SUMÁRIO SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 9 APRESENTAÇÃO ABREVIATURAS... 19

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUMÁRIO SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 9 APRESENTAÇÃO ABREVIATURAS... 19"

Transcrição

1 SUMÁRIO SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 9 APRESENTAÇÃO ABREVIATURAS CAPÍTULO I CONCEITOS FUNDAMENTAIS Introdução à Arquivologia Evolução da Comunicação e Suportes da Informação Arquivo Conceitos Finalidade e Função do Arquivo Arquivos Públicos Arquivos Privados Conceituação, Evolução e Relação com Outras Ciências Teoria das Três Idades Arquivo Corrente (1ª Idade ou Setorial) Atividades do Arquivo Corrente Arquivo Intermediário (2ª Idade ou Pré-Arquivo) Diplomática Outras Disciplinas Auxiliares CAPÍTULO II GESTÃO DE DOCUMENTOS Estudo da Gestão Conceito Objetivos

2 GEORGE MELO RODRIGUES Importância Organização e Administração de Arquivos Produção e Fluxo Documental Protocolo Atividades do Protocolo Também, os Itens e , do Cap. I) Quanto à Natureza dos Documentos Quanto à Abrangência/Extensão de sua Atuação Quanto Aos estágios de Evolução Quanto à Entidade Produtora Quanto ao Gênero Quanto à Espécie Quanto ao Tipo/Tipologia Documental Quanto à Natureza do Assunto Quanto ao Formato Quanto à Forma Quanto à Técnica de Registro Arquivo Permanente Atividades do Arquivo Permanente Teoria dos Fundos Regras: ISAD(G), ISAAR(CPF) e Nobrade Norma Internacional de Registro de Autoridade Instrumentos de Pesquisa Básicos Instrumentos Auxiliares de Pesquisa Produção, Utilização e Destinação de Documentos Produção Utilização Destinação de Documentos

3 SUMÁRIO CAPÍTULOS I E II Questões de Concursos com Gabarito Comentado Questões de Concursos Questões Elaboradas Pelo Autor Simulado Gabarito Questões de Concursos Questões Elaboradas Pelo Autor Simulado CAPÍTULO III AVALIAÇÃO E DESTINAÇÃO DE DOCUMENTOS Conceito, Importância, Objetivos e Finalidades da Avaliação e Seleção de Documentos Critérios de Avaliação Instrumentos de Destinação Tabela de Temporalidade Documental (TTD) Lista de Eliminação CAPÍTULO IV SISTEMAS E MÉTODOS DE ARQUIVAMENTO Sistemas: Direto, Indireto e Semi-Indireto Sistema Direto Sistema Indireto Sistema Semi-Indireto Métodos Básicos Método Alfabético ou Onomástico Recuperação do Documento Método Numérico Métodos Padronizados Método Automático Método Soundex

4 GEORGE MELO RODRIGUES Tipos de Arquivamento CAPÍTULOS III E IV Questões de Concursos com Gabarito Comentado Questões de Concursos Questões Elaboradas Pelo Autor Simulado Gabarito Questões de Concursos Questões Elaboradas Pelo Autor Simulado CAPÍTULO V TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO CAPÍTULO VI PRESERVAÇÃO, CONSERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO DE DOCUMENTOS Conceito e Métodos de Preservação Conceito Métodos de Preservação Conceito e Métodos de Conservação Conceito Métodos de Conservação Conceito e Métodos de Restauração Conceito Métodos de Restauração Plano de Emergência CAPÍTULOS V E VI Questões de Concursos com Gabarito Comentado

5 SUMÁRIO 2. Questões de Concursos Questões Elaboradas Pelo Autor Simulado Gabarito Questões de Concursos Questões Elaboradas Pelo Autor Simulado CAPÍTULO VII LEGISLAÇÃO ARQUIVÍSTICA BRASILEIRA Arquivos Públicos e Privados e dá Outras Providências Decreto Nº 4.073, de 3 de Janeiro de 2002: Regulamenta a Lei Nº 8.159, de Públicos e Privados Decreto Nº 1.799, de 30 de Janeiro de 1996: Regulamenta a Lei N 5.433, de Dá Outras Providências Decreto Nº 7.845, de 14 de Novembro de (Regulamenta Procedimentos para Credenciamento de Segurança e Tratamento de Núcleo de Segurança e Credenciamento.) Decreto Nº 7.430, de 17 de Janeiro de 2011: Dispõe Sobre a Transferência do Arquivo Nacional e do Conselho Nacional de Arquivos-Conarq da Casa Civil da Presidência da República para o Ministério da Justiça Lei Nº 6.546, de 4 de Julho de 1978: Dispõe Sobre a Regulamentação das Decreto Nº de 12 de Dezembro de 2003: Dispõe Sobre o Sistema de Gestão de Documentos de Arquivo Siga, da Administração Pública Federal, e Dá Outras Providências Resolução Nº 10 (CONARQ), de 6 de Dezembro de 1999: Dispõe Sobre a Resolução Nº 24 (CONARQ), de 3 de Agosto de 2006: estabelece Diretrizes da República Federativa do Brasil de Lei Nº , de 18 de Novembro de (Regula o Acesso a Informações Previsto no Inciso Xxxiii do Art. 5º, no 17

6 GEORGE MELO RODRIGUES Inciso II do 3º do Art. 37 e no 2º do Art. 216 da Constituição Federal; Altera a Lei Nº 8.112, de 11 de Dezembro de 1990; Revoga a Lei Nº , de 5 de Maio de 2005, e Dispositivos da Lei Nº 8.159, de 8 de Janeiro de 1991; e Dá Outras Providências.) Decreto Nº de 16 de Maio de 2012: Regulamenta a Lei Nº , de 18 de Novembro de 2011, que Dispõe Sobre o Acesso a Informações Previsto no Inciso XXXIII do Caput do Art. 5º, no Inciso II do 3º do Art. 37 e no 2º do Art. 216 da Constituição Lei Nº , de 9 de Julho de 2012: Dispõe Sobre a Elaboração e o Arquivamento de Documentos em Meios Eletromagnéticos Resolução Nº 65 (CNJ), de 16 de Dezembro de 2008: Dispõe Sobre a Uniformização do Número dos Processos nos Órgãos do Poder Judiciário e Dá Outras Providências Recomendação Nº 37 (CNJ), de 15 de Agosto de 2011: Recomenda aos Tribunais a Observância das Normas de Funcionamento do Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário Proname e de seus Instrumentos CAPÍTULO VII Questões de Concursos com Gabarito Comentado Questões de Concursos Questões Elaboradas Pelo Autor Simulado Gabarito Questões de Concursos Questões Elaboradas Pelo Autor Simulado BIBLIOGRAFIA

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 15 APRESENTAÇÃO... 17

Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 15 APRESENTAÇÃO... 17 Sumário APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO... 15 APRESENTAÇÃO... 17 ABREVIATURAS... 19 CAPÍTULO I CONCEITOS FUNDAMENTAIS... 21 1.1. Introdução à arquivologia... 21 1.1.1. Evolução da comunicação e suportes da informação...

Leia mais

2. ATOS DO DIRETOR-GERAL

2. ATOS DO DIRETOR-GERAL 2.1. INSTRUÇÃO NORMATIVA 2. ATOS DO DIRETOR-GERAL INSTRUÇÃO NORMATIVA DE 7 DE MARÇO DE 2010 O DIRETOR-GERAL DA SECRETARIA DO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo

Leia mais

Programa de Gestão Documental da Justiça Eleitoral PGD/JE. o Sistema Eletrônico de Informações (SEI)

Programa de Gestão Documental da Justiça Eleitoral PGD/JE. o Sistema Eletrônico de Informações (SEI) Programa de Gestão Documental da Justiça Eleitoral (PGD-JE) e o Sistema Eletrônico de Informações (SEI) Programa de Gestão Documental da Justiça Eleitoral PGD/JE Fundamentação legal: Art. 11 da Lei nº

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS RESOLUÇÃO Nº 27, DE 16 DE JUNHO DE 2008

CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS RESOLUÇÃO Nº 27, DE 16 DE JUNHO DE 2008 CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS RESOLUÇÃO Nº 27, DE 16 DE JUNHO DE 2008 Dispõe sobre o dever do Poder Público, no âmbito dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, de criar e manter Arquivos Públicos,

Leia mais

IX SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO DOCUMENTAL Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte POLÍTICA DE ARQUIVOS E GESTÃO DOCUMENTAL NO ESTADO DE SÃO PAULO

IX SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO DOCUMENTAL Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte POLÍTICA DE ARQUIVOS E GESTÃO DOCUMENTAL NO ESTADO DE SÃO PAULO IX SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO DOCUMENTAL Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte POLÍTICA DE ARQUIVOS E GESTÃO DOCUMENTAL NO ESTADO DE SÃO PAULO Ieda Pimenta Bernardes Diretora técnica do Departamento

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000227 - ENGENHARIA AMBIENTAL Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000227 - ENGENHARIA AMBIENTAL Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000227 - ENGENHARIA AMBIENTAL Nivel: Superior Area Profissional: 0007 - CONSTRUCAO CIVIL Area de Atuacao: 0152 - ATEND.CLIENTE/CONSTR.CIVIL

Leia mais

ELIMINAR DOCUMENTOS NAS UNIDADES ORGANIZACIONAIS

ELIMINAR DOCUMENTOS NAS UNIDADES ORGANIZACIONAIS Proposto por: Divisão de Gestão de Documentos - DIGED Analisado por: Diretor do Departamento de Gestão de Acervos Arquivísticos (DEGEA) Aprovado por: Diretor-Geral de Apoio aos Órgãos Jurisdicionais (DGJUR)

Leia mais

E TA I s A LEI C PLE ENTAR 1 11. A Divulga~ao peja Internet dos Atos de. Marcus Vinicius Fngueiras Junior. Administra~ao Publica Brasileira

E TA I s A LEI C PLE ENTAR 1 11. A Divulga~ao peja Internet dos Atos de. Marcus Vinicius Fngueiras Junior. Administra~ao Publica Brasileira Marcus Vinicius Fngueiras Junior E TA I s A LEI C PLE ENTAR 1 11 A Divulga~ao peja Internet dos Atos de Execu~ao Or~amentaria e Financeira da Administra~ao Publica Brasileira Curitiba Jurua Editora 2015

Leia mais

NORMATIZAÇÃO DE ESTÁGIO DOS CURSOS DE LICENCIATURA

NORMATIZAÇÃO DE ESTÁGIO DOS CURSOS DE LICENCIATURA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUL DE MINAS GERAIS NORMATIZAÇÃO DE ESTÁGIO DOS CURSOS DE LICENCIATURA outubro/2010

Leia mais

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior

(s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000065 - LETRAS Nivel: Superior Area Profissional: 0004 - BIBLIOTECA Area de Atuacao: 0042 - ACERVO/BIBLIOTECA Analisar e processar

Leia mais

Cuestionesentorno a latransferencia de lacustodia de documentos publicos

Cuestionesentorno a latransferencia de lacustodia de documentos publicos Cuestionesentorno a latransferencia de lacustodia de documentos publicos Profa. Dra. Sonia Troitiño Depto. de Ciência da Informação UNESP-Marília, Brasil Objetivos: 1. Discutir formas e condições de incorporação

Leia mais

REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 0155/09 - AL Autor: Deputado Manoel Mandi

REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 0155/09 - AL Autor: Deputado Manoel Mandi REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 0155/09 - AL Autor: Deputado Manoel Mandi Dispõe sobre a criação do Arquivo Público Estadual e define as diretrizes da Política Estadual de Arquivos Públicos e Privados

Leia mais

REGULAMENTO DA POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E GUARDA DO ACERVO ACADÊMICO DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB

REGULAMENTO DA POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E GUARDA DO ACERVO ACADÊMICO DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB REGULAMENTO DA POLÍTICA DE MANUTENÇÃO E GUARDA DO ACERVO ACADÊMICO DA ESCOLA DE DIREITO DE BRASÍLIA EDB Estabelece a Política para Manutenção e Guarda do Acervo Acadêmico da Escola de Direito de Brasília

Leia mais

PORTARIA N o 51, DE 7 DE OUTUBRO DE 2008. (publicada no DOU de 8/10/2008, seção I, página 57)

PORTARIA N o 51, DE 7 DE OUTUBRO DE 2008. (publicada no DOU de 8/10/2008, seção I, página 57) PORTARIA N o 51, DE 7 DE OUTUBRO DE 2008. (publicada no DOU de 8/10/2008, seção I, página 57) A SECRETÁRIA DE ORÇAMENTO FEDERAL, tendo em vista a autorização constante do art. 60, inciso III, da Lei n

Leia mais

PORTARIA CONJUNTA Nº 417/PR/2015

PORTARIA CONJUNTA Nº 417/PR/2015 Publicação: 15/06/15 DJe: 12/06/15 PORTARIA CONJUNTA Nº 417/PR/2015 Institui Plano de Classificação e Tabela de Temporalidade - PCTT dos documentos administrativos da justiça de primeiro e de segundo graus

Leia mais

TECNICO EM SEGURANCA DO TRABALHO. "(s15h " " PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO"

TECNICO EM SEGURANCA DO TRABALHO. (s15h   PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 500560 - TECNICO EM SEGURANCA DO TRABALHO Nivel: Tecnico Area Profissional: 0044 - CONSTRUCAO CIVIL-TEC Area de Atuacao: 0395 - SEG.TRABALHO/CONSTR.CIVIL-TEC

Leia mais

Anexo 07. Demonstrativo da Despesa do Estado Discriminada a Nível de Programa

Anexo 07. Demonstrativo da Despesa do Estado Discriminada a Nível de Programa Anexo 07 Demonstrativo da Despesa do Estado Discriminada a Nível de Programa DEMONSTRATIVO DA DESPESA DO ESTADO DISCRIMINADA A NIVEL DE PROGRAMA ANEXO 07 DA LEI 4.320/64 FOLHA: 1 01 LEGISLATIVA 1.052.751,74

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 110, DE 05 DE DEZEMBRO DE 2012

RESOLUÇÃO Nº 110, DE 05 DE DEZEMBRO DE 2012 RESOLUÇÃO Nº 110, DE 05 DE DEZEMBRO DE 2012 Dispõe sobre a Comissão Permanente de Avaliação e Gestão de Documentos no âmbito da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul. O DO ESTADO DO RIO GRANDE

Leia mais

8.504.930 PROJETOS DE INCLUSAO DIGITAL 8.504.930 DE INCLUSAO DIGITAL - NO ESTADO DO ESPIRITO SANTO F 4 2 30 0 100 8.504.930 TOTAL - FISCAL 9.904.

8.504.930 PROJETOS DE INCLUSAO DIGITAL 8.504.930 DE INCLUSAO DIGITAL - NO ESTADO DO ESPIRITO SANTO F 4 2 30 0 100 8.504.930 TOTAL - FISCAL 9.904. ORGAO : 24000 - MINISTERIO DA CIENCIA E TECNOLOGIA UNIDADE : 24101 - MINISTERIO DA CIENCIA E TECNOLOGIA 0750 APOIO ADMINISTRATIVO 1.400.024 19 122 0750 2000 ADMINISTRACAO DA UNIDADE 1.400.024 19 122 0750

Leia mais

NOTA TÉCNICA 39 2013

NOTA TÉCNICA 39 2013 NOTA TÉCNICA 39 2013 Apresentação e a guarda dos documentos comprobatórios, pelos Estados, DF e Municípios, da execução das despesas com recursos financeiros do Fundo Nacional de Saúde Brasília, 26 de

Leia mais

PARECER DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA RELATÓRIO

PARECER DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA RELATÓRIO PARECER DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA Projeto de Lei nº 058 de 17 de abril de 2013 AUTOR: Poder Executivo PARECER: Favorável, sem apresentação de emendas EMENTA: Cria o Arquivo Público do Executivo

Leia mais

MGS. Gestão de Documentos

MGS. Gestão de Documentos MGS CATÁLOGO DE SERVIÇOS Gestão de Documentos SUMÁRIO 1- Apresentação...4 2- Gestão de Documentos...5 3- Missão...6 4- Objetivos...6 5- Conceitos gerais...7 6- Legislação arquivística...8 7- Serviços

Leia mais

RELATÓRIO DETALHADO DO QUADRIMESTRE DE XXXX

RELATÓRIO DETALHADO DO QUADRIMESTRE DE XXXX RELATÓRIO DETALHADO DO QUADRIMESTRE DE XXXX XX QUADRIMESTRE Secretaria Municipal de Saúde de xxxxxx Mês e Ano de elaboração Modelo Elaborado pela Gerência de Programação em Saúde (Deplan/Susam) para apoio

Leia mais

ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS MINISTRO SÁLVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2013.

ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS MINISTRO SÁLVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2013. ESCOLA NACIONAL DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE MAGISTRADOS MINISTRO SÁLVIO DE FIGUEIREDO TEIXEIRA RESOLUÇÃO Nº 3, DE 4 DE DEZEMBRO DE 2013. Dispõe sobre o curso oficial para ingresso, o curso de formação

Leia mais

O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, no uso de suas atribuições constitucionais e regimentais;

O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA, no uso de suas atribuições constitucionais e regimentais; Recomendação nº 37, de 15 de agosto de 2011 Texto Original Recomendação nº 46/2013 Recomenda aos Tribunais a observância das normas de funcionamento do Programa Nacional de Gestão Documental e Memória

Leia mais

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao.

Planejar, administrar, desenvolver e implementar banco de dados e sistemas integrados de informacao. PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000053 - ENGENHARIA DA COMPUTACAO Nivel: Superior Area Profissional: INFORMATICA Area de Atuacao: BANCO DE DADOS/INFORMATICA Planejar, administrar,

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 002358 - ECOLOGIA E ANALISE AMBIENTAL Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 002358 - ECOLOGIA E ANALISE AMBIENTAL Nivel: Superior (1) Auxiliar na analise de relatorios de pesquisa mineral (1) Preencher relatorios tecnicos (1) Acompanhar programas de pesquisa ambiental (1) Acompanhamento supervisionado para elaborar planilhas e relatorios

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 4.073, DE 3 DE JANEIRO DE 2002. Regulamenta a Lei n o 8.159, de 8 de janeiro de 1991, que dispõe sobre a política nacional

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RECOMENDAÇÃO Nº 37, DE 15 DE AGOSTO DE 2011

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RECOMENDAÇÃO Nº 37, DE 15 DE AGOSTO DE 2011 CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA RECOMENDAÇÃO Nº 37, DE 15 DE AGOSTO DE 2011 Recomenda aos Tribunais a observância das normas de funcionamento do Programa Nacional de Gestão Documental e Memória do Poder Judiciário

Leia mais

Ano CXLIII N o - 199 Brasília - DF, terça-feira, 17 de outubro de 2006

Ano CXLIII N o - 199 Brasília - DF, terça-feira, 17 de outubro de 2006 ISSN 1677-7042 Ano CXLIII 199 Brasília - DF, terça-feira, 17 de outubro de 2006. Sumário PÁGINA Atos do Poder Judiciário... 1 Atos do Poder Executivo... 2 Presidência da República... 50 Ministério da Agricultura,

Leia mais

GESTÃO DE DOCUMENTOS CAPÍTULO II. 2.1. ESTUDO DA GESTÃO 2.1.1. Conceito. 2.1.2. Objetivos

GESTÃO DE DOCUMENTOS CAPÍTULO II. 2.1. ESTUDO DA GESTÃO 2.1.1. Conceito. 2.1.2. Objetivos CAPÍTULO II GESTÃO DE DOCUMENTOS Sumário 2.1. Estudo da gestão; 2.1.1. Conceito; 2.1.2. Objetivos; 2.1.3. Importância; 2.1.4. Organização e administração de arquivos 2.2. Produção e fluxo documental 2.3.

Leia mais

POLÍCIA CIVIL DO RJ- FEC www.beabadoconcurso.com.br Todos os direitos reservados. - 1 -

POLÍCIA CIVIL DO RJ- FEC www.beabadoconcurso.com.br Todos os direitos reservados. - 1 - f POLÍCIA CIVIL DO RJ- FEC www.beabadoconcurso.com.br Todos os direitos reservados. - 1 - DIREITO ADMINISTRATIVO SÚMARIO UNIDADE 1. Direito Administrativo: conceito, fontes, princípios. Conceito de Estado,

Leia mais

POLÍTICA DE GESTÃO DOCUMENTAL DA CODEVASF

POLÍTICA DE GESTÃO DOCUMENTAL DA CODEVASF Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba Vinculada ao Ministério da Integração Nacional - M I POLÍTICA DE GESTÃO DOCUMENTAL DA CODEVASF RES. nº 669/2010 maio 2010 FOR-101 SUMÁRIO

Leia mais

Programa de Trabalho

Programa de Trabalho Código Especificação Corrente Capital T O T A L 01 01.031 01.031.0012 01.122 01.122.0002 01.128 01.128.0010 01.846 01.846.0002 03 03.122 03.122.0002 03.241 03.241.0003 03.422 03.422.0003 04 04.121 04.121.0016

Leia mais

CURSO DE CAPACITAÇÃO DE CONCILIADORES E MEDIADORES

CURSO DE CAPACITAÇÃO DE CONCILIADORES E MEDIADORES CURSO DE CAPACITAÇÃO DE CONCILIADORES E MEDIADORES Descrição Curso de formação de Conciliadores e Mediadores Judiciais conforme Resolução 125/2010 e Emenda 1/2013 do CNJ Conselho Nacional de Justiça, Lei

Leia mais

,ces_:. ~'-:J. Matr.: R.l'

,ces_:. ~'-:J. Matr.: R.l' R.l',ces_:. ~'-:J Matr.: TERMO DE REFERENCIA PARA HIGIENIZAC;AO DE 380 METROS DE ARQUIVOS TEXTUAIS EM SUPORTE PAPEL E DIAGNOSTICO SOBRE AS CONDIC;OES DOS ARQUIVOS EXISTENTES NA TERRACAP. Constitui-se de

Leia mais

2.000.000 DE MATERIAIS DA CAMARA DOS DEPUTADOS, NO SETOR DE INDUSTRIA E ABASTECIMENTO - SIA F 3 2 80 0 100 1.500 TOTAL - FISCAL 2.001.

2.000.000 DE MATERIAIS DA CAMARA DOS DEPUTADOS, NO SETOR DE INDUSTRIA E ABASTECIMENTO - SIA F 3 2 80 0 100 1.500 TOTAL - FISCAL 2.001. ORGAO : 01000 - CAMARA DOS DEPUTADOS UNIDADE : 01101 - CAMARA DOS DEPUTADOS ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1, 00 0553 ATUACAO LEGISLATIVA DA CAMARA DOS DEPUTADOS 2.000.000

Leia mais

Universidade Estadual da Paraíba UEPB Campus I Curso de Graduação em Serviço Social COMPOSIÇÃO CURRICULAR de Anual para Semestral

Universidade Estadual da Paraíba UEPB Campus I Curso de Graduação em Serviço Social COMPOSIÇÃO CURRICULAR de Anual para Semestral TURNO DIURNO I - SEMESTRE Psicologia Aplicada ao Servico Social I 60 Economia Politica I 60 Metodologia Cientifica 60 Filosofia I 60 Teoria Sociologica I 60 Fundam.Historico-teorico-metod.do Serv.Soc.I

Leia mais

0emâe>6Ín& ;^- racámtfstfrúíe-jfcis6táijp&

0emâe>6Ín& ;^- racámtfstfrúíe-jfcis6táijp& r. 0emâe>6Ín& ;^- racámtfstfrúíe-jfcis6táijp& NOTA TÉCNICA N 15/2013 Assunto: Projeto de Lei n 02, de 2013-CN (Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2014). O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro. RESOLUÇÃO CM nº 12/2014

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro. RESOLUÇÃO CM nº 12/2014 RESOLUÇÃO CM nº 12/2014 Dispõe sobre o Concurso Público de provas ou provas e títulos para provimento de cargos efetivos do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro O CONSELHO DA MAGISTRATURA DO

Leia mais

Jaime Antunes da Silva Diretor-Geral do Arquivo Nacional Presidente do Conselho Nacional de Arquivos CONARQ Presidente da Comissão de Coordenação do

Jaime Antunes da Silva Diretor-Geral do Arquivo Nacional Presidente do Conselho Nacional de Arquivos CONARQ Presidente da Comissão de Coordenação do Jaime Antunes da Silva Diretor-Geral do Arquivo Nacional Presidente do Conselho Nacional de Arquivos CONARQ Presidente da Comissão de Coordenação do Sistema de Gestão de Documentos de Arquivo - SIGA, da

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 62, DE 27 DE ABRIL DE 2009

RESOLUÇÃO Nº. 62, DE 27 DE ABRIL DE 2009 RESOLUÇÃO Nº. 62, DE 27 DE ABRIL DE 2009 Dispõe sobre a criação da Unidade de Controle Interno e Estatístico do Tribunal de Justiça Militar/RS e de suas Auditorias. O, de acordo com o disposto no artigo

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO RESOLUÇÃO nº483/2009 Data da Norma: 04/03/2009 Órgão expedidor: ÓRGÃO ESPECIAL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Fonte: DJE de 22/06/2009, p. 1-77 Ementa: Cria o Programa de Gestão de Documentos Arquivísticos do

Leia mais

Sumário CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21. TÍTULO III Da Organização do Estado... 39

Sumário CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21. TÍTULO III Da Organização do Estado... 39 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988 CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988... 21 PREÂMBULO... 21 TÍTULO I Dos Princípios Fundamentais... 21 TÍTULO II Dos Direitos e Garantias

Leia mais

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2013

PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2013 PROJETO DE LEI DO SENADO Nº, DE 2013 Dispõe sobre a mediação extrajudicial. O CONGRESSO NACIONAL decreta: Capítulo I Disposições Gerais Art. 1º Esta lei dispõe sobre mediação extrajudicial. Parágrafo único.

Leia mais

Ato Executivo nº 2.950/2003 RAD-DGJUR-043 00 1 de 16

Ato Executivo nº 2.950/2003 RAD-DGJUR-043 00 1 de 16 Proposto por: Analisado por: Aprovado por: Diretor da Divisão de Gestão de Documentos (DIGED) Diretor do Departamento de Gestão de Acervos Arquivísticos (DEGEA) Diretor-Geral da Diretoria Geral de Apoio

Leia mais

MANUAL DE RECOMENDAÇÕES DO COMITÉ GESTOR DO PROGRAMA NACIONAL DE RESGATE DA MEMÓRIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO

MANUAL DE RECOMENDAÇÕES DO COMITÉ GESTOR DO PROGRAMA NACIONAL DE RESGATE DA MEMÓRIA DA JUSTIÇA DO TRABALHO MANUAL DE RECOMENDAÇÕES DO COMITÉ GESTOR DO PROGRAMA NACIONAL DE RESGATE DA MEMÓRIA DA BRASÍLIA 2012 JUSTIQA DO TRABALHO ÍNDICE APRESENTAÇÃO.. 3 CAPÍTULOS 1. Implementação das Tabelas de Temporalidade

Leia mais

Leonardo de Medeiros Garcia. Coordenador da Coleção

Leonardo de Medeiros Garcia. Coordenador da Coleção Leonardo de Medeiros Garcia Coordenador da Coleção Marcelo André de Azevedo Promotor de Justiça no Estado de Goiás. Assessor Jurídico do Procurador-Geral de Justiça e Coordenador da Procuradoria de Justiça

Leia mais

Gerenciamento Total da Informação

Gerenciamento Total da Informação Presidência da República Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 8.159, DE 8 DE JANEIRO DE 1991. Regulamento Dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados e dá outras providências.

Leia mais

MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema de gestão de projetos do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região

MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema de gestão de projetos do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema de gestão de projetos do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região Belém PA 2013 MANUAL DE GESTÃO DE PROJETOS: Guia de referência do sistema

Leia mais

CADASTRO NACIONAL DE CONDENAÇÕES CÍVEIS POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA E INELEGIBILIDADE MANUAL DO USUÁRIO

CADASTRO NACIONAL DE CONDENAÇÕES CÍVEIS POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA E INELEGIBILIDADE MANUAL DO USUÁRIO CADASTRO NACIONAL DE CONDENAÇÕES CÍVEIS POR ATO DE IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA E INELEGIBILIDADE MANUAL DO USUÁRIO Sumário 1. Tela de login do Sistema de Controle de Acesso...3 2. Tela de seleção dos sistemas...4

Leia mais

DO CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS

DO CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS DECRETO Nº 4.073, DE 3 DE JANEIRO DE 2002 Regulamenta a Lei no 8.159, de 8 de janeiro de 1991, que dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso da

Leia mais

501121242 - ASSOCIACAO HUMANITARIA DOS BOMBEIROS VOLUNTARIOS VIMIOSO DATA TIPO DOC. NUMERO DOCUMENTO DETALHE VENC. DÉBITO CRÉDITO SALDO OBSERVAÇÕES

501121242 - ASSOCIACAO HUMANITARIA DOS BOMBEIROS VOLUNTARIOS VIMIOSO DATA TIPO DOC. NUMERO DOCUMENTO DETALHE VENC. DÉBITO CRÉDITO SALDO OBSERVAÇÕES CMV TIPO SELEÇÃO: Procura todos os docs de Despesa, Procura em Faturação de DE 2013/01/02 A 2013/12/31 2014/01/29 2013 1 ACUMULADOS ANT.... 2013/01/18 OPG 35 5.600,34 5.600,34 \TRANSFERENCIA CONFORME PROTOCOLO

Leia mais

3. Definições: Procedimento (POP) Unidade Organizacional (UO) Código: POP-STGARQ-001. Revisão: 03. Páginas 06. Data 19/04/2010

3. Definições: Procedimento (POP) Unidade Organizacional (UO) Código: POP-STGARQ-001. Revisão: 03. Páginas 06. Data 19/04/2010 : 1. Objetivo: Padronizar os procedimentos relacionados aos pedidos de arquivamento e desarquivamento dos autos processuais findos oriundos das Unidades Organizacionais (UO s) do TJ/AM Área-Fim. 2. Campo

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Atuar na manipulacao de substancias para composicao de formulas magistrais e fitoterapicas.

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Atuar na manipulacao de substancias para composicao de formulas magistrais e fitoterapicas. (s15h PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000055 - FARMACIA Nivel: Superior Area Profissional: 0014 - FARMACIA Area Atuacao: 0295 - MANIPULACAO FORMULAS/FARMACIA Atuar na manipulacao

Leia mais

LEI Nº 8.159, DE 8 DE JANEIRO DE 1991. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei:

LEI Nº 8.159, DE 8 DE JANEIRO DE 1991. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte lei: LEI Nº 8.159, DE 8 DE JANEIRO DE 1991 Dispõe sobre a Política Nacional de Arquivos Públicos e Privados e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o Congresso Nacional decreta e

Leia mais

o MINISTERIO PUBLICO FEDERAL, pelos Pracuradores da Republica

o MINISTERIO PUBLICO FEDERAL, pelos Pracuradores da Republica %~~1~j/ ~~~ 1.26.001.000163/2009-67, 1.26.006.000044/2010-06, 1.26.006.000033/2010-18, 1.26.006.000035/2010-15, 1.26.006.000009/2010-89 e outros. o, pelos Pracuradores da Republica signatarios, no exercicio

Leia mais

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2015

Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão Secretaria de Orçamento Federal. Ações Orçamentárias Integrantes da Lei Orçamentária para 2015 Programa 2104 - Programa de Gestão e Manutenção da Secretaria de Políticas para as Mulheres Número de Ações 8 Tipo: Operações Especiais 09HB - Contribuição da União, de suas Autarquias e Fundações para

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE

CONTROLE DE CONTEÚDO EXAME DE ORDEM OAB 1ª FASE 1 Teoria Geral da Constituição / Separação de Poderes 2 Direitos e deveres individuais e coletivos 3 Nacionalidade 4 Direitos políticos/ Partidos Políticos 5 Organização Político-Administrativa 6 Poder

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PORTO VELHO LEI COMPLEMENTAR Nº 550,DE 27 DE NOVEMBRO DE 2014. Dispõe sobre a reestruturação da Secretaria Municipal Extraordinária de Programas Especiais SEMEPE e dá outras providências. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE

Leia mais

Novas Atitudes. Novos. Estado Gestor

Novas Atitudes. Novos. Estado Gestor Novas Atitudes Paradigmas 1 Procedimentos Estado G t Gestor Instrumentos 2 Sociedade Estado Necessidades Expectativas P i id d Prioridades Recebe a Recebe a pauta Deve se Deve se empenhar para atender

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000571 - TECNOL.GESTAO FINANCEIRA Nivel: Superior Area Profissional: ECONOMIA Area de Atuacao: GESTAO FINANCEIRA/ECONOMIA Administrar os

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 032/2013

RESOLUÇÃO N. 032/2013 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA RESOLUÇÃO N. 032/2013 Dispõe sobre o estabelecimento/aplicação de critérios para avaliação de docentes com vistas a promoção e progressão na classe

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA GP N. 3, DE 20 DE ABRIL DE 2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA GP N. 3, DE 20 DE ABRIL DE 2015 TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 3ª REGIÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA GP N. 3, DE 20 DE ABRIL DE 2015 Regulamenta a distribuição e utilização de equipamentos de informática, no âmbito do Tribunal Regional do

Leia mais

Edital de Processo Seletivo Simplificado n 037 /2014.

Edital de Processo Seletivo Simplificado n 037 /2014. TÉCNICO EM GESTÃO DE PESSOAS - PSICÓLOGO TGP - P Edital de Processo Seletivo Simplificado n 037 /2014. Estabelece norma para seleção e contratação, em regime de designação temporária, de Técnicos em Gestão

Leia mais

PORTARIA Nº 64/2012. CONSIDERANDO a importância de criar critérios sólidos para balizar os investimentos em recursos informacionais;

PORTARIA Nº 64/2012. CONSIDERANDO a importância de criar critérios sólidos para balizar os investimentos em recursos informacionais; Publicação: 02/07/12 DJE: 29/06/12 (*) Republicação: 13/07/12 DJE: 12/07/12 PORTARIA Nº 64/2012 Estabelece normas para desenvolvimento e avaliação dos acervos das bibliotecas do Tribunal de Justiça do

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO PROVIMENTO Nº 1.743/2010 Estabelece normas e procedimentos para aplicação do Programa de Gestão de Documentos Arquivísticos do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. O CONSELHO SUPERIOR DA MAGISTRATURA,

Leia mais

FUNDOS ESPECIAIS FUNCOES CODIGO! NOME! LEGISLATIVA! JUDICIARIA! ESSENCIAL A JUSTICA! ADMINISTRACAO!!!!

FUNDOS ESPECIAIS FUNCOES CODIGO! NOME! LEGISLATIVA! JUDICIARIA! ESSENCIAL A JUSTICA! ADMINISTRACAO!!!! DEMONSTRATIVO DA DESPESA POR ORGAOS E ANEXO 9 DA LEI 4.320/64 11/02/2016 FOLHA: 1 CODIGO! NOME! LEGISLATIVA! JUDICIARIA! ESSENCIAL A JUSTICA! ADMINISTRACAO 02610 FUNDO ESP. DE MOD. DO CONT. EXT. DO 13.615.465,42

Leia mais

Código: MAP-DIPES-006 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013

Código: MAP-DIPES-006 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Código: MAP-DIPES-006 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Gerência de Cadastro e Remuneração Aprovado por: Diretoria de Gestão de Pessoas 1 OBJETIVO Este Manual define critérios e procedimentos

Leia mais

Manual do Sistema de Consulta ao Terminal de Autoatendimento

Manual do Sistema de Consulta ao Terminal de Autoatendimento Manual do Usuário Manual do Sistema de Consulta ao Terminal de Autoatendimento CONSPROCTAA Template Versão 1.1 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 Consulta por Numeração Única... 6 Consulta

Leia mais

CORREÇÂO - ESAF Concurso Público: Assistente Técnico-Administrativo - ATA - 2012 Provas 1 e 2 Gabarito 1 ARQUIVOLOGIA PROF.

CORREÇÂO - ESAF Concurso Público: Assistente Técnico-Administrativo - ATA - 2012 Provas 1 e 2 Gabarito 1 ARQUIVOLOGIA PROF. CORREÇÂO - ESAF Concurso Público: Assistente Técnico-Administrativo - ATA - 2012 Provas 1 e 2 Gabarito 1 ARQUIVOLOGIA PROF. RODRIGO BARBATI ARQUIVOLOGIA 21- São gêneros documentais encontrados nos arquivos,exceto:

Leia mais

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior - SERES Diretoria de Política Regulatória DPR Coordenação

Ministério da Educação - MEC Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior - SERES Diretoria de Política Regulatória DPR Coordenação Diretoria de Política Regulatória DPR Coordenação Geral de Legislação e Normas de Regulação e Supervisão da Educação Superior CGLNRS Constituição Federal Art. 6º, Capítulo III e art. 242 Legislação sobre

Leia mais

DESENVOLVIMENTO FUNCIONAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE PAPANDUVA

DESENVOLVIMENTO FUNCIONAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE PAPANDUVA DESENVOLVIMENTO FUNCIONAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DA CÂMARA MUNICIPAL DE PAPANDUVA (conforme dispõe a Resolução n. 001/2008, de 27 de junho de 2008) Grau de instrução¹ Da Gratificação por Grau de Instrução

Leia mais

E G R M I F S N P O U T V A L O R F D D E

E G R M I F S N P O U T V A L O R F D D E ORGAO : 38000 - MINISTERIO DO TRABALHO E EMPREGO UNIDADE : 38101 - MINISTERIO DO TRABALHO E EMPREGO ANEXO I PROGRAMA DE TRABALHO (SUPLEMENTACAO) RECURSOS DE TODAS AS FONTES - R$ 1, 00 FUNC. PROGRAMATICA

Leia mais

TOTAL - FISCAL 12.823.048 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 12.823.048

TOTAL - FISCAL 12.823.048 TOTAL - SEGURIDADE 0 TOTAL - GERAL 12.823.048 ORGAO : 14000 - JUSTICA ELEITORAL UNIDADE : 14101 - TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL 0570 GESTAO DO PROCESSO ELEITORAL 12.823.048 02 126 0570 2365 ATUALIZACAO E MANUTENCAO DO SISTEMA DE VOTACAO E APURACAO 02

Leia mais

Estudo Prévio de Impacto de Vizinhança EIV

Estudo Prévio de Impacto de Vizinhança EIV Prévio EIV ESTUDOS PARA A REGULAMENTAÇÃO DO EIV NO MUNICÍPIO DE CURITIBA APRESENTAÇÃO AO CONCITIBA 31.05.2012 Coordenação de Uso do Solo IPPUC Prévio Regulamentação IPPUC CONCITIBA 31.05.2012 SUMÁRIO O

Leia mais

RESOLUÇÃO 01/2015 - CONSELHO DEPARTAMENTAL

RESOLUÇÃO 01/2015 - CONSELHO DEPARTAMENTAL RESOLUÇÃO 01/2015 - CONSELHO DEPARTAMENTAL Regulamenta a digitalização do Acervo Documental da Faculdade de Direito do Recife. O Conselho Departamental do Centro de Ciências Jurídicas da Universidade Federal

Leia mais

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS

Estado: ESPIRITO SANTO RESPONSABILIDADES GERAIS DA GESTAO DO SUS PLANILHA DE PACTUAÇÃO DAS - TCG Data da Validação: 31/03/2010 Data da Homologação: 12/04/2010 Revisão Nº:001 Pedido de Revisão: 30/03/2010 Portaria: 2.846 Data da Publicação: 25/11/2008 Estado: ESPIRITO

Leia mais

ARQUIVOLOGIA PADRÃO DE RESPOSTA. O candidato deverá apresentar os seguintes elementos na construção das idéias:

ARQUIVOLOGIA PADRÃO DE RESPOSTA. O candidato deverá apresentar os seguintes elementos na construção das idéias: QUESTÃO n o 1 O candidato deverá apresentar os seguintes elementos na construção das idéias: Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se a inviolabilidade

Leia mais

DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO

DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO Caderno Administrativo DIÁRIO ELETRÔNICO DA JUSTIÇA DO TRABALHO PODER JUDICIÁRIO REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Nº1850/2015 Data da disponibilização: Segunda-feira, 09 de Novembro de 2015. Desembargadora

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO PLANO DE AUDITORIA DE LONGO PRAZO (PALP) 2015-2018 Sumário: 1 INTRODUÇÃO... 4 2 AUDITORIAS DE CONFORMIDADE (OU DE REGULARIDADE)... 5 2.1 Atos de nomeação e admissão, respectivamente, para cargos efetivos

Leia mais

ISS ARRENDAMENTO MERCANTIL FINANCEIRO LOCAL DA INCIDÊNCIA DO TRIBUTO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA (RECURSO ESPECIAL 1.060.210-SC)

ISS ARRENDAMENTO MERCANTIL FINANCEIRO LOCAL DA INCIDÊNCIA DO TRIBUTO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA (RECURSO ESPECIAL 1.060.210-SC) ISS ARRENDAMENTO MERCANTIL FINANCEIRO LOCAL DA INCIDÊNCIA DO TRIBUTO SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA (RECURSO ESPECIAL 1.060.210-SC) José Eduardo Soares de Melo 12.09.13 I. ARRENDAMENTO MERCANTIL FINANCEIRO.

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO

TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO RESOLUÇÃO Nº 916/15 Altera a estrutura orgânica do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro e a lotação dos cargos em comissão e das funções comissionadas.

Leia mais

Resolução nº 126 do Conselho Nacional de Justiça, de 22 de fevereiro de 2011

Resolução nº 126 do Conselho Nacional de Justiça, de 22 de fevereiro de 2011 Resolução nº 126 do Conselho Nacional de Justiça, de 22 de fevereiro de 2011 Dispõe sobre o Plano Nacional de Capacitação Judicial de magistrados e servidores do Poder Judiciário (Publicada no DJ-e nº

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 000025 - COMUNICACAO SOCIAL - RELACOES PUBLICAS Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0113 - REL.PUBLICAS/COMUNICACAO

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA REGULAMENTO DO NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA Dispõe sobre normas para realização do estágio de prática jurídica, componente curricular obrigatório dos Cursos de Direito. Do Núcleo de Prática Jurídica Art.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº XXX, DE XXX DE XXXXX DE 2015. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA (CNJ), no uso de suas atribuições legais e regimentais,

RESOLUÇÃO Nº XXX, DE XXX DE XXXXX DE 2015. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA (CNJ), no uso de suas atribuições legais e regimentais, RESOLUÇÃO Nº XXX, DE XXX DE XXXXX DE 2015 Regulamenta o teletrabalho no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA (CNJ), no uso de suas atribuições

Leia mais

COMO ENVIAR AS CONTRIBUIÇÕES?

COMO ENVIAR AS CONTRIBUIÇÕES? FORMULÁRIO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÃO AO APERFEIÇOAMENTO DO TEXTO DA PROPOSTA DE PROJETO DE LEI QUE ALTERA, REVOGA E ACRESCE DISPOSITIVOS DÀ LEI Nº 8.159, DE 1991, QUE DISPÕE SOBRE A POLÍTICA NACIONAL

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001616 - TECNOLOGIA EM FOTOGRAFIA E IMAGEM Nivel: Superior Area Profissional: 0006 - COMUNICACAO Area de Atuacao: 0110 - EDITORACAO/COMUNICACAO

Leia mais

Apresentação dos Requisitos Do Edital Inmetro nº 01/2011

Apresentação dos Requisitos Do Edital Inmetro nº 01/2011 Apresentação dos Requisitos Do Edital Inmetro nº 01/2011 Anexo B Especificações do simulador Eduardo Lopes Pesquisador-Tecnologista em Metrologia e Qualidade Objetivos Apresentar o simulador de pista com

Leia mais

Art. 1º Fica aprovado, na forma do Anexo, o Regimento Interno do Conselho Nacional de Arquivos - CONARQ. JOSÉ EDUARDO CARDOZO ANEXO

Art. 1º Fica aprovado, na forma do Anexo, o Regimento Interno do Conselho Nacional de Arquivos - CONARQ. JOSÉ EDUARDO CARDOZO ANEXO PORTARIA Nº 2.588, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2011 Aprova o Regimento Interno do Conselho Nacional de Arquivos O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA, no uso de suas atribuições previstas nos incisos I e II do parágrafo

Leia mais

Professora de Direito da FTEC - Novo Hamburgo/RS. Assessora Jurídica do PRÓ-SINOS.

Professora de Direito da FTEC - Novo Hamburgo/RS. Assessora Jurídica do PRÓ-SINOS. Orientação sobre a constituição dos Conselhos Municipais de Saneamento Básico para os municípios integrantes do Consórcio PRÓ-SINOS. O Controle Social no Saneamento Básico: constituição dos conselhos municipais,

Leia mais

Eduardo Tanaka. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br

Eduardo Tanaka. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações www.iesde.com.br Eduardo Tanaka Pós-graduado em Direito Constitucional. Bacharel em Direito pela Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Graduado em Odontologia pela USP. Auditor

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001844 - TECNOLOGIA EM ANALISE E DESENVOLV.DE SISTEMAS Nivel: Superior Area Profissional: 0018 - INFORMATICA Area de Atuacao: 0021 - OPERACAO

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS AULA 11

LISTA DE EXERCÍCIOS AULA 11 LISTA DE EXERCÍCIOS AULA 11 1. (CESPE / TRE GO / 2009 - adaptada) A teoria das três idades é aquela que afirma que os documentos passam por diferentes fases, determinadas, por um lado, pela frequência

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 158 /2014-TCE/AP

RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 158 /2014-TCE/AP RESOLUÇÃO NORMATIVA Nº 158 /2014-TCE/AP Dispõe sobre atividade da Revista do Tribunal de Contas do Estado do Amapá, normas e procedimentos gerais para admissão, seleção e publicação de trabalhos no periódico,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 114, DE 17 DE ABRIL DE 2013

RESOLUÇÃO Nº 114, DE 17 DE ABRIL DE 2013 RESOLUÇÃO Nº 114, DE 17 DE ABRIL DE 2013 Dispõe sobre a concessão de licença para afastamento de magistrados para fins de aperfeiçoamento profissional. O, de acordo com o disposto no artigo 234, inciso

Leia mais

Setor social associação

Setor social associação Setor social associação Administração Pública Iniciativa Privada Autarquia Fundação Dir. Público Consórcio Dir. Público Consórcio Dir.Privado Empresa Dependente Empresa Pública Soc. Economia Mista Organização

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa DECRETO N 45.264, DE 24 DE SETEMBRO DE 2007. (publicado no DOE nº 182, de 25 de setembro de 2007) Abre créditos suplementares

Leia mais

DELIBERAÇÃO JUCERJA N.º 79, DE 04 DE DEZEMBRO DE 2014.

DELIBERAÇÃO JUCERJA N.º 79, DE 04 DE DEZEMBRO DE 2014. DELIBERAÇÃO JUCERJA N.º 79, DE 04 DE DEZEMBRO DE 2014. FIXA OS VALORES DOS EMOLUMENTOS DA JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO JUCERJA, PARA O EXERCÍCIO DE 2015. O PLENÁRIO DA JUNTA COMERCIAL DO

Leia mais