DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 11 EDIÇÃO 1 ABRIL DE 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 11 EDIÇÃO 1 ABRIL DE 2014"

Transcrição

1 DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 11 EDIÇÃO 1 ABRIL DE 2014 RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS COMO LÍDER EM NOMES DE DOMÍNIO, A VERISIGN ANALISA O ESTADO DO SETOR DE NOMES DE DOMÍNIO POR MEIO DE VÁRIAS PESQUISAS ANALÍTICAS E ESTATÍSTICAS. A VERISIGN OFERECE ESSE DOSSIÊ PARA DESTACAR AS PRINCIPAIS TENDÊNCIAS EM REGISTRO DE NOMES DE DOMÍNIO, ALÉM DE IMPORTANTES INDICADORES DE DESEMPENHO E OPORTUNIDADES DE CRESCIMENTO PARA ANALISTAS DO SETOR, IMPRENSA E EMPRESAS.

2 RESUMO EXECUTIVO O quarto trimestre de 2013 foi encerrado com uma base de 271 milhões de registros de nomes de domínio em todos os domínios de primeiro nível (TLDs), um aumento de 5 milhões de nomes de domínio, ou 1,9% sobre o terceiro trimestre de Os registros aumentaram 18,5 milhões, ou 7,3% no último ano. 1 A base de domínios de primeiro nível com código de país (cctlds) foi de 123,5 milhões de nomes de domínio, um aumento de 3,3% em relação ao trimestre anterior, e um aumento de 12,1% em relação ao ano anterior. Os TLDs.com e.net tiveram um crescimento agregado, alcançando um total conjunto de aproximadamente 127,2 milhões de nomes de domínio na zona corrigida no quarto trimestre de Isso representa um aumento de 5% em relação ao ano anterior. Em 31 de dezembro de 2013, a base de nomes registrados no.com chegou a 112 milhões de nomes, enquanto o.net chegou a 15,2 milhões de nomes. Novos registros.com e.net alcançaram um total de 8,2 milhões durante o quarto trimestre de No quarto trimestre de 2012, novos registros.com e.net alcançaram um total de 8,0 milhões. A ordem dos TLDs em termos de tamanho da zona não mudou comparado com o terceiro trimestre; todos os TLDs entre os 10 principais mantiveram sua posição no ranking. Os maiores TLDs em ordem por tamanho da zona foram:.com,.tk (Toquelau),.de (Alemanha),.net,.uk (Reino Unido),.org,.cn (China),.info,.ru (Federação Russa) e.nl (Países Baixos) MILHÕES Nomes de domínio da Internet No fim do quarto trimestre de 2013, 73 novos gtlds foram delegados para a raiz. 3 MAIORES TLDs POR TAMANHO DA ZONA Fonte: Zooknic, dezembro de 2013; Verisign, dezembro de Os dados gtld e cctld citados neste relatório são estimativas válidas até a data deste relatório, sujeitas a alterações de acordo com o recebimento de mais dados. O total inclui nomes de domínio internacionalizados cctld. 2. tk é um cctld gratuito que oferece nomes de domínio gratuitos para indivíduos e empresas. A receita é gerada ao monetizar os nomes de domínios expirados. Os nomes de domínio que não são mais usados pelo solicitante do registro ou que tenham expirado são pegos de volta pelo registro, e o tráfego residual é vendido para redes de anúncios. 3 O número de novos gtlds delegados é publicado pela ICANN. 2

3 CLASSIFICAÇÃO DOS cctlds POR TAMANHO DE ZONA O total de registros de cctld foi de aproximadamente 123,5 milhões no quarto trimestre de 2013 com a inclusão de 3,9 milhões de nomes de domínio, ou um aumento de 3,3% comparado com o terceiro trimestre. Isso representa um aumento de aproximadamente 13,3 milhões de nomes de domínio, ou 12,1% sobre o ano anterior. Dentre os 20 maiores cctlds, dois ultrapassaram um crescimento trimestre a trimestre de 4%: China e Toquelau. Isso marca quatro trimestres seguidos em que a China (21,1%) e Toquelau (7,1%) ultrapassaram um crescimento de 4%. Em 31 de dezembro de 2013, havia mais de 283 extensões cctld em todo o mundo delegados para a raiz (inclusive os nomes de domínio internacionalizados), com os 10 principais cctlds, que representam 65,6% de todos os registros de cctld ,5 MILHÕES aumento de 3,3% de cctlds de um trimestre a outro Classificação do cctld Fonte: Zooknic, dezembro de 2013 Para mais informações sobre o dossiê sobre a indústria de domínios na Internet, consulte a última página do relatório. Há cerca de 2,5 BILHÕES de usuários da Internet no mundo todo 5 A China possui o maior número de usuários da Internet do mundo, com MILHÕES Os EUA possuem o segundo maior número de usuários da Internet do mundo, com MILHÕES 4 O número de extensões cctld citadas neste relatório é publicado pela IANA. 5 O número de usuários da Internet no mundo todo é publicado pela We Are Social: 6 A CNNIC divulgou o 33º relatório estatístico sobre o desenvolvimento da Internet na China: 7 O número de usuários da Internet nos EUA foi publicado pela Harvard Business Review: 3

4 QUANTOS NOMES DE DOMÍNIO PODEM EXISTIR? ESTÃO ACABANDO? Não, o número de nomes de domínio de segundo nível possíveis em qualquer TLD é um número extremamente alto mais de (1 seguido por 98 zeros). Desde que os nomes de domínio se tornaram disponíveis para registro há quase 30 anos, nenhum TLD teve uma pequena fração do número total de nomes de domínio possíveis registrados, nem mesmo o.com o maior TLD, com 112 milhões. Para ajudar a colocar em perspectiva o número total de TLDs disponíveis, atualmente há 2,5 bilhões de usuários da Internet no mundo todo. Se cada usuário registrasse um nome de domínio por segundo durante 30 milhões de anos, eles registrariam um total de 2,4 setilhões de nomes de domínio (2,4 seguido por 24 zeros). E isso é menos que um bilhonésimo de bilhonésimo de um por cento! Portanto, é extremamente remota a ideia de que os nomes de domínio acabem. A tabela abaixo mostra o número total de nomes de domínio.com possíveis, o número de nomes registrados no.com e o número de nomes disponíveis para registro em.com. Exemplo: disponibilidade do.com em 31 de dez. de 2013 Comprimento do nome de domínio.com Número total de possíveis nomes de domínio.com Número de nomes registrados no.com Número de nomes disponíveis para registro no.com ,6 quintilhões 8,6 milhões mais de 230,5 quintilhões 12 6,2 quintilhões 8,9 milhões mais de 6,1 quintilhões ,4 quadrilhões 9,0 milhões mais de 168,3 quadrilhões 10 4,6 quadrilhões 8,7 milhões mais de 4,5 quadrilhões 9 123,0 trilhões 7,9 milhões mais de 122,9 trilhões 8 3,3 trilhões 6,9 milhões mais de 3,2 trilhões 7 89,9 bilhões 5,8 milhões mais de 89,8 bilhões 6 2,4 bilhões 5,2 milhões mais de 2,3 bilhões 5 65,6 milhões 3,1 milhões mais de 62,4 milhões 4 1,8 milhões 928,5 mil mais de 845,6 mil 4

5 CARGA DE CONSULTAS AO DNS Durante o quarto trimestre de 2013, a média de consultas diárias ao sistema de nomes de domínio (DNS) da Verisign foi de 82 bilhões, em todos os TLDs operados pela Verisign, com um pico de 100 bilhões. Comparado com o trimestre Consultas ao DNS por trimestre T T anterior, a média diária aumentou 0,9% e o valor de pico diminuiu 5,5%. Ano a ano, a média diária aumentou 6,4% e o valor de pico diminuiu 19,2%. ARTIGO EM DESTAQUE INTERRUPÇÕES DO DNS: OS DESAFIOS DE OPERAR UMA INFRAESTRUTURA CRÍTICA Ataques recentes que tinham como alvo sites de empresas criaram um alerta sobre como o DNS é essencial para a confiabilidade dos serviços de Internet e o impacto potencialmente catastrófico de uma interrupção do DNS. O DNS, formado por um sistema complexo de servidores raiz e servidores de nomes de nível mais baixo, transforma nomes de domínio de fácil uso em endereços IP numéricos. Com poucas exceções, o DNS fica em uma área escura entre as operações de TI e de rede. Com o número crescente de ataques distribuídos de negação de serviço (DDoS), as ameaças avançadas persistentes (APTs) e a exploração dos erros do usuário por meio de técnicas como typosquatting e phishing, as empresas não podem mais assumir uma posição passiva no gerenciamento de sua infraestrutura de Internet de DNS. Consequências das interrupções do DNS Com uma média de 82 bilhões de consultas diárias ao DNS na Verisign durante o quarto trimestre (e um pico de 100 bilhões no quarto trimestre de 2013), é essencial que os serviços de Internet estejam em operação de maneira contínua. Sem dúvidas, os custos e requisitos para manter em operação uma infraestrutura crítica de Internet nesse nível de desempenho são altos. No entanto, se as operações do DNS fossem interrompidas de maneira significativa por um longo período, os potenciais resultados devastadores para as empresas que estão na Internet poderiam incluir os seguintes: Perda de receita Impacto no fluxo de caixa Diminuição da produtividade Danos à reputação e à imagem Penalidades de conformidade e/ou relatórios Penalidades e perda de descontos Impacto nos clientes e nos parceiros estratégicos Diminuição da vantagem competitiva Ética dos empregados e confiança dos empregados na TI 5

6 Fique à frente das ameaças da Internet e evite interrupções Com os resultados tão prejudiciais que acometem as empresas que passam por interrupções do DNS, nunca foi tão urgente contar com algumas redundâncias integradas à infraestrutura de Internet desenvolvida para ajudar a evitar que isso aconteça. Por exemplo, o DNSSEC foi implementado nas zonas.com e.net para ajudar a assegurar que os dados recebidos das solicitações na Internet sejam provenientes da fonte declarada e não tenham sido modificados no caminho por agentes maliciosos. Além disso, a Verisign tem servido de meio para promover os protocolos de DNS para segurança e eficiência. Por exemplo: a empresa trabalhou para melhorar o protocolo de autenticação baseada em DNS de entidades nomeadas (DANE), que se baseia na infraestrutura de DNSSEC para habilitar as comunicações seguras do ponto de vista criptográfico. Essa técnica pode ser usada para trocar credenciais criptográficas, como s assinados e criptografados de maneira mais geral entre os usuários da Internet ou que se conectam a sites da Internet, com maior garantia de que o destino ao qual chegarão é autêntico e que as transações serão seguras. Planejamento para o futuro Ao olhar adiante, a Verisign acredita que o foco deve ser evoluir para atender à demanda dos clientes e parceiros, além de lidar com os variados desafios associados à disponibilidade da infraestrutura 24 horas por dia, sete dias por semana. Conforme discutido acima, a combinação de uma plataforma segura e confiável com uma capacidade significativa tem o intuito de proporcionar uma base para novas aplicações e serviços preparados para o crescimento no futuro próximo, com avanços na computação em nuvem, big data, mobilidade e a "Internet das coisas". O aumento na adoção dessas novas aplicações e serviços elevarão o padrão dos requisitos de infraestrutura para oferecer serviços seguros e disponíveis. Requisitos para operar um TLD É essencial que a infraestrutura seja potente e flexível o suficiente para permitir que as empresas fiquem à frente dos ataques na Internet. Sem uma base sólida, as empresas não podem esperar uma prevenção eficaz contra os ataques futuros, pois gastam muito tempo para controlar os danos das invasões existentes. A Verisign reconheceu essa necessidade e desenvolveu uma infraestrutura sofisticada desde o início para apoiar o.com e.net e resolver demandas complexas, múltiplas, de alto volume e em tempo real. Essa infraestrutura inclui diversificar hardware comercial e modificado, sistemas operacionais, aplicativos middleware e personalizados, fornecedores de energia e operadores de rede, além de inúmeras outras proteções. A grande escala ajuda a assegurar um desempenho global e a integridade dos dados a qualquer momento e suporta atualizações em tempo real, à medida que novos nomes de domínio são acrescentados em mais de 75 servidores de nomes autorizados em todo o mundo, bem como a operação das raízes A e J, dois dos 13 servidores raiz que suportam operações de DNS para todos os domínios da Internet. 6

7 SAIBA MAIS Para assinar ou acessar os arquivos que contêm o dossiê sobre a indústria de domínios na internet, acesse VerisignInc.com/DNIB. Envie suas perguntas ou comentários para o SOBRE A VERISIGN Como líder mundial em nomes de domínio, a Verisign sustenta a navegação invisível que leva as pessoas para onde elas querem estar na Internet. Há mais de 15 anos, a Verisign opera a infraestrutura para uma carteira de domínios de primeiro nível que atualmente inclui.com,.net,.tv,.edu,.gov,.jobs,.name e.cc, além de dois dos 13 servidores raiz de Internet do mundo. O conjunto de produtos da Verisign também inclui o Distributed Denial of Service (DDoS) Protection Services, o idefense Security Intelligence Services e o Managed DNS. Para saber mais sobre o significado de contar com a tecnologia Verisign, acesse VerisignInc.com. METODLOGIA Os dados apresentados neste relatório para cctlds, inclusive métricas de trimestre a trimestre e ano a ano, refletem as informações disponíveis para a Verisign no momento deste relatório e podem incorporar alterações e ajustes aos períodos informados anteriormente, com base em novas informações recebidas desde a data dos relatórios anteriores, para refletir de maneira mais precisa a taxa de crescimento dos cctlds. Além disso, os dados disponíveis para este relatório podem não incluir os dados para as 283 extensões cctld delegadas para a raiz, e incluir apenas os dados disponíveis no momento da preparação deste relatório. Para os dados gtld e cctld citados com o Zooknic como fonte, a análise do Zooknic utiliza a comparação das mudanças no arquivo da zona raiz dos nomes de domínio, complementadas por dados Whois em um modelo estatístico de nomes de domínio que lista a empresa de registro de domínio responsável por um nome de domínio em particular e a localização do solicitante do registro. Os dados têm uma margem de erro com base no tamanho da amostra e do mercado. Os dados cctld são baseados em análises de arquivos de zona raiz. Para obter mais informações, acesse ZookNIC.com. As informações contidas ou acessíveis através deste site não fazem parte deste relatório. O processo acelerado dos IDN cctlds da Corporação da Internet para Atribuição de Nomes de Números permite que os países e territórios que utilizam idiomas com base em scripts diferentes do latim ofereçam aos usuários nomes de domínio com caracteres não latinos. O primeiro trimestre de 2012 foi o primeiro trimestre em que a Verisign fez um relatório sobre esses TLDs delegados para a zona raiz, inclusive a Federação Russa, Tailândia, Jordânia, Territórios Palestinos, Arábia Saudita, Sérvia e Sri Lanka. Ao reconhecer que esse crescimento não ocorreu totalmente no primeiro trimestre de 2012, as alterações em registros de nomes de domínio para cada novo TLD foram separadas no início com o trimestre que as variantes de IDN.IDN foram lançadas, para modelar mais de perto as mudanças no crescimento mundial de nomes de domínio. Após o lançamento inicial, a taxa de crescimento trimestral para os lançamentos anteriores de TLDs foi aplicada para determinar a base de domínio. Esses ajustes resultaram em uma curva de crescimento para cada TLD típica de ciclos de vida de introdução de TLDs históricos. 7

8 EVENTOS DO SETOR Próximos eventos do setor até 30 de junho de 2014 Reunião Multissetorial Global sobre o Futuro da Governança da Internet: 23 e 24 de abril de 2014, São Paulo Dominando a Espanha: 8 a 10 de maio de 2014, Valência, Espanha Congresso de Estratégias de gtld e Marketing Digital da Ásia-Pacífico: 14 e 15 de maio de 2014, Hong Kong T.R.A.F.F.I.C. WEST 2014: 28 a 31 de maio de 2014, Las Vegas ICANN 50: 22 a 26 de junho de 2014, Londres As declarações deste documento que não sejam fatos e informações históricos são consideradas declarações prospectiva,s de acordo com a Seção 27A do Securities Act de1933 alterado, e a Seção 21E do Securities Exchange Act de 1934 alterado. Estas declarações envolvem riscos e incertezas que podem fazer com que nossos resultados reais sejam substancialmente diferentes dos resultados declarados ou implícitos em tais declarações prospectivas.. Os riscos potenciais incluem, entre outros, a incerteza sobre a aprovação, pelo Departamento de Comércio dos EUA, de qualquer exercício do nosso direito de aumentar os preço do nome de domínio.com, em certas circunstâncias, a incerteza sobre nossa capacidade de demonstrar ao Departamento de Comércio dos EUA que as condições do mercado garantem a remoção das restrições de preços em relação aos nomes de domínio.com e a incerteza em relação a outras mudanças negativas em nossos termos de precificação; a falha ao renovar os principais acordos com termos similares, ou simplesmente ao renová-los; a incerteza sobre receitas e lucros futuros e potenciais flutuações nos resultados operacionais trimestrais devido a esses fatores e a restrições ao aumento dos preços, de acordo com o Contrato de Registro do.com, mudanças nas práticas de propaganda e marketing, inclusive os distribuidores autorizados de domínios de terceiros, aumento da concorrência e pressão de preços dos serviços concorrentes, oferecidos com preços mais baixos; alterações nos algoritmos dos mecanismos de busca e práticas de pagamento de anúncios; a incerteza sobre nossos novos produtos e serviços, sem saber se serão aceitos no mercado ou se gerarão receitas; as condições econômicas globais desafiadoras ou outros desafios resultantes de nossas atividades ou das atividades dos distribuidores autorizados de domínios ou solicitantes de registro, ou litígio em geral; a incerteza em relação ao resultado final ou à quantidade de benefícios que receberemos da redução inútil do estoque; leis e regulamentos governamentais novos ou existentes; mudanças no comportamento do consumidor, nas plataformas da Internet e nos padrões de navegação; interrupções do sistema; falhas na segurança; ataques de hackers na Internet;, por vírus ou atos intencionais de vandalismo; dúvida se conseguiremos continuar a ampliar nossa infraestrutura para atender à demanda,; a incerteza dos gastos e momento dos pedidos de indenização, caso haja, relativos a alienações concluídas; e o impacto da introdução de novos gtlds, quaisquer atrasos em sua introdução, o impacto do Acordo de Registro da ICANN para novos gtlds, ou se nossas aplicações de gtld ou as aplicações de gtld do requerente que contratamos para oferecer serviços de registro de back-end serão bem sucedidas; e a incerteza em relação ao impacto, caso haja, da delegação na zona raiz de até novos TLDs. Mais informações sobre os fatores potenciais que possam afetar nossos negócios e resultados financeiros estão nos nossos arquivos na Comissão de Valores Mobiliários (SE C dos EUA), no Relatório Anual da empresa no Formulário 10-K para o exercício findo em 31 de dezembro de 2013 e nos Relatórios Trimestrais no Formulário 10-Q e Relatórios Atuais no Formulário 8-K. A Verisign não se responsabiliza pela atualização de qualquer declaração prospectiva após a data deste comunicado. VerisignInc.com 2014 VeriSign, Inc. Todos os direitos reservados. VERISIGN, o logotipo VERISIGN e outras marcas comerciais, marcas de serviços e designs são marcas comerciais registradas ou não registradas da VeriSign, Inc. e de suas subsidiárias nos Estados Unidos e em outros países. Todas as outras marcas comerciais pertencem a seus respectivos proprietários. Material público da Verisign

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 11 EDIÇÃO 2 AGOSTO DE 2014

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 11 EDIÇÃO 2 AGOSTO DE 2014 DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 11 EDIÇÃO AGOSTO DE 1 RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS COMO LÍDER EM NOMES DE DOMÍNIO E SEGURANÇA NA INTERNET, A VERISIGN ANALISA O ESTADO DO

Leia mais

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 8 EDIÇÃO 4 DEZEMBRO DE 2011 RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 8 EDIÇÃO 4 DEZEMBRO DE 2011 RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 8 EDIÇÃO 4 DEZEMBRO DE 2011 RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS Como operador global de registros para domínios.com e.net, a Verisign monitora a

Leia mais

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 12 EDIÇÃO 1 MARÇO DE 2015

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 12 EDIÇÃO 1 MARÇO DE 2015 DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 2 EDIÇÃO MARÇO DE 5 RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS COMO LÍDER EM NOMES DE DOMÍNIO E SEGURANÇA NA INTERNET, A VERISIGN ANALISA O ESTADO DO SETOR

Leia mais

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 9 - EDIÇÃO 2 - JULHO DE 2012

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 9 - EDIÇÃO 2 - JULHO DE 2012 DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 9 - EDIÇÃO 2 - JULHO DE 2012 RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS Como operador global de registros para domínios.com e.net, a Verisign monitora

Leia mais

Dossiê Sobre. de Domínios na Internet

Dossiê Sobre. de Domínios na Internet Dossiê Sobre a Indústria de Domínios na Internet Volume 7 - Edição 4 - Novembro 21 RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS Como operador global de registros.com e.net, a VeriSign monitora a situação do setor

Leia mais

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 8 - EDIÇÃO 1 FEVEREIRO DE 2011

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 8 - EDIÇÃO 1 FEVEREIRO DE 2011 DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 8 - EDIÇÃO 1 FEVEREIRO DE 2011 RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS Como operador global de registros.com e.net, a Verisign monitora a situação do

Leia mais

RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS. VerisignInc.com

RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS. VerisignInc.com DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 8 EDIÇÃO 3 AGOSTO DE 2011 RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS Como operador global de registros para domínios.com e.net, a VeriSign monitora a situação

Leia mais

Dossiê Sobre a Indústria de Domínios na Internet

Dossiê Sobre a Indústria de Domínios na Internet Dossiê Sobre a Indústria de Domínios na Internet Volume 6 - Edição 2 - Junho de 2009 Relatório da VeriSign sobre Domínios Como operador global de registros.com e.net, a VeriSign monitora a situação do

Leia mais

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 8 EDIÇÃO 2 MAIO DE 2011

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 8 EDIÇÃO 2 MAIO DE 2011 DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 8 EDIÇÃO 2 MAIO DE 2011 RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS COMO OPERADOR GLOBAL DE REGISTROS PARA DOMÍNIOS.COM E.NET, A VERISIGN MONITORA A SITUAÇÃO

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS TENDÊNCIAS DO ATAQUE DISTRIBUÍDO DE NEGAÇÃO DE SERVIÇO DA VERISIGN 1A EDIÇÃO - 1O TRIMESTRE DE 2014

RELATÓRIO SOBRE AS TENDÊNCIAS DO ATAQUE DISTRIBUÍDO DE NEGAÇÃO DE SERVIÇO DA VERISIGN 1A EDIÇÃO - 1O TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO SOBRE AS TENDÊNCIAS DO ATAQUE DISTRIBUÍDO DE NEGAÇÃO DE SERVIÇO DA VERISIGN 1A EDIÇÃO - 1O TRIMESTRE DE 214 RESUMO EXECUTIVO Este relatório contém as observações e conhecimentos derivados de

Leia mais

Dossiê Sobre a Indústria de Domínios na Internet Volume 4 - Edição 3 - Junho de 2007

Dossiê Sobre a Indústria de Domínios na Internet Volume 4 - Edição 3 - Junho de 2007 Dossiê Sobre a Indústria de Domínios na Internet Volume 4 - Edição 3 - Junho de 2007 Relatório da VeriSign Sobre Domínios Como operador global de registros.com e.net, a VeriSign monitora atentamente a

Leia mais

Dossiê Sobre. Domínios na Internet

Dossiê Sobre. Domínios na Internet Dossiê Sobre a Indústria de Domínios na Internet Volume 7 - Edição 1 - Fevereiro de 2010 RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS Como operador global de registros.com e.net, a VeriSign monitora a situação

Leia mais

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 11 EDIÇÃO 4 JANEIRO DE 2015

DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 11 EDIÇÃO 4 JANEIRO DE 2015 DOSSIÊ SOBRE A INDÚSTRIA DE DOMÍNIOS NA INTERNET VOLUME 11 EDIÇÃO JANEIRO DE 015 RELATÓRIO DA VERISIGN SOBRE DOMÍNIOS COMO LÍDER EM NOMES DE DOMÍNIO E SEGURANÇA NA INTERNET, A VERISIGN ANALISA O ESTADO

Leia mais

Perspectivas do E-Commerce Brasileiro

Perspectivas do E-Commerce Brasileiro Perspectivas do E-Commerce Brasileiro Perspectivas do E-Commerce Brasileiro 78 Milhões de usuários de internet no Brasil Tíquete médio de compras pela web em 2011 foi de R$ 350,00 São mais de 3.000 de

Leia mais

Fundamentos do novo gtld Novas extensões de Internet

Fundamentos do novo gtld Novas extensões de Internet Fundamentos do novo gtld Novas extensões de Internet Pauta Visão geral sobre nomes de domínio, cronograma de gtld e o novo programa gtld Por que a ICANN está fazendo isso; impacto potencial desta iniciativa

Leia mais

Anexo F: Ratificação de compromissos

Anexo F: Ratificação de compromissos Anexo F: Ratificação de compromissos 1. Este documento constitui uma Ratificação de compromissos (Ratificação) do Departamento de Comércio dos Estados Unidos ("DOC") e da Corporação da Internet para Atribuição

Leia mais

Conformidade contratual Novo Contrato de Registro 2014 Relatório de Auditoria. Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números

Conformidade contratual Novo Contrato de Registro 2014 Relatório de Auditoria. Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números Conformidade contratual Novo Contrato de Registro Relatório de Auditoria Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números Histórico A missão da equipe de Conformidade Contratual da ICANN é garantir

Leia mais

O site www.grey.com é operado e de propriedade do Grupo Grey.

O site www.grey.com é operado e de propriedade do Grupo Grey. Termos e Condições O site www.grey.com é operado e de propriedade do Grupo Grey. Ao acessar este site, você concorda em cumprir estes termos e condições. Leia atentamente. CASO NÃO CONCORDE EM CUMPRIR

Leia mais

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Parceiros de serviços em nuvem gerenciada Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Implemente a versão mais recente do software da SAP de classe mundial,

Leia mais

Versão preliminar Revisão da implementação do programa

Versão preliminar Revisão da implementação do programa Versão preliminar Revisão da implementação do programa 16 de setembro de 2015 Este relatório, apresentado na forma preliminar para comentário público, tem como objetivo fornecer uma visão geral de alto

Leia mais

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Janeiro 2011 Exclusivamente para empresas de médio porte Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Relatório para o Brasil Panorama global: Pesquisa com 2.112 líderes do mercado de

Leia mais

DOCUMENTO TÉCNICO ESPECIFICAÇÃO DE API DE SINALIZAÇÃO DE NUVEM OPENHYBRID DA VERISIGN. Versão 1.0 Janeiro de 2015. VerisignInc.com

DOCUMENTO TÉCNICO ESPECIFICAÇÃO DE API DE SINALIZAÇÃO DE NUVEM OPENHYBRID DA VERISIGN. Versão 1.0 Janeiro de 2015. VerisignInc.com DOCUMENTO TÉCNICO ESPECIFICAÇÃO DE API DE SINALIZAÇÃO DE NUVEM OPENHYBRID DA VERISIGN Versão 1.0 Janeiro de 2015 VerisignInc.com RESSALVA LEGAL NOTIFICAÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS Copyright 2015 VeriSign,

Leia mais

Introdução. A Internet de Todas as Coisas está pronta para gerar pelo menos US$ 613 bilhões em lucros empresariais mundiais no. ano de 2013.

Introdução. A Internet de Todas as Coisas está pronta para gerar pelo menos US$ 613 bilhões em lucros empresariais mundiais no. ano de 2013. Internet de Todas as Coisas (IoE). 10 principais descobertas da Pesquisa Índice de valor da IoE da Cisco com 7.500 responsáveis pela tomada de decisão em 12 países Joseph Bradley Jeff Loucks Andy Noronha

Leia mais

Planejando uma política de segurança da informação

Planejando uma política de segurança da informação Planejando uma política de segurança da informação Para que se possa planejar uma política de segurança da informação em uma empresa é necessário levantar os Riscos, as Ameaças e as Vulnerabilidades de

Leia mais

Relatório sobre Segurança da Informação nas Empresas RESULTADOS DA AMÉRICA LATINA

Relatório sobre Segurança da Informação nas Empresas RESULTADOS DA AMÉRICA LATINA 2011 Relatório sobre Segurança da Informação nas Empresas RESULTADOS DA AMÉRICA LATINA SUMÁRIO Introdução... 4 Metodologia... 6 Resultado 1: Cibersegurança é importante para os negócios... 8 Resultado

Leia mais

2011 012 Pta e t s e o qui f Mo sa s b o i b lre Sur e a Sivte uyação da Mobilidade

2011 012 Pta e t s e o qui f Mo sa s b o i b lre Sur e a Sivte uyação da Mobilidade 2012 2011 Pesquisa State of Mobile sobre a Survey Situação da Mobilidade Resultados do Brasil Copyright 2012 Symantec Corporation. Todos os direitos reservados. Symantec, o logo Symantec e o logo Checkmark

Leia mais

Tecnologia da Informação UNIDADE 3

Tecnologia da Informação UNIDADE 3 Tecnologia da Informação UNIDADE 3 *Definição * A segurança da informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor que possuem para a organização. *Definição

Leia mais

Tecnologia da Informação UNIDADE 3:Estrutura organizacional de TI

Tecnologia da Informação UNIDADE 3:Estrutura organizacional de TI Tecnologia da Informação UNIDADE 3:Estrutura organizacional de TI * A segurança da informação está relacionada com proteção de um conjunto de dados, no sentido de preservar o valor que possuem para a organização.

Leia mais

EMBRATEL WHITE PAPER

EMBRATEL WHITE PAPER EMBRATEL WHITE PAPER Como evitar que estratégias inovadoras de Negócio sejam prejudicadas pela indisponibilidade de Sistemas na Internet 1. A Origem do Problema Ataques de negação de serviço, comumente

Leia mais

10 Dicas para uma implantação

10 Dicas para uma implantação 10 Dicas para uma implantação de Cloud Computing bem-sucedida. Um guia simples para quem está avaliando mudar para A Computação em Nuvem. Confira 10 dicas de como adotar a Cloud Computing com sucesso.

Leia mais

POLÍTICA GLOBAL DE PRIVACIDADE NA INTERNET

POLÍTICA GLOBAL DE PRIVACIDADE NA INTERNET POLÍTICA GLOBAL DE NA INTERNET A política da PayU Latam é cumprir com todas as leis aplicáveis referentes à proteção de dados e privacidade. Este compromisso reflete o valor que conferimos à conquista

Leia mais

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos

Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Visão geral do Serviço Especificações da oferta Gerenciamento de dispositivos distribuídos: Gerenciamento de ativos Os Serviços de gerenciamento de dispositivos distribuídos ajudam você a controlar ativos

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS TENDÊNCIAS DO ATAQUE DISTRIBUÍDO DE NEGAÇÃO DE SERVIÇO DA VERISIGN 3A EDIÇÃO 3O TRIMESTRE DE 2014

RELATÓRIO SOBRE AS TENDÊNCIAS DO ATAQUE DISTRIBUÍDO DE NEGAÇÃO DE SERVIÇO DA VERISIGN 3A EDIÇÃO 3O TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO SOBRE AS TENDÊNCIAS DO ATAQUE DISTRIBUÍDO DE NEGAÇÃO DE 3A EDIÇÃO 3O TRIMESTRE DE 2014 CONTEÚDO RESUMO EXECUTIVO 3 TENDÊNCIAS E ATAQUE DDoS OBSERVADAS PELA VERISIGN NO T3 DE 2014 4 Mitigações

Leia mais

TE T R E MOS DE E US U O Carteira de Pedidos Atualizado em e 1 7 de d Ag A o g st s o o de d 2 01 0 3

TE T R E MOS DE E US U O Carteira de Pedidos Atualizado em e 1 7 de d Ag A o g st s o o de d 2 01 0 3 TERMOS DE USO Seja bem-vindo ao Carteira de Pedidos. Recomendamos que antes de utilizar os serviços oferecidos pelo Carteira de Pedidos, leia atentamente os Termos de Uso a seguir para ficar ciente de

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza

LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza LOGÍSTICA Professor: Dr. Edwin B. Mitacc Meza edwin@engenharia-puro.com.br www.engenharia-puro.com.br/edwin Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos ... lembrando Uma cadeia de suprimentos consiste em todas

Leia mais

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A.

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. Estudo de Caso Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes um novo serviço, que foi denominado de

Leia mais

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 a computação na nuvem está presente em todos os lugares e está crescendo 72% das empresas

Leia mais

IBM Enterprise Marketing Management. Opções de Nome de Domínio para Email

IBM Enterprise Marketing Management. Opções de Nome de Domínio para Email IBM Enterprise Marketing Management Opções de Nome de Domínio para Email Nota Antes de utilizar estas informações e o produto que elas suportam, leia as informações em Avisos na página 5. Este documento

Leia mais

Código de prática para a gestão da segurança da informação

Código de prática para a gestão da segurança da informação Código de prática para a gestão da segurança da informação Edição e Produção: Fabiano Rabaneda Advogado, professor da Universidade Federal do Mato Grosso. Especializando em Direito Eletrônico e Tecnologia

Leia mais

EXIN Cloud Computing Fundamentos

EXIN Cloud Computing Fundamentos Exame Simulado EXIN Cloud Computing Fundamentos Edição Maio 2013 Copyright 2013 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicado, reproduzido, copiado ou armazenada

Leia mais

CA Protection Suites Proteção Total de Dados

CA Protection Suites Proteção Total de Dados CA Protection Suites Proteção Total de Dados CA. Líder mundial em software para Gestão Integrada de TI. CA Protection Suites Antivírus Anti-spyware Backup Migração de dados Os CA Protection Suites oferecem

Leia mais

Elaboração dos documentos

Elaboração dos documentos Estudo de Caso Área de conhecimento Gerência de Escopo Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE DA DIXCURSOS (ANEXO AOS TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO SITE E CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS)

POLÍTICA DE PRIVACIDADE DA DIXCURSOS (ANEXO AOS TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO SITE E CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS) POLÍTICA DE PRIVACIDADE DA DIXCURSOS (ANEXO AOS TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE USO DO SITE E CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS) 1. A aceitação a esta Política de Privacidade se dará com o clique no botão Eu aceito

Leia mais

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Rafael D. Ribeiro, M.Sc,PMP. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br @ribeirord Pesquisa e Propagação do conhecimento: Através da Web, é possível

Leia mais

Estudo de caso. Varejo/Atacado Força de vendas Estudo de caso comercial

Estudo de caso. Varejo/Atacado Força de vendas Estudo de caso comercial Estudo de caso Representantes de vendas da Diarco otimizam o sistema de pedidos em mais de 50.000 lojas em todo o país com a Mobile Empresa: Diarco é a principal empresa de comércio atacadista de auto-atendimento

Leia mais

Scitum reduz em 50% o tempo de produção de relatórios com CA Business Service Insight

Scitum reduz em 50% o tempo de produção de relatórios com CA Business Service Insight CUSTOMER SUCCESS STORY Scitum reduz em 50% o tempo de produção de relatórios com CA Business Service Insight PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços de TI Empresa: Scitum Funcionários: 450+ EMPRESA Empresa

Leia mais

Amway - Política de privacidade

Amway - Política de privacidade Amway - Política de privacidade Esta Política de Privacidade descreve como a Amway Brasil e determinadas filiadas, inclusive a Amway América Latina (conjuntamente Amway ) utilizam dados pessoais coletados

Leia mais

PESQUISA SOBRE CUSTO E GESTÃO DA INFORMAÇÃO

PESQUISA SOBRE CUSTO E GESTÃO DA INFORMAÇÃO PESQUISA SOBRE CUSTO E GESTÃO DA INFORMAÇÃO Resultados da América Latina 2012 SUMÁRIO 3 METODOLOGIA 4 INTRODUÇÃO 5 AS 7 SÃO 9 NÃO 11 RECOMENDAÇÕES INFORMAÇÕES ESTÃO AUMENTANDO VERTIGINOSAMENTE... E ELAS

Leia mais

Resolução de nomes. Professor Leonardo Larback

Resolução de nomes. Professor Leonardo Larback Resolução de nomes Professor Leonardo Larback Resolução de nomes A comunicação entre os computadores e demais equipamentos em uma rede TCP/IP é feita através dos respectivos endereços IP. Entretanto, não

Leia mais

Política de Privacidade

Política de Privacidade Política de Privacidade Sua Privacidade Bem-vindo ao site eureca.me. Este site é de propriedade da empresa Eureca Atitude Empreendedora LTDA-ME. Esta Política de Privacidade destina-se a informá-lo sobre

Leia mais

O que significa esta sigla?

O que significa esta sigla? CRM Para refletir... Só há duas fontes de vantagem competitiva. A capacidade de aprender mais sobre nossos clientes, mais rápido que o nosso concorrente e a capacidade de transformar este conhecimento

Leia mais

RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos

RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos RESUMO DA SOLUÇÃO Aperfeiçoando o planejamento de capacidade com o uso do gerenciamento de desempenho de aplicativos como posso assegurar uma experiência excepcional para o usuário final com aplicativos

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

reputação da empresa.

reputação da empresa. Segurança premiada da mensageria para proteção no recebimento e controle no envio de mensagens Visão geral O oferece segurança para mensagens enviadas e recebidas em sistemas de e-mail e mensagens instantâneas,

Leia mais

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI CUSTOMER SUCCESS STORY Março 2014 AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI PERFIL DO CLIENTE Indústria: Manufatura Empresa: AT&S Funcionários: 7.500 Faturamento: 542 milhões

Leia mais

O acesso ao Site é gratuito, através de qualquer dispositivo com acesso à

O acesso ao Site é gratuito, através de qualquer dispositivo com acesso à Termos de Uso Sobre o Site Este site e seu conteúdo (o Site ) são de propriedade exclusiva da ROIA COMÉRCIO DE BIJUTERIAS E ACESSORIOS LTDA., sociedade limitada, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 15.252.911/0001-83

Leia mais

Continuidade de Negócio de TI O Sucesso da sua empresa também depende disso. Qual é sua necessidade...

Continuidade de Negócio de TI O Sucesso da sua empresa também depende disso. Qual é sua necessidade... Continuidade de Negócio de TI O Sucesso da sua empresa também depende disso. Qual é sua necessidade... Reduzir custo de TI; Identificar lentidões no ambiente de TI Identificar problemas de performance

Leia mais

EMPRESA COM CONHECIMENTO EM TI

EMPRESA COM CONHECIMENTO EM TI EMPRESA COM CONHECIMENTO EM TI Referência Conhecimento em TI : O que executivos precisam saber para conduzirem com sucesso TI em suas empresas. Peter Weill & Jeanne W. Ross Tradução M.Books, 2010. 2 O

Leia mais

2002 - Serviços para empresas

2002 - Serviços para empresas 2002 - Serviços para empresas Grupo Telefónica Data. Resultados Consolidados 1 (dados em milhões de euros) Janeiro - Dezembro 2002 2001 % Var. Receita por operações 1.731,4 1.849,7 (6,4) Trabalho para

Leia mais

Dossiê Sobre a Indústria de Domínios na Internet Volume 5 - Edição 2 - Março de 2008

Dossiê Sobre a Indústria de Domínios na Internet Volume 5 - Edição 2 - Março de 2008 Dossiê Sobre a Indústria de Domínios na Internet Volume 5 - Edição 2 - Março de 2008 Noções Básicas sobre Nomes de Domínios Como a líder mundial entre os operadores de registro de nomes de domínios, a

Leia mais

IDC A N A L Y S T C O N N E C T I O N

IDC A N A L Y S T C O N N E C T I O N IDC A N A L Y S T C O N N E C T I O N Robert Young Gerente de pesquisas de software para gerenciamento de sistemas empresariais C o m o r e p e n s a r o gerenciamento de ativo s d e T I n a e ra da "Internet

Leia mais

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos Eficiência operacional no setor público Dez recomendações para cortar custos 2 de 8 Introdução Com grandes cortes no orçamento e uma pressão reguladora cada vez maior, o setor público agora precisa aumentar

Leia mais

RELATÓRIO SOBRE AS TENDÊNCIAS DO ATAQUE DISTRIBUÍDO DE NEGAÇÃO DE SERVIÇO DA VERISIGN 4A EDIÇÃO, 4O TRIMESTRE DE 2014

RELATÓRIO SOBRE AS TENDÊNCIAS DO ATAQUE DISTRIBUÍDO DE NEGAÇÃO DE SERVIÇO DA VERISIGN 4A EDIÇÃO, 4O TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO SOBRE AS TENDÊNCIAS DO ATAQUE DISTRIBUÍDO DE NEGAÇÃO DE 4A EDIÇÃO, 4O TRIMESTRE DE 2014 RELATÓRIO SOBRE AS TENDÊNCIAS DO CONTEÚDO RESUMO EXECUTIVO 3 TENDÊNCIAS DE ATAQUE DDoS OBSERVADAS PELA

Leia mais

Bloqueie ameaças avançadas e proteja dados confidenciais para usuários em roaming

Bloqueie ameaças avançadas e proteja dados confidenciais para usuários em roaming TRITON AP-ENDPOINT Bloqueie ameaças avançadas e proteja dados confidenciais para usuários em roaming Desde danos a reputações até multas e penalidades de agências reguladoras, uma violação de dados pode

Leia mais

Novembro/2013. Segurança da Informação BYOD/Redes Sociais Marco Vinicio Barbosa Dutra Coordenador de Segurança

Novembro/2013. Segurança da Informação BYOD/Redes Sociais Marco Vinicio Barbosa Dutra Coordenador de Segurança Novembro/2013 Segurança da Informação BYOD/Redes Sociais Marco Vinicio Barbosa Dutra Coordenador de Segurança Segurança da Informação BYOD/Consumerização Redes Sociais Perguntas Não vendo cofres, vendo

Leia mais

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI

Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Requisitos de business intelligence para TI: O que todo gerente de TI deve saber sobre as necessidades reais de usuários comerciais para BI Janeiro de 2011 p2 Usuários comerciais e organizações precisam

Leia mais

Esta POLÍTICA DE PRIVACIDADE se aplica ao levantamento de dados e uso do site FERRAMENTA/WEBSITE YOU 24h.

Esta POLÍTICA DE PRIVACIDADE se aplica ao levantamento de dados e uso do site FERRAMENTA/WEBSITE YOU 24h. A FERRAMENTA/WEBSITE YOU 24h é composta por várias páginas web, em HTML e outras codificações, operadas por YOU24h Tecnologia Ltda., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o nº 14.994.971/0001-09,

Leia mais

Arquitetura dos Sistemas de Informação Distribuídos

Arquitetura dos Sistemas de Informação Distribuídos Arquitetura dos Sistemas de Informação Distribuídos Quando se projeta um sistema cuja utilização é destinada a ser feita em ambientes do mundo real, projeções devem ser feitas para que o sistema possa

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO ANALISTA DE SISTEMA ÊNFASE GOVERNANÇA DE TI ANALISTA DE GESTÃO RESPOSTAS ESPERADAS PRELIMINARES

CONCURSO PÚBLICO ANALISTA DE SISTEMA ÊNFASE GOVERNANÇA DE TI ANALISTA DE GESTÃO RESPOSTAS ESPERADAS PRELIMINARES CELG DISTRIBUIÇÃO S.A EDITAL N. 1/2014 CONCURSO PÚBLICO ANALISTA DE GESTÃO ANALISTA DE SISTEMA ÊNFASE GOVERNANÇA DE TI RESPOSTAS ESPERADAS PRELIMINARES O Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás

Leia mais

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br 2 A Biblioteca ITIL: Information Technology Infrastructure Library v2 Fornece um conjunto amplo,

Leia mais

Quais tipos de informações nós obteremos para este produto

Quais tipos de informações nós obteremos para este produto Termos de Uso O aplicativo Claro Facilidades faz uso de mensagens de texto (SMS), mensagens publicitárias e de serviços de internet. Nos casos em que houver uso de um serviço tarifado como, por exemplo,

Leia mais

A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação. O que significa para a TI e a linha de negócios (LOB)

A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação. O que significa para a TI e a linha de negócios (LOB) A mudança na aquisição de soluções de tecnologia da informação Maio de 2014 O novo comprador de tecnologia e a mentalidade de aquisição Existe hoje um novo comprador de tecnologia da informação Esse comprador

Leia mais

ICANN Versão preliminar do planejamento operacional de cinco anos

ICANN Versão preliminar do planejamento operacional de cinco anos ICANN Versão preliminar do planejamento operacional de cinco anos Versão 1: AF2016 AF2020 Introdução A ICANN preparou uma versão preliminar de uma estrutura de planejamento de vários anos com base em contribuições

Leia mais

SOLUÇÕES AMBIENTE SEGURO SEUS NEGÓCIOS DEPENDEM DISSO!

SOLUÇÕES AMBIENTE SEGURO SEUS NEGÓCIOS DEPENDEM DISSO! SOLUÇÕES AMBIENTE SEGURO SEUS NEGÓCIOS DEPENDEM DISSO! O ambiente de Tecnologia da Informação (TI) vem se tornando cada vez mais complexo, qualquer alteração ou configuração incorreta pode torná-lo vulnerável

Leia mais

Sobre o Symantec Internet Security Threat Report

Sobre o Symantec Internet Security Threat Report Sobre o Symantec Internet Security Threat Report O Symantec Internet Security Threat Report apresenta uma atualização semestral das atividades das ameaças na Internet. Nele se incluem as análises dos ataques

Leia mais

Qualidade. Introdução à Administração de Empresas. Prof. Luiz Antonio 01/03/2007

Qualidade. Introdução à Administração de Empresas. Prof. Luiz Antonio 01/03/2007 Introdução à Administração de Empresas Prof. Luiz Antonio 01/03/2007 Histórico Era Artesanal (séc. XIX) Etapas da produção controladas pelo artesão. Compra dos materiais e insumos Acabamento Entrega do

Leia mais

Hilti do Brasil Comercial Ltda. Política de Privacidade e Proteção de Informações Pessoais

Hilti do Brasil Comercial Ltda. Política de Privacidade e Proteção de Informações Pessoais Hilti do Brasil Comercial Ltda. Política de Privacidade e Proteção de Informações Pessoais Nós, Hilti (Brasil) Comercial Ltda. (coletivamente, referido como Hilti, "nós", "nosso" ou "a gente") nessa Política

Leia mais

Política de uso de dados

Política de uso de dados Política de uso de dados A política de dados ajudará você a entender como funciona as informações completadas na sua área Minhas Festas. I. Informações que recebemos e como são usadas Suas informações

Leia mais

Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada

Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada Um White Paper da Websense Web Security Gateway: A Web 2.0 Protegida e Simplificada Visão Geral do Mercado Embora o uso dos produtos da Web 2.0 esteja crescendo rapidamente, seu impacto integral sobre

Leia mais

Oportunidades de Patrocínio. cloudstackday. 12/02/2015 São Paulo. Auditório István Jancsó Universidade de São Paulo

Oportunidades de Patrocínio. cloudstackday. 12/02/2015 São Paulo. Auditório István Jancsó Universidade de São Paulo Oportunidades de Patrocínio 12/02/2015 São Paulo Auditório István Jancsó Universidade de São Paulo Situação do mercado brasileiro de TI O Brasil vive um déficit de mão-de-obra qualificada, especialmente

Leia mais

3. Que informações coletamos a seu respeito e como o fazemos. Poderemos coletar e processar os seguintes dados a seu respeito:

3. Que informações coletamos a seu respeito e como o fazemos. Poderemos coletar e processar os seguintes dados a seu respeito: Política de Privacidade 1. Introdução A PUGA Studios produz jogos de alta qualidade capazes de proporcionar experiências de entretenimento divertidas e acessíveis para qualquer um desfrutar. Na PUGA, respeitamos

Leia mais

Universo Online S.A 1

Universo Online S.A 1 Universo Online S.A 1 1. Sobre o UOL HOST O UOL HOST é uma empresa de hospedagem e serviços web do Grupo UOL e conta com a experiência de mais de 15 anos da marca sinônimo de internet no Brasil. Criado

Leia mais

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010 Divulgação de Resultados do 4 de agosto de 2010 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

Prática e Gerenciamento de Projetos

Prática e Gerenciamento de Projetos Universidade de São Paulo Escola de Artes, Ciências e Humanidades Prática e Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Custos do Projeto Equipe: Jhonas P. dos Reis Marcelo Marciano Mário Januário Filho

Leia mais

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI.

Mostrar área de trabalho.scf. Manual do Produto EDI. Mostrar área de trabalho.scf Manual do Produto EDI. ÍNDICE MANUAL DO PRODUTO EDI....3 1. O QUE É O EDI?...3 1.1. VANTAGENS... 3 1.2. FUNCIONAMENTO... 3 1.3. CONFIGURAÇÃO NECESSÁRIA... 3 2. UTILIZANDO O

Leia mais

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa Como implementar Social Media na empresa 1 As razões: Empresas ainda desconhecem benefícios do uso de redes sociais Das 2,1 mil empresas ouvidas em estudo do SAS Institute e da Harvard Business Review,

Leia mais

Introdução a Segurança de Redes Segurança da Informação. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br

Introdução a Segurança de Redes Segurança da Informação. Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Introdução a Segurança de Redes Segurança da Informação Filipe Raulino filipe.raulino@ifrn.edu.br Objetivos Entender a necessidade de segurança da informação no contexto atual de redes de computadores;

Leia mais

ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA

ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA ITIL V3 (aula 6) AGENDA: A VERSÃO 3 ESTRATÉGIA DO SERVIÇO DESENHO DO SERVIÇO TRANSIÇÃO DO SERVIÇO OPERAÇÃO DO SERVIÇO MELHORIA CONTÍNUA ITIL - Livros Estratégia de Serviços (Service Strategy): Esse livro

Leia mais

Gerenciamento de Projeto

Gerenciamento de Projeto UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, LETRAS E CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E ESTATÍSTICA Gerenciamento de Projeto Engenharia de Software 2o. Semestre/ 2005

Leia mais

Novos gtld s e como tornar-se um Registrador acreditado na ICANN

Novos gtld s e como tornar-se um Registrador acreditado na ICANN Novos gtld s e como tornar-se um Registrador acreditado na ICANN Daniel Fink & Vanda Scartezini Conf. ABRANET 14 Maio 2015 Agenda 1 2 3 ICANN Programa de novos gtlds Estudos de caso 4 5 Acreditação de

Leia mais

BM&FBOVESPA protege plataformas de negócios com soluções CA Service Assurance

BM&FBOVESPA protege plataformas de negócios com soluções CA Service Assurance CUSTOMER SUCCESS STORY BM&FBOVESPA protege plataformas de negócios com soluções CA Service Assurance PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços financeiros Companhia: BM&FBOVESPA Empregados: 1.400+ Faturamento

Leia mais

VISÃO GERAL DAS SOLUÇÕES WEBSENSE EMAIL SECURITY

VISÃO GERAL DAS SOLUÇÕES WEBSENSE EMAIL SECURITY VISÃO GERAL DAS SOLUÇÕES WEBSENSE EMAIL SECURITY OVERVIEW Desafio Muitos dos maiores comprometimentos de segurança atualmente começam com um único ataque de email que explora vulnerabilidades da web. Na

Leia mais

II Semana de Informática - CEUNSP. Segurança da Informação Novembro/2005

II Semana de Informática - CEUNSP. Segurança da Informação Novembro/2005 II Semana de Informática - CEUNSP Segurança da Informação Novembro/2005 1 Objetivo Apresentar os principais conceitos sobre Segurança da Informação Foco não é técnico Indicar onde conseguir informações

Leia mais

Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br

Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI. Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Governança de TI Evolução e Conceitos de Gestão da TI Raimir Holanda raimir@tce.ce.gov.br Agenda Conceitos de Governança de TI Fatores motivadores das mudanças Evolução da Gestão de TI Ciclo da Governança

Leia mais

Segurança da Informação

Segurança da Informação Agência Nacional de Vigilância Sanitária Segurança da Informação (Gerenciamento de Acesso a Sistemas de Informação) Projeto a ser desenvolvido no âmbito da Gerência de Sistemas/GGTIN Brasília, junho de

Leia mais

Termos & Condições www.grey.com (o website ) é de propriedade do Grupo Grey e operado por ele ( nosso, nós e nos ).

Termos & Condições www.grey.com (o website ) é de propriedade do Grupo Grey e operado por ele ( nosso, nós e nos ). Condições de Uso do Website Termos & Condições www.grey.com (o website ) é de propriedade do Grupo Grey e operado por ele ( nosso, nós e nos ). Ao acessar este site, você concorda em ficar vinculado a

Leia mais

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE DOMÍNIOS

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE DOMÍNIOS O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE DOMÍNIOS A POP3 reuniu aqui as principais orientações para registro, renovação e transferência de domínios, entre outras questões que possam ajudar você a entender como funcionam

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais