ALTERAÇÕES POSTURAIS EM GESTANTES E SUAS INFLUÊNCIAS NA BIOMECÂNICA DA COLUNA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ALTERAÇÕES POSTURAIS EM GESTANTES E SUAS INFLUÊNCIAS NA BIOMECÂNICA DA COLUNA"

Transcrição

1 ALTERAÇÕES POSTURAIS EM GESTANTES E SUAS INFLUÊNCIAS NA BIOMECÂNICA DA COLUNA DALLA NORA, Daniel; PETTER, Gustavo do Nascimento; SANTOS, Tarciso Silva dos; PIVETTA; Hedioneia Maria Foletto; BRAZ, Melissa Medeiros. Trabalho de Iniciação Científica. Universidade Federal de Santa Maria. Curso de Fisioterapia. RESUMO Introdução: Considerando que a gravidez representa período de intensas adaptações físicas e emocionais, justifica-se a preocupação com as modificações musculoesqueléticas as adequações posturais compensatórias comuns ao ciclo gravídico-puerperal. Objetivo: Realizar uma revisão literária sobre possíveis alterações posturais durante o período gestacional e a influência dessas na biomecânica da coluna da gestante. Metodologia: O estudo constitui-se em uma revisão bibliográfica com o objetivo de referenciar as principais alterações posturais em gestantes e suas influências na biomecânica da coluna vertebral. Resultados: Foram utilizados 20 artigos, 10 livros, 1 dissertação e 1 trabalho de conclusão de curso. Conclusão: As grávidas apresentam adaptações posturais que resultam em queixas musculoesqueléticas, principalmente lombalgias relacionadas aspectos que vão desde mudanças em sua biomecânica corporal, mudança de centro de gravidade até alterações hormonais, sendo importante ao profissional de Fisioterapia conhecê-las, a fim de prevenir possíveis agravamentos decorrentes das mesmas e sua possível cronificação. Palavras chave: Gestação. Fisioterapia. Postura. 1 INTRODUÇÃO A gravidez é um processo fisiológico compreendido pela sequência de adaptações ocorridas no corpo da mulher a partir da fertilização até o nascimento. Nesse período da gestação ocorrem transformações tanto do ponto de vista biológico como social. A preparação do corpo da mulher para a gestação envolve ajustes dos mais variados sistemas (POLDEN e MANTLE, 1993). Praticamente todas as mulheres grávidas experimentam algum desconforto musculoesquelético durante a gravidez. Estima-se que cerca de 25% delas apresentem ao menos sintomas temporários (BORG-STEIN, 2005). Considerando que a gravidez representa período de intensas adaptações físicas e emocionais, justifica-se a preocupação com as modificações musculoesqueléticas e em decorrência, as adequações posturais compensatórias e as queixas de desconforto, comuns ao ciclo gravídico-puerperal (POLDEN e MANTLE, 1993). Diante disso, a presente revisão bibliográfica pretende referenciar as principais alterações posturais em gestantes e suas influências na biomecânica da coluna vertebral, relacionar as prováveis alterações posturais devido ao deslocamento do centro de gravidade e ainda verificar a influência de possíveis alterações hormonais na postura da gestante. Assim, este estudo teve como objetivo realizar uma revisão literária sobre possíveis alterações posturais durante o período gestacional e a influência dessas na biomecânica da coluna da gestante. 1

2 2 METODOLOGIA Este estudo se constitui em uma pesquisa bibliográfica. Para isto, foi realizada uma busca em periódicos de bases de dados eletrônicas, que abrangessem o período de 2000 a 2012, e de livros clássicos da área da Fisioterapia e Fisioterapia na Saúde da Mulher. A pesquisa pelos artigos foi realizada nas bases de dados Science Direct e Bireme e através da associação das palavras-chaves: gestação, postura, biomecânica. Os critérios de inclusão utilizados foram: periódicos impressos ou online, em língua portuguesa e inglesa. 3 RESULTADOS E DISCUSSÃO Asher (1976) relata que a postura ereta está associada com a evolução, na qual houve a liberação dos membros superiores usados antes para a locomoção, associada com um campo de visão mais amplo e aumento do cérebro. Segundo o mesmo autor, quando o homem ficou na posição ereta, teve que se equilibrar sobre seus pés, então surgiram as quatro curvaturas anteroposteriores da coluna, sendo: curvatura cervical, torácica, lombar e sacrococcígea. Kendall (2007) define postura como sendo o conjunto de posições de todas as articulações do corpo num determinado momento; e ainda refere que o alinhamento esquelético ideal envolve uma quantidade mínima de estresse e tensão e é favorável à eficiência máxima do corpo. A postura pode ser definida como a posição de alinhamento de partes do corpo em um determinado período segundo Lippert (2008). Kisner e Colby (2005) referem-se à postura como uma posição ou atitude do corpo, ou seja, é o arranjo relativo das partes do corpo numa atividade específica, ou uma maneira característica de sustentar o próprio corpo, tratando-se do alinhamento das partes do corpo quando se está de pé, sentado ou deitado. Segundo os autores, a postura é descrita pelas posições das articulações e dos segmentos do corpo e também em termos de equilíbrio entre os músculos que cruzam as articulações. Portanto problemas nas articulações, nos músculos ou nos tecidos conjuntivos podem levar a posturas desequilibradas que causam desconforto e dor. Postura da Grávida As adaptações do sistema osteoarticular são determinadas pelo ganho de peso materno progressivo, associado ao aumento considerável do volume do abdome e das mamas e à ação de hormônios placentários (DE CONTI et al., 2003). A distribuição do peso adquirido durante a gestação dependerá dos tecidos afetados a cada trimestre. No primeiro e segundo trimestres o volume sanguíneo e o volume abdominal e de gordura são 2

3 predominantes, ao passo que a partir do terceiro trimestre o feto e o volume de líquido amniótico prevalecem (JENSEN et al., 1996). Segundo o mesmo autor, outras alterações fisiológicas, como retenção de líquido nos ligamentos e articulações (embebição gravídica) podem ter alguma importância na alteração da postura. Esse aumento de peso ocorre principalmente no 3º trimestre, elevando a sobrecarga sobre as articulações (McNITT-GRAY, 1999). Ao carregar um feto e seus anexos na região anterior da pélvis, a gestante sofre alguns ajustes posturais através da produção de forças internas realizadas pelos músculos extensores do quadril. Na grávida, observam-se os ajustes através do deslocamento anterior da pélvis e do aumento ou diminuição da curvatura lombar. A adaptação lombar pode ser dada pela diminuição da ação do músculo íliopsoas, já que seu torque de flexão não tem mais utilidade, uma vez que o peso do feto realiza essa função (DE CARVALHO e COROMANO, 2001). Durante a gestação, o crescimento e o desenvolvimento do útero provocam mudanças na forma, no tamanho e na inércia materna, ocasionando alterações na estática da mulher (JENSEN et al., 1996; REZENDE e MONTENEGRO, 2000). Para Aires (1999), devido à distensão abdominal e às mamas desenvolvidas, o centro de gravidade se desloca para frente fazendo com que a mulher adote uma postura involuntária com lordose da coluna e aumento da base de sustentação. Um fenômeno que acomete cerca de 50% das gestantes é a dor lombar (DAVIS, 1996). Para Ferreira & Nakano (2001), a lombalgia é um sintoma de dor que acomete a região lombar, podendo ou não ser irradiada para os membros inferiores. A compressão dos grandes vasos pelo útero gravídico, causando diminuição do fluxo sanguíneo medular, é citado como um dos fatores causadores de lombalgia durante a gravidez, especialmente no último trimestre gestacional (FERREIRA e NAKANO, 2000). Segundo Kisner & Colby (1992) e Gleeson & Pauls (1988) ocorrem as seguintes trocas posturais: a lordose cervical aumenta e desenvolve-se um posicionamento anteriorizado da cabeça para compensar o alinhamento do ombro, os joelhos se hiperestendem, provavelmente pela mudança na linha da gravidade; os ombros ficam arredondados com protração escapular e rotação interna dos membros superiores em razão do crescimento das mamas e posicionamento para cuidado do bebê após o parto. O peso transfere-se para os calcanhares para trazer o centro de gravidade para uma posição mais posterior (GAZANEO e OLIVEIRA, 1998; NYSKA et al., 1997). Alterações do Centro de Gravidade em Gestantes Ajustes no sistema postural podem ser esperados com a gestação, pois o útero ganha aproximadamente seis quilos até o final da gestação e seu desenvolvimento resulta 3

4 em uma protrusão abdominal, deslocamento superior do diafragma, mudanças compensatórias na mecânica da coluna vertebral e rotação pélvica (GAZANEO e DE OLIVEIRA, 1998). Segundo Carrara e Duarte (1996), o aumento do volume abdominal desviando o centro de gravidade de gestante para frente tem que ser compensado, possibilitando assim, a posição ereta. O principal mecanismo de compensação é a lordose acentuada na postura de grávida, acompanhada de aumento de base (pés afastados). O andar de gestante é peculiar, chamado de marcha anserina. Além dessas alterações, o aumento de peso junto ao crescimento do útero e das mamas desloca o centro de gravidade da gestante para cima e para frente, levando a mudanças na base de apoio percebido pela maior pressão com o solo na região posterior do pé (MANN et al., 2010; MANN et al., 2009; RIBAS e GUIRRO, 2007; NOVAES et al., 2006). Gazaneo e Oliveira (1998), não encontraram alterações torácicas e lombares durante a gestação, porém verificaram que existe uma posteriorização da linha gravitacional que compensa o deslocamento anterior do centro de gravidade. No período puerperal, com a involução rápida do útero, o peso corporal diminui, levando à alteração do centro de gravidade (WHITEFORD e POLDEN, 2000). Influência Hormonal na Biomecânica da Gestante Durante a gestação ocorrem mudanças na mecânica do esqueleto das gestantes devido à ação hormonal que causa frouxidão ligamentar e assim surgem mudanças biomecânicas que provocam modificações estruturais estáticas e dinâmicas do esqueleto como o aumento de mobilidade da articulação sacro-ilíaca e da sínfise pubiana. A ação hormonal é principalmente decorrente do hormônio relaxina. Isso é um fator a ser considerado, pois ele provoca o aumento do relaxamento articular e ligamentar levando à instabilidade articular, o que normalmente favorece a uma anteversão pélvica e ao surgimento de uma hiperlordose lombar, muitas vezes ocasionando dor (MANN et al., 2010; MANN et al., 2009; LEÃO et al., 2008; SILVA, 2005; TAKITO, 2005; GAZANEO e OLIVEIRA, 1998). Segundo Ribas (2006) a relaxina é secretada mais intensamente no início da gestação e acaba atingindo um equilíbrio no segundo trimestre e permanece até o fim da gestação. Esse hormônio age sobre as fibras colágenas diminuindo sua densidade ocasionando maior extensibilidade das estruturas articulares, principalmente pelve e sínfise púbica. Os altos índices de relaxina podem estar associados à dor lombar e pélvica (KRISTIANSSON et al., 1996). Além disso, as alterações posturais associadas ao estiramento dos músculos abdominais e à contração da musculatura lombar contribuem para a lombalgia (DAVIS, 1996). 4

5 Os níveis hormonais no início do pós-parto levam, ainda, à flacidez nas articulações pelo amaciamento dos ligamentos, podendo persistir durante 5 meses depois do parto (WHITEFORD e POLDEN, 2000). Uma das possíveis explicações da ocorrência de lombalgia nos primeiros meses de gestação, antes do surgimento das alterações biomecânicas, é a presença do hormônio relaxina, o qual atua causando um relaxamento ligamentar generalizado, tornando as articulações da coluna lombar e do quadril menos estáveis e, portanto mais susceptíveis ao estresse e à dor (FERREIRA e NAKANO, 2000; HECKAMN, et al, 1994; RUNGEE, 1998; CECIN et al., 1992). CONCLUSÃO Com o decorrer da seguinte revisão literária pode-se concluir que as mulheres grávidas apresentam um aumento de adaptações posturais que resultam em queixas musculoesqueléticas, principalmente lombalgias relacionadas a diferentes aspectos que vão desde mudanças em sua biomecânica corporal, mudança de centro de gravidade até alterações hormonais. No que se refere às alterações da biomecânica corporal, podem-se ressaltar mudanças como: lordose cervical aumentada devido à anteriorização da cabeça; lordose lombar aumentada referente ao deslocamento anterior da pélvis promovido pela ação hormonal da relaxina e mudança no centro de gravidade; hipercifose torácica devido ao crescimento das mamas e anteriorização dos ombros como um posicionamento de proteção ao feto. No que se trata da mudança do centro de gravidade, ressalta-se que ele se transfere para uma posição mais alta e anterior devido à distensão abdominal e o aumento das mamas, o que faz com que a grávida adote uma postura compensatória transferindo o peso para o retro pé mudando a base de apoio. Observa-se que após a gravidez, com a diminuição do peso e involução rápida do útero o centro de gravidade retorna a posição prégestacional o que indica que a alteração do centro gravitacional é temporária e perdura do início da gravidez até o período puerperal. Já, no que diz respeito às alterações hormonais e suas influências na postura, conclui-se que há produção do hormônio relaxina, secretada pelo corpo lúteo, principalmente durante o primeiro trimestre, responsável pela frouxidão ligamentar que leva à mudanças biomecânicas como anteversão da pélvis, aumento da mobilidade sacro-ilíaca e pubiana, o que torna a gestante mais suscetível ao estresse e à dor. A ação deste hormônio pode perdurar durante cinco meses após o parto. 5

6 Portanto, ao realizar esta revisão bibliográfica conclui-se que as alterações referentes à gravidez apresentam grande relevância no aspecto biomecânico e postural, sendo importante ao profissional de Fisioterapia conhecê-las, a fim de prevenir possíveis agravamentos decorrentes das mesmas e sua possível cronificação. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS AIRES, M. M. Fisiologia. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, ASHER, C. Variações de postura na criança. São Paulo: Manole, BORG-STEIN, J.; DUGAN, S. A.; GRUBER, J. Musculoskeletal aspects of pregnancy. American Journal of Physical Medicine e Rehabilitation, v. 84, p , CARRARA, H. H. A.; DUARTE, G. Semiologia Obstétrica. Revista Medicina, Ribeirão Preto, v. 29, p , CECIN, H. A.; BICHUETTI, JAN.; DAGUER, M. K.; PUSTRELO, M. N. Lombalgia e gravidez. Revista Brasileira de Reumatologia, v. 32, n. 2, p , DAVIS, D. C. The disconforts os Pregnancy. Journal of Obstetrics, Gynecologic and Neonatal Nursing, v. 25, n. 1, p , DE CARVALHO, Y. B. R.; CAROMANO, F. A. Alterações morfofisiológicas com lombalgia gestacional. Arquivos de Ciências da Saúde da Unipar, v. 5, n. 3, p , DE CONTI, M. H. S.; CALDERON, I.M.P.; RUDGE, M. V. C. Desconfortos músculoesqueléticos da gestação: uma visão obstétrica e fisioterápica. Femina, v. 31, n. 6, p , FERREIRA, C. H. J.; NAKANO, A. M. S. Lombalgia na gestação: etiologia, fatores de risco e prevenção. Femina, v. 28, n. 8, p , GAZANEO, M. M; DE OLIVEIRA, L. F. Alterações posturais durante a gestação. Revista Brasileira de Atividade Física e Saúde, v. 3, n. 2, p ,

7 GLEESON, P. B.; PAULS J. A. Obstetrical physical therapy: review of the literature. Physical therapy, v. 68, n. 11, p , HECKAMN, J. D; SASSARD, R. Current Concepts review: musculoskeletal considerations in pregnancy. Journal of Bone and Joint Surgery; v. 76, n. 11, p , JENSEN, R. K.; DOUCET, S.; TREITZ, T. Changes in segment mass and mass distribution during pregnancy, Journal of Biomechanic, v 2, n. 29, p , KENDALL, P. F.; MC CREARY, E. K.; PROVANCE, P. G. Músculos, Provas e Funções. 5. ed. São Paulo: Manole, KISNER, C.; COLBY, L. A. Exercícios terapêuticos: fundamentos e técnicas. 2. ed. São Paulo: Manole, KISNER, C.; COLBY, L. A. Exercícios terapêuticos: fundamentos e técnicas. 4. ed. São Paulo: Manole, KRISTIANSON, P.; ÂNRDSUDD, K.; VON SDROULTZ, B. Serum relaxin symphyscal pain and back pain during pregnancy. American Journal of Obstetrics and Gynecology, v. 75, n. 5, p , LEÃO, N. R.; SILVA, S. C. S. M.; SANDOVAL, R. A. Reeducação postural global em gestantes com lombalgia. Revista Eletrônica da Faculdade de Montes Belos, v. 3, n. 1, LIPPERT, L. S. Cinesiologia clínica e anatomia. Rio de janeiro: Guanabara Koogan, MANN, L.; KLEINPAUL, J. F.; MOTA, C. B.; SANTOS, S. G. Alterações biomecânicas durante o período gestacional: uma revisão. Revista Motriz, Rio Claro, v. 16, n. 3, p , MANN, L.; KLEINPAUL, J. F.; TEIXEIRA, C. S.; MORO, A. R P. Gravidez: um estado de saúde, de mudanças e adaptações. Revista Digital Efdesportes, n. 139,

8 McNITT-GRAY, J. L. Biomecânica Relacionada ao Exercício na Gravidez. In: ARTAL, R.; WISWELL, R. A.; DRINKWATER, B. L. O Exercício na Gravidez. 2. ed. São Paulo: Manole, p , NOVAES, F.S.; SHIMO, A. K. K.; LOPES, M. H. B. M. Lombalgia na gestação. Revista Latino-americana de Enfermagem, v. 14, n. 4, p. 620, NYSKA, M.; SOFER, D.; PORAT, A.; HOWARD, C. B.; LEVI, A.; MEIZNER, I. Planter foot pressures in pregnant woman. Israel Journal of Medical Sciences, v. 33, n. 2, p , POLDEN, M.; MANTLE, J. O alívio para incômodo da gravidez. In:. Fisioterapia em Ginecologia e obstetrícia. São Paulo: Santos, p , RIBAS, S. I. Análise da pressão plantar e do equilíbrio postural em diferentes fases da gestação Dissertação (Mestrado em Fisioterapia) - Universidade Metodista de Piracicaba. Piracicaba, RIBAS, S. I.; GUIRRO, E. C. O. Análise da pressão plantar e do equilíbrio postural em diferentes fases da gestação. Revista Brasileira de Fisioterapia, São Carlos, v. 11, n. 5, p , REZENDE, J. A.; MONTENEGRO, B. Obstetrícia fundamental. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, RUNGEE, J. L. Low back pain in pregnancy. Orthopedics, v.16, p , SILVA, D. G. A eficácia do Método isostretching no tratamento de lombalgia em gestantes. Trabalho de conclusão de curso Faculdade Assis Gurgacz, Cascavel, TAKITO, M. Y.; BENÍCIO, M. H. D.; LATORRE, M. R. D. O. Postura materna durante a gestação e sua influência sobre o peso ao nascer. Revista de Saúde Pública, v. 39, n. 3, p.325, WHITEFORD, B.; POLDEN, M. Exercícios pósnatais: um programa de seis meses para a boa forma da mãe e do bebê. São Paulo: Maltese-Norma,

Alterações. Músculo- esqueléticas

Alterações. Músculo- esqueléticas Alterações Músculo- esqueléticas Sistema Neurológico Alteração no tempo de reação e equilíbrio. A instabilidade articular. Alteração da visão Sensibilidade da córnea. c Aumento ou diminuição dos sentidos

Leia mais

OS MÉTODOS PILATES E RPG NO TRATAMENTO DA LOMBALGIA NA GRAVIDEZ: UMA REVISÃO DE LITERATURA

OS MÉTODOS PILATES E RPG NO TRATAMENTO DA LOMBALGIA NA GRAVIDEZ: UMA REVISÃO DE LITERATURA 22 OS MÉTODOS PILATES E RPG NO TRATAMENTO DA LOMBALGIA NA GRAVIDEZ: UMA REVISÃO DE LITERATURA Clarice Amarante Scipiao 1 Joelma Gomes da Silva 2 RESUMO O período gestacional, é marcado por profundas modificações

Leia mais

TÍTULO: EFICÁCIA DO KINESIO-TAPING NO TRATAMENTO DA LOMBALGIA EM GESTANTES: ESTUDO DE CASOS

TÍTULO: EFICÁCIA DO KINESIO-TAPING NO TRATAMENTO DA LOMBALGIA EM GESTANTES: ESTUDO DE CASOS TÍTULO: EFICÁCIA DO KINESIO-TAPING NO TRATAMENTO DA LOMBALGIA EM GESTANTES: ESTUDO DE CASOS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA INSTITUIÇÃO: FACULDADE ANHANGUERA

Leia mais

AVALIAÇÃO POSTURAL. Figura 1 - Alterações Posturais com a idade. 1. Desenvolvimento Postural

AVALIAÇÃO POSTURAL. Figura 1 - Alterações Posturais com a idade. 1. Desenvolvimento Postural AVALIAÇÃO POSTURAL 1. Desenvolvimento Postural Vantagens e desvantagens da postura ereta; Curvas primárias da coluna vertebral; Curvas Secundárias da coluna vertebral; Alterações posturais com a idade.

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO ISO-STRETCHING

CURSO DE FORMAÇÃO ISO-STRETCHING CURSO DE FORMAÇÃO ISO-STRETCHING O Curso de Formação em Iso Stretching é ministrado pelo fundador da técnica, o osteopata e fisioterapeuta francês Bernard Redondo. O método Iso Stretching foi desenvolvido

Leia mais

DE VOLTA ÀS AULAS... CUIDADOS COM A POSTURA E O PESO DA MOCHILA!

DE VOLTA ÀS AULAS... CUIDADOS COM A POSTURA E O PESO DA MOCHILA! DE VOLTA ÀS AULAS... CUIDADOS COM A POSTURA E O PESO DA MOCHILA! SUA MOCHILA NÃO PODE PESAR MAIS QUE 10% DO SEU PESO CORPORAL. A influência de carregar a mochila com o material escolar nas costas, associado

Leia mais

O MÉTODO PILATES NA DIMINUIÇÃO DA DOR LOMBAR EM GESTANTES

O MÉTODO PILATES NA DIMINUIÇÃO DA DOR LOMBAR EM GESTANTES O MÉTODO PILATES NA DIMINUIÇÃO DA DOR LOMBAR EM GESTANTES Cristiana Gomes Machado 1, Thelma Garcia Araújo 2, Renato Alves Sandoval 3, Cristina Aparecida Neves Ribeiro Machado 4, Marislayne de Sousa Freitas

Leia mais

AVALIAÇÃO DA FLEXIBILIDADE EM GESTANTES DO ÚLTIMO TRIMESTRE GESTACIONAL

AVALIAÇÃO DA FLEXIBILIDADE EM GESTANTES DO ÚLTIMO TRIMESTRE GESTACIONAL 112 AVALIAÇÃO DA FLEXIBILIDADE EM GESTANTES DO ÚLTIMO TRIMESTRE GESTACIONAL Jessica Jessica Ribeiro, Letícia Endsfeldz Teixeira, Nathalia Ulices Savian, Elisa Bizetti Pelai, Alessandra Madia Montovani,

Leia mais

FISIOTERAPIA APLICADA À GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA PHISYITHERAPY IN GENECOLOGY AND OBSTETRIC

FISIOTERAPIA APLICADA À GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA PHISYITHERAPY IN GENECOLOGY AND OBSTETRIC 57 Iniciação Científica Cesumar mar.-jul. 2002, Vol. 04 n.01, pp. 57-61 FISIOTERAPIA APLICADA À GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA Cintia Raquel Bim 1 Alline Lilian Perego 1 Bacharelado em Fisioterapia Hugo Pires-Jr.

Leia mais

Cuidados Posturais. Prof Paulo Fernando Mesquita Junior

Cuidados Posturais. Prof Paulo Fernando Mesquita Junior Cuidados Posturais Prof Paulo Fernando Mesquita Junior Vídeo: Cuidados_posturais_Dr.MiguelMastropaulo A postura correta Considera-se uma boa postura aquela condição em que o alinhamento corporal proporciona

Leia mais

A influência da prática da capoeira na postura dos capoeiristas: aspectos biomecânicos e fisiológicos.

A influência da prática da capoeira na postura dos capoeiristas: aspectos biomecânicos e fisiológicos. A influência da prática da capoeira na postura dos capoeiristas: aspectos biomecânicos e fisiológicos. Autores: Ft Mariana Machado Signoreti Profa. Msc. Evelyn Cristina Parolina A capoeira é uma manifestação

Leia mais

CINESIOLOGIA DA COLUNA VERTEBRAL. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

CINESIOLOGIA DA COLUNA VERTEBRAL. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior CINESIOLOGIA DA COLUNA VERTEBRAL Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior COLUNA VERTEBRAL 7 vértebras cervicais 12 vértebras torácicas 5 vértebras lombares 5 vértebras sacrais 4 vértebras coccígeas anterior

Leia mais

Considerada como elemento essencial para a funcionalidade

Considerada como elemento essencial para a funcionalidade 13 Epidemiologia e Flexibilidade: Aptidão Física Relacionada à Promoção da Saúde Gláucia Regina Falsarella Graduada em Educação Física na Unicamp Considerada como elemento essencial para a funcionalidade

Leia mais

As alterações posturais do musculo esquelético no período da gestação

As alterações posturais do musculo esquelético no período da gestação 1 As alterações posturais do musculo esquelético no período da gestação Magda Rocha de Souza 1 Magda_rocha16@hotmail.com Dayana Priscila Maia Mejia 2 Pós-graduação em Fisioterapia em Reabilitação na Ortopedia

Leia mais

HIDROTERAPIA PARA GESTANTES

HIDROTERAPIA PARA GESTANTES HIDROTERAPIA PARA GESTANTES Profa. Ms. DANIELA VINCCI LOPES ANATOMIA DO ABDOME E DA PELVE ÚTERO 3 camadas de músculos. NÃO GESTANTE GESTANTE FORMA ESFÉRICA CILÍNDRICA VOLUME 500 ml 5000 ml MASSA 70 g 1100

Leia mais

FATORES RELACIONADOS AO ENCURTAMENTO DOS ISQUIOTIBIAIS: UM ESTUDO BIBLIOGRÁFICO

FATORES RELACIONADOS AO ENCURTAMENTO DOS ISQUIOTIBIAIS: UM ESTUDO BIBLIOGRÁFICO FATORES RELACIONADOS AO ENCURTAMENTO DOS ISQUIOTIBIAIS: UM ESTUDO BIBLIOGRÁFICO PETTER, Gustavo; DALLA NORA, Daniel; SANTOS, Tarciso Silva dos; BRAZ, Melissa Medeiros; LEMOS, Jadir Camargo Trabalho de

Leia mais

TRATAMENTO PARA AS DORES. DA GESTAÇão e MUSCULOESQUELÉTICAS

TRATAMENTO PARA AS DORES. DA GESTAÇão e MUSCULOESQUELÉTICAS TRATAMENTO PARA AS DORES MUSCULOESQUELÉTICAS DA GESTAÇão e do PUERPério BIOMECÂNICA GESTACIONAL TRATAMENTO PARA AS DORES MUSCULOESQUELÉTICAS DA GESTAÇÃO E DO PUERPÉRIO Estima-se que 45% das gestantes e

Leia mais

A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos

A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos A importância da Ergonomia Voltada aos servidores Públicos Fisioterapeuta: Adriana Lopes de Oliveira CREFITO 3281-LTT-F GO Ergonomia ERGONOMIA - palavra de origem grega, onde: ERGO = trabalho e NOMOS

Leia mais

Método pilates e seus benefícios nas alterações osteomusculares do período gestacional

Método pilates e seus benefícios nas alterações osteomusculares do período gestacional 1 Método pilates e seus benefícios nas alterações osteomusculares do período gestacional Camila Lima Pereira¹ camilarrster@gmail.com Dayana Priscila Maia Mejia² Pós-graduação em Ortopedia e Traumatologia

Leia mais

RELAÇÃO DA POSTURA ADOTADA PARA DORMIR E A QUEIXA DE LOMBALGIA

RELAÇÃO DA POSTURA ADOTADA PARA DORMIR E A QUEIXA DE LOMBALGIA ISBN 978-85-61091-05-7 V EPCC Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 RELAÇÃO DA POSTURA ADOTADA PARA DORMIR E A QUEIXA DE LOMBALGIA Fernanda Cristina Pereira 1

Leia mais

ESCOLIOSE Lombar: Sintomas e dores nas costas

ESCOLIOSE Lombar: Sintomas e dores nas costas ESCOLIOSE Lombar: Sintomas e dores nas costas O que é escoliose? É um desvio látero-lateral que acomete acoluna vertebral. Esta, quando olhada de frente, possui aparência reta em pessoas saudáveis. Ao

Leia mais

TÉCNICAS EM AVALIAÇÃO E REEDUCAÇÃO POSTURAL

TÉCNICAS EM AVALIAÇÃO E REEDUCAÇÃO POSTURAL 13. CONEX Pôster Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: ( ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE (X ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA TÉCNICAS

Leia mais

REEDUCAÇÃO POSTURAL GLOBAL EM GESTANTES COM LOMBALGIA RESUMO INTRODUÇÃO

REEDUCAÇÃO POSTURAL GLOBAL EM GESTANTES COM LOMBALGIA RESUMO INTRODUÇÃO REEDUCAÇÃO POSTURAL GLOBAL EM GESTANTES COM LOMBALGIA Nádia Rodrigues Leão 1, Stela Cristina Serbêto Medina da Silva 2, Renato Alves Sandoval 3 1. Fisioterapeuta. 2. Fisioterapeuta. 3. Fisioterapeuta,

Leia mais

Alterações da Estrutura Corporal

Alterações da Estrutura Corporal Alterações da Estrutura Corporal Exercícios e Postura milenadutra@bol.com.br Os Exercícios Realmente Mudam a Postura? Vício postural pode ser corrigido voluntariamente com reeducação psicomotora Desvio

Leia mais

Avaliação Postural e Flexibilidade. Priscila Zanon Candido

Avaliação Postural e Flexibilidade. Priscila Zanon Candido Avaliação Postural e Flexibilidade Priscila Zanon Candido POSTURA A posição otimizada, mantida com característica automática e espontânea, de um organismo em perfeita harmonia com a força gravitacional

Leia mais

Curso Anatomia e Preparação para o Parto Módulos 1 e 2

Curso Anatomia e Preparação para o Parto Módulos 1 e 2 Curso Anatomia e Preparação para o Parto Módulos 1 e 2 Segundo o programa Anatomía, Integración y Movimiento por Núria Vives Ciclo especial para enfemeiras especialistas em saúde materna e obstétrica,

Leia mais

A IMPORTÃNCIA DA HIDROTERAPIA NA QUALIDADE DE VIDA DA GESTANTE RESUMO

A IMPORTÃNCIA DA HIDROTERAPIA NA QUALIDADE DE VIDA DA GESTANTE RESUMO A IMPORTÃNCIA DA HIDROTERAPIA NA QUALIDADE DE VIDA DA GESTANTE Bruna Raphaela Marques dos Santos - b_raphaela@hotmail.com Caroline Rossinoli - carolinerossinoli@hotmail.com Ana Claudia de Souza Costa -

Leia mais

INVOLUÇÃO X CONCLUSÃO

INVOLUÇÃO X CONCLUSÃO POSTURA INVOLUÇÃO X CONCLUSÃO *Antigamente : quadrúpede. *Atualmente: bípede *Principal marco da evolução das posturas em 350.000 anos. *Vantagens: cobrir grandes distâncias com o olhar, alargando seu

Leia mais

Avaliação das alterações posturais em pacientes submetidas à mastectomia radical. modificada 1. Resumo

Avaliação das alterações posturais em pacientes submetidas à mastectomia radical. modificada 1. Resumo Avaliação das alterações posturais em pacientes submetidas à mastectomia radical modificada 1 Fernanda Bulgarelli 2 Karina Brongholi 3 Melissa Medeiros Braz Resumo No contexto atual da sociedade em que

Leia mais

A prática de exercício físico durante o período de gestação

A prática de exercício físico durante o período de gestação A prática de exercício físico durante o período de gestação Cristiane Chistófalo* Ariane Jacon Martins* Sérgio Tumelero** tumelero.prof@toledo.br * Faculdades Integradas Toledo de Araçatuba Curso de Educação

Leia mais

Avaliação Integrada. Profº Silvio Pecoraro. Specialist Cooper Fitness Center Dallas Texas/USA Cref. 033196 G/SP

Avaliação Integrada. Profº Silvio Pecoraro. Specialist Cooper Fitness Center Dallas Texas/USA Cref. 033196 G/SP Avaliação Integrada Profº Silvio Pecoraro Specialist Cooper Fitness Center Dallas Texas/USA Cref. 033196 G/SP Definições Chaves Corrente cinética: sistema muscular + sistema articular + sistema neural.

Leia mais

Centro de Reeducação Respiratória e Postural S/C Ltda Josleide Baldim Hlatchuk Fisioterapeuta CREFITTO 12.408F

Centro de Reeducação Respiratória e Postural S/C Ltda Josleide Baldim Hlatchuk Fisioterapeuta CREFITTO 12.408F RPG 1. DEFINIÇÃO A Reeducação Postural Global é um método fisioterápico de correção e tratamento da dor, que trabalha sobre as cadeias de tensão muscular utilizando posturas de alongamento excêntrico ativo

Leia mais

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Fisioterapia 2010-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Fisioterapia 2010-1 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais. Especial Online ISSN 1982-1816 www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.html DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Fisioterapia 2010-1 O USO DA OXIGENIOTERAPIA DOMICILIAR NO PACIENTE DPOC Autora: ROSA, Ana Carolina

Leia mais

DISTÚRBIOS DA COLUNA VERTEBRAL *

DISTÚRBIOS DA COLUNA VERTEBRAL * A. POSTURA DISTÚRBIOS DA COLUNA VERTEBRAL * 1 POSTURA LORDÓTICA Trabalho realizado por: Karina Mothé Bianor Orientador: Prof. Blair José Rosa Filho Caracterizada por um aumento no ângulo lombossacro (o

Leia mais

Global Training. The finest automotive learning

Global Training. The finest automotive learning Global Training. The finest automotive learning Cuidar da saúde com PREFÁCIO O Manual de Ergonomia para o Motorista que você tem em agora em mãos, é parte de um programa da Mercedes-Benz do Brasil para

Leia mais

PREVALÊNCIA DE DOR LOMBAR E DOR PÉLVICA EM GESTANTES

PREVALÊNCIA DE DOR LOMBAR E DOR PÉLVICA EM GESTANTES Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 203 PREVALÊNCIA DE DOR LOMBAR E DOR PÉLVICA EM GESTANTES Karina Levorato Muriano 1 ; Sarah Bernardo da Rocha 1 ; Igor

Leia mais

O que é ERGONOMIA? TERMOS GREGOS: ERGO = TRABALHO NOMIA (NOMOS)= REGRAS, LEIS NATURAIS

O que é ERGONOMIA? TERMOS GREGOS: ERGO = TRABALHO NOMIA (NOMOS)= REGRAS, LEIS NATURAIS O que é ERGONOMIA? TERMOS GREGOS: ERGO = TRABALHO NOMIA (NOMOS)= REGRAS, LEIS NATURAIS...é um conjunto de conhecimentos relativos ao homem e necessários à concepção de instrumentos, máquinas e dispositivos

Leia mais

Componente Curricular: Fisioterapia nas Disfunções Posturais PLANO DE CURSO

Componente Curricular: Fisioterapia nas Disfunções Posturais PLANO DE CURSO CURSO DE FISIOTERAPIA Autorizado pela Portaria nº 377 de 19/03/09 DOU de 20/03/09 Seção 1. Pág. 09 Componente Curricular: Fisioterapia nas Disfunções Posturais Código: Fisio 218 Pré-requisito: --------

Leia mais

DESCONFORTO OSTEOMUSCULAR E QUALIDADE DE VIDA DE MULHERES EM DIFERENTES FASES DA GESTAÇÃO

DESCONFORTO OSTEOMUSCULAR E QUALIDADE DE VIDA DE MULHERES EM DIFERENTES FASES DA GESTAÇÃO 142 DESCONFORTO OSTEOMUSCULAR E QUALIDADE DE VIDA DE MULHERES EM DIFERENTES FASES DA GESTAÇÃO Valeria Andrea Alegria Larrua, Jessica Jessica Ribeiro, Letícia Endsfeldz Teixeira, Nathália Savian Elisa Bizetti

Leia mais

CARACTERÍSTICAS POSTURAIS DE IDOSOS

CARACTERÍSTICAS POSTURAIS DE IDOSOS CARACTERÍSTICAS POSTURAIS DE IDOSOS 1INTRODUÇÃO A partir dos 40 anos, a estatura começa a se reduzir em torno de um centímetro por década¹.a capacidade de manter o equilíbrio corporal é um prérequisito

Leia mais

BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA REABILITAÇÃO

BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA REABILITAÇÃO BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA REABILITAÇÃO O método pilates é um trabalho que se baseia em exercícios de força e mobilidade utilizando para tal técnicas e exercícios específicos. Este método permite

Leia mais

Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia

Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia Ergonomia Corpo com Saúde e Harmonia Dr. Leandro Gomes Pistori Fisioterapeuta CREFITO-3 / 47741-F Fone: (16) 3371-4121 Dr. Paulo Fernando C. Rossi Fisioterapeuta CREFITO-3 / 65294 F Fone: (16) 3307-6555

Leia mais

ALTERAÇÕES RESPIRATÓRIAS RELACIONADAS À POSTURA

ALTERAÇÕES RESPIRATÓRIAS RELACIONADAS À POSTURA ALTERAÇÕES RESPIRATÓRIAS RELACIONADAS À POSTURA Karina de Sousa Assad * Layana de Souza Guimarães ** RESUMO A proposta desse artigo é demonstrar que algumas alterações posturais podem levar a distúrbios

Leia mais

O IMPACTO DO PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NO AUMENTO DA FLEXIBILIDADE

O IMPACTO DO PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NO AUMENTO DA FLEXIBILIDADE O IMPACTO DO PROGRAMA DE GINÁSTICA LABORAL NO AUMENTO DA FLEXIBILIDADE UM ESTUDO QUANTO À APLICABILLIDADE DO PROGRAMA PARA COLETORES DE LIXO DO MUNICÍPIO DE NITERÓI ALESSANDRA ABREU LOUBACK, RAFAEL GRIFFO

Leia mais

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA

UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA UNIVERSIDADE SANTA CECÍLIA FACULDADE DE ENGENHARIA INDUSTRAL MECÂNICA MACA ESPECIAL PARA MASSAGEM EM GESTANTES Discentes: Bruno Zuccolo Machado Fábio dos Santos Medeiros Rafael Lopes Aurélio Thiago Pinto

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ SUYANNE NUNES DE CASTRO PERFIL DAS ALTERAÇÕES POSTURAIS EM IDOSOS ATENDIDOS NO SERVIÇO DE REEDUCAÇÃO POSTURAL GLOBAL

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ SUYANNE NUNES DE CASTRO PERFIL DAS ALTERAÇÕES POSTURAIS EM IDOSOS ATENDIDOS NO SERVIÇO DE REEDUCAÇÃO POSTURAL GLOBAL UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ SUYANNE NUNES DE CASTRO PERFIL DAS ALTERAÇÕES POSTURAIS EM IDOSOS ATENDIDOS NO SERVIÇO DE REEDUCAÇÃO POSTURAL GLOBAL FORTALEZA CEARÁ 2009 SUYANNE NUNES DE CASTRO PERFIL DAS

Leia mais

Ginástica Tradicional e Gravidez mostra o vínculo entre GINÁSTICA TRADICIONAL E GRAVIDEZ

Ginástica Tradicional e Gravidez mostra o vínculo entre GINÁSTICA TRADICIONAL E GRAVIDEZ GINÁSTICA TRADICIONAL E GRAVIDEZ MARISA GUIMARÃES DE MELO, WALDEMAR NAVES DO AMARAL Resumo: o objetivo deste artigo é mostrar como os exercícios físicos da Ginástica Tradicional, nas suas diversas modalidades,

Leia mais

EXERCÍCIO FÍSICO NA GESTAÇÃO

EXERCÍCIO FÍSICO NA GESTAÇÃO EXERCÍCIO FÍSICO NA GESTAÇÃO Artigo de Revisão SANTOS, Sione Cordeiro Discente do Curso de Graduação de Educação Física Bacharelado da Faculdade de Ciências Sociais e Agrárias de Itapeva (FAIT) Itapeva.

Leia mais

Biomecânica. A alavanca inter-resistente ou de 2º grau adequada para a realização de esforço físico, praticamente não existe no corpo humano.

Biomecânica. A alavanca inter-resistente ou de 2º grau adequada para a realização de esforço físico, praticamente não existe no corpo humano. Biomecânica Parte do conhecimento da Ergonomia aplicada ao trabalho origina-se no estudo da máquina humana. Os ossos, os músculos, ligamentos e tendões são os elementos dessa máquina que possibilitam realizar

Leia mais

ABDOMINAIS: UMA ABORDAGEM PRÁTICA DO EXERCÍCIO RESISTIDO

ABDOMINAIS: UMA ABORDAGEM PRÁTICA DO EXERCÍCIO RESISTIDO ABDOMINAIS: UMA ABORDAGEM PRÁTICA DO EXERCÍCIO RESISTIDO Éder Cristiano Cambraia 1 Eduardo de Oliveira Melo 2 1 Aluno do Curso de Pós Graduação em Fisiologia do Exercício. edercambraiac@hotmail.com 2 Professor

Leia mais

Quick Massage. Venha ser um membro filiado e compartilhar. seu conhecimento conosco! sbtcatendimento@outlook.com. Denis Fernando de Souza

Quick Massage. Venha ser um membro filiado e compartilhar. seu conhecimento conosco! sbtcatendimento@outlook.com. Denis Fernando de Souza Quick Massage Venha ser um membro filiado e compartilhar seu conhecimento conosco! sbtcatendimento@outlook.com Denis Fernando de Souza HISTÓRICO QUICK MASSAGE (MASSAGEM RÁPIDA) Algumas literaturas trazem

Leia mais

ABORDAGEM DAS DISFUNÇÕES POSTURAIS. André Barezani Fisioterapeuta esportivo/ Ortopédico e Acupunturista Belo Horizonte 15 julho 2012

ABORDAGEM DAS DISFUNÇÕES POSTURAIS. André Barezani Fisioterapeuta esportivo/ Ortopédico e Acupunturista Belo Horizonte 15 julho 2012 AVALIAÇÃO POSTURAL ABORDAGEM DAS DISFUNÇÕES POSTURAIS André Barezani Fisioterapeuta esportivo/ Ortopédico e Acupunturista Belo Horizonte 15 julho 2012 POSTURA CONCEITOS: Postura é uma composição de todas

Leia mais

3.4 Deformações da coluna vertebral

3.4 Deformações da coluna vertebral 87 3.4 Deformações da coluna vertebral A coluna é um dos pontos mais fracos do organismo. Sendo uma peça muito delicada, está sujeita a diversas deformações. Estas podem ser congênitas (desde o nascimento

Leia mais

Fisioterapia Kedma Anne Lima Gomes. Fisioterapia Lais de Sousa Silva. Fisioterapia Larissa Raquel Bilro de Almeida

Fisioterapia Kedma Anne Lima Gomes. Fisioterapia Lais de Sousa Silva. Fisioterapia Larissa Raquel Bilro de Almeida 1 Curso: Fisioterapia Equipe: Professor coordenador: Gabriela Brasileiro Campos Mota Professores pesquisadores: Isabella Dantas da Silva Lorena Maria Brito Neves Pereira Vilar Alunos: Daniel Rubens Menezes

Leia mais

Caracterização da dor lombar em gestantes atendidas no Hospital Universitário de Brasília

Caracterização da dor lombar em gestantes atendidas no Hospital Universitário de Brasília Universitas: Ciências da Saúde, v. 4, n. 1 / 2, p. 37-48, 2006 ISSN: 1678-5398 Caracterização da dor lombar em gestantes atendidas no Hospital Universitário de Brasília Priscilla Fernandes Sant ana * Sabrina

Leia mais

PILATES E BIOMECÂNICA. Thaís Lima

PILATES E BIOMECÂNICA. Thaís Lima PILATES E BIOMECÂNICA Thaís Lima RÍTMO LOMBOPÉLVICO Estabilidade lombopélvica pode ser definida como a habilidade de atingir e manter o alinhamento ótimo dos segmentos da coluna (lombar e torácica), da

Leia mais

ORIENTAÇÃO POSTURAL E MUSCULAR COM BOLA SUÍÇA

ORIENTAÇÃO POSTURAL E MUSCULAR COM BOLA SUÍÇA ORIENTAÇÃO POSTURAL E MUSCULAR COM BOLA SUÍÇA ROSA, Tábada Samantha Marques; BASSO, Débora Bonesso Andriollo. Iniciação Científica Centro Universitário Franciscano - UNIFRA, curso de Fisioterapia. sa_marqs@hotmail.com

Leia mais

Fundação Cardeal Cerejeira. Acção de Formação

Fundação Cardeal Cerejeira. Acção de Formação Fundação Cardeal Cerejeira Acção de Formação Formadoras: Fisioterapeuta Andreia Longo, Fisioterapeuta Sara Jara e Fisioterapeuta Tina Narciso 4º Ano de Fisioterapia da ESSCVP Em fases que o utente necessite

Leia mais

EDUCAÇÃO POSTURAL PARA SAÚDE

EDUCAÇÃO POSTURAL PARA SAÚDE EDUCAÇÃO POSTURAL PARA SAÚDE CHRISTEN JUNIOR, Edson Ivo christen_jr@brturbo.com.br NASÁRIO, Júlio Cesar julionasario@bol.com.br Eixo Temático: Educação e Saúde Agência Financiadora: não contou com financiamento

Leia mais

TREINAMENTO FUNCIONAL PARA GESTANTES

TREINAMENTO FUNCIONAL PARA GESTANTES TREINAMENTO FUNCIONAL PARA GESTANTES Prof.ª Msc. Clarissa Rios Simoni Mestre em Atividade Física e Saúde UFSC Especialista em Personal Trainer UFPR Licenciatura Plena em Educação Física UFSC Doutoranda

Leia mais

ANÁLISE BIOMECÂNICA DOS MOVIMENTOS NO STOOL

ANÁLISE BIOMECÂNICA DOS MOVIMENTOS NO STOOL 1 ANÁLISE BIOMECÂNICA DOS MOVIMENTOS NO STOOL Aurélio Alfieri Neto Juliana Navarro Lins de Souza A bioenergética procura entender o caráter do indivíduo pelo corpo e seus processos energéticos, sendo estes,

Leia mais

LOMBALGIAS: MECANISMO ANÁTOMO-FUNCIONAL E TRATAMENTO

LOMBALGIAS: MECANISMO ANÁTOMO-FUNCIONAL E TRATAMENTO LOMBALGIAS: MECANISMO ANÁTOMO-FUNCIONAL E TRATAMENTO Alessandra Vascelai #, Ft, Titulacão: Especialista em Fisioterapia em Traumatologia do Adulto Reeducação Postural Global (RPG) Acupuntura. Resumo: Lombalgia

Leia mais

FUTURO DO GOLFE = NÃO SE BASEIA SOMENTE NA CÓPIA DO SWING PERFEITO - MECÂNICA APROPRIADA - EFICIÊNCIA DE MOVIMENTO

FUTURO DO GOLFE = NÃO SE BASEIA SOMENTE NA CÓPIA DO SWING PERFEITO - MECÂNICA APROPRIADA - EFICIÊNCIA DE MOVIMENTO FUTURO DO GOLFE = NÃO SE BASEIA SOMENTE NA CÓPIA DO SWING PERFEITO - MECÂNICA APROPRIADA - EFICIÊNCIA DE MOVIMENTO CARACTERÍSTICAS INDIVIDUAIS - Flexibilidade - Estabilidade - Equilíbrio - Propiocepção

Leia mais

Postura corporal hábitos causas e consequências

Postura corporal hábitos causas e consequências Postura corporal hábitos causas e consequências AFINAL O QUE É POSTURA? Postura Definir Postura ideal é praticamente impossível. Porém, para Momesso (1997) postura, é a atitude que o corpo adota, mediante

Leia mais

1) PANTURRILHAS. b) Músculos envolvidos Gastrocnêmios medial e lateral, sóleo, tibial posterior, fibular longo e curto, plantar (débil),

1) PANTURRILHAS. b) Músculos envolvidos Gastrocnêmios medial e lateral, sóleo, tibial posterior, fibular longo e curto, plantar (débil), 1 1) PANTURRILHAS 1.1 GERAL De pé, tronco ereto, abdômen contraído, de frente para o espaldar, a uma distância de um passo. Pés na largura dos quadris, levar uma das pernas à frente inclinando o tronco

Leia mais

Clínica de Lesões nos Esportes e Atividade Física Prevenção e Reabilitação. Alexandre Carlos Rosa alexandre@portalnef.com.br 2015

Clínica de Lesões nos Esportes e Atividade Física Prevenção e Reabilitação. Alexandre Carlos Rosa alexandre@portalnef.com.br 2015 Clínica de Lesões nos Esportes e Atividade Física Prevenção e Reabilitação Alexandre Carlos Rosa alexandre@portalnef.com.br 2015 O que iremos discutir.. Definições sobre o atleta e suas lesões Análise

Leia mais

UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010

UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010 UNILUS CENTRO UNIVERSITÁRIO LUSÍADA PLANO ANUAL DE ENSINO ANO 2010 CURSO: Fisioterapia DEPARTAMENTO: Fisioterapia DISCIPLINA: Uroginecologia e Obstetrícia SÉRIE: 3º. Ano PROFESSOR RESPONSÁVEL: Prof. Esp.

Leia mais

Cuidando da Coluna e da Postura. Texto elaborado por Luciene Maria Bueno. Coluna e Postura

Cuidando da Coluna e da Postura. Texto elaborado por Luciene Maria Bueno. Coluna e Postura Cuidando da Coluna e da Postura Texto elaborado por Luciene Maria Bueno Coluna e Postura A coluna vertebral possui algumas curvaturas que são normais, o aumento, acentuação ou diminuição destas curvaturas

Leia mais

PREVALÊNCIA DE LOMBALGIA EM ALUNOS DE FISIOTERAPIA E SUA RELAÇÃO COM A POSTURA SENTADA

PREVALÊNCIA DE LOMBALGIA EM ALUNOS DE FISIOTERAPIA E SUA RELAÇÃO COM A POSTURA SENTADA ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 PREVALÊNCIA DE LOMBALGIA EM ALUNOS DE FISIOTERAPIA E SUA RELAÇÃO COM A POSTURA SENTADA Juliana Camilla

Leia mais

EFEITOS DA FISIOTERAPIA NA QUALIDADE DE VIDA E LOMBALGIA DE PACIENTE GESTANTE

EFEITOS DA FISIOTERAPIA NA QUALIDADE DE VIDA E LOMBALGIA DE PACIENTE GESTANTE Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 151 EFEITOS DA FISIOTERAPIA NA QUALIDADE DE VIDA E LOMBALGIA DE PACIENTE GESTANTE Talita de Cássia Corrêa 1, Rafaela

Leia mais

CURSO DE MUSCULAÇÃO E CARDIOFITNESS. Lucimére Bohn lucimerebohn@gmail.com

CURSO DE MUSCULAÇÃO E CARDIOFITNESS. Lucimére Bohn lucimerebohn@gmail.com CURSO DE MUSCULAÇÃO E CARDIOFITNESS Lucimére Bohn lucimerebohn@gmail.com Estrutura do Curso Bases Morfofisiológicas - 25 hs Princípios fisiológicos aplicados à musculação e ao cardiofitness Aspectos biomecânicos

Leia mais

Gestão do Risco Ergonômico 6º SENSE. Nadja de Sousa Ferreira, MD PhD Médica do Trabalho

Gestão do Risco Ergonômico 6º SENSE. Nadja de Sousa Ferreira, MD PhD Médica do Trabalho Gestão do Risco Ergonômico 6º SENSE Nadja de Sousa Ferreira, MD PhD Médica do Trabalho Objetivo Objetivo Apresentar os conceitos científicos sobre o Risco Ergonômico e sua relação com o corpo humano. Fazer

Leia mais

Exercícios e bem estar na gestação

Exercícios e bem estar na gestação na gestação Sete motivos para você exercitar-se durante a gravidez. Aumente sua energia. Melhore a qualidade do seu sono. Reduza o desconforto. Prepare-se para a chegada do bebe. Reduza a ansiedade. Melhore

Leia mais

Dor nas costas é natural ou descuido?

Dor nas costas é natural ou descuido? 1 FOLHAS Escola: E. E. Prof. Léo Kohler Ensino Fundamental NRE: Cianorte Nome do professor: Reginaldo Dimas R. Longo e-mail: reginaldodimas@seed.pr.gov.br Nome do professor orientador: Prof. Dr. Pedro

Leia mais

Uma Definição: "Estudo entre o homem e o seu trabalho, equipamentos e meio ambiente".

Uma Definição: Estudo entre o homem e o seu trabalho, equipamentos e meio ambiente. ERGONOMIA: palavra de origem grega. ERGO = que significa trabalho NOMOS = que significa regras Uma Definição: "Estudo entre o homem e o seu trabalho, equipamentos e meio ambiente". Tríade básica da Ergonomia:

Leia mais

TÍTULO: ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA NA PREVENÇÃO DA OSTEOPOROSE CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA

TÍTULO: ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA NA PREVENÇÃO DA OSTEOPOROSE CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: FISIOTERAPIA Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: ABORDAGEM FISIOTERAPÊUTICA NA PREVENÇÃO DA OSTEOPOROSE CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS

Leia mais

BIOMECÂNICA -MEMBRO SUPERIOR

BIOMECÂNICA -MEMBRO SUPERIOR BIOMECÂNICA -MEMBRO SUPERIOR OMBRO Membro Superior CINTURA ESCAPULAR COTOVELO Joel Moraes Santos Junior COLUNA - APLICAÇÃO PRÁTICA Condicionamento APTIDÃO FÍSICA Treinamento desportivo CARGA/IMPACTO Reabilitação

Leia mais

CINCO PRINCÍPIOS BÁSICOS STOTT PILATES

CINCO PRINCÍPIOS BÁSICOS STOTT PILATES CINCO PRINCÍPIOS BÁSICOS STOTT PILATES Utilizando os Princípios do Pilates Contemporâneo para atingir um nível ótimo de condição física. Por Moira Merrithew, STOTT PILATES Executive Director, Education

Leia mais

PARTO NORMAL: A NATUREZA SE ENCARREGA, MAMÃE E BEBÊ AGRADECEM

PARTO NORMAL: A NATUREZA SE ENCARREGA, MAMÃE E BEBÊ AGRADECEM PARTO NORMAL: A NATUREZA SE ENCARREGA, MAMÃE E BEBÊ AGRADECEM Hospital Materno Infantil Público Tia Dedé *Merielle Barbosa Lobo São nove meses de expectativa e durante a gestação a barriga cresce e a mãe

Leia mais

O uso de práticas ergonômicas e de ginástica laboral nas escolas

O uso de práticas ergonômicas e de ginástica laboral nas escolas O uso de práticas ergonômicas e de ginástica laboral nas escolas Dessyrrê Aparecida Peixoto da Silva¹; Júlio César dos Santos² ¹Estudante de Engenharia de Produção, Bolsista de Extensão Universitária (PIBEX)

Leia mais

Desvios da Coluna Vertebral e Algumas Alterações. Ósseas

Desvios da Coluna Vertebral e Algumas Alterações. Ósseas Desvios da Coluna Vertebral e Algumas Alterações Ósseas DESVIOS POSTURAIS 1. LORDOSE CERVICAL = Acentuação da concavidade da coluna cervical. CAUSA: - Hipertrofia da musculatura posterior do pescoço CORREÇÃO:

Leia mais

ANÁLISE E TRATAMENTO FISIOTERÁPICO DA LOMBALGIA GESTACIONAL ASSOCIANDO CINESIOTERAPIA E ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA NERVOSA TRANSCUTÂNEA (TENS).

ANÁLISE E TRATAMENTO FISIOTERÁPICO DA LOMBALGIA GESTACIONAL ASSOCIANDO CINESIOTERAPIA E ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA NERVOSA TRANSCUTÂNEA (TENS). ANÁLISE E TRATAMENTO FISIOTERÁPICO DA LOMBALGIA GESTACIONAL ASSOCIANDO CINESIOTERAPIA E ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA NERVOSA TRANSCUTÂNEA (TENS). Autora: Fernanda Cristina Sposito G INESUL FISIOTERAPIA LONDRINA

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS E FORMAÇÃO INTEGRADA CEAFI ANA PAULA DE LIMA PORTO OS BENEFÍCIOS DA HIDROTERAPIA NO PERÍODO GESTACIONAL.

CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS E FORMAÇÃO INTEGRADA CEAFI ANA PAULA DE LIMA PORTO OS BENEFÍCIOS DA HIDROTERAPIA NO PERÍODO GESTACIONAL. 1 CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS E FORMAÇÃO INTEGRADA CEAFI ANA PAULA DE LIMA PORTO OS BENEFÍCIOS DA HIDROTERAPIA NO PERÍODO GESTACIONAL. Goiânia GO 2012 2 Ana Paula de Lima Porto Os benefícios da hidroterapia

Leia mais

OS BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA LOMBALGIA

OS BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA LOMBALGIA OS BENEFÍCIOS DO MÉTODO PILATES NA LOMBALGIA WELLINTON GONÇALVES DO SANTOS ¹ RICARDO BASÍLIO DE OLIVEIRA CALAND² LUCIANA ALVES BRANDÃO³ SONNALE DA SILVA ARAÚJO4 RESUMO A dor lombar é um mal recorrente

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIA DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PATOLOGIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIA DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PATOLOGIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE CIÊNCIA DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PATOLOGIA ALTERAÇÕES POSTURAIS EM GESTANTES PRIMIGESTAS E MULTÍPARAS E SUAS CORRELAÇÕES COM A DOR LOMBAR JAQUELINE

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CENTRO DE GRAVIDADE, DAS ALTERAÇÕES POSTURAIS E DOS SINTOMAS OSTEOMUSCULARES DURANTE A GESTAÇÃO

AVALIAÇÃO DO CENTRO DE GRAVIDADE, DAS ALTERAÇÕES POSTURAIS E DOS SINTOMAS OSTEOMUSCULARES DURANTE A GESTAÇÃO FACULDADE DE PINDAMONHANGABA Danilo Felipe Jonas Luis Gustavo Teixeira de Castro Priscila Domene Suhr dos Santos AVALIAÇÃO DO CENTRO DE GRAVIDADE, DAS ALTERAÇÕES POSTURAIS E DOS SINTOMAS OSTEOMUSCULARES

Leia mais

3/26/2009 EX E E X R E C R ÍCI C OS S E E PO P ST S U T RA R OS EX ER EX CÍ C CI C OS REAL EA MEN M T EN E MO M DIFI F CAM A M A A PO P STUR U A?

3/26/2009 EX E E X R E C R ÍCI C OS S E E PO P ST S U T RA R OS EX ER EX CÍ C CI C OS REAL EA MEN M T EN E MO M DIFI F CAM A M A A PO P STUR U A? EXERCÍCIOS E POSTURA OS EXERCÍCIOS REALMENTE MODIFICAM A POSTURA? 1 Um vício postural pode ser corrigido voluntariamente com reeducação psicomotora, um desvio postural pode ser corrigido com exercícios

Leia mais

TRATAMENTO HIDROTERAPÊUTICO NA DOR LOMBAR EM GESTANTES

TRATAMENTO HIDROTERAPÊUTICO NA DOR LOMBAR EM GESTANTES TRATAMENTO HIDROTERAPÊUTICO NA DOR LOMBAR EM GESTANTES TRATAMENTO HIDROTERAPÊUTICO NA DOR LOMBAR EM GESTANTES Hydrotherapeutic treatment on lumbar pain at pregnant women SEBBEN, V. PERUSSOLO, C. GUEDES,

Leia mais