AVALIAÇÃO DA IMPLANTAÇÃO DE GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS NO PROCESSO DE PROJETO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AVALIAÇÃO DA IMPLANTAÇÃO DE GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS NO PROCESSO DE PROJETO"

Transcrição

1 AVALIAÇÃO DA IMPLANTAÇÃO DE GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS NO PROCESSO DE PROJETO André Carneiro GIANDON M.Sc.,Eng., PPGCC/UFPR. Programa de Pós-graduação em Construção Civil da Universidade Federal do Paraná. Centro Politécnico da UFPR, CxP , CEP , Curitiba (Pr) Brasil. Correio eletrônico: Ricardo MENDES JUNIOR DEng.,Eng., PPGCC/UFPR. Correio eletrônico: Sérgio SCHEER DSc.,Eng., PPGCC/UFPR. Correio eletrônico: RESUMO O artigo apresenta resultados de uma dissertação de mestrado sobre o uso de Gerenciamento Eletrônico de Documentos (GED) no processo de projeto de edifícios. No estudo de caso, a ferramenta de GED foi avaliada através do um método de avaliação de sucesso na implantação de sistemas de informações gerenciais, que prioriza o aspecto das expectativas e percepções dos usuários. 1. INTRODUÇÃO A execução de um empreendimento da construção está fundamentada em documentos técnicos produzidos pela equipe de projetos, durante o detalhamento dos desenhos ou outros documentos, a coordenação das mudanças torna-se um grande desafio frente a enorme quantidade de informações manipuladas nos projetos (Mokhtar; Bedard; Fazio, 1998). Se não existirem procedimentos de elaboração, que possam registrar e revisar os desenhos do projeto, os erros são inevitáveis, e têm como conseqüência um aumento no tempo necessário para a conclusão das etapas do processo de projeto (Schmitt, 1998). Apesar do crescente uso de computador nas empresas do setor, o processo de projeto de edifícios é gerenciado de forma amadora frente aos inúmeros recursos disponíveis. A maioria dos gerentes de projetos, embora empreguem amplamente programas computadorizados, continuam pensando e trabalhando manualmente (Schmitt, 1998). Os sistemas de Gerenciamento Eletrônico de Documentos (GED) podem ser definidos como um conjunto de métodos, técnicas e ferramentas que tem como objetivo gerenciar o ciclo de vida dos documentos de uma organização (criação aprovação, revisão, processamento e arquivamento), além de agilizar a pesquisa e distribuição, com garantia do sigilo e segurança no acesso dos arquivos (Miranda, Duarte, 1999). Este trabalho apresenta um estudo de caso onde foi utilizada uma ferramenta GED no processo de projetos de edifícios, numa empresa construtora e incorporadora de pequeno porte (Giandon, 2002). A avaliação do desempenho no uso do sistema foi realizada com um método de avaliação de sucesso na implantação de sistemas de informações gerenciais, que prioriza as expectativas e percepções dos usuários, adaptados de Abreu (1999, apud Seleme, 2000).

2 2. IMPORTÃNCIA DO DOCUMENTO NO PROCESSO DE PROJETO O projeto é a atividade ou serviço do processo de produção, responsável pelo desenvolvimento, organização, registro e transmissão das características físicas e tecnológicas especificadas para uma obra, a serem consideradas na fase de execução (Melhado, 1994 apud Novaes, 1996). Novaes (1996) cita que o projeto é considerado a documentação gráfico-descritiva utilizada na execução da edificação. O projeto é, portanto, o processo de preparação dos documentos mediante o qual são definidos, quantificados, qualificados e transmitidos os objetivos do processo construtivo de cada edifício (Schmitt, 1998). A execução de um empreendimento da construção está fundamentada em documentos técnicos produzidos pela equipe de projetos, durante o detalhamento dos desenhos ou outros documentos, a coordenação das mudanças torna-se um grande desafio frente a enorme quantidade de informações manipuladas nos projetos (Mokhtar; Bedard; Fazio, 1998). Entretanto, a documentação de obras da maioria das empresas atuantes no mercado brasileiro, geralmente é tratada de forma precária, sem política estabelecida, ficando o gerenciamento a critério do engenheiro da obra (Schmitt, 1998). Em geral, os erros de projetos são percebidos somente durante a execução dos empreendimentos, e resultam em pedidos de alterações, disputas contratuais, aumento de custos, comprometimento da qualidade, frustrações e insatisfação do cliente (Mokhtar; Bedard; Fazio, 1998). 3. DEFINIÇÃO DE WORKFLOW Algumas ferramentas de GED possuem no sistema uma ferramenta de workflow. Tipicamente o workflow separa o trabalho em tarefas bem definidas, regras e procedimentos que controlam boa parte do trabalho de produção ou do escritório (Mentzas; Halaris; Kavadias, 2001). Este sistema estabelece funcionalidades de ativação, rastreamento, monitoramento de status, mensagens e fluxos de documento (Zantout; Marir, 1999). É usado para controlar a aprovação e distribuição das tarefas do ciclo de vida dos documentos, transmitindo eletronicamente tarefas e documentos para os desktops dos trabalhadores. É um exemplo de tecnologia puxada em que a informação é automaticamente disponibilizada para o usuário sem sua intervenção (Zantout; Marir, 1999). 4. GERENCIAMENTO DE DOCUMENTOS TÉCNICOS Os sistemas de gerenciamento de documentos técnicos ou documentos de engenharia (EDMS - Engineering Document Management Systems) nada mais são que sistemas GED, com algumas funcionalidades adicionais. Tais funcionalidades devem ser avaliadas, caso a caso, antes da escolha de um sistema para o gerenciamento dos documentos do processo de projeto, de acordo com as necessidades dos envolvidos. Quando à temporalidade, normalmente, documentos possuem ciclos de vida bem definidos, contudo, para os documentos de engenharia esta consideração nem sempre representa a realidade. Song, Clayton e Johnson (2002) ressaltam a necessidade de informações de projeto durante o uso de um edifício. Vidogah e Ndekugri (1998), acrescentam que para o atendimento a uma reclamação de clientes informações vitais podem ter sido geradas ainda na fase de projetos. Em relação ao seu tamanho, as plantas de projetos normalmente são maiores que o tradicional A4. Assim, o sistema deve ter capacidade de visualizar um documento deste tamanho (Baldam, Valle, Cavalcanti, 2002). Em geral estes documentos ocupam um grande espaço em disco de armazenamento e são bastante problemáticos nas operações de download e upload (Björk, 2002). Sempre poderá surgir uma necessidade de revisar o documento de engenharia (Baldam, Valle, Cavalcanti, 2002). Pode existir ainda a necessidade do gerenciamento de documentos externos

3 da organização que sofrem revisões, uma grande empreiteira, por exemplo, depende de informações de sub contratados de outras organizações (Vidogah, Ndekugri, 1998). Pode ser necessário integrar o GED com outros sistemas como sistemas de planejamento, orçamento, suprimentos e outros (Baldam, Valle, Cavalcanti, 2002). E ainda, analisando o fluxo das informações da construção, fica claro que cada função da organização depende de informações geradas por outras funções, algumas vezes externas à organização (Vidogah; Ndekugri, 1998). Também é preciso considerar que quando o documento é desenvolvido em papel, notas e comentários podem ser anotados nas plantas. Isto facilita a localização de correções solicitadas quando se pode consultar uma versão anterior. Assim, nos documentos eletrônicos, pode ser interessante uma ferramenta de comparação de documentos em diferentes versões (Baldam, Valle, Cavalcanti, 2002). E ainda, pode ser importante a realização de notas ou indicações sem alterar o original, devendo ser possível mesmo que o usuário não possua um sistema CAD instalado em sua máquina (Björk, 2002). Deve ser considerado que se evite que o documento impresso possua um índice de versão diferente do apresentado no documento eletrônico, é necessário que os dados documento estejam integrados aos dados do banco de dados de indexação (Baldam, Valle, Cavalcanti, 2002). Quanto à interface de pesquisa, esta deve estar tão próxima quanto possível da prática corrente do usuário, assim as estruturas hierárquicas como o arquivamento em pastas e sub-pastas devem ser usadas. Contudo o sistema deve possuir outros mecanismos avançados de pesquisa (Björk, 2002). 5. ESTUDO DE CASO Na empresa estudo de caso, os documentos de projetos são enquadrados no procedimento da qualidade para controle de documentos externos, por serem desenvolvidos como serviços terceirizados. Contudo, o procedimento não possui regras claras sobre o gerenciamento operacional dos documentos (como exemplo, a nomenclatura dos arquivos, ou pasta de armazenamento). Pode-se dizer que se estabelece o que se deve fazer, mas não o como. Os desenhos de projetos são enviados pelo projetista para a construtora por correio eletrônico ( ). O engenheiro solicita impressões, e, após receber as plantas impressas da copiadora, registra as cópias e as distribui nos departamentos da empresa e na obra. O sistema de GED com workflow foi utilizado para gerenciar uma aprovação de documentos desenvolvidos em ferramentas CAD e em editores de texto. Para a avaliação das expectativas do usuário em relação ao sucesso no uso do sistema GED foram realizadas entrevistas, e aplicados questionários, para (a) avaliar o sistema tradicional de gerenciamento dos documentos de projeto, (b) avaliar a competência de projeto (projeto de software), (c) avaliar a competência de implantação e (d) medidas de implantação de sucesso. A maioria das questões são objetivas, e com uma escala para resposta variando entre (1) e (7). 5.1 Avaliação da Competência de Projeto A avaliação mostrou que o sistema é importante para o departamento (6) e para o uso pessoal (5). A probabilidade do sistema tenha sucesso é mediana (4), mesmo considerando que o departamento de Sistemas de Informação da empresa não possua habilidades para manter e apoiar o sistema (1). A empresa possui os recursos físicos exigidos e os funcionários possuem tempo suficiente para seu uso (5), a disponibilidade de funcionários e de tecnologia também é considerada altamente viável (6), e a disponibilidade de orçamento e a compreensão dos funcionários é aceitável (4). 5.2 Avaliação de Competência de Implementação Uma avaliação geral dos números da pesquisa mostra resultados favoráveis à competência de implementação do projeto. O usuário foi muito informado (7) sobre a implementação do sistema,

4 mas ressaltou que poderia estar mais bem informado sobre o que o sistema poderia fazer (6). O usuário não teve acesso aos documentos do sistema (manuais, folhetos ou outros recursos). Mas considerou que o treinamento recebido o ajudou muito para a utilização (7). O apoio da alta administração para a implementação do sistema foi mediano (4), da mesma forma como é este apoio em relação a outros projetos de sistemas (4). O usuário participou extensivamente na implementação do sistema (7). Teve participação muito alta para determinar as necessidades do sistema (7), para determinar o conteúdo dos dados produzidos pelo sistema (7) e para definir as funções a serem executadas (7). 5.3 Medidas de Implementação de Sucesso O usuário espera continuar o uso do sistema (em menos de um mês), embora não tenha obrigação de usá-lo (no prazo de um ano). Pretende continuar usando o sistema no próximo ano (7) e pretende aumentar o uso (6), embora não tenha a obrigação de aumentar o uso do sistema no próximo ano (5). CONSIDERAÇÕES FINAIS Na empresa estudo de caso, os documentos de projetos ou comunicados eram compartilhados entre os envolvidos por correio eletrônico, com pouco procedimento explicitado. As alterações de projetos eram solicitadas aos projetistas por telefone, , ou através de anotações realizadas nas plantas impressas durante reuniões com projetistas. O gerenciamento dos documentos de projetos depende, portanto, essencialmente das ações dos usuários. Desta forma, várias falhas podem ocorrer no fluxo das informações do projeto. Quando se prepara um , existe a possibilidade do projetista anexar o documento errado. O engenheiro recebe a mensagem ( ), com um assunto nem sempre específico o bastante de forma a permitir que se identifique qual é o documento recebido, sendo que em muitos casos, é necessário abrir o documento. Existe ainda a possibilidade do engenheiro salvar o documento em uma pasta qualquer, isso pode prejudicar a eficácia uma consulta futura. Pode-se ainda usar um nome para salvar o documento diferente daquele usado pelo projetista, dificultando a comunicação entre os envolvidos no projeto. O estudo mostra um o processo de projeto pouco estruturado, onde não foi identificado um controle efetivo sobre os prazos e confiabilidade na realização das tarefas. Após o uso do GED e workflow, as percepções e expectativas do usuário mostram uma avaliação bastante favorável ao uso do sistema. O usuário avaliou que uso poderia ser continuado imediatamente, com expectativa de aumentar o uso, mesmo não tendo esta obrigação. Isto mostra que o processo de projeto, para situações similares à realidade da empresa deste estudo, pode ser modelado para o uso do gerenciamento eletrônico dos documentos. Segundo as entrevistas do estudo, o GED aumenta a confiabilidade do sistema, uma vez que o documento pode ser encontrado novamente, e sempre o usuário acessará no sistema uma versão eletrônica atual do documento, ou será informado caso este se encontre em revisão. O uso de documentos eletrônicos, em alguns casos, pode estar associado a menores custos de impressão, embora esta seja uma ampla discussão que merece um cuidado especial. As vantagens e desvantagens de usar documentos em papel precisam ser avaliadas. Para plantas de edifícios, é freqüente a argumentação da facilidade de visualização do documento em papel, como foi confirmado nas entrevistas. Além desta condição desfavorável, o usuário citou a dificuldade de comunicação entre sistemas de empresas diferentes, bem como a resistência dos usuários em relação às mudanças. Este foi o primeiro trabalho de pesquisa GED realizado no PPGCC/UFPR. Outros estudos neste e outros temas do uso de Tecnologia da Informação e Comunicação no gerenciamento de empreendimentos via Internet estão em andamento (

5 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BALDAM, R.,VALLE, R., CAVALCANTI, M. GED: gerenciamento eletrônico de documentos. São Paulo: Ércia, 2002, 204p. BJÖRK, B. The Impact of Electronic Document Management on Construction Information Management. International Council for Research and Inovation in Building and Constrtuction CIB w78 conference. Procedings , pp MIRANDA, P.; DUARTE, D. Sistemas Gerenciadores de Documentos, uma base para Knowledge Management. 2º Seminário Internacional de Gestão do Conhecimento/Gestão de Documentos. ANAIS...Curitiba, dezembro, ELORANTA, E.; HAMERI, A.; LAHTI, M. Improved Project Management through Improved Document Management. Computers in industry. 2001, p GIANDON, A.C. Contribuições do Gerenciamento Eletrônico de Documentos para o Processo de Projeto de Edificações. Curitiba, Dissertação (Mestrado em Construção Civil) Programa de Pós-Graduação em Construção Civil, Universidade Federal do Paraná. HAJJAR, D.; ABOURIZK, S.M. Integrating Document Management with Project and Company Data. Journal of Computing in Civil Engineering. vol. 14, n. 1, January, p MENTZAS,G., HALARIS, C.,KAVADIAS,S. Modelling Business Process with Workflow Systems: an evaluatin of altenative aproches. International Journal of Information Management, Pergamon, 21, (2), 2001 pp MOKHTAR, A.; BEDARD, C.; FAZIO, P. Information Model for Managing Design Changes in a Collaborative Environment. Journal of Computing in Civil Engineering, ASCE, 12 (2), pp NOVAES, C. C. Diretrizes para Garantia da Qualidade do Projeto na Produção de Edifícios Habitacionais. São Paulo, f. Tese (Doutorado em Engenharia) Programa de Pós- Graduação em Engenharia, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. on-line, acesso em agosto 2002, PICORAL, R. Método de Gerência de Documento, uma Contribuição na Atividade de Coordenação de Projetos. IX Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído. ANAIS...Foz do Iguaçú, 2002, pp SCHMITT, C. M. Por um Modelo Integrado de Sistema do Informações para a Documentação de Projetos de Edificação da Indústria da Construção Civil. Porto Alegre, f. Tese (Doutorado em Administração) Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. SELEME, R. Modelo de Implantação de Sistema de Informação Gerencial com Monitoramento e Feedback Contínuo Aplicado na Construção Civil. Florianópolis, 2000, 118 f. Dissertação (Mestrado em Produção e Sistemas) Programa de Pós-Graduação em Engenharia da Produção, Universidade Federal de Santa Catarina. SONG, Y., CLAYTON, M.J., JOHNSON, R.E.. Anticipating reuse: documenting buildings for operations using web technology. Automation in Construction. Vol. 11, n.2, 2002, pp VIDOGAH, W., NDEKUGRI, I. A review of the role of information technology in construction claims management. Computers in Industry. vol 35, n , pp

6 ZANTOUT,H.; MARIR, F. Document Management Systems from Current Capabilities towards Intelligent Information Retrieval: an overview. International Journal of Information Management. Pergamon, 19, (6). 1999, pp

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS NO PROCESSO DE PROJETOS DE EDIFÍCIOS

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS NO PROCESSO DE PROJETOS DE EDIFÍCIOS GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS NO PROCESSO DE PROJETOS DE EDIFÍCIOS André Carneiro GIANDON Eng., Esp., Mestrando PPGEC/UFPR. Universidade Federal do Paraná, Programa de Pós-graduação em Construção

Leia mais

gestão eletrônica do sistema da qualidade: uma ferramenta para o Coordenador da Qualidade A gestão eletrônica QUALIDADE QUALIDADE PROJETOS SAC

gestão eletrônica do sistema da qualidade: uma ferramenta para o Coordenador da Qualidade A gestão eletrônica QUALIDADE QUALIDADE PROJETOS SAC TECNOLOGIA WEB QUALIDADE SAC 1 QUALIDADE A gestão eletrônica gestão eletrônica do sistema da qualidade: uma ferramenta para o Coordenador da 2 1 Apresentação do Sistema O AUTODOC é um software para Web

Leia mais

Tecnologias de GED Simone de Abreu

Tecnologias de GED Simone de Abreu Tecnologias de GED Simone de Abreu A rapidez na localização da informação contida no documento é hoje a prioridade das empresas e organizações, já que 95% das informações relevantes para o processo de

Leia mais

COORDENAÇÃO DE PROJETOS - ESTUDO COMPARATIVO ENTRE PROCEDIMENTOS DE GERÊNCIA DE DOCUMENTOS: SISTEMA CONVENCIONAL X SISTEMA EXTRANET

COORDENAÇÃO DE PROJETOS - ESTUDO COMPARATIVO ENTRE PROCEDIMENTOS DE GERÊNCIA DE DOCUMENTOS: SISTEMA CONVENCIONAL X SISTEMA EXTRANET COORDENAÇÃO DE PROJETOS - ESTUDO COMPARATIVO ENTRE PROCEDIMENTOS DE GERÊNCIA DE DOCUMENTOS: SISTEMA CONVENCIONAL X SISTEMA EXTRANET Rosana PICORAL M.Sc. PROPAR/UFRGS, Arq., Prof. da FAU/PUCRS e FENG/PUCRS.

Leia mais

Gerenciamento Eletrônico de Documentos. Resumo. Palavras-chave. Summary. Word-key

Gerenciamento Eletrônico de Documentos. Resumo. Palavras-chave. Summary. Word-key Gerenciamento Eletrônico de Documentos Alexandra Holanda Jaber 1 Marina Vaz Cunha da Silva 1 Rogério Rodrigues de Andrade 1 Pedro Nogueira de Souza 1 Resumo O GED é um Sistema desenvolvido para agilizar

Leia mais

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: 10.793.118/0001-78 Projeto T2Ti ERP. Módulo Suprimentos. Gestão de Contratos

T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: 10.793.118/0001-78 Projeto T2Ti ERP. Módulo Suprimentos. Gestão de Contratos Módulo Suprimentos Gestão de Contratos Objetivo O objetivo deste artigo é dar uma visão geral sobre o Módulo Suprimentos Gestão de Contratos. Todas informações aqui disponibilizadas foram retiradas no

Leia mais

Integração de Projetos na Fase de Engenharia

Integração de Projetos na Fase de Engenharia 1 Instituto de Educação Tecnológica Pós-graduação MBA Gestão de Projetos Turma 19 20 de Dezembro 2014 Integração de Projetos na Fase de Engenharia Josie de Fátima Alves Almeida Engenheira Civil josiealmeida@bol.com.br

Leia mais

Gerenciamento do ciclo de vida de um documento Simone de Abreu

Gerenciamento do ciclo de vida de um documento Simone de Abreu Gerenciamento do ciclo de vida de um documento Simone de Abreu É o gerenciamento do ciclo de vida de todos os registros, em todos os tipos de mídia, desde a criação até a destruição ou arquivo permanente.

Leia mais

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831

Rational Quality Manager. Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 Rational Quality Manager Nome: Raphael Castellano Campus: AKXE Matrícula: 200601124831 1 Informações Gerais Informações Gerais sobre o RQM http://www-01.ibm.com/software/awdtools/rqm/ Link para o RQM https://rqmtreina.mvrec.local:9443/jazz/web/console

Leia mais

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E DIAGRAMA DE FLUXO DE DADOS

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E DIAGRAMA DE FLUXO DE DADOS ALGUMAS CONSIDERAÇÕES SOBRE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E DIAGRAMA DE FLUXO DE DADOS Maria Vitória Marim Ferraz Pinto da SILVA Eng., Mestranda pela Universidade Federal de São Carlos. Rodovia Washington Luiz,

Leia mais

O e-docs foi testado e homologado pela Microsoft via certificadora internacional Verisign.

O e-docs foi testado e homologado pela Microsoft via certificadora internacional Verisign. O e-docs Uma ferramenta com interface intuitiva, simples e dinâmica para você que necessita: Centralizar e estruturar o conhecimento corporativo. Manter a flexibilidade necessária para a colaboração. Permite

Leia mais

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE

PROCEDIMENTO DA QUALIDADE Pág.: 1 de 6 1. OBJETIVO Realizar o gerenciamento dos projetos desde o seu planejamento, desenvolvimento, recebimento, análise crítica, controle e distribuição nas obras. 2. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Manual

Leia mais

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas.

ERP é um sistema de gestão empresarial que gerencia as informações relativas aos processos operacionais, administrativos e gerenciais das empresas. Introdução Sistemas de Informação é a expressão utilizada para descrever um Sistema seja ele automatizado (que pode ser denominado como Sistema Informacional Computadorizado), ou seja manual, que abrange

Leia mais

Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web

Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web Resumo. Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web Autor: Danilo Humberto Dias Santos Orientador: Walteno Martins Parreira Júnior Bacharelado em Engenharia da Computação

Leia mais

Gerenciamento de Arquivos no mercado AEC utilizando o Autodesk Vault + Buzzsaw

Gerenciamento de Arquivos no mercado AEC utilizando o Autodesk Vault + Buzzsaw Gerenciamento de Arquivos no mercado AEC utilizando o Autodesk Vault + Buzzsaw Tiago Marçal Ricotta Brasoftware / quattrod O Autodesk Vault organiza, gerencia e rastreia os processos de criação de dados,

Leia mais

Governança de T.I. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com

Governança de T.I. Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Governança de T.I Professor: Ernesto Junior E-mail: egpjunior@gmail.com Information Technology Infrastructure Library ITIL ITIL é um acrônimo de Information Technology Infraestruture Library. Criado em

Leia mais

Declaração de Escopo

Declaração de Escopo 1/9 Elaborado por: Adriano Marra, Bruno Mota, Bruno Leite, Janaina Versão: 1.4 Lima, Joao Augusto, Paulo Takagi, Ricardo Reis. Aprovado por: Porfírio Carlos Roberto Junior 24/08/2010 Time da Equipe de

Leia mais

Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software

Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software. Requisitos de Software INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE Curso Técnico em Informática ENGENHARIA DE SOFTWARE Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Clayton Maciel Costa

Leia mais

Sistemas de Informação

Sistemas de Informação Sistemas de Informação Segurança da Informação Norma: ISO/IEC NBR 27001 e ISO/IEC NBR 27002 Norma: ISO/IEC NBR 27001 e ISO/IEC NBR 27002 Histórico O BSi (British Standard Institute) criou a norma BS 7799,

Leia mais

GERENCIAL SEPLAG CARTILHA AGENDA. Sumário

GERENCIAL SEPLAG CARTILHA AGENDA. Sumário CARTILHA AGENDA GERENCIAL SEPLAG 2012 Sumário 1. A Agenda Gerencial 2. Como Utilizar 3. Criação de Usuário 4. Criando um Projeto 5. Criando uma meta: 6. Criando uma Tarefa 7. Calendário 8. Mensagens ou

Leia mais

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Planejamento e Gerenciamento

Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE. Planejamento e Gerenciamento Ciência da Computação ENGENHARIA DE SOFTWARE Planejamento e Gerenciamento Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Roteiro Introdução; Pessoas, Produto, Processo e Projeto; Gerência de

Leia mais

PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O PLANEJAMENTO DE TRANSPORTE DE PRODUTOS ENTRE UMA FÁBRICA E SEUS CENTROS DE DISTRIBUIÇÃO

PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O PLANEJAMENTO DE TRANSPORTE DE PRODUTOS ENTRE UMA FÁBRICA E SEUS CENTROS DE DISTRIBUIÇÃO PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O PLANEJAMENTO DE TRANSPORTE DE PRODUTOS ENTRE UMA FÁBRICA E SEUS CENTROS DE DISTRIBUIÇÃO Umberto Sales Mazzei Bruno Vieira Bertoncini PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O PLANEJAMENTO

Leia mais

Introdução ao GED Simone de Abreu

Introdução ao GED Simone de Abreu Introdução ao GED Simone de Abreu GED O que é isso? O conhecimento teve, ao longo da história, diferentes significados e funções. No tempo das cavernas nossos antepassados transmitiam aos seus descendentes

Leia mais

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br 2 A Biblioteca ITIL: Information Technology Infrastructure Library v2 Fornece um conjunto amplo,

Leia mais

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS Aulas : Terças e Quintas Horário: AB Noite [18:30 20:20hs] PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS 1 Conteúdo O que Rede? Conceito; Como Surgiu? Objetivo; Evolução Tipos de

Leia mais

Gestão da comunicação para projetos na área da construção civil

Gestão da comunicação para projetos na área da construção civil Gestão da comunicação para projetos na área da construção civil Objetivo Desenvolver um mecanismo para gestão da comunicação entre os clientes e executores de projetos na área da construção civil. Objetivos

Leia mais

Nome da Empresa Sistema digitalizado no almoxarifado do EMI

Nome da Empresa Sistema digitalizado no almoxarifado do EMI Nome da Empresa Documento Visão Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 23/02/2015 1.0 Início do projeto Anderson, Eduardo, Jessica, Sabrina, Samuel 25/02/2015 1.1 Correções Anderson e Eduardo

Leia mais

Qualidade de Software

Qualidade de Software Rafael D. Ribeiro, M.Sc. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br A expressão ISO 9000 (International Organization for Standardization) designa um grupo de normas técnicas que estabelecem

Leia mais

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS

MANUAL DE CONTROLES INTERNOS POLÍTICAS CORPORATIVAS 8 - Política de segurança da informação 8.1 Introdução A informação é um ativo que possui grande valor para a COOPERFEMSA, devendo ser adequadamente utilizada e protegida contra ameaças e riscos. A adoção

Leia mais

Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia. Estudo de Caso (Benefícios do GED) Demonstração Prática de Uso de GED (SAPROD)

Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia. Estudo de Caso (Benefícios do GED) Demonstração Prática de Uso de GED (SAPROD) Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia Estudo de Caso (Benefícios do GED) Demonstração Prática de Uso de GED (SAPROD) Gerenciamento Eletrônico de Documentos de Engenharia Estudo de Caso (Benefícios

Leia mais

QUALIFICAÇÃO DAS EMPRESAS DE PROJETO DE ARQUITETURA

QUALIFICAÇÃO DAS EMPRESAS DE PROJETO DE ARQUITETURA QUALIFICAÇÃO DAS EMPRESAS DE PROJETO DE ARQUITETURA Silvio Burrattino MELHADO Engenheiro Civil, Professor da Escola Politécnica da USP. Av. Prof. Almeida Prado, travessa 2, n 271, CEP 05508-900 São Paulo

Leia mais

ATIVIDADES PARA A INCORPORAÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICO- HOSPITALARES Ênfase em software/firmware

ATIVIDADES PARA A INCORPORAÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICO- HOSPITALARES Ênfase em software/firmware ATIVIDADES PARA A INCORPORAÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICO- HOSPITALARES Ênfase em software/firmware firmware Saide Jorge Calil Centro de Engenhara Biomédica Departamento de Engenharia Biomédica Faculdade de

Leia mais

A ATIVIDADE DE PROJETO DIRECIONADA À RACIONALIZAÇÃO CONSTRUTIVA

A ATIVIDADE DE PROJETO DIRECIONADA À RACIONALIZAÇÃO CONSTRUTIVA A ATIVIDADE DE PROJETO DIRECIONADA À RACIONALIZAÇÃO CONSTRUTIVA E O DESAFIO DE EQUILIBRAR CONCEITOS TÉCNICOS E GERENCIAIS NO ENSINO DE ENGENHARIA CIVIL Helen Ulrich hulrich@sc.usp.br Departamento de Engenharia

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

Sistemas ERP. Profa. Reane Franco Goulart

Sistemas ERP. Profa. Reane Franco Goulart Sistemas ERP Profa. Reane Franco Goulart Tópicos O que é um Sistema ERP? Como um sistema ERP pode ajudar nos meus negócios? Os benefícios de um Sistema ERP. Vantagens e desvantagens O que é um ERP? ERP

Leia mais

Política Organizacional para Desenvolvimento de Software no CTIC

Política Organizacional para Desenvolvimento de Software no CTIC Política Organizacional para Desenvolvimento de Software no CTIC O CTIC/UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação da Universidade Federal do Pará define neste documento sua Política Organizacional

Leia mais

Jonas de Souza H2W SYSTEMS

Jonas de Souza H2W SYSTEMS Jonas de Souza H2W SYSTEMS 1 Tecnólogo em Informática Fatec Jundiaí MBA em Gerenciamento de Projetos FGV Project Management Professional PMI Mestrando em Tecnologia UNICAMP Metodologia de apoio à aquisição

Leia mais

Contrato de Serviço (SLA) para [Cliente] por [Provedor]

Contrato de Serviço (SLA) para [Cliente] por [Provedor] Contrato de Serviço (SLA) para [Cliente] por [Provedor] Data Gerador do documento: Gerente de Negociação: Versões Versão Data Revisão Autor Aprovação (Ao assinar abaixo, o cliente concorda com todos os

Leia mais

Declaração do Escopo do Projeto. SysTrack

Declaração do Escopo do Projeto. SysTrack Declaração do Escopo do Projeto SysTrack Nome do Projeto: SysTrack Versão do Documento: 1.0 Elaborado por: André Ricardo, André Luiz, Daniel Augusto, Diogo Henrique, João Ricardo e Roberto Depollo. Revisado

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Fundamentos de Gestão de TI

Fundamentos de Gestão de TI Fundamentos de Gestão de TI Tópico V Transição de Serviço (ITIL V3) José Teixeira de Carvalho Neto transição de serviço transição de serviço Objetivo: orientar e coordenar o desenvolvimento e a implantação

Leia mais

Pós Graduação Engenharia de Software

Pós Graduação Engenharia de Software Pós Graduação Engenharia de Software Ana Candida Natali COPPE/UFRJ Programa de Engenharia de Sistemas e Computação FAPEC / FAT Estrutura do Módulo Parte 1 QUALIDADE DE SOFTWARE PROCESSO Introdução: desenvolvimento

Leia mais

O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital

O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Tipos de GED: Document imaging Document management Document Imaging / Document Management O Gerenciamento de Documentos Analógico/Digital Mundo analógico Criação Revisão Processamento Arquivo Mundo digital

Leia mais

José Benedito Lopes Junior ¹, Marcello Erick Bonfim 2

José Benedito Lopes Junior ¹, Marcello Erick Bonfim 2 ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 Definição de uma tecnologia de implementação e do repositório de dados para a criação da ferramenta

Leia mais

2) Demonstre a verificação da fraude no envio de um arquivo não sigiloso, porém autenticado, de A para B e alterado indevidamente por T.

2) Demonstre a verificação da fraude no envio de um arquivo não sigiloso, porém autenticado, de A para B e alterado indevidamente por T. Revisão para A1 Criptografia e Certificação Digital Legenda: A + - Chave Pública de A A - - Chave Privada de A s Chave Secreta MD5 Algoritmo de HASH MSG Mensagem de texto claro - Operação de comparação

Leia mais

Sociedade do Conhecimento

Sociedade do Conhecimento Gerenciamento (Gestão) Eletrônico de Documentos GED Introdução Gerenciamento Eletrônico de Documentos - GED Sociedade do Conhecimento Nunca se produziu tanto documento e se precisou de tanta velocidade

Leia mais

Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos

Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos Sistema de Gestão dos Documentos da Engenharia [EDMS] O caminho para a Colaboração da Engenharia e Melhoria de Processos O gerenciamento de informações é crucial para o sucesso de qualquer organização.

Leia mais

CAMINHOS. PARA A GESTÃO PARA OS PROFISSIONAIS PARA A TECNOLOGIA

CAMINHOS. PARA A GESTÃO PARA OS PROFISSIONAIS PARA A TECNOLOGIA CAMINHOS. PARA A GESTÃO PARA OS PROFISSIONAIS PARA A TECNOLOGIA Alguns conceitos GESTÃO PROFISSIONAIS TECNOLOGIA 2D Gestão de Informação documental (digital 2D ou impressa) ESCRITORIO DE ARQUITETURA EMPRESA

Leia mais

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DOS DOCUMENTOS DE PROJETOS DE EDIFÍCIOS

GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DOS DOCUMENTOS DE PROJETOS DE EDIFÍCIOS GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DOS DOCUMENTOS DE PROJETOS DE EDIFÍCIOS André Carneiro Giandon, Eng. Civil, Esp. Programa Pós-graduação em Construção Civil. UFPR.Centro Politécnico da UFPR. Jardim das Américas.

Leia mais

O que é GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED)

O que é GED GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED) Automação em Arquivos GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS (GED) O que é GED GED é a tecnologia que provê um meio de facilmente armazenar, localizar e recuperar informações existentes em documentos e

Leia mais

Project Management 2/3/2010. Objetivos. Gerencia de Projetos de SW

Project Management 2/3/2010. Objetivos. Gerencia de Projetos de SW Project Management Objetivos Explicar as principais tarefas de um Gerente de Projeto Introdução à gerência de um projeto de desenvolvimento de software e suas características Planejamento de projeto e

Leia mais

GED: Gestão Eletrônica de Documentos

GED: Gestão Eletrônica de Documentos GED: Gestão Eletrônica de Documentos Profº Yogui,R YOGUI,R - MIPS - 2012 Direito Autoral YOGUI,R - MIPS - 2012 Direito Autoral Consideração Inicial O objetivo desta sessão é prover conhecimento básico

Leia mais

fagury.com.br. PMBoK 2004

fagury.com.br. PMBoK 2004 Este material é distribuído por Thiago Fagury através de uma licença Creative Commons 2.5. É permitido o uso e atribuição para fim nãocomercial. É vedada a criação de obras derivadas sem comunicação prévia

Leia mais

Fatores Críticos de Sucesso em GP

Fatores Críticos de Sucesso em GP Fatores Críticos de Sucesso em GP Paulo Ferrucio, PMP pferrucio@hotmail.com A necessidade das organizações de maior eficiência e velocidade para atender as necessidades do mercado faz com que os projetos

Leia mais

Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A

Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A Esperança_TI S.A S/A Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A 25/11/2014 Gerador do documento: Gerente de Negociação: Marcos Alves de Oliveira Marcos Antônio de Morais Aprovação

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Roteiro Análise de requisitos Definição de requisitos do sistema Requisitos Funcionais Requisitos Não Funcionais Exercício Análise de Requisitos Análise de Requisitos É o 1º passo

Leia mais

Softwares Aplicativos. (Capítulo 2)

Softwares Aplicativos. (Capítulo 2) Softwares Aplicativos (Capítulo 2) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estrutura 1. Definição 2. Aquisição 3. Classificações 4. Ética 5. Profissionais 03

Leia mais

A plataforma online mais completa e funcional para Gestão de Projetos e Obras no setor da Arquitetura, Engenharia e Construção.

A plataforma online mais completa e funcional para Gestão de Projetos e Obras no setor da Arquitetura, Engenharia e Construção. A plataforma online mais completa e funcional para Gestão de Projetos e Obras no setor da Arquitetura, Engenharia e Construção. Resolve os problemas de integração e comunicação entre as equipes de projeto

Leia mais

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Prof a.:lillian Alvares Fóruns óu s/ Listas de discussão Espaços para discutir, homogeneizar e compartilhar informações, idéias

Leia mais

Importância do GED. Implantação de um Sistema de GED

Importância do GED. Implantação de um Sistema de GED Implantação de um Sistema de GED Gerenciamento Eletrônico de Documentos Importância do GED O GED tem uma importante contribuição na tarefa da gestão eficiente da informação; É a chave para a melhoria da

Leia mais

19 Congresso de Iniciação Científica CAPACITAÇÃO EM SISTEMA CAD DE GRANDE PORTE E EM SISTEMA PDM

19 Congresso de Iniciação Científica CAPACITAÇÃO EM SISTEMA CAD DE GRANDE PORTE E EM SISTEMA PDM 19 Congresso de Iniciação Científica CAPACITAÇÃO EM SISTEMA CAD DE GRANDE PORTE E EM SISTEMA PDM Autor(es) ANDRE BERTIE PIVETTA Orientador(es) KLAUS SCHÜTZER Apoio Financeiro PIBITI/CNPQ 1. Introdução

Leia mais

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades

Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Aula 2 Governança do projeto Papéis e Responsabilidades Objetivos da Aula: Nesta aula, iremos conhecer os diversos papéis e responsabilidades das pessoas ou grupos de pessoas envolvidas na realização de

Leia mais

Tecnologia e Sistemas de Informações

Tecnologia e Sistemas de Informações Universidade Federal do Vale do São Francisco Tecnologia e Sistemas de Informações Prof. Ricardo Argenton Ramos Aula 3 Componentes de SIs Pessoas SI Organiz. Unidades que exercem diferentes funções, tais

Leia mais

Sistemas Colaborativos Simulado

Sistemas Colaborativos Simulado Verdadeiro ou Falso Sistemas Colaborativos Simulado 1. Todos os tipos de organizações estão se unindo a empresas de tecnologia na implementação de uma ampla classe de usos de redes intranet. Algumas das

Leia mais

Figura 1 - Arquitetura multi-camadas do SIE

Figura 1 - Arquitetura multi-camadas do SIE Um estudo sobre os aspectos de desenvolvimento e distribuição do SIE Fernando Pires Barbosa¹, Equipe Técnica do SIE¹ ¹Centro de Processamento de Dados, Universidade Federal de Santa Maria fernando.barbosa@cpd.ufsm.br

Leia mais

Solução completa de gerenciamento online de embalagens

Solução completa de gerenciamento online de embalagens Solução completa de gerenciamento online de embalagens WebCenter O WebCenter é uma poderosa plataforma baseada na web para gerenciamento de embalagens que administra seu processo de negócios e aprova ciclos

Leia mais

invgate Service Desk

invgate Service Desk invgate Service Desk 02 Informação Geral. 03 Funcionalidades. 06 Beneficiação. Índice. 02 Informação Geral. Revolucione seu departamento de IT Administrar seu departamento de IT é fácil Atualmente, os

Leia mais

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online

Introdução a listas - Windows SharePoint Services - Microsoft Office Online Page 1 of 5 Windows SharePoint Services Introdução a listas Ocultar tudo Uma lista é um conjunto de informações que você compartilha com membros da equipe. Por exemplo, você pode criar uma folha de inscrição

Leia mais

DataDoc 4.0 Sistema de Gestão de Arquivos. Características do Sistema

DataDoc 4.0 Sistema de Gestão de Arquivos. Características do Sistema DataDoc 4.0 Sistema de Gestão de Arquivos O software DataDoc 4.0 tem como finalidade automatizar a gestão de acervos documentais, englobando todas as fases da documentação. Totalmente desenvolvido em plataforma

Leia mais

ADEQUAÇÃO DO PROCESSO DE PROJETO DE EDIFICAÇÕES AOS NOVOS PARADIGMAS ECONÔMICO-PRODUTIVOS

ADEQUAÇÃO DO PROCESSO DE PROJETO DE EDIFICAÇÕES AOS NOVOS PARADIGMAS ECONÔMICO-PRODUTIVOS ADEQUAÇÃO DO PROCESSO DE PROJETO DE EDIFICAÇÕES AOS NOVOS PARADIGMAS ECONÔMICO-PRODUTIVOS RESUMO Celso Carlos NOVAES Professor na Universidade Federal de São Carlos, Departamento de Engenharia Civil Correio

Leia mais

Introdução ao Modelos de Duas Camadas Cliente Servidor

Introdução ao Modelos de Duas Camadas Cliente Servidor Introdução ao Modelos de Duas Camadas Cliente Servidor Desenvolvimento de Sistemas Cliente Servidor Prof. Esp. MBA Heuber G. F. Lima Aula 1 Ciclo de Vida Clássico Aonde estamos? Page 2 Análise O que fizemos

Leia mais

Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares

Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares Comunidades de Prática Grupos informais e interdisciplinares de pessoas unidas em torno de um interesse

Leia mais

Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br

Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III. Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Gerenciamento de Projeto: Executando o Projeto III Prof. Msc Ricardo Britto DIE-UFPI rbritto@ufpi.edu.br Sumário Realizar Aquisições Realizar a Garantia de Qualidade Distribuir Informações Gerenciar as

Leia mais

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar.

C O B I T. Gerenciamento dos Riscos Mitigação. Aceitação. Transferência. Evitar/Eliminar. C O B I T Evolução Estratégica A) Provedor de Tecnologia Gerenciamento de Infra-estrutura de TI (ITIM) B) Provedor de Serviços Gerenciamento de Serviços de TI (ITSM) C) Parceiro Estratégico Governança

Leia mais

Gerenciamento de Projetos

Gerenciamento de Projetos Gerenciamento de Projetos (ref. capítulos 1 a 3 PMBOK) TC045 Gerenciamento de Projetos Sergio Scheer - scheer@ufpr.br O que é Gerenciamento de Projetos? Aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas

Leia mais

Service Desk. IT Management Software. Certified Partner

Service Desk. IT Management Software. Certified Partner Certified Partner Você não está precisando melhorar a qualidade do suporte técnico de sua empresa, reduzir radicalmente o tempo de resposta e gerir com as melhores práticas os processos de serviço? Atualmente,

Leia mais

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos

Eficiência operacional no setor público. Dez recomendações para cortar custos Eficiência operacional no setor público Dez recomendações para cortar custos 2 de 8 Introdução Com grandes cortes no orçamento e uma pressão reguladora cada vez maior, o setor público agora precisa aumentar

Leia mais

I CICLO ITINERANTE DE FORMAÇÃO PARA O TERCEIRO SETOR

I CICLO ITINERANTE DE FORMAÇÃO PARA O TERCEIRO SETOR I CICLO ITINERANTE DE FORMAÇÃO PARA O TERCEIRO SETOR ELABORAÇÃO E AVALIAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS: modelos, condições e experiências Jéferson Weber dos Santos Porto Alegre, 16 de agosto de 2012 1 O Projeto

Leia mais

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO FUNDAMENTOS DE SISTEMAS DE Rafael D. Ribeiro, M.Sc,PMP. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br Princípios da Teoria de Sistemas 1 Grupos diferentes dentro de uma organização necessitam

Leia mais

Integração do Teamcenter com o Catia V5

Integração do Teamcenter com o Catia V5 Integração com o Catia V5 Benefícios Menos tempo gasto por sua equipe técnica tentando encontrar as revisões corretas de dados do Catia Processos consistentes de trabalho seguidos em todos os formatos

Leia mais

AUTOR: DAVID DE MIRANDA RODRIGUES CONTATO: davidmr@ifce.edu.br CURSO FIC DE PROGRAMADOR WEB VERSÃO: 1.0

AUTOR: DAVID DE MIRANDA RODRIGUES CONTATO: davidmr@ifce.edu.br CURSO FIC DE PROGRAMADOR WEB VERSÃO: 1.0 AUTOR: DAVID DE MIRANDA RODRIGUES CONTATO: davidmr@ifce.edu.br CURSO FIC DE PROGRAMADOR WEB VERSÃO: 1.0 SUMÁRIO 1 Conceitos Básicos... 3 1.1 O que é Software?... 3 1.2 Situações Críticas no desenvolvimento

Leia mais

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI

FINANÇAS EM PROJETOS DE TI FINANÇAS EM PROJETOS DE TI 2012 Material 1 Prof. Luiz Carlos Valeretto Jr. 1 E-mail valeretto@yahoo.com.br Objetivo Objetivos desta disciplina são: reconhecer as bases da administração financeira das empresas,

Leia mais

BRAlarmExpert. Software para Gerenciamento de Alarmes. BENEFÍCIOS obtidos com a utilização do BRAlarmExpert:

BRAlarmExpert. Software para Gerenciamento de Alarmes. BENEFÍCIOS obtidos com a utilização do BRAlarmExpert: BRAlarmExpert Software para Gerenciamento de Alarmes A TriSolutions conta com um produto diferenciado para gerenciamento de alarmes que é totalmente flexível e amigável. O software BRAlarmExpert é uma

Leia mais

Software de gerenciamento de impressoras

Software de gerenciamento de impressoras Software de gerenciamento de impressoras Este tópico inclui: "Usando o software CentreWare" na página 3-10 "Usando os recursos de gerenciamento da impressora" na página 3-12 Usando o software CentreWare

Leia mais

Páginas Amarelas como ferramenta para mapeamento do conhecimento tácito

Páginas Amarelas como ferramenta para mapeamento do conhecimento tácito Páginas Amarelas como ferramenta para mapeamento do conhecimento tácito 1. INTRODUÇÃO O setor de energia sofreu, nos últimos anos, importantes modificações que aumentaram sua complexidade. Para trabalhar

Leia mais

Áreas de utilização do GED e o que levar em consideração no Projeto de Implantação de GED em uma empresa Simone de Abreu

Áreas de utilização do GED e o que levar em consideração no Projeto de Implantação de GED em uma empresa Simone de Abreu Áreas de utilização do GED e o que levar em consideração no Projeto de Implantação de GED em uma empresa Simone de Abreu Cerca de dois milhões de pessoas estão trabalhando em aproximadamente 300 mil projetos

Leia mais

GESTÃO DO PROCESSO DE PROJETO EM UMA CONSTRUTORA DE FORTALEZA

GESTÃO DO PROCESSO DE PROJETO EM UMA CONSTRUTORA DE FORTALEZA GESTÃO DO PROCESSO DE PROJETO EM UMA CONSTRUTORA DE FORTALEZA Alessandra Luize Fontes SALES Eng.ª Civil, Universidade Federal do Ceará, Rua Quintino Cunha, nº 994, CEP 60425.780, Benfica, Fortaleza (Ce)

Leia mais

Por que gerenciar comunicação nos projetos?

Por que gerenciar comunicação nos projetos? Por que gerenciar comunicação nos projetos? Rogério Magno Pires Rezende Engenheiro Mecânico, Gerente de orçamento, MIP Engenharia SA e pósgraduado em Gestão de Projetos pelo Ietec. Gerenciar comunicação

Leia mais

Software Aplicativo. Introdução a Computação. Software Customizado. Software Amigável (User-Friendly) Software Empacotado

Software Aplicativo. Introdução a Computação. Software Customizado. Software Amigável (User-Friendly) Software Empacotado Software Aplicativo Introdução a Computação Software Aplicativos Software usado para solucionar um problema em particular ou realizar uma tarefa específica. Imposto de Renda Impressão MSN Adquirindo Software:

Leia mais

Leia dicas infalíveis para aumentar a produtividade do seu time e se manter competitivo no mercado da construção civil.

Leia dicas infalíveis para aumentar a produtividade do seu time e se manter competitivo no mercado da construção civil. Leia dicas infalíveis para aumentar a produtividade do seu time e se manter competitivo no mercado da construção civil. 2 ÍNDICE SOBRE O SIENGE INTRODUÇÃO 01 PROMOVA A INTEGRAÇÃO ENTRE AS ÁREAS DE SUA

Leia mais

Proposta Comercial. Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing. Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao»

Proposta Comercial. Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing. Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao» Proposta Comercial Empresa «Nome_da_empresa» Solução BPO Business Process Outsourcing Número Proposta «Numero_Proposta» - «Versao» Data 14 de setembro de 2012 Preparado para: «Nome» «Sobrenome» 1. Objetivo

Leia mais

Projeto de Arquitetura

Projeto de Arquitetura Projeto de Arquitetura Ian Sommerville 2006 Engenharia de Software, 8ª. edição. Capítulo 11 Slide 1 Objetivos Apresentar projeto de arquitetura e discutir sua importância Explicar as decisões de projeto

Leia mais

PRIMAVERA CONTRACT MANAGEMENT DA ORACLE, BUSINESS INTELLIGENCE PUBLISHER EDITION

PRIMAVERA CONTRACT MANAGEMENT DA ORACLE, BUSINESS INTELLIGENCE PUBLISHER EDITION PRIMAVERA CONTRACT MANAGEMENT DA ORACLE, BUSINESS INTELLIGENCE PUBLISHER EDITION PRINCIPAIS RECURSOS NOVO: Oracle BI Publisher NOVO: Suporte ao UPK NOVO: Aprimoramentos em Tecnologia NOVO: Serviços da

Leia mais

Mais volume de negócios com clientes satisfeitos

Mais volume de negócios com clientes satisfeitos O DocuWare em vendas e distribuição Solution Info Mais volume de negócios com clientes satisfeitos Vendendo com sucesso em tempos difíceis: cada vez mais os clientes têm maiores expectativas quanto à velocidade

Leia mais

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart.

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Versão 1.6 15/08/2013 Visão Resumida Data Criação 15/08/2013 Versão Documento 1.6 Projeto Responsáveis

Leia mais

UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco Manutenção de Software

UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco Manutenção de Software UNIVASF - Universidade Federal do Vale do São Francisco Manutenção de Software Prof. Ricardo A. Ramos Ciclo de Vida de Software 2 Manutenção de Software Alterações efetuadas no software depois de sua liberação.

Leia mais

1 http://www.google.com

1 http://www.google.com 1 Introdução A computação em grade se caracteriza pelo uso de recursos computacionais distribuídos em várias redes. Os diversos nós contribuem com capacidade de processamento, armazenamento de dados ou

Leia mais