SUMÁRIO CAPÍTULO I TEORIA GERAL DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS... 13

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUMÁRIO CAPÍTULO I TEORIA GERAL DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS... 13"

Transcrição

1 SUMÁRIO CAPÍTULO I TEORIA GERAL DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS Introdução Características Inalienabilidade Irrenunciabilidade Indisponibilidade Historicidade Não-taxatividade Imprescritibilidade Relatividade Colisão ou tensão entre direitos fundamentais: a regra da proporcionalidade Gerações de direitos fundamentais Direitos de 1ª Geração Direitos de 2ª Geração Direitos de 3ª Geração Direitos de 4ª Geração Direitos de 5ª Geração Críticas à Teoria das Gerações Terminologia Dificuldade de aplicação no Direito Internacional Cláusulas Pétreas Sujeito Ativo e Passivo dos direitos fundamentais Eficácia horizontal dos direitos fundamentais: teoria direta, teoria indireta e doutrina da state action Eficácia diagonal dos direitos fundamentais? Aplicabilidade das Normas Constitucionais Normas de eficácia plena Normas de eficácia contida Normas de eficácia limitada Fonteles -Direitos fundamentais 2ed.indd 7 05/05/ :34:14

2 8 DIREITOS FUNDAMENTAIS Samuel Sales Fonteles 8. Restrição a direitos fundamentais: teoria interna, teoria externa e a doutrina dos limites dos limites Dimensão objetiva e dimensão subjetiva dos direitos fundamentais CAPÍTULO II DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS direitos individuais Noções gerais Localização topográfica Princípio da isonomia Noções gerais A Teoria do Impacto Desproporcional Exceções ao princípio da isonomia Princípio da Legalidade O alcance da expressão lei Legalidade versus Reserva Legal Vedação à tortura Tortura e Lei de Anistia Laicidade do Estado Casamento religioso Ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo (art. 208, CP) Transfusão de sangue em Testemunhas de Jeová Escusa de consciência Liberdade de expressão (intelectual, artística, científica e de comunicação) e vedação à censura Noções Gerais Biografias não autorizadas: (in)constitucionalidade dos arts. 20 e 21, CC/ Proteção da intimidade, vida privada, honra e imagem Intimidade versus vida privada Honra (objetiva e subjetiva) Imagem Imagem retrato Imagem atributo Dano material e dano moral Direito ao esquecimento Inviolabilidade de domicílio Fonteles -Direitos fundamentais 2ed.indd 8 05/05/ :34:14

3 SUMÁRIO Conceito e abrangência do vocábulo casa Hipóteses constitucionais e a jurisprudência do STF Sigilo epistolar, das comunicações telegráficas, de dados e das comunicações telefônicas O alcance da expressão salvo, no último caso Utilização da interceptação telefônica em processos e procedimentos não criminais Lei de interceptação telefônica e o STF Teoria do Juízo Aparente Direito de Locomoção Direito plasmado em norma de eficácia contida Restrições infraconstitucionais Restrições trazidas pela própria Constituição Direito de reunião Liberdade de associação Direito à propriedade privada Considerações gerais Restrições ao direito de propriedade Noções gerais Interdisciplinaridade da função social Conceito Exceções Inafastabilidade da jurisdição Noções gerais e conteúdo do princípio Exceções ao princípio do livre acesso à justiça Segurança Jurídica Noções gerais Vertente objetiva do princípio da segurança jurídica: estabilidade e previsibilidade Vertente subjetiva do princípio da segurança jurídica: proteção da confiança Jurisprudência do STF Princípio do juiz natural Noções gerais Princípios constitucionais Princípio da reserva legal e princípio da anterioridade Noções gerais Medidas provisórias O alcance da norma Fonteles -Direitos fundamentais 2ed.indd 9 05/05/ :34:14

4 10 DIREITOS FUNDAMENTAIS Samuel Sales Fonteles Normas penais em branco Extra-atividade como gênero de duas espécies: retroatividade e ultra-atividade (In)constitucionalidade das leis temporárias e excepcionais (art. 3º, CP) Conjugação de leis Lei mais benéfica e coisa julgada Racismo Mandados de criminalização e o princípio da vedação à proteção insuficiente O racismo na visão do STF: caso Siegfried Ellwanger Racismo e homofobia Crimes inafiançáveis e insuscetíveis de graça ou anistia Noções gerais e diferenças entre os institutos da graça, anistia e indulto Regime jurídico mais rígido para crimes hediondos e equiparados: visão do STF Intransmissibilidade da pena Segregação por idade Segregação pelo sexo Segregação entre pessoas maiores e do mesmo sexo Extradição de brasileiro Conceito de extradição e aspectos constitucionais Requisitos impostos pela lei e pela jurisprudência do STF Distinções entre institutos assemelhados Entrega de brasileiros para o Tribunal Penal Internacional Extradição de estrangeiro Noções de crimes políticos A decisão do STF vincula o presidente da República? Juiz Natural Noções gerais Promotor Natural Juiz sem rosto Devido processo legal Noções gerais Dimensão adjetiva ou formal Dimensão substantiva ou material Fonteles -Direitos fundamentais 2ed.indd 10 05/05/ :34:14

5 SUMÁRIO A ampla defesa e o contraditório Noções gerais e conceitos: contraditório formal, material e ampla defesa Contraditório e ampla defesa nas demandas executivas Estudo das súmulas do STF Exigência de depósito prévio para recursos administrativos Mitigação da súmula vinculante 3: overriding Defesa técnica de advogado Direito de acesso aos autos do inquérito Provas ilegais Provas ilícitas e provas ilegítimas Ilicitude por derivação Aplicação do princípio da proporcionalidade princípio da presunção de inocência Noções gerais Consequências do princípio da presunção de inocência Temperamentos da presunção de inocência no STF Prisões Noções gerais Prisões compatíveis com a nova ordem constitucional Jurisprudência do STF Incomunicabilidade do preso Direito ao silêncio Liberdade Provisória Noções gerais Posição do STF acerca da liberdade provisória em crimes inafiançáveis Prisão civil por dívida Noções introdutórias Dívida de alimentos e prisão civil Habeas corpus Natureza jurídica Objeto Partes Mandado de segurança Conceito e natureza jurídica Objeto Prazo Fonteles -Direitos fundamentais 2ed.indd 11 05/05/ :34:14

6 12 DIREITOS FUNDAMENTAIS Samuel Sales Fonteles Partes Mandado de injunção Conceito e natureza jurídica Normas de Eficácia Limitada e a Inconstitucionalidade por omissão Efeitos da decisão Habeas data Conceito e Natureza Jurídica Objeto A prévia utilização das vias administrativas Ação popular Conceito e natureza jurídica Legitimidade ativa Legitimidade passiva Objeto Competência Isenção de custas Tratados Internacionais Incorporação dos tratados internacionais Posição hierárquica dos tratados internacionais (Im)possibilidade de denúncia de tratados com status de emenda constitucional BIBLIOGRAFIA Fonteles -Direitos fundamentais 2ed.indd 12 05/05/ :34:14

Nota à 30a edição, xxix Prefácio à 1a edição, xxxi

Nota à 30a edição, xxix Prefácio à 1a edição, xxxi Nota à 30a edição, xxix Prefácio à 1a edição, xxxi 1 DIREITO CONSTITUCIONAL, 1 1 Constitucionalismo, 1 1.1 Estado Constitucional: Estado de Direito e Estado Democrático, 2 2 Conceito de Constituição, 6

Leia mais

EDITAL Nº 18/2011 01* 01* OBS: O professor ao se inscrever deverá ter disponibilidade nos turnos indicados.

EDITAL Nº 18/2011 01* 01* OBS: O professor ao se inscrever deverá ter disponibilidade nos turnos indicados. EDITAL Nº 18/2011 Processo Seletivo de Docentes da Estácio FIC 2011. A DIRETORA GERAL da Faculdade Estácio do Ceará - Estácio FIC, no uso de suas atribuições e regimentais, torna pública a abertura de

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso. Procuradoria Geral de Justiça

Ministério Público do Estado de Mato Grosso. Procuradoria Geral de Justiça CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DO CARGO DE PROMOTOR DE JUSTIÇA SUBSTITUTO (EDITAL Nº 001/2014/MP-MT) (publicado no DOE em 14/02/2014 páginas 183 a 188) ANEXO I PROGRAMAS DOS GRUPOS TEMÁTICOS PARA O CONCURSO

Leia mais

TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL

TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL TABELA DE TEMPORALIDADE DE DOCUMENTOS UNIFICADA - JUSTIÇA ESTADUAL ELIMI JUIZADOS DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE 547 Seção Cível 1385 Cartas 1450 Carta de ordem 1451 Carta Precatória 1455 Incidentes 10969

Leia mais

Direitos políticos. Conceitos fundamentais. Direitos políticos positivos. Direitos políticos positivos e direitos políticos negativos.

Direitos políticos. Conceitos fundamentais. Direitos políticos positivos. Direitos políticos positivos e direitos políticos negativos. Direitos políticos Conceitos fundamentais Cidadania É qualificação daquele que participa da vida do Estado, participando do governo e sendo ouvido por este. Assim, é cidadão aquele que possui a capacidade

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE 1 Teoria Geral da Constituição / Separação de Poderes 2 Direitos e deveres individuais e coletivos 3 Nacionalidade 4 Direitos políticos/ Partidos Políticos 5 Organização Político-Administrativa 6 Poder

Leia mais

Sumário. Nota do autor para a terceira edição... 31

Sumário. Nota do autor para a terceira edição... 31 Nota do autor para a terceira edição... 31 APRESENTAÇÃO... 33 ABREVIATURAS E SIGLAS... 35 Capítulo I Introdução ao direito eleitoral... 37 1. Introdução ao Direito Eleitoral... 37 1.1. Conceito de Direito

Leia mais

Capítulo I - Dos Direitos e deveres individuais e coletivos (art. 5º) Diferenciação entre Direitos, Garantias e Remédios Constitucionais.

Capítulo I - Dos Direitos e deveres individuais e coletivos (art. 5º) Diferenciação entre Direitos, Garantias e Remédios Constitucionais. Diferenciação entre Direitos, Garantias e Remédios Constitucionais. Direitos: Declarações que limitam a atuação do Estado ou dos cidadãos. Garantias: Blindagem que envolve o Direito, evitando sua violação.

Leia mais

1.5 Abrigo em entidade...162 1.6 Abrigo temporário...164 2. Competência para aplicação das medidas de proteção...165

1.5 Abrigo em entidade...162 1.6 Abrigo temporário...164 2. Competência para aplicação das medidas de proteção...165 SUMÁRIO DOUTRINA CAPÍTULO I INTRODUÇÃO... 3 1. Breve evolução histórica dos direitos dos idosos no Brasil... 3 2. Perfil Constitucional dos direitos dos idosos... 5 3. Princípios norteadores dos direitos

Leia mais

EXERCÍCIOS DIREITOS FUNDAMENTAIS CURSO MÚLTIPLA PROFESSORA : MYRIAN BRANDAO myrianpcdireito@yahoo.com.br

EXERCÍCIOS DIREITOS FUNDAMENTAIS CURSO MÚLTIPLA PROFESSORA : MYRIAN BRANDAO myrianpcdireito@yahoo.com.br EXERCÍCIOS ARTIGO 5º Assinale V para verdadeira ou F para falso as alternativas seguintes: 1 - ( ) é livre a manifestação do pensamento, sendo permitido o anonimato 2 - ( ) a casa é asilo inviolável do

Leia mais

GRUPO I DIREITO PENAL

GRUPO I DIREITO PENAL CONTEÚDO DA APOSTILA GRUPO I DIREITO PENAL MODELOS DE DIREITO PENAL. ESCOLAS DE DIREITO PENAL. PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS PENAIS. RELAÇÃO ENTRE DIREITO PENAL, CRIMINOLOGIA E POLÍTICA CRIMINAL. TEORIAS

Leia mais

Prefácio 17 Explicação necessária 19

Prefácio 17 Explicação necessária 19 SUMÁRIO Prefácio 17 Explicação necessária 19 I. CONSTITUIÇÃO 21 1. Conceitos 21 2. História das Constituições 21 3. Classificação das Constituições 23 4. Elementos das Constituições 24 5. Estrutura da

Leia mais

MPE Direito Penal Aplicação da Lei Penal no Tempo e no Espaço Emerson Castelo Branco

MPE Direito Penal Aplicação da Lei Penal no Tempo e no Espaço Emerson Castelo Branco MPE Direito Penal Aplicação da Lei Penal no Tempo e no Espaço Emerson Castelo Branco 2013 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. 1. APLICAÇÃO DA LEI PENAL NO TEMPO E NO

Leia mais

Edital Verticalizado Polícia Civil de Pernambuco

Edital Verticalizado Polícia Civil de Pernambuco Edital Verticalizado Polícia Civil de Pernambuco 2016 Edital Verticalizado Polícia Civil de Pernambuco O Focus Concursos Online oferece aos que desejam se preparar, um curso teórico, atualizado, com todas

Leia mais

ÍNDICE VOLUME 1. Semântica: sentido e emprego dos vocábulos; campos semânticos; emprego de tempos e modos dos verbos em português...

ÍNDICE VOLUME 1. Semântica: sentido e emprego dos vocábulos; campos semânticos; emprego de tempos e modos dos verbos em português... Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia TJ/RO Técnico Judiciário ÍNDICE VOLUME 1 CONHECIMENTOS BÁSICOS LÍNGUA PORTUGUESA Elementos de construção do texto e seu sentido: gênero do texto (literário e não

Leia mais

CNEF FASE DE FORMAÇÃO INICIAL SUMÁRIOS DE PRÁTICA PROCESSUAL PENAL. Proposta de programa a desenvolver em sumários:

CNEF FASE DE FORMAÇÃO INICIAL SUMÁRIOS DE PRÁTICA PROCESSUAL PENAL. Proposta de programa a desenvolver em sumários: CNEF FASE DE FORMAÇÃO INICIAL SUMÁRIOS DE PRÁTICA PROCESSUAL PENAL Proposta de programa a desenvolver em sumários: I Do inicio do processo o crime e sua natureza. - Crimes públicos, semi-públicos e particulares;

Leia mais

Capítulo 1 Crimes Hediondos Lei 8.072/1990

Capítulo 1 Crimes Hediondos Lei 8.072/1990 Sumário Prefácio... 11 Apresentação dos autores... 13 Capítulo 1 Crimes Hediondos Lei 8.072/1990 1. Para entender a lei... 26 2. Aspectos gerais... 28 2.1 Fundamento constitucional... 28 2.2 A Lei dos

Leia mais

A EQUIPE DO DIREITO CONCENTRADO ESTÁ COM VOCÊ!

A EQUIPE DO DIREITO CONCENTRADO ESTÁ COM VOCÊ! Olá CONCENTRADOS! Como está a sua preparação para a 2ª fase da OAB? Muito estudo e dedicação? Sabemos como é difícil conseguir conciliar tudo nesta fase, o período é curto, a matéria longa e você precisa

Leia mais

CONTEÚDO / ATIVIDADES Data CH

CONTEÚDO / ATIVIDADES Data CH 1 SOPECE-FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS DE PERNAMBUCO-PINTO FERREIRA CURSO DE DIREITO-Ética Geral e Profissional-2º Ano-Manhã-2016 Professora: Sueli Gonçalves de Almeida Site: www.loveira.adv.br/material

Leia mais

Privacidade e Direito da informação à Problemática na Sociedade Virtual

Privacidade e Direito da informação à Problemática na Sociedade Virtual Privacidade e Direito da informação à Problemática na Sociedade Virtual Diversas Informações Colhidas! Direito à privacidade O Direito à privacidade, engloba o direito à intimidade e à vida privada,

Leia mais

DIREITOS POLÍTICOS. Direitos Políticos Negativos

DIREITOS POLÍTICOS. Direitos Políticos Negativos Direitos Políticos Negativos São as restrições, em maior ou menor extensão, ao exercício dos direitos políticos (ativos e passivos) O art. 15 da Constituição Federal disciplina as hipóteses de perda e

Leia mais

PROCESSO PENAL - DPU. PONTO 1: Inquérito policial. PONTO 2: Ação Penal

PROCESSO PENAL - DPU. PONTO 1: Inquérito policial. PONTO 2: Ação Penal PROCESSO PENAL aula I Professor: David Data: 20.01.1020 PONTO 1: Inquérito policial PONTO 2: Ação Penal Artigos 4º a 23º do CPP 1. CONCEITO/NATUREZA. Trata-se de espécie de procedimento administrativo,

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES INICIAIS...

SUMÁRIO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES INICIAIS... SUMÁRIO CAPÍTULO I CONSIDERAÇÕES INICIAIS... 13 Processo X procedimento... 13 Ritos no processo de cognição... 13 Procedimento comum... 14 Procedimento especial... 14 Atividade jurisdicional estrutura...

Leia mais

Direitos da Personalidade. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Direitos da Personalidade. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Direitos da Personalidade Direitos da Personalidade São direitos subjetivos da pessoa de defender o que lhe é próprio, ou seja, a vida, a integridade, a liberdade, a sociabilidade, a reputação ou honra,

Leia mais

Capítulo I INQUÉRITO POLICIAL E AÇÃO PENAL Seção I REQUERIMENTO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO POLICIAL (OU NOTITIA CRIMINIS )

Capítulo I INQUÉRITO POLICIAL E AÇÃO PENAL Seção I REQUERIMENTO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO POLICIAL (OU NOTITIA CRIMINIS ) Manual de Prática Penal Sumário Manual de Prática Penal Capítulo I INQUÉRITO POLICIAL E AÇÃO PENAL Seção I REQUERIMENTO DE INSTAURAÇÃO DE INQUÉRITO POLICIAL (OU NOTITIA CRIMINIS ) Fundamento Legal... 33

Leia mais

DIREITOS POLITICOS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS

DIREITOS POLITICOS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS DIREITOS FUNDAMENTAIS CONCEITO: O direito democrático de participação do povo no governo, por seus representantes, acabou exigindo a formação de um conjunto de normas legais permanentes, que recebe a denominação de direitos

Leia mais

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS BR/1998/PI/H/4 REV. DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III) da Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948 Brasília 1998 Representação

Leia mais

Ano 5º Ano. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional. Professor(es) Ms. Demétrius Amaral Beltrão Ms Julio Cesar da Silva Tavares

Ano 5º Ano. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional. Professor(es) Ms. Demétrius Amaral Beltrão Ms Julio Cesar da Silva Tavares Página 1 de 5 A EMENTA Licitações e Contratos Administrativos. Tipos de atividade administrativa: Serviços Públicos e Limitação da autonomia privada (Poder de polícia). Ordenamento urbano e estatuto da

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO. PROJETO DE LEI N o 2.079, DE 2003

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO. PROJETO DE LEI N o 2.079, DE 2003 COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO PROJETO DE LEI N o 2.079, DE 2003 Determina a perda de mandato para Prefeito e Vice-Prefeito que transferir domicílio eleitoral. Autor: Deputado Lupércio

Leia mais

ÍNDICE PREFÁCIO... XIII

ÍNDICE PREFÁCIO... XIII ÍNDICE PREFÁCIO... XIII SEGURANÇA JURÍDICA NO NOVO CARF PAULO DE BARROS CARVALHO... 1 1. Palavras introdutórias... 1 2. Núcleo semântico do sobreprincípio da segurança jurídica... 4 3. O primado da segurança

Leia mais

Preâmbulo. Considerando essencial promover o desenvolvimento de relações amistosas entre as nações,

Preâmbulo. Considerando essencial promover o desenvolvimento de relações amistosas entre as nações, DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III) da Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948 Preâmbulo Considerando que o reconhecimento da

Leia mais

ANEXO III PROGRAMAS DAS PROVAS

ANEXO III PROGRAMAS DAS PROVAS EDITAL N. 001/2014 CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NA CARREIRA DE DEFENSOR PÚBLICO DE 3ª CATEGORIA DO ESTADO DE GOIÁS ANEXO III PROGRAMAS DAS PROVAS LÍNGUA PORTUGUESA 1. Gêneros do discurso jurídico. Características

Leia mais

MARCELO MAGALHÃES PEIXOTO

MARCELO MAGALHÃES PEIXOTO MARCELO MAGALHÃES PEIXOTO Membro do CARF Conselho Administrativo de Recursos Fiscais do Ministério da Fazenda (2014-2016) Ex-Juiz do TIT/SP Tribunal de Impostos e Taxas do Estado de São Paulo Mestre em

Leia mais

Remédio constitucional ou remédio jurídico, são meios postos à disposição dos indivíduos e cidadão para provocar a intervenção das autoridades

Remédio constitucional ou remédio jurídico, são meios postos à disposição dos indivíduos e cidadão para provocar a intervenção das autoridades Remédio constitucional ou remédio jurídico, são meios postos à disposição dos indivíduos e cidadão para provocar a intervenção das autoridades competentes, visando sanar ilegalidades ou abuso de poder

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 789.608 DISTRITO FEDERAL RELATORA RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. CÁRMEN LÚCIA :MARKMIDIA PUBLICIDADE E EMPREENDIMENTOS LTDA : LUCIANO CORREIA MATIAS

Leia mais

RESOLUÇÃO NPJ Nº 03/2014

RESOLUÇÃO NPJ Nº 03/2014 RESOLUÇÃO NPJ Nº 03/2014 A COORDENAÇÃO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA DA FACULDADE 7 DE SETEMBRO, no exercício de suas atribuições institucionais, com fundamento no Regulamento do Núcleo de Prática Jurídica

Leia mais

EXTENSIVO PLENO Direito Internacional Prof. Diego Pereira Machado

EXTENSIVO PLENO Direito Internacional Prof. Diego Pereira Machado MATERIAL DE AULA NACIONALIDADE Nacionalidade é o vínculo jurídico-político que liga um indivíduo a um determinado Estado, permitindo que ele (nacional) desfrute de direitos e submeta-se a obrigações. Princípio

Leia mais

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DO HOMEM

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DO HOMEM DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DO HOMEM com a Independência dos E.U.A. e a Revolução Francesa, a Declaração Universal dos Direitos do Homem é um documento extraordinário que precisa ser mais conhecido

Leia mais

Direitos e Garantias Fundamentais. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda

Direitos e Garantias Fundamentais. Profª. MSc. Maria Bernadete Miranda Direitos e Garantias Fundamentais Objetivos Definir Direitos Humanos. Estabelecer os Direitos e Garantias Fundamentais. Direitos e Garantias Fundamentais Os direitos humanos são os direitos e liberdades

Leia mais

QUEBRA DO SIGILO BANCÁRIO PELO BANCO CENTRAL

QUEBRA DO SIGILO BANCÁRIO PELO BANCO CENTRAL QUEBRA DO SIGILO BANCÁRIO PELO BANCO CENTRAL Kiyoshi Harada * O debate em torno da quebra do sigilo bancário voltou à baila após a manifestação do Procurador-Geral do Banco Central no sentido de que as

Leia mais

SUMÁRIO CAPÍTULO I DIREITOS POLÍTICOS... 1 CAPÍTULO II DIREITO ELEITORAL... 15 CAPÍTULO III PRINCÍPIOS DE DIREITO ELEITORAL... 23

SUMÁRIO CAPÍTULO I DIREITOS POLÍTICOS... 1 CAPÍTULO II DIREITO ELEITORAL... 15 CAPÍTULO III PRINCÍPIOS DE DIREITO ELEITORAL... 23 SUMÁRIO CAPÍTULO I DIREITOS POLÍTICOS... 1 1. Compreensão dos direitos políticos... 1 1.1. Política... 1 1.2. Direito Político... 2 1.3. Direitos políticos... 2 2. Direitos humanos e direitos políticos...

Leia mais

www. Lifeworld.com.br

www. Lifeworld.com.br 1 Artigos da Constituição Mundial A Constituição Mundial é composta de 61º Artigos, sendo do 1º ao 30º Artigo dos Direitos Humanos de 1948, e do 31º ao 61º Artigos estabelecidos em 2015. Dos 30 Artigos

Leia mais

Abreviaturas, xvii Nota à 7a edição, xix Prefácio, xxi

Abreviaturas, xvii Nota à 7a edição, xix Prefácio, xxi Abreviaturas, xvii Nota à 7a edição, xix Prefácio, xxi I Direitos políticos, 1 1 Compreensão dos direitos políticos, 1 1.1 Política, 1 1.2 Direito político, direito constitucional e ciência política, 3

Leia mais

Concurso Público de Provas para ingresso na carreira de ESCRIVÃO DE POLÍCIA EP-1/2010

Concurso Público de Provas para ingresso na carreira de ESCRIVÃO DE POLÍCIA EP-1/2010 Academia de Polícia Dr. Coriolano Nogueira Cobra Secretaria de Concursos Públicos Concurso Público de Provas para ingresso na carreira de ESCRIVÃO DE POLÍCIA EP-1/2010 A Comissão do concurso torna pública

Leia mais

Liberdade provisória sem fiança.

Liberdade provisória sem fiança. Liberdade provisória sem fiança. OBJETIVO DESSE AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM SERÁ A APRESENTAÇÃO DO INSTITUTO DA LIBERDADE PROVISÓRIA SEM FIANÇA LIBERDADE PROVISÓRIA LIBERDADE PROVISÓRIA A liberdade

Leia mais

ÍNDICE. Alguns estudos do autor... Prefácio...

ÍNDICE. Alguns estudos do autor... Prefácio... ÍNDICE Alguns estudos do autor................... Prefácio..................................... 5 11 Capítulo I - CONCEITO DE DIREITO TRIBUTÁRIO 1. Direito financeiro e direito tributário........ 23 2.

Leia mais

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Preâmbulo DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Adotada e proclamada pela resolução 217 A (III) da Assembléia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948 Considerando que o reconhecimento da

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO XI CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE JUIZ FEDERAL SUBSTITUTO DA 5ª REGIÃO

TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO XI CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE JUIZ FEDERAL SUBSTITUTO DA 5ª REGIÃO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO XI CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE JUIZ FEDERAL SUBSTITUTO DA 5ª REGIÃO EDITAL Nº15/2012 TRF 5ª, 3 DE JULHO DE 2012. A Comissão do XI Concurso Público

Leia mais

Acórdão. Processo ri. 048.2009.000.257-6/001

Acórdão. Processo ri. 048.2009.000.257-6/001 Processo ri. 048.2009.000.257-6/001 ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque Acórdão Apelação Chiei - no. 048.2009.000.257-6/001

Leia mais

EMAIL/FACE: prof.fabioramos@hotmail.com www.facebook.com/prof.fabioramos 1

EMAIL/FACE: prof.fabioramos@hotmail.com www.facebook.com/prof.fabioramos 1 DIREITOS POLÍTICOS Prof. Fábio Ramos prof.fabioramos@hotmail.com Conjunto de normas que disciplinam as formas de exercício da soberania popular. Princípio da Soberania Popular: Art. 1º, par. único: Todo

Leia mais

I. INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO ECONÔMICO

I. INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO ECONÔMICO SUMÁRIO I. INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO ECONÔMICO 1.1. Direito econômico 1.1.1. Questões preliminares para definir o Direito Econômico 1.1.2. Sujeitos ou agentes econômicos 1.1.3. Definição do Direito

Leia mais

Considerando ser essencial promover o desenvolvimento de relações amistosas entre as nações,

Considerando ser essencial promover o desenvolvimento de relações amistosas entre as nações, A Declaração Universal dos Direitos Humanos é um dos documentos básicos das Nações Unidas e foi assinada em 1948. Nela, são enumerados os direitos que todos os seres humanos possuem. Preâmbulo Considerando

Leia mais

PARECER DO CRESS/SP SOBRE A RESOLUÇÃO SAP 88, de 28/04/2010.

PARECER DO CRESS/SP SOBRE A RESOLUÇÃO SAP 88, de 28/04/2010. 1/7 CONSIDERANDO a Lei de Execução Penal 7.210/1984, a partir da redação em vigor dada pela Lei 10.792/2003, especificamente no que diz respeito ao Exame Criminológico; CONSIDERANDO a Súmula Vinculante

Leia mais

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS. UNIC / Rio / 005 - Dezembro 2000

DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS. UNIC / Rio / 005 - Dezembro 2000 DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS UNIC / Rio / 005 - Dezembro 2000 DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Preâmbulo Considerando que o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros

Leia mais

CURSO INTENSIVO MODULAR FINAL DE SEMANA OAB 2012.2

CURSO INTENSIVO MODULAR FINAL DE SEMANA OAB 2012.2 2012.2 CURSO INTENSIVO MODULAR FINAL DE SEMANA OAB 2012.2 DISCIPLINA ÉTICA PROFISSIONAL AULA 01 EMENTA DA AULA 1. Princípios da advocacia; 2. Atividades privativas da advocacia; 3. Inscrição; 4. Cancelamento

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 25 PERÍODO: 6 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO II NOME DO CURSO: DIREITO

1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 25 PERÍODO: 6 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO II NOME DO CURSO: DIREITO 1. IDENTIFICAÇÃO CÓDIGO DA DISCIPLINA: D - 25 PERÍODO: 6 CRÉDITO: 04 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO DO TRABALHO II NOME DO CURSO: DIREITO 2. EMENTA CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 Segurança

Leia mais

TUTELA PROCESSUAL DO MEIO AMBIENTE

TUTELA PROCESSUAL DO MEIO AMBIENTE GESTÃO AMBIENTAL Prof. Francisco José Carvalho TUTELA PROCESSUAL DO MEIO AMBIENTE COMPETÊNCIA NA AÇÃO CIVIL PÚBLICA Conceito de Ação Civil Pública (ACP) É um instrumento processual, que visa proteger direitos

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR MONITOR PAUTA DE FREQUENCIA DOS EXAMES DE 08 A 16 DE FEVEREIRO 2016 PROVISÓRIA

INSTITUTO SUPERIOR MONITOR PAUTA DE FREQUENCIA DOS EXAMES DE 08 A 16 DE FEVEREIRO 2016 PROVISÓRIA Matric Disciplina T1 T2 T3 T4 NF Situa 15-470 Direito Constitucional I 14,00 17,50 15,00 14,00 15,12 Admit 15-470 Introdução ao Direito I *9,00 13,50 13,50 11,00 11,75 Admit 15-470 Economia Política I

Leia mais

ENUNCIADOS. Suspensão Condicional do Processo. Lei Maria da Penha e Contravenções Penais

ENUNCIADOS. Suspensão Condicional do Processo. Lei Maria da Penha e Contravenções Penais ENUNCIADOS Suspensão Condicional do Processo Enunciado nº 01 (001/2011): Nos casos de crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher não se aplica a suspensão condicional do processo. (Aprovado

Leia mais

PARECERES JURÍDICOS. Para ilustrar algumas questões já analisadas, citamos abaixo apenas as ementas de Pareceres encomendados:

PARECERES JURÍDICOS. Para ilustrar algumas questões já analisadas, citamos abaixo apenas as ementas de Pareceres encomendados: PARECERES JURÍDICOS Partindo das diversas obras escritas pelo Prof.Dr. AURY LOPES JR., passamos a oferecer um produto diferenciado para os colegas Advogados de todo o Brasil: a elaboração de Pareceres

Leia mais

Capítulo 1 Notas Introdutórias... 1. Capítulo 2 Direito Processual Penal e Garantias Fundamentais... 3

Capítulo 1 Notas Introdutórias... 1. Capítulo 2 Direito Processual Penal e Garantias Fundamentais... 3 Sumário Capítulo 1 Notas Introdutórias... 1 Capítulo 2 Direito Processual Penal e Garantias Fundamentais... 3 Capítulo 3 Aplicação da Lei processual penal... 9 Capítulo 4 Princípios do Processo Penal...

Leia mais

Estes são os direitos de: Atribuídos em: Enunciados pela Organização das Naões Unidas na Declaração Universal dos Direitos Humanos

Estes são os direitos de: Atribuídos em: Enunciados pela Organização das Naões Unidas na Declaração Universal dos Direitos Humanos Estes são os direitos de: Atribuídos em: Enunciados pela Organização das Naões Unidas na Declaração Universal dos Direitos Humanos No dia 10 de dezembro de 1948, a Assembléia Geral das Nações Unidas adotou

Leia mais

ALTERAÇÃO NO CÓDIGO PENAL: O DELITO DE FAVORECIMENTO DA PROSTITUIÇÃO OU DE OUTRA FORMA DE EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇA OU ADOLESCENTE OU DE VULNERÁVEL

ALTERAÇÃO NO CÓDIGO PENAL: O DELITO DE FAVORECIMENTO DA PROSTITUIÇÃO OU DE OUTRA FORMA DE EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇA OU ADOLESCENTE OU DE VULNERÁVEL ALTERAÇÃO NO CÓDIGO PENAL: O DELITO DE FAVORECIMENTO DA PROSTITUIÇÃO OU DE OUTRA FORMA DE EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇA OU ADOLESCENTE OU DE VULNERÁVEL. Nomen juris: a Lei nº 12.978/2014 alterou o nome

Leia mais

ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTÉRIO PÚBLICO EDITAL N.º 002/2012-MPE-PA

ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTÉRIO PÚBLICO EDITAL N.º 002/2012-MPE-PA ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO CONCURSO DE INGRESSO PARA CARGOS EFETIVOS NO MINISTÉRIO PÚBLICO EDITAL N.º 002/2012-MPE-PA O Presidente da Comissão do Concurso usando de suas atribuições legais torna

Leia mais

AULA 01 Direitos e Deveres Fundamentais

AULA 01 Direitos e Deveres Fundamentais AULA 01 Direitos e Deveres Fundamentais Um projeto de vida começa com um sonho, grande ou pequeno, não importa! Na vida temos que ter a capacidade de sonhar, sonhar sempre, sonhar para viver! Meu nome

Leia mais

TRABALHOS SELECIONADOS

TRABALHOS SELECIONADOS UNIVERSIDADE DE FORTALEZA CONSÓRCIO LATINO-AMERICANO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO HUMANOS IV SEMINÁRIO LATINO-AMERICANO DE DIREITOS HUMANOS FORTALEZA - 28 A 31 DE AGOSTO TRABALHOS SELECIONADOS Os trabalhos

Leia mais

EDITAL Nº001/05/PGE/GAB

EDITAL Nº001/05/PGE/GAB EDITAL Nº001/05/PGE/GAB CONCURSO PARA PROVIMENTO DE CARGOS DE PROCURADOR DO ESTADO. O PROCURADOR-GERAL DO ESTADO, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 10 da Lei nº 6.107, de 06 de agosto

Leia mais

ANEXO I PROGRAMA DAS PROVAS ESCRITAS DAS FASES PRELIMINAR, INTERMEDIÁRIA E FINAL DO CONCURSO PARA DELEGADO DE POLÍCIA.

ANEXO I PROGRAMA DAS PROVAS ESCRITAS DAS FASES PRELIMINAR, INTERMEDIÁRIA E FINAL DO CONCURSO PARA DELEGADO DE POLÍCIA. ANEXO I PROGRAMA DAS PROVAS ESCRITAS DAS FASES PRELIMINAR, INTERMEDIÁRIA E FINAL DO CONCURSO PARA DELEGADO DE POLÍCIA. LÍNGUA PORTUGUESA Leitura e interpretação de texto; Significação das palavras: sinônimo,

Leia mais

Cód. barras: STJ00095765 (2012)

Cód. barras: STJ00095765 (2012) Cód. barras: STJ00095765 (2012) CAPÍTULO 1 - LEI DE INTRODUÇÃO ÀS NORMAS DO DIREITO BRASILEIRO... 1 1.1. Lei de introdução às normas do direito brasileiro... 1 1.1.1. Considerações gerais... 1 1.1.2. Vigência

Leia mais

- PARA CRIMES CUJA PENA MÁXIMA SEJA IGUAL OU SUPERIOR A QUATRO ANOS: PROCEDIMENTO ORDINÁRIO;

- PARA CRIMES CUJA PENA MÁXIMA SEJA IGUAL OU SUPERIOR A QUATRO ANOS: PROCEDIMENTO ORDINÁRIO; ESQUEMA DE ESTUDO PROCEDIMENTOS PENAIS PROFESSOR: PIETRO CHIDICHIMO JUNIOR NOVA FORMA DE ESCOLHA DOS PROCEDIMENTOS COMUNS COM O ADVENTO DA LEI N.º 11.719/08. EXCEÇÕES: PROCEDIMENTO DE FUNCIONÁRIO E HONRA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo ACÓRDÃO Registro: 2015.0000578466 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0133073-16.2010.8.26.0100, da Comarca de, em que é apelante GOOGLE BRASIL INTERNET LTDA, é apelado THAMIRES FURLAN.

Leia mais

Proteção do Sigilo de Informações e Marco Civil da Internet

Proteção do Sigilo de Informações e Marco Civil da Internet Proteção do Sigilo de Informações e Marco Civil da Internet 2 Não há lei brasileira que regule a atividade de navegação na internet ou traga disposições específicas e exclusivas sobre os dados que circulam

Leia mais

Doutrina - Omissão de Notificação da Doença

Doutrina - Omissão de Notificação da Doença Doutrina - Omissão de Notificação da Doença Omissão de Notificação da Doença DIREITO PENAL - Omissão de Notificação de Doença CP. Art. 269. Deixar o médico de denunciar à autoridade pública doença cuja

Leia mais

I mprobidade Administrativa

I mprobidade Administrativa Olá, pessoal! Trago hoje para vocês um pequeno resumo sobre a Lei n 8.429/1992, que trata dos atos de improbidade administrativa, assunto recorrente em provas de concurso público. A seguir, são comentadas

Leia mais

DIREITO CONSTITUCIONAL

DIREITO CONSTITUCIONAL DIREITO CONSTITUCIONAL PROFESSOR RODRIGO MENEZES facebook.com/prof.rodrigomenezes Art. 5º. Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo se aos brasileiros e aos estrangeiros

Leia mais

RONY VAINZOF rony@opiceblum.com.br

RONY VAINZOF rony@opiceblum.com.br RONY VAINZOF rony@opiceblum.com.br 1 A INTERNET NÃO É UM MUNDO SEM LEIS!!! 11/7/2014 2 INVASÃO FÍSICA OU ELETRÔNICA? X X 11/7/2014 3 Lei 12.737/12 CRIME DE INVASÃO Violação de domicílio Pena - detenção,

Leia mais

PRINCÍPIO DA IGUALDADE DIREITOS INDIVIDUAIS PRINCÍPIO DA ISONOMIA. Estrangeiro Não residente. Princípio da Legalidade.

PRINCÍPIO DA IGUALDADE DIREITOS INDIVIDUAIS PRINCÍPIO DA ISONOMIA. Estrangeiro Não residente. Princípio da Legalidade. DIREITOS INDIVIDUAIS PRINCÍPIO DA IGUALDADE Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do

Leia mais

Cód. barras: STJ00095109 (2012) Sumário. Introdução - O que faz bela a catedral do Direito?... 23

Cód. barras: STJ00095109 (2012) Sumário. Introdução - O que faz bela a catedral do Direito?... 23 Cód. barras: STJ00095109 (2012) Sumário Apresentação... 17 Introdução - O que faz bela a catedral do Direito?... 23 I. DIREITOS HUMANOS, ÉTICA E JUSTiÇA Capítulo 1. Os direitos naturais do ser humano e

Leia mais

COMPETÊNCIA CAPÍTULO VIII 1. NOÇÕES GERAIS

COMPETÊNCIA CAPÍTULO VIII 1. NOÇÕES GERAIS COMPETÊNCIA CAPÍTULO VIII COMPETÊNCIA SUMÁRIO 1. Noções gerais; 2. Competência territorial (ratione loci); 2.1. O lugar da infração penal como regra geral (art. 70 CPP); 2.2. O domicílio ou residência

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO I. NOÇÕES PRELIMINARES

DIREITO ADMINISTRATIVO I. NOÇÕES PRELIMINARES DIREITO ADMINISTRATIVO I. NOÇÕES PRELIMINARES 1. DIREITO: é o conjunto de normas de conduta coativa impostas pelo Estado, se traduz em princípios de conduta social, tendentes a realizar Justiça, assegurando

Leia mais

Declaração Universal dos. Direitos Humanos

Declaração Universal dos. Direitos Humanos Declaração Universal dos Direitos Humanos Ilustrações gentilmente cedidas pelo Fórum Nacional de Educação em Direitos Humanos Apresentação Esta é mais uma publicação da Declaração Universal dos Direitos

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL COMPETÊNCIAS

DIREITO PROCESSUAL PENAL COMPETÊNCIAS DIREITO PROCESSUAL PENAL COMPETÊNCIAS Atualizado em 03/11/2015 4. Competência Material Ratione Materiae: Divide-se em competência da Justiça Estadual, Federal, Eleitoral e Militar (não falamos da Justiça

Leia mais

Sumário. Capítulo 10 Sistemas processuais... 59 Capítulo 11 Aplicação da lei processual penal no espaço... 63

Sumário. Capítulo 10 Sistemas processuais... 59 Capítulo 11 Aplicação da lei processual penal no espaço... 63 Capítulo 1 Introdução e evolução histórica... 3 Capítulo 2 Direito processual penal no Brasil... 9 Capítulo 3 Conceito e terminologias... 13 Capítulo 4 Conexões do direito processual penal com as demais

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Previsões sobre a lei 11.464/2007 - da resolução indireta do senado federal sobre a inconstitucionalidade da vedação à progressão de regime para os crimes hediondos Ivan Luís Marques

Leia mais

MATERIAL DE APOIO. *segundo o STF o MP tem poder de investigação, ou seja, pode o MP investigar além da polícia.

MATERIAL DE APOIO. *segundo o STF o MP tem poder de investigação, ou seja, pode o MP investigar além da polícia. Escrivao P.F Nível Superior DISCIPLINA:D.Proc.Penal Professor: Guilherme Madeira Aula 01 MATERIAL DE APOIO Processo Penal Professor Madeira Dicas: -Apenas caderno e lei na reta final! -Fazer uma prova

Leia mais

Declaração Universal dos Direitos Humanos

Declaração Universal dos Direitos Humanos Declaração Universal dos Direitos Humanos Considerando que o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros da família humana e de seus direitos iguais e inalienáveis é o fundamento da liberdade,

Leia mais

Os Direitos Humanos correspondem à somatória de valores, de atos e de normas que possibilitam a todos uma vida digna.

Os Direitos Humanos correspondem à somatória de valores, de atos e de normas que possibilitam a todos uma vida digna. MATERIAL DE AULA I) Ementa da aula e breve resumo 1. Conceito de. Os correspondem à somatória de valores, de atos e de normas que possibilitam a todos uma vida digna. 2. Breve Evolução dos. Existem três

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 789.497 DISTRITO FEDERAL RELATORA : MIN. CÁRMEN LÚCIA RECTE.(S) :GILBERTO MARQUES DOS SANTOS JUNIOR ADV.(A/S) : JOÃO PAULO TODDE NOGUEIRA E OUTRO(A/S) RECDO.(A/S) :AGEFIS

Leia mais

TRABALHOS PUBLICADOS

TRABALHOS PUBLICADOS TRABALHOS PUBLICADOS LIVROS DO AUTOR NA ÁREA JURÍDICA 1. O promotor de Justiça e o atendimento ao público. São Paulo, Saraiva, 1985, 176 p. 2. Manual do promotor de Justiça. 1. ed. 1987, 408 p.; 2. ed.

Leia mais

CGU. Acesso à informação. Mário Vinícius Spinelli Secretário de Prevenção da Corrupção e Informações Estratégicas. Controladoria-Geral da União

CGU. Acesso à informação. Mário Vinícius Spinelli Secretário de Prevenção da Corrupção e Informações Estratégicas. Controladoria-Geral da União CGU Acesso à informação Mário Vinícius Spinelli Secretário de Prevenção da Corrupção e Informações Estratégicas Controladoria-Geral da União Outubro/2012 CGU Transparência Linha do Tempo 1.ª Consocial

Leia mais

Sumário NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 15 NOTA PRÉVIA... 19 PREFÁCIO... 21 APRESENTAÇÃO... 23

Sumário NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 15 NOTA PRÉVIA... 19 PREFÁCIO... 21 APRESENTAÇÃO... 23 Sumário NOTA À TERCEIRA EDIÇÃO... 15 NOTA PRÉVIA... 19 PREFÁCIO... 21 APRESENTAÇÃO... 23 CAPÍTULO I... 25 1. Novos riscos, novos danos... 25 2. O Estado como responsável por danos indenizáveis... 26 3.

Leia mais

Crimes do Estatuto do Idoso 10.741/03 Prof. Marcelo Daemon

Crimes do Estatuto do Idoso 10.741/03 Prof. Marcelo Daemon Crimes do Estatuto do Idoso 10.741/03 Prof. Marcelo Daemon I Fundamento Constitucional Art. 229. Os pais têm o dever de assistir, criar e educar os filhos menores, e os filhos maiores têm o dever de ajudar

Leia mais

Sumário CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21. TÍTULO III Da Organização do Estado... 39

Sumário CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21. TÍTULO III Da Organização do Estado... 39 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21 TÍTULO I Dos Princípios Fundamentais... 21 TÍTULO II Dos Direitos e Garantias

Leia mais