O RIZZINI EM FAVOR DA PAZ

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O RIZZINI EM FAVOR DA PAZ"

Transcrição

1 O RIZZINI EM FAVOR DA PAZ EMEF: Carlos de Andrade Rizzini 2011

2 PROJETO O RIZZINI EM FAVOR DA PAZ Ano de Professora responsável: Renilda Duraes Viana EMEF: Carlos de Andrade Rizzini Tempo de duração: anual Publico alvo: alunos do Fundamental I e II Participantes: Equipe administrativa, corpo docente, corpo discente, equipe técnica e comunidade. Justificativa: Sendo a escola um espaço em que se exerce a cidadania, é importante que todos conheçam os seus direitos e deveres fundamentais enquanto pessoas, a fim de que possamos criar entre nós um ambiente saudável e de respeito mútuo. Só assim construiremos, de fato, a verdadeira comunidade. "Tolerar que aluno viva sem disciplina, deixá-lo que cresça com seus defeitos e permitir-lhe que faça o que quer, não é amá-lo nem respeitá-lo, é abandoná-lo à própria sorte." (Marcelino Champagnat) O projeto O Rizzini em favor da paz tem em sua essência, tomar para si esse desafio atual: a busca incansável da paz no convívio escolar.para enfrentar este desafio vê como ponto primordial retomar e trabalhar o tema valores, na intenção de procurar, tanto nas questões práticas do cotidiano quanto no confronto com a realidade social excludente, desenvolver o senso de respeito, justiça, solidariedade e responsabilidade social. Acreditando que a aproximação da família com a escola seja pré-requisito indispensável nesse processo, o projeto terá como iniciativa essencial, além da interdisciplinaridade, a inclusão da comunidade como protagonista nas ações desenvolvidas durante sua aplicação.

3 Objetivos: - Facilitar e promover a socialização da criança e da família na escola. - Envolver o conjunto de atividades pensadas e elaboradas na a interação alunoaluno, aluno-professor, família-professor, tendo em vistas o respeito à pessoa humana, o espaço, o tempo, as normas de convivência e tudo que complementa a rotina da escola como um todo. - Promover o protagonismo do aluno valorizando a iniciativa, talento e competência de cada um. - Promover o envolvimento e interação da comunidade escolar de forma recíproca. - Promover o desenvolvimento e o incentivo pelos estudos. - Promover respeito e valorização ao patrimônio publico. - Promover o desenvolvimento pessoal e social, a autonomia e auto-estima dos alunos. - Promover a boa convivência, a solidariedade e, consequentemente, a redução da violência. Ações: - Rodas de conversas- uma vez por semana. Dar oportunidade para o aluno falar e ouvir relatos do seu cotidiano familiar, de forma espontânea. - Roda da leitura- uma vez por semana. O aluno deverá contribuir trazendo e fazendo uma leitura para o grupo. - Semana do vídeo: uma vez por bimestre. O grupo dos professores e coordenadores ficarão responsáveis pela seleção de vídeos educativos que serão exibidos para todas as séries, de acordo com a faixa etaria e disciplina escolhida, durante três dias em espaços disponibilizados para o evento, nos quais acontecerão as apresentações simultaneamente. - Sarau Literário- uma vez no ano. Alunos e professores farão apresentações, recitações, jograis, contação de histórias e representações. A escola deverá se organizar para o evento em grande estilo. Com montagem de palco e som que valorize a iniciativa e participação dos alunos. Insentivar a leitura de textos literários para se prepararem para o evento.

4 - Show de talentos- uma vez por ano- trata-se de evento que envolve toda escola. Os alunos terão oportunidade de ser grandes protagonistas, com liberdade para extravasar e expressar seus talentos, seja na música, no teatro, uso de instrumentos, dança, contação de histórias,etc. - Mostra Cultural- uma vez no ano- Montagem de exposição de trabalhos realizados pelos alunos e de oficinas abertas para a comunidade. - Campeonato de esportes entre as turmas dirigidos pelos especialistas de Educação Física. - Apresentação teatral com parceria com o PAIDEIA. Avaliação: Através da observação diária, contando sempre com a participação de todos. Como trata-se de um projeto anual que envolve mudanças de atitudes e comportamento, sabemos que os resultados poderão aparecer a longo ou médio prazo, quando forem perceptiveis as mudanças na vida diaria dos alunos e da escola. Este projeto visa a promoção da paz entre os homens, independente se dentro ou fora da escola. Fim

5 ANEXOS Organização da Mostra e Oficina cultural

6 Faixa confecciona para o Projeto

7 Cartaz feito pelos alunos com o tema Amizade Livrinho feito pelos alunos com o tema: Paz nas torcidas de futebol

8 Jogo produzido pela professora Renilda Duraes Viana: Na Trilha contra o Bulliyng. Alunos do Ciclo II jogando na trilha. Obs: ao fundo cartaz com a árvore das virtudes

9 Cartaz: Eu apoio! Eu critico!

10 Oficina de arte com alunos, professores e pais

11 Palestra sobre literatura para incentivo da leitura Sala de exposição de fotos

12 Professores e alunos jogam na trilha Participação no Sarau literário (Jogral)

13 Teatro apresentação de dança folclórica Recitação de poesia

14 Relatório final Projeto Convivência Escolar: O Rizzini em favor da Paz/ 2011 Esse projeto buscou, em sua essência, tomar para si esse desafio atual e trabalhar o tema de valores, na intenção de procurar, tanto nas questões práticas do cotidiano quanto no confronto com a realidade social excludente, desenvolver o senso de respeito, justiça, solidariedade e responsabilidade social. Acreditamos que a aproximação da família com a escola seja pré-requisito indispensável nesse processo. Os resultados do projeto O Rizzini em favor da Paz : um exercício de valores demonstrou que toda ação pautada nos valores tem visibilidade e coube a nós, como escola, proporcionar essa ação. Dessa forma, foram desenvolvidas ações buscando a transformação em todo o espaço escolar, entre os educadores, alunos, gestores e funcionários uma maior interação nas relações humanas de empatia, tolerância e maior envolvimento no todo. Nesse processo de troca, os alunos demonstraram entre si maior envolvimento participando efetivamente do Sarau Literário e do segundo Caça talentos realizados pelo grupo Rizzini, entre outras ações diárias, como: semana cultural com apresentações teatrais, desfile a fantasia, dia especial de filmes, literatura e convivência escolar e palestra sobre o bullying. Foi importante para a equipe desenvolver um projeto como esse e reafirmar a preocupação de todos em formar cidadãos críticos e autônomos, embasados nos valores. Para o encerramento organizamos a Mostra Cultural com o tema O Rizzini em favor da Paz,nome do projeto desenvolvido pela professora Renilda Duraes Viana, na qual foram desenvolvidas oficinas com a participação de pais e filhos. Tivemos oficinas de pintura, mosaico, artes, flores, apresentação de slides e Jogos, palestra sobre literatura e muitas outras atividades e trabalhos feitos pelos alunos do fundamental I e II. Tiramos como meta alcançar resultados ainda maiores que venham fazer a diferença no cotidiano escolar, com melhores condições de trabalho, melhores índices de aprendizagem e na vida dos nossos alunos fora do ambiente escolar. Para que o projeto O Rizzini em favor da paz continue alcançando seus objetivos, o grupo envolvido decidiu que algumas ações sejam realizadas anualmente daqui em diante como fazendo parte da história da escola: o Sarau Literário, Caça talentos, Semana Cultural e Mostra Cultural.

15 Fichas para quem se interessar na montagem do jogo: Na trilha contra o Bulliyng. SAIDA ENTRADA OBEDECE REGRAS- AVANÇA 3 CASAS DIZ MUITO OBRIGADO AVANÇA 2 CASAS RESPEITA OS IDOSOS AVANÇA 3 CASAS RESPEITA AS LEIS DO TRÂNSITO PULA 2 CASAS FAZ TODAS AS TAREFAS AVANÇA 4 CASAS RESPEITA OS COLEGAS E VIZINHOS AVANÇA 2 CASAS É SOLIDÁRIO COM OS AMIGOS AVANÇA 2 CASAS FALA PALAVRÕES VOLTA 3 CASAS

16 É PRECONCEITUOSO (A) VOLTA 4 CASAS PRATICA O BULLYING VOLTA 6 CASAS NÃO GOSTA DE ESTUDAR VOLTA 3 CASAS BATE NOS COLEGAS VOLTA 2 CASAS SUJA E QUEBRA A ESCOLA VOLTA 1 CASA DESRESPEITA OS PROFESSORES VOLTA 6 CASAS DESRESPEITA OS PAIS VOLTA PARA A ENTRADA PARABÉNS! VOCÊ É GENTE BOA. AVANCE PARA A SAIDA Espero que gostem Obs: Ao usar favor citar autoria.

CONEXÃO VERDE IASEA REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOAMBIENTAL INSTITUTO PARA APRENDIZAGEM SOCIAL, EMOCIONAL E AMBIENTAL

CONEXÃO VERDE IASEA REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOAMBIENTAL INSTITUTO PARA APRENDIZAGEM SOCIAL, EMOCIONAL E AMBIENTAL CONEXÃO VERDE REDE NACIONAL DE ENSINO SOCIOAMBIENTAL IASEA INSTITUTO PARA APRENDIZAGEM SOCIAL, EMOCIONAL E AMBIENTAL 1. APRESENTAÇÃO Conexão Verde é uma rede de aprendizagem e colaboração que envolve jovens

Leia mais

PROJETO CONSTRUINDO SABERES

PROJETO CONSTRUINDO SABERES PROJETO CONSTRUINDO SABERES Justificativa: O Projeto Construindo Saberes em Língua Portuguesa e Matemática, justifica-se pela importância de ser um instrumento de apoio pedagógico e didático para sanar

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Capoeira - menino Pé no Chão

Mostra de Projetos 2011. Capoeira - menino Pé no Chão Mostra Local de: Dois Vizinhos Mostra de Projetos 2011 Capoeira - menino Pé no Chão Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Associação Casa

Leia mais

PROJETO DO 3º BIMESTRE PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E ESTAÇÕES DO ANO

PROJETO DO 3º BIMESTRE PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E ESTAÇÕES DO ANO CRECHE MUNICIPAL TERTULIANA MARIA DE ARRUDA SOUZA MÂE NHARA PROJETO DO 3º BIMESTRE PROJETO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E ESTAÇÕES DO ANO CUIABÁ 2015 INTRODUÇÃO Partindo do pressuposto de que a creche é um espaço

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CRECHE MUNICIPAL JOSÉ LUIZ BORGES GARCIA PROJETO DO 2 SEMESTRE EDUCAÇÃO INFANTIL: CONSTRUINDO O CONHECIMENTO CUIABÁ 2015 Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar

Leia mais

Projeto Educativo 2013-2017

Projeto Educativo 2013-2017 Projeto Educativo 2013-2017 A Escola A CONSTRUIR Qualidade dos Recursos Recursos humanos Serviços e equipamentos Instalações Qualidade da Interação com a comunidade Família Comunidade educativa Qualidade

Leia mais

BULLYING Questão de educação emocional e social

BULLYING Questão de educação emocional e social BULLYING Questão de educação emocional e social Sala 3 Interdisciplinar EF I E.E. PROFª ZENAIDE AVELINO MAIA Professora Apresentadora: Gisele Leite da Silva Realização: Justificativa Percebendo que atitudes

Leia mais

INSTITUIÇÃO RECANTO INFANTIL TIA CÉLIA CNPJ: 05.028.042/0001-54 Rua Eucalipto N 34 Jardim - Ypê - Mauá SP Fone: 4546-9704/ 3481-6788

INSTITUIÇÃO RECANTO INFANTIL TIA CÉLIA CNPJ: 05.028.042/0001-54 Rua Eucalipto N 34 Jardim - Ypê - Mauá SP Fone: 4546-9704/ 3481-6788 Relatório de Atividades Mensal Esse relatório tem como objetivo apresentar as principais atividades desenvolvidas pela Instituição Recanto Infantil Tia, de acordo com o Projeto Biblioteca e Cidadania Ativa.

Leia mais

DATAS COMEMORATIVAS. O tema: Construindo uma história de igualdade e oportunidades para todos! APAE BRASIL: 60 anos fazendo inclusão.

DATAS COMEMORATIVAS. O tema: Construindo uma história de igualdade e oportunidades para todos! APAE BRASIL: 60 anos fazendo inclusão. DATAS COMEMORATIVAS A equipe do CRAS promoveu na Semana do Excepcional (26/08/14) uma tarde bem festiva e animada a todos os alunos e funcionários da APAE. Com muita alegria participaram juntamente com

Leia mais

LIVE SPORTS MARKETING

LIVE SPORTS MARKETING LIVE SPORTS MARKETING A Live Sports Marketing é uma agência que existe desde 2006 e presta serviços de consultoria e assessoria de marketing esportivo para empresas e marcas que queiram utilizar e se beneficiar

Leia mais

Plano de Sustentabilidade. (Instrumento / Roteiro para Construção do Plano) NOME DA REDE: 1ª PARTE DO PLANO

Plano de Sustentabilidade. (Instrumento / Roteiro para Construção do Plano) NOME DA REDE: 1ª PARTE DO PLANO Plano de Sustentabilidade (Instrumento / Roteiro para Construção do Plano) NOME DA REDE: Inserir a logomarca da Rede Fomentada 1ª PARTE DO PLANO (Trabalho interno da Base de Economia Solidária e Feminista)

Leia mais

Plano de Articulação Curricular

Plano de Articulação Curricular Plano de Articulação Curricular 2014-2015 Agrupamento de Escolas Fernando Pessoa Índice 1.Introdução... 3 2 2.Prioridades... 4 3.Operacionalização do Plano de Articulação Curricular... 5 4.Monitorização

Leia mais

Projeto Educativo/Plano de Atividades

Projeto Educativo/Plano de Atividades COMPONENTE DE APOIO À FAMÍLIA 1º CICLO DO ENSINO BÁSICO Projeto Educativo/Plano de Atividades Ano letivo 2014/2015 Índice Introdução Princípios orientadores da ação educativa Horário de funcionamento Clubes

Leia mais

COMPROMISSO COM A FAMILIA

COMPROMISSO COM A FAMILIA Rua Bela Vista, 220 Vila Camisão COMPROMISSO COM A FAMILIA A família é o objetivo central da Democracia Cristã, ação politica inspirada nos ideais do Cristianismo. Fomos nós, Social-Democrata-Cristãos,

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS NA ESCOLA: O PRAZER DE DEMONSTRAR OS CONHECIMENTOS IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA/MS

ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS NA ESCOLA: O PRAZER DE DEMONSTRAR OS CONHECIMENTOS IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA/MS ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS NA ESCOLA: O PRAZER DE DEMONSTRAR OS CONHECIMENTOS IPEZAL-DISTRITO DE ANGÉLICA/MS MAIO/2012 ESCOLA ESTADUAL LUIS VAZ DE CAMÕES FEIRA DE CIÊNCIAS NA

Leia mais

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. Jardins de Infância da Rede Privada Instituições Particulares de Solidariedade Social RELATÓRIO DO JARDIM DE INFÂNCIA

PROGRAMA ACOMPANHAMENTO. Jardins de Infância da Rede Privada Instituições Particulares de Solidariedade Social RELATÓRIO DO JARDIM DE INFÂNCIA PROGRAMA ACOMPANHAMENTO Jardins de Infância da Rede Privada Instituições Particulares de Solidariedade Social RELATÓRIO DO JARDIM DE INFÂNCIA Designação: Centro Social de Azurva Endereço: Rua Professor

Leia mais

Projeto: Os 3 porquinhos

Projeto: Os 3 porquinhos Projeto: Os 3 porquinhos Este projeto surgiu do desenvolvimento do projeto anterior A casa e uma das histórias que surgiu foi Os 3 porquinhos. Através desta história,todo o grupo mostrou grande entusiasmo

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO DOMÍNIO DA TECNOLOGIA NA TUTORIA EAD.

A IMPORTÂNCIA DO DOMÍNIO DA TECNOLOGIA NA TUTORIA EAD. A IMPORTÂNCIA DO DOMÍNIO DA TECNOLOGIA NA TUTORIA EAD. O tutor é preciso ter domínio da tecnologia, do conteúdo, trabalhar sob planejamento, organização, disciplina, respeito, confiança, empatia, afetividade,

Leia mais

Participe, seja um colaborador na construção de um Cultura de Paz! A Semana da Paz é uma forma de pensar ações que sejam contínuas e duradouras!

Participe, seja um colaborador na construção de um Cultura de Paz! A Semana da Paz é uma forma de pensar ações que sejam contínuas e duradouras! SEMANA DA PAZ 2011 18 à 25 de Setembro O Serviço Social do Comércio (SESC/PG) em parceria com o Núcleo de Estudos e Formação de Professores em Educação para a Paz e Convivências (NEP/UEPG) convida a todos

Leia mais

Sala de Jogos da matemática à interdisciplinaridade

Sala de Jogos da matemática à interdisciplinaridade Sala de Jogos da matemática à interdisciplinaridade Orientadora: Eliane Lopes Werneck de Andrade Matrícula SIAPE: 1697146 Orientada: Vitória Mota Araújo Matrícula UFF: 000105/06 Palavras-chave: Interdisciplinaridade,

Leia mais

Treinamento e Desenvolvimento - T&D. Capacitação e formação dos colaboradores do HSC

Treinamento e Desenvolvimento - T&D. Capacitação e formação dos colaboradores do HSC Treinamento e Desenvolvimento - T&D Capacitação e formação dos colaboradores do HSC Políticas de RH As práticas de Recursos Humanos do Hospital Santa Catarina estão de acordo com as diretrizes apresentadas

Leia mais

Art. 205. A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício

Leia mais

A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A SUA INTERDISCIPLINARIDADE

A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A SUA INTERDISCIPLINARIDADE A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E A SUA INTERDISCIPLINARIDADE INTRODUÇÃO Autor: Franklin Vieira de Sá Instituição: Universidade Federal do Piauí E-mail: frankkkfalcon@hotmail.com A temática de Educação Ambiental

Leia mais

Piraí é mais Cultura. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente)

Piraí é mais Cultura. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Piraí é mais Cultura Mostra Local de: Piraí do Sul Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Secretaria de Cultura de Piraí do Sul Cidade:

Leia mais

Atividades práticas-pedagógicas desenvolvidas em espaços não formais como parte do currículo da escola formal

Atividades práticas-pedagógicas desenvolvidas em espaços não formais como parte do currículo da escola formal Atividades práticas-pedagógicas desenvolvidas em espaços não formais como parte do currículo da escola formal Linha de Pesquisa: LINHA DE PESQUISA E DE INTERVENÇÃO METODOLOGIAS DA APRENDIZAGEM E PRÁTICAS

Leia mais

Crianças e adolescentes inscritos no Programa Segundo Tempo.

Crianças e adolescentes inscritos no Programa Segundo Tempo. Manual de Procedimentos APRESENTAÇÃO Oportunizar aos beneficiados do Programa Segundo Tempo eventos e programações diferenciadas ao longo do ano é uma das ações estratégicas desta Secretaria Nacional.

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO. Projeto PNL 2011/ 2012

Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO. Projeto PNL 2011/ 2012 Agrupamento de Escolas MONSENHOR ELÍSIO ARAÚJO Projeto PNL 2011/ 2012 Objetivos/Estratégias do Projeto Objetivos (definidos a partir das Prioridades (1,2,3,4,5,6) Educativas definidas no Projeto Educativo

Leia mais

A escrita que faz a diferença

A escrita que faz a diferença A escrita que faz a diferença Inclua a Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro em seu planejamento de ensino A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro é uma iniciativa do Ministério

Leia mais

Ficha de Actividade. Conteúdos: Os diferentes processos e serviços do Arquivo Municipal.

Ficha de Actividade. Conteúdos: Os diferentes processos e serviços do Arquivo Municipal. Ficha de Actividade Tipo: Visitas de Estudo Tema: Faz de conta que somos de papel Público-alvo: Alunos Pré-escolar e 1º ciclo Equipa: Serviço Educativo Arquivo Municipal Calendarização: Todo o ano. Agendadas

Leia mais

O INCENTIVO À LEITURA EM DIVERSOS NÍVEIS E FORMAS

O INCENTIVO À LEITURA EM DIVERSOS NÍVEIS E FORMAS 1 O INCENTIVO À LEITURA EM DIVERSOS NÍVEIS E FORMAS ANTENORE, Celeste 1 FARIA, Robson Ricardo Dal Santo 2 ARAÚJO, Isabela 3 INTRODUÇÃO No ano de 2014, o projeto do curso de Licenciatura em Letras, que

Leia mais

OFICINAS CORPORAIS, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS - UMA INTERVENÇÃO COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RISCO

OFICINAS CORPORAIS, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS - UMA INTERVENÇÃO COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RISCO OFICINAS CORPORAIS, JOGOS, BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS - UMA INTERVENÇÃO COM CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM SITUAÇÃO DE RISCO PAULA, Maristela Vicente de 1, PIMENTA, Pedro Henrique Santana 2, PEREIRA, Bruna

Leia mais

PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, Janeiro de 2012.

PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, Janeiro de 2012. PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, Janeiro de 2012 Design D Kebrada 2. Dados do projeto 2.1 Nome do projeto Design D Kebrada 2.2 Data e

Leia mais

O contacto com a obra de Arte não tem de ser acessível apenas às elites

O contacto com a obra de Arte não tem de ser acessível apenas às elites O contacto com a obra de Arte não tem de ser acessível apenas às elites A Arte, ao longo da História, sempre esteve intrinsecamente ligada à sociedade e têm evoluído conjuntamente, o homem interage com

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO PATRIMONIAL. 2. Nome do Projeto: Preservando o Passado, Pensando no Futuro

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO PATRIMONIAL. 2. Nome do Projeto: Preservando o Passado, Pensando no Futuro Educação Patrimonial Município de Córrego do Bom Jesus/MG 2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO PATRIMONIAL 1. Município: Córrego do Bom Jesus 2. Nome do Projeto: Preservando o Passado, Pensando no

Leia mais

CRISTÃO DO RECIFE 2014

CRISTÃO DO RECIFE 2014 CRISTÃO DO RECIFE 2014 COLÉGIO CRISTÃO DO RECIFE COLÉGIO CRISTÃO Contribuir para a formação do seu filho desde cedo, é prioridade pra gente. A partir de 2013, o Colégio o- ferece o CCR Baby, para crianças

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATEGICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES Junho de 2014 a junho de 2016

PLANEJAMENTO ESTRATEGICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES Junho de 2014 a junho de 2016 PLANEJAMENTO ESTRATEGICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES Junho de 2014 a junho de 2016 Apresentação O Curso de Licenciatura em Artes da tem como meta principal formar o professor de artes através de

Leia mais

Quem somos O Afterschool é uma iniciativa de educação para o contraturno escolar que oferece uma nova experiência de aprendizado para as famílias. Nascemos com o propósito de trabalhar a formação das capacidades

Leia mais

Projeto Político Pedagógico

Projeto Político Pedagógico Projeto Político Pedagógico UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA Disciplina: (EDC284) Didática Professora: Amaleide Lima Ivanilda Gonçalves da Silva Joice Assis de Souza Mércia Samyra Nascimento Ramon Castro

Leia mais

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150

COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 14, Toledo PR Fone: 77-810 PLANEJAMENTO ANUAL DE LINGUAGEM SÉRIE: PRÉ I PROFESSOR: Carla Iappe

Leia mais

PROJETO SOCIAL EDUCAÇÃO E CIDADANIA PARA TODOS.

PROJETO SOCIAL EDUCAÇÃO E CIDADANIA PARA TODOS. ESADE ESCOLA SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO, DIREITO E ECONOMIA. CURSO DE ADMINISTRAÇÃO RESPONSABILIDADE SOCIAL PROJETO SOCIAL EDUCAÇÃO E CIDADANIA PARA TODOS. Profª. Ana Elisa Pascottini. MARIA IANE CAMARGO

Leia mais

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: Investimento:

Público Alvo: Critérios de admissão para o curso: Investimento: Com carga horária de 420 horas o curso de MBA em Gestão de Projetos é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de encontros no curso: 04) para avaliação nos diversos pólos,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Básica. AUDIÊNCIA PÚBLICA Avaliação dos Programas Federais de Respeito à Diversidade Sexual nas Escolas

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Básica. AUDIÊNCIA PÚBLICA Avaliação dos Programas Federais de Respeito à Diversidade Sexual nas Escolas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria de Educação Básica AUDIÊNCIA PÚBLICA Avaliação dos Programas Federais de Respeito à Diversidade Sexual nas Escolas MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL Procuradoria Geral da República

Leia mais

- ; - -1,- NOTA TÉCNICA N`&5-7.12016/ CGNOR/DSST/SIT/MTPS

- ; - -1,- NOTA TÉCNICA N`&5-7.12016/ CGNOR/DSST/SIT/MTPS . - ; - -1,- - MINISTÉRIO DO TRABALHO E PREVIDÊNCIA SOCIAL SECRETARIA DE INSPEÇÃO DO TRABALHO Esplanada dos Ministérios, Bloco F, Anexo, Ala B, 1 andar, sala 176 - CEP: 70056-900 - Brasilia/DF sitgmte

Leia mais

Arquitetando Matemática aliada à arte.

Arquitetando Matemática aliada à arte. Arquitetando Matemática aliada à arte. Sala 13 Matemática EM Integral E.E. Alexandre Von Humboldt Professoras Apresentadoras: Ilma Soares de Souza Valéria Edaes Realização: Justificativa Vivemos num mundo

Leia mais

Gestão Pública Democrática

Gestão Pública Democrática Gestão Pública Democrática Apoio Parceria Coordenação Técnica Iniciativa Gestão Pública Democrática Conceito de gestão Tem origem na palavra latina gestione que se refere ao ato de gerir, gerenciar e administrar.

Leia mais

Especialização em Educação Especial: Deficiência Intelectual

Especialização em Educação Especial: Deficiência Intelectual Especialização em Educação Especial: Deficiência Intelectual 600 horas Curso Aprovado pela Secretaria do Estado de São Paulo Portaria CEE 356 de 18/09/2013. Escola Superior de Tecnologia e Educação de

Leia mais

RELATÓRIO MENSAL JUNHO E JULHO

RELATÓRIO MENSAL JUNHO E JULHO RELATÓRIO MENSAL JUNHO E JULHO PATROCÍNIO: No mês de junho o trabalho no Projeto teve como foco a 11ª. Mostra de Artes dos Artistas Mirins do Projeto Pequeno Cidadão. Este ano o tema escolhido e trabalhado

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES REALIZADAS SOBRE O DIA MUNDIAL DA ÁGUA NA ESCOLA

RELATÓRIO DE ATIVIDADES REALIZADAS SOBRE O DIA MUNDIAL DA ÁGUA NA ESCOLA RELATÓRIO DE ATIVIDADES REALIZADAS SOBRE O DIA MUNDIAL DA ÁGUA NA ESCOLA CAMPINA GRANDE DO SUL PARANÁ - 2015 RELATÓRIO DE ATIVIDADES SOBRE O DIA MUNDIAL DA ÁGUA 22 DE MARÇO Nossa escola iniciou o tema

Leia mais

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PMCMV Fundo de Arrendamento Residencial - FAR PROJETO BÁSICO

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PMCMV Fundo de Arrendamento Residencial - FAR PROJETO BÁSICO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PMCMV Fundo de Arrendamento Residencial - FAR PROJETO BÁSICO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA EXECUÇÃO DO PROJETO DE TRABALHO TÉCNICO SOCIAL EMPREENDIMENTO RESIDENCIAL: ALPHA.

Leia mais

Tema do Projeto Educativo: Quero ser grande e feliz

Tema do Projeto Educativo: Quero ser grande e feliz Tema do Projeto Educativo: Quero ser grande e feliz A primeira tarefa da educação é ensinar a ver É através dos olhos que as crianças tomam contacto com a beleza e o fascínio do mundo Os olhos têm de ser

Leia mais

O PAPEL DOS COORDENADORES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO FRENTE ÀS MUDANÇAS. SEMINÁRIO REGIONAL ANGRAD - AMPESC - CRA/SC

O PAPEL DOS COORDENADORES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO FRENTE ÀS MUDANÇAS. SEMINÁRIO REGIONAL ANGRAD - AMPESC - CRA/SC O PAPEL DOS COORDENADORES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO FRENTE ÀS MUDANÇAS. SEMINÁRIO REGIONAL ANGRAD - AMPESC - CRA/SC Prof. Dr. RUI OTÁVIO BERNARDES DE ANDRADE Presidente do CRA/RJ Coordenador do Conselho

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI PRÓ-REITORIA DE ENSINO PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO EDITAL N 01/2015/PROEN-PROEX/UFCA PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO DE ENSINO E EXTENSÃO PEEX As Pró Reitorias de Ensino e Extensão da

Leia mais

PINTANDO COM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CARTILHA INSTRUCIONAL DO PROFESSOR. ¹

PINTANDO COM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CARTILHA INSTRUCIONAL DO PROFESSOR. ¹ PINTANDO COM SAÚDE: RELATO DE EXPERIÊNCIA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA CARTILHA INSTRUCIONAL DO PROFESSOR. ¹ HENRIQUE, Helen de Oliveira²; BIZERRA, Adais Alves³; SILVA, Laiana Luiza da⁴; LIMA, Lorrany

Leia mais

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 h Semestre do Curso: 3º

PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010. Carga Horária Semestral: 40 h Semestre do Curso: 3º PLANO DE ENSINO PROJETO PEDAGÓCIO: 2010 Curso: Pedagogia Disciplina: Metodologia da Pesquisa Aplicada a Educação I Carga Horária Semestral: 40 h Semestre do Curso: 3º 1 - Ementa (sumário, resumo) A natureza

Leia mais

Desafios na implementação/ avaliação de programas de educação integral

Desafios na implementação/ avaliação de programas de educação integral Desafios na implementação/ avaliação de programas de educação integral Reafirmar permanentemente o princípio da equidade Equidade no acesso contribuição p/ universalidade Reforçar este conceito nas escolas

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL DR. MARTINHO MARQUES VERA LUCIA DOS SANTOS GIVANILZA ALVES DOS SANTOS MARIA APARECIDA CRIVELI SIRLEI R. C. DO P.

ESCOLA ESTADUAL DR. MARTINHO MARQUES VERA LUCIA DOS SANTOS GIVANILZA ALVES DOS SANTOS MARIA APARECIDA CRIVELI SIRLEI R. C. DO P. ESCOLA ESTADUAL DR. MARTINHO MARQUES VERA LUCIA DOS SANTOS GIVANILZA ALVES DOS SANTOS MARIA APARECIDA CRIVELI SIRLEI R. C. DO P. VITORINO SÓLIDOS GEOMÉTRICOS E OS POLIEDROS DE PLATÃO TAQUARUSSU = MS AGOSTO

Leia mais

Os Registros na Pesquisa. Christiane Zubler

Os Registros na Pesquisa. Christiane Zubler Os Registros na Pesquisa Christiane Zubler RELEMBRANDO... A importância de se trabalhar com projetos de pesquisa na educação Básica: O Experiências exitosas; O Como organizar e avaliar feiras de ciências;

Leia mais

PERCEPÇÃO DAS CRIANÇAS DA ESCOLA MUNICIPAL CENTRO DE PROMOÇÃO EDUCACIONAL ACERCA DO ESTATUTO CRIANÇA E ADOLESCENTE

PERCEPÇÃO DAS CRIANÇAS DA ESCOLA MUNICIPAL CENTRO DE PROMOÇÃO EDUCACIONAL ACERCA DO ESTATUTO CRIANÇA E ADOLESCENTE 28 PERCEPÇÃO DAS CRIANÇAS DA ESCOLA MUNICIPAL CENTRO DE PROMOÇÃO EDUCACIONAL ACERCA DO ESTATUTO CRIANÇA E ADOLESCENTE FEITOZA, Rosangela 1 BARROS, Ady 2 IGNÁCIO, Alba Valéria Alves 3 CRUZ, Marcelo Sérgio

Leia mais

BREVE REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA EM AULAS NO ENSINO MÉDIO

BREVE REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA EM AULAS NO ENSINO MÉDIO 466 BREVE REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA EM AULAS NO ENSINO MÉDIO Hélio Márcio Nunes Lacerda UFT/Letras heliomarcio207@yahoo.co.uk Naiana Siqueira Galvão UFT/Letras anaiangalvao@hotmail.com Esse trabalho

Leia mais

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

PLANO DE ATIVIDADES CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO

PLANO DE ATIVIDADES CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO PLANO DE ATIVIDADES CÂMARA MUNICIPAL DE VILA NOVA DE FAMALICÃO ANO LETIVO 2013/2014 CULTURA Museu Bernardino Machado MUSEU BERNARDINO MACHADO Proposta do Plano de atividades dos Serviços Educativos Setembro

Leia mais

Metodologia. Estrutura. Identidade Visual. Resultados. Regulamento

Metodologia. Estrutura. Identidade Visual. Resultados. Regulamento Metodologia Estrutura Identidade Visual Resultados Regulamento S E M A N A I N T E R N A D E P R E V E N Ç Ã O D E A C I D E N T E S D O T R A B A L H O Metodologia O modelo de SIPAT que apresentamos é

Leia mais

CONCURSO ESCOLAS SUSTENTÁVEIS TEMA

CONCURSO ESCOLAS SUSTENTÁVEIS TEMA CONCURSO ESCOLAS SUSTENTÁVEIS TEMA Sustentabilidade um interesse de todos INSCRIÇÕES: 16 de junho a 31 de agosto 2016 DÚVIDAS E INFORMAÇÕES:. suc.seduc.ma@gmail.com 3218-2320/3218-2323. emir.sucsueb@gmail.com

Leia mais

Plano Anual de Atividades

Plano Anual de Atividades Plano Anual de Atividades Pré-Escolar 2013 / 2014 Outubro Setembro Início do Ano Letivo 02 Integração / adaptação das crianças Festejar a chegada da estação do Semana Decoração alusiva ao Outono; ano:

Leia mais

Oficina dos Sentidos

Oficina dos Sentidos EMEF. Profª Zilda Tomé de Moraes Oficina dos Sentidos Diretora Claudete Justo da Silva Profª Coordenadora Gislaine Fernanda Ramos Profº Renan de Campos Leroy SUMÁRIO Introdução... 01 Objetivos... 02 Metodologia...

Leia mais

EDITAL SELEÇÃO DE ESCOLAS DA REDE PÚBLICA PARA PARTICIPAÇÃO NO PROJETO CULTURA NA ESCOLA

EDITAL SELEÇÃO DE ESCOLAS DA REDE PÚBLICA PARA PARTICIPAÇÃO NO PROJETO CULTURA NA ESCOLA EDITAL SELEÇÃO DE ESCOLAS DA REDE PÚBLICA PARA PARTICIPAÇÃO NO PROJETO CULTURA NA ESCOLA A FUNDAÇÃO ANDRÉ E LUCIA MAGGI - FALM, por meio do projeto Cultura na Escola, deseja possibilitar aos alunos das

Leia mais

TACIBA: CRECHE EM PROCESSO DE CONSTRUÇÃO E RENOVAÇÃO

TACIBA: CRECHE EM PROCESSO DE CONSTRUÇÃO E RENOVAÇÃO TACIBA: CRECHE EM PROCESSO DE CONSTRUÇÃO E RENOVAÇÃO 1. Introdução Foram várias as mudanças na legislação brasileira na ultima década que define a garantia de atenção à crianças de 0 a 6 anos, caracterizado

Leia mais

Proposta de Patrocínio, Parceria e Apoio

Proposta de Patrocínio, Parceria e Apoio Proposta de Patrocínio, Parceria e Apoio XVII SEPATUR SEMANA PARANAENSE DE TURISMO 1. O EVENTO A SEPATUR - Semana Paranaense de Turismo é um evento de extensão universitária de caráter técnico-científico,

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2012. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2012 Ensino Técnico ETEC MONSENHOR ANTÔNIO MAGLIANO Código: 088 Município: GARÇA - SP Eixo Tecnológico: COMÉRCIO Habilitação Profissional: TÉCNICO DE NÍVEL MÉDIO DE TÉCNICO EM

Leia mais

TRANSFORMAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: OS PRIMEIROS PASSOS DE UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL1 1

TRANSFORMAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: OS PRIMEIROS PASSOS DE UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL1 1 TRANSFORMAÇÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: OS PRIMEIROS PASSOS DE UMA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL1 1 Isadora Somavila 2, Fernando Jaime González 3. 1 Trabalho vinculado ao projeto Transformação da Educação

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL ANNE FRANK

ESCOLA MUNICIPAL ANNE FRANK ESCOLA MUNICIPAL ANNE FRANK 21 anos Trabalhando pela construção de uma cultura de paz... Não são poucas as vezes que, desesperados, perguntamos a nós mesmos: qual é o sentido da guerra? Por que as pessoas

Leia mais

Atleta do Futuro em prol dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) PLANO DE AÇÃO 2011. Grupo de Trabalho nº

Atleta do Futuro em prol dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) PLANO DE AÇÃO 2011. Grupo de Trabalho nº PLANO DE AÇÃO 2011 Grupo de Trabalho nº Unidade Tel. E-mail Projeto Nome SESI/SENAI Charles Adriano Romera Da Silva Cianorte (44) 3619-5835 charles.silva@sesipr.org.br SAF.COM Jakeline Placido Marcon Cianorte

Leia mais

PLANO DE ENSINO. TURMA: Formação mista, envolvendo acadêmicos da Católica de SC que cumprem os requisitos dispostos no Regulamento

PLANO DE ENSINO. TURMA: Formação mista, envolvendo acadêmicos da Católica de SC que cumprem os requisitos dispostos no Regulamento CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA SETOR DE EXTENSÃO COMUNITÁRIA PLANO DE ENSINO DISCIPLINA: PROJETO COMUNITÁRIO PROFESSORES(AS): FASE: Constituída a partir da conclusão de 30% DIVA SPEZIA

Leia mais

PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO GERÊNCIA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CAMPUS UNIVERSITÁRIO TUBARÃO PROJETO DE EXTENSÃO COORDENAÇÃO OBJETIVOS

PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO GERÊNCIA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CAMPUS UNIVERSITÁRIO TUBARÃO PROJETO DE EXTENSÃO COORDENAÇÃO OBJETIVOS PROGRAMAS E PROJETOS DE EXTENSÃO GERÊNCIA DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO CAMPUS UNIVERSITÁRIO TUBARÃO PROJETO DE EXTENSÃO Horta Escolar Uma maneira gostosa de crescer COORDENAÇÃO Prof. Celso Lopes de Albuquerque

Leia mais

EDITAL - CONCURSO DE PINTURA

EDITAL - CONCURSO DE PINTURA EDITAL - CONCURSO DE PINTURA Dispõe sobre concurso de pintura em Tela Objetivo: Promover a cultura local, valorizar a arte visual e incentivar a criatividade e novos talentos de São Borja e região, divulgando

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico. Professor: Renato Custódio da Silva

PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015. Ensino Técnico. Professor: Renato Custódio da Silva PLANO DE TRABALHO DOCENTE 1º Semestre/2015 Ensino Técnico Código: 0262 ETEC ANHANQUERA Município: Santana de Parnaíba Componente Curricular: Ética e Cidadania Organizacional Eixo Tecnológico: Gestão e

Leia mais

Rodrigo Claudino Diogo 1, Valéria A. Ribeiro de Lima 2, Vanusa Maria de Paula 3, Rosymeire Evangelista Dias 4

Rodrigo Claudino Diogo 1, Valéria A. Ribeiro de Lima 2, Vanusa Maria de Paula 3, Rosymeire Evangelista Dias 4 A formação docente em Ciência, Tecnologia, Sociedade e Educação Ambiental TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA SALA DE AULA: PRODUÇÃO DE VÍDEOS POR MEIO DE SMARTPHONES COMO UMA POSSIBILIDADE VIÁVEL

Leia mais

Data: 06 a 10 de Junho de 2016 Local: Rio de Janeiro

Data: 06 a 10 de Junho de 2016 Local: Rio de Janeiro Data: 06 a 10 de Junho de 2016 Local: Rio de Janeiro Justificativas O Estado contemporâneo busca superar uma parte substantiva dos obstáculos que permeiam as políticas públicas e as ações privadas através

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RONDÔNIA CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DA INFÂNCIA E JUVENTUDE E DA DEFESA DOS USUÁRIOS DOS SERVIÇOS DE EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RONDÔNIA CENTRO DE APOIO OPERACIONAL DA INFÂNCIA E JUVENTUDE E DA DEFESA DOS USUÁRIOS DOS SERVIÇOS DE EDUCAÇÃO "A educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda. Se a nossa opção é progressista, se estamos a favor da vida e não da morte, da equidade e não da injustiça, do direito

Leia mais

superação do bullying na escola Dra. Luciene Regina Paulino Tognetta

superação do bullying na escola Dra. Luciene Regina Paulino Tognetta Protagonismo infantojuvenil: um convite a superação do bullying na escola Dra. Luciene Regina Paulino Tognetta O que nos diz o cotidiano da escola? (Partes do livro Problemas de Medo Editora Adonis, 2015).

Leia mais

Projeto Dia de Cooperar

Projeto Dia de Cooperar Projeto Dia de Cooperar DESCARTE DE LIXO CONSCIENTE EM ABAETÉ Abaeté, 17 de Setembro de 2009. DESCARTE DE LIXO CONSCIENTE EM ABAETÉ Introdução O lixo é o responsável por um dos mais graves problemas ambientais

Leia mais

PROJETO PROFESSOR DIRETOR DE TURMA (SEDUC/CE) DEFINIÇÃO: Tecnologia educacional de execução simples, em que um professor, ministrante de qualquer disciplina e com perfil adequado para exercer a função,

Leia mais

REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES E NÃO CURRICULARES DOS CURSOS DIURNO E NOTURNO DE ODONTOLOGIA. CAPÍTULO I Da caracterização

REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES E NÃO CURRICULARES DOS CURSOS DIURNO E NOTURNO DE ODONTOLOGIA. CAPÍTULO I Da caracterização REGULAMENTO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES E NÃO CURRICULARES DOS CURSOS DIURNO E NOTURNO DE ODONTOLOGIA. CAPÍTULO I Da caracterização Art. 1º Estágio curricular obrigatório é aquele definido como tal no projeto

Leia mais

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance

FUNDAÇÃO CARMELITANA MÁRIO PALMÉRIO FACIHUS FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Educação de qualidade ao seu alcance SUBPROJETO DE LETRAS/PORTUGUÊS Gêneros textuais como ferramenta para o ensino de Língua Portuguesa INTRODUÇÃO De acordo com os objetivos do programa, conforme portaria 096/2013 Capes, essa proposta de

Leia mais

PARTICIPANDO DA CONSTRUÇÃO DA AGENDA 21 DA UFFS, CAMPUS CERRO LARGO, RS

PARTICIPANDO DA CONSTRUÇÃO DA AGENDA 21 DA UFFS, CAMPUS CERRO LARGO, RS PARTICIPANDO DA CONSTRUÇÃO DA AGENDA 21 DA UFFS, CAMPUS CERRO LARGO, RS Cristiane Helena da Silva (UFFS) Carmine Zirmermann (UFFS) Janice Silvana Novakowski Kierepka (UFFS) Claudia Maiara Heck (UFFS) Tamini

Leia mais

O USO DO STOP MOTION COMO RECURSO PEDAGÓGICO PARA TORNAR MAIS LÚDICO O ENSINO DE BIOQUÍMICA NO ENSINO MÉDIO

O USO DO STOP MOTION COMO RECURSO PEDAGÓGICO PARA TORNAR MAIS LÚDICO O ENSINO DE BIOQUÍMICA NO ENSINO MÉDIO O USO DO STOP MOTION COMO RECURSO PEDAGÓGICO PARA TORNAR MAIS LÚDICO O ENSINO DE BIOQUÍMICA NO ENSINO MÉDIO Hadassa Carolinny Soares de Oliveira (UFPE/CAV) Gabriel Henrique de Lima (UFPE/CAV) Josely Alves

Leia mais

A Educação Profissional e a Inclusão de Pessoas com Deficiência

A Educação Profissional e a Inclusão de Pessoas com Deficiência Fórum da Educação Profissional do Estado de São Paulo A Educação Profissional e a Inclusão de Pessoas com Deficiência Junho 2013 www.amankay.org.br A Inclusão de Pessoas com Deficiência na escola e no

Leia mais

Avanços do TPE Setembro 2006 / Maio 2007

Avanços do TPE Setembro 2006 / Maio 2007 Avanços do TPE Setembro 2006 / Maio 2007 Já sabemos que... Educação de qualidade para todos promove: Já sabemos que... Educação de qualidade para todos promove: Crescimento econômico Já sabemos que...

Leia mais

Detalhamento da Pesquisa

Detalhamento da Pesquisa Projeto Voluntariado Brasil 2011 Job 11/0274 09/12/2011 Detalhamento da Pesquisa Contexto: Estudo geral: Estudo específico: Contribuir com a produção de conhecimento em 2001+10, marcando os 10 anos do

Leia mais

ESCOLA DE MÚSICA E ARTE ROTARY CLUB PROJETO DE PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA

ESCOLA DE MÚSICA E ARTE ROTARY CLUB PROJETO DE PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA ROTARY INTERNATIONAL Rotary Club Palmeira das Missões - Brasil & Rotary Club Cary-Grove - Estados Unidos RELATÓRIO DO PROJETO DE SUBSÍDIO EQUIVALENTE ESCOLA DE MÚSICA E ARTE ROTARY CLUB PROJETO DE PROMOÇÃO

Leia mais

PLANO BÁSICO DE GOVERNO ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL 2013/2016. Coligação UNIÃO, TRABALHO, PROGRESSO E DESENVOLVIMENTO PT PTB PPS PDT - PT

PLANO BÁSICO DE GOVERNO ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL 2013/2016. Coligação UNIÃO, TRABALHO, PROGRESSO E DESENVOLVIMENTO PT PTB PPS PDT - PT PLANO BÁSICO DE GOVERNO ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL 2013/2016 Coligação UNIÃO, TRABALHO, PROGRESSO E DESENVOLVIMENTO PT PTB PPS PDT - PT APARICIO MENDES DE FIGUEIREDO e ROGÉRIO GARCIA DUTRA, candidatos, respectivamente,

Leia mais

TÍTULO: AUTORES: - - - - - ÁREA TEMÁTICA: Objetivo

TÍTULO: AUTORES: - - - - - ÁREA TEMÁTICA: Objetivo TÍTULO: TECNOLOGIA E PRÁTICAS EDUCATIVAS NA PREVENÇÃO DO HIV/AIDS EM MULHERES AUTORES: Luciana Patrícia Zucco - Núcleo de Estudos e Ações em Saúde Reprodutiva e Trabalho Feminino da Escola de Serviço Social

Leia mais

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015-2016 BIBLIOTECA ESCOLAR

PLANO ANUAL DE ATIVIDADES 2015-2016 BIBLIOTECA ESCOLAR 2015-2016 PLANO ANUAL DE ATIVIDADES BIBLIOTECA ESCOLAR DIRETORA DA BIBLIOTECA ESCOLAR, ANA CARVALHO EXTERNATO D. AFONSO HENRIQUES Largo da Igreja, nº 81 4660-227 Resende Índice 1. Introdução... 2 2. Domínio

Leia mais

Atendimento a crianças de dois anos a três anos e onze meses PLANEJAMENTO PARA O ANO LETIVO DE 2015

Atendimento a crianças de dois anos a três anos e onze meses PLANEJAMENTO PARA O ANO LETIVO DE 2015 PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ Secretária Municipal de Educação Creche Municipal Josefa Catarina de Almeida Atendimento a crianças de dois anos a três anos e onze meses PLANEJAMENTO PARA O ANO LETIVO DE

Leia mais

Isabel Fraga. Responsável: Equipa técnica: Fátima de Matos; Marina Santos Joana Gonçalves

Isabel Fraga. Responsável: Equipa técnica: Fátima de Matos; Marina Santos Joana Gonçalves Responsável: Isabel Fraga (Secretário; CPCJ; Pelouro da Ação Social, Habitação e Saúde) Equipa técnica: Fátima de Matos; Marina Santos Joana Gonçalves Objetivos Este projeto visa proporcionar às crianças

Leia mais

Sustentabilidade transversal

Sustentabilidade transversal Galp Voluntária 1 Galp Voluntária A Galp Voluntária é o programa estruturado de voluntariado da Galp Energia que procura facilitar, concretizar e potenciar iniciativas de voluntariado empresarial destinadas

Leia mais

Hospital Geral de São Mateus

Hospital Geral de São Mateus Hospital Geral de São Mateus Projeto Referência Hospital Amigo do Idoso Perfil Instituição Hospital Geral, de caráter público, subordinado a Secretaria de Estado da Saúde, da administração direta, com

Leia mais

COMBINADOS 2016. O ANO DA ENTREGA.

COMBINADOS 2016. O ANO DA ENTREGA. COMBINADOS 2016. O ANO DA ENTREGA. 2016 É O ANO DA ENTREGA. Temos o melhor time. Disparado! Somos excelentes em sonhos e vamos provar que somos bons também na entrega. Trabalhamos com pessoas de caráter

Leia mais

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE REFERÊNCIA EM FORMAÇÃO E

Leia mais