Os desafios do milho transgênico. Bernardo Tisot Agronomo de Campo -RS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Os desafios do milho transgênico. Bernardo Tisot Agronomo de Campo -RS"

Transcrição

1 Os desafios do milho transgênico Bernardo Tisot Agronomo de Campo -RS

2 Agenda Histórico de adoção Biotecnologias disponíveis A resistência de insetos praga O desenvolvimento de um novo trait Manejo de Resistência de Insetos (MRI)

3 Lembrando o Cenário Até 2007 Híbridos convencionais com muita dificuldade controle das pragas Após 2008 Alta taxa de adoção de tecnologia Vários eventos sendo liberados juntos Sensação de que o próximo trait viria rápido Falta de monitoramento nas lavouras

4 Adoção de Milho OGM no Brasil 79% 86% 85% 70% 49% 51% 30% 21% 14% 15% Fonte: Adaptado da APPS Foi considerado por exemplo 2010 = 2010V S

5

6 Lembrando o Cenário Até 2007 Híbridos convencionais com muita dificuldade controle das pragas 2014 Quebra de resistência do Herculex I Após 2008 Alta taxa de adoção de tecnologia Vários eventos sendo liberados juntos Sensação de que o próximo trait viria rápido Falta de monitoramento nas lavouras

7 Casos de Evolução de Resistência em Condições de Campo Cultura Proteína Espécie País Introdução Tempo para resistência no campo Algodão Cry1Ac Helicoverpa zea EUA anos Milho Cry1Ab Busseola fusca África do Sul anos Milho Cry1F Spodoptera frugiperda Porto Rico anos Algodão Cry1Ac Pectinophora gossypiella Índia anos Milho Cry3Bb1 Diabrotica virgifera virgifera EUA anos Milho Cry1F Spodoptera frugiperda Brasil anos Slide Prof Celso Omoto Modificado de Tabashnik et al. (2013)

8 Por que ocorre a resistência de insetos?

9 Uso de Traits Bt no Brasil (%) Fonte: Adaptado da APPS

10 Milho voluntário Visita lavoura em Xanxere/SC

11 Lagarta do Cartucho - Ciclo 22 a 30 dias

12 Escala de desenvolvimento de Spodoptera frugiperda Época Ideal de Controle Fonte: Robson F. de Paula Du Pont Pioneer Fonte: Du Pont do Brasil Estação Experimental

13

14

15

16

17

18 Preocupações com Traits na América Latina 1. Elevado número de produtos, poucos modo de ação contra S. frugiperda 2. Ausência de um novo modo de ação previsto 3. Alta adoção de milho Bt 4. Baixa adoção de refúgio 5. Efetividade limitada de áreas de refúgio 6. Desafio adicional a MRI: eventos de não alta-dose 18

19 Definições Inseto suscetível (SS): morre quando exposto a toxina Inseto suscetível + Bt ou VIP = Inseto resistente (RR): sobrevive quando exposto a toxina Inseto resistente + Bt ou VIP = X = X = X = Homozigoto suscetível Homozigoto resistente Heterozigoto

20 Entendendo a Evolução da Resistência Refúgio não Efetivo Não Pulverizado Bt Não-Bt

21 Evolução da Resistência Refúgio não Efetivo Não Pulverizado Bt Não-Bt

22 Evolução da Resistência Refúgio não Efetivo Não Pulverizado Bt Não-Bt

23 Impacto das Práticas de Manejo na Durabilidade da tecnologia Bt Sem Boas Práticas de Manejo Manejo similar ao Herculex I TS somente no Bt Opções de Manejo Controláveis Inseticida em área total (Bt e refúgio) 100% Refúgio Todas opções Combinadas Durabilidade Relativa

24 Descoberta e lançamento de um novo evento Número de traits (genes) testado para o lançamento de um evento US$136 million 2 1 Fonte:

25

26 Eventos Bt Milho registrados no Brasil Cultura Produto Brasil Argentina Colômbia EUA EU 1 Milho MON 810 (Yeldgard) Milho Bt 11 (TL) Milho TC 1507 Herculex Milho MIR 162 Viptera Milho MON 810 x NK 603 YieldGard/ RR Milho Bt 11 x GA 21 TL/TG Milho MON YieldGard VT Pro Milho NK 603 x TC 1507 Herculex I RR Milho Bt11 x MIR162 X GA21 Agrisure Viptera 3110 TGTL Viptera Milho MON X NK 603 YieldGard VT Pro Milho MON X TC1507 X NK603 Power Core 12 Milho TC 1507 X MON 810 X NK 603 Optimum Intrasect Milho 13 Milho TC 1507 X MON Milho MON X MON Genuity VT Triple Pro Milho TC 1507 X DAS Herculex XTRA Bt 16 Milho Bt11xMIR162xMIR604xGA21 Agrisure Viptera 3111, Agrisure Viptera Milho NK603 x T25 Roundup Ready Liberty Link Maize 2015 Vip3A 18 Milho TC1507xMON810x MIR Milho TC1507xMON810x MIR162xNK Milho DAS X NK Milho 5307 Agrisure (Viptera) Cry1Ab (Yeldgard) 22 Milho Bt11xMIR162xMIR604xTC1507x5307xGA21 Agrisure Duracade Cry2Ab2 23 Milho Bt11xMIR162 Agrisure Viptera Milho SPT Milho MON89034 x TC1507 x NK603 x DAS (VTPRO) 26 Milho MON89034xMON88017xTC1507xDAS Genuity SmartStax Milho MON89034 x TC1507 x NK603 x DAS Cry1f (Herculex) Cry1A.105 (VTPRO) Atualização: 01/07/2017 Fonte:

27 O que é a tecnologia Leptra TM? = Evento Tecnologia Agrisure Viptera Descrição do evento O evento MIR162 confere às plantas de milho proteção contra insetos da ordem lepidoptera obtido pela introdução de um gene da família vip proveniente da bactériabacillus thuringiensis. A proteína vip3aa20 é uma variante da proteína Vip3Aa1 de ocorrência natural na cepa AB88 de Bacillus thuringiensis. Tecnologia YieldGard Tecnologia Herculex I Milho resistente a insetos da ordem Lepidóptera obtido pela introdução do gene cry1a(b) no genoma de milho para a síntese da toxina Bt da bactéria de solobacillusthuringiensis. Foi usado o plasmídeo PV-ZMBK07, que contém um gene cry1a(b). O evento TC 1507 confere as plantas de milho proteção contra insetos da ordem lepidóptera, como a broca-da-cana (Diatraeasaccharalis). Além disso, a linhagem de milho TC1507 apresenta também tolerância às formulações de herbicidas que contêm glufosinato de amônio como ingrediente ativo. A linhagem de milhobt TC1507 expressa também a proteína Cry1F provenientede Bacillusthuringiensis (Bt). O evento 1507 também contém o genepat, que confere tolerância ao herbicida glufosinato de amônio para controle de ervas daninhas. Fonte: Syngenta e CTNBio Produto Benefícios Recomendação

28 Protegendo a produtividade Growth Stage V 8 30F53 30F53YH 30F53Hx 30F53VYH

29 Boas Práticas de Manejo MANEJO INTEGRADO DE PRAGAS Monitoramento depragase Pulverizações Complementares Rotação de Culturas Controle de Plantas Daninhas e Voluntárias Dessecação antecipada Áreas de Refúgio Estruturado Efetivo Tratamento de Sementes Diversas práticas de MIP simultâneas buscando atingir melhores resultados. Benefícios 1. Melhora das propriedades físico-químicas do solo 2. Reduçãodefontedeinóculo de doenças para cultura subsequente 3. Redução da população inicial de alguns insetos-praga da cultura 4. Auxílio no manejo de plantas daninhas: possibilidade de alternar herbicidas para o controle 5. Aumento de produtividade do sistema. Modificado de: Informativo Técnico Boas Práticas Agronômicas Aplicadas a Plantas Geneticamente Modificadas Resistentes a Insetos

30 Nova Proposta de Manejo Monitoramento 10% Bt Bt: Manejo de Resistência Aplicar inseticida nas áreas de Bt conforme recomendação Leptra TM 4% de plantas ao nível 3 da Escala Davis Refúgio Estruturado Efetivo Manejo visando produção de insetos suscetíveis Aplicar inseticida nas áreas de refúgio com 20% de plantas danificadas (Escala Davis 3) Máximo 2 aplicações até V6

31 Recomendações Técnicas IRAC-BR: Milho IRAC: Comitê Internacional de Ação à Resistência de Inseticidas e Acaricidas 1. Uso de inseticidas em áreas de refúgio 20% plantas danificadas, Escala Davis 3 Máximo 2 aplicações até V6 Uso de tratamento de sementes (optativo) 2. Uso de inseticidas em áreas de Bt Seguir recomendações específicas dos produtos Produto Recomendação Híbridos não Leptra TM 10% plantas danificadas, Escala Davis 3 Leptra TM 4% plantas danificadas, Escala Davis 3 Fonte: ABRASEM/ IRAC 2014, 2015 Site IRAC: 31

32 Obrigado pela atenção! Bernardo Tisot Agronomo de Campo RS (054)

PLANEJAMENTO E MANEJO DE LAVOURAS TRANSGÊNICAS NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO

PLANEJAMENTO E MANEJO DE LAVOURAS TRANSGÊNICAS NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO PLANEJAMENTO E MANEJO DE LAVOURAS TRANSGÊNICAS NOS SISTEMAS DE PRODUÇÃO Segundo o Dicionário Aurélio, planejamento é o ato ou efeito de planejar (Fazer o plano ou planta de traçar); Trabalho de preparação

Leia mais

Passo a passo na escolha da cultivar de milho

Passo a passo na escolha da cultivar de milho Passo a passo na escolha da cultivar de milho Beatriz Marti Emygdio Pesquisadora Embrapa Clima Temperado (beatriz.emygdio@cpact.embrapa.br) Diante da ampla gama de cultivares de milho, disponíveis no mercado

Leia mais

Papel do Monitoramento no Manejo de Resistência (MRI)

Papel do Monitoramento no Manejo de Resistência (MRI) Papel do Monitoramento no Manejo de Resistência (MRI) Samuel Martinelli Monsanto do Brasil Ltda 1 I WORKSHOP DE MILHO TRANSGÊNICO 07-09 DE MARÇO DE 2012 SETE LAGORAS,MG Conceito de resistência Interpretação

Leia mais

Leonardo Melgarejo - GEA/NEAD-MDA - melgarejo.leonardo@gmail.com

Leonardo Melgarejo - GEA/NEAD-MDA - melgarejo.leonardo@gmail.com Pressupostos incorretos Métodos/amostras inadequados Descaso à evidências Fragilização de normativas Excesso de confiança DEBATE SOBRE AS Reflexões e Propostas da MESA DE CONTROVÉRSIAS SOBRE TRANSGÊNICOS

Leia mais

477 cultivares de milho estão disponíveis no mercado de sementes do Brasil para a safra 2015/16

477 cultivares de milho estão disponíveis no mercado de sementes do Brasil para a safra 2015/16 477 cultivares de milho estão disponíveis no mercado de sementes do Brasil para a safra 2015/16 José Carlos Cruz 1 Israel Alexandre Pereira Filho 1 Emerson Borghi 1 Eduardo de Paula Simão 2 1 Pesquisadores

Leia mais

Biotecnologias no algodoeiro: eficiência, custos, problemas e perspectivas

Biotecnologias no algodoeiro: eficiência, custos, problemas e perspectivas Biotecnologias no algodoeiro: eficiência, custos, problemas e perspectivas Gestão operacional de lavouras transgênicas nas fazendas: Eficiência e Custos Aurelio Pavinato CEO SLC Agrícola S.A. Agenda 1

Leia mais

Projeto LAC-Biosafety

Projeto LAC-Biosafety Projeto LAC-Biosafety AMÉRICA LATINA: CONSTRUÇÃ ÇÃO O DA CAPACIDADE DE VARIOS PAÍSES SEGUNDO O PROTOCOLO DE CARTAGENA EM BIOSSEGURANÇA (COLÔMBIA, PERU, COSTA RICA, BRASIL) Subprojeto: Desenvolvimento da

Leia mais

MANEJO DE INSETOS E ÁCAROS NAS CULTURAS DA SOJA E DO MILHO. MAURO BRAGA Pesquisador

MANEJO DE INSETOS E ÁCAROS NAS CULTURAS DA SOJA E DO MILHO. MAURO BRAGA Pesquisador MANEJO DE INSETOS E ÁCAROS NAS CULTURAS DA SOJA E DO MILHO MAURO BRAGA Pesquisador Sistemas agrícolas Insetos e ácaros na soja Insetos no milho Inseticidas: manejo melhor Sistemas agrícolas Sistemas agrícolas

Leia mais

RESULTADOS DE PESQUISA

RESULTADOS DE PESQUISA RESULTADOS DE PESQUISA 02 2013 ALTA INFESTAÇÃO DE LAGARTAS NA CULTURA DO MILHO BT Eng. Agr. M. Sc. José Fernando Jurca Grigolli 1 ; Eng. Agr. Dr. André Luis Faleiros Lourenção 2 INTRODUÇÃO As tecnologias

Leia mais

O produtor pergunta, a Embrapa responde

O produtor pergunta, a Embrapa responde Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Milho e Sorgo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento O produtor pergunta, a Embrapa responde José Carlos Cruz Paulo César Magalhães Israel

Leia mais

Mas que negócio é esse de resistência de insetos?

Mas que negócio é esse de resistência de insetos? O milho Bt é obtido por meio da transformação genética de plantas de milho com genes da bactéria Bacillus thuringiensis, os quais promovem a expressão de proteínas com ação inseticida. Um trabalho que

Leia mais

ESTRATÉGIAS MAIS EFICIENTES PARA O MANEJO DE LEPIDÓPTEROS NOS SISTEMAS DO CERRADO. Walter Jorge dos Santos YEHOSHUA HAMASHIACH

ESTRATÉGIAS MAIS EFICIENTES PARA O MANEJO DE LEPIDÓPTEROS NOS SISTEMAS DO CERRADO. Walter Jorge dos Santos YEHOSHUA HAMASHIACH ESTRATÉGIAS MAIS EFICIENTES PARA O MANEJO DE LEPIDÓPTEROS NOS SISTEMAS DO CERRADO. Walter Jorge dos Santos CERRADO BRASILEIRO & CENÁRIOS > oportunidades e desafios! HOSPEDEIROS CULTIVADOS SIMULTANEOS E/OU

Leia mais

Objetivos desta tarde 04/03/2013. Helicoverpa no Sistema: dinâmica e controle difícil

Objetivos desta tarde 04/03/2013. Helicoverpa no Sistema: dinâmica e controle difícil Helicoverpa no Sistema: dinâmica e controle difícil MANEJO REGIONAL: proposta coletiva e de ampla adesão Paulo E. Degrande, UFGD Foto: R. Inoue Foto: Luciano Biancini Objetivos desta tarde Manejar a Helicoverpa

Leia mais

Desafios fitossanitários do cultivo da soja no Mercosul: INSETOS PRAGAS Desafios para o Brasil

Desafios fitossanitários do cultivo da soja no Mercosul: INSETOS PRAGAS Desafios para o Brasil Desafios fitossanitários do cultivo da soja no Mercosul: INSETOS PRAGAS Desafios para o Brasil Edson Hirose Embrapa Soja 1 As principais pragas Da Soja? 2 Principais pragas x fase de desenvolvimento da

Leia mais

Bienal dos Negócios da Agricultura do Brasil Central

Bienal dos Negócios da Agricultura do Brasil Central Importância da Pesquisa, Ciência & Tecnologia e Inovação na Agricultura Bienal dos Negócios da Agricultura do Brasil Central 3ª Edição Campo Grande 116.15-01.09.15 Associação das Empresas de Biotecnologia

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA 4ª CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO Meio Ambiente e Patrimônio Cultural

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA 4ª CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO Meio Ambiente e Patrimônio Cultural MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA 4ª CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO Meio Ambiente e Patrimônio Cultural Brasília (DF), 18 de março de 2008. NOTA TÉCNICA Nº 13/2008 4ª CCR Da:

Leia mais

Mesa de Controvérsias sobre Transgênicos Brasília, 10 de julho de 2013

Mesa de Controvérsias sobre Transgênicos Brasília, 10 de julho de 2013 Mesa de Controvérsias sobre Transgênicos Brasília, 10 de julho de 2013 Painel Os Processos Decisórios e de Regulamentação e o Controle Social na Construção da Política de Biossegurança Leonardo Melgarejo

Leia mais

A Adoção da Biotecnologia Agrícola no Brasil: Produção x Sustentabilidade

A Adoção da Biotecnologia Agrícola no Brasil: Produção x Sustentabilidade A Adoção da Biotecnologia Agrícola no Brasil: Produção x Sustentabilidade Um mercado em processo de mudança estrutural por Jorge Attie Céleres --Your 2012. Todos Todos os os direitos direitos reservados.

Leia mais

Audiência Pública Nº 02/2007

Audiência Pública Nº 02/2007 Audiência Pública Nº 02/2007 Requerimentos da CIBio da Monsanto do Brasil Ltda. para liberação comercial de algodão geneticamente modificado: Processo n o 01200.004487/04-48 - Algodão MON 1445 Processo

Leia mais

Manejo Inicial de Pragas na Cultura do Milho Verão. Eng. Agro. Fabricio Bona Passini Gerente de Agronomia Unidade Comercial Sul

Manejo Inicial de Pragas na Cultura do Milho Verão. Eng. Agro. Fabricio Bona Passini Gerente de Agronomia Unidade Comercial Sul Manejo Inicial de Pragas na Cultura do Milho Verão Eng. Agro. Fabricio Bona Passini Gerente de Agronomia Unidade Comercial Sul Agenda Porque estamos tendo problemas com alta pressão inicial de pragas na

Leia mais

Plano de Supressão da praga Helicoverpa armigera no Estado do Piauí (02/01/2014)

Plano de Supressão da praga Helicoverpa armigera no Estado do Piauí (02/01/2014) Plano de Supressão da praga Helicoverpa armigera no Estado do Piauí (02/01/2014) CONTEÚDO INTRODUÇÃO MEDIDAS EMERGENCIAIS PARA O MANEJO DE Helicoverpa armigera 1. Uso de plantas geneticamente modificadas

Leia mais

CIRCULAR TÉCNICA. Helicoverpa armigera: perigo iminente aos cultivos de algodão, soja e milho do estado de Mato Grosso

CIRCULAR TÉCNICA. Helicoverpa armigera: perigo iminente aos cultivos de algodão, soja e milho do estado de Mato Grosso CIRCULAR TÉCNICA Nº 5 / 2013 Julho de 2013 Publicação periódica de difusão científica e tecnológica editada pelo Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt) e dirigida a profissionais envolvidos com o

Leia mais

8ºCongresso Interinstitucional de Iniciação Científica CIIC 2014 12 a 14 de agosto de 2014 Campinas, São Paulo

8ºCongresso Interinstitucional de Iniciação Científica CIIC 2014 12 a 14 de agosto de 2014 Campinas, São Paulo EFICIÊNCIA DE DIFERENTES EVENTOS TRANSGÊNICOS NO CONTROLE DE PRAGAS EM MILHO Leila Cristina Rizatti da Silva 1 ; Aildson Pereira Duarte 2 ; Rogério Soares de Freitas 3 ; Melina Zacarelli Pirotta 4 ; Marcos

Leia mais

ManeJo de Insetos na soja Intacta RR2 PRo SEMEANDO O FUTURO

ManeJo de Insetos na soja Intacta RR2 PRo SEMEANDO O FUTURO ManeJo de Insetos na soja Intacta RR2 PRo A cultura da soja está exposta, durante gemmatalis (lagarta todo o seu ciclo, ao ataque de diferentes Pseudoplusia includens espécies de insetos. Esses insetos

Leia mais

Eficiência de eventos transgênicos de resistência a insetos em soja e milho

Eficiência de eventos transgênicos de resistência a insetos em soja e milho Abril a Junho de 2015 201 Eficiência de eventos transgênicos de resistência a insetos em soja e milho Fernando Afonso Bedin 1, Eloir José Assmann 2, Leandra Regina Texeira Polo 3 e Ivan Schuster 4 Resumo:

Leia mais

Os benefícios econômicos da biotecnologia agrícola no Brasil: 1996 2009

Os benefícios econômicos da biotecnologia agrícola no Brasil: 1996 2009 Os benefícios econômicos da biotecnologia agrícola no Brasil: 1996 2009 O caso do algodão resistente à insetos O caso do milho resistente à insetos O caso da soja tolerante a herbicida Estudo elaborado

Leia mais

MANUAL DE PRAGAS DO MILHO, SOJA E ALGODÃO.

MANUAL DE PRAGAS DO MILHO, SOJA E ALGODÃO. MANUAL DE PRAGAS DO MILHO, SOJA E ALGODÃO. Nota Este documento técnico tem por finalidade difundir o conhecimento entre influenciadores, revendas e produtores, sem finalidade comercial. Foram compiladas

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA ÁREA DE REFÚGIO SEMEANDO O FUTURO

A IMPORTÂNCIA DA ÁREA DE REFÚGIO SEMEANDO O FUTURO A IMPORTÂNCIA DA ÁREA DE REFÚGIO INTRODUÇÃO Desde o início da atividade agrícola e da domesticação das plantas há cerca de 9 mil anos, o homem realiza o melhoramento genético das plantas cultivadas com

Leia mais

Soluções Sustentáveis para Aumentar a Produtividade Agrícola. Eugênio César Ulian Monsanto do Brasil Ltda

Soluções Sustentáveis para Aumentar a Produtividade Agrícola. Eugênio César Ulian Monsanto do Brasil Ltda Soluções Sustentáveis para Aumentar a Produtividade Agrícola Eugênio César Ulian Monsanto do Brasil Ltda MONSANTO NO BRASIL Faturamento em 2009: R$ 2,02 bilhões 2.500 funcionários efetivos Cerca de 7.000

Leia mais

I S A A A SERVIÇO INTERNACIONAL PARA A AQUISIÇÃO DE APLICAÇÕES EM AGROBIOTECNOLOGIA. ISAAA Briefs PRÉVIA

I S A A A SERVIÇO INTERNACIONAL PARA A AQUISIÇÃO DE APLICAÇÕES EM AGROBIOTECNOLOGIA. ISAAA Briefs PRÉVIA I S A A A SERVIÇO INTERNACIONAL PARA A AQUISIÇÃO DE APLICAÇÕES EM AGROBIOTECNOLOGIA ISAAA Briefs PRÉVIA Situação Global de Cultivos Transgênicos Comercializados: 2003 Por Clive James Presidente do Conselho

Leia mais

C.n o. 1. Londrina 14 de Julho de 2008

C.n o. 1. Londrina 14 de Julho de 2008 C.n o. 1 Londrina 14 de Julho de 2008 Ao Sr Coordenador Dr. Jairon Alcir Santos do Nascimento Coordenador Geral da CTNBio Assunto: Parecer Ad Hoc Liberação Comercial -Milho Geneticamente Modificado Resistente

Leia mais

Márcio Santos Diretor Estratégia & Produtos Brasilia/DF, 08/08/2013

Márcio Santos Diretor Estratégia & Produtos Brasilia/DF, 08/08/2013 Márcio Santos Diretor Estratégia & Produtos Brasilia/DF, 08/08/2013 A Evolução do Mercado de Soja no Brasil Avanços da genética, mais e melhores opções de insumos (sementes, máquinas, fertilizantes e defensivos)

Leia mais

Missão. Visão. Quem Somos

Missão. Visão. Quem Somos Quem Somos A Monsanto foi fundada em 1901 em Saint Louis, Missouri, nos Estados Unidos, e hoje possui 404 unidades em 67 países do mundo. Estamos no Brasil desde 1963 e contamos com o trabalho e a colaboração

Leia mais

WORKSHOP DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE PESQUISAS SAFRA 2014/2015

WORKSHOP DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS DE PESQUISAS SAFRA 2014/2015 DESAFIOS FITOSSANITÁRIOS NO MANEJO DE LAVOURAS WORKSHOP APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS - FBA Engº Agrº EZELINO CARVALHO INTRODUÇÃO O objetivo desta apresentação é dialogar sobre os problemas fitossanitários

Leia mais

RESISTÊNCIA DE INSETOS

RESISTÊNCIA DE INSETOS RESISTÊNCIA DE INSETOS Meio ambiente A PLANTAS GENETICAMENTE MODIFICADAS Relevância da implantação de estratégias pró-ativas para o manejo da resistência Samuel Martinelli Engenheiro Agrônomo, M. S., Doutorando

Leia mais

Tecnologias de Manejo Manejo do Milho Tiguera com a Tecnologia Milho Roundup Ready 2

Tecnologias de Manejo Manejo do Milho Tiguera com a Tecnologia Milho Roundup Ready 2 Importante Com o foco no controle de plantas daninhas e lagartas, as culturas geneticamente modificadas ganharam espaço na preferência do produtor rural, pela redução nos custos de produção, comodidade

Leia mais

Módulo 2. Conceitos do MIP

Módulo 2. Conceitos do MIP Módulo 2 Conceitos do MIP O que fazer para conter essa praga? A solução não está no MIP por cultura! MIP Soja Identificação das Pragas e dos Inimigos Naturais Monitoramento Tomada de decisão MIP Algodão

Leia mais

Gerenciando o Monitoramento Pós-Liberação o Comercial no Brasil

Gerenciando o Monitoramento Pós-Liberação o Comercial no Brasil logo_ilsi_al... Gerenciando o Monitoramento Pós-Liberação o Comercial no Brasil O Ponto de Vista da Indústria Avaliação do Risco Ambiental de Culturas Geneticamente Modificadas Geraldo U. Berger, Ph.D.

Leia mais

Planejamento e Manejo de Lavouras Transgênicas de Algodão nos Sistemas de Produção

Planejamento e Manejo de Lavouras Transgênicas de Algodão nos Sistemas de Produção Planejamento e Manejo de Lavouras Transgênicas de Algodão nos Sistemas de Produção Wanderley Katsumi Oishi Consultor Agrícola Quality Cotton Cons. Agronômica Ltda. Situação Atual da Destruição Química

Leia mais

Docente do Curso de Agronomia da Universidade Estadual de Goiás, Rua S7, s/n, Setor Sul, Palmeiras de Goiás GO. E-mail.: nilton.cezar@ueg.br.

Docente do Curso de Agronomia da Universidade Estadual de Goiás, Rua S7, s/n, Setor Sul, Palmeiras de Goiás GO. E-mail.: nilton.cezar@ueg.br. Avaliação de Pragas em uma Cultura de Milho para Produção de Sementes. BELLIZZI, N. C. 1, WINDER, A. R. S. 2, PEREIRA JUNIOR, R. D. 2 e BARROS, H. A. V. 2. 1 Docente do Curso de Agronomia da Universidade

Leia mais

Definido o contexto: monitoramento pós-liberação comercial de plantas geneticamente modificadas. Paulo Augusto Vianna Barroso

Definido o contexto: monitoramento pós-liberação comercial de plantas geneticamente modificadas. Paulo Augusto Vianna Barroso Definido o contexto: monitoramento pós-liberação comercial de plantas geneticamente modificadas Paulo Augusto Vianna Barroso Experimentação com OGM Regulada pela Lei de Biossegurança (11.105/2005) Experimentação

Leia mais

TRANSGÊNICOS: FECHE A BOCA E ABRA OS OLHOS.

TRANSGÊNICOS: FECHE A BOCA E ABRA OS OLHOS. TRANSGÊNICOS: FECHE A BOCA E ABRA OS OLHOS. Esta cartilha foi produzida pelo Idec, no âmbito do projeto Consumer Organizations and the Cartagena Protocol on Biosafety: Protecting the Consumer s Right to

Leia mais

Conforme solicitado, segue em anexo o parecer técnico prévio e fundamentado

Conforme solicitado, segue em anexo o parecer técnico prévio e fundamentado Campinas, 12 de julho de 2008. Dr. Jairon Alcir Santos do Nascimento Coordenador Geral da CTNBio SPO Área 05 Quadra 03 Bloco B Térreo Sala 14 Brasília, DF 70610-200 Estimado Dr. Jairon A.S. Nascimento,

Leia mais

HÁ DIFERENÇA DE COMPORTAMENTO ENTRE GENÓTIPOS DE MILHO TRANSGÊNICO E ISOGÊNICO?

HÁ DIFERENÇA DE COMPORTAMENTO ENTRE GENÓTIPOS DE MILHO TRANSGÊNICO E ISOGÊNICO? HÁ DIFERENÇA DE COMPORTAMENTO ENTRE GENÓTIPOS DE MILHO TRANSGÊNICO E ISOGÊNICO? Claudia Borsari Trevizan 1 ; William Leonello Estevão 2 ; Livia Maria Chamma Davide³; Emanoel Sanches Martins²; Rodrigo Suzuke²

Leia mais

Breve Introdução sobre os OGM

Breve Introdução sobre os OGM DIRECÇÃO DE SERVIÇOS DE DESENVOLVIMENTO AGROALIMENTAR E RURAL DIVISÃO DE SANIDADE VEGETAL E SEGURANÇA ALIMENTAR Breve Introdução sobre os OGM O cultivo de variedades de milho geneticamente modificadas

Leia mais

Guia de Produtos 2014. Região Sul

Guia de Produtos 2014. Região Sul Guia de Produtos 2014 Sul Eleita em 2013 a melhor empresa brasileira de sementes * *Revista Globo Rural Supervisores regionais Índice Mato Grosso do Sul Nicolas Alves Cornacioni (67) 8118 6043 nicolas.cornacioni@coodetec.com.br

Leia mais

Ações de manejo da. Helicoverpa armigera. Realização:

Ações de manejo da. Helicoverpa armigera. Realização: Ações de manejo da Helicoverpa armigera Realização: Quem é a praga? A Helicoverpa armigera é uma praga exótica, polífaga, que se alimenta de várias culturas agrícolas e plantas daninhas. Na fase de larva

Leia mais

O manejo da resistência de pragas a inseticidas depende de todos nós: Adote esta idéia!

O manejo da resistência de pragas a inseticidas depende de todos nós: Adote esta idéia! O manejo da resistência de pragas a inseticidas depende de todos nós: Adote esta idéia! Manejo da Resistência de Pragas a Inseticidas: Considere essa Alternativa A produção vegetal atual está anos-luz

Leia mais

Organismos Geneticamente Modificados (OGM) Paulo Monjardino

Organismos Geneticamente Modificados (OGM) Paulo Monjardino Organismos Geneticamente Modificados (OGM) Paulo Monjardino O que são OGM? Organismos que são manipulados geneticamente por técnicas de biotecnologia molecular com vista a introduzir-se ou suprimir-se

Leia mais

AÇÕES EMERGENCIAIS PROPOSTAS PELA EMBRAPA PARA O MANEJO INTEGRADO DE Helicoverpa spp. EM ÁREAS AGRÍCOLAS

AÇÕES EMERGENCIAIS PROPOSTAS PELA EMBRAPA PARA O MANEJO INTEGRADO DE Helicoverpa spp. EM ÁREAS AGRÍCOLAS AÇÕES EMERGENCIAIS PROPOSTAS PELA EMBRAPA PARA O MANEJO INTEGRADO DE Helicoverpa spp. EM ÁREAS AGRÍCOLAS Conteúdo: 1. Diagnóstico 2. Ações emergenciais 2.1. Estabelecimento de um consórcio para manejo

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA-SDA COORDENAÇÃO GERAL DE APOIO LABORATORIAL-CGAL

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA-SDA COORDENAÇÃO GERAL DE APOIO LABORATORIAL-CGAL EUROFINS DO BRASIL Nome Empresarial: EUROFINS DO BRASIL ANÁLISES DE ALIMENTOS LTDA CNPJ: 04.329.668/0001-38 Endereço: Rod. Engº Ermênio de Oliveira Penteado, Km 57,7 Cond. Industrial Prédio I Bairro: Tombadouro

Leia mais

As Vantagens oferecidas pelas Plantas Geneticamente Modificadas (PGMs)

As Vantagens oferecidas pelas Plantas Geneticamente Modificadas (PGMs) Elementos para discussão do CONSEA 1 Mesa de Controvérsias sobre Transgênicos no Brasil Leonardo Melgarejo 2 Dez anos após a introdução da primeira variedade de soja transgênica no Brasil, a CTNBio contabiliza

Leia mais

Inovação Tecnológica e Controle de Mercado de Sementes de Milho

Inovação Tecnológica e Controle de Mercado de Sementes de Milho Milho e Sorgo Inovação Tecnológica e Controle de Mercado de Sementes de Milho Sete Lagoas Março 2012 Economia do Uso de Novas Tecnologias A escolha racional do agricultor: Aumento da produtividade dos

Leia mais

Índice 2 MILHO TECNOLOGIA DO CAMPO À MESA

Índice 2 MILHO TECNOLOGIA DO CAMPO À MESA Índice Um pouco de história 4 Origem 4 Domesticação Ação do homem 5 Genética Clássica 6 Milho híbrido 6 Biotecnologia 7 Presente e futuro 7 Benefícios 8 Segurança Ambiental 9 Fluxo Gênico 9 O Conselho

Leia mais

Mesorregião MT-RO Mato Grosso - Rondônia. Catálogo Soja

Mesorregião MT-RO Mato Grosso - Rondônia. Catálogo Soja Mesorregião MT-RO Mato Grosso - Rondônia Catálogo Soja 2013 Cultivares de Soja Marca Pionee r Mesorregião MT-RO Diversidade genética e qualidade A DuPont Pioneer, com mais de 85 anos de melhoramento, é

Leia mais

Para obter mais informações, entre em contato com: Colleen Parr, pelo telefone (214) 665-1334, ou pelo e-mail colleen.parr@fleishman.

Para obter mais informações, entre em contato com: Colleen Parr, pelo telefone (214) 665-1334, ou pelo e-mail colleen.parr@fleishman. Para obter mais informações, entre em contato com: Colleen Parr, pelo telefone (214) 665-1334, ou pelo e-mail colleen.parr@fleishman.com Começa a segunda onda prevista de crescimento e desenvolvimento

Leia mais

Jardel Peron Waquim Engenheiro Agrônomo

Jardel Peron Waquim Engenheiro Agrônomo Jardel Peron Waquim Engenheiro Agrônomo São os organismos que tiveram inseridos em seu código genético, genes estranhos de qualquer outro ser vivo Isolar o gene desejado, retirando-o da molécula de DNA

Leia mais

Localização. O Centro Nacional de Pesquisa de Trigo está localizado em Passo Fundo, estado do Rio Grande do Sul, Brasil.

Localização. O Centro Nacional de Pesquisa de Trigo está localizado em Passo Fundo, estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Localização Peru Chile Bolívia Paraguai Uruguai Argentina Passo Fundo, RS O Centro Nacional de Pesquisa de Trigo está localizado em Passo Fundo, estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Embrapa Trigo Rodovia

Leia mais

CULTURA DE TECIDOS VEGETAIS

CULTURA DE TECIDOS VEGETAIS CULTURA DE TECIDOS VEGETAIS Transformação Genética Vegetal Prof. Fernando Domingo Zinger INTRODUÇÃO A transformação genética é a transferência (introdução) de um ou vários genes em um organismo sem que

Leia mais

P a n o r a m a dos insetos pragas das culturas de soja, milho e algodão na Defesa Sanitária Vegetal para Mato Grosso do Sul

P a n o r a m a dos insetos pragas das culturas de soja, milho e algodão na Defesa Sanitária Vegetal para Mato Grosso do Sul P a n o r a m a dos insetos pragas das culturas de soja, milho e algodão na Defesa Sanitária Vegetal para Mato Grosso do Sul PAULO E. DEGRANDE Universidade Federal da Grande Dourados O CONVITE versus FALAR

Leia mais

II ENCONTRO DE IRRIGANTES POR ASPERSÃO DO RS

II ENCONTRO DE IRRIGANTES POR ASPERSÃO DO RS II ENCONTRO DE IRRIGANTES POR ASPERSÃO DO RS 02 de OUTUBRO DE 2014 CRUZ ALTA RIO GRANDE DO SUL O INÍCIO DA IRRIGAÇÃO 5.000 anos atrás, Egito Antigo; Construção de diques, represas e canais para melhor

Leia mais

Proposta de DECISÃO DO CONSELHO

Proposta de DECISÃO DO CONSELHO PT PT PT COMISSÃO EUROPEIA Proposta de Bruxelas, 1.2.2011 COM(2011) 28 final 2011/0010 (NLE) DECISÃO DO CONSELHO que autoriza a colocação no mercado de produtos que contenham, sejam constituídos por, ou

Leia mais

CULTIVARES DE SOJA I N D I C A D A S P A R A

CULTIVARES DE SOJA I N D I C A D A S P A R A D E S E M P E N H O D E CULTIVARES DE SOJA I N D I C A D A S P A R A O R I O G R A N D E D O S U L Julho, 2013 RESULTADOS DE 2012 2013 Rendimento e características agronômicas das cultivares, indicadas

Leia mais

Helicoverpa armigera. Ivan Cruz, entomologista ivan.cruz@embrapa.br

Helicoverpa armigera. Ivan Cruz, entomologista ivan.cruz@embrapa.br Helicoverpa armigera Ivan Cruz, entomologista ivan.cruz@embrapa.br Controle Biológico com ênfase a Trichogramma Postura no coleto Posturas nas folhas Trichogramma Manejo Integrado de Pragas com ênfase

Leia mais

Plano de Manejo Parque Natural Municipal Doutor Tancredo de Almeida Neves. Encarte 6 MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO. IVB-2012 Página 1

Plano de Manejo Parque Natural Municipal Doutor Tancredo de Almeida Neves. Encarte 6 MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO. IVB-2012 Página 1 Encarte 6 MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO IVB-2012 Página 1 CONTEÚDO 6 MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO 6.1 Monitoramento e avaliação anual da implementação do Plano 6.2 Monitoramento e avaliação da efetividade do

Leia mais

Plantas Transgênicas: Água, Produção de Alimentos e Saúde na Perspectiva Transdisciplinar. 26 de março de 2015

Plantas Transgênicas: Água, Produção de Alimentos e Saúde na Perspectiva Transdisciplinar. 26 de março de 2015 Plantas Transgênicas: Água, Produção de Alimentos e Saúde na Perspectiva Transdisciplinar 26 de março de 2015 Quais plantas transgênicas existem no Brasil? ( anos Soja (há 17 ( 2008 Milho (2007, plantado

Leia mais

INFORMATIVO BIOTECNOLOGIA

INFORMATIVO BIOTECNOLOGIA TEL +55 34 3229 1313 FAX +55 34 3229 4949 celeres@celeres.com.br celeres.com.br IB14.01 9 de abril de 2014 INFORMATIVO BIOTECNOLOGIA Conteúdo Análise Geral... 2 Tabelas... 6 Figuras Figura 1. Adoção da

Leia mais

Aspectos econômicos da produção de milho transgênico

Aspectos econômicos da produção de milho transgênico ISSN 1518-4269 Aspectos econômicos da produção de milho transgênico 127 Sete Lagoas, MG Dezembro, 2009 Autores Jason de Oliveira Duarte João Carlos Garcia José Carlos Cruz Embrapa Milho e Sorgo. Caixa

Leia mais

Mentira: O homem não precisa plantar transgênicos Mentira: As plantas transgênicas não trarão benefícios a sociedade

Mentira: O homem não precisa plantar transgênicos Mentira: As plantas transgênicas não trarão benefícios a sociedade Como toda nova ciência ou tecnologia, ela gera dúvidas e receios de mudanças. Isto acontece desde os tempos em que Galileo afirmou que era a Terra que girava em torno do Sol ou quando Oswaldo Cruz iniciou

Leia mais

Híbridos de. A Dow AgroSciences oferece um portifólio de híbridos com lançamentos projetados para os desafios de cada região do Brasil,

Híbridos de. A Dow AgroSciences oferece um portifólio de híbridos com lançamentos projetados para os desafios de cada região do Brasil, Híbridos de MILHO GRÃO E SILAGEM A Dow AgroSciences oferece um portifólio de híbridos com lançamentos projetados para os desafios de cada região do Brasil, aliado à biotecnologia PowerCore. Escolher a

Leia mais

AMEAÇAS FITOSSANITARIAS, Ciência e Inovação para alimentar o mundo. José Perdomo Presidente CropLife Latin America

AMEAÇAS FITOSSANITARIAS, Ciência e Inovação para alimentar o mundo. José Perdomo Presidente CropLife Latin America AMEAÇAS FITOSSANITARIAS, Ciência e Inovação para alimentar o mundo José Perdomo Presidente CropLife Latin America Conteúdo Desafios globais da AGRICULTURA A ciência, a inovação e a tecnologia ao serviço

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO 2011 HERCULEX* I E ROUNDUP READY 2

BOLETIM TÉCNICO 2011 HERCULEX* I E ROUNDUP READY 2 BOLETIM TÉCNICO 2011 HERCULEX* I E ROUNDUP READY 2 Í N D I C E HERCULEX* I e Roundup Ready 2 Visão geral HERCULEX* I Modo de ação HERCULEX* I Atividade biológica Características dos insetos-pragas da cultura

Leia mais

PLANTAS TRANSGÊNICAS

PLANTAS TRANSGÊNICAS Plantas Transgênicas 15 PLANTAS TRANSGÊNICAS 5.2 A transformação genética é a transferência (introdução) de um ou vários genes em um organismo sem que haja a fecundação ou o cruzamento. Os organismos transformados

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Arroz e Feijão Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Arroz e Feijão Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. ISSN 1678-9644 Dezembro, 2008 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Arroz e Feijão Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Documentos 232 Perspectivas da utilização do gene bt

Leia mais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Data de atualização: 31.07.2014

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Data de atualização: 31.07.2014 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Data de atualização: Secretaria de Defesa Agropecuária SDA EUROFINS DO BRASIL ANÁLISES DE ALIMENTOS Nome Empresarial: EUROFINS DO BRASIL ANÁLISES DE

Leia mais

ALIMENTOS TRANSGÊNICOS

ALIMENTOS TRANSGÊNICOS FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FUNDAÇÃO CECIERJ / CONSÓRCIO CEDERJ PROFESSOR/CURSISTA: RITA DE CASSIA CASTRO DE AQUINO COLÉGIO: TUTOR (A): SÉRIE: 3ª SÉRIE / ENS. MÉDIO 4º BIMESTRE

Leia mais

7.5. PRINCIPAIS PRAGAS DO MILHO E SEU CONTROLE

7.5. PRINCIPAIS PRAGAS DO MILHO E SEU CONTROLE 7.5. PRINCIPAIS PRAGAS DO MILHO E SEU CONTROLE 1 Pragas de solo 1.1 - Cupins Importância econômica -se alimentam de celulose e possuem hábitos subterrâneos. Sintomas de danos -Atacam as sementes, destruindo-as

Leia mais

Impactos da Adoção da Tecnologia Intacta. Monsanto

Impactos da Adoção da Tecnologia Intacta. Monsanto Impactos da Adoção da Tecnologia Intacta Monsanto 11 de junho de 2013 1 Objetivo do trabalho 2 Objetivo do presente trabalho é demonstrar a importância econômica da utilização da tecnologia no aumento

Leia mais

Ministério da Ciência e Tecnologia - MCT Comissão Técnica Nacional de Biossegurança - CTNBio Secretaria Executiva

Ministério da Ciência e Tecnologia - MCT Comissão Técnica Nacional de Biossegurança - CTNBio Secretaria Executiva PARECER TÉCNICO Nº 2.725/2010 Processo nº: 01200.003952/2009-38 Requerente: Monsanto do Brasil Ltda. CNPJ: 64.858.525/0001-45 Endereço: Av. Nações Unidas, 12901 Torre Norte 7º e 8º andares CEP: 04578-000

Leia mais

Manejo de pragas. Engª. Agrª. MSc. Caroline Pinheiro Reyes

Manejo de pragas. Engª. Agrª. MSc. Caroline Pinheiro Reyes Manejo de pragas Engª. Agrª. MSc. Caroline Pinheiro Reyes O que é uma praga? *Inseto que cause danos diretos (ex. lagarta que se alimente das folhas de couve) O que é uma praga? * Inseto que cause danos

Leia mais

Introdução do Cultivo de Physalis (Physalis angulata L.) de Base Agroecológica na Região Central do Estado do Rio Grande do Sul.

Introdução do Cultivo de Physalis (Physalis angulata L.) de Base Agroecológica na Região Central do Estado do Rio Grande do Sul. Introdução do Cultivo de Physalis (Physalis angulata L.) de Base Agroecológica na Região Central do Estado do Rio Grande do Sul. LISSNER, Rael Alfredo. Universidade Federal de Santa Maria rael_lissner@yahoo.com.br

Leia mais

BOLETIM DE AVISOS Nº 43

BOLETIM DE AVISOS Nº 43 BOLETIM DE AVISOS FITOSSANITÁRIOS ALTO PARANAÍBA / TRIÂNGULO MINEIRO BOLETIM DE AVISOS Nº 43 MARÇO/2014 1 LOCALIZAÇÃO / DADOS CLIMÁTICOS E FENOLÓGICOS DO CAFEEIRO ARAXÁ Latitude 19 o 33 21 S Longitude

Leia mais

BIOTECNOLOGIA E AGRICULTURA da ciência e tecnologia aos impactos da inovação

BIOTECNOLOGIA E AGRICULTURA da ciência e tecnologia aos impactos da inovação BIOTECNOLOGIA E AGRICULTURA: DA CIÊNCIA... BIOTECNOLOGIA E AGRICULTURA da ciência e tecnologia aos impactos da inovação JOSÉ MARIA FERREIRA JARDIM DA SILVEIRA IZAIAS DE CARVALHO BORGES ANTONIO MÁRCIO BUAINAIN

Leia mais

SEMENTES Cenário Atual e Desafios para o Futuro. Eng. Agr. Ivan Paghi Diretor Técnico Abrange

SEMENTES Cenário Atual e Desafios para o Futuro. Eng. Agr. Ivan Paghi Diretor Técnico Abrange SEMENTES Cenário Atual e Desafios para o Futuro Eng. Agr. Ivan Paghi Diretor Técnico Abrange Eng. Agr. Ivan Paghi Diretor Técnico AGREGANDO VALOR À SOJA E MILHO CIA S ASSOCIADAS Produtores Rurais - NGMO

Leia mais

O que são os «OGM s»???

O que são os «OGM s»??? O que são os «OGM s»??? Em Portugal, como em toda a União Europeia, apenas está autorizada a libertação deliberada no ambiente para o cultivo do milho geneticamente modificado, ou como vulgarmente é denominado,

Leia mais

I S A A A SERVIÇO INTERNACIONAL PARA A AQUISIÇÃO DE APLICAÇÕES EM AGROBIOTECNOLOGIA SUMÁRIO EXECUTIVO PRÉVIA

I S A A A SERVIÇO INTERNACIONAL PARA A AQUISIÇÃO DE APLICAÇÕES EM AGROBIOTECNOLOGIA SUMÁRIO EXECUTIVO PRÉVIA I S A A A SERVIÇO INTERNACIONAL PARA A AQUISIÇÃO DE APLICAÇÕES EM AGROBIOTECNOLOGIA SUMÁRIO EXECUTIVO PRÉVIA Situação Global da Comercialização de Lavouras Geneticamente Modificadas (GM): 2004 Por Clive

Leia mais

Índice 2 MILHO TECNOLOGIA DO CAMPO À MESA

Índice 2 MILHO TECNOLOGIA DO CAMPO À MESA Índice Um pouco de história 4 Origem 4 Domesticação Ação do homem 5 Genética Clássica 6 Milho híbrido 6 Biotecnologia 7 Presente e futuro 7 Benefícios 8 Segurança Ambiental 9 Fluxo Gênico 9 O Conselho

Leia mais

GIRASSOL: Sistemas de Produção no Mato Grosso

GIRASSOL: Sistemas de Produção no Mato Grosso GIRASSOL: Sistemas de Produção no Mato Grosso Clayton Giani Bortolini Engº Agr. MSc Diretor de Pesquisas Fundação Rio Verde Formma Consultoria Agronômica Produção Agrícola no Mato Grosso Uma safra / ano:

Leia mais

Plantas Transgênicas

Plantas Transgênicas Plantas Transgênicas Organismo geneticamente modificado (OGM): Transgênico Organismo que recebeu um ou mais genes de outro organismo e passa a expressar uma nova característica de especial interesse. DNA

Leia mais

10 anos de transgênicos no Brasil

10 anos de transgênicos no Brasil 10 anos de transgênicos no Brasil Paulo Cezar Mendes Ramos Especialista em Meio Ambiente e Agroecologia Analista Ambiental/Parque Nacional de Brasília Membro do Grupo de Estudos sobre Agrobiodiversidade

Leia mais

Manejo Integrado de Pragas GASTAR CERTO E GANHAR

Manejo Integrado de Pragas GASTAR CERTO E GANHAR Manejo Integrado de Pragas GASTAR CERTO E GANHAR ROMEU SUZUKI ENGENHEIRO AGRONOMO UNIDADE MUNICIPAL DE MARILÂNDIA DO SUL Janeiro 2005 1 Sumário 1. Introdução 3 2. Objetivo 3 3. Justificativa 3 4. Métodos

Leia mais

Inovação Tecnológica e Controle de Mercado de Sementes Transgênicas de Milho 1 João Carlos Garcia 2 e Rubens Augusto de Miranda 2

Inovação Tecnológica e Controle de Mercado de Sementes Transgênicas de Milho 1 João Carlos Garcia 2 e Rubens Augusto de Miranda 2 XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012 Inovação Tecnológica e Controle de Mercado de Sementes Transgênicas de Milho 1 João Carlos Garcia 2 e Rubens Augusto

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DOS ALIMENTOS. Andréia Zilio Dinon

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DOS ALIMENTOS. Andréia Zilio Dinon UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DOS ALIMENTOS Andréia Zilio Dinon DESENVOLVIMENTO DE INICIADORES E SONDAS PARA DETECÇÃO DE cry1a.105 E cry2ab2 E APLICAÇÃO DE

Leia mais

INFORMATIVO BIOTECNOLOGIA

INFORMATIVO BIOTECNOLOGIA TEL +55 34 3229 1313 FAX +55 34 3229 4949 celeres@celeres.com.br celeres.com.br IB13.02 16 de dezembro de 2013 INFORMATIVO BIOTECNOLOGIA Conteúdo Análise Geral... 2 Tabelas... 5 Figuras Figura 1. Adoção

Leia mais

Avanços do TPE Setembro 2006 / Maio 2007

Avanços do TPE Setembro 2006 / Maio 2007 Avanços do TPE Setembro 2006 / Maio 2007 Já sabemos que... Educação de qualidade para todos promove: Já sabemos que... Educação de qualidade para todos promove: Crescimento econômico Já sabemos que...

Leia mais

Índice 2 ALGODÃO TECNOLOGIA NO CAMPO PARA UMA INDÚSTRIA DE QUALIDADE

Índice 2 ALGODÃO TECNOLOGIA NO CAMPO PARA UMA INDÚSTRIA DE QUALIDADE SETEMBRO/2010 Índice Um Pouco de História Origem 4 Domesticação 5 Evolução 5 No Brasil 5 Genética Melhoramento convencional 6 No Brasil 7 Foco nas pesquisas 7 Biotecnologia 8 Presente 8 Futuro 8 O Conselho

Leia mais

PLANO CONJUNTO BNDES/FINEP PARA DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO DA INDÚSTRIA QUÍMICA PADIQ. Consulta aos Potenciais Interessados

PLANO CONJUNTO BNDES/FINEP PARA DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO DA INDÚSTRIA QUÍMICA PADIQ. Consulta aos Potenciais Interessados PLANO CONJUNTO BNDES/FINEP PARA DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO DA INDÚSTRIA QUÍMICA PADIQ Consulta aos Potenciais Interessados Agenda Objetivos Linhas temáticas Etapas Consulta a parceiros e potenciais clientes

Leia mais

2. DOS REQUISITOS DOS CANDIDATOS O candidato deverá obrigatoriamente que preencher os seguintes requisitos:

2. DOS REQUISITOS DOS CANDIDATOS O candidato deverá obrigatoriamente que preencher os seguintes requisitos: EDITAL DE PRÉ-SELEÇÃO DE ALUNOS PARA PARTICIPAREM DE INTERCÂMBIO ACADÊMICO, ESTÁGIOS E CURSOS DE IDIOMAS NOS ESTADOS UNIDOS, FRANÇA, ITÁLIA, REINO UNIDO E ALEMANHA Programa Ciência sem Fronteiras CHAMADAS

Leia mais

Milho Junho 2010 www.revistacultivar.com.br

Milho Junho 2010 www.revistacultivar.com.br Milho Manejo diferenciado Com o crescimento da oferta e a popularização das variedades de milho resistentes a insetos no Brasil, produtores precisam estar atentos às especificidades desse tipo de tecnologia.

Leia mais