APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA DE SEPARAÇÃO NO SISTEMA DE IMPERMEABILIZAÇÃO DO EDIFÍCIO JK BELO HORIZONTE MG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA DE SEPARAÇÃO NO SISTEMA DE IMPERMEABILIZAÇÃO DO EDIFÍCIO JK BELO HORIZONTE MG"

Transcrição

1 APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA DE SEPARAÇÃO NO SISTEMA DE IMPERMEABILIZAÇÃO DO EDIFÍCIO JK BELO HORIZONTE MG Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Leonardo de Carvalho Thimotti Luiz Augusto Duarte Perdigão MAIO 1993 Revisado JANEIRO Departamento Técnico.

2 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO DADOS DA OBRA FINALIDADE DA OBRA CAMADA DE REGULARIZAÇÃO IMPERMEABILIZAÇÃO APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM VANTAGENS NA UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM PROTEÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM BIBLIOGRAFIA DOCUMENTAÇÃO FOTOGRÁFICA...11

3 1 INTRODUÇÃO O Edifício Juscelino Kubistchek, mais conhecido como JK, é um projeto do Arquiteto Oscar Niemayer constituindo-se num marco da Construção Civil em Belo Horizonte. Durante muito tempo o Edifício JK foi o maior prédio da capital, abrigando lojas em seus dois primeiros níveis e famílias em sua torre de apartamentos. O passar do tempo trouxe consigo os diversos problemas para o edifício e dentre eles o de infiltrações. Este trabalho relata a aplicação do geotêxtil Bidim (nãotecido agulhado, 100% poliéster, filamentos contínuos) como camada de proteção no sistema de impermeabilização do Edifício Juscelino Kubitschek JK em Belo Horizonte, MG. 2 DADOS DA OBRA Localização O Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais está sediado no Edifício Juscelino Kubitschek, à Rua Guajajaras, 1280 no centro de Belo Horizonte/MG (Figura 1). A obra está localizada na laje de cobertura do segundo pavimento do Edifício JK sob a qual está localizado o Instituto Histórico Geográfico de Minas Gerais IHG/MG. Belo Horizonte

4 Nome da obra Sistema de impermeabilização do Instituto Histórico Geográfico de Minas Gerais. Contratante O contratante da obra foi o Instituto Histórico Geográfico de Minas Gerais IHG/MG. Projetista O projetista da obra foi o Departamento de Obras Públicas de Minas Gerais DEOP/MG. Construtora A executante das obras civis tais como retirada da antiga camada de proteção e regularização da laje, limpeza, construção da nova camada de regularização, proteção da camada de separação, etc., foi da Empresa Estrutura Engenharia e Construções Ltda. sediada em Belo Horizonte/MG. Aplicador O aplicador do elemento de impermeabilização foi a Empresa Impermantas Impermeabilizadora e Engenharia Ltda. sediada em Belo Horizonte/MG. Cronograma de Obra A obra foi executada no período de novembro a dezembro de 1992 dentro do cronograma previsto. Consumo A obra consumiu m² de geotêxtil Bidim RT-10.

5 3 FINALIDADE DA OBRA Ocupando uma área de aproximadamente m² de parte do segundo andar do Edifício JK o Instituto Histórico Geográfico de Minas Gerais enfrentou diversos problemas provenientes da ação das águas (umidade) em sua estrutura ao longo do tempo. Dentre os problemas enfrentados pelo IHG/MG citamos: - Goteiras e manchas; - Mofo e apodrecimento; - Ferrugem; - Eflorescência; - Criptoflorescência; - Deterioração; - Interdição de salas; - Perdas de arquivos, documentos, livros, etc.; - Danos às instalações elétricas, etc. Afim de solucionar os problemas anteriormente citados foi proposta a impermeabilização da laje de cobertura do IHG/MG. Segundo a NBR 8083, Impermeabilização é a proteção das construções contra a passagem de fluidos, e Sistema de Impermeabilização é o conjunto de materiais que uma vez aplicados, conferem a impermeabilidade às construções. O bom desempenho do Sistema de Impermeabilização se origina na correta concepção do projeto, ou seja, uma perfeita interação entre arquitetura, a estrutura e instalações (hidráulico-sanitárias, elétricas, e outras). Partindo daí, a escolha correta dos materiais componentes, métodos de impermeabilização e das diversas camadas que o constituirão. Basicamente nosso Sistema de Impermeabilização constitui-se de: - Camada de regularização; - Aplicação da manta impermeabilizante; - Aplicação do geotêxtil Bidim como camada de proteção da manta impermeabilizante; - Proteção da camada de separação.

6 Solução de imprimação Manta impermeabilizante Geotêxtil Bidim Camada de proteção Camada de Regularização 4 CAMADA DE REGULARIZAÇÃO Estrutura Figura 1 Sistema impermeabilizante do Edifício JK. Para execução da camada de regularização a primeira providência foi retirar a antiga camada de proteção e regularização da laje, que se encontrava danificada, apresentando trincas, rachaduras e soltando placas em diversos pontos da estrutura. A laje encontrava-se desnivelada e sem os devidos caimentos para os pontos de captação de água, estes estavam danificados e em alguns casos entupidos. A segunda providência foi promover a declividade da laje oferecendo um caminho para a água. A camada de regularização foi executada sobre a estrutura portante com objetivo de fornecer uma superfície lisa, homogênea, firme e com os caimentos necessários, para aplicação da impermeabilização. A regularização foi constituída de uma camada de argamassa de cimento e areia, traço volumétrico 1:3, sem aditivo impermeabilizante, de espessura mínima de 2 cm e caimento de no mínimo 1% (NB-279/75) em direção à coleta de águas pluviais.

7 5 IMPERMEABILIZAÇÃO Estando a superfície preparada, partimos para a aplicação do elemento impermeabilizante propriamente dito. Adotou-se no sistema de impermeabilização: manta, asfalto modificado com armadura estruturada em geotêxtil Bidim. A manta foi fixada ao substrato com maçarico. Inicialmente aplicou-se sobre o substrato regularizado uma demão de solução de imprimação (conforme NBR- 9952), consumo de 0,5 a 0,7 l/m². Aguardou-se então a secagem, cerca de 24 horas. A manta foi desenrolada sobre a imprimação, aquecida com maçarico e pressionada sobre o mesmo de forma a propiciar a fusão de sua camada inferior. Para aplicação com maçarico a manta deve ter a superfície inferior, que será aderida ao substrato, acabada com filme plástico (polietileno). As emendas entre as mantas foram feitas sobrepondo lateral e longitudinalmente em 10 cm. Nas verticais a manta foi aderida da mesma forma que na horizontal. A impermeabilização adentrou nos ralos e foi aderida internamente nos mesmos e arremessada junto ao guarda corpo da laje sem alterar o conjunto arquitetônico. Após a execução da impermeabilização e antes da camada de proteção mecânica foi feito um teste de estanqueidade durante 72 horas, mantendo-se uma lâmina d água de cerca de 10 a 15cm sobre a impermeabilização. Não foi verificado no sistema impermeabilizante. 6 APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM A proteção do elemento impermeabilizante é de fundamental importância para o perfeito desempenho do sistema de impermeabilização, devido às várias solicitações que ocorrem nas áreas impermeabilizadas. Podemos citar como exemplos, ações mecânicas decorrentes das deformações da estrutura (recalques de fundações, retração do concreto, etc.) e da utilização da cobertura (trânsito de pessoas, estacionamento, heliporto, instalação de equipamentos, etc.) ou ações climáticas (incidência de UV, impacto de granizo, variação de temperatura, etc.) que viriam a solicitar o elemento impermeabilização na forma de tração, abrasão, puncionamento, etc. Ações mecânicas induzem esforços que, dependendo de sua intensidade, podem vir a comprometer a estanqueidade do elemento impermeabilizante. A obra adotou como elemento de proteção após uma análise de custo e benefício, o geotêxtil Bidim. Suas características de constituição e distribuição multidirecional de filamentos; espessura; resistência à tração; porosidade; compressibilidade; resistência a perfuração por puncionamento e por estouro; flexibilidade; peso

8 específico; isotropia e demais propriedades permitem que os geotêxteis Bidim desempenhem a função de elemento proteção intermediária ao elemento impermeabilizante das seguintes maneiras: a) Proteção contra desgastes por abrasão; Devido a sua espessura e a estruturação dos filamentos contínuos, o geotêxtil Bidim, colocado como camada de proteção, evitou ocorrência de esforços de abrasão sobre a manta e transmissão dos esforços tangenciais, oriundos das variações dimensionais a que as proteções mecânicas estão sujeitas reduzindo o atrito ao plano de contato. b) Proteção contra puncionamento Devido sua espessura e resistência mecânica, o geotêxtil Bidim absorve esforços normais concentrados, evitando assim que a manta se perfure. c) Drenagem de líquidos e gases O geotêxtil Bidim tem drenagem transversal, ou seja, permite a condução de líquidos e gases (fluidos) pelo seu corpo. 7 VANTAGENS NA UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM A aplicação do geotêxtil Bidim teve início com a limpeza da superfície a ser instalado, removendo-se os elementos estranhos. Após limpeza, aplicou-se sobre a superfície cola para fixação do geotêxtil Bidim. A bobina de geotêxtil Bidim foi desenrolada sobre a superfície com cola e pressionada sobre a mesma de forma a propiciar uma melhor fixação. As emendas do geotêxtil Bidim foram feitas sobrepondo lateral e longitudinalmente em 10cm. O geotêxtil Bidim adentrou nos ralos de foi aderido internamente nos mesmos (Figura 2). O geotêxtil Bidim foi arrematado junto ao guarda corpo da laje sem alterar o conjunto arquitetônico do Edifício JK (Figura 03). O geotêxtil Bidim e a manta impermeabilizante acompanharam também as interferências da estrutura, tais como uma passarela que não foi concluída. Terminadas as etapas anteriores, partiu-se para a execução da proteção da camada de separação.

9 Camada de proteção Manta impermeabilizante Camada de separação geotêxtil Bidim Estrutura Camada de regularização Figura 2 Arremate do sistema de impermeabilização nos ralos. Camada de proteção Manta impermeabilizante Guarda corpo Geotêxtil Bidim Camada de regularização Estrutura Figura 03 Arremate do sistema de impermeabilização no guarda corpo.

10 8 PROTEÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM A proteção do geotêxtil Bidim foi feita com contrapiso em argamassa de cimento e areia, traço volumétrico 1:4, espessura mínima de 3cm formando placas de lados entre 1,5 a 2,0 m. As juntas entre as placas devem ser de 2 cm e as juntas perimetrais (no encontro das superfícies horizontais e verticais) devem ter abertura de no mínimo 3 cm. 9 BIBLIOGRAFIA CELSO RAMOS Normas de Serviços de Projeto e Especificação de Impermeabilização IPT Nov/1988. EVANDO, Silveira Santos Impermeabilizações de Terraços 1º Fascículo Edições Cotec 34/87. LAERTE, Guião Maroni, MARCO ANTÔNIO C. da Silva Araújo, José RENATO, Pandolpho Proteção de Mantas Elastoméricas e Poliméricas com Geotêxtil em obras de Impermeabilização 7º Simpósio Brasileiro de Impermeabilização.

11 10 DOCUMENTAÇÃO FOTOGRÁFICA FOTO 1 Vista parcial do Instituto Histórico Geográfico de Minas Gerais no Edifício JK. FOTO 2 Danos (deterioração) causados pela infiltração da água.

12 FOTO 3 Danos (deterioração) causados pela infiltração da água. FOTO 4 Retirada da antiga camada de proteção e regularização da laje.

13 FOTO 5 Inicio dos serviços de execução da camada de regularização da laje. FOTO 6 O geotêxtil Bidim e manta asfáltica utilizada no sistema de impermeabilização.

14 FOTO 7 Manta asfáltica sendo desenrolada. FOTO 8 Manta asfáltica sendo aquecida com o maçarico para fixação.

15 FOTO 9 Vista geral das mantas assentadas e respectivas emendas. FOTO 10 Detalhe da Impermeabilização vertical na base da rampa da passarela.

16 FOTO 11 Detalhe da impermeabilização dos ralos. FOTO 12 Detalhe da Impermeabilização do guarda corpo.

17 FOTO 13 Teste de estanqueidade com lâmina d água. FOTO 14 Teste de estanqueidade com lâmina d água.

18 FOTO 15 Aplicação da cola para assentamento do geotêxtil Bidim. FOTO 16 Assentamento do geotêxtil Bidim.

19 FOTO 17 Detalhe da camada de proteção do geotêxtil Bidim. FOTO 18 Vista geral da obra e da execução da camada de proteção.

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA DE SEPARAÇÃO E PROTEÇÃO DE MANTA IMPERMEÁVEL NA ESTAÇÃO DAS CLÍNICAS DO METRÔ

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA DE SEPARAÇÃO E PROTEÇÃO DE MANTA IMPERMEÁVEL NA ESTAÇÃO DAS CLÍNICAS DO METRÔ APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA DE SEPARAÇÃO E PROTEÇÃO DE MANTA IMPERMEÁVEL NA ESTAÇÃO DAS CLÍNICAS DO METRÔ Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Rogério Ferrarezi Busch

Leia mais

Execução de projetos com vista à impermeabilização

Execução de projetos com vista à impermeabilização Execução de projetos com vista à impermeabilização O arquiteto e o engenheiro, ao realizar um projeto para qualquer tipo de construção, devem preocupar-se com os problemas de impermeabilização já durante

Leia mais

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO TRATAMENTO ACÚSTICO DA COBERTURA METÁLICA DO GINÁSIO NILSON NELSON BRASÍLIA DF

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO TRATAMENTO ACÚSTICO DA COBERTURA METÁLICA DO GINÁSIO NILSON NELSON BRASÍLIA DF APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO TRATAMENTO ACÚSTICO DA COBERTURA METÁLICA DO GINÁSIO NILSON NELSON BRASÍLIA DF Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. José Renato Pandolfo Atividade

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM EM MURO DE SOLO REFORÇADO NA OBRA DE RECOMPOSIÇÃO DE TALUDE EM JACAREPAGUÁ RJ

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM EM MURO DE SOLO REFORÇADO NA OBRA DE RECOMPOSIÇÃO DE TALUDE EM JACAREPAGUÁ RJ UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM EM MURO DE SOLO REFORÇADO NA OBRA DE RECOMPOSIÇÃO DE TALUDE EM JACAREPAGUÁ RJ Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Gerson Cunha Eng. Maria Francisca

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM ATERRO SOBRE SOLO MOLE E DRENAGEM SUB-SUPERFICIAL CAMPOS ELÍSEOS, DUQUE DE CAXIAS RJ

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM ATERRO SOBRE SOLO MOLE E DRENAGEM SUB-SUPERFICIAL CAMPOS ELÍSEOS, DUQUE DE CAXIAS RJ UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM ATERRO SOBRE SOLO MOLE E DRENAGEM SUB-SUPERFICIAL CAMPOS ELÍSEOS, DUQUE DE CAXIAS RJ Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Geomaks Comércio de Geossintéticos

Leia mais

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO RECAPEAMENTO ASFÁLTICO DA AVENIDA ÁGUA VERDE CURITIBA PR

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO RECAPEAMENTO ASFÁLTICO DA AVENIDA ÁGUA VERDE CURITIBA PR APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO RECAPEAMENTO ASFÁLTICO DA AVENIDA ÁGUA VERDE CURITIBA PR Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. André Fanaya SETEMBRO 1997 Revisado JANEIRO 2011-

Leia mais

PROTEÇÃO DE MARGENS NO PORTO DE SÃO FRANCISCO DO SUL COM USO DE GEOTÊXTIL BIDIM

PROTEÇÃO DE MARGENS NO PORTO DE SÃO FRANCISCO DO SUL COM USO DE GEOTÊXTIL BIDIM PROTEÇÃO DE MARGENS NO PORTO DE SÃO FRANCISCO DO SUL COM USO DE GEOTÊXTIL BIDIM Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Luciano A. Schmitt JANEIRO 1993 Revisado JANEIRO 011- Departamento

Leia mais

Unisalesiano Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil. Construção Civil II. Impermeabilização. Prof. André L.

Unisalesiano Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil. Construção Civil II. Impermeabilização. Prof. André L. Unisalesiano Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium Curso de Engenharia Civil Construção Civil II Impermeabilização Prof. André L. Gamino Normalização ABNT: Termos Gerais NBR 9575 (2010): Impermeabilização

Leia mais

A OCORRÊNCIA DE EFLORESCÊNCIA EM LOCAIS IMPERMEABILIZADOS COM MANTA ASFÁLTICA

A OCORRÊNCIA DE EFLORESCÊNCIA EM LOCAIS IMPERMEABILIZADOS COM MANTA ASFÁLTICA A OCORRÊNCIA DE EFLORESCÊNCIA EM LOCAIS IMPERMEABILIZADOS COM MANTA ASFÁLTICA IRENE DE AZEVEDO LIMA JOFFILY (1) ANA LUIZA ALVES DE OLIVEIRA (2) (1) Professora UniCeub/Virtus Soluções (2) Graduanda em Engenharia

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM E GEOWEB PARA REFOÇO DE ATERRO E PROTEÇÃO SUPERFICIAL DE TALUDE JACIARA MT

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM E GEOWEB PARA REFOÇO DE ATERRO E PROTEÇÃO SUPERFICIAL DE TALUDE JACIARA MT UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM E GEOWEB PARA REFOÇO DE ATERRO E PROTEÇÃO SUPERFICIAL DE TALUDE JACIARA MT Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Paulo Roberto Ferst EPP PERÍODO 2003

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM COMO ELEMENTO RETARDADOR DE TRINCAS NA RESTAURAÇÃO DA RODOVIA DOS IMIGRANTES EM SÃO PAULO

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM COMO ELEMENTO RETARDADOR DE TRINCAS NA RESTAURAÇÃO DA RODOVIA DOS IMIGRANTES EM SÃO PAULO UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM COMO ELEMENTO RETARDADOR DE TRINCAS NA RESTAURAÇÃO DA RODOVIA DOS IMIGRANTES EM SÃO PAULO Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Ramalho Comercial Ltda.

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÃO EM EDIFICAÇÕES

IMPERMEABILIZAÇÃO EM EDIFICAÇÕES IMPERMEABILIZAÇÃO EM EDIFICAÇÕES Necessidade da impermeabilização Introdução a Impermeabilização Projeto de impermeabilização Execução de impermeabilização 1 - A NECESSIDADE DA IMPERMEABILIZAÇÃO Problemas

Leia mais

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA DE BLOQUEIO NAS OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO POLIÉDRICA DO BALNEÁRIO JURERÊ INTERNACIONAL, FLORIANÓPOLIS SC

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA DE BLOQUEIO NAS OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO POLIÉDRICA DO BALNEÁRIO JURERÊ INTERNACIONAL, FLORIANÓPOLIS SC APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA DE BLOQUEIO NAS OBRAS DE PAVIMENTAÇÃO POLIÉDRICA DO BALNEÁRIO JURERÊ INTERNACIONAL, FLORIANÓPOLIS SC Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Patologia das Construções. Patologia: Impermeabilização X Umidade

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Patologia das Construções. Patologia: Impermeabilização X Umidade UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Patologia das Construções Patologia: Impermeabilização X Umidade Impermeabilidade das construções Impedir a passagem indesejável água, fluído e

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM COMO FILTRO EM JUNTAS DE GALERIA DE DRENAGEM BARRA DA TIJUCA RJ

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM COMO FILTRO EM JUNTAS DE GALERIA DE DRENAGEM BARRA DA TIJUCA RJ UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM COMO FILTRO EM JUNTAS DE GALERIA DE DRENAGEM BARRA DA TIJUCA RJ Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Geomaks Comércio de Geossintéticos Ltda. PERÍODO

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM MURO REFORÇADO NO PARQUE DOS PRÍNCIPES, SÃO PAULO SP

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM MURO REFORÇADO NO PARQUE DOS PRÍNCIPES, SÃO PAULO SP UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM MURO REFORÇADO NO PARQUE DOS PRÍNCIPES, SÃO PAULO SP Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Ramalho Comercial Ltda. PERÍODO 1996 Revisado ABRIL 2011

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÃO DE TELHADO VERDE COM GEOMEMBRANA DE PEAD NEOPLASTIC VINHEDO - SP

IMPERMEABILIZAÇÃO DE TELHADO VERDE COM GEOMEMBRANA DE PEAD NEOPLASTIC VINHEDO - SP IMPERMEABILIZAÇÃO DE TELHADO VERDE COM GEOMEMBRANA DE PEAD NEOPLASTIC VINHEDO - SP AUTOR: Departamento Técnico de Geomembrana NeoPlastic Eng Daniel M. Meucci ANO - 2014 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DADOS DA OBRA...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Técnicas Construtivas. Prof. Guilherme Brigolini

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Técnicas Construtivas. Prof. Guilherme Brigolini UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO Escola de Minas DECIV Técnicas Construtivas Prof. Guilherme Brigolini Impermeabilidade das construções Impedir a passagem indesejável água, fluído e vapores Pode conter

Leia mais

Soluções de Alto Desempenho para Construção PRODUTO MULTIUSO PARA OBRAS ECONÔMICAS

Soluções de Alto Desempenho para Construção PRODUTO MULTIUSO PARA OBRAS ECONÔMICAS Soluções de Alto Desempenho para Construção PRODUTO MULTIUSO PARA OBRAS ECONÔMICAS + + desempenho por m² AMP ARGAMASSA MODIFICADA COM POLÍMERO ( + ) MEMBRANA POLIMÉRICA O BAUCRYL ECOVEDA é um polímero

Leia mais

Manual do Impermabilizador

Manual do Impermabilizador Rev.05 Manual do Impermabilizador Esta especificação técnica tem por objetivo fornecer subsídios na metodologia adequada de impermeabilização com mantas asfálticas. Em cada caso, deverão ser analisadas

Leia mais

Manual do impermeabilizador

Manual do impermeabilizador 1 Manual do impermeabilizador Preparação e aplicação em superfícies cimenticia Índice INTRODUÇÃO PROJETO DE IMPERMEABILIZAÇÃO ESTATÍSTICAS NORMAS TÉCNICAS ELABORAÇÃO DO PROJETO DE IMPERMEABILIZAÇÃO NBR

Leia mais

Tecnologia da Construção IMPERMEABILIZAÇÃO. Profº Joel Filho

Tecnologia da Construção IMPERMEABILIZAÇÃO. Profº Joel Filho Tecnologia da Construção IMPERMEABILIZAÇÃO Profº Joel Filho Introdução: Impermeabilização NBR 9575/2003 - Elaboração de Projetos de Impermeabilização Item 6 Projeto 6.1. Elaboração e responsabilidade técnica

Leia mais

UMIDADES E IMPERMEABILIZAÇÕES

UMIDADES E IMPERMEABILIZAÇÕES 200888 Técnicas das Construções I UMIDADES E IMPERMEABILIZAÇÕES Prof. Carlos Eduardo Troccoli Pastana pastana@projeta.com.br (14) 3422-4244 AULA 5 o Impermeabilização é a proteção das construções contra

Leia mais

Sistemas de Impermeabilização

Sistemas de Impermeabilização Sistemas de Impermeabilização Projecto de Construção CET Seia Eng. Sá Neves Eng. Sá Neve Sistema invertido ou tradicional : Os sistemas em cobertura invertida são os mais aconselháveis devido a maior durabilidade

Leia mais

COMPORTAMENTO DAS MANTAS AUTOPROTEGIDAS AO IMPACTO NAS CHUVAS DE GRANIZO.

COMPORTAMENTO DAS MANTAS AUTOPROTEGIDAS AO IMPACTO NAS CHUVAS DE GRANIZO. COMPORTAMENTO DAS MANTAS AUTOPROTEGIDAS AO IMPACTO NAS CHUVAS DE GRANIZO. Flávia Previatto Baldini; Anderson Mendes de Oliveira; José Leonel Alves dos Santos. Sika Química Ltda. Rodovia Marechal Rondon,

Leia mais

APLICAÇÃO DE GEOWEB EM REVESTIMENTO DE CANAL AEROPORTO INTERNACIONAL GUARULHOS SP

APLICAÇÃO DE GEOWEB EM REVESTIMENTO DE CANAL AEROPORTO INTERNACIONAL GUARULHOS SP APLICAÇÃO DE GEOWEB EM REVESTIMENTO DE CANAL AEROPORTO INTERNACIONAL GUARULHOS SP Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Ramalho Comercial Ltda. PERÍODO 2006/2007 Revisado ABRIL 2011

Leia mais

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO RECAPEAMENTO DA AVENIDA NOSSA SENHORA DA LUZ CURITIBA PR

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO RECAPEAMENTO DA AVENIDA NOSSA SENHORA DA LUZ CURITIBA PR APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO RECAPEAMENTO DA AVENIDA NOSSA SENHORA DA LUZ CURITIBA PR Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Ivan Macedo JULHO 1998 Revisado JANEIRO 2011 - Departamento

Leia mais

MEMBRANAS DE POLIURETANO DE ALTO DESEMPENHO SISTEMA A BASE DE POLIURETANO PARA LAJES C/ TRANSITO DE PEDESTRE E TRANSITO DE VEÍCULOS

MEMBRANAS DE POLIURETANO DE ALTO DESEMPENHO SISTEMA A BASE DE POLIURETANO PARA LAJES C/ TRANSITO DE PEDESTRE E TRANSITO DE VEÍCULOS MEMBRANAS DE POLIURETANO DE ALTO DESEMPENHO SISTEMA A BASE DE POLIURETANO PARA LAJES C/ TRANSITO DE PEDESTRE E TRANSITO DE VEÍCULOS Angelo Derolle Filho SISTEMA VULKEM PRINCIPAIS VANTAGENS Sistema Impermeável

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO SISTEMA DRENANTE DOS JARDINS DO ANEXO II DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL BRASÍLIA DF

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO SISTEMA DRENANTE DOS JARDINS DO ANEXO II DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL BRASÍLIA DF UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO SISTEMA DRENANTE DOS JARDINS DO ANEXO II DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL BRASÍLIA DF Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Haroldo Paranhos JULHO

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM PARA CURA UMIDA DE CONCRETO NO VELÓDROMO DE JACAREPAGUÁ RIO DE JANEIRO RJ

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM PARA CURA UMIDA DE CONCRETO NO VELÓDROMO DE JACAREPAGUÁ RIO DE JANEIRO RJ UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM PARA CURA UMIDA DE CONCRETO NO VELÓDROMO DE JACAREPAGUÁ RIO DE JANEIRO RJ Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Geomaks Com. de Geossintéticos Ltda.

Leia mais

DRYBOX IMPERMEABILIZANTE - PISCINAS

DRYBOX IMPERMEABILIZANTE - PISCINAS ETAPA I LIMPEZA DA ÁREA PROCEDER A LIMPEZA DA ÁREA A SER IMPERMEABILIZADA. -RETIRAR MATERIAIS SOLTOS. -FAZER PEQUENOS REPAROS DE FALHAS NO REBOCO SE HOUVER. -FAZER AJUSTES NAS SAÍDAS DOS EQUIPAMENTOS.

Leia mais

APLICAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM IMPREGNADO COM EMULSÃO ASFÁLTICA PARA IMPERMEABILIZAÇÃO DE TANQUES DA AÇUCAREIRA QUATÁ S/A SÃO PAULO

APLICAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM IMPREGNADO COM EMULSÃO ASFÁLTICA PARA IMPERMEABILIZAÇÃO DE TANQUES DA AÇUCAREIRA QUATÁ S/A SÃO PAULO APLICAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM IMPREGNADO COM EMULSÃO ASFÁLTICA PARA IMPERMEABILIZAÇÃO DE TANQUES DA AÇUCAREIRA QUATÁ S/A SÃO PAULO Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Laerte Guião

Leia mais

lwarflex Manta asfáltica

lwarflex Manta asfáltica 8 lwarflex Manta asfáltica Manta impermeabilizante pré-fabricada à base de asfalto modificado com polímeros estruturada com poliéster pré-estabilizado. É necessário fazer proteção mecânica para proteção

Leia mais

Impermeabilização de edificações residenciais urbanas

Impermeabilização de edificações residenciais urbanas Impermeabilização de edificações residenciais urbanas Serviços Reparo - Proteção Impermeabilização - Graute Atuação em todo território nacional em obras de infraestrutura www.rossetiimper.com.br Aplicador

Leia mais

CLIENTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPIRANGA

CLIENTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPIRANGA CLIENTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAPIRANGA OBRA: ESTAÇÃO ELEVATÓRIA PARA ESGOTO - ELEVADO RESPONSÁVEL TÉCNICO: ENG. CIVIL MICHAEL MALLMANN MUNICÍPIO: ITAPIRANGA - SC 1 INSTALAÇÕES PROVISÓRIAS Deve ser

Leia mais

CONSTRUÇÃO CIVIL. Impermeabilização e

CONSTRUÇÃO CIVIL. Impermeabilização e CONSTRUÇÃO CIVIL Impermeabilização Impermeabilização e e Injeção Injeção PROJETO E EXECUÇÃO DE IMPERMEABILIZAÇÃO EM PISCINAS COM MEMBRANA DE POLIURETANO PALESTRANTE: ENG. PAULO ROBERTO FERRAZ DATA: 14/10/2015

Leia mais

UNICAP Universidade Católica de Pernambuco

UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Conceitos importantes UNICAP Universidade Católica de Pernambuco Prof. Angelo Just da Costa e Silva Materiais betuminosos Impermeabilização Betume: aglomerante orgânico obtido por processo industrial (resíduo

Leia mais

PROTEÇÃO DE TALUDES NAS LAGOAS DA COCAMAR COM USO DO GEOTÊXTIL BIDIM

PROTEÇÃO DE TALUDES NAS LAGOAS DA COCAMAR COM USO DO GEOTÊXTIL BIDIM PROTEÇÃO DE TALUDES NAS LAGOAS DA COCAMAR COM USO DO GEOTÊXTIL BIDIM Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Luciano A. Schmitt DEZEMBRO 992 Revisado JANEIRO 20- Departamento Técnico.

Leia mais

Aula 23: IMPERMEABILIZAÇÃO

Aula 23: IMPERMEABILIZAÇÃO PCC-2436 ecnologia da Construção de Edifícios II Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Departamento de Engenharia de Construção Civil PCC-2436 ecnologia da Construção de Edifícios II Aula 23:

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA IMPERMEABILIZAÇÃO DE LAJE DO 14º ANDAR DO EDIFÍCIO-SEDE

TERMO DE REFERÊNCIA IMPERMEABILIZAÇÃO DE LAJE DO 14º ANDAR DO EDIFÍCIO-SEDE TERMO DE REFERÊNCIA IMPERMEABILIZAÇÃO DE LAJE DO 14º ANDAR DO EDIFÍCIO-SEDE 1. OBJETO Contratação de empresa especializada em engenharia para execução de impermeabilização da laje de cobertura no 14º andar

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NA PROTEÇÃO DA MARGEM DOS RIOS INHOMIRIM, CAIOBÁ E MIRIM CAIOBÁ MUNICÍPIO DE MAGÉ RJ

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NA PROTEÇÃO DA MARGEM DOS RIOS INHOMIRIM, CAIOBÁ E MIRIM CAIOBÁ MUNICÍPIO DE MAGÉ RJ UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NA PROTEÇÃO DA MARGEM DOS RIOS INHOMIRIM, CAIOBÁ E MIRIM CAIOBÁ MUNICÍPIO DE MAGÉ RJ Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Gerson Dias da Cunha Arqt.

Leia mais

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM EM ATERRO SOBRE SOLO MOLE NA RUA ANNE FRANK CURITIBA PR

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM EM ATERRO SOBRE SOLO MOLE NA RUA ANNE FRANK CURITIBA PR APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM EM ATERRO SOBRE SOLO MOLE NA RUA ANNE FRANK CURITIBA PR Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. André Fanaya SETEMBRO 1997 Revisado JANEIRO 2011- Departamento

Leia mais

Aula 24: IMPERMEABILIZAÇÃO SISTEMAS E EXECUÇÃO

Aula 24: IMPERMEABILIZAÇÃO SISTEMAS E EXECUÇÃO PCC-2436 ecnologia da Construção de Edifícios II Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Departamento de Engenharia de Construção Civil PCC-2436 ecnologia da Construção de Edifícios II SISEMAS

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÕES REVESTIMENTO DE CALHAS E LAJES

IMPERMEABILIZAÇÕES REVESTIMENTO DE CALHAS E LAJES IMPERMEABILIZAÇÕES REVESTIMENTO DE CALHAS E LAJES Prof. Marco Pádua A cobertura é uma fase importante da edificação. Não só a questão estética deve ser considerada, como a escolha dos elementos, a posição

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO RECAPEAMENTO ASFÁLTICO DA AVENIDA PRESIDENTE JUSCELINO KUBITSCHEK JUIZ DE FORA MG

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO RECAPEAMENTO ASFÁLTICO DA AVENIDA PRESIDENTE JUSCELINO KUBITSCHEK JUIZ DE FORA MG UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO RECAPEAMENTO ASFÁLTICO DA AVENIDA PRESIDENTE JUSCELINO KUBITSCHEK JUIZ DE FORA MG Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Luis Otávio de Pinho Tavares

Leia mais

6 CICLO DE PALESTRAS 14 e 15 de outubro de 2015 MEMBRANAS MOLDADAS IN LOCO

6 CICLO DE PALESTRAS 14 e 15 de outubro de 2015 MEMBRANAS MOLDADAS IN LOCO 6 CICLO DE PALESTRAS 14 e 15 de outubro de 2015 MEMBRANAS MOLDADAS IN LOCO Arquitetura da impermeabilização A arte da Compatibilização de projetos Arquiteta Camila S. Grainho GTI PROJETOS E CONSULTORIA

Leia mais

MANUAL TÉCNICO DRENO CORRUGADO CIMFLEX

MANUAL TÉCNICO DRENO CORRUGADO CIMFLEX 1. INTRODUÇÃO O DRENO CIMFLEX é um tubo dreno corrugado fabricado em PEAD (Polietileno de Alta Densidade), de seção circular e com excelente raio de curvatura, destinado a coletar e escoar o excesso de

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NA RESTAURAÇÃO DO PAVIMENTO DA AVENIDA PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS BELO HORIZONTE MG

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NA RESTAURAÇÃO DO PAVIMENTO DA AVENIDA PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS BELO HORIZONTE MG UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NA RESTAURAÇÃO DO PAVIMENTO DA AVENIDA PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS BELO HORIZONTE MG Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Leonardo de Carvalho Thimotti

Leia mais

MANTA POLIMÉRICA é um impermeabilizante flexível a base de cimentos especiais modificados com polímeros acrílicos de excelente qualidade.

MANTA POLIMÉRICA é um impermeabilizante flexível a base de cimentos especiais modificados com polímeros acrílicos de excelente qualidade. Data da última revisão: 03/2011 DEFINIÇÃO MANTA POLIMÉRICA é um impermeabilizante flexível a base de cimentos especiais modificados com polímeros acrílicos de excelente qualidade. MANTA POLIMÉRICA é fácil

Leia mais

O QUARTO ELEMENTO DA CONSTRUÇÃO

O QUARTO ELEMENTO DA CONSTRUÇÃO O QUARTO ELEMENTO DA CONSTRUÇÃO Porque Impermeabilizar? O que leva construtoras, construtores, proprietários de imóveis, etc... a procura de impermeabilizantes? De cada 10 pessoas que procuram produtos

Leia mais

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável e elástica.

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável e elástica. Descrição VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável e elástica. Características Densidade: 1,02 g/cm 3 Aparência: Cor preta Composição básica: emulsão asfáltica modificada com elastômeros

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOWEB COMO REFORÇO DE BASE PARA TRÁFEGO DE EQUIPAMENTOS SOBRE SOLO MOLE SÃO PAULO SP

UTILIZAÇÃO DE GEOWEB COMO REFORÇO DE BASE PARA TRÁFEGO DE EQUIPAMENTOS SOBRE SOLO MOLE SÃO PAULO SP UTILIZAÇÃO DE GEOWEB COMO REFORÇO DE BASE PARA TRÁFEGO DE EQUIPAMENTOS SOBRE SOLO MOLE SÃO PAULO SP Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Ramalho Comercial Ltda. PERÍODO 1998 Revisado

Leia mais

Em toda construção o natural é ter técnica.

Em toda construção o natural é ter técnica. Em toda construção o natural é ter técnica. A TECNIKA iniciou suas atividades em meados de 2003, impulsionada pela demanda do mercado, sempre preocupada em buscar e oferecer soluções técnicas inovadoras,

Leia mais

Por que protender uma estrutura de concreto?

Por que protender uma estrutura de concreto? Por que protender uma estrutura de concreto? Eng. Maria Regina Leoni Schmid Rudloff Sistema de Protensão Ltda. RUDLOFF SISTEMA DE PROTENSÃO LTDA. Fig. 1 Representação esquemática de um cabo de cordoalhas

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÃO. Construção Civil II ( TC-025) Prof. José de Almendra Freitas Jr. freitasjose@terra.com.br

IMPERMEABILIZAÇÃO. Construção Civil II ( TC-025) Prof. José de Almendra Freitas Jr. freitasjose@terra.com.br Impermeabilização Ministério da Educação 15:02 Universidade Federal do Paraná Setor de Tecnologia Construção Civil II ( TC-025) IMPERMEABILIZAÇÃO Prof. José de Almendra Freitas Jr. freitasjose@terra.com.br

Leia mais

13 o Encontro Técnico DER-PR

13 o Encontro Técnico DER-PR 13 o Encontro Técnico DER-PR Imprimaduras Impermeabilizante e Ligante Osvaldo Tuchumantel Jr. Imprimadura ato ou efe ito de imprima r Impermeabilizante - Aplicação uniforme de material betuminoso sobre

Leia mais

MÉTODO EXECUTIVO ME 09

MÉTODO EXECUTIVO ME 09 Objetivo: FOLHA 1 de 7 O método tem como objetivo detalhar o processo de proteção estanque para piscina, utilizando membrana polimérica, de modo a propiciar o treinamento da mão de obra e por conseqüência

Leia mais

PROJETO DE SISTEMA DE IMPERMEABILIZAÇAO DE UMA LAJE DE COBERTURA

PROJETO DE SISTEMA DE IMPERMEABILIZAÇAO DE UMA LAJE DE COBERTURA 1 PROJETO DE SISTEMA DE IMPERMEABILIZAÇAO DE UMA LAJE DE COBERTURA Helio Felizardo (1), Prof. Dr. Eng. Fernando Pelisser (2) UNESC Universidade do Extremo Sul Catarinense (1) eng.hf@hotmail.com, (2) fep@unesc.net

Leia mais

Excelente aderência quando aplicado sobre superfícies de concreto ou argamassa;

Excelente aderência quando aplicado sobre superfícies de concreto ou argamassa; VIAPLUS 7000-FIBRAS 1. Descrição Impermeabilizante à base de resinas termoplásticas e cimentos com aditivos e incorporação de fibras sintéticas (polipropileno). Essa composição resulta em uma membrana

Leia mais

IMPERMEABILIZAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II

IMPERMEABILIZAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II IMPERMEABILIZAÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II SISTEMAS DE IMPERMEABILIZAÇÃO Conjunto de produtos e serviços destinados a conferir

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOWEB NA ROTEÇÃO SUPERFICIAL DE TALUDE DO EDIFICIO BANCO SULAMÉRICA SEGUROS SP

UTILIZAÇÃO DE GEOWEB NA ROTEÇÃO SUPERFICIAL DE TALUDE DO EDIFICIO BANCO SULAMÉRICA SEGUROS SP UTILIZAÇÃO DE GEOWEB NA ROTEÇÃO SUPERFICIAL DE TALUDE DO EDIFICIO BANCO SULAMÉRICA SEGUROS SP Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Hérsio Antonio Ranzani Júnior JULHO 1998 Revisado

Leia mais

PERÍCIA DE ENGENHARIA ENVOLVENDO SOLUÇÃO COM APLICAÇÃO DE POLIURÉIA

PERÍCIA DE ENGENHARIA ENVOLVENDO SOLUÇÃO COM APLICAÇÃO DE POLIURÉIA XVI COBREAP CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS. IBAPE/AM PERÍCIA DE ENGENHARIA ENVOLVENDO SOLUÇÃO COM APLICAÇÃO DE POLIURÉIA Resumo Trata-se da solução de um problema de infiltração

Leia mais

SEPARAÇÃO E DRENAGEM NA AMPLIAÇÃO DO AEROPORTO SANTOS DUMONT (RIO DE JANEIRO RJ)

SEPARAÇÃO E DRENAGEM NA AMPLIAÇÃO DO AEROPORTO SANTOS DUMONT (RIO DE JANEIRO RJ) CASO DE OBRA #197 SEPARAÇÃO E DRENAGEM NA AMPLIAÇÃO DO AEROPORTO SANTOS DUMONT (RIO DE JANEIRO RJ) Autor: Geomaks Comércio de Geossintéticos Ltda. Maio de 2013 1. DADOS GERAIS Tipo de obra Separação e

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM TESTE DE FILTRAÇÃO DE LODO BIOLÓGICO DE EXCESSO DA ETE JUNDIAÍ SP

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM TESTE DE FILTRAÇÃO DE LODO BIOLÓGICO DE EXCESSO DA ETE JUNDIAÍ SP UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM EM TESTE DE FILTRAÇÃO DE LODO BIOLÓGICO DE EXCESSO DA ETE JUNDIAÍ SP Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Ramalho Comercial Ltda. PERÍODO 2004 Revisado

Leia mais

A importância da presença de especialista em impermeabilização na equipe multi disciplinar de projetos para durabilidade das edificações.

A importância da presença de especialista em impermeabilização na equipe multi disciplinar de projetos para durabilidade das edificações. A importância da presença de especialista em impermeabilização na equipe multi disciplinar de projetos para durabilidade das edificações. Luiz Fernando Bernhoeft 1,a, Prof. Silvio B. Melhado 2,b e 1 Engenheiro

Leia mais

Empreendimento: Laje de Cobertura do Tribunal de Justiça da Bahia Cliente: Tribunal de Justiça da Bahia Data: 30/09/2013

Empreendimento: Laje de Cobertura do Tribunal de Justiça da Bahia Cliente: Tribunal de Justiça da Bahia Data: 30/09/2013 PROJETO EXECUTIVO DE IMPERMEABILIZAÇÃO Empreendimento: Laje de Cobertura do Tribunal de Justiça da Bahia Cliente: Tribunal de Justiça da Bahia Data: 30/09/2013 REVISÃO DESCRIÇÃO DATA 00 Projeto Executivo

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOWEB EM DRENAGEM DO CANAL DA VILA NATAL CUBATÃO SP

UTILIZAÇÃO DE GEOWEB EM DRENAGEM DO CANAL DA VILA NATAL CUBATÃO SP UTILIZAÇÃO DE GEOWEB EM DRENAGEM DO CANAL DA VILA NATAL CUBATÃO SP Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Pedro Henrique Piassa Distribuidor: Ramalho Comercial Ltda. SETEMBRO 1997

Leia mais

CONSTRUÇÕES II MADEIRA PISOS DE MADEIRA PISOS DE MADEIRA. São planos horizontais que suportam cargas. VARIÁVEIS e PERMANENTES.

CONSTRUÇÕES II MADEIRA PISOS DE MADEIRA PISOS DE MADEIRA. São planos horizontais que suportam cargas. VARIÁVEIS e PERMANENTES. CONSTRUÇÕES II MADEIRA PISOS DE MADEIRA PISOS DE MADEIRA São planos horizontais que suportam cargas VARIÁVEIS e PERMANENTES. 1 CARGAS NBR 6120 PERMANENTES (g) Peso próprio da estrutura Peso dos elementos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL INSTALAÇÃO PREDIAL DE ÁGUAS PLUVIAIS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL INSTALAÇÃO PREDIAL DE ÁGUAS PLUVIAIS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO TECNOLÓGICO DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL INSTALAÇÃO PREDIAL DE ÁGUAS PLUVIAIS Prof. Adolar Ricardo Bohn - M. Sc. 1 A instalação predial de águas pluviais

Leia mais

MANUAL TÉCNICO BETUMAT I M P E R M E A B I L I Z A N T E S

MANUAL TÉCNICO BETUMAT I M P E R M E A B I L I Z A N T E S MANUAL TÉCNICO BETUMAT Perfil Nossa empresa foi fundada em 1963 como distribuidora de betumes e, em 1968, expandimos nossas atividades e iniciamos a produção de impermeabilizantes. Atuamos na área da

Leia mais

PAVIMENTAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II

PAVIMENTAÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II PAVIMENTAÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 8º Período Turma C01 Disc. Construção Civil II Segurança de utilização Economia Higiene adequada Conforto EXIGÊNCIAS DO USUÁRIO Manutenção

Leia mais

ESTUDO PARA IMPERMEABILIZAÇÃO NA INTERFACE ESTRUTURA METÁLICA E ALVENARIA

ESTUDO PARA IMPERMEABILIZAÇÃO NA INTERFACE ESTRUTURA METÁLICA E ALVENARIA ESTUDO PARA IMPERMEABILIZAÇÃO NA INTERFACE ESTRUTURA METÁLICA E ALVENARIA Joel Henrique Rohr 1 Resumo: Uma das patologias existentes na construção civil são as infiltrações. Um dos pontos críticos das

Leia mais

Sistema de Impermeabilização (Membrana)

Sistema de Impermeabilização (Membrana) Sistema de Impermeabilização (Membrana) MI - Membrana Impermeável Locais de Aplicação: Lajes, piscinas, banheiros, cozinhas, caixas d água, reservatórios, baldrames, calhas, muros de arrimo, alvenaria,

Leia mais

Aplicações Xadrez Pigmento em Pó

Aplicações Xadrez Pigmento em Pó Dê asas à sua imaginação nas diversas aplicações do Pó Xadrez. Aplicações Xadrez Pigmento em Pó O PÓ XADREZ é um pigmento concentrado que proporciona efeitos decorativos em diversas aplicações. Mais econômico,

Leia mais

Construção Civil. Impermeabilização e Injeção

Construção Civil. Impermeabilização e Injeção Construção Civil Impermeabilização e Injeção Membranas moldadas in loco Vantagens da aplicação moldada in loco Agilidade na aplicação Requer cota mínima Aplicado a frio Molda-se perfeitamente ao substrato

Leia mais

Impermeável Protector Resistente impermeabilizações objectivo - problema - solução objectivo 1 Prevenir a infiltração de água para os pavimentos e paredes das cozinhas, casas de banho, balneários e outros

Leia mais

CONTRAPISO Documentos de referência Condições para o início dos trabalhos Preparo da base Marcação do nível do contrapiso

CONTRAPISO Documentos de referência Condições para o início dos trabalhos Preparo da base Marcação do nível do contrapiso CONTRAPISO 1 camada (s) de argamassa (s) que pode ser aplicada sobre a laje ou lastro de concreto, sobre camada de impermeabilização* ou sobre camada de isolamento térmico/acústico* (* na maioria das vezes

Leia mais

PATOLOGIAS EM ALVENARIA DE BLOCOS CERÂMICOS (2011) 1

PATOLOGIAS EM ALVENARIA DE BLOCOS CERÂMICOS (2011) 1 PATOLOGIAS EM ALVENARIA DE BLOCOS CERÂMICOS (2011) 1 RUBIN, Ariane P. 2 ; CERVO, Fernanda 3 ; PALMA, Cleomar 4 ; ALMEIDA, Leonardo 5 ; QUERUZ, Francisco 6 1 Trabalho de Pesquisa _UNIFRA 2 Curso de Arquitetura

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO EXECUÇÃO DE PASSEIO PÚBLICO

MEMORIAL DESCRITIVO EXECUÇÃO DE PASSEIO PÚBLICO MEMORIAL DESCRITIVO EXECUÇÃO DE PASSEIO PÚBLICO AGUA BOA - MT AGROVILA SANTA MARIA Rua Projetada A - B - C Avenida Projetada - LD e LE 3.1 - CALÇADA 3.1.1- Introdução Calçamentos são elementos complementares

Leia mais

MATERIAIS EMPREGADOS NAS REDES DE ESGOTOS SANITÁRIOS

MATERIAIS EMPREGADOS NAS REDES DE ESGOTOS SANITÁRIOS MATERIAIS EMPREGADOS NAS REDES DE ESGOTOS SANITÁRIOS 1 - INTRODUÇÃO. A escolha do material a empregar (tipo de tubulação) nas redes coletoras de esgotos sanitários é função das características dos esgotos,

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM PARA PROTEÇÃO DE GEOMEMBRANA EM LAGO ORNAMENTAL DE CONDOMÍNIO RIO DE JANEIRO - RJ

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM PARA PROTEÇÃO DE GEOMEMBRANA EM LAGO ORNAMENTAL DE CONDOMÍNIO RIO DE JANEIRO - RJ UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM PARA PROTEÇÃO DE GEOMEMBRANA EM LAGO ORNAMENTAL DE CONDOMÍNIO RIO DE JANEIRO - RJ Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Geomaks Com. de Geossintéticos

Leia mais

poder de compra x custo da construção poder de compra:

poder de compra x custo da construção poder de compra: w ALVENARIA ESTRUTURAL COM BLOCOS DE CONCRETO poder de compra x custo da construção poder de compra: - Conceito Geral - Engenheiro Civil - Ph.D. (85)3244-3939 (85)9982-4969 luisalberto1@terra.com.br custo

Leia mais

Prof. Marcos Valin Jr. Por quê Impermeabilização. www.mvalin.com.br 1

Prof. Marcos Valin Jr. Por quê Impermeabilização. www.mvalin.com.br 1 Por quê Impermeabilizar www.mvalin.com.br 1 www.mvalin.com.br 2 www.mvalin.com.br 3 O concreto e as argamassas utilizadas nos revestimentos possuem poros, trincas epequenas fissuras, na maioria das vezes

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL! Construção Civil II 1 0 Semestre de 2015 Professoras Heloisa Campos e Elaine Souza

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL! Construção Civil II 1 0 Semestre de 2015 Professoras Heloisa Campos e Elaine Souza UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL Construção Civil II 1 0 Semestre de 2015 Professoras Heloisa Campos e Elaine Souza EXERCÍCIO IMPERMEABILIZAÇÃO A seguir está modificado um

Leia mais

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO SISTEMA DE DRENAGEM DA QUADRA DE TÊNIS DO GRANDE HOTEL CANELA

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO SISTEMA DE DRENAGEM DA QUADRA DE TÊNIS DO GRANDE HOTEL CANELA APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO SISTEMA DE DRENAGEM DA QUADRA DE TÊNIS DO GRANDE HOTEL CANELA Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Fernando S. Alves ABRIL 1992 Revisado JANEIRO

Leia mais

Jefferson Villela Ferreira Arquiteto e Urbanista, MSc. Departamento técnico tel.: (21) 2671-8327 Fax: (21) 2771-4503 texsa@

Jefferson Villela Ferreira Arquiteto e Urbanista, MSc. Departamento técnico tel.: (21) 2671-8327 Fax: (21) 2771-4503 texsa@ As piscinas sem concreto de base foram desenvolvidas, pioneiramente, pelo departamento técnico da TEXSA, desde 1981, e são exemplos de vanguarda tecnológica; para terem durabilidade e segurança com o menor

Leia mais

COMO INSTALAR : MATERIAIS: IMPORTANTE. O contra piso deve estar:

COMO INSTALAR : MATERIAIS: IMPORTANTE. O contra piso deve estar: COMO INSTALAR : Importante para uma perfeita instalação, obter o resultado especificado pela Revitech Pisos e esperado pelo cliente, a utilização das ferramentas corretas. Ferramentas como a desempenadeira,

Leia mais

Revestimento Impermeável para Receber Piso de Madeira Sujeito a Pressão Negativa ou Umidade Ascedente. Soluções de Alto Desempenho para Construção

Revestimento Impermeável para Receber Piso de Madeira Sujeito a Pressão Negativa ou Umidade Ascedente. Soluções de Alto Desempenho para Construção Revestimento Impermeável para Receber Piso de Madeira Sujeito a Pressão Negativa ou Umidade Ascedente Soluções de Alto Desempenho para Construção Piso de Madeira Conforto térmico, requinte, beleza e durabilidade.

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO ELEMENTO FILTRANTE NA ESCADA DE DISSIPAÇÃO EM GABIÃO

UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO ELEMENTO FILTRANTE NA ESCADA DE DISSIPAÇÃO EM GABIÃO UTILIZAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM COMO ELEMENTO FILTRANTE NA ESCADA DE DISSIPAÇÃO EM GABIÃO Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Ivo Corrêa Meyer Neto AGOSTO 1991 Revisado JANEIRO 2011-

Leia mais

Revestimentos de Alto Desempenho - RAD

Revestimentos de Alto Desempenho - RAD Revestimentos de Alto Desempenho - RAD O mercado de revestimentos para pisos de concreto se desenvolveu mais expressivamente no Brasil na década de 1980. Foi nesse momento que os revestimentos autonivelantes

Leia mais

Valores em Reais. Preço Unit. (Mat.+MO) Preço Parcial 1.0 EDIFÍCIO SEDE

Valores em Reais. Preço Unit. (Mat.+MO) Preço Parcial 1.0 EDIFÍCIO SEDE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS Coordenação-Geral de Recursos Logísticos Coordenação de Obras e Suporte Técnico Divisão de Engenharia PLANILHA ORÇAMENTÁRIA

Leia mais

APLICAÇÃO DE TUBOS CERÂMICOS NA COLETA E TRANSPORTE DE ESGOTOS SANITÁRIOS"

APLICAÇÃO DE TUBOS CERÂMICOS NA COLETA E TRANSPORTE DE ESGOTOS SANITÁRIOS APLICAÇÃO DE TUBOS CERÂMICOS NA COLETA E TRANSPORTE DE ESGOTOS SANITÁRIOS" PALESTRANTE: Eng o Civil Antonio Livio Abraços Jorge 28 de Março de 2008 Marcos na História do Saneamento Tubos cerâmicos são

Leia mais

Figura 1 : Posição dos furos (F1 e F2) em relação aos cabos "cortados" (C1 e C50)

Figura 1 : Posição dos furos (F1 e F2) em relação aos cabos cortados (C1 e C50) Belo Horizonte, 16 de novembro de 2.009 CEFET-MG Diretoria de Planejamento e Gestão Belo Horizonte MG A/C.: Prof. Mário Basílio (marciobasilio@deii.cefetmg.br) REF.: Prédio administrativo do CEFET-MG,

Leia mais

Pedra Natural em Fachadas

Pedra Natural em Fachadas Pedra Natural em Fachadas SELEÇÃO, APLICAÇÃO, PATOLOGIAS E MANUTENÇÃO Real Granito, S.A. Índice Características típicas dos diferentes tipos de Rochas Ensaios para a caracterização de produtos em Pedra

Leia mais

Escola de Engenharia de São Carlos - Universidade de São Paulo Departamento de Engenharia de Estruturas. Alvenaria Estrutural.

Escola de Engenharia de São Carlos - Universidade de São Paulo Departamento de Engenharia de Estruturas. Alvenaria Estrutural. Alvenaria Estrutural Introdução CONCEITO ESTRUTURAL BÁSICO Tensões de compressão Alternativas para execução de vãos Peças em madeira ou pedra Arcos Arco simples Arco contraventado ASPECTOS HISTÓRICOS Sistema

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA ANTI-REFLEXÃO DE TRINCAS NA RESTAURAÇÃO DA RODOVIA BR-392 PELOTAS RS

UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA ANTI-REFLEXÃO DE TRINCAS NA RESTAURAÇÃO DA RODOVIA BR-392 PELOTAS RS UTILIZAÇÃO DE GEOTÊXTIL BIDIM COMO CAMADA ANTI-REFLEXÃO DE TRINCAS NA RESTAURAÇÃO DA RODOVIA BR-392 PELOTAS RS Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Distribuidor: Drenamac Consultoria e Rep. Ltda.

Leia mais

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO REVESTIMENTO TERMO-ACÚSTICO DA COBERTURA DO HOSPITAL SARAH KUBITSCHEK BELO HORIZONTE MG

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO REVESTIMENTO TERMO-ACÚSTICO DA COBERTURA DO HOSPITAL SARAH KUBITSCHEK BELO HORIZONTE MG APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM NO REVESTIMENTO TERMO-ACÚSTICO DA COBERTURA DO HOSPITAL SARAH KUBITSCHEK BELO HORIZONTE MG Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Leonardo de Carvalho

Leia mais

Sika Lâmina Asfáltica Alumínio. Lâmina asfáltica com acabamento em alumínio para sistemas impermeabilizantes multicamadas.

Sika Lâmina Asfáltica Alumínio. Lâmina asfáltica com acabamento em alumínio para sistemas impermeabilizantes multicamadas. Ficha do Produto Edição 29/10/2015 Erro! Fonte de referência não encontrada. Lâmina asfáltica com acabamento em alumínio para sistemas impermeabilizantes multicamadas. Descrição do Produto Usos é um produto

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO CIVIL

MEMORIAL DESCRITIVO CIVIL MEMORIAL DESCRITIVO CIVIL I SERVIÇOS DE ENGENHARIA Constitui objeto do presente memorial descritivo uma edificação para abrigar segura e adequadamente equipamentos de rede estabilizada, Grupo Moto-gerador

Leia mais

Construção. Impermeabilizante liquido para preparo de concreto e argamassa. Descrição do Produto Usos. Características / Vantagens.

Construção. Impermeabilizante liquido para preparo de concreto e argamassa. Descrição do Produto Usos. Características / Vantagens. Ficha do Produto Edição 22/04/2011 Sikacim Impermeabilizante Construção Sikacim Impermeabilizante Impermeabilizante liquido para preparo de concreto e argamassa. Descrição do Produto Usos Características

Leia mais