todos os muros deverão ser construídos com base em projeto executivo e com acompanhamento técnico

Leia mais

Soluções em Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra

Soluções em Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Aços Longos Soluções em Autoconstrução Praticidade, economia e agilidade na sua obra Sapatas Arame Recozido Trançadinho Pregos Treliças Nervuradas Murfor Produto Belgo Bekaert Malhas Top Telas Soldadas

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOWEB NA ROTEÇÃO SUPERFICIAL DE TALUDE DO EDIFICIO BANCO SULAMÉRICA SEGUROS SP

UTILIZAÇÃO DE GEOWEB NA ROTEÇÃO SUPERFICIAL DE TALUDE DO EDIFICIO BANCO SULAMÉRICA SEGUROS SP UTILIZAÇÃO DE GEOWEB NA ROTEÇÃO SUPERFICIAL DE TALUDE DO EDIFICIO BANCO SULAMÉRICA SEGUROS SP Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Hérsio Antonio Ranzani Júnior JULHO 1998 Revisado

Leia mais

ESTRUTURAS DE CONTENÇÃO AULA 3. CIV 247 OBRAS DE TERRA Prof. Romero César Gomes

ESTRUTURAS DE CONTENÇÃO AULA 3. CIV 247 OBRAS DE TERRA Prof. Romero César Gomes ESTRUTURAS DE CONTENÇÃO AULA 3 CIV 247 OBRAS DE TERRA Prof. Romero César Gomes Aterros em Solos Reforçados (ASR) Princípio Geral: inclusão de reforços em uma massa de solo, conformando uma estrutura composta

Leia mais

CHAPAS COLABORANTES PERFIL AL65

CHAPAS COLABORANTES PERFIL AL65 CHAPAS COLABORANTES PERFIL AL65 ÍNDICE Introdução....................................................... 2 Características mecânicas dos diferentes materiais das lajes mistas...... 3 Condições de apoio................................................

Leia mais

Obras de Contenção. Necessidades e Soluções

Obras de Contenção. Necessidades e Soluções Obras de Contenção Necessidades e Soluções 00 "Este catálogo faz parte de uma série de publicações, cuja finalidade é apresentar as soluções MACCAFERRI. Uma outra série oferece aos usuários informações

Leia mais

www.catari.net uma marca diferente.

www.catari.net uma marca diferente. www.catari.net uma marca diferente. cofragem modular perfeita! Com uma vasta gama de dimensões, permite solucionar todas as suas necessidades de cofragem vertical, em qualquer tipo de construção. O combro

Leia mais

MURO DE CONTENÇÃO À GRAVIDADE RECONSTRUÇÃO DE ACESSO E PROTEÇÃO DE MARGEM DE RIO, COM CONFECÇÃO DE MURO DE GABIÃO.

MURO DE CONTENÇÃO À GRAVIDADE RECONSTRUÇÃO DE ACESSO E PROTEÇÃO DE MARGEM DE RIO, COM CONFECÇÃO DE MURO DE GABIÃO. Obra: MURO DE CONTENÇÃO À GRAVIDADE RECONSTRUÇÃO DE ACESSO E PROTEÇÃO DE MARGEM DE RIO, COM CONFECÇÃO DE MURO DE GABIÃO. Requerente: MUNICÍPIO DE LAURENTINO Local: RUA PREFEITO JOSÉ TAMBOSI CENTRO LAURENTINO

Leia mais

Contenção com muros terrae

Contenção com muros terrae Contenção com muros terrae Prefeitura de Jacareí analisa três soluções para conter talude em área escolar e opta por sistema de blocos de concreto pré-fabricados. Veja comparativo técnico e orçamentário

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO DE FOSSA SÉPTICA E SUMIDOURO EM SUA CASA

INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO DE FOSSA SÉPTICA E SUMIDOURO EM SUA CASA INSTRUÇÕES PARA INSTALAÇÃO DE FOSSA SÉPTICA E SUMIDOURO EM SUA CASA A participação da Comunidade é fundamental Na preservação do Meio Ambiente COMPANHIA DE SANEAMENTO AMBIENTAL DO DISTRITO FEDERAL ASSESSORIA

Leia mais

Nome dos autores: Petrucio José dos Santos Junior. Bráulio Víctor Rodrigues; Lucas Múcio Souza Lima Murta; Flávio Moreira Lopes;

Nome dos autores: Petrucio José dos Santos Junior. Bráulio Víctor Rodrigues; Lucas Múcio Souza Lima Murta; Flávio Moreira Lopes; Expansão do BH Outlet Muro de contenção em Solo Reforçado e revestimento de taludes com Geossintéticos (BH Outlet Expansion Reinforced Soil retaining wall and slope revetement with Geosynthetics) Nome

Leia mais

Muro de Arrimo por Gravidade

Muro de Arrimo por Gravidade Muro de Arrimo por Gravidade CONCEITO É a solução estrutural mais antiga e por ser relativamente barato e não exigir mão de obra especializada é mais comum. É executado junto a um talude (inclusive de

Leia mais

Estudo da Resistência ao Cisalhamento de Interface em Fita Metálica para Soluções em Terra Armada

Estudo da Resistência ao Cisalhamento de Interface em Fita Metálica para Soluções em Terra Armada COBRAMSEG : ENGENHARIA GEOTÉCNICA PARA O DESENVOLVIMENTO, INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE. ABMS. Estudo da Resistência ao Cisalhamento de Interface em Fita Metálica para Soluções em Terra Armada Sérgio Barreto

Leia mais

PISCINAS EM CONCRETO ARMADO

PISCINAS EM CONCRETO ARMADO PISCINAS EM CONCRETO ARMADO PISCINAS EM CONCRETO ARMADO COM TELAS SOLDADAS CONCEITOS BÁSICOS As telas soldadas são armaduras prontas para concreto armado, produzidas com aço de alta resistência (CA 60),

Leia mais

Controle Geotécnico de uso e ocupação das encostas

Controle Geotécnico de uso e ocupação das encostas Curso de Multiplicadores em Florianópolis, 24/02/2010 Controle Geotécnico de uso e ocupação das encostas Eng. Geotécnica Regina Davison Dias, D.Sc. NUGEOTEC/CENTRO TECNOLÓGICO/UNISUL 24/02/2010 UNISUL

Leia mais

Execução e Manutenção de Pavimento Intertravado. MSc. Eng. Cláudio Oliveira Silva

Execução e Manutenção de Pavimento Intertravado. MSc. Eng. Cláudio Oliveira Silva Execução e Manutenção de MSc. Eng. Cláudio Oliveira Silva Norma de Execução e Manutenção NBR 15953 com peças de concreto - Execução NBR 15953 Escopo Se aplica à pavimentação intertravada com peças de concreto

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NA PROTEÇÃO DA MARGEM DOS RIOS INHOMIRIM, CAIOBÁ E MIRIM CAIOBÁ MUNICÍPIO DE MAGÉ RJ

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NA PROTEÇÃO DA MARGEM DOS RIOS INHOMIRIM, CAIOBÁ E MIRIM CAIOBÁ MUNICÍPIO DE MAGÉ RJ UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NA PROTEÇÃO DA MARGEM DOS RIOS INHOMIRIM, CAIOBÁ E MIRIM CAIOBÁ MUNICÍPIO DE MAGÉ RJ Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Gerson Dias da Cunha Arqt.

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE VENÂNCIO AIRES PROJETO ARQUITETÔNICO ADEQUAÇÕES NA USINA DE TRIAGEM DE LIXO LINHA ESTRELA MEMORIAL DESCRITIVO 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1. OBJETIVO: USINA DE TRIAGEM DE LIXO A presente especificação tem por objetivo estabelecer

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM EM MURO DE SOLO REFORÇADO NA OBRA DE RECOMPOSIÇÃO DE TALUDE EM JACAREPAGUÁ RJ

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM EM MURO DE SOLO REFORÇADO NA OBRA DE RECOMPOSIÇÃO DE TALUDE EM JACAREPAGUÁ RJ UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM EM MURO DE SOLO REFORÇADO NA OBRA DE RECOMPOSIÇÃO DE TALUDE EM JACAREPAGUÁ RJ Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Gerson Cunha Eng. Maria Francisca

Leia mais

LAJES EM CONCRETO ARMADO

LAJES EM CONCRETO ARMADO LAJES EM CONCRETO ARMADO CONCEITOS BÁSICOS As telas soldadas, que são armaduras pré-fabricadas soldadas em todos os pontos de cruzamento, apresentam inúmeras aplicações na construção civil, destacando-se

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO. Centro de Formação Desportiva de Alfândega da Fé

RELATÓRIO TÉCNICO. Centro de Formação Desportiva de Alfândega da Fé RELATÓRIO TÉCNICO Centro de Formação Desportiva de Alfândega da Fé Trabalho realizado para: Câmara Municipal de Alfandega da Fé Trabalho realizado por: António Miguel Verdelho Paula Débora Rodrigues de

Leia mais

SISTEMA DE BARRAS ROSCADAS CORTARTEC VSP

SISTEMA DE BARRAS ROSCADAS CORTARTEC VSP SISTEMA DE BARRAS ROSCADAS CORTARTEC VSP SISTEMAS DE BARRAS ROSCADAS BARRAS ROSCADAS As caracteristicas mais significativas das barras CORTARTEC VSP são: Processo de fabricação mediante laminação a quente.

Leia mais

Construção. Contenções

Construção. Contenções Construção 18 Contenções A engenharia oferece soluções de contenção variadas, adequadas para as situações mais diversas. Geologia do terreno, estudo de riscos, custo e cronograma da obra influenciam a

Leia mais

Estudo das Aplicações de Geossintéticos em Obras Civis: Análise de Caso com Geogrelha

Estudo das Aplicações de Geossintéticos em Obras Civis: Análise de Caso com Geogrelha Estudo das Aplicações de Geossintéticos em Obras Civis: Análise de Caso com Geogrelha Carlos Alberto Ortiz Hadlich Instituto Mauá de Tecnologia, São Caetano do Sul, Brasil, caca_hadlich@hotmail.com Felipe

Leia mais

O uso de blocos de concreto pré-moldados para a face da contenção em solo grampeado

O uso de blocos de concreto pré-moldados para a face da contenção em solo grampeado O uso de blocos de concreto pré-moldados para a face da contenção em solo grampeado Ferreira Jr, J. A., Mendonça, M. B. e Saramago, R. P. Terrae Engenharia, Rio de Janeiro, RJ, Brasil RESUMO: A participação

Leia mais

Soluções para Alvenaria

Soluções para Alvenaria Aços Longos Soluções para Alvenaria BelgoFix Tela BelgoRevest Murfor BelgoFix Telas Soldadas Galvanizadas para Alvenaria BelgoFix : marca registrada da Belgo Bekaert Arames BelgoFix são telas soldadas

Leia mais

Quanto aos esforços: compressão, tração e flexão; Flexibilidade de formas; Durabilidade; Transmissão de calor

Quanto aos esforços: compressão, tração e flexão; Flexibilidade de formas; Durabilidade; Transmissão de calor 1. CONCEITO: Produto resultante da associação íntima entre um aglomerante mais um agregado miúdo, mais um agregado graúdo e água (+ ferragens). 2. CARACTERÍSTICAS Quanto aos esforços: compressão, tração

Leia mais

Composição. Paredes. Cobertura. Parafusos. Fundo. Betonagem da base. Juntas

Composição. Paredes. Cobertura. Parafusos. Fundo. Betonagem da base. Juntas Depósitos em Aço Composição Paredes Chapa de aço galvanizada a quente, ondulada em perfil 18/76-R18 de desenho especial que lhe confere grande resistência e capacidade forte da chapa. Isto deve-se essencialmente

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOMBINHAS PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BOMBINHAS PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA - 1 - PROJETO PAVIMENTAÇÃO COM LAJOTAS SEXTAVADAS E DRENAGEM PLUVIAL RUA CANGERANA MUNICÍPIO DE BOMBINHAS - SC PROJETO: AMFRI Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí Carlos Alberto Bley

Leia mais

DNIT. Proteção do corpo estradal Estruturas de arrimo com gabião - Especificação de serviço NORMA DNIT 103/2009 - ES. 5 Condições específicas...

DNIT. Proteção do corpo estradal Estruturas de arrimo com gabião - Especificação de serviço NORMA DNIT 103/2009 - ES. 5 Condições específicas... DNIT Jul/2009 NORMA DNIT 103/2009 - ES Proteção do corpo estradal Estruturas de arrimo com gabião - Especificação de serviço MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES

Leia mais

Blocos de. Absorção de água. Está diretamente relacionada à impermeabilidade dos produtos, ao acréscimo imprevisto de peso à Tabela 1 Dimensões reais

Blocos de. Absorção de água. Está diretamente relacionada à impermeabilidade dos produtos, ao acréscimo imprevisto de peso à Tabela 1 Dimensões reais Blocos de CONCRETO DESCRIÇÃO: Elementos básicos para a composição de alvenaria (estruturais ou de vedação) BLOCOS VAZADOS DE CONCRETO SIMPLES COMPOSIÇÃO Cimento Portland, Agregados (areia, pedra, etc.)

Leia mais

ANIPB ENSAIOS DE TIPO INICIAIS E CONCEPÇÃO DOS PAVIMENTOS DE VIGOTAS. DOCUMENTOS DE APLICAÇÃO SUMÁRIO

ANIPB ENSAIOS DE TIPO INICIAIS E CONCEPÇÃO DOS PAVIMENTOS DE VIGOTAS. DOCUMENTOS DE APLICAÇÃO SUMÁRIO ENSAIOS DE TIPO INICIAIS E CONCEPÇÃO DOS PAVIMENTOS DE VIGOTAS. DOCUMENTOS DE APLICAÇÃO Manuel Baião ANIPB Seminário sobre Marcação CE das vigotas Coimbra, CTCV, 9 de Dezembro de 2010 ENSAIOS DE TIPO INICIAIS

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM MURO REFORÇADO NO PARQUE DOS PRÍNCIPES, SÃO PAULO SP

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM MURO REFORÇADO NO PARQUE DOS PRÍNCIPES, SÃO PAULO SP UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM MURO REFORÇADO NO PARQUE DOS PRÍNCIPES, SÃO PAULO SP Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Ramalho Comercial Ltda. PERÍODO 1996 Revisado ABRIL 2011

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOWEB COMO REFORÇO DE BASE PARA TRÁFEGO DE EQUIPAMENTOS SOBRE SOLO MOLE SÃO PAULO SP

UTILIZAÇÃO DE GEOWEB COMO REFORÇO DE BASE PARA TRÁFEGO DE EQUIPAMENTOS SOBRE SOLO MOLE SÃO PAULO SP UTILIZAÇÃO DE GEOWEB COMO REFORÇO DE BASE PARA TRÁFEGO DE EQUIPAMENTOS SOBRE SOLO MOLE SÃO PAULO SP Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Ramalho Comercial Ltda. PERÍODO 1998 Revisado

Leia mais

Gestão da Construção. Especificações, medições e regras de medição. Gestão da Construção

Gestão da Construção. Especificações, medições e regras de medição. Gestão da Construção Especificações, medições e regras de medição 2006/2007 PEÇAS DE PROJECTO PEÇAS ESCRITAS Na prática corrente, os elementos de um projecto classificam-se da seguinte forma: Peças escritas; Peças desenhadas.

Leia mais

Soluções Geotécnicas. Engª.. Daniele Martin Ojea Depto. Técnico Maccaferri do Brasil

Soluções Geotécnicas. Engª.. Daniele Martin Ojea Depto. Técnico Maccaferri do Brasil Soluções Geotécnicas Engª.. Daniele Martin Ojea Depto. Técnico Maccaferri do Brasil Mais de centro e trinta anos de história transformados em tradição... Proteção de margem no Rio Reno 1894 1971 Maccaferri

Leia mais

Construction. Peças em fibras de carbono para reforço estrutural ao corte. Descrição do produto

Construction. Peças em fibras de carbono para reforço estrutural ao corte. Descrição do produto Ficha de Produto Edição de Maio de 2011 Nº de identificação: 04.002 Versão nº 1 Sika CarboShear L Peças em fibras de carbono para reforço estrutural ao corte Construction Descrição do produto Utilizações

Leia mais

Índice. Página. 1.1. Redes de Segurança... 2 1.2. Guarda-corpos... 4 1.3. Andaimes metálicos... 4 1.4. Bailéus... 5

Índice. Página. 1.1. Redes de Segurança... 2 1.2. Guarda-corpos... 4 1.3. Andaimes metálicos... 4 1.4. Bailéus... 5 !""#$!""%&'( Índice Página 1.1. Redes de Segurança... 2 1.2. Guarda-corpos..... 4 1.3. Andaimes metálicos...... 4 1.4. Bailéus........ 5 EPC 1/6 EQUIPAMENTOS DE PROTECÇÃO COLECTIVA (texto provisório) 1.1

Leia mais

Soluções para Alvenaria

Soluções para Alvenaria Aços Longos Soluções para Alvenaria BelgoFix Tela BelgoRevest Produtos Murfor BelgoFix Telas Soldadas Galvanizadas para Alvenaria BelgoFix são telas soldadas produzidas com fio de 1,65 mm de diâmetro e

Leia mais

Ensaios de Pressão em Colectores de Águas Residuais Domésticas Especificação Técnica

Ensaios de Pressão em Colectores de Águas Residuais Domésticas Especificação Técnica 1. ÂMBITO Esta especificação diz respeito à instalação de tubagem e realização de ensaios em redes de colectores nos sistemas de drenagem de águas residuais domésticas. Tem por objectivo garantir a boa

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: PONTE MISTA DE 18,00M DE COMPRIMENTO E 4,20M DE LARGURA

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: PONTE MISTA DE 18,00M DE COMPRIMENTO E 4,20M DE LARGURA MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: PONTE MISTA DE 18,00M DE COMPRIMENTO E 4,20M DE LARGURA LOCAL: PONTE DOS CÓRREGOS. OBJETIVO: O Objetivo principal deste Memorial é demonstrar e descrever todas e quaisquer informações

Leia mais

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

REVESTIMENTO DEFACHADA. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I REVESTIMENTO DEFACHADA Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I FUNÇÕES DO REVESTIMENTO DE FACHADA Estanqueida de Estética CONDIÇÕES DE INÍCIO

Leia mais

- Pisos e revestimentos Industriais (pinturas especiais, autonivelantes, uretânicas, vernizes...);

- Pisos e revestimentos Industriais (pinturas especiais, autonivelantes, uretânicas, vernizes...); A TECNIKA iniciou suas atividades em meados de 2003, impulsionada pela demanda do mercado, sempre preocupada em buscar e oferecer soluções técnicas inovadoras, tendo como focos principais as áreas de impermeabilização

Leia mais

Capítulo 6 CAP 5 OBRAS DE TERRA - ENGª KÁRITA ALVES

Capítulo 6 CAP 5 OBRAS DE TERRA - ENGª KÁRITA ALVES Capítulo 6 SOLOS REFORÇADOS - EXECUÇÃO 6. Solo reforçado Com o aumento das alturas de escavação, os custos com estruturas de contenção tradicionais de concreto aumentam consideravelmente. Assim, as soluções

Leia mais

Estudo da Aplicação de Geogrelha em Muro Reforçado: análise de caso

Estudo da Aplicação de Geogrelha em Muro Reforçado: análise de caso Estudo da Aplicação de Geogrelha em Muro Reforçado: análise de caso Carlos Alberto Ortiz Hadlich - Instituto Mauá de Tecnologia Engenheiro Civil formado pelo Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia

Leia mais

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética

Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética REVESTIMENTO DE FACHADA Principais funções de um revestimento de fachada: Estanqueidade Estética Documentos de referência para a execução do serviço: Projeto arquitetônico Projeto de esquadrias NR 18 20

Leia mais

ANEXO I CONVITE N 001/2008-ER02/RJ. Caderno de Encargos de Infra-estrutura para Implantação de Estação Remota de Radiomonitoragem - ERM

ANEXO I CONVITE N 001/2008-ER02/RJ. Caderno de Encargos de Infra-estrutura para Implantação de Estação Remota de Radiomonitoragem - ERM ANEXO I CONVITE N 001/2008-ER02/RJ Caderno de Encargos de Infra-estrutura para Implantação de Estação Remota de Radiomonitoragem - ERM 1.Serviços Preliminares 1.1.Acesso CIDADE: CAMPOS/RJ O local onde

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA CALÇAMENTO - PAVIMENTAÇÃO COM PEDRAS IRREGULARES NO PERIMETRO URBANO DE SÃO JOSE DO INHACORA

MEMORIAL DESCRITIVO OBRA CALÇAMENTO - PAVIMENTAÇÃO COM PEDRAS IRREGULARES NO PERIMETRO URBANO DE SÃO JOSE DO INHACORA estado do rio grande do sul PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO INHACORÁ MEMORIAL DESCRITIVO OBRA CALÇAMENTO - PAVIMENTAÇÃO COM PEDRAS IRREGULARES NO PERIMETRO URBANO DE SÃO JOSE DO INHACORA COORDENADAS:

Leia mais

Parede de Garrafa Pet

Parede de Garrafa Pet CONCEITO As paredes feitas com garrafas pet são uma possibilidade de gerar casas pré fabricadas através da reciclagem e é uma solução barata e sustentável. As garrafas pet são utilizadas no lugar dos tijolos

Leia mais

ANEXO I. Caderno de Encargos de Infra-estrutura para Implantação de Estação Remota de Radiomonitoragem - ERM

ANEXO I. Caderno de Encargos de Infra-estrutura para Implantação de Estação Remota de Radiomonitoragem - ERM ANEXO I Caderno de Encargos de Infra-estrutura para Implantação de Estação Remota de Radiomonitoragem - ERM CIDADE: VOTORANTIM/SP 1. Serviços Preliminares 1.1. Acesso Existe estrada de acesso ao local

Leia mais

Posto de transformação compacto de manobra interior MT/BT até 1000 kva - 24/36 KV KIOBLOC. índice. apresentação 2. características 3.

Posto de transformação compacto de manobra interior MT/BT até 1000 kva - 24/36 KV KIOBLOC. índice. apresentação 2. características 3. Posto de transformação compacto de manobra interior MT/BT até 1000 kva - 24/36 KV KIOBLOC índice apresentação 2 características 3 componentes 4 instalação 5 gama 6 escolha 8 planos 10 MERLIN GERIN 3 apresentação

Leia mais

Soluções em Lajes Alveolares

Soluções em Lajes Alveolares Soluções em Lajes Alveolares Oferecer Soluções Inovadoras e bom atendimento é o nosso compromisso Presente no mercado da construção civil desde de 1977, o Grupo Sistrel vem conquistando o mercado brasileiro

Leia mais

EMPRESA MISSÃO VISÃO VALORES

EMPRESA MISSÃO VISÃO VALORES EMPRESA A Axxio Pisos Elevados é fruto do compromisso permanente com a satisfação de seus clientes e com a inovação, com o intuito de que todos os serviços sejam cada vez mais ágeis e seguros. Para isso

Leia mais

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DOS MATERIAIS SETOR DE MATERIAIS

DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DOS MATERIAIS SETOR DE MATERIAIS UFBA-ESCOLA POLITÉCNICA-DCTM DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DOS MATERIAIS SETOR DE MATERIAIS ROTEIRO DE AULAS CONCRETO FRESCO Unidade III Prof. Adailton de O. Gomes CONCRETO FRESCO Conhecer o comportamento

Leia mais

TUBOS DE BETÃO ARMADO COM ALMA DE AÇO

TUBOS DE BETÃO ARMADO COM ALMA DE AÇO TUBOS DE BETÃO ARMADO COM ALMA DE AÇO 1. Materiais: 1.1. Cimento O tipo de cimento utilizado é o denominado de Portland, do tipo CEM II/A-L 42,5R GR. Nos casos em que a percentagem de sulfatos, expresso

Leia mais

DRENAGEM DO PAVIMENTO. Prof. Ricardo Melo 1. INTRODUÇÃO 2. TIPOS DE DISPOSITIVOS SEÇÃO TRANSVERSAL DE UM PAVIMENTO

DRENAGEM DO PAVIMENTO. Prof. Ricardo Melo 1. INTRODUÇÃO 2. TIPOS DE DISPOSITIVOS SEÇÃO TRANSVERSAL DE UM PAVIMENTO UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Departamento de Engenharia Civil e Ambiental Disciplina: Estradas e Transportes II Laboratório de Geotecnia e Pavimentação SEÇÃO TRANSVERSAL DE UM PAVIMENTO DRENAGEM DO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ÂNGELO MEMORIAL DESCRITIVO Obra: Reforma muro lateral, calçadas e cercas E. M. E. F. Marcelino José Bento Champagnat GENERALIDADES Execução por empreitada global O presente

Leia mais

Gabiões Belgo. Informe Técnico

Gabiões Belgo. Informe Técnico Gabiões Belgo Informe Técnico 1 2 Índice Gabiões Belgo 8 Gabiões tipo caixa 8 Gabiões tipo colchão 10 Gabiões tipo saco 12 Gabiões para proteção de encosta 14 Diferenciais das obras em gabiões 16 Estruturas

Leia mais

UNIVERSIDADE MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL PARECER DE GEOTECNIA

UNIVERSIDADE MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL PARECER DE GEOTECNIA UNIVERSIDADE MUNICIPAL DE SÃO CAETANO DO SUL PARECER DE GEOTECNIA Rua Macéio, s/n Bairro Barcelona São Caetano do Sul /SP PAR 15026 Março/2015 Revisão 0 CPOI Engenharia e Projetos Ltda Índice 1. INTRODUÇÃO...3

Leia mais

2.1. Considerações Gerais de Lajes Empregadas em Estruturas de Aço

2.1. Considerações Gerais de Lajes Empregadas em Estruturas de Aço 23 2. Sistemas de Lajes 2.1. Considerações Gerais de Lajes Empregadas em Estruturas de Aço Neste capítulo são apresentados os tipos mais comuns de sistemas de lajes utilizadas na construção civil. 2.1.1.

Leia mais

ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO ARQUITETÔNICO

ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO ARQUITETÔNICO ANEXO XII - MEMORIAL DESCRITIVO DO PROJETO ARQUITETÔNICO 5.1. Introdução O presente memorial trata da reformulação das condições de acesso e configuração geral do atracadouro de barcas junto à Usina do

Leia mais

ETICS, REBOCO REDE DE FIBRA DE VIDRO - CAPOTTO/ETICS - ETAG 004 REDE DE REBOCO/ GESSO REDE DE PINTURA VÉU DE NOIVA. www.odem.pt_41

ETICS, REBOCO REDE DE FIBRA DE VIDRO - CAPOTTO/ETICS - ETAG 004 REDE DE REBOCO/ GESSO REDE DE PINTURA VÉU DE NOIVA. www.odem.pt_41 REDE DE FIBRA DE VIDRO - CAPOTTO/ETICS - ETAG 004 150EU160 Material: alcalino-resistente malha de fibra de vidro Aplicabilidade: Sistema de isolamento térmico externo e reforço interno de reboco e revestimentos.

Leia mais

GENERALIDADES SOBRE PAVIMENTOS

GENERALIDADES SOBRE PAVIMENTOS GENERALIDADES SOBRE PAVIMENTOS Pavimento x outras obras civis Edifícios: Área de terreno pequena, investimento por m 2 grande FS à ruptura grande Clima interfere muito pouco no comportamento estrutural

Leia mais

Alternativa de faceamento para contenções em solo reforçado com geossintéticos composto por tela metálica e brita

Alternativa de faceamento para contenções em solo reforçado com geossintéticos composto por tela metálica e brita Alternativa de faceamento para contenções em solo reforçado com geossintéticos composto por tela metálica e brita José Orlando Avesani Neto Geo Soluções, avesani.neto@geosolucoes.com Eduardo Menani Hayashida

Leia mais

Blocos e Alicerces CONCEITO

Blocos e Alicerces CONCEITO CONCEITO Os blocos são elementos estruturais de grande rigidez que são ligados pelas vigas baldrame. Sua profundidade varia de 0,5 a 1 metro. São utilizados quando há atuação de pequenas cargas, como em

Leia mais

TEC 159 TECNOLOGIA DAS CONSTRUÇÕES I

TEC 159 TECNOLOGIA DAS CONSTRUÇÕES I TEC 159 TECNOLOGIA DAS CONSTRUÇÕES I Aula 9 Fundações Parte 1 Cristóvão C. C. Cordeiro O que são? São elementos estruturais cuja função é a transferência de cargas da estrutura para a camada resistente

Leia mais

Figura 4.4 Exemplo de escoramento com atirantamento.

Figura 4.4 Exemplo de escoramento com atirantamento. Figura 4.4 Exemplo de escoramento com atirantamento. 36 37 Figura 4.5 Exemplo da seqüência executiva de tirantes. Figura 4.6 Sistema de atirantamento por rosqueamento 38 Figura 4.7 Execução da perfuração.

Leia mais

PISOS ELEVADOS. Pisos Elevados

PISOS ELEVADOS. Pisos Elevados 1 Sistema de Piso Elevado DataFloor Durabilidade e flexibilidade Branco Mesclado O sistema de piso elevado DataFloor foi desenvolvido para proporcionar máxima flexibilidade no uso do espaço em ambientes

Leia mais

Catálogo de Produtos

Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos Catálogo Online HUESKER Versão 07/14 Liderança e inovação em engenharia com geossintéticos. Fornecemos as melhores soluções com geossintéticos para diversas aplicações. 150 anos de

Leia mais

ANEXO I - MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO I - MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO I - MEMORIAL DESCRITIVO RAMPA NAÚTICA DE ARAGARÇAS-GO O presente memorial descritivo tem por objetivo fixar normas específicas para CONSTRUÇÃO DE UMA RAMPA NAÚTICA - RIO ARAGUAIA, em área de 3.851,89

Leia mais

SEGURANÇA NA MONTAGEM DE ANDAIMES E ESCORAMENTOS IV JORNADAS TÉCNICAS DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO DA ESCOLA PROFISSIONAL DE AVEIRO.

SEGURANÇA NA MONTAGEM DE ANDAIMES E ESCORAMENTOS IV JORNADAS TÉCNICAS DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO DA ESCOLA PROFISSIONAL DE AVEIRO. SEGURANÇA NA MONTAGEM DE ANDAIMES E ESCORAMENTOS IV JORNADAS TÉCNICAS DE SEGURANÇA E HIGIENE DO TRABALHO DA ESCOLA PROFISSIONAL DE AVEIRO. ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 1.1 HISTÓRIA 1.2 ORGANIGRAMA

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ALMIRANTE TAMANDARÉ DO SUL MEMORIAL DESCRITIVO

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE ALMIRANTE TAMANDARÉ DO SUL MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO OBRA: CALÇAMENTO COM PEDRAS DE BASALTO IRREGULAR ÁREA: 4.990,99m² - CONTRATO 1016190.50 LOCAL: Rua Andina M. de Quadros, Dosalina M. de Quadros e Manoel Ferreira da Silva no Bairro

Leia mais

PROTEÇÃO DE MARGENS NO PORTO DE SÃO FRANCISCO DO SUL COM USO DE GEOTÊXTIL BIDIM

PROTEÇÃO DE MARGENS NO PORTO DE SÃO FRANCISCO DO SUL COM USO DE GEOTÊXTIL BIDIM PROTEÇÃO DE MARGENS NO PORTO DE SÃO FRANCISCO DO SUL COM USO DE GEOTÊXTIL BIDIM Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Luciano A. Schmitt JANEIRO 1993 Revisado JANEIRO 011- Departamento

Leia mais

Mecânica de Solos Prof. Fabio Tonin

Mecânica de Solos Prof. Fabio Tonin Compactação dos Solos Mecânica de Solos Prof. Fabio Tonin Compactação É o processo mecânico de aplicação de forças externas, destinadas a reduzir o volume dos vazios do solo, até atingir a massa específica

Leia mais

Sistemas contra a queda de rochas. Necessidades e Soluções

Sistemas contra a queda de rochas. Necessidades e Soluções Sistemas contra a queda de rochas Necessidades e Soluções 02 Obras contra a queda de rochas Problemas e Soluções Problema geral Tipologia específica do problema Sistema de soluções Soluções específicas

Leia mais

Armazenagem temporária Investimento em eficiência

Armazenagem temporária Investimento em eficiência Armazenagem temporária Investimento em eficiência Por que utilizar a armazenagem temporária? Características e Benefícios A melhor relação Custo-Benefício O de armazenagem temporária de grãos Temp Stor

Leia mais

MÉTODO/TÉCNICA CONSTRUTIVA

MÉTODO/TÉCNICA CONSTRUTIVA CONCEITO É uma estaca de pequeno diâmetro concretada in loco, cuja perfuração é realizada por rotação ou roto-percussão (no caso de rochas), em direção vertical ou inclinada. Utilizada para reforço de

Leia mais

Análise comparativa de custos para diferentes alternativas de estruturas de contenção

Análise comparativa de custos para diferentes alternativas de estruturas de contenção Análise comparativa de custos para diferentes alternativas de estruturas de contenção Rafael Ribeiro Plácido IP, São Paulo, Brasil, rplacido@ipt.br helma Sumie Maggi Marisa Kamiji IP, São Paulo, Brasil,

Leia mais

DE TRABALHO E SEGURANÇA

DE TRABALHO E SEGURANÇA PT ÍNDICE PG PG 02 TORRES DE ESCORAMENTO 12 ANDAIMES MULTIDIRECIONAL 04 ESTRUTURAS ESPECIAIS DE ENGENHARIA CONTRAFORTES DE COFRAGEM 13 EUROPEU DE FACHADA 05 COFRAGEM TREPANTE 14 SISTEMAS DE COFRAGEM VERTICAL

Leia mais

guia de instalação cisterna vertical

guia de instalação cisterna vertical guia de instalação cisterna vertical FORTLEV CARACTERÍSTICAS FUNÇÃO Armazenar água pluvial ou água potável à temperatura ambiente. APLICAÇÃO Residências, instalações comerciais, fazendas, escolas ou qualquer

Leia mais

14.02 - DRENAGEM CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS

14.02 - DRENAGEM CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS 14.02 - DRENAGEM CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS Aplicam-se a todos os materiais as disposições constantes do capítulo 14.00 deste caderno de encargos, nomeadamente 14.00.1, 14.00.2, 14.00.3 e 14.00.4 e

Leia mais

PISOS EM CONCRETO ARMADO

PISOS EM CONCRETO ARMADO PISOS EM CONCRETO ARMADO CONCEITOS BÁSICOS Pisos armados são estruturas constituídas por placas de concreto, armadura em telas soldadas posicionada a 1/3 da face superior, por juntas com barras de transferência,

Leia mais

CONSTRUÇÕES II MADEIRA PISOS DE MADEIRA PISOS DE MADEIRA. São planos horizontais que suportam cargas. VARIÁVEIS e PERMANENTES.

CONSTRUÇÕES II MADEIRA PISOS DE MADEIRA PISOS DE MADEIRA. São planos horizontais que suportam cargas. VARIÁVEIS e PERMANENTES. CONSTRUÇÕES II MADEIRA PISOS DE MADEIRA PISOS DE MADEIRA São planos horizontais que suportam cargas VARIÁVEIS e PERMANENTES. 1 CARGAS NBR 6120 PERMANENTES (g) Peso próprio da estrutura Peso dos elementos

Leia mais

TÓPICOS ESPECIAIS DE CONCRETO ARMADO Muros de arrimo

TÓPICOS ESPECIAIS DE CONCRETO ARMADO Muros de arrimo TÓPICOS ESPECIAIS DE CONCRETO ARMADO Muros de arrimo Rodrigo Gustavo Delalibera Engenheiro Civil - Doutor em Engenharia de Estruturas dellacivil@yahoo.com.br Dimensionamento de estruturas especiais de

Leia mais

CARROS DE APOIO À INDUSTRIA

CARROS DE APOIO À INDUSTRIA Carros de Mão Carros Ligeiros com Carros para Cargas Médias/Elevadas Carros Armário com e sem Prateleiras Carros com Banca de Trabalho Carros de Apoio à Industria Carros de Reboque Carros para Escritóio

Leia mais